30 DE JANEIRO: DIA DA SAUDADE ANTÔNIO ÁLVARES DA SILVA. Você tem saudade de quê? Completa 70 anos em Impresso Especial

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "30 DE JANEIRO: DIA DA SAUDADE ANTÔNIO ÁLVARES DA SILVA. Você tem saudade de quê? Completa 70 anos em 2011. Impresso Especial"

Transcrição

1 Impresso Especial TRT/MG /09 DR/MG CORREIOS o n 4 - janeiro/fevereiro de 2O11 - TRT-MG 30 DE JANEIRO: DIA DA SAUDADE Você tem saudade de quê? ANTÔNIO ÁLVARES DA SILVA Completa 70 anos em 2011

2 EDITORIAL o n 4 - janeiro/fevereiro de 2O11 - TRT-MG Começamos o ano com o pé direito, prontos para comemorar o aniversário de 70 anos de criação da Justiça do Trabalho, que começou a funcionar no Brasil em 1º de Maio de 1941: uma justiça nova marcada pela representação classista, pela conciliação e pela simplicidade processual. Esta revista é, em parte, dedicada a essa história. EXPEDIENTE Nesta edição, entrevistamos o desembargador Antônio Álvares da Silva, um dos magistrados mais importantes da nossa instituição, que também completa 70 anos em É justo ser obrigado a aposentar-se com essa idade? O que será que ele pensa sobre o assunto? A matéria de capa trata da saudade, sentimento tão brasileiro que tem até um dia dedicado a ele, 30 de janeiro. E tem mais, a opinião de um servidor, mestre em Ciência Política, que faz uma análise da origem da Justiça do Trabalho e uma matéria bem legal sobre a vaidade masculina. Na dúvida, leia e informe-se. Queremos, ainda, reforçar o convite para continuarmos fazendo juntos a revista Interativa. Mande fotos, sugestões e opiniões. O ano está só começando! E por falar em ano novo, uma curiosidade: some a idade que você fará ou já fez este ano com os dois últimos números do ano de seu nascimento. O resultado será 111. Confira. Um abraço. A revista Interativa de Natal infelizmente não chegou na sua casa em dezembro, porque houve mudança da gráfica. A leitura da edição foi possível apenas pelo site. Mas tudo bem! Caso seja do seu interesse, alguns exemplares podem ser enviados para o seu setor de trabalho. Ou então, faça contato conosco. Administração TRT-MG Desembargador Eduardo Augusto Lobato Presidente Desembargadora Emília Facchini Vice-Presidente Judicial Desembargadora Cleube de Freitas Pereira Vice-Presidente Administrativo Desembargador Luiz Otávio Linhares Renault Corregedor Adriana Spinelli Assessora de Comunicação Social Edição Divina Dias Redação Divina Dias, Márcia Barroso, Margarida Lages, Ruth Vasseur, Solange Kierulff, Walter Sales Projeto Gráfico Imaculada Lima Diagramação Evaristo Barbosa, Graça Freitas, e Arte Imaculada Lima, Patrícia Melin Estagiária: Débora Hissa Fotografia Guto, Leonardo Andrade, Rachel Ameno Impressão Gráfica do TRT-MG Periodicidade Bimestral Tiragem exemplares Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região Assessoria de Comunicação Social Rua Desembargador Drummond, 41-13º andar SUMÁRIO Entrevista Dia da Saudade Notícias Jurídicas Vaidade Masculina Um olhar sobre a cidade.... Agenda Opinião janeiro/fevereiro de revista interativa

3 ENTREVISTA Desembargador Antônio Álvares da Silva Guimarães Rosa era um homem que sabia das coisas. Segundo o escritor, nascido no coração do sertão mineiro, tem gente que veio ao mundo para plantar eucalipto e gente que veio para plantar jequitibá. Antônio Álvares da Silva, da mesma Minas Gerais de Guimarães Rosa, apesar de não ter nada contra quem planta eucalipto, ainda trabalha duro, de sol a sol, para deixar na terra o seu jequitibá. No caso, uma árvore frondosa: 50 livros publicados, centenas de artigos, várias gerações de alunos e decisões importantes para a JT. Nascido em 9 de agosto de 1941, na pequenina cidade de Morada Nova de Minas, às margens da represa de Três Marias, que ainda nem existia, um dos nomes mais expressivos da Poder Judiciário do país completa 70 anos, coincidentemente junto com a Justiça do Trabalho. Alguma recordação de sua terra? Do rio São Francisco, que corria livre e despoluído. Minha terra é uma imagem na memória de paz e tranquilidade, que sempre me acompanha. O exercício da magistratura restringe a locomoção, impõe conduta pública exemplar e demanda estudo constante. O que ganhou e o que perdeu com a magistratura, exercida por quase 40 anos? Só ganhei. A magistratura deu-me a estabilidade financeira e vivencial para que eu pudesse também ser professor e pesquisador. Hoje o mundo gira com a maior rapidez que a história já conheceu. A lei não acompanha mais os fatos. Mal nasce, já fica para trás. Para superar esse descompasso, o juiz tem sempre às mãos um imenso material sobre o qual pode refletir, escrever e dele se utilizar para as decisões e sentenças que pronuncia. As grandes conquistas do Direito estão na jurisprudência e não, na lei. O bom juiz é maior do que o legislador. Na cátedra e no pretório, lidei com estes fatos, que transformei em conteúdo de muitas reflexões. A magistratura me possibilitou ser prático e teórico, numa síntese difícil de realizar-se na mesma pessoa. A ela devo tudo que sou. Falar na Justiça do Trabalho é o mesmo que tocar com a mão minha sensibilidade. Como é deixar de fazer algo que se gosta muito, de forma impositiva, em plena capacidade produtiva? O inciso II do art. 40 da Constituição Federal é justo? Assessoria de Comunicação Social - TRT-MG3

