Seminário GVcev Recursos Humanos no Varejo. Cultura e Clima Organizacional Patrícia Tavares

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Seminário GVcev Recursos Humanos no Varejo. Cultura e Clima Organizacional Patrícia Tavares"

Transcrição

1 Seminário GVcev Recursos Humanos no Varejo Cultura e Clima Organizacional Patrícia Tavares

2 Agenda Cultura e Identidade Cultura e Clima Organizacional Construção e Mudança

3 O que é Cultura? Uma definição livre: Conjunto de normas, crenças, valores, comportamentos, hábitos, tradições, conhecimentos e experiências de um grupo social Cultura é diferente de nível educacional

4 O que é Cultura? Formação História Geografia (ambiente) Religião Etnia Educação/Profissão Manifestação Linguagem (verbal e não verbal) Protocolos sociais Vestuário Culinária Artes e Estética Sistema Sócio-Político-Econômico manifestação e elemento de formação

5 E Cultura serve pra quê? Permite a Identificação e Diferenciação de um grupo social de outro - Identidade Possibilita a comunicação e interação de membros desse grupo Auxilia a consistência da tomada de decisão Coesão do grupo

6 Elementos da Cultura Diferenças culturais manifestam-se de várias maneiras. Quatro conceitos importantes: Símbolos Heróis Rituais Valores Símbolos Heróis Rituais V Práticas

7 Definições Símbolos - palavras, gestos e imagens que carregam significado. Heróis - reais ou criados, servem de modelos de comportamento. Rituais - atividades coletivas que possuem significado social. Valores - sentimentos com direção (bom ou mau, feio ou bonito, certo ou errado).

8 Cultura Organizacional Práticas aprendidas no ambiente de trabalho, que traduzem o jeito de fazer as coisas por aqui. Também socialmente construída, difícil de mudar por decreto ou da noite para o dia - necessidade de novos líderes e práticas. Cultura paradigma para os membros daquela organização.

9 Resumindo... Cultura - uma programação mental (software) que distingue membros de um grupo de outro qualquer. A cultura é aprendida, e não herdada. Um processo social - econômico, geográfico, histórico, profissional Portanto, uma mesma organização pode ter cebolas diferentes...

10 É possível gerenciar a cultura? As manifestações (práticas) da organização podem ser identificadas no dia a dia - são as regras não escritas do jogo que contam... Identificar as dimensões importantes das práticas é o primeiro passo para entender e utilizar a cultura em benefício da organização - para a mudança ou resultados superiores. Cultura não se copia facilmente e pode ser um diferencial para criar vantagem competitiva

11 Cultura e Clima Organizacional Cultura é a dimensão mais estável, ou constante, de um grupo, departamento, organização identidade. Clima é a dimensão mais instantânea da organização pode ser comparada a uma fotografia. Altamente afetado por contexto e e eventos, planejados ou não.

12 CLIMA ORGANIZACIONAL O modelo identifica 3 relações básicas no ambiente de trabalho: Colaborador Direção da empresa O Modelo baseia-se na definição de Levering de um Great Place to Work como sendo um lugar onde você: Tem CONFIANÇA nas pessoas para quem trabalha, Colaborador Emprego tem ORGULHO do que faz e Colaborador Outros colaboradores GOSTA das pessoas com quem trabalha. Fonte: Great Place to Work Institute

13 O que é Confiança? Pode-se dizer que a confiança compõe-se de três dimensões: Credibilidade Respeito Jogo limpo

14 CONFIANÇA: CREDIBILIDADE O que eu penso dela? Gerente Confiabilidade Competência Integridade Colaborador

15 CONFIANÇA: RESPEITO O que eu acho que ela pensa de mim? Gerente Apoio Profissional Colaboração Ambiente nutritivo Colaborador

16 CONFIANÇA: JOGO LIMPO Equidade Imparcialidade Justiça O jogo é equilibrado?

17 Dimensão Credibilidade Como Como ela ela atua atua no no ambiente ambiente de de trabalho trabalho Comunicações abertas e acessíveis Competência na na coordenação de de recursos Integridade e consistência na na condução da da visão visão Confiança Respeito Apoio Apoio ao ao desenvolvimento profissional e demonstração de de apreço apreço Colaboração com com subordinados em em decisões relevantes Colaboradores tratados como como indivíduos com com vidas vidas pessoais Jogo limpo Orgulho Camaradagem Equidade --tratamento equilibrado em em termos termos de de recompensas Imparcialidade --Ausência de de favoritismo em em contratações e promoções Justiça Justiça --sem sem discriminação e processo de de apelação Trabalho pessoal Trabalho gerado gerado pela pela própria própria equipe equipe Produtos e visibilidade da da organização na na comunidade Habilidade de de poder poder ser ser você você mesmo Atmosfera acolhedora e socialmente afável afável Sensação de de família ou ou equipe

18 Cultura Brasileira Estilo Brasileiro de Administrar

19 Cultura brasileira e gestão empresarial Líderes Concentração de Poder Personalismo Paternalismo Formal Formalismo Postura de Espectador Impunidade Flexibilidade Liderados Lealdade pessoal Evitar Conflito Informal Barros e Prates, 1996

20 Alguns dados de pesquisa Desempenho Gerencial Visão imediatista resultado de curto prazo Ênfase em resoluções de crises (apagar incêndios) Planejamento Tendência a inexistir planejamento estratégico lacuna no tático e operacional (improviso) O amanhã a Deus pertence Estrutura e Tomada de decisão Altamente hierarquizada e decisões centralizadas Manda quem pode, obedece quem tem juízo

21 ... Controle Tipicamente punitivo mecanismos aleatórios de verificação Não associado ao processo de feedback ( dar uma incerta de vez em quando ) Relações Interpessoais Conflitos não discutidos abertamente comportamentos de dissimulação freqüentes perante superiores ( empurrar o problema pra cima )

22 Estilo / Foco gerencial Distância entre discurso e prática (o discurso é participativo) Walk the Talk! Focado em redução de custos, produtividade. Direcionado por uma tradição de gerentes com formação em Engenharia Hoje: orientado por modismos e obsessão pelas melhores práticas globais...

