Índice FIRJAN: com uma gestão das piores, Barreiras fica muito abaixo de Cotegipe, Catolândia e Baianópolis

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Índice FIRJAN: com uma gestão das piores, Barreiras fica muito abaixo de Cotegipe, Catolândia e Baianópolis"

Transcrição

1 ANO XXIV - Nº /06/ OESTE DA BAHIA - BRASIL - DISTRIBUIÇÃO 100% DIRECIONADA - EXEMPLAR AVULSO 3 REAIS impresso Pág. (3) SISTEMA INTEGRADO DE INFORMAÇÃO FUNDADO EM 24 DE JULHO DE 1991 ONDE O OESTE DA BAHIA É NOTÍCIA VEJA MAIS NESTA EDIÇÃO:: Prefeituras do oeste baiano poderão "QUEBRAR" produtores rurais (2); UPA de Barreiras: um discurso que não sai dos tapumes (3); 11ª edição da Bahia Farm Show atinge novamente o bilhão (6); Caça a partidos já começou em Barreiras. Artigo de Itapuan Cunha (6); Prefeito Demir Barbosa participa da Instalação do Comitê Regional do Oeste da Bahia pela Federalização da Educação no Brasil (7); Pontos turísticos de São Desidério são gravados pelo Programa Aprovado da Rede Bahia (7). Índice FIRJAN: com uma gestão das piores, Barreiras fica muito abaixo de Cotegipe, Catolândia e Baianópolis Recentemente, o Sistema FIRJAN divulgou o IFGF 2015 (Índice FIRJAN de Gestão Fiscal), com base no ano de 2013, com a avaliação da situação fiscal dos municípios brasileiros. O Novoeste avaliou o universo dos 13 municípios jurisdicionados pelo TCM/BA, sediado em Barreiras. Infelizmente, Barreiras como cidade polo regional ficou na 9ª posição, sua gestão foi avaliada como crítica, muito abaixo de municípios como Cotegipe, Catolândia e Baianópolis. Págs... 5/6 Se um município está sendo bem ou não administrado não precisa de nenhuma pesquisa, basta saber como estão sendo tratadas suas crianças, velhos, pobres ou seus trabalhadores mais humildes. Em Barreiras, entra e sai prefeito, os garis continuam varrendo e coletando lixo das ruas em situação precária de trabalho, sem equipamentos e acessórios de segurança e com seus direitos e garantias trabalhistas sendo lesados. Senador Cristovam Buarque instala Comitê pela Federalização da Educação Básica no Oeste da Bahia Pág... 5

2 02 l Ano XXIV - nº /06/ Oeste da Bahia - Brasil OPINIÃO Prefeituras do oeste baiano poderão "QUEBRAR" produtores rurais Por Itapuan Cunha Analista Político Fotos Balcão de Imagens/Novoeste Através da lei nº 9.393, de 1 de dezembro de 1996, o governo federal instituiu o Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural, o ITR. Toda sistemática do ITR está contida na própria Lei que o instituiu, havendo pouquíssimas mudanças até a presente data. O Art. 16 da Lei supra, aventou a possibilidade da RFB celebrar convênio com o INCRA, no que trata da fiscalização dos imóveis. O INCRA, no exercício da delegação que lhe foi atribuída, poderia celebrar convênios com o IBA- MA, Fundação Nacional do Índio FUNAI e Secretarias Estaduais de Agricultura. Enfim, a Lei menciona todas as nuances possíveis e imagináveis, para o sucesso da aplicação da Lei 9.393, de 1996, ainda no governo de FHC. O ITR, já no ano de 2005, começou a crescer de uma forma acelerada, ocasionando com esse fenômeno o surgimento da Lei , de 27/dezembro de 2005, no primeiro mandato do presidente Lula, quando foi aberta a possibilidade da Receita Federal celebrar convênios com o Distrito Federal e os Municípios, delegando-lhes as atribuições de fiscalização, inclusive a de lançamento dos créditos tributários. A Instrução Normativa da SRF n 643, de 12/04/2006, instituiu o modelo de Convênio entre a União, o Distrito Federal e Municípios, de delegação a estes de competência para exercer as atribuições de fiscalização do ITR. O tributarista Eduardo Diamantino, renomado conhecedor da matéria, afirmou que os municípios, após firmarem convênios com a Receita, editaram decretos fixando o Foto Internet/Google impresso Uma impressão da EDITORA OESTE S/C LTDA EDITAL DE CONVOCAÇÃO O Presidente da ABSDB, Associação Beneficente dos Servidores do DER-BA de Barreiras, no uso das suas atribuições estatutárias, e em atendimento a previsão do Art.15 do Estatuto Social, CONVOCA os seus associados para ASSEMBLEIA GERAL EXTRA- ORDINÁRIA, a realizar-se no dia 23/07/2015, no Escritório central da ABSDB, situado na Avenida Rui Barbosa 218 Centro- nesta; em 1ª convocação às 18:00 h, com a presença de 2/3 dos associados; em 2ª convocação às 18:30 h com a presença de 50% dos associados, ou em 3ª convocação às 19:00 h com a presença de pelo menos 10 associados, para deliberar sobre a seguinte ordem do dia: a) - REFORMA DO ESTA- TUTO SOCIAL, a fim de adequá-lo ás novas exigências legais, inclusive frente a criação da Superintendência de Infraestrutura de Transportes da Bahia-SIT em substituição ao DERBA; b) - O que ocorrer. Barreiras (BA), 22 de Junho de 2015 ERALDO DE SOUZA - PRESIDENTE EDITOR: Tenório de Sousa REDAÇÃO: Ana Cedro DIAGRAMAÇÃO: Rodrigo Santos LOG. DE CIRCULAÇÃO: Omar Everton IMPRESSÃO: Irmaos Ribeiro ADMINISTRAÇÃO/REDAÇÃO: R. Pres. Vargas, 354-Centro - CEP Barreiras-BA - (77) As matérias e artigos assinados não expressam a opinião da linha editorial do Novoeste Impresso. Textos, fotos e ilustrações publicadas são direitos reservados da Editora Oeste. valor da terra nua por hectare, para fins de lançamento do ITR já no ano de A fixação de tais valores, à época, foi altamente desproporcional aos valores dos imóveis. Falou que os decretos estão eivados de irregularidades e o Convênio com a Receita, em conformidade com a IN 884/2008, estabelece: atribuições de fiscalização, inclusive lançamentos de créditos tributários e de cobrança do ITR; não abrange o ITR por homologação; é obrigação dos municípios conveniados informar os valores da terra nua por hectare (VTN/há.), para fins de atualização do Sistema de Preços de Terras (SIPT) da RFB e não para fins de determinação do VTN a ser declarado pelo contribuinte. É importante lembrar que caso esses decretos tenham sido editados pelas prefeituras, e impliquem em aumento de tributo, terão ferido o princípio constitucional da anualidade válido para impostos, que estabelece que nenhum tributo possa ser exigido ou aumentado no mesmo exercício financeiro da lei. Portanto, se o seu município extrapolou o que lhe foi delegado, confundindo fiscalizar com estabelecer pauta de valores, é hora de se valer do Judiciário na defesa dos direitos. Afinal, é difícil acreditar que, na realidade, um imposto patinho feio virasse cisne, mas é muito permitir que ele se torne mais estranho do que é. As prefeituras do oeste baiano, tão logo assinaram convênio com a Receita Federal, imediatamente, como num passo de mágica, presumivelmente com a aquiescência da Receita Federal, aumentaram o VTN (Valor da terra nua) por hectare, antes praticado pela Receita em torno de R$ 1.360,00, para R$ 4.000,00, um aumento estratosférico, fato que está causando um impacto desesperador aos nossos agricultores. Observamos que nos Convênios com as Prefeituras em nenhum ponto é citada a retroação da cobrança dos impostos e, também, que as cobranças emitidas pelas Prefeituras não levam em conta os itens que poderiam diminuir o imposto em si, como benfeitorias, plantações, áreas de APP, cercas, edificações, açudes, rios, encostas, exploração madeireira, etc. O lançador de imposto, quase que em regra geral, é uma espécie de terrorista, pois nem está aí para as consequências dos seus lançamentos mirabolantes. Também, na apuração do ITR, com regressão dos últimos cinco exercícios, não estão percebendo que a classe agrícola do oeste, ainda combalida com resultados pouco expressivos nas últimas três safras, não tem como satisfazer a sanha avassaladora dos municípios. Isto poderá provocar um tsunami de gravíssimas e irremediáveis consequências e, por isso mesmo, abalando e até quebrando boa parte dos produtores rurais. Pior, com a debacle daquela classe, as prefeituras também experimentarão crises financeiras. Pelo andar da carruagem, há previsão de cobrança de ITR dos últimos cinco exercícios, em torno de um bilhão e meio de reais, o que provocará inúmeros recursos judiciais pelos prejudicados. Por outro lado, valor mais ou menos parecido, já é devido por nossos agricultores, por compra de insumos em dólares, hoje bem mais caros. Ouvi de um alto funcionário da Receita, na Delegacia de Feira de Santana, que no trabalho das Prefeituras há também o lado político, pois os amigos têm tratamento fiscal diferenciado e isto já está sendo aferido pela própria RFB. Como estamos próximos da eleição para Prefeito, o ITR será um forte cabo eleitoral. Também ouvi, veladamente, que a Receita Federal, em vista das cobranças exorbitantes do ITR pelas Prefeituras, está pensando seriamente em revogar os Convênios.

