COMISSÃO REGIONAL DA SAÚDE DA MULHER DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE UNIDADE COORDENADORA FUNCIONAL Hospital Sousa Martins Guarda, 1 de Julho 2010

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMISSÃO REGIONAL DA SAÚDE DA MULHER DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE UNIDADE COORDENADORA FUNCIONAL Hospital Sousa Martins Guarda, 1 de Julho 2010"

Transcrição

1 COMISSÃO REGIONAL DA SAÚDE DA MULHER DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE UNIDADE COORDENADORA FUNCIONAL Hospital Sousa Martins Guarda, 1 de Julho 2010 Ordem de trabalhos: - Rede de Referência - Composição UCF - Circulação de Informação - Plano de Acção/Actividades

2 Comunicação

3 BASES do SUCESSO DA ASSISTÊNCIA MATERNA INFANTIL Redes de Referência Interhospitalares (complementaridade) Hospitais Cuidados Primários Circuitos Assistenciais Universais -Equidade Vigilância partilhada ( cooperação) Unidades Coordenadoras Funcionais Protocolos Normas Circulação informação Adesão/Motivação profissional

4 REDES DE REFERÊNCIA Materno-Infantil UCF s USF UCSP D ACES D ULS HOSPITAIS ACES (CENTROS DE SAÚDE/USF) Unidades Coordenadoras Funcionais (UCF S) INTERHOSPITALAR D Hospital de Apoio Perinatal Diferenciado Hospital de Apoio Perinatal D PNSMI Oficializada 2000 DGS

5 REDES DE REFERÊNCIA Hospitais ACES (UCSP/USF) Unidades Coordenadoras Funcionais UCF S USF UCSP USF (Unidades de Saúde Familiar) D ACES ACES ( Agrupamentos de CS) UCSP (Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados) UCF (Unidade Coordenadora Funcional) ULS REDES DE REFERÊNCIA HOSPITAIS ACES (UCSP/USF) Unidades Coordenadoras Funcionais (UCF S)

6 Circuitos Assistenciais vigilância partilhada acesso universal equidade Grávida - RN - Criança Centro de Saúde Médico de Família Competência SM e SI Normas Unidades Coordenadoras Funcionais D (PNSMI-1990) /D Consulta de Referência Obstetras, Pediatras Protocolos UCF,s

7 Normas Protocolos Circuitos Assistenciais vigilância partilhada RN - Criança - Adolescente Centro de Saúde / USF Médico de família Competência SM e SI Consulta de Referência Serviços de Pediatria Pediatras Unidades Coordenadoras Funcionais D UCF,s Subespecialidades Cirurgias Centro de Desenvolvimento D RRMI

8 REDE DE REFERENCIAÇÃO MATERNO INFANTIL - PNSMI Assistência às s Grávidas - RN de Alto Risco (1-2%) Transferência in útero Transferência D RRMI Obstetras Pediatras Enfermeiros Parto Reanimação Obstetras Neonatologistas Enfermeiros D Pólos de Reanimação Cuidados Intensivos Subespecialidades Cirurgias Transporte neonatal nacional

9 Consulta de Referência CONSULTA REFERÊNCIA Grávida RN Criança Adolescente Assistência Comunicação Monitorização Avaliação Formação II ENCONTRO REGIONAL DAS UCF s s PEDIÁTRICAS 16 Março o CRSMC UCF s

10 Circuitos Assistenciais Saúde Reprodutiva Planeamento familiar Pré concepção Infertilidade Saúde da Grávida Diagnóstico Pré Natal Vigilância Gravidez e pós parto Transferência antenatal Saúde do Recém Nascido Recém nascido de Alto Risco Intervenção Precoce Saúde da Criança Vigilância de Saúde Infantil (UCF) Maus Tratos Risco Social Doença Aguda Doença Crónica Saúde do Adolescente Circuito dos Adolescentes

11 CIRCUITOS ASSISTENCIAIS CRSMCA - ARS Centro Consolidar / Implementar Circuitos Assistenciais SAUDE REPRODUTIVA José Orfão José Dias Lina Ramos Ivone Saavedra VIGILÂNCIA DA GRAVIDEZ Lina Ramos Ivone Saavedra José Orfão José Dias REFERÊNCIA INTERHOSPITALAR DOENÇA A CRÓNICA CUIDADOS CONTINUADOS SAÚDE INFANTIL Maria João Carolina Veloso Marciana ALTO RISCO BIOLÓGICO Guiomar Oliveira Rosa ramalho Conceição Ramos INTERVENÇÃO PRECOCE Boavida Fernandes ADOLESCENTES José Peixoto Alzira Venâncio Carolina Veloso NACJR (RISCO DE MAUS TRATOS) Carolina Veloso Jeni Canha INFERTILIDADE Ana Teresa Santos Sidónio Matias Martinez Oliveira SUB ESPECIALIDADES Jorge Saraiva AMBULATÓRIO Carolina Veloso Maria João PRÉ-CONCEPÇÃO Ivone Saavedra José Orfão José Dias Lina Ramos DIAGNÓSTICO INTERVENÇÃO PRÉ-NATAL Lina Maria DOENÇA AGUDA PLANEAMENTO FAMILIAR José Dias José Orfão Lina Ramos Ivone Saavedra TRANSPORTE IN-UTERO PÓSNATAL PEDIÁTRICO Farela Neves Rosa Ramalho Reunião Rosa Ramalho UCF Guarda -1 de Julho

12 Melhorar o acesso Adolescentes 18 Escola Comunidade Família Jovens Pediatras Médicos de família 0 Transversal Referência? Longitudinal Prevenção - Continuidade Privacidade Confidencialidade Espaço amigo Equipa multidisciplinar

13 N(H)ACJR s - SITUAÇÃO ACTUAL Falta constituir NACJR de em Centros de Saúde 28 Junho - NACJR s 8 NHACJR s NACJR constituídos mas que aguardam Formação NACJR que apoiam mais do que 1 Centro de Saúde 43 profissionais dos NACJR constituídos ainda não tiveram Formação Tiveram Formação inicial cerca de 200 profissionais de saúde

14 CONSULTA DE REFERÊNCIA PEDIÁTRICA Acções UCF S. PEDIATRIA Assistência ( Pediatras) Secretariado Informatização Boletim de acesso Calendarização Reuniões Garantir Comunicação Garantir Formação CONSULTA REFERÊNCIA PEDIÁTRICA C SAÙDE M FAMÍLIA CENTROS DE SAÚDE Assistência (Médicos Família) Secretariado Informatização Boletim de acesso Calendarização Reuniões Garantir Comunicação Divulgação Normas Disponibilidade Acções Formação ELABORAR OS PROTOCOLOS Vias de comunicação

15

16

17 UCF ULS da Guarda Articulação com Centros de Saúde UCF ULS Guarda Hospital Centros de Saúde Almeida Celorico F. Castelo Rodrigo Fornos Algodres Gouveia Guarda Manteigas Meda Pinhel Trancoso Seia Sabugal

