Idade Média Século V - XV

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Idade Média Século V - XV"

Transcrição

1 Séc V Séc XI Séc XV

2 Idade Média Século V - XV

3 IDADE MÉDIA Século V XV Alta Idade Média Séc. V XI (formação e apogeu feudalismo) Baixa Idade Média Séc. XI XV (desagregação do feudalismo)

4 Principais passagens Alta Idade Média Império Bizantino (séc. V XI) Invasões Bárbaras e povo Franco Civilização Árabe Formação e Apogeu do Feudalismo

5 Alta Idade Média Séc. V XI Fatores que ocasionaram o feudalismo Queda do Império Romano Ocidental 476 (séc. V) Insegurança provocada pelas invasões: Bárbaras século V Árabes século VII Vikings (normandos ou fiordes) séculos VIII e IX Húngaras ou Magiares século IX e X Inicia-se um processo de ruralização

6 Alta Idade Média Séc. V XI Fatores que ocasionaram o feudalismo Devido ao clima de insegurança: Os mais fracos procuravam a ajuda de nobres poderosos Camponeses buscavam proteção dos senhores de terra

7 Alta Idade Média Séc. V XI (formação e apogeu feudalismo)

8 Elementos feudais: ROMANOS Clientela (dependência entre servos e senhores) Colonato (fixação na terra origem da servidão) Vilas (grandes propriedades rurais origem dos feudos) Igreja GERMÂNICOS Comitatus (dependência entre nobres base da suserania e vassalagem) Subsistência (ausência de comércio e moeda) Economia agropastoril Direito consuetudinário (tradição oral)

9 Divisão do Feudo Manso servil Manso comunal Manso senhorial Manso comunal Manso comunal Manso servil

10 Divisão do feudo

11 Fique Esperto! Feudo Tenência Gleba === TERRA Benefício

12 A Estrutura Feudal Economia Autárquica (subsistência) Inexistência de Comércio O que ocorria era o ESCAMBO (troca de mercadorias)

13 Mão de obra no feudalismo - Servil Servo (preso à terra não era comercializado) ====//=== Escravo (comercializado)

14 A SERVIDÃO O servo para ter proteção assumia diversas obrigações com o senhor feudal

15 OBRIGAÇÕES SERVIS Corveia Trabalho compulsório nas terras do senhor (imposto pago em serviço) * Talha Obrigação de entregar parte da produção agrícola ao senhor feudal (geralmente 1/3 da produção) Banalidades Pagamento pela utilização de equipamentos e instalações do feudo.

16 OBRIGAÇÕES SERVIS Capitação Imposto pago por cada membro da família Tostão de Pedro ou Dízimo 10% pago à igreja Censo tributo que os vilões deveriam pagar para nobreza Taxa de Justiça servos e vilões deveriam pagar para serem julgados no tribunal do nobre Formariage os servos deveriam pagar uma taxa para ajudar nas despesas do casamento de um nobre Mão morta taxa para permanecer no feudo em caso do falecimento do pai ou da família.

17 Filosofia Medieval Alta Idade Média (séc. V XI) Santo Agostinho ( ) Obra: A cidade de Deus Subordina a história à vontade divina e estabelece a predestinação

18 SOCIEDADE FEUDAL Estamental O que determinava o status social era o nascimento Manipulada pela Igreja CLERO REZAR NOBREZA LUTAR SERVOS E VILÕES TRABALHAR

19 A Igreja Católica manipulava a sociedade por meio da filosofia Agostiniana (Predestinação) CLERO: terra + poder político + poder ideológico (SALVAÇÃO) Dividido em Alto Clero (papa, bispo, padre) e Baixo Clero (monges) NOBREZA: terra + poder político (DEFESA) Dividida em Alta Nobreza (suserania) e Baixa Nobreza (vassalagem) SERVOS: obrigações (corveia, talha, banalidades, tostão de Pedro (dízimo), mão-morta, capitação, formariage...) (TRABALHAR) VILÕES: quase servos, porém com menos obrigações por não jurarem fidelidade ao senhor eram livres

20 POLÍTICA NO FEUDALISMO DESCENTRALIZAÇÃO POLÍTICA Existia o rei, porém não tinha poder efetivo sobre todo o reino. O poder político dividia-se entre os senhores feudais (vassalos). Governando de forma independente, o senhor feudal era a autoridade absoluta do feudo.

21 SUSERANIA E VASSALAGEM SUSERANO Doa o Benefício VASSALO VASSALO Recebe o feudo VASSALO

22 SUSERANIA E VASSALAGEM Pela Homenagem (cerimônia em que o suserano e o vassalo juravam fidelidade) eram estabelecidas relações recíprocas de lealdade.

23 CURIOSIDADE Os reis da Inglaterra durante quase toda a Idade Média, foram vassalos dos reis da França

24 Religião Na Idade Média a Igreja Católica Apostólica Romana dominava o cenário religioso

25 Maior Instituição Medieval Igreja Católica Teocentrismo

26 Organização Interna da Igreja Católica Clero Secular (Alto Clero) Papa, bispos, padres (ocupavam-se das coisas terrenas bens materiais) Clero Regular (Baixo Clero) monges e abades (isolavam-se do mundo em mosteiros, vivendo segundo os princípios da castidade, da pobreza e da caridade) OBS. A nobreza compunha o Clero Secular e os servos o Clero Regular.

27 PRINCIPAIS ORDENS RELIGIOSAS Beneditinos Dominicanos - Franciscanos

28 Filosofia Medieval Baixa Idade Média (séc. XI XV) Santo Tomás de Aquino ( ) Tomismo ou Escolástica Obra: Suma Teológica Razão e Fé em equilíbrio Livre-arbítrio Condenava a Usura (lucro)

29 EDUCAÇÃO MEDIEVAL ALTA IDADE MÉDIA Somente para os filhos dos nobres Sofria forte influência da Igreja

30 Ensinava-se: TRIVIUM Gramática Retórica Lógico-Dialética ( 04 a 05 anos - título de bacharel) QUADRIVIUM Aritmética Música Geometria Astronomia (03 a 04 anos - título de Mestre) Especialização : Teologia Direito - Medicina

31 EDUCAÇÃO MEDIEVAL BAIXA IDADE MÉDIA Escolas dos Mosteiros Escolas junto às Catedrais (séc. XI) Universidades (séc. X) Salerno Paris Oxford Cambridge Montpellier Salamanca Nápoles Roma Coimbra (em todas influência da igreja na transmissão da cultura)

32 ARTE MEDIEVAL Fortemente influenciada pela Igreja Católica As pinturas retratavam passagens bíblicas

33 ARQUITETURA MEDIEVAL ALTA IDADE MÉDIA ESTILO ROMÂNICO construção maciça, pesada, linhas simples, horizontalidade, poucas janelas (ideia de segurança e tranquilidade).

