JURAMENTO ADMINISTRAÇÃO SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ ERGAM A MÃO DIREITA E REPITAM COMIGO:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "JURAMENTO ADMINISTRAÇÃO SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ ERGAM A MÃO DIREITA E REPITAM COMIGO:"

Transcrição

1 JURAMENTO ADMINISTRAÇÃO SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ PROMETO// DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO,// CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS,// OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA,// OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO// DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, // O DESENVOLVIMENTO DAS INSTITUIÇÕES // E A GRANDEZA DO HOMEM E DA PÁTRIA.

2 JURAMENTO ARQUITETURA E URBANISMO SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ E PROMETO// NO EXERCÍCIO DA ATIVIDADE// INERENTE À PRÁTICA DA ARQUITETURA E URBANISMO,// RESPEITAR OS PRINCÍPIOS ÉTICOS// QUE PRESIDEM A CONDUTA PROFISSIONAL// E OBSERVAR AS LEIS DO PAÍS,// ASSUMINDO O COMPROMISSO// DE HONRAR ESSA PROFISSÃO E SUA HISTÓRIA.

3 JURAMENTO BIOMEDICINA SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ JURO,// POR TODA MINHA EXISTÊNCIA,// CUMPRIR COM ZELO E PROBIDADE// TODAS AS ATIVIDADES INERENTES À PROFISSÃO DE BIOMÉDICO// QUE ME FOREM CONFIADAS.// JURO,// DIANTE DE DEUS E DOS HOMENS,// NÃO MEDIR ESFORÇOS// PARA EXERCER COM DIGNIDADE E ÉTICA A BIOMEDICINA.// JURO// ESTAR ATENTO À EVOLUÇÃO CIENTÍFICA// PARA EMPREGÁ-LA EM PROL DA HUMANIDADE.// JURO// CUMPRIR ESTES PRECEITOS// PARA PODER USUFRUIR A BENEVOLÊNCIA E A CONFIANÇA DOS HOMENS.// ASSIM, EU PROMETO!

4 JURAMENTO ENGENHARIA BIONERGÉTICA SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ E JURO// HONRAR O GRAU QUE SOLENEMENTE RECEBO,// EXERCENDO A PROFISSÃO DE ENGENHEIRO// COM ÉTICA,// DIGNIDADE E RESPEITO// À VIDA E AO MEIO AMBIENTE.// COM MEU CONHECIMENTO// CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO,// BUSCAREI CONTRIBUIR// PARA O DESENVOLVIMENTO// SOCIALMENTE JUSTO DO BRASIL// E PARA A PROSPERIDADE DA HUMANIDADE.

5 JURAMENTO CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ JURO,// QUE, NO MEU DEVER DE BACHAREL EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO,// EXERCEREI MINHA PROFISSÃO COM LIBERDADE,// INDEPENDÊNCIA,// MORAL E ÉTICA PROFISSIONAL,// FAZENDO COM QUE AS MÁQUINAS// AJUDEM OS HOMENS// E ESTES JAMAIS SE TORNEM MÁQUINAS.// TEREI CONSCIÊNCIA DE QUE TECNOLOGIA// NÃO DEVE ESTAR VOLTADA// PARA O DESENVOLVIMENTO DAS GUERRAS,// MAS A SERVIÇO DA VIDA.// ESSA É A NOSSA VONTADE.// ESTE É O NOSSO JURAMENTO.

6 JURAMENTO CIÊNCIAS AERONÁUTICAS SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ, JURO,// PAUTAR O EXERCÍCIO DE MINHA PROFISSÃO// NO RESPEITO AO SER HUMANO// E À BOA IMAGEM DA AVIAÇÃO.// BUSCAREI SEMPRE// ENRIQUECER OS MEUS CONHECIMENTOS// TÉCNICOS E HUMANÍSTICOS,// CONTRIBUINDO PARA TORNAR A ATIVIDADE AERONÁUTICA// CADA VEZ MAIS SEGURA E EFICIENTE.// OSTENTAREI COM ORGULHO,// DIGNIDADE,// RESPONSABILIDADE E ÉTICA// O TÍTULO A MIM CONFERIDO,// MANTENDO A HUMILDADE// DAQUELES QUE SABEM// QUE AVIAÇÃO É UM ETERNO APRENDER.

7 JURAMENTO CIÊNCIAS CONTÁBEIS SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ E "Ao receber o grau de bacharel em ciências contábeis,// juro, perante Deus e a sociedade,// exercer a minha profissão com dedicação,// responsabilidade e competência,// respeitando as normas profissionais e éticas//. Juro pautar minha conduta profissional// observando sempre os meus deveres de cidadania,// independentemente de crenças,// raças ou ideologias,// concorrendo para que meu trabalho// possa ser um instrumento de controle// e orientação útil// e eficaz para o desenvolvimento da sociedade// e o progresso do país. Comprometo-me, ainda,// a lutar pela permanente união da classe contábil,// o aprimoramento da ciência contábil// e a evolução da profissão.

8 JURAMENTO COMUNICAÇÃO SOCIAL (JORNALISMO E PUBLICIDADE E PROPAGANDA) SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ PROMETO,// NO EXERCÍCIO DA COMUNICAÇÃO SOCIAL,// POSICIONAR-ME, ETICAMENTE,// EM TODOS OS ESPAÇOS DA PRÁTICA COMUNICACIONAL.// ANALISAR AS RELAÇÕES DO CONTEXTO SOCIAL,// UTILIZANDO DA RAZÃO,// DA CRIATIVIDADE// E DAS INOVAÇÕES CIENTÍFICAS E TECNOLÓGICAS// PARA CONTRIBUIR, COM CONSCIÊNCIA// CRÍTICA E SOCIAL,// PARA A TRANSFORMAÇÃO DA SOCIEDADE.// AGIR DE ACORDO COM A VERDADE,// LUTAR PELA LIBERDADE DE PENSAMENTO// E PELA AUTONOMIA SOCIAL RESPONSÁVEL// COLOCANDO-ME SEMPRE// A SERVIÇO DA CONSTRUÇÃO HUMANA// E DE UM MUNDO MAIS JUSTO E SOLIDÁRIO.