3 DENÚNCIA/SAÚDE Ano XXIV - nº /06/ Oeste da Bahia - Brasil l 03 Por Ana Cedro UPA de Barreiras: um discurso que não sai dos tapumes Foto Ana Cedro Semana passada, um ancião foi levado às presas para o Hospital do Oeste. Estava sentindo fortes dores no abdômen. A dor era tão forte que o senhor há quase todo instante caia aos prantos e, para aumentar ainda mais o desespero de seus familiares, os profissionais que o atenderam, suspeitavam que o diagnóstico inicial fosse apendicite e, se ia operar ou não, ninguém sabia porque dependia de outros procedimentos médicos que iriam demorar por causa de casos mais urgentes. O resultado de tudo isso, só Deus sabe. Outro caso foi o de um idoso que quebrou a única perna sendo obrigado a ficar internado no corredor do hospital e, a cada dia o membro ficava mais roxo. A família, que era pobre, desesperada teve que vender gato, cachorros e galinha para saciar os bolsos dos mercenários da rede privada de saúde. Pelos menos conseguiram salvar a perna do velho chefe de família. Agora, se a UPA que veio para Barreiras, na época da implantação da SAMU, tivesse sido construída, talvez todos esses casos fossem resolvidos ou aliviados e desafogaria o HO. No início da semana, um levantamento realizado pelo Tribunal de Contas da União trouxe à tona o problema da não conclusão das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) em todo país. Segundo o estudo, quase 90% das obras estão atrasadas, senão abandonadas. Unidades essas, se estivessem construídas, seriam fundamentais para evitar a superlotação dos hospitais com atendimentos que não são de emergência. O TCU considerou que o Ministério da Saúde não monitora essas construções, apesar de investir dinheiro nelas. Teve atraso, teve obra não entregue, teve de tudo. No caso da UPA de Barreiras, não foi diferente. Em maio de 2010, a então gestora anunciava em palanque cheio de autoridades municipais, a construção da unidade, a ser localizada na Rua José Bonifácio, no bairro de Santa Luzia. A obra anunciada, implantado barracão e tapume e, poucas semanas depois parou, até então não se sabe quais motivos. Passados mais de cinco anos sua retomada ainda persiste somente nas promessas dos governantes. Atualmente ela se Foto Ana Cedro A construção da UPA localizada na Rua José Bonifácio, no bairro Santa Luzia. Observa-se os tapumes à frente caindo aos pedaços. O matagal toma conta do terreno. encontra abandonada, tomada pelo matagal e com o que restou do tapume. Segundo alguns moradores da comunidade se a unidade estivesse funcionando não sofreriam humilhações quando buscam atendimento médico em outros postos. Como em outras ocasiões, a redação do Novoeste esteve in loco visitando a obra. No local, foi encontrado um guarda que afirmou não saber há quanto tempo a obra está paralisada, mas que em todo esse período há quatro guardas que revezam entre si para fazer a proteção do patrimônio inacabado. Foram feitas diversas tentativas para contatar a secretária municipal de saúde de Barreiras, porém todas frustradas, até então não se obteve retorno. Assim, como sempre fica o espaço para que a secretária dê uma resposta à sociedade sobre a real situação da UPA, já que, segundo o Ministério da Saúde o município é o responsável em gestar sua construção.

