PLANO DE FORMAÇÃO. Poderá encontrar a datas e os valores de cada um dos cursos no nosso cronograma de formação, consulte-o em

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE FORMAÇÃO. Poderá encontrar a datas e os valores de cada um dos cursos no nosso cronograma de formação, consulte-o em www.sgs."

Transcrição

1 2012 PLANO DE FORMAÇÃO Poderá encontrar a datas e os valores de cada um dos cursos no nosso cronograma de formação, consulte-o em

2 SGS ACADEMY TRANSFORMING PEOPLE AND BUSINESSES Enquanto líderes em formação, baseamos a nossa atuação em anos de experiência mundial, para criar verdadeiras oportunidades de aprendizagem e desenvolvimento. Marcamos a diferença junto de pessoas, equipas e negócios, alimentando talentos e facilitando a progressão contínua das organizações. Em parceria com os formandos, os nossos especialistas identificam objetivos de melhoria e apoiam os profissionais no seu percurso. GRUPO SGS O Grupo SGS - Société Générale de Surveillance SA é a maior organização mundial no domínio da Inspeção, Verificação, Análise e Certificação. Presente em cerca de 140 países, a SGS opera em mais de escritórios e laboratórios contando com a colaboração de colaboradores por todo o mundo. A marca global da SGS está estabelecida desde 1878 como símbolo e referência na prestação de serviços de excelência, sempre associada a valores como a Independência, a Integridade, a Confidencialidade e a Inovação. SGS EM PORTUGAL A SGS estabeleceu-se em Portugal no ano de Atualmente tem cerca de 200 colaboradores diretos em Portugal e uma extensa bolsa de especialistas externos. Com total cobertura geográfica nacional, a SGS tem em Portugal: Laboratórios com competências nos âmbitos Ambiental, Alimentar, Ensaios Não Destrutivos e Metrologia; Armazéns logísticos (Póvoa de Sta. Iria e Maia); Escritórios em Lisboa, Porto, Ponta Delgada e Funchal. Áreas de Negócio Comércio Internacional Segurança Alimentar Qualidade & Segurança Produtos de Consumo Ambiente, Energia & Segurança Engenharia Industrial Construção & Edifícios Certificação & Auditorias SGS Academy Formação Automóvel A SGS Academy, foi constituída em novembro de 2003 com o objetivo de proporcionar serviços de for mação profissional nas áreas de atuação em que a SGS é especialista. É uma enti dade formadora detentora de acreditações, homologações e reconhecimentos nacionais e internacionais. Com uma cobertura total a nível nacional, com filiais em Lisboa, Póvoa de Santa Iria, Porto, Açores e Madeira, a SGS Academy cri a ainda parcerias com Associações e Esta belecimentos do Ensino Superior para uma formação reconhecida e qualificante. VALÊNCIAS DIFERENCIADORAS A SGS Academy apresenta um conjunto de ações de formação, a realizar nas modalidades intra e inter empresas, com a preocupação constante de ajustar os conteúdos e formas de aplicação em resposta às necessidades reais das organizações e dos formandos. Este facto, aliado à bolsa de formadores especializados e distribuídos por todo o território nacional, confere à SGS Academy uma posição privilegiada para corresponder às suas necessidades de formação. Possuímos a estrutura e os recursos necessários para apoiar as organizações com serviços pertinentes e inovadores ao nível da formação. Contactos t.: * f.: e.: de 2 seg. a sex. das 9h às 18h. TRAINMP002/8 (2012/01/04)

3 Instalações MAIA Centro Pólo de Serviços da Maia Rua Padre António, Fração Maia MAIA Zona Industrial Rua Rafael Baptista Rodrigues, 29 - Gemunde Maia Acreditação, Homologação e Reconhecimento AÇORES Rua José do Canto, 21-1º Dto, Ponta Delgada PÓVOA DE SANTA IRIA Avenida do Casal da Serra - Lote Póvoa de Santa Iria MADEIRA Caminho de Stº António, 237 Edificio Villas da Madalena, Loja C Funchal LISBOA - Sede Pólo Tecnológico de Lisboa, 6 piso Lisboa SINES ZAL Sines Edifício Logístico A9 Piso 1 escritórios , e Sines contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. 3

4 Modalidades Interempresa Cursos calendarizados no Plano de Formação e realizados nas instalações da SGS Academy. Intraempresa Adaptação dos cursos existentes e/ou desenvolvimento de novos programas de formação, totalmente direcionados à realidade e necessidades da organização. 4 Formação e-learning/ b-learning Cursos desenvolvidos com suporte em plataforma e-learning. Atualmente uma das maiores preocupações das Organizações é o cumprimento legal em matéria de Formação Profissional dos seus Colaboradores, devido principalmente ao investimento associado. A SGS Academy desenvolveu estas duas modalidades garantindo: Redução de custos: A Organização poderá disponibilizar o curso a um número alargado de colaboradores, otimizando os custos associados a deslocações, ausências do posto de trabalho, estadias, reprodução de manuais e alugueres de sala. Flexibilidade: O formando pode aceder ao curso quando quiser e de onde quiser, a qualquer hora em qualquer lugar. Interação e apoio ao formando O Tutor da SGS interage com o formando através de fóruns de discussão, ou de forma individualizada, de forma a esclarecer todas as dúvidas colocadas e motivando ao estudo e à progressão na aprendizagem. Customização: A SGS poderá adaptar o curso às necessidades e realidade do Cliente. Sempre que necessário pode haver atualização de conteúdos de forma rápida e em tempo real. O E-learning é uma modalidade de ensino à distância com apoio de recursos didáticos apresentados em diferentes formatos tecnológicos de informação, que possibilitam o autoconhecimento. Totalmente não presencial. O B-learning é uma modalidade de ensino à distância e que pressupõe algumas sessões presenciais, ou seja, é uma formação combinada entre sessões não presenciais e presenciais. Possibilita a realização de trabalhos de campo e visitas técnicas a locais de interesse e possibilita o desenvolvimento de atividades coletivas. Cursos disponíveis na modalidade de E-learning Gestão de Reclamações Organização e gestão do tempo Assertividade na Comunicação Técnicas de Liderança e Coaching Gestão de conflitos Gestão do stress Gestão da Formação Gestão de projetos Iniciação às vendas e-formador Renovação de CAP de TSHST Introdução à Qualidade (ISO 9001) Introdução ao Ambiente (ISO 14001) Introdução à Segurança e Saúde do Trabalho (OHSAS 18001) Cursos disponíveis na modalidade de B-learning Pós-Graduação em Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho Formação Pedagógica Inicial de Formadores Técnico Superior de Segurança e Saúde no Trabalho

5 Formação Avançada de Auditores Os cursos de Auditores da SGS Academy são reconhecidos pelo IRCA e pelo IEMA, os principais organismos de reconhecimento de auditores a nível mundial. Todos estes cursos proporcionam um elevado conhecimento da normalização, elevando o nível de competências e tornando-se um valor acrescentado para a sua formação e para a sua organização. A frequência dos cursos de Auditores permite aos formandos posicionarem-se ao mais alto nível no que respeita à obtenção de competências de Auditor. COMPETÊNCIA A Equipa de formadores da SGS é composta pelos mais qualificados e prestigiados técnicos e auditores do mundo, que agora estão disponíveis, também, para lhe oferecer a formação que vai marcar o ponto de viragem no nível das suas competências. A experiência real em campo e os anos de trabalho efetivo com os diferentes setores de atividade, conferem aos nossos formadores um elevado nível de competências. QUALIFICAÇÃO O IRCA (International Register of Certificated Auditors) é o primeiro e maior organismo internacional de certificação de auditores de Sistemas de Gestão, tendo já certificado mais de 35,000 auditores em mais de 150 países (dados de 2011). Pautado por elevados níveis de exigência, o IRCA certifica como entidades formadoras apenas as organizações que demonstrem os requisitos técnicos e de formação necessários para avaliar e analisar o desempenho de potenciais auditores. Atualmente, pouco mais de 90 organizações de formação conseguem cumprir os exigentes requisitos do IRCA e alcançar este reconhecimento. O IEMA (Institute of Environmental Management and Assessment) é uma organização especializada e dirigida a profissionais envolvidos na gestão e avaliação ambientais. O IEMA apoia os seus membros reconhecendo conhecimentos e competências através de qualificações profissionais, contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. nomeadamente Cursos de Formação com Aprovação IEMA. A SGS Academy é também uma entidade aprovada pelo IEMA para ministrar os seus cursos de formação na área ambiental. A SGS Academy apresenta dois tipos de curso de formação que, com objetivos diferentes, capacitam os seus participantes a exercer determinada atividade no âmbito das auditorias a Sistemas de Gestão. Lead Auditor Estes são os cursos adequados para os que pretendem ficar qualificados e com reconhecimento internacional para realizar auditorias de concessão e acompanhamento a Sistemas de Gestão. Auditor Conversion Estes cursos destinam-se particularmente a auditores experientes, que já tenham obtido a qualificação de Lead Auditor e que desejam auditar dentro de contextos diferentes e outras normas de Sistemas de Gestão, acrescentando valor às suas competências e experiências atuais. Esta é uma oportunidade única de obter estas certificações internacionais únicas na sua área de atuação. Os cursos serão ministrados por um Auditor/Formador Nacional/Internacional especialista nestas matérias. A seleção dos formandos é efetuada com base na análise do Curriculum Vitae dos candidatos, sendo essencial para a frequência do curso a comprovação efetiva de formação/ experiência ao nível do referencial e em contexto real de auditoria. No último dia da ação de formação os participantes serão sujeitos a exame de avaliação, sendo esta ação de formação reconhecida pelo corpo de certificação de auditores IRCA. Este exame é válido por 3 anos a contar do último dia do curso, o qual permite aos participantes registarem-se como Auditores Certificados (Certified Auditor) no IRCA ou em outro corpo de auditores da International Certification Association (IPC) de acordo com a sua experiência profissional. Seminários/ Workshops Técnicos Focadas nos temas que mais marcam a atualidade, estas sessões convidam conceituados especialistas a partilhar a sua experiência com os nossos formandos. Estes eventos serão desenvolvidos e dinamizados de acordo com as prioridades e necessidades identificadas no mercado. Consulte-nos! Pós-Graduações/ Especializações e Mestrados Com vista à potenciação e à complementaridade de vocações entre a dimensão académica e a dimensão empresarial, bem como a sinergia que daí pode advir para a competitividade organizacional, a SGS Academy tem vindo a estabelecer parcerias e protocolos com várias Instituições de Ensino Superior e outras Entidades. Outros Serviços CANDIDATURAS AO QREN/POPH Elaboração de candidaturas, com vista ao financiamento do Plano de Formação da Organização Cliente, no âmbito do Quadro Comunitário (QREN ). APOIO EM PROCESSOS DE Certificação DGERT Apoio na implementação de Sistemas de Gestão da Formação com vista à certificação como entidade formadora. DIAGNÓSTICOS DE NECESSIDADES DE FORMAÇÃO Levantamento de necessidades de formação de forma independente e elaboração de um Plano de Formação realmente adequado à sua organização. 5

