Nome: Nº de aluno: 3ª Ficha de Avaliação 20/5/2014

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Nome: Nº de aluno: 3ª Ficha de Avaliação 20/5/2014"

Transcrição

1 Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Departamento de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Redes de Computadores (LEIC/LEETC/LERCM) Nome: Nº de aluno: 3ª Ficha de Avaliação 20/5/2014 A resposta à ficha é individual. A resolução da ficha tem de ser manuscrita. A bibliografia a consultar é a recomendada para a disciplina. Pode e deve procurar mais informação em outras fontes (ex: os livros da biblioteca, as normas e a Internet). A ficha é composta por perguntas de escolha múltipla e perguntas de desenvolvimento. As perguntas de escolha múltipla podem ter uma ou mais respostas certas. Deve assinalar na primeira coluna as respostas corretas e as erradas na segunda coluna. Recorra ao seu professor para esclarecer as dúvidas. A resposta à ficha deve ser entregue ao professor (por ou em papel) até 9/6/2014. A - Protocolo IP 1) Considere o protocolo IP: O protocolo IP fornece serviço de comunicação fiável entre duas máquinas O cabeçalho IP tem comprimento fixo de 20 bytes O campo TTL dos pacotes IP indica o seu tempo de vida O campo Checksum dos pacotes IP verifica a integridade do pacote Os Routers fragmentam os pacotes de acordo com o MTU das redes 2) Protocolo IP O campo Service Type indica qual o protocolo de nível superior transportado no pacote O campo Identification é o número de sequência de envio do pacote O campo Protocol indica a LAN usada no transporta do pacote Os pacotes IP com flag DF igual a 1 não podem ser fragmentados Os pacotes fragmentos não podem ser fragmentados de novo 3) Considere que um terminal pretende enviar uma mensagem ICMP com 2550 bytes de dados que vai atravessar dois troços de rede o primeiro com tramas de MTU (nível 2) de 1500 e o segundo com tramas de MTU (nível 2) de 580. Preencha a seguinte tabela referente a campos dos datagramas IP recebidos no destino. Fragmentos Identification Total Length Fragment Offset More Fragments Dont Fragment 1

2 B - Protocolo ICMP 4) ICMP As mensagens ICMP são transportadas em datagramas UDP. Quando o valor de TTL do pacote IP é decrementado para 0, o router descarta o pacote e envia uma mensagem ICMP time to live exceeded in transit A mensagem Host unreachable indica a ocorrência de congestionamento na interface da máquina As mensagens ICMP que reportam falhas, em caso de erro, não geram mensagens ICMP A mensagem ICMP Fragmented needed and DF set é usada no procedimento MTU Discovery 5) ICMP A aplicação Ping utiliza mensagens ICMP Type 0 e 8 As mensagens ICMP incluem sempre o cabeçalho IP do datagrama IP que provocou o erro As mensagens Timestamp Request/Reply permitem sincronizar os relógios das máquinas O comando ping com a opção record route regista no máximo o IP de 10 routers A partir do Ping é possível conhecer o número de routers existentes entre máquinas 6) ICMP Indique eventos que dão origem às seguintes mensagens ICMP: a) Type 3 code 0 b) Type 3 code 1 c) Type 3 code 4 d) Type 11 code 0 e) Type 11 code 1 B - Endereçamento IP 7) Preencha a tabela a seguir: Endereço Rede /Super/Sub-rede End. de rede End. Broadcast End. p/ máquinas /24 Sub-rede classe B / / / /23 8) Encontre o(s) endereço(s) de rede e respectiva(s) máscara(s) que sumarize o seguinte conjunto de blocos de endereços: /24, /25, /26, /27 e /27. 9) Encontre o(s) endereço(s) de rede e respectiva(s) máscara(s) que sumarize o seguinte conjunto de blocos de endereços: /24, /26, /27 e /27. 2

3 10) O quadro seguinte foi retirado de um PC e traduz a sua tabela de encaminhamento IP. ACTIVE ROUTES: Network destination Netmask Gateway Interface a) O endereço IP da máquina é b) O endereço da rede a que a máquina está ligada é c) O pacote IP com o endereço de destino é enviada para a gateway d) O pacote IP com o endereço de destino é enviada para a gateway 11) Considere a topologia de rede apresentada na figura constituída por cinco redes locais (LAN 1 a 5) interligadas através de três routers. Os endereços IP das interfaces série WAN pertencem à sub-rede classe C /28. Os endereços das sub-redes LAN 1 a 5 foram obtidos a partir da super-rede Classe C /23 atribuída pelo ISP. a) Assumindo que foram configurados os endereços IP indicados nas máquinas da figura e que toda a gama de endereços atribuídos será utilizada, indique os endereços de rede e de difusão das redes LAN 1 a 5. Rede LAN 1 LAN 2 LAN 3 LAN 4 LAN 5 Endereços das redes Endereço de Rede Máscara Endereço difusão Nº máquinas b) Atribua endereços IP e respetivas máscaras aos interfaces dos routers de modo a estarem de acordo com os endereços atribuídos na alínea a): 3

4 R1e0: IP: Másc.: R1e1: IP: Másc.: R1s0: IP: Másc.: R1s1: IP: Másc.: R2e0: IP: Másc.: R2e1: IP: Másc.: R2e2: IP: Másc.: R2s0: IP: Másc.: R2s1: IP: Másc.: R3e0: IP: Másc.: R3s0: IP: Másc.: R3s1: IP: Másc.: R3s2: IP: Másc.: c) Para a rede apresentada, e considerando os valores atribuídos nas alíneas anteriores, faça as tabelas de encaminhamento (sem sumarização) dos router R1. Assuma que todos os elementos de rede conhecem todas as redes, inclusive a rota por omissão para a Internet. Tabela Encaminhamento router R1 Rede Másc Gateway Interface d) Apresente a tabela do router Internet (Rint) com sumarização. Tabela Encaminhamento router RInt Rede Másc Gateway Interface 4

