Revista Quadrimestral da Câmara Municipal da Ribeira Grande. N.26. agosto 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Revista Quadrimestral da Câmara Municipal da Ribeira Grande. N.26. agosto 2013"

Transcrição

1 Revista Quadrimestral da Câmara Municipal da Ribeira Grande. N.26. agosto 2013 > 32.º aniversário de elevação da Ribeira Grande a Cidade > Nova Biblioteca Municipal Daniel de Sá > Ricardo Silva entrega viatura à Esquadra da PSP da Ribeira Grande

2 2 Índice 03 Abertura 04 Economia 06 Ação Social 09 Cultura 20 Educação 23 Desporto 26 Ambiente 30 Saúde 34 Obras 36 Breves 42 Deliberações Ficha Técnica Revista Quadrimestral da Câmara Municipal da Ribeira Grande Nº26. agosto Diretor < Ricardo Silva Produção < Gabinete de Imprensa da CMRG < Coordenação < Rafaela Seabra Teixeira Textos < Rafaela Seabra Teixeira Fotografia < António do Vale, Osvaldo Janeiro, Rafaela Seabra Teixeira, Ricardo Amaral e Rui Faria Design Gráfico < Emanuel Pinto Impressão < Coingra Lda. Dep. Legal < /03 Tiragem < exemplares

3 Abertura 3 Ribeira Grande, O Nosso Orgulho Neste momento de final de mandato é incontornável fazermos um balanço sereno e esclarecido do trabalho desenvolvido nos últimos anos. Feito com seriedade e rigor e sempre em prol da nossa Ribeira Grande, este trabalho viu nascer obras há muito reclamadas pelos nossos cidadãos, viu erguerem-se estruturas essenciais e assistiu à contínua melhoria de cada uma das nossas escolas. Aumentamos neste tempo a nossa capacidade de captação e de condução da nossa água; investimos na rede viária e no saneamento dentro das nossas freguesias; conseguimos dar uma habitação condigna a muitos casais de jovens; e inaugurámos espaços de encontro e de convívio entre os mais velhos. Continuamos apostados na prática desportiva e nas condições para o seu desenvolvimento, assim como na educação ambiental e na preservação natural. E, com orgulho, vimos o potencial de monumentos históricos e naturais há muito descurados, como as Casamatas e a Caldeira Velha, ganharem outra vida e serem mais um pilar para o desenvolvimento turístico económico da nossa terra. Acima de tudo, vimos estabilizar um quadro financeiro essencial ao desenvolvimento de qualquer projeto ou trabalho, num equilíbrio que é a garantia da séria aplicação do erário público e da confiança que quaisquer fornecedores, empreiteiros ou projetistas podem ter na autarquia ribeiragrandense. Uma evolução que também me colheu de surpresa neste último ano com o falecimento do nosso Daniel de Sá... Num ano em que ganhámos o valioso Prémio Vilalva, da Fundação Calouste Gulbenkian, ombreando com o Banco de Portugal; num ano em que duas das nossas equipas subiram de Divisão (e com elas subimos nós, concelho da Ribeira Grande!); e num ano em que vimos nascer a adjudicação da obra da nossa Biblioteca Municipal, porta local do nosso conhecimento e da divulgação do nosso património, vimos-te partir, Daniel. Resta-nos homenagear-te como pudermos e soubermos amigo: dando o teu nome à nossa Biblioteca e fazendo com que daquelas paredes possam ecoar linhas dos teus escritos ou sons dos teus tantos pensamentos e ensinamentos. Daniel, «a gente ama aquilo de que precisa e dá nome àquilo que ama.» - in O Pastor das Casas Mortas. A Ribeira Grande continua a crescer e a revelar o seu papel central e centralizador, embora, e como anunciamos logo no início, muito ainda possa e deva ser feito. Mas as terras em crescimento são assim mesmo: em constante mutação e em sucessivos processos de melhoria dentro da evolução natural de qualquer coisa. O Presidente Ricardo José Moniz da Silva

4 4 Economia Câmara da Ribeira Grande aumentou investimento em cerca de 5 milhões de euros A Câmara Municipal votou os documentos de prestação de contas do ano 2012, que demonstram, claramente, um conjunto de rácios financeiros que suportam a ideia da existência de uma autarquia saudável e com capacidade financeira para continuar a servir os ribeiragrandenses. Em 7 anos a CMRG ultrapassou o investimento dos três últimos mandatos do PSD ; ou seja, em 12 anos o PSD investiu à volta de ,70 euros e o PS aumentou, nos últimos anos, em cerca de ,44 euros, num total de ,14 euros. Os documentos foram votados e aprovados por maioria, em reunião de câmara, dia 2 de Abril. Tem sido grande o esforço que a Câmara Municipal da Ribeira Grande tem vindo a fazer no sentido de conseguir ter hoje uma série de rácios altamente positivos que lhe conferem o seu maior grau de solvabilidade, liquidez imediata, autonomia financeira e uma menor dependência de terceiros. O seu imobilizado líquido quase que duplicou, passando de , 29 euros, em 2005, para ,73 euros, fazendo-se um esforço constante para amortizar um passivo de médio e longo prazo que se situava, em 2005, em cerca de 15 milhões de euros e hoje é de 12 milhões de euros. Estes valores só foram possíveis de atingir devido à estabilidade económico financeira da CMRG e que lhe dá credibilidade para prosseguir um trabalho que setorialmente tem acumulado vantagens claras para o bem-estar dos ribeiragrandenses. Segundo Ricardo Silva, deram-se passos significativos na melhoria do património escolar, ambiental água e resíduos sólidos urbanos -, desporti- vo e cultural, além de se partilhar responsabilidades na promoção da atividade económica com o sector privado. Contudo, numa análise mais detalhada da conta de 2012, verifica-se que, relativamente ao orçamento da receita, foi atingido um índice de realização na ordem dos 69,42%, o que equivale a um aumento de cerca de 9,5% em relação a 2011 e que corresponde a um montante de receita superior a 20,5 milhões de euros. No que se refere às receitas correntes e receitas de capital, foram atingidos índices de execução designadamente de 82,96% e 56,99%, no montante de 11,3 milhões de euros e 9,2 milhões de euros, respetivamente. Relativamente ao orçamento da despesa, foi atingida uma execução de cerca de 10% superior a 2011, num índice de realização de 68,09% e que corresponde a um montante de despesa superior a 20,7 milhões de euros. No que concerne às despesas correntes e despesas de capital, foram atingidos índices de execução designadamente de 77,61% e 62,81%, no montante de 8,4 milhões de euros e 12,3 milhões de euros, respetivamente. O aspeto mais relevante que se extrai da estrutura orçamental é o facto das receitas correntes superarem as despesas correntes em ,86 euros, suportando, desta forma, uma parcela significativa dos investimentos. Na análise às Grandes Opções do Plano, onde são definidas as linhas de desenvolvimento estratégico da Câmara Municipal, Ricardo Silva releva que o índice de execução atingiu os 61,3%, (em 2011 foi de 45,8%) refletindo um grande esforço na realização de investimentos e atividades mais relevantes. Relativamente ao Plano Plurianual de Investimentos notou-se um aumento em termos percentuais do grau de execução de investimentos de 16,38%, passando de 39,6% em 2011 para 56% em No Plano de Investimentos, foi alcançado um coeficiente de realização de 56%, ou seja, 8,6 milhões de euros. No que concerne às atividades mais relevantes, que totalizaram um montante de 3.7 ME, o índice de execução

