NORMAS DE SEGURANÇA EM SITUAÇÕES DE RISCO QUE ENVOLVA ELETRICIDADE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NORMAS DE SEGURANÇA EM SITUAÇÕES DE RISCO QUE ENVOLVA ELETRICIDADE"

Transcrição

1 NORMAS DE SEGURANÇA EM SITUAÇÕES DE RISCO QUE ENVOLVA ELETRICIDADE Anderson Rocha Ramos¹, Bruna Neves de Andrade², Felipe Matos Lopes dos Santos 3, Phablo Cabral de Oliveira 4,Silvani Ramos de Oliveira 5 1 Graduando em Engenharia elétrica - IFBA. ²Graduando em Engenharia elétrica - IFBA. ³Graduando em Engenharia elétrica - IFBA. 4 Graduando em Engenharia elétrica - IFBA. 5 Graduando em Engenharia elétrica - IFBA.

2 Introdução O que são? Histórico das normas regulamentadoras -1891:Primeira noção de inspeção do trabalho no Brasil; -Governo Getúlio Vargas:criou Departamento Nacional do Trabalho; -1947:OIT estabeleceu um sistema de inspeção do trabalho em indústria e comércio; 2

3 Histórico das Normas Regulamentadoras -1977: Alteração na CLT O Ministério do Trabalho disporá sobre condições de segurança as medidas especiais a serem observadas em instalações elétricas em qualquer de suas fases de produção, transmissão, distribuição ou consumo de energia. E somente profissional qualificado poderá instalar, operar, inspecionar ou reparar instalações elétricas 3

4 Riscos no Setor Elétrico A eletricidade constitui-se em agente de alto potencial lesivo ao homem. Dois agentes físicos de risco de acidentes: choque e arco elétrico. Também existem os agentes indiretos. Os riscos ambientais observados com maior frequência são: -Físicos: ruído, calor e radiações ionizantes e não ionizantes; - Químicos: poeira e produtos químicos; - Adicionais ou Associados: radiação solar, ergonomia e queda em altura. 4

5 Causas Determinantes das Ocorrências dos Riscos Decorrência da prática de atos inseguros ou da existência de condições inseguras. Principais causas de acidentes: -Contato com condutores nus energizados -Falhas na isolação elétrica 5

6 Análise Preliminar de Risco APR A Análise Preliminar de Risco é uma visão técnica antecipada do trabalho a ser executado Permite a identificação e antecipação dos possíveis riscos Controle de risco desde o início operacional do sistema. Os resultados são qualitativos, não numéricos. A periodicidade de elaboração da APR deve ser estabelecida na fase do planejamento de trabalho. A APR deve ser planejada todos os dias, levando em consideração os riscos possíveis no local de execução da tarefa. Para a caracterização estimativa dos cenários de risco, frequência e severidade é necessário a análise da proporção do risco 6

7 NORMA REGULAMENTADORA N 10 NR 10 A Norma Regulamentadora n 10 Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade, aprovada pela Portaria do Ministério do Trabalho n 3.214, de 1978, foi alterada pela portaria n 598, de 7/12/2004, a qual altera a redação anterior. Esta norma trata de orientações básicas para a implementação de medidas de controles preventivos, com o intuito de garantir a saúde e a segurança dos trabalhadores que, direta ou indiretamente, estejam envolvidos com instalações elétricas e serviços com eletricidade nos seus mais diversos usos e aplicações, e ainda aqueles realizados em suas proximidades. 7

8 Medidas para controle de riscos Medida preventivas: Técnicas de análises de risco e a elaboração de APR antes do início de cada serviço. Disponibilização e organização de prontuários e esquemas unifilares atualizados, de suas instalações para consulta dos trabalhadores na realização das atividades. Especificações e testes periódicos de isolação dos equipamentos de proteção coletiva e individual, além de sua certificação. Realização periódica de auditorias em relação às condições de segurança das instalações elétricas e realização de roteiro para auditoria.

9 Medidas para controle de riscos Empresas integrantes do SEP (Sistema Elétrico de Potência) devem ter procedimentos para atender emergências e seus trabalhadores devem conhece-los e estar aptos a adotá-los. Os trabalhadores que realizam intervenções em instalações elétricas devem possuir comprovação de: i. Qualificação documento da instituição oficial de ensino, ii. iii. Habilitação Registro do conselho de classe correspondente, Capacitação certificado de cursos de capacitação técnica e de treinamentos de segurança exigidos por esta norma, realizados na empresa.

10 Medidas de Proteção Coletiva A NR-10 prevê medidas de segurança e faz exigências quanto à isolação, bloqueio, sinalização, delimitação e aterramento dos equipamentos elétricos: Desenergização; Seccionamento; Impedimento de Reenergização;

11 Medidas de Proteção Coletiva Constatação de ausência de tensão elétrica; Proteção dos elementos energizados existentes na zona controlada; Equipotencialização;

12 Medidas de Proteção Coletiva Aterramento do equipamento; Instalação de aterramento temporário com equipotencialização dos condutores do circuito ;

13 Medidas de segurança Sinalização; Área de serviço NR-10 item EPC Equipamentos de proteção coletiva; NR-10 item EPI Equipamentos de proteção individual; Segurança em instalações energizadas e desenergizadas.

14 Medidas de segurança - Cuidados importantes quando em trabalho com eletricidade: Observação das distâncias de segurança; Sinalização de impedimento de energização; Delimitação das áreas através do uso de cordas; Sinalização com a utilização dos cartões de segurança;

15 Responsabilidade acidentária - Os acidentes pessoais decorrentes do trabalho podem acarretar responsabilidade previdenciária e também responsabilidade nos âmbitos civil, penal, trabalhista e administrativo por parte do empregador. - No âmbito civil, não havia responsabilidade se o acidente ocorresse diante de risco inerente ao trabalho. - Com base no artigo 7º da constituição e com base no código civil brasileiro, ampliando as responsabilidades por parte do empregador. - Tratando-se de responsabilidade civil, nos termos do artigo 927 do código civil, adota-se as responsabilidades objetivas do empregador.