5 12) Considere a topologia de rede apresentada na figura constituída por seis redes locais (LAN 1 a 6) interligadas através de dois routers e que possibilitem a instalação respetivamente do seguinte número de PC: 180, 420, 120, 28, 58 e 20. a) Assumindo que toda a gama de endereços atribuídos será utilizada indique os endereços de rede e de difusão das redes LAN1 a LAN6. Endereços das redes Rede Endereço de Rede Másc End Broadcast Sub-rede LAN1 Sub-rede LAN2 Sub-rede LAN 3 Sub-rede LAN 4 Sub-rede LAN 5 Sub-rede LAN 6 b) Atribua endereços IP e respetivas máscaras às interfaces dos routers: R1e0: IP: Másc.: R1e1: IP: Másc.: R1e2: IP: Másc.: R2e0: IP: Másc.: R2e1: IP: Másc.: R2e2: IP: Másc.: R2e3: IP: Másc.: c) Atribua endereços IP e respetivas máscaras e indique o default gateway das máquinas A, B, C, D, e E de modo a estarem de acordo com os endereços atribuídos na alínea a): A: IP: Másc.: GW: B: IP: Másc.: GW: C: IP: Másc.: GW: D: IP: Másc.: GW: E: IP: Másc.: GW: 5

6 C - Protocolo ARP 13) Protocolo ARP O protocolo ARP é transportado sobre pacotes IP A mensagem ARP Request é transportada em tramas MAC Unicast O comando ARP s mostra a tabela ARP da máquina A mensagem ARP Reply é transportada em tramas MAC Unicast Para encaminhar um pacote é necessário executar o protocolo ARP 14) Protocolo ARP A partir do registo indicado diga: a) Trata-se de uma mensagem ARP Request ou Reply? b) Trata-se de uma trama Unicast ou Broadcast? c) Que código identifica que a trama ethernet transporta uma mensagem ARP? d) Que informação se obteve com esta transação? E - Protocolo DHCP 15) Considere o protocolo DHCP: As mensagens DHCP são transportadas em datagramas UDP Nas mensagens DHCP o servidor usa o porto 68 e o cliente o porto 67 As mensagens DHCP DISCOVER são enviadas pelo cliente no modo difusão (broadcast) A renovação da configuração é feita com a mensagem Request ao fim do tempo do Lease O protocolo DHCP fornece às máquinas o endereço do servidor de 6

7 16) Considere o protocolo DHCP e indique qual a mensagem para: Obter uma configuração de um servidor desconhecido? Renovar o aluguer da configuração atribuída? Cancelar a configuração atribuída? Quais os parâmetros fornecidos pelo servidor? 17) Considere o protocolo DHCP: As mensagens DHCP DISCOVER em broadcast enviadas pelos clientes têm de ser encaminhadas por um Relay Agent para chegar ao servidor DHCP quando este não é local à rede do cliente Com a mensagem DHCP RELEASE o cliente prescinde da configuração atribuída pelo servidor O comando ipconfig/renew é usado para libertar a configuração atribuída pelo servidor O campo Hop count é usado pelos Relay Agents para limitar a propagação das mensagens DHCP Em caso de falha do servidor DHCP a atribuição da configuração é feita pelo Relay agente 7

Nome: Nº de aluno: 2ª Ficha de Avaliação Teórica Data Limite de Entrega: 06/11/2016

Nome: Nº de aluno: 2ª Ficha de Avaliação Teórica Data Limite de Entrega: 06/11/2016 Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Redes de Internet (LEIC/LEETC/LEIM/MEIC) Nome: Nº de aluno: 2ª Ficha de Avaliação

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA ÁREA DEPARTAMENTAL DE ENGENHARIA DE ELECTRÓNICA E TELECOMUNICAÇÕES E DE COMPUTADORES Redes de Computadores (LEIC/LEETC/LERCM) Nome: Nº de aluno: 3ª Ficha de Avaliação

Leia mais

Capítulo 5 Sumário. Formato das Mensagens ICMP. Tipos de Mensagens ICMP

Capítulo 5 Sumário. Formato das Mensagens ICMP. Tipos de Mensagens ICMP 1 Capítulo 5 Sumário Formato das Mensagens ICMP Tipos de Mensagens ICMP Solicitação de Eco / Resposta de Eco Destino Inatingível Tempo Esgotado (time-out) Source Quench Redirecionamento 2 Aplicação Telnet

Leia mais

Nome: Nº de aluno: 2ª Ficha de Avaliação Teórica Data Limite de Entrega 06/11/2015

Nome: Nº de aluno: 2ª Ficha de Avaliação Teórica Data Limite de Entrega 06/11/2015 Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Redes de Internet (LEIC/LEETC/LEIM) Nome: Nº de aluno: 2ª Ficha de Avaliação

Leia mais

ICMP Internet Control Message Protocol

ICMP Internet Control Message Protocol TCP UDP ICMP Internet Control Message Protocol ARP IP ICMP Acesso à rede Funcionalidade Mensagens ICMP Internet Control Message Protocol - ICMP Funcionalidades Informar máquina de origem da ocorrência

Leia mais

Aula 5 Camada de rede (TCP/IP):

Aula 5 Camada de rede (TCP/IP): Aula 5 Camada de rede (TCP/IP): Protocolos da Camada de Rede; Endereços IP (Versão 4); ARP (Address Resolution Protocol); ARP Cache; RARP (Reverse Address Resolution Protocol); ICMP. Protocolos da Camada

Leia mais

CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento. Capítulo 8 - Mensagens de Erro e de Controle do Conjunto de Protocolos TCP/IP

CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento. Capítulo 8 - Mensagens de Erro e de Controle do Conjunto de Protocolos TCP/IP CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento Capítulo 8 - Mensagens de Erro e de Controle do Conjunto de Protocolos TCP/IP 1 Objetivos do Capítulo Descrever o ICMP; Descrever o formato de mensagem

Leia mais

ICMP. Tipos de mensagens ICMP

ICMP. Tipos de mensagens ICMP ICMP Tipos de mensagens ICMP ICMP (Internet Control Message Protocol) Normalmente considera-se que o ICMP faz parte da camada de rede Comunica mensagens de erro, mensagens de informação, mensagens de resposta

Leia mais

Redes de Computadores. Protocolos TCP/IP

Redes de Computadores. Protocolos TCP/IP Redes de Computadores Protocolos TCP/IP Sumário 2! Endereços IP (lógicos) Sub-redes! Endereços Ethernet (físicos)! Conversão de endereços IP/Ethernet! Pacotes IP! Números de portos! Segmentos UDP! Segmentos

Leia mais

Parte 3: Camada de Rede

Parte 3: Camada de Rede Parte 3: Camada de Rede Objetivos: Visão Geral: Entender os princípios dos serviços da Camada de Rede: Roteamento (seleção de caminho). Implementação na Internet. Serviços da Camada de Rede. Princípios

Leia mais

Camada de Rede: Protocolo IP

Camada de Rede: Protocolo IP Camada de Rede: Protocolo IP Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Departamento de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Redes de Computadores Nível Rede - Internet Protocol

Leia mais

Funcionalidades da camada de rede

Funcionalidades da camada de rede Camada de Rede Objetivo Conhecer as características, funcionalidades e protocolos da camada de rede, especialmente os protocolos IP e ICMP Entender as principais características e princípios operacionais

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Exame Prova Prática 3º MIEIC 15.07.2009 Nome: 1. Considere que um protocolo de ligação de dados é suportado num canal com capacidade igual a 500 kbit/s (em cada sentido) e que o tempo

Leia mais

Arquitetura TCP/IP. Parte VII Mensagens de controle e erro (ICMP) Fabrízzio Alphonsus A. M. N. Soares

Arquitetura TCP/IP. Parte VII Mensagens de controle e erro (ICMP) Fabrízzio Alphonsus A. M. N. Soares Arquitetura TCP/IP Parte VII Mensagens de controle e erro (ICMP) Fabrízzio Alphonsus A. M. N. Soares Tópicos Erros em redes de pacotes ICMP (Internet Control Message Protocol) Características Encapsulação

Leia mais

Resumo P2. Internet e Arquitetura TCP/IP

Resumo P2. Internet e Arquitetura TCP/IP Resumo P2 Internet e Arquitetura TCP/IP Internet: Rede pública de comunicação de dados Controle descentralizado; Utiliza conjunto de protocolos TCP/IP como base para estrutura de comunicação e seus serviços

Leia mais

Internet Control Message Protocol - ICMP. Rodolfo Riyoei Goya http://rgoya.sites.uol.com.br rgoya@uol.com.br

Internet Control Message Protocol - ICMP. Rodolfo Riyoei Goya http://rgoya.sites.uol.com.br rgoya@uol.com.br Internet Control Message Protocol - ICMP Rodolfo Riyoei Goya http://rgoya.sites.uol.com.br rgoya@uol.com.br Pauta Cabeçalho ICMP Funções do ICMP Bibliografia Stevens, R.W. TCP/IP Illustrated Volume 1 Addison-Wesley

Leia mais

Redes de Computadores Nível de Rede

Redes de Computadores Nível de Rede Comunicação de Dados por Fernando Luís Dotti fldotti@inf.pucrs.br Redes de Computadores Nível de Rede Fontes Fontes principais: principais: Redes Redes de de Computadores Computadores -- das das LANs,

Leia mais

Redes TCP-IP. Protocolo ICMP. Pilha TCP/IP. Protocolo ICMP Internet Control Message Protocol. Introdução ao Protocolo ICMP

Redes TCP-IP. Protocolo ICMP. Pilha TCP/IP. Protocolo ICMP Internet Control Message Protocol. Introdução ao Protocolo ICMP Volnys 1999-2003 1 Volnys 1999-2003 2 Pilha TCP/IP Internet Control Message Protocol Introdução ao Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br Introdução ao = Internet Control Message Protocol Protocolo auxiliar

Leia mais

Protocolo ICMP Internet Control Message Protocol. Introdução ao Protocolo ICMP. Introdução ao Protocolo ICMP. Introdução ao Protocolo ICMP

Protocolo ICMP Internet Control Message Protocol. Introdução ao Protocolo ICMP. Introdução ao Protocolo ICMP. Introdução ao Protocolo ICMP Internet Control Message Protocol Introdução ao Volnys Borges Bernal Matteo Nava ilnava;volnys@lsi.usp.br Introdução ao Introdução ao O que é o protocolo? = Internet Control Message Protocol Protocolo

Leia mais

Redes de computadores e a Internet. Prof. Gustavo Wagner. A camada de rede

Redes de computadores e a Internet. Prof. Gustavo Wagner. A camada de rede Redes de computadores e a Internet Prof. Gustavo Wagner Capitulo Capítulo 4 A camada de rede NAT: Network Address Translation resta da Internet 138.76.29.7 10.0.0.4 rede local (ex.: rede doméstica) 10.0.0/24

Leia mais

Resolução de Endereços: ARP

Resolução de Endereços: ARP Resolução de Endereços: ARP Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Departamento de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Redes de Computadores Protocolo ARP Objectivo Mapeamento

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Redes de Internet - Exame de ªépoca 06/0/03 As perguntas de escolha múltipla

