UNESP 2013 (Questão 12)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNESP 2013 (Questão 12)"

Transcrição

1 UNESP 2013 (Questão 12) Do lado oposto da caverna, Platão situa uma fogueira fonte da luz de onde se projetam as sombras e alguns homens que carregam objetos por cima de um muro, como num teatro de fantoches, e são desses objetos as sombras que se projetam no fundo da caverna e as vozes desses homens que os prisioneiros atribuem às sombras. Temos um efeito como num cinema em que olhamos para a tela e não prestamos atenção ao projetor nem às caixas de som, mas percebemos o som como proveniente das figuras na tela. (Danilo Marcondes. Iniciação à história da filosofia, 2001.) Explique o significado filosófico da Alegoria da Caverna de Platão, comentando sua importância para a distinção entre aparência e essência.

2 Unicamp Primeira Fase A sabedoria de Sócrates, filósofo ateniense que viveu no século V a. C., encontra o seu ponto de partida na afirmação sei que nada sei, registrada na obra Apologia de Sócrates. A frase foi uma resposta aos que afirmavam que ele era o mais sábio dos homens. Após interrogar artesãos, políticos e poetas, Sócrates chegou à conclusão de que ele se diferenciava dos demais por reconhecer a sua própria ignorância. a. O sei que nada sei é um ponto de partida para a Filosofia, pois aquele que se reconhece como ignorante torna-se mais sábio por querer adquirir conhecimentos. b. É um exercício de humildade diante da cultura dos sábios do passado, uma vez que a função da Filosofia era reproduzir os ensinamentos dos filósofos gregos. c. A dúvida é uma condição para o aprendizado e a Filosofia é o saber que estabelece verdades dogmáticas a partir de métodos rigorosos. d. É uma forma de declarar ignorância e permanecer distante dos problemas concretos, preocupando-se apenas com causas abstratas.

3 UEM Elaborando a teoria das quatro causas e a distinção entre ato e potência, Aristóteles busca explicar a realidade do devir e da mudança a que estão submetidas as coisas causadas. Assinale o que for correto. 01) Para Aristóteles, a mudança implica uma passagem da potência ao ato; o ato é o estado de plena realização de uma coisa; a potência, a capacidade que algo tem para assumir uma determinação. 02) Segundo Aristóteles, tudo que acontece tem suas causas, essas são a explicação ou o porque de certa coisa ser o que é. 04) Causa material, causa formal, causa eficiente e causa final são os quatro sentidos que Aristóteles distingue no termo causa 08) Segundo Aristóteles, a causa material e a causa formal de uma coisa são, respectivamente, aquilo de que a coisa é feita e aquilo que ela essencialmente é. 16) Segundo Aristóteles, a causa eficiente e a causa final de uma coisa são, respectivamente, o agente que atua sobre essa coisa e o fim que ela se destina.

4 Escolas Filosóficas Helenismo

5 Período helenístico ou greco-romano (fim do III AC VI DC, 529 DC, proibição das Escolas Filosóficas por Justinano I). CINISMO CETICISMO EPICURISMO ESTOICISMO

6 Características gerais Império Macedônico; Cultura helênica; Fim da cidade-estado; mundo clássico esta ruindo; Fim da participação política; Ética: maneira correta de viver; conduta pessoal; Busca da FELICIDADE (Eudaimonia); Intimista; Harmonia interior. Prática.

7

8 Cinismo Antístenes ( AC); Diógenes de Sínope (404/ AC); Viver como um cão; Desprezar convenções; Auto-suficiência; Felicidade não depende das coisas externas; Busca libertar-se das convenções. Saia da frente do meu sol...

9

10 Não ter propriedade nenhuma, para não ser propriedade de nada.

11

12 Ceticismo (skepsis: exame) Pirro de Elis ( AC); Acatalepsia: improbabilidade de conhecer algo; EPOCHÉ: Suspensão dos juízos; Ataraxia: tranqüilidade da alma Afasia: falta de palavra; atitude de não dizer nada de definitivo e com valor de verdade. Não me preocuparei com a justificação das certezas; Não tomarei partido; Para viver: razoabilidade. Não confundir com o ceticismo científico.

13 Sorrisinho

14 Epicurismo Epicuro de Samos ( /71 AC); Filosofia de vida = Ataraxia; O Jardim ; Amizade; Independência; Prazer duradouro; Aponia (ausência de dor física);

15 Para garantir a ataraxia e a aponia 1. Prazeres naturais e necessários; Fome Prazeres naturais e não necessários; Carne de búfalo Prazeres não naturais e não necessários. Talheres de ouro...

16 A morte não é nada para nós, pois, quando existimos não existe a morte, e quando existe a morte, não existimos mais. Se queres enriquecer alguém, não lhe acrescentes riquezas: diminui-lhe os desejos.

17 Estoicismo (Stoa Poikile = Pórtico Pintado) Zenão de Cício ( AC); Ataraxia relação com APATHEIA, libertar-se das paixões; impassibilidade; Viver de acordo com a razão (logos) do universo; Conformar a própria vontade ao destino. Não se desesperar; Atitude austera diante da vida; Não se abala; Auto-controle; Questões inevitáveis.

18 Nada desejar além do estritamente necessário, nada temer antecipadamente. Aquilo que foi doloroso suportar torna-se agradável depois de suportado; é natural sentir prazer no final do próprio sofrimento. (Sêneca 4AC 65 DC)

ÉTICA ARISTOTÉLICA A ÉTICA EM ARISTÓTELES

ÉTICA ARISTOTÉLICA A ÉTICA EM ARISTÓTELES A ÉTICA EM ARISTÓTELES ÉTICA ARISTOTÉLICA - A Ética aristotélica faz parte do saber prático: distingue-se do saber teórico porque seu objetivo não é o conhecimento de uma realidade determinada, mas do

Leia mais

Sócrates, Sofistas, Platão e Aristóteles (ética) Séc. III e IV a. C

Sócrates, Sofistas, Platão e Aristóteles (ética) Séc. III e IV a. C Sócrates, Sofistas, Platão e Aristóteles (ética) Séc. III e IV a. C Nunca deixou nada escrito Patrono da Filosofia Sh As principais fontes: Platão, Xenofonte e Aristóteles Questões Antropológicas O início