4 Há os dois lados. O primeiro consiste no argumento de que, aos setenta anos, a pessoa não pode mais trabalhar. Este argumento é falso, porque o homem contemporâneo que cuida de sua saúde pode chegar e ultrapassar os setenta anos em plena força. Também acho fraco o argumento de que se deve à necessidade de renovação, pois esta se fará de um modo ou de outro, já que ninguém é eterno. Ser mais jovem não significa, só por isto, ser renovador. Renovar ou permanecer atávico aos fatos existentes, professar doutrinas para perpetuá-los ou transformá-los importa numa postura filosófica, que está no temperamento e na concepção de cada pessoa. As pessoas devem buscar o equilíbrio dessas duas tendências. Ser velho ou novo não significa ser melhor ou pior. John Paul Stevens serviu na Supreme Court dos Estados Unidos por 90 anos e aposentou-se recentemente, em junho de Já na Alemanha, há o prazo fatal de 68 anos para que todo juiz se aposente. Qual a melhor posição? A resposta deve ser dada segundo os costumes, cultura e tradição de cada povo. Digo apenas que àqueles que quisessem ficar um pouco mais, porque gostam do que fazem, deveria ser dada uma oportunidade. Retirar uma pessoa à força do que gosta de fazer e está fazendo bem é um ato de violência. O Estado não pode dar-se ao luxo de abrir mão do trabalho de gente madura que queira servi-lo. Num país em que nem sempre o trabalho é o objetivo das pessoas, a lei deve dar uma oportunidade aos que gostam de trabalhar. como sempre trabalharam, servindo à sociedade e cumprindo com seus deveres. Neste caso, a experiência seria um fator altamente positivo. São forças dialéticas que eternamente se conflitam enquanto houver uma coletividade organizada. Mas poderíamos pensar numa solução alternativa, por exemplo, o juiz que quisesse permaneceria mais cinco anos, participando apenas da atividade jurisdicional. Qual a sua grande contribuição para a Justiça do Trabalho? Não tenho a pretensão de ter dado uma grande contribuição. A exemplo de meus colegas, dediquei-me à instituição, procurando servi-la nos limites de minhas forças. Nos livros e aulas que lecionei, sempre tive a preocupação de examinar os fatos na realidade prática e dar a interpretação que mais satisfizesse aos ideais de justiça social. Fiz inúmeras sugestões de mudanças. Muitas foram aceitas pelo legislador. Isto me dá grande satisfação, pois a intenção foi aperfeiçoar a legislação trabalhista e servir melhor ao empregado e ao empregador, destinatários de nosso serviço. Com meia centena de obras publicadas, de qual delas mais se orgulha? Cada obra é ditada pela exigência das circunstâncias do momento. Um jurista nunca escreve à toa. Sempre procura com suas obras e ideias dar uma resposta aos fatos sociais. Por isso, gosto de todas, indistintamente, pois elas foram escritas com essa finalidade doutrinária. As grandes conquistas do Direito estão na jurisprudência e não, na lei. O bom juiz é maior do que o legislador Certa vez o senhor disse, fazendo alusão à aposentadoria compulsória, que ela é uma janela aberta ao sol e aos mosquitos. Teria alguma proposta alternativa à aposentadoria pelo implemento da idade, que permitisse a entrada apenas do sol? É difícil, porque o mundo se compõe sempre do bom e do ruim. Poderíamos ter juízes e professores desmotivados, servindo-se do cargo para objetivos não éticos, transformando-se em burocratas intocáveis. Mas haveria também os que trabalhariam do mesmo modo O senhor é um homem realizado? Um balanço da sua vida profissional até aqui. Ainda não tenho a sensação da missão cumprida, pois a aposentadoria não será o fim, mas apenas uma mudança de arena. Vou escrever mais ainda, publicar mais livros, fazer conferências, discutir com meus alunos e colegas juízes. Afinal, é pelo diálogo que o homem se realiza. Continuarei, na modéstia das minhas forças, servindo à Justiça do Trabalho. Meu amor por ela nunca cessará. Como é hoje sua visão da Justiça do Trabalho? Muito positiva, pelo menos aqui em Minas. Julgamos 98% das ações distribuídas no ano passado num prazo médio de 69 dias. Somando-se ao prazo médio da primeira instância, podemos dizer que, em cinco meses, há solução definitiva das reclamações propostas. Um recorde respeitável, principalmente se levarmos em conta a 4 janeiro/fevereiro de revista interativa

5 ENTREVISTA Desembargador Antônio Álvares da Silva qualidade das decisões tanto de primeiro como de segundo grau. Isto se deve ao trabalho harmonioso e eficiente dos magistrados dessas duas instâncias. Se não houvesse recurso para tribunais superiores, seríamos a melhor Justiça do Trabalho do mundo. E falta pouco para chegar lá. Bastam pequenos retoques na legislação processual. Trabalhar numa instituição assim é um prazer pessoal muito grande, principalmente se levarmos em conta que estamos num país em que raramente o serviço público funciona com eficiência. Não se pode esquecer também o trabalho meritório dos nossos servidores que julgo serem os mais bem preparados do serviço público brasileiro. Alguns têm títulos (mestrado e doutorado) que muitos professores universitários não possuem. Dedicados e solícitos, no interior e na capital, honram o nome de nossa instituição e devolvem ao povo em trabalho eficaz o salário que eles recebem. Nestes três anos e meio que ocupo a Ouvidoria, nunca tive de enfrentar reclamação séria contra um servidor de nossa Casa. São probos e honestos em sua esmagadora maioria. Uma das alegrias de minha vida é frequentar meu Gabinete e a Ouvidoria. Nestes locais não tenho servidores, mas amigos que partilham entre si e comigo suas próprias vidas. Por isto é que eu gostaria de ficar mais tempo. Quem não sente prazer em trabalhar numa instituição deste quilate? Mudando muito de assunto, sabemos do seu gosto pela viola caipira. De onde vem esse gosto? A viola é um instrumento cuja afinação é tipicamente brasileira. Seu som é maravilhoso. Raramente se ouve algo tão bonito e melodioso. Gostava de apreciá-la sempre, nas propriedades rurais de minha família, mas eu não sabia tocar. Resolvi aprender um pouco, mais para tocar para meu próprio deleite mesmo. Fiz alguns progressos e esta é hoje uma das alegrias de minha vida. A música sertaneja clássica que eu estudo, pesquiso e acompanho há muitos anos tem páginas belíssimas, cujas letras se equiparam às poesias dos nossos grandes poetas. A partir dos anos 70, ela foi sendo substituída pelo sertanejo moderno e de pouca arte, destas duplas que se vê na televisão e nada têm de autenticamente sertanejas. Mas agora o clássico está voltando, em razão das campanhas ecológicas e da preservação da natureza, das quais ela é a voz mais convincente e verdadeira. A viola está ressurgindo em sua beleza imperecível, falando de riachos, pássaros, madrugadas, pés de ipê, sabiás, paineiras velhas e florestas, por onde corre algum regato perdido de águas claras que se pode beber com a mão. Estas músicas fazem, por si só, uma propaganda do que temos de mais bonito e original. A música sertaneja clássica identifica-se com a nossa cultura, é a voz mais autêntica do nosso povo. Fazê-la ressurgir é a grande missão que os violeiros hão de realizar, nestes dias de globalização e mudanças, para que, sendo modernos, não percamos a referência do passado, pois o homem é exatamente a mistura destes dois tempos que se constituem de momentos diferentes, mas unidos na realidade da vida, que é única. A viola é fonte de inspiração? Que verso lhe vem à lembrança? Poderia citar vários, que encheriam este espaço com beleza e poesia, mas resumo tudo na clássica toada dos inesquecíveis Raul Torres e João Pacífico, que são autores de Cabocla Tereza e Pingo D'água, que todo mundo conhece. Os versos a que me refiro são de Mourão Esquerdo da Porteira, uma das mais bonitas composições de todos os tempos: "A saudade é dor que não consola/ Quanto mais dói mais a gente quer lembrar." Viola, palestras, obras jurídicas, crônicas, propostas de anteprojetos de leis - como será a vida de Antônio Álvares depois dos 70 anos? Será tudo isso ao mesmo tempo. O trabalho nunca foi penoso para mim, no conceito da Bíblia, mas um modo de viver pelo qual transfiro o que tenho e o pouco que sei para outros. O Estado me deu tudo. Tenho que pagar, levando ao povo os bens intelectuais que adquiri ao longo da vida. Jamais perderei a força para o trabalho nem deixarei de lutar por meus ideais. Não sou homem acomodado. Não posso mudar o mundo, mas posso contribuir para melhorar a vida de muita gente, sugerindo boas leis sociais e pondo em prática as existentes, principalmente aquelas que sirvam aos mais humildes e necessitados, para os quais a Justiça do Trabalho foi criada. Só pode ser feliz o homem que contribui para a felicidade dos que estão a seu lado. Ninguém é feliz sozinho. O Estado não pode dar-se ao luxo de abrir mão do trabalho de gente madura que queira servi-lo Assessoria de Comunicação Social - TRT-MG 5

