Sugestões de atividades e jogos para promover a construção do número pela criança

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sugestões de atividades e jogos para promover a construção do número pela criança"

Transcrição

1 Sugestões de atividades e jogos para promover a construção do número pela criança Curso Construção de jogos, materiais e atividades de Matemática para as séries iniciais

2 Querido(a) professor(a), Apresento, neste documento, alguns exemplos de jogos e atividades que eu costumava utilizar para promover o processo de construção do número de meus alunos. Muitos deles foram adaptados das propostas presentes no livro A criança e o número, da Constance Kamii. Uma ideia poderosa que aprendi com essa pesquisadora é que eu não posso ENSINAR o número. A criança constrói o número nas situações do dia-a-dia. Eu, como professora, posso: a) criar situações e aproveitar as situações cotidianas que possam contribuir com esse processo;

3 b) encorajá-la a colocar todos os tipos de objetos, ideias e eventos em relação, em vez de focalizar apenas a quantificação; c) incentivá-la a pensar sobre números e quantidades de objetos significativos para ela; d) desafiá-la a criar agrupamentos (conjuntos) de objetos e comparar diferentes conjuntos; e) intervir, fazendo a criança verbalizar o que está pensando e contra-argumentar para testar a convicção de suas ideias; f) promover resolução de conflitos e trocas de ideias entre colegas. Espero que os exemplos a seguir inspirem e abram novas possibilidades ao trabalho de vocês! Abraços! Silvia Kist

4 Atividades cotidianas - distribuição de materiais Na sala de aula, em vez de nós professores distribuirmos o material, podemos pedir que as crianças os selecionem e distribuam. Por exemplo, em vez de oferecer 5 caixas de jogos, uma para cada grupo, podemos pedir que uma criança pegue o número de caixas suficiente para cada um dos grupos. É importante que ela faça essa correspondência: se são 5 grupos, precisa pegar 5 caixas. O mesmo vale para a distribuição de folhas, tesouras, tubos de cola, brinquedos, etc. Solicitações como: traga o número suficiente para todos na mesa fazem a criança pensar sobre a quantificação em situações cotidianas.

5 Atividades cotidianas - recolher coisas Recolher coisas, tais como agendas, bilhetes assinados pelos pais, tema de casa, dinheiro, folha de atividades etc. proporciona uma oportunidade natural de ensinar a composição aditiva do número. Por exemplo, podemos incentivar os alunos a pensarem: quantos são ao todo na turma? Quantos trouxeram o dinheiro ontem? Quantos trouxeram hoje? Quantos ainda faltam trazer? Ou quantos fizeram o tema de casa, quantos faltaram à aula e quantos não fizeram. Fazer uma lista dos alunos em um cartaz e marcar atividades realizadas por cada um e atividades pendentes é outra oportunidade de explorar a composição aditiva.

6 Atividades cotidianas - quadros de registros Podemos fazer cartazes com os nomes dos alunos, de forma que possam registrar diariamente quantos vieram à aula, quantos estão ausentes, etc. Calendários com os dias da semana ou mês também são importantes para a criança se organizar no tempo. Podemos conversar sobre esse material diariamente. Que dia é hoje, que dia foi ontem, em que dia será o passeio, quantos dias faltam para o fim de semana, etc. Registros do número de peças nas caixas dos jogos ajudam a criança a verificar se faltam peças no momento de guardá-las.

7 Jogo de batalha Para o jogo de batalha, podemos confeccionar as cartinhas com as crianças ou usar as cartas de um baralho convencional. Cada criança vai precisar de um número de cartinhas (podem ser 10 ou 15) e colar números nessas cartinhas ou desenhá-los. Com alunos maiores, eu gosto de confeccionar as cartinhas com recortes de preços de encartes que envolvem números decimais (com vírgula).

8 Jogo de batalha Pode-se jogar em duplas ou trios. Cada criança pega a primeira cartinha da sua pilha e a põe na mesa. Quem tiver colocado a cartinha com o número maior, leva as cartinhas dos colegas. Vence quem tiver mais cartinhas.

9 Jogo de adivinhação Uma criança pode escolher uma cartinha com números de 1 a 10, por exemplo, e as demais têm que adivinhar qual foi a carta escolhida. À medida que as crianças vão tentando adivinhar, a criança que escolheu a cartinha diz se o número é mais ou menos, ou seja, se o número é maior ou menor.

10 Jogos de tabuleiro O jogo pode ser criado com um pedaço de cartolina, fichas para serem colocadas nos quadrados e um dado. Ele consiste em jogar o dado e distribuir o número de fichas correspondentes no tabuleiro. O objetivo do jogo é ser o primeiro a encher o cartão, ou enchê-lo e depois esvaziá-lo, retirando o número de fichas indicado no dado. Abaixo, estão exemplos de tabuleiros que podemos confeccionar.

11 Jogo das roupinhas - coordenação de atributos Este jogo é um dos que mais gosto! Ele requer 18 peças e 3 dados: Tipo de roupa: calça, saia e camisa. Cor: verde, vermelho e azul Tamanho: grande e pequeno

12 Dados do Jogo das roupinhas Confeccionamos: um dado de COR, em que cada face possui uma das cores: verde, vermelho e azul (na verdade, haverá duas faces com cada cor porque usamos somente 3 cores); Um dado de TIPO DE ROUPA, em que cada face possui a imagem de uma peça de roupa: calça, saia e camisa (duas faces para cada tipo); Um dado que representa TAMANHO, em que 3 faces têm tamanho pequeno e 3 faces têm tamanho grande.

13 Jogo das roupinhas - como jogar A criança joga os três dados juntos e precisa achar a peça que corresponde aos três atributos. Para achar a peça, ela precisa coordenar esses três atributos. Crianças que estão em processo inicial de construção do número têm dificuldade em fazer coordenação, e esse jogo pode ajudá-las a desenvolver tal operação. No exemplo abaixo, a partir da combinação dos dados, a criança tem que localizar a peça: camiseta, vermelha, pequena.

14 Molde para confeccionar o jogo das roupinhas. Elas podem ser feitas de papel cartão ou E.V.A.

15 Blocos lógicos Materiais para conjuntos São 48 peças de madeira ou plástico: Formas: quadrados, triângulos, retângulos e círculos Tamanhos: grande e pequeno Cores: amarelo, azul e vermelho Espessura: grosso e fino * As peças também podem ser confeccionadas em papelão ou E.V.A, eliminado o atributo espessura.