Leia mais

FILOSOFIA HELENÍSTICA CURSINHO DRUMMOND 2017 PROF. DOUGLAS PHILIP

FILOSOFIA HELENÍSTICA CURSINHO DRUMMOND 2017 PROF. DOUGLAS PHILIP FILOSOFIA HELENÍSTICA CURSINHO DRUMMOND 2017 PROF. DOUGLAS PHILIP CARACTERÍSTICAS GERAIS PERÍODO HELENÍSTICO (IV a.c. I d.c.) Helenismo: Designa a influência da cultura grega em todas as regiões conquistadas

Leia mais

Afirma que a realidade mais fundamental é composta de ideias ou formas abstratas. Para Platão, estas ideias ou formas são objetos do verdadeiro

Afirma que a realidade mais fundamental é composta de ideias ou formas abstratas. Para Platão, estas ideias ou formas são objetos do verdadeiro Afirma que a realidade mais fundamental é composta de ideias ou formas abstratas. Para Platão, estas ideias ou formas são objetos do verdadeiro conhecimento. Elas residem no mundo inteligível e sua natureza

Leia mais

Questões sobre Mito e Filosofia e sobre as características do pensamento filosófico.

Questões sobre Mito e Filosofia e sobre as características do pensamento filosófico. TRIU 2015 - Aula de Filosofia - 16-03-2015 Questões sobre Mito e Filosofia e sobre as características do pensamento filosófico. (1) UEL-2007 Há, porém, algo de fundamentalmente novo na maneira como os

Leia mais

9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES

9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES DAVID HUME - COMPAIXÃO Nascimento: 7 de maio de 1711 Edimburgo, Reino Unido. Morte: 25 de agosto de 1776 (65 anos) Edimburgo, Reino Unido. Hume nega

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE FILOSOFIA ENSINO MÉDIO - 2º ANO A FILOSOFIA DA GRÉCIA CLÁSSICA AO HELENISMO

QUESTIONÁRIO DE FILOSOFIA ENSINO MÉDIO - 2º ANO A FILOSOFIA DA GRÉCIA CLÁSSICA AO HELENISMO QUESTIONÁRIO DE FILOSOFIA ENSINO MÉDIO - 2º ANO A FILOSOFIA DA GRÉCIA CLÁSSICA AO HELENISMO ESTUDAR PARA A PROVA TRIMESTRAL DO SEGUNDO TRIMESTRE PROFESSORA: TATIANA SILVEIRA 1 - Seguiu-se ao período pré-socrático

Leia mais

Aristóteles. 4

Aristóteles. 4 Aristóteles 4 causas @yamaelice professorayamaelice @yamaelice O que nos distingue como seres racionais é a capacidade de conhecer "Nada está no intelecto sem antes ter passado pelos sentidos Para Aristóteles,

Leia mais

FILOSOFIA BREVE PANORAMA GERAL FILOSOFIA ANTIGA

FILOSOFIA BREVE PANORAMA GERAL FILOSOFIA ANTIGA FILOSOFIA BREVE PANORAMA GERAL FILOSOFIA ANTIGA SOBRE FILOSOFIA DEFINIÇÃO TRADICIONAL (segundo a perspectiva ocidental) TEOLOGIA CIÊNCIA certezas dúvidas Bertrand Russell (1872-1970) utiliza seus temas

Leia mais

FELICIDADE: O BEM QUE TODOS QUEREM. 7º ano - Capítulo 2

FELICIDADE: O BEM QUE TODOS QUEREM. 7º ano - Capítulo 2 FELICIDADE: O BEM QUE TODOS QUEREM 7º ano - Capítulo 2 1 2 Falar de felicidade significa falar sobre a melhor forma de viver; Não faz sentido pensar em uma vida bem vivida que não seja também feliz. Você

Leia mais

Teorias éticas. Capítulo 20. GRÉCIA, SÉC. V a.c. PLATÃO ARISTÓTELES

Teorias éticas. Capítulo 20. GRÉCIA, SÉC. V a.c. PLATÃO ARISTÓTELES GRÉCIA, SÉC. V a.c. Reflexões éticas, com um viés político (da pólis) _ > como deve agir o cidadão? Nem todas as pessoas eram consideradas como cidadãos Reflexão metafísica: o que é a virtude? O que é

Leia mais

Professora: Ana Priscila da Silva Alves Disciplina: Filosofia Série: 1 ª do Ensino Médio Tema: Felicidade

Professora: Ana Priscila da Silva Alves Disciplina: Filosofia Série: 1 ª do Ensino Médio Tema: Felicidade Professora: Ana Priscila da Silva Alves Disciplina: Filosofia Série: 1 ª do Ensino Médio Tema: Felicidade COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE - CDS 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO - 2016 DISCIPLINA: FILOSOFIA PROFESSORA:

Leia mais

Disciplina: Filosofia Série: 10 Unidade: Primeira Content Area: Philosophy Grade 10 Quarter I

Disciplina: Filosofia Série: 10 Unidade: Primeira Content Area: Philosophy Grade 10 Quarter I Disciplina: Filosofia Série: 10 Unidade: Primeira Content Area: Philosophy Grade 10 Quarter I 1.1 1.2 1.3 Conhecimento filosófico, religioso, científico e senso comum. Filosofia e lógica. Milagre Grego.

Leia mais

AS ESCOLAS FILOSÓFICAS DA ERA HELENÍSTICA PROF. ANDERSON W.

AS ESCOLAS FILOSÓFICAS DA ERA HELENÍSTICA PROF. ANDERSON W. AS ESCOLAS FILOSÓFICAS DA ERA HELENÍSTICA PROF. ANDERSON W. ERA CLÁSSICA PARA A ERA HELENÍSTICA Período Helenístico 338 a.c. Felipe da Macedônia derrotou os atenienses na Batalha de Queronéia. Tebas incendiada

Leia mais

Unidade 2 Ética Antiga

Unidade 2 Ética Antiga Unidade 2 Ética Antiga 1º Bimestre M2 Filosofia E-mail: eu@profpetterson.com Os Sofistas movimento intelectual na Grécia do séc. V (a.n.e.). "sofista" mestre ou sábio - sofia (sabedoria). saber a respeito

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Recuperação do 4 Bimestre disciplina Filosofia 1º Ano EM A B Conteúdo: Introdução à Filosofia Helenista O pensamento de Epicuro Filosofia do Prazer Qual a vida boa?