34 ARQUITETURA MEDIEVAL BAIXA IDADE MÉDIA ESTILO GÓTICO leveza, graciosidade, verticalidade, grandes janelas, vitrais, luminosidade.

35 IDADE MÉDIA ==//== IDADE DAS TREVAS

36 O Mundo Medieval

37 Estagnação da produção O fim do feudalismo Causas Crescimento demográfico Necessidade do comércio Mudanças na estrutura servil (exploração, fugas e monetarização das obrigações servis)

Idade Média Século V - XV

Idade Média Século V - XV Séc V Séc XI Séc XV Idade Média Século V - XV IDADE MÉDIA Século V XV Alta Idade Média Séc. V XI (formação e apogeu feudalismo) Baixa Idade Média Séc. XI XV (desagregação do feudalismo) Principais passagens

Leia mais

A alta Idade Média e a formação do Feudalismo (Séc. V Séc. X) Prof. Rafael Duarte 7 Ano

A alta Idade Média e a formação do Feudalismo (Séc. V Séc. X) Prof. Rafael Duarte 7 Ano A alta Idade Média e a formação do Feudalismo (Séc. V Séc. X) Prof. Rafael Duarte 7 Ano 1) As tribos Germânicas (p. 12 e 13): Francos, Anglos, Saxões, Ostrogodos, Hunos e etc... Bárbaros: povos fora das

Leia mais

IDADE MÉDIA ALTA IDADE MÉDIA (SÉC. V X) 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS:

IDADE MÉDIA ALTA IDADE MÉDIA (SÉC. V X) 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: Formação e apogeu do Feudalismo. Período de constantes invasões e deslocamentos populacionais. Síntese de elementos do antigo Império Romano + povos bárbaros + cristianismo. 2

Leia mais

O feudalismo foi um sistema econômico, social político e cultural predominantemente na Idade Média.

O feudalismo foi um sistema econômico, social político e cultural predominantemente na Idade Média. O feudalismo foi um sistema econômico, social político e cultural predominantemente na Idade Média. ORIGEM e CARACTERÍSTICAS: O processo de decadência do Império Romano, a partir do século III, está na

Leia mais

Alta idade média (Séculos v AO X)

Alta idade média (Séculos v AO X) Alta idade média (Séculos v AO X) Baixa Idade Média (SÉCULOS XI AO XV) CARACTERÍSTICAS GERAIS OS POVOS BÁRBAROS O FEUDALISMO O IMPÉRIO CAROLÍNGEO ou REINO CRISTÃO DOS FRANCO O IMPÉRIO BIZANTINO: O IMPÉRIO

Leia mais

REINO FRANCO E FEUDALISMO. Professor Romildo Tavares

REINO FRANCO E FEUDALISMO. Professor Romildo Tavares REINO FRANCO E FEUDALISMO Professor Romildo Tavares REINO FRANCO Clovis unificou os povos Francos e originou a Dinastia Merovíngia. Converteu-se ao cristianismo e passou a ter o apoio da igreja católica.

Leia mais

O feudalismo foi um sistema econômico, social político e cultural predominantemente na Idade Média. ORIGEM e CARACTERÍSTICAS: O processo de

O feudalismo foi um sistema econômico, social político e cultural predominantemente na Idade Média. ORIGEM e CARACTERÍSTICAS: O processo de O feudalismo foi um sistema econômico, social político e cultural predominantemente na Idade Média. ORIGEM e CARACTERÍSTICAS: O processo de decadência do Império Romano, a partir do século III, está na

Leia mais

FEUDALISMO P R O F E S S O R R O D R I G O AL C A N T A R A G AS P A R

FEUDALISMO P R O F E S S O R R O D R I G O AL C A N T A R A G AS P A R FEUDALISMO P R O F E S S O R R O D R I G O AL C A N T A R A G AS P A R FEUDALISMO Este curso têm por objetivo trazer noções básicos sobre o Feudalismo. De forma que para maiores detalhes e aprofundamento

Leia mais

1. Formação do Feudalismo

1. Formação do Feudalismo 1. Formação do Feudalismo 1.1. Herança Romana O COLONATO foi uma instituição de fins do Império Romano, em que trabalhadores (colonos) recebiam um lote de terra para seu sustento, em grandes propriedades

Leia mais

Prof. José Augusto Fiorin

Prof. José Augusto Fiorin Alta idade média (Séculos v AO X) Baixa Idade Média (SÉCULOS XI AO XV) CARACTERÍSTICAS GERAIS OS POVOS BÁRBAROS O FEUDALISMO O IMPÉRIO CAROLÍNGEO ou REINO CRISTÃO DOS FRANCO O IMPÉRIO BIZANTINO: O IMPÉRIO

Leia mais

Os povos bárbaros. Povos que não partilhavam da cultura greco-romana. Bárbaros. Estrangeiros. Para os romanos

Os povos bárbaros. Povos que não partilhavam da cultura greco-romana. Bárbaros. Estrangeiros. Para os romanos Idade Média Parte 1 Os povos bárbaros Bárbaros Estrangeiros Para os romanos Povos que não partilhavam da cultura greco-romana Viviam em clãs. Economia agrícola/pastoril Não tinham propriedade privada.

