PORTUGAL 2020: A IMPORTÂNCIA DA ELEGIBILIDADE DAS DESPESAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PORTUGAL 2020: A IMPORTÂNCIA DA ELEGIBILIDADE DAS DESPESAS"

Transcrição

1 21 de maio de 2015 PORTUGAL 2020: A IMPORTÂNCIA DA ELEGIBILIDADE DAS DESPESAS Ao abrigo do Acordo de Parceria estabelecido entre Portugal e a Comissão Europeia, denominado Portugal 2020, as empresas portuguesas podem agora beneficiar de financiamento no âmbito quer dos programas operacionais (PO) quer dos programas de desenvolvimento rural (PDR), financiados pelos fundos europeus estruturais e de investimento (FEEI). Aqueles financiamentos podem ser concedidos sob a forma de subvenções (reembolsáveis ou não reembolsáveis), prémios (apenas no FEADER), instrumentos financeiros, ou de uma combinação destas formas. Neste quadro, é fundamental considerar as especificidades aplicáveis em matéria de elegibilidade das despesas. De acordo com o artigo 65.º do Regulamento (UE) n.º 1303/2013 1, «a elegibilidade da despesa é determinada de acordo com as regras nacionais exceto quando sejam estabelecidas regras específicas no presente regulamento ou com base no presente regulamento ou, ainda, nas regras específicas dos Fundos» (n.º 1). Resulta daqui que, apesar do princípio da competência nacional, as regras nacionais são subsidiárias face a regras de origem europeia. 1 JO, L 347, de , pp

2 Assim, por um lado, devem sempre ser tidos em conta os critérios de elegibilidade da despesa estabelecidos naquele artigo; por outro, sempre que estejam em causa operações financiadas pelo FSE ou pelo FEADER, devem também ser tidas em conta as regras específicas estabelecidas no Regulamento (UE) n.º 1304/ (artigos 13.º e seguintes) e no Regulamento (UE) n.º 1305/ (artigos 60.º e 61.º), respetivamente. O segundo, em particular, contém regras específicas quanto ao período de elegibilidade das despesas. No plano da legislação portuguesa, o artigo 15.º do Decreto-Lei n.º 159/2014, de 27 de outubro, estabelece os seguintes critérios gerais de elegibilidade das despesas: i) Aprovação da operação pela autoridade de gestão; ii) Cumprimento dos critérios de seleção aprovados pela respetiva comissão de acompanhamento; iii) Cumprimento da regulamentação específica; iv) Cumprimento dos avisos para apresentação de candidaturas respetivos; e, quando aplicável, v) Realização da operação no território das NUTS II abrangido pelo respetivo PO ou PDR. Esta norma estabelece também critérios de elegibilidade territorial (n. os 2 e 3), temporal (n. os 4, 5 e 6) e ainda algumas regras específicas para os 2 3 JO, L 347, de ,p p JO, L 347, de , pp

3 cofinanciamentos das despesas incorridas no âmbito de operações de locação financeira, de arrendamento e aluguer de longo prazo, e de contratos de factoring. São ainda identificadas despesas que não são elegíveis, como as que dizem respeito (i) IVA recuperável, (ii) contratos efetuados através de intermediários ou consultores (em que o montante a pagar é expresso em percentagem do montante cofinanciado ou das despesas elegíveis da operação); ou (iii) pagamentos em numerário - exceto, no âmbito dos fundos da política de coesão, quando seja o meio de pagamento mais frequente, em função da natureza das despesas, e desde que num quantitativo unitário inferior a 250 euros (cfr. n. os 12, 13 e 14). Tanto a regulamentação específica como os avisos para apresentação de candidaturas, por concurso ou por convite, podem fixar regras mais restritivas de elegibilidade do que as previstas naquela norma, bem como fixar a elegibilidade das despesas em função das tipologias das operações elegíveis, em termos de âmbito temático, territorial ou outras condicionantes aplicáveis (cfr., n.º 11). Pelo que, para além das disposições acima referidas, deve sempre ser tida em conta a regulamentação específica do programa em causa, bem como as regras (nacionais e da UE) especificamente aplicáveis ao FEEI que financiará a operação em causa 4. Não obstante, aquela disposição parece estabelecer apenas o respetivo período objetivo de elegibilidade temporal das despesas no âmbito do Portugal Sendo que, dos quatro regulamentos específicos relativos aos respetivos eixos temáticos do Portugal 2020, apenas o da competitividade e internacionalização (cf. Portaria n.º 57-A/2015, de 27 de fevereiro) tem 4 A legislação relevante está disponível em:

4 normas específicas quanto ao período subjetivo de elegibilidade temporal das despesas incorridas no âmbito das operações nele previstas. Nos termos deste regulamento, para que determinado projeto seja considerado elegível é necessário demonstrar o cumprimento do efeito de incentivo, que se considera demonstrado sempre que o beneficiário tenha apresentado a candidatura em data anterior à data de início dos trabalhos relativos ao projeto sendo a noção de «início dos trabalhos» dada pelo artigo 2.º, alínea uu). No que diz respeito às operações realizadas no âmbito dos restantes eixos temáticos, sempre que sejam cofinanciadas pelo FSE, o período de elegibilidade das despesas diz respeito ao período entre os 60 dias úteis anteriores à data da apresentação da candidatura e os 45 dias úteis subsequentes à data de conclusão da operação que constituem a data limite para a apresentação do saldo final (cfr. artigo 10.º da Portaria n.º 60-A/2015, de 2 de março). Em qualquer caso, ainda que as operações em causa não sejam cofinanciadas pelo FSE, ou que sejam realizadas no âmbito de um eixo temático cuja regulamentação específica não contenha semelhantes regras de elegibilidade temporal das despesas deverá sempre ser tido em conta que «[a]s operações não podem ser selecionadas, para apoio dos FEEI, quando tenham sido materialmente concluídas ou totalmente executadas antes da apresentação do pedido de financiamento ao abrigo do programa, pelo beneficiário, à autoridade de gestão, independentemente de todos os pagamentos correspondentes terem sido efetuados pelo beneficiário» (cfr. artigo 65.º, n.º 6, do Regulamento n.º 1303/2013) (realce nosso).

