ENGENHARIA ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA 2ª LISTA DE EXERCÍCIOS. (Atualizada em abril de 2009)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENGENHARIA ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA 2ª LISTA DE EXERCÍCIOS. (Atualizada em abril de 2009)"

Transcrição

1 ENGENHARIA ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA Pofesso : Humbeo Anônio Baun d Azevedo ª LISTA DE EXERCÍCIOS (Aualizada em abil de Dados A (1, 0, -1, B (, 1,, C (1, 3, 4 e D (-3, 0, 4 Deemina: a AB + CB b CA DB c BD + 4AC+ DA d ( 3 CA+ CB e DA CD f (3 DA ( DB 4 4 Dados A (1, 0, -1, B (, 1,, C (1, 3, 4 e D(x, y, z Deemina D de modo que: a AD = AB+ CB b DB = 4 CB+ BA c DC = AD CB d DA= ( AB CB e 4 BD = AC+ CB f CD = AB BA 3 Obe o pono S, siméico do pono P(3, -1,, em elação ao pono M(0, -1, 3 4 O pono siméico do pono A (3, 1, 1, em elação ao pono B (5, -8, é o pono C Deemine as coodenadas desse pono 5 Dados os ponos A (3,7 e B (11,19, Deemine as coodenadas de um pono C, de maneia 1 que AC = BC 4 6 Polonga-se o segmeno AB, no senido de A paa B, aé o pono P, al que o compimeno de AP é o iplo de AB Deemine as coodenadas de P sabendo-se que: A (1, -7 e B(-4, 8 7 Um eângulo de ceno na oigem do sisema caesiano apesena os lados paalelos aos eixos coodenados Se um dos véices é o pono A (-5, 3, Deemine as coodenadas dos ouos ês véices 8 Dados u = (4, 9, v = (, -1, w = (5, 10 e z = (0, 0, calcule: a u v u v c ( w+ v( z w ww u f uv ww v z + b z v d ( u v(3 z+ w e w 9 Dados u = (-1,3,4, v = (0,,-4, w = (3,-1,0 e z = (6,-1,-4, calcule: a u v b u v w ( c ( w+ v( z w d ( u v(3 z+ w e u w f v z ( ww v u ( w u 1

2 10 Veifica qual dos veoes é uniáio (módulo igual a 1: 1 1 a u =, b 3 4 d =, 5 5 u e ( 11 Dados =( 6, 8 u 3 1 =, c 1 u =, 3 3 u = 1,0 1 1 f u =, 3 u v = ( 4, 3, calcula o valo de u v + ( u v 1 Dados = ( x+1, 13 Dados u=(x,1 + : u e v = ( 3, x, calcule o valo de x paa que u v = 0 e v =(,1, calcule x paa que ( u+ v( u v = 0 14 Calcula o valo de x paa que os veoes sejam uniáios (módulo igual a 1: 1 1 a u =, x b u 3 = 3, x, c u = x, 5 1 d u x 1 =, x, e u =, f u =, x, Calcule o módulo dos veoes abaixo: a = ( 4, 4 u b u = ( 7, 1, 7 c u = ( 3,, 6 d u = ( 4,1, 1 e u = ( 13,, 5 f u = ( 6,0,8 1 g u 1 1 =, 8 h u =,, Deemine o valo eal de a, paa que o veo = ( a, 3 u enha módulo igual 5 17 Deemine o valo eal de x, paa que o veo AB enha módulo igual A (,8 e B( x,10 18 Deemine o valo eal de a, paa que o veo u = ( a, 1, 4 enha módulo igual 5 Dados: 19 Calcula o peímeo do iângulo de véices A (3,-1, B (6,3 e C (7, e classificá-lo quano aos lados (O peímeo é epesenado po p ABC 0 Calcula o peímeo do iângulo de véices A (3,3,0, B (0,3,3 e C (3,0,3 e classificá-lo quano aos lados (O peímeo é epesenado po p 1 Sendo A (x,, B (1,0 e C (-1,1, paa que valo eal de x, os veoes AB e AC em mesmo módulo? O pono P (x,x é eqüidisane dos ponos A (3,0 e B (-7,0, paa qual valo de x? 3 Paa que valo de y o pono P (1, y é eqüidisane dos ponos A (1, 0 e B (0,? ABC

3 4 Deemina as coodenadas de um pono P que peença ao eixo das abscissas (Ox e seja eqüidisane dos ponos A (-1,1 e B (5, 7 5 Obe no eixo das odenadas (Oy um pono eqüidisane dos ponos A (-, 0 e B (4, 6 Obe um pono P no eixo das abscissas e eqüidisane dos ponos A (1,0,1 e B (-1,,0 7 Obe um pono P no eixo das odenadas e eqüidisane dos ponos A (1,1,0 e B (0,,1 8 Obe um pono P no eixo das coas e eqüidisane dos ponos A (0,4,-1 e B (4,0, 9 Quais as coodenadas de um pono P que peence ao plano xoy (onde x = y e eqüidisa dos ponos A (1,1,0 e B (-1,0,1? 30 Quais as coodenadas de um pono P que peence ao plano xoz (onde x = z e eqüidisa dos ponos A (3,1,1 e B (-,3,1? 31 Os ponos A (1,1 e B (6,4 são exemidades do lado de um quadado ABCD Qual a áea do quadado ABCD? (áea do quadado A 4 = L 3 Os ponos A (4,1,0 e B (6,, 3 são exemidades do lado do iângulo eqüiláeo ABC Qual medida da áea desse iângulo? (áea do iângulo eqüiláeo L 3 A 3 = 4 33 Dado o iângulo de véices A (0,0, B (5,-3 e C (3,-3, qual a medida da mediana elaiva ao véice A? 34 Veifique se os veoes u e v são paalelos: a u = (4, e v = (1,6 b u = ( 6, 1 e v = ( 1, c u = (8,14 e v = (1,1 d u = ( 3,4 e v = ( 4, 3 e u = ( 1,, 3 e v = ( 4, 8, 1 f u = ( 3, 1, 5 e v = ( 6,, 10 g u = (, 5, 6 e v 5 = ( 1,, 3 35 Calcula x de modo que o quadiláeo de véices A (0,0, B (,5, C (1,11 e D ( x, 1, possua os lados AB e CD paalelos 36 Dados u = (, 5 e v = ( 5,, veifique se os veoes u + v e u v são paalelos: 37 Paa que valoes de x, os ponos A (, 5, B (7, 15 e C (x, 38, são colineaes? 38 Deemine o valo de x, paa que os ponos A (1,0, B (8,3, C (x,6 esejam alinhados 39 Veifique se os veoes u e v são oogonais: a u = ( 3, e v = ( 4, 6 b u = ( 1, 3 e v = ( 3, 1 c u = ( 5, 4 e v = (, 3 d u = ( 7, 0 e v = ( 0, e u = ( 11, e v = ( 8, 0 f u = ( 1,, 3 e v = ( 4,, 0 g u = ( 1, 3, 4 e v = ( 0,, 1 h u = (,, e v = (,, 3