5 Economia 5 atingido foi de 78,6%, superior ao conseguido em 2011 (71,6%). Relativamente às Dívidas de Terceiros, motivadas sobretudo pelos Créditos sobre utilizadores do fornecimento de água, diminuíram ,08 euros. Ao nível das Dívidas a Terceiros (Passivo), verificou-se uma diminuição de cerca de 2,5 milhões de euros, motivada pela diminuição da dívida a terceiros de curto prazo em 3,8 milhões de euros. Num ano marcado pela crise económica e financeira na europa e no país, com especial incidência nas autarquias, devido à aplicação das sucessivas medidas de austeridade, a execução de Contas relativa ao Plano e Orçamento de 2012 é notável, como classifica o presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Ricardo Silva, acrescentando que a atividade desenvolvida ao longo de 2012 correspondeu aos objetivos estabelecidos nas Grandes Opções de Plano e Orçamento. C.M.R.G. desafia as empresas do concelho a criarem sinergias, em prol do emprego presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, O Ricardo Silva, assinou no dia 21 de junho o contrato de adjudicação da empreitada de requalificação da Rua Capitão Cordeiro, no Pico da Pedra. Ricardo Silva referiu que é bom quando as entidades públicas conseguem dar resposta aos anseios das populações, neste caso concreto, um desejo dos picopedrenses de cerca de 8 décadas e que a câmara municipal presidida por Ricardo Silva conseguiu concretizar. Esta obra planeada no tempo envolveu diversas fases, nomeadamente a aquisição de terrenos e habitações e que, no fundo, foram as principais dificuldades da realização mais rápida desta empreitada. Esta empreitada foi adjudicada à empresa A.R. Casanova Construção Civil Lda., ilustre empresa do concelho, com excelentes referências ao nível da rede viária. Ricardo Silva aproveitou a oportunidade para lançar o desafio às empresas do concelho da Ribeira Grande, no sentido de criarem sinergias com o intuito de trabalharem em prol do desenvolvimento do futuro do emprego no concelho e dos anseios e necessidades dos ribeiragrandenses. E referiu que a CMRG pode ser o intermediário entre as diversas empresas, para a concretização das obras em tempo útil, envidando esforços conjuntos na realização de empreitadas que a Câmara vai lançar, nomeadamente a futura Biblioteca Municipal e a 2.ª fase da Rua Direita. O presidente da Câmara Municipal acredita que só assim é possível dar um impulso ao emprego no concelho, trabalhando conjuntamente para o bem-estar das nossas empresas e famílias. Com a melhoria deste caminho é possível fazer a ligação entre duas artérias existentes na freguesia, melhorar a circulação e conferir o estatuto de Rua a esta via fundamental, bem como a execução das infraestruturas de abastecimento de águas e saneamento básico, tão necessárias e desejadas. Esta empreitada permitirá ainda o melhor acesso ao campo de jogos José da Silva Calisto e a toda a sua envolvente, nomeadamente a partir da requalificação da entrada de acesso ao campo de jogos, assim como da pavimentação exterior, especialmente o seu estacionamento. Esta obra está orçada em cerca de 400 mil euros e terá um prazo de execução de 240 dias.

6 6 Ação Social Ricardo Silva lança o desafio aos parceiros sociais para criação do conselho social municipal Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, O Ricardo Silva, lançou no dia 15 de maio a Carta Social do concelho da Ribeira Grande. Para Ricardo Silva este é um documento de fácil acesso e de rápida consulta que concentra toda a informação das várias ofertas que o concelho proporciona, quer a nível das crianças e dos jovens, das pessoas idosas, das pessoas com deficiência ou com dependências, das pessoas carenciadas, como da população em geral, independentemente do seu sexo ou idade. Esta Carta pretende disponibilizar mais e melhor informação ao Cidadão sobre a rede de serviços e equipamentos sociais existentes no concelho da Ribeira Grande, localizando-os e identificando o seu âmbito de ação. Será, pois, uma ferramenta de fácil acesso e uso que se quer viva e em contínua construção e atualização, acompanhando o ritmo da própria Sociedade. Ricardo Silva aproveitou a oportunidade para lançar o desafio aos parceiros sociais do concelho para a criação do conselho social municipal da ribeira grande, com caráter consultivo, que dê resposta aos problemas que assolam os ribeiragrandenses, ainda mais numa altura marcada pela grave crise económico-financeira que o nosso país atravessa, em que o desemprego é o maior dos problemas existentes, assim como a degradação das condições socioeconómicas da população. Para o autarca ribeiragrandense, este conselho social municipal deve concertar posições e ações, para que seja possível a melhoria das condições de vida dos ribeiragrandenses e o combate à inegável vulnerabilidade social que se verifica na nossa população. Este conselho social municipal deve pugnar pela concretização de medidas sociais concretas, quer seja no apoio educativo, quer seja no combate às dependências, quer seja ao nível da maior acessibilidade ao emprego, quer seja na melhoria das condições de vida dos nossos jovens e dos nossos idosos.

7 Ação Social 7 Câmara promove formação aos inquilinos das habitações sociais do concelho Câmara Municipal da Ribeira Grande, em parceria A com o Núcleo de Ação Social da Ribeira Grande, tem promovido várias sessões destinadas a beneficiários de RSI residentes em habitações camarárias. A primeira sessão ocorreu no dia 1 de Março e incidiu sobre os inquilinos beneficiários de RSI do Loteamento de Santana, em que a metodologia utilizada nesta sessão foi o World Coffee. A Divisão de Ação Social e Educação da CMRG disponibilizou os recursos humanos necessários e colaborou nesta sessão com a temática «Relações de Vizinhança». A segunda sessão realizou-se no dia 24 de abril, na freguesia da Ribeira Seca, e destinou-se aos inquilinos beneficiários de RSI dos bairros das Cavalhadas e da Quietação e incidiu sobre a conservação e manutenção das habitações camarárias, pagamento das rendas sociais, reciclagem, poupança de energia e água. o equilíbrio familiar é fundamental no desenvolvimento das crianças presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Ricardo Silva, considerou, em maio passado, O aquando da abertura da Feira da Brincadeira, que é na brincadeira que as crianças encontram o sentido e a real descoberta da vida. Ricardo Silva esteve presente na abertura deste evento organizado pela Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande e destacou, ainda, que o equilíbrio familiar é fundamental no desenvolvimento das nossas crianças. O autarca ribeiragrandense relembrou que a Ribeira Grande é o concelho mais jovem do país não apenas o concelho mais jovem da região, mas do país e, nesse sentido, todas as instituições devem trabalhar no sentido de difundirem as suas atividades, para o bom crescimento e desenvolvimento das nossas crianças e jovens. O presidente da Câmara Municipal agradeceu à Santa Casa, uma instituição com atividade secular, e a todas as instituições do concelho que contribuem, na sua ação diária, para o bem-estar e para o franco desenvolvimento das crianças do nosso concelho e realçou que a educação deve ser racional e sobretudo de afetos, acrescentando que as instituições devem trabalhar, sempre, em prol das crianças e dos jovens. Ricardo Silva lembrou, ainda, na ocasião que a Câmara Municipal apresentou a Carta Social do Concelho, um roteiro de todas as atividades que as instituições do nosso concelho fazem, quer a nível das crianças e dos Jovens, das pessoas idosas, das pessoas com deficiência ou com dependências, das pessoas carenciadas, como da população em geral, independentemente do seu sexo ou idade, uma excelente compilação de mais e melhor informação ao Cidadão sobre a rede de serviços e equipamentos sociais existentes no concelho da Ribeira Grande.

8 8 Ação Social Ribeira Grande promove atividades de verão no âmbito do projeto Renascer Câmara Municipal da Ribeira Grande, em parceria A com o IDSA Instituto para o Desenvolvimento Social dos Açores, a Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande e o Observatório Astronómico de Santana (OASA), promoveu atividades de Verão destinadas a crianças, dos 6 aos 12 anos, residentes nos bairros sociais da Ribeirinha. Estas atividades foram desenvolvidas no âmbito do projeto Renascer e têm abrangido cerca de 360 crianças. As crianças que tiveram a oportunidade de participar nestas atividades visitaram as Casamatas do Areal de Santa Bárbara, o Centro de Promoção Ambiental, realizaram passeios pedestres (Salto do Cabrito) e mergulharam nas Piscinas Municipais e nos contos da Biblioteca Municipal. Usufruíram, ainda, do espaço livre envolvente dos bairros integrando aulas de atividade física, concursos de dança, torneios de futebol, realizando jogos tradicionais e peddy paper. Tiveram, também, a oportunidade de embarcar no Museu Móvel, de ter aulas de culinária e de viajar pelo mundo da fantasia com as pinturas faciais, onde foram homens aranha e borboletas. O encerramento destes campos de atividades será marcado por um Acantonamento na Escola Padre Laudalino Moniz de Sá, na freguesia do Porto Formoso, nos dias 27 e 28 de Agosto. Câmara assina mais 17 protocolos no âmbito do Cartão Municipal do Idoso presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande O assinou, no dia 4 de Abril, mais 17 protocolos no âmbito do Cartão Municipal do Idoso. Foram várias as entidades que assinaram este protocolo de cooperação, representando áreas como o comércio, a restauração, serviços, entre outras. A CMRG já assinou até hoje cerca de 75 protocolos de cooperação com várias entidades, beneficiando mais de 480 idosos do concelho da Ribeira Grande. Esta é mais uma iniciativa que vem beneficiar os ribeiragrandenses, e em particular os mais idosos e que têm mais dificuldades económico-financeiras. Para beneficiar deste cartão municipal, o cidadão deve ter 65 anos ou mais, ser pensionista e residir no concelho há mais de um ano. O cartão dá descontos entre 5% e 50% e abrange, de igual forma, os serviços prestados pela autarquia.