9 JURAMENTO DESIGN (GRÁFICO, INTERIORES, MODA E PRODUTO) SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ E AO EXERCER A PROFISSÃO DE DESIGNER,// JURO DESENVOLVER// E VALORIZAR A ATIVIDADE// COM COMPETÊNCIA,// ATITUDE PROFISSIONAL,// CONSCIÊNCIA// E POSTURA ÉTICA.// COMPROMETO- ME AINDA// A BUSCAR E A PROMOVER// A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA,// ATENDENDO ASSIM// AS NECESSIDADES DO SER HUMANO// E, NA ATUAÇÃO CRIATIVA COMO DESIGN,// BENEFICIAR A SOCIEDADE COM A RESPONSABILIDADE// QUE ME CABE NO EXERCÍCIO DA PROFISSÃO.

10 JURAMENTO DIREITO SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ PROMETO,// NO EXERCÍCIO DA MINHA PROFISSÃO//, ACREDITAR NO DIREITO// COMO A MELHOR FORMA PARA A PRÁTICA DA DIGNIDADE// NA CONVIVÊNCIA HUMANA// SERVIR A TODO SER HUMANO// SEM DISTINÇÃO// FAZENDO DA JUSTIÇA// O MELHOR MEIO DE COMBATE// À VIOLÊNCIA E À IMPUNIDADE.// ATUAR,// PROFISSIONALMENTE,// COMPROMETIDO COM OS PRINCÍPIOS JURÍDICOS// DO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO,// DESENVOLVENDO COM SENSO REFLEXIVO// O DISCURSO CRÍTICO.// E, ACIMA DE TUDO,// DEFENDER A LIBERDADE,// POIS SEM ELA// NÃO HÁ DIREITO QUE SOBREVIVA,// JUSTIÇA QUE SE FORTALEÇA// E NEM PAZ QUE SE CONCRETIZE.

11 JURAMENTO EDUCAÇÃO FÍSICA SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ PROMETO,// COMO GRADUADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA,// CONTRIBUIR, CONSCIENTE// DE MINHAS RESPONSABILIDADES PROFISSIONAIS,// PARA O DESENVOLVIMENTO HUMANO// E SOCIAL DO PAÍS//. PROMETO, AINDA,// EM CONSONÂNCIA// COM A LEGISLAÇÃO EM VIGOR,// RESPEITAR E CUMPRIR AS NORMAS// E PRINCÍPIOS ÉTICOS// QUE NORTEIAM O EXERCÍCIO DE MINHA PROFISSÃO//. PELA MINHA HONRA,// PELA MINHA PROFISSÃO,// PELO MEU PAÍS// EU JURO!

12 JURAMENTO ENFERMAGEM SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ JURO// DEDICAR MINHA VIDA PROFISSIONAL// A SERVIÇO DA HUMANIDADE,// RESPEITANDO A DIGNIDADE// E OS DIREITOS DA PESSOA HUMANA,// EXERCENDO A ENFERMAGEM// COM CONSCIÊNCIA E DEDICAÇÃO,// GUARDANDO SEM DESFALECIMENTO// OS SEGREDOS QUE ME FOREM CONFIADOS.// RESPEITANDO A VIDA,// DESDE A CONCEPÇÃO ATÉ A MORTE,// NÃO PARTICIPANDO VOLUNTARIAMENTE DE ATOS// QUE COLOQUEM EM RISCO A INTEGRIDADE// FÍSICA E PSÍQUICA DO SER HUMANO,// MANTENDO// ELEVADOS OS IDEAIS DA MINHA PROFISSÃO,// OBEDECENDO AOS PRECEITOS// DA ÉTICA E DA MORAL,// PRESERVANDO SUA HONRA,// SEU PRESTÍGIO E SUAS TRADIÇÕES.

13 JURAMENTO ENGENHARIA AMBIENTAL SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ, JURO// HONRAR O GRAU QUE SOLENEMENTE RECEBO,// EXERCENDO A PROFISSÃO DE ENGENHEIRO// COM ÉTICA,// DIGNIDADE E RESPEITO// À VIDA E AO MEIO AMBIENTE//. COM MEU CONHECIMENTO// CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO,// BUSCAREI CONTRIBUIR// PARA O DESENVOLVIMENTO// SOCIALMENTE JUSTO DO BRASIL// E PARA A PROSPERIDADE DA HUMANIDADE.

14 JURAMENTO ENGENHARIA CIVIL, ENGENHARIA DE PRODUÇÃO / CIVIL E ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ E JURO// HONRAR O GRAU QUE SOLENEMENTE RECEBO,// EXERCENDO A PROFISSÃO DE ENGENHEIRO// COM ÉTICA,// DIGNIDADE E RESPEITO// À VIDA E AO MEIO AMBIENTE.// COM MEU CONHECIMENTO// CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO,// BUSCAREI CONTRIBUIR// PARA O DESENVOLVIMENTO// SOCIALMENTE JUSTO DO BRASIL// E PARA A PROSPERIDADE DA HUMANIDADE.

15 JURAMENTO ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ E Juro// honrar o grau que solenemente recebo,// exercendo a profissão de engenheiro// com ética,// dignidade e respeito// à vida e ao meio ambiente//. Com meu conhecimento// científico e tecnológico,// buscarei contribuir// para o desenvolvimento// socialmente justo do Brasil// e para a prosperidade da humanidade.

16 JURAMENTO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO/CIVIL SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ E JURO// HONRAR O GRAU QUE SOLENEMENTE RECEBO,// EXERCENDO A PROFISSÃO DE ENGENHEIRO// COM ÉTICA,// DIGNIDADE E RESPEITO// À VIDA E AO MEIO AMBIENTE//. COM MEU CONHECIMENTO// CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO,// BUSCAREI CONTRIBUIR// PARA O DESENVOLVIMENTO// SOCIALMENTE JUSTO DO BRASIL// E PARA A PROSPERIDADE DA HUMANIDADE.

17 JURAMENTO FISIOTERAPIA SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ "PROMETO// DEDICAR-ME À PROFISSÃO DE FISIOTERAPEUTA// UTILIZANDO TODO CONHECIMENTO CIENTÍFICO// E RECURSOS TÉCNICOS// POR MIM ADQUIRIDOS// DURANTE O MEDIR DE ESFORÇOS,// ASSEGURANDO AOS PACIENTES// SOB MEUS CUIDADOS O BEM-ESTAR FÍSICO,// PSÍQUICO E SOCIAL.// JURO HONRAR O NOME DA FISIOTERAPIA// COM AMOR, RESPEITO E DIGNIDADE,// EMPREGANDO TODOS OS// MEIOS PARA FAZÊ-LA CONHECIDA E VALORIZADA."