6 ÍNDICE Qualidade Ambiente e Gestão Florestal Segurança e Saúde do Trabalho Responsabilidade Social Investigação, desenvolvimento e inovação Sistemas Integrados de Gestão Gestão do risco e continuidade do negócio Alimentar Energia Construção

7 Engenharia Industrial Automóvel Indústria e peritagem Saúde e Medical Devices Gestão de pessoas E EFICÁCIA PROFISSIONAL Administração Pública Respostas Sociais Ficha de inscrição contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. 7

8 Qualidade

9 Q1. Implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade Q2. Qualificação de Auditores Internos da Qualidade ISO 9001 Q3. Qualificação de Gestores da Qualidade Saiba como desenvolver eficazmente um Sistema de Gestão da Qualidade, evidenciando o cumprimento dos requisitos da norma ISO Quadros médios e superiores com responsabilidades ao nível da Gestão da Qualidade. Consultores. Conceitos e princípios da Gestão da Qualidade. As normas da série ISO Os requisitos da norma ISO 9001 e sua implementação. Abordagem por processos. Melhoria contínua e compatibilidade com outros sistemas de gestão. 16 horas. Este curso prevê continuidade para uma segunda fase (opcional) de implementação prática, simples, eficaz e adequada à Organização dos participantes, contemplando a simulação de todas as fases de implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade desde a sua conceção até à conclusão da sua implementação. Decorrerá em sessões de trabalho alternadas entre o trabalho prático em sala e a implementação desse trabalho no terreno. Fique apto a realizar Auditorias Internas da Qualidade ISO 9001, de acordo com a ISO e sob os pontos de vista técnicos e comportamentais. Quadros superiores e médios com responsabilidade ao nível da Gestão da Qualidade e na realização de auditorias. Consultores/auditores que pretendam aprofundar ou reciclar os seus conhecimentos. Os requisitos da Norma ISO 9001 na perspetiva do auditor. A norma ISO As fases de auditoria. A relação auditor/auditado. O planeamento e a gestão do tempo. A expressão escrita no relatório de auditoria. Caso prático Realização de uma auditoria preferencialmente em contexto real de trabalho. Ver condições detalhadas para a realização da auditoria em 40 horas. Curso com avaliação. O desempenho de um Gestor da Qualidade depende de variados fatores; uns que dependem apenas do próprio e outros que dependem da Organização, da respetiva Cultura da Qualidade, dos recursos e do comprometimento (em particular) da Gestão de Topo e (em geral) dos restantes membros da Organização para a Qualidade. Assim, é necessário que os Gestores da Qualidade tenham as competências adequadas de modo a potenciar o seu contributo para a obtenção de mais-valia, principal objetivo de qualquer programa de melhoria. Este curso destina-se a quem se pretender qualificar como Gestor da Qualidade. Qualidade: Principais conceitos e evolução ao longo do tempo. Estudo da série de normas ISO A integração de outras vertentes num Sistema de Gestão da Qualidade (Sistema Integrado). As principais vantagens da implementação de um Sistema de Gestão. Processo e ciclo de certificação. Técnicas da Qualidade - principais ferramentas para levantamento e análise de problemas. A função de Gestor da Qualidade. As auditorias. 84 horas. Curso com avaliação. contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. 9

10 Q7. Atualização de conhecimentos e técnicas de auditoria para auditores internos Este curso tem como propósito proporcionar uma atualização de conhecimentos e técnicas de forma a manter e desenvolver a qualificação como auditores internos. Auditores internos já qualificados, nas vertentes de Qualidade, Ambiente e Segurança. Aprofundar os conhecimentos obtidos no curso de auditores internos. Apresentar as novas tendências em termos de técnica de auditoria (casos práticos). Apresentar oportunidades de melhoria para o trabalho dos auditores, com base em análise de relatórios. Rever os requisitos da Norma ISO através de exercícios práticos e simulações em sala. Praticar em contexto real (auditoria a empresa). 24 horas. Curso de atualização. Requisito necessário à frequência deste curso: formação ou experiência em auditorias internas a sistemas de gestão (Qualidade, Ambiente, Segurança) Q8. Gestão de reclamações O tratamento das reclamações, se abordado pelas organizações de um modo sério e integrado na sua própria cultura, pode constituir uma ferramenta de gestão importante ao nível da melhoria da imagem corporativa e da fidelização de clientes. Quadros médios e superiores com responsabilidades na área da Qualidade. Consultores e auditores. Reclamações: princípios de gestão e definições. O processo orientado para o cliente na organização. Requisitos legais e outros referenciais para tratamento de reclamações. Ferramentas para o tratamento das reclamações. A NP EN ISO Um guia para tratamento de reclamações estudo dos requisitos 8 horas. Q14. Balanced Scorecard O Balanced Scorecard coloca a estratégia no centro da agenda da gestão. As organizações que usam o Balanced Scorecard alinham e concentram os seus recursos e vontades na implementação e execução da sua estratégia. Responsáveis por iniciativas de desenvolvimento de Balanced Scorecards. Responsáveis pela gestão de processos-chave para a estratégia de uma organização. Membros de equipas de projeto/gestão de Balanced Scorecards. O Balanced Scorecard como ferramenta de execução da estratégia. A relação que se pode criar entre o Balanced Scorecard e a ISO A relação que se pode criar entre o Balanced Scorecard e os investimentos nas pessoas. Planear o desenvolvimento de um projeto de implementação de um Balanced Scorecard. 8 horas. Aconselha-se o conhecimento prévio da Norma ISO

11 Q16. Gestão de Equipamentos de Monitorização e Medição (EMM s) Q23. Lean e KAIZEN (Introdução) Q26. Lean Certicate Program A gestão dos EMM s, para além de ser um requisito da norma ISO 9001, constitui uma ferramenta imprescindível para o controlo da Qualidade de qualquer processo ou produto. A análise dos certificados de calibração e o cálculo da incerteza associada às medições são fatores determinantes para uma boa gestão de um sistema metrológico quer nas empresas quer nos laboratórios. Responsáveis ou técnicos da Qualidade, com responsabilidades ao nível da gestão do sistema metrológico. A Metrologia: Metrologia industrial e científica. Metrologia legal. Documentação aplicável. Terminologia metrológica. Sistemas de Unidades. Gestão do equipamento. Critérios de aceitação. Aprovação de certificados. Noções gerais de cálculo de incertezas. 8 horas. Conheça a eficácia das metodologias LEAN e KAIZEN e suas ferramentas que contribuem para a melhoria do desempenho da empresa, para a eliminação de desperdícios, para a redução de custos e para a satisfação do cliente! Este curso destina-se a quadros médios e superiores de empresas, chefias intermédias e gestores de projetos. KAIZEN e LEAN conceitos, origem e sua importância nos serviços. Análise de desperdícios. Paradigmas e resistência à mudança. 5S no local de trabalho; Gestão Visual e normalização. Gestão da mudança. Value Stream Mapping. Ferramentas da Qualidade e da Produtividade. Métodos de resolução de problemas. 8 horas. Este programa de certificação LEAN, prevê a obtenção do Lean Bronze Certification com a chancela da Society of Manufacturing Engineers (SME), the Association for Manufacturing Excellence (AME) and The Shingo Prize for Operational Excellence. Este é um curso obrigatório para: Engenheiros e Gestores procurando aplicar os conceitos do Lean Thinking na sua organização; Novos colaboradores (contratações) em empresas que utilizam princípios Lean; Empregados à procura de um reciclagem abrangente; Recém Licenciados com interesse em adquirir conhecimentos nos principios Lean; e todos quanto pretendam obter o Lean Bronze Certification com a chancela da SME, the AME and The Shingo Prize for Operational Excellence. Fase 1 ( 5 dias; 40 horas). Fase 2 ( 3 dias; 24 horas). Fase 3 ( 2 dias; 16 horas). Frequência das 3 fases. Curso qualificante com avaliação. Requisito obrigatório na frequência da Fase 2 e na Fase 3: frequência da fase anterior. Requisito à frequência do curso: experiência na implementação de um SGQ. contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. 11

12 Q28. Metodologia 5S s A eficiência de uma empresa começa com a organização do espaço de trabalho. Na metodologia KAIZEN, de origem japonesa, existe um método muito eficaz de organização do Gemba (espaço de trabalho) através dos 5S`s. O método é muito simples e gera uma motivação muito positiva nos colaboradores, aumenta o espírito de equipa, diminui tempos supérfluos e contribui para identificar as chamadas gorduras da Organização. Estratégia 5 S s desenvolvimento das etapas: Simplificação / Organização (SEIRI). Arrumação (SEITON). Limpeza (SEISO). Disciplina (SEIKETSU). Standarização /manter (SHITZUKE) A Reordenação (5 S s ativo). A transformação da metodologia 5 S s num hábito (5 S s efetivo). A metodologia 5 S s enquanto medida preventiva (5 S s preventivo). Implementação dos 5 S s / Whorkshop. 8 horas. Q29. Gestão da Qualidade: Aviação, Aeroespacial e Defesa AS 9100/EN 9100 Este curso tem como principal objetivo formar profissionais com responsabilidades ao nível da implementação da norma AS Reconhecer os fatores críticos para a implementação de um sistema de gestão da Qualidade eficaz; Entender os princípios da Norma ISO 9001 e correlacionar com a Norma SAE AS 9100; Entender os termos definições e conceitos da Norma SAE AS 9100 C; Entender os requisitos da Norma SAE AS 9100, em particular os associados a: Gestão de Projetos; Gestão de Risco e Gestão de Configuração. Gestão de Topo; Responsáveis pela Qualidade; Responsáveis pelo Projeto de Implementação da Norma SAE AS 9100 e Responsáveis de Equipas. ISO 9001 vs SAE AS Introdução às Normas AS 9100, 9110 e Definições Específicas. A Norma AS 9100C. Requisitos Específicos: Realização do Produto; Gestão de Configuração; Gestão de Risco; Conceção e Desenvolvimento; Compras; Produção e Serviço; Controlo de Equipamento e Monitorização e Medida; Medição Análise e Melhoria Contínua. Implementação da Norma SAE AS 9100C. O processo de Certificação horas. É requisito para frequência deter conhecimentos na Norma ISO 9001 e /ou SAE AS 9100C e em regulamentação aeronáutica.