23 Definição de INSANIDADE Continuar fazendo o que sempre fizemos e esperar resultados diferentes

Treinamento e Desenvolvimento

Treinamento e Desenvolvimento Aula 8 Treinamento e Desenvolvimento Agenda 1 2 Seminário T&D e Estratégia de RH 3 4 Treinamento & Desenvolvimento Desenvolvimento de Lideranças 1 Seminário 3 The Young and the Clueless Bunker, K. A.;

Leia mais

10/8/2011. Administração de Recursos Humanos TREINAMENTO: DESENVOLVIMENTO: Concluindo: T&D é o processo educacional aplicado de

10/8/2011. Administração de Recursos Humanos TREINAMENTO: DESENVOLVIMENTO: Concluindo: T&D é o processo educacional aplicado de TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAL Administração de Recursos Humanos É o processo de desenvolver qualidades nos RHs para habilitá-los a serem mais produtivos e contribuir melhor para o alcance dos

Leia mais

Seminário GVcev. Gestão de Pessoas no Varejo: Gestão e Atitude como Diferenciais. Sentir, Pensar e Agir: Em busca do gestor integral e integrado

Seminário GVcev. Gestão de Pessoas no Varejo: Gestão e Atitude como Diferenciais. Sentir, Pensar e Agir: Em busca do gestor integral e integrado Seminário GVcev Gestão de Pessoas no Varejo: Gestão e Atitude como Diferenciais Sentir, Pensar e Agir: Em busca do gestor integral e integrado Leopoldo Antonio de Oliveira Neto Sentir, pensar, agir...

Leia mais

Engenharia de Software. Gerenciamento de Pessoal. Professor Joerllys Sérgio

Engenharia de Software. Gerenciamento de Pessoal. Professor Joerllys Sérgio Engenharia de Software Gerenciamento de Pessoal Professor Joerllys Sérgio Pessoas no Processo Pessoas constituem o bem mais valioso de uma organização. Atividades de um gerente são fortemente orientadas

Leia mais

Treinamento e Desenvolvimento

Treinamento e Desenvolvimento Treinamento e Desenvolvimento Agenda 1 2 T&D e Estratégia de RH Treinamento & Desenvolvimento 3 4 Coaching & Mentoring Desenvolvimento de Lideranças 1 T&D e Estratégia de RH Relembrando... Os processos

Leia mais

Unidade I PROCESSOS ORGANIZACIONAIS. Prof. Léo Noronha

Unidade I PROCESSOS ORGANIZACIONAIS. Prof. Léo Noronha Unidade I PROCESSOS ORGANIZACIONAIS Prof. Léo Noronha Introdução aos processos organizacionais Qualquer tamanho de empresa, até as informais ou do terceiro setor. Visão moderna de gestão organizacional,

Leia mais

Gestão de Pessoas no Setor Público: Cultura Organizacional

Gestão de Pessoas no Setor Público: Cultura Organizacional Gestão de Pessoas no Setor Público: Cultura Organizacional Adm. Me. Flávia Pereira da Silva Câmara de Gestão Pública CGP Porto Alegre, Junho de 2016 Conselho Regional de Administração Lei nº 4.769, de

Leia mais

A Comunicação e a. Cultura Organizacional

A Comunicação e a. Cultura Organizacional A Comunicação e a Cultura Organizacional A relação entre comunicação e cultura A comunicação empresarial interna exerce papel estratégico na construção de um universo simbólico, que, aliado às políticas

Leia mais

Soluções para os Cases

Soluções para os Cases Soluções para os Cases As etapas da construção de uma equipe Joinville Dia 05 de Outubro de 2013 Roteiro da conversa.... Autoconhecimento. Tudo começa pela confiança Fundamentos de uma equipe As etapas

Leia mais

Gestão por Competência

Gestão por Competência Gestão por Competência Vera Gobetti 04/05/2017 GESTÃO POR COMPETÊNCIAS É UMA EVOLUÇÃO DA GESTÃO DE PESSOAS A Competência é sustentada em 3 pilares: 1- Conhecimento 2- Habilidades 3- Atitudes Aspectos Fundamentais

Leia mais

PROFESSOR RINALDO LIMA AUDITORIA EM RECURSOS HUMANOS OBJETIVOS ANÁLISE DA CONSULTORIA PREMISSAS PARA CONSULTORIA

PROFESSOR RINALDO LIMA AUDITORIA EM RECURSOS HUMANOS OBJETIVOS ANÁLISE DA CONSULTORIA PREMISSAS PARA CONSULTORIA PROFESSOR RINALDO LIMA Graduado em Ciências e Matemática e Especializado em Reengenharia e Qualidade Total e Engenharia de Telecomunicações. rinaldo@unopar.br AUDITORIA EM RECURSOS HUMANOS OBJETIVOS Aula