Leia mais

Clóvis de Barros Filho

Clóvis de Barros Filho Clóvis de Barros Filho Sugestão Formação: Doutor em Ciências da Comunicação pela USP (2002) Site: http://www.espacoetica.com.br/ Vídeos Produção acadêmica ÉTICA - Princípio Conjunto de conhecimentos (filosofia)

Leia mais

O conhecimento e a incerteza do ponto de vista do ceticismo

O conhecimento e a incerteza do ponto de vista do ceticismo O conhecimento e a incerteza do ponto de vista do ceticismo IF UFRJ Mariano G. David Mônica F. Corrêa O conhecimento e a incerteza do ponto de vista do ceticismo Aula 1: O conhecimento é possível? O ceticismo

Leia mais

A ÉTICA NA HISTÓRIA DO PENSAMENTO

A ÉTICA NA HISTÓRIA DO PENSAMENTO SOFISTAS Acreditavam num relativismo moral. O ceticismo dos sofistas os levava a afirmar que, não existindo verdade absoluta, não poderiam existir valores que fossem validos universalmente. A moral variaria

Leia mais

Questões de Provas Específicas

Questões de Provas Específicas Questões de Provas Específicas Questões de Provas Específicas 1. (Unicamp 2013) A sabedoria de Sócrates, filósofo ateniense que viveu no século V a.c., de Sócrates. A frase foi uma resposta aos que afirmavam

Leia mais

Filosofia Grega Clássica - parte I: o período socrático séculos 5-4 a.c.

Filosofia Grega Clássica - parte I: o período socrático séculos 5-4 a.c. Filosofia Grega Clássica - parte I: o período socrático séculos 5-4 a.c. Atenas no séc. 5 a.c.: - centro da vida social, política e cultural da Grécia - época da democracia, quando os cidadãos participavam

Leia mais

Curso TURMA: 2101 e 2102 DATA: Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média:

Curso TURMA: 2101 e 2102 DATA: Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média: EXERCÍCIOS ON LINE 3º BIMESTRE DISCIPLINA: Filosofia PROFESSOR(A): Julio Guedes Curso TURMA: 2101 e 2102 DATA: Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média: NOME: Nº.: Exercício On Line (1) A filosofia atingiu

Leia mais

Roteiro de estudos para recuperação trimestral

Roteiro de estudos para recuperação trimestral Roteiro de estudos para recuperação trimestral Disciplina: Professor (a): FILOSOFIA JOSÉ LUCIANO GABEIRL Conteúdo: Referência para estudo: A Filosofia de Aristóteles A Filosofia Helenística Idade Média

Leia mais

Platão a.c. Arístocles Platão (Amplo) Um dos principais discípulos de Sócrates

Platão a.c. Arístocles Platão (Amplo) Um dos principais discípulos de Sócrates PLATÃO Platão 432 347 a.c. Arístocles Platão (Amplo) Origem Aristocrática Um dos principais discípulos de Sócrates Platão foi o fundador da primeira instituição de ensino superior do mundo ocidental, a

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE FILOSOFIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE FILOSOFIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE FILOSOFIA Nome: Nº 9 a. Série Data: / /2016 Professor: ALESSANDRO Nota: (valor: 1,0) 2º semestre A - Introdução Neste semestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou

Leia mais

PERÍODOS DA FILOSOFIA ANTIGA

PERÍODOS DA FILOSOFIA ANTIGA Capítulo 12 PERÍODOS DA FILOSOFIA ANTIGA PRÉ-SOCRÁTICO OU COSMOLÓGICO (SÉC. VI V a.c.) SOCRÁTICO OU ANTROPOLÓGICO OU CLÁSSICO (SÉC. V IV a.c.): SÓCRATES E PLATÃO SISTEMÁTICO (SÉC IV III a.c.): ARISTÓTELES

Leia mais

PERÍODOS DA FILOSOFIA ANTIGA

PERÍODOS DA FILOSOFIA ANTIGA Capítulo 12 PERÍODOS DA FILOSOFIA ANTIGA PRÉ-SOCRÁTICO OU COSMOLÓGICO (SÉC. VI V a.c.) SOCRÁTICO OU ANTROPOLÓGICO OU CLÁSSICO (SÉC. V IV a.c.): SÓCRATES E PLATÃO SISTEMÁTICO (SÉC IV III a.c.): ARISTÓTELES

Leia mais

A NOÇÃO DE FELICIDADE NA FILOSOFIA ANTIGA

A NOÇÃO DE FELICIDADE NA FILOSOFIA ANTIGA FELICIDADE E INTRODUÇÃO À FILOSOFIA (1ª SÉRIE) FILOSOFIA: ETIMOLOGIA. Philo (philia): amizade, amor fraterno, respeito entre os iguais. Sophia: sabedoria. E dela vem a palavra sóphos, sábio. Filosofia:

Leia mais

Fil. Semana. Lara Rocha (Debora Andrade)

Fil. Semana. Lara Rocha (Debora Andrade) Semana 3 Lara Rocha (Debora Andrade) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA 10/02

Leia mais

AS ESCOLAS FILOSÓFICAS DA ERA HELENÍSTICA Gladys Saraiva*

AS ESCOLAS FILOSÓFICAS DA ERA HELENÍSTICA Gladys Saraiva* AS ESCOLAS FILOSÓFICAS DA ERA HELENÍSTICA Gladys Saraiva* RESUMO Este trabalho apresenta um relato da Filosofia da era helenística e suas escolas; como esta filosofia nasceu e se desenvolveu e o que representa

Leia mais

1ª série EM - Lista de Questões para a EXAME FINAL - FILOSOFIA

1ª série EM - Lista de Questões para a EXAME FINAL - FILOSOFIA 1ª série EM - Lista de Questões para a EXAME FINAL - FILOSOFIA 01. Mesmo os nossos conceitos mais básicos não nos são evidentes; nós os utilizamos com bastante comodidade, mas não temos qualquer compreensão

Leia mais

A verdade, em grego, se diz aletheia e significa a manifestação daquilo que é, o não-oculto.

