Voith Turbo. Turboacoplamentos com enchimento constante

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Voith Turbo. Turboacoplamentos com enchimento constante"

Transcrição

1 Voith urbo urboacoplamentos com enchimento constante

2 Voith A nossa empresa A Voith é a parceira de confiança da indústria de base. Estabelecemos os padrões industriais nos mercados de papel, energia, mobilidade e de serviços. Com um faturamento de mais de 3,5 bilhões de euros e mais de colaboradores em mais de 200 filiais em todo o mundo, a Voith é uma das grandes empresas familiares da Europa. Papel Energia Mobilidade Serviços Mercados Nós definimos o futuro Com nossos equipamentos, componentes e serviços, contribuímos substancialmente para o sucesso de nos-sos clientes. A demanda mundial por papel, energia, mobilidade e por serviços, continuará crescendo nos próximos anos. Acompanharemos o desenvolvimento destes mercados do futuro, e neles estaremos atuando. Através de suas idéias e de seus desenvolvimentos, as pessoas da Voith sempre escreveram a histria tecnológica. Hoje, nossos produtos são padrões mundiais. Nossos engenheiros continuarão a atuar no desenvolvimento de nossos mercados. Em benefício de nossos clientes e em prol do sucesso contínuo da nossa empresa. Clientes O foco das nossas ações são as necessidades dos nossos clientes. Com confiabilidade, solidez e arte em engenharia, queremos ser um parceiro dos nossos clientes durante muitos anos. Atravessando gerações.

3 urboacoplamentos Voith x comprovados Como especialista em tarefas que requerem elevada confiabilidade na tecnologia de acionamento, a Voith urbo mantém-se constantemente atualizada com as crescentes exigências das aplicações práticas e conquista seus clientes com soluções inovadoras. Os turboacoplamentos Voith com enchimento constante são utilizados em conjunto com motores elétricos nos mais variados campos de aplicação. Em particular quando são necessárias exigências bastante severas, economia e confiabilidade dos acionamentos. O urboacoplamento Voith com as inerentes vantagens hidrodinâmicas tem comprovado sua eficiência em milhões de aplicações em todo o mundo: Aceleração suave de grandes inércias Possibilidade de utilização de motores de indução com rotores em curto com preço acessível Partida do motor e aceleração sem carga Superdimensionamento do motor desnecessário Limitação do torque na partida Amortecimento efetivo de choques e vibrações Proteção contra sobrecargas para o motor e a máquina Equalização da carga para acionamentos multimotores 3

4 Campos de aplicação: Movimentação de materiais ransportadores de correia Rodas de caçambas ransportadores de corrente Empilhadeiras Retomadoras Carregadores portuários Máquinas de processamento de minérios Britadores Shredder Moinhos Mineração Mineração a céu aberto e subterrânea ransportadores de corrente e transportadores de corrente com cobertura ransportadores de correia ransportador alimentador Escavadeiras de rodas de caçambas Bombas Britadores Moinhos Indústria química Centrífugas Bombas Ventiladores Misturadores 4

5 A idéias de Föttinger Construção e funcionamento O urboacoplamento Voith é um acoplamento hidrodinâmico que opera de acordo com o princípio de Föttinger. Seus componentes principais são constituídos de dois rotores de pás o rotor da bomba e o rotor da turbina assim como uma carcaça envolvente. Os dois rotores estão montados relativamente um ao outro. A transferência da força ocorre com um mínimo de desgaste, uma vez que não há nenhum contato mecânico entre as peças que transmitem a força. O acoplamento operar com um volume constante de fluido de trabalho, em geral óleo mineral. Acoplamentos que utilizam água como fluido operacional podem ser obtidos mediante consulta. O torque transmitido pelo motor de entrada é convertido em energia cinética no fluido operacional dentro do rotor bombas ligado a este. No rotor da turbina, esta energia hidrodinâmica é novamente reconvertida em energia mecânica. Para as funções do acoplamento, podemos descrever três condições de operação: Estacionário Partida Modo de funcionamento nominal Estacionário odo o fluido de trabalho repousa estático no acoplamento. Partida No circuito operacional do acoplamento, o fluido é acelerado com aumento da rotação do rotor da bomba. O fluxo de circulação, assim desenvolvido, incide sobre o rotor da turbina e, assim, a coloca em movimento. A curva do torque é determinada pela curva característica do acoplamento e uma disposição adequada das câmaras de compensação (câmara de retardo, carcaça da câmara anelar) influencia a característica de partida. Modo de funcionamento nominal Devido à pequena diferença de rotação entre o rotor da bomba e o rotor da turbina (a assim chamada escorregamento nominal) desenvolve-se uma condição de fluxo estacionário no acoplamento. É transmitido ainda apenas o torque solicitado pela máquina de trabalho. 5

6 Para cada acionamento o acoplamento adequado Os fatores fundamentais para o dimensionamento de um acoplamento são a potência e a rotação do motor de acionamento. endo como base a potência nominal e a rotação do acionamento, podemos determinar o tamanho correspondente do acoplamento no gráfico de potência ao lado. Dentro da faixa de potência correspondente, o acoplamento é adequado ao acionamento correspondente pela variação da carga de óleo. Diferentes condições de aplicação requerem diferentes comportamentos de partida (curva característica) do acoplamento. Importantes de critérios neste sentido, dizem respeito ao momento de inércia, a limitação da rotação e a freqüência de partidas da instalação. Potência de acionamento P 1 [HP] ,5 11 7,5 5, ,2 1,5 1,1 0, D D 206 D D Potência de acionamento P 1 [HP] Exemplo: Potência de acionamento: kw Rotação de acionamento: 1500 rpm amanho do acionamento: 422 0, Rotação de acionamento n 1 [rpm] ,5 M/M N 2 orque Curva característica 1 0 Aceleração do motor M K M M M/M N 2 orque 1,6 1,4 1 Aceleração Máquina de trabalho M K Rotação do motor Rotação da máquina empo 5 s 40 s M/M N orque M M orque empo de resposta M K M L = const. J = const. M L Na tabela ao lado, diferentes tipos de comportamento de partida podem ser comprados. ipo ipo V ipo VV ipo VVS M M : orque do motor M L : orque da carga M K : orque do acoplamento M N : orque nominal J: Momento de inércia 6

