Alimentação na Antiguidade Clássica Greco-Romana

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Alimentação na Antiguidade Clássica Greco-Romana"

Transcrição

1 Problematização Alimentação na Antiguidade Clássica Greco-Romana O que distingue a civilização da barbárie, o homem civilizado do bárbaro e do selvagem? Ementa de um Banquete Romano Aperitivos Tetas de porca recheadas com ouriços -do-mar; Tigelas de miolos cozidos com leite e ovos; Ouriços -do- mar com molho de especiarias, mel, azeite e ovos; Pratos principais Veado assado com molho de cebola, Tâmaras de jiricó, passas, azeite e mel ; Avestruz cozida com molho doce; Rola cozida com penas; Flamingo cozido com Tâmaras; Presunto assado com figos, mel e louro. Sobremesas Doce de rosas com pastéis folhados; Tâmaras recheadas com nozes e pinhões; Bolo de vinho doce africano, com mel. Civilização X Barbárie Dentre todos os aspectos que definem a cultura alimentar do que denominamos mundo clássico, Um dos mais significativos é a vontade de o apresentar como o domínio da civilização, Como uma zona privilegiada e protegida, em oposição ao universo desconhecido da barbárie. 1

2 Comensalidade e Sociabilidade No sistema de valores da antiguidade, o que distingue o homem civilizado dos bárbaros é a comensalidade: O homem civilizado come não somente por fome, para satisfazer uma necessidade elementar do corpo, mas também (e sobretudo) para transformar e s s a o c a s i ã o e m u m momento de sociabilidade. Comensalidade e Civilização As boas maneiras no banquete servem na sociedade grega para: distinguir os homens civilizados dos selvagens que não as praticam Portanto, a comensalidade é percebida como um elemento fundador da civilização humana. O Banquete como Fator Identitário O banquete era o sinal da identidade do grupo, quer seja do núcleo familiar ou de toda a população. As mesas separadas significam, ao contrário, uma diferença de identidade segundo: símbolos que regem não apenas as relações entre os homens, mas, também, entre os homens e as divindades. O Banquete e as Relações de Poder O banquete, expressão da comunidade, representa as hierarquias e as relações de poder no seu interior. Essas relações de poder expressam-se pelo: lugar que cada um ocupa na mesa, pelos critérios de repartição dos alimentos, pelo tipo de alimentos servidos a cada convidado. 2

3 O Symposium O Symposium, rito coletivo durante o qual os convidados bebem vinho e que, no mundo grego, se segue ao banquete, do qual é rigorosamente separado é uma manifestação importante da coesão social e da civilização. Ele celebra a sacralidade do vinho, que produz a embriaguez e favorece o contato com o divino. Pão, o Indício de Civilidade Não é a carne, mas o pão o exemplo absoluto de artifício, de produto totalmente cultural em todas as fases de sua complexa preparação O pão é o símbolo da civilização, da distinção entre o homem e o animal. O pão (e também o vinho e o óleo) é o sinal que distingue uma sociedade que não repousa sobre recursos naturais, mas que é capaz de fabricá-los. A Agricultura É sobretudo a agricultura que distingue o homem civilizado do bárbaro, O bárbaro se satisfaz em coletar e caçar. Os povos que não se dedicam à agricultura, que não comem pão nem bebem vinho, são selvagens e bárbaros: seu alimento é a carne, sua bebida, o leite. Além do Pão e do Vinho Além dos cereais, as leguminosas também têm uma importância considerável na alimentação: principalmente as favas, o grão de bico, as lentilhas, as ervilhas. Nas hortas os gregos cultivavam principalmente alho, alho-poró e cebola. Os romanos produziam a couve, nabos, plantas aromáticas Gregos e romanos faziam pouco caso das sopas e das papas de cereais inferiores, das papas de legumes secos, das sopas de legumes. 3

4 A Pátria e o Alimento O conceito de pátria carrega em si o vínculo entre civilização e domínio sobre a terra. Os juramentos gregos previam, que a pátria seria a terra onde crescem o trigo, a vinha e a oliveira. Assim em qualquer lugar que os gregos se estabelecessem essas plantas e árvores seriam cultivadas e floresceria a civilização. A Carne no Mundo Antigo A Valor da Carne Imagem do luxo, da festa, do privilégio social, a carne não era um bem primordial como os produtos da terra Seu preço não é sujeito ao controle político como o dos cereais; em certas épocas do ano sua venda chega até a ser proibida A Carne na Grécia A prática do sacrifício faz do consumo da carne um acontecimento ainda mais excepcional, conferindo a esse alimento uma grande força simbólica, mantendo-o, ao mesmo tempo, à margem dos valores cotidianos da existência. No mundo grego os cereais fornecem 80% do aporte calórico total e os citadinos consomem não mais do que um ou dois quilos de carne por ano. 4

5 Carne X Queijo Ovinos e caprinos, principais animais de criação para gregos e romanos, são criados sobretudo por sua lã e seu leite: o queijo é mais importante que a carne na alimentação diária. Os bovinos, extremamente raros, são utilizados como animais de carga, seu consumo ocorre apenas quando estão muito velhos e tornam-se bestiae inutiles. A Carne em Roma A carne é mais importante entre os romanos devido a sua tradição de criação de porcos, cujas carnes respondem por um aporte considerável de proteínas animais. O porco assume uma importância maior na época imperial e, a partir do século III, os imperadores mandavam distribuir sua carne junto com o pão para manter a ordem pública e reafirmar seu status. A Dieta do Pão Os Comedores de Pão A importância e prevalência do pão entre os romanos aparece principalmente a partir do exemplo dos soldados do império. Esses comedores de pão consumiam diariamente entre 800 g a 1 kg do produto depois das conquistas iniciavam nas terras agregadas a produção de cereais, especialmente do trigo, para abastecer o consumo pessoal e grupal. 5