A verdade, em grego, se diz aletheia e significa a manifestação daquilo que é, o não-oculto. Na Grécia Antiga, o período pré-socrático foi dominado, em grande parte, pela investigação da natureza. Essa investigação consistia na busca de explicações racionais (cosmologia) para o universo manifestando-se

Leia mais

LISTA - SÓCRATES. Platão, A Apologia de Sócrates, 29 a-b, In. HADOT, P. O que é a Filosofia Antiga? São Paulo: Ed. Loyola, 1999, p. 61.

LISTA - SÓCRATES. Platão, A Apologia de Sócrates, 29 a-b, In. HADOT, P. O que é a Filosofia Antiga? São Paulo: Ed. Loyola, 1999, p. 61. 1. (Uea 2014) O sofista é um diálogo de Platão do qual participam Sócrates, um estrangeiro e outros personagens. Logo no início do diálogo, Sócrates pergunta ao estrangeiro, a que método ele gostaria de

Leia mais

Aula 1: O que é a filosofia? Características e atitudes filosóficas Prof. Gilmar Dantas

Aula 1: O que é a filosofia? Características e atitudes filosóficas Prof. Gilmar Dantas Aula 1: O que é a filosofia? Características e atitudes filosóficas Prof. Gilmar Dantas A filosofia no Ensino Médio e a ditadura 1971 a disciplina de filosofia é retirada do Ensino Médio pelo Governo Militar

Leia mais

Igreja: Uma face em construção - XIII Uma nova mensagem a mensagem da cruz

Igreja: Uma face em construção - XIII Uma nova mensagem a mensagem da cruz Igreja: Uma face em construção - XIII Uma nova mensagem a mensagem da cruz I. A velha e a nova mensagem: uma base comum II. A nova mensagem: quem é quem? III. A nova mensagem: a justiça humana é frágil

Leia mais

3. (Unicentro 2012) Sobre o pensamento socrático, analise as afirmativas e marque com V, as verdadeiras e com F, as falsas.

3. (Unicentro 2012) Sobre o pensamento socrático, analise as afirmativas e marque com V, as verdadeiras e com F, as falsas. 1. (Unicamp 2013) A sabedoria de Sócrates, filósofo ateniense que viveu no século V a.c., encontra o seu ponto de partida na afirmação sei que nada sei, registrada na obra Apologia de Sócrates. A frase

Leia mais

RESPONSÁVEL CONSTRUTOR DE SEU PRESENTE SEM ESQUECER SEU PASSADO E DESAFIADOR DO DESTINO

RESPONSÁVEL CONSTRUTOR DE SEU PRESENTE SEM ESQUECER SEU PASSADO E DESAFIADOR DO DESTINO I - IDEAL GREGO DE HOMEM - LIVRE E RESPONSÁVEL CONSTRUTOR DE SEU PRESENTE SEM ESQUECER SEU PASSADO E DESAFIADOR DO DESTINO BUSCA A SABEDORIA PREPARAÇÃO PARA A PROCURA FORMAÇÃO INTEGRAL CORPO E ESPÍRITO

Leia mais

FILOSOFIA Conceito e delimitação

FILOSOFIA Conceito e delimitação FILOSOFIA Conceito e delimitação Conceito de Filosofia Filosofia significa philo= amigo, amor, Sophia= sabedoria. A filosofia busca dar profundidade e totalidade à aspectos referentes a vida como um todo;

Leia mais

Sócrates: após destruir o saber meramente opinativo, em diálogo com seu interlocutor, dava início ã procura da definição do conceito, de modo que, o

Sócrates: após destruir o saber meramente opinativo, em diálogo com seu interlocutor, dava início ã procura da definição do conceito, de modo que, o A busca da verdade Os filósofos pré-socráticos investigavam a natureza, sua origem de maneira racional. Para eles, o princípio é teórico, fundamento de todas as coisas. Destaca-se Heráclito e Parmênides.

Leia mais

INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. Aula 3.2 Conteúdo: A escola Platônica

INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. Aula 3.2 Conteúdo: A escola Platônica Aula 3.2 Conteúdo: A escola Platônica 2 Habilidades: Conhecer os principais pontos das ideias de Platão para interpretar a realidade diária. 3 REVISÃO Sócrates: o homem Grande questão: o que é a essência

Leia mais

FILOSOFIA - HELENISMO

FILOSOFIA - HELENISMO 1. (Unisc 2012) Nas suas Meditações, o filósofo estoico Marco Aurélio escreveu: Na vida de um homem, sua duração é um ponto, sua essência, um fluxo, seus sentidos, um turbilhão, todo o seu corpo, algo

Leia mais

Unidade 2: História da Filosofia Filosofia Clássica. Filosofia Serviço Social Igor Assaf Mendes

Unidade 2: História da Filosofia Filosofia Clássica. Filosofia Serviço Social Igor Assaf Mendes Unidade 2: História da Filosofia Filosofia Clássica Filosofia Serviço Social Igor Assaf Mendes Conteúdo (a) Nascimento da filosofia (b) Condições históricas para seu nascimento (c) Os principais períodos

Leia mais

Turma Disciplina Avaliação Data. 191 Filosofia Prova 1 05/10/2015. Conteúdos. Turma Disciplina Avaliação Data. 191 Filosofia Prova 2 09/11/2015

Turma Disciplina Avaliação Data. 191 Filosofia Prova 1 05/10/2015. Conteúdos. Turma Disciplina Avaliação Data. 191 Filosofia Prova 2 09/11/2015 Caro estudante, Este material contém informações básicas sobre os conteúdos e datas das provas e trabalhos do corrente trimestre. Para maiores informações, procure diretamente o professor de filosofia,

Leia mais

Processo de compreensão da realidade. Não é lenda Verdade Explicação do misterioso Expressão fundamental do viver humano

Processo de compreensão da realidade. Não é lenda Verdade Explicação do misterioso Expressão fundamental do viver humano Processo de compreensão da realidade Não é lenda Verdade Explicação do misterioso Expressão fundamental do viver humano Homero Ilíada Hesíodo Teogonia Odisseia A invenção da escrita Nova idade mental Surgimento

Leia mais

PROVA DE FILOSOFIA 2º BIMESTRE DE 2012 PROF. ALEXANDRE

PROVA DE FILOSOFIA 2º BIMESTRE DE 2012 PROF. ALEXANDRE PROVA DE FILOSOFIA 2º BIMESTRE DE 2012 PROF. ALEXANDRE NOME Nº 1ª ANO A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

Platão, desiludido com a. escola de filosofia a Academia.