6 CAPA de 30 JANEIRO DIA DA SAUDADE Saudade é um aperreio Pra quem a vida gozou, É um grande saco cheio Daquilo que já passou. Você sabe que no dia 30 de janeiro foi comemorado o Dia da Saudade? De origem latina, saudade é uma transformação da palavra solidão, que na língua escreve-se solitatem. Com o passar dos anos, assim como outras palavras se transformam de acordo com as variações da pronúncia, solitatem passou a ser solidade, depois soldade e, finalmente, saudade. Mas em nossa língua ela adquiriu um significado bem mais romântico, como nos mostra o dicionário Larousse que define saudade como sensação de incompletude, ligada à privação de pessoas, lugares, experiências, prazeres já vividos e vistos, que ainda são um bem desejável. Sem similar em outras línguas, segundo a diretora da empresa britânica Today Translations, Jurga Ziliskiene, que ouviu mil tradutores profissionais para relacionar as palavras de mais difícil tradução*, a nossa saudade é a sétima mais difícil. Para ela, o problema do tradutor é refletir, com outras palavras, as referências à cultura local que os vocábulos originais carregam. Em inglês, saudade é I miss you que quer dizer sinto sua falta; em francês souvenir, que significa lembrança; em italiano ricordo affetuoso, recordação afetuosa; em espanhol recuerdo ou te extraño mucho, que significam lembrança e sinto falta, respectivamente. Mas nenhuma dessas palavras lembra a nossa saudade. Tema de muitas músicas, poemas e filmes, o nosso sentimento é mesmo nacional demais para ter tradução. Com a miscigenação da qual somos resultado, talvez tenhamos herdado esse jeito tão nosso de sentir saudade - aquilo que fica, daquilo que não ficou - dos escravos africanos que vieram para o Brasil e sofriam com o banzo, também sem tradução, mas que é a falta muito dolorosa de seu lugar de origem ou de uma pessoa muito especial. Aqui muitos chegaram a morrer com banzo. Eram outros os tempos... Em tempos modernos, nem de amor se morre mais... Patativa do Assaré, poeta cearense Na música, a dupla Vinícius de Moraes e Tom Jobim cantou o clássico da bossa nova Chega de saudade, a realidade é que sem ela não há paz, não há beleza é só tristeza e a melancolia que não sai de mim, não sai de mim, não sai. Na poesia, Casimiro de Abreu é autor de outro clássico, o poema Meus oito anos que diz: Oh! Que saudades que tenho/da aurora da minha vida,/da minha infância querida/que os anos não trazem mais! Já no cinema, ainda está em cartaz o filme A Suprema Felicidade dirigido por Arnaldo Jabor em que ele lembra um tempo que passou. 6 janeiro/fevereiro de revista interativa

7 Rosemary Gonçalves Guedes, da 5ª Turma, e o filho Rafael que depois de aprovado em concurso para a Polícia Federal mudou-se para Rondônia. Rose abençoa-o à distância, olhando suas fotografias. Para ela, saudade não é vazio, é plenitude. A saudade da Elaine Petrocchi, da Assessoria de Licitação e Contratos, entre seus irmãos na foto, é da casa de Acesita (MG) onde nasceu e morou na infância. Rosemary Gonçalves Elaine Petrocchi Na adolescência ele chegou a fazer versos sobre a saudade. Êta tempo bom, heim Rachid? Ricardo Rachid Walter de Deus Nesta idade, o Walter era craque em bente altas, um antigo jogo de rua, hoje raro, mas muito popular em toda Minas Gerais até pouco tempo, que tem regras muitos simples. Para jogar é preciso dois conjuntos de três gravetos que, unidos em forma de pirâmide, formam as casinhas; duas latas amassadas, formando as bases, ou pás; e uma bola de pano, do tamanho de uma laranja média, usualmente feita a partir de meias velhas, a a famosa bola de meia. Ai que saudade! Mas saudade é um estado de devaneio incompleto. É querer estar sem estar. É querer rever sem encontrar. Assim Ricardo Rachid, diretor de pagamento de pessoal, define esse sentimento esquisito, que para ele, às vezes faz a gente sofrer e ter alegria ao mesmo tempo. Entendido em saudade, ele chegou na adolescência até a arriscar uns versos motivado pela presença ou a ausência da amada. Saudade/ Parece mentira/ Mas dói de verdade/ No peito sufoca/ parecendo maldade/ A saudade me toca/ de dia/ de tarde/ A tarde escurece/ A tua ausência me arde/ A dor me enlouquece/ A dor da saudade/ Saudade na verdade/ É estar perto de ti/ Sem estar de verdade. Nessa fase da vida tudo é inspiração! Assim, temos saudade de pessoas, de momentos, de situações, de lugares. Sentimos falta de tudo o que nos faz ou fez bem um dia. E, como dizem que relembrar é viver, a saudade nos transporta para um tempo em que fomos felizes trazendo muitas lembranças. É o caso, por exemplo, de Walter de Deus, da diretoria de recursos, que vira e mexe se lembra da Rua Salinas, lá no Bairro Floresta, onde ele jogou muita pelada e roubou muita fruta nos quintais dos vizinhos. E você, está com saudade de quem, de quê? Aqui na ACS tem um maluco que diz que tem saudade do gatilho salarial do governo Sarney. Será? Mas muita gente sente saudade mesmo é do TRT de alguns anos atrás quando a instituição era menor, não em importância, mas em número de servidores, em varas do trabalho, e todos se conheciam. Em Belo Horizonte, a Justiça do Trabalho já funcionou em um único prédio, na Rua Curitiba, quem se lembra? Fale você também da sua saudade ou mande uma foto que publicaremos no próximo número da revista Interativa. * Para satisfazer a sua curiosidade, a relação das palavras mais difíceis de traduzir é encabeçada por uma palavra do idioma africano Tshiluba, falado no sudoeste da República Democrática do Congo que significa "uma pessoa que está disposta a perdoar quaisquer maus-tratos pela primeira vez, a tolerar o mesmo pela segunda vez, mas nunca pela terceira vez". Se o assunto lhe interessa, é fácil pesquisar na Internet a relação completa das palavras de difícil tradução. O Google sabe quase tudo, né? Assessoria de Comunicação Social - TRT-MG7