Leia mais

Camada de rede. Introdução às Redes de Computadores

Camada de rede. Introdução às Redes de Computadores Rede Endereçamento Tradução de endereços de enlace Roteamento de dados até o destino Enlace Físico Provê os meios para transmissão de dados entre entidades do nível de transporte Deve tornar transparente

Leia mais

Funcionamento de ARP entre redes (sub-redes) distintas. Mecanismos de entrega. Funcionamento entre redes (sub-redes): default gateway

Funcionamento de ARP entre redes (sub-redes) distintas. Mecanismos de entrega. Funcionamento entre redes (sub-redes): default gateway Introdução Inst tituto de Info ormátic ca - UF FRGS Redes de Computadores Protocolos ARP e ICMP Aula 18 A camada de rede fornece um endereço lógico Uniforme, independente da tecnologia empregada pelo enlace

Leia mais

Redes TCP/IP - Aula 13 Fragmentação Datagrama IP

Redes TCP/IP - Aula 13 Fragmentação Datagrama IP 1. Fragmentação a) Formado de Cabeçalho + Dados 0 4 8 16 24 31 VERSÃO HLEN TIPO DE SERVIÇO COMPRIMENTO TOTAL IDENTIFICAÇÃO FLAGS (0,DF,MF) DESLOCAMENTO FRAGMENTO TEMPO DE VIDA PROTOCOLO VERIFICAÇÃO SOMA

Leia mais

Rede Local - Administração Endereçamento IPv4

Rede Local - Administração Endereçamento IPv4 Rede Local - Administração Endereçamento IPv4 Formador: Miguel Neto (migasn@gmail.com) Covilhã - Novembro 05, 2015 Endereçamento IPv4 Na Internet e, em geral, em todas as redes que utilizam os protocolos

Leia mais

Serviços de Redes. Aula 03 - Servidor DHCP

Serviços de Redes. Aula 03 - Servidor DHCP Serviços de Redes Aula 03 - Servidor DHCP Instituto Federal Catarinense Campus Sombrio Curso: Tecnologia em Redes de Computadores Professor: Jéferson Mendonça de Limas Por que Utilizar um Servidor DHCP

Leia mais

Capítulo 4 - Sumário

Capítulo 4 - Sumário 1 Capítulo 4 - Sumário Características do O Datagrama IP (Campos do Cabeçalho) Tamanho do Datagrama, MTU da Rede e Fragmentação 2 Aplicação Telnet HTTP FTP POP3 SMTP DNS DHCP Transporte TCP (Transmission

Leia mais

Redes de Computadores 2 Prof. Rodrigo da Rosa Righi - Aula 6

Redes de Computadores 2 Prof. Rodrigo da Rosa Righi - Aula 6 Agenda Redes de Computadores 2 Prof. Rodrigo da Rosa Righi - Aula 6 professor.unisinos.br/righi rrrighi@unisinos.br Camada de Rede na Internet Formato de Datagrama IP Fragmentação IP ICMP Camada de Rede

Leia mais

IP - endereçamento. Endereço IP. Ex.: Identificador de 32 bits para interfaces de roteadores e hospedeiros

IP - endereçamento. Endereço IP. Ex.: Identificador de 32 bits para interfaces de roteadores e hospedeiros Endereço IP Ex.: Identificador de 32 bits para interfaces de roteadores e hospedeiros 223.1.1.1 = 11011111 00000001 00000001 00000001 223 1 1 1 Endereços de interfaces e sub-redes (fonte: Kurose) No ex.,

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Endereçamento e Ethernet Prof. Jó Ueyama Junho/2013 1 slide 1 Redes Locais LAN: Local Area Network concentrada em uma área geográfica, como um prédio ou um campus. 2 slide 2 Tecnologias

Leia mais

PROTOCOLO ICMP. Março de Curso Superior em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Redes decomputadores II RC2A3

PROTOCOLO ICMP. Março de Curso Superior em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Redes decomputadores II RC2A3 Curso Superior em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Redes decomputadores II RC2A3 PROTOCOLO ICMP Março de 2016 Lourival da Silva Souza Sergio Dusilekz ICMP (INTERNET CONTROL MESSAGE PROTOCOL) O protocolo

Leia mais

Encaminhamento IP. Entrega Directa e Indirecta de Datagramas Tabela de Encaminhamento

Encaminhamento IP. Entrega Directa e Indirecta de Datagramas Tabela de Encaminhamento Encaminhamento IP Entrega Directa e Indirecta de Datagramas Tabela de Encaminhamento Encaminhamento IP Características Baseado em tabelas de encaminhamento (routing) Efectuado pelos routers e pelas máquinas

Leia mais

Rede de computadores Protocolos IP. Professor Carlos Muniz

Rede de computadores Protocolos IP. Professor Carlos Muniz Rede de computadores Professor Carlos Muniz Protocolo de Internet IP é um acrônimo para a expressão inglesa "Internet Protocol" (ou Protocolo de Internet), que é um protocolo usado entre duas ou mais máquinas

Leia mais

Protocolos de Interligação de Redes Locais e a Distância Protocolos de Rede. Thiago Leite

Protocolos de Interligação de Redes Locais e a Distância Protocolos de Rede. Thiago Leite Protocolos de Interligação de Redes Locais e a Distância Protocolos de Rede Thiago Leite thiago.leite@udf.edu.br 1 Falha de Conexão 2 Funções da camada de rede transmissão fim-a-fim precisa conhecer a

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Prof. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul brivaldo@facom.ufms.br 20 de julho de 2017 Visão Geral 1 Protocolo de Internet: IP 2 ICMP IPv6 Camada de Rede da Internet hosts, funções de roteamento da

Leia mais

Trabalho 10: Simulação de Roteador IPv6

Trabalho 10: Simulação de Roteador IPv6 Trabalho 10: Simulação de Roteador IPv6 Redes de Computadores 1 Descrição Este trabalho pode ser feito por até três acadêmicos. Neste trabalho vocês implementarão dois programas, de forma similar ao trabalho

