OPTIPROBE Ficha de dados técnicos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OPTIPROBE Ficha de dados técnicos"

Transcrição

1 OPTIPROBE Ficha de dados técnicos O indicador de caudal de baixo custo Instalação fácil Medidas exatas e estáveis Qualidade KROHNE KROHNE

2 ÍNDICE DE OPTIPROBE 1 Características do Produto O indicador de caudal de baixo custo Princípio de medição Dados técnicos Dados técnicos Dimensões Instalação Notas sobre a instalação Condições de instalação Entrada e Saída Posição de montagem Secção T Vibração Campo magnético Curvaturas Descarga aberta Válvula de controlo Bomba Temperaturas Ligações eléctricas Instruções de segurança Esquema de ligações

3 OPTIPROBE CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO O indicador de caudal de baixo custo O OPTIPROBE é um indicador de caudal indutivo magnético para utilização em conjunto com fluidos limpos e eletricamente condutores em tubagens com diâmetros nominais superiores a 80 mm inclusive. 1 Caixa de ligação 2 Flange de ligação do processo 3 Cabeça com bobinas e elétrodos integrados 3

4 1 CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO OPTIPROBE Destaques Todas as peças húmidas de materiais não corrosivos Fácil de instalar Excitação do campo CC pulsado Amplo intervalo de medição (bidirecional) Instalação possível em tubagens sob pressão Indústrias Água Águas residuais Aplicações Para líquidos limpos com uma condutividade mínima de 20 μs/cm 4

5 OPTIPROBE CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO Princípio de medição O OPTIPROBE é inserido através de um orifício feito na tubagem. Uma bobina magnética localizada na cabeça de medição da sonda gera um campo CC pulsado perpendicular à cabeça de medição. Isto, junto com o movimento do fluído, induz uma tensão proporcional à velocidade média do caudal. A tensão é recebida por dois elétrodos localizados na parte dianteira da sonda e enviada a um conversor de sinal onde é convertida em velocidade de caudal medida. 5

6 2 DADOS TÉCNICOS OPTIPROBE 2.1 Dados técnicos Os dados seguintes são fornecidos para as aplicações gerais. Se necessitar de dados mais precisos para a sua aplicação específica, entre em contacto connosco ou com o seu representante local. Informações adicionais (certificados, ferramentas especiais, softwares,...) e a documentação completa relativa ao produto podem ser descarregadas gratuitamente do sítio web (Downloadcenter). Sistema de medição Princípio de medição Intervalo de aplicação Valor medido Lei de Faraday Fluidos eletricamente condutores Velocidade de caudal Design Características Modelos Amplo intervalo de medição Medição bidirecional Materiais não corrosivos Dois modelos disponíveis Modelo A: comprimento de inserção de 25 mm Modelo B: comprimento de inserção de mm (variável, substituível sob pressão de funcionamento) Versão compacta Com conversor de sinal de IFC 100 ou IFC 300 IFC 300 apenas em modo GKl Versão remota Com conversor de sinal de IFC 100 ou IFC 300 Diâmetros nominais Intervalo de medição Precisão de medição IFC 300 apenas em modo GKl DN m/s Condições de referência Precisão Repetibilidade Elemento: água Condutividade elétrica: 300 μs/cm Temperatura: C Intervalo de escala total > 3 m/s: 3% do valor medido Intervalo de escala total 3 m/s: 2% do valor medido + 2 cm/s 2% do valor medido 6

7 OPTIPROBE DADOS TÉCNICOS 2 Condições de funcionamento Temperatura Temperatura de processo Temperatura ambiente Pressão C C Flange de medição DN40, PN 16 Propriedades químicas Condição física Condutividade eléctrica Condições de instalação Líquidos eletricamente condutores 20 μs/cm Instalação A tubagem deve estar totalmente cheia para o modelo A. Direcção do fluxo Passagem de entrada Passagem de saída Materiais Cabeça de medição Os elétrodos devem ficar perpendiculares à direção do caudal Solde a tomada com a esquadria da flange de ligação ao eixo longitudinal da tubagem Comprimento mínimo de inserção da sonda de 25 mm Para à frente e para atrás A seta na caixa de ligação indica a direção positiva do caudal 10 DN 5 DN POM (Poliacetal) Manga da cabeça de medição Aço CrNi 1,4301 Elétrodos Hastelloy C Flange de medição Aço RST 37 Contra-flange Aço RST 37 Manga da tubagem Aço RST 37 Junta de flange Caixa de junção Ligações eléctricas Cabo de sinal, tipo A (DS) FKM, FPM Alumínio injetado, revestido com poliuretano Cabo padrão, duplo revestimento. Comprimento máximo: 300 m Cabo da corrente de campo Secção transversal mínima de 2x 1,5 mm 2 Comprimento máximo: 300 m Nenhuma peça de entrega 7

8 2 DADOS TÉCNICOS OPTIPROBE 2.2 Dimensões Modelo Dimensões aproximadas 1: : Modelo A a = 215 mm / 8.5" b = 78 mm / 3.1" 2: : Modelo B c = 877 mm / 34.5" 8

9 OPTIPROBE INSTALAÇÃO Notas sobre a instalação Inspeccione cuidadosamente as embalagens para verificar a existência de danos ou de tratamento descuidado. Comunique quaisquer danos à empresa transportadora e à representação local. Verifique a lista de encomenda para controlar se recebeu todos os itens encomendados. Observe a placa de identificação do dispositivo para verificar se o mesmo foi expedido de acordo com a sua encomenda. Verifique se está inscrita a tensão de alimentação correcta na placa de identificação. 3.2 Condições de instalação Entrada e Saída Figura 3-1: Secções de entrada e saída recomendadas 1 10 DN 2 5 DN 9

10 3 INSTALAÇÃO OPTIPROBE Posição de montagem Figura 3-2: Posição de montagem 1 O perfil de caudal deve ser totalmente desenvolvido. 2 Instruções de soldadura: os elétrodos devem apontar para o lado da tubagem! 3 Insira o OPTIPROBE de forma perpendicular. 4 Comprimento de inserção 25mm. 5 DN 80mm. O OPTIPROBE é um sensor que mede a velocidade de caudal num determinado ponto da tubagem. Em caso da velocidade de caudal ter de ser convertida em volume, repare que o valor medido depende do diâmetro utilizado e do comprimento de inserção devido à que o OPTIPROBE diminui a superfície interior da tubagem na secção de medição. O valor GKl corrigido para qualquer outra condição de instalação pode ser calculado como: Secção T Todas as medidas em mm GKl cal é GKl na placa de identificação Figura 3-3: Distância após as secções T 1 30 DN 10