13 Outras Ações formativas Q6. Gestão por processos ISO Q9. Avaliação da eficácia da formação. Q10. Avaliação de fornecedores. Q11. Identificação das necessidades e avaliação da satisfação dos clientes. Q12. Melhoria contínua. Q13. Ferramentas da Qualidade. Q15. Six Sigma. Q17. Auto-avaliação de um Sistema de Gestão da Qualidade, de acordo com a Norma ISO Q18. Implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade em Laboratórios: ISO Q19. Auditorias internas a SGQ em Laboratórios ISO Q20. Q20. ISO 9001 / Lead Auditor Course certified by IRCA. Number A Consultar brochura Formação Avançada para Auditores. Q24. Pós-Graduação Sistemas de Gestão da Qualidade Consultar brochura de Formação Pós-Graduada e Especializações Q30. Auditorias 5S s Workshops / Seminários Técnicos: Temas a designar Mais informações Através de: contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. t.: * f.: e.: de seg. a sex. das 9h às 18h. 13

14 ambiente e gestão florestal 14

15 A1. Implementação de Sistemas de Gestão Ambiental ISO e EMAS III A2. Qualificação de Auditores Internos do Ambiente ISO A3. Responsabilidade Ambiental DL 147/2008 Os Sistemas de Gestão Ambiental (SGA) são instrumentos de participação voluntária e são adotados pelas organizações que pretendem ter uma atitude de antecipação face às obrigações legislativas e melhorar o seu desempenho global. Quadros médios e superiores com responsabilidades ao nível da Gestão Ambiental. Consultores. Enquadramento legislativo e normativo: a norma ISO 14001; o Regulamento Comunitário de Eco-Gestão e Auditorias (EMAS). Os requisitos da norma e os 5 passos para a sua implementação. Os requisitos adicionais EMAS III e a sua implementação. Integração do SGA com outros Sistemas de Gestão. 24 horas. As Auditorias Internas permitem através de um processo sistemático, independente e documentado evidenciar e avaliar objetivamente o cumprimento dos princípios legais e normativos inerentes à implementação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA). Fique apto a realizar Auditorias Internas na área do Ambiente (ISO 14001), de acordo com a ISO e sob os pontos de vista técnicos e comportamentais. Quadros superiores e médios com responsabilidade ao nível da Gestão Ambiental e na realização de auditorias. Consultores. Os requisitos da norma ISO e EMAS na perspetiva do auditor. A norma ISO As fases de auditoria. A relação auditor/auditado. Caso prático Realização de uma auditoria em contexto real de trabalho. 40 horas. Curso com avaliação Conheça o Decreto Lei n.º 147/2008, de 29 de julho (Diploma da Responsabilidade Ambiental), que estabelece o regime jurídico da responsabilidade por danos ambientais. Profissionais ligados à área ambiental que pretendam adquirir conhecimentos sobre a legislação da responsabilidade ambiental e gestão de riscos ambientais. Responsabilidade ambiental - introdução, conceitos, enquadramento legal e normativo. Estudo e interpretação do DL 147/2008. Implicações para as empresas da aplicação do novo Diploma. Gestão de riscos. 16 horas. contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. 15

16 A4. Legislação Ambiental A5. Gestão de resíduos A6. Identificação e Avaliação de Aspetos Ambientais Com esta formação os participantes terão os conhecimentos sobre o quadro legislativo ambiental a cumprir. Quadros superiores e médios com responsabilidade ao nível da Gestão Ambiental e na realização de auditorias. Consultores e auditores. Enquadramento Legal (Legislação Comunitária e Nacional). Legislação ambiental específica: licenciamento, água, resíduos, emissões gasosas, riscos de acidentes industriais graves. 24 horas. Fique sensibilizado para o quadro legislativo ambiental a cumprir no que se refere aos resíduos e para todo o processo inerente à sua gestão, nomeadamente o sistema de classificação de resíduos (LER Lista Europeia de Resíduos). Quadros médios e superiores, com responsabilidades ao nível da Gestão de Resíduos e/ou com funções na área Ambiental. Caracterização de Resíduos. Monitorização. Operações de Eliminação e Valorização: Reciclagem; Processos biológicos; Incineração; Aterros. Transporte de Resíduos. Gestão de Resíduos. 24 horas. Fique apto a identificar os aspetos ambientais e avaliar os seus impactes no ambiente. Conheça as metodologias de identificação dos aspetos ambientais e avaliação dos seus Impactes, bem como da importância da legislação no processo de avaliação. Quadros superiores e médios com responsabilidade ao nível da Gestão Ambiental e na realização de auditorias. Consultores. Metodologias de identificação dos aspetos ambientais e avaliação dos seus impactes. A importância da legislação no processo de avaliação dos impactes. Estudos de casos. 8 horas. 16

17 A7. Plano de Monitorização Ambiental Fique apto a identificar e a implementar planos de monitorização em relação aos aspetos passíveis de poluição ambiental. Quadros superiores e médios com responsabilidades ao nível da Gestão Ambiental e na realização de auditorias. Consultores. Identificação de aspetos e avaliação de impactes ambientais. Planos de monitorização: requisitos e técnicas de amostragem e análise, estabelecimento de planos, gestão dos planos de monitorização. Avaliação de resultados e da conformidade legal. 8 horas. A8. Requisitos legais ambientais e avaliação da sua conformidade legal Conheça o enquadramento legislativo ao nível dos diversos domínios (água, ar, solo, resíduos, ruído, energia) e saiba como definir as metodologias para avaliação da sua conformidade. Saiba como analisar e interpretar a legislação face à sua aplicabilidade nos diversos domínios empresariais. Saiba ainda como organizar listas de verificações. Quadros superiores e médios com responsabilidades ao nível da Gestão da Segurança e na realização de auditorias. Consultores e auditores que pretendam aprofundar ou reciclar os seus conhecimentos. Enquadramento legislativo ao nível dos diversos domínios (água, ar, solo, resíduos, ruído, energia). Análise e interpretação da legislação e sua aplicabilidade nos diversos domínios empresariais. Organização de listas de verificações. Casos Práticos. 16 horas. A19. Qualificação de Gestores E auditores Internos do Ambiente Os Gestores do Ambiente precisam de ter as competências adequadas, técnicas e comportamentais, de modo a potenciar o seu contributo para o cumprimento legal e para a obtenção de mais-valia na Organização. Este curso está desenvolvido assumindo a norma ISO como principal referência para modelo de Gestão do Ambiente. Todos aqueles que pretendam adquirir ou aperfeiçoar conhecimentos com vista ao exercício de funções na área da Gestão e/ou Coordenação Ambiental. Enquadramento Legal (Legislação Comunitária e Legislação Nacional Legislação Ambiental Especifica. Enquadramento normativo: A norma NP EN ISO e o Regulamento Comunitário de Eco-Gestão e Auditorias (EMAS). Identificação de aspetos e avaliação de impactes ambientais. Planos de monitorização ambiental. A função de Gestor do Ambiente : Principais Responsabilidades (típicas) Liderança de equipas/ eficácia da comunicação. As auditorias. 116 horas. Curso com avaliação modular. contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. 17

18 GF1. Introdução aos referenciais de Certificação Florestal A certificação da Gestão Florestal Sustentável possibilita à sua Organização demonstrar o compromisso em garantir florestas sustentáveis e bem geridas, com a satisfação dos seus clientes, bem como a melhoria contínua da sua imagem corporativa. Demonstre o seu compromisso com uma Gestão Florestal Sustentável e prove o seu empenho na satisfação do Cliente. Quadros médios/superiores com responsabilidade ao nível da cadeia da responsabilidade e/ou da certificação. Principais sistemas de certificação florestal. Tipos de certificação: a certificação da gestão florestal e a certificação da cadeia de responsabilidade. As normas da gestão florestal sustentável FSC e PEFC. O processo de certificação florestal. 16 horas. 18

19 Outras Ações formativas A9. Prevenção e Controlo Integrado da Poluição (PCIP). A10. Mercado do Carbono: CELE - Comércio Europeu de Licenças de Emissão. A13. O Regulamento Geral do Ruído DL 9/2007. A14. Environmental Management Systems / Lead Auditor Course certified by IRCA. Number A Consultar brochura Formação Avançada para Auditores. A15. ISO / Auditor Conversion Course certified by IRCA. Number A Consultar brochura Formação Avançada para Auditores. A17. Pós-Graduação/Especialização em Sistemas de Gestão Ambiental. Consultar brochura de Formação Pós-Graduada e Especializações A20. Atualização da Legislação sobre Gestão de Resíduos. Workshops/Seminários Técnicos: Diretivas ROHS e WEEE. Regulamento REACH Os próximos passos. Outros a serem desenvolvidos. contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. Mais informações Através de: t.: * f.: e.: de seg. a sex. das 9h às 18h. 19

20 SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO 20

21 ST3. Segurança e Saúde do Trabalho ST5. Implementação de Sistemas de Gestão da Segurança OHSAS ST6. Qualificação de Auditores Internos da Segurança OHSAS Saiba como coordenar tecnicamente as atividades de Segurança e Saúde do Trabalho, colaborando na definição da política geral da empresa relativa à SST e desenvolvendo processos de avaliação de riscos profissionais. Quadros superiores e médios, chefias intermédias e operacionais com intervenção no Sistema de Gestão da Segurança, representantes dos trabalhadores/empregadores. Introdução à Segurança e Saúde do Trabalho e enquadramento legislativo. Organização dos Serviços de SST. Higiene do Trabalho: Riscos Químicos, Físicos e Biológicos. Ergonomia. Avaliação e controlo dos riscos. Organização da empresa para a emergência. 32 horas. Saiba como desenvolver eficazmente um Sistema de Gestão da Segurança, evidenciando o cumprimento dos requisitos da norma OHSAS Quadros médios e superiores de empresas com responsabilidades na área da Segurança. Técnicos e Técnicos Superiores de SST. Consultores. Sistema de Gestão da Segurança e Saúde Ocupacional: Referências normativas (OHSAS e NP 4397), requisitos legais e outros. Implementação do Sistema de Gestão de Segurança. Identificação de Perigos e Avaliação de Riscos - técnicas e metodologias. Monitorização e medição do desempenho do sistema. Preparação para Emergências. 24 horas. Fique apto a realizar auditorias internas da Segurança, de acordo com a OHSAS e sob os pontos de vista técnicos e comportamentais. Quadros superiores e médios com responsabilidade ao nível da Gestão da Segurança e na realização de auditorias. Consultores. Identificação de perigos, análise de risco, legislação e estatística de acidente. Introdução às auditorias: tipos e âmbitos. A norma ISO As fases de uma Auditoria: preparação, realização, relatório e apresentação dos resultados. Parte comportamental: a relação auditor/auditado. Caso prático Realização de uma auditoria em contexto real de trabalho com referencial OHSAS horas. Curso com avaliação. Necessários conhecimentos e/ou experiência na implementação de Sistemas OHSAS contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. 21