18 JURAMENTO FONOAUDIOLOGIA SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ NESTE MOMENTO,// AO ASSUMIR A PROFISSÃO DE FONOAUDIÓLOGO,// OBRIGO-ME SOLENEMENTE// A DEDICAR MEU TRABALHO À HUMANIDADE,// UTILIZANDO O DOMÍNIO DESTA CIÊNCIA// EM TODAS AS SUAS FORMAS DE EXPRESSÃO,// PREVENINDO,// ORIENTANDO E TRATANDO// TODOS AQUELES QUE DELA NECESSITAREM;// RESPEITAREI OS SEGREDOS QUE ME FOREM CONFIADOS.// MANTEREI,// POR TODOS OS MEIOS AO MEU ALCANCE,// A HONRA DE MINHA PROFISSÃO.// NÃO PERMITIREI// QUE CONSIDERAÇÕES DE ORIGEM RELIGIOSA,// DE NACIONALIDADE,// DE RAÇA,// DE ORDEM POLÍTICA// OU DE PADRÕES SOCIAIS// SE INTERPONHAM ENTRE O MEU DEVER// E O MEU SEMELHANTE,// E NÃO USAREI MEUS CONHECIMENTOS// CONTRA AS LEIS HUMANAS.// FAÇO ESSAS PROMESSAS,// SOLENE E LIVREMENTE,// E DOU MINHA PALAVRA DE HONRA.

19 JURAMENTO NEGÓCIOS INTERNACIONAIS SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ, PROMETO,// DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO// COMO GESTOR DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS,// CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS,// RESPEITAR A ÉTICA PROFISSIONAL// EXERCENDO-A COM ZELO E HONESTIDADE,// OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS,// HONRANDO AS INSTITUIÇÕES// E TRABALHANDO PELA GRANDEZA DO HOMEM E DA PÁTRIA// ASSIM O PROMETO!

20 JURAMENTO PEDAGOGIA SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ E PROMETO,// NO EXERCÍCIO DE MINHA PROFISSÃO,// DESEMPENHAR O MAGISTÉRIO// COM RESPONSABILIDADE SOCIAL,// ÉTICA E POLÍTICA.// EXERCER A PRÁTICA PEDAGÓGICA// FUNDAMENTADA NA CIÊNCIA,// NO HUMANISMO// E EM TÉCNICAS INOVADORAS,// BUSCANDO SUPERAR OS DESAFIOS// QUE A EDUCAÇÃO APRESENTA// DENTRO E FORA DA ESCOLA.// ATUAR, PROFISSIONALMENTE,// COM COMPETÊNCIA,// CRIATIVIDADE E DEDICAÇÃO,// ABRINDO CAMINHOS PARA UMA EDUCAÇÃO CRÍTICA,// INCLUSIVA E LIBERTADORA,// ENQUANTO PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL// E CONTRIBUIR COM DIGNIDADE// PARA A CONSTRUÇÃO DO HOMEM ÍNTEGRO,// SOLIDÁRIO E CIDADÃO.

21 JURAMENTO PSICOLOGIA SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ E COMO PSICÓLOGO,// EU ME COMPROMETO A COLOCAR A MINHA PROFISSÃO// A SERVIÇO DA SOCIEDADE BRASILEIRA,// PAUTANDO MEU TRABALHO// NOS PRINCÍPIOS DA QUALIDADE TÉCNICA// E DO RIGOR ÉTICO.// POR MEIO DO MEU EXERCÍCIO PROFISSIONAL// CONTRIBUIREI PARA O DESENVOLVIMENTO DA PSICOLOGIA// COMO CIÊNCIA E PROFISSÃO// NA DIREÇÃO DAS DEMANDAS DA SOCIEDADE,// PROMOVENDO SAÚDE// E QUALIDADE DE VIDA DE CADA SUJEITO// E DE TODOS OS CIDADÃOS E INSTITUIÇÕES.

22 JURAMENTO TERAPIA OCUPACIONAL SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ "PROMETO //DEDICAR-ME À PROFISSÃO DE TERAPEUTA OCUPACIONAL //UTILIZANDO TODO CONHECIMENTO CIENTÍFICO E RECURSOS TÉCNICOS// POR MIM ADQUIRIDOS DURANTE O PERÍODO DE FORMAÇÃO, //COMPROMETENDO-ME A APROFUNDÁ-LOS E ATUALIZÁ-LOS //SEM MEDIR ESFORÇOS, //ASSEGURANDO AOS PACIENTES SOB //MEUS CUIDADOS O BEM-ESTAR FÍSICO, PSÍQUICO E SOCIAL. //JURO HONRAR O NOME DA TERAPIA OCUPACIONAL COM AMOR, //RESPEITO E DIGNIDADE, EMPREGANDO TODOS OS MEIOS //PARA FAZÊ-LA CONHECIDA E VALORIZADA."

23 JURAMENTO TURISMO-GESTÃO EM HOTELARIA SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ PROMETO// COMO BACHAREL EM TURISMO,// DEDICAR-ME À PESQUISA// E AO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO TURISMO,// EMPENHAR-ME PELO ENGRANDECIMENTO// DO FENÔMENO TURÍSTICO,// NO BRASIL E NO MUNDO;// PRESERVAR O TURISMO// COMO INSTRUMENTO DE PAZ,// BEM-ESTAR E ENTENDIMENTO// ENTRE OS POVOS;// E ZELAR PELOS VALORES// ÉTICOS DA PROFISSÃO.

24 JURAMENTO TECNÓLOGOS SOLICITO AOS MEUS COLEGAS QUE FIQUEM EM PÉ E Prometo,// dignificar minha profissão, //consciente de minhas responsabilidades legais, //observando o posicionamento ético, //de forma a promover o aperfeiçoamento dos processos gerenciais // e o desenvolvimento das organizações,// buscando o bem da humanidade.