11 OPTIPROBE INSTALAÇÃO Vibração Figura 3-4: Evite as vibrações Campo magnético Curvaturas Figura 3-5: Evite os campos magnéticos Figura 3-6: Instalação nas tubagens com curvatura 11

12 3 INSTALAÇÃO OPTIPROBE Figura 3-7: Instalação nas tubagens com curvatura Descarga aberta Figura 3-8: Instalação antes de uma descarga aberta Válvula de controlo Figura 3-9: Instalação antes da válvula de controlo 12

13 OPTIPROBE INSTALAÇÃO Bomba Figura 3-10: Instalação após a bomba Temperaturas 1 Temperatura de processo 2 Temperatura ambiente Proteja o dispositivo da luz solar direta Intervalo de temperatura [ºC] [ºF] min. máx. min. máx. Temperatura de processo Temperatura ambiente

14 4 LIGAÇÕES ELÉCTRICAS OPTIPROBE 4.1 Instruções de segurança Todos os trabalhos efectuados nas ligações eléctricas apenas devem ser realizados com a alimentação desligada. Anote os dados relativos à tensão indicados na placa de identificação! Cumpra os regulamentos nacionais relativos às instalações eléctricas! Para aparelhos usados em áreas perigosas, aplicam-se notas de segurança adicionais; consultar as instruções Ex especiais. Respeite em todas as circunstâncias os regulamentos locais relativos à saúde e à segurança no trabalho. Todos os serviços nos componentes eléctricos do dispositivo de medição podem ser executados apenas por especialistas devidamente qualificados. Observe a placa de identificação do dispositivo para verificar se o mesmo foi expedido de acordo com a sua encomenda. Verifique se está inscrita a tensão de alimentação correcta na placa de identificação. 4.2 Esquema de ligações A blindagem exterior do cabo de sinal no alojamento do conversor de sinal está ligada através do terminal de alívio de tensão O raio de curvatura do cabo de sinal e de corrente de campo: 50 mm / 2". A seguinte ilustração é esquemática. As posições dos terminais de ligação elétrica poderão variar dependendo do tipo de conversor. 14

15 OPTIPROBE LIGAÇÕES ELÉCTRICAS 4 Figura 4-1: Esquema de ligações 1 Compartimento de terminais eléctricos no alojamento do conversor de sinal para cabos de sinal e de corrente de campo. 2 Cabo de sinal 3 Cabo de corrente de campo C 4 Caixa de ligação para o sensor de medição 5 Terra funcional FE 15

16 K K K Visão geral de produtos KROHNE KROHNE - Sujeito a alterações sem aviso prévio. Medidores de vazão electromagnéticos Medidores de vazão de área variável Medidores de vazão ultra-sónicos Medidores de vazão de massa Medidores de vazão Vortex Controladores de fluxo Medidores de nível Medidores de temperatura Medidores de pressão Produtos para análise Sistemas de medição para a indústria petrolífera e do gás Sistemas de medição para navios petroleiros Sede KROHNE Messtechnik GmbH Ludwig-Krohne-Str.5 D Duisburg (Alemanha) Tel.:+49 (0) Fax:+49 (0) A lista actual de todos os contactos e endereços da KROHNE pode ser encontrada em:

IFC 300. Técnicos. Conversor de sinal para medidores electromagnéticos

IFC 300. Técnicos. Conversor de sinal para medidores electromagnéticos IFC 300 Técnicos Conversor de sinal para medidores electromagnéticos : IMPRESSÃO :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: IFC 300 Todos os direitos reservados. É proibido reproduzir este documento, ou

Leia mais

Purgador de condensados BK 212.. BK 212-ASME P T. Manual de Instruções 810769-01. P o r t u g u ê s

Purgador de condensados BK 212.. BK 212-ASME P T. Manual de Instruções 810769-01. P o r t u g u ê s Purgador de condensados BK 212.. BK 212-ASME P T P o r t u g u ê s Manual de Instruções 810769-01 Índice Pág. Informações Importantes Utilização... 3 Instruções de segurança... 3 Perigo... 3 Atenção...

Leia mais

Reguladores Automotores de Pressão da Série 44 Tipo 44-0 B Válvula Redutora de Pressão de Vapor

Reguladores Automotores de Pressão da Série 44 Tipo 44-0 B Válvula Redutora de Pressão de Vapor Reguladores Automotores de Pressão da Série 44 Tipo 44-0 B Válvula Redutora de Pressão de Vapor Aplicação Set points de 0,2 a 20 bar com válvulas de tamanho G ½, G ¾ e G1, bem como DN15, 25, 40 e 50 Pressão

Leia mais

HOVAP SÉRIE 9600 BASICFLOW VÁLVULAS DE PROCESSO MANUAL DE INSTRUÇÕES

HOVAP SÉRIE 9600 BASICFLOW VÁLVULAS DE PROCESSO MANUAL DE INSTRUÇÕES 1 ÍNDICE 2 Introdução 2 2.1 Utilização da válvula 2 2.2 Campo de aplicação 2 2.3 Utilização incorrecta 2 3 Segurança 2 4 Transporte e armazenamento 2 5 Instruções de instalação 2 5.1 Montagem 2 5.2 Instalação

Leia mais

Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES

Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES Prof. Roberto Leal Sensores Dispositivo capaz de detectar sinais ou de receber estímulos de natureza física (tais como calor, pressão, vibração, velocidade, etc.),

Leia mais

VERSAFLOW MAG / TWM 9000. Técnicos. Conversor de sinal para medidores electromagnéticos

VERSAFLOW MAG / TWM 9000. Técnicos. Conversor de sinal para medidores electromagnéticos Técnicos Conversor de sinal para medidores electromagnéticos : IMPRESSÃO :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: VERSAFLOW MAG / TWM 9000 Avisos e Marcas Comerciais Copyright 2008 por Honeywell GARANTIA/SOLUÇÕES