9 Cultura 9 PRIMARTE 2013 Câmara Municipal da Ribeira Grande voltou este ano A a celebrar com Arte a entrada da Primavera com a realização de mais uma edição da «Prim arte». Numa parceria com o Centro Local de Aprendizagem da Universidade Aberta, a Primarte arrancou no dia 21 de março e terminou a 2 de abril, com vários eventos dedicados ao teatro, à música, ao cinema e à literatura, que tiveram lugar nos principais espaços culturais da Ribeira Grande (Teatro Ribeiragrandense, Museu da Emigração, Centro Comunitário e de Juventude de Rabo de Peixe e Museu Casa do Arcano). > Atuação da Banda de Jazz da BROWN UNNIVERSITY > Atuação da Banda de Jazz da BROWN UNNIVERSITY > Café concerto com Raquel Dutra > Café concerto com Raquel Dutra > Exposição de pintura de Armando Moreira O Espírito do Arcano > Exposição Reciclarte II de Susana Vieira e Sandra Maia > Exposição de pintura de Armando Moreira O Espírito do Arcano > Exposição Reciclarte II de Susana Vieira e Sandra Maia

10 10 Cultura > Exposição SATA 71 anos de História e 65 anos a voar > Exposição SATA 71 anos de História e 65 anos a voar > Exposição SATA 71 anos de História e 65 anos a voar > Dia Mundial do Teatro Monólogo ANTÓNIO > Lançamento de Livro de Pedro Maia Bom Tempo no Canal - A Conspiração da Energia > Apresentação do Livro Infantil Luis Rego O Arranha-céus Horizontal > Apresentação do Livro Infantil Luis Rego O Arranha-céus Horizontal > Lançamento de Livro de PEDRO MAIA Bom Tempo no Canal - A Conspiração da Energia

11 Cultura 11 4.ª Edição da Revista Cultural A Ponte lançada em maio Câmara Municipal da Ribeira Grande lançou a 4.ª edição da revista cultural A Ponte, no dia 15 de maio, no A Museu Vivo do Franciscanismo. Dedicada à temática do Franciscanismo na Ribeira Grande e nos Açores e ao processo de criação do Museu Vivo do Franciscanismo, a quarta edição desta revista de cariz científico contou com a participação da Prof.ª Dra. Susana Goulart Costa, com um artigo dedicado à temática do projeto museológico do espaço da igreja N. S. da Guadalupe; do Dr. Duarte Chavesa, aluno de doutoramento que dedicou a sua participação ao enquadramento histórico da igreja e convento de N. S. da Guadalupe, bem como ao enquadramento histórico da presença e ação franciscana nos Açores; contou, também, com o valioso contributo da Prof.ª Dra. Eugénia Cunha dedicado à análise antropológica realizada ao conjunto de ossos encontrados na cripta da igreja; e ainda com a experiência de Gilberto Ferreira num artigo subordinado ao processo de restauro de todos os altares, retábulos, imagens e artefactos da igreja e que hoje são parte do percurso expositivo do Museu. Esta edição da revista termina com uma pequena mostra fotográfica, da autoria de António do Vale, que relata o conjunto das imagens que fazem parte do espólio/acervo do museu, sendo que algumas delas estão em reserva e outras em exposição. A cerimónia foi presidida pelo presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Ricardo Silva e a apresentação foi feita pela Dra. Ana Cristina Moscatel Viveiros. Inauguração da exposição A Marinha nos Açores No âmbito das comemorações do Dia da Marinha, a Câmara Municipal da Ribeira Grande e o Comando da Zona Marítima dos Açores inauguraram a exposição A Marinha nos Açores, no dia 24 de maio, no largo do Teatro Ribeiragrandense. A cerimónia contou com a presença do senhor Almirante Pires da Cunha, Comandante da Zona Marítima dos Açores, e do Vice-presidente da autarquia, José António Brum, em representação da Câmara Municipal da Ribeira Grande e do seu presidente, Ricardo Silva. Esta iniciativa expôs as fotografias dos vários participantes no concurso A Marinha nos Açores, que pretendeu valorizar a presença e atividade da Marinha Portuguesa nos Açores, e foi organizado pela AFAA Associação de Fotógrafos Amadores dos Açores, em colaboração com o Comando da Zona Marítima dos Açores, tendo surgido a propósito do assinalar do Dia da Marinha, a 20 de maio, marco da chegada da Armada de Vasco da Gama a Calecute, Índia.

12 12 Cultura Ribeira Grande atribui medalha municipal de mérito ao Maestro Leonardo Medeiros Cymbron Câmara Municipal da Ribeira Grande deliberou, por A unanimidade, no passado mês de junho, atribuir a distinção honorífica de Medalha Municipal de Mérito, grau ouro, ao Maestro Leonardo Medeiros Cymbron, cuja condecoração teve lugar no passado dia 3 de junho, na Igreja Nº Sra. das Vitórias de Santa Bárbara. Esta atribuição ao fundador da Banda de música de Nª Srª das Vitórias, da freguesia de Santa Bárbara, prende-se com o reconhecimento pelo seu inegável contributo no campo social e cultural. O presidente da Câmara Municipal, Ricardo Silva, referiu que foi a primeira vez que este tipo de cerimónia foi feito fora dos Paços do Concelho, mas não poderia ser de outra forma, não havia mais nenhum sítio para atribuir esta medalha que não fosse no coração da freguesia, no sítio onde ao longo da sua vida o Maestro Leonardo Medeiros Cymbron foi pai, músico e é um cidadão respeitado. Ricardo Silva aproveitou a oportunidade para elogiar o trabalho que o Maestro Cymbron tem feito ao longo dos tempos pela Banda Filarmónica N.ª Sra. das Vitórias e para louvar a persistência que tem tido no desenvolvimento dos músicos e das atuações musicais que vão realizando, e que elevam o nome da freguesia de Santa Bárbara e da Ribeira Grande. O Sr. Leonardo é um exemplo para a Ribeira Grande, referiu Ricardo Silva. Museu Casa do Arcano acolhe palestra A Saudade: entre a Ideia e o Sentimento 20 de junho, a palestra intitulada A Saudade: entre a A Ideia e o Sentimento, proferida pela Prof.ª Dr.ª Maria Celeste Natário, docente da Faculdade de Letras da Universidade do Porto e membro do Instituto de Filosofia daquele estabelecimento de ensino superior, teve lugar na Casa do Arcano. A Saudade: entre a Ideia e o Sentimento foi, assim, uma conversa informal e aberta ao público que pretendeu desconstruir a ideia e o sentimento por detrás da palavra tão exclusivamente tida como portuguesa. Após a apresentação, o instrumentista açoriano Rafael Carvalho esteve presente interpretando com a sua viola da terra temas que foram ao encontro da palestra sob o tema da Saudade. De facto, a viola da terra de Rafael Carvalho, esse instrumento tão associado também à nossa emigração como elemento perpetuador da nossa identidade cultural, trouxe os sons da saudade. Maria Celeste Natário tem um extenso currículo na área da filosofia, sua área de formação e investigação, abordando, entre outros, a temática da saudade.

13 Cultura 13 FESTAS DO CONCELHO 2013 E ste ano, a sessão solene comemorativa do 32.º aniversário de elevação da Ribeira Grande a Cidade decorreu no dia 30 de junho e contou com a ilustre oradora Dra. Madalena San-bento. Foram distinguidos e condecorados nesta sessão com a Medalha Municipal de Mérito, grau ouro, o Sr. António Ribeiro Casanova, a Banda do Santíssimo Salvador do Mundo da Ribeirinha, a Casa do Povo da Maia e a Casa do Povo do Pico da Pedra, cujo reconhecimento se relaciona com o contributo no campo social, cultural e económico no concelho. Ainda no mesmo dia foi atribuído o diploma de cidadão honorário ao Dr. João Bosco Mota Amaral, atualmente deputado à Assembleia da República do Partido Social- Democrata, pelo círculo eleitoral dos Açores e que foi presidente do Governo Regional dos Açores entre 1976 e Após a sessão solene seguiu-se atuação de canto de Andreia Colaço, acompanhada ao piano por Irina Semionova, do Conservatório Regional de Ponta Delgada.

14 14 Cultura A Câmara continua, uma vez mais, este ano, a manter a sua saúde financeira perfeitamente estável e equilibrada Quando popularmente se diz uma andorinha não faz a Primavera tal presunção também se aplica às terras e às suas gentes, ou seja, a construção de uma terra é um processo coletivo, mediado pelo tempo, com protagonistas institucionais, mas também com personalidades que se distinguiram na evolução de uma dada comunidade. Claro que a terra de que falo é o concelho da Ribeira Grande e os protagonistas a que hoje nos referimos são as entidades e as pessoas que queremos homenagear. Estas sessões solenes dos feriados municipais são algo introspetivas: a terra olha para si e deseja que olhem ela, mas, também, ela olha para os outros, sobretudo, aqueles que a fizeram melhor. É um movimento de abertura e reconhecimento; é gesto de agradecimento porque a terra sente-se grata por aquilo que recebeu. Mas, bem lá no fundo, é a afirmação do processo identitário do município que está na raiz de tudo. E isso o concelho da Ribeira Grande tem-no feito cada vez mais convictamente e cada vez mais de forma consciente. O que os ribeiragrandenses têm vindo a fazer é dizer aos Açores contem connosco, estamos aqui e queremos participar com as nossas forças na melhoria de uma comunidade insular melhor e mais forte. Os jovens são o futuro da nossa sociedade e nós, como decisores políticos temos a obrigação de criar condições para que os mesmos não sejam atingidos pelo flagelo do desemprego que tem marcado os nossos dias, com uma taxa percentual elevada. A Câmara Municipal tem feito aquilo que se pede a uma entidade pública: lançar obras que permitam aos privados gerar emprego nas suas empresas através de concursos públicos ou ajustes diretos com consulta. Temo-lo feito com continuidade! Por outro lado, o município assumiu o compromisso em apoiar a criação de emprego através de programas de apoio ao emprego e formação profissional. Temos, neste momento, 64 pessoas a trabalhar connosco, no âmbito programas regionais de apoio ao emprego. Estes trabalhadores representam um acréscimo em cerca de 20% face ao total de trabalhadores da nossa autarquia e que tem permitido minorar o eventual impacto da situação económico financeira. Continuamos ainda a apostar na formação profissional como forma de habilitar os jovens a partirem para o mercado de emprego mais fortes 70% dos desempregados do concelho têm como mínimo de escolaridade o 6º ano- e a nossa Escola Profissional tem feito nesse campo um trabalho de grande qualidade. > Cavalhadas de São Pedro > Cavalhadas de São Pedro