6 Acima de tudo o Pão O predomínio do pão na cultura antiga é também decorrente de uma ciência dietética, que coloca o pão no ápice da escala de valores nutricionais. Com efeito, os médicos gregos e latinos vêem no pão o equilíbrio perfeito dos diferentes componentes (quente e frio; úmido e seco), que a dietética reconhece como elementos de cada alimento e de tudo o que existe na natureza. A Ciência Dietética A ciência dietética tem papel fundamental na formação da cultura alimentar e gastronômica da Antiguidade. Em razão de uma evolução que remonta a descoberta da possibilidade de cozer os alimentos com o fogo, a cozinha antiga vive em estreita simbiose com o pensamento médico e com a reflexão dietética. Considerações Finais Desde sua origen, a arte da cozinha consiste em não apenas tornar o sabor dos alimentos mais agradável, mas transformar a natureza dos produtos adaptando-os as necessidades nutricionais dos homens. Partindo-se dessa premissa a nutrição e a saúde se confundem desde a antiguidade clássica. Referências MONTANARI, Massimo. Sistemas alimentares e modelos de civilização. in: FLANDRIN, Jean Louis; MONTANARI, Massimo. História da Alimentação. São Paulo: Estação Liberdade, p FRANCO, Ariovaldo. De caçador a gourmet: uma história da gastronomia. 2ª ed. São Paulo: Senac, JACOB, Heinrich Eduard. Seis mil anos de pão: a civilização humana através de seu principal alimento. São Paulo: Nova Alexandria,

www.500receitasparaemagrecer.com.br SUPER 9 DIETAS 500 Receitas para Emagrecer Dicas Dietas sobre Metabolismo

www.500receitasparaemagrecer.com.br SUPER 9 DIETAS 500 Receitas para Emagrecer Dicas Dietas sobre Metabolismo SUPER 9 DIETAS Esta dieta é baseada principalmente na ingestão de alimentos que aumentam a densidade nutricional e diminuir a densidade calórica. É uma das dietas mais equilibradas, uma vez que não se

Leia mais

A DIETA CERTA SAÚDE IATE

A DIETA CERTA SAÚDE IATE Ganhar músculos ou perder peso requer alimentos diferentes. Adequar o hábito alimentar aos objetivos garante resultados mais rápidos e eficazes A DIETA CERTA A alimentação equilibrada é essencial para

Leia mais

Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO

Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO no 1º ano de vida ALIMENTAÇÃO PADRÃO Este folheto foi elaborado para ajudar os pais na alimentação do bebé. Cumpra sempre os conselhos do enfermeiro e do médico do seu filho

Leia mais

Unidade de Saúde do Afonsoeiro DIVERSIFICAÇÃO ALIMENTAR

Unidade de Saúde do Afonsoeiro DIVERSIFICAÇÃO ALIMENTAR Unidade de Saúde do Afonsoeiro DIVERSIFICAÇÃO ALIMENTAR GRUPO A Batata Cenoura Abóbora Dente de alho Nabo Cebola 4 5 meses SOPA DE LEGUMES GRUPO B Alho Francês Alface Brócolos Nabiça Agrião Espinafres

Leia mais

Anexo A. Descrição e especificação dos tipos de dietas de refeições confeccionadas

Anexo A. Descrição e especificação dos tipos de dietas de refeições confeccionadas Anexo A Descrição e especificação dos tipos de dietas de refeições confeccionadas I) As dietas abaixo referidas deverão cumprir com as especificações do anexo B (Capitações máximas dos alimentos de refeições

Leia mais

A RODA DOS ALIMENTOS... um guia para a escolha alimentar diária! 1-3 3-5 2-3 1,5-4,5 1-2 3-5 4-11 COMA BEM, VIVA MELHOR! O QUE É UMA PORÇÃO?* POR DIA quantas são necessárias? ** Cereais e derivados, tubérculos

Leia mais

CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima

CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima Profª. Nensmorena Preza ALIMENTO Toda substância ou mistura de substâncias, no estado sólido, líquido, pastoso ou qualquer

Leia mais

Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO

Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO Amadora Sintra ALIMENTAÇÃO no 1º ano de vida INÍCIO DA DIVERSIFICAÇÃO A diversificação pode ser iniciada após os 4 meses. Substituir uma refeição de leite por: Papa sem glúten ou caldo de legumes (antes

Leia mais

Termo de Referência. 25 de abril a 24 de junho de 2012. Nos restaurantes, bares e hotéis do Rio de Janeiro.

Termo de Referência. 25 de abril a 24 de junho de 2012. Nos restaurantes, bares e hotéis do Rio de Janeiro. Termo de Referência 25 de abril a 24 de junho de 2012. Nos restaurantes, bares e hotéis do Rio de Janeiro. TERMO DE REFERÊNCIA 1. INTRODUÇÃO Pela segunda vez, a cidade do Rio de Janeiro será palco do festival

Leia mais

Livro de receitas para os novos

Livro de receitas para os novos Livro de receitas para os novos Ficha Técnica Título: Direcção Editorial: Concepção: Corpo Redactorial: Produção Gráfica: Propriedade: Redacção: Livro de Receitas para os mais novos Alexandra Bento Helena

Leia mais

COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL?

COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL? COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL? O Ministério da Saúde está lançando a versão de bolso do Guia Alimentar para a População Brasileira, em formato de Dez Passos para uma Alimentação Saudável, com o objetivo

Leia mais

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL ISABEL MARQUES DIETISTA DO SERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO E DIETÉTICA DO CHTV, E.P.E. 30 DE NOVEMBRO DE 2011

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL ISABEL MARQUES DIETISTA DO SERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO E DIETÉTICA DO CHTV, E.P.E. 30 DE NOVEMBRO DE 2011 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL ISABEL MARQUES DIETISTA DO SERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO E DIETÉTICA DO CHTV, E.P.E. 30 DE NOVEMBRO DE 2011 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Uma alimentação equilibrada proporciona uma quantidade correcta

Leia mais

LEI N.º 4.522 de 16 de julho de 2015.

LEI N.º 4.522 de 16 de julho de 2015. LEI N.º 4.522 de 16 de julho de 2015. O PREFEITO MUNICIPAL DE URUGUAIANA: Institui o Programa Municipal Alimentar de Proteção à Vida, denominado de SOUP.A., e dá outras providências. Faço saber, em cumprimento

Leia mais

A diversificação não deve ser iniciada antes dos 4 meses nem depois dos 6 meses

A diversificação não deve ser iniciada antes dos 4 meses nem depois dos 6 meses Início da Diversificação A diversificação não deve ser iniciada antes dos 4 meses nem depois dos 6 meses Substituir uma refeição de leite por: Papa sem glúten ou sopa de legumes (antes dos 6 meses) Papa

Leia mais

Por uma vida mais saudável Ementas - Almoço - Município do Cadaval

Por uma vida mais saudável Ementas - Almoço - Município do Cadaval Por uma vida mais saudável Ementas - Almoço - Município do Cadaval Semana I Sopa: Creme de Abóbora (Batata, abóbora, alho Francês, cebola, cenoura, nabo, azeite, alho, sal) Prato: Bife de Porco de Tomatada