Leia mais

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSO: ADMINISTRAÇÃO CURSO: ADMINISTRAÇÃO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: MATEMÁTICA APLICADA A ADMINISTRAÇÃO Equações do primeiro e segundo graus com problemas. Problemas aplicando sistemas; sistemas com três incógnitas

Leia mais

Avaliação de Desempenho Estratégia de Desenvolvimento. Fernanda Allucci Diretora Assistencial Nov/09

Avaliação de Desempenho Estratégia de Desenvolvimento. Fernanda Allucci Diretora Assistencial Nov/09 Avaliação de Desempenho Estratégia de Desenvolvimento Fernanda Allucci Diretora Assistencial Nov/09 Avaliação de desempenho - Estratégia de desenvolvimento Roteiro de apresentação Breve histórico institucional

Leia mais

LIDERANÇA PARA NOVOS GESTORES DE MARKETING

LIDERANÇA PARA NOVOS GESTORES DE MARKETING LIDERANÇA PARA NOVOS GESTORES DE MARKETING Profa. Me Maria de Lurdes Zamora Damião Maria de Lurdes Zamora Damião é mestre em Administração - Gestão de Organizações e Pessoas pela Universidade Metodista

Leia mais

SUMÁRIO. Língua Portuguesa

SUMÁRIO. Língua Portuguesa Língua Portuguesa Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados... 3 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais... 6/9 Domínio da ortografia oficial... 21 Domínio dos mecanismos de coesão textual.

Leia mais

O Papel da Controladoria sob o Enfoque da Gestão Econômica

O Papel da Controladoria sob o Enfoque da Gestão Econômica O Papel da sob o Enfoque da Gestão Econômica Prof. Carlos Alberto Pereira : necessidade ou modismo??? Foco: para se alcançar os objetivos é preciso clarificá-los Sinergia: a otimização isolada das partes

Leia mais

Sumário. parte um INTRODUÇÃO. parte dois COMPORTAMENTO E PROCESSOS INDIVIDUAIS. Capítulo 1 Introdução ao campo do comportamento organizacional...

Sumário. parte um INTRODUÇÃO. parte dois COMPORTAMENTO E PROCESSOS INDIVIDUAIS. Capítulo 1 Introdução ao campo do comportamento organizacional... Sumário parte um INTRODUÇÃO Capítulo 1 Introdução ao campo do comportamento organizacional... 3 BEM VINDO AO CAMPO DO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL!... 4 o CAMPO DO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL... 4 Por

Leia mais

MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS

MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Objetivos do Curso O curso tem como objetivo geral capacitar profissionais na área de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas com capacidade de

Leia mais

Gestão de Pessoas Natura

Gestão de Pessoas Natura Seminário Internacional Em Busca da Excelência 2004 Gestão de Pessoas Natura Flavio Pesiguelo Natura 24/03/2004 Natura Maior empresa brasileira de cosméticos Nascida em 1969 Países em que atua: Brasil,

Leia mais

PRINCIPAIS RESULTADOS DA PESQUISA

PRINCIPAIS RESULTADOS DA PESQUISA PESQUISA DE CLIMA PRINCIPAIS RESULTADOS DA PESQUISA 2016 1 PARTICIPAÇÃO DOS COLABORADORES A pesquisa realizada em Novembro/Dezembro de 2016 obteve a seguinte participação dos colaboradores: 88% 90 122

Leia mais

PSICOLOGIA E GERENCIAMENTO DE PESSOAS. DISCIPLINA: RELACIONAMENTO INTERPESSOAL Prof. Dr. Márcio Magalhães Fontoura

PSICOLOGIA E GERENCIAMENTO DE PESSOAS. DISCIPLINA: RELACIONAMENTO INTERPESSOAL Prof. Dr. Márcio Magalhães Fontoura PSICOLOGIA E GERENCIAMENTO DE PESSOAS DISCIPLINA: RELACIONAMENTO INTERPESSOAL Prof. Dr. Márcio Magalhães Fontoura Psicologia Objeto de Estudo Psique = alma + logos = estudo Grécia berço da Psicologia Desejo

Leia mais

Organização da Aula. Gestão de Recursos Humanos. Aula 3. Comunicação. Contextualização. Motivação dos Talentos Humanos. Instrumentalização

Organização da Aula. Gestão de Recursos Humanos. Aula 3. Comunicação. Contextualização. Motivação dos Talentos Humanos. Instrumentalização Gestão de Recursos Humanos Aula 3 Profa. Me. Ana Carolina Bustamante Organização da Aula Comunicação nas empresas Motivação dos talentos humanos Comunicação Processo de comunicação Contextualização Barreiras

Leia mais

Remuneração e Recompensa

Remuneração e Recompensa Remuneração e Recompensa Disciplina: Gestão por Competências Prof. Joel Dutra Alunas: Cristina Leme Elizângela de Jesus Oliveira Fernanda Ferrari Agenda Contexto / Conceitos Apresentação Empresa Objeto

Leia mais

Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil. Centro Sergio Vieira de Mello

Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil. Centro Sergio Vieira de Mello Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil Centro Sergio Vieira de Mello Unidade 4 Parte 3 Respeito pela Diversidade Valores Organizacionais Essenciais da ONU Integridade Profissionalismo Respeito pela

Leia mais

PALESTRA COMO DESVENDAR E RETER TALENTOS. educare

PALESTRA COMO DESVENDAR E RETER TALENTOS. educare PALESTRA COMO DESVENDAR E RETER TALENTOS Maria de Lourdes Nogueira Psicóloga, Mestre Administração de Empresas e Pós-Graduada em ADM.RH e Psicologia Organizacional. É professora do curso de Pós - Graduação

Leia mais

MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS

MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Objetivos do Curso O curso tem como objetivo geral capacitar profissionais na área de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas com capacidade de

Leia mais

Início, identificar uma necessidade ou oportunidade, o problema e sua solução, e a estimativa inicial dos custos e prazos;

Início, identificar uma necessidade ou oportunidade, o problema e sua solução, e a estimativa inicial dos custos e prazos; O projeto Os projetos estão sempre vinculados às organizações, são de caráter transitório e seu objetivo é satisfazer ou exceder as expectativas dos mercados ou das partes interessadas (stakeholders).