8 NOTÍCIAS JURÍDICAS DESTACA REVISTA ÍNTIMA O EMPREGADO PODE SER OBRIGADO A TIRAR A ROUPA AO SER REVISTADO? As ações que denunciam os constrangimentos causados pelas revistas íntimas em empregados já fazem parte da rotina da Justiça trabalhista de Minas. São comuns os casos de empregadores que ultrapassam os limites do seu poder diretivo, ao realizarem, de forma incorreta, revistas diárias nos trabalhadores. Para evitar esse problema, a empresa deve se cercar de cuidados, de modo a não cometer abusos que acarretem situações vexatórias e humilhantes para o empregado, pois isso configura dano moral. Atuando na 13ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, o juiz substituto Márcio Roberto Tostes Franco se deparou com uma situação inusitada, em que o empregado de uma empresa de segurança e transporte de valores não podia usar cueca por baixo do macacão de trabalho e era obrigado a ficar totalmente nu durante as revistas. O magistrado entendeu que a conduta da empresa era abusiva e desnecessária. Para o juiz, nem mesmo o fato de o empregado ter concordado com esse procedimento vexatório retira dele o direito de pleitear a indenização, pois essa atitude passiva pode ser explicada pelo medo do desemprego. Outro caso semelhante veio parar na 6ª Turma do TRT-MG: uma caixa de casa noturna trabalhava trancada num quartinho minúsculo e, toda vez que precisava sair, era revistada pelo gerente, que tocava seu corpo de forma abusiva. Para a desembargadora Denise Alves Horta, a questão das revistas íntimas coloca em conflito dois direitos fundamentais: o direito à intimidade e o direito de propriedade, e este último não pode se sobrepor ao primeiro. A evolução tecnológica permite que outras formas de controle sejam adotadas, como a entrada e a saída de estoque, filmagens por meio de circuito interno, colocação de etiquetas magnéticas, vigilância por serviço especializado, e outras medidas, sem que se faça necessária a revista pessoal do trabalhador, sob o seu corpo e vestimenta, frisou. Esta também é a posição da desembargadora e professora Alice Monteiro de Barros, para quem não basta a tutela genérica da propriedade, devendo existir circunstâncias concretas que justifiquem a revista. Autora do livro Proteção à intimidade do empregado, a professora salienta que a revista é admitida apenas quando não houver outro meio de defender o patrimônio empresarial e a segurança interna da empresa, e ainda assim, deve observar certos critérios e limites, sendo inadmissível que a ação do empregador se amplie a ponto de ferir a dignidade da pessoa humana: Se o empregador exigir que o empregado se desnude, a revista há de ser tida como desrespeitosa e humilhante, traduzindo atentado ao pudor natural dos empregados e ao seu direito à intimidade. O poder diretivo exercido nesses moldes é abusivo e investe o empregador de poderes de polícia que não lhe foram conferidos pela lei, conclui. As revistas, portanto, não podem, a pretexto de proteger o patrimônio material do empregador, atingir o patrimônio moral do trabalhador e os direitos da personalidade consagrados no art. 5º, inciso X, da Constituição Federal. Fique ligado: acompanhe diariamente a Notícias Jurídicas do TRT-MG: 8 janeiro/fevereiro de revista interativa

9 VAIDADE MASCULINA QUAL É O SEU ESTILO? O primeiro número desta revista Interativa (julho/agosto de 2010) causou uma certa estranheza porque estampou na capa cinco mulheres elegantemente vestidas que trabalham no TRT. Revista de moda? Não! O assunto era roupa de trabalho. Aí os homens começaram a nos perguntar quando é que a elegância masculina ia ter vez na publicação. Chegou a hora! O homem mal-vestido, despenteado e barrigudo perdeu espaço nos dias de hoje para um novo padrão: o do homem que cuida da aparência e da forma física e não tem vergonha de assumir a própria vaidade. E como ninguém os ensinou a se vestir, os homens ainda têm muitas dúvidas. Mas moda é questão de códigos e precisa ser aprendida como qualquer assunto técnico. Bem vestido qualquer homem é elegante e interessante. Surgido nos Estados Unidos nos anos 90, o estilo casual mais confortável e simples, chegou ao nosso país rapidamente, deixando nos guarda-roupas os ternos quentes e muitas vezes desconfortáveis. Mas é importante saber que se manter bem arrumado é o segredo desta casualidade. O estilo casual é usar uma boa camisa, uma boa calça e um bom sapato, só deixando de lado o paletó e a gravata. Para aqueles que continuam a trabalhar de terno é bom saber que é preciso estar atento à proporção da roupa. O paletó deve estar bem junto ao corpo para fazer o homem parecer maior e mais magro. Terno não pode ser confortável a ponto de o homem conseguir dar um abraço apertado em alguém, aconselham os entendidos em moda. Se há sobra de tecido o homem fica parecido com um segurança de boate e não com um dono de banco, como deve ser. Já quanto à cor da camisa no traje formal, é bom saber que todas as tonalidades de azul combinam com qualquer cor de terno, com a vantagem de não sujar tanto quanto o branco. E fique atento à manga da camisa que deve ser meio centímetro mais comprida que o paletó. Boa dica, né? E como combinar a gravata? A moda pede gravata listrada. Se a camisa for clara, as listras podem ser largas ou em cores diferentes da gravata para sobressair. Na dúvida, escolha uma gravata lisa. As de cor vinho costumam ficar bem sempre. E a meia? Meia é igual juiz de futebol, quanto menos aparecer melhor. Assim, use sempre a meia da mesma cor da calça que for vestir. E lembre-se que meia branca só para praticar esportes ou para profissionais da saúde. Wilmar de Souza, agente de segurança, usa com calça preta, meias e sapatos pretos. Certíssimo! Mozart Secundino, da Ouvidoria, sabe que a bainha da calça não pode ficar sobrando em cima do sapato. Ela deve cobrir o começo do salto Hermano, o mais famoso alfaiate de Belo Horizonte, que faz terno para governadores e até ex-presidentes, acha que com três ternos bem feitos, um cinza claro, um azul-marinho e um grafite, é possível ser elegante todos os dias Bem arrumado, e sem terno. João Batista de Mendonça, Assistente Secretário de Diretor, Secretaria da 9ª e 10ª Turmas Assessoria de Comunicação Social - TRT-MG9

10 UM OLHAR SOBRE A CIDADE Cataguases, cidade que é um museu a céu aberto, onde a natureza e arte se encontram e convivem em plena harmonia. Onde o moderno se apresenta com elegância na vanguarda dos movimentos culturais. Praça e Santuário de Santa Rita - Foto: Luzimar Góes Telles Filho - VT/Cataguases Fale com o editor Alguma coisa chamou a atenção na sua cidade que mereça ser compartilhada com os colegas da JT? Faça como o Luzimar e mande a foto, que vamos publicar neste espaço AGENDA e FEVEREIRO MARÇO Reunião do Conselho Consultivo da Escola Judicial - TRT-MG Local: Belo Horizonte/MG Projeto AMPLA - Planejamento Estratégico Local: Belo Horizonte/MG Comemoração do Dia Internacional da Mulher Projeto Leis&Letras Livro Prosa e Poesia - Autores: Juízes poetas Local: Auditório do TRT-MG Belo Horizonte/MG Horário: 14h30 Inauguração do Centro Odontológico Inauguração da VT/Iturama Inauguração da VT/Lavras Recebimento do Prédio Engenharia da UFMG Fonte: 10 janeiro/fevereiro de revista interativa