15 Cultura 15 Todos os agentes hoje terão de fazer um esforço determinado pela criação responsável de emprego: entidades públicas, privadas, banca e instituições diversas. Cada um ao seu nível para que a oferta aumente. Existem sectores, como a agricultura, a pecuária e as pescas, com grande relevância concelhia que podem ajudar neste combate. Importa a consciência coletiva de gerarmos todos os mecanismos para ajudarmos as pessoas a terem o seu emprego e a criarem estabilidade nas suas famílias. Num ano marcado pela crise económica e financeira na europa e no país, com especial incidência nas autarquias, devido à aplicação das sucessivas medidas de austeridade, a Câmara da Ribeira Grande continua, uma vez mais, este ano, a manter a sua saúde financeira perfeitamente estável e equilibrada. Não temos pagamentos em atraso, seja a fornecedores, empreiteiros ou projetistas. Todos os nossos compromissos de curto prazo estão saldados e as amortizações dos nossos compromissos de Médio e Longo prazo também o são sistematicamente. No que concerne ao investimento da CMRG, continuamos a cumprir e a lançar as obras previstas no nosso Plano e Orçamento deste ano, e olhando o contexto de ilha somos das poucas autarquias que ainda continua a fazê-lo. Mesmo numa situação de crise económico-financeira que o nosso país atravessa, a Câmara Municipal da Ribeira Grande tem conseguido obras e projetos estruturantes para o nosso concelho, continuando, desta forma, a sua afirmação positiva no contexto de ilha e dos Açores, nas suas múltiplas potencialidades, quer sejam naturais, económicas, culturais e sociais. Os fundos comunitários ao dispor da autarquia têm uma taxa de execução na ordem dos 75%, prevendo-se atingir os 100% até ao final deste mandato. Das obras que vamos adjudicar em breve destaco a futura Biblioteca Municipal, recentemente denominada de Daniel de Sá, uma obra orçada em , assim como lançaremos a concurso, na próxima semana, a requalificação do Cen- > Cavalhadas de São Pedro > Cavalhadas de São Pedro > Cavalhadas de São Pedro > Cavalhadas de São Pedro > Cavalhadas de São Pedro

16 16 Cultura tro Histórico da Cidade, uma obra com valor base de Deste modo, e até ao final do ano, a CMRG quer atingir os 100% de execução dos seus fundos comunitários, usando esta ferramenta europeia que em muito tem contribuindo para o desenvolvimento do nosso concelho. Estes são projetos que a Câmara Municipal da Ribeira Grande abraça, no sentido de dar melhores condições aos ribeiragrandenses e são mais uma resposta da autarquia aos seus anseios e necessidades. Queremos usar, cada vez mais, as potencialidades do nosso mar, a partir da construção da 2.ª fase do Passeio Atlântico, e neste sentido continuaremos a pugnar junto do Governo Regional por uma mais intensa cooperação, com o intuito de dar melhores condições aos nossos munícipes. O Passeio Atlântico é um desígnio do concelho e por ele lutaremos sempre!! A Ribeira Grande é hoje um concelho amigo do turista e queremos continuar a sê-lo cada vez mais. A nossa afirmação como concelho cultural tem sido uma aposta gradual e segura. Esta noção é tão mais importante quanto mais pensarmos que o turismo já não vive só das nossas maravilhosas paisagens ou deste mar sem igual. O turismo também se alicerça nos espaços que contam a história de um local, no património e na capacidade que temos em receber quem nos visita. O Concelho da Ribeira Grande, neste aspeto, é aquele que mais oferta tem e onde se procura investir cada vez mais: praias, espaços paisagísticos, património edificado e procura de melhoria da oferta de serviços. Temos granjeado cada vez mais visitantes e isto é, sem dúvida, a prova deste esforço na salvaguarda do nosso património e da nossa cultura. Queremos afirmar a Ribeira Grande como a melhor cidade açoriana para a prática de desportos náuticos de relevância mundial, designadamente o surf, dinamizando o turismo local. No campo cultural inauguramos o Museu Vivo do Franciscanismo, nas instalações da igreja dos Frades, e que é o exemplo da execução acérrima de uma política cultural que tem dotado o concelho da Ribeira Grande de espaços e estruturas, que o colocam no mapa das mais importantes rotas culturais dos Açores. Queremos, dentro das nossas possibilidades financeiras, manter a nossa atenção à cultura e desenvolver projetos como a remodelação do Museu da Emigração e o apoio à instalação do Museu da Aviação dos Açores, que podem ser mais dois polos de atração turística do nosso concelho. No sector ambiental, a Caldeira Velha, monumento natural regional, é um local com características únicas em > Cavalhadas infantis > Cavalhadas infantis > Inicio das Festas do Concelho 2013 > Passeio de bicicleta

17 Cultura 17 toda a Região. É fundamental realçar as suas características geológicas, de biodiversidade, de atividade vulcânica secundária, de nascentes de águas quentes e existência de fumarolas. Neste sentido, a CMRG está a concluir a construção de um Centro Interpretativo, a inaugurar em breve, cujo objetivo é dar a conhecer condignamente aquele espaço. Apesar da crise financeira que o nosso país atravessa, a Câmara Municipal tem feito ainda um grande esforço em contribuir para a concretização das atividades das juntas de freguesia do concelho, assim como o movimento associativo e institucional da Ribeira Grande, transferindo as verbas possíveis para que prossigam com o seu trabalho meritório em prol do desenvolvimento cultural, social, desportivo e humanitário do concelho. Hoje, sentimos todos que a Ribeira Grande está no bom caminho!! Hoje sentimos todos um grande orgulho em ser ribeiragrandense; hoje, como ontem, queremos dizer bem alto Prá frente Ribeira Grande > Festa do Comércio da Ribeira Grande 2013 Viva a Ribeira Grande. Viva os Açores. > Festa do Comércio da Ribeira Grande 2013 > Coroação de Bandeiras e Coroas de Espirito Santo > Coroação de Bandeiras e Coroas de Espírito Santo > Exposição Pavlov A outra vida da folha de eucalipto > Exposição Ana Bela Rocha Reminiscências do Tempo

18 18 Cultura > Feira Comunitaria > Sopas do Espírito Santo > Marchas de São Pedro > Marchas de São Pedro

19 Cultura 19 > Torneio futebol > Torneio futebol > Casamatas Santa Luzia > Mega aula de Hidroginástica > Mega aula de Hidroginástica > Mostra das atividades económicas > Torneio de judo > Mostra das atividades económicas

20 20 Educação Sessão Solene comemorativa dos 15 anos da Escola Profissional da Ribeira Grande Decorreu no passado dia 5 de Abril a sessão solene comemorativa dos 15 anos da Escola Profissional da Ribeira Grande. Esta cerimónia realizou-se no Teatro Ribeiragrandense e contou com a presença da Diretora Regional da Educação, Dra. Graça Teixeira, e da Diretora Regional do Emprego e Qualificação Profissional, Dra. Ilda Baptista. Ricardo Silva, presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande presidiu a esta cerimónia que terminou com a entrega de diplomas aos formandos da Escola Profissional. A capacidade de leitura e escrita torna-nos mais fortes e participativos, afirma Ricardo Silva Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, O Ricardo Silva, esteve presente, no dia 14 de junho, na cerimónia de entrega dos diplomas de competências básicas a 3 turmas da Escola Profissional da Ribeira Grande, com cerca de 40 alunos, e que permitiram a obtenção da escolaridade mínima garantida, o 4.º ano. Estes cursos foram lecionados no polo Cidade na Ribeira Grande e no CAOF em Rabo de Peixe, de novembro a março, e foram uma parceria com a Rede Valorizar. Para o autarca, Ricardo Silva, a obtenção deste diploma é um ato de coragem e determinação de todos aqueles que abraçaram este percurso, e querem fazer um caminho mais forte e determinado nas suas vidas. Ricardo Silva afirmou que a educação é um pilar fundamental da nossa vida e que nos tornamos mais fortes e parte integrante da sociedade onde nos inserimos, quando temos a capacidade de leitura e de escrita. O presidente da câmara referiu ainda que o mercado de trabalho tornou-se cada vez mais difícil e quanto maior for o leque de competências adquiridas, melhor será o futuro de cada um e de todos, enquanto sociedade. O autarca ribeiragrandense elogiou o trajeto que todos estes formandos fizeram e incentivou-os a prosseguirem os estudos e a aumentarem as competências adquiridas, e salientou ainda que é fundamental para o desenvolvimento do nosso pensamento, o exercitar dos conhecimentos alcançados.