Leia mais

Periodização Oficial 476.dC último Imperador Império Romano do Ocidente Odoacro, Hérulos d.c - Tomada de Constantinopla pelos Turcos

Periodização Oficial 476.dC último Imperador Império Romano do Ocidente Odoacro, Hérulos d.c - Tomada de Constantinopla pelos Turcos A IDADE MÉDIA Periodização Oficial 476.dC último Imperador Império Romano do Ocidente Odoacro, Hérulos. 1453 d.c - Tomada de Constantinopla pelos Turcos Idade Média Idade das Trevas Duração +/- 1000 anos.

Leia mais

1. FEUDALISMO. Páginas 04 à 15.

1. FEUDALISMO. Páginas 04 à 15. 1. FEUDALISMO Páginas 04 à 15. Formação do sistema feudal A fragmentação do Império Romano do Ocidente, o estabelecimento dos bárbaros na Europa Ocidental e a ruralização da sociedade geram as condições

Leia mais

Aula 1414- Alta Idade Média - Feudalismo

Aula 1414- Alta Idade Média - Feudalismo Aula 14 - Feudalismo Aula 1414- Alta Idade Média - Feudalismo DeOlhoNoEnem H4 - Comparar pontos de vista expressos em diferentes fontes sobre determinado aspecto da cultura. (A boa e a má Idade Média).

Leia mais

Idade Média Século V - XV

Idade Média Século V - XV Séc V Séc XI Séc XV Idade Média Século V - XV IDADE MÉDIA Século V XV Alta Idade Média Séc. V XI (formação e apogeu feudalismo) Baixa Idade Média Séc. XI XV (desagregação do feudalismo) Principais passagens

Leia mais

Idade Média. Ocidental. (Séc V ao Século XV)

Idade Média. Ocidental. (Séc V ao Século XV) A Idade Média Ocidental (Séc V ao Século XV) Alta Idade Média (Séc V ao X): fragmentação do império romano; formação dos efêmeros reinos bárbaros; ruralização da sociedade; descentrallização política;

Leia mais

A EUROPA FEUDAL PROFESSOR OTÁ

A EUROPA FEUDAL PROFESSOR OTÁ A EUROPA FEUDAL PROFESSOR OTÁ REINOS GERMÂNICOS OS GERMÂNICOS ERAM POVOS GUERREIROS. OS GUERREIROS JURAVAM PRESTAVAM JURAMENTO DE FIDELIDADE AO CHEFE, ESSE GRUPO DE GUERREIROS RECEBIA O NOME DE COMITATUS.

Leia mais

Reinos Germânicos e Império Carolíngio

Reinos Germânicos e Império Carolíngio IDADE MÉDIA OCIDENTAL Reinos Germânicos e Império Carolíngio Prof. Delzymar POVOS GERMÂNICOS/BÁRBAROS O Conceito de bárbaro veio dos gregos e foi assimilado pelos Romanos como todos aqueles que viviam

Leia mais

A Europa Feudal. Professor Ulisses Mauro Lima historiaula.wordpress.com

A Europa Feudal. Professor Ulisses Mauro Lima historiaula.wordpress.com A Europa Feudal Professor Ulisses Mauro Lima historiaula.wordpress.com Em nome de Deus, dos Homens e do Lucro O feudalismo pode ser definido a partir da estrutura Política, social, econômica e cultural

Leia mais

Idade Média (século V ao XV)

Idade Média (século V ao XV) Idade Média (século V ao XV) Alta Idade Média (séculos V ao X): formação e consolidação do feudalismo Baixa Idade Média (séculos XI ao XV): apogeu e crise do sistema feudal. 1 Povos Romanos e germanos,

Leia mais

História 4A Aula 11 As Invasões Bárbaras e o Reino dos Francos.

História 4A Aula 11 As Invasões Bárbaras e o Reino dos Francos. História 4A Aula 11 As Invasões Bárbaras e o Reino dos Francos. Idade Média Invasão dos Povos Bárbaros na Europa Ocidental Germânicos. Organização de diversos reinos Séc. IV - VIII Nova forma de organização

Leia mais

Conceito de Feudalismo: Sistema político, econômico e social que vigorou na Idade Média.

Conceito de Feudalismo: Sistema político, econômico e social que vigorou na Idade Média. Conceito de Feudalismo: Sistema político, econômico e social que vigorou na Idade Média. 1.Decadência do Império Romano fragmentação do poder político. Ruralização da Sociedade; Enfraquecimento comercial;

Leia mais

Conceito de Feudalismo:

Conceito de Feudalismo: Conceito de Feudalismo: - IDADE MÉDIA História Medieval Sistema político, econômico e social que vigorou na Idade Média. O SURGIMENTO DO FEUDALISMO ESTÁ ASSOCIADO À : 1.Decadência do Império Romano vila;

Leia mais

INSTRUMENTOS DE TORTURA UTILIZADOS CONTRA AS HERESIAS, CONSOLIDANDO O TRIBUNAL DA INQUISIÇÃO

INSTRUMENTOS DE TORTURA UTILIZADOS CONTRA AS HERESIAS, CONSOLIDANDO O TRIBUNAL DA INQUISIÇÃO INSTRUMENTOS DE TORTURA UTILIZADOS CONTRA AS HERESIAS, CONSOLIDANDO O TRIBUNAL DA INQUISIÇÃO CADEIRA INQUISITÓRIA ESMAGA CRÂNEOS CINTO DE ESTRANGULAMENTO ESMAGA SEIOS FORQUILHA DO HEREGE Sucesso comercial

Leia mais

A baixa Idade Média: da crise do Feudalismo à formação dos Estados Nacionais na Europa (Séc. XI-XV) [Cap. 5 e 8] Prof. Rafael Duarte 7 Ano

A baixa Idade Média: da crise do Feudalismo à formação dos Estados Nacionais na Europa (Séc. XI-XV) [Cap. 5 e 8] Prof. Rafael Duarte 7 Ano A baixa Idade Média: da crise do Feudalismo à formação dos Estados Nacionais na Europa (Séc. XI-XV) [Cap. 5 e 8] Prof. Rafael Duarte 7 Ano Busca de mais terras para cultivo. 1) A Baixa idade Média e a

Leia mais

Idade Média (século V ao XV)

Idade Média (século V ao XV) Idade Média (século V ao XV) Alta Idade Média (séculos V ao X): formação e consolidação do feudalismo Baixa Idade Média (séculos XI ao XV): apogeu e crise do sistema feudal. 1 Povos Romanos e germanos,

Leia mais

Periodização Oficial 476.dC último Imperador Império Romano do Ocidente Odoacro, Hérulos d.c - Tomada de Constantinopla pelos Turcos

Periodização Oficial 476.dC último Imperador Império Romano do Ocidente Odoacro, Hérulos d.c - Tomada de Constantinopla pelos Turcos A IDADE MÉDIA Periodização Oficial 476.dC último Imperador Império Romano do Ocidente Odoacro, Hérulos. 1453 d.c - Tomada de Constantinopla pelos Turcos Idade Média Idade das Trevas Duração +/- 1000 anos.