16 Responsabilidade acidentária - O próprio risco da atividade sinaliza as responsabilidades objetivas. - Tanto as empresas contratantes quanto as tomadoras de serviço são solidariamente responsáveis pelos danos. - Já em âmbito penal, o artigo 132 do código penal prevê punição quando da exposição da vida ou da saúde de outrem a perigo direto. - A negligência na prevenção de acidentes pode acarretar em responsabilidade criminal. - Em contrapartida, existe a responsabilidade também para o trabalhador, decorrente da obrigatoriedade de utilização de EPI, conforme ítem da NR 10.

17 Conclusões -Há um longo histórico no desenvolvimento das normas relacionadas à segurança no trabalho. - A legislação hoje vigente abrange responsabilidades em casos de acidentes. - Definiu-se aspectos de segurança como sinalização e equipamentos de segurança. - Necessidade de revisão constante afim de aprimorar e aumentar a abrangência das normas vigentes.

18 REFERÊNCIAS ATLAS. Segurança e Medicina do Trabalho. 59 ed. São Paulo: Atlas, BITENCOURT, Celso L.; QUELHAS, Osvaldo L. G. Histórico da Evolução dos Conceitos de Segurança. Universidade Federal Fluminense, CTC, LATEC: Niterói, CLT comentada. Disponível em: < Acessado em: 04 de dezembro de MATTOS, Ricardo Pereira de. Aumenta a preocupação com a segurança. Disponível em: < Acessado em: 04 de dezembro de Ministério do Trabalho e Emprego. Manual de Auxílio na Interpretação da NR 10. Disponível em: < Acessado em: 04 de dezembro de O Novo Código Civil Comentado. Disponível em: < Acessado em: 04 de dezembro de

BRAGA & BOUWMAN ENGENHARIA E CONSULTORIA LTDA

BRAGA & BOUWMAN ENGENHARIA E CONSULTORIA LTDA BRAGA & BOUWMAN ENGENHARIA E CONSULTORIA LTDA CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO - CLT TÍTULO II - DAS NORMAS GERAIS DE TUTELA DO TRABALHO CAPÍTULO V - DA SEGURANÇA E DA MEDICINA DO TRABALHO SEÇÃO XIII

Leia mais

NR - 10 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS - NOÇÕES BÁSICAS - Jeferson Seidler

NR - 10 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS - NOÇÕES BÁSICAS - Jeferson Seidler NR - 10 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS - NOÇÕES BÁSICAS - NR 10 Inst. Elétricas Aplica se à: geração, transmissão, distribuição e consumo, De energia elétrica NR 10 Inst. Elétricas incluindo as etapas de projeto,

Leia mais

Diretor Executivo da ABRACOPEL Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade

Diretor Executivo da ABRACOPEL Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade Engenheiro Eletricista Edson Martinho Diretor Executivo da ABRACOPEL Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade abracopel@abracopel.org.br 11-99688-1148 PROXIMIDADE COM A

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DA NR-10 NAS OPERADORAS METROFERROVIÁRIAS IMPACTOS E OPORTUNIDADES

IMPLANTAÇÃO DA NR-10 NAS OPERADORAS METROFERROVIÁRIAS IMPACTOS E OPORTUNIDADES IMPLANTAÇÃO DA NR-10 NAS OPERADORAS METROFERROVIÁRIAS IMPACTOS E OPORTUNIDADES Engº Wilmar Fratini Comissão Metroferroviária - GT de Gestão Integrada São Paulo - 29.08.07 Norma Regulamentadora nº 10 SEGURANÇA

Leia mais

NR 10. Prof. Felipe A. Camargo

NR 10. Prof. Felipe A. Camargo QMASS NR 10 Prof. Felipe A. Camargo NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE 01 10.1 - OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 10.1.1 Esta NR estabelece os requisitos e condições mínimas objetivando

Leia mais

PROPOSTA NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

PROPOSTA NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE PROPOSTA NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE Texto base apresentado pelo MTE como proposta de atualização da Regulamentação Normativa atual em segurança e saúde no trabalho com atividades

Leia mais

SEGURANÇA NO TRABALHO E A NR-10 PALESTRA PARA OS COLABORADORES DA RHMED RJ 13/03/2009

SEGURANÇA NO TRABALHO E A NR-10 PALESTRA PARA OS COLABORADORES DA RHMED RJ 13/03/2009 SEGURANÇA NO TRABALHO E A NR-10 PALESTRA PARA OS COLABORADORES DA RHMED RJ 13/03/2009 NR-10 PORTARIA M.T.E 598 DE 07-12-2004 IMPLANTAÇÃO DO PRONTUÁRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS OBJETIVO IMPLEMENTAÇÃO DE

Leia mais

NR-10. Segurança em instalações e serviços em eletricidade. Antônio Fábio Dantas da Nóbrega

NR-10. Segurança em instalações e serviços em eletricidade. Antônio Fábio Dantas da Nóbrega NR-10 Segurança em instalações e serviços em eletricidade Sumário Riscos em instalações e serviços elétricos Visão geral sobre a NR-10 Medidas de Proteção Coletiva Equipamentos de Proteção Coletiva Medidas

Leia mais

NR - 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

NR - 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE NR - 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE 10.1 - OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 10.2 - MEDIDAS DE CONTROLE 10.3 - SEGURANÇA EM PROJETOS 10.4 - SEGURANÇA NA CONSTRUÇÃO, MONTAGEM, OPERAÇÃO

Leia mais

LEGISLAÇÃO DE SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO 6.514/77 -Portaria 3.214/78 de 08/06/1978.

