Pós Graduação Outdoor Segurança, desportos natureza, aventura

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pós Graduação Outdoor Segurança, desportos natureza, aventura"

Transcrição

1 Pós Graduação Outdoor Segurança, desportos natureza, aventura Fotografia em contexto outdoor Câmara Fotográfica Digital Foto 1 Do sítio onde estão façam uma foto Não me podem incluir na fotografia. Nome da foto VossoNome_1 Mário Godinho Pós Graduação Outdoor O acto fotográfico O acto fotográfico - composição A luz como matéria prima da fotografia: Controlo da exposição Profundidade de campo, arrasto Tipos de iluminação Aplicação a contextos específicos Outdoor Como cuidar a sua câmara A ideia/objecto A composição A ideia/objecto A composição O acto fotográfico Ideia / objecto Uma boa foto começa com uma boa ideia Uma boa ideia é 95% de trabalho e 5% de inspiração Uma boa foto é uma foto de que gostes O gosto não é Universal 1

2 A ideia/objecto A composição O acto fotográfico Ponto de interesse Figura-Fundo Planos O ponto de vista Linhas de força Regra dos terços Padrões Detalhes Composição Enquadrar/Reenquadrar Diagonais Iluminação Orientação Sentido de escala Keep it simple Ponto de interesse Define um ponto de interesse Procura o inabitual Figura-Fundo Um fundo uniforme permite realçar a figura no fundo Planos Primeiros planos ajudam a centrar a atenção no assunto principal ou podem constituir o assunto e aumentam a sensação de profundidade Verificar se os planos atrás ou à frente do assunto trazem alguma mais valia Procura pontos de vista inabituais Variar os pontos de vista para o mesmo objecto O ponto de vista 2

3 Linhas de força Regra dos terços Procure linhas que dirigem o olhar para algo Padrões Tente encontrar padrões interessantes Detalhes O interessante está por vezes nos detalhes Enquadrar/Reenquadrar Os limites da foto podem ser determinantes para ajudar a focalizar no essencial Reenquadrar introduz elementos novos Diagonais Diagonais imprimem geralmente mais dinâmica 3

4 Iluminação As sombras A direcção da luz Luz lateral realça texturas Contrastes A cor /saturação/ equilíbrio/ complementaridade Espectro de branco a negro Os olhos vão 1º para as zonas mais brilhantes Horizontal/vertical Orientação Horizontal/vertical Orientação Sentido de escala Incluir objectos que dêem a ideia de escala Keep it simple Última regra Não há regras!!! A composição só está limitada pela imaginação

5 Câmara Fotográfica Digital Foto 2 Do sítio onde estão façam uma foto Não me podem incluir na fotografia. Nome da foto VossoNome_2 A luz A luz como matéria prima da fotografia As cores Medição da intensidade da luz (incidente e reflectida) Fotómetros Integrados nas câmaras Autónomos/independentes A luz A luz como matéria prima da fotografia As cores Medição da intensidade da luz (incidente e reflectida) Fotómetros Integrados nas câmaras Autónomos/independente A luz como «matéria prima» da fotografia Fotografia: origem no Grego PHOTOS: luz GRAPHOS: escrita fotografar = escrever com luz A luz A luz como matéria prima da fotografia As cores Medição da intensidade da luz (incidente e reflectida) Fotómetros Integrados nas câmaras Autónomos/independente Newton: luz branca formada por todas as cores do espectro As cores 5

6 As cores O espectro visível e invisível 3 propriedades da cor Matiz Saturação Brilho raios cosmicos raios X ultravioleta Visível infra radar ondas longas vermelho rádio Cor reflectida por, ou transmitida através de, um objecto Nivel de pureza de uma cor Lumimosidade da cor 3 propriedades da cor Matiz Saturação Brilho As cores primárias secundárias terciárias Combinações de cores Harmonia complementar análogas tríades complementaridade analogia quentes frias 6

7 A luz A luz como matéria prima da fotografia As cores Medição da intensidade da luz (incidente e reflectida) Fotómetros Integrados nas câmaras Autónomos/independente Medição da intensidade da luz A intensidade luminosa varia na razão inversa do quadrado da distância Lei do inverso do quadrado da distância Medição da intensidade da luz A luz Luzincidente Luzreflectida A luz como matéria prima da fotografia As cores Medição da intensidade da luz (incidente e reflectida) Fotómetros Integrados nas câmaras Autónomos/independentes Reflectida Fotómetros Incidente Medição da luz Matricial / Ponderada ao centro / Pontual Fotómetro: célula fotosensível que mede o EV (valor de exposição) de cada situação e determina a exposição necessária para determinadas condições de luminosidade 7

8 Câmara Fotográfica Digital Foto 3 Do sítio onde estão façam uma foto Não me podem incluir na fotografia. Nome da foto VossoNome_3 Operações básicas A focagem Distância focal Profundidade de campo Arrasto A focagem Auto focus versus focagem manual Focado: o que nos parece focado! Profundidade de campo É a zona de nitidez à frente e atrás do sujeito sobre o qual focamos Depende de vários factores A focagem Distância hiperfocal: é a distância entre a objectiva e o ponto mais próximo aceitavelmente nítido quando a lente está focada para infinito. (função de f:) Objectivas Objectiva multi-elementos Quando a lente está focada para a distância hiperfocal a profundidade de campo estende-se desde metade dessa distância até infinito. 8

9 Objectivas Distância focal A distância entre o centro da lente e o ponto em que os raios incidentes paralelos (infinito) convergem num ponto. As objectivas em Câmaras de 35mm Olho de peixe 16mm, 8mm Grandes angulares 28mm, 24mm, 20mm Normais 45mm, 50mm, 60mm - próximo da visão normal humana Sensor ou filme Luz Teleobjectivas moderadas (70m até 105mm) Teleobjectivas (135mm até 400mm) Super teleobjectivas (500mm até 2500mm) Zoom óptico e digital O obturador Controlo do tempo de exposição Tempos normalizados: B, 30,...1, ½, ¼,1/8, 1/15, 30, 60, 125, 500, Espaço entre as duas cortinas determina o tempo Efeito de congelamento ou arrasto Utilizar tripé com tempos maiores que 1/60! Sincronismo com flash (se não souberem qual é utilizem tempos de 60, 30 ou maiores) Velocidade lenta Velocidade rápida Arrasto O diafragma Orifício por onde passa a luz, (f:) 1, 1.4, 2, 2.8, 4, 5.6, 8, 11, 16, 22, 32.. Cada intervalo equivale a 1EV (metade da luz a entrar) Aberturas menores (32, 22) maiores profundidades de campo e vice versa 9