Leia mais

Curso Chef 600h. Traços programáticos. Palestra Laticínios e derivados na cozinha - Santa Clara e Cooperbufalo - 4horas

Curso Chef 600h. Traços programáticos. Palestra Laticínios e derivados na cozinha - Santa Clara e Cooperbufalo - 4horas Curso Chef 600h Traços programáticos Introdução geral 4 horas Introdução à cozinha 4 horas Os equipamentos e sua utilização; a cutelaria e os vários utensílios, as panelas; Características dos equipamentos

Leia mais

Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof

Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof Clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecimentom Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof ÍNDICE Pasta & Feijões 3 Perú 4 O Roti Saudável 5 Massa De

Leia mais

MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA

MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA O MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA Mahalia Goskowski CHOP SUEY DE LEGUMES - 1/4 de nabo branco comprido; - 4 cenouras; - 1 pimentão vermelho; - 1 pimentão verde; - 1/4 de acelga; - broto de feijão; - brócolis;

Leia mais

Perder peso Comendo. Pare de comer depressa

Perder peso Comendo. Pare de comer depressa Vou passar a você, algumas receitas que usei para poder emagrecer mais rápido e com saúde. Não direi apenas só sobre como preparar algumas receitas, mas também direi como perder peso sem sofrimento e de

Leia mais

A PIRÂMIDE QUE SEGUE ABAIXO É A BRASILEIRA, ADAPTADA POR SÔNIA TUCUNDUVA PHILIPPI AOS NOSSOS HÁBITOS ALIMENTARES.

A PIRÂMIDE QUE SEGUE ABAIXO É A BRASILEIRA, ADAPTADA POR SÔNIA TUCUNDUVA PHILIPPI AOS NOSSOS HÁBITOS ALIMENTARES. PARA SABERMOS COMO A ALIMENTAÇÃO DEVE SER EQUILIBRADA, PRECISAMOS CONHECER A PIRÂMIDE ALIMENTAR, QUE É A REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS ALIMENTOS E SUAS QUANTIDADES QUE DEVEM ESTAR PRESENTES EM NOSSA DIETA

Leia mais

Gastronomia Saudável. Nutricionista Liana Klagenberg, CRN-2 8081. Porto Alegre, 05 de abril de 2013.

Gastronomia Saudável. Nutricionista Liana Klagenberg, CRN-2 8081. Porto Alegre, 05 de abril de 2013. Gastronomia Saudável Nutricionista Liana Klagenberg, CRN-2 8081 Porto Alegre, 05 de abril de 2013. Gastronomia Hospitalar Grego "estômago e "lei, "conhecimento. UAN integrar princípios dietéticos com a

Leia mais

Alimentação Saudável

Alimentação Saudável Alimentação Saudável O que é a alimentação saudável? A Alimentação Saudável é uma forma racional de comer que assegura variedade, equilíbrio e quantidade justa de alimentos escolhidos pela sua qualidade

Leia mais

Arais de Kafta Uma simplicidade maravilhosa, pão árabe recheado com kafta assado na chapa.

Arais de Kafta Uma simplicidade maravilhosa, pão árabe recheado com kafta assado na chapa. Couvert Pão árabe e torradas com záttar, pasta de azeitona - Porções aperitivos Bolinho de falafel (6 unidades)* - - Bolinhos preparados com fava e grão de bico moído e vegetais fritos, temperados com

Leia mais

PEQUENO-ALMOÇO CONTINENTAL

PEQUENO-ALMOÇO CONTINENTAL BANQUETES 2015 PEQUENO-ALMOÇO CONTINENTAL Mínimo 20 pessoas Pão, Pastéis e Bolo Pão, pão de cereais, Broa de milho, pão de água Croissants e napolitanas Bolo inglês e bolo de iogurte Doce e Manteiga Doce

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE FREQÜÊNCIA ALIMENTAR ADULTO

QUESTIONÁRIO DE FREQÜÊNCIA ALIMENTAR ADULTO Setor: N o. do quest QUESTIONÁRIO DE FREQÜÊNCIA ALIMENTAR ADULTO PARA TODAS AS PESSOAS COM 20 ANOS OU MAIS Data da entrevista / / Hora de início: Nome do entrevistador: Nº de identificação: Nome: Sexo

Leia mais

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes APRESENTAÇÃO A alimentação e tão necessária ao nosso corpo quanto o ar que precisamos para a nossa sobrevivência, devem ter qualidade para garantir a nossa saúde. Quando falamos em alimentação com qualidade

Leia mais

EMENTA ERPI. 13 a 19 junho 2016. Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Domingo

EMENTA ERPI. 13 a 19 junho 2016. Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Domingo EMENTA ERPI PARA UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL...COM O REGRESSO DO CALOR NÃO SE ESQUEÇA DE REFORÇAR A HIDRATAÇÃO DIÁRIA COM ÁGUA OU CHÁS OU INFUSÕES SEM ADIÇÃO DE AÇÚCAR 13 a 19 junho 2016 Sábado Domingo 13

Leia mais

LOMBO DE PORCO CAIPIRA COM CANJIQUINHA PRIMAVERA. Lombo de porco caipira, com molho de cachaça e canjiquinha com alho-poró, alecrim e louro

LOMBO DE PORCO CAIPIRA COM CANJIQUINHA PRIMAVERA. Lombo de porco caipira, com molho de cachaça e canjiquinha com alho-poró, alecrim e louro RIO DA MONTANHA LOMBO DE PORCO CAIPIRA COM CANJIQUINHA PRIMAVERA Lombo de porco caipira, com molho de cachaça e canjiquinha com alho-poró, alecrim e louro 1 Lombo médio 10 dentes de alho inteiro Molho

Leia mais

Sugestão de Cardápio para o Jejum de 21 dias do MIESF12

Sugestão de Cardápio para o Jejum de 21 dias do MIESF12 ALMOÇO 1 Dia 2 Dia 3 Dia de ervas -Pão torrado -Mamão - fruta (melão) ou água de côco -Salada de folhas temperadas c/ azeite e orégano. -1 prato de sobremesa de legumes cozidos ou purê de batatas. - Arroz

Leia mais

O programa Meu Prato Saudável é um modelo nutricional que serve como referência para uma alimentação saudável nas principais refeições do dia.

O programa Meu Prato Saudável é um modelo nutricional que serve como referência para uma alimentação saudável nas principais refeições do dia. REVISTA ELETRÔNICA O programa Meu Prato Saudável é um modelo nutricional que serve como referência para uma alimentação saudável nas principais refeições do dia. CEIA SAUDável e em conta chester ou peru?