LEGISLAÇÃO DE SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO 6.514/77 -Portaria 3.214/78 de 08/06/1978. ENG GLAUBER MAURIN LEGISLAÇÃO DE SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO 6.514/77 -Portaria 3.214/78 de 08/06/1978. Aprova as Normas Regulamentadoras NR do Capítulo V, título II, da CLT- Consolidação das Leis do

Leia mais

LISTA DE EXERCÌCIOS 1

LISTA DE EXERCÌCIOS 1 Faculdade Anhanguera de Guarulhos Rua do Rosário, 300, Centro - Guarulhos SP. Data: / / 2014 Nota: Nome RA Assinatura Ergonomia e Segurança do Trabalho José Jorge Alcoforado Curso/Turma Disciplina Professor

Leia mais

NR-10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

NR-10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE Segurança e Saúde do Trabalho ao seu alcance! NR-10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE PREVENÇÃO Esta é a palavra do dia. TODOS OS DIAS! PRECAUÇÃO: Ato ou efeito de prevenir ou de se prevenir;

Leia mais

PALESTRA MINISTRADA EM EMPRESAS CLIENTES AOS RESPONSÁVEIS PELA SEGURANÇA E MANUTENÇÃO ELÉTRICA ENG GLAUBER MAURIN

PALESTRA MINISTRADA EM EMPRESAS CLIENTES AOS RESPONSÁVEIS PELA SEGURANÇA E MANUTENÇÃO ELÉTRICA ENG GLAUBER MAURIN PALESTRA MINISTRADA EM EMPRESAS CLIENTES AOS RESPONSÁVEIS PELA SEGURANÇA E MANUTENÇÃO ELÉTRICA ENG GLAUBER MAURIN NORMA REGULAMENTADORA Nº 05 - COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES NORMA REGULAMENTADORA

Leia mais

EXIGÊNCIA PARA FUNCIONÁRIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS!

EXIGÊNCIA PARA FUNCIONÁRIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS! Treinamento: Obrigatoriedade prevista na NR-10: Todos devem ter Treinamento básico de 40 horas; Trabalhos em SEP e proximidades o Treinamento complementar, além do básico, mais 40 horas Conteúdo e carga

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos Obrigatoriedade de capacitação e autorização para trabalhos em altura e com eletricidade

Orientações Consultoria de Segmentos Obrigatoriedade de capacitação e autorização para trabalhos em altura e com eletricidade Orientações Consultoria de Segmentos trabalhos em altura e com eletricidade 08/05/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3

Leia mais

Certificado de Registro (Averbação) Fundaçăo BIBLIOTECA NACIONAL MINISTÉRIO DA CULTURA

Certificado de Registro (Averbação) Fundaçăo BIBLIOTECA NACIONAL MINISTÉRIO DA CULTURA Certificado de Registro (Averbação) Fundaçăo BIBLIOTECA NACIONAL MINISTÉRIO DA CULTURA NORMA REGULAMENTADORA - NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS DE ELETRICIDADE, Educação de Inclusão Social Todos

Leia mais

GLOSSÁRIO 1. Alta Tensão (AT): 2. Área Classificada: 3. Aterramento Elétrico Temporário: 4. Atmosfera Explosiva: 5. Baixa Tensão (BT):

GLOSSÁRIO 1. Alta Tensão (AT): 2. Área Classificada: 3. Aterramento Elétrico Temporário: 4. Atmosfera Explosiva: 5. Baixa Tensão (BT): GLOSSÁRIO 1. Alta Tensão (AT): tensão superior a 1000 volts em corrente alternada ou 1500 volts em corrente contínua, entre fases ou entre fase e terra. 2. Área Classificada: local com potencialidade de

Leia mais

A segurança do trabalhador na NBR5410 João Cunha CB 03

A segurança do trabalhador na NBR5410 João Cunha CB 03 A segurança do trabalhador na NBR5410 João Cunha CB 03 A segurança do trabalhador Medidas de proteção coletiva NR 6 A empresa é obrigada a fornecer EPI aos empregados, nas seguintes circunstâncias: a)

Leia mais

NORMA REGULAMENTADORA N.º

NORMA REGULAMENTADORA N.º SUMÁRIO SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE NORMA REGULAMENTADORA N.º 10 2. Formação profissional 2.1 Qualificação 2.2 Habilitação 2.3 Capacitação 2.4 Autorização 3. Medidas de controle

Leia mais

Isolamentos elétricos, eliminando a possibilidade de energização indesejada

Isolamentos elétricos, eliminando a possibilidade de energização indesejada CONCEITOS BÁSICOS Impedimento de equipamento Isolamentos elétricos, eliminando a possibilidade de energização indesejada Responsável pelo serviço Empregado ou empresa terceirizada que assume a coordenação

Leia mais

Segurança em instalações e projetos, conforme a nova NR-10

Segurança em instalações e projetos, conforme a nova NR-10 Segurança em instalações e projetos, conforme a nova João Cunha Algumas questões iniciais 2 Norma x Regulamento Regulamento Técnico: Documento aprovado por órgãos governamentais em que se estabelecem as

Leia mais

Palestra Técnica Interpretando a NR-10 Palestrante: Eng. Carlos Alberto Elyseo Schneider Electric Brasil Ltda. the

Palestra Técnica Interpretando a NR-10 Palestrante: Eng. Carlos Alberto Elyseo Schneider Electric Brasil Ltda. the Palestra Técnica Interpretando a NR-10 Palestrante: Eng. Carlos Alberto Elyseo Schneider Electric Brasil Ltda the Palestra Técnica Interpretando a NR-10 I. Introdução II. Legislação Brasileira III. Norma

Leia mais

5) CEEE - Sobre a Norma Regulamentadora 10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade -, assinale a alternativa correta

5) CEEE - Sobre a Norma Regulamentadora 10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade -, assinale a alternativa correta 1) TRENSURB - Em serviços executados em instalações elétricas são previstas medidas de proteção coletiva, relacionadas a seguir. Assinale a alternativa que contém a medida coletiva prioritária: a) bloqueio