16 Sugestões de atividades com Blocos lógicos *algumas dessas ideias também podem ser adaptadas para o jogo das roupinhas. Exploração livre: deixar o aluno brincar livremente para promover a familiarização com o material. Depois, incentivá-lo a classificar ora por cores, ora por formas, tamanho ou espessura. Identificação das peças: pedir que o aluno mostre o quadrado vermelho, grande e fino, por exemplo. Depois, mostrar uma peça e pedir a descrição. Jogo das diferenças: mostrar duas peças e pedir que os alunos apontem as diferenças. Ex: a cor e a espessura são diferentes.

17 Sugestões de atividades com Blocos lógicos Jogo do trenzinho ( uma diferença, nem mais, nem menos ): distribuir as peças para as crianças. Uma delas começa o jogo, colocando no centro da mesa uma peça qualquer (ex: um círculo azul, pequeno, grosso); a segunda criança deve colocar ao lado da primeira peça uma outra que possua uma diferença e três permanências (ex: um círculo, azul, grande, grosso); a brincadeira continua, tendo como referência qualquer uma das peças das pontas. Se a criança não tiver peça para colocar, pula a sua vez. Quem colocar primeiro todas as peças ganha o jogo.

18 Sugestões de atividades com Blocos lógicos Jogo da seriação: colocar algumas peças em fila para o aluno descobrir a regra e continuar. Uma regra pode ser uma sequência de cores: amarelo, azul, vermelho, amarelo, azul, vermelho (usando peças de qualquer forma, tamanho ou espessura). Outra regra pode ser forma: triângulo, quadrado, círculo, triângulo, quadrado, círculo (usando peças de qualquer cor, tamanho ou espessura).

19 Jogo da caixa de fósforo - Conservando 10 Material: - caixa pequena com uma partição entre as duas seções. Podemos usar uma caixa de fósforos grande. Aí, dobramos um pouco a partição no meio para que as peças possam se movimentar entre os dois lados pecinhas na caixa. Podemos usar botão, feijão, etc.

20 Jogo da caixa de fósforo - Conservando 10 Objetivo: conservar 10. A criança vai vivenciar diferentes maneiras de formar o número 10: 10+0, 9+1, 8+2, 7+3, etc. Como jogar: agitamos a caixa, para que algumas pecinhas fiquem numa partição e outras, na outra. Primeiro, sem abrir a caixa, perguntamos quantas peças a criança acha que há em cada lado. Depois, abrimos apenas um lado e deixamos o outro coberto. Pedimos que a criança conte quantas estão no lado aberto e perguntamos quantas devem estar no outro lado. Ex: se no lado aberto há 4 pecinhas, ela deve pensar quantas estão no outro lado, sabendo que no total há 10.

21 Referências: KAMII, Constance. A criança e o número: implicações educacionais da teoria de Piaget por atuação. 6. ed. Campinas: Papirus, NETO, Ernesto Rosa. Didática da Matemática. 11. ed. São Paulo: Ática, 2001.

Sugestões de materiais e atividades para promover a construção do Sistema de Numeração Decimal pela criança

Sugestões de materiais e atividades para promover a construção do Sistema de Numeração Decimal pela criança Sugestões de materiais e atividades para promover a construção do Sistema de Numeração Decimal pela criança Curso Construção de jogos, materiais e atividades de Matemática para as séries iniciais Querido(a)

Leia mais

4. Jogos com dados de cores correspondentes àquelas dos Blocos Lógicos

4. Jogos com dados de cores correspondentes àquelas dos Blocos Lógicos 4. Jogos com dados de cores correspondentes àquelas dos Blocos Lógicos Prepare um dado com três cores em suas faces (azul, amarelo e vermelho), sendo que cada cor deve aparecer duas vezes; Com as peças

Leia mais

DANÔMIO. Objetivos Aprimorar o conhecimento da multiplicação de monômios.

DANÔMIO. Objetivos Aprimorar o conhecimento da multiplicação de monômios. DANÔMIO Objetivos Aprimorar o conhecimento da multiplicação de monômios. Materiais Dado feito de papel com um monômio em cada face, 6 tabelas que apresentam todas combinações de produtos dos monômios de

Leia mais

PEGUE 10. Quantidade: 08 unidades

PEGUE 10. Quantidade: 08 unidades 1 PEGUE 10 Materiais Um tabuleiro e 66 cartas redondas com os numerais de 1 a 7 nas seguintes quantidades: 1 22 cartas; 6-2 cartas; 2-16 cartas; 7-2 cartas; 3-12 cartas; Coringa 1 carta. 4-7 cartas; 5-4

Leia mais

PLANEJAMENTO (Rótulos) Portadores de texto - RÓTULOS Oralidade; ordem alfabética, produção de diferentes portadores de textos; argumentação;

PLANEJAMENTO (Rótulos) Portadores de texto - RÓTULOS Oralidade; ordem alfabética, produção de diferentes portadores de textos; argumentação; PLANEJAMENTO (Rótulos) Professor (a): Rosa Ilene Martini Garavaglia Portadores de texto - RÓTULOS Oralidade; ordem alfabética, produção de diferentes portadores de textos; argumentação; Competências criatividade.

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL VISCONDE DE BOM RETIRO - PIBID

COLÉGIO ESTADUAL VISCONDE DE BOM RETIRO - PIBID COLÉGIO ESTADUAL VISCONDE DE BOM RETIRO - PIBID Plano de aula De setembro à outubro de 2013 Bolsistas: Fernanda Menegotto, Jéssica Tumelero, Jéssica da Silva, Patricia Balbinot e Vera de Oliveira. Supervisora:

Leia mais

A construção do Sistema de Numeração Decimal SND e Testagem com criança de 6 a 9 anos

A construção do Sistema de Numeração Decimal SND e Testagem com criança de 6 a 9 anos A construção do Sistema de Numeração Decimal SND e Testagem com criança de 6 a 9 anos *as idades são referências, podem variar conforme o contexto Curso Construção de jogos, materiais e atividades de Matemática

Leia mais

Dominó Geométrico 7.1. Apresentação Este é um bom material para interagir a matemática de uma forma divertida e descontraída por meio de um jogo de

Dominó Geométrico 7.1. Apresentação Este é um bom material para interagir a matemática de uma forma divertida e descontraída por meio de um jogo de Dominó Geométrico 7.1. Apresentação Este é um bom material para interagir a matemática de uma forma divertida e descontraída por meio de um jogo de dominó que pode ser desenvolvido por até no máximo quatro

Leia mais

LÓGICA E CONJUNTOS. Xadrez.. 04 Torre de Hanói. 05 Quebra cabeças: cubo mágico. 06 três ao cubo.. 06 quebra cabeças. 06 tangran.