4 04 l Ano XXIII - nº /06/ Oeste da Bahia - Brasil Ano XXIII - nº /06/ Oeste da Bahia - Brasil l 05 GESTÃO PÚBLICA/BARREIRAS Índice FIRJAN: com uma gestão das piores, Barreiras fica muito abaixo de Cotegipe, Catolândia e Baianópolis No último dia 18/06, o Sistema FIRJAN divulgou o IFGF 2015 (Índice FIRJAN de Gestão Fiscal), com base no ano de 2013, avaliou a situação fiscal de municípios brasileiros, onde vive 96,5% da população. Apenas as cidades que não apresentaram as informações ou estavam com dados inconsistentes não foram avaliadas. O índice tem como objetivo avaliar a qualidade da gestão fiscal dos municípios brasileiros. Nesta sua 3ª edição, o estudo ressalta que a situação das contas municipais preocupa e como faz com ranking a nível estadual e nacional, o Novoeste decidiu avaliar o universo dos 13 municípios jurisdicionado pelo TCM/BA, sediado em Barreiras, que inclui Angical, Baianópolis, Barreiras, Catolândia, Cristópolis, Cotegipe, Formosa do Rio Preto, Luís Eduardo Magalhães, Mansidão, São Desidério, Santa Rita de Cássia, Riachão das Neves e Wanderley. Na sua maioria possuem os piores índices, também nos rankings estadual e nacional. Entre as 13 cidades, Barreiras como cidade polo regional deixa muito a desejar, fica na 9ª posição, com pontuação muito abaixo de municípios como Cotegipe, Catolândia e Baianópolis que encabeçam o conceito D, o qual classifica os municípios como gestões críticas, com índices inferiores a 0,4 pontos. No topo do ranking com os melhores resultados, aparece em primeiro São Desidério, o único com conceito B, que equivale boa gestão e 10º no ranking do estado. Abaixo, a surpresa foi Mansidão que perde apenas para Luís Eduardo Magalhães, em segundo e Se um município está sendo bem ou não administrado não precisa de nenhuma pesquisa, basta saber como estão sendo tratadas suas crianças, velhos, pobres ou seus trabalhadores mais humildes. Em Barreiras, entra e sai prefeito, os garis continuam varrendo e coletando lixo das ruas em situação precária de trabalho, sem equipamentos e acessórios de segurança e com seus direitos e garantias trabalhistas sendo lesados. em seguida Formosa do Rio Preto e Riachão das Neves, todos com conceito C, gestão em dificuldade. A análise comparativa entre os municípios com melhor e pior gestão fiscal mostra que a situação das contas municipais preocupa, além das fortes desigualdades econômicas e sociais brasileiras, a dependência das transferências estaduais e federais seja crônica nas chamadas gestões feijão-com-arroz, assim como é cada vez maior as despesas de pessoal, o que não é diferente dos municípios analisados aqui. O resultado negativo deve-se ao crescimento significativo dos orçamentos municipais com gastos com pessoal bem acima das receitas e os investimentos ficaram a ver navios. O estudo revela que na verdade, tais Prefeituras, se tornaram em cabides de empregos por causa de promessas de campanhas eleitorais ou esquema politiqueiro para manutenção dos gestores no poder. Dentre os 387 municípios avaliados da Bahia, destacam se Camaçari, 1º no ranking do estado e 107º no país, Mata São João e Cairu, respectivamente, todos ficam com índice abaixo de 0,8. Portanto, conceito B, de boa gestão. Dos priores municípios administrados, os três que ficaram no final do ranking, com gestão crítica, São José da Vitória, Santa Luzia e Barro Preto, respectivamente, ficaram com índices abaixo de 0,1. Lei de Responsabilidade Fiscal No geral, a avaliação revelou que prefeituras apresentam situação fiscal difícil ou crítica, apenas 808 possuem boa gestão e 18 têm gestão de excelência. O estudo aponta ainda que 796 cidades brasileiras descumprem a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF, 2000), que determina o teto de 60% para as despesas com o funcionalismo público. Os piores índices estão no Nordeste com 33,7% das prefeituras da região. O estudo é composto por cinco indicadores: Receita Própria, que mede a dependência dos municípios em relação às transferências dos estados e da União; Gastos com Pessoal, que mostra quanto os municípios gastam com pagamento de pessoal, em relação ao total da receita corrente líquida; Investimentos, que acompanha o total de investimentos em relação à receita corrente líquida; Liquidez, que verifica se as prefeituras estão deixando em caixa recursos suficientes para honrar suas obrigações de curto prazo, medindo a liquidez da prefeitura como proporção das receitas correntes líquidas; e Custo da Dívida, correspondente às despesas de juros e amortizações em relação ao total das receitas líquidas reais. O índice varia de 0 a 1, sendo que, quanto maior a pontuação, melhor a situação fiscal do município. Cada um deles é classificado com conceitos A (Gestão de Excelência, com resultados superiores a 0,8 ponto), B (Boa Gestão, entre 0,6 e 0,8 ponto), C (Gestão em Dificuldade, entre 0,4 e 0,6 ponto) ou D (Gestão Crítica, inferiores a 0,4 ponto). O Sistema FIRJAN é composto de cinco organizações: FIRJAN - Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, CIRJ - Centro Industrial do Rio de Janeiro, SESI - Serviço Social da Indústria, SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial e IEL - Instituto Euvaldo Lodi. O IFGF 2015 pode ser consultado através do site: PorTenório de Sousa EDUCAÇÃO/BARREIRAS Senador Cristovam Buarque instala Comitê pela Federalização da Educação Básica no Oeste da Bahia O senador da República pelo Distrito Federal Cristovam Buarque (PDT), esteve no último dia 08, na cidade de Barreiras no oeste da Bahia, a 900 KM da capital Salvador, com o objetivo de explanar sobre a sua Proposta de Emenda Constitucional PEC 32/2013, que propõe a federalização da educação básica no Brasil. O evento realizado nas dependências da Faculdade São Francisco de Barreiras FASB, contou com a intervenção de diversas entidades da sociedade oestina em sua organização, entre elas a Câmara Municipal de Barreiras, OAB Subseção Barreiras, Assembleia Legislativa da Bahia, UMOB, Prefeitura de Cotegipe, FASB, UFOB, Campus IX- UNEB, UNOPAR, Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer do Município de Angical, SINPROFE, APLB/Regional, Loja Maçônica Fraternidade Barreirense, Damásio Educacional, SIND- SEMB, Pastoral da Educação da Diocese de Barreiras, AIBA, Faculdade UNIDOM, IFBA, Comitê Hidrográfico da Bacia do Rio Grande, SESC, ROTARY CLUB Barreiras Rio de Ondas, Núcleo Regional de Educação - NRE 11 e CDL. Antes de proferir memorável palestra para aproximadamente pessoas no ginásio da FASB, o peregrino da educação no Brasil, visitou O Departamento de Ciências Humanas da Universidade do Estado da Bahia - UNEB, onde foi recepcionado pela diretora Drª. Marilde Queiroz Guedes, professores, alunos e servidores. Em seguida concedeu entrevista coletiva na Câmara Foto Ascom CROB-FEB Foto Ascom CROB-FEB Municipal de Barreiras, na oportunidade o Senador Cristovam Buarque conversou com os jornalistas sobre sua odisseia pela federalização da educação básica no Brasil, que segundo ele só está começando. Convicto da possibilidade de materializar essa proposta, Cristovam Buarque afirmou ser imaginável pensar em libertação dos escravos no auge da escravidão negra no Brasil, mas que isso hoje é uma realidade, proporcionar escola pública de qualidade para todas as crianças brasileiras, é perfeitamente possível, só depende de nós afirmou. O Senador ainda visitou o Campus Reitor Edgar Santos da UFOB, onde foi recepcionado por professores, servidores e pelo vice-reitor Dr. Jaques Antônio de Miranda, se deslocando em seguida para a Faculdade São Francisco de Barreiras, onde foi ovacionado por quase duas mil pessoas com calorosa salva de palmas. Em seu principal compromisso na cidade, diante de uma plateia absolutamente atenta, formada em sua maioria por trabalhadores da educação, o Senador Cristovam Buarque transmitiu a todos seu desejo de proporcionar a todas as crianças brasileiras educação de qualidade, e que isso só será possível se forem criadas as condições materiais de financiamento, e que somente a federalização poderá comprometer o governo com este financiamento. Ao final da sua fala o Senador Cristovam Buarque na condição de patrono, formalizou Por Ascom CROB-FEB Foto Ascom CROB-FEB a instalação do Comitê Regional do Oeste da Bahia pela Federalização da Educação Básica no Brasil, que em seu primeiro momento será conduzido pela Diretoria Executiva composta por Câmara Municipal de Barreiras, Coordenadora; União dos Municípios do Oeste da Bahia - UMOB, Vice-coordenadora; Universidade do Estado da Bahia - UNEB, Primeira Secretária; Universidade Federal do Oeste da Bahia - UFOB, Segunda Secretária; Sindicato dos Servidores Municipais de Barreiras, Primeira Tesoureira e APLB Regional, Segunda Tesoureira. Ao término do evento, o Senador Cristovam Buarque foi homenageado com a medalha da luta pela federalização, instituída pelo Comitê.

5 06 l Ano XXIV - nº /06/ Oeste da Bahia - Brasil BAHIA FARM SHOW/BALANÇO Por Ascom Aiba Os bancos concluíram seus relatórios e confirmaram, a Bahia Farm Show 2015 movimentou R$ 1,033 bilhão em volume de negócios. O anúncio do Plano Safra 2015/ 16 no dia 02 de junho, abertura da Feira, definiu taxas de juros e fez com que os bancos presentes no evento retomassem linhas de crédito e financiamento. O reflexo disso foi a superação da meta estabelecida pelos organizadores da Bahia Farm Show, apesar de uma tendência econômica de retração que atingiu eventos agropecuários de grande porte no país este ano. No último dia da feira, foi verificado o resultado parcial de R$ 972,2 milhões, mas alguns negócios ainda estavam em andamento e se consolidaram durante a semana pós-feira. Para o coordenador geral da Bahia Farm Show, Thiago Pimenta, o desdobramento dos negócios realizados durante a Feira, confirma a importância do evento para a região. As instituições financeiras ofereceram taxas atrativas e os expositores apresentaram o que há de mais moderno em tecnologia agrícola com preços convidativos. Se os negócios continuam a acontecer, significa que o agricultor encontrou o que procurava e na condição que poderia pagar, disse Pimenta. Segundo ele, os setores que mais contribuíram para que a Bahia Farm Show atingisse novamente o bilhão foram os de maquinário e implementos. Nos cinco dias de evento, passaram pelo local visitantes que puderam conferir as novidades tecnológicas apresentadas pelos 210 expositores da Feira. O número de visitantes foi menor do que o esperado, mas o volume de negócios correspondeu a nossa previsão. Isso mostra que o agricultor acredita no trabalho que faz e não para de investir. Agradeço aos bancos que demonstraram reconhecer a importância do setor agrícola e agradeço ainda aos ex- positores que prestigiaram nossa Feira, concluiu Júlio Cézar Busato, presidente da Bahia Farm Show. Em 2016, a maior feira de tecnologia agrícola e negócios do Norte-Nordeste do Brasil será realizada de 24 a 28 de maio. OPINIÃO Caça de partidos já começou em Barreiras Semana passada começou a incursão dos políticos que desejam angariar novos partidos. A caçada, como é óbvia, é dirigida aos presidentes dos partidos políticos, em Salvador, notadamente aos chamados nanicos, que estão valorizados nesta época, principalmente os que contam com representantes nas Câmaras de Vereadores. Parece até que nossa legislação eleitoral foi feita exclusivamente visando beneficiar aqueles que, além de deter o poder, tenham condições financeiras para assediar e angariar apoios, engordando suas fileiras e, consequentemente, ganhando mais espaço no horário eleitoral. Estamos sabendo, de fonte fidedigna, que o grupo político dominante em Barreiras esteve em nossa capital há poucos dias, quando visitou e assediou os partidos PSDC, PTL, PRP, PRTB, PSL e PTC. Não condenamos a atitude, mesmo sabendo que isto tenha causando dissabores aos presidentes de tais partidos entre nós, que nem sequer foram consultados. O PSL, por exemplo, conta nos seus quadros com duas atuantes vereadoras, a Dra. Graça e Marileide Carvalho, coincidentemente as mais votadas das últimas eleições, que desconheciam as pretensas negociações para que o PSL passasse a ser da base governista municipal, quando o mais correto seria conversar com as mesmas, para saber se concordavam. Soubemos, igualmente, que o presidente estadual do PSL, Toninho Oliva, rechaçou a proposta e não aceitou negociar. Prefere, antes de tudo, saber se as vereadoras Dra. Graça e Marileide aceitam. Sem a aquiescência delas, nada será discutido. O PTC, do vereador Hipólito dos Passos de Deus, também já foi consultado, mas ainda não pude ouvir nenhum dos lados. A propósito da desejada tarefa de reforçar sua base, o partido governista vai encontrar muita dificuldade para continuar sendo apoiado pelo PT local, cujos membros mostram-se arredios e a maioria afirma, sem medo de errar, que há muito tempo o partido deixou de integrar o governo local e os que lá estão, em nome do partido, nada têm a ver com a legenda. Não se condena a pretensão do gestor em reforçar suas fileiras, mas a lógica diz que as conquistas têm que ser conseguidas através dos partidos, dos que os pretendem e, obviamente, dos que dele fazem parte, sem a necessidade do uso da força e do poderio econômico. Fosse nossa legislação eleitoral calcada na seriedade, jamais poderíamos ter os chamados PAR- TIDOS DE ALUGUEL, uma mácula que persiste através dos tempos. Acho que tais partidos, alguns sequer com representação mínima, deveriam ser banidos da política, permanecendo aqueles que, mesmo pequenos, preguem continuadamente sua conduta, sua ideologia e que tenham elegido representantes. Foto Internet/Google Pra piorar, foi aprovada há poucos dias a chamada janela de 30 dias, que propiciará aos políticos a mudança de partido, ao bel prazer de todos, sem a rigidez da legislação ora vigorante. O ideal seria a elaboração pelo Congresso de uma Lei Eleitoral que corrija todas as anomalias vigentes. Isto é possível, todos sabem, mas nossos políticos pensam mais em manter suas vantagens do que numa melhora do país. Os que pretendem uma lei dentro dos parâmetros que satisfaçam melhorias para a nação são poucos, infelizmente. O sonho dos que pretendem uma legislação que facilite o trânsito dos partidos pequenos entre os grandes, ainda demorará muito tempo para acontecer. Enquanto isso é de se esperar que haja pelo menos um pacto político que enseje um bom convívio entre candidatos e partidos, civilizadamente e sem tanta imposição do valor econômico. Por Itapuan Cunha Analista Político Fotos Balcão de Imagens/Novoeste