7 O tipo básico urboacoplamento tipo e D ød1 I2 ød2 ød L A amanho ipo A D L d 1 máx. d 2 máx. l 2 máx. peso 1) ipo [mm] [kg] D D , D ipo D D ) inclusive com conexão elástica e carga máxima de óleo. O acoplamento tipo é uma exe- missão. Para compensar pequenos O acoplamento tipo D tem dois cução básica de acoplamento com desalinhamentos de montagem, ele circuitos de trabalho coaciais que enchimento constante, constituído é conectado com o eixo do motor atuam em paralelo. O circuito duplo pelo rotor da bomba, rotor da tur- através de uma conexão elástica. resulta na duplicação da trans- bina e carcaça. Com base neste O uso deste tipo de acoplamento é missão de potência com mesmo modelo, originou-se o subseqüente recomendado quando se faz neces- tamanho do acoplamento. programa de tipos, mediante a sário um amortecimento das vibra- incorporação de componentes ções e proteções contra sobrecarga Campos de aplicação: adicionais. para o motor e máquina acionada; Rodas de caçambas Normalmente, o turboacoplamento também podem ser aplicados em ransportadores de canecas está montado no eixo da máquina acionamentos mais simples na Misturadores e agitadores a ser acionada ou no eixo da trans- faixa de baixas potências. 7

8 Partida mais suave urboacoplamento tipo V e VV L A ød 1 l 2 ød 2 D L A amanho ipo A D L d 1 máx. d 2 máx. l 2 máx. peso 1) ipo V ipo VV V VV DV V VV V VV V VV V VV V VV V VV V VV V VV V VV [mm] [kg] ) incluindo conexão elástica e carga máxima de óleo. A versão V se caracteriza por uma câmara de retardo esvazia-se para Em determinados casos, o funcio- "câmara de retardo" que está fla- a câmara de trabalho em função do namento da câmara de retardo geada à roda externa do acopla- tempo de modo que o torque total pode ser adicionalmente melhorada mento. Em repouso, uma proporção seja transmitido. por meio de válvulas centrífugas do fluido operacional fica disposto Se necessário para casos especiais (tipo VF) ou através do reenchi- nesta câmara. Reduzindo assim de aplicação, o torque de partida do mento hidrodinâmico (ipo VY). o volume na câmara de trabalho. acoplamento pode ser ainda mais Assim, na partida do motor, um reduzido mediante à instalação de Campos de aplicação: torque reduzido é transmitido simul- uma câmara de retardo maior (tipo ransportadores de correia taneamente, oferecendo uma par- VV) obtendo-se assim uma acele- Centrífugas, decantadores tida sem carga ao motor. Após a ração ainda mais suave da Moinho de tubo aceleração do motor, o conteúdo da máquina. Máquinas de grande inércia 8

9 O inovador urboacoplamento tipo VVS ød 1 l 2 ød 2 D L A amanho ipo A D L d 1 máx. d 2 máx. l 2 máx. peso 1) [mm] [kg] ipo VVS 422 VVS VVS VVS VVS VVS VVS ) Peso com conexão elástica e carga máxima de óleo. O modelo VVS é mais um desen- balho de um acoplamento VVS Este novo conceito de acoplamento volvimento Voith, somando-se à fica consideravelmente reduzida, foi concebido especialmente para o câmara de retardo estendida a uma resultando em uma redução do acionamento de transportadores de câmara anular auxiliar. torque transmitido durante a partida correias. Em virtude do crescimento Durante as primeiras rotações nos do motor. O aumento do torque gradual do torque, uma automática procedimentos de partida, devido à ocorre em função do tempo por adaptação das condições da carga força centrífuga, a câmara acumu- esvaziamento da câmara de retardo da correia é obtida. ladora externa é completamente para dentro da câmara de retardo. preenchida pelo fluido de operação Os eventos de partida podem ser Campos de aplicação: existente no circuito de trabalho. adequados às necessidades da ransportadores de correia Em comparação com acoplamentos aplicação, por meio do ajuste dos máquinas com grande inércia sem a câmara anular, a quantidade diâmetros dos giclês. de óleo existente na câmara de tra- 9

10 Para acionamentos com correias urboacoplamentos tipo RI e VRI A B ød t ød D A amanho ipo A D B máx. d t min. d máx. peso 1) ipo RI 206 RI [mm] [kg] DRI RI VRI DRI DVRI RI VRI RI VRI RI VRI ipo VRI RI VRI RI VRI ) peso com conexão de ligação e máx. enchimento de óleo. A polia para correia em V ou plana que é flangeada na tampa do mancal permite a obtenção de variadas rela de transmissão. Se necessário, a polia da correia pode ser facilmente substituída. Os turboacoplamentos RI e VRI são montados em balanço no eixo do motor ou no eixo da máquina. As forças na correia são suportadas por um mancal na tampa do mancal no cubo do acoplamento. O tipo RI encontra sua aplicação como auxiliar de partida e proteção contra sobrecarga. Já o tipo VRI com a câmara de retardo adicional é usado quando uma partida especialmente suave é necessária. Campos de aplicação: Centrífugas, decantadores Ventiladores Misturadores Britadores 10

11 Dispositivos de monitoração e acessórios MS Dispositivo comutador mecânico-térmico BS dispositivo comutador térmico sem contato Para proteção contra superaquecimento, o acoplamento vem equipado com bujões fusíveis. Para evitar a perda de fluido de trabalho em caso de uma sobrecarga térmica, pode ser adicionalmente instalado um dispositivo comutador MS. Ao ser atingida a temperatura de resposta, o elemento comutador libera um pino que atua um interruptor. Dependendo do tipo, o impulso de comutação pode ser utilizado para um sinal de alarme ou para desligar o motor. Depois de sua atuação, o elemento comutador precisa ser substituído. A monitoração da temperatura do acoplamento é feita sem contato físico. Após a atuação do dispositivo comutador, não é necessário substituir o elemento comutador. Este dispositivo estará novamente pronto para utilização após o esfriamento do acoplamento. O sinal de comutação pode ser utilizado para um sinal de alarme ou para desligar o motor. Dispositivo de montagem e de extração Parafuso visor Necessário para montagem ou desmontagem correta dos acoplamentos. Além do dispositivo mecânico de montagem e extração está disponível um extrator hidráulico. Mediante a instalação de um parafuso visor de nível do óleo no rotor externo, a carga de óleo pode ser facilmente verificada sem abertura do acoplamento. 11

12 Para aplicações especiais Modelos adicionais Para satisfazer as diferentes condições e exigências práticas de operação, os nossos engenheiros e técnicos desenvolveram modelos adicionais de acoplamentos de enchimento constante. urboacoplamento com conexão muilti-disco (GPK) urboacoplamento com eixo maciço e flange de acoplamento primário urboacoplamento com flange de freio As concepções de motor e transmissão estão cada vez mais compactos com mesma performance. Isto também faz com que o eixo do motor e da transmissão tenham diâmetros cada vez menores e, conseqüentemente, menores capacidades de carga. O peso do turboacoplamento é uniformemente distribuído no eixo de acionamento e no eixo acionado por meio de duas conexões de discos. As cargas reduzidas em eixos e mancais de rolamentos contribuem significativamente para aumentar a vida dos rolamentos. O acoplamento é montado rigidamente no eixo do motor por meio de um flange de acoplamento primário. O peso do acoplamento é assim suportado pelo eixo do motor e a carga no eixo acionado é aliviada. Uma conexão elástica deve ser instalada entre o eixo maciço no lado de acionamento e o eixo da transmissão. Com uso de uma conexão flexível especialmente desenvolvida, é possível instalar e remover o acoplamento sem deslocar o motor e a transmissão. Para aplicações com sistemas de frenagem, o turboacoplamento pode ser equipado com um flange adicional de freio, no qual pode ser montado um tambor ou um disco de freio. 12