Leia mais

Segurança no desenvolvimento de trabalhos em alta tensão

Segurança no desenvolvimento de trabalhos em alta tensão 1.1 Abrangência da NR-10 Segurança no desenvolvimento de trabalhos em alta tensão O primeiro capítulo da NR-10 define o objetivo e o seu campo de aplicação. Logo no primeiro item a NR-10 deixa claro que

Leia mais

atualização da legislação brasileira ferramentas à disposição de trabalhadores e empregadores novo texto

atualização da legislação brasileira ferramentas à disposição de trabalhadores e empregadores novo texto Apresentação A atualização da legislação brasileira referente à prevenção de acidentes do trabalho é uma das ferramentas à disposição de trabalhadores e empregadores para garantir ambientes de trabalho

Leia mais

Entenda a nova Norma Regulamentadora NR-10

Entenda a nova Norma Regulamentadora NR-10 Entenda a nova Norma Regulamentadora NR-10 *Autor: Engº Jaques Sherique A nova NR-10 teve como base um texto técnico, elaborado por 53 empresas do setor energético. Esta norma que teve por base o tripartidarismo

Leia mais

Rotinas de trabalho PROCEDIMENTOS

Rotinas de trabalho PROCEDIMENTOS Rotinas de trabalho PROCEDIMENTOS Objetivo Definir procedimentos básicos para execução de atividades/trabalhos em sistema e instalações elétricas desenergizadas. Âmbito de aplicação Aplica-se às áreas

Leia mais

Art. 2º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 2º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. PORTARIA MTE Nº 143, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2005 Altera no Ementário - Elementos para lavratura de autos de infração as ementas referentes à Norma Regulamentadora Nº 10 - Instalações e Serviços em Eletricidade

Leia mais

NR-10. Rotinas de trabalho PROCEDIMENTOS. Prof. Pedro Armando da Silva Jr. Engenheiro Eletricista, Dr.

NR-10. Rotinas de trabalho PROCEDIMENTOS. Prof. Pedro Armando da Silva Jr. Engenheiro Eletricista, Dr. NR-10 Rotinas de trabalho PROCEDIMENTOS Prof. Pedro Armando da Silva Jr. Engenheiro Eletricista, Dr. pedroarmando@ifsc.edu.br Objetivo Definir procedimentos básicos para execução de atividades/trabalhos

Leia mais

NR 10 - SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE. Prof. ª Rosana Abbud

NR 10 - SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE. Prof. ª Rosana Abbud NR 10 - SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE Prof. ª Rosana Abbud OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO Esta Norma Regulamentadora - NR estabelece os requisitos e condições mínimas objetivando

Leia mais

- NORMA REGULAMENTADORA Nº 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

- NORMA REGULAMENTADORA Nº 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE - NORMA REGULAMENTADORA Nº 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE 10.1 - OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO Item 10.1 da NR 10 alterado pelo art. 1º da Portaria MTE nº 598 - DOU 08/12/2004.

Leia mais

CAPÍTULO V. NR-10 - Norma Regulamentadora de Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade

CAPÍTULO V. NR-10 - Norma Regulamentadora de Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade CAPÍTULO V NR-10 - Norma Regulamentadora de Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade PROFESSOR: SÉRGIO QUEIROZ DE ALMEIDA 1 NR-10 - Norma Regulamentadora de Segurança em Instalações e Serviços

Leia mais

Instituto Superior de Tecnologia de Paracambi. NR 8 e NR-10. Professora: Raquel Simas Pereira Teixeira

Instituto Superior de Tecnologia de Paracambi. NR 8 e NR-10. Professora: Raquel Simas Pereira Teixeira Instituto Superior de Tecnologia de Paracambi NR 8 e NR-10 Professora: Raquel Simas Pereira Teixeira NR-8 Edificações Dispõe sobre os requisitos técnicos mínimos que devem ser observados nas edificações

Leia mais

Medidas de controle do RISCO ELÉTRICO

Medidas de controle do RISCO ELÉTRICO Medidas de controle do RISCO ELÉTRICO Desenergização A desenergização é um conjunto de ações coordenadas, seqüenciadas e controladas. Somente serão consideradas desenergizadas as instalações elétricas

Leia mais

RISCOS. Riscos de origem elétrica. Riscos de queda. Riscos no transporte e com equipamentos. Riscos de ataques de insetos

RISCOS. Riscos de origem elétrica. Riscos de queda. Riscos no transporte e com equipamentos. Riscos de ataques de insetos RISCOS Os riscos à segurança e saúde dos trabalhadores no setor de energia elétrica são, via de regra elevados, podendo levar a lesões de grande gravidade e são específicos a cada tipo de atividade. Contudo,

Leia mais

Medidas de controle do RISCO ELÉTRICO. Desenergização. Desenergização

Medidas de controle do RISCO ELÉTRICO. Desenergização. Desenergização Medidas de controle do RISCO ELÉTRICO Desenergização A desenergização é um conjunto de ações coordenadas, seqüenciadas e controladas. Somente serão consideradas desenergizadas as instalações elétricas

Leia mais

RISCOS ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO (APR) CHECK LIST

RISCOS ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO (APR) CHECK LIST 1 RISCOS ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO (APR) CHECK LIST RISCOS Os riscos à segurança e saúde dos trabalhadores no setor de energia elétrica são, via de regra elevados, podendo levar a lesões de grande gravidade

Leia mais

MANUTENÇÃO ELÉTRICA INDUSTRIAL

MANUTENÇÃO ELÉTRICA INDUSTRIAL MANUTENÇÃO ELÉTRICA INDUSTRIAL *NORMA REGULAMENTADORA Nº 10* SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE Vitória ES 2006 D.O.U de 08/12/2004 NR-10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC: Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça - SP Eixo Tecnológico: Indústria Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais

PPRA: Equívocos Comuns na Elaboração

PPRA: Equívocos Comuns na Elaboração XXXI Jornada Paranaense de Saúde Ocupacional, IV Congresso Paranaense de Medicina do Trabalho II Encontro Iberoamericano II Simpósio Paranaense de Higiene Ocupacional PPRA: Equívocos Comuns na Elaboração

Leia mais

PLANO DE CURSO PARCERIA SENAI

PLANO DE CURSO PARCERIA SENAI PLANO DE CURSO PARCERIA SENAI 1 - NOME DO CURSO: Qualificação para instalador de equipe de serviços de Rede de Distribuição Aérea. (multifuncional) 2 - ÁREA: Energia Elétrica Sub área Sistema Elétrico

Leia mais

SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO DA ALIMENTAÇÃO NBR 5410

SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO DA ALIMENTAÇÃO NBR 5410 SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO DA ALIMENTAÇÃO NBR 5410 Um dispositivo de proteção deve seccionar automaticamente a alimentação do circuito por ele protegido sempre que uma falta entre parte viva e massa der

Leia mais

NR-10 - SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

NR-10 - SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE NR-10 - SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE Alterado pela Portaria MTPS nº 508, de 02/05/2016 - DOU de 02/05/2016 Alterado pela Portaria GM nº 598, de 07 de dezembro de 2004 - DOU 08/09/2004

Leia mais

Discutindo a Nova NR-10

Discutindo a Nova NR-10 Discutindo a Nova NR-10 BIFFE, Wagner Antonio. Especialista, Engenheiro Eletricista e Segurança do Trabalho, Depto. de Operações, CEMAT, Cuiabá MT, wagner.biffe@mail.com Resumo: Este artigo apresenta considerações

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO PREVENÇÃO E CONTROLE DE RISCOS SETOR ELÉTRICO AULA 1 Prof. Luiz Paulo Corrêa Vallandro Engenheiro Eletricista Engenheiro de Segurança do Trabalho

Leia mais

GESTÃO DE TREINAMENTOS DE SEGURANÇA DO TRABALHO. Apresentação

GESTÃO DE TREINAMENTOS DE SEGURANÇA DO TRABALHO. Apresentação Apresentação A atualização da legislação brasileira referente à prevenção de acidentes do trabalho é uma das ferramentas à disposição de trabalhadores e empregadores para garantir ambientes de trabalho

Leia mais

NR-10 - SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

NR-10 - SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE NR-10 - SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE Alterado pela Portaria GM n.º 3.214, de 08 de junho de 1978 - D.O.U. 06/07/78 Alterado pela Portaria SSMT n.º 12, de 06 de junho de 1983 - D.O.U.

Leia mais

NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE (Texto dado pela Portaria GM n.º 598, de 07 de dezembro de 2004) 10.1 - OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO Publicação D.O.U. Portaria MTb n.º 3.214,

Leia mais

Guia Global de Produtos e Serviços

Guia Global de Produtos e Serviços Guia Global de Produtos e s A empresa A CORRETA é uma empresa especializada e experiente na prestação de serviços nas áreas de segurança do trabalho, saúde ocupacional, higiene industrial, prevenção de

Leia mais

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA ADENDO AS NORMAS DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADAS DO SISTEMA ENERGISA À NORMA REGULAMENTADORA Nº010 NR

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA ADENDO AS NORMAS DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADAS DO SISTEMA ENERGISA À NORMA REGULAMENTADORA Nº010 NR NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-021 ADENDO AS NORMAS DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADAS DO SISTEMA ENERGISA À NORMA REGULAMENTADORA Nº010 NR 010 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 1 2. CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES...

Leia mais

Curso de Engenharia de Manutenção de Linhas de Transmissão - ENGEMAN LT (Recife Novembro de 2007) Ementas das Palestras. Dia 19/11/2007(segunda-feira)

Curso de Engenharia de Manutenção de Linhas de Transmissão - ENGEMAN LT (Recife Novembro de 2007) Ementas das Palestras. Dia 19/11/2007(segunda-feira) Curso de Engenharia de Manutenção de Linhas de Transmissão - ENGEMAN LT (Recife Novembro de 2007) Ementas das Palestras Dia 19/11/2007(segunda-feira) Fundamentos de Projeto de Linhas de Transmissão O Setor

Leia mais

INFORMATIVO Sistemas de Proteção contra Quedas O QUE HÁ DE NOVO?

INFORMATIVO Sistemas de Proteção contra Quedas O QUE HÁ DE NOVO? INFORMATIVO Sistemas de Proteção contra Quedas O QUE HÁ DE NOVO? Esta proposta de texto trata-se do Anexo II (REVISÃO DO ITEM 35.5 - EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL, ACESSÓRIOS E SISTEMAS DE ANCORAGEM)

Leia mais

APRESENTAÇÃO DOS CURSOS E TREINAMENTOS

APRESENTAÇÃO DOS CURSOS E TREINAMENTOS 1. APRESENTAÇÃO: APRESENTAÇÃO DOS CURSOS E TREINAMENTOS A SETC Consultoria é uma empresa fundada no município de Parauapebas PA, no ano de 2011, voltada para atender com soluções ágeis e necessárias às

Leia mais

NORMA REGULAMENTADORA Nº 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

NORMA REGULAMENTADORA Nº 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE NR 10: Portaria n.º 598, de 07/12/2004 (D.O.U. de 08/12/2004 Seção 1) Ementas: Portaria n.º 126, de 03/06/2005 (D.O.U. de 06/06/2005 Seção 1) NORMA REGULAMENTADORA Nº 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS

Leia mais

NORMA REGULAMENTADORA Nº 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

NORMA REGULAMENTADORA Nº 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE D.O.U de 08/12/2004 Seção I NORMA REGULAMENTADORA Nº 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE 10.1- OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 10.1.1 Esta Norma Regulamentadora NR estabelece os requisitos