LÓGICA E CONJUNTOS. Xadrez.. 04 Torre de Hanói. 05 Quebra cabeças: cubo mágico. 06 três ao cubo.. 06 quebra cabeças. 06 tangran. LÓGICA E CONJUNTOS Xadrez.. 04 Torre de Hanói. 05 Quebra cabeças: cubo mágico. 06 três ao cubo.. 06 quebra cabeças. 06 tangran. Jogos: dados dominó. baralho. Pegadinhas: Garrafões Flanelógrafo Blocos lógicos

Leia mais

Exemplos de Brinquedos Criados/Adaptados

Exemplos de Brinquedos Criados/Adaptados Exemplos de Brinquedos Criados/Adaptados 22 Santa Marli Pires dos Santos Descrição 1. TORRE A torre consiste num conjunto de 20 caixas de papelão (com tamanhos diferentes, 1cm de diferença de uma para

Leia mais

Silvana Lemos da Silva Machado

Silvana Lemos da Silva Machado Oficinas Mão na Massa Cínara Barbosa Martins Siqueira Silvana Lemos da Silva Machado Resumo: Os trabalhos foram desenvolvidos na E.E. Cel. Gabriel Penha de Paiva, com crianças de 6 e 7 anos ( Educação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS ALEGRETE PIBID

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS ALEGRETE PIBID PROPOSTA DIDÁTICA 1. Dados de Identificação 1.1 Nome do bolsista: Taís Baú Bernardi 1.2 Público alvo: 6 ao 9 ano do Ensino Fundamental e Curso Magistério 1.3 Duração: 5 horas 1.4 Conteúdo desenvolvido:

Leia mais

PIFE DA MULTIPLICAÇÃO

PIFE DA MULTIPLICAÇÃO PIFE DA MULTIPLICAÇÃO Objetivo: Compreender melhor as operações de multiplicação. Materiais: 46 cartas da seguinte forma: 8 cartas com números do 2 ao 9 sendo estes multiplicadores; 8 cartas com números

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa

Universidade Federal de Viçosa Universidade Federal de Viçosa III Semana Acadêmica da Matemática ATIVIDADES MATEMÁTICAS COM RECURSOS E ADAPTAÇÕES PARA ALUNOS DEFICIENTES VISUAIS E SURDOS Autores: Claudia Segadas, Denise Felippe da Rocha,

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA PROFESSORES DO 1º CICLO - ESE DE CASTELO BRANCO

PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA PROFESSORES DO 1º CICLO - ESE DE CASTELO BRANCO Material Cuisenaire As barras Cuisenaire foram criadas pelo professor belga Émile Georges Cuisenaire e divulgadas pelo professor espanhol Caleb Gattegno, em 1952, tentando dar resposta à necessidade de

Leia mais

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual /Critérios de avaliação. Disciplina: Matemática 1.º ano 2014/2015

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual /Critérios de avaliação. Disciplina: Matemática 1.º ano 2014/2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110 Planificação Anual /Critérios de Disciplina: Matemática 1.º ano 2014/2015 Domínio (Unidade / Tema) Números e Operações Subdomínio/Conteúdos

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL PLANO DE ENSINO DISCIPLINA Matemática PROFESSOR Marina da Silva CARGA HORÁRIA TURMA / TURNO ANO LETIVO TOTAL SEMANAL 20 horas

EDUCAÇÃO INFANTIL PLANO DE ENSINO DISCIPLINA Matemática PROFESSOR Marina da Silva CARGA HORÁRIA TURMA / TURNO ANO LETIVO TOTAL SEMANAL 20 horas EDUCAÇÃO INFANTIL PLANO DE ENSINO DISCIPLINA Matemática PROFESSOR Marina da Silva CARGA HORÁRIA TURMA / TURNO ANO LETIVO TOTAL SEMANAL 20 horas Jardim I A - Matutino 2017 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1º TRIMESTRE

Leia mais

PROPOSTA DIDÁTICA. 3. Desenvolvimento da proposta didática 1 Dia (10 mim) Acomodação dos alunos e realização da chamada.

PROPOSTA DIDÁTICA. 3. Desenvolvimento da proposta didática 1 Dia (10 mim) Acomodação dos alunos e realização da chamada. PROPOSTA DIDÁTICA 1. Dados de Identificação 1.1 Nome do bolsista: Camila Dorneles da Rosa 1.2 Público alvo: Alunos do 6 ao 9 ano e Magistério. 1.3 Duração: 5 horas aula 1.4 Conteúdo desenvolvido: Operações

Leia mais

BERÇÁRIO II. 4 lixas nº 150

BERÇÁRIO II. 4 lixas nº 150 LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL 2018 CES A Centro Educacional Silva Dos Anjos Formando cidadãos do tamanho do mundo! 1 caderno de desenho horizontal, grande e sem pauta 96 folhas (encapado conforme orientação

Leia mais

ENSINO INFANTIL MATERNAL I MATERIAL ESCOLAR 2017

ENSINO INFANTIL MATERNAL I MATERIAL ESCOLAR 2017 ENSINO INFANTIL MATERNAL I MATERIAL ESCOLAR 2017 MATERIAL PARA USO INDIVIDUAL 02... Cadernos de desenho 01... Agenda escolar padronizada 02... Pastas classificadoras padronizadas 01... Avental padronizado

Leia mais

Lista de Materiais 2017 Maternal I - Educação Infantil

Lista de Materiais 2017 Maternal I - Educação Infantil 1 Maternal I - Educação Infantil 5 Botões coloridos grandes 2 Caixas de cola colorida 2 Caixas de fósforos (cheia) 2 Caixas de giz de cera curton com 12 cores 3 Caixas de massa de modelar com 12 cores

Leia mais

CONTEÚDOS E DIDÁTICA DE MATEMÁTICA

CONTEÚDOS E DIDÁTICA DE MATEMÁTICA Falando sobre a probabilidade nos anos iniciais da Educação Básica De um tempo para cá, mais especificamente desde a publicação dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) em 1998, as probabilidades passaram

Leia mais

Língua Portuguesa (contemplando os 4 eixos: Leitura; Produção de textos; Oralidade; Análise Linguística.

