PLANEJAMENTO E CONTROLE DE OBRAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANEJAMENTO E CONTROLE DE OBRAS"

Transcrição

1 PLANEJAMENTO E CONTROLE DE OBRAS Levantamento de Quantitativos Professora: Eng. Civil Mayara Custódio, Msc.

2 Levantamento de Quantitativos Orçamentação Serviços que compõem a obra Quais? MEMORIAL DESCRITIVO Quanto de cada? Levantamento de quantidades ou quantitativos - Leitura de projetos; - Cálculo de áreas e volumes; - Consulta a tabelas de engenharia; - Tabulação de números Memoria de Cálculo Conferida; Manipulada facilmente; Facilitadoras, caso haja alguma alteração em projetos ou especificações.

3 Levantamento de Quantitativos Classificação quanto às dimensões: Lineares: Tubulação, meio-fio, cerca, sinalização de estrada, rodapé, marcação de alvenaria, encunhamento... Superficiais (área de superfície): Limpeza de terreno, fôrmas, alvenarias, revestimento de paredes e pisos, forro, pintura, grama... Volumétricas: Concreto, escavação, aterro... Em massa: Armação, estrutura metálica... Adimensionais Postes, portões, placas de sinalização...

4 Levantamento de Quantitativos Classificação quanto à permanência em obra: Permanentes (Incorporados à obra): Concreto, aço, tinta, areia, brita, tijolo... Provisórios / não permanentes (não incorporados à obra, utilizados e removidos): Fôrmas e escoras, pregos, tubulações provisórias...

5 Serviços Preliminares 1. Fechamento da obra (tapume, alambrado...): Perímetro necessário para o total fechamento da obra. 2. Placa de obra: A quantidade de placas é determinada pelo porte da obra. Geralmente, considera-se uma placa com cerca de 2 m² de área, nos padrões do CREA. 3. Locação da obra: A unidade utilizada é m² e a quantidade é igual a área limitada pela locação dos pilares.

6 Movimentos de Terra 1. Escavações Para escavação de um volume ou vala de largura B, comprimento L e profundidade H, a escavação deve conter uma folga de 20 cm para cada lado e 10cm na profundidade, para garantir trabalhabilidade. Logo: V escavação = (B+40 cm) x (L+40 cm) x (H+10 cm)

7 Movimentos de Terra 2. Reaterro e Compactação: A quantidade do reaterro será a diferença entre o volume da cava (volume de escavação) e o volume da fundação (concreto), assim: V reaterro = V escavação V concreto OBS.: O material a ser reaterrado deve ser multiplicado por 1.3 (considerando o coeficiente de empolamento).

8 Estruturas 1. Volume de concreto (Vc m³): Deve-se decompor o volume do concreto em partes, de modo que nenhum volume seja computado mais de uma vez. 2. Área de forma (Af m²): São consideradas as áreas de desenvolvimento das formas, cuidando-se para que uma mesma área não seja computada mais de uma vez. 3. Massa / Peso de aço (Pa kg): É considerada a massa total de aço, que pode ser levantada nos detalhamentos ou considerada como exposta nos resumos do projeto (sem incluir perdas, pois a composição já considera uma perda de 10%).

9 Estruturas A) LAJES: Vc = A x B x E Af = A x B Laje em planta A e B: dimensões internas da laje (entre vigas) E: espessura da laje OBS.: Nas lajes de piso, normalmente, não é considerado forma, e sim um lastro de concreto magro e=5cm.

10 Estruturas B) VIGAS: Vc = L x H x C Af = (2 x h + L ) x C (Vigas Internas) Af = (H + h + L ) x C (Vigas Externas) C = Considerar os comprimentos das partes compreendidas entre pilares.

11 Estruturas B) VIGAS: Vc = L x H x C Af = (2 x h + L ) x C (Vigas Internas) Af = (H + h + L ) x C (Vigas Externas) Vigas internas Vigas externas

12 Estruturas C) PILARES: Vc = A x B x H Af = (2 x A + 2 x B) x H H = altura desde a base até o topo da laje.

13 Estruturas X D) SAPATAS ISOLADAS: Y V sapata V base da sapata V tronco da sapata V base = B x h V tronco = H. (B b B.b) 3 b b Onde: B = área da base da sapata b = área do topo da sapata h = altura da base da sapata H = altura do tronco da sapata H h Af = (2 x X + 2 x Y ) x ho B B

14 Estruturas E) PILARETES: Vc = A x B x H Af = (2 x A + 2 x B) x H Onde: H = altura desde o topo da sapata até o topo da cinta. A, B = dimensões em planta do pilarete. Obs.: Nos casos em que a altura do pilarete não estiver especificada no projeto, considera-se 1,5m + a altura da cinta.

15 Estruturas F) BALDRAMES: Vc = L x H x C Af = (2 x H ) x C (Considerando concreto magro no fundo) C = comprimentos das partes compreendidas entre pilaretes.

16 Estruturas Os resumos de aço do projeto de estrutura podem não estar separados por tipo de estrutura. Sempre que possível, é recomendável levantar o aço, e não simplesmente confiar no levantamento do projetista P1 118,80 131,55 39,75 117,30 69,60 P2 21, ,76 378,80 511,60 829,55 186,00 275,60 219,60 P3 95,04 47,70 143,55 COMP TOTAL (m) 116, ,56 510,35 599, ,40 186,00 275,60 289,20 PESO LIN. (kg/m) 0,15 0,25 0,40 0,62 0,99 1,58 2,47 3,85 PESO TOTAL (kg) 17,89 293,64 201,59 369, ,04 293,51 679, ,29

17 Estruturas Os resumos de aço do projeto de estrutura podem não estar separados por tipo de estrutura. Sempre que possível, é recomendável levantar o 5 barras de bitola = aço, e não simplesmente confiar no 10.0mm com levantamento do projetista. comprimento = 7,95m P1 118,80 131,55 39,75 117,30 69,60 P2 21, ,76 378,80 511,60 829,55 186,00 275,60 219,60 P3 95,04 47,70 143,55 COMP TOTAL (m) 116, ,56 510,35 599, ,40 186,00 275,60 289,20 PESO LIN. (kg/m) 0,15 0,25 0,40 0,62 0,99 1,58 2,47 3,85 PESO TOTAL (kg) 17,89 293,64 201,59 369, ,04 293,51 679, ,29

18 Estruturas Existem algumas composições com índices de consumos médios de fôrmas, concreto e aço. Estas composições devem ser consideradas apenas nos casos em que não exista projeto estrutural disponível.

19 Paredes e Painéis 1. Alvenaria de vedação Deve-se computar separadamente as áreas de paredes para cada tipo ou espessura. Diferenciação quanto à especificação de blocos; Diferenciação quanto ao posicionamento de blocos; Diferenciação quanto à argamassa de assentamento... Vários serviços associados: Marcação; Elevação; Encunhamento...

20 Paredes e Painéis 1. Alvenaria de vedação As áreas de alvenaria são calculadas considerando-se o comprimento das paredes em planta e a altura do pé-direito. Deve-se subtrair apenas a área que exceder, em cada vão, 2m². Vãos com área inferior ou igual a 2m² não são descontados, bem como elementos estruturais de concreto inclusos na alvenaria (vigas, pilares).

21 Paredes e Painéis Compensação da requadração! Vãos a serem descontados: Atentar para o critério de levantamento a ser utilizado! Ex.: PINI Aberturas com áreas inferiores a 2m²: Desprezar o vão. Aberturas com áreas iguais ou superiores a 2m²: Descontar o que exceder 2m². A análise é feita por vão, e não pela soma dos vãos. Ex.: Se há duas janelas, desconta-se o que exceder 2,0 m² de cada uma delas.

