Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E"

Transcrição

1 Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo: Produção Institucional Guia de Referência Função: REGISTRO DE PROJETOS DE DISSERTAÇÃO/TESE/MONOGRAFIA/TCC Módulo Cadastro de Aluno Guia de Referência Função: PLANO DE ESTUDOS DOS ALUNOS DA PÓS-GRADUAÇÃO Belém, (*) Desenvolvido pela FATEC - Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência UFSM

2 2 APRESENTAÇÂO: A aplicação deve ser utilizada para registrar os projetos de TCC, Monografia, Tese e Dissertação. Somente após fazer o registro do projeto é que o usuário poderá fazer o plano de estudos do aluno na aplicação X, os procedimentos para utilização desta aplicação estão na segunda parte deste manual (página 21). I. REGISTRO DE PROJETOS Figura 1 I.1. Primeiramente o usuário acessa o sistema, seleciona a aplicação como exibido na figura acima. E então, a figura 2 será exibida. OBS. As aplicações são disponíveis conforme o perfil do usuário, este deve acessar a aplicação Registro de Teses/Dissertações/Monografias e TCCs.

3 3 Figura 2 I.2. Na figura 2 o usuário deverá inicialmente selecionar o botão NOVO para iniciar o registro de um novo projeto, a opção LOCALIZAR também esta disponível caso o usuário deseje localizar um projeto (figura 3). Ao selecionar NOVO, os campos serão habilitados para preenchimento, como na figura 4. OBS. Para identificar a funcionalidade de alguns botões é necessário repousar o mouse sobre os mesmos, o nome da função será exibido logo abaixo em um pequeno quadro amarelado

4 4 Figura 3 I.3 Na tela de busca o usuário poderá procurar o projeto pelo número, pelo coordenador, pela situação, pela classificação, ou pelo título, entre outros. O recurso POSIÇÂO está disponível, com ele o usuário poderá escrever parte de um nome e selecionar a opção MEIO, o sistema irá procurar os nomes mais semelhantes ao inserido no campo de busca, para isso o usuário deve pressionar PROCURAR. I.4 Ao selecionar o botão NOVO na figura 2, surgirá a tela representada pela figura 4.

5 5 Figura 4 I.5 O usuário pode restringir os dados do projeto apenas ao coordenador, para isto ele deve marcar no campo indicado (Acesso aos dados do projeto). I.6 O projeto ainda pode estar ligado a algum outro projeto, para vincular um projeto a outro o usuário deve pressionar a LUPA ao lado do campo Título em Esse projeto está ligado a um projeto em um nível superior? I.7 O título, classificação principal, palavras-chave e período do projeto são campos de preenchimento obrigatórios. Após a inserção destes dados o usuário pode pressionar SALVAR. OBS. Se o usuário selecionar a aplicação , no campo Classificação Principal estarão disponíveis as opções mostradas na tela 4.1, mas caso o usuário selecione a opção a única opção disponível será a exibida na tela 4.2. Figura 4.1 Figura 4.2

6 6 I.8 Após salvar o usuário deve seguir o registro do projeto preenchendo as demais abas na aplicação, como indicado na figura 5. Figura. 5 I.09 Na aba/guia Financeiro é possível inserir alguns dados financeiros dos projetos, como: valor do projeto e se será distribuído bolsas ao mesmo, para os campos de preenchimento estarem habilitados é necessário pressionar o botão NOVO na tela referente as informações que você quer fornecer, ao término deve-se pressionar o botão SALVAR (figura 6). OBS. O preenchimento desta aba não é obrigatório, a não ser que o projeto tenha dados financeiros a serem registrados.

7 7 Figura 6 I.10 Na aba Classificação o usuário deve atribuir todas as classificações necessárias ao projeto. I.11 Para atribuir uma classificação o usuário deve pressionar o botão NOVO (marcado na figura 7) selecionar a classificação e em seguida pressionar SALVAR (imagem do disquete abaixo do X na figura 7), o usuário ainda pode excluir ou alterar um classificação. I.12 Após salvar uma classificação o sistema lista as mesmas logo abaixo da tela. I.13 As classificações que existem na tela representada pela fugira 7, são baseadas na opção que o usuário selecionou no campo Classificação Principal na tela representada na figura 4. OBS. Lembrando que caso a aplicação para registro de Tese/Dissertação/Monografia/TCC seja selecionada as classificações disponíveis serão as de Área de Concentração e Linhas de Pesquisa, e a sua seleção não será obrigatória.

8 8 Figura. 7 I.14 A próxima tela é o registro dos participantes, o usuário pode registrar todos os participantes do projeto, atribuindo função e período de participação distintos a cada participante. O botão NOVO deve ser pressionado para o início do registro. O período de participação de cada integrante é independente do período de vigência do projeto, ou seja, uma data não interfere na outra. I.15 A carga horária, a situação e a função são dados obrigatórios dentro do registro. Um participante tem uma carga horária máxima de 20 horas para participação em projetos. I.16 O campo situação deve informar ao sistema se o participante esta participando ativamente do projeto, ou se sua participação esta inativa. Ou seja, se o participante começar no projeto, mas por algum motivo sair do mesmo, basta ir até o cadastro do participante dentro do projeto e selecionar a situação INATIVO, o mesmo procedimento deve ser feito para participantes que só começarão a participar do projeto em um período mais a frente. Após inserir estes dados o usuário deve pressionar SALVAR.

9 9 Figura. 8 I.17 O usuário poderá ainda adicionar uma bolsa ao participante, caso este tenha direito (verificar manual de cadastro de bolsistas). I.18 Para inserir um participante, após pressionar o botão NOVO (marcado na figura) o usuário deve pressionar o botão LUPA para pesquisar um participante com vinculo à Universidade. Após a inserção dos dados basta pressionar PROCURAR. Ver figura 9.

10 10 Figura. 9 I.19. O usuário pode procurar o participante pelo nome, vínculo ou matrícula. O recurso POSIÇÃO também pode ser utilizado. I.20. Caso o usuário deseje vincular um participante externo à Universidade ele deve pressionar o botão NOVO indicado na figura 10, a figura 11 surgirá. Figura 10

11 11 I.21 Na figura 11 é possível registrar as informações do participante que não possui vínculo com a Universidade, entre as informações, estão os documentos e o endereço. I.22 Na figura 11 o usuário deve pressionar o botão LUPA para procurar o participante externo, pois, existi a possibilidade do participante ter sido cadastrado anteriormente. Figura 11 I23. Nesta tela 12 o usuário caso não encontre o participante deve pressionar FECHAR, caso encontre, deve pressionar SELECIONAR, para encontrar o participante pelo número do documento, basta escolher o tipo de documento, inserir o número e pressionar OK. Para procurar pelo nome, o usuário deve escrever o nome e pressionar PROCURAR.