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Ano VI N.º 22 Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Bandeira Azul Hasteada na Ribeira Quente A Praia do Fogo da Ribeira Quente recebeu no dia 28 de

Leia mais

Desporto e Hábitos de Vida Saudável

Desporto e Hábitos de Vida Saudável Desporto e Hábitos de Vida Saudável SRA PRESIDENTE SRAS E SRS DEPUTADOS SR PRESIDENTE SRA E SRS MEMBROS DO GOVERNO Em primeiro lugar gostaria de cumprimentar a Srª Presidente da Assembleia, desejando-lhe

Leia mais

1 Newsletter. Março-Maio 2015 RUA SOAR DE CIMA ( MUSEU ALMEIDA MOREIRA) 3500-211 VISEU

1 Newsletter. Março-Maio 2015 RUA SOAR DE CIMA ( MUSEU ALMEIDA MOREIRA) 3500-211 VISEU 1 Newsletter 1. Quem Somos 2. Objetivos 3. Os Parceiros 4. Inauguração do Gabinete de Apoio - BEIRA AMIGA 5. Visita ao Gabinete de Inserção Profissional (da UGT) 6. Participação no Brainstorming Setorial

Leia mais

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA INED INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETO EDUCATIVO MAIA PROJETO EDUCATIVO I. Apresentação do INED O Instituto de Educação e Desenvolvimento (INED) é uma escola secundária a funcionar desde

Leia mais

INTRODUÇÃO OPÇÕES DO PLANO

INTRODUÇÃO OPÇÕES DO PLANO INTRODUÇÃO O presente Orçamento para o ano de 2014 para o qual o órgão Executivo da Junta de Freguesia de Labruja elaborou e aprovou, orientar-se-á na linha do plano traçado para os quatro anos do mandato,

Leia mais

> MENSAGEM DE BOAS VINDAS

> MENSAGEM DE BOAS VINDAS > MENSAGEM DE BOAS VINDAS A (DPE), da (DREQP), inicia, com o primeiro número desta Newsletter, um novo ciclo de comunicação e aproximação ao público em geral e, de forma particular, aos seus parceiros

Leia mais

5ª Edição do Projeto "Energia com vida"

5ª Edição do Projeto Energia com vida 5ª Edição do Projeto "Energia com vida" Maria Isabel Junceiro Agrupamento de Escolas de Marvão No presente ano letivo 2014-15, quatro turmas do Agrupamento de Escolas do Concelho de Marvão (8º e 9º anos),

Leia mais

II Edição 2014/2015 - REGULAMENTO -

II Edição 2014/2015 - REGULAMENTO - II Edição 2014/2015 - REGULAMENTO - Iniciativa de: Com o apoio de: 1. Apresentação O voluntariado é considerado como uma atividade inerente ao exercício de cidadania que se traduz numa relação solidária

Leia mais

PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA

PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA UNIVERSIDADE DO PORTO PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA LITERACIA FINANCEIRA DA U.PORTO Outubro de 2012 Enquadramento do programa na Estratégia Nacional de Formação Financeira Plano Nacional de Formação Financeira

Leia mais

Enquadramento e critérios de Candidatura

Enquadramento e critérios de Candidatura Enquadramento e critérios de Candidatura A cidadania ativa constitui um elemento chave do reforço da coesão social. O Conselho da União Europeia instituiu o ano de 2011, como Ano Europeu do Voluntariado

Leia mais

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Apresentação dos seguintes projectos: 1) Câmara de Lobos.

Leia mais

PROGRAMA ESCOLA + Voluntária

PROGRAMA ESCOLA + Voluntária PROGRAMA ESCOLA + Voluntária 1. Apresentação O voluntariado é considerado como uma atividade inerente ao exercício de cidadania que se traduz numa relação solidária para com o próximo, participando de

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL João Teresa Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal do Crato, em cumprimento do disposto no artigo 91.º da Lei n.º 169/99 de 18 de setembro, torna público que na 27.ª reunião

Leia mais

SESSÃO DE ABERTURA DA XVII ASSEMBLEIA GERAL DO CONSELHO MUNDIAL DAS CASAS DOS AÇORES

SESSÃO DE ABERTURA DA XVII ASSEMBLEIA GERAL DO CONSELHO MUNDIAL DAS CASAS DOS AÇORES SESSÃO DE ABERTURA DA XVII ASSEMBLEIA GERAL DO CONSELHO MUNDIAL DAS CASAS DOS AÇORES Hilmar, Califórnia, 29 de Agosto de 2014 Intervenção do Presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro Começo

Leia mais

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Responsabilidade Social Como estratégia de Sustentabilidade a Responsabilidade Social das Organizações, tornou-se de vital importância para o Terceiro Sector,

Leia mais

II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade. Tema: Uso Sustentável da Água. Regulamento do Concurso de Ideias

II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade. Tema: Uso Sustentável da Água. Regulamento do Concurso de Ideias II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade Tema: Uso Sustentável da Água Regulamento do Concurso de Ideias (Aberto a todos os cidadãos) 1. O que é? O concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade

Leia mais

FREGUESIA DE ARRUDA DOS VINHOS

FREGUESIA DE ARRUDA DOS VINHOS FREGUESIA DE ARRUDA DOS VINHOS lano de Activida e es Orçamento PPI 2012 À INTRODUCÃO Para cumprimento do disposto na alínea a) do n 2 do artigo 34 da lei n 169/99 de 18 de Setembro, na redacção que lhe

Leia mais

V Fórum Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis. As Desigualdades em Saúde e o Planeamento Saudável. Montijo 14 de Novembro de 2014

V Fórum Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis. As Desigualdades em Saúde e o Planeamento Saudável. Montijo 14 de Novembro de 2014 V Fórum Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis As Desigualdades em Saúde e o Planeamento Saudável Montijo 14 de Novembro de 2014 1. Saudação Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal do Montijo Exmo. Sr.

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO E ORÇAMENTO 2015. Servir a comunidade; educar para a cidadania e incluir os mais vulneráveis

PROGRAMA DE AÇÃO E ORÇAMENTO 2015. Servir a comunidade; educar para a cidadania e incluir os mais vulneráveis PROGRAMA DE AÇÃO E ORÇAMENTO 2015 Servir a comunidade; educar para a cidadania e incluir os mais vulneráveis CAPÍTULO I AETP: A INSTITUIÇÃO 1. Introdução No decorrer do ano de 2015 prevê-se que a AETP

Leia mais

Mensagem do Presidente

Mensagem do Presidente Mensagem do Presidente MENSAGEM DO PRESIDENTE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2014 www.cm-estarreja.pt Os documentos relativos ao Relatório de Atividades e Prestação de Contas 2014 do município de Estarreja têm, como

Leia mais

ECONOMIA SOCIAL PORTUGUESA: PAPEL NO PÓS-TROIKA GERIR UMA FUNDAÇÃO É UM COMPROMISSO PARA O FUTURO

ECONOMIA SOCIAL PORTUGUESA: PAPEL NO PÓS-TROIKA GERIR UMA FUNDAÇÃO É UM COMPROMISSO PARA O FUTURO GERIR UMA FUNDAÇÃO É UM COMPROMISSO PARA O FUTURO Citação de Dr. Emílio Rui Vilar 2 Tempo de mudanças sociais Estamos no início de um século que se adivinha difícil e instável nos seus Problemas Globais

Leia mais

Debate Quinzenal Economia Intervenção do Primeiro-Ministro José Sócrates

Debate Quinzenal Economia Intervenção do Primeiro-Ministro José Sócrates Debate Quinzenal Economia Intervenção do Primeiro-Ministro José Sócrates 11.02.2009 1. A execução da Iniciativa para o Investimento e o Emprego A resposta do Governo à crise económica segue uma linha de

Leia mais

pelouro da educação, cultura, desporto e juventude CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

pelouro da educação, cultura, desporto e juventude CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ORDEM DE TRABALHOS.6ª reunião CME Leitura e aprovação da ata da reunião anterior; Balanço do 1º período do ano letivo 2011/12; Intervenção do representante do Ministério

Leia mais

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS (Aberto a todos os Cidadãos) 1. O QUE É: O concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade é uma iniciativa da Câmara Municipal de

Leia mais

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino. Cerimónia de Abertura do WTPF-09

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino. Cerimónia de Abertura do WTPF-09 INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Eng. Mário Lino Cerimónia de Abertura do WTPF-09 Centro de Congressos de Lisboa, 22 de Abril de 2009 (vale a versão

Leia mais

Município de Leiria Câmara Municipal

Município de Leiria Câmara Municipal DELIBERAÇÃO DA REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE 11 DE AGOSTO DE 2015 Serviço responsável pela execução da deliberação Divisão de Ação Cultural, Museus e Turismo Epígrafe 4.2. Museu de Leiria Convento de

Leia mais

Polícia e o Natal das Crianças

Polícia e o Natal das Crianças Nº 4 - Março 2010 Assinatura de Protocolo - SES da PN e SS da PSP Polícia e o Natal das Crianças A o longo de muitos anos, o Serviço Social vem programando, conjuntamente com as unidades policiais e serviços,

Leia mais

Ganhar o Futuro com (a) Educação

Ganhar o Futuro com (a) Educação Começo por congratular todos os deputados, na pessoa da nossa Presidente, e, todos os membros do XI Governo, na pessoa do seu Presidente, certa que em conjunto faremos um trabalho profícuo para bem das

Leia mais

Permitam-me algum informalismo e que leve à risca o Protocolo.