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL II

ENSINO FUNDAMENTAL II ENSINO FUNDAMENTAL II Valor: 2,0 pontos Nota: Data: / /2016 Professor: Vinícius Disciplina: História Nome: n o : Ano: 7º 1º bimestre TRABALHO DE RECUPERAÇÃO BIMESTRAL DE HISTÓRIA ORIENTAÇÕES: Este trabalho

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Lista de exercícios de História - 1º Bimestre Nome: Ano: 7º A / B Prof. Romão N.: / /17 FEUDALISMO FORMAÇÃO DO SISTEMA FEUDO SOCIEDADE FEUDAL RENASCIMENTOCOMERCIAL

Leia mais

2º bimestre 1ª série 12 - Era Medieval Formação e consolidação da Igreja Caps. 3.2, 3.3 e 7. Roberson de Oliveira Roberson de Oliveira

2º bimestre 1ª série 12 - Era Medieval Formação e consolidação da Igreja Caps. 3.2, 3.3 e 7. Roberson de Oliveira Roberson de Oliveira 2º bimestre 1ª série 12 - Era Medieval Formação e consolidação da Igreja Caps. 3.2, 3.3 e 7 Roberson de Oliveira Roberson de Oliveira 1 Igreja na Era Medieval Importância: 1. Único poder universal. 2.

Leia mais

Alta Idade Média. Setor Aula 5 Alta Idade Média Aula. Prof. Edu. 1 Império Bizantino. 2 Reino dos Francos

Alta Idade Média. Setor Aula 5 Alta Idade Média Aula. Prof. Edu. 1 Império Bizantino. 2 Reino dos Francos Aula 5 Alta Idade Média 1 Império Bizantino Setor 1606 2 Reino dos Francos 3 Origens do Islamismo 4 A Europa Feudal ealvespr@gmail.com 1.1 Império Romano do Ocidente Hipódromo Catedral de Santa Sofia Constantinopla

Leia mais

qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq

qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq Introdução a análise Histórica Feudalismo Fernando Del pozzo hjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxc

Leia mais

Capacete de um chefe saxão

Capacete de um chefe saxão Capacete de um chefe saxão Fivela de ouro (séc. VI, Museu Britânico, A Europa no início do século VI Londres, Inglaterra). 2 Fim do Império Romano do Ocidente Guerras civis. Descrédito do Imperador. Fixação

Leia mais

ORGANIZAÇÃO INDUSTRIAL. Prof. Carla Hammes

ORGANIZAÇÃO INDUSTRIAL. Prof. Carla Hammes ORGANIZAÇÃO INDUSTRIAL Prof. Carla Hammes FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO Sec. V a XV Supremacia da Igreja Sistema de produção Feudal Sociedade hierarquizada HIERARQUIA OU ESTAMENTOS A sociedade medieval

Leia mais

Linha do Tempo. Para poder localizar-se melhor no tempo e no espaço, os historiadores utilizam-se de marcos temporais.

Linha do Tempo. Para poder localizar-se melhor no tempo e no espaço, os historiadores utilizam-se de marcos temporais. Linha do Tempo Para poder localizar-se melhor no tempo e no espaço, os historiadores utilizam-se de marcos temporais. Idade Antiga Idade Média 250 / 900 1095 1230 1453 3500 a.c. Ano 1 300 476 622 1100

Leia mais

Baixa Idade Média 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS:

Baixa Idade Média 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: Baixa Idade Média 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: Decadência do feudalismo. Estruturação do modo de produção capitalista. Transformações básicas: auto-suficiência para economia de mercado; novo grupo social:

Leia mais

Feudalismo. Prof. Tácius Fernandes História

Feudalismo. Prof. Tácius Fernandes História Feudalismo Prof. Tácius Fernandes História O feudalismo foi um modo de organização social e político baseado nas relações servis. Tem suas origens na decadência do Império Romano. Predominou na Europa

Leia mais

ENEM CADERNO 1 GERAL CAP. 2 A FORMAÇÃO DO MUNDO MEDIEVAL

ENEM CADERNO 1 GERAL CAP. 2 A FORMAÇÃO DO MUNDO MEDIEVAL Gabarito: EXERCÍCIOS DE SALA Resposta da questão 1: A questão alude à inspiração de Hitler para a construção do III Reich, no Sacro Império Romano Germânico, união de territórios de população predominantemente

Leia mais

FEUDALISMO PROFESSOR OTÁVIO

FEUDALISMO PROFESSOR OTÁVIO FEUDALISMO PROFESSOR OTÁVIO 1. Do Império Romano aos Reinos Germânicos Devido à dificuldade de manter protegida a grande extensão das fronteiras do Império Romano das constantes invasões dos bárbaros,

Leia mais

FEUDALISMO EUROPEU SÉC. V - XV.

FEUDALISMO EUROPEU SÉC. V - XV. FEUDALISMO EUROPEU SÉC. V - XV 1. CONTEXTO: Queda do Império Romano do Ocidente. Invasões bárbaras. Fusão: Bárbaros + Roma. 1. CONTEXTO Heranças bárbaras: Fragmentação política; Ausência da noção de Estado.

