Ana Maria de Jesus Ferreira DINÂMICA GRUPAL. No processo ensino-aprendizagem

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ana Maria de Jesus Ferreira DINÂMICA GRUPAL. No processo ensino-aprendizagem"

Transcrição

1 Ana Maria de Jesus Ferreira DINÂMICA GRUPAL No processo ensino-aprendizagem Rio de Janeiro 2005

2 UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO VEZ DO MESTRE DINÂMICA GRUPAL OBJETIVOS: Estudar a dinâmica grupal: seu histórico, concepções e aplicabilidade no processo ensino aprendizagem; analisar a relação professor x aluno hoje e o modelo esperado para a formação da nova pessoa x profissional que a sociedade/mercado de trabalho exigem e valorizam; conhecer a aplicabilidade dos jogos educacionais na nova maneira de levar o aluno a ser agente ativo no processo do seu aprendizado, desenvolvendo sua criatividade, capacidade de pensar, de gerar processos e de trabalhar em equipe, interagindo e aprendendo com as diversidades; abordar o tema andragogia (aprendizagem de adultos) e a sua relação com a didática aqui apresentada.

3 AGRADECIMENTOS Agradeço a minha família por ter entendido a minha ausência e me apoiado na elaboração deste trabalho. Aos mestres que de alguma forma influenciaram na minha dedicação e influenciaram na escolha do tema abordado. A minha orientadora pela ajuda e paciência que teve comigo e a todos os meus colegas de curso.

4 DEDICATÓRIA Dedico a realização deste trabalho ao meu irmão, Antonio Jorge Ferreira, falecido em 2002, meu grande incentivador para que eu fizesse este curso.

5 RESUMO Pretendemos neste trabalho abordar uma questão cada vez mais discutida no mundo educacional: a necessidade de mudarmos o foco de atenção do professor que agora deve ser no aluno, no seu desenvolvimento e na sua capacitação para enfrentar novas situações. Pensando nisso, na necessidade da universidade capacitar o aluno desenvolvendo conhecimentos, habilidades e atitudes que possibilitem a sua inserção no mercado de trabalho nas diversas áreas de atuação, como também prepará-lo para o exercício pleno da cidadania, foi que resolvemos abordar a utilização da dinâmica de grupo como ferramenta a ser utilizada para o desenvolvimento destas competências. O professor precisa se transformar num tutor eficiente das atividades de grupos, devendo demonstrar a importância prática do assunto a ser estudado, deve transmitir o entusiasmo pelo aprendizado, a sensação de que aquele conhecimento fará diferença na vida dos alunos. Para evitar o lado negativo do ensino universitário, é necessário que sejamos introduzidos nos conceitos de ensino, das novas didáticas. Os alunos precisam ainda que lhes seja dito o que aprender e lhes seja indicado o melhor caminho a ser seguido mas, também, devem ser estimulados a trabalhar em grupos, a desenvolver idéias próprias, a criar um método próprio para estudar, a aprender como utilizar, de modo crítico e eficiente, os meios de informação disponíveis para seu aprendizado. A nova meta da educação tem que ser não o que pensar, mas, sim, como pensar. Processos e não produtos é o mais importante a ser desenvolvido e aprendido porque permitem adaptações e atualizações rápidas e a forma mais eficaz de conseguir isso é através do trabalho em grupo, utilizando técnicas eficientes e didaticamente correlacionadas ao assunto a ser estudado.

6 METODOLOGIA Para desenvolvermos este trabalho, nos utilizamos de fontes bibliográficas sobre as possibilidades e benefícios intrínsecos à utilização de jogos, simulações e dinâmicas de grupo. Recorremos à pesquisa dos trabalhos desenvolvidos por vários autores e estudiosos do trabalho em grupo trazendo sua contribuição para o estudo das relações grupais e sua transcendência para a sala de aula. No início o objetivo era mostrar a importância dos Jogos/Dinâmicas no processo ensino-aprendizagem mas, no decorrer do trabalho, acabamos desenvolvendo um trabalho mais didático que, através dos ensinamentos fornecidos pela nossa pesquisa bibliográfica, nos levou a criar um manual sobre a nova tendência da didática.

7 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 01 CAPÍTULO I 05 Dinâmica Grupal: Concepções e Histórico CAPÍTULO II 17 A Dinâmica Grupal CAPÍTULO III 36 A Importância da Dinâmica Grupal no Processo Ensino- Aprendizagem CAPÍTULO IV 51 O Papel do Professor como Dinamizador CAPÍTULO V 60 Formação Universitária X Mercado de Trabalho CAPÍTULO VI 76 Dinâmica Grupal na Andragogia CAPÍTULO VII 86 Jogos para utilização em dinâmica de grupo CONCLUSÃO 105 BIBLIOGRAFIA 108 ÍNDICE 111

UMA VISÃO PSICOPEDAGÓGICA E FONOAUDIOLÓGICA DOS PROBLEMAS DE APRENDIZAGEM NA LINGUAGEM ORAL

UMA VISÃO PSICOPEDAGÓGICA E FONOAUDIOLÓGICA DOS PROBLEMAS DE APRENDIZAGEM NA LINGUAGEM ORAL UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE CURSO DE PSICOPEDAGOGIA UMA VISÃO PSICOPEDAGÓGICA E FONOAUDIOLÓGICA DOS PROBLEMAS DE APRENDIZAGEM NA LINGUAGEM ORAL Por Sonia

Leia mais

APRENDENDO COM O LUDO AÇÃO E RADICAL

APRENDENDO COM O LUDO AÇÃO E RADICAL ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES IPEZAL/ANGÉLICA- MS APRENDENDO COM O LUDO AÇÃO E RADICAL Ipezal/Angélica MS Abril 2012 ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES IPEZAL/ANGÉLICA- MS APRENDENDO COM O LUDO AÇÃO