Língua Portuguesa (contemplando os 4 eixos: Leitura; Produção de textos; Oralidade; Análise Linguística. PLANEJAMENTO: Identidade PROFESSORA: Iracema Pavão História trabalhada ao longo da sequência: Competências Objetivos Estratégias em Leitura; produção textual; oralidade; análise linguística. - Estimular

Leia mais

ADAPTAÇÃO PEGA VARETAS (Números Inteiros Negativos)

ADAPTAÇÃO PEGA VARETAS (Números Inteiros Negativos) 1 ADAPTAÇÃO PEGA VARETAS (Números Inteiros Negativos) Objetivos Introduzir o conceito de números inteiros negativos; Desenvolvimento O professor confeccionará o jogo com os alunos ou distribuirá os jogos

Leia mais

Colégio Anchieta Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio. Lista de Material Escolar

Colégio Anchieta Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio. Lista de Material Escolar MATERNAL I ( 02 anos) 003 caixas de giz de cera (grande) 004 caixas de massa de modelar 002 caixas de fósforo (palitos pequenos) 001 rolo de durex (pequeno e largo) 001 rolo durex colorido 001 folha de

Leia mais

DAMA DAS EQUAÇÕES DO 1º GRAU

DAMA DAS EQUAÇÕES DO 1º GRAU 1 DAMA DAS EQUAÇÕES DO 1º GRAU Resolver equações de 1 grau; Estimular o raciocínio. Duplas. Material (um para cada dupla): Tabuleiro8x8 com 64 casas. 64 peças. O jogo é composto por um tabuleiro 8x8 com

Leia mais

ESI -COLÉGIO NOSSA SENHORA DE BELÉM LISTA DE MATERIAIS INFANTIL 2 EDUCAÇÃO INFANTIL

ESI -COLÉGIO NOSSA SENHORA DE BELÉM LISTA DE MATERIAIS INFANTIL 2 EDUCAÇÃO INFANTIL LISTA DE MATERIAIS - 2016 INFANTIL 2 EDUCAÇÃO INFANTIL Conjunto de pincel atômico 1 Caixa de giz de cera 12 cores- ( jumbo) 1 Caixa de cola colorida 5 cores 1 Cola relevo preta 1 Cartela de figurinha adesiva

Leia mais

Jogos e caixa de regras para confeccionar para o recreio na escola

Jogos e caixa de regras para confeccionar para o recreio na escola Jogos e brincadeiras Jogos e caixa de regras para confeccionar para o recreio na escola Noêmia Lopes Para garantir que todos os alunos se divirtam e tenham oportunidades de interação na hora do intervalo,

Leia mais

Professora: Deisi Meri Menzen Escola 1º de Maio. Sequencia de Outubro/novembro Identidade. Competências. Objetivos

Professora: Deisi Meri Menzen Escola 1º de Maio. Sequencia de Outubro/novembro Identidade. Competências. Objetivos Professora: Deisi Meri Menzen Escola 1º de Maio Sequencia de Outubro/novembro 2013- Identidade Competências Objetivos Estratégias em Língua Portuguesa (contemplando os 4 eixos: Leitura; Produção de textos;

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS ALEGRETE PIBID

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS ALEGRETE PIBID PROPOSTA DIDÁTICA 1. Dados de Identificação 1.1 Nome do bolsista: Natauan Bianchin de Lima 1.2 Público alvo: 6 ao 9 ano do Ensino Fundamental e Curso Magistério 1.3 Duração: 5 horas 1.4 Conteúdo desenvolvido:

Leia mais

KIT DOMINÓS E O DOMÍNIO DAS FRAÇÕES. GT 01 - Educação matemática no ensino fundamental: anos iniciais e anos finais

KIT DOMINÓS E O DOMÍNIO DAS FRAÇÕES. GT 01 - Educação matemática no ensino fundamental: anos iniciais e anos finais KIT DOMINÓS E O DOMÍNIO DAS FRAÇÕES GT 01 - Educação matemática no ensino fundamental: anos iniciais e anos finais José Vilani de Farias, IFRN, vilani.farias@ifrn.edu.br Amilde Martins da Fonseca, IFRN,

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DO ALUNO EM MATEMÁTICA 2º ANO

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DO ALUNO EM MATEMÁTICA 2º ANO AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DO ALUNO EM MATEMÁTICA 2º ANO ESCOLA ANO LETIVO PROFESSOR(A) DATA: / / NÚMERO E OPERAÇÕES identificar conceitos espaciais. Identificar a localização de pessoas e/ou objeto tendo:

Leia mais

JOGOS MATEMÁTICOS 2º ANO

JOGOS MATEMÁTICOS 2º ANO JOGOS MATEMÁTICOS 2º ANO ENCONTRE 1 Objetivos: - Realizar operações de adição e/ou subtração. - Estimular o cálculo mental. - Compor o número 1 com duas parcelas. Número de jogadores: 2 ou 4. Materiais:

Leia mais

O CALENDÁRIO ESCOLAR

O CALENDÁRIO ESCOLAR O CALENDÁRIO ESCOLAR GUIA PEDAGÓGICO E DE ACTIVIDADES REF. 30155 Direcção Técnica: Celso Crespo Bejarano Psicólogo É proibida a reprodução total ou parcial Não recomendado a menores de 36 meses por conter

Leia mais

ESCOLA EMEF PROFª MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI - PIBID 08/10/2014, 29/10/2014 e 05/11/2014

ESCOLA EMEF PROFª MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI - PIBID 08/10/2014, 29/10/2014 e 05/11/2014 ESCOLA EMEF PROFª MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI - PIBID 08/10/2014, 29/10/2014 e 05/11/2014 Bolsistas: Mévelin Maus, Milena Poloni Pergher e Odair José Sebulsqui. Supervisora: Marlete Basso Roman Disciplina:

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DOS 2º E 3º CICLOS DE SANTO ANTÓNIO

ESCOLA BÁSICA DOS 2º E 3º CICLOS DE SANTO ANTÓNIO ESCOLA BÁSICA DOS 2º E 3º CICLOS DE SANTO ANTÓNIO Teste 1 Matemática 9.º C Nome: n.º Data: 14/10/2016 Classificação: Professor: Instruções gerais Não é permitido o uso de corretor. É permitido a utilização

Leia mais

CEMAF SME Rio Claro PEB I

CEMAF SME Rio Claro PEB I CEMAF SME Rio Claro PEB I KAMII, Constance. A Criança e o Número: implicações da teoria de Piaget para atuação junto a escolares de 4 a 6 anos. 6ª edição. Campinas, São Paulo: Papirus. 1990. Prof. M.Sc.