Platão, desiludido com a. escola de filosofia a Academia. Platão era filho da aristocracia ateniense. Foi discípulo de Sócrates. Sua obra reflete o momento caótico pelo qual passou Atenas no decorrer de sua vida A crise da sociedade ateniense está ligada à guerra

Leia mais

RESOLUÇÕES DE QUESTÕES SÓCRATES 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES

RESOLUÇÕES DE QUESTÕES SÓCRATES 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES RESOLUÇÕES DE QUESTÕES SÓCRATES 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES 1. (Unicamp 2013) A sabedoria de Sócrates, filósofo ateniense que viveu no século V a.c., encontra o seu ponto de partida

Leia mais

Aristóteles e o Espanto

Aristóteles e o Espanto Aristóteles e o Espanto - Para Aristóteles, uma condição básica para o surgimento do conhecimento no homem era o espanto, o qual poderia gerar toda condição para o conhecimento e a elaboração de teorias.

Leia mais

Aristóteles critica a doutrina das ideias, de Platão. Ele não acreditava num mundo de ideias à parte, nem nas formas ideias das coisas, nem que o

Aristóteles critica a doutrina das ideias, de Platão. Ele não acreditava num mundo de ideias à parte, nem nas formas ideias das coisas, nem que o Aristóteles critica a doutrina das ideias, de Platão. Ele não acreditava num mundo de ideias à parte, nem nas formas ideias das coisas, nem que o nosso mundo fosse uma cópia imperfeita ou um simulacro

Leia mais

ENTRE DOIS MUNDOS 7º ANO

ENTRE DOIS MUNDOS 7º ANO ENTRE DOIS MUNDOS 7º ANO INTRODUÇÃO Renascimento: Período de transição entre Idade Média e Idade Moderna; Misturam-se o jeito de ser e pensar de dois momentos da sociedade europeia ocidental; Não é possível

Leia mais

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ Aviso importante! Esta disciplina é uma propriedade intelectual de uso exclusivo e particular do aluno da Saber e Fé, sendo proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, exceto em breves citações

Leia mais

1. BREVE REVISÃO E CONCLUSÃO DOS ASSUSNTOS ESTUDADOS ANTERIORMENTE

1. BREVE REVISÃO E CONCLUSÃO DOS ASSUSNTOS ESTUDADOS ANTERIORMENTE 1. BREVE REVISÃO E CONCLUSÃO DOS ASSUSNTOS ESTUDADOS ANTERIORMENTE A filosofia nasce e se desenvolve com as necessidades de formação de uma sociedade política. A Grécia criou algo diferente de tudo que

Leia mais

ALUNO (A): TURMA: 1º ANO DO ENSINO MÉDIO

ALUNO (A): TURMA: 1º ANO DO ENSINO MÉDIO C O LÉGIO INTEGRAÇÃO A N GLO ALUNO (A): TURMA: 1º ANO DO ENSINO MÉDIO Professor: Eduardo TR3 ROTEIRO / TRABALHO RECUPERAÇÃO FINAL - FILOSOFIA Valor: 40,0 pontos Atenção para os seguintes procedimentos:

Leia mais

AULA FILOSOFIA. O realismo aristotélico

AULA FILOSOFIA. O realismo aristotélico AULA FILOSOFIA O realismo aristotélico DEFINIÇÃO O realismo aristotélico representa, na Grécia antiga, ao lado das filosofias de Sócrates e Platão, uma reação ao discurso dos sofistas e uma tentativa de

Leia mais

Moral e Direito. Moral e Direito. Filosofia Moral. Moral e Direito 09/03/2014. Do ser ao que deve-ser. Distinção entre Moral e Ética. Moral.

Moral e Direito. Moral e Direito. Filosofia Moral. Moral e Direito 09/03/2014. Do ser ao que deve-ser. Distinção entre Moral e Ética. Moral. Filosofia Moral Ética Do ser ao que deve-ser O homem é uma interseção entre dois mundos: o real e o ideal. Pela liberdade humana, os valores do mundo ideal podem atuar sobre o mundo real. Nicolai Hartmann

Leia mais

Filosofia Teorias do conhecimento Prof. Gilmar Dantas. Aula 4 Platão e o mundo das ideias ou A teoria do conhecimento em Platão

Filosofia Teorias do conhecimento Prof. Gilmar Dantas. Aula 4 Platão e o mundo das ideias ou A teoria do conhecimento em Platão Filosofia Teorias do conhecimento Prof. Gilmar Dantas Aula 4 Platão e o mundo das ideias ou A teoria do conhecimento em Platão ACADEMIA DE PLATÃO. Rafael, 1510 afresco, Vaticano. I-Revisão brevíssima

Leia mais

Metafísica & Política

Metafísica & Política Aristóteles (384-322 a.c.) Metafísica & Política "0 homem que é tomado da perplexidade e admiração julga-se ignorante." (Metafisica, 982 b 13-18). Metafísica No conjunto de obras denominado Metafísica,

Leia mais

Organização Prof. Dr. Lucrécio Sá

Organização Prof. Dr. Lucrécio Sá Organização Prof. Dr. Lucrécio Sá Autores Joaquim Artur de Almeida Feitosa Pereira Felinto Gadelha Segundo Klyngher Emídio Bezerra Cabral José Anderson dos Santos Bezerra Larissa Oliveira Iane Marie Lima