18 UCF Circulação de Informação

19 Funções das UCF s Implementar Protocolos interinstitucionais ( vigilância partilhada) Facilitar a comunicação, interligação entre serviços Garantir a circulação de informação (normas, protocolos ) Promover modelos de intervenção ( necessidades não satisfeitas) Desenvolver e divulgar os modelos de referência (circuitos assistenciais) Avaliar a eficácia da referenciação (monitorização) Divulgação, utilização e preenchimento dos Boletins de Saúde Avaliar necessidades formativas, promover acções de formação Apoiar ou elaborar estudos epidemiológicos

20 Linhas Orientadoras para a Organização das UCF`s 1. Logística do trabalho da UCF: periodicidade das reuniões (mensal); local das reuniões; duração das reuniões; elaboração da acta das reuniões (responsável). 2. Elaborar o Regulamento Interno (nome do Coordenador; funções do Coordenador; funções da UCF, contactos, normas de procedimento). 3. Diagnóstico da Situação (problemas detectados; dificuldades/problemas dos serviços (CSP e Cuidados Hospitalares) ; dados de natalidade e mortalidade. 4. Recolha de dados epidemiológicos e estatísticos (mortalidade materna, fetal e neonatal; estudo das causas de morte perinatal, infantil; principais motivos de internamento nos Serviços de Obstetrícia e Pediatria. 5. Apoiar/organizar acções de formação/actualização/troca de experiências entre os profissionais de saúde dos dois níveis de cuidados. 6. Cumprir as Circulares Normativas da ARS Centro, Direcção Geral da Saúde e Agrupamentos de Centros de Saúde 7. Elaborar o Plano de Plano de Acção e um relatório anual de actividades e enviar à CRSMCA

21 Plano Acção (prioridades) Protocolos interinstitucionais - Circuitos assistenciais - Necessidades não satisfeitas Circulação de informação - Representantes CS Normas de orientação clínica Auditoria Óbitos (DGS).

Unidade Coordenadora. Comissão Regional da Saúde da Mulher, Criança e Adolescente. Funcional

Unidade Coordenadora. Comissão Regional da Saúde da Mulher, Criança e Adolescente. Funcional Unidade Coordenadora Comissão Regional da Saúde da Mulher, Criança e Adolescente Funcional Seguem-se parte dos slides apresentados no plenário regional das UCF da vertente pediátrica e dos adolescentes.

Leia mais

Assume que o modelo de regionalização de cuidados perinatais e pediátricos preconizado pelo PNSMI tem sido eficiente e efectivo e deve ser preservado.

Assume que o modelo de regionalização de cuidados perinatais e pediátricos preconizado pelo PNSMI tem sido eficiente e efectivo e deve ser preservado. MINISTÉRIO DA SAÚDE Gabinete da Ministra Despacho n.º 9872/2010 Assume que o modelo de regionalização de cuidados perinatais e pediátricos preconizado pelo PNSMI tem sido eficiente e efectivo e deve ser

Leia mais

COMISSÃO REGIONAL DA SAÚDE DA MULHER, DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE.

COMISSÃO REGIONAL DA SAÚDE DA MULHER, DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE. COMISSÃO REGIONAL DA SAÚDE DA MULHER, DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE crsmca@arscentro.min-saude.pt www.arscentro.min-saude.pt Introdução Esta reunião termina um ciclo de reuniões iniciada no início do ano

Leia mais

UCF da ULS de Castelo Branco. 25º aniversário das UCFs

UCF da ULS de Castelo Branco. 25º aniversário das UCFs UCF da ULS de Castelo Branco 25º aniversário das UCFs Coimbra, 19 de junho de 2015 Área geográfica da ULS COMPOSIÇÃO Coordenador - Dr. Carlos Rodrigues Vertente Materna e Neonatal Vertente Criança e Adolescente

Leia mais

UCF COVA DA BEIRA 25º

UCF COVA DA BEIRA 25º UCF COVA DA BEIRA 25º aniversário das UCFs Coimbra, 19 junho 2015 Comissão Regional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente ARS Centro Identificação e Composição Identificação e Composição ACES

Leia mais

As UCF na região Norte Eurico J Gaspar Comissão Regional de Saúde da Mulher Criança e Adolescente ARS Norte, IP Pediatria CHTMAD

As UCF na região Norte Eurico J Gaspar Comissão Regional de Saúde da Mulher Criança e Adolescente ARS Norte, IP Pediatria CHTMAD As UCF na região Norte Eurico J Gaspar Comissão Regional de Saúde da Mulher Criança e Adolescente ARS Norte, IP Pediatria CHTMAD Reunião Magna das Unidades Coordenadoras Funcionais 2015 Funções CRSMCA

Leia mais

Caracterização da Região Alentejo

Caracterização da Região Alentejo Reunião Plenária da Comissão Nacional com as Comissões Regionais da Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente, e com as Autoridades de Saúde das Regiões Autónomas. Um contributo para a definição de

Leia mais

COMISSÃO REGIONAL DA SAÚDE DA MULHER DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DA REGIÃO NORTE CRSMCA. 29 de maio de 2015

COMISSÃO REGIONAL DA SAÚDE DA MULHER DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DA REGIÃO NORTE CRSMCA. 29 de maio de 2015 COMISSÃO REGIONAL DA SAÚDE DA MULHER DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DA REGIÃO NORTE CRSMCA 29 de maio de 2015 Dr. Rui Cernadas Vice-Presidente do Conselho Diretivo da ARSN, IP Presidente da CRSMCA Dr.ª Constantina

Leia mais

PROTOCOLO DE VIGILÂNCIA DE SAÚDE MATERNA

PROTOCOLO DE VIGILÂNCIA DE SAÚDE MATERNA PROTOCOLO DE VIGILÂNCIA DE SAÚDE MATERNA M. Céu Almeida UCF CHUC PROGRAMA DE FORMAÇÃO em SAÚDE MATERNA Atualizações em obstetrícia e neonatologia Janeiro / Fevereiro 2017 1990 Despacho 6/1991 Despacho

Leia mais

[CRSMCA] Proposta para 2013

[CRSMCA] Proposta para 2013 UCF S-CRSMCA-ARS CENTRO PLANO DE ACÇÃO PARA AS UNIDADES COORDENADORAS FUNCIONAIS Comissão Regional da Saúde da Mulher Criança e Adolescente [CRSMCA] Proposta para 2013 [As Unidades Coordenadoras Funcionais

Leia mais

UCF - COMPOSIÇÃO De acordo com o Despacho nº 9872/2010, a UCF tem na sua composição, representantes: - dos Serviços de Obstetrícia e Pediatria

UCF - COMPOSIÇÃO De acordo com o Despacho nº 9872/2010, a UCF tem na sua composição, representantes: - dos Serviços de Obstetrícia e Pediatria Coimbra, 07-03-2013 UCF - COMPOSIÇÃO De acordo com o Despacho nº 9872/2010, a UCF tem na sua composição, representantes: - dos Serviços de Obstetrícia e Pediatria do HAL. - dos dois ACES da ULS Carlos