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA PROFESSORES DO 1º E 2º CICLOS. PLANO DE AULA ASSISTIDA (Síntese)

PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA PROFESSORES DO 1º E 2º CICLOS. PLANO DE AULA ASSISTIDA (Síntese) PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA PROFESSORES DO 1º E 2º CICLOS PLANO DE AULA ASSISTIDA (Síntese) Formador: Dr. Miguel Silva Formanda: Conceição Aguiar Sernancelhe Fevereiro de 2007 Temas

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DE UTILIZAÇÃO DO MATERIAL ESCOLAR 2017 Baby visto Márcia/CPS. Unidade de Aprendizagem

PLANO DE AÇÃO DE UTILIZAÇÃO DO MATERIAL ESCOLAR 2017 Baby visto Márcia/CPS. Unidade de Aprendizagem Material *itens da lista anexa Quantidade PLANO DE AÇÃO DE UTILIZAÇÃO DO MATERIAL ESCOLAR 2017 Baby visto Márcia/CPS Data de utilização Unidade de Aprendizagem Descrição da atividade didática Livros de

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL I FASE I

EDUCAÇÃO INFANTIL I FASE I EDUCAÇÃO INFANTIL I FASE I Massa de modelar à base de amido - 12 cores (grande) 05 Folha de papel dupla face - amarela 04 Argila (pacote) 01 Placas de E.V.A. lisa amarela 03 Tinta guache 12 cores 03 Placas

Leia mais

OBMEP 2010 Soluções da prova da 2ª Fase Nível 2. Questão 1

OBMEP 2010 Soluções da prova da 2ª Fase Nível 2. Questão 1 Questão a) Para saber o número que deve dizer ao matemágico, Joãozinho deve fazer quatro contas: ª conta: multiplicar o número no cartão escolhido por 2; 2ª conta: somar 3 ao resultado da primeira conta;

Leia mais

2ª série do Ensino Médio Turma 3º Bimestre de 2017 Data / / Escola Aluno

2ª série do Ensino Médio Turma 3º Bimestre de 2017 Data / / Escola Aluno AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO Matemática 2ª série do Ensino Médio Turma 3º Bimestre de 2017 Data / / Escola Aluno 23 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Avaliação da Aprendizagem em Processo Prova do Aluno

Leia mais

DOMINÓ DAS QUATRO CORES

DOMINÓ DAS QUATRO CORES DOMINÓ DAS QUATRO CORES Aparecida Francisco da SILVA 1 Hélia Matiko Yano KODAMA 2 Resumo: O jogo Quatro Cores tem sido objeto de estudo de muitos profissionais que se dedicam à pesquisa da aplicação de

Leia mais

APRENDENDO PROBABILIDADE E GEOMETRIA POR MEIO DO JOGO AS ROLETAS E OS SÓLIDOS

APRENDENDO PROBABILIDADE E GEOMETRIA POR MEIO DO JOGO AS ROLETAS E OS SÓLIDOS 1 APRENDENDO PROBABILIDADE E GEOMETRIA POR MEIO DO JOGO AS ROLETAS E OS SÓLIDOS Daniela Souza Lima SEEDF e FAJESU danielasouzza@hotmail.com Raquel Souza Lima de Moura SEEDF raquelslmoura@gmail.com Resumo

Leia mais

NÃO FORAM SOLICITADOS MATERIAIS PARA A 2 a E 3 a SÉRIES

NÃO FORAM SOLICITADOS MATERIAIS PARA A 2 a E 3 a SÉRIES INFORMAÇÕES GERAIS PARA TODOS OS ALUNOS - É obrigatório o uso do fardamento (calça comprida tactel do Colégio ou jeans azul marinho, camisa polo modelo do Colégio, tênis, meias e, para Educação Física:

Leia mais

LISTA DE MATERIAL Berçário II (1 ano)

LISTA DE MATERIAL Berçário II (1 ano) 1 Berçário II (1 ano) 01 Tubo de cola (500g) 04 Folhas de EVA (Amarelo, azul, vermelho e verde) 01 Cartolina 01 Folha de papel crepom 01 Pote de tinta guache 250 ml 02 Fitas adesiva larga 01 Caixa de camisa

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ LISTA DE LIVROS E MATERIAIS 2017

CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ LISTA DE LIVROS E MATERIAIS 2017 CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ LISTA DE LIVROS E MATERIAIS 207 ENSINO FUNDAMENTAL 2º ANO ENCONTRO COM A FAMÍLIA Dia: 02.02.7 Horário Matutino: 9:30h às 0:30h Horário Vespertino: 4:30h às 5:30h INICIO DAS

Leia mais

C o l é g i o D r u m m o n d

C o l é g i o D r u m m o n d LISTA DE MATERIAIS - 1º ANO E.F /9 ANOS -2016 QTDE. MATERIAL QTDE. MATERIAL 01 Apontador com depósito 01 Pacote com palitos de sorvete com 50 03 Borrachas brancas, macias e grandes 02 Folhas de color set

Leia mais

ANEXO 1- REGULAMENTO DA BRINQUEDOTECA

ANEXO 1- REGULAMENTO DA BRINQUEDOTECA ANEXO 1- REGULAMENTO DA BRINQUEDOTECA Regulamento da Brinquedoteca IPORÁ 2015 COORDENAÇÃO DE PEDAGOGIA Regulamento da Brinquedoteca Regulamento desenvolvido para o curso de Pedagogia nível Graduação e

Leia mais

Boas férias e um ótimo estudo! Um enorme abraço! Profª Juliana

Boas férias e um ótimo estudo! Um enorme abraço! Profª Juliana Espero, que ao retornarmos às aulas, todo o empenho desse 1º semestre e mais o esforço das férias sejam recompensados pela alegria de sentir o quanto é bom aprender!!! E o quanto vale a pena acreditar

Leia mais

Comunidade de Prática Virtual Inclusiva Formação de Professores

Comunidade de Prática Virtual Inclusiva Formação de Professores O Mate erial Dourado Montessor ri O material Dourado ou Montessori é constituído por cubinhos, cubão, que representam: barras, placas e Observe que o cubo é formado por 10 placas, que a placa é formada

Leia mais

OBJETIVO São Roque. 100 folhas de sulfite colorido - tamanho A folhas de sulfite - tamanho A4. 2 folhas de papel vegetal

OBJETIVO São Roque. 100 folhas de sulfite colorido - tamanho A folhas de sulfite - tamanho A4. 2 folhas de papel vegetal Juniors LISTA DE 1 estojo contendo: 2 lápis HB número 2, 1 borracha branca, marca texto, caneta azul, tesoura, apontador, 1 caneta retroprojetor Lápis de cor e canetinhas em cores variadas 1 régua 30 cm

Leia mais

SEGUNDA ATIVIDADE PROPOSTA

SEGUNDA ATIVIDADE PROPOSTA 1 SEGUNDA ATIVIDADE PROPOSTA Confecção de um Cone e suas secções Construir um cone de uma folha, analisando suas secções de acordo com o ângulo formado com uma de suas geratrizes, dando ênfase à figura