13 Acoplamento para polias sem tampa de mancal tipo RI/VRI urboacoplamento com polia montada em balanço tipo R urboacoplamento para o elemento de trabalho água tipo WV... Estes modelos são adequados particularmente para polias com pequenos diâmetros. A polia com mancal integrado é flangeada diretamente na carcaça do acoplamento. Substituição da polia, tem como sugestão de ser efetuada somente pela Voith. Nesta execução simplificada de acoplamento para polias, a polia é montada em balanço na carcaça do acoplamento - versão se, suporte. O turboacoplamento R é uma solução de baixo custo na faixa de cargas pequenas. urboacoplamentos Voith projetados para operar com água como fluido operacional podem ser aplicados nos seguintes casos: em locais em que o óleo é proibido por questões de segurança ou ambientais. Especialmente na extração de carvão, os acoplamentos com água são os preferidos. Uma elevada capacidade de transmissão de potência está assegurada também para este elemento de trabalho. 13

14 Voith urbo GmbH & Co. KG Start-up Components Voithstr Crailsheim, GERMANY el Fax Cr 128 pt aik/wa Dimensões e figuras livres. Reservados os direitos de alterações. (Para melhor visualizar, as coberturas de proteção necessárias foram parcialmente removidas das figuras.)

Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para

Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para rolamentos, acoplamentos hidrodinâmicos e flexíveis, e hidrovariadores de velocidade, produtos destinados a atender os mais

Leia mais

Atuando desde 1981 a Henfel fabrica caixas para rolamentos, acoplamentos hidrodinâmicos

Atuando desde 1981 a Henfel fabrica caixas para rolamentos, acoplamentos hidrodinâmicos Atuando desde 1981 a Henfel fabrica caixas para rolamentos, acoplamentos hidrodinâmicos e flexíveis e hidrovariadores de velocidade, produtos destinados a atender os mais variados sistemas de movimentação

Leia mais

w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR

w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR CH-0509-BR Introdução Fundada em 1981, a HENFEL Indústria Metalúrgica Ltda. é uma tradicional empresa do setor mecânico / metalúrgico, fornecedora de Caixas

Leia mais

PINOFLEX-NP 2009/01 ACOPLAMENTO HIDRODINÂMICO CONTRA-RECUOS DENFLEX - NVD DISCFLEX EMBREAGENS INDUSTRIAIS FLEXOMAX G FLEXOMAX GBN FLEXOMAX GSN

PINOFLEX-NP 2009/01 ACOPLAMENTO HIDRODINÂMICO CONTRA-RECUOS DENFLEX - NVD DISCFLEX EMBREAGENS INDUSTRIAIS FLEXOMAX G FLEXOMAX GBN FLEXOMAX GSN ACOPLAMENTO HIDRODINÂMICO CONTRARECUOS DENFLEX NVD DISCFLEX EMBREAGENS INDUSTRIAIS FLEXOMAX G FLEXOMAX GBN FLEXOMAX GSN PINOFLEXNP SPEFLEX N VULBRAFLEX VB VULKARDAN E VULMEX 2009/01 GENERALIDADES Os acoplamentos

Leia mais

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET CONJUNTOS DE FACAS WINDJET CONJUNTO DE FACAS WINDJET SOPRADORES CONJUNTOS DE FACAS WINDJET SUMÁRIO Página Visão geral dos pacotes de facas de ar Windjet 4 Soprador Regenerativo 4 Facas de ar Windjet 4

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS BRITADOR IMPACTO DE EIXO VERTICAL (VSI) ZL EQUIPAMENTOS. 1. DESCRIÇÃO. Os Britadores de eixo vertical VSI, projetado pela ZL Equipamentos, são confeccionados aqui no Brasil, ou

Leia mais

Sistemas de Força Motriz

Sistemas de Força Motriz Sistemas de Força Motriz Introdução; Os Dados de Placa; Rendimentos e Perdas; Motor de Alto Rendimento; Partidas de Motores; Técnicas de Variação de Velocidade; Exemplos; Dicas CONSUMO DE ENERGIA POR RAMO

Leia mais

Acoplamento. Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, Conceito. Classificação

Acoplamento. Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, Conceito. Classificação A U A UL LA Acoplamento Introdução Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, percebeu um estranho ruído na roda. Preocupada, procurou um mecânico. Ao analisar o problema, o mecânico concluiu que

Leia mais

V6 Características. A função de compensação de escorregamento permite uma operação estável mesmo com flutação de carga.

V6 Características. A função de compensação de escorregamento permite uma operação estável mesmo com flutação de carga. IBD# D-F-2-H-KSN-BR V6 Características Alta Performance [Alto torque de partida com 150% ou mais] Com um sistema simplificado de controle vetorial e função de controle de torque automático oferece uma

Leia mais

4 pólos (n = 1800 rpm) 8 pólos (n = 900 rpm) 1,5 2,2 3,0 3,7 4,4 5,5 7,5 9,2 11,0 15,0 18,5 22,0 30,0 37,0 45,0 55,0 75,0 92,0 110,0

4 pólos (n = 1800 rpm) 8 pólos (n = 900 rpm) 1,5 2,2 3,0 3,7 4,4 5,5 7,5 9,2 11,0 15,0 18,5 22,0 30,0 37,0 45,0 55,0 75,0 92,0 110,0 VULBRAFLEX VB GENERALIDADES O VULBRAFLEX é um acoplamento flexível e torcionalmente elástico. Sua flexibilidade permite desalinhamentos radiais, axiais e angulares entre os eixos acoplados e ainda, sendo

Leia mais

Eletrônicos PAE. Componente Curricular: Práticas de Acionamentos. 5.ª Prática Inversor de Frequência Vetorial da WEG CFW-08

Eletrônicos PAE. Componente Curricular: Práticas de Acionamentos. 5.ª Prática Inversor de Frequência Vetorial da WEG CFW-08 1 Componente Curricular: Práticas de Acionamentos Eletrônicos PAE 5.ª Prática Inversor de Frequência Vetorial da WEG CFW-08 OBJETIVO: 1) Efetuar a programação por meio de comandos de parametrização para

Leia mais

Motor de Indução de Corrente Alternada

Motor de Indução de Corrente Alternada Notas Técnicas Motores NT-1 Motor de Indução de Corrente Alternada Introdução O motor de indução ou assíncrono de corrente alternada tem sido o motor preferido da indústria desde o principio do uso da