Leia mais

Comissão Regional da Saúde da Mulher Criança e Adolescente

Comissão Regional da Saúde da Mulher Criança e Adolescente Comissão Regional da Saúde da Mulher Criança e Adolescente Comissão Nacional da Saúde da Mulher Criança e Adolescente Direcção Geral da Saúde 24 Abril 2015 Comissão Regional da Saúde da Mulher Criança

Leia mais

REUNIÃO CNSMCA Elsa Rocha

REUNIÃO CNSMCA Elsa Rocha REUNIÃO CNSMCA 27-11-2015 Elsa Rocha Elsa Rocha João Moura Reis Ana Cristina Guerreiro Pediatra Hospital Faro (Presidente) Presidente do Conselho Diretivo da ARS Algarve, IP Diretora do Departamento de

Leia mais

Reunião Plenária da Comissão Nacional com as CRSMCA. Anfiteatro do Infarmed Lisboa 20 de Novembro de 2013

Reunião Plenária da Comissão Nacional com as CRSMCA. Anfiteatro do Infarmed Lisboa 20 de Novembro de 2013 Reunião Plenária da Comissão Nacional com as CRSMCA Anfiteatro do Infarmed Lisboa 20 de Novembro de 2013 CRSMCA M. Cândida Rebelo Presidente Alda P. Luís Benvinda Bento Representante do CD Helena Cargaleiro

Leia mais

UCF DO HOSPITAL PEDIÁTRICO COIMBRA ACES BAIXO MONDEGO E PINHAL INTERIOR NORTE VERTENTE CRIANÇA E ADOLESCENTE

UCF DO HOSPITAL PEDIÁTRICO COIMBRA ACES BAIXO MONDEGO E PINHAL INTERIOR NORTE VERTENTE CRIANÇA E ADOLESCENTE UCF DO HOSPITAL PEDIÁTRICO COIMBRA ACES BAIXO MONDEGO E PINHAL INTERIOR NORTE VERTENTE CRIANÇA E ADOLESCENTE VIII Plenário Regional 25º Aniversário das UCFs Mónica Oliva Coimbra, 19 junho 2015 Identificação

Leia mais

Natalidade e Mortalidade Perinatal

Natalidade e Mortalidade Perinatal Natalidade e Mortalidade Perinatal Seminário do Observatório rio sobre Envelhecimento e Natalidade Teresa Tome, Maio 2012 Definições Taxa de natalidade nº de nascimentos por 1000 Expectativa de vida ao

Leia mais

NASCER PREMATURO EM PORTUGAL Epidemiologia. Organização

NASCER PREMATURO EM PORTUGAL Epidemiologia. Organização NASCER PREMATURO EM PORTUGAL Epidemiologia. Organização Em 2005 nasceram em Portugal 109 399 nados vivos, dos quais 6,6 % (7260) foram prematuros (idade gestacional abaixo das 37 semanas), 7,5% (8200)

Leia mais

PERSPETIVAS REGIONAIS NA SAÚDE MATERNA, DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

PERSPETIVAS REGIONAIS NA SAÚDE MATERNA, DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CRSMCA ARS Norte PERSPETIVAS REGIONAIS NA SAÚDE MATERNA, DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE AMEAÇAS CONSTRANGIMENTOS PROGRESSOS OPORTUNIDADES Composição 2 Dr. Luís Castanheira Nunes Presidente do Conselho Diretivo

Leia mais

REUNIÃO PLENÁRIA CRSMCA Elsa Rocha

REUNIÃO PLENÁRIA CRSMCA Elsa Rocha REUNIÃO PLENÁRIA CRSMCA 20-11-2013 Elsa Rocha TERRITÓRIO 1 Distrito 16 Concelhos Área 500Km2 5,6% do território nacional UNIDADES DE SAÚDE CRSMCA 2010 Despacho 9872/2010 Hospital Portimão B2 UCF Barlavento

Leia mais

5º COLÓQUIO DE PEDIATRIA do HOSPITAL de FARO. A CNSMCA e os Cuidados de Saúde às Crianças em Portugal. Bilhota Xavier

5º COLÓQUIO DE PEDIATRIA do HOSPITAL de FARO. A CNSMCA e os Cuidados de Saúde às Crianças em Portugal. Bilhota Xavier 5º COLÓQUIO DE PEDIATRIA do HOSPITAL de FARO A CNSMCA e os Cuidados de Saúde às Crianças em Portugal Bilhota Xavier 1 Constituição Pediatras: 8 (3 área neonatal; 1 genética) Obstetras: 4 Cardiologista

Leia mais

A organização da rede de cuidados de Saúde Infantil e Juvenil em Portugal. URI:http://hdl.handle.net/ /43103

A organização da rede de cuidados de Saúde Infantil e Juvenil em Portugal. URI:http://hdl.handle.net/ /43103 A organização da rede de cuidados de Saúde Infantil e Juvenil em Portugal Autor(es): Publicado por: URL persistente: DOI: Peixoto, José Carlos Imprensa da Universidade de Coimbra URI:http://hdl.handle.net/10316.2/43103

Leia mais

Organização da assistência materno-infantil e pediátrica em Portugal

Organização da assistência materno-infantil e pediátrica em Portugal Organização da assistência materno-infantil e pediátrica em Portugal Introdução Os circuitos assistenciais para a grávida, criança e adolescente, estão definidos desde 1990. Para garantir o acesso universal

Leia mais

VI plenário das Unidades Coordenadoras Funcionais

VI plenário das Unidades Coordenadoras Funcionais VI plenário das Unidades Coordenadoras Funcionais UCF da Maternidade Bissaya Barreto Vertente materna e neonatal Coimbra 2013 Unidade Coordenadora Funcional Composição Materno-Neonatal - Dra. Teresa Vicente

Leia mais

Do hospital ao domicílio. Rosalina Barroso, Helena Cristina Loureiro, Sónia Semião

Do hospital ao domicílio. Rosalina Barroso, Helena Cristina Loureiro, Sónia Semião Do hospital ao domicílio Rosalina Barroso, Helena Cristina Loureiro, Sónia Semião Enquadramento: Hospital Fernando Fonseca, 2006: 1. famílias socio-economicamente mais carenciadas 2. 32 nacionalidades

Leia mais

Direcção-Geral da Saúde Circular Normativa

Direcção-Geral da Saúde Circular Normativa Assunto: Comissões de Controlo de Infecção Nº: 18/DSQC/DSC DATA: 15/10/07 Para: Contacto na DGS: Todas as Unidades de Saúde Direcção de Serviços da Qualidade Clínica, Divisão da Segurança Clínica NORMA

Leia mais

Caracterização do ACES LISBOA NORTE

Caracterização do ACES LISBOA NORTE Caracterização do ACES LISBOA NORTE 2013 ACES Lisboa Norte Quem somos e onde estamos Missão Prestar Cuidados de Saúde Primários de qualidade, com eficiência e eficácia, à população da sua área geográfica

