Concessão de Serviço Público e Parceria Público-Privada

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Concessão de Serviço Público e Parceria Público-Privada"

Transcrição

1 Concessão de Serviço Público e Parceria Público-Privada Câmara de Transporte e Logística FIESC Florianópolis/SC 26 de julho de 2012

2 Histórico O Reino Unido foi o pioneiro na institucionalização financeira, jurídica e dos arranjos em relativa semelhança com o Brasil nas reformas do Estado percorridas respectivamente na década de 80 e 90 com as Public-Private Partnerships. A Private Finance Initiative (PFI) em semelhança com as PPP s no Brasil, surgiu em 1992, como um conjunto de ações para aumentar a participação do capital privado na prestação de serviços públicos.

3 Justificativas Estado gastos com investimento em Educação, Saúde, Segurança e Custeio. É necessário o investimento de bilhões de reais em infraestrutura nos próximos anos.

4 Constituição Federal Art da Constituição Federal: Incumbe ao Poder Público, na forma da lei, diretamente ou sob regime de concessão ou permissão, sempre através de licitação a prestação de serviços públicos.

5 Introdução Concessão de Serviço Público ou Concessão Comum; Parceria Público-Privada Concessão Patrocinada; Concessão Administrativa.

6 Concessão de Serviço Público (Concessão comum) Lei 8.987/95 Concessão de serviço público é o contrato administrativo pelo qual a administração pública transfere, sob condições, a execução e exploração de certo serviço público que lhe é privativo a um particular, que para isso manifeste interesse e que será remunerado adequadamente mediante a cobrança, dos usuários de tarifa previamente por ela aprovada (GASPARINI, 2009).

7 Lei 8.987/95 (Concessão comum) II - concessão de serviço público: a delegação de sua prestação..., mediante licitação na modalidade de concorrência, à pessoa jurídica ou consórcio de empresas que demonstre capacidade por sua conta e risco e por prazo determinado; III - concessão de serviço público precedida da execução de obra pública: a construção, conservação, reforma,... de quaisquer obras de interesse público... por sua conta e risco, de forma que o investimento da concessionária seja remunerado e amortizado mediante a exploração do serviço ou da obra por prazo determinado;

8 Lei 8.987/95 (Concessão Comum) A concessão comum é aquela em que o poder concedente (Administração Pública) não paga contraprestação em pecúnia ao concessionário (Empresa ou Consórcio). A remuneração deste poderá incluir tanto a cobrança de tarifas como outras receitas alternativas, desde que estas não envolvam pagamentos de natureza pecuniária pelo concedente; Não há prazos legais mínimos nem máximos de duração, tampouco piso legal de investimento. Apenas quando Lei especial para determinado setor exigir.

9 Lei 8.987/95 DA LICITAÇÃO Art. 15. No julgamento da licitação será considerado um dos seguintes critérios: I - o menor valor da tarifa do serviço público a ser prestado; II - a maior oferta, nos casos de pagamento ao poder concedente pela outorga da concessão;

10 Parceria Público-Privada A instituição da Lei /2004 Lei das PPP s visa fomentar a prestação de serviços públicos, através de parcerias entre administração pública e particulares, fornecendo condições jurídicas para a celebração de outros tipos de contratos à semelhança da Concessão de serviços públicos Lei 8.987/95

11 Parceria Público-Privada Minas Gerais Lei nº de 16 de dezembro de 2003; Santa Catarina Lei nº de 04 de fevereiro de 2004; São Paulo Lei nº de 19 de maio de 2004; Lei Federal Lei nº de 30 de dezembro de 2004.

12 Parceria Público-Privada Lei /04 A Lei /2004 previu outras cláusulas contratuais para viabilizar um adequado sistema de garantias que protegesse o concessionário contra o inadimplemento da Administração Pública. Utilização em serviços de infraestrutura penitenciária, policial, educacional, sanitária, judiciária e de transportes.

13 Parceria Público-Privada Lei /04 Art. 2º Parceria público-privada é o contrato administrativo de concessão na modalidade patrocinada e administrativa 1º Concessão patrocinada é a concessão de serviços públicos ou de obras públicas que trata a Lei 8.987, de 13 de fevereiro de 1995, quando envolver adicionalmente à tarifa cobrada dos usuários contraprestação pecuniária do parceiro público ao parceiro privado. 2º Concessão administrativa é o contrato de prestação de serviços de que a Administração Pública seja a usuária direta ou indireta, ainda que envolva execução de obra ou fornecimento e instalação de bens. 3o Não constitui parceria público-privada a concessão comum, assim entendida a concessão de serviços públicos ou de obras públicas..., quando não envolver contraprestação pecuniária do parceiro público ao parceiro privado.

14 Concessão Patrocinada Deve incluir tanto tarifa cobrada dos usuários como contraprestação pecuniária do poder concedente;

15 Concessão Administrativa A concessão administrativa de serviços públicos é aquela que tem por objeto os serviços públicos prestados diretamente aos administrados sem a cobrança de qualquer tarifa, remunerando-se o concessionário por contraprestação versada em pecúnia pelo concedente A concessão administrativa de serviços ao Estado tem por objeto os mesmos serviços a que se refere o art. 6º da Lei 8.666/93 - Lei de Licitações (obras, serviços, compras e alienações), isto é, o oferecimento de utilidades à própria administração, que será havida como usuária direta dos serviços e que fará a contraprestação em pecúnia como correspondente remuneração.

16 PPP Lei /04 (Concessão patrocinada ou administrativa) Art. 2º 4o É vedada a celebração de contrato de parceria público-privada: I cujo valor do contrato seja inferior a R$ ,00 (vinte milhões de reais); II cujo período de prestação do serviço seja inferior a 5 anos (e superior a 35 anos); ou III que tenha como objeto único o fornecimento de mão-de-obra, o fornecimento e instalação de equipamentos ou a execução de obra pública.

17 PPP Lei /04 (Concessão patrocinada ou administrativa) DA LICITAÇÃO Art. 10. A contratação de parceria público-privada será precedida de licitação na modalidade de concorrência Art. 12. II o julgamento poderá adotar como critérios, além dos previstos nos incisos I e V do art. 15 da Lei 8.987/95, os seguintes: a) menor valor da contraprestação a ser paga pela Administração Pública; b) melhor proposta em razão da combinação do critério da alínea a com o de melhor técnica, de acordo com os pesos estabelecidos no edital;

18 Conclusão Concessão de Serviço Público ou Concessão Comum = tarifa (usuário); Parceria Público-Privada Concessão Patrocinada = tarifa (usuário) + contraprestação pecuniária (Estado); Concessão Administrativa = contraprestação pecuniária (Estado).