Leia mais

Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1

Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1 JUSTIFICATIVAS PARA O MATERIAL PEDAGÓGICO 2015 Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1 01-Tela de arte para pintura 30x40: usada no contexto do projeto de artes plásticas. O objetivo

Leia mais

LISTA DE MATERIAL ESCOLAR 2015 MATERNAL I

LISTA DE MATERIAL ESCOLAR 2015 MATERNAL I LISTA DE MATERIAL ESCOLAR 2015 MATERNAL I LIVROS DIDÁTICOS Algodão-Doce Educação Infantil-Maternal (Língua Portuguesa Matemática Natureza e Sociedade). Autoras: Silvia Marina Guedes dos Reis e Ângela Cássia

Leia mais

Escola Superior de Educação Instituto Politécnico de Bragança. Mestrado Educação Pré-Escolar e Professor do 1.º Ciclo do Ensino Básico

Escola Superior de Educação Instituto Politécnico de Bragança. Mestrado Educação Pré-Escolar e Professor do 1.º Ciclo do Ensino Básico Escola Superior de Educação Instituto Politécnico de Bragança Mestrado Educação Pré-Escolar e Professor do 1.º Ciclo do Ensino Básico Unidade Curricular Didáctica da Matemática Algumas Tarefas 2008 / 2009

Leia mais

FRAÇÕES E NÚMEROS DECIMAIS. Materiais manipulativos para o ensino de COLEÇÃO MATHEMOTECA. ORGANIZADORAS Katia Stocco Smole Maria Ignez Diniz

FRAÇÕES E NÚMEROS DECIMAIS. Materiais manipulativos para o ensino de COLEÇÃO MATHEMOTECA. ORGANIZADORAS Katia Stocco Smole Maria Ignez Diniz COLEÇÃO MATHEMOTECA ORGANIZADORAS Katia Stocco Smole Maria Ignez Diniz Anos iniciais do ensino fundamental Materiais manipulativos para o ensino de FRAÇÕES E NÚMEROS DECIMAIS . a) Coloque as peças rosa

Leia mais

Lista de Material 2017 Integral A (período: manhã) Maternal e Inf. 1

Lista de Material 2017 Integral A (período: manhã) Maternal e Inf. 1 Integral A (período: manhã) Maternal e Inf. 1 01 bloco de papel Eco Cores Novaprint textura visual180g/ m 2 01 caixa de cola colorida (sugestão: Plasticor) 01 caixa de cola colorida com glitter (sugestão:

Leia mais

LISTA DE MATERIAIS - MATERNAL

LISTA DE MATERIAIS - MATERNAL LISTA DE MATERIAIS - MATERNAL - 2017 MATERIAL - COLETIVO *02 PINCÉIS DE BORDA REDONDA- Nº 12 E 10 *04 CAIXAS DE MASSA PARA MODELAR 12 CORES SOFT *500 FOLHAS DE PAPEL SULFITE A4 *02 FOLHAS DE E.V. A. (CORES

Leia mais

A construção começa a ganhar forma. A Carla e a Melissa escolhem as primeiras peças. Acho que esta peça não é aqui. A Raquel está muito concentrada.

A construção começa a ganhar forma. A Carla e a Melissa escolhem as primeiras peças. Acho que esta peça não é aqui. A Raquel está muito concentrada. A Carla e a Melissa escolhem as primeiras peças. A construção começa a ganhar forma. A Raquel está muito concentrada. Acho que esta peça não é aqui. Agora é a vez da Sara ajudar. Já falta pouco para estar

Leia mais

Relação de Materiais. Maternal Baby/ livros de Literatura Infantil (de pano ou. plástico) e ou livros resistentes;

Relação de Materiais. Maternal Baby/ livros de Literatura Infantil (de pano ou. plástico) e ou livros resistentes; Maternal Baby/2015 01 foto RECENTE 3 X 4; 01 caixa com 6 tintas têmperas 01 tinta de rosto (da cor da sua preferência); 01 brocha pequena; 01 tubo de cola branca com o bico fino; 03 tubos de cola colorida;

Leia mais

PROJETO DO 3º BIMESTRE PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E ESTAÇÕES DO ANO

PROJETO DO 3º BIMESTRE PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E ESTAÇÕES DO ANO CRECHE MUNICIPAL TERTULIANA MARIA DE ARRUDA SOUZA MÂE NHARA PROJETO DO 3º BIMESTRE PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E ESTAÇÕES DO ANO CUIABÁ 2015 INTRODUÇÃO Partindo do pressuposto de que a creche é um espaço

Leia mais

LISTA DE MATERIAIS - MATERNAL 2018

LISTA DE MATERIAIS - MATERNAL 2018 LISTA DE MATERIAIS - MATERNAL 2018 *01 PASTA BRASIL *01 BRINQUEDO PEDAGÓGICO DE PLÁSTICO OU MADEIRA - EXCETO E.V.A. *01 LIVRO DE HISTÓRIA INFANTIL (PARA CRIANÇAS DE 4 ANOS)- TAMANHO GRANDE *02 CADERNOS

Leia mais

COLÉGIO SANTA ESCOLÁSTICA LISTA DE MATERIAL º ano

COLÉGIO SANTA ESCOLÁSTICA LISTA DE MATERIAL º ano LISTA DE MATERIAL 2018 1º ano 1 jogo de canetas hidrocor (marcar o nome em todas) 6 lápis pretos nº 2 (marcar o nome em todos) 3 colas em bastão 40g 1 pincel redondo nº 16 1 tesoura sem ponta (gravar o

Leia mais

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL DO ALUNO EDUCAÇÃO INFANTIL - INFANTIL 2

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL DO ALUNO EDUCAÇÃO INFANTIL - INFANTIL 2 LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL DO ALUNO EDUCAÇÃO INFANTIL - INFANTIL 2 Obs.: As imagens têm o intuito de auxiliar no reconhecimento das características do material solicitado, sem referenciar marcas. O material

Leia mais

Lista de Materiais PERÍODO INTEGRAL

Lista de Materiais PERÍODO INTEGRAL Lista de Materiais - 2016 - PERÍODO INTEGRAL 03/02/2016 (Quarta-Feira) Início das aulas e entrega do material para as auxiliares 10/02/2016 - (Quarta-feira) Reunião com pais às 19h na Reitoria. 10 Folhas