12 12 Figura 12 I.24 Caso o participante não seja encontrado, o usuário fecha a tela de busca (figura 11) e na tela representada pela figura 13 ele adiciona o nome do participante, selecionando qual a natureza jurídica dele, que neste caso é Física. Logo após, o usuário pode selecionar SALVAR e em seguida preencher os dados da aba documentos. Figura. 13

13 13 I.25 Para inserir um documento o usuário deve selecionar o botão NOVO (marcado). O usuário primeiramente seleciona o tipo de documento e insere o número do documento, a data de expedição e validade, entretanto estes dois últimos não são de preenchimento obrigatório. Após inserir os dados dos documentos o usuário pressiona o botão SALVAR (marcado na figura 13). OBS. A inserção do CPF do participante externo é obrigatória. I.26 Existe ainda a opção de inserir o endereço do participante (figura 14). I.27 Para adicionar um endereço ao participante o usuário deve selecionar a aba Endereços e em seguida pressionar NOVO. (figura 14) Figura.14 I.28 Após pressionar novo na tela representada pela figura 14, o usuário deve preencher as informações do endereço do participante externo e salvar. O registro do endereço deste participante externo é opcional.

14 14 Figura 15 I.29 Após a inserção dos dados dos participantes, os dados dos órgãos, locais, unidades ou municípios em que ocorre o projeto, devem ser inseridos (figura 16). I.20 Na tela representada pela figura 16, o usuário deve primeiramente selecionar NOVO (marcado em círculo azul na figura 16) e buscar pelo órgão através do botão LUPA. Caso seja uma entidade externa à Universidade, está pode ser registrada da mesma forma em que foi feito o registro do participante externo, diferenciando apenas do fato do registro ser de uma entidade de natureza jurídica. Para adicionar uma entidade externa o botão NOVO (circula em vermelho ao lado da LUPA na figura 16) deve ser acionado. I.21 Ao término da inserção dos dados da entidade o usuário deve pressionar o botão Salvar. OBS. Quando o registro do coordenador do projeto é executado, o SIE já efetua automaticamente o registro do local em que o coordenador esta lotado, portanto, é normal que a listagem dos órgãos já venha com pelo menos um órgão registrado.

15 15 Figura 16 I.22. A figura 17 representa a tela que faz o registro dos arquivos que podem ser anexados a um projeto, tais arquivos podem ser, por exemplo: ata de aprovação, portaria de prorrogação, relatórios, resumos, currículo de participante e outros. I.23. Para efetuar o registro dos arquivos o usuário deve selecionar o botão NOVO, (marcado na figura 16) em seguida deve seleciona o tipo de arquivo que será anexado.

16 16 Figura 17 I.24. Após selecionar o tipo de arquivo o usuário deve acionar o botão VINCULAR ARQUIVO (figura 17) e selecionar o arquivo nos diretórios de seu computador pessoal. I.25. Para selecionar um arquivo o usuário deve pressionar o botão que é a figura de um clipe, a pasta com os diretórios do computador pessoal do usuário será exibida, nela o usuário deve selecionar o arquivo e pressionar o botão Abrir na tela Abrir, em seguida deve selecionar o tipo de documento e o botão Salvar (marcações da figura 18)

17 17 Figura 18 I.26. Após selecionar o arquivo o usuário deve pressionar SALVAR na tela do sistema (SIE). O arquivo será anexado e exibido na lista de arquivos anexos (figura 19). I.27. Na figura 19 o usuário ainda tem a opção de abrir o arquivo anexo, excluir o mesmo, alterar, ou ainda adicionar um novo arquivo.

18 18 Figura 19 I.28. A última etapa para registro de projetos é o registro das fases do projeto, esse registro age como se fosse uma cronograma, onde as datas de início e fim de cada atividade que compõem o projeto são registradas, bem como a descrição e o detalhamento das fases. I.29. A figura 19 representa a aba de Atividades/Etapas/Fases do Projeto, acionando o botão NOVO o usuário poderá inserir todas as informações pertinentes a cada etapa do projeto. Cada atividade salva é exibida no campo Atividades/Etapas/Fases do Projeto, ao final da tela 20.

19 19 Figura 20 I.30. Para finalizar o usuário pode fechar a tela da aplicação através do. O projeto será salvo. Mas caso o usuário deseje logo começar a executar seu projeto ele deve tramitar o mesmo para as aprovações necessárias. I.31 A tramitação é através do botão tramitar existente na primeira aba Projetos. (Figura 21), esta ação é obrigatória. I.32 Após acionar o botão TRAMITAR o sistema mostrará ao usuário o departamento que será encaminhado o projeto, este departamento é o do coordenador do projeto. Neste momento o usuário pode confirmar o tramite selecionado o botão OK. (Figura 21). I.33 No ato do tramite o usuário ainda pode escrever algum despacho ao usuário que receberá o documento, este despacho pode ser um aviso ou um lembrete entre outros, (verificar figura 22).

20 20 Figura 21 Figura 22

21 21 Módulo CADASTRO DE ALUNO Guia de Referência Função: PLANO DE ESTUDOS DOS ALUNOS DA PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÂO: A aplicação ( X) deve ser utilizado para registrar o plano de estudos do aluno, este plano é importante pois informará qual a área de concentração e a linha de pesquisa de cada aluno já cadastrado no sistema. I. PLANO DE ESTUDOS DOS ALUNOS DA PÓS-GRADUAÇÃO Figura. 1 I.1. Primeiramente o usuário acessa o sistema, seleciona a aplicação como exibido na figura acima. E então, a figura 2 será exibida.

22 22 OBS. Para poder fazer o registro do plano de estudos para um aluno é necessário anteriormente fazer o registro do projeto no módulo Produção Institucional Registro de Projetos Figura. 2 I.2. Na figura.2 o usuário deverá pressionar o botão LOCALIZAR, para selecionar o aluno conforme figura 3, o usuário poderá procurar o aluno pelo número de matrícula ou nome. Caso a busca seja efetuada pelo número de matricula o usuário deve selecionar OK, em seguida. Caso seja efetuada a busca pelo nome do aluno, o botão PROCURAR pode ser selecionado sem a inserção de qualquer nome nos campos. O recurso da posição INÍCIO e MEIO podem ser utilizados, caso o usuário efetue a busca por apenas uma parte do nome do aluno.

23 23 Figura. 3 I.3. Após encontrar o aluno na tela 3, o usuário deve acionar o botão SELECIONAR, a figura 4 será exibida, nesta tela o usuário deve selecionar ALTERAR para habilitar os campos. Figura. 4 I.4 Após o usuário habilitar os campos, ele poderá selecionar a Área de Concentração, Linha de Pesquisa, Professor Orientador, Projeto Final, bem como, Tipo do Projeto (o projeto deve ter sido previamente cadastrado no módulo de projetos para que seja selecionado nesta tela). Para isto o botão com desenho de uma LUPA pode ser utilizado, para pesquisar separadamente cada campo.