6 EDUCAÇÃO/SÃO DESIDÉRIO...institucional Ano XXIV - nº /06/ Oeste da Bahia - Brasil l 07 Prefeito Demir Barbosa participa da Instalação do Comitê Regional do Oeste da Bahia pela Federalização da Educação no Brasil O prefeito Demir Barbosa participou na tarde dessa segunda-feira, 08, no ginásio poliesportivo da Faculdade São Francisco de Barreiras-Fasb, da instalação do Comitê Regional do Oeste da Bahia pela Federalização da Educação Básica no Brasil. O evento teve a presença do palestrante e Senador da República, Cristovam Buarque, autoridades politicas da região oeste, estudantes e professores da rede estadual e municipal. O objetivo da Federalização é assegurar a escola com a máxima qualidade, igualmen- Pontos turísticos de São Desidério são gravados pelo Programa Aprovado da Rede Bahia Foto Arquivo Departamento de Informações Turísticas Foto Diego Souza TURISMO/SÃO DESIDÉRIO...institucional A equipe do programa Aprovado da TV BAHIA, visitou o município de São Desidério e gravaram alguns pontos turísticos que será exibido em duas edições do programa que acontece aos sábados às 8h da manhã. Para esse sábado, 13, está programada a exibição do Sitio Arqueológico das Pedras Brilhantes, Sumidouro João Baio e a Gruta da Beleza. E na próxima edição, data ainda não definida, será mostrado o artesanato e alguns produtos medicinais da localidade de Ponte de Mateus. A jornalista, Mira Silva, destacou a peculiaridade de artesanatos produzidos na localidade de Ponte de Mateus. A comunidade desenvolve através do capim dourado e do buriti uma variedade de chapéus, bolsas, bijuterias, cestos, sofás, esteiras, porta-rete, a qualquer criança brasileira, independentemente da família em que tenha nascido e da cidade onde viva. Temos que ter um sistema que espalha escolas federais por todo território brasileiro. Ampliar para todo o Brasil as atuais tas medicinais a exemplo da mascara de limpeza de pele, composta por argila, pétalas de rosa, alecrim, dentre outras ervas medicinais. São Desidério se desponta no cenário nacional como o mais novo roteiro do ecoturismo. Isso se justifica pelo o significativo número de visitantes que recebeu em 2014, despertou grandes interesses das principais TVs do país em gravar matérias nos atrativos turísticos do Município. "Hoje São Desidério opera com quatro seguimentos turísticos: Turismo Ecológico, de Aventura, Espeleoturismo e o Turismo de Negócio. A diversidade de seguimentos turísticos, a receptividade de nos- Por Diego Souza 451 escolas federais, disse o Senador Cristovam Buarque. Durante o evento o Senador Cristovam Buarque elogiou o público presente e citou meios que possibilita a luta pela a federalização. A escola federal terá professores selecionados nacionalmente, que farão parte de uma carreira nacional do magistério, e terão os salários pagos pela União. Terá prédios bonitos e confortáveis, construídos e mantidos pelo Governo Federal e as aulas serão em horário integral para turmas limitadas a 30 alunos, explicou. Para o prefeito Demir Barbosa a Federalização da Educação Básica será de grande avanço para o Brasil. Um salto grande para o nosso país, a proposta é muito boa e certamente teremos uma educação com muito mais qualidade, escolas bem equipadas, professores qualificados e os alunos com certeza terão mais estimulo de permanecer em sala de aula, disse. Por Diego Souza tratos, quadros, e outros artigos. Os artesãos ainda fazem cremes produzidos com planso povo é que mais atraem o turista e mídia do Brasil e do exterior. Contudo, ficamos felizes com o desenvolvimento do turismo em nosso município, mas ao mesmo tempo, com grande responsabilidade em capacitar o Trade turístico para melhor atender os visitantes, disse o diretor de Turismo, Silvio Reis. O programa Aprovado é direcionado a um público mais adulto e trata de temas variados que envolvem o dia a dia da família, música, cultura, regionalismo, dicas de bem-estar e um mundo de diversidade exibido aos sábados.

O que fazer para reformar o Senado?

O que fazer para reformar o Senado? O que fazer para reformar o Senado? Cristovam Buarque As m e d i d a s para enfrentar a crise do momento não serão suficientes sem mudanças na estrutura do Senado. Pelo menos 26 medidas seriam necessárias

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 16/2014

NOTA TÉCNICA Nº 16/2014 NOTA TÉCNICA Nº 16/2014 Brasília, 11 de Julho de 2014. ÁREA: Finanças TÍTULO: Adesão do Imposto Territorial Rural. REFERÊNCIA(S): Portal Receita Federal do Brasil (RFB) Lei nº 11.250, de 27 de dezembro

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Pesquisa de Opinião Pública Nacional Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Julho de 2008 Roteiro I. Metodologia II. III. IV. Eleições e Política Corrupção eleitoral

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 15/2013 VALOR DA TERRA NUA PARA FINS DE RECOLHIMENTO DO IMPOSTO TERRITORIAL RURAL - ITR.