10 Profundidade de campo Profundidade de campo A profundidade de campo depende de: Distância focal Quanto maior a distância focal menor a profundidade de campo Distância aos objectos Quanto maior a distância maior a profundidade de campo Abertura do diafragma Quanto maior a abertura menor a profundidade de campo. Objectiva: 50 mm Profundidade de campo f:2 - p.d.c.= 30 cm f:16 - p.d.c.= 2,40 m Obturador (tempo de exposição) Lei da reciprocidade f: 5.6 Diafragma f: 8 (quantidade de luz) 1 minuto 2 minutos E E Focagem: rapaz do meio Distância: 2,10 da câmara Lei da reciprocidade Lei da reciprocidade Para a mesma exposição, quanto maior abertura menor tempo de exposição Tempo /s. Abertura f: Quebra de reciprocidade A reciprocidade só é válida até determinados limites! Tempos superiores a 1 devem ser verificados (tentativa e erro) 10

11 Analógico Os suportes Digital Analógico Os suportes Digital Captação da imagem e armazenamento Captação da imagem Armazenamento O filme Sensor (CCD/ CMOS) Cartão O filme Sensor (CCD/ CMOS) Cartão Negativo Preto e Branco; Cor Slide. Polaroid Tungsténio/Day light Diferenças de latitude, contraste Várias sensibilidades -RAW -TIFF -JPEG ISO e sensibilidade Fotografia analógica: ISO (International Standard Organisation): 50/18; 100/21 ASA (AmericanStandards Association): 50; 100 DIN (Deutsch Industrie Normen): 18, 21 Fotografia digital: Os sensores digitais não têm uma velocidade fixa (sensibilidade ISO podem variar de 50 a 3200) Ruído quando aumentar sensibilidade A resolução Uma questão de pixeis Câmara digital básica tem hoje pelo menos 3 MP Olho humano: 120 MP Slide Fuji Velvia: um pouco mais de 20 MP Ampliação provas finais A ampliação depende da resolução do negativo/peso do ficheiro 3 Megas 10x15 5 Megas 20x Megas 30x40 Definir o equilíbrio de brancos Para se adequar a fonte de luz E consequentemente ter uma reprodução das cores mais correcta 11

12 Definir o equilíbrio de brancos Automática Luz de dia Dia nublado Personalizado Tungsténio Fluorescente Fontes naturais e fontes artificiais de luz Natural: luz do sol, da lua Tonalidade Intensidade Direcção luz Fontes naturais e fontes artificiais de luz Artificial: luz incandescente, fluorescente, flash, etc Lâmpadas eléctricas (tungsténio, fluorescente, ) O flash Velas. Relação entre a temperatura de uma fonte de luz e a qualidade da cor emitida por ela Relação dada em graus kelvin (K) Temperatura de cor Fotografia no exterior Sol, sombra, noite Flash integrado (fill,...) Como limpar a câmara Dissecar uma câmara Tópicos sobre limpeza e conservação 12

13 Limpeza das objectivas Limpeza das objectivas Retiraro pó Limpar Secar não deixar o pó entrar na objectiva nunca pôr o líquido directamente sobre a lente A evitar!!!! Vapor Esquecera tampa Arcomprimido Pôr o líquido directamente sobre a lente Usar produtos para óculos Esfregara lente Usarlenços Conservação Alteração das propriedades fotográficas dos filmes/provas (sensibilidade e equilíbrio cromático) com: Altas temperaturas Ambientes húmidos Presença de gases (e.g. formol) Colas Fitacola Conservação de negativos, slides ou provas Humidade Relativa de 30 a 40% (+/- 5%) 18º Centígrados (Preto e Branco) 0º-5ºCentígrados (Cores) Protecção contra a luz Folhas de protecção (poliéster ou papel neutro) Caixas estanques (evitar ataques biológicos) Câmara Fotográfica Digital Foto 4 Do sítio onde estão façam uma foto Não me podem incluir na fotografia. Nome da foto VossoNome_4 Fotografia em contextos específicos Enviar por para Até Sábado (com a câmara digital) 13

14 Montanhismo/Alpinismo Seleccionar o material a levar (Peso!!!) Máquinas manuais mais fiáveis Ver o manual referente a situações extremas (temperatura, humidade, etc.) Pilhas (Junto ao corpo!) Câmaras digitais mudança de lentes pode ser fatal poeira no sensor: trabalho extra de limpeza digital. Surf/Bodyboard Prever trajectórias (antecipação é muito importante) Exposições de 1/1000 s para congelar Câmara estanque Grande angular (ambiente envolvente fundos de paisagem, etc.) Imprevisibilidade do mar (segurança de pessoas e equipamento) Teleobjectiva na praia e flash com um assistente no mar controlado por IR Motocross Antecipação e reacção rápida Predefinir o foco para o local onde sabemos que vai ocorrer aacção Cuidado com o pó e projecções de materiais do solo Segurança 1º boas imagens depois (qd espreitamos pelo visor perdemos o contexto. Sub Aquática Efeito de pressões em material pode ser fatal (ver manual ou fazer consulta ao fabricante) Caixas estanques (boa qualidade) mais vale investir numa caixa de boa qualidade do que comprar uma nova câmara. Limitação de iluminação torna obrigatório uso de flash (submergível) Treine a seco com os olhos fechados para automatizar tudo sem recorrer à visão Colocar tudo em automático ou em manual para condições estudadas anteriomente. Windsurf/KiteSurf Teleobjectivas para fotos em terra Grande angular para captar elementos de interesse (atleta e kite, por ex.) Atenção à combinação vento e areia (trabalhar com caixa estanque mesmo em terra) Yatching/Vela Pilhas aquecidas Lentes efeito de condensação por diferenças de temperatura Máquinas electrónicas podem bloquear em situações extremas Água salgada muito corrosiva para o material Utilizar por ex. uma geleira para proteger a máquina e lentes. Atenção aos locais onde tirar fotos (segurança e probabilidade de estorvar os velejadores) Perspectivas interessantes: em cima dos mastros, por ex. 14

15 Paraquedismo/ Sky Diving/ Sky Surf/ Base Jump Para tirar fotos há que ser praticante! Aparelhagem específica: Câmara presa na cabeça; visor separado do corpo) Pensar previamente em dispositivos para estabilizar o voo na altura do click Sistemas de disparo inventivos (os braços nem sempre podem ser utilizados)...cont. Paraquedismo/ Sky Diving/ Sky Surf/ Base Jump O controlo das condições de luminosidade tem que ser feito a priori Incluir nuvens nos enquadramento aumenta o dinamismo da foto (grande angulares) Digital mais versátil pois permite tirar mais fotos (cartão dá para mais fotos que qualquer rolo Sky/ Snowboard Digital Analógico Segurança: Avalanches provocadas por esquiadores. Boa preparação física e capacidades pois tem que estar no terreno Estudar os trajectos e antecipar os movimentos e as passagens (preparar a câmara para a foto antes do atleta chegar) Cuidados com a condensação nas objectivas Fotografar com motor (sequências) maior probabilidade de conseguir boas fotos Fundos uniformes (céu) Grande angular dá uma ideia de obstáculos maiores + Tempo de processamento Preço do equipamento - - Preço por foto + - Ampliações + - Reprodutibilidade de cores + (slides) + Controlo - Segurança Sempre em primeiro lugar Tira foto implica perder o contexto Evitar deslocamentos a espreitar pelo visor Planeamento prévio com todos os elementos da equipa (atletas e assistentes) É preciso ter competências para acompanhar os atletas em situações extremas Situações extremas são perigosas (a fotografia não pode ser argumento para ultrapassar os limites da segurança. 15