Leia mais

PROJETO ROBÓTICA EDUCACIONAL

PROJETO ROBÓTICA EDUCACIONAL PROJETO ROBÓTICA EDUCACIONAL A vida tem mais imaginação do que carregamos dentro dos nossos sonhos. Cristóvão Colombo APRESENTAÇÃO O crescimento atual da robótica tanto educacional como competitiva, nos

Leia mais

O papel da Psicopedagogia na aplicação de jogos na Educação Infantil

O papel da Psicopedagogia na aplicação de jogos na Educação Infantil Universidade Candido Mendes Instituto A Vez do Mestre Pós-graduação lato sensu O papel da Psicopedagogia na aplicação de jogos na Educação Infantil Por Neide Aparecida de Moraes Costa Orientador: Professor

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Avaliação do Ensino Aprendizagem Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 8º 1 - Ementa (sumário, resumo) Contextualização histórica

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DE JOGOS DE TABULEIRO NA EVOLUÇÃO DA APRENDIZAGEM

A UTILIZAÇÃO DE JOGOS DE TABULEIRO NA EVOLUÇÃO DA APRENDIZAGEM UNIFEOB Centro Universitário da Fundação de Ensino Octávio Bastos PROJETO DE PRÁTICAS BEM SUCEDIDAS EM SALA DE AULA MATEMÁTICA LICENCIATURA A UTILIZAÇÃO DE JOGOS DE TABULEIRO NA EVOLUÇÃO DA APRENDIZAGEM

Leia mais

Aula 1 O processo educativo: a Escola, a Educação e a Didática. Profª. M.e Cláudia Benedetti

Aula 1 O processo educativo: a Escola, a Educação e a Didática. Profª. M.e Cláudia Benedetti Aula 1 O processo educativo: a Escola, a Educação e a Didática Profª. M.e Cláudia Benedetti Profa. M.e Cláudia Benedetti Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita

Leia mais

Especialização em Enfermagem em Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Central de Material Esterilizado

Especialização em Enfermagem em Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Central de Material Esterilizado Especialização em Enfermagem em Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Central de Material Esterilizado Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições em Breve Turma 08 --> A evolução na arte de exercer a enfermagem

Leia mais

Questionário usado para verificação do ambiente dos laboratórios de informática (Q01)

Questionário usado para verificação do ambiente dos laboratórios de informática (Q01) Questionário usado para verificação do ambiente dos laboratórios de informática (Q01) Prezado(a) Coordenador(a) O uso de computadores chegou à educação graças às mudanças tecnológicas que estão acontecendo

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE PRINCÍPIOS TRIBUTÁRIOS Por: Paulo Ricardo de Lima Rodrigues Orientador Prof. Ms. Claudia Gurgel Rio de Janeiro 2007 2 UNIVERSIDADE

Leia mais

A Informática na Educação Infantil

A Informática na Educação Infantil A Informática na Educação Infantil Apresentação A informática na educação se apresenta como uma inovação nas metodologias educacionais, fazendo uso da tecnologia no ambiente das escolas e trazendo o universo

Leia mais

CUBRA 12: CONTRIBUIÇÕES PARA O CÁLCULO MENTAL COM AS QUATRO OPERAÇÕES NO 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

CUBRA 12: CONTRIBUIÇÕES PARA O CÁLCULO MENTAL COM AS QUATRO OPERAÇÕES NO 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL CUBRA 12: CONTRIBUIÇÕES PARA O CÁLCULO MENTAL COM AS QUATRO OPERAÇÕES NO 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL (Francinaldo de Meireles Silveira - Autor; Franciclaudio de Meireles Silveira - Coautor; Eduardo da

Leia mais

1 - Modelo de Relatório Final de Estágio Supervisionado CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL GUAXUPÉ UNIFEG CURSO DIREITO

1 - Modelo de Relatório Final de Estágio Supervisionado CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL GUAXUPÉ UNIFEG CURSO DIREITO IN 01/2013 INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 - Modelo de Relatório Final de Estágio Supervisionado

Leia mais

PROGRAMA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FISCAL. PROJETO: CIDADANIA: APRENDENDO PARA A VIDA Profª Medianeira Garcia Geografia

PROGRAMA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FISCAL. PROJETO: CIDADANIA: APRENDENDO PARA A VIDA Profª Medianeira Garcia Geografia PROGRAMA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FISCAL PROJETO: CIDADANIA: APRENDENDO PARA A VIDA Profª Medianeira Garcia Geografia INTRODUÇÃO O projeto foi organizado por acreditarmos que o papel da escola e sua função

Leia mais

MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO:

MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO: UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PIBID- Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO: Ensino Fundamental I- TURMA: 3º

Leia mais

PROJETO: CONTANDO CENTAVOS

PROJETO: CONTANDO CENTAVOS PIBID - Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência Escola Municipal Hermann Gmeiner Disciplina: Matemática Docentes: João Batista de Oliveira Neto Damião Xavier de Medeiros PROJETO: CONTANDO

Leia mais

TRABALHOS ACADÊMICOS

TRABALHOS ACADÊMICOS TRABALHOS ACADÊMICOS 86 FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA Jorge Eto 1 ; Marco Aurélio Borges Rodrigues Mariano 2, Daniela Dellacorte 3, Tânia de Oliveira 4, Gerson Bibiano 5 RESUMO:

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NA SUPERAÇÃO DAS DIFICULDADES DOS ALUNOS COM A MATEMÁTICA

CONTRIBUIÇÕES DA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NA SUPERAÇÃO DAS DIFICULDADES DOS ALUNOS COM A MATEMÁTICA CONTRIBUIÇÕES DA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NA SUPERAÇÃO DAS DIFICULDADES DOS ALUNOS COM A MATEMÁTICA Daniele André da Silva Universidade Estadual da Paraíba daniandre2011@gmail.com RESUMO: O objetivo deste

Leia mais

MÍDIAS NA EDUCAÇÃO SEGUNDA OFERTA DO CICLO BÁSICO PROJETO FINAL

MÍDIAS NA EDUCAÇÃO SEGUNDA OFERTA DO CICLO BÁSICO PROJETO FINAL MÍDIAS NA EDUCAÇÃO SEGUNDA OFERTA DO CICLO BÁSICO PROJETO FINAL A QUALIDADE E AGRADABILIDADE DO USO DAS TIC EM SALA DE AULA. ALUNO: ALFEU JOSÉ FELDMANN Saudades- SC - Junho - 2008 2 1 SUMÁRIO 2 RESUMO...

Leia mais

O Diretor Geral do Instituto Federal Catarinense Câmpus Rio do Sul, no uso das suas atribuições,

O Diretor Geral do Instituto Federal Catarinense Câmpus Rio do Sul, no uso das suas atribuições, INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS RIO DO SUL Nº 01/2012 Dispõe sobre as normas para elaboração, trâmite, análise e aprovação dos Planos de Ensino dos Cursos de Educação Profissional Técnica de Nível

Leia mais

Uma reflexão crítica

Uma reflexão crítica O USO DAS TICS NA EDUCAÇÃO INFANTIL E NO ENSINO FUNDAMENTAL Uma reflexão crítica Ana Cláudia G. Carvalho Ana Paula Fermin Gilmara R. Santos Patrícia Elaine B.R. Alecrim Telma Augusta da Cunha RESUMO Este

Leia mais

ESTADUAL DR. JOSÉ MANOEL FONTANILLAS FRAGELLI

ESTADUAL DR. JOSÉ MANOEL FONTANILLAS FRAGELLI GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃOESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MANOEL FONTANILLAS FRAGELLI PLANO DE AÇÃO 2015 Angélica MS Fevereiro de 2015 GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE NA FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA

A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE NA FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE NA FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA Carla de Araújo Universidade Estadual da Paraíba tapcarla@gmail.com Profª. Dra. Abigail Fregni Lins Universidade Estadual

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Didática I Carga Horária Semestral: 40 horas Semestre do Curso: 4º 1 - Ementa (sumário, resumo) A Didática e os fundamentos educacionais

Leia mais

SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS

SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS OLIVIA EVANGELISTA BENEVIDES THIANE ARAUJO COSTA TRABALHANDO A MATEMÁTICA DE FORMA DIFERENCIADA A

Leia mais

C u r r í c u l o p o r C o m p e t ê n c i a e Te n d ê n c i a s d e M e r c a d o. E l i a s C a d d a h

C u r r í c u l o p o r C o m p e t ê n c i a e Te n d ê n c i a s d e M e r c a d o. E l i a s C a d d a h C u r r í c u l o p o r C o m p e t ê n c i a e Te n d ê n c i a s d e M e r c a d o E l i a s C a d d a h Agenda Legislação/Contextualização; Conceitos Acadêmicos; Tendências Mercado; Desafios. LEGISLAÇÃO

Leia mais

MMC E MDC: COMO ENSINAR? UM DESAFIO PARA O PROFESSOR

MMC E MDC: COMO ENSINAR? UM DESAFIO PARA O PROFESSOR MMC E MDC: COMO ENSINAR? UM DESAFIO PARA O PROFESSOR Erysson Romero Gomes de Brito, Neuziene Garcia Pereira; Patrícia Conrado de Souza; Tâmila Kasimura da silva Fernandes Universidade estadual da Paraíba,

Leia mais

OBJETIVOS DO CURSO DE ENFERMAGEM

OBJETIVOS DO CURSO DE ENFERMAGEM FACULDADE DO NORTE GOIANO OBJETIVOS DO CURSO DE ENFERMAGEM Objetivos do curso O Curso de Graduação em Enfermagem tem por objetivo formar bacharel em enfermagem (enfermeiro) capaz de influenciar na construção

Leia mais

Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS. Uma instituição do grupo

Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS. Uma instituição do grupo Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS F U T U R O T E N D Ê N C I A S I N O V A Ç Ã O Uma instituição do grupo CURSO 2 OBJETIVOS Discutir e fomentar conhecimentos sobre a compreensão das potencialidades,

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Médio Etec Código: Município: Área de conhecimento: Componente Curricular: Série: C. H. Semanal: Professor: I Competências e respectivas habilidades e valores 1 1

Leia mais

Atena Cursos - Curso de Capacitação - AEE PROJETO DEFICIÊNCIA DA LEITURA NA APRENDIZAGEM INFANTIL

Atena Cursos - Curso de Capacitação - AEE PROJETO DEFICIÊNCIA DA LEITURA NA APRENDIZAGEM INFANTIL Atena Cursos - Curso de Capacitação - AEE PROJETO DEFICIÊNCIA DA LEITURA NA APRENDIZAGEM INFANTIL Aluna: Iara Escandiel Colussi Data: 12/06/2015 Introdução Este projeto apresenta algumas situações de dificuldade

Leia mais

5 De F A ma

5 De F A ma Educação Física 5 De F A ma Uma Breve Revisão... Em 07 de abril de 2005 entra em vigor no Estado de Minas Gerais a resolução SEE N.º 666; Em agosto de 2011, é instituído o PIP CBC; No ano de 2012 o PIP