22 ST7. Avaliação da Conformidade Legal ST8. Organização da Emergência/ Planos de Emergência Internos (Curso reconhecido pela ACT para renovação de CAP de Técnico Superior e Técnico de Higiene e Segurança do Trabalho) ST9. Segurança de Máquinas e Equipamentos Fique a conhecer o quadro legal aplicável à sua organização e a definição de metodologias para avaliação da sua conformidade. Quadros superiores e médios com responsabilidade ao nível da Gestão da Segurança e na realização de auditorias. Consultores e auditores. Quadro legal da prevenção de riscos profissionais relativo à gestão de um sistema de prevenção. Organização dos serviços de Segurança e Saúde do Trabalho. Legislação específica relativa a Agentes Físicos, Químicos, Biológicos, Máquinas e Equipamentos de Trabalho, Licenciamento Industrial. Organização de listas de verificações. 8 horas. Saiba identificar situações de emergência e elaborar um Plano de Emergência Interno. Quadros superiores e médios com responsabilidade ao nível da Gestão da Segurança. Consultores e auditores. A necessidade da organização da emergência. Enquadramento legal. Recursos e meios para a organização da emergência. Tipos de sinistros e cenários de emergência. Conteúdo e elaboração de planos de emergência para fazer face a sinistros. Implementação de planos de emergência. 8 horas. Curso com avaliação. Fique apto a identificar os requisitos de segurança associados às máquinas e equipamentos e a implementar a Diretiva Máquinas. Quadros superiores e médios com responsabilidade ao nível da Gestão da Segurança, da Produção e da Manutenção. Consultores, auditores e técnicos de segurança que pretendam aprofundar ou reciclar os seus conhecimentos. Enquadramento legal Diretiva Máquina e Equipamentos. DL 103/2008 e DL 50/2005. Equipamentos de trabalho: riscos, medidas preventivas e de proteção e legislação aplicável. Normas técnicas, códigos de boas práticas, informação técnica, manuais de instruções dos equipamentos. Casos Práticos 16 horas. 22

23 ST10. Regulamento de Segurança Contra Incêndios em Edifícios (Curso reconhecido pela ACT para renovação de CAP de Técnico Superior e Técnico de Higiene e Segurança do Trabalho) ST15. Trabalhador Designado para a SHST (Curso reconhecido pela ACT) ST25. Organização e Gestão da Emergência (Curso reconhecido pela ACT para renovação do CAP de técnico e técnico superior de Higiene e Segurança do Trabalho) O Regime da Segurança Contra Incêndios em Edifícios (RSCIE) veio estender o seu âmbito de aplicação a edifícios que não se encontravam legislados. Venha conhecer os métodos necessários à sua implementação. Técnicos de segurança, técnicos de companhias de seguros, arquitetos, projetistas, Técnicos de licenciamento de obras. O Decreto-Lei 220/2008 e a Portaria 1532/2008. Enquadramento específico. Caracterização das utilizações-tipo e cenários de risco. Medidas de auto-proteção. Principais obrigações. Disposições e condições gerais. 8 horas. Curso com avaliação. Qualifique-se como o trabalhador da empresa que desempenha as atividades relacionadas com a Segurança e Saúde do Trabalho, coordenando tecnicamente as atividades de SST. Colaboradores de empresas com responsabilidades ao nível da Saúde e Segurança do Trabalho. Conceitos básicos de Segurança e Saúde do Trabalho. Riscos gerais e a sua prevenção. Elementos básicos de gestão da prevenção de riscos profissionais. Riscos específicos e a sua prevenção. 35 horas. Curso com avaliação. No final da ação de formação, os formandos estarão aptos a identificar situações de emergência, a elaborar Planos de Emergência Interna, a identificar riscos de incêndio e explosões e a implementar medidas de prevenção e controlo destes riscos, tendo por base os conceitos fundamentais presentes na legislação. Quadros superiores e médios com responsabilidade ao nível da Gestão da Segurança. Consultores e auditores. Organização da Emergência Planos de Emergência Interna Segurança contra Incêndios 34 horas. Curso com avaliação. contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. 23

24 ST26. Diretiva ATEX ST27. Renovação de CAP de Técnico Superior e de Técnico de Segurança, Higiene e Saúde do Trabalho (Curso reconhecido pela ACT) A Diretiva 94/9/CE, conhecida como Diretiva ATEX, é aplicável aos aparelhos e sistemas de proteção destinados a serem utilizados em atmosferas potencialmente explosivas; aos dispositivos de segurança, de controlo e de regulação destinados a serem utilizados fora de atmosferas potencialmente explosivas, mas que sejam necessários ou que contribuam para o funcionamento seguro dos aparelhos e sistemas de proteção no que se refere aos riscos de explosão. Responsáveis de Segurança, Técnicos, Técnicos Superiores de Segurança e Higiene do Trabalho e restantes profissionais com responsabilidades no nível da SHST. Diretiva ATEX requisitos de segurança em atmosferas potencialmente explosivas (Decreto-Lei nº236/2003, 30 de setembro). Classificação de zonas ATEX. Principais medidas de prevenção e proteção ATEX. Análise de riscos de ATEX. Estudo de caso. 8 horas. Para técnicos mais inexperientes, que necessitem de renovar o seu CAP, este curso apresenta conteúdos abrangentes sobre as diversas vertentes da Segurança e Saúde do Trabalho. Técnicos nível IV e Técnicos Superiores nível VI que pretendam renovar o seu CAP de SST, e que não tenham experiência de trabalho efetiva na área. Obrigações legais do empregador. Avaliação da Conformidade legal. Organização da Emergência. Planos de Emergência Interna. Segurança contra Incêndios. Segurança em Atmosferas Perigosas. Primeiros Socorros atuação em caso de acidentes. Averiguação de acidentes - Enquadramento legal. Metodologias de Investigação de Acidentes. Avaliação. 100 horas. Curso com avaliação. 24

25 Outras Ações formativas ST1. Sensibilização à Segurança e Saúde do Trabalho. ST2. Obrigações Legais do Empregador. ST11. Norma NP 4413: Manutenção de Extintores. ST12. Certificado / Passaporte de Segurança. ST13. Averiguação de Acidentes de Trabalho ST14. Práticas de Socorrismo e Suporte Básico de Vida. ST16. VCA BÁSICO. ST17. Qualificação de Operadores de Equipamentos - DL 50/2005. ST18. OHSAS / Lead Auditor Course certified by IRCA. Number A Consultar brochura Formação Avançada para Auditores. ST22. Técnico Superior de Segurança no Trabalho, Curso reconhecido pela ACT. Consultar brochura de Formação Pós-Graduada e Especializações ST23. Gestão da Segurança e Saúde do Trabalho (Técnico Superior de Segurança do Trabalho), curso reconhecido pela ACT. ST29. VCA SUPERVISOR. ST31. Segurança em Espaços Confinados. Mais informações Através de: contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. t.: * f.: e.: de seg. a sex. das 9h às 18h. 25

26 RS1. Elaboração de Relatórios de responsabilidade social Sustentabilidade segundo as Diretrizes GRI (Global Reporting Iniciative) As ferramentas disponíveis para a emissão de Relatórios de Sustentabilidade e as suas principais linhas orientadoras, permitem identificar o tipo de relatório mais apropriado para cada organização e quais as necessidades em termos de informação para a execução do projeto. Todos os profissionais com envolvimento ao nível da elaboração de Relatórios de Sustentabilidade das suas organizações. Key Drivers e as pressões sobre as organizações para a Responsabilidade Social e Sustentabilidade e sua ligação aos compromissos da Gestão de Topo. Identificação dos stakeholders da organização (Mapeamento de Stakeholders) e das suas preocupações (Questões Materiais). Enquadramento e propósitos dos Relatórios de Sustentabilidade; linhas orientadoras e normas aplicáveis. Diretrizes para Relatórios de Sustentabilidade do Global Reporting Initiative (GRI) G3. Processo de elaboração de Relatórios de Sustentabilidade. Verificação independente de Relatórios de Sustentabilidade. 8 horas. 26

27 RS2. Implementação de Sistemas de Gestão da Responsabilidade Social SA8000 Ao conhecer e interpretar os requisitos da norma SA8000, os participantes conseguirão identificar as mais-valias da implementação de um Sistema de Gestão da Responsabilidade Social segundo este referencial. Gestores com responsabilidades ao nível da implementação de um Sistema de Gestão da Responsabilidade Social e/ou no desenvolvimento estratégico da organização. Consultores e auditores. Enquadramento e evolução histórica da Responsabilidade Social. Os principais referenciais normativos. Interpretação dos requisitos da SA8000. O processo de implementação de um Sistema de Gestão da Responsabilidade Social. O processo de certificação: um caso de estudo. Integração com Sistemas de Gestão da Qualidade, de Ambiente e de Segurança. 24 horas. RS3. Sistemas de Gestão da Responsabilidade Social NP Responda às questões relacionadas com a Responsabilidade Social e à necessidade emergente das organizações lidarem com esta temática enquanto elemento indissociável do seu papel na sociedade. Conheca e interprete os requisitos da NP , com vista à sua implementação. Gestores com responsabilidades ao nível da implementação de um Sistema de Gestão da Responsabilidade Social e/ou no desenvolvimento estratégico da Gestão da organização. Os principais referenciais normativos e as iniciativas mais relevantes na abordagem à Responsabilidade Social. Interpretação e implementação dos requisitos da NP O processo de certificação. Integração com o Sistema de Gestão da Qualidade, de Ambiente e de Segurança. 24 horas. Outras Ações formativas RS4. Auditorias Internas da Responsabilidade Social SA8000. RS5. Responsabilidade das Organizações - A Vertente Social do Desenvolvimento Sustentável. RS6. SA8000 Introduction & Basic Training Course (promovido pela SAI - Social Accountability International). RS7. Social Systems Auditor / Lead Auditor Course certified by IRCA. Number A Consultar brochura Formação Avançada para Auditores. RS9. A Responsabilidade Social como a via para o sucesso sustentado através da inovação e qualidade. Mais informações Através de: contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. t.: * f.: e.: de seg. a sex. das 9h às 18h. 27