4 40 Dados u = ( x 1, e 7 v = ( x + 5,, calcule x, paa que uv = 0 41 Calcula y de modo que o quadiláeo de véices A (0,0, B (5,1, C (7,3 e ( 3, y possua as diagonais AC e BD pependiculaes 4 Obe x paa que o iângulo ABC seja eângulo em B Dados A (5,4, B (x, e ( 4, D, C 43 Calcula z paa que o iângulo de véices A ( 3, 1,, B( 1, 4, z e C (,3,3 seja eângulo em A 44 Calcula o ângulo fomado pelos veoes u e v : a u = ( 1, e v = ( 1, 3 b u = ( 3, 0 e v = ( 1, 3 c u = ( 1, e v = ( 10, 5 d u = ( 0, e v = ( 11, e u = ( 4, 1, 1 e v = (, 1, f u = ( 3, 0, 4 e v = ( 7, 0, 1 45 Dados u = ( 4, 3 e v = (, 1, deemina o ângulo fomado pelos veoes u + v e u v : 46 Dados os véices A = ( 0,, B = ( 3, 5 e C = ( 0, 6, calcula a medida do ângulo ineno A 47 Calcula a medida do ângulo ineno B, do iângulo cujos véices são A ( 1,,4, B( 4,,0 e C(3,,1 48 Sabe-se que os veoes u = ( k, 1, 0 e v = (, 1, fomam um ângulo de 45º Qual o valo de k? o 49 Dados A (1, 0, B (4, 1 e C (4, y, calcule y de modo que BAC $ = Classifica o iângulo de véices A (1,, B (, 0 e C (0, -1, quano aos ângulos e quano aos lados 51 Calcule o poduo veoial uxv : a u = ( 3, 1, e v = ( 1, 5, b u = ( 1, 7, 4 e v = (, 0, 3 c = ( 4, 4, 4 d = ( 4, 1, 4 u e v = ( 1,0,1 u e v = ( 1,,1 5 Dados u = ( 1, 1,, v = ( 0,, 1, w = ( 3, 1, e z = ( 1, 0,, calcule: a [ u, v, w] b [ z, v, w ] [ u + v, w, z] [ u, v z, w ] c ( d ( 53 Dados A (3, -1, 4, B (, 1, 5, C (3, -1, 0 e D (1, 3, 5, calcula: a AB, AC, AD b BA, BC, BD c AB, BC, DA 4

5 54 Deemina os valoes eais paa a, b, e c, al que os veoes v = ( 4, 3, 5, w = ( b, c, 8 fomem uma base oogonal uv = 0 faça: u 0 v 0 55 Deemina os valoes eais paa a, b, e c, al que os veoes v = ( 3,,, w = ( b, 3, c fomem uma base oogonal uv = 0 faça: u 0 v 0 56 Deemina os valoes eais paa a, b, c e d, al que os veoes v = ( 1,, 7, w = ( b, c, d fomem uma base oogonal uv = 0 faça: u 0 v 0 u u u = ( 1, 3, a, = (, 1, a, = (, 5, a, 57 Deemina as equações paaméicas da ea ( que passa pelo pono A e em como dieo o veo d, em cada caso: a A (1,3 e d = ( 10, b A (4,- e d = ( 3, 3 c A (0,-8 e d 1 = (, 1 58 Dadas às equações da ea x= 3 y= 1+ d A (0,-3,5 e d = (,, 9 e A (1,-7,1 e d 1 = (,, f A (-1,-5, e d = ( 1, 0, 3 (, onde R, deemine: a As coodenadas do pono P, quando = - b As coodenadas do pono P, quando x = 4 c As coodenadas do pono P, quando a ea ( inecepa o eixo das abscissas d As coodenadas do pono P, quando x = y e As coodenadas do pono P, quando y = x f As equações paaméicas da ea (s, que coném o pono P (-,4 e é paalela à ea ( 1 x = 59 Dadas às equações da ea ( y = + 4 z = 3 3, onde R, deemine: a As coodenadas do pono P, quando = - b As coodenadas do pono P, quando x = 1 c As coodenadas do pono P, quando a ea ( inecepa o plano xoz d As coodenadas do pono P, quando y = z e As coodenadas do pono P, quando z = -3x f As equações paaméicas da ea (s, que coném o pono P(-3,1,-5 e é paalela à ea ( 5

6 60 Veifique se a ea ( do execício 59 inecepa o eixo das coas 61 Deemina a equação geal da ea (, que coném o pono A e em como nomal o veo n : a A (-4, e n = ( 1, 3 b A (1,- e n = ( 3, 1 c A (5,-3 e n 1 = (, 1 d A (7,3 e n = ( 1, e A (-1,1 e n = ( 1, 3 f A (-1,- e n = ( 3, 6 Veifique se exisem eas no execício 61 que sejam pependiculaes ou que sejam paalelas (Se as eas são paalelas, seus os veoes nomais êm componenes popocionais e se as eas são pependiculaes, o poduo escala ene os veoes nomais é nulo, iso é, igual a zeo 63 Deemine a medida do meno ângulo fomado pelas eas ( e (s (O ângulo fomado pelas eas é igual ao ângulo fomado pelos seus veoes nomais a ( : x y 5= 0 e ( s: 3x+ y + 1= 0 b ( : x y 1= 0 e ( s: y + 4= 0 64 Deemine a medida do maio ângulo fomado pelas eas ( e (s (O ângulo fomado pelas eas é igual ao ângulo fomado pelos seus veoes nomais a ( : x+ y 1= 0 e ( s: x+ 3y + 3= 0 b ( : 5x 3= 0 e ( s: x+ 3 y + 3= 0 65 Deemine a medida dos ângulos fomados pelas eas ( : 3x y+ 1= 0 e ( s: x+ y 3= 0 (O ângulo fomado pelas eas é igual ao ângulo fomado pelos seus veoes nomais 66 Deemina a equação do plano ( α, que coném o pono A e em como nomal o veo n : a A (-4,, e n = ( 1, 3, b A (5,-,- e n 1 = (, 3, 1 3 c A (3,1,3 e n = ( 3, 1, d A (-1,-1, e n 1 = (, 1, 3 e A (-,4,1 e n = (, 0, 1 f A (5,3,-7 e n = ( 0, 1, 67 Deemina as equações paaméicas da ea (, que passa pelo pono A e é pependicula ao plano α (Se a ea pependicula ao plano, enão ela pode e como veo dieo o veo nomal do plano a A (1, -1, e α: 3x - y + z - 8 = 0 b A (0, -3, 4 e α: x - y + 5z + 1 = 0 c A (1, -, 3 e α: x + 5y - z + 10 = 0 d A (3, -, 5 e α: x - y + 7z - 1 = 0 68 Deemina a equação do plano (α que coném o pono P e é pependicula à ea ( de equações paaméicas, nos casos (Se o plano é pependicula à ea, enão ele pode e como veo nomal o veo dieo da ea x = 1+ a P (, 0, 3 e( y = z = 1+ x =, onde R b P (1, 3, -1 e( y = 4+, onde R z = 6

singular GEOMETRIA ANALÍTICA 2º E.M. Tarde Colégio Técnico Noturno Profª Liana (Lista de exercícios elaborada pelo professor DANRLEY)

singular GEOMETRIA ANALÍTICA 2º E.M. Tarde Colégio Técnico Noturno Profª Liana (Lista de exercícios elaborada pelo professor DANRLEY) 1 singula GEOMETRIA ANALÍTICA 2º E.M. Tade Colégio Técnico Notuno Pofª Liana (Lista de eecícios elaboada pelo pofesso DANRLEY) SISTEMA CARTESIANO ORTOGONAL 2 1) Indique a que quadante petence cada ponto:

Leia mais

EOREMA DE TALES. Assim, um feixe de paralelas determina, em duas transversais quaisquer, segmentos proporcionais. Exemplo: Quanto vale x?

EOREMA DE TALES. Assim, um feixe de paralelas determina, em duas transversais quaisquer, segmentos proporcionais. Exemplo: Quanto vale x? EOREMA DE TALES Se um feixe de paalela deemina egmeno conguene obe uma anveal, enão ee feixe deemina egmeno conguene obe qualque oua anveal. Aim, um feixe de paalela deemina, em dua anveai quaique, egmeno

Leia mais

01- A figura ABCD é um quadrado de lado 2 cm e ACE um triângulo equilátero. Calcule a distância entre os vértices B e E.