Leia mais

CCL. Manual de Instruções. CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva TECNOFLUID

CCL. Manual de Instruções. CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva TECNOFLUID Português CCL CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva Manual de Instruções Leia este manual atentamente antes de iniciar a operação do seu aparelho. Guarde-o para futuras consultas. Anote o modelo e número de série

Leia mais

IFC 100. Técnicos. Conversor de sinal para medidores electromagnéticos

IFC 100. Técnicos. Conversor de sinal para medidores electromagnéticos IFC 100 Técnicos Conversor de sinal para medidores electromagnéticos : IMPRESSÃO :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: IFC 100 Todos os direitos reservados. É proibido reproduzir este documento, ou

Leia mais

MECÂNICO(A) DE APARELHOS DE GÁS

MECÂNICO(A) DE APARELHOS DE GÁS PERFIL PROFISSIONAL MECÂNICO(A) DE APARELHOS DE GÁS ÁREA DE ACTIVIDADE - ENERGIA OBJECTIVO GLOBAL - Executar a instalação, a conversão e a reparação de aparelhos de queima de gás e executar soldaduras

Leia mais

BK 212. Instruções de Instalação 810769-00 Purgador BK 212

BK 212. Instruções de Instalação 810769-00 Purgador BK 212 BK 212 Instruções de Instalação 810769-00 Purgador BK 212 1 Índice Advertências Importantes Seite Instruções de segurança... 7 Perigo... 7 Notas Explicativas Conteúdo da embalagem... 8 Descrição... 8 Funcionamento...

Leia mais

Manual de Instalação, Operação e Manutenção. Chave Eletrônica de Nível LIDEC 91-92

Manual de Instalação, Operação e Manutenção. Chave Eletrônica de Nível LIDEC 91-92 Chave Eletrônica de Nível LIDEC 91-92 Manual de Instalação, Operação e Manutenção INFORMAÇÕES DE DIREITOS AUTORAIS Este documento não pode ser reproduzido, no todo ou em parte e por quaisquer meios, sem

Leia mais

Instruções de segurança VEGAFLEX FX61/62/65/66/67.CI****H**** VEGAFLEX FX63.CI***H**** AEX-12064-X

Instruções de segurança VEGAFLEX FX61/62/65/66/67.CI****H**** VEGAFLEX FX63.CI***H**** AEX-12064-X Instruções de segurança VEGAFLEX FX61/62/65/66/67.CI****H**** VEGAFLEX FX63.CI***H**** AEX-12064-X BR-Ex ia IIC T6 0044 38674 Índice 1 Validade 3 2 Geral 3 2.1 Instrumentos da zona 0 3 2.2 Instrumentos

Leia mais

Medição de vazão. Aplicações. Características especiais. Descrição

Medição de vazão. Aplicações. Características especiais. Descrição Medição de vazão Bocal de vazão para instalação interna na tubulação, modelo FLC-FN-PIP Bocal de vazão para montagem entre flanges, modelo FLC-FN-FLN WIKA folha de dados FL 10.03 Aplicações Geração de

Leia mais

Lança de sucção para bombas de dosagem do motor PVC com interruptor de nível e retorno

Lança de sucção para bombas de dosagem do motor PVC com interruptor de nível e retorno Lança de sucção para bombas de dosagem do motor PVC com interruptor de nível e retorno Segurança Geral CUIDADO! Ter em atenção a ficha de segurança do meio de dosagem! O perigo para o pessoal operador

Leia mais

LOCALIZADORES AVANÇADOS DE CABOS E CONDUTAS SUBTERRADAS SISTEMA ULTRA

LOCALIZADORES AVANÇADOS DE CABOS E CONDUTAS SUBTERRADAS SISTEMA ULTRA LOCALIZADORES AVANÇADOS DE CABOS E CONDUTAS SUBTERRADAS SISTEMA ULTRA A complexidade de serviços subterrados, tais como cabos elétricas, condutas de água, cabos de telecomunicações, etc. aumenta cada vez

Leia mais

DATA LOGGER PARA REGISTO DE TEMPERATURAS COM LIGAÇÃO USB

DATA LOGGER PARA REGISTO DE TEMPERATURAS COM LIGAÇÃO USB DATA LOGGER PARA REGISTO DE TEMPERATURAS COM LIGAÇÃO USB AVISO PRÉVIO A partir de 1 de Janeiro de 2014 os data loggers deixam de ser fornecidos com CD-ROM com software. O software continua a ser gratuito

Leia mais

Manual de Instruções. Poços de Proteção. Exemplos

Manual de Instruções. Poços de Proteção. Exemplos Manual de Instruções oços de roteção Exemplos Manual de Instruções de oços de roteção ágina 3-11 2 Índice Índice 1. Instruções de segurança 4 2. Descrição 4 3. Condições de instalação e instalação 5 4.

Leia mais

Sensor de temperatura sem rosca

Sensor de temperatura sem rosca SENSORS FOR FOOD AND BIOPHARMA. Informação sobre o produto TFP-49, -69, -169, -189, -06 FOOD Sensor de temperatura sem rosca Aplicação / Uso destinado Instalação em tubos e recipientes de paredes finas

Leia mais

Instruções de montagem e operação EB 2430 PT. Termóstato Tipo 2430 K para Válvulas da Série 43

Instruções de montagem e operação EB 2430 PT. Termóstato Tipo 2430 K para Válvulas da Série 43 Termóstato Tipo 2430 K para Válvulas da Série 43 Fig. 1 Termóstato Tipo 2430 ligado a Válvula Tipo 2432 K (Regulador de Temperatura Tipo 43-2) Instruções de montagem e operação EB 2430 PT Edição de Setembro

Leia mais

Manual de instruções. Luminária LED série 6039 > 6039

Manual de instruções. Luminária LED série 6039 > 6039 Manual de instruções Luminária LED série > Informações Gerais Índice 1 Informações Gerais...2 2 Explicação dos símbolos...3 3 Instruções gerais de segurança...3 4 Utilização prevista...4 5 Dados técnicos...4

Leia mais

INDICADOR DO NÍVEL DO RADAR INSTRUÇÕES ESPECIAIS DE SEGURANÇA

INDICADOR DO NÍVEL DO RADAR INSTRUÇÕES ESPECIAIS DE SEGURANÇA Instruções de segurança especiais po INDICADOR DO NÍVEL DO RADAR INSTRUÇÕES ESPECIAIS DE SEGURANÇA Índice Informações da Directiva Europeia ATEX para o TankRadar Pro....................... 2 Marca ATEX

Leia mais

Informações suplementares

Informações suplementares H250 Informações suplementares Categoria de equipamento II 2G / II 2D, EPL Gb / Db na proteção de equipamento em caso de invólucros não centelhantes Ex-d e na proteção do equipamento contra ignição de

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL/Nº 49, de 04 de março de 2008.