28 investigação, desenvolvimento e Inovação 28

29 IDI 1. Implementação de Sistemas de Gestão da Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI) - NP 4457 As economias mais avançadas são aquelas em que as organizações têm maior capacidade de Inovação. Fator essencial para a competitividade, a Inovação deve ser resultado de uma abordagem corajosa e sem preconceitos ao conhecimento. Perspetivando a Inovação como um mecanismo gerador de riqueza, a NP 4457 foi desenvolvida de forma a facilitar a gestão do conhecimento e das atividades de investigação e desenvolvimento. Por isso é compatível com as normas de Sistemas de Gestão da Qualidade (ISO 9001) e Ambiente (ISO 14001), bem como com outras normas de Sistemas de Gestão. IDI 2. Auditorias a Sistemas de Gestão e Projetos de IDI NP 4457 e NP 4458 Fique apto a realizar Auditorias segundo os referenciais NP 4457 e NP 4458, sob os pontos de vista técnicos e comportamentais. Quadros superiores e médios com responsabilidade ao nível dos Sistemas de Gestão IDI e projetos que se pretendam qualificar enquanto auditores internos. Consultores e auditores que pretendam aprofundar ou reciclar os seus conhecimentos. Outras Ações formativas IDI 3. Empreendedorismo e Inovação. Workshops/Seminários Técnicos: A desenvolver. Gestores, quadros médios e superiores de empresas com responsabilidades ao nível dos Sistemas de Gestão. Consultores, auditores e outros profissionais com interesse na área da Investigação, Desenvolvimento e Inovação. Inovação enquadramento, conceitos, modelos. Norma NP Requisitos do Sistema de Gestão da IDI. Sistema de Gestão de IDI processos e ferramentas na prática. Integração de Sistemas de Gestão. 24 horas. contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. Os requisitos da Norma NP 4457 na perspetiva do auditor. Os requisitos da Norma NP 4458 na perspetiva do auditor. A norma ISO As fases de auditoria. A relação auditor/auditado. O planeamento e a gestão do tempo. A expressão escrita no relatório de auditoria. Casos práticos Simulações ou realização de uma auditoria em contexto real de trabalho. 40 horas. Curso com avaliação. Mais informações Através de: t.: * f.: e.: de seg. a sex. das 9h às 18h. 29

30 sistemas integrados de gestão 30

31 I1. Implementação de Sistemas Integrados de Gestão: Qualidade, Ambiente, Segurança e Responsabilidade Social O desenvolvimento e implementação de Sistemas Integrados de Gestão da Qualidade, Ambiente, Segurança e Responsabilidade Social (SIGQASRS) é uma aposta que as organizações fazem no sentido de garantir a qualidade dos seus produtos e serviços, a preservação do meio ambiente e a segurança e bem estar dos seus colaboradores. Todos os profissionais com responsabilidade nas áreas da Qualidade, Ambiente, Segurança e Responsabilidade Social e que pretendam implementar ou manter um Sistema Integrado de Gestão. Sistemas de Gestão e suportes. Vantagens dos Sistemas Integrados. Compatibilidade entre os referenciais normativos. Requisitos comuns. Planeamento. Implementação. Verificação. Melhoria Continua. 32 horas. contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. I2. Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão: Qualidade, Ambiente, Segurança e Responsabilidade Social As auditorias constituem uma importante ferramenta na medida em que permitem através de um processo sistemático, independente e documentado evidenciar e avaliar objetivamente o cumprimento dos princípios constantes no Manual da Qualidade, Procedimentos e outra documentação da empresa. A identificação de discrepâncias entre o que está previsto e a sua aplicação real, conduz a ações corretivas que visam a otimização do funcionamento interno e consequentemente a melhoria contínua dos Sistemas Implementados. Colaboradores com responsabilidades na realização de auditorias a Sistemas Integrados de Gestão. Introdução às auditorias. Programação de auditorias a Sistemas Integrados. Introdução aos Sistemas Integrados. Auditar os Requisitos Legais (aspetos críticos). Auditar o Planeamento. Auditar os Processos de Realização. Auditar a Monitorização e Medição. Realização de auditoria em contexto real ou simulação em sala. 56 horas. Curso com avaliação. Requisito de acesso ao curso: experiência ou formação em sistemas integrados, ou, no mínimo, o domínio de um dos Sistemas de Gestão. Outras Ações formativas I3. Pós-Graduação/Especialização em Sistemas Integrados de Gestão (Algarve, Funchal, Leiria, Lisboa, Ponta Delgada e Porto) I7. Mestrado em Ambiente, Saúde e Segurança (Açores) Consultar brochura de Formação Pós-Graduada e Especializações Mais informações Através de: t.: * f.: e.: de seg. a sex. das 9h às 18h. 31

32 GESTÃO DO RISCO, SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO E CONTINUIDADE DO NEGÓCIO GR1. Gestão do Risco Este curso tem como objetivo sensibilizar os participantes para os riscos a que as organizações podem estar sujeitas, bem como apresentar de forma sumária, as ferramentas, as metodologias e as normas que existem e que permitem gerir esses riscos. Quadros médios e superiores com funções de Gestão e/ou continuidade do negócio. Exemplos de riscos a que as organizações estão sujeitas. Metodologias para prever o risco. Ferramentas para gerir o risco: BS de Business Continuity; ISO de Gestão da Segurança da Informação; ISO de Gestão da Segurança e ISO de Gestão do Risco. 8 horas. 32

33 GR3. Gestão da Continuidade do Negócio - BS Quanto custa à sua empresa estar parada um dia? E uma semana? A Gestão da Continuidade do Negócio (GCN) envolve a recuperação e continuidade das atividades do negócio no caso de uma rutura, bem como a gestão de um programa geral para assegurar a permanente atualização do Plano de Continuidade do Negócio. Mesmo que uma organização nunca tenha passado por um incidente sério, estabelecer um Sistema de Gestão da Continuidade do Negócio construído com base na BS ajuda a definir os processos chave do negócio e os impactos que resultariam da concretização de qualquer ameaça. Quadros médios e superiores com funções ao nível da gestão e/ou funções-chave para a continuidade do negócio. Enquadramento e estudo detalhado da norma BS Integração da GCN na cultura organizacional. Determinação da estratégia da GCN. Desenvolvimento e implementação de soluções de GCN. Análise de impacto no negócio identificação das atividades e recursos críticos que suportam os produtos/ serviços chave, assim como o impacto da sua falha na organização. 24 horas. contactos : t (de Seg. a Sex. das 9h às 18h). //. GR4. Implementação de Sistemas de Gestão da Segurança da Informação ISO Após a realização desta acão, os formandos serão capazes de explicar os propósitos e objetivos de um Sistema de Gestão da Segurança da Informação, descrever os requisitos da norma ISO e aplicar os princípios da Gestão do Risco enquadrados com um Sistema de Gestão da Segurança da Informação. Profissionais que desejam aprofundar os seus conhecimentos em Segurança da Informação e na norma ISO Abordagem à Gestão da Segurança da Informação e preparação para a ISO Implementação da ISO Descrição e estudo detalhado das secções e requisitos da norma ISO Abordagem à segurança física e ambiental. Como implementar medidas de controlo para a gestão operacional e comunicações. Como implementar um sistema de controlo de acessos. Como abordar o desenvolvimento e manutenção do sistema. O que é expectável para a gestão da continuidade do negócio. Certificação: preparação para a certificação. O processo de certificação. 16 horas Outras Ações formativas GR5. Gestão de Serviços de Tecnologias de Informação ISO/IEC GR6. Business Continuity Management / Lead Auditor Course certified by IRCA. Number A GR8. ISO / Lead Auditor Course certified by IRCA. Number A GR10. ISO / Lead Auditor Course certified by IRCA. Number A Consultar brochura de Formação Avançada para Auditores GR11. A norma ISO Gestão do Risco. Mais informações Através de: t.: * f.: e.: de seg. a sex. das 9h às 18h. 33

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO QUALIDADE, AMBIENTE, SEGURANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL FORMAÇÃO SGS ACADEMY PORQUÊ A SGS ACADEMY? Criada, em 2003, como área de negócio da

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR FORMAÇÃO SGS ACADEMY LOCAL: LISBOA, PORTO E FUNCHAL GRUPO SGS PORTUGAL O Grupo SGS Société Générale de Surveillance S.A é a maior

Leia mais

SGS ACADEMY JANEIRO - DEZEMBRO 2011 - WWW.PT.SGS.COM/ACADEMY PLANO DE

SGS ACADEMY JANEIRO - DEZEMBRO 2011 - WWW.PT.SGS.COM/ACADEMY PLANO DE SGS ACADEMY Portugal JANEIRO - DEZEMBRO 2011 - WWW.PT.SGS.COM/ACADEMY PLANO DE FORMAÇÃO 2011 7623648194567890283765 4562019283746528374657 6236481976236481946543 7623648194654345678902 8762364819465434567890

Leia mais

Plano JANEIRO - DEZEMBRO 2010 - WWW.PT.SGS.COM/ACADEMY. Formação

Plano JANEIRO - DEZEMBRO 2010 - WWW.PT.SGS.COM/ACADEMY. Formação Plano JANEIRO - DEZEMBRO 2010 - WWW.PT.SGS.COM/ACADEMY de Formação 2010 9356523384959343203 3432044473837995168 4198404352473837284 2063582910395593485 0683382917449573207 Índice 1963046266189574698 2788654943239216281

Leia mais

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada.

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. Anexo A Estrutura de intervenção As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. 1. Plano de ação para o período 2016

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO EXTERNA 2015. Qualidade

PLANO DE FORMAÇÃO EXTERNA 2015. Qualidade (Isento IVA) Qualidade Norma ISO 9001 Qualidade (nova versão ) Gestores da Qualidade 7 outubro Formar acerca do conteúdo da Norma de referência ISO 9001 Sistemas de gestão da qualidade: requisitos Conhecer

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE

PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE A Pós-Graduação em Qualidade na Saúde pretende responder à evolução do setor da Saúde em Portugal, o qual tem vindo a impor crescentes exigências às entidades prestadoras

Leia mais

MASTER EXECUTIVO GESTÃO ESTRATÉGICA

MASTER EXECUTIVO GESTÃO ESTRATÉGICA Pág.: 1/10 HISTÓRICO DO DOCUMENTO / EMISSÃO Data Ver. Objeto da Revisão Elab. / Verif. (Função / Nome / Assinatura(*)) C. Técnicocientífica/ S. Iglésias Aprovação (Função / Nome / Assinatura(*)) Diretora/

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO 2015 Página 1 de 6

PLANO DE FORMAÇÃO 2015 Página 1 de 6 AMBIENTE ECONOMIA SOCIAL ENERGIA A Certificação da Gestão Florestal e Cadeia de Responsabilidade FSC ou PEFC Acompanhamento Ambiental em Obra e Gestão de RCD s (e-xz) Auditorias Ambientais (e-xz) Conformidade

Leia mais

Calendário Formação 2011

Calendário Formação 2011 ÁREA: SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE Implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade IS0 9001:2008 16 HORAS 21 FEV 22 FEV LISBOA 21 MAR 22 MAR LISBOA 16 MAI 17 MAI PORTO 10 OUT 11 OUT LISBOA 14 NOV

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY

PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY A Pós-Graduação Qualidade na Saúde permitiu-me adquirir e consolidar conhecimentos nesta área. Constitui uma mais-valia para os profissionais de saúde,

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE, AMBIENTE, SHST E RESPONSABILIDADE SOCIAL

GESTÃO DA QUALIDADE, AMBIENTE, SHST E RESPONSABILIDADE SOCIAL DOS MÓDULOS GESTÃO DA QUALIDADE, AMBIENTE, SHST E RESPONSABILIDADE SOCIAL Criar competências que possibilitem a utilização da Gestão da Qualidade, Ambiente, Segurança e Responsabilidade Social como uma

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY POSSIBILIDADE DE FREQUÊNCIA À DISTÂNCIA

PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY POSSIBILIDADE DE FREQUÊNCIA À DISTÂNCIA PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY POSSIBILIDADE DE FREQUÊNCIA À DISTÂNCIA TESTEMUNHOS A Pós-Graduação Qualidade na Saúde permitiu-me adquirir e consolidar conhecimentos nesta área.