01- A figura ABCD é um quadrado de lado 2 cm e ACE um triângulo equilátero. Calcule a distância entre os vértices B e E. PROFESSOR: Macelo Soae NO E QUESTÕES - MTEMÁTI - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉIO ============================================================================================= GEOMETRI Pae 1 01- figua é um quadado

Leia mais

TEOREMA DE TALES PROF. JOÃO BATISTA

TEOREMA DE TALES PROF. JOÃO BATISTA PROF. JOÃO BATISTA TEOREMA DE TALES Se um feie de paalela deemina egmeno conguene obe uma anveal, enão ee feie deemina egmeno conguene obe qualque oua anveal. Aim, um feie de paalela deemina, em dua anveai

Leia mais

Exercícios resolvidos

Exercícios resolvidos Excícios solvidos 1 Um paallpípdo ABCDEFGH d bas ABCD m volum igual a 9 unidads Sabndo-s qu A (1,1,1), B(2,1,2), C(1,2,2), o véic E pnc à a d quação : x = y = 2 z (AE, i) é agudo Dmin as coodnadas do véic

Leia mais

Matemática B Extensivo V. 6

Matemática B Extensivo V. 6 Matemática Etensivo V. 6 Eecícios ) Seja: + e s a eta pependicula a : omo s, temos: m s m s Logo, a equação da eta s é dada po: m ( ) ( ) ( ) + + + ) + + Temos ainda: m + + m m omo as etas acima são paalelas,

Leia mais

GEOMETRIA DE POSIÇÃO.

GEOMETRIA DE POSIÇÃO. GEMETRI DE SIÇÃ. Geomeia de oição é a pae da Geomeia que euda a deeminação do elemeno geoméico, bem como a poiçõe elaiva e a ineeçõe dee elemeno no epaço. III - o dua ea paalela diina. IV - o dua ea concoene.

Leia mais

III) Os vetores (m, 1, m) e (1, m, 1) são L.D. se, somente se, m = 1

III) Os vetores (m, 1, m) e (1, m, 1) são L.D. se, somente se, m = 1 Lista de Exercícios de SMA000 - Geometria Analítica 1) Indique qual das seguintes afirmações é falsa: a) Os vetores (m, 0, 0); (1, m, 0); (1, m, m 2 ) são L.I. se, somente se, m 0. b) Se u, v 0, então

Leia mais

CÁLCULO VETORIAL E GEOMETRIA ANALÍTICA Luiz Francisco da Cruz Departamento de Matemática Unesp/Bauru

CÁLCULO VETORIAL E GEOMETRIA ANALÍTICA Luiz Francisco da Cruz Departamento de Matemática Unesp/Bauru Luiz Fancisco da Cuz Depatamento de Matemática Unesp/Bauu EXERCÍCIOS SOBRE CÁLCULO VETOTIL E GEOMETRI NLÍTIC 01) Demonste vetoialmente que o segmento que une os pontos médios dos lados não paalelos de

Leia mais

Lista de Exercícios de Geometria

Lista de Exercícios de Geometria Núcleo Básico de Engenharias Geometria - Geometria Analítica Professor Julierme Oliveira Lista de Exercícios de Geometria Primeira Parte: VETORES 1. Sejam os pontos A(0,0), B(1,0), C(0,1), D(-,3), E(4,-5)

Leia mais

4.4 Mais da geometria analítica de retas e planos

4.4 Mais da geometria analítica de retas e planos 07 4.4 Mais da geometia analítica de etas e planos Equações da eta na foma simética Lembemos que uma eta, no planos casos acima, a foma simética é um caso paticula da equação na eta na foma geal ou no

Leia mais

2 Igualdade e Operações com pares ordenados. 1 Conjunto R 2. 3 Vetores. 2.1 Igualdade. 1.2 Coordenadas Cartesianas no Plano

2 Igualdade e Operações com pares ordenados. 1 Conjunto R 2. 3 Vetores. 2.1 Igualdade. 1.2 Coordenadas Cartesianas no Plano 1 Conjunto R 1.1 Definição VETORES NO PLANO Representamos por R o conjunto de todos os pares ordenados de números reais, ou seja: R = {(x, y) x R y R} 1. Coordenadas Cartesianas no Plano Em um plano α,

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO ESCOLHA A ÚNICA ALTERNATIVA CERTA, ASSINALANDO-A COM X NOS PARÊNTESES

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO ESCOLHA A ÚNICA ALTERNATIVA CERTA, ASSINALANDO-A COM X NOS PARÊNTESES MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx DEPA COLÉGIO MILITAR DO RIO DE JANEIRO (Casa de Thomaz Coelho/1889 9º Ano SubSeção de Matemática 1 a PARTE Múltipla Escolha Álgebra e Geometria ESCOLHA A

Leia mais

CÁLCULO VETORIAL E GEOMETRIA ANALÍTICA Luiz Francisco da Cruz Departamento de Matemática Unesp/Bauru CAPÍTULO 6 PLANO. v r 1

CÁLCULO VETORIAL E GEOMETRIA ANALÍTICA Luiz Francisco da Cruz Departamento de Matemática Unesp/Bauru CAPÍTULO 6 PLANO. v r 1 Luiz Fancisco a Cuz Depatamento e Matemática Unesp/Bauu CAPÍTULO 6 PLANO Definição: Seja A um ponto qualque o plano e v e v ois vetoes LI (ou seja, não paalelos), mas ambos paalelos ao plano. Seja X um

Leia mais

GAAL: Exercícios 1, umas soluções

GAAL: Exercícios 1, umas soluções GAAL: Exercícios 1, umas soluções 1. Determine o ponto C tal que AC = 2 AB, sendo A = (0, 2), B = (1, 0). R: Queremos C tal que AC = 2 AB. Temos AB = (1 0, 0 ( 2)) = (1, 2), logo 2 AB = (2, 4). Então queremos

Leia mais

Seu pé direito nas melhores faculdades. a) Indicando os montantes finais possuídos por Carlos, Luís e Sílvio por C, L e S, respectivamente, temos:

Seu pé direito nas melhores faculdades. a) Indicando os montantes finais possuídos por Carlos, Luís e Sílvio por C, L e S, respectivamente, temos: Seu pé dieio na melhoe faculdade. FUVEST/00 a Fae TEÁTI 0. alo, Luí e Sílvio inham, juno, 00 mil eai paa invei po um ano. alo ecolheu uma aplicação que endia ao ano. Luí, uma que endia 0% ao ano. Sílvio

Leia mais

Escola Secundária/3 da Sé-Lamego Ficha de Trabalho de Matemática Ano Lectivo 2003/04 Geometria 2 - Revisões 11.º Ano

Escola Secundária/3 da Sé-Lamego Ficha de Trabalho de Matemática Ano Lectivo 2003/04 Geometria 2 - Revisões 11.º Ano Escola Secundáia/ da Sé-Lamego Ficha de Tabalho de Matemática Ano Lectivo 00/04 Geometia - Revisões º Ano Nome: Nº: Tuma: A egião do espaço definida, num efeencial otonomado, po + + = é: [A] a cicunfeência

Leia mais

Credenciamento Portaria MEC 3.613, de D.O.U

Credenciamento Portaria MEC 3.613, de D.O.U edenciamento Potaia ME 3.63, de 8..4 - D.O.U. 9..4. MATEMÁTIA, LIENIATURA / Geometia Analítica Unidade de apendizagem Geometia Analítica em meio digital Pof. Lucas Nunes Ogliai Quest(iii) - [8/9/4] onteúdos

Leia mais

Mecânica Técnica. Aula 5 Vetor Posição, Aplicações do Produto Escalar. Prof. MSc. Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues

Mecânica Técnica. Aula 5 Vetor Posição, Aplicações do Produto Escalar. Prof. MSc. Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues ula 5 Veto Posição, plicações do Poduto Escala Pof. MSc. Luiz Eduado Mianda J. Rodigues Pof. MSc. Luiz Eduado Mianda J. Rodigues Tópicos bodados Nesta ula Vetoes Posição. Veto Foça Oientado ao Longo de

Leia mais

3) O ponto P(a, 2) é equidistante dos pontos A(3, 1) e B(2, 4). Calcular a abscissa a do ponto P.