22 Paredes e Painéis 2. Vergas: Para janelas: (Largura da janela + 40cm) x 2 x quantidade de janelas (verga sobre e sob a esquadria). Para portas: (Largura da porta + 40cm) x quantidade de portas (verga apenas sobre a esquadria). OBS.: usar 40cm apenas quando não estipulado no projeto

23 Paredes e Painéis 3. Esquadrias: Resumo de esquadrias: Geralmente, fornecido junto do projeto arquitetônico. (Sempre bom conferir!) Para determinar a quantidade de esquadrias, deve-se seguir as indicações do projeto, agrupando as esquadrias que tenham as mesmas características. PORTAS (und): Tamanho (0.8 x 2.10m, 0.6 x 2.1 m, etc.) Tipo (madeira de lei, almofadada ou compensado, alumínio, pvc...) JANELAS (und ou m²): Tipo (de abrir, de correr, basculante, etc.)

24 Paredes e Painéis 3. Esquadrias: Resumo de esquadrias: Geralmente, fornecido junto do projeto arquitetônico. (Sempre bom conferir!) Para determinar a quantidade de esquadrias, deve-se seguir as indicações do projeto, agrupando as esquadrias que tenham as mesmas características. FERRAGENS (und): Para porta externa ou interna Tipo e especificação das ferragens. GRADES E PORTÕES (m²): Estes itens são levantados levando-se em consideração todos os elementos necessários para compor o preço de cada item, por m², e acordo com o projeto.

25 Paredes e Painéis 4. Vidros: VIDROS PARA ESQUADRIAS O quantitativo de vidro é determinado somando-se as áreas das esquadrias que possuem vidro. Só é levantada a quantidade efetiva de vidro, quando a esquadria não é totalmente de vidro e possui outros elementos (veneziana, madeira, alumínio, etc..). Caso contrário, a área de vidro é igual a área da janela. Deve-se tomar o cuidado de separar o levantamento por tipo de vidro, caso hajam mais de um tipo. Temperados, Laminados, Cristal...

26 Cobertura 1. Estruturas de Madeira: Para o cálculo das quantidades de estrutura de madeira se considera a área do telhado em projeção horizontal. 2. Telhado: Para o cálculo das quantidades de telhas, se considera a área do telhado em projeção horizontal com os seguintes acréscimos: 5% para coberturas de 18% a 27% de inclinação; 8% para coberturas de 28% a 38% de inclinação; 12% para coberturas de 39% a 50% de inclinação. 3. Rufos e Calhas: Deve-se fazer a medição por metro, considerando a inclinação, se houver.

27 Impermeabilização 1. Impermeabilização de caixas d água: Deve-se considerar impermeabilização em todas as faces internas da caixa. 2. Impermeabilização de calhas e lajes descobertas: Deve-se considerar a área efetivamente impermeabilizada. No caso de lajes descobertas, também deve-se considerar impermeabilizadas as paredes que a circundam numa altura de aproximadamente 60 centímetros, quando não especificada em projeto. Caso contrário, considerar a altura de projeto.

28 Impermeabilização 1. Impermeabilização de caixas d água: Deve-se considerar impermeabilização em todas as faces internas da caixa. 2. Impermeabilização de calhas e lajes descobertas: 30 centímetros Deve-se considerar a área efetivamente impermeabilizada. No caso de lajes descobertas, também deve-se considerar impermeabilizadas as paredes que a circundam numa altura de aproximadamente 60 centímetros, quando não especificada em projeto. Caso contrário, considerar a altura de projeto. Detalhe de laje descoberta

29 Impermeabilização 1. Impermeabilização de baldrames: A impermeabilização das vigas baldrame é feita considerando o perímetro das alvenarias, sendo toda a baldrame envolvida pela impermeabilização. Área = (0, ) x 2 x perímetro da alvenaria. B = 15cm h = 60cm

30 Revestimentos 1. Revestimentos com Argamassa: A) TETOS E FORROS: Chapisco do teto O levantamento de chapisco é feito somando-se as áreas internas dos ambientes que tenham laje de teto. Reboco do teto Para o reboco, deve-se subtrair do total de chapisco, as áreas dos ambientes com rebaixamento (gesso, madeira, etc..), pois, onde há forro, só é considerado chapisco como revestimento. Reboco do teto = chapisco forro.

31 Revestimentos 1. Revestimentos com Argamassa: B) PAREDES INTERNAS: Chapisco Para o chapisco, é considerada duas vezes a área de alvenaria. Exemplo: Área de alvenaria = 100 m 2 Área de chapisco = 100 x 2 = 200 m 2

32 Revestimentos 1. Revestimentos com Argamassa: C) PAREDES INTERNAS: Reboco Para o cálculo, é considerada a área efetiva a ser revestida, descontando qualquer área ou vão existente na alvenaria. Exemplo: Área de alvenaria = 100 m 2 Área de vão = 10 m 2 Área de reboco (interna) = (100 10) x 2 = 180 m2 Área de emboço (parede externa) = = 90 m 2

33 Revestimentos 2. Acabamentos: A) AZULEJOS / CERÂMICAS As áreas de azulejo são calculadas considerandose toda a área realmente revestida, ou seja, descontam-se todos os vãos. Deve-se seguir as especificações do projeto e somar as áreas internas dos ambientes para cada tipo de revestimento.

34 Revestimentos 3. Revestimentos de pisos: A) LASTRO: Quando o projeto estrutural não considerar laje armada no primeiro piso, é usado lastro regularizado e impermeabilizado com espessura definida no projeto. Para o cálculo do quantitativo, é considerada a área interna entre as baldrames. B) REGULARIZAÇÃO: Quando o projeto estrutural considerar laje armada em todos os pisos, devemos considerar apenas a regularização adequada para cada tipo de piso (cerâmica, cimentado, etc..), considerando-se as áreas internas dos ambientes.

35 Revestimentos 3. Revestimentos de pisos: C) DEGRAUS D) RODAPÉS E) SOLEIRAS F) PEITORIS: Para todos os itens acima, o levantamento deve ser feito por metro linear, obedecendo às larguras especificadas no projeto.

36 Revestimentos Formulários de levantamento Superfícies horizontais: Piso; Contrapiso; Impermeabilização; Forro; Pintura de teto; Pintura de pisos... Atentar para as diferentes especificações! ÁREA horizontal

37 Revestimentos Formulários de levantamento Superfícies verticais Chapisco Emboço Reboco Massa única Pintura Cerâmica Rodapé... Considerar descontos e revestimentos de paredes incompletas! Perímetro X Altura = ÁREA

38 Pintura Área total a ser pintada Tinta / Mão de obra Lixamento Selador Massa corrida

39 Pintura Esquadria Área total a ser pintada Tinta / Mão de obra Lixamento Selador Massa corrida Fator Guilhotina sem batente 2 De abrir sem batente 2,5 Chapeadas, onduladas ou de enrolar 2,5 Guilhotina com batente 3 Elemento vazado (cobogó) 4 Com veneziana 5 Armário (pintura interna e externa) 5 OBS.: Para pintura de portas, portões, janelas, grades, armários, etc. Multiplicador do vão luz (compensação de reentrâncias e outros detalhes).

40 Outros levantamentos Considerar coeficientes aproximados para cada etapa. Porcentagens das etapas no custo total da obra: 1. Estruturas = 22% 2. Revestimento e pintura = 14% 3. Esquadrias e ferragens = 12% 4. Instalações hidráulicas = 11% 5. Elevador = 7% 6. Alvenaria = 7% 7. Pisos e rodapés = 7% 8. Serviços preliminares = 6% 9. Instalações elétricas = 6% 10. Serviços complementares = 4% 11. Fundações = 3,20% 12. Cobertura = 0,80% Valores médios! Cada empresa deve levantar seus índices.