Biomedicina. Juro diante de Deus e dos homens não medir esforços para exercer com dignidade e ética a biomedicina.

Biomedicina. Juro diante de Deus e dos homens não medir esforços para exercer com dignidade e ética a biomedicina. Biomedicina Juro por toda a minha existência cumprir com zelo e probidade todas as atividades inerentes à profissão de biomédico que me forem confiadas. Juro diante de Deus e dos homens não medir esforços

Leia mais

LICENCIATURA EM FARMÁCIA

LICENCIATURA EM FARMÁCIA ENFERMAGEM LIVRE E SOLENEMENTE, EM PRESENÇA DE DEUS E DESTA ASSEMBLÉIA,/ PROMETO DEDICAR MINHA VIDA PROFISSIONAL A SERVIÇO DA HUMANIDADE/ RESPEITAR A DIGNIDADE E OS DIREITOS DA PESSOA HUMANA/ EXERCER A

Leia mais

ICS ENFERMAGEM SOLENEMENTE, NA PRESENÇA DE DEUS E DESTA ASSEMBLEIA, JURO: DEDICAR MINHA VIDA PROFISSIONAL A SERVIÇO DA HUMANIDADE,

ICS ENFERMAGEM SOLENEMENTE, NA PRESENÇA DE DEUS E DESTA ASSEMBLEIA, JURO: DEDICAR MINHA VIDA PROFISSIONAL A SERVIÇO DA HUMANIDADE, ICS ENFERMAGEM SOLENEMENTE, NA PRESENÇA DE DEUS E DESTA ASSEMBLEIA, JURO: DEDICAR MINHA VIDA PROFISSIONAL A SERVIÇO DA HUMANIDADE, RESPEITANDO A DIGNIDADE E OS DIREITOS DA PESSOA HUMANA, EXERCENDO A ENFERMAGEM

Leia mais

Juramentos oficiais dos cursos de graduação e sequenciais da Universidade do Vale do Itajaí

Juramentos oficiais dos cursos de graduação e sequenciais da Universidade do Vale do Itajaí Juramentos oficiais dos cursos de graduação e sequenciais da Universidade do Vale do Itajaí ADMINISTRAÇÃO (Resolução nº 037/CONSUN-CaEn/2011) Juro dignificar minha profissão, consciente de minhas responsabilidades

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO

ARQUITETURA E URBANISMO ADMINISTRAÇÃO OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO, DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O ARQUITETURA E URBANISMO PROMETO NO EXERCÍCIO DA ATIVIDADE INERENTE À PRÁTICA DA ARQUITETURA E URBANISMO, RESPEITAR OS PRINCÍPIOS

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO E SUAS HABILITAÇÕES E TECNÓLOGOS DAS ÁREA DE GESTÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO E SUAS HABILITAÇÕES E TECNÓLOGOS DAS ÁREA DE GESTÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO E SUAS HABILITAÇÕES E TECNÓLOGOS DAS ÁREA DE GESTÃO PROMETO DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO

Leia mais

Prezado Formando, Setor de Cerimonial e Eventos

Prezado Formando, Setor de Cerimonial e Eventos /// 2º semestre de 2013 Prezado Formando, Para o sucesso de sua Colação de Grau, leia com atenção as orientações deste guia e repasse-as aos seus familiares e convidados. Setor de Cerimonial e Eventos

Leia mais

Psicologia. Resolução CFP nº 002/2006

Psicologia. Resolução CFP nº 002/2006 Psicologia Como psicólogo, eu me comprometo a colocar minha profissão a serviço da sociedade brasileira, pautando meu trabalho nos princípios da qualidade técnica e do rigor ético. Por meio do meu exercício

Leia mais

MANUAL DE COLAÇAO DE GRAU

MANUAL DE COLAÇAO DE GRAU - MANUAL DE COLAÇAO DE GRAU UNIVERSIDADE FUMEC Agosto 2011 1 Sumário 1. REGULAMENTO DAS SOLENIDADES 04 2. COLAÇÕES DE GRAU 04 3. COMO PARTICIPAR DA COLAÇÃO 04 3.1 Quem se gradua 04 3.2 Colação de Grau

Leia mais

PERSPECTIVA DE CARREIRA

PERSPECTIVA DE CARREIRA Ano 2016 PERSPECTIVA DE CARREIRA Região Graduação Pré-requisito Paraná Ensino Superior Ensino Médio Profissão Curso Perspectiva de Carreira Salário Inicial (R$) Duração do Curso Tipo de Graduação Onde

Leia mais

UNIVERSIDADE CIDADE PAÍS CURSOS VAGAS

UNIVERSIDADE CIDADE PAÍS CURSOS VAGAS UNIVERSIDADE CIDADE PAÍS CURSOS VAGAS Hoschschule Ostwestfalen - Lippe Detmold Alemanha Arquitetura e Urbanismo; Design de Interiores; Engenharia Ambiental; Engenharia Bioenergética; Engenharia Civil;

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2017 / 1

PROCESSO SELETIVO 2017 / 1 PROCESSO SELETIVO 2017 / 1 BOLSAS INCENTIVO ACADÊMICO UNIDADE BUTANTÃ CURSO PERÍODO PERCENTUAL QUANTIDADE ADMINISTRAÇÃO - Linha de Formação Específica em Administração de Empresas Bacharelado ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

ANEXO IV - EXIGÊNCIA PARA CONCORRER À MODALIDADE REINGRESSO POR CONCURSO PÚBLICO CURSOS MINISTRADOS EM NITERÓI

ANEXO IV - EXIGÊNCIA PARA CONCORRER À MODALIDADE REINGRESSO POR CONCURSO PÚBLICO CURSOS MINISTRADOS EM NITERÓI CURSO PRETENDIDO ANEXO IV - EXIGÊNCIA PARA CONCORRER À MODALIDADE REINGRESSO POR CONCURSO PÚBLICO CURSOS MINISTRADOS EM NITERÓI EXIGÊNCIA PARA CONCORRER CURSO DE ORIGEM ADMINISTRAÇÃO Desenho Industrial,

Leia mais

NOTAS DE CORTE UFS Instituição Local da oferta Curso Turno. AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL (Tecnológico) SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (Bacharelado)

NOTAS DE CORTE UFS Instituição Local da oferta Curso Turno. AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL (Tecnológico) SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (Bacharelado) NOTAS DE CORTE 2015 Instituição Local da oferta Curso Turno Nota de Corte AGROECOLOGIA (Tecnológico) Matutino 589,93 ALIMENTOS (Tecnológico) Matutino 580,24 AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL (Tecnológico) Noturno 600,34

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA Sumário Introdução Regras de Conduta da MIP Gestão do Código de Ética e Conduta da MIP Glossário Termo de Compromisso 03 05 10 12 15 2 Introdução A missão da MIP Engenharia S.A.