Leia mais

MASTER GESTOR ESTRATÉGICO DE PRODUTO ALIMENTAR

MASTER GESTOR ESTRATÉGICO DE PRODUTO ALIMENTAR MASTER GESTOR ESTRATÉGICO DE PRODUTO ALIMENTAR MASTER ENQUADRAMENTO O master Gestor Estratégico de Produto Alimentar, da SGS Academy, visa proporcionar aos seus formandos conhecimentos específicos sobre

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL

PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ENTIDADES PARCEIRAS GRUPO SGS PORTUGAL (www.pt.sgs.com) O Grupo SGS Société Générale de Surveillance S.A é a maior organização mundial no domínio da inspecção,

Leia mais

AUDITORIA DE DIAGNÓSTICO

AUDITORIA DE DIAGNÓSTICO 1.1 POLíTICA AMBIENTAL 1.1 - Política Ambiental - Como está estabelecida e documentada a política e os objetivos e metas ambientais dentro da organização? - A política é apropriada à natureza e impactos

Leia mais

CALENDÁRIO FORMAÇÃO 2015

CALENDÁRIO FORMAÇÃO 2015 CALENDÁRIO BUREAU VERITAS Pólo Tecnológico de Lisboa - Lote 21 1600 485 LISBOA 217 100 934 Visite o nosso site: formacao.bureauveritas.pt SEMINÁRIOS ISO 9001:2015 Preparação para a Transição 7 LISBOA 1

Leia mais

MASTER GESTÃO COMERCIAL E VENDAS

MASTER GESTÃO COMERCIAL E VENDAS MASTER GESTÃO COMERCIAL E VENDAS MASTER GESTÃO COMERCIAL E VENDAS ENQUADRAMENTO Na realidade do mercado atual, focar-se nos clientes, conhecê-los, perceber as suas necessidades e motivações, é fundamental

Leia mais

Uma Questão de Atitude...

Uma Questão de Atitude... Uma Questão de Atitude... Catálogo de Formação 2014 1 Introdução 3 Soluções de Formação 3 Áreas de Formação 4 Desenvolvimento Pessoal 5 Comercial 12 Secretariado e Trabalho Administrativo 15 Indústrias

Leia mais

Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição

Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição Parceria entre a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTSC) www.estescoimbra.pt e o CTCV www.ctcv.pt Nota Prévia

Leia mais

Gestão de Instalações Desportivas

Gestão de Instalações Desportivas Gestão de Instalações Desportivas Ambiente, Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Módulo 10 sessão 3 Gestão de Instalações Desportivas 1.3. Sistemas integrados de qualidade, ambiente e segurança Ambiente,

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DETALHADO FORMAÇÃO DE ESPECIALISTA EM SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DETALHADO FORMAÇÃO DE ESPECIALISTA EM SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO PARTE 1 ESTRUTURA DO SGI Módulo SGI-1.0 - Introdução (04 horas) Apresentação da metodologia do Programa de Formação Manual do Aluno Critérios de aprovação e reposição de módulos Uso da plataforma do Ambiente

Leia mais

Edital de abertura de concurso. Curso de Especialização Tecnológica (Nível IV) Gestão da Qualidade e Ambiente

Edital de abertura de concurso. Curso de Especialização Tecnológica (Nível IV) Gestão da Qualidade e Ambiente 1. Perfil Profissional Edital de abertura de concurso Curso de Especialização Tecnológica (Nível IV) Gestão da Qualidade e Ambiente O/A Técnico/a Especialista em Gestão da Qualidade e do Ambiente é o/a

Leia mais

AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004

AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004 Ed. de Serviços da Exponor, 2º Av. Dr. António Macedo 4450 617 Leça da Palmeira t: 22 999 36 00 f: 22 999 36 01 e-mail: info@apcer.pt www.apcer.pt Formação Empresa 4450-617 Leça da Palmeira t: 22 998 1753

Leia mais

XLM Innovation & Technology

XLM Innovation & Technology 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa A XLM, sedeada em Aveiro, iniciou a sua atividade em 1995. Nesta data, a sua área de atuação cingia-se à venda, instalação e assistência técnica

Leia mais

Certificação das Entidades de Acção Social. Soluções e Desafios. rita.porto@apcer.pt Lisboa, 11 de Dezembro. Orador: www.apcer.pt.

Certificação das Entidades de Acção Social. Soluções e Desafios. rita.porto@apcer.pt Lisboa, 11 de Dezembro. Orador: www.apcer.pt. Certificação das Entidades de Acção Social Soluções e Desafios rita.porto@apcer.pt Lisboa, 11 de Dezembro www.apcer.pt AGENDA 0. Apresentação da actividade da APCER 1. Actuais exigências e necessidades

Leia mais

S ão as pessoas, não as empresas, que fazem a qualidade do serviço.

S ão as pessoas, não as empresas, que fazem a qualidade do serviço. S ão as pessoas, não as empresas, que fazem a qualidade do serviço. Qualidade Ambiente Segurança A Quambis é uma empresa do Grupo Sondar, que tem como principal finalidade prestar um serviço integrado

Leia mais

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 Andreia Martins Gestora de Cliente andreia.martins@apcer.pt Tópicos Enquadramento do Processo de Revisão Principais Alterações Pensamento Baseado em Risco Informação Documentada

Leia mais

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda.

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda. 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa, com sede em Castelo Branco, é uma empresa criada em 2007 que atua nos domínios da engenharia civil e da arquitetura. Atualmente, é uma empresa

Leia mais

OHSAS 18001:2007 SAÚDE E SEGURANÇA OCUPACIONAL. Benefícios, Certificação, Estrutura, Objetivos, Termos e definições da OHSAS 18001.

OHSAS 18001:2007 SAÚDE E SEGURANÇA OCUPACIONAL. Benefícios, Certificação, Estrutura, Objetivos, Termos e definições da OHSAS 18001. OHSAS 18001:2007 SAÚDE E SEGURANÇA OCUPACIONAL ASPECTOS GERAIS Benefícios, Certificação, Estrutura, Objetivos, Termos e definições da OHSAS 18001. Histórico: Normas e Gestão SSO BS 8800 Instituto Britânico

Leia mais

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 Ana Francisco Gestora de Cliente Tópicos Enquadramento do Processo de Revisão Principais Alterações Pensamento Baseado em Risco Informação Documentada Princípios da Qualidade

Leia mais

FrontWave Engenharia e Consultadoria, S.A.

FrontWave Engenharia e Consultadoria, S.A. 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa é uma empresa criada em 2001 como spin-off do Instituto Superior Técnico (IST). Desenvolve tecnologias e metodologias de inovação para rentabilizar

Leia mais

Training Manager. Certificação PwC. 7, 14 e 21 de março. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC

Training Manager. Certificação PwC. 7, 14 e 21 de março. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC www.pwc.pt/academy Training Manager Certificação PwC 7, 14 e 21 de março Academia da PwC As empresas líderes analisam quais as competências necessárias para o desempenho dos seus colaboradores, implementam

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA. Março de 2015 4ª Edição

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA. Março de 2015 4ª Edição REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA Março de 2015 4ª Edição Índice 1 O DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO... 3 1.1. POLÍTICA E ESTRATÉGIA... 3 1.2. ESTRUTURA... 3 2 CONDIÇÕES DE FUNCIONAMENTO DA

Leia mais

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição www.pwc.pt/academia Controlo de Gestão 2ª Edição Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013 Academia da PwC 2ª edição Este curso permite-lhe compreender melhor os princípios do controlo de gestão, com especial enfoque

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO. Titulo: Sistema de Gestão da Qualidade CMSeixal MANUAL DE GESTÃO V09. Sistema de Gestão da Qualidade

IDENTIFICAÇÃO. Titulo: Sistema de Gestão da Qualidade CMSeixal MANUAL DE GESTÃO V09. Sistema de Gestão da Qualidade IDENTIFICAÇÃO Titulo: Sistema de Gestão da Qualidade CMSeixal MANUAL DE GESTÃO V09 Código: CMSeixalSGQ_2600204_ManualGestaoV09 Destinatários: Trabalhadores, Munícipes e Utentes da CMSeixal Campo de aplicação:

Leia mais

Vencemos juntos. Apresentação da Empresa

Vencemos juntos. Apresentação da Empresa Vencemos juntos Apresentação da Empresa @ 2014 Quem Somos Missão Fornecer ferramentas e recursos, que juntos, colmatam as necessidades dos nossos Clientes tornando-os mais competitivos e eficazes. Visão

Leia mais

Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança

Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança 1. Denominação do curso de especialização tecnológica: Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança 2. Perfil profissional que visa preparar: Técnico (a) Especialista em Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança

Leia mais

Integração de sistemas certificáveis de gestão da qualidade, meio ambiente e segurança do trabalho

Integração de sistemas certificáveis de gestão da qualidade, meio ambiente e segurança do trabalho Integração de sistemas certificáveis de gestão da qualidade, meio ambiente e segurança do trabalho (ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001) Prof. Livre Docente Otávio J. Oliveira UNESP CONTEXTUALIZAÇÃO - Diluição

Leia mais

Catálogo de Formação Intra-Empresas

Catálogo de Formação Intra-Empresas Catálogo de Formação Intra-Empresas QTEL 2015 Índice Quem Somos.....Pág. 3 6 Razões para Escolher a QTEL.....Pág. 5 Formação em Ambiente....Pág. 6 Formação em Gestão e Logística..Pág. 7 Formação em Inovação

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

CALENDÁRIO FORMAÇÃO 2015 1º SEMESTRE

CALENDÁRIO FORMAÇÃO 2015 1º SEMESTRE CALENDÁRIO BUREAU VERITAS Pólo Tecnológico de Lisboa - Lote 21 1600 485 LISBOA 217 100 934 Visite o nosso site: formacao.bureauveritas.pt QUALIDADE Implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade ISO

Leia mais

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 Carolina Nogueira Gestora de Cliente carolina.nogueira@apcer.pt Tópicos Enquadramento do Processo de Revisão Principais Alterações Pensamento Baseado em Risco Informação

Leia mais

ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário. As Normas da família ISO 9000. As Normas da família ISO 9000

ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário. As Normas da família ISO 9000. As Normas da família ISO 9000 ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário Gestão da Qualidade 2005 1 As Normas da família ISO 9000 ISO 9000 descreve os fundamentos de sistemas de gestão da qualidade e especifica

Leia mais

Quem somos DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS TRANSPOR TE DE PASSAGEIROS E CARGAS QUALIDADE SEGURANÇA- MEIO AMBIENTE - SAÚDE

Quem somos DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS TRANSPOR TE DE PASSAGEIROS E CARGAS QUALIDADE SEGURANÇA- MEIO AMBIENTE - SAÚDE Quem somos QUALIDADE SEGURANÇA- MEIO AMBIENTE - SAÚDE TRANSPOR TE DE PASSAGEIROS E CARGAS DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS Quem somos O mercado está cada dia mais competitivo e dentro deste cenário, nasce a

Leia mais

Data de adopção. Referência Título / Campo de Aplicação Emissor. Observações

Data de adopção. Referência Título / Campo de Aplicação Emissor. Observações NP ISO 10001:2008 Gestão da qualidade. Satisfação do cliente. Linhas de orientação relativas aos códigos de conduta das organizações CT 80 2008 NP ISO 10002:2007 Gestão da qualidade. Satisfação dos clientes.