19 Conclusão Uma Concessão ou PPP deve proporcionar ao setor público alguma economia mensurável ou ganho identificado de eficiência, caso contrário, corre o risco de tornar-se apenas uma forma de deslocar gastos presentes para uma necessidade de fluxo de desembolsos futuros. (SOUTO, 2005)

20 Administração Pública Dever de planejar adequadamente; Fomento do setor para investidores; Estabelecer metas e prazos, de início e término dos projetos; Possui dificuldade técnica de desenvolver projetos; Conscientização dos administrados; Planejamento legal e licitação; Acompanhamento e fiscalização do contrato.

21 Governo Federal Rodovias (14 empresas) concessão comum precedida ou não de obra Ferrovias (13 empresas) concessão comum precedida ou não de obra

22 São Paulo Rodovias estaduais (19) concessão comum precedida ou não de obra ECOVIAS Linha 4 Amarela-Metrô PPP - concessão patrocinada

23 Minas Gerais Rodovia estadual PPP - concessão patrocinada Nascentes das Gerais MG 050

24 Rio Grande do Sul Rodovias (09) concessão comum precedida ou não de obra Metrovias - BR 116; BR 290; BR 153; RS 030; RS 040; RS 784; RS 474

25 Santa Catarina Rodovias federais(02) concessão comum precedida ou não de obra OHL Litoral Sul - BR 101 OHL Planalto Sul - BR 116 Ferrovias federais (02) concessão comum precedida ou não de obra ALL Malha Sul Ferrovia Teresa Cristina

26 Obrigado! Dr. Fernando A. F. Rossa Presidente da Comissão de Transportes e Mobilidade Urbana da OAB/SC

PPPs PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS. DARCI FERNANDES PIMENTEL Advogada, Especialista em Direito Público

PPPs PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS. DARCI FERNANDES PIMENTEL Advogada, Especialista em Direito Público PPPs PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS DARCI FERNANDES PIMENTEL Advogada, Especialista em Direito Público 1 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS, DIRETA E INDIRETA: CONCESSÕES E PERMISSÕES 1.1 FUNDAMENTO CONSTITUCIONAL:

Leia mais

ASPECTOS CONSTITUCIONAIS POLÊMICOS DAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS.

ASPECTOS CONSTITUCIONAIS POLÊMICOS DAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS. ASPECTOS CONSTITUCIONAIS POLÊMICOS DAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS. III Fórum Brasileiro de Direito Público da Economia Rio de Janeiro 11 de novembro de 2005 GUSTAVO BINENBOJM Prof. Dr. Direito Administrativo

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br A remuneração nas concessões comuns (lei 8.987/95), patrocinadas e administrativas (lei 11.079/04) André Luís Tisi Ribeiro * 1. Introdução Através do presente artigo busca-se expor

Leia mais

SEMINÁRIO AMBIENTE DE NEGÓCIOS:

SEMINÁRIO AMBIENTE DE NEGÓCIOS: SEMINÁRIO AMBIENTE DE NEGÓCIOS: SEGURANÇA JURÍDICA, TRANSPARÊNCIA E SIMPLICIDADE Sérgio Guerra Mudanças institucionais nas contratações públicas 23 de setembro de 2016 REGIMES DE CONTRATAÇÕES 1993 Licitações

Leia mais

Direito. Administrativo. Serviços públicos

Direito. Administrativo. Serviços públicos Direito Administrativo Serviços públicos Serviços Públicos - Constituição Federal Art. 175. Incumbe ao Poder Público, na forma da lei, diretamente ou sob regime de concessão ou permissão, sempre através

Leia mais

SISTEMAS DE PAGAMENTOS e INDICADORES DE QUALIDADE DE SERVIÇOS em CONCESSÕES e PPPs

SISTEMAS DE PAGAMENTOS e INDICADORES DE QUALIDADE DE SERVIÇOS em CONCESSÕES e PPPs SISTEMAS DE PAGAMENTOS e INDICADORES DE QUALIDADE DE SERVIÇOS em CONCESSÕES e PPPs CONCESSÕES PPPs LEGISLAÇÃO APLICÁVEL: Lei n 8.987/1995 Lei n 11.079/2004 e Lei nº 12.766/2012 Objetivos: atrair investimentos

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS (PPP) Carlos Alexandre Nascimento Coordenador Geral MBA PPP e Concessões

INTRODUÇÃO ÀS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS (PPP) Carlos Alexandre Nascimento Coordenador Geral MBA PPP e Concessões INTRODUÇÃO ÀS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS (PPP) Carlos Alexandre Nascimento Coordenador Geral MBA PPP e Concessões Contato Carlos Alexandre Nascimento Diretor de Programas LSE Enterprise London School of

Leia mais

Formas institucionais da regulação Instrumentos regulatórios

Formas institucionais da regulação Instrumentos regulatórios Formas institucionais da regulação Instrumentos regulatórios Prof. Marcos Vinicius Pó Regulação e Agências Reguladoras no Contexto Brasileiro Características das ações regulatórias Independente do setor,

Leia mais

INTRODUÇÃO AO MODELO CONCESSIONÁRIO E SUAS DIFERENÇAS EM RELAÇÃO AOS CONTRATOS ORDINÁRIOS DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA

INTRODUÇÃO AO MODELO CONCESSIONÁRIO E SUAS DIFERENÇAS EM RELAÇÃO AOS CONTRATOS ORDINÁRIOS DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA INTRODUÇÃO AO MODELO CONCESSIONÁRIO E SUAS DIFERENÇAS EM RELAÇÃO AOS CONTRATOS ORDINÁRIOS DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA AUTOSSUSTENTABILIDADE FINANCEIRA AUTONOMIA DE GESTÃO FOCO EM OBRIGAÇÕES DE RESULTADO

Leia mais

COMPLEXO HOSPITALAR IMASF MODELAGEM 1

COMPLEXO HOSPITALAR IMASF MODELAGEM 1 COMPLEXO HOSPITALAR IMASF MODELAGEM 1 Legislação Aplicável Esta Audiência Pública está sendo realizada nos termos do ART. 39 da Lei 8.666/1993. Lei nº 11.079, de 30 de Dezembro de 2004 Lei de Parcerias

Leia mais

6 O Projeto da MG-050

6 O Projeto da MG-050 61 6 O Projeto da MG-050 Em 2006, foi lançado o edital do Projeto PPP da MG-050 com o objetivo de recuperação, ampliação e manutenção da Rodovia MG-050. O projeto engloba ainda trechos da BR-265 (entre