Leia mais

Equipa Local de Intervenção Precoce na Infância. ELI Porto Ocidental. Fátima Pinto. Assistente Graduada de Pediatria ACeS Porto Ocidental

Equipa Local de Intervenção Precoce na Infância. ELI Porto Ocidental. Fátima Pinto. Assistente Graduada de Pediatria ACeS Porto Ocidental Equipa Local de Intervenção Precoce na Infância ELI Porto Ocidental Fátima Pinto Assistente Graduada de Pediatria ACeS Porto Ocidental Coordenadora da ELI Constituição Equipa Local de Intervenção do SNIPI

Leia mais

QUESTIONÁRIO SOBRE ANALGESIA DE TRABALHO DE PARTO

QUESTIONÁRIO SOBRE ANALGESIA DE TRABALHO DE PARTO Comissão Nacional para o Controlo da Dor 1 Identificação da Unidade Hospitalar. 1.1 Designação da Unidade Hospitalar 1.2 Designação do Centro Hospitalar (se aplicável) 1.3 Localização da Unidade Hospitalar

Leia mais

REUNIÃO DE CONTRATUALIZAÇÃO. Data 22/07/2008 Hora de início: 18,00 h Hora de fim: 20,00 h

REUNIÃO DE CONTRATUALIZAÇÃO. Data 22/07/2008 Hora de início: 18,00 h Hora de fim: 20,00 h REUNIÃO DE CONTRATUALIZAÇÃO ACTA Nº1/2008 ADENDA Data 22/07/2008 Hora de início: 18,00 h Hora de fim: 20,00 h Participantes: Conselho Directivo Enf. Isabel Oliveira Depart. Contratualização: Dr.ª Manuela

Leia mais

Programa Nacional de Saúde Infantil e Juvenil: A implementação e a sustentabilidade

Programa Nacional de Saúde Infantil e Juvenil: A implementação e a sustentabilidade Programa Nacional de Saúde Infantil e Juvenil: A implementação e a sustentabilidade Bárbara Menezes Coordenadora do Programa Nacional de Saúde Infantil e Juvenil Divisão de Saúde Sexual,Reprodutiva, Infantil

Leia mais

PROTOCOLO DE PROCRIAÇÃO MEDICAMENTE ASSISTIDA UNIDADE COORDENADORA FUNCIONAL DO CHP VERTENTE DA SAUDE DA MULHER, MATERNA E NEONATAL

PROTOCOLO DE PROCRIAÇÃO MEDICAMENTE ASSISTIDA UNIDADE COORDENADORA FUNCIONAL DO CHP VERTENTE DA SAUDE DA MULHER, MATERNA E NEONATAL PROTOCOLO DE PROCRIAÇÃO MEDICAMENTE ASSISTIDA UNIDADE COORDENADORA FUNCIONAL DO CHP VERTENTE DA SAUDE DA MULHER, MATERNA E NEONATAL Protocolo de articulação de procriação medicamente assistida elaborado

Leia mais

PROTOCOLO UNIFORMIZADO DE ENSINOS DE ENFERMAGEM NA VIGILÂNCIA DA GRAVIDEZ DE BAIXO RISCO

PROTOCOLO UNIFORMIZADO DE ENSINOS DE ENFERMAGEM NA VIGILÂNCIA DA GRAVIDEZ DE BAIXO RISCO PROGRAMA DE FORMAÇÃO em SAÚDE MATERNA Atualizações em obstetrícia e neonatologia Janeiro / Fevereiro 2017 Enf. Ângela Neves Enf. Graça Santos Elementos UCF s Saúde Materna e Neonatal OBJECTIVO Uniformizar

Leia mais

ORGANIGRAMA UNIDADE COORDENADORA FUNCIONAL VERTENTE INFANTIL E DO ADOLESCENTE HOSPITAL PEDIÁTRICO. Centro Hospitalar de Coimbra

ORGANIGRAMA UNIDADE COORDENADORA FUNCIONAL VERTENTE INFANTIL E DO ADOLESCENTE HOSPITAL PEDIÁTRICO. Centro Hospitalar de Coimbra ORGANIGRAMA UNIDADE COORDENADORA FUNCIONAL VERTENTE INFANTIL E DO ADOLESCENTE HOSPITAL PEDIÁTRICO Centro Hospitalar de Coimbra UCF HPC Rede de Referência com Centros de Saúde UCF HPC - ACES HPC ACES Baixo

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE COMISSÃO NACIONAL DE SAÚDE MATERNA E NEONATAL

MINISTÉRIO DA SAÚDE COMISSÃO NACIONAL DE SAÚDE MATERNA E NEONATAL MINISTÉRIO DA SAÚDE COMISSÃO NACIONAL DE SAÚDE MATERNA E NEONATAL Lisboa, Março 2006 1 COMISSÃO NACIONAL DE SAÚDE MATERNA E NEONATAL Requalificação dos Serviços de Urgência Perinatal PROPOSTA DE REQUALIFICAÇÃO

Leia mais

1. Identificação do Serviço. 2. Idoneidade e capacidade formativa CARACTERIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PARA ATRIBUIÇÃO DE CAPACIDADES FORMATIVAS PEDIATRIA

1. Identificação do Serviço. 2. Idoneidade e capacidade formativa CARACTERIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PARA ATRIBUIÇÃO DE CAPACIDADES FORMATIVAS PEDIATRIA CARACTERIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PARA ATRIBUIÇÃO DE CAPACIDADES FORMATIVAS PEDIATRIA 1. Identificação do Serviço Hospital : Serviço: Endereço : Tel. Email: Fax : Director de Serviço : Inscrito no Colégio da

Leia mais

Hospital Pediátrico - ACES

Hospital Pediátrico - ACES MINISTÉRIO DA SAÚDE Gabinete da Ministra Despacho n.º 9872/2010 VI Plenário Regional das UCFs Coimbra, 7 de Março de 2013 Hospital Pediátrico - ACES Unidade Coordenadora Funcional UCF Hospital Pediátrico

Leia mais

Sociedade Portuguesa de Pediatria Programa Eleitoral para o triénio (Lista A)

Sociedade Portuguesa de Pediatria Programa Eleitoral para o triénio (Lista A) Sociedade Portuguesa de Pediatria Programa Eleitoral para o triénio 2017-2019 (Lista A) A lista A candidata-se aos órgãos sociais da Sociedade Portuguesa de Pediatria (SPP) para o triénio de 2017-2019

Leia mais

Comissão Regional da Saúde da Mulher da Criança e Adolescente

Comissão Regional da Saúde da Mulher da Criança e Adolescente Comissão Regional da Saúde da Mulher da Criança e Adolescente Janeiro 2012 [Relatório de Actividades e Plano de acção para 2012] [ARS Centro] Comissão Regional da Saúde da Mulher, Criança e Adolescente

