X 1 X 2 Y

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "X 1 X 2 Y"

Transcrição

1 Universidade da Beira Interior - Departamento de Matemática ESTATÍSTICA APLICADA À GESTÃO Ficha de exercícios 3 Regressão Múltipla 2015/ Considere os seguintes dados: X 1 X 2 Y a) Ajuste um modelo de regressão linear múltipla aos dados observados. b) Construa a matriz de variâncias-covariâncias. c) Teste a hipótese de β 1 exceder 0.3. Considere α = 0.05 d) Construa um intervalo de confiança de 95% para β Considere os valores observados de quatro variáveis: X 1 X 2 X 3 Y a) Ajuste um modelo de regressão linear múltipla aos dados observados. b) Teste a significância do modelo ajustado na alínea anterior, considerando α = 1%. c) Calcule os coeficientes de determinação ajustado e não ajustado). Interprete. d) Construa a matriz de variâncias-covariâncias. e) Construa um teste de hipóteses para β 1 = 0 α = 5%). f) Teste a hipótese de β 2 ser inferior a 1 α = 2.5%). 3. Considere as receitas Y, em milhares de euros) obtidas por uma empresa. Seja X 1 a percentagem das receitas investida na empresa e seja X 2 a percentagem das receitas utilizada na aquisição de novos equipamentos. Na tabela seguinte estão registados os valores de 16 observações:

2 X 1 X 2 Y Sabe-se que: 20. y i = , x 1i = x 2i = 56, x 1i x 1 ) 2 = x 2i x 2 ) 2 = a) Ajuste um modelo de regressão linear múltipla aos dados observados, tendo em conta que: X T X ) = X T Y = b) Quanto se espera obter de receita, em média, para um investimento de 3% e aquisição de novos equipamentos de 5%. c) Tendo em conta que SSE = e que S yy = , calcule os coeficientes de determinação ajustado e não ajustado). Interprete. d) Teste a significância do modelo de regressão linear múltipla, considerando α = 10%. e) Teste se as variáveis X 1 e/ou X 2 contribuem significativamente para o modelo ajustado, considerando α = 1%. f) Teste a hipótese de β 2 ser inferior a 3, considerando α = 5%. 4. Para 20 casas de habitação que se encontravam à venda numa determinada cidade, foram registados dados relativos às seguintes grandezas: área total X 1, em centenas de m 2 ), valor patrimonial X 2, em milhares de euros) e preço de venda Y, em milhares de euros). Para relacionar o preço de venda com a área total e com o valor patrimonial, considerou-se o seguinte modelo de regressão: y i = β 0 + β 1 x 1i + β 2 x 2i + ɛ i, i = 1,..., 20. Os dados recolhidos permitiram determinar:

3 X T X ) = X T X ) 1 X T Y = Sabe-se ainda que: SSE = e S yy = a) Recorrendo a um indicador adequado, indique se é razoável aplicar o modelo de regressão linear para relacionar Y com X 1 e X 2. b) Qual a percentagem de variação no preço de venda que não se consegue explicar linearmente através da área total e do valor patrimonial? c) Um especialista em compra e venda de imóveis afirma que o valor patrimonial não influencia significativamente o preço de venda da casa. Comente esta afirmação. Use um nível de significância de 5%. d) O mesmo especialista quer prever o preço de uma casa com área total 15.31m 2 e avaliada em 37.3 milhares de euros. Que valor lhe indicaria e qual é o seu significado. e) Uma casa com as mesmas características da alínea anterior foi vendida por 55 milhares de euros. Este preço é diferente do que encontrou na alínea anterior? Se sim, a que se deve a diferença? 5. Ajuste um modelo da forma Y = β 0 + β 1 X + β 2 X 2 + β 3 X 3 + ɛ aos dados referentes à procura de um determinado bem ao longo de 5 anos: Ano X) Procura Y ) Considere a seguinte tabela que contém os dados referentes à evolução dos índice de desemprego e de preços no consumidor ao longo de 5 anos. Ajuste o modelo ln ln aos dados observados. Ano Índice de desemprego IPC

4 7. Considere as seguintes variáveis: X 1, que representa o número de trabalhadores; X 2, que representa x 1i x 2i y i a) Ajuste um modelo de regressão linear múltipla aos valores observados, sabendo que: X T X ) = e X T Y = b) Interprete os valores de ˆβ 1 e ˆβ 2. c) Teste a significância do modelo encontrado em a), considerando α = 1%. d) Teste se a variável X 2 contribui significativamente para o modelo ajustado, considerando α = 5%. 8. Considere as seguintes variáveis: X 1, que representa o número de trabalhadores; X 2, que representa x 1i x 2i y i a) Ajuste um modelo de regressão linear múltipla aos valores observados, sabendo que: b) Interprete os valores de ˆβ 1 e ˆβ 2. X T X ) = c) Teste a significância do modelo encontrado em a), considerando α = 5%. d) Alguma das variáveis regressoras pode ser eliminada do modelo considerado em a)? Justifique considerando α = 1%. 9. Considere as seguintes variáveis: X 1, que representa o número de trabalhadores; X 2, que representa

5 x 1i x 2i y i a) Ajuste um modelo de Regressão Linear Múltipla aos valores observados, sabendo que: X T X ) = b) Interprete os valores dos coeficientes de regressão. c) Teste a significância do modelo encontrado em a), considerando α = 1%. d) Determine a qualidade do ajuste do modelo encontrado em a). e) Qual das variáveis regressoras contribui mais para o modelo considerado em a)? Justifique considerando α = 5%.