5 É às autoridades de certificação (Agência, I.P. ou IFAP, I.P.) que cabe certificar a despesa, isto é, declarar à Comissão Europeia «que as despesas apresentadas para reembolso são elegíveis, que se encontram justificadas por faturas pagas ou por outros documentos contabilísticos de físicos de realização, no caso do uso de custos simplificados, e que foram realizadas no âmbito de operações devidamente aprovadas para financiamento no âmbito de um PO» (cfr. artigo 2.º, alínea c), e artigo 41.º, n.º 1, alínea a), do Decreto- Lei n.º 137/2014, de 12 de setembro). Em qualquer caso, a identificação da elegibilidade temporal subjetiva das despesas de uma determinada operação ou projeto para o qual se pretenda obter financiamento ao abrigo do Portugal 2020 afigura-se crucial para as empresas tendo em conta que, não obstante o pedido de financiamento e a avaliação da elegibilidade das despesas ter de ser certificado pelas autoridades nacionais, caso a Comissão venha a discordar daquela avaliação, poderá vir a emitir uma decisão de redução do apoio concedido pelo FEEI em causa e, bem assim, ordenar o reembolso total ou parcial do financiamento pelo Estado Português junto da empresa. Com um impacto brutal nos projetos e na situação económica e financeira das entidades últimas beneficiárias. Estas decisões podem ser contestadas, mormente pelo Estado, junto do Tribunal de Justiça em sede de recurso de anulação, nos termos do artigo 263.º do TFUE. Mas nem sempre as empresas beneficiárias últimas terão locus standi (ie., legitimidade) perante o Tribunal de Justiça da UE. Restandolhes pedir uma tal clarificação judicial sobre a sua (i) legitimidade e impugnar perante os tribunais nacionais as medidas de execução nacionais que venham a ser adotadas. Uma boa preparação e gestão dos dossiers permitirá uma muito melhor realização dos objetivos do Portugal 2020 e uma muito

6 menor incerteza jurídica e, por arrastamento, económica. Assim se cumprirá, então, o desiderato de estimular proactivamente a capacidade competitiva e produtiva das empresas. Inês Avelar Santos

RESUMO PARA OS CIDADÃOS

RESUMO PARA OS CIDADÃOS RESUMO PARA OS CIDADÃOS Relatório Anual de Execução 2015 INTRODUÇÃO E ENQUADRAMENTO DO PROGRAMA Para o Programa Operacional de Assistência Técnica 2014-2020 (POAT2020) foi determinante a aprovação do Acordo

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 03/2016

ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 03/2016 ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 03/2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO DOMÍNIO DA COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO (RECI) Sistema de Incentivos às Empresas Inovação Produtiva Majoração «Execução do Investimento»

Leia mais

Regulamento específico Assistência Técnica FEDER

Regulamento específico Assistência Técnica FEDER Regulamento específico Assistência Técnica FEDER Capítulo I Âmbito Artigo 1.º Objecto O presente regulamento define o regime de acesso aos apoios concedidos pelo Programa Operacional de Assistência Técnica

Leia mais

RETIFICAÇÃO AO AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº ALT

RETIFICAÇÃO AO AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº ALT RETIFICAÇÃO AO AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº ALT20 62 2015 10 Sistema de apoio à Modernização e Capacitação da Administração Pública (SAMA2020) DOMÍNIO DA COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO

Leia mais

Curso Especialização em Gestão da Formação

Curso Especialização em Gestão da Formação Curso Especialização em Gestão da Formação Módulo 7 GESTÃO FINANCEIRA EXECUÇÃO DE PROJETOS FINANCIADOS Formador/a Carlos Rocha 2 GESTÃO FINANCEIRA EXECUÇÃO NA FORMAÇÃO FINANCIADA Legislação essencial:

Leia mais

Inovação Produtiva Não PME

Inovação Produtiva Não PME Inovação Produtiva Não PME Objetivos 1. Reforçar o investimento empresarial em atividades inovadores, promovendo o aumento da produção transacionável e internacionalizável e a alteração do perfil produtivo

Leia mais

Guia Sudoe - Para a elaboração e gestão de projetos Versão Portuguesa Ficha 8.4 Custos de peritos e serviços externos

Guia Sudoe - Para a elaboração e gestão de projetos Versão Portuguesa Ficha 8.4 Custos de peritos e serviços externos Guia Sudoe - Para a elaboração e gestão de projetos Versão Portuguesa Ficha 8.4 Custos de peritos e serviços externos 2 Ficha 8.4 Custos de peritos e serviços externos Índice 1 Custos de peritos e serviços