Leia mais

RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO

RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO ADMINISTRAÇÃO PROMETO, DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

PROMETO, DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO

PROMETO, DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS PROMETO, DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Mantenedora Nº de vagas ENEM Turno Nome Curso

Mantenedora Nº de vagas ENEM Turno Nome Curso Mantenedora Nº de vagas ENEM Turno Nome Curso Anhaguera 5 MATUTINO ADMINISTRAÇÃO Anhaguera 5 NOTURNO ADMINISTRAÇÃO Anhaguera 1 MATUTINO ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEM Anhaguera 1 NOTURNO ANÁLISE E

Leia mais

FACULDADE DO ESPÍRITO SANTO MULTIVIX CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU

FACULDADE DO ESPÍRITO SANTO MULTIVIX CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU FACULDADE DO ESPÍRITO SANTO MULTIVIX CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM-ES 2015 Orientações Gerais para Sessões Solenes de Colação de Grau A colação de grau é obrigatória

Leia mais

RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO DAS

RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO DAS ADMINISTRAÇÃO RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO DAS INSTITUIÇÕES E A GRANDEZA DO HOMEM E DA PÁTRIA. NEGÓCIOS

Leia mais

Oferta Formativa Ensino Secundário

Oferta Formativa Ensino Secundário Oferta Formativa 2012017 Ensino Secundário Que caminho seguir Cursos gerais Cursos profissionais INTERESSES APTIDÕES EMPREGABILIDDAE O teu futuro profissional começa agora Faz uma escolha ponderada e consciente

Leia mais

PROGRAMA C U R S O CLAS PISM - GRUPO A ADMINISTRACAO - DIURNO *** PISM - GRUPO A ADMINISTRACAO - NOTURNO 001 PISM - GRUPO A ADMINISTRACAO - NOTURNO

PROGRAMA C U R S O CLAS PISM - GRUPO A ADMINISTRACAO - DIURNO *** PISM - GRUPO A ADMINISTRACAO - NOTURNO 001 PISM - GRUPO A ADMINISTRACAO - NOTURNO PROGRAMA C U R S O CLAS PISM - GRUPO A ADMINISTRACAO - DIURNO *** PISM - GRUPO A ADMINISTRACAO - NOTURNO 001 PISM - GRUPO A ADMINISTRACAO - NOTURNO 002 PISM - GRUPO A ADMINISTRACAO - NOTURNO 003 PISM -

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA - CONVOCADOS PARA A 2ª FASE

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA - CONVOCADOS PARA A 2ª FASE PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR Administração (Matutino).... Administração (Noturno).... Agronomia (Integral).... Arquitetura e Urbanismo (Integral)...... Arquivologia (Noturno).. Artes Cênicas (Matutino)..

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 Demanda de Candidatos ---------- Candidatos ---------- 13/11/2013 11:13:32 Página: 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 Demanda de Candidatos ---------- Candidatos ---------- 13/11/2013 11:13:32 Página: 1 Página: 1 054 ADMINISTRACAO - MATUTINO BELEM 64 1,611 684 2 2,297 50.34 21.38 055 ADMINISTRACAO - NOTURNO BELEM 64 2,476 821 14 3,311 77.38 25.66 007 AGRONOMIA - INTEGRAL ALTAMIRA 32 273 149 1 423 17.06

Leia mais

JURAMENTO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

JURAMENTO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS JURAMENTO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS BACHARELANDOS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS, DE PÉ! PROMETO DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA,

Leia mais

Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu

Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu CAMPUS RECIFE CURSO PROVA ENEM PESO ADMINISTRAÇÃO ARQUEOLOGIA ARQUITETURA E URBANISMO ARTES VISUAIS - LICENCIATURA

Leia mais

1 - Aplicativos Informatizados (Biblioteconomia); Administração - Habilitação em Análise de Sistemas Administração - Habilitação em Gestão da

1 - Aplicativos Informatizados (Biblioteconomia); Administração - Habilitação em Análise de Sistemas Administração - Habilitação em Gestão da 1 - Aplicativos Informatizados (Biblioteconomia); - Habilitação em Análise de Sistemas - Habilitação em Gestão da Informação de Sistemas de Informação Análise de Sistemas Análise de Sistemas Administrativos

Leia mais

JURAMENTOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIPAMPA

JURAMENTOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIPAMPA JURAMENTOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIPAMPA Campus Alegrete CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Prometo que, no exercício profissional como Bacharel em Ciência da Computação, serei fiel aos preceitos da honra e da

Leia mais

Processo Seletivo 2016 (Sisu 1º/2016) LISTA DE ESPERA Sisu - Quantitativo de Vagas Disponíveis. Crateús

Processo Seletivo 2016 (Sisu 1º/2016) LISTA DE ESPERA Sisu - Quantitativo de Vagas Disponíveis. Crateús Crateús 1272079 Ciência da Computação Bacharelado Integral 16 1 3 2 4 26 1300426 Engenharia Ambiental Bacharelado Integral 19 0 2 1 1 23 1300427 Engenharia Civil Bacharelado Integral 19 0 5 1 4 29 1300428

Leia mais

Vagas USP SiSU SISU Integral Diurno Matutino Vespertino Noturno

Vagas USP SiSU SISU Integral Diurno Matutino Vespertino Noturno Vagas USP 2017 - SiSU AC EP PPI AC EP PPI AC EP PPI AC EP PPI AC EP PPI EACH EEL EESC Denominação das Áreas: Ciências Exatas e Tecnologia Bacharelado em Sistemas de Informação 0 0 6 6 6 18 0 12 12 12 36