Leia mais

TEORIA DOS VALORES. Quais são os valores que você mais preza? Introdução

TEORIA DOS VALORES. Quais são os valores que você mais preza? Introdução TEORIA DOS VALORES Quais são os valores que você mais preza? Introdução Os filósofos tentaram determinar a boa conduta segundo dois princípios fundamentais: considerando alguns tipos de conduta bons em

Leia mais

PLATÃO E O MUNDO IDEAL

PLATÃO E O MUNDO IDEAL Introdução: PLATÃO E O MUNDO IDEAL - A importância do pensamento de Platão se deve justamente por conseguir conciliar os mundos: dos Pré-Socráticos, com suas indagações sobre o surgimento do Cosmo (lê-se:

Leia mais

CONCEPÇÕES ÉTICAS Mito, Tragédia e Filosofia

CONCEPÇÕES ÉTICAS Mito, Tragédia e Filosofia CONCEPÇÕES ÉTICAS Mito, Tragédia e Filosofia O que caracteriza a consciência mítica é a aceitação do destino: Os costumes dos ancestrais têm raízes no sobrenatural; As ações humanas são determinadas pelos

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA - FILOSOFIA - Grupo L

PADRÃO DE RESPOSTA - FILOSOFIA - Grupo L PADRÃO DE RESPOSTA - FILOSOFIA - Grupo L 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor No diálogo Fédon, escrito por Platão, seu personagem Sócrates afirma que a dedicação à Filosofia implica que a alma

Leia mais

Sofistas ou Sophistés

Sofistas ou Sophistés - Sofista (sophistés) vem da palavra sophos que significa sábio. Sofistas ou Sophistés Principais sofistas: - Protágoras de Abdera 480-410 a.c. - Gógias de Leontini 487?-380? a.c. - Isócrates de Atenas

Leia mais

PLANO DE AULA DISCIPLINA: ÉTICA E CIDADANIA I (CÓD. ENUN60004) PERÍODO: 1 º PERÍODO EXPOSITIVA EXPOSITIVA EXPOSITIVA EXPOSITIVA

PLANO DE AULA DISCIPLINA: ÉTICA E CIDADANIA I (CÓD. ENUN60004) PERÍODO: 1 º PERÍODO EXPOSITIVA EXPOSITIVA EXPOSITIVA EXPOSITIVA PLANO DE AULA DISCIPLINA: ÉTICA E CIDADANIA I (CÓD. ENUN60004) PERÍODO: 1 º PERÍODO TOTAL DE SEMANAS: 20 SEMANAS TOTAL DE ENCONTROS: 20 AULAS Aulas Conteúdos/ Matéria Tipo de aula Textos, filmes e outros

Leia mais

Resolução da Questão 1 (Texto Definitivo)

Resolução da Questão 1 (Texto Definitivo) Questão Redija em texto dissertativo acerca do seguinte tema. A ALMA E A CIDADE EM PLATÃO Ao elaborar seu texto, aborde, necessariamente, os seguintes aspectos: teoria política de Platão em A República

Leia mais

LISTA DE CONTEÚDOS PARA RECUPERAÇÃO FINAL Professor: Airton José Müller Componente Curricular: Filosofia

LISTA DE CONTEÚDOS PARA RECUPERAÇÃO FINAL Professor: Airton José Müller Componente Curricular: Filosofia LISTA DE CONTEÚDOS PARA RECUPERAÇÃO FINAL - 2015 Professor: Airton José Müller Componente Curricular: Filosofia 7º Ano Filósofos Clássicos. A filosofia clássica. Sócrates de Atenas: o poder das perguntas

Leia mais

SÓCRATES. Prof. David Alexandre

SÓCRATES. Prof. David Alexandre SÓCRATES Prof. David Alexandre SUMÁRIO Apresentação Época Vida e Missão Ensinamentos Filosóficos Métodos Socráticos Conclusão ÉPOCA Século V a.c. - Século de Péricles. Com a vitória sobre os persas e a

Leia mais

A FILOSOFIA HELENÍSTICA A FILOSOFIA APÓS A CONQUISTA DA GRÉCIA PELA MACEDÔNIA

A FILOSOFIA HELENÍSTICA A FILOSOFIA APÓS A CONQUISTA DA GRÉCIA PELA MACEDÔNIA A FILOSOFIA HELENÍSTICA A FILOSOFIA APÓS A CONQUISTA DA GRÉCIA PELA MACEDÔNIA O IMPÉRIO ALEXANDRINO A FILOSOFIA ESTOICA PARTE DA SEGUINTE PERGUNTA: COMO DEVO AGIR PARA VIVER BEM? COMO POSSO VIVER BEM E,

Leia mais

PERÍODO SOCRÁTICO OU ANTROPOLÓGICO

PERÍODO SOCRÁTICO OU ANTROPOLÓGICO PERÍODO SOCRÁTICO OU ANTROPOLÓGICO INTRODUÇÃO Com o desenvolvimento das cidades, das artes militares, do comércio e do artesanato, Atenas viveu seu período de esplendor O SÉCULO DE PÉRICLES. É a época

Leia mais

Filosofia e Ética. Professor Ronaldo Coture

Filosofia e Ética. Professor Ronaldo Coture Filosofia e Ética Professor Ronaldo Coture Quais os conceitos da Disciplina de Filosofia e Ética? Compreender os períodos históricos do pensamento humano. Conceituar a teoria axiológica dos valores. Conceituar

Leia mais

Prof. Talles D. Filosofia do Direito O Direito e o tema da Justiça

Prof. Talles D. Filosofia do Direito O Direito e o tema da Justiça Prof. Talles D. Filosofia do Direito O Direito e o tema da Justiça A concepção platônica da justiça Basicamente, Platão traz duas ideias de justiça: uma relacionada com a virtude (das pessoas e dos Estados),

Leia mais

O MUNDO VISÕES DO MUNDO ATRAVÉS DA HISTÓRIA

O MUNDO VISÕES DO MUNDO ATRAVÉS DA HISTÓRIA O MUNDO VISÕES DO MUNDO ATRAVÉS DA HISTÓRIA MITO: FORMA DE EXPLICAÇÃO MITO: vem do vocábulo grego mythos, que significa contar ou narrar algo. Mito é uma narrativa que explica através do apelo ao sobrenatural,

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS CAMPOS SALLES

FACULDADES INTEGRADAS CAMPOS SALLES FACULDADES INTEGRADAS CAMPOS SALLES CURSO DE GRADUAÇÃO DISCIPLINA: SUSTENTABILIDADE, RESPONSABILIDADE SOCIA E ÉTICA Professor: Paulo S. Ribeiro Aula 02 UNIDADE 1: Formação da moral ocidental. Sofistas

Leia mais

Para Aristóteles, as coisas se apresentam diante de nós em potência ou em ato.