Leia mais

11/04/2017. Aula 9. Gestão de Recursos Humanos. Agenda. Seminário 7. Gestão de RH

11/04/2017. Aula 9. Gestão de Recursos Humanos. Agenda. Seminário 7. Gestão de RH Aula 9 Gestão de Recursos Humanos Agenda Seminário 7 Gestão de RH 2 1 Gestão de RH Gestão de Recursos Humanos O conjunto de políticas, práticas e programas que tem por objetivo atrair, selecionar, socializar,

Leia mais

Gestão de Pessoas e Avaliação por competências

Gestão de Pessoas e Avaliação por competências Gestão de Pessoas e Avaliação por competências quer a empresa que não existe! Funcionário quer o profissional que não existe! Empresa A visão evolutiva da área de Gestão de Pessoas... 1930 Surgem departamentos

Leia mais

Direção da Ação Empresarial

Direção da Ação Empresarial Direção da Ação Empresarial Ação Empresarial Direção Estilos de Direção Teoria X Homem é preguiçoso, indolente Falta-lhe ambição Egocêntrico Resiste às mudanças Dependência: precisa ser dirigido Ação Empresarial

Leia mais

Definição de cultura organizacional

Definição de cultura organizacional Definição de cultura organizacional Introdução Em um mundo de negócios caracterizado pela inovação tecnológica, globalização dos mercados e concorrência acirrada, é exigido que as organizações tenham uma

Leia mais

Liderança 04/11/2011. Fonte: Maximiano (2009)

Liderança 04/11/2011. Fonte: Maximiano (2009) Fonte: Maximiano (2009) Autoridade Formal Fundamenta-se em leis aceitas de comum acordo, que criam figuras de autoridade dotadas do poder de comando. O seguidor obedece à lei incorporada na figura de autoridade,

Leia mais

PROCESSOS GERENCIAIS

PROCESSOS GERENCIAIS PROCESSOS GERENCIAIS AS EMPRESAS PLT 302 Capítulo 2 AS EMPRESAS REPRESENTAM UM TIPO DE ORGANIZAÇÃO A ORGANIZAÇÃO FOCADA NO LUCRO NÃO HÁ DUAS EMPRESAS SEMELHANTES POIS A PRINCIPAL CARACTERÍSTICA É A SUA

Leia mais

QUADRO DE DISCIPLINAS

QUADRO DE DISCIPLINAS QUADRO DE DISCIPLINAS Disciplinas 1 Horas- Aula 2 1. Fundamentos do Gerenciamento de Projetos 24 2. Gerenciamento do Escopo em Projetos 24 3. Gerenciamento da Qualidade em Projetos 12 4. Gerenciamento

Leia mais

Planejamento estratégico. de pessoas

Planejamento estratégico. de pessoas Planejamento estratégico de pessoas PLANEJAMENTO ORGANIZACIONAL X PLANEJAMENTO DE RH O QUE É GESTÃO POR RESULTADOS? A cada nível hierárquico, o líder reúne-se com os líderes que lhe são imediatamente subordinados

Leia mais

COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL

COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Liderança Prof. Dra. Ana Carolina de Aguiar Rodrigues REFLEXÕES APÓS DEBATE Relembrar nosso contrato psicológico Avaliação geral da atividade O que aprenderam? Que insights

Leia mais

FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE CONSELHEIROS PARA CONSELHOS DE PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE CONSELHEIROS PARA CONSELHOS DE PORTADORES DE DEFICIÊNCIA CENTRO DE DEFESA DE DIREITOS HUMANOS DE BETIM FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE CONSELHEIROS PARA CONSELHOS DE PORTADORES DE DEFICIÊNCIA PALESTRANTE ANA RITA DE MACEDO MOURA Psicóloga

Leia mais

Training Course. MBA LEADERSHIP Liderança

Training Course. MBA LEADERSHIP Liderança MBA LEADERSHIP Liderança DESCRIÇÃO Cada vez mais, a liderança assume um papel preponderante no dia-a-dia das nossas empresas. O sucesso de uma equipa está dependente da capacidade de liderança do seu líder.