Leia mais

A Formação dos Reinos Bárbaros. Prof. Alan Carlos Ghedini

A Formação dos Reinos Bárbaros. Prof. Alan Carlos Ghedini A Formação dos Reinos Bárbaros OS FRANCOS Prof. Alan Carlos Ghedini Reinos Bárbaros Após a queda do Império Romano do Ocidente (476 d.c) Ruralização da Europa, com grande êxodo urbano Começa a se formar

Leia mais

OS BÁRBAROS A IDADE MÉDIA

OS BÁRBAROS A IDADE MÉDIA OS BÁRBAROS A IDADE MÉDIA Antecedentes: Crise do Império Romano: Crise do escravismo; Declínio da produção e crises econômicas; Altos custos do Estado; Instabilidade política e militar; Ampliação do latifúndio;

Leia mais

Atividade de Classe 1 os anos Lucas ago /13. Nome: Nº: Turma:

Atividade de Classe 1 os anos Lucas ago /13. Nome: Nº: Turma: História Atividade de Classe 1 os anos Lucas ago /13 Nome: Nº: Turma: Resolver questões de múltipla escolha requer algumas habilidades específicas do aluno. Não basta apenas dominar o conteúdo, é preciso

Leia mais

A IGREJA MEDIEVAL. Profª. Maria Auxiliadora

A IGREJA MEDIEVAL. Profª. Maria Auxiliadora A IGREJA MEDIEVAL Profª. Maria Auxiliadora Organização Interna da Igreja Católica Clero Secular (Alto Clero) Papa, bispos, padres (ocupavam-se das coisas terrenas bens materiais) Clero Regular (Baixo Clero)

Leia mais

A Alta Idade Média. - Fragmentação de Roma (+- entre séc IV e V): civilização greco-romana, tradições germânicas e visão cristã.

A Alta Idade Média. - Fragmentação de Roma (+- entre séc IV e V): civilização greco-romana, tradições germânicas e visão cristã. A Alta Idade Média - Fragmentação de Roma (+- entre séc IV e V): civilização greco-romana, tradições germânicas e visão cristã. -Invasores germânicos fundaram reinos em diversas regiões que antes eram

Leia mais

Correção Ficha Formativa - 5 -

Correção Ficha Formativa - 5 - Correção Ficha Formativa - 5 - 1. Indica as obrigações estabelecidas entre suseranos e vassalos. O suserano tinha que defender e proteger o vassalo e dar-lhe um feudo. O vassalo tinha de prestar auxílio

Leia mais

O conceito surgiu no século XV; Aplica-se à população europeia; Refere-se ao período entre os séculos V (476) e XV (1453).

O conceito surgiu no século XV; Aplica-se à população europeia; Refere-se ao período entre os séculos V (476) e XV (1453). O conceito surgiu no século XV; Aplica-se à população europeia; Refere-se ao período entre os séculos V (476) e XV (1453). Alta Idade Média (entre os séculos V X): Surgimento dos feudos; Descentralização

Leia mais

Forma de organização econômica e tutorial rural na qual o trabalhador arrenda uma porção de terreno sob condição de reservar parte de sua produção como pagamento ao proprietário. O colono é denominado

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Nome: Nº 7º ano Data: / /2017 Professor: Fernanda/ Iuri 1º bimestre Nota: (valor: 1,0) a) Introdução Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou

Leia mais

Trabalho de Regulação 1 bimestre

Trabalho de Regulação 1 bimestre Nome: Ano: 7 ano Disciplina: História Professor: Eder Nº: Trabalho de Regulação 1 bimestre 1 - Complete abaixo a Linha do Tempo da Roma Antiga e responda a seguir com suas palavras o que foi a Crise do

Leia mais

Aula 16 História A O Feudalismo. sociedade romana com a germânica)

Aula 16 História A O Feudalismo. sociedade romana com a germânica) Aula 16 História A O Feudalismo (fusão dos elementos da sociedade romana com a germânica) FEUDALISMO A partir do século III, o ESCRAVISMO romano entrou em CRISE. A produção caiu. Comércio e a produção

Leia mais

FILOSOFIA MEDIEVAL: ESCOLÁSTICA 3ªSÉRIE DO ENSINO MÉDIO DRUMMOND 2017 PROF. DOUGLAS PHILIP

FILOSOFIA MEDIEVAL: ESCOLÁSTICA 3ªSÉRIE DO ENSINO MÉDIO DRUMMOND 2017 PROF. DOUGLAS PHILIP 3ªSÉRIE DO ENSINO MÉDIO DRUMMOND 2017 PROF. DOUGLAS PHILIP AULA 2 PATRÍSTICA E : DIFERENÇAS PATRÍSTICA (SÉC. I AO VII) Na decadência do Império Romano, surge a partir do século II a filosofia dos Padres

Leia mais

As Cruzadas, a Crise do Sistema Feudal, Renascimento Comercial, Renascimento Urbano, Pré-Capitalismo. Prof. Alan Carlos Ghedini

As Cruzadas, a Crise do Sistema Feudal, Renascimento Comercial, Renascimento Urbano, Pré-Capitalismo. Prof. Alan Carlos Ghedini As Cruzadas, a Crise do Sistema Feudal, Renascimento Comercial, Renascimento Urbano, Pré-Capitalismo Prof. Alan Carlos Ghedini A Crise do Sistema Feudal Como era a produção? Utilizava trabalho servil Baixo

Leia mais

FEUDALISMO PROF. OTTO TERRA

FEUDALISMO PROF. OTTO TERRA FEUDALISMO DIVISÃO HISTÓRICA ALTA IDADE MÉDIA BAIXA IDADE MÉDIA Inicia-se no século V até o século X; Inicia-se no século XI até o século XV; Acentua-se as principais características do feudalismo; Apresenta

Leia mais

A IDADE MÉDIA: INVASÕES BÁRBARAS E FEUDALISMO

A IDADE MÉDIA: INVASÕES BÁRBARAS E FEUDALISMO A IDADE MÉDIA: INVASÕES BÁRBARAS E FEUDALISMO 1. Período Medieval europeu Dividido em duas grandes etapas: Alta Idade Média (século V a século X) e Baixa Idade Média (século XI a século XV) 2. Invasões

Leia mais

A IGREJA MEDIEVAL. História 1 Aula 13 Prof. Thiago

A IGREJA MEDIEVAL. História 1 Aula 13 Prof. Thiago A IGREJA MEDIEVAL História 1 Aula 13 Prof. Thiago A IGREJA MEDIEVAL Instituição centralizada, poderosa, hierárquica, supranacional e autoritária Única instituição coesa com o fim do Império Romano Controle