Leia mais

Educar para a Cidadania Contributo da Geografia Escolar

Educar para a Cidadania Contributo da Geografia Escolar Iª JORNADAS IGOT DOS PROFESSORES DE GEOGRAFIA Educar para a Cidadania Contributo da Geografia Escolar Maria Helena Esteves 7 de Setembro de 2013 Apresentação O que é a Educação para a Cidadania Educação

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO METODOLOGIA DA PESQUISA EM MATEMÁTICA PARA TCC CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO METODOLOGIA DA PESQUISA EM MATEMÁTICA PARA TCC CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO METODOLOGIA DA PESQUISA EM MATEMÁTICA PARA TCC CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO (TIC) NA SALA DE AULA DE MATEMÁTICA Bruno

Leia mais

Programa de Formação Continuada para Docentes

Programa de Formação Continuada para Docentes Programa de Formação Continuada para Docentes Objetivos do programa Consolidar a identidade didático-pedagógica da instituição realizando reflexões com seus docentes sobre as diretrizes educacionais da

Leia mais

A Aventura do Gaspar. Projeto de Empreendedorismo para o 1º Ciclo do Ensino Básico

A Aventura do Gaspar. Projeto de Empreendedorismo para o 1º Ciclo do Ensino Básico A Aventura do Gaspar Projeto de Empreendedorismo para o 1º Ciclo do Ensino Básico Ano letivo 2016/2017 6 AOS 10 ANOS A necessidade Os principais pilares da nossa vida são definidos até aos 10 anos de idade

Leia mais

Inovação & A avaliação

Inovação & A avaliação INOVAÇÃO E ENSINO DA EXCELÊNCIA: AVALIAÇÃO NO AEB, PORQUÊ E COMO Inovação & A avaliação Impacto da avaliação formativa nas aprendizagens (workshop 1) Lisboa, 07 julho 2015 Anabela Serrão PORQUE AVALIAMOS?

Leia mais

Projeto Interdisciplinar

Projeto Interdisciplinar 0 Plano de Trabalho Docente 2014 Projeto Interdisciplinar ETEC Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Ensino Médio x Ensino Técnico Série/Módulo: 3º A,B,C,D Título Educação para Cidadania Professor(es)

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec: Professor Mário Antônio Verza Código: 164 Município: Palmital Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Contabilidade

Leia mais

A TABELA PERIÓDICA NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DE UMA ESCOLA PÚBLICA

A TABELA PERIÓDICA NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DE UMA ESCOLA PÚBLICA A TABELA PERIÓDICA NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DE UMA ESCOLA PÚBLICA Eryca Vanessa Gonçalves Dantas (1); Priscila Batista Pereira (1); Marcella Ferreira Alves de Lima(2);Maraísa

Leia mais

O ATO DE COLAR COMO ASPECTO CULTURAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA AO ENSINO SUPERIOR

O ATO DE COLAR COMO ASPECTO CULTURAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA AO ENSINO SUPERIOR O ATO DE COLAR COMO ASPECTO CULTURAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA AO ENSINO SUPERIOR Criciane Melo Sousa 1 ; Albideias de Oliveira Corrêa 2 ; Silvano Neves de Oliveira 3 ; Orientador: Dilmar Kistemacher 4 Universidade

Leia mais

Variabilidade didática: Relações Bióticas

Variabilidade didática: Relações Bióticas Variabilidade didática: Relações Bióticas E.E. Carlos Maximiliano Pereira dos Santos Sala 7 / 1ª. Sessão Professor(es) Apresentador(es): Lucélia Batista Lima Maria Alice Luque Bueno Realização: Foco No

Leia mais

Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que?

Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que? Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que? -Ota fu miga Metodologia de uma Escola Bíblico-Catequética Método. [do gr.

Leia mais

A ORALIDADE NO ENSINO FUNDAMENTAL: REFLEXÕES SOBRE O USO DOS GÊNEROS ORAIS NAS AULAS DE LÍNGUA PORTUGUESA

A ORALIDADE NO ENSINO FUNDAMENTAL: REFLEXÕES SOBRE O USO DOS GÊNEROS ORAIS NAS AULAS DE LÍNGUA PORTUGUESA A ORALIDADE NO ENSINO FUNDAMENTAL: REFLEXÕES SOBRE O USO DOS GÊNEROS ORAIS NAS AULAS DE LÍNGUA PORTUGUESA Marcela Guimarães Alves marcelaguimaraespb@hotmail.com UEPB Resumo: Ramon do Nascimento Oliveira

Leia mais

INVESTIGAÇÃO DO APRENDIZADO SOBRE MODELOS ATÔMICOS DOS ALUNOS DE UMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CAXIAS-MA

INVESTIGAÇÃO DO APRENDIZADO SOBRE MODELOS ATÔMICOS DOS ALUNOS DE UMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CAXIAS-MA INVESTIGAÇÃO DO APRENDIZADO SOBRE MODELOS ATÔMICOS DOS ALUNOS DE UMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CAXIAS-MA Autora: Nezilina dos Santos Maia; Co-autor: Gilson Santos Costa; Co-autora: Rejane Maria Costa

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE PRESENCIAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE PRESENCIAL 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE PRESENCIAL Guia Didático da Disciplina Mercado de Capitais José Thadeu Paulo Henriques

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014

Plano de Trabalho Docente 2014 Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC Profª Nair Luccas Ribeiro Código: 156 Município: Teodoro Sampaio Eixo Tecnológico: Gestão e Negócio Habilitação Profissional: Técnico em Administração