Leia mais

UCF do Centro Hospitalar do Porto, EPE. Vertente da Criança e do Adolescente

UCF do Centro Hospitalar do Porto, EPE. Vertente da Criança e do Adolescente UCF do Centro Hospitalar do Porto, EPE Vertente da Criança e do Adolescente Acta da 7ª Reunião No dia 30 de Setembro de 2008, pelas 14h, reuniram-se no Centro Hospitalar do Porto Hospital de Santo António,

Leia mais

Vertente da Saúde da Mulher, Materna e Neonatal

Vertente da Saúde da Mulher, Materna e Neonatal UCF - HOSPITAL DE SÃO JOÃO Vertente da Saúde da Mulher, Materna e Neonatal Avaliação da Actividade de 1 Janeiro a 27 Outubro de 2010 Actividade de 1 de Janeiro a 27 Outubro de 2010 MEMBROS DA UCF DO HOSPITAL

Leia mais

ORDEM DOS MÉDICOS COLÉGIO DE ESPECIALIDADE DE PEDIATRIA

ORDEM DOS MÉDICOS COLÉGIO DE ESPECIALIDADE DE PEDIATRIA ORDEM DOS MÉDICOS COLÉGIO DE ESPECIALIDADE DE PEDIATRIA Inquérito para avaliação da Idoneidade e da Capacidade Formativa dos Serviços de Pediatria Ano: Hospital: O internato de Pediatria deve ser realizado

Leia mais

SECRETARIADO EXECUTIVO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

SECRETARIADO EXECUTIVO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA SECRETARIADO EXECUTIVO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA 1.Título: Curso de Saúde Materna, Infantil e Juvenil (CSMIJ) 2. Instituição: Centro de Formação Médica Especializada (CFME) Instituto

Leia mais

Garante a prestação de cuidados de saúde primários à população da sua área geográfica. (DL 28/2008, artigo 3º)

Garante a prestação de cuidados de saúde primários à população da sua área geográfica. (DL 28/2008, artigo 3º) ACES O QUE FAZ? Garante a prestação de cuidados de saúde primários à população da sua área geográfica. (DL 28/2008, artigo 3º) Atividades de promoção da saúde e prevenção de doença Prestação de cuidados

Leia mais

Plano de Atividades Intervenção Precoce Plano de Atividades Intervenção Precoce

Plano de Atividades Intervenção Precoce Plano de Atividades Intervenção Precoce Mod46/V01.Org (09.02.2015) Página 1 de 8 2015 Elaborado: Ângela Madureira Data: 20.02.2015 Aprovado: Direção Data: 26.02.2015 1 Mod46/V01. Org (09.02.2015) Página 2 de 9 ÍNDICE Introdução... 3 Objetivos

Leia mais

Região Centro. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. Unidade de Saúde Familiar Lusitana

Região Centro. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. Unidade de Saúde Familiar Lusitana Região Centro Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica Cuidados de Saúde Primários ACeS Dão Lafões Unidade de Saúde Familiar Lusitana Unidade de Saúde Familiar Viseu Cidade Unidade de

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Diário da República, 1.ª série N.º 25 5 de fevereiro de Portaria n.º 53/2013

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Diário da República, 1.ª série N.º 25 5 de fevereiro de Portaria n.º 53/2013 703 Diário da República, 1.ª série N.º 25 5 de fevereiro de 2013 Captação de Vale de Gaios Captação de Campo de Besteiros MINISTÉRIO DA SAÚDE Portaria n.º 53/2013 de 5 de fevereiro Captação de Covelo Considerando

Leia mais

NOTA TÉCNICA N. º 1/ACSS-POPH/2013

NOTA TÉCNICA N. º 1/ACSS-POPH/2013 NOTA TÉCNICA N. º 1/ACSS-POPH/2013 Tipologias de Intervenção 3.6, 8.3.6 e 9.3.6 Qualificação dos Profissionais da Saúde I Prioridades a considerar na seleção de candidaturas para 2013 Concurso n.º13/2013

Leia mais

REGULAMENTO DA PLATAFORMA SUPRACONCELHIA DA BEIRA INTERIOR NORTE

REGULAMENTO DA PLATAFORMA SUPRACONCELHIA DA BEIRA INTERIOR NORTE REGULAMENTO DA PLATAFORMA SUPRACONCELHIA DA BEIRA INTERIOR NORTE O presente regulamento destina-se a dar a conhecer os princípios a que obedecem a organização e a articulação da Rede Social ao nível supraconcelhio,

Leia mais

Comissão Nacional da Saúde Materna, da Criança e do Adolescente (CNSMCA) CRSMCA - ARS Norte, IP. Lisboa, 1 de Outubro 2010

Comissão Nacional da Saúde Materna, da Criança e do Adolescente (CNSMCA) CRSMCA - ARS Norte, IP. Lisboa, 1 de Outubro 2010 Comissão Nacional da Saúde Materna, da Criança e do Adolescente (CNSMCA) CRSMCA - ARS Norte, IP Lisboa, 1 de Outubro 2010 Região de Saúde do Norte Área geográfica (2008): 21.283,9 km 2 Densidade populacional

Leia mais

Guia de Acolhimento do Utente

Guia de Acolhimento do Utente Guia de Acolhimento do Utente Data da Aprovação: 31/03/2017 USF Nova Salus Guia de Acolhimento do Utente 1 A Unidade de Saúde Familiar Nova Salus (USF) é uma Unidade de Prestação de Cuidados de Saúde Primários

Leia mais

GUIA ACOLHIMENTO DO FORMANDO DA USF CONDEIXA

GUIA ACOLHIMENTO DO FORMANDO DA USF CONDEIXA GUIA ACOLHIMENTO DO FORMANDO DA USF CONDEIXA MAIO, 2012-1 - Caro Formando/a, É com muito gosto que toda a equipa o recebe na Unidade de Saúde Familiar Condeixa, e desde já muito obrigado pela sua escolha.