Fotos Analógicas (Processo químico) e Digitais (Processo eletrônico)

Fotos Analógicas (Processo químico) e Digitais (Processo eletrônico) CÂMERA FOTOGRÁFICA Foto analógica Foto digital Fotos Analógicas (Processo químico) e Digitais (Processo eletrônico) O DIAFRAGMA OBJETO DIAFRAGMA EM IRIS OBJETO IRIS RETINA ABERTURA PUPILA LENTE CRISTANILO

Leia mais

Fotografia digital. Aspectos técnicos

Fotografia digital. Aspectos técnicos Fotografia digital Aspectos técnicos Captura CCD (Charge Coupled Device) CMOS (Complementary Metal OxideSemiconductor) Conversão de luz em cargas elétricas Equilíbrio entre abertura do diafragma e velocidade

Leia mais

MANUAL DE FOTOGRAFIA

MANUAL DE FOTOGRAFIA MANUAL DE FOTOGRAFIA 1. A máquina fotográfica. Breve história As primeiras fotografias tiradas, datam de 1826, mas só em 1870, é que foi possível obter um sistema que permitisse a comercialização de chapas

Leia mais

CÂMERAS. fotográficas

CÂMERAS. fotográficas CÂMERAS fotográficas Quanto ao suporte: Digital Analógico Como classificar e diferenciar os tipos de Câmeras? Quanto a automação: Automáticas Semi-automáticas Auto e manual Quanto ao visor: Visor direto

Leia mais

A câmera fotográfica. 1) Definição 2) Tipos de câmeras 3) Estrutura e funcionamento

A câmera fotográfica. 1) Definição 2) Tipos de câmeras 3) Estrutura e funcionamento A câmera fotográfica 1) Definição 2) Tipos de câmeras 3) Estrutura e funcionamento Definição Câmera fotográfica é uma câmara escura projetada segundo características específicas (quanto a ótica, mecânica

Leia mais

Realizado por: Nuno Barros nº27283 Filipe Gonçalves nº27285 Ângelo Sousa nº28158 André Martins nº28531

Realizado por: Nuno Barros nº27283 Filipe Gonçalves nº27285 Ângelo Sousa nº28158 André Martins nº28531 Realizado por: Nuno Barros nº27283 Filipe Gonçalves nº27285 Ângelo Sousa nº28158 André Martins nº28531 Também conhecido por digitalizador Scanner é um periférico de entrada Leitura de textos e imagens

Leia mais

Iniciação à Fotografia Prof. Gust avo L. Pozza

Iniciação à Fotografia Prof. Gust avo L. Pozza Iniciação à Fotografia Prof. Gust avo L. Pozza Câm ara Escura Tipos de Câmeras A Câmera Básica Componentes comuns em todas as câmeras Visor Objetiva Plano do filme Diafragma Obturador Mecanismos de foco

Leia mais

CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL COMPLETO

CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL COMPLETO CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL COMPLETO Módulos 1. Câmaras e Imagens Digitais. 2. Controlar a Exposição. 3. Controlar a Nitidez. 4. Captar Luz e Cor. 5. Compreender as Objectivas. 6. Fotografia com o Flash

Leia mais

DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA - 1

DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA - 1 DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA - 1 Mauricio Baggio ÍRIS / DIAFRAGMA Dispositivo que permite o controle da quantidade de luz que atinge o filme ou o sensor no interior da câmera. Este controle é realizado definindo-se

Leia mais

Partes da Câmara. Vantagens. Características mais Importantes. Especificações. Versão Portuguesa. Versão Portuguesa WWW.SWEEX.COM.

Partes da Câmara. Vantagens. Características mais Importantes. Especificações. Versão Portuguesa. Versão Portuguesa WWW.SWEEX.COM. Partes da Câmara JB000120 Sweex 3.2 Megapixel digital camera Frente Flash Visor de imagem Vantagens Câmara multi-funcional 5 em 1: Câmara digital com a possibilidade de efectuar gravações vídeo e áudio,

Leia mais

Fotografia Digital 1

Fotografia Digital 1 Fotografia Digital 1 Apresentação Constituída em 2007 é referência nacional no ensino da fotografia de paisagem natural 2 Uma das entidades que mais workshops lecciona anualmente em Portugal Cursos de

Leia mais

Aprender a fotografar não é difícil quando temos um material de apoio e muita vontade de pesquisar e treinar. Este é somente um ponto de partida!

Aprender a fotografar não é difícil quando temos um material de apoio e muita vontade de pesquisar e treinar. Este é somente um ponto de partida! Introdução e índice Eu sou a Claudia Regina (www.claudiaregina.com) e resolvi criar este pequeno Manual Básico de Fotografia para ajudar quem procura por bom conteúdo para iniciantes, em português. Aprender

Leia mais

FOTOMETRIA E EXPOSIÇÃO

FOTOMETRIA E EXPOSIÇÃO GRAPHOS LABORATÓRIO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM JORNALISMO GRÁFICO FOTOMETRIA E EXPOSIÇÃO FOTOGRAFIA BÁSICA: EQUIPAMENTOS Controles básicos da câmera OBTURADOR Tempo de exposição velocidade de disparo AFETA

Leia mais

LUZ. Esses três elementos combinados permitem que o fotógrafo escolha como a imagem será feita.

LUZ. Esses três elementos combinados permitem que o fotógrafo escolha como a imagem será feita. FOTOGRAFIA LUZ A luz é o elemento primordial de uma imagem. Para ter controle na entrada de luz na câmera, o fotógrafo controla o ISO, a velocidade da cortina e o diafragma da lente. Esses três elementos

Leia mais

Introdução à Fotografia Digital

Introdução à Fotografia Digital Introdução à Fotografia Digital Aula 1 Fundamentos, Câmeras, Obje3vas Disponível em www.ecoclics.com/wp- content/pdf/aula_ifd_1.pdf Roteiro da Aula Apresentações Programação do curso Câmeras Objetivas

Leia mais

Primeiras Informações

Primeiras Informações Primeiras Informações Para que um trabalho escolar fique com melhor qualidade é importante registrálo, não apenas para ser apresentado aos pais, mas principalmente como arquivo. Guardar o registro de trabalhos

Leia mais

O OBTURADOR 1. FUNCIONAMENTO:

O OBTURADOR 1. FUNCIONAMENTO: Esse anexo é um complemento do material didático exclusivo do Curso de Fotografia Digital - A fotografia sob uma nova óptica e função, com Célio Ricardo, constituindo uma parte que completa o total de

Leia mais

CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL

CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL formação em imagem www.100iso.pt Módulos 1. Câmaras e Imagens Digitais. 2. Controlar a Exposição. 3. Controlar a Nitidez. 4. Captar Luz e Cor. 5. Compreender as Objectivas.