Leia mais

Deliberação CETP n.º 3/2017. Delegação de competências da autoridade de gestão do Programa Operacional

Deliberação CETP n.º 3/2017. Delegação de competências da autoridade de gestão do Programa Operacional Deliberação CETP n.º 3/2017 Delegação de competências da autoridade de gestão do Programa Operacional Regional do Alentejo no Organismo Intermédio - Fundação para a Ciência e a Tecnologia, IP Pela Deliberação

Leia mais

A SIMPLIFICAÇÃO AO SERVIÇO DA

A SIMPLIFICAÇÃO AO SERVIÇO DA A SIMPLIFICAÇÃO AO SERVIÇO DA FOCAGEM EM RESULTADOS O EXEMPLO DA INTRODUÇÃO DE MECANISMOS DE CUSTOS SIMPLIFICADOS NO FSE 30 de abril de 2013 1. Balanço da experiência dos custos simplificados no FSE no

Leia mais

Comissão Ministerial de Coordenação dos Programas Operacionais Regionais do Continente

Comissão Ministerial de Coordenação dos Programas Operacionais Regionais do Continente Comissão Ministerial de Coordenação dos Programas Operacionais Regionais do Continente Aprovação de alteração ao regulamento específico Reabilitação urbana Deliberação aprovada por consulta escrita em

Leia mais

REGULAMENTOS ESPECÍFICOS

REGULAMENTOS ESPECÍFICOS Programa Operacional Factores de Competitividade Deliberações CMC POFC: 16/07/2008 Assistência Técnica do POFC Entrada em vigor DA ÚLTIMA ALTERAÇÃO em 17/07/2008 Artigo 1.º Objecto O presente regulamento

Leia mais

Curso Especialização em Gestão da Formação

Curso Especialização em Gestão da Formação Curso Especialização em Gestão da Formação Módulo 7 GESTÃO FINANCEIRA CANDIDATURAS FORMAÇÃO FINANCIADA Formador/a Carlos Rocha 2 GESTÃO FINANCEIRA CANDIDATURAS A FORMAÇÃO FINANCIADA Legislação essencial:

Leia mais

SI2E SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO APOIO À CRIAÇÃO DO PRÓPRIO EMPREGO

SI2E SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO APOIO À CRIAÇÃO DO PRÓPRIO EMPREGO SI2E SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO APOIO À CRIAÇÃO DO PRÓPRIO EMPREGO ÍNDICE TIPOLOGIA 3 BENEFICIÁRIOS 3 PROJETOS A APOIAR 3 CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE DOS BENEFICIÁRIOS 3 CRITÉRIOS

Leia mais

SI2E Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego

SI2E Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego SI2E Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego PSZ CONSULTING 2017 Tipologia O SI2E pretende estimular o surgimento de iniciativas empresariais e a criação de emprego em territórios de baixa

Leia mais

CUSTOS SIMPLIFICADOS Modalidade Montantes Fixos Workshop 1. Lisboa, 6 de novembro de 2015

CUSTOS SIMPLIFICADOS Modalidade Montantes Fixos Workshop 1. Lisboa, 6 de novembro de 2015 CUSTOS SIMPLIFICADOS Modalidade Montantes Fixos Workshop 1 Lisboa, 6 de novembro de 2015 2 Custos Simplificados - Montantes Fixos Modalidade de Montantes Fixos Os custos elegíveis de uma operação são calculados

Leia mais

SI2E Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego APOIO À CRIAÇÃO DO PRÓPRIO EMPREGO

SI2E Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego APOIO À CRIAÇÃO DO PRÓPRIO EMPREGO SI2E Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego APOIO À CRIAÇÃO DO PRÓPRIO EMPREGO ÍNDICE TIPOLOGIA 3 BENEFICIÁRIOS 3 PROJETOS A APOIAR 3 CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE DOS BENEFICIÁRIOS 3 CRITÉRIOS

Leia mais

NORMA DE GESTÃO N.º 4/NORTE2020/ Rev 1

NORMA DE GESTÃO N.º 4/NORTE2020/ Rev 1 NORMA DE GESTÃO N.º 4/NORTE2020/2015 1 Rev 1 [Operações públicas FEDER] 1 Não aplicável a operações enquadradas no Sistema de Incentivos às Empresas e a operações cofinanciadas pelo FSE. CONTROLO DO DOCUMENTO

Leia mais

PDR Jovens Agricultores Investimentos na Exploração Agrícola

PDR Jovens Agricultores Investimentos na Exploração Agrícola PDR 2014-2020 Jovens Agricultores + 3.2 - Investimentos na Exploração Agrícola PSZ CONSULTING 2015 Índice Índice... 1 1 Prémio aos Jovens Agricultores... 2 1.1 Enquadramento... 2 1.2 Beneficiários... 2

Leia mais

CARTA de MISSÃO 1. MISSÃO

CARTA de MISSÃO 1. MISSÃO CARTA de MISSÃO 1. MISSÃO Através da Resolução do Conselho de Ministros n.º 52-A/2015, de 23 de julho, o Governo criou a estrutura de missão designada por Estrutura de Gestão do Instrumento Financeiro