Permitam-me algum informalismo e que leve à risca o Protocolo. 1 - Gostaria de pedir um minuto de silêncio em memória de todos os Bombeiros já falecidos e particularmente de Franquelim Gonçalves, que faleceu no desempenho das suas funções; 25 de maio Inauguração do

Leia mais

PROGRAMA DE SENSIBILIZAÇÃO DE CASCAIS

PROGRAMA DE SENSIBILIZAÇÃO DE CASCAIS PROGRAMA DE SENSIBILIZAÇÃO DE CASCAIS Ano letivo 2012/2013 TEMA VAMOS ADOTAR UMA RIBEIRA. ÂMBITO Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável 2005-2014 e a Década da Biodiversidade

Leia mais

Plano e Orçamento para 2015. Políticas de Promoção de Emprego e Empregabilidade

Plano e Orçamento para 2015. Políticas de Promoção de Emprego e Empregabilidade 1 Plano e Orçamento para 2015 Políticas de Promoção de Emprego e Empregabilidade Senhora Presidente da ALRAA Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente do Governo Senhoras e Senhores Membros do Governo

Leia mais

Exmo. Presidente do município da Murtosa, Joaquim Santos Baptista; - na sua pessoa uma saudação aos eleitos presentes e a esta hospitaleira terra!

Exmo. Presidente do município da Murtosa, Joaquim Santos Baptista; - na sua pessoa uma saudação aos eleitos presentes e a esta hospitaleira terra! Exmo. Presidente do município da Murtosa, Joaquim Santos Baptista; - na sua pessoa uma saudação aos eleitos presentes e a esta hospitaleira terra! 1 Exmo. Diretor-Geral da Educação, em representação do

Leia mais

Federação Portuguesa de Canoagem

Federação Portuguesa de Canoagem Federação Portuguesa de Canoagem Eleições Ciclo Olímpico 2012 a 2016 Carlos Cunha de Sousa Este documento serve para apresentar a todos, as linhas orientadoras para o mandato que me proponho fazer enquanto

Leia mais

Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M.

Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M. Câmara Municipal Presidência Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M.M de Sines Bem vindos à nossa grande festa

Leia mais

Relatório das Ações de Sensibilização do Projeto De Igual para Igual Numa Intervenção em Rede do Concelho de Cuba

Relatório das Ações de Sensibilização do Projeto De Igual para Igual Numa Intervenção em Rede do Concelho de Cuba Relatório das Ações de Sensibilização do Projeto De Igual para Igual Numa Intervenção em Rede do Concelho de Cuba 1 A dignidade do ser humano é inviolável. Deve ser respeitada e protegida Artigo 1º da

Leia mais

MUNICÍPIO DE LAGOA AÇORES REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE PREÂMBULO

MUNICÍPIO DE LAGOA AÇORES REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE PREÂMBULO REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE PREÂMBULO Em 1986 a Organização Mundial de Saúde (OMS) lança o projeto Cidades Saudáveis em 11 cidades europeias. O propósito desta iniciativa visou fortalecer

Leia mais

Manual da Marca Priolo

Manual da Marca Priolo 2015 Manual da Marca Priolo Carta Europeia de Turismo Sustentável Terras do Priolo ÍNDICE RESUMO 01 1. NOTA INTRODUTÓRIA 02 1.1 Justificação da necessidade de criação da Marca Priolo 02 2. PROCEDIMENTO

Leia mais

Mudança - PS,BE,PND,MPT, PTP e PAN

Mudança - PS,BE,PND,MPT, PTP e PAN Autárquicas 2013 Funchal Situação Política, financeira, económica e social O Concelho do Funchal vive uma situação dramática, a pior desde a implementação da democracia, da autonomia e do poder local democrático.

Leia mais

Discurso de Sua Excelência o Presidente da República

Discurso de Sua Excelência o Presidente da República Continuarei a percorrer o País, de Norte a Sul, a apelar à união de esforços, a levar uma palavra de esperança e a mostrar bons exemplos de resposta à crise. Discurso de Sua Excelência o Presidente da

Leia mais

Comunicar PAPA. Jornal. Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano. Administração Pública. www.governo.cv

Comunicar PAPA. Jornal. Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano. Administração Pública. www.governo.cv Jornal Comunicar Administração Pública Governo de Cabo Verde Edição Gratuita Mensal nº18 Setembro de 2010 Edição Especial www.governo.cv www.governo.cv PAPA Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL DOS AÇORES SESSÃO PLENÁRIA DE 11 a 13 NOVEMBRO DE 2002 Intervenção do Deputado Cabral Vieira

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL DOS AÇORES SESSÃO PLENÁRIA DE 11 a 13 NOVEMBRO DE 2002 Intervenção do Deputado Cabral Vieira ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL DOS AÇORES SESSÃO PLENÁRIA DE 11 a 13 NOVEMBRO DE 2002 Intervenção do Deputado Cabral Vieira O Plano e o Orçamento constituem documentos de grande importância para a economia

Leia mais

CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ

CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia Gaianima, E. M., Equipamentos Municipais Departamento do Desporto Escolar Escola Profissional de Gaia Academia de Xadrez de

Leia mais

Plano de Atividades 2012

Plano de Atividades 2012 Plano de Atividades 2012 A Direção da rede ex aequo propõe o seguinte plano de atividades para o ano de 2012, tendo em conta oito áreas de intervenção consideradas prioritárias. 1. Área de Apoio 2. Área

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Vice - Presidência do Governo Gabinete do Vice-Presidente

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Vice - Presidência do Governo Gabinete do Vice-Presidente Senhor Presidente da Assembleia Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente Senhora e Senhores Membros do Governo Permitam-me que, pela primeira vez que tenho a honra de intervir nesta Assembleia,

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE CANAVIAIS Concelho de Évora GRANDES OPÇÕES DO PLANO

JUNTA DE FREGUESIA DE CANAVIAIS Concelho de Évora GRANDES OPÇÕES DO PLANO GRANDES OPÇÕES DO PLANO Na continuidade das opções que temos vindo a desenvolver ao longo do nosso mandato, que reflectem nas suas linhas gerais de orientação, uma constante preocupação em proporcionar

Leia mais

Senhora Presidente da Assembleia Legislativa da RAA Senhoras e senhores Deputados Senhor Presidente do Governo Senhora e Senhores membros do Governo

Senhora Presidente da Assembleia Legislativa da RAA Senhoras e senhores Deputados Senhor Presidente do Governo Senhora e Senhores membros do Governo Senhora Presidente da Assembleia Legislativa da RAA Senhoras e senhores Deputados Senhor Presidente do Governo Senhora e Senhores membros do Governo Em primeiro lugar, quero saudar a Senhora Presidente

Leia mais

Plano de Atividades 2014

Plano de Atividades 2014 ADRA PORTUGAL Plano de Atividades 2014 Rua Ilha Terceira, 3 3º 100-171 LISBOA Telefone: 213580535 Fax: 213580536 E-Mail: info@adra.org.pt Internet: www.adra.org.pt Introdução A ADRA (Associação Adventista

Leia mais

Regra geral uma grande parte das pessoas vive dia a dia, sem pensar no futuro, sem construir, sem saber como gerar riqueza.