Leia mais

Escolha da Objectiva. Quais as principais características das objectivas que servem de base para a escolha das suas lentes?

Escolha da Objectiva. Quais as principais características das objectivas que servem de base para a escolha das suas lentes? Escolha da Objectiva Quais as principais características das objectivas que servem de base para a escolha das suas lentes? As lentes, também conhecidas como objectivas, são a parte mais importante do seu

Leia mais

aprenda a fotografar em 7 lições CLAUDIA REGINA dicasdefotografia.com.br

aprenda a fotografar em 7 lições CLAUDIA REGINA dicasdefotografia.com.br aprenda a fotografar em 7 lições CLAUDIA REGINA dicasdefotografia.com.br Prefácio à publicação de 2013 Publiquei este manual pela primeira vez em março de 2009, quando o blog Dicas de Fotografia estava

Leia mais

8 c o i s a s FOTOGRAFAR. Ana Flor www.anaflor.fot.br

8 c o i s a s FOTOGRAFAR. Ana Flor www.anaflor.fot.br 8 c o i s a s que vocêê precisa saber para FOTOGRAFAR Ana Flor www.anaflor.fot.br Introdução Esta apostila não pretende ser um manual de como ser um ótimo fotógrafo ou como usar sua câmera. Aqui você encontrará

Leia mais

Dia 21 (sábado de manhã, das 10 às 13h00) Saida para exterior Aula práctica de Fotografia num local a escolher)

Dia 21 (sábado de manhã, das 10 às 13h00) Saida para exterior Aula práctica de Fotografia num local a escolher) Local: Évora Hotel Av. Tulio Espanca, Apartado 93 Évora Tel: 266 403 315 Inscrições e Informações: Contactar Pedro Vilhena Site: Pedro Vilhena Fotografia Tm: 96 807 61 81 email: pedrovilhena.fotografo@gmail.com

Leia mais

TUTORIAL FOTOGRAFIA BÁSICA

TUTORIAL FOTOGRAFIA BÁSICA TUTORIAL FOTOGRAFIA BÁSICA História da Fotografia 1727 - Na Alemanha - John Heinrich. Inventou a fotossensibilidade em sais de prata. 1826 Na França Joseph Nicéphore Nièpce. Inventa a Héliohraphia. Morreu

Leia mais

404 CAMCORDER CAMCORDER E CÂMARA FOTOGRÁFICA

404 CAMCORDER CAMCORDER E CÂMARA FOTOGRÁFICA POrtuguês Portuguese 404 CAMCORDER CAMCORDER E CÂMARA FOTOGRÁFICA Suplemento do Manual do Utilizador do ARCHOS 404 Versão 1.1 Visite o site www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente

Leia mais

Estes filtros devem estar na lista de prioridade de suas compras pois eles protegem sua lente contra poeira, umidade e arranhões.

Estes filtros devem estar na lista de prioridade de suas compras pois eles protegem sua lente contra poeira, umidade e arranhões. Venda Locação! """ Os filtro podem ser divididos em famílias e sub famílias: Proteção Correção Filmes Coloridos Filmes P & B Efeito: Difusores Contraste Efeitos ópticos Polarizador Cor Cor/Graduados PROTEÇÃO:

Leia mais

Distância focal DISTÂNCIA FOCAL

Distância focal DISTÂNCIA FOCAL Distância focal DISTÂNCIA FOCAL: Unidade de medida relativa à distância existente entre o centro óptico de uma lente e o plano de foco. A distância focal determina a relação de grandeza de um motivo e

Leia mais

Foco e profundidade de campo

Foco e profundidade de campo Foco e profundidade de campo Foco Quando tiramos uma foto queremos que nosso destaque, no geral, esteja nítido e visível. O foco pode ser manual ou automático. Manualmente você gira o anel da sua lente.

Leia mais

SESC Petrolina 09, 10 e 11 de agosto de 2010. Marcus Ramos UNIVASF

SESC Petrolina 09, 10 e 11 de agosto de 2010. Marcus Ramos UNIVASF SESC Petrolina 09, 10 e 11 de agosto de 2010 Marcus Ramos UNIVASF Engenheiro elétrico (USP/82); Mestre em Sistemas Digitais (USP/91); Professor do curso de Engenharia de Computação da UNIVASF em Juazeiro-BA

Leia mais

energia que vai longe

energia que vai longe Como melhorar seus Clicks energia que vai longe CLICK 2014 Introdução A fotografia é uma das principais ferramentas de comunicação da atualidade. Com o avanço tecnológico das câmeras fotográficas e celulares,

Leia mais

Oficina de fotografia e tratamento de imagem. Facilitadora: Camila Silva Aula: 05

Oficina de fotografia e tratamento de imagem. Facilitadora: Camila Silva Aula: 05 Oficina de fotografia e tratamento de imagem Facilitadora: Camila Silva Aula: 05 Objetivas É uma lente óptica ou conjunto de lentes usada em conjunto com um corpo de câmera e um mecanismo para reproduzir

Leia mais

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão 1 Diferenças entre o CCD e o Filme: O filme como já vimos, é uma película de poliéster, coberta em um dos lados por uma gelatina de origem animal com partículas

Leia mais

Glossário de Fotopublicidade

Glossário de Fotopublicidade Glossário de Fotopublicidade Câmera analógica: câmera que captura as imagens em filme/película. Câmera digital: câmera que salva imagens como arquivos digitais em algum tipo de disco de memória em vez

Leia mais

Tecnologias IXUS 210. Ecrã Táctil LCD PureColor II

Tecnologias IXUS 210. Ecrã Táctil LCD PureColor II Tecnologias IXUS 210 Interface Táctil Avançada A IXUS 210 inclui o ecrã táctil IXUS com a interface de utilizador mais avançada até hoje, proporcionando acesso ao menu principal da câmara, bem como ícones

Leia mais

Zoom potente fácil de utilizar para imagens com grande detalhe

Zoom potente fácil de utilizar para imagens com grande detalhe DSC-H300 Câmara digital compacta Zoom potente fácil de utilizar para imagens com grande detalhe Obtenha facilmente imagens espantosas com um zoom ótico de 35x, sensor de 20 MP, vídeo HD e efeitos criativos

Leia mais

Guião fotográfico. Instituto Politécnico da Guarda. Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto. Discente: Joana Nunes