Leia mais

Alimentação. no primeiro ano de vida

Alimentação. no primeiro ano de vida Alimentação Trv. Noronha, nº5 A Lisboa Telef: 21 394 73 10 Fax: 21 394 73 18 Email: usf.arco@arslvt.minsaude.pt no primeiro ano de vida A diversificação alimentar deve ser iniciada entre os 4-6 meses de

Leia mais

Porto Alegre, 03 de outubro de 2012.

Porto Alegre, 03 de outubro de 2012. Seminário Nutrição e Gastronomia Agregar a Ciência às Técnicas Gastronômicas Nut.Liana Klagenberg Porto Alegre, 03 de outubro de 2012. Gastronomia Hospitalar Grego "estômago e "lei, "conhecimento. UAN

Leia mais

10 Alimentos importantes para sua saúde.

10 Alimentos importantes para sua saúde. 10 Alimentos importantes para sua saúde. 10 Alimentos importantes para sua saúde. Os alimentos funcionais geram inúmeros benefícios para o organismo. Como muitas patologias se desenvolvem por deficiência

Leia mais

Por uma vida mais saudável Ementas - Almoço - Município do Cadaval

Por uma vida mais saudável Ementas - Almoço - Município do Cadaval Por uma vida mais saudável Ementas - Almoço - Município do Cadaval Semana I Sopa: Creme de Abóbora (Batata, abóbora, alho Francês, cebola, cenoura, nabo, azeite, alho, sal) Prato: Bife de Porco de Tomatada

Leia mais

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido ÍNDICE Pasta & Feijões 3 Perú 4 O Roti Saudável 5 Massa De Gergelin Com Frango 7 Almoço Mexicano 8 Pizza Saudável 9 Vegetais Grelhados 10 Imformações importantes! Este Ebook não pode ser modificado / editado,

Leia mais

Casamentos SERVIÇO DE CATERING,

Casamentos SERVIÇO DE CATERING, DE CATERING, Casamentos O serviço de casamentos do Nacional é composto por um leque de opções extenso que se adapta às características de cada festa. Poderá organizar a festa em sua casa, em família, ou

Leia mais

Os nossos conselhos para um Natal Feliz!

Os nossos conselhos para um Natal Feliz! Os nossos conselhos para um Natal Feliz! Origem do Natal e o significado da comemoração O Natal é a época em que é comemorado o nascimento de Jesus Cristo nos países Católicos. Nos primeiros séculos depois

Leia mais

Algumas sugestões para tornar os seus pratos mais aromáticos e saborosos e menos salgados!

Algumas sugestões para tornar os seus pratos mais aromáticos e saborosos e menos salgados! Algumas sugestões para tornar os seus pratos mais aromáticos e saborosos e menos salgados! Substitua o sal por ervas aromáticas e especiarias nos seus cozinhados!!! Aipo Açafrão Açafrão da terra ou curcuma

Leia mais

SOBRAS REQUINTADAS REAPROVEITE RESTOS ALIMENTARES NA PREPARAÇÃO DE RECEITAS ORIGINAIS E SABOROSAS REDUZA O SEU DESPERD ÍCIO ALIMENTAR

SOBRAS REQUINTADAS REAPROVEITE RESTOS ALIMENTARES NA PREPARAÇÃO DE RECEITAS ORIGINAIS E SABOROSAS REDUZA O SEU DESPERD ÍCIO ALIMENTAR SOBRAS REQUINTADAS REAPROVEITE RESTOS ALIMENTARES NA PREPARAÇÃO DE RECEITAS ORIGINAIS E SABOROSAS REDUZA O SEU DESPERDÍCIO ALIMENTAR Legumes cozidos ( ± 0,5 kg, variados) 250 gr de farinha 2dl de leite

Leia mais

Tapioca. Delícia. sem gluten. Mais saude com. 5kg em 1 mês. Ideal para evitar o inchaço. Receitas nutritivas. Melhor do que pão? recheios.

Tapioca. Delícia. sem gluten. Mais saude com. 5kg em 1 mês. Ideal para evitar o inchaço. Receitas nutritivas. Melhor do que pão? recheios. Mais saude com consultoria de Tapioca R$ Queime 5kg em 1 mês incluindo tapioca no cardápio Todas as matérias com especialistas Mais Saúde com Tapioca Ano 1, nº 1-2015 4,99 Receitas nutritivas Sucos, cereais

Leia mais

Cardápio Diário da Fase 2 (A Dieta) da Dieta da Proteína

Cardápio Diário da Fase 2 (A Dieta) da Dieta da Proteína Cardápio Diário da Fase 2 (A Dieta) da Dieta da Proteína Fase 2: Dieta - Menos de 40g de Carboidratos por dia. Este cardápio serve apenas como sugestão. Se preferir pode combinar os diferentes alimentos

Leia mais

A sua festa de Natal Vai ser um festival de sabores

A sua festa de Natal Vai ser um festival de sabores A sua festa de Natal Vai ser um festival de sabores Uma época especial, merece menus especiais. E como a sua empresa merece o melhor, o EPIC SANA Luanda irá servir o melhor do Natal à sua mesa. Seja um

Leia mais

Ementa Almoço (Creche - 2 anos / J.I. - 3 a 5 anos / A.T.L.)

Ementa Almoço (Creche - 2 anos / J.I. - 3 a 5 anos / A.T.L.) Segunda 01-06-2015 Piquenique 1,2,3,4,5,6,7,8,9,10,11,12,13,14 Terça 02-06-2015 Sopa Sopa de nabos 1,3,5,6,7,8,9,12 220 52 1,4 0,2 8,7 0,9 1,1 0,2 Ratatouille de frango com arroz branco 838 200 5,2 0,9

Leia mais

Alimentação & Sociedade. Da pré-história aos tempos actuais

Alimentação & Sociedade. Da pré-história aos tempos actuais Alimentação & Sociedade Da pré-história aos tempos actuais A história da comida e a comida a fazer história A alimentação é essencial ao homem desde o nascimento. Acredita-se que ao longo do tempo 1. Alimentava-se

Leia mais

ANEXO 7 CONSTITUIÇÃO DAS REFEIÇÕES ESCOLAS A TEMPO INTEIRO

ANEXO 7 CONSTITUIÇÃO DAS REFEIÇÕES ESCOLAS A TEMPO INTEIRO ANEXO 7 CONSTITUIÇÃO DAS REFEIÇÕES ESCOLAS A TEMPO INTEIRO CARATERÍSTICAS DAS REFEIÇÕES: COMPOSIÇÃO E CAPITAÇÕES 1. O adjudicatário obriga-se a fornecer, durante o período previsto e diariamente, 2 lanches