Leia mais

Megabloc Manual Técnico

Megabloc Manual Técnico Bomba Padronizada Monobloco Manual Técnico Ficha técnica Manual Técnico Todos os direitos reservados. Os conteúdos não podem ser divulgados, reproduzidos, editados nem transmitidos a terceiros sem autorização

Leia mais

Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1

Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1 Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1 Partidas para motores SIRIUS 3RM1 Multifuncionais e com apenas 22,5 mm de largura siemens.com/motorstarter/3rm1 Answers for industry. Acionamento de motores

Leia mais

Linha Industrial. Soluções Rexnord ÍNDICE. Soluções em Acoplamentos. Acoplamentos Omega Acoplamentos Omega HSU. Correntes de Engenharia

Linha Industrial. Soluções Rexnord ÍNDICE. Soluções em Acoplamentos. Acoplamentos Omega Acoplamentos Omega HSU. Correntes de Engenharia www.rexnord.com.br vendassl@rexnord.com.br Soluções Rexnord Linha Industrial ÍNDICE Soluções em Acoplamentos Acoplamentos Omega Acoplamentos Omega HSU Correntes de Engenharia Pronto atendimento Rexnord:

Leia mais

VENTILADORES. Aspectos gerais. Detalhes construtivos. Ventiladores

VENTILADORES. Aspectos gerais. Detalhes construtivos. Ventiladores VENTILADORES Aspectos gerais As unidades de ventilação modelo BBS, com ventiladores centrífugos de pás curvadas para frente, e BBL, com ventiladores centrífugos de pás curvadas para trás, são fruto de

Leia mais

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Redutores industriais DRIVESYSTEMS. Sistema modular para maior flexibilidade

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Redutores industriais DRIVESYSTEMS. Sistema modular para maior flexibilidade Intelligent Drivesystems, Worldwide Services BR PT Sistema modular para maior flexibilidade NORD Intelligent Drivesystems, Worldwide Services As vantagens dos redutores industriais NORD n Maior precisão

Leia mais

RET Relatório Técnico de Encerramento Título do Teste TESTE DE HIDROVARIADOR DE VELOCIDADE HENFEL MODELO HFPM2500

RET Relatório Técnico de Encerramento Título do Teste TESTE DE HIDROVARIADOR DE VELOCIDADE HENFEL MODELO HFPM2500 RET Relatório Técnico de Encerramento Título do Teste TESTE DE HIDROVARIADOR DE VELOCIDADE HENFEL MODELO HFPM2500 APLICADO EM ACIONAMENTO DE TRANSPORTADORES DE CORREIA TMPM SÃO LUÍS - MA SAT 1260 Localidade,

Leia mais

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Industrial Madeireira ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 Dr. Alan Sulato de Andrade alansulato@ufpr.br INTRODUÇÃO: Nem sempre as unidades geradoras

Leia mais

Série: FBME MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA MULTIESTÁGIO FBME. Aplicação

Série: FBME MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA MULTIESTÁGIO FBME. Aplicação MANUAL TÉCNICO Série: FBME Aplicação Desenvolvida para trabalhar com líquidos limpos ou turvos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas, papel, polpa, siderúrgica, mineração,

Leia mais

BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS. VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES

BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS. VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES II -MANUAL DE OPERAÇÃO 1 Leia atentamente antes de utilizar a bomba de Vácuo Todos

Leia mais

HYDAC KineSys Sistemas de acionamento

HYDAC KineSys Sistemas de acionamento HYDAC KineSys Sistemas de acionamento Veículos de manuseio de materiais Usinas termelétricas Máquinas injetoras de plástico Seu parceiro profissional para soluções de acionamento Todas as condições para

Leia mais

Manual do Usuário. Produto LUBE-SEAL. Versão: LUBE-SEAL Manual V1.0 Data: 13/10/2006 Escrito por: Marcelo da Silveira Petter Prada dos Santos

Manual do Usuário. Produto LUBE-SEAL. Versão: LUBE-SEAL Manual V1.0 Data: 13/10/2006 Escrito por: Marcelo da Silveira Petter Prada dos Santos Manual do Usuário Produto Versão: Manual V1.0 Data: 13/10/2006 Escrito por: Marcelo da Silveira Petter Prada dos Santos SUMÁRIO SUMÁRIO 2 1. TERMOS E CONVENÇÕES 4 2. INFORMAÇÕES GERAIS 5 2.1. Dados do

Leia mais

Bipartida Axialmente

Bipartida Axialmente Linha BP BI-PARTIDA ROTOR DE DUPLA SUCÇÃO Bipartida Axialmente Soluções em Bombeamento INTRODUÇÃO Neste catálogo estão descritos todos os modelos de bombas da linha BP de nossa fabricação. Nele constam

Leia mais

Experiência Sólida e Orientada para o Futuro: Soluções em acionamentos de Média Tensão. média tensão

Experiência Sólida e Orientada para o Futuro: Soluções em acionamentos de Média Tensão. média tensão Experiência Sólida e Orientada para o Futuro: Soluções em acionamentos de Média Tensão média tensão s Conhecimento em evolução há décadas: Conhecimento com o qual você pode contar. Ter mais de 35 anos

Leia mais

Alimentação de Caldeiras Alcooldutos Pipe Line. Bomba Multestágio Bipartida Axialmente. Soluções em Bombeamento

Alimentação de Caldeiras Alcooldutos Pipe Line. Bomba Multestágio Bipartida Axialmente. Soluções em Bombeamento Linha Alimentação de Caldeiras Alcooldutos Pipe Line Bomba Multestágio Bipartida Axialmente Soluções em Bombeamento Soluções em Bombeamento A IMBIL amplia sua linha de bombas engenheradas, disponibilizando

Leia mais

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Características Construtivas Tomada de Força VM Contents Generalidades, página 2 Tomada de força montada na caixa de mudanças, página 2 Tomada de

Leia mais

------------------------------- -----------------------------Henflex. Henflex------------------------------ Índice

------------------------------- -----------------------------Henflex. Henflex------------------------------ Índice Índice 1.Características Gerais... 2 2.Seleção do Tamanho do Acoplamento... 2 2.1- Dimensionamento dos acoplamentos Henflex HXP para regime de funcionamento contínuo... 2 2.2 Seleção do Acoplamento...

