ASPECTOS BIOÉTICOS (e legais)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ASPECTOS BIOÉTICOS (e legais)"

Transcrição

1 Perícias P e r ícias médicas médicas ASPECTOS BIOÉTICOS (e legais) Prof.Dr. Daniel Romero Muñoz Daniel Romero Muñoz 1

2 Perícias médicas: aspectos bioéticos e legais 1. INTRODUÇÃO 1.1. Conduta ética Não existem condutas prontas e acabadas Ética é casuística: relação médico-paciente e perito- periciando => regidas por princípios éticos e normas sociais => a conduta do médico: seguir os princípios e normas, de acordo c/ as peculiaridades de cada caso Daniel Romero Muñoz 2

3 Perícias médicas: aspectos bioéticos e legais s 1.2. Princípios da Bioética - Beneficência - Não maleficência - Autonomia - Justiça Daniel Romero Muñoz 3

4 Perícias médicas: aspectos bioéticos e legais 1.3. Relação médico-paciente Rel. perito-periciando - Relação médico-paciente => confiança do pcte => compromisso do médico: beneficência e ñ maleficência - Relação perito-periciando => confiança da autoridade no perito nomeado => compromisso do médico c/ a Justiça => relação médico-pcte = impedimento Daniel Romero Muñoz 4

5 Segredo profissional Prof.Dr. Daniel Romero Muñoz Daniel Romero Muñoz 5

6 Perícias médicas: segredo profissional - Relação médico-paciente => dono do segredo é o pcte => compromisso do médico: ñ revelar - Relação perito-periciando => dono do segredo é a autoridade que nomeou o perito => compromisso do médico: revelar à autoridade todos os fatos relevantes para a consecução da Justiça Daniel Romero Muñoz 6

7 Tratamento compulsório ASPECTOS ÉTICOS E LEGAIS Prof.Dr. Daniel Romero Muñoz Daniel Romero Muñoz 7

8 Tratamento compulsório: aspectos bioéticos e legais 1. Relação médico-paciente - Harmoniosa => ***** - Litigiosa => intervenção social => Justiça 2. Tratamento compulsório - Beneficência x Autonomia => Justiça Daniel Romero Muñoz 8

9 Tratamento compulsório: aspectos bioéticos e legais 3. ASPECTOS LEGAIS 3.1. Constituição brasileira Artigo 5 - II - Ninguém será obrigado a fazer ou a deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei. Daniel Romero Muñoz 9

10 Perícias médicas: aspectos bioéticos e legais 3.2. Código Penal Brasileiro Artigo 146 Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, ou depois de lhe haver reduzido, por qualquer outro meio, a capacidade de resistência, a não fazer o que a lei permite, ou a fazer o que ela não manda: Pena detenção de 3 meses a um ano, ou multa Daniel Romero Muñoz 10

11 Perícias médicas: aspectos bioéticos e legais s 3.2. Código Penal Brasileiro - Artigo As penas aplicam-se cumulativamente e em dobro, quando, para a execução do crime, se reúnem mais de três pessoas, ou há emprego de armas. 2 Além das penas cominadas, aplicam-se as correspondentes à violência. Daniel Romero Muñoz 11

12 Perícias médicas: aspectos bioéticos e legais 3.2. Código Penal Brasileiro - Artigo Não se compreendem na disposição deste artigo: I a intervenção médica ou cirúrgica, sem o consentimento do paciente ou de seu representante legal, se justificada por iminente perigo de vida; II a coação exercida para impedir suicídio. Daniel Romero Muñoz 12

13 Tratamento compulsório: aspectos éticos e legais 3.3. ASPECTOS ÉTICOS Código de Ética Médica É vedado ao médico: Art Desrespeitar o direito do paciente de decidir livremente sobre a execução de práticas diagnósticas ou terapêuticas, salvo em caso de iminente perigo de vida. Daniel Romero Muñoz 13

14 Perícia compulsória ASPECTOS ÉTICOS E LEGAIS Prof.Dr. Daniel Romero Muñoz Daniel Romero Muñoz 14

15 Perícia compulsória: aspectos bioéticos e legais 4. ASPECTOS LEGAIS 4.1. Constituição brasileira Artigo 5 - II - Ninguém será obrigado a fazer ou a deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei. Daniel Romero Muñoz 15

16 Perícia compulsória: aspectos bioéticos e legais s 4.2. Código Penal Brasileiro Artigo 146 Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, ou depois de lhe haver reduzido, por qualquer outro meio, a capacidade de resistência, a não fazer o que a lei permite, ou a fazer o que ela não manda: Pena detenção de 3 meses a um ano, ou multa Daniel Romero Muñoz 16

17 Perícia compulsória: aspectos bioéticos e legais 4.2. Código Penal Brasileiro - Artigo As penas aplicam-se cumulativamente e em dobro, quando, para a execução do crime, se reúnem mais de três pessoas, ou há emprego de armas. 2 Além das penas cominadas, aplicam-se as correspondentes à violência. Daniel Romero Muñoz 17

18 Perícia compulsória: aspectos bioéticos e legais s 4.2. Código Penal Brasileiro - Artigo Não se compreendem na disposição deste artigo: I a intervenção médica ou cirúrgica, sem o consentimento do paciente ou de seu representante legal, se justificada por iminente perigo de vida; Daniel Romero Muñoz 18

19 Perícia compulsória: aspectos bioéticos e legais s 4.2. Código Penal Brasileiro - Artigo Não se compreendem na disposição deste artigo: I a intervenção médica ou cirúrgica, sem o consentimento do paciente ou de seu representante legal, se justificada por iminente perigo de vida; Obs: Na perícia => se justificada pelas condições do periciando (não estar em pleno domínio de suas faculdades mentais) e pela ordem judicial Daniel Romero Muñoz 19