Leia mais

Aula 1 O processo educativo: a Escola, a Educação e a Didática. Profª. M.e Cláudia Benedetti

Aula 1 O processo educativo: a Escola, a Educação e a Didática. Profª. M.e Cláudia Benedetti Aula 1 O processo educativo: a Escola, a Educação e a Didática Profª. M.e Cláudia Benedetti Profa. M.e Cláudia Benedetti Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita

Leia mais

MATEMÁTICA E ANOS INICIAIS: VIVÊNCIAS E ANGÚSTIAS DE PROFESSORAS DE UMA ESCOLA PÚBLICA DE PANAMBI

MATEMÁTICA E ANOS INICIAIS: VIVÊNCIAS E ANGÚSTIAS DE PROFESSORAS DE UMA ESCOLA PÚBLICA DE PANAMBI MATEMÁTICA E ANOS INICIAIS: VIVÊNCIAS E ANGÚSTIAS DE PROFESSORAS DE UMA ESCOLA PÚBLICA DE PANAMBI GT 01 Educação Matemática no Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais Juliana Michels Pottker, michels.juliana@yahoo.com.br

Leia mais

INCLUSÃO+ADAPTAÇÃO+ CRIATIVIDADE E SENSIBILIZAÇÃO= CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA APRENDENDO MÚSICA NA ESCOLA.

INCLUSÃO+ADAPTAÇÃO+ CRIATIVIDADE E SENSIBILIZAÇÃO= CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA APRENDENDO MÚSICA NA ESCOLA. INCLUSÃO+ADAPTAÇÃO+ CRIATIVIDADE E SENSIBILIZAÇÃO= CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA APRENDENDO MÚSICA NA ESCOLA. Tatiane Carolina de Lima Santos Pós graduada em Educação Musical FACCAMP Por que adaptar práticas

Leia mais

paulinhaven@hotmail.com Introdução

paulinhaven@hotmail.com Introdução DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NO ENSINO DE BIOLOGIA: REFLEXÃO A PARTIR DE SUBSTRATOS TEÓRICOS E PESQUISAS EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE PARNAÍBA/PI 1 Ana Paula Costa do Nascimento 1 Nailton de Souza

Leia mais

Planejamento de Carreira

Planejamento de Carreira Planejamento de Carreira Aulas 17 e 18 Plano de carreira Análise do ambiente Oportunidades Ameaças Objetivos Alvos concretos Estratégias Ações e prazos para atingir objetivos Follow-up Análise de potencial

Leia mais

TRILHA I O PROFESSOR E A SALA DE AULA

TRILHA I O PROFESSOR E A SALA DE AULA TRILHA I O PROFESSOR E A SALA DE AULA OFICINA 1 STORYTELLING Segunda, 06/02, das 19h às 22h30 OFICINA 2 PLANEJAMENTO INTELIGENTE Terça, 07/02, das 19h às 22h30 OFICINA 3 APLICAÇÕES DAS TEORIAS DE GRUPO

Leia mais

Ações Concretas do PIBID de Matemática no Colégio Nestório Ribeiro. Palavras chaves: Ações concretas. Monitorias/Tutorias. Laboratório de Matemática.

Ações Concretas do PIBID de Matemática no Colégio Nestório Ribeiro. Palavras chaves: Ações concretas. Monitorias/Tutorias. Laboratório de Matemática. Ações Concretas do PIBID de Matemática no Colégio Nestório Ribeiro Relicler Pardim GOUVEIA 1 ; Stefane dos Santos REZENDE 2 ; Elizeu Antônio dos SANTOS 3 ; Braulio Sousa CARRIJO 4 ; Marineide Faustino

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO ANDRE GUSTAVO M. DOS SANTOS PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA SILIMED LTDA. ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE SILICONE NO ESTADO DO

Leia mais

Docência no Ensino Superior: aspectos didáticos e pedagógicos

Docência no Ensino Superior: aspectos didáticos e pedagógicos Docência no Ensino Superior: aspectos didáticos e pedagógicos Profa Dra Glaucia Maria da Silva DQ/FFCLRP/USP 01 de setembro de 2016 Sala 30 do Bloco 9A Objetivos Subsidiar o aluno de pós-graduação para

Leia mais

Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE. Disciplina: Projetos Educacionais para o Ensino de Biologia

Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE. Disciplina: Projetos Educacionais para o Ensino de Biologia Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Disciplina: Projetos Educacionais para o Ensino de Biologia Professor(es): Rosana dos Santos Jordão Carga horária:

Leia mais

RECURSOS DIDÁTICOS PARA A INCLUSÃO DE ALUNOS SURDOS

RECURSOS DIDÁTICOS PARA A INCLUSÃO DE ALUNOS SURDOS RECURSOS DIDÁTICOS PARA A INCLUSÃO DE ALUNOS SURDOS TÁSSIA ALESSANDRA DE SOUZA FERRAZ ferraz.tassia@gmail.com INSTITUTO NACIONAL DE EDUCAÇÃO DE SURDOS (INES) 1 INTRODUÇÃO A inclusão de alunos com necessidades

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEED SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUED CURSO DE INTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO DIGITAL

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEED SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUED CURSO DE INTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO DIGITAL Professor-tutor/Assessor da CRTE: Adriana Regina Perez Rech Nome do Cursista: Clenio Euri Kieling Colégio: CE Prof. Ildo José Fritzen Data: 09/09/2011 Atividade: Roteiro de Implementação na Escola APRENDENDO

Leia mais

Algumas definições sobre Projetos

Algumas definições sobre Projetos Algumas definições sobre Projetos...entende-se por projeto um modo de agir do ser humano que define quem ele pretende ser e como se lançar em busca de metas (Machado, 2000). Não se faz projeto quando só