11 OPINIÃO Walter Loschi de Freitas* JUSTIÇA DO TRABALHO: OS DEBATES NA SUA ORIGEM Os problemas de Direito do Trabalho não podem ser resolvidos com critérios exclusivamente jurídicos, de direito estrito e de hermenêutica forense; têm que ser À medida que se distancia da origem, e as instituições passam a enfrentar novos desafios, cristalizam-se resolvidos com senso político e senso econômico, principalmente. Oliveira Viana fundamentos, neutralizando-se aparentemente antigas polêmicas. Após 70 anos, a Justiça do Trabalho passou por esse itinerário. O período de sua criação, identificado fortemente com Getúlio Vargas e profundas mudanças políticas, deu-se em meio a diversas polêmicas que, por um importante aspecto, podem ser resumidas no seguinte: a institucionalização do conflito capital versus trabalho, sob a supervisão do Estado. Dentre os principais mentores intelectuais da criação da Justiça do Trabalho, senão o principal, está Oliveira Viana. Com convicção forte, visualizava esse pensador, no seu tempo, uma nova e decisiva etapa do desenvolvimento nacional. Deveriam ser rompidas certas estruturas jurídicas que emperravam a consolidação desse momento, com a criação de novos institutos. O tradicional contrato de prestação de serviço civilista, para Oliveira Viana, não era suficiente para contemplar o desnível de forças que compõe o contrato de trabalho. Posto isso, a elite econômica de então, principalmente aquela identificada com a produção agro-exportadora, temerosa dos resultados dessa nova formatação jurídica, fazia coro a uma parte da elite intelectual, de menor força no novo contexto varguista, que cria na propriedade do desenho econômico de liberdade irrestrita de contrato, não necessitando, portanto, de regulação especial. Do embate intelectual, prevaleceu a Justiça do Trabalho, instituída pelos Decretos-lei 1237 e 1346, ambos de 1939, e inaugurada simbolicamente por Getúlio Vargas, em 1 de Maio de 1941, no campo do Vasco da Gama, na então Capital Federal. Assim, a Justiça do Trabalho, órgão federal, foi institucionalizada. E a expectativa dos seus mentores era que essa nova instituição operacionalizasse uma nova hermenêutica, dentro de um quadro institucional de direitos sociais, programáticos. Portanto, era essa instituição a destinatária desse novo Direito, originário de uma dinâmica econômica que progressivamente ganhava reconhecimento político. E esse aspecto político-econômico do Direito do Trabalho, enunciado por Oliveira Viana, encontrou na atividade da Justiça do Trabalho seu desaguadouro. Principalmente pelas súmulas, o TST demonstra sensibilidade política ao fixar um entendimento, de caráter inovador e normativo, atentando-se para a dinâmica econômica que sempre permeou a relação capital versus trabalho. Assim, o conflito inaugurador da Justiça do Trabalho renova-se no dia-a-dia dessa instituição, que busca atender ao chamado de justiça social para a qual foi criada. * Mestre em Ciência Política pela UFMG, assistente da desembardagora Denise Alves Horta Assessoria de Comunicação Social - TRT-MG11

12 REGISTRA 70 ANOS DE HISTÓRIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO Um calendário é uma marcação de tempo. Um bom veículo para se fazer alusão a uma trajetória histórica como a da Justiça do Trabalho, que completa, em 2011, 70 anos. E o que registra essa trajetória, desde o início e até hoje, é não apenas sua relevância jurídica, mas também a social, política e econômica da instiuição. Relevância no sentido de que, mesmo com seus percalços, ela tem, como foi dito no texto de apresentação do calendário, contribuído para um feito notável, mesmo que ainda incompleto, da sociedade brasileira: o de construir, frente a uma herança histórica de escravidão e exclusão, a dignidade e o valor social do trabalho. Para o autor dos textos do calendário, Rubens Goyatá, doutor em Sociologia pela UFMG, pesquisador do Centro de Memória, foi nessa perspectiva que ele se baseou para pontuar momentos importantes da Justiça do Trabalho no Brasil e no TRT da 3ª Região nesses 70 anos. Procurei dentro do espaço reduzido de um calendário, passar a mensagem de que a Justiça do Trabalho possui não somente um passado, mas que esse passado carrega um importante significado, construído coletivamente. Já a publicitária Patrícia Melin, da subsecretaria de publicidade da Assessoria de Comunicação do TRT, autora do projeto gráfico e da diagramação, diz que foi gratificante trabalhar na criação do calendário 2011, pela oportunidade de retratar graficamente esse momento histórico. Profissionalmente, foi um ótimo exercício de criação. Trabalhei cada uma das imagens com o objetivo de criar um resultado harmonioso na linha do tempo. Explicada a intenção dos autores do calendário, cabe aos seus magistrados e servidores comemorar estes 70 anos porque, afinal, somos todos personagens da história da Justiça do Trabalho.

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Terça-feira, 11 de março de 2014 Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Nádia Junqueira Goiânia - Dalila tem 15 anos, estuda o 2º ano no Colégio

Leia mais

SOULAN RECURSOS HUMANOS Cursos & Palestras PERDI MEU EMPREGO, E AGORA?

SOULAN RECURSOS HUMANOS Cursos & Palestras PERDI MEU EMPREGO, E AGORA? SOULAN RECURSOS HUMANOS Cursos & Palestras PERDI MEU EMPREGO, E AGORA? PERDI MEU EMPREGO, E AGORA? 1. A primeira coisa é NÃO tirar férias. 2. Quando você está empregado, as pessoas sabem onde procurá-lo,

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

U m h o m e m q u e v i v e u c o m o e x e m p l o r e a l d e t u d o a q u i l o q u e t r a n s m i t i u e m s u a s m e n s a g e n s...

U m h o m e m q u e v i v e u c o m o e x e m p l o r e a l d e t u d o a q u i l o q u e t r a n s m i t i u e m s u a s m e n s a g e n s... U m h o m e m q u e v i v e u c o m o e x e m p l o r e a l d e t u d o a q u i l o q u e t r a n s m i t i u e m s u a s m e n s a g e n s... Aqui não estão as mensagens mediúnicas, mas algumas palavras

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas.

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas. ESCOLA MUNICIPAL BUENA VISTA Goiânia, 19 de junho de 2013. - Turma: Mestre de Obras e Operador de computador - 62 alunos 33 responderam ao questionário Orientador-formador: Marilurdes Santos de Oliveira

Leia mais

Este testemunho é muito importante para os Jovens.

Este testemunho é muito importante para os Jovens. Este testemunho é muito importante para os Jovens. Eu sempre digo que me converti na 1ª viagem missionária que fiz, porque eu tinha 14 anos e fui com os meus pais. E nós não tínhamos opção, como é o pai

Leia mais

5 ADOLESCÊNCIA. 5.1. Passagem da Infância Para a Adolescência

5 ADOLESCÊNCIA. 5.1. Passagem da Infância Para a Adolescência 43 5 ADOLESCÊNCIA O termo adolescência, tão utilizado pelas classes médias e altas, não costumam fazer parte do vocabulário das mulheres entrevistadas. Seu emprego ocorre mais entre aquelas que por trabalhar

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

5 DICAS PARA REINVENTAR O SEU. e a si mesma!

5 DICAS PARA REINVENTAR O SEU. e a si mesma! 5 DICAS PARA REINVENTAR O SEU GUARDA-ROUPA e a si mesma! E S T I L O É A SUA ALMA V I S T A P E L O lado de fora. I N T R O D U Ç Ã O Qual é a mulher nesse mundo QUE NUNCA RECLAMOU EM FRENTE AO ESPELHO

Leia mais

Erros Críticos. 11 Erros Que Você Está Provavelmente Cometendo Nos Seus Estudos...

Erros Críticos. 11 Erros Que Você Está Provavelmente Cometendo Nos Seus Estudos... Erros Críticos 11 Erros Que Você Está Provavelmente Cometendo Nos Seus Estudos......E Como Você Pode Evitá-Los, Para Aprender Qualquer Idioma Em Meses E Não Em Anos. Olá, meu nome é Frank Florida, gringo

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Daniel Série: 9 ano Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE Análise de textos poéticos Texto 1 Um homem também chora Um homem também

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Keyla Ferrari. Cada um pensa em mudar a humanidade, mas ninguém pensa em mudar a si mesmo. Leon Tolstoi. ilustrado por: Maria Isabel Vaz Guimarães

Keyla Ferrari. Cada um pensa em mudar a humanidade, mas ninguém pensa em mudar a si mesmo. Leon Tolstoi. ilustrado por: Maria Isabel Vaz Guimarães Cada um pensa em mudar a humanidade, mas ninguém pensa em mudar a si mesmo. Leon Tolstoi Keyla Ferrari ilustrado por: Maria Isabel Vaz Guimarães Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto.