Guião fotográfico. Instituto Politécnico da Guarda. Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto. Discente: Joana Nunes Instituto Politécnico da Guarda Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto Guião fotográfico Discente: Joana Nunes Número de Aluno: 5007996 Ano Letivo: 2013/2014 Curso de Especialização Tecnológica

Leia mais

Técnicas de fotografia e tratamento de imagem FTZOO (BIOB40) Lucas Menezes Silva

Técnicas de fotografia e tratamento de imagem FTZOO (BIOB40) Lucas Menezes Silva Técnicas de fotografia e tratamento de imagem FTZOO (BIOB40) Lucas Menezes Silva Técnicas de fotografia Objetivos Conhecer a fotografia Reconhecer tipos de câmeras Aprender técnicas Conhecer assessórios

Leia mais

10 simples passos que irão mudar a forma como você tira fotos

10 simples passos que irão mudar a forma como você tira fotos VERSÃO FOTOGRAFIA 10 simples passos que irão mudar a forma como você tira fotos Existem várias formas de alterar o resultado final de uma foto, seja através do ISO, da velocidade do obturador, da abertura

Leia mais

Guia para fotografar com pouca luz. Versão 1. Texto e fotografias de Christian Camilo. 2 Christian Camilo Camiloart.com 2015

Guia para fotografar com pouca luz. Versão 1. Texto e fotografias de Christian Camilo. 2 Christian Camilo Camiloart.com 2015 1 Christian Camilo Camiloart.com 2015 1 2 Guia para fotografar com pouca luz Versão 1 Texto e fotografias de Christian Camilo T 2 Christian Camilo Camiloart.com 2015 3 Índice FOTOGRAFANDO EM AMBIENTES

Leia mais

Ficha técnica CANON PowerShot D30

Ficha técnica CANON PowerShot D30 Ficha técnica CANON PowerShot D30 Tipo de produto Tipo de sensor óptico Dimensão do sensor óptico Zoom óptico Zoom digital Processador de Imagem Estabilizador de imagem Auto-foco Controle AE/AF Câmara

Leia mais

NEX-3/NEX-5/NEX-5C A-DRG-100-52(1) 2010 Sony Corporation

NEX-3/NEX-5/NEX-5C A-DRG-100-52(1) 2010 Sony Corporation NEX-3/NEX-5/NEX-5C As funções 3D disponibilizadas por esta actualização de firmware são descritas neste folheto. Por favor consulte o Manual de instruções e o Manual da α que estão incluídos no CD-ROM

Leia mais

A primeira câmara digital com telémetro do mundo

A primeira câmara digital com telémetro do mundo A primeira câmara digital com telémetro do mundo Você leva a fotografia a sério. E a qualidade da imagem é a nossa paixão. Digitalização, impressão e projecção o processamento de imagens digitais está

Leia mais

Tecnologias PowerShot SX500 IS e PowerShot SX160 IS

Tecnologias PowerShot SX500 IS e PowerShot SX160 IS Tecnologias PowerShot SX500 IS e PowerShot SX160 IS EMBARGO: 21 Agosto 2012, 15:00 (CEST) Objetiva grande angular de 24mm com zoom ótico de 30x (PowerShot SX500 IS) Desenvolvida segundo os mesmos processos

Leia mais

Câmara de vídeo digital HD com objectiva intermutável

Câmara de vídeo digital HD com objectiva intermutável 4-257-862-72(1) Câmara de vídeo digital HD com objectiva intermutável Manual da Handycam Índice Imagens Menu Índice 2010 Sony Corporation PT NEX-VG10/VG10E Notas sobre a utilização da câmara de vídeo Como

Leia mais

E-410. Especificações. Tipo. Visor ótico. Sensor de Imagem. Processador. Filtro

E-410. Especificações. Tipo. Visor ótico. Sensor de Imagem. Processador. Filtro E-410 Ultra-leve. Ultra-compacta Excelente sistema antipoeiras LCD HyperCrystal 6.4cm / 2.5'' Excepcional facilidade de uso Imagem ao Vivo (Live View) Sensor Live MOS com 10 megapixeis Novo processador

Leia mais

A CÂMARA DIGITAL A CAPTURA DE UMA IMAGEM NUMA CÂMARA DIGITAL ENVOLVE OS SEGUINTES PROCESSOS:

A CÂMARA DIGITAL A CAPTURA DE UMA IMAGEM NUMA CÂMARA DIGITAL ENVOLVE OS SEGUINTES PROCESSOS: A CÂMARA DIGITAL A CAPTURA DE UMA IMAGEM NUMA CÂMARA DIGITAL ENVOLVE OS SEGUINTES PROCESSOS: EXISTEM TRÊS TIPOS DE SENSORES UTILIZADOS NAS CÂMARAS DIGITAIS: CCD - Charge Coupled Device CMOS - Complimentary

Leia mais

Eclipse solar observado em Lovania através de uma câmara escura, 1544

Eclipse solar observado em Lovania através de uma câmara escura, 1544 Eclipse solar observado em Lovania através de uma câmara escura, 1544 2 A luz entrava na câmara através de uma pequena abertura (pinhole ou buraco de agulha) projectando a imagem na parede oposta. 3 No

Leia mais

A câmera As lentes A exposição

A câmera As lentes A exposição A câmera As lentes A exposição 1 Corpo da câmera: a caixa sem as objetivas e os demais acessórios. Objetiva: as lentes intercambiáveis. Diafragma: dispositivo que controla a quantidade de luz que passa

Leia mais

Foto de Henri Cartier-Bresson, Place de l Europe, 1932.

Foto de Henri Cartier-Bresson, Place de l Europe, 1932. Guia Fotográfico 1 Este guia fornece a base do conhecimento técnico necessário para o aproveitamento deste curso básico de fotografia. A necessária expansão do conhecimento enunciado nestas páginas passa

Leia mais

Tecnologias EOS 550D. Sensor CMOS Canon

Tecnologias EOS 550D. Sensor CMOS Canon Tecnologias EOS 550D Sensor CMOS Canon Desenhada pela Canon para se conjugar com os processadores DIGIC, a tecnologia CMOS integra circuitos avançados de redução de ruído em cada pixel proporcionando imagens

Leia mais

CCT-5001 MANUAL DO UTILIZADOR

CCT-5001 MANUAL DO UTILIZADOR CCT-5001 MANUAL DO UTILIZADOR facebook.com/denverelectronics PT-1 Parte da câmara de vídeo Preparar para usar 1. Porta HDMI 6. Ecrã 11. Protetor 16. PARA CIMA 2. Ranhura para 7. Luz do indicador 12. Coluna

Leia mais

UM REGISTRO FOTOGRÁFICO DAS ETAPAS DO PROCESSO CRIATIVO: A ARTE FINAL 1

UM REGISTRO FOTOGRÁFICO DAS ETAPAS DO PROCESSO CRIATIVO: A ARTE FINAL 1 UM REGISTRO FOTOGRÁFICO DAS ETAPAS DO PROCESSO CRIATIVO: A ARTE FINAL 1 Luiz Henrique Oliveira Silva Carlos de PAIVA 2 Lamounier Lucas PEREIRA JÚNIOR 3 Centro Universitário Newton Paiva, Belo Horizonte,