Leia mais

GRUPO FINANCEIRO 1 - ENCARGOS EDUCACIONAIS GRADUAÇÃO 2016

GRUPO FINANCEIRO 1 - ENCARGOS EDUCACIONAIS GRADUAÇÃO 2016 GRUPO FINANCEIRO 1 - ENCARGOS EDUCACIONAIS GRADUAÇÃO 2016 Arquitetura e Urbanismo - Ciência da Computação - Ciências Contábeis - Ciências Econômicas - Engenharia Ambiental - Engenharia Civil - Engenharia

Leia mais

Novo Código de Ética Profissional

Novo Código de Ética Profissional Novo Código de Ética Profissional As Entidades Nacionais representativas dos profissionais da Engenharia, da Arquitetura, da Agronomia, da Geologia, da Geografia e da Meteorologia pactuam e proclamam o

Leia mais

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DO FUNCIONALISMO PÚBLICO. Teresa Helena Portela Freire de Carvalho Assessora Técnica CGU/Unicamp 2013

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DO FUNCIONALISMO PÚBLICO. Teresa Helena Portela Freire de Carvalho Assessora Técnica CGU/Unicamp 2013 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DO FUNCIONALISMO PÚBLICO Teresa Helena Portela Freire de Carvalho Assessora Técnica CGU/Unicamp 2013 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DO FUNCIONALISMO PÚBLICO Funcionário público é todo

Leia mais

Código Deontológico. SECÇÃO I Do código deontológico do Terapeuta de Medicina natural. Artigo 1.º Princípios gerais

Código Deontológico. SECÇÃO I Do código deontológico do Terapeuta de Medicina natural. Artigo 1.º Princípios gerais Código Deontológico SECÇÃO I Do código deontológico do Terapeuta de Medicina natural Artigo 1.º Princípios gerais 1 - As intervenções de Medicina Natural são realizadas com a preocupação da defesa da liberdade

Leia mais

ANEXO VI MUDANÇA DE CURSO CURSOS MINISTRADOS EM NITERÓI

ANEXO VI MUDANÇA DE CURSO CURSOS MINISTRADOS EM NITERÓI ANEXO VI MUDANÇA DE CURSO CURSOS MINISTRADOS EM NITERÓI CURSO PRETENDIDO ANTROPOLOGIA ARQUITETURA E URBANISMO ARQUIVOLOGIA ARTES BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO BIOMEDICINA CIÊNCIA AMBIENTAL CIÊNCIA DA

Leia mais

A Educação Profissional e Tecnológica. Conceituação Princípios Objetivos Características

A Educação Profissional e Tecnológica. Conceituação Princípios Objetivos Características A Educação Profissional e Tecnológica Conceituação Princípios Objetivos Características Conceituação A educação profissional tecnológica, integrada às diferentes formas de educação, ao trabalho, a ciência

Leia mais

ENQUADRAMENTO CLIENTES

ENQUADRAMENTO CLIENTES ENQUADRAMENTO A promoção da integração na sociedade do cidadão com deficiência mental assim como a defesa dos seus direitos, são valores considerados como fundamentais pela APPACDM, no respeito pelos princípios

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR VESTIBULAR 2012 DEMANDA PARCIAL DE CANDIDATOS INSCRITOS POR CURSO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR VESTIBULAR 2012 DEMANDA PARCIAL DE CANDIDATOS INSCRITOS POR CURSO Natal Humanística I ADMINISTRAÇÃO - M - BACHARELADO 100 460 4,60 Natal Humanística I ADMINISTRAÇÃO - N - BACHARELADO 100 420 4,20 Natal Humanística I CIÊNCIAS CONTÁBEIS - M - BACHARELADO 90 326 3,62 Natal

Leia mais

ESTATÍSTICA - RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA. Biológicas. masculino feminino geral cand/vaga. curso. Botucatu ,2. Agronomia - integral

ESTATÍSTICA - RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA. Biológicas. masculino feminino geral cand/vaga. curso. Botucatu ,2. Agronomia - integral Biológicas 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 Agronomia - integral Agronomia - integral Agronomia - integral Ciências Biológicas (Lic) -

Leia mais

ÉTICA. Se fundamenta em três pré-requisitos: requisitos: Consciência; Autonomia; Coerência;

ÉTICA. Se fundamenta em três pré-requisitos: requisitos: Consciência; Autonomia; Coerência; ÉTICA Se fundamenta em três pré-requisitos: requisitos: Consciência; Autonomia; Coerência; ÉTICA Ética e tudo aquilo que você não quer que façam com você Ética e individualismo O valor ético do esforço

Leia mais

Curso Campus Quantidade Administração - Presencial - Campus Arapiraca - Bacharelado - Diurno - Semestral Arapiraca 275 Administração Pública -

Curso Campus Quantidade Administração - Presencial - Campus Arapiraca - Bacharelado - Diurno - Semestral Arapiraca 275 Administração Pública - Curso Campus Quantidade Administração - Presencial - Campus Arapiraca - Bacharelado - Diurno - Semestral Arapiraca 275 Administração Pública - Presencial - Campus Arapiraca - Bacharelado - Noturno - Semestral

Leia mais

ESTATÍSTICA - RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA

ESTATÍSTICA - RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA Biológicas 101 103 102 114 104 107 113 111 110 112 105 106 108 109 115 116 121 117 119 118 120 122 123 124 125 Agronomia - integral Agronomia - integral Agronomia - integral Ciências Biológicas (Bac Ger.