24 A Figura.5 é referente a busca pela área de concentração, após escolher a área o usuário deve pressionar o botão SELECIONAR. Figura. 5 Figura. 6

25 A Figura.6 é referente a busca pela linha de pesquisa, após encontrar a linha de pesquisa o usuário deve pressionar SELECIONAR. Figura A Figura.7 é referente à busca pelo professor orientador, após encontrar o docente, o usuário deve pressionar SELECIONAR. 1.8 A Figura.8 é referente à busca pelo projeto final. O projeto pode ser procurado pelos campos ofertados na tela. Caso a busca seja feita pelo número do processo, a figura 9 será exibida. O usuário pode fazer a busca do processo pela classificação principal (ensino, pesquisa, extensão), pelo título, pelo coordenador, e outros. Os projetos devem ter sido cadastrados anteriormente no SIE no módulo de projetos. Figura. 8

26 Ao selecionar o número do processo, que é o número do documento de identificação do projeto cadastrado, na figura 8, a tela representada pela figura 9 é exibida, nesta tela o usuário poderá fazer uma busca mais detalhada através dos dados do projeto. Este projeto ao ser registrado no sistema gera um número, este número pode ser inserido no campo NÚMERO DO DOCUMENTO, em seguida o botão OK pode ser acionado. A procura pelo projeto ainda pode ser pelo tipo de documento (selecionar LUPA), neste caso, o tipo será projeto, a busca ainda pode ser efetuada por outros detalhes do documento como exibido na figura 10. Figura. 9 Figura Após o projeto ser encontrado, e os campos todos preenchidos como na figura. 11 o usuário pode acionar a aba DISCIPLINA.

27 27 Figura Na aba DISCIPLINAS o usuário encontrará a tela representada na figura 12. Essa aba pode ser acionada para fazer o planejamento das disciplinas que o aluno deverá cumprir durante o curso. Isso não implica na obrigatoriedade de cumprir, é apenas um planejamento de estudo para o aluno. A obrigatoriedade de cumprimento de disciplinas é definida pela versão do curso a qual o aluno está vinculado (para detalhes veja o manual de Cadastro e Manutenção de Alunos da Pós-Graduação no preenchimento da aba Cursos) Na figura 12 o usuário deve procurar pela disciplina que fará parte do plano de estudos do aluno, para isto o botão com desenho de uma LUPA deve ser utilizado. Selecionando LUPA a figura 13 será exibida.

28 28 Figura.12 Figura Na figura 13 o usuário pode procurar a disciplina pelo código ou pelo nome e em seguida pressionar PROCURAR, pressionar SELECIONAR na disciplina que deverá ser incluída.

29 29 Figura Após adicionar a disciplina o usuário deve selecionar o botão ADICIONAR, a disciplina escolhida será incluída no plano de estudos do aluno, e por fim o usuário deve pressionar SALVAR. Para outras disciplinas a serem incluídas repita o procedimento a partir do passo Em seguida a aba Participantes do Plano deve ser preenchida para sinalizar qual será a banca examinadora do projeto, se ela será composta por integrantes que fazem parte do quadro funcional da universidade, ou se são integrantes externos, de outras universidades. (figura 15)

30 30 Figura Ao pressionar a aba Participantes do Plano o usuário deve selecionar o tipo de participante, caso ele selecione o tipo Funcionário os campos Entidade externa e Instituição origem serão desabilitados. Mas caso o usuário selecione a opção Externo os referidos campos de localização do participante serão liberados Após selecionar o tipo de participante, o usuário deve selecionar o participante através do botão luneta. A figura 16 será exibida caso o tipo escolhido para participante seja o tipo Funcionário, se o tipo selecionado for externo a figura 17 será exibida.

31 31 Figura Na figura 16 o ator poderá inserir o número de matrícula da pessoa interna e pressionar OK, ou então, pode escrever o nome da pessoa e pressionar PROCURAR, após encontrar o nome da pessoa na listagem, o ator deve pressionar o botão SELECIONAR. Figura Caso o usuário faça a busca pelo campo Entidade externa basta inserir o número e pressionar o botão OK em seguida.

32 Se a busca for feita pelo nome da pessoa o usuário pode inserir o nome no campo Descrição da entidade externa e pressionar o botão PROCURAR, após encontrar o nome da pessoa na listagem, o ator poderá pressionar o botão SELECIONAR Depois de encontrar a pessoa, o usuário poderá busca a entidade desta pessoa, isto somente se ela for uma pessoa externa à universidade. Sendo assim é necessário pressionar o botão luneta (sinalizado na próxima figura) Figura A tela representada pela figura 19 é exibida em seguida, e nesta o usuário deve fazer a busca pela entidade externa do mesmo modo que fez a busca pelo participante externo.

33 33 Figura Ao encontrar a instituição o usuário pode pressionar o SELECIONAR e a tela abaixo será exibida. Figura Nesta tela 20 (figura) para conclui o registro da banca examinadora do projeto deve-se selecionar o tipo de participante e a situação, que pode ser presente ou ausente.

34 34 Figura Ao fazer todas as seleções o botão Adicionar como na figura 21 deve ser pressionado, para cada adição de um outro participante este procedimento deve ser repetido. Após adicionar todos os participantes o botão Salvar também deve ser pressionado Após salvar, a figura 22 será exibida, o usuário ainda pode alterar um participante através do botão Alterar, após pressionar este botão os demais botões inclusive o Remover poderão ser acionados.

35 35 Figura Após salvar o usuário poderá sair da aplicação normalmente através do, pois todas as informações do plano de estudos estarão salvas. Universidade Federal do Pará UFPA - Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo CONTROLE ACADÊMICO

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo CONTROLE ACADÊMICO Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo CONTROLE ACADÊMICO Guia de Referência

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo: Produção Institucional Guia de

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo CONTROLE ACADÊMICO Guia de Referência

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo CONTROLE ACADÊMICO Guia de Referência

Leia mais

ÍNDICE 1. CADASTRO DE ALUNOS... 2

ÍNDICE 1. CADASTRO DE ALUNOS... 2 ÍNDICE 1. CADASTRO DE ALUNOS... 2 1.1. ACESSANDO A APLICAÇÃO... 2 1.2. GUIA : PESSOAL - ALUNO... 3 1.2.1. Instruções para preenchimento dos Campos... 3 1.2.2. Guia : Dados Básicos Representante Legal...

Leia mais

OFERTA DE DISCIPLINAS POR CURSO...

OFERTA DE DISCIPLINAS POR CURSO... ÍNDICE 1. OFERTA DE DISCIPLINAS POR CURSO... 2 1.1. ACESSANDO A APLICAÇÃO... 3 1.1.1. Instruções para Preenchimento dos campos... 7 1.1.2. Instruções para preenchimento dos campos... 10 2. RELAÇÃO TURMAS

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo CONTROLE ACADÊMICO Guia de Referência

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Universidade Federal de Santa Maria UFSM Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PRPGP

Ministério da Educação - MEC Universidade Federal de Santa Maria UFSM Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PRPGP Ministério da Educação - MEC Universidade Federal de Santa Maria UFSM Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PRPGP Tutorial de Solicitação de Defesa de MDT Monografia Dissertação Tese JUNHO DE 2012 Índice

Leia mais

Manual de Utilização - FacGTO

Manual de Utilização - FacGTO Manual de Utilização - FacGTO Nesta parte, iremos disponibilizar um manual de utilização do FacGTO. 1 Objetivo: O módulo FacGTO, objetiva simplificar o processo de autorização de tratamentos odontológicos,