Leia mais

PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA

PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA ATIVIDADES ANTERIORES À LEITURA INTENÇÃO: LEVANTAR HIPÓTESES SOBRE A AUTORA, SOBRE O LIVRO, INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO Para o professor Ou isto

Leia mais

Relatório do estágio de prática de ensino em ciências sociais

Relatório do estágio de prática de ensino em ciências sociais UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS UMANAS IFCH FACULDADE DE EDUCAÇÃO FACED Relatório do estágio de prática de ensino em ciências sociais Curso: Ciências Sociais

Leia mais

VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO.

VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO. VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO. Qualquer hora é hora de falar sobre doação de órgãos. Pode ser à mesa do jantar, no caminho para o trabalho ou até mesmo ao receber este folheto.

Leia mais

Depressão e Qualidade de Vida. Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP

Depressão e Qualidade de Vida. Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP Depressão e Qualidade de Vida Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP 1 Percepções de 68 pacientes entrevistadas. 1. Sentimentos em relação à doença Sinto solidão, abandono,

Leia mais

RECADO AOS PROFESSORES

RECADO AOS PROFESSORES RECADO AOS PROFESSORES Caro professor, As aulas deste caderno não têm ano definido. Cabe a você decidir qual ano pode assimilar cada aula. Elas são fáceis, simples e às vezes os assuntos podem ser banais

Leia mais

Lanches ser hoje uma referência gastronômica em Londrina.

Lanches ser hoje uma referência gastronômica em Londrina. EntreVISTA Fotos: Divulgação/Shutterstock O grande empreendedor encara os desafios Entre esperar o livro pronto e escrevê-lo, o comerciante Arnaldo Tsuruda preferiu seguir pela segunda opção. A história

Leia mais

Conversando com os pais

Conversando com os pais Conversando com os pais Motivos para falar sobre esse assunto, em casa, com os filhos 1. A criança mais informada, e de forma correta, terá mais chances de saber lidar com sua sexualidade e, no futuro,

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

"O Supremo não corteja a opinião pública", afirma Ayres Britto - Política - Diário C...

O Supremo não corteja a opinião pública, afirma Ayres Britto - Política - Diário C... Página 1 de 5 Diário Catarinense Personalidade 09/03/2013 01h55 "O Supremo não corteja a opinião pública", afirma Ayres Britto Em entrevista ao DC, ex-ministro disse ainda que o STF não faz salamaleques

Leia mais

EDUARDO ZIBORDI CAMARGO

EDUARDO ZIBORDI CAMARGO EDUARDO ZIBORDI CAMARGO Dudu era o segundo filho do casal Flávio Camargo e Elza Zibordi Camargo, quando desencarnou, aos sete anos incompletos. Hoje, além de Flávia, a família se enriqueceu com o nascimento

Leia mais

Módulo 02 Professor Paulo Afonso Garrido de Paula 1

Módulo 02 Professor Paulo Afonso Garrido de Paula 1 Módulo 02 Professor Paulo Afonso Garrido de Paula 1 Vídeo Aula 1 2 O Direito da Criança e do Adolescente Vamos tratar do direito da criança e do adolescente. Uma primeira observação: quando se afirma a

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE?

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? Texto: Apocalipse 21:1-2 Então vi um novo céu e uma nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra tinham passado; e o mar já não existia. Vi a cidade santa, a nova Jerusalém,

Leia mais

POESIAS. Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado

POESIAS. Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado POESIAS Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado A flor amiga O ser mais belo e culto Emoções e corações Sentimentos envolvidos Melhor amiga e amada O seu sorriso brilha como o sol Os seus

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Autora: Tell Aragão Personagens: Carol (faz só uma participação rápida no começo e no final da peça) Mãe - (só uma voz ela não aparece) Gigi personagem

Leia mais

O Livro de informática do Menino Maluquinho

O Livro de informática do Menino Maluquinho Coleção ABCD - Lição 1 Lição 1 O Livro de informática do Menino Maluquinho 1 2 3 4 5 6 7 8 Algumas dicas para escrever e-mails: 1. Aprender português. Não adianta fi car orgulhoso por mandar um e-mail

Leia mais

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar CATEGORIAS OBJECTIVOS ESPECÍFICOS S. C. Sim, porque vou para a beira de um amigo, o Y. P5/E1/UR1 Vou jogar à bola, vou aprender coisas. E,

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

Versículo Biblíco Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Salmos 139:14 (NVI)

Versículo Biblíco Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Salmos 139:14 (NVI) Versículo Biblíco Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Salmos 139:14 (NVI) Objetivos O QUE? (GG): As crianças ouvirão a história de Marcinelo, um boneco de madeira que não se sentia

Leia mais

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga?

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga? Abdias Aires 2º Ano EM Arthur Marques 2º Ano EM Luiz Gabriel 3º Ano EM Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam

Leia mais

Consagração do Aposento. Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO

Consagração do Aposento. Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO Oração Pai Nosso Ave Maria Chave Harmonia Hinos da ORAÇÃO Consagração do Aposento Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO Pai Nosso - Ave Maria Prece

Leia mais

VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG

VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG Um cacique kaingang, meu amigo, me escreveu pedindo sugestões para desenvolver, no Dia do Índio, o seguinte tema em uma palestra: "Os Valores Culturais da Etnia Kaingáng".

Leia mais

Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil!

Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil! Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil! Implemente esses 3 passos para obter resultados fantásticos no Inglês! The Meridian, 4 Copthall House, Station Square, Coventry, Este material pode ser redistribuído,

Leia mais

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR Introdução: Aqui nesse pequeno e-book nós vamos relacionar cinco super dicas que vão deixar você bem mais perto de realizar o seu sonho

Leia mais

8 OS TRÊS PRIMEIROS PASSOS PASSO 2: CAPACIDADE

8 OS TRÊS PRIMEIROS PASSOS PASSO 2: CAPACIDADE 8 OS TRÊS PRIMEIROS PASSOS PASSO 2: CAPACIDADE Uau! Lembro como se fosse ontem a sensação de sair da sede da OAB/DF com o bótom da classe e a famosa carteira vermelha. Foi um sentimento realmente indescritível.

Leia mais

Jurista Ives Gandra Martins analisa o fim da Carta Frete.

Jurista Ives Gandra Martins analisa o fim da Carta Frete. Jurista Ives Gandra Martins analisa o fim da Carta Frete. Considerado um dos juristas de maior atuação na área do Direito Tributário no Brasil, o Dr. Ives Gandra Martins gentilmente acolheu o nosso convite

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você!

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você! MANUAL Esperança Casa de I G R E J A Esperança Uma benção pra você! I G R E J A Esperança Uma benção pra você! 1O que é pecado Sem entender o que é pecado, será impossível compreender a salvação através

Leia mais

ENTREVISTA PARA O CONJUR DADA PELA PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS DA JUSTIÇA DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO, JUÍZA ÁUREA REGINA DE SOUZA SAMPAIO.