Leia mais

LISTA DE MATERIAL 1º ANO ENSINO FUNDAMENTAL/2015

LISTA DE MATERIAL 1º ANO ENSINO FUNDAMENTAL/2015 LISTA DE MATERIAL 1º ANO ENSINO FUNDAMENTAL/2015 03 Cadernos Universitários de 100 fls 01 Caderno ¼ capa dura de 100 fls recados 01 Agenda 2015 01 Estojo 02 Borrachas brancas 01 Tesoura sem ponta (de boa

Leia mais

LISTA DE MATERIAL ESCOLAR 2017 EDUCAÇÃO INFANTIL. 1. Todo o material deverá vir com nome, ano e professora;

LISTA DE MATERIAL ESCOLAR 2017 EDUCAÇÃO INFANTIL. 1. Todo o material deverá vir com nome, ano e professora; OBSERVAÇÕES: 1. Todo o material deverá vir com nome, ano e professora; 2. Etiquetar cadernos, livros e pastas (do lado de fora) 3. O material de uso individual deverá ser reposto sempre que necessário;

Leia mais

XX OLIMPÍADA REGIONAL DE MATEMÁTICA DE SANTA CATARINA Resolução do treinamento 1 Nível 1

XX OLIMPÍADA REGIONAL DE MATEMÁTICA DE SANTA CATARINA Resolução do treinamento 1 Nível 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS FÍSICAS E MATEMÁTICAS DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PET MATEMÁTICA XX OLIMPÍADA REGIONAL DE MATEMÁTICA DE SANTA CATARINA Resolução do treinamento

Leia mais

- EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL I 1 ANO FIQUE ATENTO:

- EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL I 1 ANO FIQUE ATENTO: INFANTIL I 1 ANO de 2017 das 8h às 11h nas Salas de Aula da Ed. Infantil do Colégio. Camisa e short azul do Colégio - tênis azul marinho, branco ou preto. OBS.: Os alunos até Infantil II poderão usar sandálias

Leia mais

NÃO FORAM SOLICITADOS MATERIAIS PARA A 2 a E 3 a SÉRIES

NÃO FORAM SOLICITADOS MATERIAIS PARA A 2 a E 3 a SÉRIES INFORMAÇÕES GERAIS PARA TODOS OS ALUNOS - É obrigatório o uso do fardamento (calça comprida tactel do Colégio ou jeans azul marinho, camisa polo modelo do Colégio, tênis, meias e, para Educação Física:

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés REGULAMENTO DA BRINQUEDOTECA Regulamenta o funcionamento da Brinquedoteca no âmbito da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés. Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFª MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI. Plano de aula nº 10. Potenciação e Radiciação

ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFª MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI. Plano de aula nº 10. Potenciação e Radiciação ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFª MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI Plano de aula nº 10 Potenciação e Radiciação Bolsistas: Andressa Santos Vogel e Patricia Lombello Supervisora: Marlete Basso Roman

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ INFORMAÇÕES IMPORTANTES:

CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ INFORMAÇÕES IMPORTANTES: CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ LISTA DE LIVROS E MATERIAIS 2015 ENSINO FUNDAMENTAL 2º ANO - Antiga 1ª Série Ensino Fundamental MÓDULO DO ÉTICO (ADQUIRIR NA ESCOLA) R$ 795,00 (Parcelado 6 X Cartão) GRAMÁTICA:

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO COLÉGIO NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO FAMALICÃO ANADIA FICHA DE TRABALHO N.º2 DE MATEMÁTICA Data: Outubro de 2009 Turmas: 12ºA e 12ºB TÉCNICAS DE CONTAGEM: Arranjos com repetição ; Arranjos sem repetição;

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS Rua Edmundo Borges de Araújo, 50 - Telefax: (0xx34) Educação Infantil CEP Uberaba-MG

COLÉGIO NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS Rua Edmundo Borges de Araújo, 50 - Telefax: (0xx34) Educação Infantil CEP Uberaba-MG Educação Infantil Maternal (3 anos) 02 caixas de giz de cera -ECO GIZ Faber Castell n 94 01 caderno brochurão capa dura sem pauta (96 folhas) 01 caderno de desenho grande (para música) 01 brilho cola ACRILEX

Leia mais

Aulas Escolares com Pritt

Aulas Escolares com Pritt Aulas Escolares com Pritt Esses materiais são parte da iniciativa educacional de pesquisadores globais. O conceito e o programa de ensino foram desenvolvidos com a supervisão do Prof. Dr. Katrin Sommer,

Leia mais

PLANO DE USO DE MATERIAIS: INFANTIL I (03 ANOS) 2017

PLANO DE USO DE MATERIAIS: INFANTIL I (03 ANOS) 2017 PLANO DE USO DE MATERIAIS: INFANTIL I (03 ANOS) 27 Possibilitar as habilidades motoras. Desenhos, pinturas, colagens, modelagens com Rolo de fita dupla face. Construir (ou ajudar a construir) e descobrir

Leia mais

vivências de diferentes atividades. Projeto Identidade Projeto Natureza e Sociedade - Ciências Portfólio Literário

vivências de diferentes atividades. Projeto Identidade Projeto Natureza e Sociedade - Ciências Portfólio Literário Material *itens da lista anexa Blocos - de vivências branco - 20 folhas encadernar na vertical (espiralados) com capa e contracapa transparentes (decorar contracapa do bloco) encadernar separadamente um

Leia mais

COLÉGIO PREVE JAÚ AV RODOLPHO MAGNANI, 431 CENTRO JAU/SP. CEP FONE:

COLÉGIO PREVE JAÚ AV RODOLPHO MAGNANI, 431 CENTRO JAU/SP. CEP FONE: LISTA DE MATERIAL DE 2017 1 ANO 01 caixa de lápis de cor com 24 cores 01 caixa de 4 cores de tinta guache acrilex fantasia glitter ou fantasia metallic 01 pincel chato nº 4 02 lápis pretos nº 02 02 lápis

Leia mais

Escola Bíblica AD Blumenau

Escola Bíblica AD Blumenau LIÇÃO 12 A OVELHA PERDIDA Olá querido professor (a) da classe Juniores, hoje estaremos apresentando mais algumas dicas e subsídios para a sua aula. TEXTO BÍBLICO Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar

Leia mais

Escola Secundária da Sobreda. Análise Combinatória e Probabilidades. Actividade 4

Escola Secundária da Sobreda. Análise Combinatória e Probabilidades. Actividade 4 Escola Secundária da Sobreda Análise Combinatória e Probabilidades Actividade 4 Os vinte alunos de uma turma de uma escola secundária resolveram formar uma comissão de três de entre eles para organizar