Leia mais

Ementas. Certificate in Business Administration CBA

Ementas. Certificate in Business Administration CBA Ementas Certificate in Business Administration CBA Agosto 2012 Módulo Fundamental Administração Financeira EMENTA: Disciplina desenvolve a capacidade de contribuição para as decisões gerenciais aplicando

Leia mais

Aspectos Gerais do Planejamento

Aspectos Gerais do Planejamento PLANEJAMENTO Prof. Thiago Gomes Aspectos Gerais do Planejamento Conceito Planejamento é o processo sistemático de planejar o futuro, definindo objetivos e resultados que se quer atingir e o que vai se

Leia mais

Aula 4 Cultura e Sociedade

Aula 4 Cultura e Sociedade Sociologia e Antropologia em Administraçã ção Aula 4 Cultura e Sociedade Profa. Ms. Daniela Cartoni Leitura para a aula DIAS, Reinaldo. Sociologia Geral. Campinas: Alinea, 2008. PLT 254 Capítulo 2 CONCEITO

Leia mais

Unidade I. Avaliação de Desempenho. Profª. Ana Paula de Andrade Trubbianelli

Unidade I. Avaliação de Desempenho. Profª. Ana Paula de Andrade Trubbianelli Unidade I Avaliação de Desempenho Profª. Ana Paula de Andrade Trubbianelli Avaliação / desempenho Avaliação: apreciação, análise Desempenho: possibilidade de atuação Conceituação de avaliação de desempenho

Leia mais

NOVOS CURSOS DTCOM COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS

NOVOS CURSOS DTCOM COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS NOVOS CURSOS DTCOM Atualizamos nossa plataforma com mais de 60 cursos novos, todos eles relacionados com as competências da Coats. Confira a lista abaixo e aproveite a ferramenta! COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS

Leia mais

Competência Interpessoal e Trabalho em Equipe. Rebeca Ribeiro de Barcellos, MSc.

Competência Interpessoal e Trabalho em Equipe. Rebeca Ribeiro de Barcellos, MSc. Competência Interpessoal e Trabalho em Equipe Rebeca Ribeiro de Barcellos, MSc. Interação humana Pessoas reagem às pessoas com as quais entram em contato: - Comunicam-se - Simpatizam e sentem atrações

Leia mais

Prof. Alessandra Miranda

Prof. Alessandra Miranda Prof. Alessandra Miranda Gestão Estratégica Processo de ação gerencial sistemática e contínua que visa assegurar à Instituição, simultaneamente: (1) senso de direção e continuidade a longo prazo; (2) flexibilidade

Leia mais

Teorias Motivacionais

Teorias Motivacionais Teorias Motivacionais 1) A Hierarquia das Necessidades de Maslow 2) Teoria dos Fatores Higiênicos e Motivadores de Herzberg Fatores Higiênicos Salários e benefícios Condições de trabalho e conforto Política

Leia mais

CRIAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES

CRIAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES CRIAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES Criação do nas Organizações: 1) Os modos de conversão do conhecimento e sua vinculação com a criação do conhecimento organizacional; 2) As condições capacitadoras

Leia mais

O competitivo mercado de trabalho hoje

O competitivo mercado de trabalho hoje MBA MAUÁ AULA INAUGURAL TURMA 16 O competitivo mercado de trabalho hoje Prof. Helton Haddad Silva São Paulo, 04/08/2003 Conteúdo da Aula Inaugural - O mercado hoje; - O papel do administrador; - O MBA

Leia mais

Anderson Barbosa / Eleni Gentil / Telefone: /3878

Anderson Barbosa / Eleni Gentil   / Telefone: /3878 P-34 Desenvolvimento da Liderança para a Cultura da Excelência ML - Sabesp Anderson Barbosa / Eleni Gentil E-mail: andersonab@sabesp.com.br / egentil@sabesp.com.br Telefone: 2681.3796 /3878 PERFIL ML Características

Leia mais

FORMAÇÃO ANALISTA PERSONAL ASSESSMENT. módulo 1

FORMAÇÃO ANALISTA PERSONAL ASSESSMENT. módulo 1 FORMAÇÃO ANALISTA PERSONAL ASSESSMENT módulo 1 o que é o personal ASSESSMENT? O que é o personal ASSESSMENT? Personal Assessment é uma ferramenta brasileira de identifi cação de perfi l profi ssional e

Leia mais

A Cultura empresarial como diferencial competitivo. Odino Marcondes

A Cultura empresarial como diferencial competitivo. Odino Marcondes A Cultura empresarial como diferencial competitivo Odino Marcondes Definição: Cultura é como nós fazemos as coisas por aqui As coisas como Cerveja Antarctica Brahma Ambev Normas, crenças idiossincráticas

Leia mais

Planejamento de Sucessão no Brasil

Planejamento de Sucessão no Brasil Planejamento de Sucessão no Brasil Resultados da pesquisa realizada em outubro de 2013 Glaucy Bocci Dezembro de 2013 2013 Towers Watson. Todos os direitos reservados. Contexto Crescimento/volatilidade

Leia mais

Aumentando a Produtividade e Reduzindo os Custos da Fábrica. Antonio Cabral

Aumentando a Produtividade e Reduzindo os Custos da Fábrica. Antonio Cabral Aumentando a Produtividade e Reduzindo os Custos da Fábrica Antonio Cabral acabral@maua.br Roteiro Desafio; Sistemas; O custo e o valor do controle de processo; Mapeamento; Principais indicadores usados

Leia mais

Treinamento e Desenvolvimento

Treinamento e Desenvolvimento Aula 8 Treinamento e Desenvolvimento Agenda 1 Seminário 2 Treinamento e Desenvolvimento 3 Desenvolvimento de Lideranças 1 Seminário 3 The Young and the Clueless Bunker, K. A.; Kram, K. E.; Ting, S. HBR,

Leia mais

Como funciona? Importante:

Como funciona? Importante: O Strike? é um jogo de estratégia baseado no boliche tradicional, criado com os mais inovadores conceitos da gamificação para engajar equipes no planejamento e conquista e metas individuais e coletivas.