Leia mais

E-510. Especificações. Tipo. Sensor de Imagem. Processador. Filtro. Estabilizador de imagem incorporado Excelente sistema antipoeiras

E-510. Especificações. Tipo. Sensor de Imagem. Processador. Filtro. Estabilizador de imagem incorporado Excelente sistema antipoeiras E-510 Estabilizador de imagem incorporado Excelente sistema antipoeiras LCD HyperCrystal 6.4cm / 2.5'' Novo processador de imagem Imagem ao Vivo (Live View) Sensor Live MOS com 10 megapixeis Funções profissionais

Leia mais

1/1.7'' CMOS Modo deteção de face / olho Modo focagem (RGB) Exibição de enquadramento Área e rácio de imagem

1/1.7'' CMOS Modo deteção de face / olho Modo focagem (RGB) Exibição de enquadramento Área e rácio de imagem XZ-2 Objetiva i.zuiko DIGITAL 24-112mm 1:1.8-2.5 (equiv. em 35 mm) Processador de TruePic VI Sistema de focagem automática ultra-rápido Filtro ND para controlo da exposição Sensor CMOS de alta sensibilidade

Leia mais

Curso Básico de Fotografia Digital. Por Daniel Barboza

Curso Básico de Fotografia Digital. Por Daniel Barboza Curso Básico de Fotografia Digital Por Daniel Barboza Curso Básico de Fotografia Digital 57ª Turma Ementa Objetivos: Aprimorar conhecimentos gerais; Aprender a fazer fotos em viagens; Ter noção de como

Leia mais

Tecnologias PowerShot G1 X Mark II, PowerShot SX700 HS, IXUS 155 e PowerShot D30

Tecnologias PowerShot G1 X Mark II, PowerShot SX700 HS, IXUS 155 e PowerShot D30 Tecnologias PowerShot G1 X Mark II, PowerShot SX700 HS, IXUS 155 e PowerShot D30 EMBARGO: 12 de fevereiro de 2014, 04:00 (UCT) Este documento explica as novas tecnologias que não se encontram nos modelos

Leia mais

PDA CAM MANUAL DO UTILIZADOR

PDA CAM MANUAL DO UTILIZADOR PDA CAM MANUAL DO UTILIZADOR Português Manual do utilizador Índice Preparações... 2 Conteúdo da embalagem... 2 Requisitos do sistema... 2 Ficar a conhecer o PDA Cam... 3 Componentes do PDA Cam... 3 Instalação...

Leia mais

Manual de instalação e configuração da Magic Key

Manual de instalação e configuração da Magic Key Manual de instalação e configuração da Magic Key Índice 1. Instalação física dos componentes... 1 1.1. Instalação da câmara... 1 1.2. Instalação dos infravermelhos... 2 1.3. Posicionamento do utilizador...

Leia mais

câmera pinhole versão 2.0.4.0 montagem de papel autor Jaroslav Juřica

câmera pinhole versão 2.0.4.0 montagem de papel autor Jaroslav Juřica câmera pinhole versão 2.0.4.0 montagem de papel autor Jaroslav Juřica 2 edição especial http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/ rubikon câmera pinhole / montagem de papel Introdução A Rubikon

Leia mais

Technologies Explained LEGRIA HF R series

Technologies Explained LEGRIA HF R series Technologies Explained LEGRIA HF R series Sistema de Câmara HD da Canon Para assegurar uma boa qualidade de imagem nas suas câmaras de vídeo HD, a Canon desenvolve e fabrica três componentes de imagem

Leia mais

Gravação de Áudio WAVE (Mono) Tipo de Lente Lente Zoom Canon. Zoom Ótico 4x

Gravação de Áudio WAVE (Mono) Tipo de Lente Lente Zoom Canon. Zoom Ótico 4x Tipo de Câmera Câmera Digital "Aponte & Dispare" Compacta Sensor de Imagem CCD de 1/1,8" e 10.4 Megapixels Resolução Efetiva 10 milhões de pixels Profundidade de Cor RGB de 24 bits Modos de Cor Vívida,

Leia mais

I. Conhecendo sua Câmera 1. Conhecendo e instalação

I. Conhecendo sua Câmera 1. Conhecendo e instalação I. Conhecendo sua Câmera 1. Conhecendo e instalação 1 Botão Exibição 2 Botão LED LIG/DESL 3 Botão Modo (DV / DSC) 4 Botão Obturador 5 Botão para cima 6 Botão Ok 7 Porta AV/USB 8 Botão Direito 9 Botão Menu

Leia mais

DC-521 Máquina fotográfica à prova de água

DC-521 Máquina fotográfica à prova de água DC-521 Máquina fotográfica à prova de água Manual do Usuário www.lenco.eu 1. Conheça a Câmera 3M de design impermeável Sensor de resolução de 5.0 mega pixels Câmara fotográfica digital Câmara de vídeo

Leia mais

O QUE É A AURORA BOREAL

O QUE É A AURORA BOREAL E-mail: rudyfav@gmail.com Facebook: Rudy Fávero Instagram: @rudyfavero O QUE É A AURORA BOREAL As luzes se originam no sol, mas precisamente pelo contato de partículas emitidas pelo sol com a atmosfera.

Leia mais

Óptica. Feixe de Raios Paralelos: A luz do sol que atinge a terra pode ser considerada um feixe de raios paralelos.

Óptica. Feixe de Raios Paralelos: A luz do sol que atinge a terra pode ser considerada um feixe de raios paralelos. Óptica Os fenômenos ópticos que observamos através do nosso aparelho de visão (Olho Humano) são todos devidos às propriedades da luz. Para estudarmos a óptica, ou seja, os efeitos sofridos pela luz, utilizaremos

Leia mais

FOTOGRAFIA. Apostila das Oficinas do Projeto Olha a Gente Aqui

FOTOGRAFIA. Apostila das Oficinas do Projeto Olha a Gente Aqui FOTOGRAFIA Apostila das Oficinas do Projeto Olha a Gente Aqui 1500-1800 A evolução da câmera obscura Conhecida pelos árabes desde a antiguidade, a câmera obscura evoluiu de maneira constante a partir do

Leia mais

*Imagens meramente ilustrativas COLORÍMETRO. Manual de Instruções www.v8brasil.com.br

*Imagens meramente ilustrativas COLORÍMETRO. Manual de Instruções www.v8brasil.com.br *Imagens meramente ilustrativas COLORÍMETRO Manual de Instruções www.v8brasil.com.br 1. INTRODUÇÃO O Colorímetro V8 Brasil é um equipamento desenvolvido com objetivo de proporcionar às oficinas de funilaria