Leia mais

identificar a esquerda e a As crianças devem dançar seguindo as indicações da música Vem que eu direita ; vou te ensinar - do Panda vai a escola

identificar a esquerda e a As crianças devem dançar seguindo as indicações da música Vem que eu direita ; vou te ensinar - do Panda vai a escola 1ª Sessão 08/ 05/ 12 Jogo de apresentação O chefe manda Dança do Panda Caça ao tesouro As crianças formam um círculo. Cada criança deve dizer o nome, a idade e duas atividades que gosta de fazer. Apresentação

Leia mais

COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo

COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo Preencha este horário segundo a distribuição de tempo que você tem a intenção de fazer: Pinte de vermelho o tempo ocupado em aulas; Pinte

Leia mais

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 Tema: Gratidão e celebração Mês: Dezembro Habilidade Sócio emocional: Este projeto visa promover o encerramento do ano de 2016, em que os alunos terão a oportunidade de resgatar

Leia mais

MATERIAIS PARA ENSINO FUNDAMENTAL º ano do Ensino Fundamental TURMA B11

MATERIAIS PARA ENSINO FUNDAMENTAL º ano do Ensino Fundamental TURMA B11 1º ano do Ensino Fundamental TURMA B11 1 caderno grande capa dura, sem espiral, tipo ata, com margem, 1 fichário, capa dura, com 4 argolas e 50 plásticos grossos,1 pasta plástica com elástico (pasta do

Leia mais

e um quadrado vermelho. O número sete precisaria outro símbolo porque não seria possível criá-lo através da multiplicação de outros primos, então foi

e um quadrado vermelho. O número sete precisaria outro símbolo porque não seria possível criá-lo através da multiplicação de outros primos, então foi PRODUTO DIDÁTICO O produto pedagógico produzido ao final desta dissertação será o novo segredo dos números, que recebeu este nome porque foi baseado no trabalho da professora Ester P. Grossi no ano de

Leia mais

_32109, _42109, _52109 e (o traço indica onde deve ser colocado o algarismo das centenas de milhar)

_32109, _42109, _52109 e (o traço indica onde deve ser colocado o algarismo das centenas de milhar) Questão 1 Como o algarismo das unidades é 1, para que o número seja aditivado, a soma dos algarismos das casas das dezenas, centenas e unidades de milhar deve ser igual a 1. Existe só um número com quatro

Leia mais

COLÉGIO EVANGÉLICO PASTOR MANOEL GERMANO DE MIRANDA INFANTIL III

COLÉGIO EVANGÉLICO PASTOR MANOEL GERMANO DE MIRANDA INFANTIL III INFANTIL III Reunião com os pais e/ou responsáveis da Educação Infantil: 09 de fevereiro (quinta-feira 14h); Entrega dos materiais que ficarão no colégio: Logo após a Reunião de Pais; 01 brinquedo pedagógico

Leia mais

Do Basquete ao futsal

Do Basquete ao futsal Reforço escolar M ate mática Do Basquete ao futsal Dinâmica 5 3ª Série 1º Bimestre DISCIPLINA SÉRIE CAMPO CONCEITO Matemática 3ª do Ensino Médio Numérico Aritmético Análise Combinatória Aluno Primeira

Leia mais

MEC UFSC PMF/ Secretaria Municipal de Educação

MEC UFSC PMF/ Secretaria Municipal de Educação Jogo: Um a mais, um a menos. Dez a mais, dez a menos. SMOLE, Kátia Stocco. Cadernos do Mathema Jogos de matemática de 1º ao 5º ano. Porto Alegre: Artemed, 2007. Organização da turma: grupos de quatro jogadores

Leia mais

Experiências de Piaget

Experiências de Piaget Experiências de Piaget Materiais A seguir encontram-se algumas instruções e fotos dos materiais que vocês utilizarão para realizar as experiências de Piaget. Qualquer dúvida, entre em contato com a monitora

Leia mais

GT 01 Educação matemática no ensino fundamental: anos iniciais e anos finais.

GT 01 Educação matemática no ensino fundamental: anos iniciais e anos finais. OS NÚMEROS INTEIROS E O JOGO DO VAI-VEM GT 01 Educação matemática no ensino fundamental: anos iniciais e anos finais. Sabrina Bobsin Salazar, salazar.ufpel@gmail.com Eduardo da Silva Schneider, schneider.ifm.ufpel@gmail.com

Leia mais

Então ao todo ela pode se vestir de 3+3=6 modos diferentes. Veja estas possibilidades na figura a seguir.

Então ao todo ela pode se vestir de 3+3=6 modos diferentes. Veja estas possibilidades na figura a seguir. Contagem 5: resolução de exercícios Desde a primeira aula de contagem estamos estudando o princípio multiplicativo e o princípio aditivo. Também estudamos o conceito de permutação e nas últimas aulas foram

Leia mais

CONTAGEM. (a) uma semana (b) um mês (c) dois meses (d) quatro meses (e) seis meses

CONTAGEM. (a) uma semana (b) um mês (c) dois meses (d) quatro meses (e) seis meses CONTAGEM Exercício 1(OBMEP 2011) Podemos montar paisagens colocando lado a lado, em qualquer ordem, os cinco quadros da figura. Trocando a ordem dos quadros uma vez por dia, por quanto tempo, aproximadamente,

Leia mais

Senso de justiça. Senso de justiça: Não. Senso de justiça: SIM

Senso de justiça. Senso de justiça: Não. Senso de justiça: SIM Exercitando o Caráter 6 a 9 anos Senso de justiça Isso não é justo! É sim! Não é não! Todos nós parecemos ter uma idéia precisa do que é justo e do que não é. Infelizmente, nem sempre nossas idéias, tão

Leia mais

Matemática I. / Venda exclusiva a instituições de ensino e de carácter social

Matemática I.   /  Venda exclusiva a instituições de ensino e de carácter social 2209.02.4011 ABACO DEZENAS PEQUENO Ábaco de dezenas horizontal. Todo estruturado em madeira. 6 Hastes. Cada com 10 peças em madeira. Dimensões: 15 cm largura, 19 cm altura, Base tem 5 cm de profundidade.

Leia mais

PLANO DE TRABALHO MATEMÁTICA 2ºANO

PLANO DE TRABALHO MATEMÁTICA 2ºANO PLANO DE TRABALHO MATEMÁTICA 2ºANO Adriana da Silva Santi Coordenação Pedagógica de Matemática Piraquara Março/2014 PLANO DE TRABALHO - 2º ANO CONTEÚDOS OBJETIVOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Geometria: - Noções

Leia mais