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL SP CAMPUS DE PRESIDENTE EPITÁCIO PESQUISA PROTOCOLO ICMP

INSTITUTO FEDERAL SP CAMPUS DE PRESIDENTE EPITÁCIO PESQUISA PROTOCOLO ICMP INSTITUTO FEDERAL SP CAMPUS DE PRESIDENTE EPITÁCIO PESQUISA PROTOCOLO ICMP PROF: KLEBER MANRIQUE TREVISANI SABRINA TAVERA RODRIGUES PRONTUARIO : 1580248 Presidente Epitácio SP 2016 Pesquisa Realize uma

Leia mais

Arquitectura de Redes

Arquitectura de Redes Arquitectura de Redes Dynamic Host Configuration Protocol DHCP Arq. de Redes - Pedro Brandão - 2004 1 Objectivo Configuração automática de endereço (e outros parâmetros de rede) de uma máquina. Sucessor

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Introdução Inst tituto de Info ormátic ca - UF FRGS Redes de Computadores Introdução ao roteamento Aula 20 Inter-rede TCP/IP (Internet) é composta por um conjunto de redes interligadas por roteadores Roteador

Leia mais

Redes de Computadores I

Redes de Computadores I UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Redes de Computadores I Nível de Rede (IP) Prof. Helcio Wagner da Silva. p.1/36 Introdução

Leia mais

Redes TCP/IP. Prof. M.Sc. Alexandre Fraga de Araújo. alexandref@ifes.edu.br. INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Campus Cachoeiro de Itapemirim

Redes TCP/IP. Prof. M.Sc. Alexandre Fraga de Araújo. alexandref@ifes.edu.br. INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Campus Cachoeiro de Itapemirim Redes TCP/IP alexandref@ifes.edu.br Camada de Redes 2 O que acontece na camada de rede Transporta segmentos do hospedeiro transmissor para o receptor Roteador examina campos de cabeçalho em todos os datagramas

Leia mais

IP Móvel 1. Mobilidade IP FEUP MPR

IP Móvel 1. Mobilidade IP FEUP MPR IP Móvel 1 Mobilidade IP FEUP MPR IP Móvel, v4 IP Móvel 2 IP Móvel 3 Motivação Encaminhamento de datagramas IP Baseado em endereço IP de destino Endereço de rede IP Rede física Mudança de rede mudança

Leia mais

Trabalho de laboratório sobre o IP

Trabalho de laboratório sobre o IP Trabalho de laboratório sobre o IP Redes de Computadores I - 2007/2008 LEIC - Tagus Park Semana de 26 a 30 de Novembro 1 Introdução O objectivo desta aula é a familiarização com conceitos básicos do protocolo

Leia mais

Protocolos em Redes de Dados. Luís Rodrigues. O protocolo IP. Endereçamento NAT PAT Pacote IP ICMP. Aula 02. Encaminhamento IP IPV6 FCUL

Protocolos em Redes de Dados. Luís Rodrigues. O protocolo IP. Endereçamento NAT PAT Pacote IP ICMP. Aula 02. Encaminhamento IP IPV6 FCUL Aula 02 Os protocolos O protocolo V6 FCUL 2004-2005 O protocolo Corresponde ao nível rede do modelo OSI. Executa-se sobre os mais diversos protocolos do nível de comunicação de dados. Em cada passo, é

Leia mais

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº2

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº2 Redes de Computadores Curso de Eng. Informática Curso de Eng. de Electrónica e Computadores Trabalho de Laboratório Nº2 Configuração de TCP/IP numa rede computadores Utilização do Ping e Tracert 1 Objectivo

Leia mais

Modelo OSI x Modelo TCP/IP

Modelo OSI x Modelo TCP/IP Modelo OSI x Modelo TCP/IP OSI TCP/IP 7 Aplicação 6 Apresentação 5 Aplicação 5 Sessão 4 3 2 1 Transporte 4 Transporte Rede 3 Internet Enlace 2 Link de dados Física 1 Física Modelo de Referência OSI/ISO

Leia mais

Protocolos, DNS, DHCP, Ethereal e comandos em Linux

Protocolos, DNS, DHCP, Ethereal e comandos em Linux Redes de Computadores Protocolos, DNS, DHCP, Ethereal e comandos em Linux Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico de Bragança Março de 2006 Endereços e nomes Quaisquer duas estações

Leia mais

Redes de Computadores (LTIC) 2013/14. Grupo 1 (9 valores) 2º Teste (Frequência) 19 de Junho de Nome:

Redes de Computadores (LTIC) 2013/14. Grupo 1 (9 valores) 2º Teste (Frequência) 19 de Junho de Nome: Redes de Computadores (LTIC) 2013/14 Departamento de Informática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa 2º Teste (Frequência) 19 de Junho de 2014 ATENÇÃO: A duração da prova é de 1,5 horas

Leia mais

Interconexão de Redes Parte 2. Prof. Dr. S. Motoyama

Interconexão de Redes Parte 2. Prof. Dr. S. Motoyama Interconexão de Redes Parte 2 Prof. Dr. S. Motoyama 1 Software IP nos hosts finais O software IP nos hosts finais consiste principalmente dos seguintes módulos: Camada Aplicação; DNS (Domain name system)

Leia mais

3ª Ficha de Avaliação Teórica. Para a elaboração deste trabalho pode consultar, entre outra, a seguinte bibliografia:

3ª Ficha de Avaliação Teórica. Para a elaboração deste trabalho pode consultar, entre outra, a seguinte bibliografia: Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Área Departamental de Engenharia de Eletrónica e Telecomunicações e de Computadores Redes de Internet (RI) 2017/2018 LEIC, LEETC, LEIM, LEIRT, MEIC, MEET, MERCM