41 Outros levantamentos Considerar coeficientes aproximados para cada etapa. Porcentagens das etapas no custo total da obra: 1. Estruturas = 22% 2. Revestimento e pintura = 14% 3. Esquadrias e ferragens = 12% 4. Instalações hidráulicas = 11% 5. Elevador = 7% 6. Alvenaria = 7% 7. Pisos e rodapés = 7% 8. Serviços preliminares = 6% 9. Instalações elétricas = 6% 10. Serviços complementares = 4% 11. Fundações = 3,20% 12. Cobertura = 0,80% A partir dos projetos arquitetônico e estrutural, podem ser orçados os itens destacados em vermelho, que perfazem Valores um total médios! de 75,80%. Cada empresa deve levantar seus índices. C. Arq. 75,80% C. Total 100% C. Total = 1,3193 (C. Arq.)

42 Aviso Considerar o terreno natural plano exatamente na altitude do pavimento térreo Subsolo = escavação!

Critérios de Medição e Levantamento de Quantitativo

Critérios de Medição e Levantamento de Quantitativo Senai Dendezeiros Área de Construção Civil Critérios de Medição e Levantamento de Quantitativo Unidade Curricular: Orçamento de Obras e Controle de Custos Aula 05 Emanuele Cristian Fer Critério de medição

Leia mais

Limpeza do terreno m 2 Área de ocupação, mais 3m em toda a periferia ou o total. Locação da obra m 2 Área do primeiro pavimento da obra.

Limpeza do terreno m 2 Área de ocupação, mais 3m em toda a periferia ou o total. Locação da obra m 2 Área do primeiro pavimento da obra. CRITÉRIOS PARA MEDIÇÃO DOS SERVIÇOS Limpeza do terreno m 2 Área de ocupação, mais 3m em toda a periferia ou o total. Locação da obra m 2 Área do primeiro pavimento da obra. Em obras muito extensas ou recortadas,

Leia mais

8.1 Levantamento de quantidades. 8.2 Principais serviços

8.1 Levantamento de quantidades. 8.2 Principais serviços 8.1 Levantamento de quantidades Disciplina: Planejamento e Controle de Obras Aula 08 Levantamento de quantidades Professora: Engª Civil Moema Castro, MSc. Não basta saber quais os serviços, é preciso saber

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DA 2ª ETAPA DA CONSTRUÇÃO DO BLOCO DE DIREITO

MEMORIAL DESCRITIVO DA 2ª ETAPA DA CONSTRUÇÃO DO BLOCO DE DIREITO MEMORIAL DESCRITIVO DA 2ª ETAPA DA CONSTRUÇÃO DO BLOCO DE DIREITO OBRA: CONSTRUÇÃO-BLOCO DIREITO PROPRIETÁRIO: FUNDAÇAO INTEGRADA MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE MINEIROS (FIMES) ENDEREÇO OBRA:RUA 22 ESQ.

Leia mais

PLANILHA AUXILIAR B DADOS DO IMÓVEL: PROJETO 02. ÁREA TOTAL TERRENO: 336,00m²

PLANILHA AUXILIAR B DADOS DO IMÓVEL: PROJETO 02. ÁREA TOTAL TERRENO: 336,00m² - INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas. Unidade: m² Critério de medição: Pela área de projeção horizontal do abrigo.

Leia mais

PLANILHA AUXILIAR C DADOS DO IMÓVEL: PROJETO 03. ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m²

PLANILHA AUXILIAR C DADOS DO IMÓVEL: PROJETO 03. ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ENDEREÇO: Rua 580, S/Nº - INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas. Unidade: m² Critério de medição: Pela área de projeção

Leia mais

Orçamento: RESIDENCIA - ANDRE CONGONHAS

Orçamento: RESIDENCIA - ANDRE CONGONHAS Orçamento: RESIDENCIA - ANDRE CONGONHAS Orçamento parcial nº 1 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 m2 Corte de capoeira fina a foice 900,000 0,19 171,00 1.2 m2 Raspagem e limpeza manual de terreno 900,000 0,63 567,00

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE GINÁSIO POLIESPORTIVO LOCAL: SEDE DO MUNICÍPIO MEMORIAL DESCRITIVO SANTA MARIA DAS BARREIRAS 2015 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1- APRESENTAÇÃO

Leia mais

Quantificação de Materiais e Mão-de-obra

Quantificação de Materiais e Mão-de-obra Quantificação de Materiais e Mão-de-obra INFRA-ESTRUTURA 20501 LOCAÇÃO DA OBRA Madeiras e pregos (locação) 144,71 1 144,71 m2 2,5 361,775 Execução da locação da obra Mão-de-obra 144,71 1 144,71 m2 2 289,42

Leia mais

Planilha Orçamentária

Planilha Orçamentária 1 SERVIÇOS PRELIMINARES,DEMOLIÇÕES,LIMPEZA 2.742,56 1.1 PLACA DE OBRA 6,00 m² 205,83 25,62 231,45 1.234,98 153,72 1.388,70 1.2 LIMPEZA PERMANENTE DA OBRA 66,00 h 0,37 7,37 7,74 24,32 486,42 510,74 1.3

Leia mais

GALPÃO PARA AVE DE CORTE

GALPÃO PARA AVE DE CORTE MEMÓRIA DE CÁLCULO OBRA: GALPÃO PARA AVES DE POSTURA LOCAL: Povoado Santa Teresa - KM 05 - Zona Rural - CEP 77950-000 - Araguatins-TO RESP. TÉCNICO: Engº Civil CARLOS CEZAR A. LEAL - CREA./ Nº: 3967-D

Leia mais

MEMORIAL DE CALCULO - QUANTITATIVOS

MEMORIAL DE CALCULO - QUANTITATIVOS 1 SERVIÇOS PRELIMINARES Placa da obra será considerado uma placa, em chapa de aço galvanizado em estrutura de madeira, com tamanho de 1,5mx3m, com cores e dizeres conforme padrão da Prefeitura e do órgão

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO TABELAS DE CUSTOS SIN-RN X SINAPI-RN (JAN-2013)

ESTUDO COMPARATIVO TABELAS DE CUSTOS SIN-RN X SINAPI-RN (JAN-2013) CÓDIGO DESCRIÇ CLA UNIDA SS DE QUANT. 01.0 SEVIÇOS PRELIMINARES PREÇO UNIT. S/ BDI (R$) SINAPI 2013 PREÇO TOTAL S/ BDI (R$) SINAP 2013 REFERÊNC IA SINAPI 2013 PREÇO UNIT. S/ BDI (R$) SIN-RN 2013 PREÇO

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO SÃO JOAQUIM

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO SÃO JOAQUIM - TIPO 02 - ÁREA = 2,73 m² BDI 19,69% 1,1969 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES. SUB TOTAL 112,67 1.1 74077/001 LOCACAO CONVENCIONAL DE OBRA, ATRAVÉS DE GABARITO DE TABUAS CORRIDAS PONTALETADAS, SEM REAPROVEITAMENTO

Leia mais

UNeB Relatório de Material e Mão-de-obra

UNeB Relatório de Material e Mão-de-obra 1 PREPARAÇÃO DO TERRENO 2709.43 20202 RASPAGEM e limpeza manual de terreno M2 25.00 0.00 0.87 0.00 0.87 21.75 20301 LIGAÇÃO provisória de água para obra e instalação sanitária provisória, instalação mínima

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Rio de Janeiro - Campus Pinheiral Planilha Orçamentária - Projeto Padrão