Leia mais

COLÉGIO CASSIANO RICARDO

COLÉGIO CASSIANO RICARDO Índice CURSO DE CULINÁRIA COLÉGIO CASSIANO RICARDO 2º semestre - 2013 1 - Bolachinha de Goiabada Receitas 2 - Tomate recheado 3 - Bolachinha de Maisena 4 - Bife de frango à rolê 5 - Bolo de cenoura Caderno

Leia mais

Vinhos de mesa: Verde Branco e Maduros Branco e Tinto Cerveja, Agua e refrigerantes

Vinhos de mesa: Verde Branco e Maduros Branco e Tinto Cerveja, Agua e refrigerantes Aperitivos: Rissóis de carne, marisco * Líquidos: Folhadinhos de salsicha* Porto seco Bolinhas de carne* Martini Bolinhos de bacalhau* Whisky novo Rojões miniatura* Gin Salsicha cocktail* Sumos Canapés

Leia mais

Dieta. Lanche da manhã. Almoço. Café da manha:

Dieta. Lanche da manhã. Almoço. Café da manha: Café da manha: Dieta opção 1 1 xíc. (chá) de café com leite desnatado 1 pão francês sem miolo na chapa com 1 col. (sopa) rasa de margarina ou 1 fatia de queijo fresco ½ xíc. (chá) de cereal 1 xíc. (chá)

Leia mais

LINHA TRADICIONAL. Arroz, cenoura, cebola, presunto, vagem, passas, manteiga, óleo e sal. Feijão, bacon, cebola, óleo e sal.

LINHA TRADICIONAL. Arroz, cenoura, cebola, presunto, vagem, passas, manteiga, óleo e sal. Feijão, bacon, cebola, óleo e sal. LINHA TRADICIONAL ACOMPANHAMENTOS ARROZ À GREGA FEIJÃO FEIJÃO TROPEIRO PURÊ DE BATATA AVES FILÉ DE FRANGO À PARMEGIANA ESCONDIDINHO DE FRANGO STROGONOFF DE FRANGO FRANGO A MODA CAIPIRA FRANGO ASSADO FRANGO

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL. Quarta-feira 03/06. Suco: laranja com beterraba Pão francês com queijo

EDUCAÇÃO INFANTIL. Quarta-feira 03/06. Suco: laranja com beterraba Pão francês com queijo CARDÁPIO JUNHO/05 Elaborado e aprovado por: Luiza Crozariol Campos Nutricionista CRN3 4488 Semana 0/06 0/06 03/06 04/06 05/06 Pão francês com Biscoito de leite com geleia com bolo de banana Bisnaguinha

Leia mais

E M E N T A Semana 02 a 06 de setembro de 2013. Sopa Couve Branca e Cenoura * Prato Esparguete à Bolonhesa 594 Kcal Opção.

E M E N T A Semana 02 a 06 de setembro de 2013. Sopa Couve Branca e Cenoura * Prato Esparguete à Bolonhesa 594 Kcal Opção. E M E N T A Semana 02 a 06 de setembro de 2013 Actualizada a 12 abril 2013 Sopa Couve Branca e Cenoura Prato Esparguete à Bolonhesa 594 Kcal Opção Vegetariana Acompanhamento Esparguete / Macedonia Legumes

Leia mais

Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura

Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura Índice Índice Massa & Feijões Perú O Roti Saudável Almoço Mexicano Pizza Saudável Vegetais Grelhados Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura Massa & Feijões Este prato saudável combina feijão que enchem

Leia mais

GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL A promoção da alimentação saudável é uma diretriz da Política Nacional de Alimentação e Nutrição e uma das prioridades para a segurança alimentar e nutricional

Leia mais

2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira. Legumes com frango Legumes com peixe Legumes com ovo Legumes com Perú ou vitela. Maça ou Pera cozidas

2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira. Legumes com frango Legumes com peixe Legumes com ovo Legumes com Perú ou vitela. Maça ou Pera cozidas Sobrenesa Sopa C E N T R O S O C I A L J E S U S M A R I A J O S É 2012-2013 Ementa da Creche 2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira Legumes com frango Legumes com peixe Legumes com ovo Legumes com

Leia mais

No Verão não dispense a hidratação! Sabia que a falta de concentração pode dever-se a falta de água no organismo?

No Verão não dispense a hidratação! Sabia que a falta de concentração pode dever-se a falta de água no organismo? No Verão não dispense a hidratação! Sabia que a falta de concentração pode dever-se a falta de água no organismo? Seja Inverno ou Verão, abrace esta refeição! Sabia que o Pequeno-almoço ajuda a controlar

Leia mais

Elaboração de Cardápios

Elaboração de Cardápios Elaboração de Cardápios Junho 2013 1 Programa Mesa Brasil Sesc O Mesa Brasil Sesc é um programa de segurança alimentar e nutricional sustentável, que redistribui alimentos excedentes próprios para o consumo.

Leia mais

Como preparar pratos saudáveis e saborosos com leguminosas? Experimente algumas das nossas sugestões!

Como preparar pratos saudáveis e saborosos com leguminosas? Experimente algumas das nossas sugestões! Receitas Como preparar pratos saudáveis e saborosos com leguminosas? Experimente algumas das nossas sugestões! Sopa de agriões com lentilhas... 2 Salada de ervilhas com fruta... 2 Feijoada do mar... 3

Leia mais

Tortas Salgadas. Bolo de Batata. Ingredientes: - 1 Kg batata cozida. - sal. - pimenta-do-reino. - 2 colheres de sopa de margarina

Tortas Salgadas. Bolo de Batata. Ingredientes: - 1 Kg batata cozida. - sal. - pimenta-do-reino. - 2 colheres de sopa de margarina Tortas Salgadas Bolo de Batata Ingredientes: - 1 Kg batata cozida - sal - pimenta-do-reino - 2 colheres de sopa de margarina - 1 xícara de queijo ralado - 3 colheres de sopa de maisena 1 / 27 - 1 xícara

Leia mais

CARDÁPIO ESCOLAR. Arroz/Feijão Bife à rolê Chuchu gratinado Salada: Rúcula SUCO

CARDÁPIO ESCOLAR. Arroz/Feijão Bife à rolê Chuchu gratinado Salada: Rúcula SUCO 1º SEMANA DE JUNHO 2014 02/06/2014 03/06/2014 04/06/2014 05/06/2014 06/06/2014 Bife de panela Abobrinha refogada Salada: Repolho Iscas de frango grelhada Brócolis Bife à rolê Chuchu gratinado Salada: Rúcula

Leia mais

A Dieta Atkins promete não somente redução de peso, mas também uma melhoria no seu sistema cardíaco e funções da memória, dentre outros benefícios.