ENTREVISTA PARA O CONJUR DADA PELA PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS DA JUSTIÇA DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO, JUÍZA ÁUREA REGINA DE SOUZA SAMPAIO. ENTREVISTA PARA O CONJUR DADA PELA PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS DA JUSTIÇA DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO, JUÍZA ÁUREA REGINA DE SOUZA SAMPAIO. ConJur A Justiça do trabalho é pró-trabalhador? Áurea

Leia mais

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto.

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto. O Coração Sujo Personagens - Tuca - Teco - Tatá - Tia Tuca e Tatá estão conversando. Teco chega. Teco Oi, meninas, sobre o que vocês estão falando? Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse?

Leia mais

5 Eu vou fazer um horário certo para tomar meus remédios, só assim obterei melhor resultado. A TV poderia gravar algum programa?

5 Eu vou fazer um horário certo para tomar meus remédios, só assim obterei melhor resultado. A TV poderia gravar algum programa? Antigamente, quando não tinha rádio a gente se reunia com os pais e irmãos ao redor do Oratório para rezar o terço, isso era feito todas as noites. Eu gostaria que agora a gente faça isso com os filhos,

Leia mais

Não é o outro que nos

Não é o outro que nos 16º Plano de aula 1-Citação as semana: Não é o outro que nos decepciona, nós que nos decepcionamos por esperar alguma coisa do outro. 2-Meditação da semana: Floresta 3-História da semana: O piquenique

Leia mais

Convite. Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam.

Convite. Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam. Convite Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam. As palavras não: quanto mais se brinca com elas mais novas ficam.

Leia mais

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasdiadasmaes 6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Apresentamos uma seleção com 6 dinâmicas de grupo para o Dia das Mães, são atividades que podem

Leia mais

Carta pela Paz no Mundo

Carta pela Paz no Mundo Carta pela Paz no Mundo Marcus De Mario Esta carta é ao mesmo tempo um apelo à razão e à emoção, procurando falar às mentes e aos corações de todos os homens e mulheres da humanidade, da criança ao idoso,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 21 DE ABRIL PALÁCIO DO PLANALTO BRASÍLIA-DF

Leia mais

Você Dona do Seu Tempo Editora Gente

Você Dona do Seu Tempo Editora Gente INTRODUÇÃO Basta ficar atento ao noticiário para ver que o assunto mais citado nos últimos tempos varia entre os temas de estresse, equilíbrio e falta de tempo. A Qualidade de Vida está em moda no mundo

Leia mais

A Bandeira Brasileira e Augusto Comte

A Bandeira Brasileira e Augusto Comte A Bandeira Brasileira e Augusto Comte Resumo Este documentário tem como ponto de partida um problema curioso: por que a frase Ordem e Progresso, de autoria de um filósofo francês, foi escolhida para constar

Leia mais

ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA. Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista

ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA. Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista Uma longa viagem começa com um único passo. - Lao-Tsé Ser Otimista não é uma tarefa fácil hoje em dia, apesar de contarmos hoje

Leia mais

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Aprovado por: Diretoria de Informação Institucional 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos referentes

Leia mais

Diálogo de Lama Lhundrup com os pacientes a um Hospital em Brasília (2005)

Diálogo de Lama Lhundrup com os pacientes a um Hospital em Brasília (2005) Diálogo de Lama Lhundrup com os pacientes a um Hospital em Brasília (2005) Lhundrup: Sou um monge budista. Estou muito contente em encontrar vocês. Vocês já encontraram um monge budista antes? Uma paciente:

Leia mais

3. Meu parceiro poderia ficar chateado se soubesse sobre algumas coisas que tenho feito com outras pessoas.

3. Meu parceiro poderia ficar chateado se soubesse sobre algumas coisas que tenho feito com outras pessoas. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA NÚCLEO DE ANÁLISE DO COMPORTAMENTO Caro(a) participante: Esta é uma pesquisa do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Paraná e

Leia mais

Diagnosticando os problemas da sua empresa

Diagnosticando os problemas da sua empresa Diagnosticando os problemas da sua empresa O artigo que você vai começar a ler agora é a continuação da matéria de capa da edição de agosto de 2014 da revista VendaMais. O acesso é restrito a assinantes

Leia mais

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo Produzindo e divulgando fotos e vídeos Aula 1 Criando um vídeo Objetivos 1 Conhecer um pouco da história dos filmes. 2 Identificar a importância de um planejamento. 3 Entender como criar um roteiro. 4

Leia mais

Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen

Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen Como o Pai me enviou, também Eu vos envio (Jo 20,21) Outubro de 2011 / Ano MMXI 1 EDITORIAL Queridos Amigos, Com grande alegria que terminamos mais um mês

Leia mais

Meus Valores, Minha Vida O que realmente move você?

Meus Valores, Minha Vida O que realmente move você? Meus Valores, Minha Vida O que realmente move você? Talvez você já tenha pensado a esse respeito, ou não. Se souber definir bem quais são os seus valores, terá uma noção clara de quais são suas prioridades.

Leia mais

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)?

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)? Entrevista concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de apresentação dos resultados das ações governamentais para o setor sucroenergético no período 2003-2010 Ribeirão

Leia mais

PASTORAL DA EDUCAÇÃO - PINDAMONHANGABA ATIVIDADES MAIO/2015

PASTORAL DA EDUCAÇÃO - PINDAMONHANGABA ATIVIDADES MAIO/2015 Vida... Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra

Leia mais

By Dr. Silvia Hartmann

By Dr. Silvia Hartmann The Emo trance Primer Portuguese By Dr. Silvia Hartmann Dra. Silvia Hartmann escreve: À medida em que nós estamos realizando novas e excitantes pesquisas; estudando aplicações especializadas e partindo

Leia mais

DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ

DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ EBD DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ OLÁ!!! Sou seu Professor e amigo Você está começando,hoje, uma ETAPA muito importante para o seu CRESCIMENTO ESPIRITUAL e para sua

Leia mais

Jornal do Círculo. blogdocirculo.blospot.com.br UM JORNAL PRODUZIDO PELOS ALUNOS DO COLÉGIO ESTADUAL CÍRCULO OPERÁRIO

Jornal do Círculo. blogdocirculo.blospot.com.br UM JORNAL PRODUZIDO PELOS ALUNOS DO COLÉGIO ESTADUAL CÍRCULO OPERÁRIO Jornal do Círculo Desde 2011 blogdocirculo.blospot.com.br UM JORNAL PRODUZIDO PELOS ALUNOS DO COLÉGIO ESTADUAL CÍRCULO OPERÁRIO Diretora de Redação: Profa. Luana Cunha Xerém - Duque de Caxias/RJ Outubro

Leia mais

Nós, alunos do 2º A, queremos tratar as pessoas com respeito e amor, estudar com muita dedicação e sempre pensar antes de tomar decisões.

Nós, alunos do 2º A, queremos tratar as pessoas com respeito e amor, estudar com muita dedicação e sempre pensar antes de tomar decisões. Como tratar as pessoas: de uma maneira boa, ajudar todas as pessoas. Como não fazer com os outros: não cuspir, empurrar, chutar, brigar, não xingar, não colocar apelidos, não beliscar, não mentir, não

Leia mais

ARTES VISUAIS PROVA DE CRIAÇÃO. 2 a Etapa HABILIDADE ESPECÍFICA II SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Duração da prova: DUAS HORAS E 30 MINUTOS.