Leia mais

O MUNDO MEDIEVAL. Prof a. Maria Fernanda Scelza

O MUNDO MEDIEVAL. Prof a. Maria Fernanda Scelza O MUNDO MEDIEVAL Prof a. Maria Fernanda Scelza Antecedentes Crises políticas no Império Romano desgaste; Colapso do sistema escravista; Problemas econômicos: aumento de impostos, inflação, descontentamento;

Leia mais

Prof. Alexandre Goicochea História

Prof. Alexandre Goicochea História FRANCO Merovíngia Carolíngio ISLÂMICO Maomé Xiitas (alcorão) e Sunitas (suna e alcorão) BIZÂNTINO Justiniano Igreja Santa Sofia Iconoclastia Monoticismo (Jesus Cristo só espírito) Corpus Juris Civilis

Leia mais

HISTÓRIA 1 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO

HISTÓRIA 1 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO HISTÓRIA 1 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II Civilização Greco- Romana e seu legado 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 7.1 Conteúdo Feudalismo e Sociedade

Leia mais

RECUPERAÇÃO PARALELA PREVENTIVA DE HISTÓRIA 7º ANO

RECUPERAÇÃO PARALELA PREVENTIVA DE HISTÓRIA 7º ANO RECUPERAÇÃO PARALELA PREVENTIVA DE HISTÓRIA 7º ANO QUESTÃO 1. Quando se fala em Queda do Império Romano, deve-se entender que se trata da queda do Império Romano do Ocidente, isto é, a porção do vasto

Leia mais

Feudalismo Europa Ocidental

Feudalismo Europa Ocidental IDADE MÉDIA Feudalismo Europa Ocidental No que diz respeito a Europa Ocidental, podemos afirmar que a Idade Média assistiu à formação do feudalismo, que nasceu em meio a desagregação do Império Romano

Leia mais

IDADE MÉDIA. Habilidade 11 - Identificar registros de práticas de grupos sociais no tempo e no espaço.:

IDADE MÉDIA. Habilidade 11 - Identificar registros de práticas de grupos sociais no tempo e no espaço.: IDADE MÉDIA Habilidade 11 - Identificar registros de práticas de grupos sociais no tempo e no espaço.: "O Feudalismo medieval nasceu no seio de uma época infinitamente perturbada. Em certa medida, ele

Leia mais

História Amauri Roteiro I 1º/ /03/2017. Roteiro de Estudos

História Amauri Roteiro I 1º/ /03/2017. Roteiro de Estudos Nº Ano/Série Ensino Turma 7º Fund. Disciplina Professor Natureza Código / Tipo Trimestre / Ano Data Tema História Amauri Roteiro I 1º/2017 29/03/2017 Roteiro de Estudos DICAS PARA FACILITAR SEU ESTUDO

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO PROFESSOR DEBORA SOUZA DISCIPLINA CIÊNCIAS SIMULADO: P3 Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 www.colegiomr.com.br ALUNO TURMA 801 Questão 1

Leia mais

H I S T Ó R I A P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O. DISCIPLINA: História ANO: 7 TURMAS: B, C e D ANO LECTIVO: 2011/

H I S T Ó R I A P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O. DISCIPLINA: História ANO: 7 TURMAS: B, C e D ANO LECTIVO: 2011/ DISCIPLINA: História ANO: 7 TURMAS: B, C e D ANO LECTIVO: 2011/2012 P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A - 1 - TEMA A Das Sociedades Recolectoras Às Primeiras Civilizações SUBTEMA

Leia mais

A Formação da Cristandade. Ocidental e a Expansão Islâmica. A Europa do século VI ao século IX

A Formação da Cristandade. Ocidental e a Expansão Islâmica. A Europa do século VI ao século IX A Formação da Cristandade Ocidental e a Expansão Islâmica A Europa do século VI ao século IX O novo mapa político da Europa As invasões bárbaras Império Romano Finais do século II O novo mapa político

Leia mais

1. (1,0) EXPLIQUE o que é o Sítio Urbano: 2. (1,0) EXPLIQUE o que são as Funções Urbanas: QiD 5 7º ANO PARTE 3 GEOGRAFIA

1. (1,0) EXPLIQUE o que é o Sítio Urbano: 2. (1,0) EXPLIQUE o que são as Funções Urbanas: QiD 5 7º ANO PARTE 3 GEOGRAFIA QiD 5 7º ANO PARTE 3 GEOGRAFIA 1. (1,0) EXPLIQUE o que é o Sítio Urbano: 2. (1,0) EXPLIQUE o que são as Funções Urbanas: QiD 5 7º ANO PARTE 3 GEOGRAFIA 3. (1,0) EXPLIQUE o que é Mancha Urbana: 4. (1,0)

Leia mais

RESPONSÁVEL CONSTRUTOR DE SEU PRESENTE SEM ESQUECER SEU PASSADO E DESAFIADOR DO DESTINO

RESPONSÁVEL CONSTRUTOR DE SEU PRESENTE SEM ESQUECER SEU PASSADO E DESAFIADOR DO DESTINO I - IDEAL GREGO DE HOMEM - LIVRE E RESPONSÁVEL CONSTRUTOR DE SEU PRESENTE SEM ESQUECER SEU PASSADO E DESAFIADOR DO DESTINO BUSCA A SABEDORIA PREPARAÇÃO PARA A PROCURA FORMAÇÃO INTEGRAL CORPO E ESPÍRITO

Leia mais

A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros.