20 OBRIGADO! Daniel Romero Muñoz 20

21 Perícias médicas: aspectos bioéticos e legais 3.3. Código Penal Brasileiro Artigo 135 Deixar de prestar assistência, quando possível fazê-lo sem risco pessoal, à criança abandonada ou extraviada, ou à pessoa inválida ou ferida, ao desamparo ou em grave e iminente perigo; ou não pedir nesses casos, o socorro da autoridade pública: Pena detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa. Daniel Romero Muñoz 21

Recusa em permitir transfusão de sangue - Resolução CFM 1021 de 26/9/ *****

Recusa em permitir transfusão de sangue - Resolução CFM 1021 de 26/9/ ***** Recusa em permitir transfusão de sangue - Resolução CFM 1021 de 26/9/1980 - ***** Ementa: Adota os fundamentos do parecer no processo CFM n.º 21/80, como interpretação autêntica dos dispositivos deontológicos

Leia mais

NOÇÕES GERAIS DE PARTE GERAL DO CP E CPP ESSENCIAIS PARA O ENTENDIMENTO DA LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL

NOÇÕES GERAIS DE PARTE GERAL DO CP E CPP ESSENCIAIS PARA O ENTENDIMENTO DA LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL NOÇÕES GERAIS DE PARTE GERAL DO CP E CPP ESSENCIAIS PARA O ENTENDIMENTO DA LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL 1. ITER CRIMINIS CAMINHO DO CRIME FASE INTERNA COGITAÇÃO ( irrelevante para direito penal) 2. FASE EXTERNA

Leia mais

CURSO DE ÉTICA MÉDICA Cons. Cláudia Navarro Carvalho Duarte Lemos 1a. Secretária CRMMG

CURSO DE ÉTICA MÉDICA Cons. Cláudia Navarro Carvalho Duarte Lemos 1a. Secretária CRMMG CURSO DE ÉTICA MÉDICA - 2016 Cons. Cláudia Navarro Carvalho Duarte Lemos 1a. Secretária CRMMG Sigilo Profissional Demanda Judicial Cons. Cláudia Navarro Carvalho Duarte Lemos 1a. Secretária CRMMG Princípio

Leia mais

O médico pode ser perito do seu paciente?

O médico pode ser perito do seu paciente? O médico pode ser perito do seu paciente? Resolução 1635/02 CFM CONSIDERANDO que a perícia médico-legal é um ato médico, e como tal deve ser realizada, observando-se os princípios éticos contidos no Código

Leia mais

Direito Penal. Art. 130 e Seguintes II

Direito Penal. Art. 130 e Seguintes II Direito Penal Art. 130 e Seguintes II Constrangimento Ilegal Art. 146 do CP: Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, ou depois de lhe haver reduzido, por qualquer outro meio, a capacidade

Leia mais

Prontuário do paciente (médico) é um documento único. constituído de um conjunto de informações, sinais e imagens

Prontuário do paciente (médico) é um documento único. constituído de um conjunto de informações, sinais e imagens AULA 11 Prontuário do paciente (médico) é um documento único constituído de um conjunto de informações, sinais e imagens registradas, geradas a partir de fatos, acontecimentos e situações sobre a saúde

Leia mais

Sigilo Profissional. Maria Elisa Villas-Bôas FAMED, 2005

Sigilo Profissional. Maria Elisa Villas-Bôas FAMED, 2005 Sigilo Profissional Maria Elisa Villas-Bôas FAMED, 2005 Sigilo Profissional A confidencialidade e o respeito à privacidade como preceitos morais tradicionais dos profissionais de saúde e base da confiança,

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA. PRINCÍPIO DA AUTONOMIA DO PACIENTE: transfusão de sangue

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA. PRINCÍPIO DA AUTONOMIA DO PACIENTE: transfusão de sangue PRINCÍPIO DA AUTONOMIA DO PACIENTE: transfusão de sangue Artigo 5º, inciso VI, da Constituição Federal Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros

Leia mais

IMPORTÂNCIA DA NOTIFICAÇÃO DE DOENÇAS E AGRAVOS DE INTERESSE EM SAÚDE PÚBLICA

IMPORTÂNCIA DA NOTIFICAÇÃO DE DOENÇAS E AGRAVOS DE INTERESSE EM SAÚDE PÚBLICA IMPORTÂNCIA DA NOTIFICAÇÃO DE DOENÇAS E AGRAVOS DE INTERESSE EM SAÚDE PÚBLICA Cons. Bruno Gil de Carvalho Lima Doutor em Saúde Pública (Epidemiologia) 22/09/2017 Histórico Histórico Lei n o 6.259, de

Leia mais

Fundamento Constitucional: Art. 5º, incisos: III, XLIII e XLIX, da CF.

Fundamento Constitucional: Art. 5º, incisos: III, XLIII e XLIX, da CF. TORTURA 9.455/97 Fundamento Constitucional: Art. 5º, incisos: III, XLIII e XLIX, da CF. CF - Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e

Leia mais

PARECER COREN-SP 020 /2013 CT. PRCI n Ticket s: ; ; ; ;

PARECER COREN-SP 020 /2013 CT. PRCI n Ticket s: ; ; ; ; PARECER COREN-SP 020 /2013 CT PRCI n 100.694 Ticket s: 291.199; 290.019; 288.047; 284.944; 280.153 Ementa: Prestação de socorro por equipe de enfermagem de UBS, ambulatórios e hospitais, em ambiente externo

Leia mais

A Reforma do Código Penal Brasileiro ACRIERGS 2012

A Reforma do Código Penal Brasileiro ACRIERGS 2012 A Reforma do Código Penal Brasileiro ACRIERGS 2012 Reforma e Consolidação de Leis Os Ganhos da Consolidação e Atualização das Leis Penais Os riscos do açodamento Omissão de Socorro Art. 394. Deixar de

Leia mais

PROCESSO-CONSULTA CFM 62/2012 PARECER CFM 47/2017 INTERESSADO:

PROCESSO-CONSULTA CFM 62/2012 PARECER CFM 47/2017 INTERESSADO: PROCESSO-CONSULTA CFM nº 62/2012 PARECER CFM nº 47/2017 INTERESSADO: Ministério da Previdência e Assistência Social ASSUNTO: Atuação de médicos peritos na força-tarefa com o Ministério Público Federal

Leia mais

Reflexões sobre o ato de Morrer Distanásia, Ortotanásia e Eutanásia

Reflexões sobre o ato de Morrer Distanásia, Ortotanásia e Eutanásia Reflexões sobre o ato de Morrer Distanásia, Ortotanásia e Eutanásia Armando José d Acampora, MD, PhD Professor de Técnica Operatória e Cirurgia Experimental da UNISUL Professor de Humanidades Médicas da

Leia mais

PARECER CREMEC Nº 27/ /09/2010

PARECER CREMEC Nº 27/ /09/2010 PARECER CREMEC Nº 27/2010 17/09/2010 PROCESSO-CONSULTA PROTOCOLO CREMEC nº 4619/2010 Assunto: ABUSO SEXUAL DE MENOR Relatora: DRA. PATRÍCIA MARIA DE CASTRO TEIXEIRA EMENTA: LEI N.º 8.069, DE 13 DE JULHO

Leia mais

Crimes do Estatuto do Idoso 10.741/03 Prof. Marcelo Daemon

Crimes do Estatuto do Idoso 10.741/03 Prof. Marcelo Daemon Crimes do Estatuto do Idoso 10.741/03 Prof. Marcelo Daemon I Fundamento Constitucional Art. 229. Os pais têm o dever de assistir, criar e educar os filhos menores, e os filhos maiores têm o dever de ajudar

Leia mais

6.DOS CRIMES CONTRA A LIBERDADE INDIVIDUAL Dos crimes contra a liberdade pessoal

6.DOS CRIMES CONTRA A LIBERDADE INDIVIDUAL Dos crimes contra a liberdade pessoal 6.DOS CRIMES CONTRA A LIBERDADE INDIVIDUAL Dos crimes contra a liberdade pessoal O fundamento dos crimes contra a liberdade pessoal repousa no art. 5., caput, da Constituição Federal, que assegura a todos

Leia mais

Constrangimento Ilegal

Constrangimento Ilegal Constrangimento Ilegal Art. 146 - Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, ou depois de lhe haver reduzido, por qualquer outro meio, a capacidade de resistência, a não fazer o que a lei

Leia mais

MISAEL DUARTE A ANÁLISE DA OMISSÃO IMPRÓPRIA EM FACE DA ATUAÇÃO DO BOMBEIRO E AS CONSEQUÊNCIAS NA ESFERA CIVIL E PENAL

MISAEL DUARTE A ANÁLISE DA OMISSÃO IMPRÓPRIA EM FACE DA ATUAÇÃO DO BOMBEIRO E AS CONSEQUÊNCIAS NA ESFERA CIVIL E PENAL MISAEL DUARTE A ANÁLISE DA OMISSÃO IMPRÓPRIA EM FACE DA ATUAÇÃO DO BOMBEIRO E AS CONSEQUÊNCIAS NA ESFERA CIVIL E PENAL CURITIBA 2014 MISAEL DUARTE A ANÁLISE DA OMISSÃO IMPRÓPRIA EM FACE DA ATUAÇÃO DO BOMBEIRO

Leia mais

Prof. Fernando Antunes Soubhia

Prof. Fernando Antunes Soubhia CAPÍTULO VI DOS CRIMES CONTRA A LIBERDADE INDIVIDUAL SEÇÃO I DOS CRIMES CONTRA A LIBERDADE PESSOAL Constrangimento Ilegal Art. 146 - Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, ou depois de

Leia mais

DIREITO PENAL PREPARATÓRIO

DIREITO PENAL PREPARATÓRIO DIREITO PENAL PREPARATÓRIO WWW.EDUARDOFERNANDESADV.JUR.ADV.BR A INFRAÇÃO PENAL (CRIME EM SENTIDO AMPLO) NO BRASIL A INFRAÇÃO PENAL É DIV IDIDA EM CRIME OU CONTRAVENÇÃO. A DEFINIÇÃO LEGAL DE CRIME E CONTRAVENÇÃO

Leia mais

CFM informa sobre os direitos dos pacientes no SUS.

CFM informa sobre os direitos dos pacientes no SUS. CFM informa sobre os direitos dos pacientes no SUS. O Sistema Único de Saúde (SUS) é a forma como o Governo deve prestar saúde pública e gratuita a todo o cidadão. A ideia é ter um sistema público de

Leia mais

PARECER CREMEC Nº 34/ /10/2010

PARECER CREMEC Nº 34/ /10/2010 PARECER CREMEC Nº 34/2010 08/10/2010 PROCESSO-CONSULTA PROTOCOLO CREMEC 0496/09 INTERESSADO: DANIELA CHIESA ASSUNTO: ALTA A PEDIDO DO PACIENTE ADULTO TERMO DE CONSENTIMENTO INFORMADO PARA USO DE HEMOCOMPONENTES

Leia mais

Cons. César Henrique Bastos Khoury CRMMG

Cons. César Henrique Bastos Khoury CRMMG Cons. César Henrique Bastos Khoury CRMMG Curso de Ética - CRMMG - Belo Horizonte - 10/11/2016 ETIMOLOGIA Latim: PERITIA Experiência, saber, habilidade. Conhecimento especializado CONCEITO Toda e qualquer

Leia mais

PROTOCOLO DE EVASÃO. Data Versão/Revisões Descrição Autor 12/11/ Proposta inicial DP, AM, DL, MR

PROTOCOLO DE EVASÃO. Data Versão/Revisões Descrição Autor 12/11/ Proposta inicial DP, AM, DL, MR 1 de 9 PROTOCOLO Data de Emissão: Histórico de Revisão / Versões Data Versão/Revisões Descrição Autor 1.00 Proposta inicial DP, AM, DL, MR 1 Objetivo Resguardar direito do paciente em recusar tratamento

Leia mais

Direito Penal. Crimes Contra a Administração Pública

Direito Penal. Crimes Contra a Administração Pública Direito Penal Crimes Contra a Administração Pública Crimes Contra a Adm. Pública Código Penal - Título XI Dos crimes contra a Administração Pública Capítulo I Dos crimes praticados por funcionário público

Leia mais

PERÍCIA MÉDICA O QUE É?