Leia mais

Região Centro. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. Unidade de Saúde Familiar Lusitana

Região Centro. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. Unidade de Saúde Familiar Lusitana Região Centro Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica Cuidados de Saúde Primários ACeS Dão Lafões Unidade de Saúde Familiar Lusitana Unidade de Saúde Familiar Viseu Cidade Unidade de

Leia mais

O Papel dos Diferentes Serviços de Saúde no Controlo da Tuberculose

O Papel dos Diferentes Serviços de Saúde no Controlo da Tuberculose O Controlo da Tuberculose Diagnóstico e Tratamento Porto, 22 e 23 de Novembro 2011 O Papel dos Diferentes Serviços de Saúde no Controlo da Tuberculose Ana Maria Correia DSP ARS Norte, I.P. Sumário Modelos

Leia mais

Plano Local de Saúde. Região Oeste Norte

Plano Local de Saúde. Região Oeste Norte Plano Local de Saúde Região Oeste Norte Triénio 2014/2016 PROGRAMA 2: SAÚDE MENTAL EQUIPAS MULTIDISCIPLINARES DE Nova Pirâmide de Maslow A OMS estima que, em 2011, cerca de 10% dos anos de vida corrigidos

Leia mais

Auto-Regulação e Melhoria das Escolas. Auto-avaliação - uma PRIORIDADE. Auto-avaliação do Agrupamento de Escolas de Gil Vicente

Auto-Regulação e Melhoria das Escolas. Auto-avaliação - uma PRIORIDADE. Auto-avaliação do Agrupamento de Escolas de Gil Vicente Agrupamento de Escolas de Auto-Regulação e Melhoria das Escolas Auto-avaliação - uma PRIORIDADE Equipa de Avaliação Interna 2009/2010 1 Agrupamento de Escolas de Enquadramento legal Justificação Novo Paradigma

Leia mais

Carta da Qualidade. USF Ponte. maio 2012

Carta da Qualidade. USF Ponte. maio 2012 Carta da Qualidade 2012 2015 USF Ponte maio 2012 1 1.IDENTIFICAÇÃO Da USF Unidade de Saúde Familiar Ponte Rua Reitor Joaquim Augusto Maciel Ribeiro Torres Ponte 4805-273 Ponte - GMR Telefone: 253479170

Leia mais

CARTA DE MISSÃO. Ministério da Saúde. Serviço/Organismo: Administração Regional de Saúde do Norte. Cargo: Vice-presidente do Conselho Diretivo

CARTA DE MISSÃO. Ministério da Saúde. Serviço/Organismo: Administração Regional de Saúde do Norte. Cargo: Vice-presidente do Conselho Diretivo CARTA DE MISSÃO Ministério da Saúde Serviço/Organismo: Administração Regional de Saúde do Norte Cargo: Vice-presidente do Conselho Diretivo Período da Comissão de Serviço: 2016-2020 1. Missão do Organismo

Leia mais

CARTA DE COMPROMISSO

CARTA DE COMPROMISSO CARTA DE COMPROMISSO - Unidade de Saúde Familiar João Semana - Modelo B O Agrupamento de Centros de Saúde Baixo Vouga III, representado pelo seu Director Executivo, Dr. Manuel Duarte Sebe e a Unidade de

Leia mais

Apresentação do PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE INFANTIL E JUVENIL. Direção-Geral de Saúde 2013

Apresentação do PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE INFANTIL E JUVENIL. Direção-Geral de Saúde 2013 Apresentação do PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE INFANTIL E JUVENIL Direção-Geral de Saúde 2013 1. Apresentação do novo Programa Nacional de Saúde Infantil e Juvenil(PNSIJ); 2. Impacto que a sua implementação

Leia mais

REUNIÃO MAGNA DAS UNIDADES COORDENADORAS FUNCIONAIS

REUNIÃO MAGNA DAS UNIDADES COORDENADORAS FUNCIONAIS REUNIÃO MAGNA DAS UNIDADES COORDENADORAS FUNCIONAIS Rastreio Pré-Natal na Região Norte Equidade do acesso ao rastreio Comissão Técnica Regional de Diagnóstico Pré-Natal 26/02/2014 REUNIÃO MAGNA DAS UNIDADES

Leia mais

Rede de consultas de apoio intensivo à cessação tabágica em estabelecimentos de saúde do SNS Administração Regional de Saúde do Centro

Rede de consultas de apoio intensivo à cessação tabágica em estabelecimentos de saúde do SNS Administração Regional de Saúde do Centro Rede de consultas de apoio intensivo à cessação tabágica em estabelecimentos de saúde do SNS Administração Regional de Saúde do (Informação fornecida pela ARS a 17 de novembro de 2017) ACES/ULS/CH Unidade

Leia mais

nidade Local de Saúde de Matosinhos, E.P.E.

nidade Local de Saúde de Matosinhos, E.P.E. nidade Local de Saúde de Matosinhos, E.P.E. 4º CONGRESSO INTERNACIONAL DOS HOSPITAIS: Da Integração dos Cuidados à Intervenção Comunitária O Papel do Hospital na Comunidade Agenda 1 Enquadramento Hospital

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Estado do Rio Grande do Sul Secretaria Municipal de Gestão e Governo. Prezado Senhor,

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Estado do Rio Grande do Sul Secretaria Municipal de Gestão e Governo. Prezado Senhor, MENSAGEM Nº 054/2015 REGIME DE URGÊNCIA ESPECIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Prezado Senhor, Pelo presente, encaminha-se Projeto de Lei que Institui o Comitê Municipal de Prevenção da Mortalidade

Leia mais

PROCEDIMENTO INTERNO REGULAMENTO DA COMISSÃO DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO DE FERIDAS

PROCEDIMENTO INTERNO REGULAMENTO DA COMISSÃO DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO DE FERIDAS Índice Artigo 1.º... 2 (Disposições Gerais)... 2 Artigo 2.º... 2 (Objetivos)... 2 Artigo 3.º... 3 (Constituição e Nomeação)... 3 Artigo 4.º... 5 (Competências)... 5 Artigo 5.º... 6 (Reuniões e Funcionamento)...

Leia mais

Competência em Medicina da Dor

Competência em Medicina da Dor Competência em Medicina da Dor INTRODUÇÃO A criação da Competência em Medicina da Dor (CMD) passou por várias etapas. Em Março de 2002, a Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED), aprovou em Assembleia

Leia mais

Direcção de Serviços da Qualidade Clínica Divisão da Segurança Clínica

Direcção de Serviços da Qualidade Clínica Divisão da Segurança Clínica DIRECÇ GRUPO TRABALHO SOBRE PREVENÇÃO E Direcção de Serviços da Qualidade Clínica Divisão da Segurança Clínica Kátia Furtado Envelhecimento: A situação actual Portuguesa representa um grave problema: 26%

Leia mais

Vigilância Epidemiológica nas Unidades de Cuidados Intensivos Neonatais

Vigilância Epidemiológica nas Unidades de Cuidados Intensivos Neonatais Vigilância Epidemiológica nas Unidades de Cuidados Intensivos Neonatais Maria Teresa Neto Hospital Dona Estefânia Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE Coordenadora do Programa de Vigilância Epidemiológica

Leia mais

SERVIÇO DE PSICOLOGIA CLÍNICA. Hospital de Sousa Martins Unidade Local de Saúde da Guarda, E.P.E.