NOTA TÉCNICA Nº 15/2013 VALOR DA TERRA NUA PARA FINS DE RECOLHIMENTO DO IMPOSTO TERRITORIAL RURAL - ITR. NOTA TÉCNICA Nº 15/2013 Brasília, 4 de abril de 2013. ÁREA: TÍTULO: Finanças/tributação VALOR DA TERRA NUA PARA FINS DE RECOLHIMENTO DO IMPOSTO TERRITORIAL RURAL - ITR. REFERÊNCIA: Convênio de 100% do

Leia mais

DESENVOLVIMENTO RURAL

DESENVOLVIMENTO RURAL Território de Identidade Bacia do Rio Grande Perfil Sintético SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL Rui Costa Governador do Estado da Bahia João Leão Vice-Governador do Estado da Bahia Jerônimo Rodrigues

Leia mais

Minuta de Lei para criação do Sistema Municipal do Meio Ambiente

Minuta de Lei para criação do Sistema Municipal do Meio Ambiente Minuta de Lei para criação do Sistema Municipal do Meio Ambiente Faço saber que a Câmara Municipal de, Estado de Goiás, decreta e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: Art. 1.º - Esta lei, com

Leia mais

A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano

A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano Nossa Realidade 57% da população brasileira não possui coleta de esgoto (SNIS 2008) O Brasil é o 9º

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO SINDICAL RURAL - Considerações - Ano 2013. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 24/01/2013. Sumário:

CONTRIBUIÇÃO SINDICAL RURAL - Considerações - Ano 2013. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 24/01/2013. Sumário: CONTRIBUIÇÃO SINDICAL RURAL - Considerações - Ano 2013 Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 24/01/2013. Sumário: 1 - Introdução 2 - Constitucionalidade 3 - Obrigação 3.1 - Estabelecimentos

Leia mais

Prezado DOADOR. Júlio Cézar Busato Presidente da Aiba

Prezado DOADOR. Júlio Cézar Busato Presidente da Aiba PROJETOS SOCIAIS Prezado DOADOR Júlio Cézar Busato Presidente da Aiba Há sete anos, o Fundo para o Desenvolvimento Sustentável do Oeste da Bahia - Fundesis, vem transformando a região onde vivemos com

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL 1. O que é a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)? A Lei de Responsabilidade Fiscal é um código

Leia mais

Vem pra urna! Justiça Eleitoral. Cartório Eleitoral - ES. Cartilha educativa da. Justiça Eleitoral. sobreo poder do voto.

Vem pra urna! Justiça Eleitoral. Cartório Eleitoral - ES. Cartilha educativa da. Justiça Eleitoral. sobreo poder do voto. Vem pra urna! Justiça Eleitoral Cartório Eleitoral - ES www.tre-es.jus.br. #vempraurna Cartilha educativa da Justiça Eleitoral sobreo poder do voto. Material desenvolvido pelo Tribunal Regional Eleitoral

Leia mais

2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS, S

2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS, S ATA DA 9 a REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA 2ª SESSÃO LEGISLATIVA DA 33 a LEGISLATURA, 2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS,

Leia mais

LEI Nº 2.422, DE 08 DE ABRIL DE 2008 CERTIDÃO Certifico e dou fé que esta Lei foi publicada no placard do Município no dia- / /

LEI Nº 2.422, DE 08 DE ABRIL DE 2008 CERTIDÃO Certifico e dou fé que esta Lei foi publicada no placard do Município no dia- / / LEI Nº 2.422, DE 08 DE ABRIL DE 2008 CERTIDÃO Certifico e dou fé que esta Lei foi publicada no placard do Município no dia- / / JANE APARECIDA FERREIRA =Responsável pelo placard= Dispõe sobre a composição,

Leia mais

Antes de saber o que é Administração Pública e de falar sobre a estrutura da Administração Pública brasileira, é importante que sejam dados conceitos

Antes de saber o que é Administração Pública e de falar sobre a estrutura da Administração Pública brasileira, é importante que sejam dados conceitos DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO Prof.ª Kênia Rodrigues de Oliveira Prof. Genival Santos Oliveira GESTÃO PÚBLICA Necessidades Captação COLETIVAS de Recursos: e do ESTADO Próprios Transferências GESTÃO

Leia mais

A Evolução Recente da Arrecadação Federal

A Evolução Recente da Arrecadação Federal Carta PR 1164 /2015 Brasília, 28 de agosto de 2015 Exmo(a). Senhor(a) Senador(a), O Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil SINDIFISCO NACIONAL oferece a Vossa Excelência um breve

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 41 Discurso na cerimónia de celebração

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 297, DE 2006

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 297, DE 2006 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 297, DE 2006 Inclui as doações aos Fundos controlados pelos Conselhos de Assistência Social na permissão para dedução do imposto de renda devido pelas pessoas físicas e jurídicas.

Leia mais

EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS

EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS A Secretaria Municipal de Agricultura, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente convida os Órgãos Públicos

Leia mais

Por que defender o Sistema Único de Saúde?

Por que defender o Sistema Único de Saúde? Por que defender o Sistema Único de Saúde? Diferenças entre Direito Universal e Cobertura Universal de Saúde Cebes 1 Direito universal à saúde diz respeito à possibilidade de todos os brasileiros homens

Leia mais

O Brasil Sem Miséria é um Plano de metas para viabilizar o compromisso ético ousado do Governo da presidenta

O Brasil Sem Miséria é um Plano de metas para viabilizar o compromisso ético ousado do Governo da presidenta O Brasil Sem Miséria é um Plano de metas para viabilizar o compromisso ético ousado do Governo da presidenta Dilma Rousseff. É também um desafio administrativo e de gestão ao impor ao setor público metas

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

EDITAL DE CONVOCAÇÃO EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA O Secretário Executivo do SINDCONTAS, no uso das atribuições que lhe confere o Estatuto da entidade, convoca todos os filiados para comparecer a Assembléia

Leia mais

2º CONCURSO DE REDAÇÃO CAMPANHA: ELEIÇÕES LIMPAS PELO VOTO LIVRE E CONSCIENTE. CATEGORIA I 5ª e 6ª Série do Ensino Fundamental

2º CONCURSO DE REDAÇÃO CAMPANHA: ELEIÇÕES LIMPAS PELO VOTO LIVRE E CONSCIENTE. CATEGORIA I 5ª e 6ª Série do Ensino Fundamental CATEGORIA I 5ª e 6ª Série do Ensino Fundamental Tema: Voto livre e consciente, escolha que liberta 1º LUGAR: IZABEL ALINE DE ARAÚJO MATOS 6ª Série Educandário Madre Paulina Título (facultativo): A importância

Leia mais

ESTADO DO ACRE MUNICÍPIO DE SANTA ROSA DO PURUS LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIA

ESTADO DO ACRE MUNICÍPIO DE SANTA ROSA DO PURUS LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIA Lei nº 010/2015 DE 28 DE OUTUBRO DE 2015. Dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias para o Exercício Financeiro de 2016 e dá outras providencias. O Prefeito Municipal de Santa Rosa do Purus, Estado do Acre,

Leia mais

JAIRO VASQUES VEREADOR

JAIRO VASQUES VEREADOR S ou o seu amigo JAIRO LUIZ MARTINS VASQUES, nascido a 52 anos,no então distrito de Laguna Carapã, município de Ponta Porã - Ms, sou casado a 32 anos com D. Claudecy, tenho dois filhos Cristiane e Tiago,

Leia mais

A Sombra do Imposto. Cartilha III - Corrupção

A Sombra do Imposto. Cartilha III - Corrupção Cartilha III - Corrupção A Sombra do Imposto Boa parte do que pagamos em tributos é desviada pela corrupção. Temos o dever de cobrar a correta aplicação dos recursos. A corrupção e a carga tributária O

Leia mais

PRÊMIO GESTOR PÚBLICO 3ª EDIÇÃO 2015 PRODUTOR RURAL: MELHORIA NA RECEITA PRÓPRIA E QUOTA PARTE DO ICMS ANEXOS

PRÊMIO GESTOR PÚBLICO 3ª EDIÇÃO 2015 PRODUTOR RURAL: MELHORIA NA RECEITA PRÓPRIA E QUOTA PARTE DO ICMS ANEXOS PRÊMIO GESTOR PÚBLICO 3ª EDIÇÃO 2015 PRODUTOR RURAL: MELHORIA NA RECEITA PRÓPRIA E QUOTA PARTE DO ICMS ANEXOS 1 1. Notícia vinculada no site da Rádio Difusora Colméia AM de Porto União SC: FISCAIS DA RECEITA

Leia mais

20/10/2015 Por Jair Sampaio Pelo segundo ano consecutivo, Senac RN é uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil

20/10/2015 Por Jair Sampaio Pelo segundo ano consecutivo, Senac RN é uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil VEÍCULO: BLOG DO JAIR SAMPAIO DATA: 20.10.15 20/10/2015 Por Jair Sampaio Pelo segundo ano consecutivo, Senac RN é uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil Instituição vinculada ao Sistema

Leia mais

PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 13, DE 2015 (Da Sra. Moema Gramacho)

PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 13, DE 2015 (Da Sra. Moema Gramacho) *C0051538A* C0051538A *C0056280A* C0056280A CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 13, DE 2015 (Da Sra. Moema Gramacho) Dá ao Plenário 16 do Anexo II da Câmara dos Deputados a denominação "Zezéu

Leia mais

INSTITUTO FÓRUM NACIONAL DOS SECRETÁRIOS E DIRIGENTES ESTADUAIS DE TURISMO - INFORUM ESTATUTO SOCIAL SUMÁRIO

INSTITUTO FÓRUM NACIONAL DOS SECRETÁRIOS E DIRIGENTES ESTADUAIS DE TURISMO - INFORUM ESTATUTO SOCIAL SUMÁRIO 1 INSTITUTO FÓRUM NACIONAL DOS SECRETÁRIOS E DIRIGENTES ESTADUAIS DE TURISMO - INFORUM ESTATUTO SOCIAL SUMÁRIO CAPITULO I - DA DENOMINAÇÃO, DOS FINS, DA SEDE E DO PRAZO Art. 2º Para a consecução dos seus

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 16 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 26/05/2014. Aos vinte e seis dias do mês de maio do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade

Leia mais

Relatório das atividades desenvolvidas pelo Observatório Social de Ilha Solteira no ano de 2011. 2011. Foto: http://www.ilhasolteira.