ARTES VISUAIS PROVA DE CRIAÇÃO. 2 a Etapa HABILIDADE ESPECÍFICA II SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Duração da prova: DUAS HORAS E 30 MINUTOS. ARTES VISUAIS - HABILIDADE ESPECÍFICA II - PROVA DE CRIAÇÃO - 2 a Etapa ARTES VISUAIS 2 a Etapa HABILIDADE ESPECÍFICA II PROVA DE CRIAÇÃO SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se

Leia mais

10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO

10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO 10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO 10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO Todo cuidado é pouco quando se esta nas redes sociais. A sensação que a

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

Carreiras de Técnico e de Analista Judiciário do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT)

Carreiras de Técnico e de Analista Judiciário do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) Carreiras de Técnico e de Analista Judiciário do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) Prazer! Sou Marília Barcelos, ingressei no último concurso na carreira de técnico judiciário

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

PORTARIA PGR Nº 107 DE 18 DE FEVEREIRO DE 2014.

PORTARIA PGR Nº 107 DE 18 DE FEVEREIRO DE 2014. PORTARIA PGR Nº 107 DE 18 DE FEVEREIRO DE 2014. Aprova o Guia para o Relacionamento com a Imprensa do Ministério Público Federal. O PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere

Leia mais

e a Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto. VENDA PROIBIDA ISBN 978-85-7694-221-4

e a Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto. VENDA PROIBIDA ISBN 978-85-7694-221-4 A FORMIGA "Por mais humilde que seja, um bom trabalho inspira i uma sensaca s ~ o de vitória." Ja ck K e mp e a MOSCA fábula recontada a em verso e prosa ISBN 978-85-7694-221-4 Agradecemos aos parceiros

Leia mais

MEMPORIAS DOS APOSENTADOS JOSÉ CARLOS ORTIZ PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO ENTRÂNCIA ESPECIAL INÍCIO E SAÍDA DO MPSP: 01/12/1978 A 08/08/1997

MEMPORIAS DOS APOSENTADOS JOSÉ CARLOS ORTIZ PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO ENTRÂNCIA ESPECIAL INÍCIO E SAÍDA DO MPSP: 01/12/1978 A 08/08/1997 MEMPORIAS DOS APOSENTADOS JOSÉ CARLOS ORTIZ PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO ENTRÂNCIA ESPECIAL INÍCIO E SAÍDA DO MPSP: 01/12/1978 A 08/08/1997 APMP: Como surgiu a ideia de prestar concurso para o MP? Desde

Leia mais

ENTREVISTA MARCOS MARINO 33º COLOCADO AFRFB / 2012

ENTREVISTA MARCOS MARINO 33º COLOCADO AFRFB / 2012 ENTREVISTA MARCOS MARINO 33º COLOCADO AFRFB / 2012 Olá, amigos do Estratégia! Como diz meu amigo Sérgio Mendes, como é bom estar aqui! Hoje irei entrevistar o Marcos Marino, aluno do Estratégia Concursos

Leia mais

Discurso proferido na solenidade de posse dos Juízes aprovados no XLV Concurso de Ingresso na Magistratura de Carreira do Estado do Rio de Janeiro

Discurso proferido na solenidade de posse dos Juízes aprovados no XLV Concurso de Ingresso na Magistratura de Carreira do Estado do Rio de Janeiro SOBRE SONHOS E HERÓIS Bruno Vinícius Da Rós Bodart Discurso proferido na solenidade de posse dos Juízes aprovados no XLV Concurso de Ingresso na Magistratura de Carreira do Estado do Rio de Janeiro Excelentíssima

Leia mais

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - Sou so profes r a, Posso m a s n ão parar d aguento m e ai ensinar s? d a r a u la s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A

Leia mais

DEUS O AMA DO JEITO QUE VOCÊ É

DEUS O AMA DO JEITO QUE VOCÊ É BRENNAN MANNING & JOHN BLASE DEUS O AMA DO JEITO QUE VOCÊ É NÃO DO JEITO QUE DEVERIA SER, POIS VOCÊ NUNCA SERÁ DO JEITO QUE DEVERIA SER Tradução de A. G. MENDES Parte 1 R i c h a r d 1 Nem sempre recebemos

Leia mais

Concurso Literário do Ensino Fundamental II

Concurso Literário do Ensino Fundamental II Concurso Literário do Ensino Fundamental II Apresentação Inúmeros poetas escreveram e escrevem sobre o amor. Trata-se de um tema inesgotável que foi eternizado em poemas felizes, tristes, esperançosos

Leia mais

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. Saí da prisão volto coleção Conversas #26 - setembro 2015 - e estou ou não desempregado, para o crime? Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS, da

Leia mais

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. NOVENA DE NATAL 2015 O Natal e a nossa realidade A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. (Is 7,14) APRESENTAÇÃO O Natal se aproxima. Enquanto renovamos a esperança de

Leia mais

http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS

http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS Constantemente, somos bombardeados por incontáveis conteúdos visuais. Imagens ilustram websites, redes sociais, folders,

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe

Leia mais

Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] 1

Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] 1 Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] Categorias Apresentação do instrumento [-] Mobilidade/ portabilidade [,] 0 0 Transcrição Alguns

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE IMAGEM PESSOAL NO AMBIENTE DE TRABALHO. Amanda Medeiros Cecília Aragão

CONSTRUÇÃO DE IMAGEM PESSOAL NO AMBIENTE DE TRABALHO. Amanda Medeiros Cecília Aragão CONSTRUÇÃO DE IMAGEM PESSOAL NO AMBIENTE DE TRABALHO Amanda Medeiros Cecília Aragão Mais importante do que a roupa é a vida que se vive dentro da roupa. A gente é mais bonita quando está feliz. Quem se

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 70 Cerimónia de sanção do projeto

Leia mais

Simone Costa. Você Produtiva. Livro de exercícios

Simone Costa. Você Produtiva. Livro de exercícios Simone Costa Você Produtiva Índice Exercício 01: Autoconhecimento - Um mergulho em mim Exercício 2: Quem sou eu? Exercício 03: Agarre-se aos seus valores Exercício 04 : Respeitar a si mesma Exercício 05:

Leia mais

O tema da nossa edição deste mês é Ouvindo histórias.

O tema da nossa edição deste mês é Ouvindo histórias. 1 Olá! O tema da nossa edição deste mês é Ouvindo histórias. Este mês, conhecemos histórias muito interessantes que deixaram tantas recordações e aprendizados para nossos alunos! Padrinhos Argumento: EM

Leia mais

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE A Novena de Natal deste ano está unida à Campanha da Fraternidade de 2013. O tema Fraternidade e Juventude e o lema Eis-me aqui, envia-me, nos leva para o caminho da JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE Faça a

Leia mais

Assim nasce uma empresa.

Assim nasce uma empresa. Assim nasce uma empresa. Uma história para você que tem, ou pensa em, um dia, ter seu próprio negócio. 1 "Non nobis, Domine, non nobis, sed nomini Tuo da gloriam" (Sl 115,1) 2 Sem o ar Torna-te aquilo

Leia mais

TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA

TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA letreiro 1: Sem o modernismo dos tempos atuais, o samba sertanejo era uma espécie de baile rústico, que ia noite à dentro até o raiar do dia, com seus matutos dançando e entoando

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR Marcha Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe me disse Que é

Leia mais

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB!

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! A história da Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, é mais uma das histórias

Leia mais