Leia mais

Administração Interdisciplinar

Administração Interdisciplinar Administração Interdisciplinar LIVRO Administração, teoria e prática no contexto brasileiro: Filipe Sobral e Alketa Peci (capítulos 1 e 2) Original: Profª Me. Elizete F. Montalvão Adaptado por Prof. Me.

Leia mais

Métodos contemporâneos para avaliação de desempenho

Métodos contemporâneos para avaliação de desempenho Métodos contemporâneos para avaliação de desempenho Gestão do desempenho Prof. Marco A. Arbex Gestão x avaliação O termo gestão do desempenho surge nos últimos anos como conceito alternativo para as técnicas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO CONSULTOR NACIONAL OPAS/OMS

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO CONSULTOR NACIONAL OPAS/OMS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO CONSULTOR NACIONAL OPAS/OMS 1. Objetivo geral: Desempenhar atividades técnicas e de gestão para o desenvolvimento da cooperação técnica descentralizada, com vistas

Leia mais

6 Conclusões e Recomendações

6 Conclusões e Recomendações 93 6 Conclusões e Recomendações Este capítulo pretende relacionar as informações do referencial teórico com os resultados da pesquisa realizada com as duas pequenas empresas familiares no ramo do comércio.

Leia mais

Gestão à brasileira GESTÃO. por Carlos Osmar Bertero FGV-EAESP

Gestão à brasileira GESTÃO. por Carlos Osmar Bertero FGV-EAESP GESTÃO Gestão à brasileira OBrasil possui uma maneira própria de administrar? Será a forma como conduzimos nossas organizações distinta daquela praticada em outros países? Este ensaio trata dessas questões

Leia mais

Escola de Relações Humanas e o Comportamento nas Organizações

Escola de Relações Humanas e o Comportamento nas Organizações Escola de Relações Humanas e o Comportamento nas Organizações Aulas 6 e 7 EAD-610 2017 1 SUMÁRIO Contextualizando A Escola de Relações Humanas Elton Mayo e o efeito Hawthorne Conceitos relacionados: Motivação:

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS

ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) ANALISTA TRT s 07 PROVAS 56 QUESTÕES (2012 2009) A apostila contém provas de Administração de Recursos Humanos de concursos da Fundação Carlos

Leia mais

Vídeo-aulas de resoluções de questões PETROBRAS (Unidade I)

Vídeo-aulas de resoluções de questões PETROBRAS (Unidade I) Vídeo-aulas de resoluções de questões PETROBRAS (Unidade I) TAUANE PAULA GEHM Psicóloga, mestre e doutoranda Colaboradora do Educa Psico TEMAS 1. Modelos mentais e percepção. 2. Valores, atitudes e satisfação

Leia mais

Qual o papel do PMO (Project Management Office) nas Estruturas Organizacionais

Qual o papel do PMO (Project Management Office) nas Estruturas Organizacionais Paper Qual o papel do PMO (Project Management Office) nas Estruturas Organizacionais Abstract James Baldwin escritor norte americano (1924 1987) já dizia Nem tudo que se enfrenta pode ser modificado. Mas

Leia mais

Gestão de Pessoas Prof (a): Mestre Patrícia Bellotti

Gestão de Pessoas Prof (a): Mestre Patrícia Bellotti Gestão de Pessoas Prof (a): Mestre Patrícia Bellotti As competências nas Problematizações das unidades d de aprendizagem UNID 2.1 Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas. Como o treinamento atua no desenvolvimento

Leia mais

PALESTRANTE

PALESTRANTE PALESTRANTE Conexão Animal & Sucesso Pessoal Contrate o Palestrante que trará melhor RESULTADO para seu próximo evento! SOBRE O PALESTRANTE: Adriano Simões é médico veterinário e palestrante comportamental

Leia mais

Evolução do Pensamento

Evolução do Pensamento Unidade IV Evolução do Pensamento Administrativo Prof. José Benedito Regina Conteúdo da disciplina EPA Parte 1 - conceitos gerais da administração Parte 2 - evolução histórica: Abordagens administrativas

Leia mais

Curso de Liderança, Empowerment e Coaching

Curso de Liderança, Empowerment e Coaching Curso de Liderança, Empowerment e Coaching Referencial Pedagógico 1. Competências Globais e Específicas Desenvolver competências no âmbito da relação com as equipas de trabalho, identificando os vários

Leia mais

Atendimento Humanizado. Liderança de Equipes. Qualidade Gestão de Resultados

Atendimento Humanizado. Liderança de Equipes. Qualidade Gestão de Resultados Atendimento Humanizado Liderança de Equipes Qualidade Gestão de Resultados Palestras Seminários Orientação dirigida possibilidades para projetos customizados sob medida à realidade do hospital possibilidades

Leia mais

08/05/2017. Curso: Engenharia Elétrica - 7º Semestre Professor:Eng.º CivilCássio Fernando Simioni. Quem? Como? Com o quê? O quê? Por quê?

08/05/2017. Curso: Engenharia Elétrica - 7º Semestre Professor:Eng.º CivilCássio Fernando Simioni. Quem? Como? Com o quê? O quê? Por quê? GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS DE SINOP FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGICAS Uma organização é uma combinação

Leia mais

O desafio da Gestão de Recursos Humanos. Adriana Cristina Ferreira Caldana

O desafio da Gestão de Recursos Humanos. Adriana Cristina Ferreira Caldana O desafio da Gestão de Recursos Humanos Adriana Cristina Ferreira Caldana Minuto PWC CONCEITO ARH ou DGP? Função gerencial que visa à cooperação das pessoas para o alcance dos objetivos tanto organizacionais

Leia mais

Cursos / Treinamentos

Cursos / Treinamentos Cursos / Treinamentos Carga Horária 1 Estatística Básica em Todos os Níveis. 16 Horas 2 Estatística Avançada. 60 Horas 3 Formação de Auditores Internos da Qualidade. 32 Horas 4 Controle Estatístico de

Leia mais

Lista de exercícios. Liderança. Prof. Carlos Xavier.