Regra geral uma grande parte das pessoas vive dia a dia, sem pensar no futuro, sem construir, sem saber como gerar riqueza. 1.ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO FINANCEIRA A importância da formação financeira para os supervisores financeiros Antiga Igreja de S. Julião Sede do Banco de Portugal Lisboa,

Leia mais

IX Colóquio Os Direitos Humanos na Ordem do Dia: Jovens e Desenvolvimento - Desafio Global. Grupo Parlamentar Português sobre População e

IX Colóquio Os Direitos Humanos na Ordem do Dia: Jovens e Desenvolvimento - Desafio Global. Grupo Parlamentar Português sobre População e IX Colóquio Os Direitos Humanos na Ordem do Dia: Jovens e Desenvolvimento - Desafio Global Grupo Parlamentar Português sobre População e Cumprimentos: Desenvolvimento Assembleia da República 18 de Novembro

Leia mais

Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015

Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015 Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015 Plano de Atividades Programa de Educação para a Sustentabilidade O Programa de Educação para a Sustentabilidade para o ano letivo 2014/2015 integra

Leia mais

Centro Comunitário Bairro Social de Paradinha

Centro Comunitário Bairro Social de Paradinha A Cáritas Diocesana de Viseu no Bairro Social de Paradinha A Cáritas continua com um trabalho de relevante interesse social no Bairro Social de Paradinha. No ano de 2008, a Cáritas continuou a desenvolver

Leia mais

Projeto Viva a Alameda

Projeto Viva a Alameda Projeto Viva a Alameda Janeiro 2012 I. Enquadramento a. Política de Cidades o instrumento PRU b. Sessões Temáticas II. A PRU de Oliveira do Bairro a. Visão b. Prioridades Estratégicas c. Área de Intervenção

Leia mais

REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE

REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE Os Amigos do Cáster em parceria com a Câmara Municipal de Ovar criam o PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE, inserido no âmbito do Programa Integrado de

Leia mais

OPÇÕES DO PLANO 2015:2018 datas 2015 2016 2017 2018. conclusão. Respons. início 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196.

OPÇÕES DO PLANO 2015:2018 datas 2015 2016 2017 2018. conclusão. Respons. início 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196. 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196.916,00 1 ENSINO PRÉ-ESCOLAR E DO 1º CICLO 116.500,00 93.625,00 100.574,00 103.487,00 1 Apoios e subsídios CM 13 18 5 05-06-02-03-99 1.000,00 1.030,00 2.122,00

Leia mais

À DESCOBERTA DE UMA NOVA

À DESCOBERTA DE UMA NOVA ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE VELAS À DESCOBERTA DE UMA NOVA NOVA ILHA INTERCÂMBIO 5º C DAS VELAS/ 5ºC DE VILA FRANCA DO CAMPO Introdução Uma vez que o arquipélago dos Açores é composto por nove ilhas,

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE

MINISTÉRIO DO AMBIENTE REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DO AMBIENTE O Ministério do Ambiente tem o prazer de convidar V. Exa. para o Seminário sobre Novos Hábitos Sustentáveis, inserido na Semana Nacional do Ambiente que terá

Leia mais

Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS)

Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS) Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS) Relatório de Actividades do ano letivo 2014/15 A Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS), tutelada pela API e apoiada pelo Ministério da Educação,

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

para um novo ano lectivo

para um novo ano lectivo Ano Lectivo 2008/09 20 medidas de política para um novo ano lectivo Este documento apresenta algumas medidas para 2008/09: Apoios para as famílias e para os alunos Modernização das escolas Plano Tecnológico

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES ORÇAMENTO

PLANO DE ATIVIDADES ORÇAMENTO CENTRO DE CULTURA E DESPORTO DO PESSOAL DO MUNICÍPIO DE CASCAIS PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO 2016 Índice 1. Introdução... 3 2. Eixos Estratégicos... 4 3. Objetivos Estratégicos... 5 4. Notas Finais...

Leia mais

ÂMBITO Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável 2005-2014 e a Década da Biodiversidade 2011-2020.

ÂMBITO Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável 2005-2014 e a Década da Biodiversidade 2011-2020. CONCURSO 1 ESCOLAR REGULAMENTO 2011/2012 Como melhorar a qualidade ambiental da minha escola? TEMA Como Melhorar a Qualidade Ambiental da Minha Escola? ÂMBITO Década das Nações Unidas da Educação para

Leia mais

Educação para a Cidadania linhas orientadoras

Educação para a Cidadania linhas orientadoras Educação para a Cidadania linhas orientadoras A prática da cidadania constitui um processo participado, individual e coletivo, que apela à reflexão e à ação sobre os problemas sentidos por cada um e pela

Leia mais

Medidas de Revitalização do Emprego

Medidas de Revitalização do Emprego Projeto de Resolução n.º 417/XII Medidas de Revitalização do Emprego A sociedade europeia em geral, e a portuguesa em particular, enfrentam uma crise social da maior gravidade. Economia em recessão e um

Leia mais

Enquadramento Turismo Rural

Enquadramento Turismo Rural Enquadramento Turismo Rural Portugal é um País onde os meios rurais apresentam elevada atratividade quer pelas paisagens agrícolas, quer pela biodiversidade quer pelo património histórico construído o

Leia mais

REGULAMENTO. Selo de Reconhecimento de Práticas e Atos pelo Desperdício Alimentar Zero

REGULAMENTO. Selo de Reconhecimento de Práticas e Atos pelo Desperdício Alimentar Zero REGULAMENTO Selo de Reconhecimento de Práticas e Atos pelo Desperdício Alimentar Zero A Secretaria de Estado da Alimentação e Investigação Agroalimentar, no seguimento do Compromisso Prevenir Desperdício

Leia mais

Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros do Governo

Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros do Governo Intervenção Proferida pelo deputado Luís Henrique Silva, Novembro de 06, aquando da discussão do Plano e Orçamento para 2007 Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente,

Leia mais

Os seguros na crise financeira

Os seguros na crise financeira Os seguros na crise financeira Intervenção do Presidente do ISP, Professor Doutor José Figueiredo Almaça, na Conferência Os seguros em Portugal, organizada pelo Jornal de Negócios Lisboa, 13 maio 2014

Leia mais

Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012

Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012 Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012 Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira Excelentíssimas Senhoras e Senhores Deputados A proposta do Orçamento

Leia mais

Departamento: Ciências 2

Departamento: Ciências 2 Setembro Outubro Novembro Dezembro Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS 2 Ano Letivo: 2013/14 PLANIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES A CONSTAR DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Departamento:

Leia mais

Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005. Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005

Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005. Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005 Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005 Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005 Senhor Presidente da ALRAA Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente do Governo

Leia mais

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra. Senhor Representante de Sua Excelência o Presidente da República, General Rocha Viera, Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS 1. APRESENTAÇÃO PRINCÍPIOS E VALORES Acreditamos pela força dos factos que o desenvolvimento desportivo de um Concelho ou de uma Freguesia, entendido na sua vertente quantitativa e qualitativa, exige uma

Leia mais

Revista de Imprensa Janeiro de 2007. 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006

Revista de Imprensa Janeiro de 2007. 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006 Revista de Imprensa Janeiro de 2007 DNA 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006 2 - Diário Económico, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 10 projectos em 2006 3 - Jornal

Leia mais

É precisamente nestas alturas que temos de equacionar todos os meios possíveis para tornar viáveis, nomeadamente, os museus.

É precisamente nestas alturas que temos de equacionar todos os meios possíveis para tornar viáveis, nomeadamente, os museus. Museus Novos produtos para novos públicos António Ponte Paço dos Duques de Bragança PORTO, 2011-11-07 Ao iniciar esta apresentação quero agradecer o convite que nos foi endereçado para apresentar a situação

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016. Associação Sénior de Odivelas

PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016. Associação Sénior de Odivelas PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016 Associação Sénior de Odivelas A Universidade Sénior de Odivelas é um projecto inovador que tem por base a promoção da qualidade de vida dos seniores de Odivelas, fomentando

Leia mais

PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 1373/XII/4ª

PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 1373/XII/4ª PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 1373/XII/4ª Recomenda ao Governo a definição de uma estratégia para o aprofundamento da cidadania e da participação democrática e política dos jovens A cidadania é, além de um

Leia mais

Informação sobre Ecossistemas Locais

Informação sobre Ecossistemas Locais Informação sobre Ecossistemas Locais Bandeira Azul 2015 1. Biodiversidade local O litoral de Vila Nova de Gaia apresenta uma considerável biodiversidade, com fauna e flora característica dos substratos

Leia mais

DELIBERAÇÕES APROVADAS EM MINUTA E PARA EFEITOS IMEDIATOS

DELIBERAÇÕES APROVADAS EM MINUTA E PARA EFEITOS IMEDIATOS DELIBERAÇÕES APROVADAS EM MINUTA E PARA EFEITOS IMEDIATOS (Nos termos do nº3 do artº 92º do Decreto-Lei nº 169/99, de 18/09) --------- Reunião de 29 de Maio de 2007 --------- --- PEDIDOS DE ISENÇÃO DE

Leia mais

SEMINÁRIO DE DIVULGAÇÃO DO TRABALHO DESENVOLVIDO NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE

SEMINÁRIO DE DIVULGAÇÃO DO TRABALHO DESENVOLVIDO NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE SEMINÁRIO DE DIVULGAÇÃO DO TRABALHO DESENVOLVIDO NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE Lisboa, 20 de Maio 2011 ECOTECA DE OLHÃO Fátima Monteiro . Auxiliar de Serviços Gerais.Técnica Administrativa.