Leia mais

FUNDO FLORESTAL PERMANENTE PROMOÇÃO DO INVESTIMENTO, DA GESTÃO E DO ORDENAMENTO FLORESTAIS

FUNDO FLORESTAL PERMANENTE PROMOÇÃO DO INVESTIMENTO, DA GESTÃO E DO ORDENAMENTO FLORESTAIS APOIO PARA A ELABORAÇÃO DO INVENTÁRIO DA ESTRUTURA DA PROPRIEDADE NO ÂMBITO DAS ZONAS DE (Portaria n.º 77/2015, de 16 de março, alterada pela Portaria n.º 163/2015, de 2 de junho, e Declaração de Retificação

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020 Medida 5 ORGANIZAÇÃO DA PRODUÇÃO Ação 5.1 CRIAÇÃO DE AGRUPAMENTOS E ORGANIZAÇÕES DE PRODUTORES Enquadramento Regulamentar Artigo 27.º Criação

Leia mais

PDR Pequenos Investimentos na Exploração Agrícola

PDR Pequenos Investimentos na Exploração Agrícola PDR 2014-2020 3.2.2 Pequenos Investimentos na Exploração Agrícola Portal dos Incentivos Maio 2015 Índice 1 Apresentação de Tema... 2 1.1 Enquadramento... 2 1.2 Beneficiários... 2 1.3 Critérios de Elegibilidade

Leia mais

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS. Programa + Superior CONVITE N.º NORTE

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS. Programa + Superior CONVITE N.º NORTE CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Programa + Superior CONVITE N.º NORTE-68-2016-14 Programa Operacional Regional do Norte Norte 2020 Eixo Prioritário Prioridade de Investimento 8 Educação e Aprendizagem

Leia mais

O FINANCIAMENTO DAS EMPRESAS TURÍSTICAS. Linha de Apoio à Qualificação da Oferta

O FINANCIAMENTO DAS EMPRESAS TURÍSTICAS. Linha de Apoio à Qualificação da Oferta O FINANCIAMENTO DAS EMPRESAS TURÍSTICAS Linha de Apoio à Qualificação da Oferta CENTRO O Financiamento da Atividade Turística LINHA DE APOIO À QUALIFICAÇÃO DA OFERTA 23 Maio 2017 Miguel Mendes Beneficiários

Leia mais

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS ASSISTÊNCIA TÉCNICA 2016-2017 Grupos de ação local responsáveis por instrumentos de políticas públicas respeitantes às DLBC urbanas CONTROLO DO DOCUMENTO Versão

Leia mais

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 5/AT/2015 EIXO VI - ASSISTÊNCIA TÉCNICA (FEDER)

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 5/AT/2015 EIXO VI - ASSISTÊNCIA TÉCNICA (FEDER) CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 5/AT/2015 EIXO VI - ASSISTÊNCIA TÉCNICA (FEDER) PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO - COMPETE 2020 Página 1 de 16 Preâmbulo O

Leia mais

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 5/AT/2016 EIXO VI - ASSISTÊNCIA TÉCNICA (FEDER) Autoridade de Gestão do COMPETE2020

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 5/AT/2016 EIXO VI - ASSISTÊNCIA TÉCNICA (FEDER) Autoridade de Gestão do COMPETE2020 CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 5/AT/2016 EIXO VI - ASSISTÊNCIA TÉCNICA (FEDER) Autoridade de Gestão do COMPETE2020 PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO - COMPETE

Leia mais

Auditorias realizadas em Portugal pelo Tribunal de Contas Europeu com a colaboração do Tribunal de Contas de Portugal

Auditorias realizadas em Portugal pelo Tribunal de Contas Europeu com a colaboração do Tribunal de Contas de Portugal Apresentação do Relatório Anual do Tribunal de Contas Europeu, relativo ao exercício de 2015 Auditorias realizadas em Portugal pelo Tribunal de Contas Europeu com a colaboração do Tribunal de Contas de

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE-18-2015-06 Apoios à Contratação para Adultos Programa Operacional Inclusão Social e Emprego Objetivo Temático 8 - Promover a sustentabilidade e

Leia mais

Incentivos financeiros Portugal 2020

Incentivos financeiros Portugal 2020 Incentivos financeiros Portugal 2020 Lisboa, 08-10-2015 Paulo Carpinteiro Licks & Associados POCI Programa Operacional Competitividade e Internacionalização POSEUR e PORegionais Norte, Centro, LVT, Alentejo,

Leia mais

(6) É necessário estabelecer regras relativas ao formato e à apresentação dos relatórios anuais de execução.

(6) É necessário estabelecer regras relativas ao formato e à apresentação dos relatórios anuais de execução. L 365/124 REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) N. o 1362/2014 DA COMISSÃO de 18 de dezembro de 2014 que estabelece as regras relativas a um procedimento simplificado para a aprovação de certas alterações dos programas

Leia mais

Auditorias realizadas em Portugal no ano de 2012, pelo Tribunal de Contas Europeu com a colaboração do Tribunal de Contas de Portugal

Auditorias realizadas em Portugal no ano de 2012, pelo Tribunal de Contas Europeu com a colaboração do Tribunal de Contas de Portugal Apresentação do Relatório Anual do Tribunal de Contas Europeu, relativo ao exercício de 2012. Auditorias realizadas em Portugal no ano de 2012, pelo Tribunal de Contas Europeu com a colaboração do Tribunal

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE-24-2015-13 Vida Ativa para desempregados Programa Operacional Inclusão Social e Emprego Objetivo Temático 8 - Promover a sustentabilidade e a qualidade