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Rio de Janeiro - Campus Pinheiral Planilha Orçamentária - Projeto Padrão 1 SERVIÇOS PRELIMINARES R$ 4.380,62 1.1 74077/001 SINAPI 1.2 85423 SINAPI 1.3 90778 SINAPI LOCACAO CONVENCIONAL DE OBRA, ATRAVÉS DE GABARITO DE TABUAS CORRIDAS PONTALETADAS, SEM REAPROVEITAMENTO ISOLAMENTO

Leia mais

UNeB Relatório de Material e Mão-de-obra

UNeB Relatório de Material e Mão-de-obra 1 PREPARAÇÃO DO TERRENO 2709.43 20202 RASPAGEM e limpeza manual de terreno M2 25.00 0.00 0.87 0.00 0.87 21.75 20301 LIGAÇÃO provisória de água para obra e instalação sanitária provisória, instalação mínima

Leia mais

MEMÓRIA DE CÁLCULO DO ABRIGO DA SUBESTAÇÃO DE 500 KVA

MEMÓRIA DE CÁLCULO DO ABRIGO DA SUBESTAÇÃO DE 500 KVA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO CIENCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL DIRETORIA DE

Leia mais

CEAA COMÉRCIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LTDA-ME CNPJ / MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO

CEAA COMÉRCIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LTDA-ME CNPJ / MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO SECRETÁRIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE -PROJETO BASE PARA BALANÇA DE CONCRETO, -PROJETO ESCRITÓRIO DE CONTROLE DE CARGAS. -DESCRIÇÃO BALANÇA RODOVIÁRIA

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBRA/LOCAL/IDENTIFICAÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBRA/LOCAL/IDENTIFICAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBRA/LOCAL/IDENTIFICAÇÃO Obra: Construção de um Prédio Residencial Multifamiliar Local: Avenida Maria José Pinheiro Machado x Jorge Calixto nº 570 Planta aprovada nº 174/16 expedida

Leia mais

Disciplina: Construção Civil 4. Orçamento de Obras. Aula 06 Composição de Custo Unitário e Levantamento de Quantitativos ALVENARIA

Disciplina: Construção Civil 4. Orçamento de Obras. Aula 06 Composição de Custo Unitário e Levantamento de Quantitativos ALVENARIA Disciplina: Construção Civil 4 Orçamento de Obras Aula 06 Composição de Custo Unitário e Levantamento de Quantitativos ALVENARIA 1 A etapa de levantamento de quantitativos é uma das que intelectualmente

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE UMA QUADRA COBERTA.

CONSTRUÇÃO DE UMA QUADRA COBERTA. CONSTRUÇÃO DE UMA QUADRA COBERTA. MEMORIA DE CÁLCULO DOS QUANTITATIVOS SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA E SERV. URBANOS. LOCAL: WALFREDO GURGEL - Município de Caicó/RN PROJETO NÚMERO: 0313 1 IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

INFORME O NOME DA EMPRESA Orçamento Sintético Global (GLOBAL)

INFORME O NOME DA EMPRESA Orçamento Sintético Global (GLOBAL) 1 Instalação do Canteiro de Obras 01520.8.1.1 ABRIGO PROVISÓRIO de madeira executado na obra para alojamento e depósito de materiais e ferramentas SER.CG M² 7,50 217,91 1.634,33 35,91 % ITEM % 02230.8.3.1

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS O presente Memorial Descritivo, e tem por finalidade estabelecer as condições que regerão os usos dos materiais, equipamentos e serviços a serem utilizados

Leia mais

Prefeitura Municipal de São Miguel das Missões Construção de Lavanderia na UBS/Bairro Alegria PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

Prefeitura Municipal de São Miguel das Missões Construção de Lavanderia na UBS/Bairro Alegria PLANILHA ORÇAMENTÁRIA 3.3 73942/002 Prefeitura Municipal de São Miguel das Missões 1. SERVIÇOS PRELIMINARES R$ 355,38 1.1 73801/001 DEMOLICAO DE PISO DE ALTA RESISTENCIA M² 8,25 R$ 17,84 R$ 22,30 R$ 183,98 1.2 LOCACAO CONVENCIONAL

Leia mais

Responsável Técnico: Arquiteta Michelle Scherch CAU A MEMORIAL DESCRITIVO

Responsável Técnico: Arquiteta Michelle Scherch CAU A MEMORIAL DESCRITIVO Responsável Técnico: Arquiteta Michelle Scherch CAU A52432-8 MEMORIAL DESCRITIVO Natureza da Obra: Residencial - Sobrados Geminados Proprietário: 3S Construções Ltda Local: Rua Vereador Adão Santos - Quadra

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE FEIRA COBERTA LOCAL: VILA CASA DE TÁBUA MEMORIAL DESCRITIVO SANTA MARIA DAS BARREIRAS 2015 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1- APRESENTAÇÃO

Leia mais

SECRETARIA DE OBRAS, INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS PÚBLICOS MEMÓRIA DE CÁLCULO

SECRETARIA DE OBRAS, INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS PÚBLICOS MEMÓRIA DE CÁLCULO MEMÓRIA DE CÁLCULO Obra: Construção de Quadra Poliesportiva Local: Distrito de São Pedro de Rates no Município de Guaçuí/ES 01 SERVIÇOS PRELIMINARES - LOCAÇÃO DA OBRA 29,00m (Comp.) x 19,80 m (Larg.) =

Leia mais

REATERRO MANUAL de vala SER.CG M³ 1,72 2,81 4,83 4,40 CUSTO TOTAL DO ITEM 109,83 100,00 3 Fundação 10 Sapata Pré-Fabricada COMP.

REATERRO MANUAL de vala SER.CG M³ 1,72 2,81 4,83 4,40 CUSTO TOTAL DO ITEM 109,83 100,00 3 Fundação 10 Sapata Pré-Fabricada COMP. CÓDIGO DESCRIÇÃO CLASS UNID. QUANT. 1 Instalação do Canteiro de Obras 01520.8.1.1 ABRIGO PROVISÓRIO de madeira executado na obra para alojamento e depósito de materiais e ferramentas SER.CG M² 7,50 217,91

Leia mais

LOCAÇÃO DE SERVIÇOS. SERVIÇOS PRELIMINARES Remoção de pintura - Caixa d água Remoção de pintura látex. Página 1 de 6

LOCAÇÃO DE SERVIÇOS. SERVIÇOS PRELIMINARES Remoção de pintura - Caixa d água Remoção de pintura látex. Página 1 de 6 ANEXO IV LOCAÇÃO DE SERVIÇOS SERVIÇOS PRELIMINARES Remoção de pintura - Caixa d água Remoção de pintura látex - toda área interna - área externa fundos lado externo e interno todo, todos rodapés externos.