Leia mais

SERVIÇOS PÚBLICOS: A busca pela Qualidade, Universalização e Transparência

SERVIÇOS PÚBLICOS: A busca pela Qualidade, Universalização e Transparência SERVIÇOS PÚBLICOS: A busca pela Qualidade, Universalização e Transparência Gustavo Eugenio Maciel Rocha AZEVEDO SETTE ADVOGADOS Brasil Digital Telebrasil 2007 51º Painel Telebrasil Ordenamento normativo

Leia mais

Comentários - Prova Tipo AZUL - Direito Administrativo

Comentários - Prova Tipo AZUL - Direito Administrativo Comentários - Prova Tipo AZUL - Direito Administrativo Pessoal, alguns temas novos, a exemplo da questão 31 que abordou aspectos da Lei nº 12.529/11. No entanto, a questão 30, 32, 33 e 34 já são temas

Leia mais

CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SANEAMENTO BÁSICO

CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SANEAMENTO BÁSICO NOTA TÉCNICA Nº 001/2011 Brasília, 16 de março de 2011. ÁREA: Saneamento Área de Desenvolvimento Urbano TÍTULO: Contratação dos serviços de saneamento básico REFERÊNCIA(S): Lei nº 11.445/2010, Decreto

Leia mais

Saneamento Básico. Parcerias Público-Privadas. Uma solução inteligente para a região metropolitana do Estado do Rio de Janeiro

Saneamento Básico. Parcerias Público-Privadas. Uma solução inteligente para a região metropolitana do Estado do Rio de Janeiro Saneamento Básico Parcerias Público-Privadas Uma solução inteligente para a região metropolitana do Estado do Rio de Janeiro Sumário As PPPs na lei Federal nº 11.079/04 Estrutura econômico-jurídica dos

Leia mais

Programa Paulista de Concessões. Dr. Rodrigo José Oliveira Pinto de Campos Diretor de Assuntos Institucionais da ARTESP

Programa Paulista de Concessões. Dr. Rodrigo José Oliveira Pinto de Campos Diretor de Assuntos Institucionais da ARTESP Programa Paulista de Concessões Dr. Rodrigo José Oliveira Pinto de Campos Diretor de Assuntos Institucionais da ARTESP Foz do Iguaçu, 13 de Maio de 2016 Sobre a ARTESP Criada pela Lei Complementar nº 914,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Porto Alegre. LEI Nº 9.875, de 08 de dezembro de Capítulo I DO OBJETO E DO ÂMBITO DE APLICAÇÃO

Prefeitura Municipal de Porto Alegre. LEI Nº 9.875, de 08 de dezembro de Capítulo I DO OBJETO E DO ÂMBITO DE APLICAÇÃO Prefeitura Municipal de Porto Alegre LEI Nº 9.875, de 08 de dezembro de 2005. Dispõe sobre o Programa Municipal de Parcerias Público-Privadas, cria o Comitê Gestor de Parcerias Público-Privadas do Município

Leia mais

Concessão, Permissão e Autorização de Serviço Público. Diana Pinto e Pinheiro da Silva

Concessão, Permissão e Autorização de Serviço Público. Diana Pinto e Pinheiro da Silva Concessão, Permissão e Autorização de Serviço Público Diana Pinto e Pinheiro da Silva 1. Execução de Serviço Público Execução de serviço público Dificuldade de definição [...] o conceito de serviço público

Leia mais

Um novo modelo de negócios

Um novo modelo de negócios Congresso Nacional de Adm Hospitalar 23/06/2006 Alternativas para Viabilização do Sistema de Saúde Sinergia Público Privado Parcerias - Público-Privadas PPP Um novo modelo de negócios A necessidade de

Leia mais

Direito Administrativo

Direito Administrativo LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Em relação aos tipos de licitação, a lei n. 8987/1995, art. 15 apresenta os demais: Art. 15. No julgamento da licitação será considerado um dos seguintes critérios:

Leia mais

PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS E CONCESSÕES DE SERVIÇOS PÚBLICOS

PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS E CONCESSÕES DE SERVIÇOS PÚBLICOS CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS E CONCESSÕES DE SERVIÇOS PÚBLICOS Com análise das principais normas da Medida Provisória nº 727 de 12 de maio de 2016 que instituiu o Programa

Leia mais

Direito Administrativo Promotor de Justiça 4ª fase

Direito Administrativo Promotor de Justiça 4ª fase CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER Direito Administrativo Promotor de Justiça 4ª fase Período 2010 2015 1) CESPE - PJ - MPE TO (2012) Com relação à administração pública, a licitações e contratos administrativos,

Leia mais

Contrato de Concessão para a Exploração do Serviço Público de Abastecimento de Água e Esgoto do Município de Camboriú/SC

Contrato de Concessão para a Exploração do Serviço Público de Abastecimento de Água e Esgoto do Município de Camboriú/SC ÁGUAS DE CAMBORIÚ Contrato de Concessão para a Exploração do Serviço Público de Abastecimento de Água e Esgoto do Município de Camboriú/SC Concorrência Pública Nacional: Modalidade Técnica e Preço Concessão

Leia mais

Parcerias Público-Privadas no Setor de Habitação

Parcerias Público-Privadas no Setor de Habitação 14h00 às 15h30-Caso 3 Parcerias Público-Privadas no Setor de Habitação Jardins Mangueiral (DF) Novembro de 2014 1. Oportunidades e Desafios das PPP Habitacionais PPP Habitacionais Oportunidades Parceiro

Leia mais

Modelos de participação privada no Setor de Água e Esgoto

Modelos de participação privada no Setor de Água e Esgoto Modelos de participação privada no Setor de Água e Esgoto PPPs, concessões, locação de ativos, participações societárias e outras modalidades Lucas Navarro Prado São Paulo, outubro de 2013. Principais

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO PARA CUSTEIO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA - COSIP E RESOLUÇÃO DA ANEEL 414/2010: ENTRE O DIREITO TRIBUTÁRIO E O FINANCEIRO

CONTRIBUIÇÃO PARA CUSTEIO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA - COSIP E RESOLUÇÃO DA ANEEL 414/2010: ENTRE O DIREITO TRIBUTÁRIO E O FINANCEIRO CONTRIBUIÇÃO PARA CUSTEIO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA - COSIP E RESOLUÇÃO DA ANEEL 414/2010: ENTRE O DIREITO TRIBUTÁRIO E O FINANCEIRO Hendrick Pinheiro Raquel Lamboglia Guimarães Advogados em Manesco, Ramires,

Leia mais

Concessão e PPP Fundamentos e oportunidades. Aldo Mattos Júlio Roppa Carlos Braga Daniel Szyfman