Leia mais

Visão. Missão. Valores. Escola Profissional de Tecnologia Psicossocial do Porto

Visão. Missão. Valores. Escola Profissional de Tecnologia Psicossocial do Porto Missão A Escola Profissional de Tecnologia tem como missão prestar serviços educativos de excelência aos seus alunos, qualificando-os para o exercício profissional e para o prosseguimento de estudos, no

Leia mais

INICIATIVA JESSICA. Fundo de Desenvolvimento Urbano Turismo. Faro, 22 de maio de 2013

INICIATIVA JESSICA. Fundo de Desenvolvimento Urbano Turismo. Faro, 22 de maio de 2013 INICIATIVA JESSICA Fundo de Desenvolvimento Urbano Turismo Faro, 22 de maio de 2013 O Turismo na economia Peso no PIB Peso no Emprego Peso nas Exportações Peso dos Mercados O Turismo e a Regeneração Urbana

Leia mais

CRIAR UM EMPREGO CRIA MUITO MAIS DO QUE UM EMPREGO.

CRIAR UM EMPREGO CRIA MUITO MAIS DO QUE UM EMPREGO. CRIAR UM EMPREGO CRIA MUITO MAIS DO QUE UM EMPREGO O emprego tem uma enorme importância tanto para os indivíduos como para a sociedade Para além de ser uma fonte de rendimento, uma forma de ocupação e

Leia mais

REGULAMENTO DO CARTÃO MORTÁGUA JOVEM NOTA JUSTIFICATIVA

REGULAMENTO DO CARTÃO MORTÁGUA JOVEM NOTA JUSTIFICATIVA REGULAMENTO DO CARTÃO MORTÁGUA JOVEM NOTA JUSTIFICATIVA Um dos desígnios da Câmara Municipal de Mortágua é o de, através das suas competências, responder a necessidades reais sentidas pela camada mais

Leia mais

Casa do Povo de Porto Judeu Instituição Particular de Solidariedade Social Contribuinte n.º 512 007 136

Casa do Povo de Porto Judeu Instituição Particular de Solidariedade Social Contribuinte n.º 512 007 136 Contribuinte n.º 512 007 136 PLANO DE ACTIVIDADES ANO DE 2009 I INTRODUÇÃO A Casa do Povo de Porto Judeu, como instituição de solidariedade social, e com algum peso no desenvolvimento desta freguesia no

Leia mais

Estiveram presentes 98 técnicas em representação de 66 Instituições.

Estiveram presentes 98 técnicas em representação de 66 Instituições. 1. No dia 4 de Dezembro, a União Distrital de Santarém em parceria com Segurança Social, levou a efeito o ultimo dos 5 encontros realizados em várias zonas do distrito, sobre o tema "Encontros de Partilha",

Leia mais

POLÍTICAS SOCIAIS APOIO À NATALIDADE, À TERCEIRA IDADE, IGUALDADE E INCLUSÃO SOCIAL

POLÍTICAS SOCIAIS APOIO À NATALIDADE, À TERCEIRA IDADE, IGUALDADE E INCLUSÃO SOCIAL 1 POLÍTICAS SOCIAIS APOIO À NATALIDADE, À TERCEIRA IDADE, IGUALDADE E INCLUSÃO SOCIAL Senhora Presidente da Assembleia Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente do Governo Senhora e Senhores Membros

Leia mais

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA PÚBLICA DO DIA 21-11-2011

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA PÚBLICA DO DIA 21-11-2011 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA PÚBLICA DO DIA 21-11-2011 Presidente - António Fernando Raposo Cordeiro Vereadores - Nina Márcia Pacheco Rodrigues Pinto - Helga Margarida Soares Costa - Rui António Dias Carvalho

Leia mais

Intervenção do Sr. Deputado. Osório Silva. Intitulada: O Sector do Turismo na Ilha Terceira. Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores

Intervenção do Sr. Deputado. Osório Silva. Intitulada: O Sector do Turismo na Ilha Terceira. Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores Intervenção do Sr. Deputado Osório Silva Intitulada: O Sector do Turismo na Ilha Terceira Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores Sala das Sessões, Ilha do Faial O Partido Socialista/Açores,

Leia mais

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos Em 2011 foi a Maratona com maior participação das provas da FPC Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos A oitava edição da Maratona BTT 5 Cumes foi apresentada na última quinta-feira

Leia mais

SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL. Ciberespaço: Liderança, Segurança e Defesa na Sociedade em Rede

SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL. Ciberespaço: Liderança, Segurança e Defesa na Sociedade em Rede INTERVENÇÃO DA SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL BERTA DE MELO CABRAL 7º EIN Simpósio Internacional Ciberespaço: Liderança, Segurança e Defesa na Sociedade em Rede Lisboa, Academia Militar,

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES

RELATÓRIO DE ATIVIDADES RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013.2014 Fernando Ferreira 09-06-2014 Escolha um item. RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE CÓDIGO DA ATIVIDADE LA12 DESIGNAÇÃO DA ATIVIDADE Concurso Escolar Rede Europeia e Global

Leia mais

Plano Atividades Câmara Municipal do Funchal

Plano Atividades Câmara Municipal do Funchal 2015 Plano Atividades 1 Câmara Municipal do Funchal Departamento de Educação e Promoção Social 2 A Câmara Municipal do Funchal, no âmbito do seu Programa de Educação para a Cidadania, desenvolve, através

Leia mais

DECLARAÇÃO POLÍTICA DESAFIOS DO FUTURO NO MAR DOS AÇORES BERTO MESSIAS LIDER PARLAMENTAR DO PS AÇORES

DECLARAÇÃO POLÍTICA DESAFIOS DO FUTURO NO MAR DOS AÇORES BERTO MESSIAS LIDER PARLAMENTAR DO PS AÇORES DECLARAÇÃO POLÍTICA DESAFIOS DO FUTURO NO MAR DOS AÇORES BERTO MESSIAS LIDER PARLAMENTAR DO PS AÇORES Sra. Presidente Sras. e Srs. Deputados Sr. Presidente do Governo Sra. e Srs. Membros do Governo Já

Leia mais

Entidades Promotoras de Voluntariado Lourinhã

Entidades Promotoras de Voluntariado Lourinhã Entidades Promotoras de Voluntariado Câmara Municipal da Casa do Povo da Casa Pia de Lisboa Centro Social e Paroquial da ADAPECIL Associação Juvenil Tá a Mexer GEAL Junta de Freguesia de Ribamar LOURAMBI

Leia mais

Pré-Projeto de Educação Ambiental

Pré-Projeto de Educação Ambiental Pré-Projeto de Educação Ambiental Vamos Descobrir e Valorizar o Alvão Ano 2014/15 Centro de Informação e Interpretação Lugar do Barrio 4880-164 Mondim de Basto Telefone: 255 381 2009 ou 255 389 250 1 Descobrir

Leia mais

Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 B-3-D-2. Atualização janeiro 2015

Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 B-3-D-2. Atualização janeiro 2015 ANEXO B APÊNDICE 3 ADENDA D RAM - GOVERNAÇÃO - EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOVERNAÇÃO Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 B-3-D-1 Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 B-3-D-2 GOVERNAÇÃO (EDUCAÇÃO,

Leia mais

REGULAMENTO DO CARTÃO JOVEM ConVida DO MUNICÍPIO DE SANTO TIRSO. Nota Justificativa

REGULAMENTO DO CARTÃO JOVEM ConVida DO MUNICÍPIO DE SANTO TIRSO. Nota Justificativa REGULAMENTO DO CARTÃO JOVEM ConVida DO MUNICÍPIO DE SANTO TIRSO Nota Justificativa O cartão Jovem ConVida do Município de Santo Tirso é uma iniciativa desta autarquia, que visa proporcionar aos jovens

Leia mais

Centro de Cultura e Desporto dos Trabalhadores do Município de Ponte de Lima PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO

Centro de Cultura e Desporto dos Trabalhadores do Município de Ponte de Lima PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO 2014 MISSÃO 2014 Renovar a imagem da associação Melhorar a qualidade dos serviços prestados Restabelecer as ações de carácter cultural, desportivo e recreativo Promover

Leia mais

O projeto da Rede Municipal de Hortas Urbanas de Vila Nova de Gaia. Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia

O projeto da Rede Municipal de Hortas Urbanas de Vila Nova de Gaia. Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia O projeto da Rede Municipal de Hortas Urbanas de Vila Nova de Gaia Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia O CONCEITO DE HORTA URBANA Possui objetivos distintos da atividade agrícola enquanto atividade económica

Leia mais

(Só faz fé a versão proferida)

(Só faz fé a versão proferida) Exmo. Senhor Presidente do Centro Desportivo e Cultural de Londres, Exmo. Senhor Embaixador, Exmo. Senhor Cônsul Geral, Exmo. Senhor Adido Social, Exmo. Senhor Conselheiro das Comunidades Madeirenses,

Leia mais