Leia mais

Bomba como bomba de água potável altamente eficiente. Calio-Therm S. Folheto do modelo

Bomba como bomba de água potável altamente eficiente. Calio-Therm S. Folheto do modelo Bomba como bomba de água potável altamente eficiente Calio-Therm S Folheto do modelo Ficha técnica Folheto do modelo Calio-Therm S Todos os direitos reservados. Os conteúdos aqui disponibilizados não podem

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO. Termômetro para Alimentos Digital Modelo TM55. Introdução. Características

GUIA DO USUÁRIO. Termômetro para Alimentos Digital Modelo TM55. Introdução. Características GUIA DO USUÁRIO Termômetro para Alimentos Digital Modelo TM55 Introdução Obrigada por escolher o Modelo TM55 da Extech Instruments. O TM55 é certificado NFS para a medição da temperatura de líquidos, massas

Leia mais

Instruções de instalação

Instruções de instalação Instruções de instalação Acessórios Cabos de ligação do acumulador da caldeira de aquecimento Para técnicos especializados Ler atentamente antes da montagem. Logano plus GB225-Logalux LT300 6 720 642 644

Leia mais

Guia de montagem. Prolongamento de antena até 450 C. para VEGAPULS 62 e 68. Document ID: 38316

Guia de montagem. Prolongamento de antena até 450 C. para VEGAPULS 62 e 68. Document ID: 38316 Guia de montagem Prolongamento de antena até 450 C para VEGAPULS 62 e 68 Document ID: 38316 Índice Índice 1 Para sua segurança 1.1 Pessoal autorizado... 3 1.2 Utilização conforme a finalidade... 3 1.3

Leia mais

Manômetros, modelo 7 conforme a diretiva 94/9/CE (ATEX)

Manômetros, modelo 7 conforme a diretiva 94/9/CE (ATEX) Manual de instruções Manômetros, modelo 7 conforme a diretiva 94/9/CE (ATEX) II 2 GD c TX Modelo 732.51.100 conforme ATEX Modelo 732.14.100 conforme ATEX Manual de instruções, modelo 7 conforme ATEX ágina

Leia mais

Dados técnicos. necessário. Consumo de corrente Placa de medição não abrangida 3 ma Placa de medição abrangida

Dados técnicos. necessário. Consumo de corrente Placa de medição não abrangida 3 ma Placa de medição abrangida 0102 Designação para encomenda Características Para montagem na caixa Montagem directa em accionamentos normais Directivas europeias para máquinas cumpridas Certificado de verificação de modelos TÜV99

Leia mais

GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante com dois sensores Instruções de instalação e funcionamento

GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante com dois sensores Instruções de instalação e funcionamento Labkotec Oy Myllyhaantie 6 FI-33960 PIRKKALA FINLAND Tel: + 358 29 006 260 Fax: + 358 29 006 1260 19.1.2015 Internet: www.labkotec.fi 1/12 GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante

Leia mais

Instruções de montagem e operação EB 2046 PT. Limitador de Temperatura de Segurança (STL) com Termóstato de Segurança Tipo 2212

Instruções de montagem e operação EB 2046 PT. Limitador de Temperatura de Segurança (STL) com Termóstato de Segurança Tipo 2212 Limitador de Temperatura de Segurança (STL) com Termóstato de Segurança Tipo 2212 Termóstato de Segurança Tipo 2212 Instruções de montagem e operação EB 2046 PT Edição de Março de 2010 Índice Índice 1

Leia mais

LOCALIZADOR DE CABOS E CONDUTAS ENTERRADAS SÉRIE EZICAT

LOCALIZADOR DE CABOS E CONDUTAS ENTERRADAS SÉRIE EZICAT LOCALIZADOR DE CABOS E CONDUTAS ENTERRADAS SÉRIE EZICAT Porquê usar um DETETOR de cabos? Evita danificar materiais; Previne acidentes que podem ser mortais; Evita perdas de tempo antes de se realizar uma

Leia mais

TRANSIÇÕES METAL/POLIETILENO

TRANSIÇÕES METAL/POLIETILENO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 303 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 303 12 de Junho de 2007 Página 1 de 7 ÍNDICE Registo das revisões... 2 Preâmbulo... 3 1. Objectivo... 3 2. Âmbito... 3 3. Referências... 3 3.1. Externas...

Leia mais

GESTRA. GESTRA Steam Systems ERL 16-1 LRG 16-4. Manual de instruções 818511-00 Electrodos de condutividade ERL 16-1, LRG 16-4

GESTRA. GESTRA Steam Systems ERL 16-1 LRG 16-4. Manual de instruções 818511-00 Electrodos de condutividade ERL 16-1, LRG 16-4 GESTRA GESTRA Steam Systems ERL 6- LRG 6-4 Manual de instruções 885-00 Electrodos de condutividade ERL 6-, LRG 6-4 ERL 6-, LRG 6-4 Dimensões max. 60 C max. 60 C 99 0 6 Rosca G ¾" DIN 8 Junta de vedação

Leia mais

Sistema de monitorização. Termómetro de Resistência Pt100. CPKN, CPKNO, CPKN-CHs HPK, HPK-L MegaCPK RPH. Instruções de funcionamento adicionais

Sistema de monitorização. Termómetro de Resistência Pt100. CPKN, CPKNO, CPKN-CHs HPK, HPK-L MegaCPK RPH. Instruções de funcionamento adicionais Sistema de monitorização Termómetro de Resistência Pt100 CPKN, CPKNO, CPKN-CHs HPK, HPK-L MegaCPK RPH Instruções de funcionamento adicionais Ficha técnica Instruções de funcionamento adicionais Termómetro

Leia mais

Sistema de Tensionamento de Correias SKF. A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo

Sistema de Tensionamento de Correias SKF. A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo Sistema de Tensionamento de Correias SKF A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo Sistema de Tensionamento de Correias SKF Uma solução inovadora para as transmissões por correias É sabido

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL/Nº 221, de 09 de dezembro de 2005.