Concessão e PPP Fundamentos e oportunidades. Aldo Mattos Júlio Roppa Carlos Braga Daniel Szyfman Concessão e PPP Fundamentos e oportunidades Aldo Mattos Júlio Roppa Carlos Braga Daniel Szyfman AEERJ, 27 de julho de 2016 Fonte: Radar PPP Mercado de PPPs no Brasil Principais Conceitos Contratações de

Leia mais

Portfólio da Odebrecht TransPort

Portfólio da Odebrecht TransPort Iniciativas para investimentos em Mobilidade Urbana Seminário FIESP de Logística Rodrigo Carnaúba 6 de maio de 2013 Portfólio da Odebrecht TransPort RODOVIAS 100% OTP 75% OTP 50% OTP 50% OTP 8,5% OTP 33,3%

Leia mais

Perspectivas das concessões e PPPs nas rodovias

Perspectivas das concessões e PPPs nas rodovias Comissão de Serviços e Infraestrutura do Senado Federal Perspectivas das concessões e PPPs nas rodovias Moacyr Duarte 19 de junho de 2013 Infraestrutura Rodoviária Construção, Melhoria e Ampliação Manutenção

Leia mais

Por que o Brasil tem dificuldades em atrair investimentos para concessões, privatizações e PPPs?

Por que o Brasil tem dificuldades em atrair investimentos para concessões, privatizações e PPPs? Por que o Brasil tem dificuldades em atrair investimentos para concessões, privatizações e PPPs? Bruno Werneck Março, 2017 Princípio do Equilíbrio Econômico-Financeiro Proteção da proporção entre encargos

Leia mais

Alternativas de Financiamento da IP, a partir da COSIP

Alternativas de Financiamento da IP, a partir da COSIP Alternativas de Financiamento da IP, a partir da COSIP 25.04.2017 Classificação: Documento ostensivo Unidade Gestora: AGS/DEGEP Agenda Contextualização Estrutura COSIP Modelos de Negócios em Iluminação

Leia mais

Contratação de Serviços Públicos

Contratação de Serviços Públicos Contratação de Serviços Públicos MODELOS DE CONTRATAÇÃO I. MODELO CONVENCIONAL DE CONTRATO DE EMPREITADA (LEI 8.666/93) II. MODELO DE CONCESSÃO PÚBLICA (Tradiconal) (LEI 8.987/95) III. MODELO DE PPP (Concessão

Leia mais

SERVIÇOS PÚBLICOS. Visão do contexto constitucional da prestação de serviços públicos:

SERVIÇOS PÚBLICOS. Visão do contexto constitucional da prestação de serviços públicos: SERVIÇOS PÚBLICOS 1 - Titularidade dos serviços públicos: Sempre do poder público (Abordagem constitucional art. 175): Incumbe ao Poder Público, na forma da lei, diretamente ou sob regime de concessão

Leia mais

Obrigações Supervenientes. Implicações para o Equilíbrio dos Contratos

Obrigações Supervenientes. Implicações para o Equilíbrio dos Contratos Obrigações Supervenientes Implicações para o Equilíbrio dos Contratos Características das Concessões Investimentos significativos Poucos usos alternativos Contratos de longa duração Exigência dos Concessionários

Leia mais

A ANEEL e o Marco Regulatório do Brasil. Ivan Camargo Assessor da Diretoria

A ANEEL e o Marco Regulatório do Brasil. Ivan Camargo Assessor da Diretoria A ANEEL e o Marco Regulatório do Brasil Ivan Camargo Assessor da Diretoria Sumário 1. Marco Regulatório Brasileiro. Resultados. 2. Atuação da Agência Nacional de Energia Elétrica. 3. Principais Desafios.

Leia mais

3 Parcerias Público-Privadas (PPP) 3.1 Conceito

3 Parcerias Público-Privadas (PPP) 3.1 Conceito 32 3 Parcerias Público-Privadas (PPP) 3.1 Conceito O conceito de Parcerias Público-Privadas (PPP) é utilizado para designar qualquer forma de relacionamento entre o setor público e o privado que tenha

Leia mais

Regulação e Antitruste no Setor Portuário frente às inovações da Lei n /13 Victor Oliveira Fernandes

Regulação e Antitruste no Setor Portuário frente às inovações da Lei n /13 Victor Oliveira Fernandes Regulação e Antitruste no Setor Portuário frente às inovações da Lei n. 12.815/13 Victor Oliveira Fernandes Regulação e Concorrência: o planejamento de mercados Aproximações e distanciamentos Importância

Leia mais

Como Superar o Desafio do Financiamento dos Projetos de Infraestrutura? Thomaz Assumpção

Como Superar o Desafio do Financiamento dos Projetos de Infraestrutura? Thomaz Assumpção Como Superar o Desafio do Financiamento dos Projetos de Infraestrutura? Thomaz Assumpção A Urban Systems é uma empresa de Inteligência de Mercado e Soluções há 17 anos no mercado. Realizou mais de 700

Leia mais

Conceitos Sentidos subjetivo e objetivo. Serviços Públicos. Classificação Individuais (uti singuli) Classificação Gerais (uti universi)

Conceitos Sentidos subjetivo e objetivo. Serviços Públicos. Classificação Individuais (uti singuli) Classificação Gerais (uti universi) Serviços Públicos Direito Administrativo Prof. Armando Mercadante Nov/2009 Sentidos subjetivo e objetivo 1) Sentido subjetivo serviço público é aquele prestado pelo Estado; 2) Sentido objetivo o serviço

Leia mais

CONFERÊNCIA. O NOVO MARCO LEGAL DA INOVAÇÃO: Desafios e Oportunidades. O impacto do Novo Marco Legal sobre as empresas que se dedicam à Inovação

CONFERÊNCIA. O NOVO MARCO LEGAL DA INOVAÇÃO: Desafios e Oportunidades. O impacto do Novo Marco Legal sobre as empresas que se dedicam à Inovação CONFERÊNCIA O NOVO MARCO LEGAL DA INOVAÇÃO: Desafios e Oportunidades O impacto do Novo Marco Legal sobre as empresas que se dedicam à Inovação Prof. Dr. Spartaco Astolfi Filho spartaco.biotec@gmail.com

Leia mais

Parcerias de Desenvolvimento Produtivo - PDP Parcerias Público-Privadas - PPP

Parcerias de Desenvolvimento Produtivo - PDP Parcerias Público-Privadas - PPP Parcerias de Desenvolvimento Produtivo - PDP Parcerias Público-Privadas - PPP Parcerias de Desenvolvimento Produtivo Conceitos 2 O que é uma Parceria de Desenvolvimento Produtivo (PDP)? Parcerias para