Leia mais

O Instituto da Segurança Social, I.P. (ISS) enquanto Organismo Intermédio do PO APMC na Tipologia de Operação 1.2

O Instituto da Segurança Social, I.P. (ISS) enquanto Organismo Intermédio do PO APMC na Tipologia de Operação 1.2 Agenda 1 2 3 4 5 6 Breve apresentação do Fundo Europeu de Auxílio Europeu às Pessoas Mais Carenciadas (FEAC) e do Programa Operacional de Apoio às Pessoas Mais Carenciadas (PO APMC) O Instituto da Segurança

Leia mais

Portugal 2020 Apresentação

Portugal 2020 Apresentação Portugal 2020 Apresentação Porto Rua Dr. Ernesto Soares dos Reis, N.º 208, 1º Andar, Sala Q 3720-256 Oliveira de Azeméis Lisboa Edifício Oeiras Office - 1ºD R. Marechal Teixeira Rebelo, 2 2780-271 Oeiras

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE-18-2015-03 Estágios para Adultos Programa Operacional Inclusão Social e Emprego Objetivo Temático 8 - Promover a sustentabilidade e a qualidade

Leia mais

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 3/AT/2016. Alteração ao Aviso nos Pontos 7.A, 8, 17 e 18 EIXO VI - ASSISTÊNCIA TÉCNICA (FEDER)

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 3/AT/2016. Alteração ao Aviso nos Pontos 7.A, 8, 17 e 18 EIXO VI - ASSISTÊNCIA TÉCNICA (FEDER) CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 3/AT/2016 Alteração ao Aviso nos Pontos 7.A, 8, 17 e 18 EIXO VI - ASSISTÊNCIA TÉCNICA (FEDER) Conselho Empresarial do Centro Câmara de Comércio e Indústria

Leia mais

Programa Operacional Regional do Algarve

Programa Operacional Regional do Algarve Programa Operacional Regional do Algarve Concurso para apresentação de candidaturas Aviso nº ALG-M8-2017-11 Eixo Prioritário 6 SI2E - DLBC Página 1 de 10 Preâmbulo O presente aviso de concurso para apresentação

Leia mais

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 2/AT/2015 EIXO VI - ASSISTÊNCIA TÉCNICA (FEDER)

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 2/AT/2015 EIXO VI - ASSISTÊNCIA TÉCNICA (FEDER) CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 2/AT/2015 EIXO VI - ASSISTÊNCIA TÉCNICA (FEDER) PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO - COMPETE 2020 Página 1 de 16 Preâmbulo O presente

Leia mais

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-M Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E) CIMAL

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-M Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E) CIMAL AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-M7-2017-10 Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E) CIMAL DOMÍNIO DA INCLUSÃO SOCIAL E EMPREGO Preâmbulo O presente

Leia mais

Portugal 2020 Apresentação

Portugal 2020 Apresentação Portugal 2020 Apresentação Porto Largo Luís de Camões, Edifício Rainha, 9º Andar, Sala 1 3720-232 Oliveira de Azeméis - Portugal Lisboa Rua Fradesso da Silveira, n. 4, Piso 3B, 1300-609 Lisboa T. +351

Leia mais

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURA AVISO Nº LISBOA

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURA AVISO Nº LISBOA CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURA AVISO Nº LISBOA 37 2015-02 Instrumentos específicos de proteção das vítimas e de acompanhamento dos agressores na violência doméstica - Sistema de teleassistência

Leia mais

LISTA DE PERGUNTAS FREQUENTES

LISTA DE PERGUNTAS FREQUENTES SI INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DAS PME LISTA DE PERGUNTAS FREQUENTES PROJETOS CONJUNTOS AVISO 01/SI/2014 - INTERNACIONALIZAÇÃO AVISO 02/SI/2014 QUALIFICAÇÃO PME Esta LISTA DE PERGUNTAS

Leia mais

3. Tipologia das operações São elegíveis as seguintes tipologias de operação: 1 de 10

3. Tipologia das operações São elegíveis as seguintes tipologias de operação: 1 de 10 Convite para Apresentação de Candidaturas Aviso Nº ACORES-57-2016-01 Eixo Prioritário 7 Transportes sustentáveis e principais redes de infraestruturas. Prioridade de Investimento 7.3 Desenvolvimento e

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE EXECUÇÃO. Programa Operacional MAR 2020 PORTUGAL

RELATÓRIO ANUAL DE EXECUÇÃO. Programa Operacional MAR 2020 PORTUGAL RELATÓRIO ANUAL DE EXECUÇÃO 2015 Programa Operacional MAR 2020 PORTUGAL Relatório Anual 2015 RELATÓRIO DE EXECUÇÃO DO PO MAR 2020 ANO DE 2015 CCI: 2014PT14MFOP001 PROGRAMA OPERACIONAL: PROGRAMA OPERACIONAL

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 13/2017. SAMA Sistema de Apoio à Modernização e Capacitação da Administração Pública

ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 13/2017. SAMA Sistema de Apoio à Modernização e Capacitação da Administração Pública ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 13/2017 SAMA 2020 - Sistema de Apoio à Modernização e Capacitação da Administração Pública Aplicação do Efeito Difusor em sede de análise de elegibilidade das operações e da intensidade

Leia mais

Sistema de Incentivos à Inovação

Sistema de Incentivos à Inovação Sistema de Incentivos à Inovação Inovação Produtiva e Empreendedorismo Qualificado até concursos abertos 26 de abril de 2012 sistema de incentivos à inovação Inovação Produtiva e Empreendedorismo Qualificado