Mestrado em Gestão de Empresas 2009/2010. Edição em Cabo Verde - Colaboração com o ISCEE

Mestrado em Gestão de Empresas 2009/2010. Edição em Cabo Verde - Colaboração com o ISCEE Mestrado em Gestão de Empresas 2009/2010 Edição em Cabo Verde - Colaboração com o ISCEE Unidade Curricular: Métodos Quantitativos (Data analysis, Modelling and Research) TRABALHO Nº 1 1. Uma empresa encara

Leia mais

Estatística Computacional (Licenciatura em Matemática) Duração: 2h Exame 14/06/10 NOME:

Estatística Computacional (Licenciatura em Matemática) Duração: 2h Exame 14/06/10 NOME: DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA Estatística Computacional (Licenciatura em Matemática) Duração: 2h Exame 14/06/10 NOME: Observação: A resolução completa das perguntas inclui a justificação

Leia mais

Universidade da Beira Interior Departamento de Matemática. Ficha de exercícios nº3: Dualidade. Interpretação Económica.

Universidade da Beira Interior Departamento de Matemática. Ficha de exercícios nº3: Dualidade. Interpretação Económica. Ano lectivo: 2008/2009; Universidade da Beira Interior Departamento de Matemática INVESTIGAÇÃO OPERACIONAL Ficha de exercícios nº3: Dualidade. Interpretação Económica. Cursos: Economia 1. Formule o problema

Leia mais

Regressão Linear Simples

Regressão Linear Simples Regressão Linear Simples Capítulo 16, Estatística Básica (Bussab&Morettin, 8a Edição) 10a AULA 18/05/2015 MAE229 - Ano letivo 2015 Lígia Henriques-Rodrigues 10a aula (18/05/2015) MAE229 1 / 38 Introdução

Leia mais

Econometria Lista 1 Regressão Linear Simples

Econometria Lista 1 Regressão Linear Simples Econometria Lista 1 Regressão Linear Simples Professores: Hedibert Lopes, Priscila Ribeiro e Sérgio Martins Monitores: Gustavo Amarante e João Marcos Nusdeo Exercício 1 (2.9 do Wooldridge 4ed - Modificado)

Leia mais

1 semestre de 2014 Gabarito Lista de exercícios 3 - Estatística Descritiva III C A S A

1 semestre de 2014 Gabarito Lista de exercícios 3 - Estatística Descritiva III C A S A Exercício 1. (1,0 ponto). A tabela a seguir mostra o aproveitamento conjunto em Física e Matemática para os alunos do ensino médio de uma escola. Notas Notas Notas Física/Matemática Altas Regulares Baixas

Leia mais

1. Registou-se o número de assoalhadas de 100 apartamentos vendidos num bairro residencial

1. Registou-se o número de assoalhadas de 100 apartamentos vendidos num bairro residencial Escola Superior de Tecnologia de Viseu Fundamentos de Estatística 2006/2007 Ficha nº 1 1. Registou-se o número de assoalhadas de 100 apartamentos vendidos num bairro residencial 0; 0; 0; 1; 2; 0; 0; 1;

Leia mais

Exercícios de Matemática Computacional -Cap. 6 Interpolação e aproximação polinomial

Exercícios de Matemática Computacional -Cap. 6 Interpolação e aproximação polinomial Exercícios de Matemática Computacional -Cap. 6 Interpolação e aproximação polinomial.. Departamento de Matemática Universidade da Beira Interior Matemática Computacional - Capítulo 6 Questão 6.1 Questão

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO Estatística II - Licenciatura em Gestão Época de Recurso - Parte prática (14 valores) 24/01/2011.

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO Estatística II - Licenciatura em Gestão Época de Recurso - Parte prática (14 valores) 24/01/2011. INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO Estatística II - Licenciatura em Gestão Época de Recurso - Parte prática (14 valores) 24/01/2011 Nome: Nº Espaço reservado para a classificação (não escrever aqui)

Leia mais

Econometria. Regressão Linear Simples Lista de Exercícios

Econometria. Regressão Linear Simples Lista de Exercícios Econometria Regressão Linear Simples Lista de Exercícios 1. Formas funcionais e coeficiente de explicação Um corretor de imóveis quer compreender a relação existente entre o preço de um imóvel e o tamanho,

Leia mais

Investigação Operacional

Investigação Operacional Ano lectivo: 0/06 Universidade da Beira Interior - Departamento de Matemática Investigação Operacional Ficha de exercícios n o Algoritmo Simplex Cursos: Gestão e Economia. Considere o seguinte conjunto

Leia mais

LISTA 1. a) Ache o salário médio e o numero médio de anos de estudo da amostra. Qual é o desvio-padrão de educ?

LISTA 1. a) Ache o salário médio e o numero médio de anos de estudo da amostra. Qual é o desvio-padrão de educ? LISTA 1 Curso: Economia 4ECO Disciplina: Econometria Período letivo: 2016/1 Professor: Hedibert Freitas Lopes - www.hedibert.org Monitora: Paloma Vaissman Uribe - PalomaVU@insper.edu.br Questão 1 Utilizando

Leia mais

(a) Identifique a população e a amostra. (b) Identifique a variável de interesse. (c) Que tipo de inferência é o interesse da agência governamental?

(a) Identifique a população e a amostra. (b) Identifique a variável de interesse. (c) Que tipo de inferência é o interesse da agência governamental? Universidade da Beira Interior - Departamento de Matemática ESTATÍSTICA APLICADA À GESTÃO Ficha de exercícios 1 Estatística Descritiva 2015/2016 1. Numa revista foi publicada uma lista com as 100 empresas

Leia mais

1º Caderno de Exercícios

1º Caderno de Exercícios 1º Caderno de Exercícios Exercícios Referentes aos Capítulos 1 e 2 do Programa 1. Considere os seguintes elementos referentes ao Capital e o valor da Produção na empresa do Sr. A, ao longo dos últimos

Leia mais

Nome: Número: Espaço reservado para classificações

Nome: Número: Espaço reservado para classificações Instituto Superior de Economia e Gestão Universidade de Lisboa Licenciaturas em Economia e em Finanças Econometria - Época Normal - 07/01/2015 Duração 2 horas Nome: Número: Notas: A utilização do telemóvel