Leia mais

A internet pode levar o aluno a lugares aonde, talvez, ele jamais chegaria, ou não tão rapidamente; propicia o acesso a bibliotecas internacionais,

A internet pode levar o aluno a lugares aonde, talvez, ele jamais chegaria, ou não tão rapidamente; propicia o acesso a bibliotecas internacionais, TEDI INTERAMERICA TEDI- INTERAMÉRICA A TEDI foi concebida com o conceito de se utilizar a tecnologia como uma ferramenta e instrumento pedagógico para que se alcance melhores resultados na educação. Este

Leia mais

EXPLORANDO OS POLINÔMIOS E OS GRÁFICOS DAS FUNÇÕES POLINOMIAIS

EXPLORANDO OS POLINÔMIOS E OS GRÁFICOS DAS FUNÇÕES POLINOMIAIS EXPLORANDO OS POLINÔMIOS E OS GRÁFICOS DAS FUNÇÕES POLINOMIAIS Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio (Emaiefem) GT 10 Marcelino Jose de CARVALHO Universidade Federal

Leia mais

A MATEMÁTICA ENSINADA NA ESCOLA E APRENDIDA NO COTIDIANO

A MATEMÁTICA ENSINADA NA ESCOLA E APRENDIDA NO COTIDIANO ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LAMBARI D OESTE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA MATOS, Alaíde Arjona de 1 OLIVEIRA, Sônia Fernandes de 2 Professora da rede municipal de ensino

Leia mais

CATÁLOGO REGIONAL PALESTRAS, OFICINAS E CURSOS

CATÁLOGO REGIONAL PALESTRAS, OFICINAS E CURSOS CATÁLOGO REGIONAL PALESTRAS, OFICINAS E CURSOS GET GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO PARA O TRABALHADOR SESI/DRMG MINAS GERAIS 2015 www.fiemg.com.br SUMÁRIO 1. PALESTRAS 1.1 MAIS INFORMAÇÕES... 4 2. OFICINAS 2.1 ÉTICA

Leia mais

METODOLOGIA DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR EMENTA OBJETIVOS

METODOLOGIA DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR EMENTA OBJETIVOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE METODOLOGIA DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR PROFESSORES RESPONSÁVEIS:

Leia mais

Oficina de Apropriação de Resultados de Matemática. Paebes 2013

Oficina de Apropriação de Resultados de Matemática. Paebes 2013 Oficina de Apropriação de Resultados de Matemática Paebes 2013 Paebes 2013 Conhecendo o outro.. Expectativas... Paebes 2013 OBJETIVOS DA OFICINA Objetivo geral: Analisar e interpretar resultados da avaliação

Leia mais

ATIVIDADES LÚDICAS NO ENSINO DA CITOLOGIA. Palavras-chave: Citologia, jogos didáticos, atividades lúdicas.

ATIVIDADES LÚDICAS NO ENSINO DA CITOLOGIA. Palavras-chave: Citologia, jogos didáticos, atividades lúdicas. ATIVIDADES LÚDICAS NO ENSINO DA CITOLOGIA José Phillipe Joanou P. dos Santos (UFPE/CAV) Gisele de Oliveira Silva (EREM Antônio Dias Cardoso) Kênio Erithon Cavalcante Lima (UFPE/CAV) Resumo O objetivo do

Leia mais

Terminada a última guerra mundial foi encontrada, num campo de concentração nazista, a seguinte mensagem dirigida ao professores:

Terminada a última guerra mundial foi encontrada, num campo de concentração nazista, a seguinte mensagem dirigida ao professores: Terminada a última guerra mundial foi encontrada, num campo de concentração nazista, a seguinte mensagem dirigida ao professores: Prezado Professor, Sou sobrevivente de um campo de concentração. Meus olhos

Leia mais

A TECNOLOGIA NA ÁREA DE GEOGRAFIA

A TECNOLOGIA NA ÁREA DE GEOGRAFIA Centro Universitário Leonardo Da Vinci NEAD Núcleo de Ensino a Distância Everton Leite A TECNOLOGIA NA ÁREA DE GEOGRAFIA BLUMENAU 2009 EVERTON LEITE A TECNOLOGIA NA ÁREA DE GEOGRAFIA Projeto apresentado

Leia mais

Relações pedagógicas. Professor aluno. Ensino aprendizagem. Teoria e prática. Objetivo e avaliação. Conteúdo e método

Relações pedagógicas. Professor aluno. Ensino aprendizagem. Teoria e prática. Objetivo e avaliação. Conteúdo e método Relações pedagógicas Professor aluno Ensino aprendizagem Teoria e prática Objetivo e avaliação Conteúdo e método A linha mestra que norteia qualquer ação na educação está relacionada à relação humana.

Leia mais

AS METODOLOGIAS DE ENSINO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: A METODOLOGIA CRÍTICO SUPERADORA

AS METODOLOGIAS DE ENSINO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: A METODOLOGIA CRÍTICO SUPERADORA AS METODOLOGIAS DE ENSINO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: A METODOLOGIA CRÍTICO SUPERADORA Gabriel Pereira Paes Neto LEPEL-UFPA/SEDUC-PA gabrieledfisica@hotmail.com Ney Ferreira França LEPEL-UFPA/SEDUC-PA

Leia mais

MATERIAL DE FORMAÇÃO COM BASE NOS RESULTADOS DA APRENDIZAGEM

MATERIAL DE FORMAÇÃO COM BASE NOS RESULTADOS DA APRENDIZAGEM MATERIAL DE FORMAÇÃO COM BASE NOS RESULTADOS DA APRENDIZAGEM Organizar o Programa Educativo SFA-Fomentar novas qualificações e novos métodos de ensino para favorecer o desenvolvimento do SISTEMA DE FORMAÇÃO

Leia mais

Software Livre: aprender e ensinar na EaD.