Leia mais

BI 1-7. Sistemas de aceleração (testes de disparo)

BI 1-7. Sistemas de aceleração (testes de disparo) Testes de aceleração de componentes rotativos até seu ponto de explosão Cobertura de proteção a prova de explosão de alto grau de proteção Acionamento através de motor de corrente contínua com frenagem

Leia mais

SSW-05 Micro Soft-starter

SSW-05 Micro Soft-starter Motores Automação Energia Tintas Micro Soft-starter g Compacto g Digital - DSP g Fácil operação g Elevado rendimento g By-pass incorporado REPLACE ME BY A PICTURE! Soft-Starters são chaves de partida estática,

Leia mais

MOTOBOMBAS E CONJUNTOS PARA COMBATE A INCÊNDIO

MOTOBOMBAS E CONJUNTOS PARA COMBATE A INCÊNDIO MOTOBOMBAS E CONJUNTOS PARA COMBATE A INCÊNDIO Motobombas para combate a incêndio ÍNDICE FSGIN Pg. 3 FIN Pg. 13 Pg. 33 A Famac tem a solução certa em Bombas para sistemas de combate a incêndio. CONJUNTOS

Leia mais

4 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

4 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 4 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS O acoplamento ACRIFLEX AC é composto por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, unidos por um jogo de correias planas fixadas aos cubos através de um flange aparafusado.

Leia mais

Benefícios. Redução acentuada dos esforços sobre os acoplamentos e. dispositivos de transmissão (redutores, polias, engrenagens,

Benefícios. Redução acentuada dos esforços sobre os acoplamentos e. dispositivos de transmissão (redutores, polias, engrenagens, Soft-Starter Benefícios Redução acentuada dos esforços sobre os acoplamentos e dispositivos de transmissão (redutores, polias, engrenagens, Soft-Starters são chaves de partida estática, projetadas para

Leia mais

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Industrial Madeireira ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 Dr. Alan Sulato de Andrade alansulato@ufpr.br INTRODUÇÃO: Embreagens são elementos que

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DEE CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DEE CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA LABORATÓRIO 9: Acionamento de Motores Assíncronos Trifásicos e Monofásicos Objetivo: Verificar alguns tipos de acionamento de motores elétricos de indução trifásicos e monofásicos. Teoria: Os motores elétricos,

Leia mais

Gas-Lift - Vantagens

Gas-Lift - Vantagens Gas-Lift - Vantagens Método relativamente simples para operar O equipamento necessário é relativamente barato e é flexível Podem ser produzidos baixos ou altos volumes É efetivo sob condições adversas

Leia mais

8. MANUTENÇÃO EM MOTORES ELÉTRICOS

8. MANUTENÇÃO EM MOTORES ELÉTRICOS 8. MANUTENÇÃO EM MOTORES ELÉTRICOS 8.1 INTRODUÇÃO Os motores elétricos são responsáveis por grande parte da energia consumida nos segmentos onde seu uso é mais efetivo, como nas indústrias, onde representam

Leia mais

Automação Hidráulica

Automação Hidráulica Automação Hidráulica Definição de Sistema hidráulico Conjunto de elementos físicos associados que, utilizando um fluido como meio de transferência de energia, permite a transmissão e o controle de força

Leia mais

Visão geral do Guia de seleção do limitador de torque. Limitadores de torque Autogard Guia de seleção

Visão geral do Guia de seleção do limitador de torque. Limitadores de torque Autogard Guia de seleção Visão geral do Guia de seleção do limitador de torque Limitadores de torque Guia de seleção Limitadores de torque Há mais de 80 anos, a tem sido líder no setor de proteção contra sobrecargas em equipamentos,

Leia mais

Acumuladores hidráulicos na tecnologia híbrida.

Acumuladores hidráulicos na tecnologia híbrida. Acumuladores hidráulicos na tecnologia híbrida. HYDAC Matriz na Alemanha Seu parceiro competente para acumuladores hidráulicos inovadores e sistemas híbridos. Todos os requerimentos para eficientes soluções

Leia mais

Controle de vibração significa a eliminação ou a redução da vibração.

Controle de vibração significa a eliminação ou a redução da vibração. Quais são os métodos mais utilizados para controle de vibrações? Defina um absorvedor de vibração? Qual é função de um isolador de vibração? Por que um eixo rotativo sempre vibra? Qual é a fonte da força

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/50 - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 120 psig

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/50 - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 120 psig SCHULZ: INÍCIO DE FABRICAÇÃO - ABRIL/005 CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/ - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 10 psig CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ISENTO DE ÓLEO L C DESLOCAMENTO TEÓRICO pés /min PRESSÃO MÁX.

Leia mais

ACOPLAMENTOS DE TAMBOR

ACOPLAMENTOS DE TAMBOR ACOPLAMENTOS DE TAMBOR T H E O R I G I N A L Série ÍNDICE Aplicação 3-4 Projeto e características 5 Seleção de tamanho 6-7 Tabela de dimensões dos 8 Conexão do acoplamento / tambor do cabo 9 Conexões do

Leia mais

EQUIPAMENTO AGRÍCOLA

EQUIPAMENTO AGRÍCOLA EQUIPAMENTO AGRÍCOLA PARA GERAÇÃO DE ENERGIA Aproveite a força do seu trator! Práticos, versáteis e seguros, os equipamentos com alternadores da linha Agribam, do grupo Bambozzi, são ideais para propriedades

Leia mais

VENTILADOR INDUSTRIAL

VENTILADOR INDUSTRIAL VENTILADOR INDUSTRIAL UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA VENTILADORES INDUSTRIAIS Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: E L D I 560 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO MOTORES ELÉTRICOS DE INDUÇÃO TRIFÁSICOS DE ALTA E BAIXA TENSÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO MOTORES ELÉTRICOS DE INDUÇÃO TRIFÁSICOS DE ALTA E BAIXA TENSÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO MOTORES ELÉTRICOS DE INDUÇÃO TRIFÁSICOS DE ALTA E BAIXA TENSÃO PREFÁCIO O motor elétrico! WEG INDUSTRIAS S.A. - MÁQUINAS ---- IMPORTANTE ---- LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES

Leia mais

Motores Automação Energia Tintas. Motores de Corrente Contínua

Motores Automação Energia Tintas. Motores de Corrente Contínua Motores Automação Energia Tintas Os motores de corrente contínua WEG são concebidos com as mais modernas tecnologias de projeto, resultando em máquinas compactas e com excelentes propriedades dinâmicas,

Leia mais

CATÁLOGO GERADORES CRIAMOS FUTURO

CATÁLOGO GERADORES CRIAMOS FUTURO CATÁLOGO GERADORES CRIAMOS FUTURO GERADORES AKSA Pág. 2 CATÁLOGO GERADORES 2015 Comercialização, Instalação, Manutenção e Pós-Venda. A Noceans Energy celebrou um contrato de fornecimento para o território

Leia mais

Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para

Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para rolamentos, acoplamentos hidrodinâmicos e flexíveis, e hidrovariadores de velocidade, produtos destinados a atender os mais

Leia mais

Segunda vida. Primeira escolha. Novas

Segunda vida. Primeira escolha. Novas Novas Segunda vida. Primeira escolha. Recondicionamento de turbos Uma virada rumo a um negócio sustentável Através do aumento de qualidade e lucratividade na remanufatura de turbos RT 1061-1 br Remanufatura

Leia mais

AS CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO MOTOR INCLUEM...