PERÍCIA MÉDICA O QUE É? PERÍCIA MÉDICA O QUE É? É uma especialidade médica, na qual o perito, após examinar o periciando, emite um parecer técnico conclusivo, sobre a capacidade laborativa do examinado, enquadrando-o em situação

Leia mais

A CASA DO SIMULADO DESAFIO QUESTÕES MINISSIMULADO 12/360

A CASA DO SIMULADO DESAFIO QUESTÕES MINISSIMULADO 12/360 1 DEMAIS SIMULADOS NO LINK ABAIXO CLIQUE AQUI REDE SOCIAL SIMULADO 12/360 CONSTITUCIONAL INSTRUÇÕES TEMPO: 30 MINUTOS MODALIDADE: CERTO OU ERRADO 30 QUESTÕES CURTA NOSSA PÁGINA MATERIAL LIVRE Este material

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 664/XII/4.ª ALTERA A PREVISÃO LEGAL DOS CRIMES DE VIOLAÇÃO E COAÇÃO SEXUAL NO CÓDIGO PENAL

PROJETO DE LEI N.º 664/XII/4.ª ALTERA A PREVISÃO LEGAL DOS CRIMES DE VIOLAÇÃO E COAÇÃO SEXUAL NO CÓDIGO PENAL Grupo Parlamentar. PROJETO DE LEI N.º 664/XII/4.ª ALTERA A PREVISÃO LEGAL DOS CRIMES DE VIOLAÇÃO E COAÇÃO SEXUAL NO CÓDIGO PENAL Exposição de motivos O crime de violação atinge, sobretudo, mulheres e crianças.

Leia mais

Resolução nº 326/2012 (Publicada no Diário Oficial do Estado em 13/12/2012, Cad. 4, p. 3)

Resolução nº 326/2012 (Publicada no Diário Oficial do Estado em 13/12/2012, Cad. 4, p. 3) Resolução nº 326/2012 (Publicada no Diário Oficial do Estado em 13/12/2012, Cad. 4, p. 3) Dispõe sobre os procedimentos a serem observados pelos médicos e unidades de saúde na prestação de informações

Leia mais

Governança Corporativa. A visão legal dos Riscos Corporativos. Ricardo Abreu. Emerson Eugenio de Lima. Brasil Estados Unidos Canadá Paraguai

Governança Corporativa. A visão legal dos Riscos Corporativos. Ricardo Abreu. Emerson Eugenio de Lima. Brasil Estados Unidos Canadá Paraguai Governança Corporativa Ricardo Abreu A visão legal dos Riscos Corporativos Emerson Eugenio de Lima Brasil Estados Unidos Canadá Paraguai França Espanha Portugal Ucrânia GOVERNANÇA CORPORATIVA CORPORATE

Leia mais

Direito à Saúde da Criança e do Adolescente

Direito à Saúde da Criança e do Adolescente Direito à Saúde da Criança e do Adolescente Constituição Federal de 1988 Art. 227. É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade,

Leia mais

CREMERS 26 de novembro, Fórum de Cuidados Paliativos

CREMERS 26 de novembro, Fórum de Cuidados Paliativos CREMERS 26 de novembro, 2010. Fórum de Cuidados Paliativos Aspectos jurídicos sobre a decisão de suspender o tratamento curativo Lívia Haygert Pithan Professora da Faculdade de Direito e Pesquisadora do

Leia mais

LAUDO MÉDICO PERICIAL

LAUDO MÉDICO PERICIAL LAUDO MÉDICO PERICIAL Conselheira Dra. Keti Stylianos Patsis O QUE É ÉTICA? Ética é o estudo geral do que é bom ou mau, correto ou incorreto, justo ou injusto, adequado ou inadequado. Ela é diferente da

Leia mais

DICAS E EXERCÍCIOS LEI 9.503/97 - CRIMES DE TRÂNSITO (ART. 291 AO 312 DO CTB) PCGO-2016 PROF: PAULO SÉRGIO

DICAS E EXERCÍCIOS LEI 9.503/97 - CRIMES DE TRÂNSITO (ART. 291 AO 312 DO CTB) PCGO-2016 PROF: PAULO SÉRGIO DICAS E EXERCÍCIOS LEI 9.503/97 - CRIMES DE TRÂNSITO (ART. 291 AO 312 DO CTB) PCGO-2016 PROF: PAULO SÉRGIO QUESTÃO 01 (PROVA PRF 2008 CESPE/UNB) De acordo com o CTB e acerca das ações penais por crimes

Leia mais

1 CONCEITO DE DIREITO PENAL

1 CONCEITO DE DIREITO PENAL RESUMO DA AULA DIREITO PENAL APLICAÇÃO DA LEI PENAL PARTE 01 1 CONCEITO DE DIREITO PENAL; 2 FONTES DO DIREITO PENAL; 3 LEI PENAL; 4 INTERPRETAÇÃO DA LEI PENAL; 5 APLICAÇÃO DA LEI PENAL; 6 QUESTÕES COMENTADAS.

Leia mais

Os axiomas do sistema básico das diretrizes da perícia contábil.