Leia mais

Construction. SikaFuko Eco-1. Tubo de injecção para selagem de juntas de betonagem em estruturas estanques. Descrição do produto.

Construction. SikaFuko Eco-1. Tubo de injecção para selagem de juntas de betonagem em estruturas estanques. Descrição do produto. Ficha de Produto Edição de Maio de 2011 Nº de identificação: 07.209 Versão nº 1 SikaFuko Eco-1 Tubo de injecção para selagem de juntas de betonagem em estruturas estanques Descrição do produto Tubo de

Leia mais

Manual de instruções. TruTool N 700 (1A1) português

Manual de instruções. TruTool N 700 (1A1) português Manual de instruções TruTool N 700 (1A1) português Índice 1 Segurança 3 1.1 Instruções de segurança gerais 3 1.2 Instruções de segurança específicas 4 2 Descrição 5 2.1 Utilização adequada 5 2.2 Dados

Leia mais

VÁLVULA PROPORCIONAL DE REGULAÇÃO DE PRESSÃO ELECTRÓNICA DIGITAL SENTRONIC D. P302-PT-R4a

VÁLVULA PROPORCIONAL DE REGULAÇÃO DE PRESSÃO ELECTRÓNICA DIGITAL SENTRONIC D. P302-PT-R4a VÁLVULA PROPORCIONAL DE REGULAÇÃO DE PRESSÃO ELECTRÓNICA DIGITAL SENTRONIC D P02-PT-R4a Série 608 / 609 REGULAÇÃO DA PRESSÃO SENTRONIC D: Uma nova geração de reguladores electrónicos de pressão, de controlo

Leia mais

Ø a. em versão básica

Ø a. em versão básica construção concêntrica, de efeito bilateral Versão com um ou dois sensores de temperatura Ø a c Medida de desmontagem para manutenção (sensor de temperatura) A versão padrão pode ser usada até uma temperatura

Leia mais

CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T

CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T Introdução Obrigado por ter escolhido nosso CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T. Para garantir o uso correto e eficiente do TRM-270T, leia este manual completo e atentamente

Leia mais

Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27

Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27 Selo diafragma Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27 WIKA Folha técnica DS 99.27 Outras aprovações veja página 3 Aplicações Indústria de processos químicos

Leia mais

Relés de Nível. Manual de Instalação. Relé de Nível Inferior (RNAI) Relé de Nível Superior (RNAS) C205726 - REV 1

Relés de Nível. Manual de Instalação. Relé de Nível Inferior (RNAI) Relé de Nível Superior (RNAS) C205726 - REV 1 Relés de Nível Relé de Nível Inferior (RNAI) Relé de Nível Superior (RNAS) Manual de Instalação C205726 - REV 1 1) Apresentação Relés de Nível RNAI e RNAS Este manual descreve as características de funcionamento,

Leia mais

Cilindros de parada seguros - silenciosos - confiáveis

Cilindros de parada seguros - silenciosos - confiáveis Cilindros de parada seguros - silenciosos - confiáveis 13017381 Info 166 Cilindros de parada o equipamento compacto e simples para automatizar linhas de transporte Utilização Equipamento rápido e simples

Leia mais

VIESMANN VITOSOLIC. Dados técnicos VITOSOLIC 100 VITOSOLIC 200. Controlador para sistemas de energia solar

VIESMANN VITOSOLIC. Dados técnicos VITOSOLIC 100 VITOSOLIC 200. Controlador para sistemas de energia solar VIESMANN VITOSOLIC Controlador para sistemas de energia solar Nº de referência e preços: ver lista de preços VITOSOLIC 100 Controlador electrónico por diferença de temperatura Para sistemas com produção

Leia mais

Sistemas de Medidas e Instrumentação

Sistemas de Medidas e Instrumentação Sistemas de Medidas e Instrumentação Parte 3 Prof.: Márcio Valério de Araújo 1 Medição de Nível Capítulo VII Nível é a altura do conteúdo de um reservatório Através de sua medição é possível: Avaliar o

Leia mais

VÁLVULAS DE RETENÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R

VÁLVULAS DE RETENÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R 22/04/2013 MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R cmo@cmo.es http://www.cmo.es pág. 1 MONTAGEM DESCRIÇÃO Directiva sobre máquinas: DIR 2006/42/CE (MÁQUINAS). Directiva sobre equipamentos sob pressão:

Leia mais

Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion ELITE com Certificado DMT 01 ATEX E 140 X

Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion ELITE com Certificado DMT 01 ATEX E 140 X Instruções de Instalação P/N MMI-20010171, Rev. A Junho 2007 Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion ELITE com Certificado DMT 01 ATEX E 140 X Para instalações de sensores aprovados pela

Leia mais

04/2014. Mod: MICRON-48/B. Production code: UPD80 Black

04/2014. Mod: MICRON-48/B. Production code: UPD80 Black 04/2014 Mod: MICRON-48/B Production code: UPD80 Black Model: UPD60-UPD80 Manual de instrucción PT 280-120424 1 PT Instruções importantes de segurança 1. Para se obter uma utilização plena desta arca vertical,

Leia mais

CM 60. Manual de Instruções. CHAVE DE FLUXO Conexões de Rosca DN 1/2, 3/4, 1, 1.1/4, 1.1/2 e 2 TECNOFLUID

CM 60. Manual de Instruções. CHAVE DE FLUXO Conexões de Rosca DN 1/2, 3/4, 1, 1.1/4, 1.1/2 e 2 TECNOFLUID Português CM 60 CHAVE DE FLUXO Conexões de Rosca DN 1/2, 3/4, 1, 1.1/4, 1.1/2 e 2 Manual de Instruções Leia este manual atentamente antes de iniciar a operação do seu aparelho. Guarde-o para futuras consultas.