Leia mais

Construção de casas populares no Município de Primavera-Pa

Construção de casas populares no Município de Primavera-Pa Estado do Pará Prefeitura Municipal de Primavera Secretaria Municipal de Obras Urbanismo e Transportes ANEXO I MEMORIAL DISCRITIVO Construção de casas populares no Município de Primavera-Pa Paulo José

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E/OU CONSTRUTIVO

MEMORIAL DESCRITIVO E/OU CONSTRUTIVO MEMORIAL DESCRITIVO E/OU CONSTRUTIVO 1.0 PRELIMINARES O presente memorial faz constar informações sobre o fechamento e acabamento do plenário da obra do Centro de Cultura e sede do Poder Legislativo de

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇO Nº 2/2016

EDITAL DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇO Nº 2/2016 Page 1 of 10 Sub. Qtde. Unid. Descrição Marca/Modelo Valor Valor Total 1 1,00 UN INSTALAÇÃO DA OBRA Valor de Referência: 612,55000 1 2,50 M2 PLACA DE OBRA 2,00 m x 1,25 m Valor de Referência: 245,02000

Leia mais

Relatório de Acompanhamento LIGIA DE PAULA. 01º Mês Gerado em 08/12/2015

Relatório de Acompanhamento LIGIA DE PAULA. 01º Mês Gerado em 08/12/2015 01º Mês Gerado em 08/12/2015 Acompanhamento de Serviços Mobilização: 8 Preliminares: 8 Fundações: Estrutura: Cobertura: Divisórias: Revestimentos: Mármores e granitos: Esquadrias: Pintura: Instalações:

Leia mais

RESIDÊNCIA NOVO CAMPECHE

RESIDÊNCIA NOVO CAMPECHE RESIDÊNCIA NOVO CAMPECHE MEMÓRIAL DESCRITIVO RESIDÊNCIA NOVO CAMPECHE Residência unifamiliar, com 150 m2 de área construída, 2 pisos, arquitetura contemporânea de alto padrão, implantada em terreno com

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CASA DE MADEIRA

MEMORIAL DESCRITIVO CASA DE MADEIRA 1 MEMORIAL DESCRITIVO CASA DE MADEIRA 1 - Base: 1.1 - Fundação: 1.1.1 - Brocas com diâmetro mínimo de 20 cm em concreto estrutural, executadas manualmente, com profundidade média de até 3,00 m. 1.1.2 -

Leia mais

Arquiteta Lisiane De Negri CAU A Rua Augusto Liska, Victor Graeff / RS Fones: (54) /

Arquiteta Lisiane De Negri CAU A Rua Augusto Liska, Victor Graeff / RS Fones: (54) / MEMORIAL DESCRITIVO GENERALIDADES Este memorial descritivo tem como objetivo discriminar materiais e técnicas construtivas que serão utilizadas na construção da CÂMARA MUNICIAPL DE VEREADORES, do município

Leia mais

Memorial Descritivo Escola Municipal Professor Ismael Silva

Memorial Descritivo Escola Municipal Professor Ismael Silva PREFEITURA MUNICIPAL DE ILICÍNEA Estado de Minas Gerais CNPJ: 18.239.608/0001-39 Praça. Padre João Lourenço Leite, 53 Centro Ilicínea Tel (fax).: (35) 3854 1319 CEP: 37175-000 Memorial Descritivo Escola

Leia mais

ADEQUAÇÃO DO AUDITÓRIO PARA GABINETE DA SEDE DAS PROMOTORIAS DE RONDONÓPOLIS MT

ADEQUAÇÃO DO AUDITÓRIO PARA GABINETE DA SEDE DAS PROMOTORIAS DE RONDONÓPOLIS MT 1 MEMORIAL DESCRITIVO E CADERNO DE ENCARGOS ADEQUAÇÃO DO AUDITÓRIO PARA GABINETE DA SEDE DAS PROMOTORIAS DE RONDONÓPOLIS MT 2 SUMÁRIO (Arquitetura e Civil) 1 OBJETIVO...3 2 GENERALIDADES...3 SERVIÇOS A

Leia mais

Prefeitura Muncipal de Porto Alegre Escola Municipal Nossa Senhora do Carmo

Prefeitura Muncipal de Porto Alegre Escola Municipal Nossa Senhora do Carmo PORTICO 1. SERVIÇOS INICIAIS 1.1 LOCACAO DE OBRA POR m2 CONSTRUIDO M2 30,67 2,99 91,63 91,63 2. MOVIMENTOS DE TERRA 2.1 ESCAVACAO MANUAL DE VALAS EM MAT.1a CAT.,ATE 2m M3 16,01 22,49 360,02 2.2 ATERRO

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Diretoria Executiva do Fundo Nacional de Assistência Social MEMÓRIA DE CÁLCULO Objeto: Centro de Referência

Leia mais

Prefeitura Municipal de Itambé

Prefeitura Municipal de Itambé MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E AMPLIAÇÃO DA CAPELA MORTUÁRIA CONSIDERAÇÕES INICIAIS Este memorial tem por objetivo descrever de forma clara a reforma e ampliação da capela mortuária. Todos os materiais

Leia mais

unid. 1, Locação da obra: execução de gabarito m² 67, Raspagem e limpeza manual de terreno

unid. 1, Locação da obra: execução de gabarito m² 67, Raspagem e limpeza manual de terreno 1 1.1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas 01520.8.1.1 m² 7,50 1.2 Ligação provisória de água para a obra

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal de Goiás Pró-Reitoria de Administração e Finanças Centro de Gestão do Espaço Físico MEMÓRIA DE CÁLCULO

Serviço Público Federal Universidade Federal de Goiás Pró-Reitoria de Administração e Finanças Centro de Gestão do Espaço Físico MEMÓRIA DE CÁLCULO Serviço Público Federal Universidade Federal de Goiás Pró-Reitoria de Administração e Finanças Centro de Gestão do Espaço Físico MEMÓRIA DE CÁLCULO CANTINA DA REITORIA TÉRMINO DA OBRA UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO Obra - Ampliação do Ginásio de Esporte Proprietária - PREFEITURA MUNICIPAL DE ARATIBA. Local - Rua Itá, Parte da Chácara 61, Aratiba/RS. 1. OBJETIVO O presente memorial

Leia mais

INFORME O NOME DA EMPRESA Orçamento Sintético Global (GLOBAL)

INFORME O NOME DA EMPRESA Orçamento Sintético Global (GLOBAL) CÓDIGO DESCRIÇÃO CLASS UNID. QUANT. 1 Instalação do Canteiro de Obras 01520.8.1.1 ABRIGO PROVISÓRIO de madeira executado na obra para alojamento e depósito de materiais e ferramentas SER.CG M² 7,50 217,91

Leia mais

INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO CENTRO EMPRESARIAL DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO DA INDÚSTRIA ELÉTRICA E ELETRÔNICA

INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO CENTRO EMPRESARIAL DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO DA INDÚSTRIA ELÉTRICA E ELETRÔNICA INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO CENTRO EMPRESARIAL DE DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO DA INDÚSTRIA ELÉTRICA E ELETRÔNICA Propriedade: SENAI Área: 217 mil metros quadrados Jan/2015 Mai/2016 Set/2016 Mai/2016 Mai/2016

Leia mais

Residencial. Mona Lisa CRECI 17429J

Residencial. Mona Lisa CRECI 17429J APARTAMENTO TIPO Planta Apartamento TIPO 1 Dormitórios 45,52 m² área útil privativa + vaga Planta Apartamentos com 2 Dormitórios (2º dormitório reversível) por conta do comprador Schultzer de Camargo Valter

Leia mais

RESIDENCIAL NOVO CAMPECHE

RESIDENCIAL NOVO CAMPECHE RESIDENCIAL NOVO CAMPECHE MEMÓRIA DESCRITIVA RESIDÊNCIA NOVO CAMPECHE 3 Residência unifamiliar, com 158,88 m2 de área construída, 2 pisos, arquitetura contemporânea de alto padrão, implantada em terreno

Leia mais

Posição solar Posição solar Posição solar DESCRIÇÃO AMBIENTE ESPECIFICAÇÃO Alvenaria Geral Alvenarias com dimensões conforme projeto Cobertura Lajes de forro Laje impermeabilizada ou telhado

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETURA. ARQ. Cesar Luiz Basso