A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros. ArtenaIdadeMédia A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros. Seu fim foi assinalado pela queda do Império Romano do Oriente em 1453,devido

Leia mais

Roteiro de Estudos para o 3º Bimestre 1 os anos Roberson ago/10. Nome: Nº: Turma:

Roteiro de Estudos para o 3º Bimestre 1 os anos Roberson ago/10. Nome: Nº: Turma: História Roteiro de Estudos para o 3º Bimestre 1 os anos Roberson ago/10 Nome: Nº: Turma: 1. Conteúdos a serem abordados no 3º bimestre: História Geral 1. Unificação e expansão islâmica (Cap. 15). 2. Reinos

Leia mais

Conceitos Domínios a trabalhar Experiências de aprendizagem Sugestões de recursos Hominização

Conceitos Domínios a trabalhar Experiências de aprendizagem Sugestões de recursos Hominização 7º ANO 1º PERÍODO 2012-2013 TEMA A Das sociedades recoletoras às primeiras civilizações A1 As sociedades recoletoras e as primeiras sociedades produtoras As primeiras conquistas do Homem Os grandes caçadores

Leia mais

História do Direito (d)

História do Direito (d) História do Direito (d) LOPES, José Reinaldo de Lima. O Direito na História. 3ª edição. São Paulo: Atlas, 2008. GILISSEN, J. Introdução Histórica ao Direito. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 1988. Formação

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO NA IDADE MÉDIA

ARQUITETURA E URBANISMO NA IDADE MÉDIA ARQUITETURA E URBANISMO NA IDADE MÉDIA As expressões Idade Média e Idade Moderna foram criadas durante o Renascimento, no século XV. Demonstrando o repúdio ao mundo feudal, os renascentistas forjaram tendenciosamente

Leia mais

Curso: Serviço Social. Série: 3º Período. Disciplina: Teoria Política. Carga horária semanal: 3 horas. Carga horária semestral: 60 horas

Curso: Serviço Social. Série: 3º Período. Disciplina: Teoria Política. Carga horária semanal: 3 horas. Carga horária semestral: 60 horas Curso: Serviço Social Série: 3º Período Disciplina: Teoria Política Carga horária semanal: 3 horas Carga horária semestral: 60 horas 1 Ementa Estado e Sociedade; Teoria Política; Absolutismo; Contratualismo;

Leia mais

06. REFORMAS RELIGIOSAS

06. REFORMAS RELIGIOSAS 06. REFORMAS RELIGIOSAS O clero e a Igreja Católica Igreja Católica instituição mais poderosa na Baixa Idade Média (séc. XI ao XV) única autoridade espiritual líder religioso único maior poder do que os

Leia mais

Conceitos Domínios a trabalhar Experiências de aprendizagem Sugestões de recursos Avaliação Aulas

Conceitos Domínios a trabalhar Experiências de aprendizagem Sugestões de recursos Avaliação Aulas 7º ANO - PCA 1º PERÍODO 2012-2013 TEMA A Das sociedades recoletoras às primeiras civilizações A1 As sociedades recoletoras e as primeiras sociedades produtoras As primeiras conquistas do Homem Os grandes

Leia mais

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO. Cumprimentos Sobre a importância do tempo Desejos. Introdução

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO. Cumprimentos Sobre a importância do tempo Desejos. Introdução HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Cumprimentos Sobre a importância do tempo Desejos HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Introdução A história é um profeta com olhar voltado para trás: pelo que foi e contra o que foi, anuncia o que

Leia mais

Linha do Tempo. Linha do Tempo

Linha do Tempo. Linha do Tempo Prof.. Hilário Rosa Invenção da Escrita 3200 A.C. Nasc. de Cristo Ano 1 Fim da queda de Roma Século V 476 Mundo Medieval X XI XII XIII Renascimento 1453 XIV XV XVI XVII XVIII XIX XX XXI Egito, Vale do

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA FUNDAMENTAL CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA FUNDAMENTAL CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA FUNDAMENTAL 6 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP UNIDADE DE ESTUDO 06 OBJETIVOS - Localizar, na História, a Idade Média;

Leia mais

Disciplina: HISTÓRIA Professor (a):rodrigo CUNHA Ano: 7º Turmas: 7.1 e 7.2

Disciplina: HISTÓRIA Professor (a):rodrigo CUNHA Ano: 7º Turmas: 7.1 e 7.2 Rede de Educação Missionárias Servas do Espírito Santo Colégio Nossa Senhora da Piedade Av. Amaro Cavalcanti, 2591 Encantado Rio de Janeiro / RJ CEP: 20735042 Tel: 2594-5043 Fax: 2269-3409 E-mail: cnsp@terra.com.br

Leia mais

IDADE MÉDIA BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC. XI XV)

IDADE MÉDIA BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC. XI XV) 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: Decadência do feudalismo. Estruturação do modo de produção capitalista. Transformações básicas: auto-suficiência para economia de mercado; novo grupo social: burguesia; formação

Leia mais

A arte medieval: o estilo românico e o gótico

A arte medieval: o estilo românico e o gótico COLÉGIO SALESIANO A arte medieval: o estilo românico e o gótico Prof. Maria José CULTURA MEDIEVAL. Século V ao XV: Idade das Trevas - Humanistas As construções que mais representam o período medieval são:

Leia mais

O QUE FOI A IDADE MÉDIA?

O QUE FOI A IDADE MÉDIA? Idade Média O QUE FOI A IDADE MÉDIA? A Idade Média ou Idade Medieval foi um período intermédio numa divisão esquemática da História da Europa em quatro "eras": a Idade Antiga, a Idade Média', a Idade Moderna

Leia mais

A Idade Média costuma ser dividida em duas grandes etapas:

A Idade Média costuma ser dividida em duas grandes etapas: IDADE MÉDIA A Idade Média costuma ser dividida em duas grandes etapas: Alta Idade Média (séc. V a X) - caracterizada, basicamente, pela desagregação da sociedade antiga e pela formação do sistema feudal.

Leia mais

Colégio XIX de Março Educação do jeito que deve ser

Colégio XIX de Março Educação do jeito que deve ser Colégio XIX de Março Educação do jeito que deve ser 2017 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE HISTÓRIA Aluno(a): Nº Ano: 7º Turma: Data: 08/05/2017 Nota: Professor(a): Ivana Cavalcanti Riolino Valor da Prova: 40 pontos

Leia mais

ESCOLÁSTICA A M A T R I Z A R I S T O T É L I C A A T É D E U S

ESCOLÁSTICA A M A T R I Z A R I S T O T É L I C A A T É D E U S ESCOLÁSTICA A M A T R I Z A R I S T O T É L I C A A T É D E U S Averróis Organizou o ensino e fundou escolas ligadas às instituições católicas. Divulgação da cultura greco-romana, passando a ter influência

Leia mais

ARTE MEDIEVAL. Estilo Bizantino

ARTE MEDIEVAL. Estilo Bizantino ARTE MEDIEVAL Durante a Idade Média (século V ao XV), a arte europeia foi marcada por uma forte influência da Igreja Católica. Esta atuava nos aspectos sociais, econômicos, políticos, religiosos e culturais

Leia mais

O caráter auto-suficiente da economia feudal dava-se em virtude da baixa produtividade agrícola.