Leia mais

Relação Candidato/Vaga por Categoria de Concorrência Lei n.º /2012

Relação Candidato/Vaga por Categoria de Concorrência Lei n.º /2012 1 - Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas; 2 - Candidatos

Leia mais

MENSAGEM DO PRESIDENTE

MENSAGEM DO PRESIDENTE MENSAGEM DO PRESIDENTE A Ética sempre se fez historicamente presente no ambiente corporativo da Schulz S/A, gerando relações exitosas e, por isso, duradouras entre clientes e fornecedores. A elaboração

Leia mais

1 - Aplicativos Informatizados (para a Habilitação Administração) (Administração); Administração Administração (EII) Administração - Ênfase em

1 - Aplicativos Informatizados (para a Habilitação Administração) (Administração); Administração Administração (EII) Administração - Ênfase em 1 - Aplicativos Informatizados (para a Habilitação ) (); (EII) - Ênfase em Análise de Sistemas - Habilitação em de Empresas - Habilitação em de Negócios - Habilitação em Hoteleira - Habilitação em Análise

Leia mais

Celpa. serviços. Código de ética do prestador de serviços da Celpa

Celpa. serviços. Código de ética do prestador de serviços da Celpa Código de ética do prestador de da Índice Apresentação... 04 Missão, visão e valores... 04 Bom senso... 06 Abrangência... 06 Definição de Prestador de Serviços... 06 1. Conflito de interesses 1.1. Recursos

Leia mais

Anexo II QUADRO DE CURSOS AFINS

Anexo II QUADRO DE CURSOS AFINS Anexo II QUADRO DE CURSOS AFINS Campus Universitário de Cuiabá Bacharelados em: Direito; Filosofia; Sociologia; Antropologia; História; Geografia; Ciências Sociais; Ciências FILOSOFIA - Políticas; Teologia;

Leia mais

22/08/2014. Tema 7: Ética e Filosofia. O Conceito de Ética. Profa. Ma. Mariciane Mores Nunes

22/08/2014. Tema 7: Ética e Filosofia. O Conceito de Ética. Profa. Ma. Mariciane Mores Nunes Tema 7: Ética e Filosofia Profa. Ma. Mariciane Mores Nunes O Conceito de Ética Ética: do grego ethikos. Significa comportamento. Investiga os sistemas morais. Busca fundamentar a moral. Quer explicitar

Leia mais

Secretaria de Avaliação Institucional SAI

Secretaria de Avaliação Institucional SAI Universidade Federal do Rio Grande do Sul www.ufrgs.br Secretaria de Avaliação Institucional SAI www.ufrgs.br/sai AVALIAÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO Cursos/ Anos e Conceitos 2004 Agronomia 5 Educação Física

Leia mais

ANEXO I. 03 AGENTE ADMINISTRATIVO Ensino Fundamental completo R$1.708,02 44 R$ 30,00

ANEXO I. 03 AGENTE ADMINISTRATIVO Ensino Fundamental completo R$1.708,02 44 R$ 30,00 ANEXO I DOS CÓDIGOS, EMPREGOS, VAGAS, VAGAS PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA, CADASTRO DE RESERVA, REQUISITOS, REMUNERAÇÃO, GRATIFICAÇÃO SUS, CARGA HORÁRIA E TAXA DE INSCRIÇÃO CÓD. EMPREGOS TOTAL DE VAGAS

Leia mais

CURSO COR DA FAIXA JURAMENTO

CURSO COR DA FAIXA JURAMENTO ADMINISTRAÇÃO CURSO COR DA FAIXA JURAMENTO ARQUITETURA E URBANISMO Prometo dignificar minha profissão; consciente de minhas responsabilidades legais, observar o código de ética, objetivando o aperfeiçoamento

Leia mais

Fundamentação Teórica: Código de Ética. Aula 8

Fundamentação Teórica: Código de Ética. Aula 8 Fundamentação Teórica: Código de Ética Aula 8 Ética Profissional! Normas e princípios que regulamentam a conduta do indivíduo no exercício de sua profissão. (consciência, comportamento, ação e conduta

Leia mais

Conceitos CC, CPC e Enade, carga horária de cursos da UFPE 2015

Conceitos CC, CPC e Enade, carga horária de cursos da UFPE 2015 Conceitos CC, CPC e, carga horária de cursos da UFPE 2015 CAA 101082 ADMINISTRAÇÃO Bacharelado Educação Presencial 3120 4 2011 4 5 2012 CAA 101086 CIÊNCIAS ECONÔMICAS Bacharelado Educação Presencial 3000

Leia mais

ENFERMAGEM E SUAS ENTIDADES DE CLASSE. Prof. Fernando Ramos Gonçalves-Msc

ENFERMAGEM E SUAS ENTIDADES DE CLASSE. Prof. Fernando Ramos Gonçalves-Msc ENFERMAGEM E SUAS ENTIDADES DE CLASSE Prof. Fernando Ramos Gonçalves-Msc ABEN - Associação Brasileira de Enfermagem A Associação Brasileira de Enfermagem - ABEn, fundada em 12 de agosto de 1926, sob a

Leia mais

DEMOCRACIA, ÉTICA E CIDADANIA

DEMOCRACIA, ÉTICA E CIDADANIA DEMOCRACIA, ÉTICA E CIDADANIA Seminário do ENADE Agronomia, Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Educação Física, Medicina Veterinária e Estética e Cosmética Profª. Ma. Denise Tatiane Girardon

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO ÉTICO DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ELOTECH - CPQ

TERMO DE COMPROMISSO ÉTICO DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ELOTECH - CPQ TERMO DE COMPROMISSO ÉTICO DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ELOTECH - CPQ INTRODUÇÃO 1. As presentes regras que integram o programa de Certificação Profissional Elotech, instituído pela Diretoria

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 037/CONSUN-CaEn/2011

RESOLUÇÃO N.º 037/CONSUN-CaEn/2011 RESOLUÇÃO N.º 037/CONSUN-CaEn/2011 Aprova a alteração dos Juramentos Oficiais dos Cursos de Graduação e Sequenciais da Univali. O Presidente do Conselho Universitário CONSUN da Universidade do Vale do

Leia mais

3º EXPO FARMA, DE OUTUBRO

3º EXPO FARMA, DE OUTUBRO 2º SEMANA DA FARMÁCIA ANGOLANA 3º EXPO FARMA,15 6-7 DE OUTUBRO ÉTICA E DEONTÓLOGIA FARMACÊUTICA APRESENTADOR: Fernando B. Cassenda Fernando Msc INTRODUÇÃO O O homem é um ser social. Qualquer sociedade

Leia mais

QUESTIONÁRIO SOBRE OS VALORES PESSOAIS

QUESTIONÁRIO SOBRE OS VALORES PESSOAIS QUESTIONÁRIO SOBRE OS VALORES PESSOAIS Shalom H. Schwartz; Tradução e Adaptação: Menezes & Campos, 989 Recriação: Prioste, Narciso, & Gonçalves (00) Neste questionário deve perguntar-se a si próprio: "Que

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CST EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Missão A missão do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da Universidade Estácio de Sá consiste em formar profissionais