3) O ponto P(a, 2) é equidistante dos pontos A(3, 1) e B(2, 4). Calcular a abscissa a do ponto P. Universidade Federal de Pelotas Cálculo com Geometria Analítica I Prof a : Msc. Merhy Heli Rodrigues Lista 2: Plano cartesiano, sistema de coordenadas: pontos e retas. 1) Represente no plano cartesiano

Leia mais

Controle do Professor

Controle do Professor Controle do Professor Compensou as faltas CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DISCIPLINA: GEOMETRIA ANALÍTICA VETORIAL E INTRODUÇÃO À ÁLGEBRA LINEAR SÉRIE: 2º ANO TRABALHO DE COMPENSAÇÃO DE FALTAS DOS ALUNOS

Leia mais

Unidade 3 Geometria: triângulos

Unidade 3 Geometria: triângulos Sugeõe de ividde Unidde 3 Geomei: iângulo 8 MTEMÁTI 1 Memáic 1. No iângulo egui você deve deemin: ) medid do ângulo ; b) medid do ângulo ; c) medid do ângulo z; d) medid do ângulo eeno o ângulo z. 120

Leia mais

MATEMÁTICA A - 11.º Ano TRIGONOMETRIA

MATEMÁTICA A - 11.º Ano TRIGONOMETRIA MATEMÁTICA A - 11.º Ano TRIGONOMETRIA NOME: N.º 1. Na figura ao lado [ABCD] é um quadrado de lado 5 cm. O é o ponto de interseção das diagonais. Calcula: 1.1. AB BC 1.2. AB DC 1.3. AB BD 1.4. AO DC 2.

Leia mais

AS EQUAÇÕES DE MAXWELL E AS ONDAS ELETROMAGNÉTICAS

AS EQUAÇÕES DE MAXWELL E AS ONDAS ELETROMAGNÉTICAS A QUAÇÕ D MAXWLL A ONDA LTROMAGNÉTICA 1.1 A QUAÇÕ D MAXWLL Todos os poblemas de eleicidade e magneismo podem se esolvidos a pai das equações de Mawell: v 1. Lei de Gauss: φ. nda ˆ. Lei de Gauss paa o magneismo:

Leia mais

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO MATEMÁTICA II 3 a SÉRIE ENSINO MÉDIO INTEGRADO GEOMETRIA ANALÍTICA

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO MATEMÁTICA II 3 a SÉRIE ENSINO MÉDIO INTEGRADO GEOMETRIA ANALÍTICA EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO MATEMÁTICA II a SÉRIE ENSINO MÉDIO INTEGRADO GEOMETRIA ANALÍTICA ******************************************************************************** 1) (U.F.PA) Se a distância do ponto

Leia mais

a1q1: Seja ABCDEF GH um cubo de aresta unitária de E 3 e considere o espaço V 3 orientado pela base { CD, CB, CH}. Então podemos afirmar que: a)

a1q1: Seja ABCDEF GH um cubo de aresta unitária de E 3 e considere o espaço V 3 orientado pela base { CD, CB, CH}. Então podemos afirmar que: a) 1 a1q1: Seja ABCDEF GH um cubo de aresta unitária de E 3 e considere o espaço V 3 orientado pela base { CD, CB, CH}. Então podemos afirmar que: a) EB ED = GA b) EB ED = AG c) EB ED = EH d) EB ED = EA e)

Leia mais

SISTEMA DE COORDENADAS

SISTEMA DE COORDENADAS ELETROMAGNETISMO I 1 0 ANÁLISE VETORIAL Este capítulo ofeece uma ecapitulação aos conhecimentos de álgeba vetoial, já vistos em outos cusos. Estando po isto numeado com o eo, não fa pate de fato dos nossos

Leia mais

Geometria de Posição. Continuação. Prof. Jarbas

Geometria de Posição. Continuação. Prof. Jarbas Geometia de Poição Continuação Pof. Jaba POSIÇÕES RELATIVAS ENTRE DUAS RETAS NO ESPAÇO O que ão eta coplanae? São eta contida num memo plano. O que ão eta evea? São eta que não etão contida num memo plano.

Leia mais

Exercícios de testes intermédios

Exercícios de testes intermédios Exercícios de testes intermédios 1. Na figura abaixo, está representado um triângulo equilátero [ABC]. Seja a o comprimento de cada um dos lados do triângulo. Seja M o ponto médio do lado [BC]. Mostre

Leia mais

n. 15 ÁREA DE UM TRIÂNGULO Logo, a área do triângulo é obtida calculando-se a metade da área do S = 1 2

n. 15 ÁREA DE UM TRIÂNGULO Logo, a área do triângulo é obtida calculando-se a metade da área do S = 1 2 n. 15 ÁREA DE UM TRIÂNGULO Do cálculo da área do paralelogramo temos: S ABCD = u x v Logo, a área do triângulo é obtida calculando-se a metade da área do paralelogramo, portanto S ABC = 1 u x v Assim,

Leia mais

Geometria Analítica. Geometria Analítica 28/08/2012

Geometria Analítica. Geometria Analítica 28/08/2012 Prof. Luiz Antonio do Nascimento luiz.anascimento@sp.senac.br www.lnascimento.com.br Conjuntos Propriedades das operações de adição e multiplicação: Propriedade comutativa: Adição a + b = b + a Multiplicação

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS Prova de 23/07/2009 Todas as questões se referem a um sistema ortogonal de coordenadas

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS Prova de 23/07/2009 Todas as questões se referem a um sistema ortogonal de coordenadas EXERCÍCIOS RESOLVIDOS 1 SINUÊ DAYAN BARBERO LODOVICI Resumo Exercícios Resolvidos - Geometria Analítica BC 0404 1 Prova de 23/07/2009 Todas as questões se referem a um sistema ortogonal de coordenadas

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 2º E 3º CICLOS ANSELMO DE ANDRADE 9º ANO ANO LECTIVO

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 2º E 3º CICLOS ANSELMO DE ANDRADE 9º ANO ANO LECTIVO ESCOLA SECUNDÁRIA COM 2º E 3º CICLOS ANSELMO DE ANDRADE 9º ANO ANO LECTIVO 2011-2012 Geometia no Epaço NOME: Nº TURMA: Geometia é o amo da Matemática que etuda a popiedade e a elaçõe ente ponto, ecta,

Leia mais

CM127 - Lista 3. Axioma da Paralelas e Quadriláteros Notáveis. 1. Faça todos os exercícios dados em aula.