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETURA. ARQ. Cesar Luiz Basso MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETURA RESPONSÁVEL: ARQ. Cesar Luiz Basso CAU: A5819-0 OBRA: LOCAL: 6098 NÚCLEO PEDAGÓGICO CAMPUS JORGE AMADO - SUBESTAÇÃO SECUNDÁRIA BR415 Rodovia Itabuna/ Ilhéus - BA 1 CONTROLE

Leia mais

Tapume de chapa de madeira compensada de 10mm

Tapume de chapa de madeira compensada de 10mm PÁGINA 0001 020202 Limpeza do terreno,000000 UNIDADE: M2 ITEM: 0101 MO 1 SERVENTE H 0,250000 2,76 0,6900 36,13 020410 Tapume de chapa de madeira compensada de 10mm LEIS SOCIAIS -> 1,22 63,87 SUB-TOTAL

Leia mais

Questionamento Item da planilha: "Cabo Unipolar (cobre)"favor informar a bitola do cabo. Resposta O CABO UNIPOLAR DE COBRE DEVE SER 35mm²

Questionamento Item da planilha: Cabo Unipolar (cobre)favor informar a bitola do cabo. Resposta O CABO UNIPOLAR DE COBRE DEVE SER 35mm² da empresa Concorrência 007/2009 Item 4.2.37 da planilha: "Luminária tipo calha, de sobrepor, com reator partida rápida e lâmpada fluorescente 4x40w, completa, fornecimento e instalação".esclarecer se

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. - ÁREAS Do terreno ,92 M2 A construir ,08 M2

MEMORIAL DESCRITIVO. - ÁREAS Do terreno ,92 M2 A construir ,08 M2 MEMORIAL DESCRITIVO Objeto: UBS Local: AV. DOS ESTUDANTE Cidade: APARECIDA DO TABOADO - BAIRRO: REDIDENCIAL PRIMAVERA Prop.: PREFEITURA MUNICIPAL DE APARECIDA DO TABOADO/MS - ÁREAS Do terreno... 4.085,92

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE REFORMA DA USF CORNÉLIA DA CONCEIÇÃO BOM SUCESSO

MEMORIAL DESCRITIVO DE REFORMA DA USF CORNÉLIA DA CONCEIÇÃO BOM SUCESSO ANEXO X MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DO USF CORNÉLIA DA CONCEIÇÃO - BOMSUCESSO 1. Histórico A unidade de Saúde Familiar Cornélia da Conceição do Bairro Bom Sucesso atende cerca de 70 usuários por dia, abrangendo

Leia mais

Graus de orçamento. Orçamento preliminar estimar os quantitativos de concreto, aço e fôrma do edifício abaixo:

Graus de orçamento. Orçamento preliminar estimar os quantitativos de concreto, aço e fôrma do edifício abaixo: Graus de orçamento Exercício da aula passada Orçamento preliminar Graus de orçamento Orçamento preliminar estimar os quantitativos de concreto, aço e fôrma do edifício abaixo: Área de 300 m² por pavimento

Leia mais

G O V E R N O F E D E R A L P A Í S R I C O É P A Í S S E M P O B R E Z A QUADRA ESCOLAR 02 CGEST - C Geral de Infraestrutura Educacional PLANTA BAIXA, CORTE A-B e DETALHES EST FORMATO A1 (841 X 594) R.01

Leia mais

ANEXO XIII MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO XIII MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO XIII MEMORIAL DESCRITIVO 1. APRESENTAÇÃO O presente MEMORIAL DESCRITIVO tem por finalidade determinar os detalhes de acabamento, tipo e a qualidade dos materiais a serem utilizados na reforma do

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETURA. ARQ. Cesar Luiz Basso

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETURA. ARQ. Cesar Luiz Basso MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETURA RESPONSÁVEL: ARQ. Cesar Luiz Basso CAU: A5819-0 OBRA: LOCAL: 6098 NÚCLEO PEDAGÓGICO CAMPUS JORGE AMADO - SUBESTAÇÃO PRIMÁRIA BR415 Rodovia Itabuna/ Ilhéus - BA 1 CONTROLE

Leia mais

MEMORIAL DE CÁLCULO. 10201 Demolição de piso cimentado inclusive lastro de concreto 5,58X2,98=16,62 10,73+10,70+19,98=41,41 m² TOTAL=58,03m²

MEMORIAL DE CÁLCULO. 10201 Demolição de piso cimentado inclusive lastro de concreto 5,58X2,98=16,62 10,73+10,70+19,98=41,41 m² TOTAL=58,03m² MEMORIAL DE CÁLCULO 10201 Demolição de piso cimentado inclusive lastro de concreto 5,58X2,98=16,62 10,73+10,70+19,98=41,41 m² TOTAL=58,03m² 10214 Retirada de portas e janelas de madeira, inclusive batentes

Leia mais

RELATÓRIO 1ª MEDIÇÃO

RELATÓRIO 1ª MEDIÇÃO RELATÓRIO 1ª MEDIÇÃO OBRA: EXECUÇÃO DE REFORMA DO FÓRUM TRABALHISTA DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS INSTALAÇÃO DA 5ª VARA DO TRABALHO. CONTRATADA: MANU COMÉRCIO E MONTAGEM INDUSTRIAL LTDA ME Considerando a instituição

Leia mais

Anexo XII - Modelo de Orçamento - Bloco Sanitários

Anexo XII - Modelo de Orçamento - Bloco Sanitários BLOCO SANITÁRIOS 1. Serviços Iniciais 1.1 Demolição prédio de madeira m2 61 33,31 2.031,91 1.2 Limpeza permanente m2 61 3,22 196,36 1.3 Tapume compensado 2,20 m de altura m 34 102,03 3.469,02 1.4 Locação

Leia mais

QUANTITATIVOS, ORÇAMENTO ESTIMATIVO

QUANTITATIVOS, ORÇAMENTO ESTIMATIVO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL QUANTITATIVOS, ORÇAMENTO ESTIMATIVO TC_042 - CONSTRUÇÃO CIVIL IV PROFESSORA: ELAINE SOUZA MARINHO MÉTODOS DE ORÇAMENTO ESTRUTURA ANALÍTICA

Leia mais

Prefeitura Muncipal de Porto Alegre Escola Municipal Vila Dique Nazaré

Prefeitura Muncipal de Porto Alegre Escola Municipal Vila Dique Nazaré BLOCO B 1. SERVIÇOS INICIAIS 1.1 LOCAÇÃO DE OBRA POR m2 CONSTRUÍDO M2 379,65 3,28 1.243,35 1.243,35 2. MOVIMENTOS DE TERRA 2.1 BALDRAME E BLOCOS DE FUNDAÇÃO 2.1.1 ESCAVAÇÃO MANUAL DE VALAS EM MAT.1ª CAT.,ATÉ

Leia mais

AMPLIAÇÃO DA ESF M3 48,83 3,61 176,28 TOTAL DO ITEM , FUNDAÇÃO

AMPLIAÇÃO DA ESF M3 48,83 3,61 176,28 TOTAL DO ITEM , FUNDAÇÃO Obra: Ampliação da E.S.F. TP: Processo: Base : CPOS -164 SINAPI12/2014 FONTE CÓDIGO DESCRIÇÃO UNID. QUANT. VALOR UNIT. TOTAL 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES SINAPI 74209/001 Placa de obra em aço galvanizado

Leia mais

Planilha Orçamentária

Planilha Orçamentária Ministério da Educação Obra: Proinfância - Espaço Educativo Infantil Tipo C BDI adotado Município: Endereço: Planilha Orçamentária ITEM DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. QUANT. PR. UNIT.(R$) VALOR (R$) 1.0

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO BASICO Mogi Mirim

MEMORIAL DESCRITIVO BASICO Mogi Mirim MEMORIAL DESCRITIVO BASICO Mogi Mirim 1- ESTRUTURA E ALVENARIA Adotado sistema de alvenaria estrutural em blocos cerâmicos. 2- COBERTURA E PROTEÇÕES 2.1 COBERTURA Laje e Telha com capitação de água e descida

Leia mais

7.1 Orçamento e orçamentação

7.1 Orçamento e orçamentação O que é de obras? Orçamento é uma previsão (ou estimativa) do custo ou do de uma obra. Disciplina: Planejamento e Controle de Obras Aula 07 Orçamento de obras Professora: Engª Civil Moema Castro, MSc.