Leia mais

ORIENTAÇÕES NO ÂMBITO DA ELABORAÇÃO DA DECLARAÇÃO AMBIENTAL E RESPETIVAS

ORIENTAÇÕES NO ÂMBITO DA ELABORAÇÃO DA DECLARAÇÃO AMBIENTAL E RESPETIVAS ORIENTAÇÕES NO ÂMBITO DA ELABORAÇÃO DA DECLARAÇÃO AMBIENTAL E RESPETIVAS I. Objetivo ATUALIZAÇÕES As Declarações Ambientais (DA) elaboradas no âmbito do Sistema Comunitário de Ecogestão e Auditoria, devem

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL: ISO 14001. Material Didático: IBB 254 Gestão Ambiental / 2015 Curso: Ciências Biológicas - UFAM

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL: ISO 14001. Material Didático: IBB 254 Gestão Ambiental / 2015 Curso: Ciências Biológicas - UFAM SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL: ISO 14001 Material Didático: IBB 254 Gestão Ambiental / 2015 Conceitos Gerais A gestão ambiental abrange uma vasta gama de questões, inclusive aquelas com implicações estratégicas

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO CONSULTORIA E AUDITORIA ALIMENTAR AUDITOR LÍDER ISO

PÓS-GRADUAÇÃO CONSULTORIA E AUDITORIA ALIMENTAR AUDITOR LÍDER ISO PÓS-GRADUAÇÃO CONSULTORIA E AUDITORIA ALIMENTAR AUDITOR LÍDER ISO 22000:2005 Lead Auditor Training course ENTIDADES PARCEIRAS SGS PORTUGAL SOCIEDADE GERAL DE SUPERINTENDÊNCIA, S.A. O Grupo SGS Société

Leia mais

Sistemas de Gestão de Energia

Sistemas de Gestão de Energia Gestão de Energia e Eficiência Energética nas Empresas Sistemas de Gestão de Energia 25 de Janeiro de 2013 Sistemas de Gestão de Energia Agenda: Gestão de Energia, porquê? Objetivos dos Sistemas de Gestão

Leia mais

Os Modelos de Gestão da Qualidade das Respostas Sociais - Novos desafios

Os Modelos de Gestão da Qualidade das Respostas Sociais - Novos desafios Qualidade e Sustentabilidade das Organizações Sociais Os Modelos de Gestão da Qualidade das Respostas Sociais - Novos desafios Instituto da Segurança Social, I.P. Gabinete de Qualidade e Auditoria 17 de

Leia mais

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES 2015 2 Formar gestores e quadros técnicos superiores, preparados científica e tecnicamente para o exercício de funções na empresa

Leia mais

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel.

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. Projecto A Oficina+ ANECRA é uma iniciativa criada em 1996, no âmbito da Padronização de Oficinas ANECRA. Este projecto visa reconhecer a qualidade

Leia mais

A ISO 50001. Fórum SPQ Expo 27 de Setembro de 2013

A ISO 50001. Fórum SPQ Expo 27 de Setembro de 2013 Fórum SPQ Expo 27 de Setembro de 2013 Agenda Introdução aos Sistemas de Gestão de Energia Princípios da ISO 50001 Relação entre a ISO 50001 e outras normas como a ISO 14001 ou a ISO 9001 2 O problema económico

Leia mais

MASTER EXECUTIVO GESTÃO ESTRATÉGICA

MASTER EXECUTIVO GESTÃO ESTRATÉGICA MASTER EXECUTIVO GESTÃO ESTRATÉGICA MASTER EXECUTIVO GESTÃO ESTRATÉGICA OBJETIVOS: promover competências pessoais específicas; disponibilizar ferramentas práticas de gestão de competências pessoais e profissionais;

Leia mais

Plano de Formação - 2011. Form + Lab. 2 Semestre

Plano de Formação - 2011. Form + Lab. 2 Semestre Plano de Formação - 2011 Form + Lab 2 Semestre Form + Lab O que é? O Form + Lab é um serviço de formação criado para apoiar os laboratórios na valorização e formação dos seus colaboradores dando resposta

Leia mais

Novo Modelo para o Ecossistema Polos e Clusters. Resposta à nova ambição económica

Novo Modelo para o Ecossistema Polos e Clusters. Resposta à nova ambição económica Novo Modelo para o Ecossistema Polos e Clusters Novo Modelo para o Ecossistema Polos e Clusters Resposta à nova ambição económica Resposta à nova ambição económica 02-07-2012 Novo Modelo para o Ecossistema

Leia mais

ISO 9001:2015. www.apcergroup.com. Rui Oliveira APCER

ISO 9001:2015. www.apcergroup.com. Rui Oliveira APCER ISO 9001:2015 Rui Oliveira APCER Agenda Enquadramento do Processo de Revisão Principais Mudanças Pensamento Baseado em Risco Informação Documentada Princípios da Qualidade Próximos Passos Cronograma para

Leia mais

Ciclo de Formação e Treino em Manutenção e TPM

Ciclo de Formação e Treino em Manutenção e TPM Manutenção e A MANUTENÇÃO O PILAR ESSENCIAL DOS SISTEMAS PRODUTIVOS Não seria excelente se existisse um sistema de manutenção que reparasse o seu equipamento antes de ele avariar? Sim, pois quando os equipamentos

Leia mais

NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO

NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO NIP: Nº DO RELATÓRIO: DENOMINAÇÃO DA EMPRESA: EQUIPA AUDITORA (EA): DATA DA VISITA PRÉVIA: DATA DA AUDITORIA: AUDITORIA DE: CONCESSÃO SEGUIMENTO ACOMPANHAMENTO

Leia mais

Benefícios da Certificação para a Administração Pública

Benefícios da Certificação para a Administração Pública Benefícios da Certificação para a Administração Pública Hélder Estradas, 7 de Maio de 2008 Agenda 1 - Resumo Histórico da Certificação em Portugal; 2 - Vantagens da Certificação; 3 - Processo de Certificação.

Leia mais

. evolução do conceito. Inspecção 3. Controlo da qualidade 4. Controlo da Qualidade Aula 05. Gestão da qualidade:

. evolução do conceito. Inspecção 3. Controlo da qualidade 4. Controlo da Qualidade Aula 05. Gestão da qualidade: Evolução do conceito 2 Controlo da Qualidade Aula 05 Gestão da :. evolução do conceito. gestão pela total (tqm). introdução às normas iso 9000. norma iso 9000:2000 gestão pela total garantia da controlo

Leia mais

Portugal 2020 e outros instrumentos financeiros. Dinis Rodrigues, Direção-Geral de Energia e Geologia Matosinhos, 27 de fevereiro de 2014

Portugal 2020 e outros instrumentos financeiros. Dinis Rodrigues, Direção-Geral de Energia e Geologia Matosinhos, 27 de fevereiro de 2014 Portugal 2020 e outros instrumentos financeiros Dinis Rodrigues, Direção-Geral de Energia e Geologia Matosinhos, 27 de fevereiro de 2014 O desafio Horizonte 2020 Compromissos Nacionais Metas UE-27 20%

Leia mais

Seminário CNIS - APCER QUALIDADE - Pressuposto de Diferenciação. Qualidade e Certificação

Seminário CNIS - APCER QUALIDADE - Pressuposto de Diferenciação. Qualidade e Certificação Seminário CNIS - APCER QUALIDADE - Pressuposto de Diferenciação Qualidade e Certificação 27 de Outubro de 2007 Gabriela Lopes Direcção de Certificação e de Auditores www.apcer.pt Agenda O que é a certificação?

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Campus e-learning

APRESENTAÇÃO. Campus e-learning APRESENTAÇÃO Campus e-learning ÍNDICE Bem-vindos ao nosso campus virtual Vantagens da formação e-learning Tecnologia e-learning Conteúdos de qualidade Dinamização do formando Tutorias à medida Áreas Formativas

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE MQ_v5 MANUAL DA QUALIDADE. FORM_001_v1 [Este documento depois de impresso constitui uma cópia não controlada] Página 1 de 22

MANUAL DA QUALIDADE MQ_v5 MANUAL DA QUALIDADE. FORM_001_v1 [Este documento depois de impresso constitui uma cópia não controlada] Página 1 de 22 MANUAL DA QUALIDADE FORM_001_v1 [Este documento depois de impresso constitui uma cópia não controlada] Página 1 de 22 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1 Promulgação... 4 1.2 Âmbito e campo de aplicação do SGQ...

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE DA CONSTRUTORA COPEMA

MANUAL DA QUALIDADE DA CONSTRUTORA COPEMA 1/10 INFORMAÇÕES SOBRE A EMPRESA... 2 ABRANGÊNCIA DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE... 3 1. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE:... 4 - MANUAL DA QUALIDADE... 4 Escopo do SGQ e definição dos clientes... 4 Política

Leia mais

SOlUçõES PARA O CAPItAl HUMANO de SUA EMPRESA

SOlUçõES PARA O CAPItAl HUMANO de SUA EMPRESA SOlUçõES PARA O CAPItAl HUMANO de SUA EMPRESA fundada em 1986 É precursora na implementação de serviços especializados em mapeamentos de competências humanas. Empresa de pesquisa aplicada especializada

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA ABERTURA A People & Skills foi criada para responder às necessidades de um mercado cada vez mais apostado em desenvolver e consolidar competências que

Leia mais

10ª Semana da Responsabilidade Social. Certificação da Responsabilidade Social Geradora de confiança Base para negócios sustentáveis

10ª Semana da Responsabilidade Social. Certificação da Responsabilidade Social Geradora de confiança Base para negócios sustentáveis 10ª Semana da Responsabilidade Social Certificação da Responsabilidade Social Geradora de confiança Base para negócios sustentáveis Enquadramento geral No mundo de hoje todas as sociedades têm ambições

Leia mais

habilidade transformação Conhecimento Excelência comportamento memória capacidade experiência desempenho

habilidade transformação Conhecimento Excelência comportamento memória capacidade experiência desempenho Conhecimento transformação habilidade memória Excelência comportamento desempenho experiência capacidade Como pode a formação contribuir para o seu desenvolvimento e das Organizações? plano de formação

Leia mais

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 O curso de Certificação/Qualificação de Auditores Internos é constituído por 2 módulos com avaliação escrita: 1. Interpretação

Leia mais

NFPA-APSEI Prevenção e Segurança Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho no Grupo EDP. Outubro 2014

NFPA-APSEI Prevenção e Segurança Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho no Grupo EDP. Outubro 2014 NFPA-APSEI Prevenção e Segurança Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho no Grupo EDP Outubro 2014 EDP Valor Direção de Segurança e Saúde Outubro de 2014 Agenda 1. O Grupo EDP 2. O Sistema de Gestão da

Leia mais

ANEXO COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU, AO CONSELHO, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL EUROPEU E AO COMITÉ DAS REGIÕES

ANEXO COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU, AO CONSELHO, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL EUROPEU E AO COMITÉ DAS REGIÕES COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 2.12. COM() 614 final ANNEX 1 ANEXO da COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU, AO CONSELHO, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL EUROPEU E AO COMITÉ DAS REGIÕES Fechar o ciclo

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Qualidade na Saúde 3.

Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Qualidade na Saúde 3. Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Qualidade na Saúde 3.ª Edição 2014/2015 EDITAL A Escola Superior de Tecnologia da Saúde de

Leia mais

SISTEMA GESTÃO AMBIENTAL - SGA

SISTEMA GESTÃO AMBIENTAL - SGA SISTEMA GESTÃO AMBIENTAL - SGA SISTEMA GESTÃO AMBIENTAL - SGA Ciclo de melhoria contínua conhecido como Ciclo PDCA (Plan-Do-Check-Act) EMAS METODOLOGIA FASEADA DE IMPLEMENTAÇÃO FASEADA DO EMAS In, APA,

Leia mais

GUIA DE APOIO. Documento aprovado em sede do Conselho Diretivo Nacional da Ordem dos Engenheiros em 17 de setembro de 2013

GUIA DE APOIO. Documento aprovado em sede do Conselho Diretivo Nacional da Ordem dos Engenheiros em 17 de setembro de 2013 GUIA DE APOIO Documento aprovado em sede do Conselho Diretivo Nacional da Ordem dos Engenheiros em 17 de setembro de 2013 Gabinete de Qualificação Avenida António Augusto de Aguiar, 3D 1069-030 Lisboa

Leia mais

Click to edit Master text styles Second level Third level Fourth level Fifth level. A Importância da Certificação da Qualidade

Click to edit Master text styles Second level Third level Fourth level Fifth level. A Importância da Certificação da Qualidade A Importância da Certificação da Qualidade Seminário "Qualidade e Sustentabilidade das Organizações Sociais Marco de Canaveses, 17 de Fevereiro de 2011 1 Programa Apresentação do Grupo SGS Qualidade e

Leia mais

NOSSA HISTÓRIA. Desde 1988, ano de fundação da Qualtec, desenvolvemos as melhores soluções para nossos clientes.

NOSSA HISTÓRIA. Desde 1988, ano de fundação da Qualtec, desenvolvemos as melhores soluções para nossos clientes. NOSSA HISTÓRIA Desde 1988, ano de fundação da Qualtec, desenvolvemos as melhores soluções para nossos clientes. Estamos preparados para atuar no desenvolvimento, implementação, aprimoramento, treinamento

Leia mais

Pontos críticos das auditorias de segurança do trabalho. Patrícia Serra

Pontos críticos das auditorias de segurança do trabalho. Patrícia Serra Pontos críticos das auditorias de segurança do trabalho Patrícia Serra 1 Objetivos das Auditorias ao SGSST Verificar se o SG cumpre eficazmente a política, os objetivos e metas definidos pela organização

Leia mais

O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal.

O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal. VISÃO & MISSÃO VISÃO O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal. MISSÃO Actuar junto de empresas industriais, de serviços, estabelecimentos de ensino, empresas

Leia mais

Controlo da Qualidade Aula 05

Controlo da Qualidade Aula 05 Controlo da Qualidade Aula 05 Gestão da qualidade:. evolução do conceito. gestão pela qualidade total (tqm). introdução às normas iso 9000. norma iso 9001:2000 Evolução do conceito 2 gestão pela qualidade

Leia mais

PLANO DE MELHORIA CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DO PORTO

PLANO DE MELHORIA CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DO PORTO PLANO DE MELHORIA DO 2015-2017 Conservatório de Música do Porto, 30 de outubro de 2015 1. Introdução... 3 2. Relatório de Avaliação Externa... 5 Pontos Fortes... 5 Áreas de Melhoria... 6 3. Áreas Prioritárias...

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO 2015. Visite o Regulamento da Formação em www.qualiwork.pt

PLANO DE FORMAÇÃO 2015. Visite o Regulamento da Formação em www.qualiwork.pt PLANO DE FORMAÇÃO 2015 Visite o Regulamento da em www.qualiwork.pt A Qualiwork é uma organização certificada segundo a norma ISO 9001 em serviços de Consultoria e no seguinte âmbito: Prestação de serviços

Leia mais

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A.

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. Empresa especializada na concepção, instalação e manutenção de equipamentos para a indústria hoteleira, restauração e similares. Primeira empresa do sector a nível

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO EXTERNA 2016. Qualidade

PLANO DE FORMAÇÃO EXTERNA 2016. Qualidade Qualidade Norma ISO 9001:2015 Qualidade 13 julho 3 novembro Formar acerca do conteúdo da Norma de referência ISO 9001 Sistemas de gestão da qualidade: requisitos Conhecer e saber aplicar as ferramentas

Leia mais

Ajudamos a (sua) empresa a crescer.

Ajudamos a (sua) empresa a crescer. CONSULTORIA Ajudamos a (sua) empresa a crescer. O QUE FAZEMOS SISTEMAS DE GESTÃO GESTÃO DA PRODUÇÃO E DAS PRODUÇÕES PRODUTIVIDADE E INOVAÇÃO INTERNACIONALIZAÇÃO PROJECOS DE INVESTIMENTO E INCENTIVOS

Leia mais

No final do curso os formandos deverão realizar a gestão de uma IPSS, promovendo a sustentabilidade da instituição.

No final do curso os formandos deverão realizar a gestão de uma IPSS, promovendo a sustentabilidade da instituição. 1. OBJETIVOS GERAIS No final do curso os formandos deverão realizar a gestão de uma IPSS, promovendo a sustentabilidade da instituição. 2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Descrever a orgânica das Instituições Sociais;

Leia mais

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Neste curso serão abordadas as melhores práticas que permitem gerir estrategicamente a informação, tendo em vista a criação de valor para

Leia mais

A RELEVÂNCIA DA CERTIFICAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DAS ORGANIZAÇÕES

A RELEVÂNCIA DA CERTIFICAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DAS ORGANIZAÇÕES A RELEVÂNCIA DA CERTIFICAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DAS ORGANIZAÇÕES Cristina Barbosa, Auditora da APCER XIX Congresso da Ordem dos Engenheiros 20-out-2012 Centro Cultural de Belém Resumo da Apresentação

Leia mais

Gestão de Equipas. Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC

Gestão de Equipas. Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC www.pwc.pt/academy Gestão de Equipas Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013 Academia da PwC O sucesso das organizações depende cada vez mais de equipas de alto desempenho. Venha conhecer connosco as melhores

Leia mais

Coordenador da área - Engº Pedro Marques

Coordenador da área - Engº Pedro Marques Requisitos e implementação da ISO 9001 gestão da qualidade, ISO 14001 gestão ambiental e OHSAS 18001 gestão de segurança e saúde no trabalho Coordenador da área - Engº Pedro Marques Índice Duração Total...

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO ESPECÍFICO. Regulamento

CURSO DE FORMAÇÃO ESPECÍFICO. Regulamento CURSO DE FORMAÇÃO ESPECÍFICO ÍNDICE PREÂMBULO... 3 Procedimentos Técnico-Pedagógicos... 4 1.1. Destinatários e condições de acesso... 4 1.2. Organização dos cursos de formação... 4 1.3. Componentes de

Leia mais

Apreenda como os Auditores Externos das diferentes Normas analisam e auditam processos Coordenador Eng.º Pedro Marques

Apreenda como os Auditores Externos das diferentes Normas analisam e auditam processos Coordenador Eng.º Pedro Marques Apreenda como os Auditores Externos das diferentes Normas analisam e auditam processos Coordenador Eng.º Pedro Marques Índice Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos...

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt PT: 00351 217 931 365 AO: 00244 94 112 60 90 MZ: 00258 821 099 522

www.highskills.pt geral@highskills.pt PT: 00351 217 931 365 AO: 00244 94 112 60 90 MZ: 00258 821 099 522 Apresentação... 3 Como Empresa... 3 A nossa Visão... 3 A nossa Missão - A SUA VALORIZAÇÃO, A NOSSA MISSÃO!... 3 Os nossos Valores... 3 Porquê fazer um Curso de Especialização?... 4 Formação Certificada...

Leia mais

Julho/2014 a Março/2015. Catálogo de Treinamentos. Treinamentos BSI. Transformando nossa experiência em seu conhecimento.

Julho/2014 a Março/2015. Catálogo de Treinamentos. Treinamentos BSI. Transformando nossa experiência em seu conhecimento. Julho/2014 a Março/2015 Catálogo de Treinamentos. Treinamentos BSI. Transformando nossa experiência em seu conhecimento. Conteúdo. Por que realizar nossos treinamentos? 4 Nossa abordagem 4 Nossos instrutores

Leia mais

PERSPETIVA APCER. www.apcergroup.com. André Ramos Diretor de Marketing andre.ramos@apcer.pt

PERSPETIVA APCER. www.apcergroup.com. André Ramos Diretor de Marketing andre.ramos@apcer.pt PERSPETIVA APCER André Ramos Diretor de Marketing andre.ramos@apcer.pt Tópicos Perspetiva APCER Avaliação Preliminar ISO DIS 9001:2014 Transição ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 - disposições IAF e APCER

Leia mais

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 23 10 2014 Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020 Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 Victor Francisco Gestão e Promoção da Inovação 21 de outubro

Leia mais

PROGRAMA DESENVOLVIMENTO RURAL CONTINENTE 2014-2020. DESCRIÇÃO DA MEDIDA Versão:1 Data:28/10/2013

PROGRAMA DESENVOLVIMENTO RURAL CONTINENTE 2014-2020. DESCRIÇÃO DA MEDIDA Versão:1 Data:28/10/2013 PROGRAMA DESENVOLVIMENTO RURAL CONTINENTE 2014-2020 DESCRIÇÃO DA MEDIDA Versão:1 Data:28/10/2013 REDE RURAL NACIONAL NOTA INTRODUTÓRIA O desenvolvimento das fichas de medida/ação está condicionado, nomeadamente,

Leia mais