Software Livre: aprender e ensinar na EaD. Software Livre: aprender e ensinar na EaD. Eliane Silvestre Oliveira Fernanda Rolfhs Pereira Resumo: O presente trabalho irá abordar uma nova tecnologia utilizada na educação: os Softwares Livres e a EaD.

Leia mais

Projeto Jogos. A importância de conhecer a história dos Jogos

Projeto Jogos. A importância de conhecer a história dos Jogos Projeto Jogos A importância de conhecer a história dos Jogos Introdução Este projeto consiste em um desenvolvimento de comunicação entre jogos e computadores voltado para entretenimento e aprendizagem.

Leia mais

Gabriela Geovana Pinho. Fátima Inês Wolf de Oliveira. Faculdade de Filosofia e Ciências FFC UNESP/Campus Marília

Gabriela Geovana Pinho. Fátima Inês Wolf de Oliveira. Faculdade de Filosofia e Ciências FFC UNESP/Campus Marília INICIAÇÃO À DOCÊNCIA: RELATO DE EXPERIÊNCIA EM INCLUSÃO ESCOLAR DE ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS DE UMA ESCOLA BÁSICA DO MUNICÍPIO DE MARÍLIA Gabriela Geovana Pinho Fátima Inês Wolf de

Leia mais

PCN - PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS

PCN - PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS PCN - PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS 01. Os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) são referências para o ensino fundamental e médio de todo Brasil, tendo como objetivo: (A) Garantir, preferencialmente,

Leia mais

Tecnologia Educacional Eficaz. Prof. David Prata Setembro de 2016

Tecnologia Educacional Eficaz. Prof. David Prata Setembro de 2016 Tecnologia Educacional Eficaz Prof. David Prata Setembro de 2016 Por onde começar? Visão Pedagógica Quais são suas metas de aprendizagem para seus alunos? O que é que você quer que eles sejam capazes de

Leia mais

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO ITAQUAQUECETUBA. Prof.ª Marli Rodrigues Siqueira Dirigente Regional de Ensino PLANEJAMENTO ESCOLAR

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO ITAQUAQUECETUBA. Prof.ª Marli Rodrigues Siqueira Dirigente Regional de Ensino PLANEJAMENTO ESCOLAR DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO ITAQUAQUECETUBA Prof.ª Marli Rodrigues Siqueira Dirigente Regional de Ensino PLANEJAMENTO ESCOLAR 2017 ENCAMINHAMENTOS PARA O ANO LETIVO 2017 O que é Planejamento? Compreendendo

Leia mais

Palavras-chave: Subprojeto PIBID da Licenciatura em Matemática, Laboratório de Educação Matemática, Formação de professores.

Palavras-chave: Subprojeto PIBID da Licenciatura em Matemática, Laboratório de Educação Matemática, Formação de professores. 00465 A IMPLANTAÇÃO DE UM LABORATÓRIO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA EM UMA ESCOLA PÚBLICA Regina Helena Munhoz Professora Adjunta Departamento de Matemática UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina RESUMO

Leia mais

FORMAÇÃO EDUCACIONAL: NOVA DIDÁTICA E FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO ENSINO FUNDAMENTAL

FORMAÇÃO EDUCACIONAL: NOVA DIDÁTICA E FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO ENSINO FUNDAMENTAL FORMAÇÃO EDUCACIONAL: NOVA DIDÁTICA E FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO ENSINO FUNDAMENTAL Arthur Henrique Teixeira Faustino 1 Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) Arthurtfaustino@gmail.com Auricélia Lopes Pereira

Leia mais

TÍTULO: DIDÁTICA EM AÇÃO: ADAPTAÇÃO DOS CONTOS INFANTIS NAS AULAS DE YOGA PARA CRIANÇAS

TÍTULO: DIDÁTICA EM AÇÃO: ADAPTAÇÃO DOS CONTOS INFANTIS NAS AULAS DE YOGA PARA CRIANÇAS TÍTULO: DIDÁTICA EM AÇÃO: ADAPTAÇÃO DOS CONTOS INFANTIS NAS AULAS DE YOGA PARA CRIANÇAS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC : Professor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Estância Turística de Tupã - SP Eixo Tecnológico: Infraestrutura Habilitação Profissional: : Técnica

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS DISCIPLINAS 1. Introdução à Pesquisa em Letras 2. Metodologia de ensino de línguas estrangeiras I: perspectivas teóricas e abordagens

Leia mais

Formando profissionais de saúde com as novas tecnologias: a experiência da ENSP/Fiocruz na educação à distância

Formando profissionais de saúde com as novas tecnologias: a experiência da ENSP/Fiocruz na educação à distância Seminário de Educação a Distância na Administração Pública: Cursos Mistos e Redes Virtuais Formando profissionais de saúde com as novas tecnologias: a experiência da ENSP/Fiocruz na educação à distância

Leia mais

Aluno(a): / / Cidade Polo: CPF: Curso: 1ª AVALIAÇÃO ONLINE METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO

Aluno(a): / / Cidade Polo:   CPF: Curso: 1ª AVALIAÇÃO ONLINE METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO Aluno(a): / / Cidade Polo: E-mail: CPF: Curso: 1ª AVALIAÇÃO ONLINE METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO Preencha o GABARITO: 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 Observação: Nesta atividade há 10 (dez) questões

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091.6 Município: São Carlos EE: Prof. Arlindo Bittencourt Eixo Tecnológico: Gestão e

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: : GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO Qualificação:

Leia mais

Israel 1994 mundo 2004 Brasil 2006

Israel 1994 mundo 2004 Brasil 2006 AS ORIGENS Os primeiros estudos e aplicações de uma metodologia para desenvolvimento de habilidades cognitivas, sociais, emocionais e éticas por meio de jogos de raciocínio foram iniciados em Israel em

Leia mais

TEÓRICOS; ECONÔMICOS.