Leia mais

Os votos em branco ou nulos não foram considerados como votos validamente expressos. Tabela 1

Os votos em branco ou nulos não foram considerados como votos validamente expressos. Tabela 1 1. Na Nova Zelândia, o método aplicado para a conversão de votos em mandatos é o método de Saint-Laguë. Na Tabela 1, estão indicados os números de votos, validamente expressos, obtidos pelas listas de

Leia mais

INTRODUÇÃO A ECONOMETRIA

INTRODUÇÃO A ECONOMETRIA INTRODUÇÃO A ECONOMETRIA Análise de regressão e uso do Eviews Introdução O modelo de regressão linear se utiliza para estudar a relação que existe entre uma variável dependente e uma ou várias variáveis

Leia mais

Matemática Aplicada II. Ficha prática nº

Matemática Aplicada II. Ficha prática nº Matemática Aplicada II Ficha prática nº1 ------------------------------------------------------------------------------- 1. Calcule a taxa de variação média da função no intervalo [2, 4]. 2. Se uma bola

Leia mais

P x. 2 i = P y. 2 i = Analise os dados e comente a possibilidade de existir uma relação linear entreasvariáveisemestudo.

P x. 2 i = P y. 2 i = Analise os dados e comente a possibilidade de existir uma relação linear entreasvariáveisemestudo. 8 Regressão Linear Exercício 8.1 Indique, justificando, qual dos valores abaixo indicados se aproxima mais do coeficiente de correlação dos dados descritos nas seguintes nuvens de pontos, X X X 1. r xy

Leia mais

Probabilidades e Estatística - LEIC + LERCI + LEE 2 o semestre 2004/05

Probabilidades e Estatística - LEIC + LERCI + LEE 2 o semestre 2004/05 Departamento de Matemática Secção de Estatística e Aplicações - IST Probabilidades e Estatística - LEIC + LERCI + LEE 2 o semestre 2004/05 3 o Teste 4/6/2005 9h O Teste que vai realizar tem a duração total

Leia mais

Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Tecnologia de Tomar Área Interdepartamental de Matemática

Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Tecnologia de Tomar Área Interdepartamental de Matemática Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Tecnologia de Tomar Área Interdepartamental de Matemática Análise Numérica Licenciaturas em Engenharia Ambiente,Civil e Química I - Equações Não Lineares.

Leia mais

Resolução do Exame de Matemática Aplicada às Ciências Sociais 10 ọ /11 ọ Ano 2012 (2 ạ Fase)

Resolução do Exame de Matemática Aplicada às Ciências Sociais 10 ọ /11 ọ Ano 2012 (2 ạ Fase) Resolução do Exame de Matemática Aplicada às Ciências Sociais 10 ọ /11 ọ Ano 01 ( ạ Fase) 1. 1.1. No método de Hondt divide-se o número de votos de cada lista por 1,,, 4, 5, 6, 7, 8, 9, etc: Divisores

Leia mais

Ministério da Educação. Nome:... Número:

Ministério da Educação. Nome:... Número: Ministério da Educação Nome:...... Número: Unidade Lectiva de: Introdução às Probabilidades e Estatística Ano Lectivo de 2003/2004 Código1334 Teste Formativo Nº 2 1. Considere que na selecção de trabalhadores

Leia mais

Análise da Regressão. Prof. Dr. Alberto Franke (48)

Análise da Regressão. Prof. Dr. Alberto Franke (48) Análise da Regressão Prof. Dr. Alberto Franke (48) 91471041 O que é Análise da Regressão? Análise da regressão é uma metodologia estatística que utiliza a relação entre duas ou mais variáveis quantitativas

Leia mais

Econometria - Lista 6

Econometria - Lista 6 Econometria - Lista 6 Professores: Hedibert Lopes, Priscila Ribeiro e Sérgio Martins Monitores: Gustavo Amarante e João Marcos Nusdeo Exercício 1 A curva de Phillips desempenha um papel fundamental na

Leia mais

Separe em grupos de folhas diferentes as resoluções dos grupos I e II das resoluções dos grupos III e IV GRUPO I (50 PONTOS)

Separe em grupos de folhas diferentes as resoluções dos grupos I e II das resoluções dos grupos III e IV GRUPO I (50 PONTOS) Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais UCP MATEMÁTICA I FREQUÊNCIA 1 - versão A Duração: 15 minutos Durante a prova não serão prestados quaisquer tipo de esclarecimentos. Qualquer dúvida ou questão

Leia mais

Universidade da Beira Interior Departamento de Matemática

Universidade da Beira Interior Departamento de Matemática Universidade da Beira Interior Departamento de Matemática ESTATÍSTICA Ano lectivo: 2007/2008 Curso: Ciências do Desporto Folha de exercícios nº4: Distribuições de probabilidade. Introdução à Inferência

Leia mais

ESTATÍSTICA DESCRITIVA EXERCÍCIOS

ESTATÍSTICA DESCRITIVA EXERCÍCIOS ESTATÍSTICA DESCRITIVA EXERCÍCIOS I ESTATÍSTICAS DESCRITIVAS E DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIAS 1. Determine quais das seguintes variáveis aleatórias são qualitativas ou quantitativas. Se quantitativas, indique

Leia mais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais. Prova Global de Avaliação PROVA NÚMERO 1

Matemática Aplicada às Ciências Sociais. Prova Global de Avaliação PROVA NÚMERO 1 Matemática Aplicada às Ciências Sociais Prova Global de Avaliação PROVA NÚMERO 1 Observação: a prova seguinte é da total responsabilidade dos autores do programa e o GAVE não é modo nenhum responsável

Leia mais

ESTATÍSTICA DESCRITIVA EXERCÍCIOS

ESTATÍSTICA DESCRITIVA EXERCÍCIOS ESTATÍSTICA DESCRITIVA EXERCÍCIOS I ESTATÍSTICAS DESCRITIVAS E DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIAS 1. Determine quais das seguintes variáveis aleatórias são qualitativas ou quantitativas. Se quantitativas, indique

Leia mais

Estatística. Nos exercícios que se seguem, e caso seja necessário, considere que os pressupostos necessários à aplicação da ANOVA são verificados.