AS CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO MOTOR INCLUEM... Motores H-Compact COMPACTO, REFRIGERAÇÃO EFICIENTE A importância crescente da economia de energia, dos requerimentos ambientais, da procura por dimensões menores e das imposições dos mercados nacionais

Leia mais

Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14

Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14 Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14 Símbolo Gerais Os radiadores de ar da série AC-LN 8-14 podem ser aplicados em todas as áreas nas quais é preciso resfriar óleo ou mistura de água-glicol

Leia mais

SSW05 Plus Micro Soft-Starter. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

SSW05 Plus Micro Soft-Starter. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas SSW05 Plus Micro Soft-Starter Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas www.weg.net SSW05 Plus - Micro Soft-Starters Soft-starters são chaves de partida estática, projetadas para a aceleração,

Leia mais

NCP ULTRANORMA BOMBA CENTRÍFUGA HORIZONTAL. Características construtivas: Principais aplicações

NCP ULTRANORMA BOMBA CENTRÍFUGA HORIZONTAL. Características construtivas: Principais aplicações BOMBA CETRÍFUGA ORIZOTAL CP ULTRAORMA Características construtivas: - Construída conforme as normas DI e ISO * - Altura de recalque de a mca - Rotação e trabalho - / rpm - Sistema de desmontagem "back-pull-out"

Leia mais

Acionamentos estanques de giro

Acionamentos estanques de giro WD-L Acionamento de giro por rosca sem-fim Série Leve Acionamentos estanques de giro Acionamentos estanques de giro www.imo.de Clientes OEM Acionamentos de giro IMO - perfeitas para a utilização de produtores

Leia mais

Transmissão de Movimento

Transmissão de Movimento Universidade Estadual do Norte Fluminense Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias Laboratório de Engenharia Agrícola EAG 03204 Mecânica Aplicada * Transmissão de Movimento 1. Introdução A transmissão

Leia mais

UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS

UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS VENTILADORES AXIAL UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA DE VENTILADORES AXIAL Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: EAFN 500 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação G = Gabinete

Leia mais

INTRODUÇÃO NOTAS. www.imbil.com.br 3

INTRODUÇÃO NOTAS. www.imbil.com.br 3 www.imbil.com.br 1 www.imbil.com.br 2 INTRODUÇÃO Neste catálogo estão descritos todos os modelos de bombas da linha INI-K e INI-O de nossa fabricação. Nele constam informações técnicas de construção, e

Leia mais

FLEXSUL REPRESENTAÇÕES Fone: 41 3287 6778 / Fax: 41 3287 1910

FLEXSUL REPRESENTAÇÕES Fone: 41 3287 6778 / Fax: 41 3287 1910 PD 60 SISTEMA DE TROCA UNITÁRIO Prensadora de terminais com sistema de Troca Unitário Prensa todos os tipos de mangueiras, de 3/16'' ate 2'' de diâmetro interno para 1, 2 e 4 espirais Concluída a operação

Leia mais

Coldex Tosi Ar Condicionado

Coldex Tosi Ar Condicionado Coldex Tosi Ar Condicionado Intercambiador de Calor de Extensão Direta 2 a 40 TR ESPECIICAÇÕES CONSTRUTIVAS Os climatizadores Modelo foram projetados visando obter maior vida útil, performance e facilidade

Leia mais

VENTILADORES LIMIT LOAD

VENTILADORES LIMIT LOAD VENTILADORES LIMIT LOAD UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA VENTILADORES LIMIT LOAD Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: ELSC 560 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO 2/3 (segundo de três) Período: de 02/04/2012 a 21/05/2012

RELATÓRIO DE ESTÁGIO 2/3 (segundo de três) Período: de 02/04/2012 a 21/05/2012 Universidade Federal de Santa Catarina Centro Tecnológico Departamento de Engenharia Mecânica Coordenadoria de Estágio do Curso de Engenharia Mecânica CEP 88040-970 - Florianópolis - SC - BRASIL www.emc.ufsc.br/estagiomecanica

Leia mais

CATÁLOGO GERAL DE PRODUTOS. Movimentação de Granéis

CATÁLOGO GERAL DE PRODUTOS. Movimentação de Granéis CATÁLOGO GERAL DE PRODUTOS Movimentação de Granéis Há mais de 88 anos garantindo os melhores resultados para nossos clientes. 03 A Companhia Experiência aliada à inovação. É isso que faz a Kepler Weber

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSA 8.1/25 - WTA 8.1/25-1 ESTÁGIO - 116 psig CSA 8.5/25-1 ESTÁGIO - 120 psig

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSA 8.1/25 - WTA 8.1/25-1 ESTÁGIO - 116 psig CSA 8.5/25-1 ESTÁGIO - 120 psig CT MSA./2 WTA./2 CSA./2 CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR MSA./2 WTA./2 ESTÁGIO psig CSA./2 ESTÁGIO psig TÉRMINO DE COMERCIALIZAÇÃO ABRIL/ (PRODUTO 0% IMPORTADO) MSA./2 TÉRMINO DE FABRICAÇÃO NOVEMBRO/ WAYNE

Leia mais

(19) 3541-2000 - contato@dispelempilhadeiras.com.br www.dispelempilhadeiras.com.br

(19) 3541-2000 - contato@dispelempilhadeiras.com.br www.dispelempilhadeiras.com.br CE CERTIFICADO EMPILHADEIRAS A transmissão 2-3 T possui estrutura avançada tipo flutuante, a única na China. Estruturas flutuantes são projetadas para reduzir a transmissão das vibrações ao chassis em

Leia mais

www.ferdimat.com.br Retificadoras Cilíndricas Série CA / CA51H

www.ferdimat.com.br Retificadoras Cilíndricas Série CA / CA51H * Imagem ilustrativa, a máquina pode estar equipada com acessórios opcionais. Vendas nacionais Rua Dr. Miranda de Azevedo, N 415 Pompéia, São Paulo - SP Tel. (11) 3673-3922 - Fax. (11) 3862-6587 E-mail:

Leia mais

Motores Síncronos. Notas Técnicas Motores NT-02. Introdução. Princípios Gerais de Operação

Motores Síncronos. Notas Técnicas Motores NT-02. Introdução. Princípios Gerais de Operação Notas Técnicas Motores NT-02 Motores Síncronos Introdução O motor síncrono é um tipo de motor elétrico muito útil e confiável com uma grande aplicação na indústria. Entretanto, pelo fato do motor síncrono

Leia mais

www.imbil.com.br 1 1

www.imbil.com.br 1 1 www.imbil.com.br 1 1 INTRODUÇÃO Neste catálogo estão descritos todos os modelos de bombas da linha BP de nossa fabricação. Nele constam informações técnicas de construção, e curvas características de cada