CM127 - Lista 3. Axioma da Paralelas e Quadriláteros Notáveis. 1. Faça todos os exercícios dados em aula. CM127 - Lista 3 Axioma da Paralelas e Quadriláteros Notáveis 1. Faça todos os exercícios dados em aula. 2. Determine as medidas x e y dos ângulos dos triângulos nos itens abaixo 3. Dizemos que um triângulo

Leia mais

PARNAMIRIM - RN. Data: / / 2016

PARNAMIRIM - RN. Data: / / 2016 PARNAMIRIM - RN Aluno (a) Nº: 8º ano Tuma: Daa: / / 2016 NOTA: Eecício de evião de maemáica II Timee Pofeo (a): Joeane Fenande Agoa vamo coloca em páica o eu conhecimeno maemáico e udo o que eudamo em

Leia mais

MAT VETORES E GEOMETRIA - IF/IME 1 o SEMESTRE 2015

MAT VETORES E GEOMETRIA - IF/IME 1 o SEMESTRE 2015 MAT 112 - VETORES E GEOMETRIA - IF/IME 1 o SEMESTRE 2015 LISTA 1 1. Ache a soma dos vetores indicados na figura, nos casos: 2. Ache a soma dos vetores indicados em cada caso, sabendo-se que (a) ABCDEFGH

Leia mais

Material Teórico - Módulo Elementos Básicos de Geometria Plana - Parte 1. Retas Cortadas por uma Transversal. Oitavo Ano

Material Teórico - Módulo Elementos Básicos de Geometria Plana - Parte 1. Retas Cortadas por uma Transversal. Oitavo Ano Maeial Teóico - Módulo Elemeno áico de Geomeia Plana - Pae 1 Rea oada po uma Tanveal Oiavo no uo: Pof. Ulie Lima Paene Revio: Pof. nonio aminha M. Neo 1 Rea coada po uma anveal Sejam e dua ea iuada em

Leia mais

CÁLCULO VETORIAL E GEOMETRIA ANALÍTICA Luiz Francisco da Cruz Departamento de Matemática Unesp/Bauru CAPÍTULO 2 VETORES NO PLANO E NO ESPAÇO

CÁLCULO VETORIAL E GEOMETRIA ANALÍTICA Luiz Francisco da Cruz Departamento de Matemática Unesp/Bauru CAPÍTULO 2 VETORES NO PLANO E NO ESPAÇO Lui Fancisco da Cu Depatamento de Matemática Unesp/Bauu CAPÍTULO VETORES NO PLANO E NO ESPAÇO Vetoes no plano O plano geomético, também chamado de R, simbolicamente escevemos: R RR {(,), e R}, é o conunto

Leia mais

LISTA EXTRA DE EXERCÍCIOS MAT /I

LISTA EXTRA DE EXERCÍCIOS MAT /I LISTA EXTRA DE EXERCÍCIOS MAT 008/I. Dados os vetores v = (0,, 3), v = (-, 0, 4) e v 3 = (, -, 0), efetuar as operações indicadas: (a) v 3-4v R.: (4,-,-6) (b) v -3v +v 3 R.: (3,0,-6). Determine: (a) x,

Leia mais

Geometria Analítica I - MAT Lista 2 Profa. Lhaylla Crissaff

Geometria Analítica I - MAT Lista 2 Profa. Lhaylla Crissaff 1. Encontre as equações paramétricas das retas que passam por P e Q nos casos a seguir: (a) P = (1, 3) e Q = (2, 1). (b) P = (5, 4) e Q = (0, 3). 2. Dados o ponto P = (2, 1) e a reta r : y = 3x 5, encontre

Leia mais

MATEMÁTICA GEOMETRIA ANALÍTICA I PROF. Diomedes. E2) Sabendo que a distância entre os pontos A e B é igual a 6, calcule a abscissa m do ponto B.

MATEMÁTICA GEOMETRIA ANALÍTICA I PROF. Diomedes. E2) Sabendo que a distância entre os pontos A e B é igual a 6, calcule a abscissa m do ponto B. I- CONCEITOS INICIAIS - Distância entre dois pontos na reta E) Sabendo que a distância entre os pontos A e B é igual a 6, calcule a abscissa m do ponto B. d(a,b) = b a E: Dados os pontos A e B de coordenadas

Leia mais

Figura disponível em: <http://soumaisenem.com.br/fisica/conhecimentos-basicos-e-fundamentais/grandezas-escalares-egrandezas-vetoriais>.

Figura disponível em: <http://soumaisenem.com.br/fisica/conhecimentos-basicos-e-fundamentais/grandezas-escalares-egrandezas-vetoriais>. n. 7 VETORES vetor é um segmento orientado; são representações de forças, as quais incluem direção, sentido, intensidade e ponto de aplicação; o módulo, a direção e o sentido caracterizam um vetor: módulo

Leia mais

Professor Alexandre Assis. Lista de exercícios de Geometria. 3. O retângulo ABCD está inscrito no retângulo WXYZ, como mostra a figura.

Professor Alexandre Assis. Lista de exercícios de Geometria. 3. O retângulo ABCD está inscrito no retângulo WXYZ, como mostra a figura. 3. O retângulo ABCD está inscrito no retângulo WXYZ, 1. PA é bissetriz do triângulo ABC. Determine x, y, z, t. como mostra a figura. Sabendo que åæ=2 e åî=1, determine o ângulo š para que a área de WXYZ

Leia mais

Campo magnético criado por uma corrente eléctrica e Lei de Faraday

Campo magnético criado por uma corrente eléctrica e Lei de Faraday Campo magnéico ciado po uma coene elécica e Lei de Faaday 1.Objecivos (Rev. -007/008) 1) Esudo do campo magnéico de um conjuno de espias (bobine) pecoidas po uma coene elécica. ) Esudo da lei de indução

Leia mais

Geometria Analítica e Álgebra Linear

Geometria Analítica e Álgebra Linear Geometria Analítica e Álgebra Linear por PAULO XAVIER PAMPLONA UFCG-UATA 2011 Conteúdo 1 Vetores 4 1.1 Introdução..................................... 4 1.2 Vetores no Plano.................................

Leia mais

Grandezas vetoriais: Além do módulo, necessitam da direção e do sentido para serem compreendidas.

Grandezas vetoriais: Além do módulo, necessitam da direção e do sentido para serem compreendidas. NOME: Nº Ensino Médio TURMA: Data: / DISCIPLINA: Física PROF. : Glênon Duta ASSUNTO: Gandezas Vetoiais e Gandezas Escalaes Em nossas aulas anteioes vimos que gandeza é tudo aquilo que pode se medido. As

Leia mais

Bacharelado em Ciência e Tecnologia 2ª Lista de Exercícios - Geometria Analítica

Bacharelado em Ciência e Tecnologia 2ª Lista de Exercícios - Geometria Analítica MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS AMBIENTAIS Bacharelado em Ciência e Tecnologia ª Lista de Exercícios - Geometria Analítica 008. ) São dados os pontos

Leia mais

Modulo 1. Seja x a medida do ângulo procurado. x complemento: 90º x suplemento: 180º x Interpretando o enunciado temos:

Modulo 1. Seja x a medida do ângulo procurado. x complemento: 90º x suplemento: 180º x Interpretando o enunciado temos: Modulo 1 1) Seja x a medida do ângulo procurado x complemento: 90º x suplemento: 180º x Interpretando o enunciado temos: 180º - x = (90º x) + 16º 180º - x = 270º 3x + 48º 2x = 138º x = 69 3 2) â + b =

Leia mais

a) Falsa. Dois ou mais pontos podem ser coincidentes, por exemplo. b) Falsa. Os três pontos não podem ser colineares.

a) Falsa. Dois ou mais pontos podem ser coincidentes, por exemplo. b) Falsa. Os três pontos não podem ser colineares. 01 a) Falsa. Dois ou mais pontos podem ser coincidentes, por exemplo. b) Falsa. Os três pontos não podem ser colineares. c) Verdadeira. Três pontos distintos e não colineares sempre determinam um plano.