Lista de exercícios. Liderança. Prof. Carlos Xavier. INSTITUTO DE GESTÃO, ECONOMIA E POLÍTICAS PÚBLICAS Lista de exercícios Liderança 1. (CESPE/STJ/Técnico/2008) O gestor de recursos humanos que utiliza a liderança centrada nas pessoas se preocupa em passar

Leia mais

OBRIGADO! Gerentes de Projeto o mercado. Quais Competências dos. valoriza? Maria Veronica Lessa. do Professor. Picture Source:

OBRIGADO! Gerentes de Projeto o mercado. Quais Competências dos. valoriza? Maria Veronica Lessa. do Professor. Picture Source: 2017 Quais Competências dos Gerentes de Projeto o mercado Nome valoriza? do Professor Maria Veronica Lessa Gestão de Projetos Maria Veronica S. S. Lessa => Doutoranda Ciências da Religião PUC-SP (2015)

Leia mais

NÃO EXISTE GESTÃO SEM COMUNICAÇÃO DANIEL COSTA

NÃO EXISTE GESTÃO SEM COMUNICAÇÃO DANIEL COSTA NÃO EXISTE GESTÃO SEM COMUNICAÇÃO DANIEL COSTA O que é engajamento? Engajamento no trabalho é uma forma de agir em que o indivíduo, motivado por uma causa, expressa sua vontade e predisposição de fazer

Leia mais

AS ORGANIZAÇÕES COMO SISTEMAS E OS SEUS PAPÉIS

AS ORGANIZAÇÕES COMO SISTEMAS E OS SEUS PAPÉIS AS ORGANIZAÇÕES COMO SISTEMAS E OS SEUS PAPÉIS Capítulo 05 1 QUESTÕES PARA REFLEXÃO 2 COMO PODE SER DEFINIDO UM SISTEMA? QUAL A SUA RELAÇÃO COM AS ORGANIZAÇÕES? 1 3 COMO PODE SER DEFINIDO UM SISTEMA? QUAL

Leia mais

Introdução aos Princípios da Gestão Empresarial

Introdução aos Princípios da Gestão Empresarial Faculdade de Tecnologia Senac Pelotas Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Unidade Curricular Gestão Empresarial ADS 2 M/N Introdução aos Princípios da Gestão Empresarial

Leia mais

processo contínuo, dinâmico;

processo contínuo, dinâmico; Avaliação de Desempenho/Performance é a avaliação do desempenho atual ou passado do funcionário em relação a padrões de desempenho. O Processo envolve: a) Estabelecer padrões de desempenho; b) Avaliar

Leia mais

02/12/2014. Aula 10. Gestão do Desempenho. Prof. Lucia B. Oliveira. Prof. Lucia B. Oliveira. Agenda. Seminário. Prof. Lucia B.

02/12/2014. Aula 10. Gestão do Desempenho. Prof. Lucia B. Oliveira. Prof. Lucia B. Oliveira. Agenda. Seminário. Prof. Lucia B. Aula 10 Gestão do Desempenho Agenda 1 Seminário 2 Gestão do Desempenho 1 Seminário 4 Getting 360-Degree Feedback Right Maury A. Peiperl Harvard Business Review, 2001. Gestão do Desempenho 2 Gestão Estratégica

Leia mais

MBA EM GESTÃO PESSOAS E LIDERANÇA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO

MBA EM GESTÃO PESSOAS E LIDERANÇA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM GESTÃO PESSOAS E LIDERANÇA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas é uma instituição privada, sem fins lucrativos, fundada em 1944, com

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM GESTÃO PESSOAS E LIDERANÇA. conexao.com/fgv

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM GESTÃO PESSOAS E LIDERANÇA. conexao.com/fgv CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM GESTÃO PESSOAS E LIDERANÇA conexao.com/fgv FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas é uma instituição privada, sem fins lucrativos, fundada

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM GESTÃO: PESSOAS E LIDERANÇA. conexao.com/fgv

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM GESTÃO: PESSOAS E LIDERANÇA. conexao.com/fgv CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM GESTÃO: PESSOAS E LIDERANÇA conexao.com/fgv FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas é uma instituição privada, sem fins lucrativos, fundada

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO DISTRITO FEDERAL CÓDIGO DE ÉTICA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO DISTRITO FEDERAL CÓDIGO DE ÉTICA SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO DISTRITO FEDERAL CÓDIGO DE ÉTICA SUMÁRIO 1. Introdução...3 2. VISÃO, MISSÃO, VALORES E TEMAS ESTRATÉGICOS... 4 2.1 Missão... 4 2.2 Visão...