Estatística. Nos exercícios que se seguem, e caso seja necessário, considere que os pressupostos necessários à aplicação da ANOVA são verificados. INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA Ano Lectivo 007/008 Estatística Ficha n.º Nos exercícios que se seguem, e caso seja necessário, considere que os pressupostos necessários

Leia mais

Estatística para Cursos de Engenharia e Informática

Estatística para Cursos de Engenharia e Informática Estatística para Cursos de Engenharia e Informática BARBETTA, Pedro Alberto REIS, Marcelo Menezes BORNIA, Antonio Cezar MUDANÇAS E CORREÇOES DA ª EDIÇÃO p. 03, após expressão 4.9: P( A B) = P( B A) p.

Leia mais

ECONOMETRIA. Prof. Patricia Maria Bortolon, D. Sc.

ECONOMETRIA. Prof. Patricia Maria Bortolon, D. Sc. ECONOMETRIA Prof. Patricia Maria Bortolon, D. Sc. Cap. 10 Multicolinearidade: o que acontece se os regressores são correlacionados? Fonte: GUJARATI; D. N. Econometria Básica: 4ª Edição. Rio de Janeiro.

Leia mais

ECONOMETRIA I. I (11 valores)

ECONOMETRIA I. I (11 valores) Faculdade de Economia Universidade Nova de Lisboa ECONOMETRIA I Exame de 1ª Época 14 de Janeiro de 2005 Duração: 2 horas I (11 valores) Com base numa amostra aleatória de 88 alunos que fizeram o exame

Leia mais

FICHA DE TRABALHO FUNÇÕES POLINOMIAIS. Matemática (10/11º ano) EXERCÍCIOS

FICHA DE TRABALHO FUNÇÕES POLINOMIAIS. Matemática (10/11º ano) EXERCÍCIOS FICHA DE TRABALHO FUNÇÕES POLINOMIAIS Matemática (10/11º ano) EXERCÍCIOS I. Questões de escolha múltipla 1. Das seguintes representações gráficas, quais são representativas de funções? (A) I e IV (B) II

Leia mais

ficha 1 matrizes e sistemas de equações lineares

ficha 1 matrizes e sistemas de equações lineares Exercícios de Álgebra Linear ficha matrizes e sistemas de equações lineares Exercícios coligidos por Jorge Almeida e Lina Oliveira Departamento de Matemática, Instituto Superior Técnico 2 o semestre 2/2

Leia mais

Renda x Vulnerabilidade Ambiental

Renda x Vulnerabilidade Ambiental Renda x Vulnerabilidade Ambiental ANEXO D ANÁLISE EXPLORATÓRIA E PREPARAÇÃO DOS DADOS Identificamos tendência linear positiva. A correlação entre as variáveis é significativa, apresentando 99% de confiança.

Leia mais

Estatística - Análise de Regressão Linear Simples. Professor José Alberto - (11) sosestatistica.com.br

Estatística - Análise de Regressão Linear Simples. Professor José Alberto - (11) sosestatistica.com.br Estatística - Análise de Regressão Linear Simples Professor José Alberto - (11 9.7525-3343 sosestatistica.com.br 1 Estatística - Análise de Regressão Linear Simples 1 MODELO DE REGRESSÃO LINEAR SIMPLES

Leia mais

Resolução da Prova de Matemática Financeira e Estatística do ISS Teresina, aplicada em 28/08/2016.

Resolução da Prova de Matemática Financeira e Estatística do ISS Teresina, aplicada em 28/08/2016. de Matemática Financeira e Estatística do ISS Teresina, aplicada em 8/08/016. 11 - (ISS Teresina 016 / FCC) Joana aplicou todo seu capital, durante 6 meses, em bancos ( e Y). No Banco, ela aplicou 37,5%

Leia mais

Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) Licenciaturas em Gestão e Finanças & Contabilidade Estatística II - Exame de 1ª época

Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) Licenciaturas em Gestão e Finanças & Contabilidade Estatística II - Exame de 1ª época Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) Licenciaturas em Gestão e Finanças & Contabilidade Estatística II - Exame de 1ª época Duração: 2h +30m Nota: Não são prestados esclarecimentos durante a prova!

Leia mais

9 Correlação e Regressão. 9-1 Aspectos Gerais 9-2 Correlação 9-3 Regressão 9-4 Intervalos de Variação e Predição 9-5 Regressão Múltipla

9 Correlação e Regressão. 9-1 Aspectos Gerais 9-2 Correlação 9-3 Regressão 9-4 Intervalos de Variação e Predição 9-5 Regressão Múltipla 9 Correlação e Regressão 9-1 Aspectos Gerais 9-2 Correlação 9-3 Regressão 9-4 Intervalos de Variação e Predição 9-5 Regressão Múltipla 1 9-1 Aspectos Gerais Dados Emparelhados há uma relação? se há, qual

Leia mais

EXAME DE ESTATÍSTICA / ESTATÍSTICA I

EXAME DE ESTATÍSTICA / ESTATÍSTICA I INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE EAME DE ESTATÍSTICA / ESTATÍSTICA I Cursos: Licenciatura em Enfermagem e Licenciaturas Bi-etápicas em Fisioterapia e em Terapia da Fala Época de

Leia mais

Contabilometria. Aula 9 Regressão Linear Inferências e Grau de Ajustamento

Contabilometria. Aula 9 Regressão Linear Inferências e Grau de Ajustamento Contabilometria Aula 9 Regressão Linear Inferências e Grau de Ajustamento Interpretação do Intercepto e da Inclinação b 0 é o valor estimado da média de Y quando o valor de X é zero b 1 é a mudança estimada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AMBIENTAL LISTA DE EXERCÍCIOS 5