Leia mais

Funções da camada de rede

Funções da camada de rede Funções da camada de rede As duas funções fundamentais desta camada são: 1. Endereçamento ou addressing atribuição de um código único a cada interface de estação, tornando possível enviar e receber pacotes

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES

INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES CAMADA DE REDE Teresa Vazão 2 INTRODUÇÃO Internetworking, ligar o mundo em rede.. 1982 Bolt, Beranek and Newman: Inventores do protocolo de interligação de rede Exterior

Leia mais

Prof V Vargas, Instituto Superior Tecnico IP 15/09/10, Pg 1/5. IP {IP.doc}

Prof V Vargas, Instituto Superior Tecnico IP 15/09/10, Pg 1/5. IP {IP.doc} Prof V Vargas, Instituto Superior Tecnico IP 15/09/10, Pg 1/5 IP {IP.doc} 1. O valor inicial de TTL (Time To Live) no cabeçalho pode ser inferior ao número de saltos (hops) na rede, entre originador e

Leia mais

Redes de Computadores e a Internet

Redes de Computadores e a Internet Redes de Computadores e a Internet Magnos Martinello Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Departamento de Informática - DI Laboratório de Pesquisas em Redes Multimidia - LPRM 2010 Capítulo 4:

Leia mais

Jéfer Benedett Dörr

Jéfer Benedett Dörr Redes de Computadores Jéfer Benedett Dörr prof.jefer@gmail.com Conteúdo Camada de Rede Kurose Capítulo 4 Tanenbaum Capítulo 5 Camada de Rede terceira camada A camada de rede é usada para identifcar os

Leia mais

Endereço IP Privado. Endereçamento IP. IP Protocolo da Internet. Protocolos da. Camada de Inter-Rede (Internet)

Endereço IP Privado. Endereçamento IP. IP Protocolo da Internet. Protocolos da. Camada de Inter-Rede (Internet) Protocolos da Camada de Inter- (Internet) IP Protocolo da Internet. Não Confiável; Não Orientado à conexão; Trabalha com Datagramas; Roteável; IPv 4 32 bits; IPv 6 128 bits; Divisão por Classes (A,B,C,D,E);

Leia mais

Este documento requer uma compreensão do ARP e de ambientes Ethernet.

Este documento requer uma compreensão do ARP e de ambientes Ethernet. Proxy ARP Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Como o Proxy ARP Funciona? Diagrama de Rede Vantagens do Proxy ARP Desvantagens do Proxy ARP Introdução Este documento

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores 1 Elmano R. Cavalcanti Redes de Computadores Camada de Rede elmano@gmail.com facisa-redes@googlegroups.com http://sites.google.com/site/elmano Esta apresentação contém slides fornecidos pela Editora Pearson

Leia mais

Camadas do TCP/IP. Camada de Rede Protocolo IP. Encapsulamento dos Dados. O Protocolo IP. IP visto da camada de Transporte.

Camadas do TCP/IP. Camada de Rede Protocolo IP. Encapsulamento dos Dados. O Protocolo IP. IP visto da camada de Transporte. Camadas do TCP/IP Camada de Protocolo IP TE090 s de Computadores UFPR Prof. Eduardo Parente Ribeiro Aplicação Transporte ou Serviço Roteamento ou Inter-rede Enlace ou Interface de FTP, TELNET, SMTP, BOOTP,

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Exame Prova Prática 3º MIEIC 16.06.2009 Nome: 1. Considere que um protocolo de ligação de dados é suportado num canal com capacidade igual a 128 kbit/s (em cada sentido) e que o tempo

Leia mais

Redes TCP-IP. Protocolo IP. Agenda. Redes TCP/IP. Protocolo IP. Introdução ao Protocolo IP. Introdução ao Protocolo IP. Introdução ao Protocolo IP

Redes TCP-IP. Protocolo IP. Agenda. Redes TCP/IP. Protocolo IP. Introdução ao Protocolo IP. Introdução ao Protocolo IP. Introdução ao Protocolo IP Volnys Bernal 1999-2003 1 Volnys Bernal 1999-2003 2 Agenda Redes TCP/IP Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br Introdução ao protocolo IP Analogia: pacote IP - container Classes de endereços IP Roteamento

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores CAMADA DE REDE DHCP NAT IPv6 Slide 1 Protocolo DHCP Protocolo de Configuração Dinâmica de Hospedeiros (Dynamic Host Configuration Protocol DHCP), RFC 2131; Obtenção de endereço de

Leia mais

Camada de rede: IP. Cabeçalho IP, encaminhamento de pacotes IP, sub-redes, máscara de sub-redes e processos de cálculo, NAT e PAT, futuro do IPv4.

Camada de rede: IP. Cabeçalho IP, encaminhamento de pacotes IP, sub-redes, máscara de sub-redes e processos de cálculo, NAT e PAT, futuro do IPv4. Camada de rede: IP Cabeçalho IP, encaminhamento de pacotes IP, sub-redes, máscara de sub-redes e processos de cálculo, NAT e PAT, futuro do IPv4. Internet Rede 2 Rede 1 Internet Rede 4 Rede 3 Rede 5 O

Leia mais

FUNDAMENTOS DE REDES DE COMPUTADORES Unidade IV Camada de Rede. Luiz Leão

FUNDAMENTOS DE REDES DE COMPUTADORES Unidade IV Camada de Rede. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Conteúdo Programático 4.1 Protocolo IP 4.2 Endereçamento IP 4.3 Princípios de Roteamento Introdução O papel da camada de rede é transportar pacotes

Leia mais

Utilizando os Comandos ping e traceroute Estendidos

Utilizando os Comandos ping e traceroute Estendidos Utilizando os Comandos ping e traceroute Estendidos Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções O Comando ping O Comando ping Estendido Descrições dos Campos do Comando