Leia mais

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Cargos

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Cargos C A R T I L H A - Recursos Humanos Cargos Elaborada por: DIRPD Diretoria de Processamento de Dados Universidade Federal de Uberlândia Maio/2009 Apresentação Esta cartilha foi elaborada para auxiliar os

Leia mais

Para submeter projetos siga o caminho Portal Administrativo Requisições Projetos Projeto/Plano de Trabalho (PROPLAN) Submeter Projeto (figura 1)

Para submeter projetos siga o caminho Portal Administrativo Requisições Projetos Projeto/Plano de Trabalho (PROPLAN) Submeter Projeto (figura 1) Submeter Projeto Sistema Módulo Usuários SIPAC Portal Administrativo Servidores Esta funcionalidade é utilizada pelos servidores com acesso ao sistema, permitindo que sejam cadastrados e submetidos projetos

Leia mais

Coordenação de Curso dentro

Coordenação de Curso dentro SIGAA Manual de Usuário Coordenação de Cursos Lato Sensu O Módulo Lato Sensu no SIGAA possibilita o gerenciamento das atividades acadêmicas dos cursos do tipo Especialização existentes na Instituição.

Leia mais

ÍNDICE 1. MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO ALUNO... 2

ÍNDICE 1. MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO ALUNO... 2 ÍNDICE 1. MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO ALUNO... 2 1.1. ACESSANDO A APLICAÇÃO... 2 1.1.1. Instruções para preenchimento dos campos... 3 2. MANUTENÇÃO DAS DISCIPLINAS DO HISTÓRICO ESCOLAR...

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Av. Prof. Moraes Rego, 1235, Cidade Universitária, Recife PE, CEP: Fone: (81)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Av. Prof. Moraes Rego, 1235, Cidade Universitária, Recife PE, CEP: Fone: (81) Sistema Módulo Perfil Papel CADASTRAR DOCUMENTO Esta funcionalidade é utilizada por usuários da Instituição para efetuar o cadastro de novos documentos no banco de dados do sistema. CAMINHO Para iniciar

Leia mais

Manual prático de Ajuizamento de Iniciais Portal Processo Eletrônico Nova rotina de anexação de peças

Manual prático de Ajuizamento de Iniciais Portal Processo Eletrônico Nova rotina de anexação de peças 2014 Manual prático de Ajuizamento de Iniciais Portal Processo Eletrônico Nova rotina de anexação de peças Orientações gerais para ajuizar iniciais com base na nova rotina de anexação de peças. TRIBUNAL

Leia mais

MANUAL DO COORDENADOR DE CURSO. CENTRO DE PESQUISA E SUPORTE EM TECNOLOGIA CETEC UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS FEV/2017 (att.

MANUAL DO COORDENADOR DE CURSO. CENTRO DE PESQUISA E SUPORTE EM TECNOLOGIA CETEC UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS FEV/2017 (att. MANUAL DO COORDENADOR DE CURSO CENTRO DE PESQUISA E SUPORTE EM TECNOLOGIA CETEC UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS FEV/2017 (att. 17/05/2017) ACESSO AO SISTEMA ACADÊMICO O sistema acadêmico utilizado pela

Leia mais

PADRÕES OPERACIONAIS DA SEÇÃO ACADÊMICA EM RELAÇÃO AOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

PADRÕES OPERACIONAIS DA SEÇÃO ACADÊMICA EM RELAÇÃO AOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO PADRÕES OPERACIONAIS DA SEÇÃO ACADÊMICA EM RELAÇÃO AOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 1. CADASTRO DE CANDIDATOS AO PROCESSO SELETIVO DE CURSOS PG O processo seletivo para os cursos de PG inicia com a aprovação

Leia mais

Para emissão da NF-e, o CERTIFICADO DIGITAL deve estar instalado e configurado no computador onde será emitida.

Para emissão da NF-e, o CERTIFICADO DIGITAL deve estar instalado e configurado no computador onde será emitida. EMISSÃO DE NF-E IMPORTANTE SABER! Sugerimos que consulte a SEFAZ para auxiliá-lo sobre quais informações e campos devem ser preenchidos para a correta emissão da NF-e. Informaremos neste guia, apenas a

Leia mais

Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia

Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia 1 Acessar o endereço do site/portal do plano e clicar na opção que o levará ao acesso ao Autorizador Online FacGTO. 1.2 - Será exibida a página abaixo,

Leia mais

Identificação da Empresa

Identificação da Empresa Identificação da Empresa MT-611-00001-14 Última Atualização 15/07/2016 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Preencher em Identificação os dados básicos, itens e as localidades

Leia mais

Como se origina um curso de especialização no SIGAA?

Como se origina um curso de especialização no SIGAA? SIGAA Manual de Usuário Gestor de Cursos Lato Sensu O Módulo Lato Sensu no SIGAA possibilita o gerenciamento das atividades acadêmicas dos cursos do tipo Especialização existentes na Instituição. A Pró-Reitoria

Leia mais

Manual de Utilização (Fluxo)

Manual de Utilização (Fluxo) Manual de Utilização (Fluxo) Manual do Usuário - Gestão de Assinaturas Projuris Enterprise Novembro/2014 Gestão de Assinaturas 1 Objetivo Permitir ao usuário efetuar inclusões, alterações e eventualmente

Leia mais

FLUXO ELETRÔNICO DE TCC Orientação de TCC

FLUXO ELETRÔNICO DE TCC Orientação de TCC FLUXO ELETRÔNICO DE TCC Orientação de TCC Orientação aos Alunos, Orientadores e Coordenadores Com a implantação do FLUXO ELETRÔNICO DE TCC, os alunos e professores participantes do processo de orientação

Leia mais

Índice. Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento. Apresentação Home. Parte II. Nota Premiada. Cadastro. Entrar. Sorteio. Dúvidas.

Índice. Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento. Apresentação Home. Parte II. Nota Premiada. Cadastro. Entrar. Sorteio. Dúvidas. Nota Premiada Índice Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento Parte II 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Apresentação Home Cadastro Entrar Sorteio Realizados A realizar Dúvidas Fale Conosco Legislação

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo HISTÓRICO ESCOLAR Guia de Referência

Leia mais

FUNCIONALIDADES DA ABA CEP NA PLATBR

FUNCIONALIDADES DA ABA CEP NA PLATBR FUNCIONALIDADES DA ABA CEP NA PLATBR Versão 1.1 Histórico de Versão Versão Autor Data Descrição Equipe suporte Criação do 1.0 Plataforma Brasil 14/09/2012 Documento 1.1 Equipe suporte Plataforma Brasil

Leia mais

CADASTRO DE PROCESSO DIGITAL NO SPA PASSO-A-PASSO

CADASTRO DE PROCESSO DIGITAL NO SPA PASSO-A-PASSO CADASTRO DE PROCESSO DIGITAL NO SPA PASSO-A-PASSO -PASSO 1: Acessar ao site ATENÇÃO: navegador da internet a ser utilizado para acessar ao SPA: Explorer -PASSO 2:

Leia mais

Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Receber)? FS136

Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Receber)? FS136 Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Receber)? FS136 Sistema: Futura Server Caminho: Contas a Receber>Renegociação de Parcelas Referência: FS136 Versão: 2016.02.15 Como Funciona: Esta tela é utilizada

Leia mais

Suprimento >> Pedido >> Compra automática (Robô) >> Configurações >> Parâmetros de compra), representada pela Figura 1.