Relatório das atividades desenvolvidas pelo Observatório Social de Ilha Solteira no ano de 2011. 2011. Foto: http://www.ilhasolteira. NOSSOS PARCEIROS Associação Comercial e Empresarial de Ilha Solteira - ACEIS Associação dos Moradores Amigos de Ilha Solteira - AMAIS Loja Maçônica Estrela de Ilha Solteira Loja Maçônica Luz e Trabalho

Leia mais

Sucessão municipal ACIA ouviu o deputado José de Lima, candidato a prefeito

Sucessão municipal ACIA ouviu o deputado José de Lima, candidato a prefeito www.aciaanapolis.com.br ACIA ouviu o deputado José de Lima, candidato a prefeito De 27 de Setembro a 03 de Outubro 2012 Ano 06 - Diretoria 2011/2013 Durante mais de uma hora o representante da coligação

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 11.914, DE 20 DE MAIO DE 2003. (publicada no DOE nº 096, de 21 de maio de 2003) Cria o Conselho de Segurança

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 40 Discurso na cerimónia comemorativa

Leia mais

MENSAGEM Nº, de 2008.

MENSAGEM Nº, de 2008. MENSAGEM Nº, de 2008. = Tenho a honra de submeter à elevada consideração de Vossas Excelências o projeto de Lei anexo, que objetiva criar o Conselho Municipal Antidrogas COMAD. Um dos mais graves problemas

Leia mais

27/11/2009. Entrevista do Presidente da República

27/11/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista exclusiva concedida por escrito pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, para o jornal Metro, edição São Paulo e edição ABC Publicada em 27 de novembro de 2009 Jornalista: Muitos

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 9 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 07/04/2014. Aos sete dias do mês de abril do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade de

Leia mais

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município Estrutura Administrativa e Principais 01. Câmara Municipal - Lei Orgânica do Município de Teresina, de 05 de abril de 1991. - Votar o Orçamento Anual e o Plano Plurianual, bem como autorizar abertura de

Leia mais

Trabalho Interdisciplinar: Desafios e possibilidades para uma vida melhor. Bairro São Geraldo

Trabalho Interdisciplinar: Desafios e possibilidades para uma vida melhor. Bairro São Geraldo CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE COLEGIO CENECISTA NOSSA SENHORA DOS ANJOS GRAVATAÍ - RS Trabalho Interdisciplinar: Desafios e possibilidades para uma vida melhor Bairro São Geraldo Nomes: Ana,

Leia mais

ROSANA DALLA COSTA FÉLIX MEDIA TRAINING DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL - TREINAMENTO PARA GESTORES RELATÓRIO TÉCNICO

ROSANA DALLA COSTA FÉLIX MEDIA TRAINING DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL - TREINAMENTO PARA GESTORES RELATÓRIO TÉCNICO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PLANEJAMENTO E GOVERNANÇA PÚBLICA ROSANA DALLA COSTA FÉLIX MEDIA TRAINING DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL - TREINAMENTO PARA GESTORES

Leia mais

Remuneração de Dirigentes de Entidades Sem Fins Lucrativos

Remuneração de Dirigentes de Entidades Sem Fins Lucrativos Remuneração de Dirigentes de Entidades Sem Fins Lucrativos Tomáz de Aquino Resende Promotor de Justiça. Coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Tutela de Fundações de Minas Gerais.

Leia mais

Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da

Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da Câmara Municipal de Perdizes, Estado de Minas Gerais

Leia mais

DIVULGAÇÃO DA GESTÃO MUNICIPAL ATRAVÉS DA AUDIÊNCIA PÚBLICA

DIVULGAÇÃO DA GESTÃO MUNICIPAL ATRAVÉS DA AUDIÊNCIA PÚBLICA DIVULGAÇÃO DA GESTÃO MUNICIPAL ATRAVÉS DA AUDIÊNCIA PÚBLICA Diário dos Municípios - O que são as Audiências Públicas? José Andrade As Audiências Públicas decorrem de uma exigência da Lei de Responsabilidade

Leia mais

Marcos Leôncio suka02@uol.com.br 1 VOTO VENDIDO, CONSCIÊNCIA PERDIDA. Escrita por: Marcos Leôncio. Elenco: Olga Barroso. Renato Beserra dos Reis

Marcos Leôncio suka02@uol.com.br 1 VOTO VENDIDO, CONSCIÊNCIA PERDIDA. Escrita por: Marcos Leôncio. Elenco: Olga Barroso. Renato Beserra dos Reis VOTO VENDIDO, CONSCIÊNCIA PERDIDA. Escrita por: Marcos Leôncio Elenco: Olga Barroso Renato Beserra dos Reis Zilânia Filgueiras Sérgio Francatti Dodi Reis Preparação de Atores e Direção: Dodi Reis Coordenação

Leia mais

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014 O que o Brasil já ganhou com a Copa 2 O que o Brasil já ganhou com a Copa Investimentos A Copa do Mundo é um grande investimento para todos brasileiros Os únicos

Leia mais

Francisco Paulo Pimenta Maria Tereza de Araújo Serra

Francisco Paulo Pimenta Maria Tereza de Araújo Serra TEXTO: FINANCIAMENTO (MECANISMOS E INSTRUMENTOS) Diretrizes Orçamentárias, Plano Integrado e Orçamento Público da União, Estados, Distrito Federal e Municípios: conhecer para exigir, exigir para incluir,

Leia mais

AS RECENTES MUDANÇAS NAS VAGAS DOS LEGISLATIVOS MUNICIPAIS DO BRASIL

AS RECENTES MUDANÇAS NAS VAGAS DOS LEGISLATIVOS MUNICIPAIS DO BRASIL Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 18 a 22 de outubro, 2010 770 AS RECENTES MUDANÇAS NAS VAGAS DOS LEGISLATIVOS MUNICIPAIS DO BRASIL Tiago Valenciano Mestrando do Programa de

Leia mais

ITR Municípios Conveniados - Orientações Gerais

ITR Municípios Conveniados - Orientações Gerais O que fazer para: ITR Municípios Conveniados - Orientações Gerais 1 - Acessar o Portal ITR Municípios Conveniados. 1.1 O Portal ITR está disponível exclusivamente para Municípios Conveniados, no e-cac,

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 014 /2009

NOTA TÉCNICA Nº 014 /2009 NOTA TÉCNICA Nº 014 /2009 Brasília, 03 de dezembro de 2009. ÁREA: Jurídico TÍTULO: Proposta de alterações nas regras para pagamento de precatórios. REFERÊNCIA(S): art. 100 da Constituição Federal de 1988;

Leia mais

LEI MUN ICIPAL N 1412/91. Dispõe sobre a Política Municipal dos Direitos da Criança, do Adolescente e do Idoso.

LEI MUN ICIPAL N 1412/91. Dispõe sobre a Política Municipal dos Direitos da Criança, do Adolescente e do Idoso. LEI MUN ICIPAL N 1412/91 Dispõe sobre a Política Municipal dos Direitos da Criança, do Adolescente e do Idoso. NEREU WILHELMS, Prefeito Municipal de Taquara, FAÇO SABER que, em sessão realizada em 04.03.1991,

Leia mais

Aprofundar mudanças rumo a um modelo de desenvolvimento sustentável

Aprofundar mudanças rumo a um modelo de desenvolvimento sustentável Este artigo é cópia fiel do publicado na revista Nu e va So c i e d a d especial em português, junho de 2012, ISSN: 0251-3552, . Aprofundar mudanças rumo a um modelo de desenvolvimento sustentável

Leia mais

Vereador de Verdade. Vejam só: Vereador de Verdade é Eneias.