Leia mais

Deliberação n.º 3/2016. Recursos Hierárquicos do Quadro de Referência Estratégico Nacional

Deliberação n.º 3/2016. Recursos Hierárquicos do Quadro de Referência Estratégico Nacional Deliberação n.º 3/2016 Recursos Hierárquicos do Quadro de Referência Estratégico Nacional O Decreto-Lei n.º 312/2007, de 17 de setembro, alterado pelo Decreto-Lei n.º 74/2008, de 22 de abril, e pelo Decreto-Lei

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 18.12.2014 C(2014) 10189 final DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 18.12.2014 que aprova determinados elementos do programa operacional regional do Algarve 2014-2020 do apoio

Leia mais

DESTINATÁRIOS AG, ST e OG dos GAL

DESTINATÁRIOS AG, ST e OG dos GAL 1. OBJETO A presente norma tem por objeto a definição dos procedimentos a adotar no que respeita a: i. Anúncios de Abertura para apresentação de candidaturas por períodos contínuos; ii. Anúncios de Abertura

Leia mais

Promover o Emprego e Apoiar a Mobilidade Laboral

Promover o Emprego e Apoiar a Mobilidade Laboral AVISO/CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL 2014-2020 (MADEIRA14-20) EIXO PRIORITÁRIO 7 Promover o Emprego e Apoiar a Mobilidade Laboral PRIORIDADE DE INVESTIMENTO (PI)

Leia mais

Convite Público. Convite nº: Centro-EDU Eixo 3 Coesão Local e Urbana

Convite Público. Convite nº: Centro-EDU Eixo 3 Coesão Local e Urbana Convite Público Eixo 3 Coesão Local e Urbana Regulamento Específico Requalificação da Rede Escolar do 1º Ciclo do Ensino Básico e da Educação Pré-escolar Convite nº: Centro-EDU-2014-20 1 Nos termos do

Leia mais

1ª ALTERAÇÃO AO CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º CENTRO PRIORIDADE DE INVESTIMENTO 3.3

1ª ALTERAÇÃO AO CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º CENTRO PRIORIDADE DE INVESTIMENTO 3.3 1ª ALTERAÇÃO AO CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º CENTRO 53 2017-47 PRIORIDADE DE INVESTIMENTO 3.3 Reposição da atividade empresarial atingida pelo incêndio com início no passado dia 17 de

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO MADEIRA Portaria n.º 74/2015, de 25 de março Portaria n.º 82/2015 de 15 de Abril

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO MADEIRA Portaria n.º 74/2015, de 25 de março Portaria n.º 82/2015 de 15 de Abril AVISO/CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL 2014-2020 (MADEIRA14-20) EIXO PRIORITÁRIO 9 Investir em Competências, Educação e Aprendizagem ao Longo da Vida PRIORIDADE DE

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 18.12.2014 C(2014) 10188 final DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 18.12.2014 que aprova determinados elementos do «Programa Operacional Regional do Norte 2014-2020» do apoio

Leia mais

Capítulo I Disposições Gerais. Artigo 1º Âmbito de aplicação

Capítulo I Disposições Gerais. Artigo 1º Âmbito de aplicação Programa Operacional de Assistência Técnica FEDER 2007-2013 Regulamento de Acesso ao Financiamento FEDER Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1º Âmbito de aplicação 1. O presente regulamento define as

Leia mais

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO Eixo Prioritário 4 Protecção e Valorização Ambiental ACÇÕES DE VALORIZAÇÃO E QUALIFICAÇÃO AMBIENTAL Centro-VQA-2009-13-BM-13 1 Nos termos do Regulamento Específico Acções

Leia mais

AGRICULTURA, FLORESTAS E DESENVOLVIMENTO RURAL

AGRICULTURA, FLORESTAS E DESENVOLVIMENTO RURAL 4614-(2) Diário da República, 1.ª série N.º 236 12 de dezembro de 2016 AGRICULTURA, FLORESTAS E DESENVOLVIMENTO RURAL Portaria n.º 313-A/2016 de 12 de dezembro O Regulamento (UE) n.º 1305/2013, do Parlamento

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 9.12.2014 C(2014) 9621 final DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 9.12.2014 que aprova determinados elementos do programa operacional "Inclusão Social e Emprego" para apoio do

Leia mais

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização das PME

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização das PME AAC 15/SI/2017 Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização das PME Projetos Conjuntos Formação-ação Intensificar a formação dos empresários e gestores para a reorganização e melhoria das

Leia mais

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-74-2016-24 AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA O ENSINO SUPERIOR DESTINADOS A NOVOS CURSOS SUPERIORES DE CURTA DURAÇÃO DE NÍVEL TESP/ISCED

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 13.2.2015 C(2015) 850 final DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 13.2.2015 que aprova o programa de desenvolvimento rural de Portugal-Açores, para apoio pelo Fundo Europeu Agrícola

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS E MINISTÉRIO DA SOLIDARIEDADE, EMPREGO E SEGURANÇA SOCIAL

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS E MINISTÉRIO DA SOLIDARIEDADE, EMPREGO E SEGURANÇA SOCIAL 4494-(6) Diário da República, 1.ª série N.º 123 26 de junho de 2015 relativamente à produção separada de calor e de eletricidade é medida de acordo com a seguinte fórmula: Secretaria -Geral, 26 de junho