Suprimento >> Pedido >> Compra automática (Robô) >> Configurações >> Parâmetros de compra), representada pela Figura 1. Como configurar os parâmetros de compra? Número do documento: 165 Classificação: 5/5 de 1 votos Última atualização: Thu, Dec 15, 2016 4:30 PM O que é? A configuração dos Parâmetros de Compra tem o intuito

Leia mais

SIMAR UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA. Centro de Informática CPD. SIMAR Sistema de Compras de Materiais

SIMAR UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA. Centro de Informática CPD. SIMAR Sistema de Compras de Materiais SIMAR UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Centro de Informática CPD SIMAR Sistema de Compras de Materiais SISTEMA DE COMPRAS DE MATERIAIS Manual de Funcionalidades do Sistema SIMAR. SUMÁRIO SISTEMA DE COMPRAS DE

Leia mais

DIAGRAMA DE ATIVIDADES PARA CADASTRO INICIAL

DIAGRAMA DE ATIVIDADES PARA CADASTRO INICIAL DIAGRAMA DE ATIVIDADES PARA CADASTRO INICIAL MANTER PESSOA MANTER SERVIDOR MANTER A INSTITUIÇÃO MANTER ELEMENTO ORGANIZACIONAL Cadastrar Pessoa Cadastrar Servidor Cadastrar a Instituição Cadastrar o Elemento

Leia mais

Bem-vindo ao Manual de Navegação do Portal do Fornecedor Vale.

Bem-vindo ao Manual de Navegação do Portal do Fornecedor Vale. Bem-vindo ao Manual de Navegação do Portal do Fornecedor Vale. Treinamento para o Perfil Administrador Fornecedor Desenvolvido por Vale e Accenture I 2016 1. Introdução ao Perfil Administrador 2. Configuração

Leia mais

MANUAL DE USUÁRIO. Versão 1.0 Servidor

MANUAL DE USUÁRIO. Versão 1.0 Servidor MANUAL DE USUÁRIO Versão 1.0 Servidor SUMÁRIO 1. Acesso ao Sistema... 4 1.1. Acesso (LOGIN)... 5 1.2. Cadastro... 6 2. Sistema 2.1. Visão Inicial... 10 2.2. Itens do Menu de Navegação... 11 2.3. Informações

Leia mais

EQUIPE DE ELABORAÇÃO

EQUIPE DE ELABORAÇÃO 0 1 EQUIPE DE ELABORAÇÃO EMPRESA JÚNIOR INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS EM ENGENHARIA DE PROCESSOS Caroline Lucca Belladona Diretora de Projetos Telefone: (55) 99632-5457 E-mail: projetos@itepjr.com Laura Degrandi

Leia mais

Procedimentos para Instalação do Sisloc (Estação de Trabalho) versão

Procedimentos para Instalação do Sisloc (Estação de Trabalho) versão Procedimentos para Instalação do Sisloc (Estação de Trabalho) versão 2017.10 Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Etapa 1: Instalação do Sisloc... 4 Passo a passo...4 3. Etapa 2: Configurando acesso

Leia mais

SISTEMA ADM ERP - MANUAL DO USUÁRIO. Conceitos Básicos

SISTEMA ADM ERP - MANUAL DO USUÁRIO. Conceitos Básicos SISTEMA ADM ERP - MANUAL DO USUÁRIO Conceitos Básicos Sumário Introdução... 3 Acessando o sistema e fazendo Login... 3 Elementos do Sistema... 5 Abas/Guias... 5 Barra de Ferramentas... 5 Cabeçalhos de

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO GEP Sistema de Gestão de Evolução de Prontuários Médicos

GUIA DO USUÁRIO GEP Sistema de Gestão de Evolução de Prontuários Médicos IBILCE UNESP 2014 GUIA DO USUÁRIO GEP Sistema de Gestão de Evolução de Prontuários Médicos Coordenação: Prof. Dr. Carlos Roberto Valêncio Resumo de Alterações Alteração Feita Responsável Data Documento

Leia mais

1. Tela de Acesso pg Cadastro pg Abas de navegação pg Abas dados cadastrais pg Aba grupo de usuários pg.

1. Tela de Acesso pg Cadastro pg Abas de navegação pg Abas dados cadastrais pg Aba grupo de usuários pg. Sumário 1. Tela de Acesso pg. 2 2. Cadastro pg. 3 3. Abas de navegação pg. 5 4. Abas dados cadastrais pg. 5 5. Aba grupo de usuários pg. 6 6. Aba cadastro de funcionários pg. 7 7. Pedidos pg. 12 8. Cartões

Leia mais

Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI

Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI Documentação de Sistemas Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI Módulo de Portal do Professor Versão 1.17.5 Última revisão: 14/07/2017 2017 Versão: 1.0 Documentação: André L.M. Camargo Revisão:

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO PEDAGÓGICA Manual do Professor

SISTEMA DE GESTÃO PEDAGÓGICA Manual do Professor SISTEMA DE GESTÃO PEDAGÓGICA Manual do Professor SISTEMA DE GESTÃO PEDAGÓGICA Versão 1.0 1. Cadastro no sistema - Acesse o sistema pelo endereço: http://www.professor.ms.gov.br. - Clique no link na parte

Leia mais

Guia Operacional do Sistema IHS. Assembleia de grupos exclusivos on-line

Guia Operacional do Sistema IHS. Assembleia de grupos exclusivos on-line Internet Honda System Guia Operacional do Sistema IHS Assembleia de grupos exclusivos on-line Como acessar o módulo de assembleia no IHS Acesse o site do IHS: https://ihs.honda.com.br Faça o seu login

Leia mais

Esse manual visa fornecer orientações aos Coordenadores de Estágios dos Departamentos/Núcleos sobre como utilizar as funções do sistema de estágios

Esse manual visa fornecer orientações aos Coordenadores de Estágios dos Departamentos/Núcleos sobre como utilizar as funções do sistema de estágios Esse manual visa fornecer orientações aos Coordenadores de Estágios dos Departamentos/Núcleos sobre como utilizar as funções do sistema de estágios no SIGAA. Após entrar com usuário e senha no www.sigaa.ufs.br,

Leia mais

MTG-PR OFFLINE PASSO A PASSO PARA BAIXAR O MTG-PR OFFLINE

MTG-PR OFFLINE PASSO A PASSO PARA BAIXAR O MTG-PR OFFLINE MTG-PR OFFLINE PASSO A PASSO PARA BAIXAR O MTG-PR OFFLINE Sumário 1-Acesso ao sistema... 3 2-Painel Administrativo do sistema... 4 3-Efetuar o download (baixar) o programa MTG-PR OffLine... 5 4-Abrir programa