Para Aristóteles, as coisas se apresentam diante de nós em potência ou em ato. Disciplina: Filosofia Professor: Daniel de Oliveira Neto REVISÃO DO CONTEÚDO PARA OS EXAMES FINAIS 1. CONCEITO DE METAFÍSICA Aristóteles conceituou metafísica de quatro modos: 1. Ciência dos princípios

Leia mais

FILOSOFIA CLÁSSICOS MEDIEVO CONTEMPORÂNEA.

FILOSOFIA CLÁSSICOS MEDIEVO CONTEMPORÂNEA. FILOSOFIA CLÁSSICOS MEDIEVO CONTEMPORÂNEA FILOSOFIA CLÁSSICA SÉC. V a.c. Democracia; Ruptura com a Filosofia Naturalista (pré-socrática) Antropocentrismo; Retórica/Discurso; Ruptura com a visão mitológica;

Leia mais

PPGE- UEPG PROFESSORA GISELE MASSON

PPGE- UEPG PROFESSORA GISELE MASSON Síntese: Platão PPGE- UEPG PROFESSORA GISELE MASSON A Morte de Sócrates - Jacques-Louis David, 1787 Museu Metropolitano de Arte, Nova Iorque. Rafael - Data 1509/1511 - Técnica Afresco - Palácio Apostólico,

Leia mais

Filosofia Geral. Prof. Alexandre Nonato

Filosofia Geral. Prof. Alexandre Nonato Filosofia Geral Prof. Alexandre Nonato Ruptura da Mitologia à Filosofia Mitologia é um conjunto de mitos de determinados povos. Ex.: Deuses, lendas. Explicação para a vida, o sobrenatural, sem a existência

Leia mais

PLANO DE AULA DISCIPLINA: ÉTICA E CIDADANIA I CÓD. ENUN º PERÍODO SEMANA CONTEÚDOS/MATÉRIA TIPO DE AULA TEXTOS, FILMES E OUTROS MATERIAIS

PLANO DE AULA DISCIPLINA: ÉTICA E CIDADANIA I CÓD. ENUN º PERÍODO SEMANA CONTEÚDOS/MATÉRIA TIPO DE AULA TEXTOS, FILMES E OUTROS MATERIAIS PLANO DE AULA DISCIPLINA: ÉTICA E CIDADANIA I CÓD. ENUN 60004 1º PERÍODO TOTAL DE ENCONTROS: 20 SEMANAS SEMANA CONTEÚDOS/MATÉRIA TIPO DE AULA TEXTOS, FILMES E OUTROS MATERIAIS 1 UNIDADE I UMA ANÁLISE DA

Leia mais

Pré Socráticos- Sócrates - Sofistas

Pré Socráticos- Sócrates - Sofistas Pré Socráticos- Sócrates - Sofistas CHAUI, Marilena. Convite à Filosofia. Bibliografia: GARCIA MORENTE, Manuel. Fundamentos de filosofia. São Paulo: Editora Mestre Jou, 1980 MARCONDES, Danilo. Iniciação

Leia mais

PLANO DE AULA. Resumo: Período da Filosofia Antiga : Socrático ou Antropológico

PLANO DE AULA. Resumo: Período da Filosofia Antiga : Socrático ou Antropológico PLANO DE AULA ÁREA: História da Filosofia antiga TEMA: O início do pensamento filosófico na Grécia Antiga HISTÓRIA DA FILOSOFIA: Antiga INTERDISCIPLINARIDADE: História TRANSVERSALIDADE: Ética DURAÇÃO:

Leia mais

RESUMO DA ALEGORIA DA CAVERNA DO FILÓSOFO PLATÃO

RESUMO DA ALEGORIA DA CAVERNA DO FILÓSOFO PLATÃO ESCOLA DE GUERRA NAVAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS MARÍTIMOS SALOMÃO MELQUIADES LUNA RESUMO DA ALEGORIA DA CAVERNA DO FILÓSOFO PLATÃO DISCIPLINA PPGEM GO-1 TRABALHO I Rio de Janeiro 2014 2 1 OBRA

Leia mais

A FILOSOFIA DO DIREITO EM EPICURO

A FILOSOFIA DO DIREITO EM EPICURO A FILOSOFIA DO DIREITO EM EPICURO RENATO TOLLER BRAY 1 RESUMO O trabalho visa apresentar um estudo sobre o filósofo da Grécia antiga chamado Epicuro que possui uma visão interessante sobre a questão da

Leia mais

A ORIGEM DA FILOSOFIA

A ORIGEM DA FILOSOFIA A ORIGEM DA FILOSOFIA UMA VIDA SEM BUSCA NÃO É DIGNA DE SER VIVIDA. SÓCRATES. A IMPORTÂNCIA DOS GREGOS Sob o impulso dos gregos, a civilização ocidental tomou uma direção diferente da oriental. A filosofia

Leia mais

Resolução da Questão 1 Texto definitivo

Resolução da Questão 1 Texto definitivo Questão A filosofia não é outra coisa senão o exercício preparatório para a sabedoria. Não se trata de opor nem de separar a filosofia como modo de vida, por um lado, e um discurso filosófico

Leia mais

UNIDADE 1 - Do Mito à Filosofia

UNIDADE 1 - Do Mito à Filosofia FILOSOFIA UNIDADE 1 - Do Mito à Filosofia A curiosidade humana levou o homem a buscar explicações para os fenômenos do cotidiano. Numa época em que não havia nenhuma fundamentação científica capaz de