A Dieta Atkins promete não somente redução de peso, mas também uma melhoria no seu sistema cardíaco e funções da memória, dentre outros benefícios. DIETA DE BA IXO ÍNDICE DE GL IC E M IA (LOW CARB DIET ) A dieta de baixo índice de glicemia ou baixa em hidratos de carbono é indicada para tal por ser mais equilibrada e até é indicada para diabéticos

Leia mais

Creche (1 aos 3 anos) Pré-escolar CATL Ementa 1

Creche (1 aos 3 anos) Pré-escolar CATL Ementa 1 PC05 AT MOD02 Ementa 1 Prato: Massa à bolonhesa Dieta: Carne de porco picada ao natural com massa /Sobremesa doce Prato: Peixe vermelho no forno com espirais Dieta: Peixe vermelho cozido com batata assada

Leia mais

Caros hóspedes: Gostariamos de apresentar-lhe a nossa seleção unica e diversificada para que finalize o 2014 de maneira inesquecível.

Caros hóspedes: Gostariamos de apresentar-lhe a nossa seleção unica e diversificada para que finalize o 2014 de maneira inesquecível. Caros hóspedes: Gostariamos de apresentar-lhe a nossa seleção unica e diversificada para que finalize o 2014 de maneira inesquecível. Não hesite em contactar-nos se precisar de alguma esclarecimento, estaremos

Leia mais

Praça do Município, Posto de Turismo 5470-214 Montalegre Tel: 276-510-200 Fax: 276-510-201 Correio electrónico: fernandopreira@iol.

Praça do Município, Posto de Turismo 5470-214 Montalegre Tel: 276-510-200 Fax: 276-510-201 Correio electrónico: fernandopreira@iol. Praça do Município, Posto de Turismo 5470-214 Montalegre Tel: 276-510-200 Fax: 276-510-201 Correio electrónico: fernandopreira@iol.pt 1 2 Boaventura Silva Mendes Moura Manuel João Soeira de Moura Germano

Leia mais

Santa Casa da Misericórdia de Mértola

Santa Casa da Misericórdia de Mértola De 26-30 Novembro de 2012 Alho francês(batata,cenoura,cebola,alho francês) e carne Alho francês Alho francês(batata,cenoura,cebola,alho francês) e peixe Filetes no forno com arroz de cenoura e salada de

Leia mais

Sopas Tradicionais Portuguesas. Escola Secundária/3 de Pinhal do Rei. Ano lectivo 2010-2011. Disciplina de A.P. e F.C. 8ºA

Sopas Tradicionais Portuguesas. Escola Secundária/3 de Pinhal do Rei. Ano lectivo 2010-2011. Disciplina de A.P. e F.C. 8ºA Escola Secundária/3 de Pinhal do Rei Ano lectivo 2010-2011 Disciplina de A.P. e F.C. 8ºA Sopas Tradicionais Portuguesas Trabalho cozinhado por: João Marrazes nº13 Mariana Manaia nº16 Rafaela Martins nº21

Leia mais

Como surgiu o projecto:

Como surgiu o projecto: Projeto O ovo Como surgiu o projecto: O projeto do ovo surgiu ao trabalhar o tema da alimentação: 1. Visualizaram as imagens dos alimentos que trouxeram de casa; 2. Visualizaram a roda dos alimentos que

Leia mais

EMENTAS DO DEPARTAMENTO DO IDOSO DA SCMS (versão janeiro de 2015) EMENTA Nº 1

EMENTAS DO DEPARTAMENTO DO IDOSO DA SCMS (versão janeiro de 2015) EMENTA Nº 1 EMENTA Nº 1 Sopa Creme de Legumes c/ massinha Lanche Prato Croquetes de carne c/ arroz de Sandes de queijo e fruta Dieta Bifes de Perú com arroz branco Suplemento de jantar* Prato Bacalhau com natas e

Leia mais

Panorama Nutricional da População da América Latina, Europa e Brasil. Maria Rita Marques de Oliveira

Panorama Nutricional da População da América Latina, Europa e Brasil. Maria Rita Marques de Oliveira Panorama Nutricional da População da América Latina, Europa e Brasil Maria Rita Marques de Oliveira 1- MEIO AMBIENTE E PRODUÇÃO DE ALIMENTOS 2- ACESSO AOS ALIMENTOS 3- ALIMENTO SEGURO 4- PREVENÇÃO E CONTROLE

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS EMENTAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS EMENTAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS EMENTAS DIVISÃO DE EDUCAÇÃO REFEITÓRIOS ESCOLARES ELABORAÇÃO DE EMENTAS Na elaboração das ementas foram tomados em conta vários aspetos, tais como conceitos de alimentação saudável,

Leia mais

Muito obrigada por baixar nosso e-book. Quem somos?

Muito obrigada por baixar nosso e-book. Quem somos? Muito obrigada por baixar nosso e-book. É muito gratificante saber que nosso conteúdo pode inspirar as pessoas a alcançarem mais saúde, mais conhecimento e melhor qualidade de vida através da nutrição

Leia mais

GRUPO DE ESTUDOS EM OBESIDADE GRAVE (GEOG) RECEITAS DE LANCHES LEVES OU PARA DE BAIXO VALOR CALÓRICO SANDUÍCHE NATURAL

GRUPO DE ESTUDOS EM OBESIDADE GRAVE (GEOG) RECEITAS DE LANCHES LEVES OU PARA DE BAIXO VALOR CALÓRICO SANDUÍCHE NATURAL GRUPO DE ESTUDOS EM OBESIDADE GRAVE (GEOG) RECEITAS DE LANCHES LEVES OU PARA DE BAIXO VALOR CALÓRICO SANDUÍCHE NATURAL 2 folhas de alface 2 rodelas de tomate 2 colheres de sopa milho verde - opcional 1

Leia mais

ENTRADAS Camarão Frito. Ingredientes: 1kg de camarão médio com casca 2 dentes de alho picados Suco de 1 limão 1/3 de xícara de óleo Sal a gosto