Leia mais

GUIA DE REGISTRO DE PROJETO DE PESQUISA. Juiz de Fora, outubro de Versão 1.0

GUIA DE REGISTRO DE PROJETO DE PESQUISA. Juiz de Fora, outubro de Versão 1.0 GUIA DE REGISTRO DE PROJETO DE PESQUISA Juiz de Fora, outubro de 2016 Versão 1.0 Apoio: SHA ACN 00031/11 GUIA DE REGISTRO DE PROJETO DE PESQUISA IF Sudeste MG O Registro de projeto está regulamentado pela

Leia mais

Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.5 Instalação, configuração e primeiros passos para uso das planilhas de obra

Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.5 Instalação, configuração e primeiros passos para uso das planilhas de obra Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.5 Instalação, configuração e primeiros passos para uso das planilhas de obra Elaborado pela Equipe Planilhas de Obra.com Conteúdo 1. Preparar inicialização das

Leia mais

MANUAL DO COORDENADOR DE CURSO CENTRO DE PESQUISA E SUPORTE EM TECNOLOGIA CETEC UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS FEV/2017

MANUAL DO COORDENADOR DE CURSO CENTRO DE PESQUISA E SUPORTE EM TECNOLOGIA CETEC UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS FEV/2017 MANUAL DO COORDENADOR DE CURSO CENTRO DE PESQUISA E SUPORTE EM TECNOLOGIA CETEC UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS FEV/2017 ACESSO AO SISTEMA ACADÊMICO O sistema acadêmico utilizado pela Uneal é o SolisGE

Leia mais

Tutorial. Conselho de Escola

Tutorial. Conselho de Escola Tutorial Conselho de Escola Este tutorial apresenta o passo a passo para a utilização do módulo Conselho de Escola para as escolas. Os perfis que possuem acesso a esse módulo na escola são: Diretor Vice-diretor

Leia mais

Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Abril/2014 Versão 1.1

Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Abril/2014 Versão 1.1 Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Abril/2014 Versão 1.1 SUMÁRIO Manual do SISC... 3 1. Finalidade do SISC... 3 2. Requisitos para utilização do

Leia mais

Tutorial: como funciona o SysBackup

Tutorial: como funciona o SysBackup Tutorial: como funciona o SysBackup Assim que o Sistema Operacional for iniciado, será exibida a tela abaixo com a seguinte pergunta: ABRIR O SISTEMA DE BACKUP? Clique no botão SIM. ATENÇÃO: Caso o botão

Leia mais

PROCEDIMENTO DE EXPORTAÇÃO A PORTAIS IMOBILIÁRIOS

PROCEDIMENTO DE EXPORTAÇÃO A PORTAIS IMOBILIÁRIOS Os passos a seguir devem ser executados. Lembramos que pelo fato de termos um sistema para venda e um sistema para aluguel, o cliente deverá ser informado que nos portais o mesmo deverá possuir duas centrais

Leia mais

Esse manual visa fornecer orientações às instituições concedentes de estágios. Após

Esse manual visa fornecer orientações às instituições concedentes de estágios. Após Esse manual visa fornecer orientações às instituições concedentes de estágios. Após acessar o endereço www.sigaa.ufs.br, você deve clicar no botão ENTRAR NO SISTEMA Obs.: Os dados utilizados nos exemplos

Leia mais

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Versão 2.18 1 Sumário 1 Instalação do AFV...3 2 Configurações do AFV...4 3 Recebendo as tabelas...6 4 Consultando clientes...6 5 Consultando

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE Versão 2.0 01/2006 ÍNDICE 1. Objetivo...3 2. Como acessar o Sistema...3 3. Cadastro de Notas...4 3.1. A digitação da Nota Fiscal

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE GRAVATAÍ /RS

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE GRAVATAÍ /RS Orientações para utilização do sistema IPAG - SAÚDE pelos credenciados Este material foi elaborado para orientar no uso do novo sistema IPAG de atendimentos a procedimentos e consultas realizados pela

Leia mais

CARTILHA. Solicitação de Produtos - Almoxarifado -

CARTILHA. Solicitação de Produtos - Almoxarifado - CARTILHA Solicitação de Produtos - Almoxarifado - Elaborada por: CTI CENTRO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA ABRIL/2013 SOLICITAÇÃO DE PRODUTOS Este procedimento tem como

Leia mais

Manual de Processos de Negócios - Cobrança

Manual de Processos de Negócios - Cobrança 1/43 Manual de Processos de Negócios - Cobrança - Negativação Introdução ao Processo de Negativação O processo de negativação começa quando a empresa seleciona, conforme parâmetros internos, os imóveis

Leia mais

PDE INTERATIVO CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS

PDE INTERATIVO CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS PDE INTERATIVO CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS O cadastro dos usuários é a etapa que antecede a elaboração do PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA ESCOLA no módulo do SIMEC chamado de PDE Interativo e precisa

Leia mais

Texto. Cadastro da Procuradoria. 1 de 20

Texto. Cadastro da Procuradoria. 1 de 20 Cadastro da Procuradoria 1 de 20 Atividades Propostas a) Acessar a funcionalidade através do menu de opções para cadastrar as Procuradorias; b) Cadastrar uma Procuradoria; c) Verificar como alterar uma

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo SIGA Versão 3.6A Manual de Operação Conteúdo 1. Sumário Erro!

Leia mais

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Versão do Manual: 2.4 Versão do Aplicativo: 2.17.2 Conteúdo 1. Instalação do AFV...03 2. Configurações...04 3. Recebendo as tabelas...05

Leia mais

LATO SENSU COORDENADOR

LATO SENSU COORDENADOR LATO SENSU COORDENADOR Universidade Federal de Sergipe Núcleo de Tecnologia da Informação 2016 www.ufs.br NTI - 2105-6583 / 2105-6584 COPGD - 2105-6497 / copgdufs@gmail.com Lato Sensu - Coordenador: Objetivo

Leia mais

Passo a Passo do Cadastro Relacionamentos no SIGLA Digital

Passo a Passo do Cadastro Relacionamentos no SIGLA Digital Página 1 de 16 Passo a Passo do Cadastro Relacionamentos no SIGLA Digital Este é um dos principais cadastros do SIGLA Digital. Nele estão reunidos todos os dados referentes aos relacionamentos, que abrange

Leia mais

Manual Carta Frete. 1 Conceito. 2 Requisitos. 3 Configurações. 3.1 Permissões de Acesso. Sumário

Manual Carta Frete. 1 Conceito. 2 Requisitos. 3 Configurações. 3.1 Permissões de Acesso. Sumário Manual Carta Frete 1 CONCEITO 2 REQUISITOS 3 CONFIGURAÇÕES 3.1 Permissões de Acesso 3.2 Plano de Contas 3.3 Motivos de Movimentação 3.3.1 Carta Frete 3.3.2 Baixa Carta Frete 3.4 Configurar Cliente 4 FUNCIONALIDADES

Leia mais

Manual do Módulo Protocolo Portal do Sistema de Informações para o Ensino da Universidade Federal de Alagoas

Manual do Módulo Protocolo Portal do Sistema de Informações para o Ensino da Universidade Federal de Alagoas Manual do Módulo Protocolo Portal do Sistema de Informações para o Ensino da Universidade Federal de Alagoas 1 Módulo Protocolo Este módulo foi idealizado para atender à rotina dinâmica de tramitações

Leia mais

ÍNDICE 1. CADASTRO DE CURSOS... 3

ÍNDICE 1. CADASTRO DE CURSOS... 3 ÍNDICE 1. CADASTRO DE CURSOS... 3 1.1. ACESSANDO A APLICAÇÃO... 3 1.2. GUIA: DADOS BÁSICOS... 4 1.2.1. Instruções para preenchimento dos campos... 4 1.3. GUIA: ACADÊMICOS... 7 1.3.1. Instruções para preenchimento

Leia mais

O Sistema Acadêmico online é um portal onde o aluno poderá realizar diversos serviços. A Figura 1 a seguir demonstra a página inicial do sistema.