Leia mais

Conforme a Portaria MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO E EMPREGO nº 598 de

Conforme a Portaria MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO E EMPREGO nº 598 de NORMA REGULAMENTADORA 10 - NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE Conforme a Portaria MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO E EMPREGO nº 598 de 07.12.2004 10.1- OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO

Leia mais

LAUDO TÉCNICO DE SEGURANÇA : SERVIÇOS COM ELETRICIDADE

LAUDO TÉCNICO DE SEGURANÇA : SERVIÇOS COM ELETRICIDADE UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ENGENHARIA ELÉTRICA ENGENHARIA ELÉTRICA (SISTEMAS ELETRÔNICOS EMBARCADOS) LAUDO TÉCNICO DE SEGURANÇA : SERVIÇOS COM ELETRICIDADE ADRIANO LEAL CARLOS

Leia mais

4 - CONDIÇÕES IMPEDITIVAS PARA EXECUÇÃO DE SERVIÇOS NO SEP

4 - CONDIÇÕES IMPEDITIVAS PARA EXECUÇÃO DE SERVIÇOS NO SEP 4 - CONDIÇÕES IMPEDITIVAS PARA EXECUÇÃO DE SERVIÇOS NO SEP A nova NR 10 visando garantir uma maior proteção aos trabalhadores que, direta ou indiretamente, interajam em instalações elétricas e serviços

Leia mais

PORTARIA 598 MTE, DE (DO-U DE )

PORTARIA 598 MTE, DE (DO-U DE ) PORTARIA 598 MTE, DE 7-12-2004 (DO-U DE 8-12-2004) TRABALHO SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO Instalações e Serviços em Eletricidade Modifica as normas relativas à segurança em Instalações e Serviços em

Leia mais

Port. MTE 598/04 - Port. - Portaria MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO E EMPREGO nº 598 de

Port. MTE 598/04 - Port. - Portaria MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO E EMPREGO nº 598 de Portaria MTE nº 598, 07 de Dezembro de 2004 - Altera NR 10 D.O.U.: 08.12.2004 Port. MTE 598/04 - Port. - Portaria MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO E EMPREGO nº 598 de 07.12.2004 D.O.U.: 08.12.2004 / ***

Leia mais

O que é NR10? Por quê fazer o curso de NR10? Por quê fazer o curso no NR10 ONLINE? NORMA REGULAMENTADORA Nº 10 NR-10

O que é NR10? Por quê fazer o curso de NR10? Por quê fazer o curso no NR10 ONLINE? NORMA REGULAMENTADORA Nº 10 NR-10 NR-10 O que é NR10? Esta Norma Regulamentadora NR estabelece os requisitos e condições mínimas objetivando a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança

Leia mais

VII CMATIC. Curso básico sobre segurança em instalações elétricas temporárias em canteiros de obras. Swylmar dos Santos Ferreira

VII CMATIC. Curso básico sobre segurança em instalações elétricas temporárias em canteiros de obras. Swylmar dos Santos Ferreira VII CMATIC Curso básico sobre segurança em instalações elétricas temporárias em canteiros de obras Swylmar dos Santos Ferreira Engº Eletricista e de Segurança do Trabalho s Dados estatísticos Dados Mundiais:

Leia mais

Segurança em Eletricidade

Segurança em Eletricidade Segurança em Eletricidade Os serviços que envolvem eletricidade podem provocar acidentes que, na maioria das vezes, são de natureza grave. Essas atividades são responsáveis por um número elevado de mortes

Leia mais

Posicionamento Consultoria De Segmentos Norma Regulamentadora Nº 9 - Descrição das medidas de controles já existentes

Posicionamento Consultoria De Segmentos Norma Regulamentadora Nº 9 - Descrição das medidas de controles já existentes Norma Regulamentadora Nº 9 - Descrição das medidas de controles já existentes 04/04/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação...

Leia mais

PORTARIA 598 MTE, DE (DO-U DE )

PORTARIA 598 MTE, DE (DO-U DE ) PORTARIA 598 MTE, DE 7-12-2004 (DO-U DE 8-12-2004) TRABALHO SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO Instalações e Serviços em Eletricidade Modifica as normas relativas à segurança em Instalações e Serviços em

Leia mais

ANEXO IV NR16 ATIVIDADES E OPERAÇOES PERIGOSAS COM ENERGIA ELÉTRICA PORTARIA N.º DE 16 DE JULHO DE 2014

ANEXO IV NR16 ATIVIDADES E OPERAÇOES PERIGOSAS COM ENERGIA ELÉTRICA PORTARIA N.º DE 16 DE JULHO DE 2014 ANEXO IV NR16 ATIVIDADES E OPERAÇOES PERIGOSAS COM ENERGIA ELÉTRICA PORTARIA N.º 1.078 DE 16 DE JULHO DE 2014 Apresentação: Eng. Aguinaldo Bizzo de Almeida Engenheiro Eletricista / Segurança do Trabalho

Leia mais

Eletricidade: fenômeno que escapa aos nossos sentidos, percepção apenas de suas manifestações exteriores. Conseqüência da invisibilidade : exposição

Eletricidade: fenômeno que escapa aos nossos sentidos, percepção apenas de suas manifestações exteriores. Conseqüência da invisibilidade : exposição Eletricidade: fenômeno que escapa aos nossos sentidos, percepção apenas de suas manifestações exteriores. Conseqüência da invisibilidade : exposição à situações de riscos ignoradas ou subestimadas. Objetivo

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO. Legislação, Regulamentos e Normas sobre Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO. Legislação, Regulamentos e Normas sobre Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO Legislação, Regulamentos e Normas sobre Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Prof. Rafael Jassen Gazzolla Aires de Araujo Engenheiro de Segurança

Leia mais

Máquinas e Equipamentos NR - 12

Máquinas e Equipamentos NR - 12 Máquinas e Equipamentos NR - 12 Publicação - Portaria GM N. 3.214, de 08 de julho de 1978 06/07/78. Atualizações - Portaria SIT N. 197, de 17 de dezembro de 2010 24/12/10. Entra em vigor - 01 de julho

Leia mais

C) Especificações dos equipamentos de proteção coletiva, individual e às ferramentas, aplicáveis conforme determina a norma.