Leia mais

ENG1200 Mecânica Geral Lista de Exercícios 1 Equilíbrio da Partícula

ENG1200 Mecânica Geral Lista de Exercícios 1 Equilíbrio da Partícula ENG1200 Mecânica Geral 2013.2 Lista de Exercícios 1 Equilíbrio da Partícula Questão 1 - Prova P1 2013.1 Determine o máximo valor da força P que pode ser aplicada na estrutura abaixo, sabendo que no tripé

Leia mais

Exercícios de Geometria Analítica - CM045

Exercícios de Geometria Analítica - CM045 Exercícios de Geometria Analítica - CM045 Prof. José Carlos Corrêa Eidam DMAT/UFPR Disponível no sítio people.ufpr.br/ eidam/index.htm 1o. semestre de 2011 Parte 1 Soma e produto escalar 1. Seja OABC um

Leia mais

Matemática Ficha de Trabalho

Matemática Ficha de Trabalho . Resolve e classifica os sistemas: x + y = x + y = x + y = B x y = Matemática Ficha de Tabalho Revisões 9ºano módulo inicial ( ) x + 4 = 5 y C 4x + y = 8 ( ) y = 6 x D ( 6x + 0) = y 5. Considea o pisma

Leia mais

Escola Secundária de Alberto Sampaio Ficha Formativa de Matemática A Geometria III Equação do plano e equação da reta no espaço

Escola Secundária de Alberto Sampaio Ficha Formativa de Matemática A Geometria III Equação do plano e equação da reta no espaço Escola Secundária de Alberto Sampaio Ficha Formativa de Matemática A Geometria III Equação do plano e equação da reta no espaço º Ano Plano definido por um ponto e um vetor normal : um Seja A x um ponto

Leia mais

Funções vetoriais. I) Funções vetoriais a valores reais:

Funções vetoriais. I) Funções vetoriais a valores reais: Funções vetoiais I) Funções vetoiais a valoes eais: f: I R R t a f(t) (f 1 n (t), f (t),..., f n (t)) I intevalo da eta eal denominada domínio da função vetoial f {conjunto de todos os valoes possíveis

Leia mais

Equações da reta no plano

Equações da reta no plano 3 Equações da reta no plano Sumário 3.1 Introdução....................... 2 3.2 Equação paramétrica da reta............. 2 3.3 Equação cartesiana da reta.............. 7 3.4 Equação am ou reduzida da reta..........

Leia mais

Álgebra Linear - Prof. a Cecilia Chirenti. Lista 3 - Matrizes

Álgebra Linear - Prof. a Cecilia Chirenti. Lista 3 - Matrizes Álgebra Linear - Prof. a Cecilia Chirenti Lista 3 - Matrizes. Sejam A = C = 0 3 4 3 0 5 4 0 0 3 4 0 3, B = 3, D = 3,. Encontre: a A+B, A+C, 3A 4B. b AB, AC, AD, BC, BD, CD c A t, A t C, D t A t, B t A,

Leia mais

Breve revisão de Análise Combinatória

Breve revisão de Análise Combinatória 1. Princípio fundamental da contagem Breve revisão de Análise Combinatória Considere que certo procedimento pode ocorrer de duas maneiras diferentes, quais sejam: A 1ª maneira, ocorrendo de a modos distintos;

Leia mais

Exercícios de testes intermédios

Exercícios de testes intermédios Exercícios de testes intermédios 1. Na figura abaixo, está representado, num referencial o.n. Oxyz, o cubo [OPQRSTUV] de aresta 2. Os pontos, P, R e T pertencem aos semieixos positivos. Numa das opções

Leia mais

MATEMÁTICA CADERNO 3 CURSO E. FRENTE 1 Álgebra. n Módulo 11 Módulo de um Número Real. 5) I) x + 1 = 0 x = 1 II) 2x 7 + x + 1 0

MATEMÁTICA CADERNO 3 CURSO E. FRENTE 1 Álgebra. n Módulo 11 Módulo de um Número Real. 5) I) x + 1 = 0 x = 1 II) 2x 7 + x + 1 0 MATEMÁTICA CADERNO CURSO E ) I) + 0 II) 7 + + 0 FRENTE Álgebra n Módulo Módulo de um Número Real ) 6 + < não tem solução, pois a 0, a ) A igualdade +, com + 0, é verificada para: ọ ) + 0 ou ọ ) + + + +

Leia mais

Todos os exercícios sugeridos nesta apostila se referem ao volume 3. MATEMÁTICA III 1 GEOM. ANALÍTICA PONTO E RET

Todos os exercícios sugeridos nesta apostila se referem ao volume 3. MATEMÁTICA III 1 GEOM. ANALÍTICA PONTO E RET INTRODUÇÃO... NOÇÕES BÁSICAS... POSIÇÃO DE UM PONTO EM RELAÇÃO AO SISTEMA... DISTÂNCIA ENTRE DOIS PONTOS... 5 RAZÃO DE SECÇÃO... DIVISÃO DE UM SEGMENTO NUMA RAZÃO DADA... 4 PONTO MÉDIO DE UM SEGMENTO...

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 11º Ano de Matemática A Tema II Introdução ao Cálculo Diferencial I Funções Racionais e com Radicais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 11º Ano de Matemática A Tema II Introdução ao Cálculo Diferencial I Funções Racionais e com Radicais Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 11º Ano de Matemática A Tema II Introdução ao Cálculo Diferencial I Funções Racionais e com Radicais Taxa de Variação e Derivada TPC nº 9 (entregar em 11-03-011)

Leia mais

Geometria Analítica? Onde usar os conhecimentos. os sobre Geometria Analítica?

Geometria Analítica? Onde usar os conhecimentos. os sobre Geometria Analítica? X GEOMETRIA ANALÍTICA Por que aprender Geometria Analítica?... A Geometria Analítica estabelece relações entre a álgebra e a geometria por meio de equações e inequações. Isso permite transformar questões

Leia mais

GEOMETRIA ANALÍTICA. 2) Obtenha o ponto P do eixo das ordenadas que dista 10 unidades do ponto Q (6, -5).

GEOMETRIA ANALÍTICA. 2) Obtenha o ponto P do eixo das ordenadas que dista 10 unidades do ponto Q (6, -5). GEOMETRIA ANALÍTICA Distância entre Dois Pontos Sejam os pontos A(xA, ya) e B(xB, yb) e sendo d(a, B) a distância entre eles, temos: Aplicando o teorema de Pitágoras ao triângulo retângulo ABC, vem: [d

Leia mais

CAPÍTULO 3 DEPENDÊNCIA LINEAR

CAPÍTULO 3 DEPENDÊNCIA LINEAR Luiz Fancisco da Cuz Depatamento de Matemática Unesp/Bauu CAPÍTULO 3 DEPENDÊNCIA LINEAR Combinação Linea 2 n Definição: Seja {,,..., } um conjunto com n etoes. Dizemos que um eto u é combinação linea desses

Leia mais

Duração: 90 minutos (3 valores) Sabe-se que a b. Atendendo à gura, calcule a medida do ângulo D indicado.

Duração: 90 minutos (3 valores) Sabe-se que a b. Atendendo à gura, calcule a medida do ângulo D indicado. aculdade de Ciências Departamento de Matemática e Informática Licenciatura em Informática, Diurno 1 0 Teste de undamentos de Geometria. Correcção. ariante Duração: 90 minutos 18.0.01 1. ( valores) Sabe-se

Leia mais

Matemática - 3ª série Roteiro 04 Caderno do Aluno. Estudo da Reta

Matemática - 3ª série Roteiro 04 Caderno do Aluno. Estudo da Reta Matemática - 3ª série Roteiro 04 Caderno do Aluno Estudo da Reta I - Inclinação de uma reta () direção É a medida do ângulo que a reta forma com o semieixo das abscissas (positivo) no sentido anti-horário.