Os axiomas do sistema básico das diretrizes da perícia contábil. Os axiomas do sistema básico das diretrizes da perícia contábil. Prof. MSc. Wilson Alberto Zappa Hoog i Resumo: O artigo apresenta uma revelação dos axiomas do sistema básico das diretrizes da perícia

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE MATO GROSSO

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE MATO GROSSO 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 PARECER CRM-MT Nº 15/2013 INTERESSADA: Dra. A. M.de S. N. L. CONSELHEIRO PARECERISTA: Dr. Gabriel Felsky dos Anjos ASSUNTO: Médico plantonista tem obrigação de realizar exames de

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE ÉTICA NO DIAGNÓSTICO POR IMAGEM

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE ÉTICA NO DIAGNÓSTICO POR IMAGEM PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE ÉTICA NO DIAGNÓSTICO POR IMAGEM PROFESSORA: Adriana de Souza Medeiros Batista 1. EMENTA: Antecedentes teóricos, históricos, perspectiva contemporânea da bioética. Ética

Leia mais

PORTARIA MS/SAS Nº 415, de 21/5/2014

PORTARIA MS/SAS Nº 415, de 21/5/2014 Aborto Legal PORTARIA MS/SAS Nº 415, de 21/5/2014 Art. 1º Fica incluído, na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses/Próteses e Materiais Especiais do SUS, no grupo 04 subgrupo 11 forma de organização

Leia mais

Sigilo Profissional. Cons. Hermann A. V. Von Tiesenhausen CRMMG

Sigilo Profissional. Cons. Hermann A. V. Von Tiesenhausen CRMMG Sigilo Profissional Cons. Hermann A. V. Von Tiesenhausen CRMMG UNIFESP SÃO PAULO Princípio do Sigilo Hipócrates Sobre aquilo que vir ou ouvir respeitante à vida dos doentes, no exercício da minha profissão

Leia mais

Tropa de Elite - Polícia Civil Legislação Penal Especial Crimes de Trânsito Liana Ximenes

Tropa de Elite - Polícia Civil Legislação Penal Especial Crimes de Trânsito Liana Ximenes Tropa de Elite - Polícia Civil Legislação Penal Especial Crimes de Trânsito Liana Ximenes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Arts. 291-301 do CTB - Parte Geral

Leia mais

INTERESSADO: W. N. dos S. Diretor Geral do Hospital Vale do Guaporé. CONSELHEIRA CONSULTORA: Dra. Hildenete Monteiro Fortes

INTERESSADO: W. N. dos S. Diretor Geral do Hospital Vale do Guaporé. CONSELHEIRA CONSULTORA: Dra. Hildenete Monteiro Fortes 1 1 2 3 4 5 6 7 PROCESSO CONSULTA CRM-MT Nº 16/2013 PARECER CONSULTA CRM-MT Nº 23/2013 DATA DA ENTRADA: 23 de outubro de 2013 INTERESSADO: W. N. dos S. Diretor Geral do Hospital Vale do Guaporé CONSELHEIRA

Leia mais

RESPONSABILIDADE PENAL DO MÉDICO

RESPONSABILIDADE PENAL DO MÉDICO RESPONSABILIDADE PENAL DO MÉDICO Guilherme Madi Rezende O artigo abaixo é a síntese da palestra Responsabilidde Penal do Médico, proferida para médicos e demais profissionais da área de saúde. O primeiro

Leia mais

7. Casamento inválido. 7. Casamento inválido -> Casamento Inexistente. São de três espécies: Requisitos de Exisitência:

7. Casamento inválido. 7. Casamento inválido -> Casamento Inexistente. São de três espécies: Requisitos de Exisitência: 7. Casamento inválido São de três espécies: A) Casamento Inexistente B) Casameto Nulo 7. Casamento inválido -> Casamento Inexistente Requisitos de Exisitência: 1. Deferença de sexo 2. Consentimento 3.

Leia mais

Primeiros Socorros. Introdução ao socorro

Primeiros Socorros. Introdução ao socorro Primeiros Socorros Introdução ao socorro OBJETIVOS Conhecer os principais aspectos do comportamento e da conduta de um profissional de saúde que presta um atendimento de primeiros socorros, Conhecer os

Leia mais

Anotações de aula Aline Portelinha 2015

Anotações de aula Aline Portelinha 2015 Anotações de aula Aline Portelinha 2015 Aula 10 CONSELHOS DE MEDICINA Conselhos de Medicina O que são Constituem, em seu conjunto, uma autarquia federal, cada um deles dotado de autonomia administrativa

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Greve de médicos e "pressão" para adesão: Abrigo do Código de Ética Médica ou constrangimento ilegal? Fernando Martins Zaupa* INTRODUÇÃO Como infelizmente vem a ocorrer nos meios

Leia mais

CONSULTA Nº 7.425/16

CONSULTA Nº 7.425/16 1 CONSULTA Nº 7.425/16 Assunto: Sobre legitimidade para requerer a segunda opinião. Relator: Conselheiro Reinaldo Ayer de Oliveira. Ementa: A junta médica deve ser composta pelos médicos que divergem sobre

Leia mais

ORLANDO JÚNIOR DIREITO CONSTITUCIONAL

ORLANDO JÚNIOR DIREITO CONSTITUCIONAL ORLANDO JÚNIOR DIREITO CONSTITUCIONAL Ano: 2017 Banca: VUNESP Órgão: UNESP Prova: Assistente Administrativo Considerando o que dispõe a Constituição Federal sobre os direitos e garantias fundamentais,

Leia mais

Legislação Penal Especial Lei de Tortura Liana Ximenes

Legislação Penal Especial Lei de Tortura Liana Ximenes Lei de Tortura Liana Ximenes 2014 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Lei de Tortura -A Lei não define o que é Tortura, mas explicita o que constitui tortura. -Equiparação

Leia mais

PARECER CREMEC Nº 09/ /02/2013

PARECER CREMEC Nº 09/ /02/2013 PARECER CREMEC Nº 09/2013 23/02/2013 PROCESSO-CONSULTA PROTOCOLO CREMEC nº 406/2012 Interessado: Laboratório Clementino Fraga Ltda Assunto: Remessa de laudos de exames para operadora Relator: Dr. Antônio

Leia mais

Ponto 9 do plano de ensino

Ponto 9 do plano de ensino Ponto 9 do plano de ensino Concurso formal e material de crimes. Vedação ao concurso formal mais gravoso. Desígnios autônomos. Crime continuado: requisitos. Erro na execução. Resultado diverso do pretendido.