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE-29-2015-25 Apoio ao emprego de pessoas com deficiência e ou incapacidade: Emprego apoiado Programa Operacional Inclusão Social e Emprego Objetivo

Leia mais

A próxima geração de políticas de coesão para o período

A próxima geração de políticas de coesão para o período A próxima geração de políticas de coesão para o período 2014-2020 Seminário Fundos Estruturais: Prioridade máxima para a Coesão Social EAPN Portugal 20 março 2013 Painel 2 Quirino Mealha - REPER Portugal

Leia mais

FINANCIAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIGAÇÃO EXPLORATÓRIA NO ÂMBITO DO PROGRAMA INVESTIGADOR FCT. Normas de execução financeira

FINANCIAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIGAÇÃO EXPLORATÓRIA NO ÂMBITO DO PROGRAMA INVESTIGADOR FCT. Normas de execução financeira FINANCIAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIGAÇÃO EXPLORATÓRIA NO ÂMBITO DO PROGRAMA INVESTIGADOR FCT Normas de execução financeira Financiamento de Projetos de Investigação Exploratória no âmbito do Programa

Leia mais

MEDIDA ESTIMULO 2012 Regulamento do Instituto do Emprego e Formação Profissional

MEDIDA ESTIMULO 2012 Regulamento do Instituto do Emprego e Formação Profissional MEDIDA ESTIMULO 2012 Regulamento do Instituto do Emprego e Formação Profissional No âmbito da medida de incentivos ao emprego "Estímulo 2012", estabelecida pela Portaria n 45/2012, de 13.2, o Instituto

Leia mais

Guia Sudoe - Para a elaboração e gestão de projetos Versão Portuguesa Ficha 8.5 Despesas de equipamento

Guia Sudoe - Para a elaboração e gestão de projetos Versão Portuguesa Ficha 8.5 Despesas de equipamento Guia Sudoe - Para a elaboração e gestão de projetos Versão Portuguesa Ficha 8.5 Despesas de equipamento 2 Título Índice 1 Despesas de equipamento... 5 1.1 Contexto.... 5 1.2 Definição... 5 1.3 Princípios

Leia mais

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS ASSISTÊNCIA TÉCNICA 2015-2016 ORGANISMOS INTERMÉDIOS DOS SISTEMAS DE INCENTIVOS www.norte2020.pt norte2020@ccdr-n.pt ÍNDICE Preâmbulo... 3 1. Objetivos específicos...

Leia mais

INOVAÇÃO PRODUTIVA CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 07/SI/ All rights reserved

INOVAÇÃO PRODUTIVA CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 07/SI/ All rights reserved CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 07/SI/2017 1 Introdução Enquadramento Incentivar a inovação do tecido económico nacional através do desenvolvimento de empresas e empreendedores, inovando

Leia mais

SI2E Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego Fase de candidaturas: abertura prevista para 14 deabril de 2017

SI2E Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego Fase de candidaturas: abertura prevista para 14 deabril de 2017 SI2E Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego Fase de candidaturas: abertura prevista para 14 deabril de 2017 Porto Largo Luís de Camões, Edifício Rainha, 9º Andar, Sala 1 3720-232 Oliveira

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO (SI2E) AVISO N.

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO (SI2E) AVISO N. CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO (SI2E) AVISO N.º NORTE-M7-2017-33 COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DO AVE V1-24/08/2017 Índice Preâmbulo... 3

Leia mais

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS ASSISTÊNCIA TÉCNICA 2017 ORGANISMOS INTERMÉDIOS DOS SISTEMAS DE INCENTIVOS www.norte2020.pt norte2020@ccdr-n.pt ÍNDICE Preâmbulo... 3 1. Objetivos específicos...

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE-29-2015-25 Apoio ao emprego de pessoas com deficiência e ou incapacidade: Emprego apoiado Programa Operacional Inclusão Social e Emprego Objetivo

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE-20-2015-04 Estágios Iniciativa Emprego Jovem Programa Operacional Inclusão Social e Emprego Objetivo Temático 8 - Promover a sustentabilidade e

Leia mais

1.09 Vida Ativa para desempregados

1.09 Vida Ativa para desempregados CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE 24 2017 14 Programa Operacional Inclusão Social e Emprego Objetivo Temático: Objetivo Específico: Eixo Prioritário: Prioridade de Investimento:

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA 1756 Diário da República, 1.ª série N.º 109 7 de junho de 2016 ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Resolução da Assembleia da República n.º 102/2016 Recomenda ao Governo que legisle no sentido de permitir que a Agência

Leia mais

SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO (SI2E) - CIM - TERRAS DE TRÁS-OS- MONTES. 05 Programa Operacional Regional do Norte

SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO (SI2E) - CIM - TERRAS DE TRÁS-OS- MONTES. 05 Programa Operacional Regional do Norte Identificação Aviso NORTE-M7-2017-13 SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO (SI2E) - CIM - TERRAS DE TRÁS-OS- MONTES Programa Operacional 05 Programa Operacional Regional do Norte Eixo

Leia mais

3.04 Vida Ativa para DLD

3.04 Vida Ativa para DLD CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE 31 2017 15 Programa Operacional Inclusão Social e Emprego Objetivo Temático: Objetivo Específico: Eixo Prioritário: Prioridade de Investimento:

Leia mais

Apresentação do Relatório Anual do Tribunal de Contas Europeu, relativo ao exercício de 2011

Apresentação do Relatório Anual do Tribunal de Contas Europeu, relativo ao exercício de 2011 Apresentação do Relatório Anual do Tribunal de Contas Europeu, relativo ao exercício de 2011 www.tcontas.pt www.eca.europa.eu Auditorias realizadas em Portugal no ano de 2011, pelo Tribunal de Contas Europeu

Leia mais

SI2E CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º CENTRO-M SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO CIM MÉDIO TEJO

SI2E CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º CENTRO-M SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO CIM MÉDIO TEJO CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º CENTRO-M7-2017-21 SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO SI2E CIM MÉDIO TEJO Página 1 de 10 Preâmbulo O presente aviso de concurso para

Leia mais

Versão de trabalho PROGRAMA MODELAR MANUAL DE APOIO À EXECUÇÃO DOS PROJECTOS

Versão de trabalho PROGRAMA MODELAR MANUAL DE APOIO À EXECUÇÃO DOS PROJECTOS Versão de trabalho PROGRAMA MODELAR MANUAL DE APOIO À EXECUÇÃO DOS PROJECTOS UMCCI Março de 2009 Índice 1 Introdução.. 3 2 - Contabilização do investimento e dos incentivos 3 3 - Execução do projecto 4

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS DECISÃO DA COMISSÃO. de 04-XII-2007

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS DECISÃO DA COMISSÃO. de 04-XII-2007 COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 04-XII-2007 C(2007) 6159 NÃO PUBLICAR DECISÃO DA COMISSÃO de 04-XII-2007 que aprova o programa de desenvolvimento rural de Portugal Continental relativo ao

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 6/2017

ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 6/2017 ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 6/2017 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO DOMÍNIO DA COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO Elegibilidade de Documentos Comprovativos de Despesas Incorridas Fora do Território Nacional I.

Leia mais

SISTEMAS DE INCENTIVOS QREN

SISTEMAS DE INCENTIVOS QREN SISTEMAS DE INCENTIVOS QREN VALIDAÇÃO NO PÓS-PROJETO DO MÉRITO DO PROJETO ALTERAÇÃO ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º15 1 Tendo em consideração o contexto macro económico desfavorável em que muitos projetos apoiados

Leia mais

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS 10.11.2015 L 293/1 II (Atos não legislativos) REGULAMENTOS REGULAMENTO DELEGADO (UE) 2015/1970 DA COMISSÃO de 8 de julho de 2015 que complementa o Regulamento (UE) n. o 1303/2013 do Parlamento Europeu

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º CENTRO-M SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO SI2E GAL DUECEIRA

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º CENTRO-M SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO SI2E GAL DUECEIRA CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º CENTRO-M8-2017-14 SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO SI2E GAL DUECEIRA Preâmbulo O presente aviso de concurso para apresentação

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 6.2.204 C(204) 00 final DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 6.2.204 que aprova determinados elementos do programa operacional «Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos»

Leia mais

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-M Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E) ADER-AL

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-M Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E) ADER-AL AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-M8-2017-15 Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E) ADER-AL DOMÍNIO DESENVOLVIMENTO LOCAL DE BASE COMUNITÁRIA (DLBC)

Leia mais

AVISO - CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

AVISO - CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS EIXO PRIORITÁRIO I REDES E EQUIPAMENTOS ESTRUTURANTES NACIONAIS DE TRANSPORTES E MOBILIDADE SUSTENTÁVEL (FUNDO COESÃO) DOMÍNIO DE INTERVENÇÃO REDES E EQUIPAMENTOS

Leia mais

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO N.O 3/2012

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO N.O 3/2012 Mlnlstcrlo da Agncultura, II~,,.:. do Mar. do Ambiente e do ~ f Ordenarnento do Tcrrucno \.,"... AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO APOIO À PROMOÇÃO DE VINHOS EM MERCADOS PAíSES TERCEIROS DE N.O 3/2012 Nos

Leia mais

Sessão de esclarecimento 2.ª Convocatória - Elegibilidades

Sessão de esclarecimento 2.ª Convocatória - Elegibilidades European Union European Regional Development Fund Sharing solutions for better regional policies Sessão de esclarecimento 2.ª Convocatória - Elegibilidades Celina Pasadas Núcleo de Cooperação Territorial

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 18.12.2014 C(2014) 10193 final DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 18.12.2014 que aprova determinados elementos do programa operacional «Regional da Madeira 2014-2020» do apoio

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para DISPOSIÇÕES DE EXECUÇÃO DO PROGRAMA

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para DISPOSIÇÕES DE EXECUÇÃO DO PROGRAMA Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020 DISPOSIÇÕES DE EXECUÇÃO DO PROGRAMA Disposições de Execução do Programa Autoridades Autoridade/organismo Nome ou autoridade/organismo e departamento

Leia mais

INTERNACIONALIZAÇÃO PME

INTERNACIONALIZAÇÃO PME I N T E R N A C I O N A L I Z A Ç Ã O P M E Page 1 INTERNACIONALIZAÇÃO PME 2016 www.mentorgest.pt I N T E R N A C I O N A L I Z A Ç Ã O P M E Pag. 2 ÍNDICE A MentorGest... 3 Serviços MentorGest no âmbito

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 30.11.2015 C(2015) 8642 final DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 30.11.2015 que aprova o programa operacional «Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas Programa Operacional

Leia mais