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AMBIENTAL LISTA DE EXERCÍCIOS 5 UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AMBIENTAL Disciplina: Estatística II LISTA DE EXERCÍCIOS 5 1. Quando que as amostras são consideradas grandes o suficiente,

Leia mais

Virgílio A. F. Almeida DCC-UFMG 2005

Virgílio A. F. Almeida DCC-UFMG 2005 ! Virgílio A. F. Almeida DCC-UFMG 2005 Regressão linear assume relações lineares entre variáveis previsoras e a resposta. O que acontece quando essas relações não são lineares? Coeficientes de determinação

Leia mais

Proposta C3 A A A A A max. x 100

Proposta C3 A A A A A max. x 100 Modelos de Apoio à Decisão 2009/2010 Caderno de Exercícios n.º 1 (Avaliação Multicritério) Exercício 1 No Programa de Concurso para fornecimento de equipamento técnico para a empresa MIO, Lda., são indicados

Leia mais

Probabilidades e Estatística

Probabilidades e Estatística Departamento de Matemática Probabilidades e Estatística LEAN, LEE, LEGI, LEGM, LEIC-A, LEIC-T, LEMat, LERC, LMAC, MEAer, MEAmbi, MEBiol, MEBiom, MEEC, MEFT, MEMec, MEQ o semestre 011/01 Exame de Época

Leia mais

3 a. FASE DO CONCURSO VESTIBULAR DO BACHARELADO EM ESTATÍSTICA 1 a. PROVA DA DISCIPLINA: CE065 ELEMENTOS BÁSICOS PARA ESTATÍSTICA CANDIDATO:

3 a. FASE DO CONCURSO VESTIBULAR DO BACHARELADO EM ESTATÍSTICA 1 a. PROVA DA DISCIPLINA: CE065 ELEMENTOS BÁSICOS PARA ESTATÍSTICA CANDIDATO: 3 a. FASE DO CONCURSO VESTIBULAR DO BACHARELADO EM ESTATÍSTICA a. PROVA DA DISCIPLINA: CE65 ELEMENTOS BÁSICOS PARA ESTATÍSTICA CANDIDATO: a. Questão (valor,): Resolva de forma clara e detalhada as questões

Leia mais

Econometria - Lista 5

Econometria - Lista 5 Econometria - Lista 5 Professores: Hedibert Lopes, Priscila Ribeiro e Sérgio Martins Monitores: Gustavo Amarante e João Marcos Nusdeo Exercício 1 Utilizando a base de dados disponível em TEMCOPROD.wtf1,

Leia mais

ESTATÍSTICA DESCRITIVA EXERCÍCIOS

ESTATÍSTICA DESCRITIVA EXERCÍCIOS ESTATÍSTICA DESCRITIVA EXERCÍCIOS I ESTATÍSTICAS DESCRITIVAS E DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIAS 1. Determine quais das seguintes variáveis aleatórias são qualitativas ou quantitativas. Se quantitativas, indique

Leia mais

(ii) Acrescente lucros ao modelo da parte (i). Por que essa variável não pode ser

(ii) Acrescente lucros ao modelo da parte (i). Por que essa variável não pode ser Questão 1 O arquivo CEOSAL2.RAW contém dados de 177 diretores, os quais podem ser utilizados para examinar os efeitos do desempenho da firma sobre o salário do CEO. (i) Estime um modelo que relacione o

Leia mais

Introdução ao modelo de Regressão Linear

Introdução ao modelo de Regressão Linear Introdução ao modelo de Regressão Linear Prof. Gilberto Rodrigues Liska 8 de Novembro de 2017 Material de Apoio e-mail: gilbertoliska@unipampa.edu.br Local: Sala dos professores (junto ao administrativo)

Leia mais

EXAME DE ESTATÍSTICA / ESTATÍSTICA I

EXAME DE ESTATÍSTICA / ESTATÍSTICA I INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE EAME DE ESTATÍSTICA / ESTATÍSTICA I Cursos: Licenciatura em Enfermagem e Licenciaturas Bi-etápicas em Fisioterapia e em Terapia da Fala Época de

Leia mais

Análise de regressão linear simples. Diagrama de dispersão

Análise de regressão linear simples. Diagrama de dispersão Introdução Análise de regressão linear simples Departamento de Matemática Escola Superior de Tecnologia de Viseu A análise de regressão estuda o relacionamento entre uma variável chamada a variável dependente

Leia mais

= < 5. O segundo menor valor esperado estimado corresponde à célula (3,3), com Ê33 = 29 30

= < 5. O segundo menor valor esperado estimado corresponde à célula (3,3), com Ê33 = 29 30 ISTITUTO SUPERIOR DE AGROOMIA ESTATÍSTICA E DELIEAMETO 2 de ovembro, 205 PRIMEIRO TESTE 205-6 Uma resolução possível I Tem-se uma tabela de contingências de dimensão 3 4. Apenas o número total de observações

Leia mais

Objetivos. Ao final desse grupo de slides os alunos deverão ser capazes de:

Objetivos. Ao final desse grupo de slides os alunos deverão ser capazes de: Objetivos Ao final desse grupo de slides os alunos deverão ser capazes de: Escolher e utilizar um método de estimação adequado para os parâmetros de um modelo de regressão que apresente regressores endógenos.