O Sistema Acadêmico online é um portal onde o aluno poderá realizar diversos serviços. A Figura 1 a seguir demonstra a página inicial do sistema. Página Inicial O Sistema Acadêmico online é um portal onde o aluno poderá realizar diversos serviços. A Figura 1 a seguir demonstra a página inicial do sistema. Figura 1 - Página inicial do Sistema Acadêmico

Leia mais

SISTEMA UNIFICADO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA SUAP

SISTEMA UNIFICADO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA SUAP INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - DTI SISTEMA UNIFICADO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA SUAP MÓDULO

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL SISTEMA DIGINOTA NOTA FISCAL DE SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MODELO 21/22

MANUAL OPERACIONAL SISTEMA DIGINOTA NOTA FISCAL DE SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MODELO 21/22 NOTA FISCAL DE SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MODELO 21/22 Manual operacional do sistema DigiNota, Este documento tem por objetivo, mostrar as funcionalidades e operações do sistema DigiNota para emissões de notas

Leia mais

SISTEMA WEB Manual do Usuário

SISTEMA WEB Manual do Usuário SISTEMA WEB Manual do Usuário Última atualização: * de Julho/2017 INDÍCE DE FIGURAS Figura 1 : Acesso ao Sistema... 3 Figura 2 : Autenticação do Trabalhador... 3 Figura 3 : Falha na Autenticação... 4 Figura

Leia mais

SFA Sistema de Fortalecimento das Aprendizagens - SFA Manual Módulo do Professor Versão 01

SFA Sistema de Fortalecimento das Aprendizagens - SFA Manual Módulo do Professor Versão 01 Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco Secretaria Executiva de Gestão da Rede Gerência Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação SFA Sistema de Fortalecimento das Aprendizagens - SFA Manual

Leia mais

Adsim - Manual Sistema Pi Fácil. ADSIM - Sistemas Integrados de Mídia, Copyright Página 1 de 21

Adsim - Manual Sistema Pi Fácil. ADSIM - Sistemas Integrados de Mídia, Copyright Página 1 de 21 ADSIM - Sistemas Integrados de Mídia, Copyright 2010-2014 Página 1 de 21 Sumário 1. Apresentação... 3 1.1. Objetivo do Documento... 3 2. Detalhes explicativos de um pedido de inserção (PI) no sistema Pi

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA SIGAA

PROJETO DE PESQUISA SIGAA PROJETO DE PESQUISA SIGAA Universidade Federal de Sergipe Núcleo de Tecnologia da Informação 2016 www.ufs.br NTI - 2105-6583 / 2105-6584 COPES- 2105-6511 / copes@ufs.br CINTEC- 2105-6865 / cintec.ufs@gmail.com

Leia mais

Cadastro de Pedido de Contração de Serviços

Cadastro de Pedido de Contração de Serviços Cadastro de Pedido de Contração de Serviços Para acessar um Pedido de Compra/Contração escolha o Módulo do Sistema Pedidos, depois o menu Pedidos de Compra/Contratação e novamente a opção Pedido de Compra/Contração

Leia mais

TUTORIAL Submissão de Projetos de Pesquisa

TUTORIAL Submissão de Projetos de Pesquisa TUTORIAL Submissão de Projetos de Pesquisa Página1 Submissão de Projeto de Pesquisa Plataforma Brasil Submissão de pesquisa. 1- Para acessar a Plataforma Brasil, basta acrescentar a seguinte URL www.saude.gov.br/plataformabrasil;

Leia mais

Poder Judiciário e órgãos da Administração Pública

Poder Judiciário e órgãos da Administração Pública Poder Judiciário e órgãos da Administração Pública A Central Nacional de Indisponibilidade de Bens é um sistema que integra ordens judiciais e administrativas sobre indisponibilidade de bens. Para acessar

Leia mais

Atenção Básica. Manual do Digitador

Atenção Básica. Manual do Digitador Ministério da Saúde Atenção Básica Sistema com Coleta de Dados Simplificada CDS Manual do Digitador (Versão preliminar - em fase de diagramação) Brasília - DF 2013 SUMÁRIO 1. ORIENTAÇÕES GERAIS... 6 2.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO MÓDULO PROFESSOR

MANUAL DO USUÁRIO MÓDULO PROFESSOR Página 1 de 21 MANUAL DO USUÁRIO MÓDULO PROFESSOR Montes Claros/MG 2014 Página 2 de 21 Sumário de Informações do Documento Documento: Número de páginas: 21 MANUAL_20140822_REV_0.docx Versão Data Mudanças

Leia mais

MANUAL DE APOIO AO USUÁRIO DO SISTEMA DE FOMENTO. Diretoria de Fomento Pró-Reitoria de Pesquisa - UFMG Belo Horizonte Abril 2013

MANUAL DE APOIO AO USUÁRIO DO SISTEMA DE FOMENTO. Diretoria de Fomento Pró-Reitoria de Pesquisa - UFMG Belo Horizonte Abril 2013 MANUAL DE APOIO AO USUÁRIO DO SISTEMA DE FOMENTO Diretoria de Fomento Pró-Reitoria de Pesquisa - UFMG Belo Horizonte Abril 2013 1 Sumário DIAGRAMAÇÃO...3 ACESSANDO OS TUTORIAIS...5 ATUALIZANDO OS DADOS

Leia mais

Módulo Cronotacógrafo

Módulo Cronotacógrafo Módulo Cronotacógrafo Introdução O módulo Cronotacógrafo tem como objetivo efetuar o controle dos selos, marcas e modelos, equipamentos de aferição e dos serviços de realização de revisão, manutenção,

Leia mais

LISTAR MEMORANDOS RECEBIDOS

LISTAR MEMORANDOS RECEBIDOS Sistema Módulo Perfil Papel LISTAR MEMORANDOS RECEBIDOS Essa funcionalidade permite ao usuário consultar a lista de memorandos eletrônicos recebidos por ele no sistema, bem como realizar operações relacionadas

Leia mais

Instalação e utilização do Software Pináculo SMS

Instalação e utilização do Software Pináculo SMS Instalação e utilização do Software Pináculo SMS Características do produto Pináculo SMS: Sem limite de quantidade de envios de SMS; Limite de 140 caracteres por mensagem; Histórico de mensagens enviadas