Leia mais

LINHA DE EQUIPAMENTOS DIDÁTICOS PARA ÁREA DE ELETROTÉCNICA: DESCRIÇÃO ETC S

LINHA DE EQUIPAMENTOS DIDÁTICOS PARA ÁREA DE ELETROTÉCNICA: DESCRIÇÃO ETC S EQUACIONAL ELÉTRICA E MECÂNICA LTDA. RUA SECUNDINO DOMINGUES 787, JARDIM INDEPENDÊNCIA, SÃO PAULO, SP TELEFONE (011) 2100-0777 - FAX (011) 2100-0779 - CEP 03223-110 INTERNET: http://www.equacional.com.br

Leia mais

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS O acoplamento ACRIFLEX AD, consiste em dois flanges simétricos inteiramente usinados, pinos de aço com superfícies retificadas e buchas amortecedoras de borracha nitrílica à prova

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores de Indução Trifásicos Refrigerados por manto d água

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores de Indução Trifásicos Refrigerados por manto d água Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas Motores de Indução Trifásicos Refrierados por manto d áua www.we.net Motores de Indução Trifásicos Refrierados por manto d áua Os motores WGM,

Leia mais

Manômetros, modelo 7 conforme a diretiva 94/9/CE (ATEX)

Manômetros, modelo 7 conforme a diretiva 94/9/CE (ATEX) Manual de instruções Manômetros, modelo 7 conforme a diretiva 94/9/CE (ATEX) II 2 GD c TX Modelo 732.51.100 conforme ATEX Modelo 732.14.100 conforme ATEX Manual de instruções, modelo 7 conforme ATEX ágina

Leia mais

Compressor Portátil MOBILAIR M 135

Compressor Portátil MOBILAIR M 135 www.kaeser.com Compressor Portátil MOBILAIR M 135 Com o mundialmente renomado PERFIL SIGMA Vazão 10,5 a 13,0 m³/min Feito na Alemanha A renomada linha de compressores portáteis MOBILAIR da KAESER é fabricada

Leia mais

Relés de Proteção Térmica Simotemp

Relés de Proteção Térmica Simotemp Relés de Proteção Térmica Simotemp Confiabilidade e precisão para controle e proteção de transformadores Answers for energy. A temperatura é o principal fator de envelhecimento do transformador Os relés

Leia mais

Pre-designed Steam Turbines. Turbinas a vapor compactas para a faixa de potência até 10 MW. Answers for energy.

Pre-designed Steam Turbines. Turbinas a vapor compactas para a faixa de potência até 10 MW. Answers for energy. Pre-designed Steam Turbines Turbinas a vapor compactas para a faixa de potência até 10 MW Answers for energy. Pre-designed Steam Turbines Turbinas a vapor compactas para a faixa de potência até 10 MW SST-010

Leia mais

www.dancor.com.br CATÁLOGO DE PRODUTOS REV. - ABR/2010 Pág- 1

www.dancor.com.br CATÁLOGO DE PRODUTOS REV. - ABR/2010 Pág- 1 REV. - ABR/21 Pág- 1 Índice Vista Geral das Curvas de Desempenho...4-5 Série HBI(N) - Centrífugas Multi-estágios HBI(N) - 2...6-7 HBI(N) - 4...8-9 Série CB(I) - Centrífugas Multi-estágios CB(I) - 2...1-11

Leia mais

Disciplina Higiene do Trabalho. Ventilação Industrial

Disciplina Higiene do Trabalho. Ventilação Industrial Tópicos da Aula Complementar - Ventiladores; - Ventiladores Axiais; - Ventiladores Centrífugos; - Dados necessários para a seleção correta de um ventilador; - Modelos e Aspectos Gerais de Ventiladores.

Leia mais

INTRODUÇÃO INFORMAÇÕES ADICIONAIS NOTAS

INTRODUÇÃO INFORMAÇÕES ADICIONAIS NOTAS 1 INTRODUÇÃO Neste catálogo estão descritos todos os modelos de bombas das linhas E e EP de nossa fabricação assim como seus acessórios e opcionais. Dele constam informações técnicas, desde a construção,

Leia mais

PT SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS PARA TRANSPORTADORES DE BAGAGENS

PT SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS PARA TRANSPORTADORES DE BAGAGENS INTELLIGENT DRIVESYSTEMS, WORLDWIDE SERVICES BR PT SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS PARA TRANSPORTADORES DE BAGAGENS NORD DRIVESYSTEMS Intelligent Drivesystems, Worldwide Services SOLUÇÕES EM ACIONAMENTOS NORD

Leia mais

Controle e Estabilidade de Sistemas Elétricos de Potência. Antonio J.A. Simões Costa e Aguinaldo S. e Silva

Controle e Estabilidade de Sistemas Elétricos de Potência. Antonio J.A. Simões Costa e Aguinaldo S. e Silva Controle e Estabilidade de Sistemas Elétricos de Potência Antonio J.A. Simões Costa e Aguinaldo S. e Silva Florianópolis, agosto de 2000 Capítulo 1 Introdução 1.1 Controle de Freqüência e Tensão na Operação

Leia mais

Bomba Submersível para Instalação em Poço Úmido. 1. Aplicação. 3. Denominação. 2. Descrição Geral. 4. Dados de Operação. Linha : Submersível

Bomba Submersível para Instalação em Poço Úmido. 1. Aplicação. 3. Denominação. 2. Descrição Geral. 4. Dados de Operação. Linha : Submersível Folheto Descritivo A2750.1P/1 KSB KRT DRAINER Bomba Submersível para Instalação em Poço Úmido Linha : Submersível 1. Aplicação A bomba submersível KRT DRAINER é recomendada para aplicação em drenagem de

Leia mais

EMPILHADEIRAS HYUNDAI À DIESEL

EMPILHADEIRAS HYUNDAI À DIESEL GARFO (Comprimento X Largura x Bitola) (mm) HDF50-7S (TIPO EIXO - TIPO GANCHO) - 1.350 X 150 X 60-1.500 X 150 X 60-1.800 X 150 X 60-2.000 X 150 X 60-2.400 X 150 X 60 HDF70-7S (TIPO EIXO) - 1,350 X 180

Leia mais

TECNOLOGIA AEROESPACIAL

TECNOLOGIA AEROESPACIAL INDÚSTRIA AUTOMOTIVA TELECOMUNICAÇÕES TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA AEROESPACIAL INDÚSTRIA DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS ELETRÔNICA DE ENTRETENIMENTO ALIMENTAÇÃO DE ENERGIA TECNOLOGIA MÉDICA INGUN PRÜFMITTELBAU

Leia mais

Acoplamento Altamente Elástico

Acoplamento Altamente Elástico Acoplamento Altamente Elástico Spxpt 04/02 GENERALIDADES Acoplamentos altamente elásticos Speflex modelos SPA e SPG O acoplamento VULKAN SPEFLEX é constituído de um elemento altamente elástico em borracha

Leia mais

FAPERJ & PIUES/PUC-Rio FÍSICA E MATEMÁTICA DO ENSINO MÉDIO APLICADAS A SISTEMAS DE ENGENHARIA

FAPERJ & PIUES/PUC-Rio FÍSICA E MATEMÁTICA DO ENSINO MÉDIO APLICADAS A SISTEMAS DE ENGENHARIA FAPERJ & PIUES/PUC-Rio FÍSICA E MATEMÁTICA DO ENSINO MÉDIO APLICADAS A SISTEMAS DE ENGENHARIA 1) INTRODUÇÃO Rio de Janeiro, 05 de Maio de 2015. A equipe desenvolvedora deste projeto conta com: - Prof.