Leia mais

8 8/14. Nível 1 9 9/14 1 : 100 1/14

8 8/14. Nível 1 9 9/14 1 : 100 1/14 1 2 3 4 A B 8 8/14 C 9 9/14 D 1 1/14 1 2 3 4 A B 8 8/14 C 9 9/14 D 2 2/14 1 2 3 4 A B 8 8/14 C 9 9/14 D 3 Cobertura 3/14 1 2 3 4 A B C D 4 Fundação 4/14 1 2 3 4 Cobertura 8.00 4.00 5 Elevação Frontal 0.00

Leia mais

PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS

PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS P.UNIT.S/ P.UNIT.C/ ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID QUANT ITEM S/ BDI ITEM C/BDI BDI BDI 1 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 Terreno 1.1.1 Limpeza do terreno m2 24,99 1.1.2 Locação da obra m2 24,99 1.2 Ligações provisórias

Leia mais

ANEXO À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 032/09 PROCESSO DE COMPRA Nº 107/09 Campinas SGVO Eng, Constr. e Empreend. Imob. Ltda

ANEXO À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 032/09 PROCESSO DE COMPRA Nº 107/09 Campinas SGVO Eng, Constr. e Empreend. Imob. Ltda ANEXO À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 032/09 PROCESSO DE COMPRA Nº 107/09 Campinas SGVO Eng, Constr. e Empreend. Imob. Ltda CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE QUANT. PREÇO(R$) PREÇO TOTAL (R$) 1 Requisitos gerais

Leia mais

ETAPAS DE UMA OBRA. Professora: Mayara Custódio Fonte:

ETAPAS DE UMA OBRA. Professora: Mayara Custódio Fonte: ETAPAS DE UMA OBRA Professora: Mayara Custódio Fonte: www.obraviva.com.br Site desenvolvido por uma família de Conselheiro Lafaiete (MG), com o intuito de explicar detalhadamente as etapas da construção

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS PRELIMINARES

MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS PRELIMINARES MEMORIAL DESCRITIVO Data: 02/10/2012 Estabelecimento: PSFS: 01,02,03,04,06,07,08, LABORATÓRIO MUNICIPAL E SECRETÁRIA DE SAÚDE. Endereço: Diversas Ruas Diversos Bairros Jaciara - MT Objetivo: Ampliação

Leia mais

FQ-01. Fechamento para quadra de esportes. Componentes. Código de listagem. Atenção. Revisão Data Página 1/5 7 18/09/09

FQ-01. Fechamento para quadra de esportes. Componentes. Código de listagem. Atenção. Revisão Data Página 1/5 7 18/09/09 1/5 2/5 3/5 4/5 DESCRIÇÃO Constituintes Fundação em baldrame sobre brocas ou sapatas corridas, conforme as condições do terreno e de acordo com especificação de projeto. Impermeabilização rígida, tipo

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE VENÂNCIO AIRES SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE VENÂNCIO AIRES SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REFORMA E AMPLIAÇÃO EMEI ARCO ÍRIS BAIRRO AVIAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO 1 MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E AMPLIAÇÃO EMEI ARCO ÍRIS 1. OBJETIVO: A presente especificação tem por objetivo estabelecer os critérios

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO PROPRIETÁRIO: Município de Três Arroios OBRA: Pavilhão em concreto armado, coberto com estrutura metálica, destinado a Ginásio de Esportes (1ª etapa) LOCAL: Parte do lote

Leia mais

OBRA CAIXA ECÔNOMICA GOLDEN RESIDENCE

OBRA CAIXA ECÔNOMICA GOLDEN RESIDENCE MEMORIAL DESCRITIVO 1 DADOS INICIAIS: 1.1 ENDEREÇO: Rua Raul Cardoso nº. 110/122 Bairro Fazendinha Campos dos Goytacazes RJ. 1.2 PRÉDIO MULTIFAMILIAR COMPOSTO DE: 1.2.1 TÉRREO Portaria, (01) um elevador,

Leia mais

Janeiro 2017 Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado

Janeiro 2017 Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Janeiro 2017 Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 Contratação Mestre de obra; 1 Montagem da equipe;

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 3 PELOTÃO/ 2 CIA DO 5º BATALHÃO DO CBMMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADA DO SAMU - 192

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 3 PELOTÃO/ 2 CIA DO 5º BATALHÃO DO CBMMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADA DO SAMU - 192 MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 3 PELOTÃO/ 2 CIA DO 5º BATALHÃO DO CBMMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADA DO SAMU - 192 CONSIDERAÇÕES GERAIS O presente memorial tem por objetivo especificar

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO. Local: Jardim Zaira - Mauá. 1. Concepção estrutural. 2. Materiais. Obra: Tipologia Habitacional para Encostas. Data: Junho de 2014

RELATÓRIO TÉCNICO. Local: Jardim Zaira - Mauá. 1. Concepção estrutural. 2. Materiais. Obra: Tipologia Habitacional para Encostas. Data: Junho de 2014 RELATÓRIO TÉCNICO Obra: Tipologia Habitacional para Encostas Local: Jardim Zaira - Mauá Data: Junho de 2014 1. Concepção estrutural A estrutura dos edifícios foi concebida em alvenaria estrutural não armada.

Leia mais

Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO

Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS 1.1 Projeto Será um edifício residencial contendo subsolo, térreo, mezanino, 13 pavimentos tipo com 04 (quatro) apartamentos

Leia mais

CONSUMO DE MATERIAIS Exercício IV

CONSUMO DE MATERIAIS Exercício IV CONSUMO DE MATERIAIS Exercício IV Prof. Marco Pádua Exercício: Calcular o consumo de materiais considerando uma concretagem em conjunto com uma alvenaria de blocos de concreto. profmarcopadua.net------------------------------------------exercício

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Índice Serviços Gerais...Pág Preparação do terreno...pág Fundações...Pág Estrutura...Pág.

MEMORIAL DESCRITIVO. Índice Serviços Gerais...Pág Preparação do terreno...pág Fundações...Pág Estrutura...Pág. RESIDENCIAL STUDIO GLORENZA Rua Tenente Ari Rauen Centro - Criciúma/SC. MEMORIAL DESCRITIVO Índice 01 - Serviços Gerais...Pág. 02 02 - Preparação do terreno...pág. 02 03 - Fundações...Pág. 02 04 - Estrutura...Pág.