Leia mais

O MÉDICO ANTE AO TRÁFICO DE SERES HUMANOS. Conselheiro Donizetti Dimer Giamberardino Filho

O MÉDICO ANTE AO TRÁFICO DE SERES HUMANOS. Conselheiro Donizetti Dimer Giamberardino Filho O MÉDICO ANTE AO TRÁFICO DE SERES HUMANOS Conselheiro Donizetti Dimer Giamberardino Filho Protocolo de Palermo (2000) Art. 3 a) Por tráfico de pessoas entende-se: O recrutamento, o transporte, a transferência,

Leia mais

Resolução CFM nº 1.595/2000 e RDC ANVISA 96/2008 Declaro total ausência de conflito de interesse. Não há patrocínio de qualquer empresa para esta

Resolução CFM nº 1.595/2000 e RDC ANVISA 96/2008 Declaro total ausência de conflito de interesse. Não há patrocínio de qualquer empresa para esta Resolução CFM nº 1.595/2000 e RDC ANVISA 96/2008 Declaro total ausência de conflito de interesse. Não há patrocínio de qualquer empresa para esta apresentação. Atestado médico para exercícios físicos em

Leia mais

Privacidade de Informações médicas: a relação médico, paciente e redes sociais. Alan de Jesus

Privacidade de Informações médicas: a relação médico, paciente e redes sociais. Alan de Jesus Privacidade de Informações médicas: a relação médico, paciente e redes sociais Alan de Jesus É possível separar o on e off? Quem usa rede social? Quantas redes sociais você tem: Uma? Duas? Mais de três?

Leia mais

Dr. Pedro Eduardo Menegasso Presidente do CRF-SP

Dr. Pedro Eduardo Menegasso Presidente do CRF-SP Dr. Pedro Eduardo Menegasso Presidente do CRF-SP O Farmacêutico é um profissional da saúde, cumprindo-lhe executar todas as atividades inerentes ao âmbito profissional farmacêutico, de modo a contribuir

Leia mais

PARECER CREMEC nº 09/ /09/2015

PARECER CREMEC nº 09/ /09/2015 PARECER CREMEC nº 09/2015 14/09/2015 PROCESSO CONSULTA protocolo CREMEC Nº 11058/2014 INTERESSAD0: Dr. G. B. S. J. ASSUNTO: Atividade médica pericial RELATORES: Cons. Alberto Farias Filho + Cons. José

Leia mais

Tropa de Elite - Polícia Civil Legislação Penal Especial Código de Defesa do Consumidor - Parte Criminal Liana Ximenes

Tropa de Elite - Polícia Civil Legislação Penal Especial Código de Defesa do Consumidor - Parte Criminal Liana Ximenes Tropa de Elite - Polícia Civil Legislação Penal Especial Código de Defesa do Consumidor - Parte Criminal Liana Ximenes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Código

Leia mais

Homicídio (art. 121 do cp) Introdução...2 Classificação doutrinária...2 Sujeitos...3 Objeto material...3 Bem juridicamente protegido...

Homicídio (art. 121 do cp) Introdução...2 Classificação doutrinária...2 Sujeitos...3 Objeto material...3 Bem juridicamente protegido... Sumário Homicídio (art. 121 do cp) Introdução...2 Classificação doutrinária...2 Sujeitos...3 Objeto material...3 Bem juridicamente protegido...3 Exame de corpo de delito...3 Elemento subjetivo...3 Modalidades

Leia mais

CRIMES DE TRÂNSITO EM ESPÉCIE LEI 9.503/97

CRIMES DE TRÂNSITO EM ESPÉCIE LEI 9.503/97 CRIMES DE TRÂNSITO EM ESPÉCIE LEI 9.503/97 CRIME CTB PENA AUMENTO DA PENA 1/3 A ½ Art. 302 Homicídio culposo Art. 303 Lesão corporal culposa Art. 304 Omissão de socorro Detenção, 2 a 4 anos e meses a 2

Leia mais

LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL

LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL - LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL - - Lei nº 9.455/1997 - Lei Antitortura - Professor: Marcos Girão - A TORTURA E A CF/88 1 - CF/88 - CF/88 O STF também já decidiu que o condenado por crime de tortura também

Leia mais

Solicita esclarecimentos para as seguintes questões:

Solicita esclarecimentos para as seguintes questões: PARECER CFM nº 10/15 INTERESSADO: Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro ASSUNTO: Ingestão de laxante ou detergente para expelir cápsula e/ou artefato identificado na imagem de escâner corporal

Leia mais

A dimensão ética do tratamento

A dimensão ética do tratamento SOCIEDADE PORTUGUESA DE CARDIOLOGIA A dimensão ética do tratamento filipe almeida ÉTICA: Reflexão Agir humano Agir humano: eu) Comigo mesmo (eu tu) Com os outros (tu universo) Com a biosfera (universo

Leia mais

Ponto 8 do plano de ensino. Medidas de segurança:

Ponto 8 do plano de ensino. Medidas de segurança: Ponto 8 do plano de ensino Medidas de segurança: Conceito, natureza, sistemas, pressupostos, espécies, duração, locais de internação e tratamento, duração, exame de verificação de cessação de periculosidade,

Leia mais

RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA N. 001/2014

RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA N. 001/2014 RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA N. 001/2014 OBJETO: ADEQUADA E REGULAR PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE PERANTE O HOSPITAL SANTA TEREZA/INSTITUTO VIRMOND DE GUARAPUAVA (PR) CONSIDERANDO as informações recebidas