Leia mais

Electroválvulas Tipo 3963

Electroválvulas Tipo 3963 Instruções de Montagem e Operação Electroválvulas Tipo 3963 Fig. 1 Geral A montagem, colocação em funcionamento e operação destes equipamentos só podem ser efectuadas por pessoal experimentado. São assumidos

Leia mais

REDE E SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E AQUECIMENTO DE ÁGUAS USANDO FONTES RENOVÁVEIS E NÃO RENOVÁVEIS

REDE E SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E AQUECIMENTO DE ÁGUAS USANDO FONTES RENOVÁVEIS E NÃO RENOVÁVEIS GUIA PARA A REABILITAÇÃO REDE E SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E AQUECIMENTO DE ÁGUAS USANDO FONTES RENOVÁVEIS E NÃO RENOVÁVEIS PROJETO Cooperar para Reabilitar da InovaDomus Autoria do Relatório Consultoria

Leia mais

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO Pág.:1 MÁQUINA: MODELO: NÚMERO DE SÉRIE: ANO DE FABRICAÇÃO: O presente manual contém instruções para instalação e operação. Todas as instruções nele contidas devem ser rigorosamente seguidas do que dependem

Leia mais

Medição dos impulsos por choque. CPKN, CPKNO, CPKN-CHs HPK, HPK-L MegaCPK RPH. Instruções de funcionamento adicionais

Medição dos impulsos por choque. CPKN, CPKNO, CPKN-CHs HPK, HPK-L MegaCPK RPH. Instruções de funcionamento adicionais Medição dos impulsos por choque CPKN, CPKNO, CPKN-CHs HPK, HPK-L MegaCPK RPH Instruções de funcionamento adicionais Ficha técnica Instruções de funcionamento adicionais Medição dos impulsos por choque

Leia mais

ANALISADORES DE GASES

ANALISADORES DE GASES BGM BOMBA DE SUCÇÃO SÉRIE COMPACTA ANALISADORES DE GASES Descrição: Gera uma depressão no processo, succionando a amostra e criando a vazão exata para atender o tempo necessário de condicionamento do gás

Leia mais

Manual de Execução de Trabalhos em Equipamento de Contagem de Energia e de Controlo de Potência em instalações BTN ÍNDICE

Manual de Execução de Trabalhos em Equipamento de Contagem de Energia e de Controlo de Potência em instalações BTN ÍNDICE Manual de Execução de Trabalhos em Equipamento de Contagem de Energia e de Controlo de Potência em instalações BTN ÍNDICE 1. Localização e montagem... 2 1.1. Equipamento de contagem... 2 1.2. Dispositivos

Leia mais

COR-IND 1000 W33 COR-IND 1500 W50

COR-IND 1000 W33 COR-IND 1500 W50 CORTINAS DE AIRE INDUSTRIAES INDUSTRIA AIR CURTAINS RIDEAUX D'AIR INDUSTRIE BARRIERE D'ARIA INDUSTRIAI CORTINAS DE AR INDUSTRIAIS INDUSTRIEE TOR-UFTSCHEIER INDUSTRIËE UCHTGORDIJNEN PRZEMYSOWE KURTYNY POWIETRZNE

Leia mais

Medidor de vazão Eletromagnetico tipo de inserção.

Medidor de vazão Eletromagnetico tipo de inserção. Rua das Cerejeiras, 80 Ressacada CEP 88307-330 Itajaí SC Fone: (47) 3349-6850 Email: vendas@ecr-sc.com.br Medidor de vazão Eletromagnetico tipo de inserção. 1. Características: 1) A medição não é afectada

Leia mais

DATA LOGGERS SÉRIE SIMPLE LOGGER II

DATA LOGGERS SÉRIE SIMPLE LOGGER II DATA LOGGERS SÉRIE SIMPLE LOGGER II Modos de programação de registo; Intervalos de registo programáveis; Capacidade de memória para 240.000 medidas; Alimentação por pilhas alcalinas; Ligação a computador

Leia mais

UNA 23 UNA 25 UNA 26 UNA 27

UNA 23 UNA 25 UNA 26 UNA 27 GESTRA GESTRA Steam Systems UNA 23 UNA 25 UNA 26 UNA 27 P Instruções de funcionamento 810548-02 Purgadores de condensados UNA 23, UNA 25, UNA 26, UNA 26h inox, UNA 27h Índice Informações importantes Página

Leia mais

MANUAL DA TORRE ARREFECIMENTO

MANUAL DA TORRE ARREFECIMENTO MANUAL DA TORRE ARREFECIMENTO Novembro de 2011 Índice 1. Regras básicas na realização da experiência... 2 2. Objectivos das experiências... 3 3. Descrição do equipamento... 4 3.1. Torre... 5 3.2. Pulverizadores

Leia mais

Construção. Mangueira para Injeção utilizada para o selamento de juntas de construção em estruturas estanques. Descrição do produto

Construção. Mangueira para Injeção utilizada para o selamento de juntas de construção em estruturas estanques. Descrição do produto Ficha de Produto Edição 09/04/2014 Identificação no: 02 07 03 06 001 0 000002 SikaFuko Eco 1 Mangueira para Injeção utilizada para o selamento de juntas de construção em estruturas estanques Descrição

Leia mais

MOTOR PARA PORTÕES E PORTAS DE BATENTE XNODO

MOTOR PARA PORTÕES E PORTAS DE BATENTE XNODO MOTOR PARA PORTÕES E PORTAS DE BATENTE XNODO ATENÇÃO!! Antes de efectuar a instalação, leia atentamente este manual que é parte integrante deste equipamento Nossos produtos se instalado por pessoal qualificado,

Leia mais

MÓDULO 6 LINHAS ANTI INCÊNDIO. Conexões Mecânicas: NBR 15.803;ISO 14.236; UNI 9561; Módulo 1.3

MÓDULO 6 LINHAS ANTI INCÊNDIO. Conexões Mecânicas: NBR 15.803;ISO 14.236; UNI 9561; Módulo 1.3 MÓDULO 6 LINHAS ANTI INCÊNDIO 1 Normas Aplicáveis Tubos: NBR 15.561; EN 12.201-2; Módulo 1.2 Conexões Soldáveis: NBR 15.593;EN 12.201-3; Módulo 1.3 Diretrizes para Projetos: NBR 15.802; Conexões Mecânicas:

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções NM 250 TURBO +55 (16) 3383 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com.

bambozzi Manual de Instruções NM 250 TURBO +55 (16) 3383 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com. bambozzi A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 3383 3818 Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

TECHCONNECT TC2 VGATP MANUAL DO UTILIZADOR

TECHCONNECT TC2 VGATP MANUAL DO UTILIZADOR TECHCONNECT TC2 VGATP MANUAL DO UTILIZADOR www.visionaudiovisual.com/techconnect/tc2_vgatp 1 DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE Quando aplicável, os produtos Vision são certificados e cumprem todos os regulamentos

Leia mais

Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo

Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo As válvulas automáticas são utilizadas em processos de automação ou acionamento remoto para controle de fluxo de líquidos e gases, e também nos processos de dosagem

Leia mais

Eberhardt Comércio e Assist. Técnica. Ltda.