Leia mais

ALVENARIA ESTRUTURAL SERVIÇOS

ALVENARIA ESTRUTURAL SERVIÇOS Alvenaria Ministério Estruturalda Educação Universidade Federal do Paraná Setor de Tecnologia Marcação da Alvenaria: Construção Civil II ( TC-025) Verificação do esquadro e nível do pavimento; Traçado

Leia mais

execução Caixote de massa em madeira A madeira absorve a água da argamassa o que diminui a trabalhabilidade da argamassa.

execução Caixote de massa em madeira A madeira absorve a água da argamassa o que diminui a trabalhabilidade da argamassa. execução Caixote de massa em madeira A madeira absorve a água da argamassa o que diminui a trabalhabilidade da argamassa. Para melhorar a fluidez da argamassa o pedreiro adiciona água, o que modifica todas

Leia mais

LOTEAMENTO RESIDENCIAL RESERVA CAMPO BELO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS HABITAÇÕES Residência PNE em alvenaria

LOTEAMENTO RESIDENCIAL RESERVA CAMPO BELO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS HABITAÇÕES Residência PNE em alvenaria LOTEAMENTO RESIDENCIAL RESERVA CAMPO BELO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS HABITAÇÕES Residência PNE em alvenaria 1. INFRA-ESTRUTURA 1.1. TRABALHOS EM TERRA O terreno será submetido à limpeza, nivelamento e

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO Unidade Básica de Saúde de Santa Tereza

MEMORIAL DESCRITIVO Unidade Básica de Saúde de Santa Tereza MEMORIAL DESCRITIVO Unidade Básica de Saúde de Santa Tereza OBJETIVO: O presente memorial descritivo destina-se a estabelecer as etapas necessárias, juntamente com sua descrição, para contratação de mão

Leia mais

TOTAL DO ITEM 1 4.326,42

TOTAL DO ITEM 1 4.326,42 OBRA - CONSTRUÇÃO DE 40 BLOCOS RESIDENCIAIS PAGINA: 1 / 10 1 SERVIÇOS PRELIMINARES (Habitacao) 1.1 Locação da obra sem instrumento topográfico, considerada a projeção horizontal da área envolvente 349,19

Leia mais

Cobertura. Figura 15 - Alvenaria, verga e contraverga. Fonte: Acervo do autor.

Cobertura. Figura 15 - Alvenaria, verga e contraverga. Fonte: Acervo do autor. 23 Figura 15 - Alvenaria, verga e contraverga. Fonte: Acervo do autor. 4.1.10. Cobertura Após a cura da laje, foi executada a torre da caixa d água e a cobertura. A madeira utilizada para a estrutura da

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE IJACI Legislatura 2009/2012

CÂMARA MUNICIPAL DE IJACI Legislatura 2009/2012 ANEXO II TOMADA DE PREÇO Nº 001/2010 MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES DE SERVIÇOS Considerações gerais: Destina se o presente Memorial Descritivo e as Especificações Técnicas constantes no mesmo prestar

Leia mais

Planilha de Orçamento - GLOBAL Obra: 091107 - CONSTRUÇÃO NOVA SUBESTAÇÃO 300kVA Endereço: Av. Ildefonso simões Lopes, 2791

Planilha de Orçamento - GLOBAL Obra: 091107 - CONSTRUÇÃO NOVA SUBESTAÇÃO 300kVA Endereço: Av. Ildefonso simões Lopes, 2791 Página 1 de 5 1. PROJETOS 1. 3. APROVAÇÃO DE PROJETO EM ORGÃO PUBLICO 1. 3. 4. PROJETO ELÉTRICO (subestação).1 APROVAÇÃO DE PROJETO NA CONCESSIONÁRIA LOCAL 1,00 UN 1.800,00 1.800,00 200,00 200,00 2.000,00

Leia mais

Alvenaria de Vedação. Tecnologia das Construções Profª Bárbara Silvéria

Alvenaria de Vedação. Tecnologia das Construções Profª Bárbara Silvéria Alvenaria de Vedação Tecnologia das Construções Profª Bárbara Silvéria Considerações Gerais Alvenaria, pelo dicionário da língua portuguesa, é a arte ou ofício de pedreiro ou alvanel, ou ainda, obra composta

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. OBRA : GALPÃO DE GRÃOS LOCAL: MONTE ALEGRE RIO NOVO DO SUL ES DATA: 10 de Maio de CONSIDERAÇÕES INICIAIS:

MEMORIAL DESCRITIVO. OBRA : GALPÃO DE GRÃOS LOCAL: MONTE ALEGRE RIO NOVO DO SUL ES DATA: 10 de Maio de CONSIDERAÇÕES INICIAIS: 1 MEMORIAL DESCRITIVO OBRA : GALPÃO DE GRÃOS LOCAL: MONTE ALEGRE RIO NOVO DO SUL ES DATA: 10 de Maio de 2016 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS: Trata-se do projeto de construção do galpão de grãos, no distrito

Leia mais

FLEX. 1.2 INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS Será implantado canteiro de obras dimensionado de acordo com o porte e as necessidades da obra.

FLEX. 1.2 INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS Será implantado canteiro de obras dimensionado de acordo com o porte e as necessidades da obra. MEMORIAL DESCRITIVO 1 HABITAÇÃO 1 EQUIPAMENTO COMUNITÁRIO IDENTIFICAÇÃO: Proponente : Favoritto Incorporações SPE LTDA. Construtora : Magis Incorporações e Participações Ltda. Empreendimento : Residencial

Leia mais

MEMORIAL DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MEMORIAL DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MEMORIAL DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS FINALIDADE: REFORMA DO POSTO DE SAÚDE BOM JARDIM DO SUL MUNICIPAL LOCAL: MUNICÍPIO DE IVAÍ NOVEMBRO DE 2013 AUTOR: ENGENHEIRO JEFFERSON DE PAULA SUMÁRIO MEMORIAL DE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO Obra: Reforma Posto de Saúde Buriti Endereço: Buriti Local: Santo Ângelo RS. MEMORIAL DESCRITIVO Generalidades: Este memorial tem por finalidade descrever os materiais

Leia mais

TRE-SC 2º Aditivo Contratual - DR Engenharia Ltda. Data: 10/03/2010

TRE-SC 2º Aditivo Contratual - DR Engenharia Ltda. Data: 10/03/2010 TRE-SC 2º Aditivo Contratual - DR Engenharia Ltda. Data: 10/03/2010 OBRA : ORÇAMENTO : LOCAL : Reforma e Ampliação do Pátio Interno TAXAS: BDI + ADM = 30,00% SÃO JOSÉ - reforma e ampliação - final Av.

Leia mais

Memorial descritivo. PROJETO: Reforma e ampliação do ESF Cancelão/Agrofil LOCAL: Pólo Madeireiro - 4ª Distrito de Piratini/RS

Memorial descritivo. PROJETO: Reforma e ampliação do ESF Cancelão/Agrofil LOCAL: Pólo Madeireiro - 4ª Distrito de Piratini/RS Memorial descritivo PROJETO: Reforma e ampliação do ESF Cancelão/Agrofil LOCAL: Pólo Madeireiro - 4ª Distrito de Piratini/RS O Projeto Ampliação em um pavimento com 64,57 m² de área de construção, a ser

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Índice Serviços Gerais...Pág Preparação do terreno...pág Fundações...Pág Estrutura...Pág.

MEMORIAL DESCRITIVO. Índice Serviços Gerais...Pág Preparação do terreno...pág Fundações...Pág Estrutura...Pág. RESIDENCIAL BENEVENTO Rodovia SC 443 Vila Rica - Criciúma/SC. MEMORIAL DESCRITIVO Índice 01 - Serviços Gerais...Pág. 02 02 - Preparação do terreno...pág. 02 03 - Fundações...Pág. 02 04 - Estrutura...Pág.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA I - IDENTIFICAÇÃO DA OBRA E DO PROPRIETÁRIO: PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE CÂNDIDO DE ABREU -

MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA I - IDENTIFICAÇÃO DA OBRA E DO PROPRIETÁRIO: PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE CÂNDIDO DE ABREU - MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA I - IDENTIFICAÇÃO DA OBRA E DO PROPRIETÁRIO: PR PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE CÂNDIDO DE ABREU - OBRA: Pista de Skate ENDEREÇO: Centro da Criança e do Adolescente TIPO:

Leia mais