Leia mais

BERMAD Saneamento. Válvula Controladora de Bomba Válvula de Retenção Ativa. Série 700. Modelo 740

BERMAD Saneamento. Válvula Controladora de Bomba Válvula de Retenção Ativa. Série 700. Modelo 740 Válvula Controladora de Bomba Válvula de Retenção Ativa Isolamento dos efeitos de partida e parada da bomba do sistema, para: Bombas de velocidade única isoladas Bateria para bombas de velocidade única

Leia mais

APÊNDICE B. Ensaio da Performance do Protótipo. MATRBDA-HAW560-75kW

APÊNDICE B. Ensaio da Performance do Protótipo. MATRBDA-HAW560-75kW APÊNDICE B Ensaio da Performance do Protótipo MATRBDA-HAW560-75kW 282 LABORATÓRIO DE ENSAIOS ELÉTRICOS - BAIXA TENSÃO WEG MÁQUINAS RELATÓRIO DE ENSAIO DE PROTÓTIPO MATRBDA 560 POTÊNCIA: 75KW / 25KW TENSÃO

Leia mais

Eletromecânicos de Manutenção Industrial

Eletromecânicos de Manutenção Industrial Eletromecânicos de Manutenção Industrial 2013/ 2014 1 Motor de indução trifásico Máquina capaz de transformar energia elétrica em energia mecânica 2 Motor elétrico Noções fundamentais Máquina destinada

Leia mais

PÁS CARREGADEIRAS SL 733 SL 763 HYUNDAI SHANDONG

PÁS CARREGADEIRAS SL 733 SL 763 HYUNDAI SHANDONG PÁS CARREGADEIRAS SL 733 SL 763 HYUNDAI SHANDONG SL 733 GRANDE POTÊNCIA, ALTO DESEMPENHO A carregadeira sobre rodas Hyundai Shandong entrega máxima potência todo o tempo, representando um ganho substancial

Leia mais

Simples aspiração Dupla aspiração Duplex Rotores de alumínio Rotores chapa galvanizada

Simples aspiração Dupla aspiração Duplex Rotores de alumínio Rotores chapa galvanizada Simples aspiração Dupla aspiração Duplex Rotores de alumínio Rotores chapa galvanizada Fábrica: Av. Brasil, 20.151 Coelho Neto Rio de Janeiro CE 21.530-000 Telefax: (21) 3372-8484 vendas@trocalor.com.br

Leia mais

Ventiladores Centrífugos RadiFit EC. Compactos, eficientes e de reposição fácil.

Ventiladores Centrífugos RadiFit EC. Compactos, eficientes e de reposição fácil. Ventiladores Centrífugos RadiFit EC Compactos, eficientes e de reposição fácil. Se encaixa, economiza e faz sentido! A nossa linha de ventiladores centrífugos RadiFit com voluta e pás curvadas para trás

Leia mais

SISTEMA I MOTION. FOX - I Motion

SISTEMA I MOTION. FOX - I Motion SISTEMA I MOTION FOX - I Motion Professor SCOPINO Técnico e Administrador da Auto Mecânica Scopino Professor do Umec Universo do Mecânico Ex-Professor do Senai Diretor do Sindirepa-SP Consultor do Jornal

Leia mais

Bomba como bomba de água potável altamente eficiente. Calio-Therm S. Folheto do modelo

Bomba como bomba de água potável altamente eficiente. Calio-Therm S. Folheto do modelo Bomba como bomba de água potável altamente eficiente Calio-Therm S Folheto do modelo Ficha técnica Folheto do modelo Calio-Therm S Todos os direitos reservados. Os conteúdos aqui disponibilizados não podem

Leia mais

BOMBA DE ENGRENAGENS EXTERNAS FBE

BOMBA DE ENGRENAGENS EXTERNAS FBE MANUAL TÉCNICO Série: FBE Aplicação Desenvolvida para trabalhar com fluidos viscosos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas, papel, polpa, siderúrgica, mineração, alimentícia,

Leia mais

FAG Easy Check FAG Easy Check Online. Informação técnica

FAG Easy Check FAG Easy Check Online. Informação técnica FAG Easy Check FAG Easy Check Online Informação técnica A linha de produtos Easy Check compreende monitores de vibração de custo acessível para máquinas críticas. Falhas incipientes em rolamentos, eixos,

Leia mais

ELEVADOR BASCULANTE DE CANECAS

ELEVADOR BASCULANTE DE CANECAS GOLPACK INDUSTRIA E COMÉRCIO DE MÁQUINAS LTDA. MANUAL TÉCNICO OPERACIONAL ELEVADOR BASCULANTE DE CANECAS MODELO EB- 430 Nota ao Cliente Caro cliente, Você acaba de adquirir seu novo ELEVADOR GOLPACK, um

Leia mais

Manual de montagem e operação para EAS -dutytorque Tipo 404_. 400 Tamanho 2 9

Manual de montagem e operação para EAS -dutytorque Tipo 404_. 400 Tamanho 2 9 Ler atentamente e respeitar o manual de operação. A inobservância pode causar avarias de funcionamento ou a falha do limitador de torque, bem como os danos associados. Índice Página 1: - Índice - Símbolos

Leia mais

A APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE ANÁLISE DE CORRENTE PARA DETECÇÃO DE BARRAS QUEBRADAS NOS MOTORES DE INDUÇÃO TRIFÁSICOS NA ARCELORMITTAL TUBARÃO

A APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE ANÁLISE DE CORRENTE PARA DETECÇÃO DE BARRAS QUEBRADAS NOS MOTORES DE INDUÇÃO TRIFÁSICOS NA ARCELORMITTAL TUBARÃO A APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE ANÁLISE DE CORRENTE PARA DETECÇÃO DE BARRAS QUEBRADAS NOS MOTORES DE INDUÇÃO TRIFÁSICOS NA ARCELORMITTAL TUBARÃO Harison Araújo Antunes (1) Rogério Hubner Rocha (2) Jessui de

Leia mais

CENTROS DE USINAGEM VERTICAL

CENTROS DE USINAGEM VERTICAL CENTROS DE USINAGEM VERTICAL Desenho construtivo das máquinas para oferecer Alta Rigidez, Alta Velocidade e Alta Precisão A estrutura da máquina é basicamente em ferro fundido MEEHANITE, estabilizado e

Leia mais