Vereador de Verdade. Vejam só: Vereador de Verdade é Eneias. Vereador de Verdade Vereador de Verdade é Eneias. É gente da gente e busca soluções para transformar nossa cidade numa Feliz Cidade. Não basta apenas fiscalizar e denunciar. É claro que isso tem que ser

Leia mais

R$1,60 por imóvel em apenas 3 minutos cada avaliação!

R$1,60 por imóvel em apenas 3 minutos cada avaliação! AVALIAÇÕES DE IMÓVEIS ONLINE PORTIFÓLIO PARA PREFEITURAS MUNICIPAIS A melhor solução para atualização dos valores de IPTU s e ITBI e ITR R$1,60 por imóvel em apenas 3 minutos cada avaliação! Copyright

Leia mais

Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais

Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais Fonte: O Globo Data: 16/09/2015 Seção: Economia Versão: Impresso (página 25) e Online Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais Retomada de cobrança

Leia mais

experiência OS PRODUTOS E SOLUÇÕES DESENVOLVIDOS PELA FUTURA SEGUEM 4 ETAPAS: Inventário de dados e informações Diagnóstico e cenários prospectivos a Análise e avaliação participativa Diagnosticar 4

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº. 850 DE 06 DE NOVEMBRO DE 2014.

LEI MUNICIPAL Nº. 850 DE 06 DE NOVEMBRO DE 2014. LEI MUNICIPAL Nº. 850 DE 06 DE NOVEMBRO DE 2014. Dispõe sobre a implementação do Distrito Industrial na localidade denominada de Ouro Branco do Sul, no Município de Itiquira/MT e estabelece normas para

Leia mais

PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER

PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER 1.1-Reunião com a diretoria 1.1.1 03/02 ( sexta feira ) 17h 1.1.1.1 Convocar membros da diretoria

Leia mais

RELATORA: Senadora KÁTIA ABREU

RELATORA: Senadora KÁTIA ABREU PARECER N o, DE 2009 Da COMISSÃO DE AGRICULTURA E REFORMA AGRÁRIA, sobre o Projeto de Lei do Senado n o 246, de 2007, que regula o Programa de Seguro- Desemprego Rural, o Abono Salarial Rural, o Programa

Leia mais

PARA ENTENDER O PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO EMPREGO

PARA ENTENDER O PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO EMPREGO PARA ENTENDER O PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO EMPREGO 2 CSB - Central dos Sindicatos Brasileiros CUT - Central Única dos Trabalhadores Força Sindical NCST - Nova Central Sindical de Trabalhadores UGT - União

Leia mais

GOVERNO QUE CUIDA DA CIDADE E DAS PESSOAS!

GOVERNO QUE CUIDA DA CIDADE E DAS PESSOAS! GOVERNO QUE CUIDA 8 DA CIDADE E DAS PESSOAS! EDUCAÇÃO Logo que Badel assumiu a Prefeitura de, se comprometeu em fortalecer a agricultura familiar do município, estimulando o pequeno produtor a diversificar

Leia mais

CARTILHA DO ORÇAMENTO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS

CARTILHA DO ORÇAMENTO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS CARTILHA DO ORÇAMENTO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS Sumário - Apresentação... 3 -As três leis básicas... 3 - Como é elaborado o orçamento da União?... 3 Prazos... 4 Esferas... 4 - Quem é responsável pela elaboração

Leia mais

FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS

FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS Dia dos Surdos 2009 Apresentação No dia 26 de setembro, a Comunidade Surda Brasileira comemora o Dia Nacional do Surdo, data em que são relembradas

Leia mais

LEI Nº 3.219, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006

LEI Nº 3.219, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006 LEI Nº 3.219, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006 Dispõe sobre a criação do Conselho Municipal de Meio Ambiente, dá outras providências sobre o Fundo Municipal de Meio Ambiente, revoga e altera disposições indicadas

Leia mais

Oficina de Voluntariado

Oficina de Voluntariado ++++++++++++++++++++++ +++++++++++++++++++++ ++++++++++++++++++++++ Oficina de Voluntariado Fevereiro/2016 2 25/02/2016 Voluntariado Transformador ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++ +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Leia mais

PROPOSTA PARA DEBATE. Reforma Tributária com Transparência das Contas Públicas: a sociedade e o Estado Brasileiro merecem essa conquista

PROPOSTA PARA DEBATE. Reforma Tributária com Transparência das Contas Públicas: a sociedade e o Estado Brasileiro merecem essa conquista 1 PROPOSTA PARA DEBATE Reforma Tributária com Transparência das Contas Públicas: a sociedade e o Estado Brasileiro merecem essa conquista Introdução O Sindicato dos Economistas no Estado de São Paulo e

Leia mais

Cenário financeiro dos Municípios brasileiros em final de mandato

Cenário financeiro dos Municípios brasileiros em final de mandato 1 Cenário financeiro dos Municípios brasileiros em final de mandato Estudos Técnicos CNM Introdução Em decorrência da surpresa dos dirigentes municipais com a atual dificuldade financeira vivida pelos

Leia mais

Câmara Municipal de Uberaba Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623

Câmara Municipal de Uberaba Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623 Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623 Estima a receita e fixa a despesa do Município de Uberaba para o exercício de 2005, e contém outras disposições. O Povo do Município de Uberaba, Estado de Minas

Leia mais

Terça-feira, 27.07.10

Terça-feira, 27.07.10 Terça-feira, 27.07.10 Pensamento do dia: A felicidade consiste em preparar o futuro, pensando no presente e esquecendo o passado, se foi triste. John Ruskin A dúvida é: Incluso ou inclusas seguem as notas

Leia mais

VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS

VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS Perguntas e resposta feitas ao jornalisa Romário Schettino Perguntas dos participantes do 6 Seminário de Direito para Jornalistas

Leia mais

VEÍCULO: BLOG DO CARLOS COSTA DATA: 21.07.15. Marcelo Queiroz prestigia Feira de Negócios do Seridó e Feirinha de SantAna em Currais Novos

VEÍCULO: BLOG DO CARLOS COSTA DATA: 21.07.15. Marcelo Queiroz prestigia Feira de Negócios do Seridó e Feirinha de SantAna em Currais Novos VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 22.07.15 EDITORIA: CULTURA VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 22.07.15 EDITORIA: CAPA E VIVER VEÍCULO: BLOG DO CARLOS COSTA DATA: 21.07.15 EDITORIA: ECONOMIA terça-feira, 21 de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Estado do Rio Grande do Sul DECRETO Nº 5.541, DE 10 DE MARÇO DE 2008.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Estado do Rio Grande do Sul DECRETO Nº 5.541, DE 10 DE MARÇO DE 2008. DECRETO Nº 5.541, DE 10 DE MARÇO DE 2008. Regulamenta o artigo 66, do Estatuto dos Servidores Públicos de São Leopoldo, Lei nº 6.055 de 14 de Setembro de 2006, Da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes-

Leia mais

Ensino Fundamental com 9 anos de duração - Idade de Ingresso

Ensino Fundamental com 9 anos de duração - Idade de Ingresso Ensino Fundamental com 9 anos de duração - Idade de Ingresso A respeito da idade de ingresso das crianças, no ensino fundamental de 9 anos de duração, ocorreram acaloradas discussões na esfera educacional

Leia mais

LEI Nº 3.238/2001 SÚMULA: CRIA O CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE - COMAM.