ENTRADAS Camarão Frito. Ingredientes: 1kg de camarão médio com casca 2 dentes de alho picados Suco de 1 limão 1/3 de xícara de óleo Sal a gosto ENTRADAS Camarão Frito 1kg de camarão médio com casca 2 dentes de alho picados Suco de 1 limão 1/3 de xícara de óleo Sal a gosto Tempere o camarão com o alho, o suco de limão e sal. Coloque na água fervente

Leia mais

Consumo de proteínas e gorduras em Portugal é três vezes superior ao recomendado

Consumo de proteínas e gorduras em Portugal é três vezes superior ao recomendado Consumo de proteínas e gorduras em Portugal é três vezes superior ao recomendado A Balança Alimentar Portuguesa revela que os portugueses apresentam uma dieta alimentar desequilibrada com uma alimentação

Leia mais

ÍNDICE TORTA DE BATATA COM CARNE... 01 ISCAS À MODA CHINESA... 02 FRANGO COM ABOBRINHA... 03 BIFE GRELHADO... 04 FRANGO COM PEPINO À CHINESA...

ÍNDICE TORTA DE BATATA COM CARNE... 01 ISCAS À MODA CHINESA... 02 FRANGO COM ABOBRINHA... 03 BIFE GRELHADO... 04 FRANGO COM PEPINO À CHINESA... RECEITUÁRIO-PADRÃO ÍNDICE TORTA DE BATATA COM CARNE... 01 ISCAS À MODA CHINESA... 02 FRANGO COM ABOBRINHA... 03 BIFE GRELHADO... 04 FRANGO COM PEPINO À CHINESA... 05 CAÇAROLA MEXICANA DE PEIXE... 06 CARNE

Leia mais

ENTRADA Salada Requintada

ENTRADA Salada Requintada ENTRADA Salada Requintada Rendimento: 6 porções (1 pires = 75 g) 1 pé de alface americana pequeno lavado 1 maço pequeno de rúcula lavado 100 g de peito de peru defumado em tiras 100 g de queijo minas em

Leia mais

Renascimento e a Importância Italiana na Gastronomia. Gastronomia como reflexo do poder

Renascimento e a Importância Italiana na Gastronomia. Gastronomia como reflexo do poder Renascimento e a Importância Italiana na Gastronomia Gastronomia como reflexo do poder Problematização Fatores políticos e econômicos podem influenciar, ou mesmo, determinar as características gastronômicas?

Leia mais

Não se esqueça: Pediasure diluído exclusivamente em água requer 5 colheres do produto. Só assim você terá todos os benefícios.

Não se esqueça: Pediasure diluído exclusivamente em água requer 5 colheres do produto. Só assim você terá todos os benefícios. requer 5 colheres do produto. Só assim você terá todos os Quando fomos contatados para coordenar o desenvolvimento do livro de receitas de Pediasure, prontamente percebemos que estávamos recebendo uma

Leia mais

Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sopa: Sopa: Sopa: Sopa: Sopa: Feião com lombardo Juliana Abóbora com agrião Creme de legumes Creme de courgettes

Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sopa: Sopa: Sopa: Sopa: Sopa: Feião com lombardo Juliana Abóbora com agrião Creme de legumes Creme de courgettes Ementa semanal Dia 02/11/2015 até 06/11/2015 Feião com lombardo Juliana Abóbora com agrião Creme de legumes Creme de courgettes Pastéis de bacalhau com Pá de porco assada Pescada com legumes e Lasanha

Leia mais

sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 1

sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 1 sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 1 sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 2 2 sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 3 Sal Colecção: Princípios para uma Alimentação Saudável Edição: Direcção Geral da Saúde Alameda

Leia mais

Balança alimentar portuguesa evidencia desequilíbrio da roda dos alimentos. Figura 1

Balança alimentar portuguesa evidencia desequilíbrio da roda dos alimentos. Figura 1 BALANÇA ALIMENTAR PORTUGUESA 14 de Dezembro de 26 - CONSUMO DE PROTEÍNAS E GORDURAS EM PORTUGAL É TRÊS VEZES SUPERIOR AO RECOMENDADO CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS DIMINUI 16% EM 14 ANOS E É ULTRAPASSADO

Leia mais

Natal 2015 Natal 2015 1

Natal 2015 Natal 2015 1 Natal 2015 1 ENTRADAS BACALHAU COM GRAU DE BICO... 3 MOUSSE RÚCULA COM TOMATE SECO OU MOUSSE DE RICOTA... 3 TORTAS FRANGO OU PALMITO... 4 QUICHES... 4 QUICHE NATALINO... 4 BACALHAU BACALHAU GRATINADO...

Leia mais

Gastronomia. Algumas receitas de pratos típicos alentejanos e que fazem parte da alimentação tradicional desta região.

Gastronomia. Algumas receitas de pratos típicos alentejanos e que fazem parte da alimentação tradicional desta região. Gastronomia. Algumas receitas de pratos típicos alentejanos e que fazem parte da alimentação tradicional desta região. Açorda Alentejana ou Açorda D Alho 1 Molho de Coentros 2 a 4 Dentes de Alho 4 c. Sopa

Leia mais

CUIDADOS COM A ALIMENTAÇÃO

CUIDADOS COM A ALIMENTAÇÃO SENADO FEDERAL CUIDADOS COM A ALIMENTAÇÃO SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Cuidados com a alimentação apresentação Uma boa saúde é, em grande parte, resultado de uma boa alimentação. Há muita verdade no dito

Leia mais

Cardápio de JUNHO 2016 Berçário e Maternal - LEBLON

Cardápio de JUNHO 2016 Berçário e Maternal - LEBLON 01/jun 02/jun 03/jun Ssuco de manga Alface-americana; Alface Salpicão de festa Pepino com gergilim Couve-flor com cenoura Rúcula com tomate seco e nozes Sopa de legumes Caldo verde Ervilha Quiche de queijo

Leia mais

Tabule Rendimento 4 porções

Tabule Rendimento 4 porções Tabule Rendimento 4 porções - 4 tomates picados - 1 xícara (chá) de trigo para quibe - 1 cebola picada - 1 pepino com casca picado em cubos - 1/2 xícara (chá) de salsinha picada - 1/4 xícara (chá) de cebolinha

Leia mais

Como nosso corpo está organizado

Como nosso corpo está organizado Como nosso corpo está organizado Iodo Faz parte dos hormônios da tireoide, que controlam a produção de energia e o crescimentodocorpo.aleiobrigaaadiçãodeiodoaosaldecozinha. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO

Leia mais

1. Introdução. 2. O que é a Roda dos Alimentos?

1. Introdução. 2. O que é a Roda dos Alimentos? 1. Introdução Educar para uma alimentação saudável é essencial na tentativa de ajudar os jovens a tornar as escolhas saudáveis escolhas mais fáceis. Educar para comer bem e de uma forma saudável, constitui

Leia mais

O Cardápio é montado seguindo a sequência de dias úteis do mês. MÊS: / CARDÁPIO nº 1. Dia do mês REFEIÇÃO Café da manhã 8:00hs

O Cardápio é montado seguindo a sequência de dias úteis do mês. MÊS: / CARDÁPIO nº 1. Dia do mês REFEIÇÃO Café da manhã 8:00hs Grupo 1 e Grupo 2 e 3 O Cardápio é montado seguindo a sequência de dias úteis do mês. MÊS: / CARDÁPIO nº 1 Carne Moida Batata doce Frita Repolho c/ cenoura Arroz/feijão Frango ensopado Purê Acelga Arroz

Leia mais

álcool + Vinho branco e tinto + Cerveja + Café Whisky Novo + Licor de Whisky + Licor Beirão + Licor de Amêndoa Amarga +

álcool + Vinho branco e tinto + Cerveja + Café Whisky Novo + Licor de Whisky + Licor Beirão + Licor de Amêndoa Amarga + Carregado, 12 de Julho de 2011 DADOS DO EVENTO Sara & Miguel ORÇAMENTO MENU A Mini Rissóis + Pastelinhos de Bacalhau + Mini Croquetes + Presunto fatiado + Enchidos assados + Rolinhos de Bacon com banana

Leia mais

28 o chef ensina. Hugo Silva

28 o chef ensina. Hugo Silva 28 o chef ensina Hugo Silva Tem apenas 34 anos mas é ele quem assume os comandos da cozinha do Restaurante The Mix, no Farol Design Hotel, em Cascais. Aprenda com o chef Hugo Silva a fazer bifanas gourmet,

Leia mais

VEGANISMO. Ideias Receitas Anticapitalismo

VEGANISMO. Ideias Receitas Anticapitalismo VEGANISMO Ideias Receitas Anticapitalismo O que é Veganismo? Veganismo é uma palavra que foi criada para diferenciar o Vegetarianismo Estrito, dieta contínua em que não se consome nada de origem animal,

Leia mais

GUIA DE BEM VIVER PARA SI, CONSUMIDOR

GUIA DE BEM VIVER PARA SI, CONSUMIDOR GUIA DE BEM VIVER PARA SI, CONSUMIDOR LANÇAMOS ESTE GUIA DE BEM VIVER COMO FORMA DE CELEBRAR COM ORGULHO OS NOSSOS CONSUMIDORES E O TRABALHO QUE DIARIAMENTE DESENVOLVEMOS EM CADA UMA DAS NOSSAS UNIDADES.

Leia mais

GUIA DE BOLSO Outono combina Com SOPA!

GUIA DE BOLSO Outono combina Com SOPA! GUIA DE BOLSO Outono combina Com SOPA! Sumário Introdução Composição da sopa Benefícios da sopa Que quantidade de sopa devo comer por dia? Sopa no início ou depois do prato principal? Receitas de sopas

Leia mais

GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS:

GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS: 1 GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS: 1) MODIFICAÇÃO NA INGESTÃO DE GORDURA: O consumo de menos gordura é um aspecto importante da orientação nutricional para comer de maneira mais saudável, para a protecção

Leia mais

Entradas R$ 25,00. Acarajé (2 unidades) - Bolinho de feijão fradinho, frito no azeite dendê R$ 16,00. Casquinha de Siri (unidade) R$ 19,00

Entradas R$ 25,00. Acarajé (2 unidades) - Bolinho de feijão fradinho, frito no azeite dendê R$ 16,00. Casquinha de Siri (unidade) R$ 19,00 Entradas 01 Acarajé (2 unidades) - Bolinho de feijão fradinho, frito no azeite dendê 25,00 05 Casquinha de Siri (unidade) 16,00 99 Casquinha de Lagosta (unidade) 19,00 06 Casquinha Mista (unidade) - Peixe,

Leia mais

ALIMENTAÇÃO E SUSTENTABILIDADE TRADIÇÃO E FUTURO. Joana Gaspar de Freitas Instituto de Estudos de Literatura e Tradição, FCSH - UNL

ALIMENTAÇÃO E SUSTENTABILIDADE TRADIÇÃO E FUTURO. Joana Gaspar de Freitas Instituto de Estudos de Literatura e Tradição, FCSH - UNL ALIMENTAÇÃO E SUSTENTABILIDADE TRADIÇÃO E FUTURO Joana Gaspar de Freitas Instituto de Estudos de Literatura e Tradição, FCSH - UNL PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL DA HUMANIDADE Dieta Mediterrânica Dieta

Leia mais

Nossa proposta. Juntando a fome com a vontade de te ver!

Nossa proposta. Juntando a fome com a vontade de te ver! 1 Nossa proposta Sob a atmosfera de, literalmente sentir-se em casa, Pizza para Amigos resgata as refeições e encontros de família e de amigos, valorizando o prazer de compartilhar deliciosos momentos

Leia mais

Em caso de dúvidas consulte um NUTRICIONISTA. Receitas com desperdícios e sobras da. CEIA de NATAL

Em caso de dúvidas consulte um NUTRICIONISTA. Receitas com desperdícios e sobras da. CEIA de NATAL Em caso de dúvidas consulte um NUTRICIONISTA Receitas com desperdícios e sobras da CEIA de NATAL Planeie a Ceia de Natal antecipadamente consoante o número de pessoas presentes. Procure saber se alguém

Leia mais

camarão empanado e isca de peixe à dorê Filé Aperitivo Ostra ao natural6 unid. SALADAS Completa Frutos do Mar Juliana Palmito Especial Jussara

camarão empanado e isca de peixe à dorê Filé Aperitivo Ostra ao natural6 unid. SALADAS Completa Frutos do Mar Juliana Palmito Especial Jussara Praia Grande Ubatuba ENTRADAS & PORÇÕES SALADA MAIONESE ESPECIALIDADES ROBALO BACALHAU CAMARÃO ROSA ESPECIAL FILÉ DE ABADEJO FILÉ DE LINGUADO FILÉ DE PESCADA FILÉ DE SALMÃO TAINHA PEIXES E FRUTOS DO MAR

Leia mais