C) Especificações dos equipamentos de proteção coletiva, individual e às ferramentas, aplicáveis conforme determina a norma. 7 norma 10.1- objetivo e campo de aplicação 10.1.1 Esta Norma Regulamentadora NR, estabelece os requisitos e condições mínimas objetivando a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos,

Leia mais

VII IEEE ESW-Brasil 2015

VII IEEE ESW-Brasil 2015 VII IEEE ESW-Brasil 2015 Engenharia Elétrica na Segurança do Trabalho 2 a 3 de dezembro de 2015 Rio de Janeiro Brasil DESENERGIZAÇÃO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA E ALTA TENSÃO João Gilberto Cunha

Leia mais

Projetos Elétricos Especiais

Projetos Elétricos Especiais Projetos Elétricos Especiais Prof. Laís Hauck de Oliveira Disciplina de Projetos Elétricos Especiais - PEE Departamento de Engenharia Elétrica - DEE Centro de Ciências Tecnológicas - CCT Universidade do

Leia mais

Médico de Saúde Ocupacional

Médico de Saúde Ocupacional } NR 3 - Embargo ou Interdição } NR 5 - CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes } NR 6 - EPI } NR 7 - PCMSO - Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional } NR 8 - Edificações } NR 9 - PPRA

Leia mais

SOLUÇÕES TÉCNICAS, CUSTO E QUALIDADE

SOLUÇÕES TÉCNICAS, CUSTO E QUALIDADE VISÃO GLOBAL CONSULTORIA EM GESTÃO INDUSTRIAL; ADEQUAÇÕES AS NORMAS REGULAMENTADORAS; CONSULTORIA INDUSTRIAL RELAÇÃO SINDICAL E COM O M.T.E. GESTÃO DE PESSOAS EFICIÊNCIA PRODUTIVIDADE ORGANIZAÇÃO PRODUÇÃO

Leia mais

Choque elétrico; Campo elétrico; Campo eletromagnético.

Choque elétrico; Campo elétrico; Campo eletromagnético. Técnicas de ANÁLISE DE RISCO Riscos De origem elétrica; De queda; Transporte e com equipamentos; Ataques de insetos; Riscos Ocupacionais; Riscos Ergonômicos; Ataque de animais peçonhentos/domésticos. Riscos

Leia mais

O SiMCA e a IEC 62793:2016-5

O SiMCA e a IEC 62793:2016-5 O SiMCA e a IEC 62793:2016-5 1 Introdução Em 2016 a IEC (InternationalEletrotechnicalCommission) editou a Norma Internacional IEC 62793 ProtectionAgainstLightning ThunderstormWarning Systems (Proteção

Leia mais

Elétricas e Serviços com Eletricidade

Elétricas e Serviços com Eletricidade Segurança em Instalações Elétricas e Serviços com Eletricidade 1 NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇOES E SERVIÇOS COM A ELETRICIDADE O curso é teórico e prático e tem carga horária de 40 horas. O curso será ministrado

Leia mais

NR 33 Plano de Aula - 16 Aulas (Aulas de 1 Hora).

NR 33 Plano de Aula - 16 Aulas (Aulas de 1 Hora). 6155 - NR 33 Plano de Aula - 16 Aulas (Aulas de 1 Hora). Aula 1 Capítulo 1 - Introdução à NR 33 1.1. Espaço Confinado... 22 1.1.1. Principais Características... 22 1.1.2. Outras Definições... 22 1.1.3.

Leia mais

NORMAS REGULAMENTADORAS

NORMAS REGULAMENTADORAS NORMAS REGULAMENTADORAS NR1 - Disposições Gerais: Estabelece o campo de aplicação de todas as Normas Regulamentadoras de Segurança e Medicina do Trabalho urbano, bem como os direitos e obrigações do Governo,

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO

ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PROGRAMAÇÃO E PLANEJAMENTO DOS SERVIÇOS PROGRAMAÇÃO E PLANEJAMENTO DOS SERVIÇOS Esta etapa consiste do planejamento das atividades que serão executadas, levantamento de recursos,

Leia mais

PCMAT. Programa de Condições e Meio Ambiente na Indústria da Construção

PCMAT. Programa de Condições e Meio Ambiente na Indústria da Construção PCMAT Programa de Condições e Meio Ambiente na Indústria da Construção Características da atividade Heterogeneidade do produto final Temporariedade do estabelecimento Transitoriedade de processos, instalações

Leia mais

XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica. Programa Risco Visto APR Realizada, riscos controlados, acidentes reduzidos

XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica. Programa Risco Visto APR Realizada, riscos controlados, acidentes reduzidos XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Programa Risco Visto APR Realizada, riscos controlados, acidentes reduzidos Walmir

Leia mais

Avaliação Módulo 2. Segurança no Trabalho. Nome: Registro: Turma: Data:

Avaliação Módulo 2. Segurança no Trabalho. Nome: Registro: Turma: Data: Nome: Registro: Turma: Data: Avaliação Módulo 2 Segurança no Trabalho 1. O choque elétrico produz conseqüências indiretas, tais como: a. ( ) quedas, batidas e queimaduras. b. ( ) quedas, tonturas e incêndios.