Leia mais

Papel técnico das agências reguladoras. Ademir Castorino

Papel técnico das agências reguladoras. Ademir Castorino Papel técnico das agências reguladoras Ademir Castorino Objetivo Demonstrar o papel técnico das agências reguladoras na definição dos parâmetros de avaliação técnica dos projetos no âmbito das concessões

Leia mais

ARTESP - Especialista em Regulação de Transporte Ciências Contábeis FCC Prova tipo 001. Prof. Dr. Giovanni Pacelli

ARTESP - Especialista em Regulação de Transporte Ciências Contábeis FCC Prova tipo 001. Prof. Dr. Giovanni Pacelli ARTESP - Especialista em Regulação de Transporte Ciências Contábeis FCC Prova tipo 001 Prof. Dr. Giovanni Pacelli Agradecimentos aos alunos: Andressa Giglioli, Lin Chan, Regiane Aparecida pelo envio da

Leia mais

ANEXO X GLOSSÁRIO. Página 1 de 8

ANEXO X GLOSSÁRIO. Página 1 de 8 ANEXO X GLOSSÁRIO Página 1 de 8 1. Para os fins do disposto neste EDITAL, entende-se por: ACESSIBILIDADE: condição para utilização, por qualquer pessoa (seja ela portadora ou não de deficiência ou com

Leia mais

Contratos administrativos

Contratos administrativos Direito Administrativo Contratos administrativos Contratos administrativos - Conceito: Ajuste realizado entre a administração pública e um particular (ou até com outro ente da administração) Submissão

Leia mais

Modelos de Contratação para Universalização do Saneamento Básico no Brasil. Abelardo de Oliveira Filho Presidente da Embasa

Modelos de Contratação para Universalização do Saneamento Básico no Brasil. Abelardo de Oliveira Filho Presidente da Embasa 11 Modelos de Contratação para Universalização do Saneamento Básico no Brasil Abelardo de Oliveira Filho Presidente da Embasa Área de Atuação da Embasa Empresa de Saneamento da Bahia, presente em 364 dos

Leia mais

Cesar Seara Conselheiro ABCON Brasil

Cesar Seara Conselheiro ABCON Brasil Cesar Seara Conselheiro ABCON Brasil 28 a 30 de Setembro de 2010 Centro de Convenções Frei Caneca São Paulo BRASIL ABCON Fundação 1996 ABCON Associação Brasileira das Concessionárias Privadas de Serviço

Leia mais

Oportunidades de Investimento no Brasil

Oportunidades de Investimento no Brasil Oportunidades de Investimento no Brasil 8º Encontro de Logística e Transportes A Hora do Investimento Privado DINO ANTUNES DIAS BATISTA Ministério dos Transportes Sumário Marinha Mercante PIL Programa

Leia mais

VIII Congresso Brasileiro de Regulação

VIII Congresso Brasileiro de Regulação MODELO DE REGULAÇÃO DO SERVIÇO DE TRATAMENTO E DISPOSIÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS NO ESTADO DE SÃO PAULO NA MODALIDADE PPP Antônio Roberto Dias de Oliveira Antonino Formado em Administração pela Universidade

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO AULA 4/4 LICITAÇÃO CONTRATOS ADMINISTRATIVOS LICITAÇÃO Licitação - Leis nº 8.666 de 21 de junho de 1993 e nº 10.520, de 17 de julho de 2002. 1. Conceito 2. Princípios 3. Objetivo

Leia mais

FINANCIAMENTO A INFRAESTRUTURA ADAILTON FERREIRA TRINDADE SUPERINTENDENTE NACIONAL PARA SANEAMENTO E INFRAESTRUTURA

FINANCIAMENTO A INFRAESTRUTURA ADAILTON FERREIRA TRINDADE SUPERINTENDENTE NACIONAL PARA SANEAMENTO E INFRAESTRUTURA FINANCIAMENTO A INFRAESTRUTURA ADAILTON FERREIRA TRINDADE SUPERINTENDENTE NACIONAL PARA SANEAMENTO E INFRAESTRUTURA Atuação da CAIXA 2 Áreas de Atuação Carteira Ativa por Macrosegmento Saneamento e Infraestrutura

Leia mais

PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA - PPP 7 DE OUTUBRO DE 2016

PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA - PPP 7 DE OUTUBRO DE 2016 PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA - PPP 7 DE OUTUBRO DE 2016 OBJETO DA PPP Parceria Público-Privada para: 1) Manutenção e Operação dos edifícios já existentes (câmpus Barcelona e Centro); 2) Construção do novo

Leia mais

POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RILEY RODRIGUES Conselho Empresarial de Infraestrutura Sistema FIRJAN Principais desafios Os programas precisam ser estruturados, dentro de seus setores, como

Leia mais

Elementos de Controle na Licitação e Execução de Contratos

Elementos de Controle na Licitação e Execução de Contratos Elementos de Controle na Licitação e Execução de Contratos Folha de São Paulo 25.07.2016 Plano Normativo de Referência Lei nº 11.079/2004 - PPP Lei Complementar nº 101/2000 - LRF Instrução Normativa

Leia mais

Luís Felipe Valerim Pinheiro

Luís Felipe Valerim Pinheiro E s t r u t u r a ç ã o d e P r o j e t o s d e C o n c e s s õ e s e P a r c e r i a s P ú b l i c o - P r i v a d a s p e l o S e t o r P r i v a d o Luís Felipe Valerim Pinheiro Salvador, 19 de outubro

Leia mais

EMPRESA PÚBLICA DE TRANSPORTE - EPT AUTARQUIA MUNICIPAL DE MARICÁ/RJ CONCURSO PÚBLICO EDITAL

EMPRESA PÚBLICA DE TRANSPORTE - EPT AUTARQUIA MUNICIPAL DE MARICÁ/RJ CONCURSO PÚBLICO EDITAL GABARITOS Nível Fundamental Áreas: OPERACIONAL Código: 101 Cargo: MOTORISTA 1. C 2. B 3. D 4. A 5. D 6. A 7. B 8. D 9. B 10. C 11. B 12. A 13. C 14. B 15. C 16. D 17. B 18. C 19. D 20. A 21. B 22. A 23.