Leia mais

Principais parâmetros na definição de qualidade numa imagem digitalizada

Principais parâmetros na definição de qualidade numa imagem digitalizada Principais parâmetros na definição de qualidade numa imagem digitalizada reprodução de tom reprodução de cor resolução ruído e luz parasita aberrações e erros de registo. Principais parâmetros na definição

Leia mais

O que é LUZ? SENAI - Laranjeiras. Espectro Eletromagnético. Fontes de luz 14/01/2013. Luminotécnica 40h

O que é LUZ? SENAI - Laranjeiras. Espectro Eletromagnético. Fontes de luz 14/01/2013. Luminotécnica 40h SENAI - Laranjeiras Luminotécnica 40h O que é LUZ? A luz, como conhecemos, faz parte de um comprimento de onda sensível ao olho humano, de uma radiação eletromagnética pulsante ou num sentido mais geral,

Leia mais

Iluminação com flashes portáteis para fotografia

Iluminação com flashes portáteis para fotografia WORKSHOP PEQUENOS FLASHES Iluminação com flashes portáteis para fotografia Objetivo: Aprender a utilizar as várias possibilidades de se trabalhar com flashes portáteis de maneira criativa e inteligente,

Leia mais

Os Elementos da máquina Fotográfica

Os Elementos da máquina Fotográfica Os Elementos da máquina Fotográfica Os Elementos da máquina Fotográfica 1. Obturador de velocidade 2. Diafragma 3. Objetiva 4. Visor 5. Sapata 6. Botão disparador 7. Sensor 8. LCD Os Elementos da máquina

Leia mais

stacking focus a técnica de empilhamento de foco Nesta matéria, dividida em duas edições da revista Photos

stacking focus a técnica de empilhamento de foco Nesta matéria, dividida em duas edições da revista Photos stacking focus a técnica de empilhamento de foco Um outro modo de ver o mundo através da macrofotografia texto e fotos Tacio Philip Nesta matéria, dividida em duas edições da revista Photos & Imagens,

Leia mais

)tvlfd,, 0,(QJ4XtPLFD. ²ž6HPHVWUH ÐSWLFD

)tvlfd,, 0,(QJ4XtPLFD. ²ž6HPHVWUH ÐSWLFD )tvlfd,, 0,(QJ4XtPLFD Óptica Geométrica ²ž6HPHVWUH ÐSWLFD Exercício 1: Um feixe de luz cujo comprimento de onda é 650 nm propaga-se no vazio. a) Qual é a velocidade da luz desse feixe ao propagar-se num

Leia mais

São Paulo, SP Brasil Todos os direitos reservados!

São Paulo, SP Brasil Todos os direitos reservados! Sua Câmera fotográfica Digital Mód03Bas_Cs00B01 www.fotomboe.com São Paulo, SP Brasil Todos os direitos reservados! 2014 Vivaldo Armelin Júnior www.fotomboe.com Lembretes A Proposta do curso Chegamos ao

Leia mais

Sumário do livro 1. APRESENTAÇÃO. 1.1. A Fotografi a é Necessária

Sumário do livro 1. APRESENTAÇÃO. 1.1. A Fotografi a é Necessária Sumário do livro 1. APRESENTAÇÃO 1.1. A Fotografi a é Necessária 1.2. Problema Léxico: Câmera ou Câmara Fotográfica? 1.3. Da Prata ao Silício 2. DICAS 2.1. 25 Questões Básicas sobre Fotografi a Digital

Leia mais

Ficha técnica CANON PowerShot SX600 HS

Ficha técnica CANON PowerShot SX600 HS Ficha técnica CANON PowerShot SX600 HS Tipo de produto Tipo de sensor óptico Dimensão do sensor óptico Ligação sem fios Zoom óptico Zoom digital Processador de Imagem Estabilizador de imagem Auto-foco

Leia mais

Tecnologias PowerShot G16, PowerShot S120, PowerShot SX170 IS, PowerShot SX510 HS

Tecnologias PowerShot G16, PowerShot S120, PowerShot SX170 IS, PowerShot SX510 HS Tecnologias PowerShot G16, PowerShot S120, PowerShot SX170 IS, PowerShot SX510 HS EMBARGO: 22 Agosto 2013, 06:00 (CEST) Câmara mais fina do mundo 1 com uma objetiva grande angular de 24mm com abertura

Leia mais

Conceito Técnico de Fotografia

Conceito Técnico de Fotografia Fotografia Digital Conceito Técnico de Fotografia Fotografar é, por princípio, registrar a luz refletida pelo assunto (entende-se por assunto o que está sendo fotografado). Na câmara digital, como na convencional,

Leia mais

V - Correcção de perspectiva

V - Correcção de perspectiva V - Correcção de perspectiva E se o afastamento do ponto de tomada de vista e a utilização de uma altura média em relação ao elemento a fotografar reduzem a necessidade de movimentos de correcção da perspectiva,

Leia mais

Perguntas e Respostas sobre Telescópios. Telescopio Refrator. tub o Bandeja porta oculares Haste de micro ajuste Tripé. Buscador Ajuste de foco

Perguntas e Respostas sobre Telescópios. Telescopio Refrator. tub o Bandeja porta oculares Haste de micro ajuste Tripé. Buscador Ajuste de foco Perguntas e Respostas sobre Telescópios A palavra telescópio é de origem grega e significa ver ao longe (Tele Skopen). Os telescópios têm dois tipos básicos: refratores, regidos pelo princípio físico da

Leia mais

Composição fotográfica

Composição fotográfica 3. Uso de diagonais 4. Regra dos terços 5. O Ponto Dourado Composição fotográfica 15 dicas para ter imagens com harmonia e proporção. Este tutorial vai ajudá-lo a usar melhor uma câmera fotográfica, compacta

Leia mais

Astrofotografia com camera fixa

Astrofotografia com camera fixa Astrofotografia com camera fixa José Carlos Diniz - dinizfam@uninet.com.br Ao escrever sobre este tema pretendemos estimular o uso da astrofotografia, desmistificando e apresentando de forma simples e

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DE FOTOGRAFIA. TEMA: Garimpeiros do ouro verde: A predominância da mão de obra feminina na viticultura

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DE FOTOGRAFIA. TEMA: Garimpeiros do ouro verde: A predominância da mão de obra feminina na viticultura UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHA UNEB DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS CAMPUS III PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DISCIPLINA: A LINGUAGEM DOS MEIOS - SUPORTE FOTOGRAFIA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES

Leia mais

ÓPTICA. Conceito. Divisões da Óptica. Óptica Física: estuda os fenômenos ópticos que exigem uma teoria sobre a natureza das ondas eletromagnéticas.