Eberhardt Comércio e Assist. Técnica. Ltda. Rua das Cerejeiras, 80 Ressacada CEP 88307-330 Itajaí SC Fone/Fax: (47) 3349 6850 Email: vendas@ecr-sc.com.br Guia de instalação, operação e manutenção do sistema de monitoramento de poços ECR. Cuidados

Leia mais

DATA LOGGERS USB PARA REGISTO DE TEMPERATURA E HUMIDADE

DATA LOGGERS USB PARA REGISTO DE TEMPERATURA E HUMIDADE DATA LOGGERS USB PARA REGISTO DE TEMPERATURA E HUMIDADE AVISO PRÉVIO A partir de 1 de Janeiro de 2014 os data loggers deixam de ser fornecidos com CD-ROM com software. O software continua a ser gratuito

Leia mais

Boletim Técnico Agosto / 2011

Boletim Técnico Agosto / 2011 Página 01/08 TÍTULO: INFORMATIVO DO NOVO CONTROLE REMOTO COM FIO PARA UNIDADES SPLITÃO 2 ESTÁGIOS SUMÁRIO Esta publicação visa informar o novo controle remoto com fio para as Unidades da Linha Splitão

Leia mais

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada ventilação Tempérys caixa de insuflação com revestimento duplo e bateria de aquecimento eléctrico Pack Tempérys caixa de insuflação + caixa de extracção com revestimento duplo, sistema de comando e de

Leia mais

Vazão ou fluxo: quantidade de fluido (liquido, gás ou vapor) que passa pela secao reta de um duto por unidade de tempo.

Vazão ou fluxo: quantidade de fluido (liquido, gás ou vapor) que passa pela secao reta de um duto por unidade de tempo. Medição de Vazão 1 Introdução Vazão ou fluxo: quantidade de fluido (liquido, gás ou vapor) que passa pela secao reta de um duto por unidade de tempo. Transporte de fluidos: gasodutos e oleodutos. Serviços

Leia mais

Servoacionamento série CuiDADoS E PrECAuÇÕES

Servoacionamento série CuiDADoS E PrECAuÇÕES A U T O M A Ç Ã O Servoacionamento série CuiDADoS E PrECAuÇÕES Recomendamos a completa leitura deste manual antes da colocação em funcionamento dos equipamentos. 1 Sumário Garantia Estendida Akiyama 3

Leia mais

PISTÃO ELECTROMECÂNICO PARA PORTÕES E PORTAS DE BATENTE PARA COLOCAÇÃO EXTERNA

PISTÃO ELECTROMECÂNICO PARA PORTÕES E PORTAS DE BATENTE PARA COLOCAÇÃO EXTERNA PISTÃO ELECTROMECÂNICO PARA PORTÕES E PORTAS DE BATENTE PARA COLOCAÇÃO EXTERNA PM/PM1 ATENÇÃO!! Antes de efectuar a instalação, leia atentamente este manual que é parte integrante deste equipamento Nossos

Leia mais

Instruções de segurança VEGADIS DIS81.MEIA/V****

Instruções de segurança VEGADIS DIS81.MEIA/V**** Instruções de segurança VEGADIS DIS81.MEIA/V**** NCC 14.02856 Ex d IIC T6 Gb (-40 C Tamb +60 C) 0044 Document ID: 47913 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 3 4 Condições de utilização...

Leia mais

INSTALADOR(A)/SOLDADOR(A) DE REDES DE GÁS

INSTALADOR(A)/SOLDADOR(A) DE REDES DE GÁS PERFIL PROFISSIONAL INSTALADOR(A)/SOLDADOR(A) DE REDES DE GÁS ÁREA DE ACTIVIDADE - ENERGIA OBJECTIVO GLOBAL - Executar e reparar redes de distribuição e instalações de gás e executar trabalhos de soldadura

Leia mais

Amplificador Analógico Tipo VT 3015

Amplificador Analógico Tipo VT 3015 RP 29 892/05.02 Substitui: 29 893 Amplificador Analógico Tipo VT 305 Série X Índice Conteúdo Características Dados para pedido Página Diagrama de funcionamento, ajustes 2 Dados técnicos Diagrama de blocos

Leia mais

Instruções complementares Flutuador para detecção de óleo/água para VEGACAP 63

Instruções complementares Flutuador para detecção de óleo/água para VEGACAP 63 Instruções complementares Flutuador para detecção de óleo/água para VEGACAP 63 Document ID: 31595 1 Índice Índice 1 Sobre o presente documento 1.1 Função.................................. 3 1.2 Grupo-alvo................................

Leia mais

TAQUÍMETRO ÓPTICO E DE CONTACTO MODELO MULTIMETRIX RPM

TAQUÍMETRO ÓPTICO E DE CONTACTO MODELO MULTIMETRIX RPM TAQUÍMETRO ÓPTICO E DE CONTACTO MODELO MULTIMETRIX RPM 82 MANUAL DE UTILIZAÇÃO J. ROMA, Lda. INSTRUÇÕES GERAIS Introdução Felicitações por adquirir este taquímetro. Este taquímetro é muito fácil de usar,

Leia mais

INDICADOR MULTI-PONTOS TM-2100CS

INDICADOR MULTI-PONTOS TM-2100CS INDICADOR MULTI-PONTOS TM-2100CS Introdução Obrigado por ter escolhido nosso INDICADOR MULTI-PONTOS TM-2100CS. Para garantir o uso correto e eficiente do TM-2100CS, leia este manual completo e atentamente

Leia mais

das válvulas de vazão de líquidos e gases

das válvulas de vazão de líquidos e gases Válvulas de Vazão de Líquidos e Gases Wagner Britto Vaz de Oliveira 00/16144 Pedro Kouri Paim 00/16063 9 de Junho de 2005 1 Introdução No contexto de automação industrial, válvulas de comando são elementos

Leia mais

Este manual de instruções é parte integrante do produto e deve ficar na posse do cliente final. Imagem 1: Vista frontal

Este manual de instruções é parte integrante do produto e deve ficar na posse do cliente final. Imagem 1: Vista frontal Painel de comando e sinalização N.º art. MBT 2424 Manual de instruções 1 Indicações de segurança A instalação e a montagem de aparelhos eléctricos apenas devem ser realizadas por electricistas especializados.