Leia mais

Aula-16 Interconexão de Redes IP (Internet Protocol) Prof. Dr. S. Motoyama

Aula-16 Interconexão de Redes IP (Internet Protocol) Prof. Dr. S. Motoyama Aula-16 Interconexão de Redes IP (Internet Protocol) Prof. Dr. S. Motoyama Software de IP nos hosts finais O software de IP consiste principalmente dos seguintes módulos: Camada Aplicação; DNS (Domain

Leia mais

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços - italo@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia,

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores s de Computadores s de Computadores s de Computadores 2 1 Roteamento como visto cada gateway / host roteia mensagens não há coordenação com outras máquinas Funciona bem para sistemas estáveis e sem erros

Leia mais

DHCP: Dynamic Host Configuration Protocol

DHCP: Dynamic Host Configuration Protocol DHCP: Dynamic Host Configuration Protocol O objetivo desta unidade é apresentar o funcionamento de dois importantes serviços de rede: o DNS e o DHCP. O DNS (Domain Name System) é o serviço de nomes usado

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Prof. Esp. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com BENEFÍCIOS MODELO OSI Menor complexidade; Interfaces padronizadas; Interoperabilidade entre

Leia mais

EIC0032, Redes de Computadores 20/jan/2017 Exame Parte 2 (com consulta, 10 valores, 90 minutos) Nome:

EIC0032, Redes de Computadores 20/jan/2017 Exame Parte 2 (com consulta, 10 valores, 90 minutos) Nome: Exame Parte 2 (com consulta, 10 valores, 90 minutos) 1. Dois equipamentos comunicam usando uma ligação de dados que usa mecanismos ARQ. Assuma que a capacidade do canal (em cada sentido) é de 1 Mbit/s,

Leia mais

Nome: Nº de aluno: 1ª Ficha de Avaliação Teórica 14/10/2012

Nome: Nº de aluno: 1ª Ficha de Avaliação Teórica 14/10/2012 Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Redes de Internet (LEIC/LEETC/LERCM) Nome: Nº de aluno: 1ª Ficha de Avaliação

Leia mais

Laborato rio: Roteamento Esta tico

Laborato rio: Roteamento Esta tico INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CURSO TÉCNICO INTEGRADO EM INFORMÁTICA Nesta atividade prática, compreenderemos a importância do serviço de roteamento ao

Leia mais

Ping. O programa Ping, opção de record route e de timestamp.

Ping. O programa Ping, opção de record route e de timestamp. Ping O programa Ping, opção de record route e de timestamp. Ping Testa se um outro terminal se encontra atingível O programa envia uma mensagem ICMP echo request para um terminal e espera por receber uma

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Nível de rede Inst tituto de Info ormátic ca - UF FRGS Redes de Computadores Nível de rede Trabalho sob a Licença Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 3.0 Brasil Creative Commons. Para visualizar uma

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Camada de Rede Slide 1 Endereçamento IPv4 Tem comprimento de 32bits (4 bytes); São escritos em notação decimal separados por ponto; Cada interface de um sistema conectado a internet

Leia mais

Capítulo 2 - Sumário. Endereçamento em Sub-redes, Super-Redes (CIDR) e VLSM

Capítulo 2 - Sumário. Endereçamento em Sub-redes, Super-Redes (CIDR) e VLSM 1 Endereço IP Classe de Endereços IP Endereços IP Especiais Endereços IP Privativos Capítulo 2 - Sumário Endereçamento em Sub-redes, Super-Redes (CIDR) e VLSM Endereçamento Dinâmico (DHCP) Mapeamento IP

Leia mais

Protocolo IP (Internet Protocol) Características do

Protocolo IP (Internet Protocol) Características do Protocolo IP (Internet Protocol) Características do Protocolo IP Serviço de datagrama não confiável Endereçamento Hierárquico Facilidade de Fragmentação e Remontagem de pacotes Identificação da importância

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Prof. Esp. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com Arquitetura TCP/IP Exercícios AULA 08 1 SERVIÇO UNIVERSAL SISTEMA TELEFÔNICO Comunicação entre

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Nome: ; Nº de aluno: ; Turma: ; Curso: LEIC LEETC LERCM MEET MEIC MERCM ;

Leia mais

Redes de Computadores (RCOMP 2015/2016)

Redes de Computadores (RCOMP 2015/2016) Redes de Computadores (RCOMP 2015/2016) Pilha de protocolos TCP/IP. IPv4; ARP; UDP; BOOTP/DHCP; ICMP; TCP e IGMP. 1 A camada IP A pilha de protocolos normalmente designada por TCP/IP exerce atualmente

Leia mais

Visão geral da arquitetura do roteador

Visão geral da arquitetura do roteador Visão geral da arquitetura do roteador Duas funções-chave do roteador: Executar algoritmos/protocolos (RIP, OSPF, BGP) Comutar os datagramas do link de entrada para o link de saída 1 Funções da porta de

Leia mais

Redes e Conectividade

Redes e Conectividade Redes e Conectividade Protocolos icmp, arp, rarp, bootp e dhcp Versão 1.1 Outubro de 2016 Prof. Jairo jairo@uni9.pro.br professor@jairo.pro.br http://www.jairo.pro.br/ Redes e Conectividade outubro/2016

Leia mais

Trabalho de laboratório sobre ARP

Trabalho de laboratório sobre ARP Trabalho de laboratório sobre ARP Redes de Computadores I - 2005/2006 LEIC - Tagus Park Semana de 5 a 9 de Dezembro 1 Introdução O objectivo desta aula é a familiarização com conceitos básicos do protocolo

Leia mais

Redes de Computadores 3ª Colecção Exercícios diversos 16 de Dezembro de 2005 Spanning Tree, Protocolo IP, Encaminhamento em redes IP e Cam.