Leia mais

UNIÃO DE ESFORÇOS PARA UNIVERSALIZAR OS SERVIÇOS. Yves Besse maio 2010

UNIÃO DE ESFORÇOS PARA UNIVERSALIZAR OS SERVIÇOS. Yves Besse maio 2010 UNIÃO DE ESFORÇOS PARA UNIVERSALIZAR OS SERVIÇOS VISÃO DO SETOR PRIVADO Yves Besse maio 2010 ABCON Fundação 1996 ABCON e 2001 SINTERCON Objetivo Promover a participação das empresas privadas no setor de

Leia mais

Espécies do gênero "contratos da Administração"

Espécies do gênero contratos da Administração Espécies do gênero "contratos da Administração" o Contratos administrativos. - Ajustes celebrados pela administração pública, nessa qualidade, com objetivos de interesse público, segundo regime jurídico

Leia mais

COBRANÇA PELO USO DA ÁGUA Aplicação dos recursos arrecadados e sustentabilidade financeira da entidade delegatária CBH- PARANAIBA

COBRANÇA PELO USO DA ÁGUA Aplicação dos recursos arrecadados e sustentabilidade financeira da entidade delegatária CBH- PARANAIBA COBRANÇA PELO USO DA ÁGUA Aplicação dos recursos arrecadados e sustentabilidade financeira da entidade delegatária CBH- PARANAIBA 31/07/2014 - Brasília DF SERGIO RAZERA Diretor-Presidente Fundação Agência

Leia mais

20 ANOS AN INFRASTRUCTURE LAW FIRM

20 ANOS AN INFRASTRUCTURE LAW FIRM 20 ANOS AN INFRASTRUCTURE LAW FIRM 20 ANOS Curso para Gestores Públicos em Parcerias Público-Privadas e Concessões INDICADORES DE QUALIDADE DE SERVIÇOS EM CONCESSÕES E PPPS JOÃO NEGRINI NETO, sócio do

Leia mais

PONTO 1: Distinção entre Concessão e Permissão PONTO 2: Formas de Extinção da Concessão e Permissão 1. DISTINÇÃO ENTRE CONCESSÃO E PERMISSÃO

PONTO 1: Distinção entre Concessão e Permissão PONTO 2: Formas de Extinção da Concessão e Permissão 1. DISTINÇÃO ENTRE CONCESSÃO E PERMISSÃO 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Distinção entre Concessão e Permissão PONTO 2: Formas de Extinção da Concessão e Permissão 1. DISTINÇÃO ENTRE CONCESSÃO E PERMISSÃO 1.1 CONCESSÃO A concessão é um contrato

Leia mais

POLÍTICA TARIFÁRIA PARA O SETOR DE SANEAMENTO BÁSICO FLORIANO DE AZEVEDO MARQUES NETO

POLÍTICA TARIFÁRIA PARA O SETOR DE SANEAMENTO BÁSICO FLORIANO DE AZEVEDO MARQUES NETO POLÍTICA TARIFÁRIA PARA O SETOR DE SANEAMENTO BÁSICO FLORIANO DE AZEVEDO MARQUES NETO Patrocínio O DESAFIO DA UNIVERSALIZAÇÃO 37% DOS DOMICÍLIOS ESTÃO FORA DA REDE COLETORA DE ESGOTO, AÍ CONSIDERADAS AS

Leia mais

PPPs Uma Nova Dimensão de Parcerias. Publicado no site: - Proibido reproduzir sem autorização 1

PPPs Uma Nova Dimensão de Parcerias.  Publicado no site:  - Proibido reproduzir sem autorização 1 PPPs Uma Nova Dimensão de Parcerias 1º de Agosto de 2005 www.bndes.gov.br Publicado no site: http://www.latosensu.com.br - Proibido reproduzir sem autorização 1 SUMÁRIO Visão Geral das PPPs no Brasil Fundo

Leia mais

Direito Administrativo. Serviços Públicos. Professor Leandro Velloso

Direito Administrativo. Serviços Públicos. Professor Leandro Velloso Direito Administrativo Professor Leandro Velloso www.leandrovelloso.com.br www.colecaooab.com.br leovelloso@hotmail.com Conceituação Serviços Públicos Prestação estatal direta ou indireta dirigida à coletividade

Leia mais

ILUMINAÇÃO PÚBLICA E PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS 1

ILUMINAÇÃO PÚBLICA E PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS 1 ILUMINAÇÃO PÚBLICA E PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS 1 Alexandre Wagner Nester Mestre pela UFPR. Doutorando na USP Sócio da Justen, Pereira, Oliveira e Talamini 1. Introdução No Brasil, a infraestrutura de

Leia mais

Saneamento e Infraestrutura

Saneamento e Infraestrutura Saneamento e Infraestrutura Desempenho 2014 Contratação SUSAN Desempenho 2014 Desembolso SUSAN Perspectivas 2015 Linhas de Financiamento: SANEAMENTO PARA TODOS Tipos de Financiamento Financiamento Corporativo

Leia mais

PLANO DE SANEAMENTO E ESTRATÉGIA PARA A UNIVERSALIZAÇÃO. Companhia Riograndense de Saneamento - Corsan. Junho/2017

PLANO DE SANEAMENTO E ESTRATÉGIA PARA A UNIVERSALIZAÇÃO. Companhia Riograndense de Saneamento - Corsan. Junho/2017 PLANO DE SANEAMENTO E ESTRATÉGIA PARA A UNIVERSALIZAÇÃO Companhia Riograndense de Saneamento - Corsan Junho/2017 PLANSAB Metas de universalização: Água : 100% em 2023 Esgoto: 92% em 2033 Perdas: 31% em

Leia mais

LICITAÇÃO PARA PPP Fernando Vernalha Guimarães

LICITAÇÃO PARA PPP Fernando Vernalha Guimarães ) LICITAÇÃO PARA PPP Fernando Vernalha Guimarães Doutor e Mestre em Direito do Estado pela UFPR (Mestre em Direito Administrativo pela UFPR Doutor em Direito Econômico pela UFPR) Professor de Direito Administrativo

Leia mais

Programa Estadual de Parcerias Público-Privadas. Vitória, 19 de Dezembro de 2011

Programa Estadual de Parcerias Público-Privadas. Vitória, 19 de Dezembro de 2011 Programa Estadual de Parcerias Público-Privadas Vitória, 19 de Dezembro de 2011 PLANO DE GOVERNO 2011-2014 MAPA ESTRATÉGICO Visão de Futuro 2014 ESPÍRITO SANTO...um estado próspero, sustentável e seguro,

Leia mais

Minas Gerais na Copa do Mundo de 2014

Minas Gerais na Copa do Mundo de 2014 Minas Gerais na Copa do Mundo de 2014 Brasil: sede da Copa do Mundo 2014 30/10/2007 Brasil é escolhido como sede da Copa do Mundo de 2014 (18 cidades-sede inscritas); 31/05/2009 Belo Horizonte é escolhida

Leia mais

PNRS A IMPORTÂNCIA DOS CONSÓRCIOS

PNRS A IMPORTÂNCIA DOS CONSÓRCIOS PNRS A IMPORTÂNCIA DOS CONSÓRCIOS CONSÓRCIOS PÚBLICOS CONSÓRCIOS PÚBLICOS Consórcio público é uma pessoa jurídica criada por lei com a finalidade de executar a gestão associada de serviços públicos, onde