Leia mais

Gabarito Trabalho 1. onde 1 refere-se ao salário quando a variável branco = 1. Teremos, então:

Gabarito Trabalho 1. onde 1 refere-se ao salário quando a variável branco = 1. Teremos, então: Professor: Eduardo Pontual Monitor: Tiago Souza Econometria MFEE Gabarito Trabalho 1 Exercício 1 Queremos estimar a diferença salarial entre trabalhadores brancos e não brancos. Assim, calcularemos a diferença

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA JAIME MONIZ Matemática Aplicada às Ciências Sociais 10º ano

ESCOLA SECUNDÁRIA JAIME MONIZ Matemática Aplicada às Ciências Sociais 10º ano ESCOLA SECUNDÁRIA JAIME MONIZ Matemática Aplicada às Ciências Sociais 10º ano Ficha de Trabalho: Revisão Estatística Univariada e Bivariada. 2009/2010 Nos arredondamentos que efectuar, conserve sempre

Leia mais

4 Cálculo Diferencial

4 Cálculo Diferencial 4 Cálculo Diferencial 1. (Eercício IV.1 de [1]) Calcule as derivadas das funções: a) tg, b) +cos 1 sen, c) e arctg, d) e log2, e) sen cos tg, f) 2 (1 + log ), g) cos(arcsen ) h) (log ), i) sen 2. 2. Derive:

Leia mais

Intervalos de Confiança - Amostras Pequenas

Intervalos de Confiança - Amostras Pequenas Intervalos de Confiança - Amostras Pequenas Teste de Hipóteses para uma Média Jorge M. V. Capela, Marisa V. Capela, Instituto de Química - UNESP Araraquara, SP capela@iq.unesp.br Araraquara, SP - 2016

Leia mais

Capítulo III: Sistemas de equações. III.1 - Condicionamento de sistemas lineares

Capítulo III: Sistemas de equações. III.1 - Condicionamento de sistemas lineares EXERCÍCIOS DE MATEMÁTICA COMPUTACIONAL Capítulo III: Sistemas de equações III1 - Condicionamento de sistemas lineares 1 Seja 1 0 0 10 6 e considere o sistema Ax = b, com b = 1 10 6 T, que tem por solução

Leia mais

APL 2.1 ENERGIA CINÉTICA AO LONGO DE UM PLANO INCLINADO

APL 2.1 ENERGIA CINÉTICA AO LONGO DE UM PLANO INCLINADO APL 2.1 ENERGIA CINÉTICA AO LONGO DE UM PLANO INCLINADO Questão Problema: Um carro encontra-se parado no cimo de uma rampa. Acidentalmente, é destravado e começa a descer a rampa. Como se relaciona a energia

Leia mais

a) 19% b) 20% c) Aproximadamente 13% d) 14% e) Qualquer número menor que 20%

a) 19% b) 20% c) Aproximadamente 13% d) 14% e) Qualquer número menor que 20% 0. Sabe-se que o nível de significância é a probabilidade de cometermos um determinado tipo de erro quando da realização de um teste de hipóteses. Então: a) A escolha ideal seria um nível de significância

Leia mais

MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Funções racionais

MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Funções racionais MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Funções racionais 1 Na figura ao lado, está representada, num referencial o.n., parte da hipérbole que é o gráfico de uma função As retas

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA Departamento Matemática Curso Engenharia do Ambiente 2º Semestre 1º Folha Nº 5: Testes Paramétricos Probabilidades e Estatística 1. O director comercial de uma cadeia de lojas pretende comparar duas técnicas

Leia mais

MÉTODOS NUMÉRICOS. ENGENHARIA e GESTÃO INDUSTRIAL

MÉTODOS NUMÉRICOS. ENGENHARIA e GESTÃO INDUSTRIAL UNIVERSIDADE DO MINHO MÉTODOS NUMÉRICOS ENGENHARIA e GESTÃO INDUSTRIAL EXERCÍCIOS PRÁTICOS Ano lectivo de 2005/2006 Métodos Numéricos - L.E.G.I. Exercícios práticos - CONUM Solução de uma equação não linear

Leia mais

Capítulo III Sistemas de equações

Capítulo III Sistemas de equações Capítulo III Sistemas de equações III1 - Condicionamento de sistemas lineares 1 Seja 1 0 0 10 6 e considere o sistema Ax = b, com b = 1 10 6 T, que tem por solução exacta x = 1 1 T (a) Determine cond(a)

Leia mais

Homocedasticidade? Exemplo: consumo vs peso de automóveis

Homocedasticidade? Exemplo: consumo vs peso de automóveis REGRESSÃO Análise de resíduos Homocedasticidade? Exemplo: consumo vs peso de automóveis 60 50 Consumo (mpg) 40 30 0 10 0 1500 000 500 3000 3500 4000 4500 Peso 0 Diagrama de resíduos 15 10 Resíduos 5 0-5

Leia mais

ESTUDO DE CASO. Terapêutica e prevenção secundária no tumor do pulmão

ESTUDO DE CASO. Terapêutica e prevenção secundária no tumor do pulmão ESTUDO DE CASO Terapêutica e prevenção secundária no tumor do pulmão É bem conhecida a relação tabaco / tumor do pulmão, embora existam casos de neoplasia do pulmão sem antecedentes de tabagismo. Mesmo

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS I. Faça os seguintes exercícios do Apêndice D do livro do Wooldridge:

LISTA DE EXERCÍCIOS I. Faça os seguintes exercícios do Apêndice D do livro do Wooldridge: UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE FACULDADE DE ECONOMIA ECONOMETRIA II Prof.ª Danielle Carusi Machado LISTA DE EXERCÍCIOS I REVISÃO DE ÁLGEBRA MATRICIAL Faça os seguintes exercícios do Apêndice D do livro

Leia mais

AULA 09 Regressão. Ernesto F. L. Amaral. 17 de setembro de 2012

AULA 09 Regressão. Ernesto F. L. Amaral. 17 de setembro de 2012 1 AULA 09 Regressão Ernesto F. L. Amaral 17 de setembro de 2012 Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FAFICH) Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Fonte: Triola, Mario F. 2008. Introdução à

Leia mais

1E207 - MACROECONOMIA II

1E207 - MACROECONOMIA II LICECIATURA EM ECOOMIA (2009-10) 1E207 - MACROECOOMIA II Cap. 1 Crescimento Económico Exercício 1.1 Suponha que a função produção subjacente à economia portuguesa no início do presente século é conhecida

Leia mais

1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3.