Leia mais

Resumo de Acidente Analisado Inspeção nº:

Resumo de Acidente Analisado Inspeção nº: Morte em razão de contato com rede aérea energizada durante obra Palavras-chave: Morte Contato Rede aérea energizada 1. Dados do empregador Razão Social: Quântica Engenharia Ltda. Número de empregados:

Leia mais

SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS COM ELETRICIDADE

SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS COM ELETRICIDADE Elaborado por Ana Karolina Kalil Oliveira dos Santos Visto Aprovado por Márcio Flávio Ribeiro Pereira Visto Revisado por - CONTROLE DE REVISÃO Revisão Data Item Natureza das alterações 0 20/09/2006 - Emissão

Leia mais

2º Work Shop Internacional de Trabalhos em Altura engº Gianfranco Pampalon Auditor fiscal do trabalho

2º Work Shop Internacional de Trabalhos em Altura engº Gianfranco Pampalon Auditor fiscal do trabalho 14/03/2011 2º Work Shop Internacional de Trabalhos em Altura engº Gianfranco Pampalon Auditor fiscal do trabalho NR.36 TRABALHOS EM ALTURA Esta norma é aplicável a qualquer trabalho realizado acima de

Leia mais

MPT. Ministério Público do Trabalho RECONHECIMENTO, AVALIAÇÃO, PREVENÇÃO E CONTROLE DE RISCOS OCUPACIONAIS

MPT. Ministério Público do Trabalho RECONHECIMENTO, AVALIAÇÃO, PREVENÇÃO E CONTROLE DE RISCOS OCUPACIONAIS MPT Ministério Público do Trabalho RECONHECIMENTO, AVALIAÇÃO, PREVENÇÃO E CONTROLE DE RISCOS OCUPACIONAIS JULIANA BORTONCELLO FERREIRA Procuradora do Trabalho EXEMPLOS DE FATORES OCUPACIONAIS DE RISCO

Leia mais

ASPECTOS DE SEGURANÇA EM ELETRICIDADE

ASPECTOS DE SEGURANÇA EM ELETRICIDADE ASPECTOS DE SEGURANÇA EM ELETRICIDADE Prof.: Luís M. Nodari luis.nodari@ifsc.edu.br http://www.joinville.ifsc.edu.br/~luis.nodari/ Parte 3 1 2 PIE - PRONTUÁRIO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 3 O PIE é um conjunto

Leia mais

SAÚDE E Segurança do trabalho_sst. Prof. Marcus Aurélio

SAÚDE E Segurança do trabalho_sst. Prof. Marcus Aurélio SAÚDE E Segurança do trabalho_sst Prof. Marcus Aurélio Além da Constituição Federal e das legislações trabalhistas previstas na CLT, a legislação básica que rege a Segurança do Trabalho está contida nas

Leia mais

Interpretando a NR 10

Interpretando a NR 10 FASCÍCULO / NR 10 Carlos Alberto Elyseo, engenheiro eletricista e responsável de marketing de serviços da Schneider Electric Brasil Ltda. carlos.elyseo@br.schneider-electric.com Interpretando a NR 10 PARTE

Leia mais

NORMAS REGULAMENTADORAS

NORMAS REGULAMENTADORAS NORMAS REGULAMENTADORAS APROVADAS PELA PORTARIA 3214 DE 08/06/1978 33 NR REVOGADAS NR RURAIS EM 15/04/2008 http://www.mte.gov.br/legislacao normas regulamentadoras NR 4 - SERVIÇO ESPECIALIZADO EM ENGENHARIA

Leia mais

Acidentes do Trabalho e suas Consequências Sociais e Econômicas

Acidentes do Trabalho e suas Consequências Sociais e Econômicas Acidentes do Trabalho e suas Consequências Sociais e Econômicas Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho Trabalhador é selecionado na sociedade e encaminhado à empresa, com seu estado atual físico e de

Leia mais

Riscos ambientais empresariais. 4.1 Programa de prevenção de acidentes (PPRA)

Riscos ambientais empresariais. 4.1 Programa de prevenção de acidentes (PPRA) Capítulo 4 Riscos ambientais empresariais Segundo o artigo 9.1.5 da Portaria n 25, de 29.12.94, do Secretário de Segurança e Saúde no Trabalho, considera-se riscos ambientais os agentes físicos, químicos

Leia mais

CURSO DE NR- 10 CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA EIXO PROFISSIONAL: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS

CURSO DE NR- 10 CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA EIXO PROFISSIONAL: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA CAMPUS ITAJAÍ CURSO DE NR- 10 CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA EIXO PROFISSIONAL: CONTROLE

Leia mais

Legislação do Ministério do Trabalho e Emprego (NR s)

Legislação do Ministério do Trabalho e Emprego (NR s) Legislação do Ministério do Trabalho e Emprego (NR s) http://www.mte.gov.br/ NR 01 Disposições Gerais 02 Inspeção Prévia 03 Embargo ou Interdição TEMA 04 Serviços Especializados em Eng. de Segurança

Leia mais

O Sábio antevê o perigo e protege-se, mas os imprudentes passam e sofrem as consequências. Provérbio 22:3

O Sábio antevê o perigo e protege-se, mas os imprudentes passam e sofrem as consequências. Provérbio 22:3 O Sábio antevê o perigo e protege-se, mas os imprudentes passam e sofrem as consequências. Provérbio 22:3 Razão Social: Atuar Consultoria em Segurança do Trabalho Endereço: Rua Raimunda Lemos Baêta, 221,

Leia mais

O que representa a sigla NR? Normas Regulamentadoras

O que representa a sigla NR? Normas Regulamentadoras O que representa a sigla NR? Normas Regulamentadoras Instrumentos legais editados pelo Ministério do Trabalho e Emprego que regulamentam e fornecem orientações do conjunto de requisitos e procedimentos

Leia mais

Disciplina de Saúde do Trabalho

Disciplina de Saúde do Trabalho Disciplina de Saúde do Trabalho Angelica dos Santos Vianna 10 e 11 fevereiro 2011 NORMAS REGULAMENTADORAS Ministério Trabalho e Emprego - CLT Aprovadas pela Portaria 3214 de 08/06/1978 33 NR Revogadas

Leia mais