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS PARA LUMINÁRIAS DE UTILIZAÇÃO DOMÉSTICA

INSTRUÇÕES GERAIS PARA LUMINÁRIAS DE UTILIZAÇÃO DOMÉSTICA INSTRUÇÕES GERAIS PARA LUMINÁRIAS DE UTILIZAÇÃO DOMÉSTICA INSTRUÇÕES GERAIS PARA LUMINÁRIAS DE UTILIZAÇÃO DOMÉSTICA INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA O fabricante aconselha um uso correcto dos aparelhos de iluminação!

Leia mais

PORTA-PALETES MANUAIS

PORTA-PALETES MANUAIS Porta-Paletes Manuais Porta-Paletes Elétricos Porta-Paletes de Tesoura Porta-Paletes em Inox Porta-Paletes com Balança Porta-Paletes TODO-O-TERRENO Porta-Paletes Aplicações Específicas Compre Produtos

Leia mais

Instruções de instalação e de manutenção

Instruções de instalação e de manutenção Instruções de instalação e de manutenção Caldeira especial de aquecimento a gasóleo/gás 6 70 65 6-00.SL Caldeira de aquecimento em aço Logano SK645 / SK745 Para técnicos especializados Leia atentamente

Leia mais

Modelo 775 da Micro Motion

Modelo 775 da Micro Motion Suplemento às Ligações P/N MMI-20016036, Rev. AA Setembro 2009 Modelo 775 da Micro Motion Adaptador Inteligent THUM de Montagem Integral Sem Fios Conteúdo Visão geral do Adaptador THUM..................................

Leia mais

AR CONDICIONADO. Componentes

AR CONDICIONADO. Componentes AR CONDICIONADO AR CONDICIONADO Basicamente, a exemplo do que ocorre com um refrigerador (geladeira), a finalidade do ar condicionado é extrair o calor de uma fonte quente, transferindo-o para uma fonte

Leia mais

Manual de instruções Extensão do cabo HVC

Manual de instruções Extensão do cabo HVC Manual de instruções Extensão do cabo HVC BA-HVC_PT / F0309600 Congratulamo-nos por ter escolhido um aparelho original da empresa relyon plasma GmbH e gostaríamos de agradecer o seu voto de confiança nos

Leia mais

Portaria Inmetro /Dimel n.º 224, de 25 de junho de 2009

Portaria Inmetro /Dimel n.º 224, de 25 de junho de 2009 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL INMETRO Portaria Inmetro /Dimel n.º 224, de 25

Leia mais

Sistemas de Lubrificação MicroCoat

Sistemas de Lubrificação MicroCoat Sistemas de Lubrificação MicroCoat LISTA DE PEÇAS E ACESSÓRIOS Acessórios Sistema MicroCoat Suportes Suportes em Alumínio oferecem uma montagem conveniente, estável do controlador e do tanque reservatório.

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante Fabricante: Manufacturer/Fabricante CONVERSOR DE SINAL Optiflux IFC 300 F CONAUT CONTROLES AUTOMÁTICOS

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 067

Norma Técnica SABESP NTS 067 NTS 067 Medidor de vazão eletromagnético para uso em efluentes Especificação São Paulo Revisão 1 - Agosto / 2001 S U M Á R I O 1 OBJETIVO...1 2 REFERÊNCIAS NORMATIVAS...1 3 GENERALIDADES...1 3.1 Abreviaturas...1

Leia mais

INSTRUÇÕES SLIDE3000/5000 MOTOR INDUSTRIAL P/PORTA DE CORRER

INSTRUÇÕES SLIDE3000/5000 MOTOR INDUSTRIAL P/PORTA DE CORRER MOTOR INDUSTRIAL P/PORTA DE CORRER INSTRUÇÕES SLIDE3000/5000 A POR FAVOR LER O MANUAL COM ATENÇÃO ANTES DE PROCED- ER A INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO AUTOMATISMO VER.:1.02 REV.:11/2012 INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Leia mais

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp Selos diafragma Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp WIKA folha de dados DS 99.41 outras aprovações veja página 3 Aplicações

Leia mais

Série VNC. Válvula de funcionamento pneumático/ Electroválvula de pilotagem externa Válvula de refrigeração. Accionamento por por pilotagem externa

Série VNC. Válvula de funcionamento pneumático/ Electroválvula de pilotagem externa Válvula de refrigeração. Accionamento por por pilotagem externa Válvula de funcionamento pneumático/ Electroválvula de pilotagem Válvula de refrigeração Série VNC ccionamento por por pilotagem Electroválvula de pilotagem Func. pneumático N.F. N.. N.F. N.. P P P P2

Leia mais

Smart Probes. Medição inteligente.

Smart Probes. Medição inteligente. Faça o download! Smart Probes. Medição inteligente. testo Smart Probes: Instrumentos de medição compactos e otimizados para smartphone e tablet com a qualidade profissional da Testo. Smart Probes para

Leia mais

Interruptor de Nível de Líquidos Ultrassónico Mobrey 003

Interruptor de Nível de Líquidos Ultrassónico Mobrey 003 Folha de Dados do Produto Interruptor de Nível de Líquidos Ultrassónico Mobrey 003 Alarme de nível de líquidos autónomo Fabricado em Sulfato de Polifenileno (PPS) para resistência à corrosão relativamente

Leia mais

PORTA-PALETES PARA APLICAÇÕES ESPECÍFICAS

PORTA-PALETES PARA APLICAÇÕES ESPECÍFICAS Porta-Paletes Manuais Porta-Paletes Elétricos Porta-Paletes de Tesoura Porta-Paletes em Inox Porta-Paletes com Balança Porta-Paletes TODO-O-TERRENO Porta-Paletes Aplicações Específicas Compre Produtos

Leia mais

Dispositivo de ancoragem com braço giratório SkyORB TM

Dispositivo de ancoragem com braço giratório SkyORB TM Dispositivo de ancoragem com braço giratório SkyORB TM Descrição O Miller SkyORB TM é um dispositivo de ancoragem portátil com braço giratório especialmente projetado para sistemas de elonamento, carregamento/

Leia mais