Leia mais

UNIVERSITÁRIO DE SINOP CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

UNIVERSITÁRIO DE SINOP CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Exercícios propostos: aulas 01 e 02 GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO GA - LISTA DE EXERCÍCIOS 001 1. Calcular o perímetro do triângulo ABC, sendo dado A = (2, 1), B = (-1, 3) e C = (4, -2). 2. Provar que

Leia mais

MAT-230 Diurno 1ª Folha de Exercícios

MAT-230 Diurno 1ª Folha de Exercícios MAT-230 Diurno 1ª Folha de Exercícios Prof. Paulo F. Leite agosto de 2009 1 Problemas de Geometria 1. Num triângulo isósceles a mediana, a bissetriz e a altura relativas à base coincidem. 2. Sejam A e

Leia mais

Problemas OBM - 1 Fase

Problemas OBM - 1 Fase Programa Olímpico de Treinamento Curso de Geometria - Nível 3 Prof. Rodrigo Pinheiro Aula 5 Problemas OBM - 1 Fase Problema 1. A figura a seguir representa um Tangram, quebra-cabeças chinês formado por

Leia mais

APÊNDICE. Revisão de Trigonometria

APÊNDICE. Revisão de Trigonometria E APÊNDICE Revisão de Tigonometia FUNÇÕES E IDENTIDADES TRIGONOMÉTRICAS ÂNGULOS Os ângulos em um plano podem se geados pela otação de um aio (semi-eta) em tono de sua etemidade. A posição inicial do aio

Leia mais

Ângulo é a figura formada pela união dos pontos de duas semirretas com origem no mesmo ponto.

Ângulo é a figura formada pela união dos pontos de duas semirretas com origem no mesmo ponto. uo de linguagem maemáica Pofeo Renao Tião Ângulo Ângulo é a figua fomada pela união do pono de dua emiea com oigem no memo pono. = ou implemene. Q P é o véice, e ão o lado e é a medida do ângulo. P peence

Leia mais

Ponto 1) Representação do Ponto

Ponto 1) Representação do Ponto Ponto 1) Representação do Ponto Universidade Federal de Pelotas Cálculo com Geometria Analítica I Prof a : Msc. Merhy Heli Rodrigues Plano Cartesiano, sistemas de coordenadas: pontos e retas Na geometria

Leia mais

Exercícios de testes intermédios

Exercícios de testes intermédios Exercícios de testes intermédios 1. Qual das expressões seguintes designa um número real positivo, para qualquer x pertencente 3 ao intervalo,? (A) sin x cos x (B) cos x tan x tan x sin x sin x tan x Teste

Leia mais

GEOMETRIA PLANA 1 - INTRODUÇÃO 2 - NOÇÕES PRIMITIVAS 3 - NOTAÇÕES 4 - ÂNGULO

GEOMETRIA PLANA 1 - INTRODUÇÃO 2 - NOÇÕES PRIMITIVAS 3 - NOTAÇÕES 4 - ÂNGULO GEOETRI L 1 - ITROUÇÃO Geomeia é uma palava de oigem gega e que ignifica medida de ea. Geomeia, como um do amo da aemáica, euda a figua geoméica e ua popiedade. O conceio peviamene eaelecido, em Geomeia,

Leia mais

r : Exemplo: Considere a reta r :

r : Exemplo: Considere a reta r : 4.7. Equação paramétrica da reta. Também podemos representar uma reta no plano com equação paramétrica, mas no plano temos apenas duas coordenadas. A forma paramétrica de uma reta no plano é: x a r : y

Leia mais

Tecnologia em Construções de Edifícios

Tecnologia em Construções de Edifícios 1 Tecnologia em Construções de Edifícios Aula 9 Geometria Analítica Professor Luciano Nóbrega 2º Bimestre 2 GEOMETRIA ANALÍTICA INTRODUÇÃO A geometria avançou muito pouco desde o final da era grega até

Leia mais

NOTAS DE AULA ÁLGEBRA VETORIAL E GEOMETRIA ANALÍTICA RETAS E PLANOS ERON E ISABEL

NOTAS DE AULA ÁLGEBRA VETORIAL E GEOMETRIA ANALÍTICA RETAS E PLANOS ERON E ISABEL NOTAS DE AULA ÁLGEBRA VETORIAL E GEOMETRIA ANALÍTICA RETAS E PLANOS ERON E ISABEL SALVADOR BA 7 EQUAÇÃO VETORIAL DA RETA EQUAÇÕES DA RETA DEF: Qualque eto não nulo paalelo a uma eta chama-e eto dieto dea

Leia mais

Lista de Álgebra Linear Aplicada

Lista de Álgebra Linear Aplicada Lista de Álgebra Linear Aplicada Matrizes - Vetores - Retas e Planos 3 de setembro de 203 Professor: Aldo Bazán Universidade Federal Fluminense Matrizes. Seja A M 2 2 (R) definida como 0 0 0 3 0 0 0 2

Leia mais

Proposta de teste de avaliação

Proposta de teste de avaliação Proposta de teste de avaliação Matemática A 10. O ANO DE ESCOLARIDADE Duração: 90 minutos Data: O teste é constituído por dois grupos, I e II. O Grupo I inclui cinco questões de escolha múltipla. O Grupo

Leia mais

Lista 3. Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados da seção 2.5, pág. 81 em diante.

Lista 3. Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados da seção 2.5, pág. 81 em diante. MA13 Exercícios das Unidades 4 e 5 2014 Lista 3 Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados da seção 2.5, pág. 81 em diante. 1) Seja ABCD um quadrilátero qualquer. Prove que os pontos médios

Leia mais

CONTROLE POR REALIMENTAÇÃO DOS ESTADOS SISTEMAS SERVOS

CONTROLE POR REALIMENTAÇÃO DOS ESTADOS SISTEMAS SERVOS CONTROLE POR REALIMENTAÇÃO DOS ESTADOS SISTEMAS SERVOS. Moivaçõe Como vio o Regulado de Eado maném o iema em uma deeminada condição de egime pemanene, ou eja, ena mane o eado em uma dada condição eacionáia.

Leia mais

Módulo Elementos Básicos de Geometria Plana - Parte 2. Congruência de Triângulos e Aplicações. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda

Módulo Elementos Básicos de Geometria Plana - Parte 2. Congruência de Triângulos e Aplicações. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda Módulo Elementos Básicos de Geometria Plana - Parte 2 Congruência de Triângulos e Aplicações. 8 ano E.F. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda Elementos Básicos de Geometria Plana - Parte 2. Congruência

Leia mais

Energia no movimento de uma carga em campo elétrico

Energia no movimento de uma carga em campo elétrico O potencial elético Imagine dois objetos eletizados, com cagas de mesmo sinal, inicialmente afastados. Paa apoximá-los, é necessáia a ação de uma foça extena, capaz de vence a epulsão elética ente eles.

Leia mais

Universidade Federal do Pará Curso de Licenciatura em Matemática PARFOR Lista de Exercícios Referentes a Prova Substitutiva de Geometria Analítica

Universidade Federal do Pará Curso de Licenciatura em Matemática PARFOR Lista de Exercícios Referentes a Prova Substitutiva de Geometria Analítica 1 Universidade Federal do Pará Curso de Licenciatura em Matemática PARFOR Lista de Exercícios Referentes a Prova Substitutiva de Geometria Analítica 1. Determine a distância entre os pontos A(-2, 7) e

Leia mais

= a = x x ) Se a 75%b então. x x 3x + 12 x 12 e x Logo, a divisão deverá ser feita a partir de 01/01/2016.