Leia mais

SEMINÁRIO SOBRE CONSÓRCIOS PÚBLICOS INTERMUNICIPAIS Castrolanda, 26 a 28 de outubro de 2011 ATERROS REGIONAIS

SEMINÁRIO SOBRE CONSÓRCIOS PÚBLICOS INTERMUNICIPAIS Castrolanda, 26 a 28 de outubro de 2011 ATERROS REGIONAIS SEMINÁRIO SOBRE CONSÓRCIOS PÚBLICOS INTERMUNICIPAIS Castrolanda, 26 a 28 de outubro de 2011 ATERROS REGIONAIS UMA SOLUÇÃO VIÁVEL PARA ERRADICAÇÃO DOS LIXÕES DO BRASIL Engo. ELEUSIS BRUDER DI CREDDO Conselheiro

Leia mais

Concessão administrativa para ampliação, manutenção e operação do sistema de esgotamento sanitário do município da Serra

Concessão administrativa para ampliação, manutenção e operação do sistema de esgotamento sanitário do município da Serra Sumário Executivo Concessão administrativa para ampliação, manutenção e operação do sistema de esgotamento sanitário do município da Serra Em 10/10/13 a CESAN realizou o leilão na Bovespa através da Concorrência

Leia mais

Francisco Bernardes Lage Pós-Graduação Direito Administrativo

Francisco Bernardes Lage Pós-Graduação Direito Administrativo Serviços Públicos Obrigação do Estado em prestá-lo e a possibilidade de transferência a terceiros. - Contrato de Permissão - Contrato de Concessão - Ato de Permissão de Servgiço Público Francisco Bernardes

Leia mais

Aula 10. Temas da aula: Concessão de serviço público- parte final. Parceria público-privada.

Aula 10. Temas da aula: Concessão de serviço público- parte final. Parceria público-privada. Turma e Ano: MASTER A- 2015 Matéria / Aula: ADMINISTRATIVO Professor: LUIZ OLIVEIRA JUNGSTEDT Monitora: Tatiana Carvalho Aula 10 Temas da aula: Concessão de serviço público- parte final. Parceria público-privada.

Leia mais

Resíduos sólidos: panorama atual, aterro sanitário e outras soluções Adriana Vilela Montenegro Felipetto

Resíduos sólidos: panorama atual, aterro sanitário e outras soluções Adriana Vilela Montenegro Felipetto IV SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE TECNOLOGIAS E TRATAMENTO DE RESÍDUOS Resíduos sólidos: panorama atual, aterro sanitário e outras soluções Adriana Vilela Montenegro Felipetto Brasil Do século XIX ao XXI Central

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Geraldo Alckmin. SECRETARIA DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS Jurandir Fernandes

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Geraldo Alckmin. SECRETARIA DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS Jurandir Fernandes GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Geraldo Alckmin SECRETARIA DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS Jurandir Fernandes 1 A Secretaria dos Transportes Metropolitanos STM, nos termos da Ata da 52ª Reunião Ordinária

Leia mais

CONCESSÃO DA ESTAÇÃO DE TRANSBORDO CLERISTON ANDRADE (ESTAÇÃO DA LAPA) SECRETARIA MUNICIPAL DE MOBILIDADE - SEMOB 1

CONCESSÃO DA ESTAÇÃO DE TRANSBORDO CLERISTON ANDRADE (ESTAÇÃO DA LAPA) SECRETARIA MUNICIPAL DE MOBILIDADE - SEMOB 1 CONCESSÃO DA ESTAÇÃO DE TRANSBORDO CLERISTON ANDRADE (ESTAÇÃO DA LAPA) SECRETARIA MUNICIPAL DE MOBILIDADE - SEMOB 1 ESTAÇÃO DA LAPA Inaugurada em 7 de novembro de 1982; Maior terminal rodoviário de Salvador;

Leia mais

Programa de Concessões de Rodovias Federais do Brasil

Programa de Concessões de Rodovias Federais do Brasil INICIATIVA PARA LA INTEGRACIÓN DE LA INFRAESTRUCTURA REGIONAL SURAMERICANA IIRSA Programa de Concessões de Rodovias Federais do Brasil Taller de Casos Exitosos Bogotá, Colômbia, 4 de novembro de 2008 Engº

Leia mais

São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009

São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009 São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009 1 São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009 Sistema Integrado Metropolitano SIM e do Veículo Leve sobre Trilhos VLT (Metrô Leve) 2 Secretaria dos Transportes Metropolitanos STM Três

Leia mais

Caracterização Jurídica da Remuneração paga pelo Usuário à Concessionária de Serviço Público (Taxa ou Tarifa?) *

Caracterização Jurídica da Remuneração paga pelo Usuário à Concessionária de Serviço Público (Taxa ou Tarifa?) * Caracterização Jurídica da Remuneração paga pelo Usuário à Concessionária de Serviço Público (Taxa ou Tarifa?) * Antônio Carlos Cintra do Amaral A Constituição de 1967, com a Emenda Constitucional nº 1,

Leia mais

LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995

LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995 LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995 Dispõe sobre o Regime de Concessão e Permissão da Prestação de Serviços Públicos previsto no art. 175 da Constituição Federal, e dá outras providências. O PRESIDENTE

Leia mais

SANEAMENTO BÁSICO - LEI /07 - ÁGUA

SANEAMENTO BÁSICO - LEI /07 - ÁGUA - LEI 11.445/07 - ÁGUA 1 ESGOTO LIXO 2 CHUVA Lei nº 11.445/07, de 5/1/07 Água potável Esgoto sanitário Tratamento do lixo Drenagem da chuva 3 Lei 8.080/90 (promoção, proteção e recuperação da saúde) Art.

Leia mais

OAB 2ª Fase Direito Administrativo Bloco de Questões II Giuliano Menezes

OAB 2ª Fase Direito Administrativo Bloco de Questões II Giuliano Menezes OAB 2ª Fase Direito Administrativo Bloco de Questões II Giuliano Menezes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. EXAME DE ORDEM 2006.1 Texto I questões 1 e 2 01) As

Leia mais

BNDES: Apresentação ABIMAQ - GAMESA

BNDES: Apresentação ABIMAQ - GAMESA BNDES: Apresentação ABIMAQ - GAMESA Fevereiro de 2016 Classificação: Documento Ostensivo Unidade Gestora: GP/DEDIV/GATE 1. Aspectos Institucionais Apoio a infraestrutura no BNDES Os vários setores são

Leia mais

FAQ da PPP do MINEIRÃO

FAQ da PPP do MINEIRÃO FAQ da PPP do MINEIRÃO 1) O que é uma Parceria Público-Privada? A PPP é uma espécie de concessão, realizada por meio de um contrato de gestão, precedido de reforma ou não, firmado entre o setor público

Leia mais

A estruturação da PPP do SPSL. A ótica do Público

A estruturação da PPP do SPSL. A ótica do Público A estruturação da PPP do SPSL A ótica do Público Sumário PPP Sistema Produtor São Lourenço; Ciclo de vida; Lições I Modelagem Técnica; II Modelagem Jurídica; III Modelagem Financeira; IV Edital; V Contrato.