1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3. 1 1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3. Modelo de Resultados Potenciais e Aleatorização (Cap. 2 e 3

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR. Verde Castanho Vermelho Azul Branco Total

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR. Verde Castanho Vermelho Azul Branco Total UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Probabilidades e Estatística 2008/2009 GESTÃO E ECONOMIA FICHA DE TRABALHO 6: Teste de Ajustamento. 1. Uma máquina de lavar a roupa é vendida em cinco cores: verde, castanho,

Leia mais

FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE FEA/USP. Lista 7 - Econometria I

FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE FEA/USP. Lista 7 - Econometria I FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE FEA/USP São Paulo - Nov/2017 Lista 7 - Econometria I Professora: Paula Pereda EAE0324 Monitores: Bernardo Ostrovski e Igor Barreto ALUNO: ATENÇÃO: A

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS ENSINO RECORRENTE DE NÍVEL SECUNDÁRIO POR MÓDULOS CAPITALIZÁVEIS CURSO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS DISCIPLINA : MATEMÁTICA A ANO: 10.º - CONJUNTO DOS MÓDULOS 1-2-3 DURAÇÃO

Leia mais

ficha 2 determinantes

ficha 2 determinantes Exercícios de Álgebra Linear ficha 2 determinantes Exercícios coligidos por Jorge Almeida e Lina Oliveira Departamento de Matemática, Instituto Superior Técnico 2 o semestre 2011/12 Determinantes 2 Sendo

Leia mais

1 Números Reais. 1. Simplifique as seguintes expressões (definidas nos respectivos domínios): b) x+1. d) x 2, f) 4 x 4 2 x, g) 2 x2 (2 x ) 2, h)

1 Números Reais. 1. Simplifique as seguintes expressões (definidas nos respectivos domínios): b) x+1. d) x 2, f) 4 x 4 2 x, g) 2 x2 (2 x ) 2, h) Números Reais. Simplifique as seguintes expressões (definidas nos respectivos domínios): x a), x b) x+ +, x c) +x + x +x, d) x, e) ( x ), f) 4 x 4 x, g) x ( x ), h) 3 x 6 x, i) x x +, j) x x+ x, k) log

Leia mais

Indicador de resultados em contexto Nota técnica

Indicador de resultados em contexto Nota técnica Indicador de resultados em contexto Nota técnica 1 Preâmbulo Desde o ano letivo 2012/13 que os indicadores de resultados em contexto têm vindo a ser integrados pela Inspeção Geral de Educação e Ciência

Leia mais

Módulo 4 Ajuste de Curvas

Módulo 4 Ajuste de Curvas Módulo 4 Ajuste de Curvas 4.1 Intr odução Em matemática e estatística aplicada existem muitas situações onde conhecemos uma tabela de pontos (x; y), com y obtido experimentalmente e deseja se obter uma

Leia mais

Exercícios de MATEMÁTICA COMPUTACIONAL. 1 0 Semestre de 2009/2010 Resolução Numérica de Equações Não-Lineares

Exercícios de MATEMÁTICA COMPUTACIONAL. 1 0 Semestre de 2009/2010 Resolução Numérica de Equações Não-Lineares Exercícios de MATEMÁTICA COMPUTACIONAL Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica 1 0 Semestre de 2009/2010 Resolução Numérica de Equações Não-Lineares 1. Considere a equação sin(x) e x = 0. a) Prove que

Leia mais

Virgílio A. F. Almeida DCC-UFMG 2005

Virgílio A. F. Almeida DCC-UFMG 2005 Virgílio A. F. Almeida DCC-UFMG 005 O que é um bom modelo? Como estimar os parâmetros do modelo Como alocar variações Intervalos de Confiança para Regressões Inspeção Visual ! "# Para dados correlacionados,

Leia mais

Lista de Exercício 1ª TVC Química Analítica V Teoria (1º Sem 2016)

Lista de Exercício 1ª TVC Química Analítica V Teoria (1º Sem 2016) Lista de Exercício 1ª TVC Química Analítica V Teoria (1º Sem 2016) Skoog Capítulo 5: Erros em análises químicas 5-1. Explique a diferença entre: a) erro constante e erro proporcional b) Erro aleatório

Leia mais

TERCEIRO TESTE DE ÁLGEBRA LINEAR Teste de Dezembro de 2013 Instituto Superior Técnico - LEE, LEGI, LEIC-TP, LETI

TERCEIRO TESTE DE ÁLGEBRA LINEAR Teste de Dezembro de 2013 Instituto Superior Técnico - LEE, LEGI, LEIC-TP, LETI TERCEIRO TESTE DE ÁLGEBRA LINEAR Teste 3.3 21 de Dezembro de 2013 Instituto Superior Técnico - LEE, LEGI, LEIC-TP, LETI Nome: Número: Curso: Problema a b c d e lalala Classificação 1 2 3 4 5 9 10 11 12

Leia mais

Orçamento 29/08/2016. Orçamento de Vendas. Orçamento de Produção. Orçamento de Estoque Final. Orçamento de custos indiretos de fabricação

Orçamento 29/08/2016. Orçamento de Vendas. Orçamento de Produção. Orçamento de Estoque Final. Orçamento de custos indiretos de fabricação Orçamento Vendas Estoque Final Produção matéria-prima direta mão-de-obra direta custos indiretos de fabricação Custo dos Produtos Vendidos investimentos financiamentos Caixa despesas de vendas e administrativas

Leia mais

REGRESSÃO LINEAR Parte I. Flávia F. Feitosa

REGRESSÃO LINEAR Parte I. Flávia F. Feitosa REGRESSÃO LINEAR Parte I Flávia F. Feitosa BH1350 Métodos e Técnicas de Análise da Informação para o Planejamento Julho de 2015 Onde Estamos Para onde vamos Inferência Esta5s6ca se resumindo a uma equação

Leia mais

de adição e multiplicação por escalar definidas por: 2. Mostre que o conjunto dos polinômios da forma a + bx com as operações definidas por:

de adição e multiplicação por escalar definidas por: 2. Mostre que o conjunto dos polinômios da forma a + bx com as operações definidas por: Lista de Exercícios - Espaços Vetoriais. Seja V o conjunto de todos os pares ordenados de números reais e considere as operações de adição e multiplicação por escalar definidas por: i. u + v (x y) + (s

Leia mais

αx + 2y + (α + 1)z + 2αw = β 1. [40 pontos] Discuta o sistema em função dos parâmetros α, β e γ.