LEI Nº 3.238/2001 SÚMULA: CRIA O CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE - COMAM. LEI Nº 3.238/2001 SÚMULA: CRIA O CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE - COMAM. A CÂMARA MUNICIPAL DE CASCAVEL, ESTADO DO PARANÁ, APROVOU, DE AUTORIA DO ILUSTRE VEREADOR BENTO TOLENTINO, COM EMENDAS DOS

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N.º, DE 2011. O Congresso Nacional decreta:

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N.º, DE 2011. O Congresso Nacional decreta: PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N.º, DE 2011 Estabelece normas para a concessão de incentivos fiscais e fiscal-financeiros e de benefícios fiscais no âmbito da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos

Leia mais

Luau Bom D+ Bom D+ Verão. Desafio Ciclístico

Luau Bom D+ Bom D+ Verão. Desafio Ciclístico 4 Luau Bom D+ 10 Bom D+ Verão 16 Desafio Ciclístico 22 Triathlon Bahia de Todos os Santos 28 Revezamento a Nado Farol a Farol 34 Carnaval 2013 Record Bahia O que já era bom ficou ainda melhor. A primeira

Leia mais

MODERNIZAÇÃO DAS RELAÇÕES DO TRABALHO

MODERNIZAÇÃO DAS RELAÇÕES DO TRABALHO MODERNIZAÇÃO DAS RELAÇÕES DO TRABALHO 71 ANOS DA CLT - Cenário quando da edição Importante instrumento para reger as relações do trabalho no início da década de 40 Industrialização incipiente (Brasil Rural)

Leia mais

MENSAGEM DO PREFEITO À CÂMARA MUNICIPAL NA ABERTURA DO ANO LEGISLATIVO DE 2014

MENSAGEM DO PREFEITO À CÂMARA MUNICIPAL NA ABERTURA DO ANO LEGISLATIVO DE 2014 1 ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU MENSAGEM DO PREFEITO À CÂMARA MUNICIPAL NA ABERTURA DO ANO LEGISLATIVO DE 2014 Excelentíssimo Senhor Vereador Manoel Airton Pereira, Presidente da Câmara Municipal;

Leia mais

ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS

ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás TCE/GO Auditor de Controle Externo Área Controle Externo ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS Língua Portuguesa Ortografia oficial... 01 Acentuação

Leia mais

Progressividade fiscal de imposto de natureza real Kiyoshi Harada*

Progressividade fiscal de imposto de natureza real Kiyoshi Harada* Progressividade fiscal de imposto de natureza real Kiyoshi Harada* Em inúmeros textos escritos anteriormente deixamos bem claro que a progressividade fiscal nada tem a ver com a natureza real ou pessoal

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Comissão de Fiscalização Financeira e Controle CFFC

CÂMARA DOS DEPUTADOS Comissão de Fiscalização Financeira e Controle CFFC REQUERIMENTO Nº, DE 2013 (do Sr. Fernando Francishcini) Requer que seja convocado o Sr. Manoel Dias, Ministro de Estado do Trabalho e Emprego para expor acerca dos últimos acontecimentos naquele Ministério,

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2010 (Do Sr. Guilherme Campos - DEM/SP)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2010 (Do Sr. Guilherme Campos - DEM/SP) PROJETO DE LEI Nº, DE 2010 (Do Sr. Guilherme Campos - DEM/SP) Estabelece o direito ao reembolso dos gastos efetuados por pessoas jurídicas para cumprimento de obrigações acessórias instituídas pela Secretaria

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Programa transmitido em 26 de fevereiro

Leia mais

A NOVA CONTABILIDADE DOS MUNICÍPIOS

A NOVA CONTABILIDADE DOS MUNICÍPIOS Apresentação O ano de 2009 encerrou pautado de novas mudanças nos conceitos e nas práticas a serem adotadas progressivamente na contabilidade dos entes públicos de todas as esferas do Governo brasileiro.

Leia mais

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Meus queridos brasileiros e brasileiras, É com muita emoção

Leia mais

Nº DESCRIÇÃO EIXO SC PP CPP QTD ORDEM

Nº DESCRIÇÃO EIXO SC PP CPP QTD ORDEM Nº DESCRIÇÃO EIXO SC PP CPP QTD ORDEM Criar rádios e TV's comunitárias voltadas à prestação de contas das ações, programas e 1 projetos existentes nos municípios e divulgação dos serviços públicos locais,

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 3.486/2005

LEI MUNICIPAL Nº 3.486/2005 LEI MUNICIPAL Nº 3.486/2005 Institui o COMITÊ DE CONTROLE SOCIAL DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA (PBF), e dá outras providências. CLÁUDIO KAISER, Prefeito Municipal de Taquara, Estado do Rio Grande do Sul, FAÇO

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO, TRABALHO E SOLIDARIEDADE

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO, TRABALHO E SOLIDARIEDADE LEI nº, de de (Projeto de Lei nº 00/04, do Executivo) Institui o Programa Oportunidade Solidária, estabelece princípios fundamentais e objetivos da Política de Fomento à Economia Popular Solidária do Município

Leia mais

Segunda-feira, 22 de abril de 2013

Segunda-feira, 22 de abril de 2013 Segunda-feira, 22 de abril de 2013 22/04/2013 07h00 - Atualizado em 22/04/2013 07h00 Empresários dão dicas de como empreender após a aposentadoria Professora aposentada montou empresa de reforma de calçadas.

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS Mensagem nº 62, de 2011 Canoas, 29 de agosto de 2011. A Sua Excelência o Senhor Vereador César Augusto Ribas Moreira Presidente da Câmara Municipal de Canoas Canoas - RS Senhor Presidente, Na forma da

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 1.870 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2005.

PROJETO DE LEI Nº 1.870 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2005. PROJETO DE LEI Nº 1.870 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2005. Dispõe sobre a organização do Sistema Municipal de Defesa do Consumidor, institui o Departamento de Defesa do Consumidor e o Fundo Municipal de Defesa

Leia mais

R E S O L V E: II - O Item 1.5 é revogado, uma vez que não haverá PROVA PRÁTICA, pois não há Lei Municipal que discipline a mesma.

R E S O L V E: II - O Item 1.5 é revogado, uma vez que não haverá PROVA PRÁTICA, pois não há Lei Municipal que discipline a mesma. CONCURSO PÚBLICO N 001/20 EDITAL COMPLEMENTAR Nº 02/20 DISPÕE SOBRE A RETIFICAÇÃO DO EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO N 001/20, DE 11 DE MARÇO DE 20, ATRAVÉS DO EDITAL COMPLEMENTAR N 02/20, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

ENTREVISTA COM O SECRETÁRIO DE ESTADO AGOSTINHO PATRUS FILHO

ENTREVISTA COM O SECRETÁRIO DE ESTADO AGOSTINHO PATRUS FILHO ENTREVISTA COM O SECRETÁRIO DE ESTADO AGOSTINHO PATRUS FILHO Entrevista realizada em junho/2009 O atual Secretário de Estado do Desenvolvimento Social (SEDESE), Agostinho Patrus Filho, natural de Belo

Leia mais

LUTA MÉDICA ENTREVISTA: JORGE SOLLA Entrevista publicada na Revista Luta Médica nº 02 (janeiro/fevereiro de 2007)

LUTA MÉDICA ENTREVISTA: JORGE SOLLA Entrevista publicada na Revista Luta Médica nº 02 (janeiro/fevereiro de 2007) LUTA MÉDICA ENTREVISTA: JORGE SOLLA Entrevista publicada na Revista Luta Médica nº 02 (janeiro/fevereiro de 2007) Médico Pesquisador do Instituto de Saúde Coletiva (ISC) da Universidade Federal da Bahia.Ex-Coordenador

Leia mais

Marcelino garante que atuação do colegiado foi positiva

Marcelino garante que atuação do colegiado foi positiva DIÁRIO OFICIAL República Federativa do Brasil - Estado da Bahia LEGISLATIVO EXEMPLAR DE ASSINANTE - VENDA PROIBIDA Marcelino garante que atuação do colegiado foi positiva Comissão de Direitos Humanos e

Leia mais

PARECER SOBRE O REGIME DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR NA BAHIA

PARECER SOBRE O REGIME DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR NA BAHIA PARECER SOBRE O REGIME DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR NA BAHIA I. Intróito Na qualidade de Professor de Servidor Público da UESB e de advogado da ADUSB, nos fora solicitado pela Diretoria desta entidade sindical

Leia mais

DELIBERAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA N 01/2014

DELIBERAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA N 01/2014 CONSELHO ESTADUAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE MINAS GERAIS DELIBERAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA N 01/2014 A Diretoria Executiva do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente

Leia mais

CAPÍTULO I DAS METAS E PRIORIDADES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL

CAPÍTULO I DAS METAS E PRIORIDADES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL LEI n.º 1369/01 DISPÕE SOBRE AS DIRETRIZES GERAIS PARA ELABORAÇÃO DA LEI ORÇAMENTÁRIA DE 2002 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O povo do Município de Dom Silvério, por seus representantes na Câmara Municipal,

Leia mais

Press Release Nº 138 ANO I Santarém - Pará, 28 de outubro de 2015.

Press Release Nº 138 ANO I Santarém - Pará, 28 de outubro de 2015. Press Release Nº 138 ANO I Santarém - Pará, 28 de outubro de 2015. Servidores públicos recebem parabéns da Câmara de Santarém 28 de outubro é um dia para celebrar, reconhecer, valorizar e continuarmos

Leia mais