Leia mais

O papel das concessões no desenvolvimento da Infraestrutura. Como podemos avançar.

O papel das concessões no desenvolvimento da Infraestrutura. Como podemos avançar. 85º Enic Encontro Nacional da Indústria da Construção O papel das concessões no desenvolvimento da Infraestrutura. Como podemos avançar. Por Moacyr Duarte Outubro de 2013 P I A Í U P E R N A M B U C O

Leia mais

LEI Nº , DE 30 DE DEZEMBRO DE 2004

LEI Nº , DE 30 DE DEZEMBRO DE 2004 LEI Nº 11.079, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2004 Institui normas gerais para licitação e contratação de parceria público-privada no âmbito da administração pública. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso

Leia mais

VISÕES DE FUTURO mobilidade urbana na Região Metropolitana do Rio de Janeiro

VISÕES DE FUTURO mobilidade urbana na Região Metropolitana do Rio de Janeiro 13/05/2015 VISÕES DE FUTURO mobilidade urbana na Região Metropolitana do Rio de Janeiro Divisão de Competitividade Industrial e Investimentos Gerência de Competitividade Industrial e Investimentos Diretoria

Leia mais

PONTO 7: Serviços Públicos. O conceito de serviço público abrange três aspectos.

PONTO 7: Serviços Públicos. O conceito de serviço público abrange três aspectos. PONTO 7: Serviços Públicos 7.1 CONTINUAÇÃO... O conceito de serviço público abrange três aspectos. a) ASPECTO MATERIAL: para que algo seja considerado serviço público deve proporcionar uma ventagem ao

Leia mais

PPP integral Regulação e fiscalização. Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões CMCP

PPP integral Regulação e fiscalização. Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões CMCP PPP integral Regulação e fiscalização Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões CMCP Linha 4: primeira linha de metrô implantada em modelo de PPP. Poder concedente responsável por: Obras civis

Leia mais

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, ENERGIA, INDÚSTRIA E SERVIÇOS P P P. Parcerias Público-Privadas Governo do Estado do Rio de Janeiro

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, ENERGIA, INDÚSTRIA E SERVIÇOS P P P. Parcerias Público-Privadas Governo do Estado do Rio de Janeiro SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, ENERGIA, INDÚSTRIA E SERVIÇOS P P P Parcerias Público-Privadas Governo do Estado do Rio de Janeiro MODALIDADE DE PPP s Característica Contratos de Concessão Lei

Leia mais

O QUE SÃO PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS (PPP)?

O QUE SÃO PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS (PPP)? O QUE SÃO PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS (PPP)? Marcos Mendes 1 (09/04/2012) A literatura internacional define uma PPP como sendo um contrato de longo prazo entre um governo (federal, estadual ou municipal)

Leia mais

VITOR HUGO BAISCH DONA ORIENTADOR PROF.DR.GILNEI MOURA RESUMO

VITOR HUGO BAISCH DONA ORIENTADOR PROF.DR.GILNEI MOURA RESUMO A VIABILIDADE DO PONTO DE VISTA LEGAL DA FORMAÇÃO DE UMA PARCERIA PÚBLICO PRIVADA PARA A EXPLORAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ÁGUA E ESGOTO PELO MUNICÍPIO DE CACHOEIRA DO SUL FEASIBILITY OF A LEGAL POINT OF VIEW

Leia mais

ANUT REUNIÃO PLENÁRIA DE 01 DE JULHO DE 2015 PROGRAMA DE INVESTIMENTOS EM LOGÍSTICA FASE 2

ANUT REUNIÃO PLENÁRIA DE 01 DE JULHO DE 2015 PROGRAMA DE INVESTIMENTOS EM LOGÍSTICA FASE 2 ANUT REUNIÃO PLENÁRIA DE 01 DE JULHO DE 2015 PROGRAMA DE INVESTIMENTOS EM LOGÍSTICA FASE 2 PRESSUPOSTOS DO PROGRAMA Aumentar a competitividade da economia; Escoar com eficiência a produção agrícola crescente

Leia mais

O PROGRAMA LUZ PARA TODOS E A LEGISLAÇÃO DE ACESSO À ENERGIA ELÉTRICA AGRENER 2010

O PROGRAMA LUZ PARA TODOS E A LEGISLAÇÃO DE ACESSO À ENERGIA ELÉTRICA AGRENER 2010 Fernando Selles Ribeiro Ednaldo José Silva de Camargo - ANOS 20 PRIMEIRA COOPERATIVA DE ELETRIFICAÇÃO RURAL LOCALIDADE DE QUATRO IRMÃOS RS (TENDRIH,1990) ELETRIFICAÇÃO RURAL NO BRASIL LONGA HISTÓRIA DE

Leia mais

Comunicado ao Mercado Assinatura do Contrato PPP Sistema Metroviário - Salvador e Lauro de Freitas

Comunicado ao Mercado Assinatura do Contrato PPP Sistema Metroviário - Salvador e Lauro de Freitas Comunicado ao Mercado Assinatura do Contrato PPP Sistema Metroviário - Salvador e Lauro de Freitas São Paulo, 15 de outubro de 2013. A CCR S.A. ( CCR / Companhia ) (BM&FBovespa:CCRO3; Bloomberg: CCRO3BZ;

Leia mais

Workshop Parcerias Público- Privadas em Saneamento Básico PPP Alto Tietê Sabesp

Workshop Parcerias Público- Privadas em Saneamento Básico PPP Alto Tietê Sabesp Workshop Parcerias Público- Privadas em Saneamento Básico PPP Alto Tietê Sabesp Clique para editar o estilo do subtítulo mestre O projeto e sua importância O Projeto e sua importância Escopo Concessão

Leia mais

Apoio do BNDES a projetos de Energia Elétrica

Apoio do BNDES a projetos de Energia Elétrica Apoio do BNDES a projetos de Energia Elétrica Eduardo Chagas Departamento de Energia Elétrica Área de Infraestrutura Maio de 2015 Papel da infraestrutura na retomada do crescimento Tendo em vista as dificuldades

Leia mais