SERVIÇO DE PSICOLOGIA CLÍNICA. Hospital de Sousa Martins Unidade Local de Saúde da Guarda, E.P.E. Hospital de Sousa Martins Unidade Local de Saúde da Guarda, E.P.E. Actividades Avaliação psicológica / psico-pedagógica; Intervenção psicoterapêutica; Aconselhamento psicológico; Intervenção em crise;

Leia mais

Programa Nacional de Prevenção e Controlo da Diabetes

Programa Nacional de Prevenção e Controlo da Diabetes Programa Nacional de Prevenção e Controlo da Diabetes Objectivos do Programa num horizonte temporal de 10 anos: Reduzir a morbilidade e mortalidade por diabetes; Atrasar o início das complicações major

Leia mais

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Região Norte Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica Cuidados de Saúde Primários ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Unidade de Cuidados na Comunidade de Mateus Unidade de Cuidados de

Leia mais

em Saúde Ao serviço da melhoria contínua Filipa Homem Christo - PNAS Departamento da Qualidade na Saúde

em Saúde Ao serviço da melhoria contínua Filipa Homem Christo - PNAS Departamento da Qualidade na Saúde Programa Nacional de Acreditação em Saúde Ao serviço da melhoria contínua da qualidade d na saúde Filipa Homem Christo - PNAS Programa Nacional de Acreditação em Saúde Ano Três Que avanços? Que perspectivas?

Leia mais

CARTA DE MISSÃO. Colaborar na elaboração do Plano Nacional de Saúde e acompanhar a respetiva execução a nível regional.

CARTA DE MISSÃO. Colaborar na elaboração do Plano Nacional de Saúde e acompanhar a respetiva execução a nível regional. CARTA DE MISSÃO Ministério da Saúde Serviço/Organismo: Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo Cargo: Vogal do Conselho Diretivo Período da Comissão de Serviço: Período de 5 anos a contar

Leia mais

SIGLAS. ACES Agrupamento de Centros de Saúde. UCSP Unidade de Cuidados Personalizados de Saúde. USF Unidade de Saúde Familiar

SIGLAS. ACES Agrupamento de Centros de Saúde. UCSP Unidade de Cuidados Personalizados de Saúde. USF Unidade de Saúde Familiar MAIO DE 2016 SIGLAS ACES Agrupamento de Centros de Saúde UCSP Unidade de Cuidados Personalizados de Saúde USF Unidade de Saúde Familiar UCC Unidade de Cuidados na Comunidade USP Unidade de Saúde Pública

Leia mais

Plataformas Supraconcelhias Centro Atualizado em:

Plataformas Supraconcelhias Centro Atualizado em: SEGURANÇA SOCIAL Plataformas Supraconcelhias Centro Atualizado em: 17-11-2014 Plataformas Supraconcelhias As Plataformas Territoriais, como órgão da Rede Social, foram criadas com o objetivo de reforçar

Leia mais

Melhoria Contínua da Qualidade no ACES Lisboa Norte

Melhoria Contínua da Qualidade no ACES Lisboa Norte Melhoria Contínua da Qualidade no ACES Lisboa Norte Dos registos clínicos: médicos e de enfermagem Qualidade e segurança do doente Lucília Martinho médica, presidente da CQSD Maria Teresa Antunes enfermeira

Leia mais

Perturbações do Comportamento Alimentar - Uma abordagem integrada com peso e medida

Perturbações do Comportamento Alimentar - Uma abordagem integrada com peso e medida Perturbações do Comportamento Alimentar - Uma abordagem integrada com peso e medida Lisboa, 23 de Novembro de 2016 Introdução Perturbações do Comportamento Alimentar (PCA) Conjunto de entidades nosológicas

Leia mais

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Região Norte Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica Cuidados de Saúde Primários ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Unidade de Cuidados na Comunidade de Mateus Unidade de Cuidados de

Leia mais

Prestação de Cuidados de Saúde na Região de Saúde do Centro

Prestação de Cuidados de Saúde na Região de Saúde do Centro Prestação de Cuidados de Saúde na Região de Saúde do Centro Administração Regional de Saúde do Centro, I.P. www.arscentro.min-saude.pt I. ENQUADRAMENTO MISSÃO: Garantir à população o acesso à prestação

Leia mais

25º ANIVERSÁRIO DO CENTRO DE ATENDIMENTO A JOVENS DE LEIRIA - JANELAS VERDES - ACES PINHAL LITORAL

25º ANIVERSÁRIO DO CENTRO DE ATENDIMENTO A JOVENS DE LEIRIA - JANELAS VERDES - ACES PINHAL LITORAL 25º ANIVERSÁRIO DO CENTRO DE ATENDIMENTO A JOVENS DE LEIRIA - JANELAS VERDES - ACES PINHAL LITORAL O Centro de Atendimento a Jovens do ACES PINHAL Litoral, Janelas Verdes, comemora este ano o seu 25º aniversário

Leia mais

Documento de Trabalho

Documento de Trabalho AGRUPAMENTO DE CENTROS DE SAÚDE UNIDADE DE CUIDADOS NA COMUNIDADE Documento de Trabalho O Decreto-Lei nº 28/2008 de 22 de Fevereiro cria os agrupamentos de centros de saúde (ACES) do Serviço Nacional de

Leia mais

Instituto Nacional de Emergência Médica

Instituto Nacional de Emergência Médica Instituto Nacional de Emergência Médica 2016 INEM, I. P. - Instituto Nacional de Emergência Médica, I. P. Criado em 1981 Coordena, em Portugal Continental, um conjunto de entidades que prestam assistência

Leia mais

UMA PARCERIA DE AGENCIAS EM UM SÓ ESPAÇO GEOGRAFICO.

UMA PARCERIA DE AGENCIAS EM UM SÓ ESPAÇO GEOGRAFICO. Projeto Segurança Humana: São Paulo UMA PARCERIA DE AGENCIAS EM UM SÓ ESPAÇO GEOGRAFICO. SETEMBRO 2009 ANÁLISE DO PROJETO PROJETO SEGURANÇA A HUMANA NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO: Agências envolvidas: OPAS/OMS

Leia mais

MEDICINA PÓS OPERATÓRIA UNIDADE DE DOR AGUDA

MEDICINA PÓS OPERATÓRIA UNIDADE DE DOR AGUDA MEDICINA PÓS OPERATÓRIA UNIDADE DE DOR AGUDA Sessão Clínica Hospitalar Hospital Fernando Fonseca Departamento de Anestesiologia, Reanimação e Terapêutica da Dor Director : Dr. Lucindo Ormonde Coordenadora

Leia mais

REDE SOCIAL DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO PLANO DE ACÇÃO PARA 2010

REDE SOCIAL DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO PLANO DE ACÇÃO PARA 2010 REDE SOCIAL DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO PLANO DE ACÇÃO PARA 2010 EIXO I Promoção da Inclusão das famílias com especial enfoque às necessidades dos idosos OBJECTIVO GERAL Melhorar as condições de vida de

Leia mais

Rastreio Pré-Natal na Região Norte

Rastreio Pré-Natal na Região Norte REUNIÃO MAGNA DAS UNIDADES COORDENADORAS FUNCIONAIS Rastreio Pré-Natal na Região Norte Oferta do rastreio - Análise da situação Maria do Céu Rodrigues Comissão Técnica Regional de Diagnóstico Pré-Natal