Leia mais

Seminário GVcev Varejo Virtual e Multicanal

Seminário GVcev Varejo Virtual e Multicanal Seminário GVcev Varejo Virtual e Multicanal Varejo Multicanal: Integrando a loja física e a loja virtual Roseli Morena Porto Agenda A evolução: integrando tijolos e mouse Definição de Varejo Multicanal

Leia mais

Capítulo 1. Introdução à administração e às organizações. Administração: teoria e prática no contexto brasileiro 2008 Pearson Prentice Hall

Capítulo 1. Introdução à administração e às organizações. Administração: teoria e prática no contexto brasileiro 2008 Pearson Prentice Hall Capítulo 1 Introdução à administração e às organizações Conteúdo do capítulo Introdução à administração e às organizações As organizações e a administração O processo de administração As áreas funcionais

Leia mais

MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS

MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS OBJETIVOS DO CURSO O objetivo geral do Curso de Pós-graduação Lato Sensu MBA Executivo Internacional em Gestão de Negócios é de capacitar os profissionais

Leia mais

BERÇARISTA. CURSO 180h: CURSO 260h:

BERÇARISTA. CURSO 180h: CURSO 260h: ARTES ENSINO FUNDAMENTAL Histórico do ensino da arte no brasil. Educação por meio da arte. Histórico do ensino da arte no brasil. Educação por meio da arte. Artes e educação, concepções teóricas. Histórico

Leia mais

ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS MICHAEL PORTER. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E EMPRESARIAL AULA 10 Prof. João Maurício G. Boaventura

ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS MICHAEL PORTER. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E EMPRESARIAL AULA 10 Prof. João Maurício G. Boaventura ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS MICHAEL PORTER PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E EMPRESARIAL AULA 10 Prof. João Maurício G. Boaventura ESTRATÉGIA COMPETITVA É a busca de uma posição competitiva favorável e sustentável

Leia mais

Modelo SESI de Sustentabilidade no Trabalho

Modelo SESI de Sustentabilidade no Trabalho Modelo SESI de Sustentabilidade no Trabalho O QUE É O MODELO O Modelo SESI de Sustentabilidade no Trabalho é uma ferramenta de diagnóstico e auto-avaliação que propõe às indústrias brasileiras uma reflexão

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos MBA em EXCELÊNCIA EM GESTÃO DE PROJETOS E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS Gerenciamento de s Planejamento e Gestão de s Prof. Msc. Maria C Lage Prof. Newman Serrano, PMP Gerenciamento de Recursos Humanos Introdução

Leia mais

PRINCÍPIOS DE ADMINISTRAÇÃO ACH1113. Profa. Sylmara Gonçalves Dias. Profa. Sylmara Gonçalves Dias. ACH113 Princípios de Administração

PRINCÍPIOS DE ADMINISTRAÇÃO ACH1113. Profa. Sylmara Gonçalves Dias. Profa. Sylmara Gonçalves Dias. ACH113 Princípios de Administração PRINCÍPIOS DE ADMINISTRAÇÃO ACH1113 Profa. Sylmara Gonçalves Dias Agenda de aula (1)A evolução da Administração O processo administrativo e as funções gerenciais segundo Fayol O processo administrativo

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. CESPE Prof. Marcelo Camacho

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. CESPE Prof. Marcelo Camacho ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CESPE Prof. Marcelo Camacho PROGRAMAÇÃO DAS AULAS TRE-PE ANALISTA JUDICIARIO AREA ADMINISTRATIVA AULA 1 1 As reformas administrativas e a redefinição do papel do Estado. 1.1 Reforma

Leia mais

BUSINESS PARTNER RH. Estratégias, funções e práticas

BUSINESS PARTNER RH. Estratégias, funções e práticas 1 BUSINESS PARTNER RH Estratégias, funções e práticas 2016 BUSINESS PARTNER - RH Estratégias, funções e práticas Dia 18 de agosto 12:30/13:15 Transamerica Expo Center Auditório Principal Espaço Corners

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL Receita Federal 09 a 12

ADMINISTRAÇÃO GERAL Receita Federal 09 a 12 ADMINISTRAÇÃO GERAL Receita Federal 09 a 12 3. Gestão de pessoas: Estilos de liderança; gestão por competências; Avaliação de desempenho; trabalho em equipe; motivação. Estilos de liderança Comportamentos

Leia mais

Tribunais Exercícios Gestão de Pessoas Gestão Por Estratégia Por Competência Keyvila Menezes

Tribunais Exercícios Gestão de Pessoas Gestão Por Estratégia Por Competência Keyvila Menezes Tribunais Exercícios Gestão de Pessoas Gestão Por Estratégia Por Competência Keyvila Menezes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. GESTÃO ESTRATÉGICA POR COMPETÊNCIA

Leia mais

Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Cronograma das Aulas. Hoje você está na aula Semana

Leia mais

EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO

EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO 1 EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO O que é? O quanto as empresas estimulam? O quanto os funcionários valorizam? Características de um intraempreendedor?... 2 OFERECIMENTO REALIZAÇÃO

Leia mais

Planejamento, Recrutamento e Seleção Administração Administração (EII) Administração - Ênfase em Análise de Sistemas Administração - Habilitação em

Planejamento, Recrutamento e Seleção Administração Administração (EII) Administração - Ênfase em Análise de Sistemas Administração - Habilitação em Planejamento, Recrutamento e Seleção (EII) - Ênfase em Análise de Sistemas - Habilitação em de Empresas - Habilitação em de Negócios - Habilitação em Geral - Habilitação em Rural - Habilitação em Gestão

Leia mais

Patrimonialismo, Burocracia e Administração por Objetivos

Patrimonialismo, Burocracia e Administração por Objetivos Patrimonialismo, Burocracia e Administração por Objetivos Três modelos gerenciais básicos e suas respectivas fontes de legitimação nas organizações. Fundamentos da Administração Origens históricas do Patrimonialismo

Leia mais