αx + 2y + (α + 1)z + 2αw = β 1. [40 pontos] Discuta o sistema em função dos parâmetros α, β e γ. Católica Lisbon School of Business and Economics UCP MATEMÁTICA I MINI-TESTE 1 - versão A Duração: 90 minutos Durante a prova não serão prestados quaisquer tipo de esclarecimentos. Qualquer dúvida ou questão

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE ESTATÍSTICA. Cursos: Licenciatura em Enfermagem

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE ESTATÍSTICA. Cursos: Licenciatura em Enfermagem INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE ESTATÍSTICA Cursos: Licenciatura em Enfermagem Teste Final o Ano/3 o Semestre 007/08 Data: a feira, 9 de Novembro de 007 Duração: 4h às h Instruções:.

Leia mais

Modelos Lineares Generalizados - Modelos log-lineares para tabelas de contingência

Modelos Lineares Generalizados - Modelos log-lineares para tabelas de contingência Modelos Lineares Generalizados - Modelos log-lineares para tabelas de contingência Erica Castilho Rodrigues 12 de Agosto Introdução 3 Vimos como usar Poisson para testar independência em uma Tabela 2x2.

Leia mais

Teste de Matemática CURSO: Ciências do Desporto 31/I/11 Duração: 2h Justifique cuidadosamente todas as suas respostas.

Teste de Matemática CURSO: Ciências do Desporto 31/I/11 Duração: 2h Justifique cuidadosamente todas as suas respostas. Faculdade de Motricidade Humana Matemática Aplicada e Estatística Teste de Matemática CURSO: Ciências do Desporto 31/I/11 Duração: 2h Justifique cuidadosamente todas as suas respostas. I (12 valores) (a)

Leia mais

Nome: Turma: Processo

Nome: Turma: Processo Instituto Superior de Economia e Gestão Universidade de Lisboa Econometria Época Normal 02/06/2016 Duração: 2 horas Nome: Turma: Processo Espaço reservado para classificações A utilização do telemóvel

Leia mais

29 e 30 de julho de 2013

29 e 30 de julho de 2013 Introdução à Programa de Pós-Graduação em Estatística e Experimentação Agronômica ESALQ/USP 29 e 30 de julho de 2013 Dia 1 - Conteúdo 1 2 3 Alguns softwares recomen: R (Livre) /www.r-project.org/ SAS (SAS

Leia mais

ECONOMETRIA EXERCÍCIOS DO CAPÍTULO 2

ECONOMETRIA EXERCÍCIOS DO CAPÍTULO 2 ECONOMETRIA EXERCÍCIOS DO CAPÍTULO 2 1. Exercício 7C.8 de W (6th edition), apenas as alíneas i) a iv). 2. Exercício 7.7 de W. 3. Exercício 8C.7 de W, apenas a alínea i). 4. Exercício 17.1 de W. 5. Exercício

Leia mais

Mais Informações sobre Itens do Relatório

Mais Informações sobre Itens do Relatório Mais Informações sobre Itens do Relatório Amostra Tabela contendo os valores amostrados a serem utilizados pelo método comparativo (estatística descritiva ou inferencial) Modelos Pesquisados Tabela contendo

Leia mais

Aulas práticas de Álgebra Linear

Aulas práticas de Álgebra Linear Ficha 2 Determinantes Aulas práticas de Álgebra Linear Mestrado Integrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores 1 o semestre 2016/17 Jorge Almeida e Lina Oliveira Departamento de Matemática, Instituto

Leia mais

Fundamentos de Estatística 2010/2011 Ficha nº 3

Fundamentos de Estatística 2010/2011 Ficha nº 3 Escola Superior de Tecnologia de Viu Fundamentos de Estatística 00/0 Ficha nº 3 Considere os casais que têm 3 filhos e a eperiência estatística em que regista o o de cada um dos 3 filhos por ordem crescente

Leia mais

Álgebra Linear e Geometria Analítica D

Álgebra Linear e Geometria Analítica D 1 3 Departamento de Matemática Álgebra Linear e Geometria Analítica D Primeiro Teste 21 de Novembro de 2009 Nome: Número de caderno: PREENCHA DE FORMA BEM LEGÍVEL Grelha de Respostas A B C D 1 2 3 4 5

Leia mais

1. Matrizes. 1. Dê um exemplo, em cada alínea, de uma matriz A = [a ij ] m n com:

1. Matrizes. 1. Dê um exemplo, em cada alínea, de uma matriz A = [a ij ] m n com: Matemática Licenciatura em Biologia 4 / 5. Matrizes.. Dê um eemplo, em cada alínea, de uma matriz A = [a ij ] m n com: m =, n = cuja soma das entradas principais seja. (b) m = n = 4 com a a e a 4 = a 4.

Leia mais

Exercícios sobre Polinômios

Exercícios sobre Polinômios uff Universidade Federal Fluminense Campus do Valonguinho Instituto de Matemática e Estatística Departamento de Matemática Aplicada - GMA Eercícios sobre Polinômios Prof Saponga Rua Mário Santos Braga

Leia mais