Leia mais

GRUPO TÉCNICO DE FERIDAS

GRUPO TÉCNICO DE FERIDAS Ministério da Saúde Administração Regional de Saúde do Algarve, IP GRUPO TÉCNICO DE FERIDAS grupotecnicodeferidas@arsalgarve.min-saude.pt Estudos Estudo realizado na Região em 2005 (CC Infecção/Centro

Leia mais

A Atenção Básica na Vigilância dos Óbitos Materno, Infantil e Fetal

A Atenção Básica na Vigilância dos Óbitos Materno, Infantil e Fetal A Atenção Básica na Vigilância dos Óbitos Materno, Infantil e Fetal Halei Cruz Coordenador da Área Técnica de Saúde da Criança e do Comitê Estadual de Prevenção dos Óbitos Maternos, Infantis e Fetais INTRODUÇÃO

Leia mais

..UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA U.E.F.S DEPARTAMENTO DE SAÚDE PROGRAMA DE DISCIPLINA

..UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA U.E.F.S DEPARTAMENTO DE SAÚDE PROGRAMA DE DISCIPLINA ..UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA U.E.F.S DEPARTAMENTO DE SAÚDE PROGRAMA DE DISCIPLINA CÓDIGO DISCIPLINA REQUISITOS SAU 235 ENFERMAGEM NA SAÚDE DA MULHER, SAU 225 Fundamentos de CRIANÇA E ADOLESCENTE

Leia mais

PLANO ANUAL 2016 ESTRATÉGIA INTEGRADA PARA AS DOENÇAS RARAS Departamento da Qualidade na Saúde Março de 2016

PLANO ANUAL 2016 ESTRATÉGIA INTEGRADA PARA AS DOENÇAS RARAS Departamento da Qualidade na Saúde Março de 2016 PLANO ANUAL 2016 ESTRATÉGIA INTEGRADA PARA AS DOENÇAS RARAS 2015-2020 Departamento da Qualidade na Saúde Março de 2016 PLANO ANUAL 2016 ESTRATÉGIA INTEGRADA PARA AS DOENÇAS RARAS 2015-2020 A comissão interministerial

Leia mais

Prof. Coordenador - Escola Sup. de Enfermagem do Porto. Presidente da Sociedade Port. de Enf. de Saúde Mental

Prof. Coordenador - Escola Sup. de Enfermagem do Porto. Presidente da Sociedade Port. de Enf. de Saúde Mental Estado da Arte em de Saúde Mental Prática Clínica em de Saúde Mental e Psiquiátrica Carlos Sequeira, PhD. Prof. Coordenador - Escola Sup. de do Porto Presidente da Sociedade Port. de Enf. de Saúde Mental

Leia mais

- Unidade de Saúde Familiar da BARRINHA - Modelo B

- Unidade de Saúde Familiar da BARRINHA - Modelo B CARTA DE COMPROMISSO - Unidade de Saúde Familiar da BARRINHA - Modelo B O Agrupamento dos Centros de Saúde (ACES) BAIXO VOUGA III, representado pelo seu Director Executivo, Dr. MANUEL SEBE e a Unidade

Leia mais

Comissões da Qualidade e Segurança 3ª Reunião, julho de Alexandre Diniz Filipa Homem Christo José Artur Paiva Maria João Gaspar

Comissões da Qualidade e Segurança 3ª Reunião, julho de Alexandre Diniz Filipa Homem Christo José Artur Paiva Maria João Gaspar Comissões da Qualidade e Segurança 3ª Reunião, julho de 2014 Alexandre Diniz Filipa Homem Christo José Artur Paiva Maria João Gaspar AGENDA 1. Planos de Ação das Comissões da Qualidade e Segurança 2. Experiência

Leia mais

Grupo Técnico Secretariado Clínico Versão actualizada em

Grupo Técnico Secretariado Clínico Versão actualizada em Grupo Técnico Secretariado Clínico Versão actualizada em 06.05.2011 Grupo de Coordenação Estratégica 1 Grupo Técnico Secretariado Clínico Grupo de trabalho constituído na reunião da Coordenação Estratégica

Leia mais

ACOLHIMENTO A NOVOS COLABORADORES

ACOLHIMENTO A NOVOS COLABORADORES ACOLHIMENTO A NOVOS COLABORADORES Junho de 2016 CARACTERIZAÇÃO DO ACES OESTE SUL O ACES Oeste Sul, é um serviço desconcentrado da ARSLVT, IP com autonomia administrativa e gestionária, nos termos previstos

Leia mais

Dos Hospitais aos Cuidados Continuados

Dos Hospitais aos Cuidados Continuados D o s H o s p i t a i s a o s C u i d a d o s C o n t i n u a d o s 8 N o v e m b r o 2 0 1 0 M a d a l e n a F i l g u e i r a s, E n f e r m e i r a G C R C I Resumo Enquadramento das UCC Acesso dos

Leia mais

Objectivos Operacionais (OO) Eficácia Ponderação: 50% Aumentar em 50% o número de USF em actividade na região Norte + 57% (69 USF) 10%

Objectivos Operacionais (OO) Eficácia Ponderação: 50% Aumentar em 50% o número de USF em actividade na região Norte + 57% (69 USF) 10% Ministério: Ministério da Saúde Organismo: Administração Regional de Saúde do Norte, IP QUADRO DE AVALIAÇÃO E RESPONSABILIZAÇÃO - ANO 2008 MISSÃO: Garantir à população da sua área de influência o acesso

Leia mais

GOALS PASSADO PRESENTE FUTURO OBJECTIVO POR ALCANÇAR? CAMINHO DEFINIDO? SEGURANÇA NO TRABALHO ENCONTRO: PASSADO, PRESENTE E FUTURO

GOALS PASSADO PRESENTE FUTURO OBJECTIVO POR ALCANÇAR? CAMINHO DEFINIDO? SEGURANÇA NO TRABALHO ENCONTRO: PASSADO, PRESENTE E FUTURO GOALS OBJECTIVO POR ALCANÇAR? CAMINHO DEFINIDO? OBJECTIVOS - Passado: Evolução Histórica da SHT no SNS - Presente: Modelo de Gestão de SHT(Gestão de Risco) - O Futuro: uma abordagem estratégica INTRODUÇÃO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Volta Redonda Secretaria Municipal de Saúde Coordenação de Programas e Projetos

Prefeitura Municipal de Volta Redonda Secretaria Municipal de Saúde Coordenação de Programas e Projetos Prefeitura Municipal de Volta Redonda Secretaria Municipal de Saúde Coordenação de Programas e Projetos 1 2 0 0 8 Prefeitura do Município de Volta Redonda Gothardo Lopes Netto Prefeito do Município de

Leia mais

Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Loures / Sacavém. Leonor Murjal Vogal do Conselho Clínico

Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Loures / Sacavém. Leonor Murjal Vogal do Conselho Clínico Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Loures / Sacavém Leonor Murjal Vogal do Conselho Clínico 1 Agrupamento de Centros de Saúde Loures/Sacavém DL 28/2008 Criação de agrupamentos de Centros de Saúde:

Leia mais