Leia mais

Conteúdo Edital PMGO

Conteúdo Edital PMGO Direito Penal Parte Geral Professor Samuel Silva Conteúdo Edital PMGO 1. Princípios constitucionais do Direito Penal. 2. A lei penal no tempo. A lei penal no espaço. Interpretação da lei penal. 3. Infração

Leia mais

Polícia Civil Legislação Penal Especial Liana Ximenes

Polícia Civil Legislação Penal Especial Liana Ximenes Polícia Civil Legislação Penal Especial Liana Ximenes Crimes de Trânsito- Lei 9503/97 Arts. 291-301 do CTB - Parte Geral Arts.302-312 do CTB Crimes em espécie Parte Geral Art. 291. Aos crimes cometidos

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA NACIONAL PARA ESTUDANTES DE MEDICINA

CÓDIGO DE ÉTICA NACIONAL PARA ESTUDANTES DE MEDICINA CÓDIGO DE ÉTICA NACIONAL PARA ESTUDANTES DE MEDICINA PREÂMBULO Enquanto Estudantes de Medicina e, essencialmente, com o início da prática clínica, somos confrontados com a vida humana e obrigados a saber

Leia mais

Atos de Ofício Processo Penal. Professor Luiz Lima CONCURSO TJMG - BANCA CONSULPLAN

Atos de Ofício Processo Penal. Professor Luiz Lima CONCURSO TJMG - BANCA CONSULPLAN Atos de Ofício Processo Penal Professor Luiz Lima CONCURSO TJMG - BANCA CONSULPLAN Cargo Especialidade Escolaridade Vencimentos Oficial de apoio judicial Oficial Judiciário (Classe D) --- Conclusão de

Leia mais

Objetivo do silêncio médico:

Objetivo do silêncio médico: CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO Conselheira: Maria do PATROcínio Tenório Nunes FUNDAMENTOS DO SEGREDO MÉDICO Objetivo do silêncio médico: Coibir a publicidade sobre fatos conhecidos

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE MATO GROSSO

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE MATO GROSSO 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 PROCESSO CONSULTA CRM-MT 01/2015 DATA DE ENTRADA: 09 de janeiro de 2015 INTERESSADO: W.N.C. CONSELHEIRA

Leia mais

ORTOTANÁSIA: A AUTONOMIA DA VONTADE DO PACIENTE E A OBJEÇÃO DE CONSCIÊNCIA DO MÉDICO

ORTOTANÁSIA: A AUTONOMIA DA VONTADE DO PACIENTE E A OBJEÇÃO DE CONSCIÊNCIA DO MÉDICO ORTOTANÁSIA: A AUTONOMIA DA VONTADE DO PACIENTE E A OBJEÇÃO DE CONSCIÊNCIA DO MÉDICO Carlos Vital Tavares Correa Lima Presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM) O FUTURO UM MUNDO MELHOR AUTONOMIA

Leia mais

DIREITO AMBIENTAL CRIMES. Professor Eduardo Coral Viegas

DIREITO AMBIENTAL CRIMES. Professor Eduardo Coral Viegas DIREITO AMBIENTAL CRIMES Professor Eduardo Coral Viegas 2010 JUIZ TRF/4 4. Dadas as assertivas abaixo, assinale a alternativa correta. I. O princípio da precaução legitima a inversão do ônus da prova nas

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO O (A) paciente, ou seu responsável, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização

Leia mais

XVIII Jornada Catarinense de Saúde Ocupacional Dias 30 de abril, 01 e 02 de maio de 2015 Blumenau Santa Catarina - Brasil

XVIII Jornada Catarinense de Saúde Ocupacional Dias 30 de abril, 01 e 02 de maio de 2015 Blumenau Santa Catarina - Brasil XVIII Jornada Catarinense de Saúde Ocupacional Dias 30 de abril, 01 e 02 de maio de 2015 Blumenau Santa Catarina - Brasil TEMA: Aspectos éticos, técnicos e legais dos atestados médicos e sua validação

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO O (A) paciente, ou seu responsável, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização

Leia mais

DECRETO-LEI Nº 2.848/1940 CÓDIGO PENAL

DECRETO-LEI Nº 2.848/1940 CÓDIGO PENAL ALTERAÇÕES DO CURSO DE ACORDO COM EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 144/2016 MP/RS Secretário de Diligências LEGISLAÇÃO: Processo Civil: - Desconsiderar os artigos 70 ao 138 e 188 ao 235 do Código de Processo Civil.

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO O(A) paciente, ou seu responsável, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização ao

Leia mais

DOS CRIMES PRATICADOS POR PARTICULAR CONTRA A ADMINISTRAÇÃO EM GERAL

DOS CRIMES PRATICADOS POR PARTICULAR CONTRA A ADMINISTRAÇÃO EM GERAL DOS CRIMES PRATICADOS POR PARTICULAR CONTRA A ADMINISTRAÇÃO EM GERAL 1. Usurpação de função pública O crime é, em regra, praticado por particular (aquele que não exerce função pública), mas parte da doutrina

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO O (A) paciente, ou seu responsável, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização

Leia mais

CÓDIGO PENAL MILITAR CFS Cap Rogério. CRIMES CONTRA A PESSOA (3ª parte)

CÓDIGO PENAL MILITAR CFS Cap Rogério. CRIMES CONTRA A PESSOA (3ª parte) CÓDIGO PENAL MILITAR CFS- 2016 Cap Rogério CRIMES CONTRA A PESSOA (3ª parte) VIOLAÇÃO DE DOMICÍLIO (IMPROPRIAMENTE MILITAR) art. 226 PROTEGE A PRIVACIDADE, A LIBERDADE DAS PESSOAS E NÃO O PATRIMÔNIO. COMPREENDEM-SE

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO O (A) paciente, ou seu responsável, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização

Leia mais

(...) SEÇÃO III DOS CRIMES CONTRA A INVIOLABILIDADE DO SISTEMA INFORMÁTICO

(...) SEÇÃO III DOS CRIMES CONTRA A INVIOLABILIDADE DO SISTEMA INFORMÁTICO SEÇÃO III DOS CRIMES CONTRA A INVIOLABILIDADE DO SISTEMA INFORMÁTICO Artigo 150-A - Para efeitos penais, considera-se: a) sistema informático : qualquer dispositivo ou o conjunto de dispositivo, interligados

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO O(A) paciente, ou seu responsável, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização ao

Leia mais

Direito Penal. Consumação e Tentativa

Direito Penal. Consumação e Tentativa Direito Penal Consumação e Tentativa Crime Consumado Quando nele se reúnem todos os elementos de sua definição legal (art. 14, I, CP); Realização plena dos elementos constantes do tipo legal; Crime Consumado

Leia mais

, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização ao (a)

, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização ao (a) TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO O(A) paciente, ou seu responsável, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização ao

Leia mais

CONSIDERANDO que ao Ministério Público do

CONSIDERANDO que ao Ministério Público do RECOMENDAÇÃO nº 003/2009, de 21 de setembro de 2009. CONSIDERANDO que ao Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, por meio da Procuradoria Distrital dos Direitos do Cidadão PDDC, incumbe a

Leia mais

CONSULTA Nº 8.989/16

CONSULTA Nº 8.989/16 1 CONSULTA Nº 8.989/16 Assunto: Sobre atendimento médico pericial de Pedido de Reconsideração (PR), pelo mesmo perito que realizou a avaliação anterior, indeferindo, pela não constatação de incapacidade

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO O (A) paciente, ou seu responsável, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização

Leia mais

CONGRESSO PAULISTA DE MEDICINA DO TRABALHO 2012 A PRÁTICA DA MEDICINA DO TRABALHO COMO É VISTA PELAS ASSOCIAÇÕES: SIMESP, APM E CREMESP.

CONGRESSO PAULISTA DE MEDICINA DO TRABALHO 2012 A PRÁTICA DA MEDICINA DO TRABALHO COMO É VISTA PELAS ASSOCIAÇÕES: SIMESP, APM E CREMESP. CONGRESSO PAULISTA DE MEDICINA DO TRABALHO 2012 A PRÁTICA DA MEDICINA DO TRABALHO COMO É VISTA PELAS ASSOCIAÇÕES: SIMESP, APM E CREMESP. Algumas dúvidas que sempre nos cercam: 1) Quais as atribuições das

Leia mais

EMENTA: Encargos da atividade médica - Negativa de função pericial - Sigilo médico CONSULTA

EMENTA: Encargos da atividade médica - Negativa de função pericial - Sigilo médico CONSULTA PARECER Nº 2470/2014 CRM-PR PROCESSO CONSULTA N.º 26/2014 - PROTOCOLO N.º 10710/2014 ASSUNTO: SOLICITAÇÃO DE ATENDIMENTOS DOMICILIARES PELO MINISTÉRIO PÚBLICO PARECERISTA: CONS. JULIERME LOPES MELLINGER

Leia mais

ÉTICA BIOMÉDICA - INTRODUÇÃO

ÉTICA BIOMÉDICA - INTRODUÇÃO ÉTICA BIOMÉDICA - INTRODUÇÃO 27 DE FEVEREIRO & 1 DE MARÇO DE 2013 (7ª aula) Sumário da Aula Anterior: O Contrato Social: definição, pontos fortes e fragilidades. Ética das Virtudes. Conceito de virtude

Leia mais

26/08/2012 DIREITO PENAL IV. Direito penal IV

26/08/2012 DIREITO PENAL IV. Direito penal IV DIREITO PENAL IV LEGISLAÇÃO ESPECIAL 6ª - Parte Professor: Rubens Correia Junior 1 Direito penal IV 2 1 1 - Roubo impróprio 1º - Na mesma pena incorre quem, logo depois de subtraída a coisa, emprega violência

Leia mais

Ética e Sistemas de Informação

Ética e Sistemas de Informação CBSI Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação Ética e Sistemas de Informação Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Tópicos Especiais em Sistemas de Informação Faculdade

Leia mais

CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER. Processo Penal. Período:

CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER. Processo Penal. Período: CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER Processo Penal Polícia Legislativa Câmara dos Deputados Período: 2007-2017 Sumário Direito Processual Penal... 3 Inquérito Policial... 3 Ação penal pública incondicionada...

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO O(A) paciente, ou seu responsável, declara, para todos os fins legais, especialmente do disposto no artigo 39, VI, da Lei, 8.078/90 que dá plena autorização ao

Leia mais

CONSULTA Nº /2014

CONSULTA Nº /2014 Autarquia Federal Lei nº 3.268/57 CONSULTA Nº 88.874/2014 Assunto: Ofício nº 177/2014 CMS/Disque Saúde Preenchimento de relatório para análise de pedido de liminar. Relatora: Dra. Camila Kitazawa Cortez,

Leia mais

TRÁFICO DE PESSOAS E SAÚDE

TRÁFICO DE PESSOAS E SAÚDE TRÁFICO DE PESSOAS E SAÚDE MsC. Daniela Alves Diretora Executiva do CEIRI Pesquisadora do Laboratório de Pesquisa em Bioética e Ética na Ciência do Centro de Pesquisas do Hospital de Clínicas de Porto

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 62/XIII

PROJETO DE LEI N.º 62/XIII PROJETO DE LEI N.º 62/XIII 41ª ALTERAÇÃO AO CÓDIGO PENAL, APROVADO PELO DECRETO-LEI N.º 400/82, DE 23 DE SETEMBRO, CRIMINALIZANDO UM CONJUNTO DE CONDUTAS QUE ATENTAM CONTRA OS DIREITOS FUNDAMENTAIS DOS

Leia mais