TEÓRICOS; ECONÔMICOS. CONSTRUÇÃO DO TRABALHO MONOGRÁFICO O QUE É MONOGRAFIA? Monografia é um documento que apresenta a descrição exaustiva de determinado conteúdo e/ou matéria, abordando aspectos: HISTÓRICOS; CIENTÍFICOS; TEÓRICOS;

Leia mais

Estratégias de ensino que facilitam a aprendizagem dos alunos. Perspectivas e dilemas Professora Dra. Elena Mabel Brutten DEPED/CCSA

Estratégias de ensino que facilitam a aprendizagem dos alunos. Perspectivas e dilemas Professora Dra. Elena Mabel Brutten DEPED/CCSA Estratégias de ensino que facilitam a aprendizagem dos alunos Perspectivas e dilemas Professora Dra. Elena Mabel Brutten DEPED/CCSA Aula expositiva Pontos fortes / fracos Perspectivas... Uma aula dialógica...

Leia mais

GUIA DO CURSISTA Coordenador: Fernando Teubl Ferreira

GUIA DO CURSISTA Coordenador: Fernando Teubl Ferreira O presente texto faz parte do curso de Produção de Vídeo e é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição Não Comercial 3.0. Não Adaptada. Permissões além do escopo dessa licença podem estar

Leia mais

O que é EAD? Quais as competências necessárias ao professor e tutor para a EAD?

O que é EAD? Quais as competências necessárias ao professor e tutor para a EAD? O que é EAD? Quais as competências necessárias ao professor e tutor para a EAD? Educação à distância A educação a distância (EaD) é definida como [...] o aprendizado planejado que ocorre normalmente em

Leia mais

Pensando por este lado, o trabalho tem objetivo principal de contribuir na formação desses alunos de uma forma que chame mais a atenção e lhe traga

Pensando por este lado, o trabalho tem objetivo principal de contribuir na formação desses alunos de uma forma que chame mais a atenção e lhe traga O USO DE APLICATIVOS COMO RECURSO PEDAGÓGICO PARA ENSINO DE GEOGRAFIA Alex Lourenço dos Santos Odelfa Rosa Universidade Federal de Goiás/Regional Catalão alexlourenco1@hotmail.com rosaodelfa@gmail.com

Leia mais

O conhecimento é a chave da vida!

O conhecimento é a chave da vida! Porto Alegre, 02 de janeiro de 2017 Sejam Bem Vindos Prezados(as) Educadores(as)! Bom Dia com Alegria! O conhecimento é a chave da vida! Contem sempre conosco e que tenhamos divertidas e abençoadas formações

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER PROJETO HISTÓRIA DA MATEMÁTICA: NOME DOS NÚMEROS DIEGO DA SILVA NANTES

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER PROJETO HISTÓRIA DA MATEMÁTICA: NOME DOS NÚMEROS DIEGO DA SILVA NANTES ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER PROJETO HISTÓRIA DA MATEMÁTICA: NOME DOS NÚMEROS DIEGO DA SILVA NANTES Angélica/MS Abril/2012 ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER PROJETO HISTÓRIA DA MATEMÁTICA:

Leia mais

Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS. Uma instituição do grupo

Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS. Uma instituição do grupo Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS F U T U R O T E N D Ê N C I A S I N O V A Ç Ã O Uma instituição do grupo CURSO 2 OBJETIVOS O curso objetiva a formação de docentes capacitados para atuar no ensino

Leia mais

Ensino sem fronteira

Ensino sem fronteira Ensino sem fronteira VISÃO DA EAD O QUE É EAD? Modalidade educacional na qual a mediação didático pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem ocorre com a utilização de meios e tecnologias de informação

Leia mais

O USO DO MATERIAL MANIPULATIVO NO ENSINO DA ADIÇÃO

O USO DO MATERIAL MANIPULATIVO NO ENSINO DA ADIÇÃO ISSN 2316-7785 O USO DO MATERIAL MANIPULATIVO NO ENSINO DA ADIÇÃO Elizete Maria Possamai Ribeiro elizete@ifc-sombrio.edu.br Marleide Coan Cardoso marleide@ifc-sombrio.edu.br Ivonete de Oliveira Generoso

Leia mais

JOGOS NA APREENDIZAGEM DA QUÍMICA: VII MICTI ARAQUARI/2014

JOGOS NA APREENDIZAGEM DA QUÍMICA: VII MICTI ARAQUARI/2014 JOGOS NA APREENDIZAGEM DA QUÍMICA: VII MICTI ARAQUARI/01 Felício¹, Pedro; Baéssa², Victor; Barbosa³, Maria Aparecida Colégio Técnico da Universidade Rural, Seropédica/RJ INTRODUÇÃO Existem vários estudos

Leia mais

Regulamento. Projeto Integrador PI FACEQ

Regulamento. Projeto Integrador PI FACEQ Regulamento Projeto Integrador PI FACEQ (aprovado pela DAS e Conselho Acadêmico em 19 de janeiro de 2012) (alterado pelo Conselho Acadêmico em 23 de julho de 2012) Projeto Integrador FACEQ (aprovado pela

Leia mais