O caráter auto-suficiente da economia feudal dava-se em virtude da baixa produtividade agrícola. Baixa Idade Média I. Origens O feudalismo europeu é resultado da síntese entre a sociedade romana em decadência e a sociedade bárbara em evolução. Esta síntese resulta nos chamados fatores estruturais

Leia mais

RENASCIMENTO CULTURAL

RENASCIMENTO CULTURAL RENASCIMENTO CULTURAL O termo renascimento, ou renascença, faz referência a um movimento intelectual e artístico ocorrido na Europa, entre os séculos XV e XVI, durante a transição da Idade Média para a

Leia mais

REFORMA PROTESTANTE. 1- CONTEXTO HISTÓRICO: 1.1- Início do século XVI no Norte da Europa.

REFORMA PROTESTANTE. 1- CONTEXTO HISTÓRICO: 1.1- Início do século XVI no Norte da Europa. REFORMA PROTESTANTE 1- CONTEXTO HISTÓRICO: 1.1- Início do século XVI no Norte da Europa. 1.2- Processo final de formação das monarquias nacionais absolutistas. 1.3- Grandes navegações: transformações econômicas,

Leia mais

Estudo Dirigido História -6 o ano Luciana Corrêa

Estudo Dirigido História -6 o ano Luciana Corrêa Conteúdos do 3º bimestre No 3º bimestre de 2015 estudaremos alguns povos que viveram na Ásia, na África e na Europa entre os séculos VII e XVI. Vamos conhecer um pouco como era a vida dos árabes, malinquês

Leia mais

Fatores religiosos: Corrupção do clero religioso : Venda de relíquias sagradas; venda de indulgencias; lotes celestiais; Ignorância do clero a maior

Fatores religiosos: Corrupção do clero religioso : Venda de relíquias sagradas; venda de indulgencias; lotes celestiais; Ignorância do clero a maior Fatores religiosos: Corrupção do clero religioso : Venda de relíquias sagradas; venda de indulgencias; lotes celestiais; Ignorância do clero a maior parte dos sacerdotes desconhecia a própria doutrina

Leia mais

A GESTÃO DO CONHECIMENTO NA ESCOLA MEDIEVAL

A GESTÃO DO CONHECIMENTO NA ESCOLA MEDIEVAL A GESTÃO DO CONHECIMENTO NA ESCOLA MEDIEVAL BERNARDO GOYTACAZES DE ARAÚJO MEMBRO DO CENTRO DE PESQUISAS ESTRATÉGICAS PAULINO SOARES DE SOUSA, DA UFJF. ALUNO DO CURSO DE FILOSOFIA DA UFJF. BERNARDOGOYARA@HOTMAIL.COM

Leia mais

DA IDADE MÉDIA À IDADE MODERNA. Prof. Adriano R. 1º Anos

DA IDADE MÉDIA À IDADE MODERNA. Prof. Adriano R. 1º Anos DA IDADE MÉDIA À IDADE MODERNA Prof. Adriano R. 1º Anos CONTEXTO E CARACTERÍSTICAS DA FILOSOFIA MEDIEVAL Séc. V ao Séc. XV d. C. Período da Idade Média (Mil anos de crescimento) - Reintroduzido o comércio

Leia mais

Portugal nos séculos XIII e XIV: Sociedade Portuguesa. História e Geografia de Portugal

Portugal nos séculos XIII e XIV: Sociedade Portuguesa. História e Geografia de Portugal Portugal nos séculos XIII e XIV: Sociedade Portuguesa 5.º Ano História e Geografia de Portugal Joana Simas Sociedade Portuguesa Pirâmide social. A sociedade portuguesa no século XIII estava organizada

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação de História A. 10.maio.2012 NOME: Nº

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação de História A. 10.maio.2012 NOME: Nº ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação de História A 10º Ano Professor: Renato Albuquerque Duração da ficha: 15 minutos. Tolerância: 5 minutos 3 páginas 10.maio.2012 NOME: Nº 1.

Leia mais

Conteúdo para recuperação do I Semestre. 7º ANO Feudalismo; A crise do sistema feudal.

Conteúdo para recuperação do I Semestre. 7º ANO Feudalismo; A crise do sistema feudal. Conteúdo para recuperação do I Semestre I Bimestre II Bimestre 7º ANO Feudalismo; A crise do sistema feudal. As Reformas Religiosas; A África. Feudalismo; Sistema político, econômico e social que se formou

Leia mais

Plano de Aula. História da Universidade e a Educação no Brasil. Introdução. Download da aula, plano e links. Introdução

Plano de Aula. História da Universidade e a Educação no Brasil. Introdução. Download da aula, plano e links. Introdução Plano de Aula História da Universidade e a Educação no Brasil. Ser capaz de inferir, através da evolução histórica da universidade, a função da mesma e a estruturação das universidades brasileiras. Breve

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE HISTÓRIA - 7º ANO

PLANIFICAÇÃO DE HISTÓRIA - 7º ANO Agrupamento de Escolas A R T U R G O N Ç AL V E S Escola Artur Gonçalves PLANIFICAÇÃO DE HISTÓRIA - 7º ANO Ano Letivo 2013/2014 Conteúdos Programáticos Objetivos/Competências Conceitos Estratégias/Atividades

Leia mais

Aula 1 - Transição para o. História das Teorias Econômicas Profa. Solange Corder

Aula 1 - Transição para o. História das Teorias Econômicas Profa. Solange Corder Aula 1 - Transição para o capitalismo: mercantilismo História das Teorias Econômicas Profa. Solange Corder Termos mais utilizados fase final do feudalismo; era do capitalismo comercial; era mercantilista.

Leia mais