Leia mais

Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0

Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0 Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0 Manual do Usuário - Médico Versão 0.0 Histórico da Revisão DATA VERSÃO DESCRIÇÃO AUTOR 23/0/202 0.00 Criação do manual Silvio Zequinão 25/02/204 0.0 Revisão

Leia mais

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI

Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI Documentaão de Sistemas Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI Módulo de Restaurante Universitário Versão 1.13.5 Última revisão: 02/10/2017 2017 Versão: 1.13.5 Documentação: André L.M. Camargo

Leia mais

Manual do Usuário. Requisições

Manual do Usuário. Requisições Manual do Usuário Requisições Projeto SIGA-EPT Manual do Usuário Módulo Requisições SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Versão outubro/2010 Sumário 1 Introdução 4 2 Requisição de Compra de Consumo 5

Leia mais

GUIA DO PLANO DE AULA PORTAL EDUCACIONAL TOTVS

GUIA DO PLANO DE AULA PORTAL EDUCACIONAL TOTVS GUIA DO PLANO DE AULA PORTAL EDUCACIONAL TOTVS SUMÁRIO Dúvidas e Apoio... 2 1 ACESSANDO ATIVIDADES ACADÊMICAS pelo Minha Unisinos... 2 2 ACESSANDO O PORTAL EDUCACIONAL (TOTVS) PELO DIÁRIO DE CLASSE...

Leia mais

TCCweb VISÃO DO SISTEMA PARA ALUNOS, SUPERVISORES E ORIENTADORES. MANUAL DE UTILIZAÇÃO Versão 1.2. Profa. Dra. Rosana Braga

TCCweb VISÃO DO SISTEMA PARA ALUNOS, SUPERVISORES E ORIENTADORES. MANUAL DE UTILIZAÇÃO Versão 1.2. Profa. Dra. Rosana Braga TCCweb VISÃO DO SISTEMA PARA ALUNOS, SUPERVISORES E ORIENTADORES MANUAL DE UTILIZAÇÃO Versão 1.2 Profa. Dra. Rosana Braga rtvb@icmc.usp.br Mirela T. Cazzolato mirelac@usp.br Janeiro, 2017 MANUAL DE UTILIZAÇÃO

Leia mais

MANUAL OFICIAL DE JUSTIÇA 1º GRAU

MANUAL OFICIAL DE JUSTIÇA 1º GRAU MANUAL OFICIAL DE JUSTIÇA 1º GRAU PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO MANUAL OFICIAL DE JUSTIÇA ATRIBUIÇÕES DO OFICIAL DE JUSTIÇA OFICIAL DE JUSTIÇA Sumário 1 Acesso ao Sistema...4 1.1 Configurações do Sistema...5

Leia mais

COMO INSTALAR O CATÁLOGO

COMO INSTALAR O CATÁLOGO Este guia tem por finalidade detalhar as etapas de instalação do catálogo e assume que o arquivo de instalação já foi baixado de nosso site. Caso não tenho sido feita a etapa anterior favor consultar o

Leia mais

Tutorial de instalação e configuração do Software Giga VMS

Tutorial de instalação e configuração do Software Giga VMS Tutorial de instalação e configuração do Software Giga VMS Passo 1 Execute o instalador do Software Giga VMS. Passo 2 Marque a opção Português (br). Passo 3 Clique em Próximo. Passo 4 Aguarde a instalação

Leia mais

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário 70040-020 Brasília - DF SAC Manual do Usuário Sumário Assunto PÁGINA 1. Objetivos do Manual 3 2. Perfil do Usuário 3 2.1 Coordenador Institucional 3 3. Acesso ao Sistema SAC 3 3.1 Endereço de acesso 3

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA LUMEWARE PERFIL: ADMINISTRADOR

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA LUMEWARE PERFIL: ADMINISTRADOR MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA LUMEWARE PERFIL: ADMINISTRADOR Manaus, 2009 Sumário Figura 1 - Tela de Login... 1 Figura 2 - Tela Principal... 1 Figura 3 - Tela de Integração Empresa... 2 Figura 4 - Tela

Leia mais

DEPARTAMENTO DE RECURSOS DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DRTI DIVISÃO DE DESENVOLVIMENTO E PROGRAMAÇÃO - DIDP

DEPARTAMENTO DE RECURSOS DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DRTI DIVISÃO DE DESENVOLVIMENTO E PROGRAMAÇÃO - DIDP DEPARTAMENTO DE RECURSOS DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DRTI DIVISÃO DE DESENVOLVIMENTO E PROGRAMAÇÃO - DIDP SISTEMA DE AUTOMAÇÃO DE PRODUTIVIDADE - SAP MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.2 Este manual tem por objetivo

Leia mais

SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes

SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes Manual do Sistema Cooperativas . Pré-Cadastro SICAN...3 2. Preenchimento do cadastro...5

Leia mais

Processo: Compras. Acesso. Motivação. Parâmetros. Nome do Processo: Cotação de compras. Pendências Versão 2009 Release 2 Autor Francisca

Processo: Compras. Acesso. Motivação. Parâmetros. Nome do Processo: Cotação de compras. Pendências Versão 2009 Release 2 Autor Francisca Pendências 21675 Versão 2009 Release 2 Autor Francisca Processo: Compras Nome do Processo: Cotação de compras Acesso COMPRAS Pedido de Compra Motivação Tem como objetivo administrar todo o processo de

Leia mais

Agendamento de Entregas

Agendamento de Entregas Agendamento de Entregas MT-212-00143 - 2 Última Atualização 24/11/2014 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Solicitar um Agendamento de Entregas de Materiais; Acompanhar o andamento

Leia mais

SISTEMA PROVINHA BRASIL GUIA DE USO ESCOLAS DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DAEB

SISTEMA PROVINHA BRASIL GUIA DE USO ESCOLAS DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DAEB SISTEMA PROVINHA BRASIL GUIA DE USO ESCOLAS DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DAEB REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MEC SECRETARIA EXECUTIVA DO MEC INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS

Leia mais

Módulo Administrativo enota NFS-e

Módulo Administrativo enota NFS-e Módulo Administrativo enota NFS-e Sistema Administrativo de NFS-e do Município Manual do Administrador Criado por: Informática Educativa Índice 1. Sistema Administração... 03 2. Prestadores... 04 3. RPS...

Leia mais

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência PIBID MANUAL DE OPERAÇÃO

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência PIBID MANUAL DE OPERAÇÃO GERINF - Gerência de Informática Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência PIBID MANUAL DE OPERAÇÃO Maio, 2016 Sumário 1. Introdução... 3 2. Apresentação do Sistema... 2-4 2.1 Botões de ação...

Leia mais

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL EXPORTADOR. Versão

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL EXPORTADOR. Versão MANUAL Certificado de Origem Digital PERFIL EXPORTADOR Versão 2.2.15 Sumário 1. Inicializando no sistema... 3 2. Acessando o sistema... 4 3. Mensagem encaminhada pelo sistema.... 4 4. Emitindo um novo

Leia mais