= a = x x ) Se a 75%b então. x x 3x + 12 x 12 e x Logo, a divisão deverá ser feita a partir de 01/01/2016. MATEMÁTICA 1 c Um supermercado adquiriu detergentes nos aromas limão e coco. A compra foi entregue, embalada em 10 caixas, com 4 frascos em cada caixa. Sabendo-se que cada caixa continha frascos de detergentes

Leia mais

Professor Mascena Cordeiro

Professor Mascena Cordeiro www.mascenacordeiro.com Professor Mascena Cordeiro º Ano Ensino Médio M A T E M Á T I C A. Determine os valores de m pertencentes ao conjunto dos números reais, tal que os pontos (0, -), (, m) e (-, -)

Leia mais

Alinhamento de Três Pontos

Alinhamento de Três Pontos ANO 0 DISIPLINA: Matemática PROFESSORA): Adiano Lima SERIE/TURMA: o Ano VALOR: ATIVIDADE TRABALHO PROVA PARIAL PROVA FINAL REUPERAÇÃO ETAPA: a Etapa SUPERVISORA: Lânia Rezende DATA: NOTA ALUNOA): N. o

Leia mais

Escola Secundária de Alberto Sampaio Ficha Formativa de Matemática A Geometria II O produto escalar na definição de lugares geométricos

Escola Secundária de Alberto Sampaio Ficha Formativa de Matemática A Geometria II O produto escalar na definição de lugares geométricos Escola Secundária de Alberto Sampaio Ficha Formativa de Matemática A Geometria II O produto escalar na definição de lugares geométricos º Ano No plano Mediatriz de um segmento de reta [AB] Sendo M o ponto

Leia mais

Seja AB = BC = CA = 4a. Sendo D o ponto de interseção da reta s com o lado AC temos, pelo teorema de Tales, AD = 3a e DC = a.

Seja AB = BC = CA = 4a. Sendo D o ponto de interseção da reta s com o lado AC temos, pelo teorema de Tales, AD = 3a e DC = a. GABARITO MA1 Geometria I - Avaliação 2-201/2 Questão 1. (pontuação: 2) As retas r, s e t são paralelas, como mostra a figura abaixo. A distância entre r e s é igual a e a distância entre s e t é igual

Leia mais

Instituto de Matemática UFBA Disciplina: Geometria Analítica Mat A01 Última Atualização ª lista - Cônicas

Instituto de Matemática UFBA Disciplina: Geometria Analítica Mat A01 Última Atualização ª lista - Cônicas Instituto de Matemática UFBA Disciplina: Geometria Analítica Mat A01 Última Atualização - 005 1ª lista - Cônicas 1 0 ) Em cada um dos seguintes itens, determine uma equação da parábola a partir dos elementos

Leia mais

Exercícios de torção livre em seção circular fechada - prof. Valério SA Universidade de São Paulo - USP

Exercícios de torção livre em seção circular fechada - prof. Valério SA Universidade de São Paulo - USP São Paulo, dezembro de 2015. 1) a. Deerminar a dimensão a de modo a se er a mesma ensão de cisalhameno máxima nos rechos B-C e C-D. b. Com al dimensão pede-se a máxima ensão de cisalhameno no recho A-B.

Leia mais

3º. EM Prof a. Valéria Rojas Assunto: Determinante, Área do Triângulo, Equação da reta, Eq. Reduzida da Reta

3º. EM Prof a. Valéria Rojas Assunto: Determinante, Área do Triângulo, Equação da reta, Eq. Reduzida da Reta 1 - O uso do Determinante de terceira ordem na Geometria Analítica 1.1 - Área de um triângulo Seja o triângulo ABC de vértices A(x a, y a ), B(x b, x c ) e C(x c, y c ). A área S desse triângulo é dada

Leia mais

Testes e Sebentas. Exercícios resolvidos de Álgebra Linear (Matrizes e Determinantes)

Testes e Sebentas. Exercícios resolvidos de Álgebra Linear (Matrizes e Determinantes) Testes e Sebentas Exercícios resolvidos de Álgebra Linear (Matrizes e Determinantes) Índice: 1. Matrizes 1.1. Igualdade de matrizes 3 1.2. Transposta de uma matriz 3 1.3. Multiplicação por um escalar 3

Leia mais

Semelhança de triângulos

Semelhança de triângulos Semelhança de triângulos As três proposições a seguir estabelecem as condições suficientes usuais para que dois triângulos sejam semelhantes. Por tal razão, as mesmas são conhecidas como os casos de

Leia mais

Lista de Exercícios 04 Álgebra Matricial

Lista de Exercícios 04 Álgebra Matricial Lista de Exercícios 04 Álgebra Matricial - 017.1 1. Determine a quantidade desconhecida em cada uma das expressões: ( ) ( ) ( ) T 0 3 x + y + 3 3 w (a) 3.X = (b) = 6 9 4 0 6 z. Uma rede de postos de combustíveis

Leia mais

Lista 1 com respostas

Lista 1 com respostas Lista 1 com respostas Professora Nataliia Goloshchapova MAT0105/MAT0112-1 semestre de 2015 Exercício 1. Verifique se é verdadeira ou falsa cada afirmação e justifique sua resposta: (a) (A, B) (C, D) AB

Leia mais

GEOMETRIA ANALÍTICA CONTEÚDOS. Distância entre pontos Equação da reta Distância ponto reta Coeficientes Equação da circunferência.

GEOMETRIA ANALÍTICA CONTEÚDOS. Distância entre pontos Equação da reta Distância ponto reta Coeficientes Equação da circunferência. GEOMETRIA ANALÍTICA CONTEÚDOS Distância entre pontos Equação da reta Distância ponto reta Coeficientes Equação da circunferência. AMPLIANDO SEUS CONHECIMENTOS Neste capítulo, estudaremos a Geometria Analítica.

Leia mais

Lista de Exercícios Geometria Analítica e Álgebra Linear MAT 105 Turma F

Lista de Exercícios Geometria Analítica e Álgebra Linear MAT 105 Turma F Lista de Exercícios Geometria Analítica e Álgebra Linear MAT 105 Turma F 26 de junho de 2017 Esta lista contém exercícios de [1], [2] e [3]. Os exercícios estão separados em aulas. Aula 1 1. Sejam k e

Leia mais

Geometria plana. Resumo teórico e exercícios.

Geometria plana. Resumo teórico e exercícios. eomei pln. eumo eóico e eecício. 3º olegil / uo enivo. uo - Luc cvio de Sou (Jec) elção d ul. Págin ul 01 - onceio inicii... 0 ul 0 - Pono noávei de um iângulo... 18 ul 03 - onguênci de iângulo... 8 ul

Leia mais

ENSINO PRÉ-UNIVERSITÁRIO PROFESSOR(A) TURNO. 01. Determine a distância entre dois pontos A e B do plano cartesiano.

ENSINO PRÉ-UNIVERSITÁRIO PROFESSOR(A) TURNO. 01. Determine a distância entre dois pontos A e B do plano cartesiano. SÉRIE ITA/IME ENSINO PRÉ-UNIVERSITÁRIO PROFESSOR(A) ALUNO(A) TURMA MARCELO MENDES TURNO SEDE DATA Nº / / TC MATEMÁTICA Geometria Analítica Exercícios de Fixação Conteúdo: A reta Parte I Exercícios Tópicos

Leia mais