Redes de Computadores 3ª Colecção Exercícios diversos 16 de Dezembro de 2005 Spanning Tree, Protocolo IP, Encaminhamento em redes IP e Cam. I Bridging Transparente Spanning Tree 1) Considere a rede local, da figura. Admitindo que as bridges são transparentes e correm o algoritmo Spanning Tree (IEEE 802.1d) HOST Y HOST Z HOST X Bridge Prioridade

Leia mais

Saiba como funcionam os Hubs, Switchs e Routers

Saiba como funcionam os Hubs, Switchs e Routers Saiba como funcionam os Hubs, Switchs e Routers Date : 14 de Julho de 2013 Uma rede de dados pode ser definida como um conjunto de equipamentos passivos e activos. Relativamente aos equipamentos activos,

Leia mais

Redes de computadores e a Internet. A camada de rede

Redes de computadores e a Internet. A camada de rede Redes de computadores e a Internet Capitulo Capítulo 4 A camada de rede A camada de rede Objetivos do capítulo: Entender os princípios dos serviços da camada de rede: Roteamento (seleção de caminho) Escalabilidade

Leia mais

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº5

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº5 Redes de Computadores Curso de Eng. Informática Curso de Eng. de Electrónica e Computadores Trabalho de Laboratório Nº5 Análise do tráfego na rede Protocolos ARP, DHCP Objectivo Familiarização com o software

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO DNS, DHCP, Endereços Privados, Proxy e NAT EDGARD JAMHOUR. Segundo Bimestre

EXERCÍCIOS DE REVISÃO DNS, DHCP, Endereços Privados, Proxy e NAT EDGARD JAMHOUR. Segundo Bimestre EXERCÍCIOS DE REVISÃO DNS, DHCP, Endereços Privados, Proxy e NAT EDGARD JAMHOUR Segundo Bimestre Exercício 1: Considere a seguinte configuração de árvore de nomes DNS. ZONA.br dns (200.0.0.1) SOA br dns2

Leia mais

Endereçamento IP. Departamento Engª Electrotécnica ISEC

Endereçamento IP. Departamento Engª Electrotécnica ISEC Endereçamento IP Departamento Engª Electrotécnica ISEC Objectivos Visão geral sobre o endereçamento IPv4 e IPv6 Administração do espaço de endereçamento Obtenção de endereços Atribuição de endereços (manual

Leia mais

3 Interligação de redes (Camada de rede)

3 Interligação de redes (Camada de rede) 3 Interligação de redes 3 Interligação de redes (Camada de rede) 1/53 3.1 Conceitos 3.1 Conceitos de interligação de redes Internetworking 2/53 Introdução Objectivos da interligação de redes através do

Leia mais

IPv6 FEUP MPR. » Espaço de endereçamento pequeno» Usado de forma descontínua» Algumas alterações para resolver estes problemas

IPv6 FEUP MPR. » Espaço de endereçamento pequeno» Usado de forma descontínua» Algumas alterações para resolver estes problemas IPv6 1 IPv6 FEUP MPR IPv6 2 A Necessidade de um Novo IP IPv4» Espaço de endereçamento pequeno» Usado de forma descontínua» Algumas alterações para resolver estes problemas subredes e superredes (CDIR)»

Leia mais

Trabalho de laboratório sobre ARP

Trabalho de laboratório sobre ARP Trabalho de laboratório sobre ARP Redes de Computadores I - 2007/2008 LEIC - Tagus Park Semana de 3 a 7 de Dezembro 1 Introdução O objectivo desta aula é a familiarização com conceitos básicos do protocolo

Leia mais

Entendendo o Roteamento Baseado em Política

Entendendo o Roteamento Baseado em Política Entendendo o Roteamento Baseado em Política Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Usados Convenções Configurações Diagrama de Rede Configuração para Firewall Introdução O Roteamento Baseado

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Nível de rede Inst tituto de Info ormátic ca - UF FRGS Redes de Computadores Nível de rede Aula 6 Aplicação Apresentação Sessão Transporte Rede Enlace Físico Protocolo nível de aplicação Protocolo nível

Leia mais

Interligação de Redes

Interligação de Redes IP 1 Interligação de Redes Protocolos TCP/IP FEUP/DEEC/RCD 22/3 MPR/JAR IP 2 Pilha Protocolar TCP/IP Acesso à rede (subrede)» Interface ao meio físico» Carta de rede, device driver Rede (internetworking)»

Leia mais

TCP/IP Protocolos e Arquiteturas

TCP/IP Protocolos e Arquiteturas TCP/IP Protocolos e Arquiteturas Prof. Airton Ribeiro de Sousa 2016 Introdução ao TCP/IP Para que os computadores de uma rede possam trocar informações entre si, é necessário que todos adotem as mesmas

Leia mais

Redes de Computadores I - Protocolos de Controle: ICMP. por Helcio Wagner da Silva

Redes de Computadores I - Protocolos de Controle: ICMP. por Helcio Wagner da Silva Redes de Computadores I - Protocolos de Controle: ICMP por Helcio Wagner da Silva Introdução Na Internet, cada roteador opera de maneira autônoma X X X X 2 Introdução Infelizmente, nada funciona corretamente

Leia mais

D-Link500T. Simulador Site DLINK - Clique Aqui. D-Link500T - Alterar usuário e senha

D-Link500T. Simulador Site DLINK - Clique Aqui. D-Link500T - Alterar usuário e senha D-Link500T Simulador Site DLINK - Clique Aqui D-Link500T - Alterar usuário e senha 1 - Para configurar, digite o IP do seu modem (padrão: http://10.1.1.1 ) no seu navegador. A seguinte tela deverá aparecer:

Leia mais