Leia mais

Educação Matemática MATEMÁTICA LICENCIATURA. Professora Andréa Cardoso

Educação Matemática MATEMÁTICA LICENCIATURA. Professora Andréa Cardoso Educação Matemática MATEMÁTICA LICENCIATURA Professora Andréa Cardoso OBJETIVO DA AULA: Diferenciar a Matemática Racional da Matemática Prática 2 UNIDADE I : EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E ENSINO Matemática Racional

Leia mais

Aluno(a): Código: 2 Rua T-53 Qd. 92 Lt. 10/11 nº 1356 Setor Bueno Dada a função f(x) =, determine:

Aluno(a): Código: 2 Rua T-53 Qd. 92 Lt. 10/11 nº 1356 Setor Bueno Dada a função f(x) =, determine: luno(a): Código: Série: 1ª Turma: Data: / / x 2 03. Dada a função f(x) =, determine: x 2 4 a) o domínio da função f. 01. O conjunto = {1, 2, 3, 4, 5} foi representado duas vezes, na forma de diagrama,

Leia mais

Link para animação do mito da caverna. https://www.youtube.com/watch?v=xswmnm _I7bU

Link para animação do mito da caverna. https://www.youtube.com/watch?v=xswmnm _I7bU Link para animação do mito da caverna https://www.youtube.com/watch?v=xswmnm _I7bU A DOUTRINA DAS IDEIAS OU TEORIA DOS DOIS MUNDOS Para Platão existem, literalmente, dois mundos O mundo das ideias O mundo

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Recuperação do 3 Bimestre disciplina Filosofia 3º Ano EM A Conteúdo: Introdução à Filosofia de Aristóteles Hilemorfismo Teleológico Matéria e forma - Ato e Potência

Leia mais

DOUTRINAS ÉTICAS FUNDAMENTAIS PROFA. ME. ÉRICA RIOS

DOUTRINAS ÉTICAS FUNDAMENTAIS PROFA. ME. ÉRICA RIOS DOUTRINAS ÉTICAS FUNDAMENTAIS PROFA. ME. ÉRICA RIOS ERICA.CARVALHO@UCSAL.BR Ética e História Como a Ética estuda a moral, ou seja, o comportamento humano, ela varia de acordo com seu objeto ao longo do

Leia mais

Filosofia (aula 20) Dimmy Chaar Prof. de Filosofia. SAE

Filosofia (aula 20) Dimmy Chaar Prof. de Filosofia. SAE Filosofia (aula 20) Prof. de Filosofia SAE leodcc@hotmail.com Teorias Éticas - Antropocentrismo; - Reflexão Filosófica; - Ascensão da Burguesia; - Surgimento do Capitalismo; - Visa tornar-se senhor da

Leia mais

ESPARTA Situada na Lacônia (Peloponeso) planíciefértil(exceçãonagrécia)

ESPARTA Situada na Lacônia (Peloponeso) planíciefértil(exceçãonagrécia) GRÉCIA ANTIGA Localizada na Grécia Continental ou Peninsular está no sul da Europa na Península Balcânica, também era formada por outras porções de terra: Insular ilhasgregasnomaregeu. MagnaGrécia colôniasnosuldaitália.

Leia mais

Filosofia. Francis Bacon. Colégio Anglo de Sete Lagoas - Professor: Ronaldo - (31)

Filosofia. Francis Bacon. Colégio Anglo de Sete Lagoas - Professor: Ronaldo - (31) Filosofia Francis Bacon Francis Bacon - Biografia Nascido na Inglaterra, por volta da segunda década do séc. XIII (entre1214 à 1220) morre em 1292. Aproximadamente em 1227 inicia sua carreira acadêmica

Leia mais

SIDGWICK, Henry. História da ética

SIDGWICK, Henry. História da ética SIDGWICK, Henry. História da ética São Paulo: Ícone, 2010. 10 Juliane Scariot * A ética pode ser inserida entre os temas filosóficos que mais despertam o interesse de pensadores de diferentes épocas. Estabelecer

Leia mais

1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: 2 FASES DA HISTÓRIA: ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA

1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: 2 FASES DA HISTÓRIA: ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: Território acidentado; Desenvolvimento do comércio e navegação; Descentralização política (Cidade-Estado); Modo de produção escravista; Contribuições nas artes, ciências e filosofia

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina FIS291 Evolução dos Conceitos da Física I

Programa Analítico de Disciplina FIS291 Evolução dos Conceitos da Física I Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina FIS91 Evolução dos Conceitos da Física I Departamento de Física - Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Número de créditos: 4 Teóricas

Leia mais

Evolução histórica da antropologia

Evolução histórica da antropologia Evolução histórica da antropologia QUEM É O HOMEM? Desde Sócrates, o conhecimento de si mesmo é a mais alta meta da indagação filosófica. conhece-te a ti mesmo. Embora o termo antropologia como ciência

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE FILOSOFIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE FILOSOFIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE FILOSOFIA Nome: Nº 9º ANO Data: / 06 / 2016 Professor: Alessandro 2º Bimestre Nota: (Valor 1,0) A - Introdução Neste semestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou

Leia mais

LISTA RECUPERAÇÃO DE FILOSOFIA. 1º ano ENSINO MEDIO 2º BIMESTRE Nome: nº:

LISTA RECUPERAÇÃO DE FILOSOFIA. 1º ano ENSINO MEDIO 2º BIMESTRE Nome: nº: LISTA RECUPERAÇÃO DE FILOSOFIA 1º ano ENSINO MEDIO Nota: 2º BIMESTRE 2015 Você consegue imaginar a sua vida em meio a uma realidade na qual tudo lhe parecesse novo e desconhecido a cada instante? Em uma

Leia mais

Fonte: SARAT, M.. Fundamentos Filosóficos de Educação Infantil. Maringá: EDUEM Editora da Universidade Estadual de Maringá, p.

Fonte: SARAT, M.. Fundamentos Filosóficos de Educação Infantil. Maringá: EDUEM Editora da Universidade Estadual de Maringá, p. por Fonte: SARAT, M.. Fundamentos Filosóficos de Educação Infantil. Maringá: EDUEM Editora da Universidade Estadual de Maringá, 2005. 150p. (1533-1592) Montaigne viveu em um contexto de transição; Naquele

Leia mais