ÓPTICA. Conceito. Divisões da Óptica. Óptica Física: estuda os fenômenos ópticos que exigem uma teoria sobre a natureza das ondas eletromagnéticas. ÓPTICA Conceito A óptica é um ramo da Física que estuda os fenomenos relacionados a luz ou, mais amplamente, a radiação eletromagnética, visível ou não. A óptica explica os fenômenos de reflexão, refração

Leia mais

Projeto Pintando um Sonho. www.fcci.art.br

Projeto Pintando um Sonho. www.fcci.art.br Projeto Pintando um Sonho www.fcci.art.br Foz do Iguaçu, Junho de 2012 Histórico φωτός + γράφειν Fotografia: arte ou processo de reproduzir imagens sobre uma superfície fotossensível, pela ação de energia

Leia mais

Técnica de Iluminação por Fernando Bagnola www.fotografia-dg.com

Técnica de Iluminação por Fernando Bagnola www.fotografia-dg.com FOTOS NOTURNAS COM FLASH PORTÁTIL SINCRONIZADO COM A LUZ DISPONÍVEL (com explicação do tratamento da imagem) A imagem a seguir é o resultado final que eu queria! Parte 1: A Técnica Fotográfica A Construção

Leia mais

Apontamentos AS OBJECTIVAS

Apontamentos AS OBJECTIVAS As objectivas actuais são constituídas por uma série de lentes, (elementos), montados em grupos, colocadas num tubo chamado barrilete. O facto de se agruparem lentes com caracteristicas diferentes, tem

Leia mais

Câmera de Vídeo Útil MPEG-4 de 5,0 mega pixels reais

Câmera de Vídeo Útil MPEG-4 de 5,0 mega pixels reais Câmera de Vídeo Útil MPEG-4 de 5,0 mega pixels reais A Genius agora lança uma câmera de vídeo inovadora de desenho horizontal, a G-Shot DV5122. Este dispositivo oferece clipes de vídeo de 640 x 480 pixels

Leia mais

FOTOGRAFIA NA MONTANHA - Dicas

FOTOGRAFIA NA MONTANHA - Dicas FOTOGRAFIA NA MONTANHA - Dicas Tirar fotos não é apenas uma ação de apontar a máquina e apertar o botão (a menos que essa seja sua intenção artística). É necessário saber o que vai retratar e como vai

Leia mais

dicas para fazer vídeos

dicas para fazer vídeos dicas para fazer vídeos idealista oferece a possibilidade de integrar vídeos num anúncio, utilizando as últimas tecnologias de streaming-vídeo, de um modo rápido e simples além do vídeo profissional, com

Leia mais

Moldura Digital para Fotografias

Moldura Digital para Fotografias DENVER DPF 741 Manual do Utilizador Moldura Digital para Fotografias ATENÇÃO O cabo de alimentação com adaptador/dispositivo para desligar o aparelho deve estar facilmente acessível e deve poder ser desligado

Leia mais

FOTO = luz GRAFIA = escrever

FOTO = luz GRAFIA = escrever Iluminação FOTO = luz GRAFIA = escrever Joseph Nicéphore Niépce - 1826 Por definição, fotografia é, essencialmente, a técnica de criação de imagens por meio de exposição luminosa, fixando esta em uma superfície

Leia mais

O VISOR TV. Texto e fotos: Paulo de Oliveira

O VISOR TV. Texto e fotos: Paulo de Oliveira O VISOR TV Texto e fotos: Paulo de Oliveira Quem quiser jogar pelo seguro e puder pagar esse conforto poderá adquirir, ou construir, um sistema de controlo remoto assistido por televisão. De qualquer modo

Leia mais

CÂMERAS DE FILME 35mm BINÓCULOS

CÂMERAS DE FILME 35mm BINÓCULOS LEGENDA *. Às vezes a melhor imagem está muito próxima; outras vezes está muito distante. Você pode capturar ambas rapidamente com a ajuda da versátil função zoom. (*O número no ícone pode mudar para cada

Leia mais

Breve introdução. Attilio Grecchi

Breve introdução. Attilio Grecchi 1 Breve introdução Por ocasião da montagem de uma de minhas exposições fotográficas, fiz a seguinte afirmação: O ato de fotografar é, antes de tudo, um exercício de aprender a ver. É um aprendizado que

Leia mais

Fotografia avançada para todos com as novas PowerShot A650 IS e PowerShot A720 IS

Fotografia avançada para todos com as novas PowerShot A650 IS e PowerShot A720 IS Fotografia avançada para todos com as novas PowerShot A650 IS e PowerShot A720 IS Hi-res versions of these and other images can be downloaded from www.canon-erc.com/gen Lisboa, 20 de Agosto de 2007 A Canon

Leia mais

Aprender a ver. a preto e branco. Escolher o assunto certo é crucial para o sucesso das

Aprender a ver. a preto e branco. Escolher o assunto certo é crucial para o sucesso das Aprender a ver a preto e branco Escolher o assunto certo é crucial para o sucesso das suas fotos a preto e banco. Obtenha imagens únicas. No que toca à fotografia preto e branco, ser capaz de "ver" como

Leia mais

Resolução máxima de 12,0 mega pixels com capa fina G-Shot D5123 G-Shot D5123 G-Shot D5123 G-Shot D5123

Resolução máxima de 12,0 mega pixels com capa fina G-Shot D5123 G-Shot D5123 G-Shot D5123 G-Shot D5123 Resolução máxima de 12,0 mega pixels com capa fina A mais nova câmera digital CMOS de 5,0 mega pixels a G-Shot D5123, foi lançada pela Genius. Este novo estilo tem uma aparência preta nobre, e a G-Shot

Leia mais

Mini Workshop de Fotografia (+60 ) Marcos Semola. DSF BSM Latin America. 23-27 de Novembro de 2009 Shell CIPA Day

Mini Workshop de Fotografia (+60 ) Marcos Semola. DSF BSM Latin America. 23-27 de Novembro de 2009 Shell CIPA Day Mini Workshop de Fotografia (+60 ) Marcos Semola DSF BSM Latin America 23-27 de Novembro de 2009 Shell CIPA Day Agenda 1. Por que esta palestra? 2. Por que o hobby da fotografia 3. O que você precisa para

Leia mais

>>> Nos anos 60 foi estabelecida a escala EV, que foi adotada primeiramente pelos fotômetros e depois pelas câmeras com fotômetro incorporado.

>>> Nos anos 60 foi estabelecida a escala EV, que foi adotada primeiramente pelos fotômetros e depois pelas câmeras com fotômetro incorporado. Valor de exposição Em fotografia, rotulou-se valor de exposição, ou EV, o resultado das combinações possíveis entre o par conjugado velocidade de obturação e abertura de diafragma que levam a uma mesma

Leia mais

Fotografia: conceitos e técnicas

Fotografia: conceitos e técnicas ca leo Carlos Leonardo S Mendes wwwcaleocombr caleo Carlos Leonardo dos S Mendes Fotografia: conceitos e técnicas Exposição Setembro de 2008 Versão 10 Nota: os textos ou fotos contidos neste material não

Leia mais