Leia mais

PLANO DE ENSINO. TURMA: Formação mista, envolvendo acadêmicos da Católica de SC que cumprem os requisitos dispostos no Regulamento

PLANO DE ENSINO. TURMA: Formação mista, envolvendo acadêmicos da Católica de SC que cumprem os requisitos dispostos no Regulamento CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA SETOR DE EXTENSÃO COMUNITÁRIA PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: PROJETO COMUNITÁRIO PROFESSORES(AS): FASE: Constituída a partir da conclusão de 30% DIVA SPEZIA

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS POR CURSO EM 2011/1 EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS POR CURSO EM 2011/1 EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Contabilidade Básica I Contabilidade Básica II Economia (Semipresencial) Economia Brasileira e Contemporânea (Semipresencial) Estágio Supervisionado I Estágio Supervisionado

Leia mais

Sigilo. Coleguismo Honra. Justiça. Responsabilidade. Zelo. Honestidade. Igualdade. Respeito. Competência Liberdade. Solidariedade.

Sigilo. Coleguismo Honra. Justiça. Responsabilidade. Zelo. Honestidade. Igualdade. Respeito. Competência Liberdade. Solidariedade. O QUE É ÉTICA? Coleguismo Honra Sigilo Justiça Igualdade Zelo Responsabilidade Honestidade Competência Liberdade Respeito Lealdade Solidariedade Etimologia: Ética= ethos (grego) = costumes, modo de ser,

Leia mais

CURSOS: VAGAS, TURNOS E SITUAÇÃO LEGAL MODALIDADE PRESENCIAL CAMPUS IJUÍ. 50 Noturno. 80 Integral. 45 Noturno. 40 Noturno CURSOS VAGAS TURNO

CURSOS: VAGAS, TURNOS E SITUAÇÃO LEGAL MODALIDADE PRESENCIAL CAMPUS IJUÍ. 50 Noturno. 80 Integral. 45 Noturno. 40 Noturno CURSOS VAGAS TURNO CURSOS: VAGAS, TURNOS E SITUAÇÃO LEGAL MODALIDADE PRESENCIAL CAMPUS IJUÍ Agronomia - Bacharelado Portaria 824-30/12/2014 - DOU 09/01/2015 80 Integral Arquitetura e Urbanismo Bacharelado Autorizado* Portaria

Leia mais

SUMÁRIO TÍTULO IX DO GRAU, DA COLAÇÃO DE GRAU, DOS DIPLOMAS, CERTIFICADOS E TÍTULOS HONORÍFICOS CAPÍTULO I. Do Grau

SUMÁRIO TÍTULO IX DO GRAU, DA COLAÇÃO DE GRAU, DOS DIPLOMAS, CERTIFICADOS E TÍTULOS HONORÍFICOS CAPÍTULO I. Do Grau SUMÁRIO INTRODUÇÃO...03 DA COLAÇÃO DE GRAU...04 DAS PROVIDÊNCIAS LEGAIS...04 DAS COMISSÕES DE FORMATURA...05 DA CERIMÔNIA SOLENE DE COLAÇÃO DE GRAU...05 DOS HOMENAGEADOS...06 DA INDUMENTÁRIA...07 DOS CONVITES...08

Leia mais

ENADE 2004/2016. Guia para Análise da situação do aluno junto ao ENADE e registro da situação do aluno no Histórico Acadêmico. Pró-Reitoria de Ensino

ENADE 2004/2016. Guia para Análise da situação do aluno junto ao ENADE e registro da situação do aluno no Histórico Acadêmico. Pró-Reitoria de Ensino ENADE Guia para Análise da situação do aluno junto ao ENADE e registro da situação do aluno no Histórico Acadêmico Pró-Reitoria de Ensino 2004/2016 Reitor Jerônimo Rodrigues da Silva Diretoria Executiva

Leia mais

Cabe a todos os integrantes e colaboradores diretos ou indiretos fazer valer, respeitar e cumprir todos os itens abordados neste código de ética.

Cabe a todos os integrantes e colaboradores diretos ou indiretos fazer valer, respeitar e cumprir todos os itens abordados neste código de ética. CÓDIGO CORPORATIVO DE CONDUTA ÉTICA Introdução A Alta Engenharia de Consultoria Ltda tem como seu objetivo principal, a transparência e a ética de conduta em seus negócios orientados por um conjunto de

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: PSICOLOGIA Campus: MACAÉ Missão O Curso de Psicologia da Estácio de Sá tem como missão formar profissionais Psicólogos generalistas que no desempenho de suas atividades

Leia mais

ORIENTAÇÕES COLAÇÃO DE GRAU 2013/02

ORIENTAÇÕES COLAÇÃO DE GRAU 2013/02 ORIENTAÇÕES COLAÇÃO DE GRAU 2013/02 1) Setor Responsável: Comunicação e Marketing shirley@unipacaraguari.edu.br veronica.dias@unipacaraguari.edu.br Fone: (34) 3249-3900 2) Horários de Atendimento: De segunda

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Nesse ano, estamos disponibilizando o nosso Código Ética nas versões impressa e eletrônica.

CÓDIGO DE ÉTICA. Nesse ano, estamos disponibilizando o nosso Código Ética nas versões impressa e eletrônica. CÓDIGO DE ÉTICA Nestes três anos de muitas realizações, as relações da Agência de Desenvolvimento Paulista com seus parceiros, clientes, fornecedores, acionistas, entre outros, foram pautadas por valores

Leia mais

ANEXO II VAGAS PARA TRANSFERÊNCIA 2016/2017 BIOLÓGICAS

ANEXO II VAGAS PARA TRANSFERÊNCIA 2016/2017 BIOLÓGICAS ANEXO II VAGAS PARA TRANSFERÊNCIA 2016/2017 BIOLÓGICAS Curso de Graduação em Gerontologia EACH V * 20 Educação Física e Esporte EEFE I * 11 Educação Física e Esporte - Bacharelado - Ribeirão EEFERP I *

Leia mais

1 - Administração de Marketing (Administração Integrado ao Ensino Médio);

1 - Administração de Marketing (Administração Integrado ao Ensino Médio); 1 - de Marketing ( Integrado ao Ensino Médio); (EII) - Habilitação em de Empresas - Habilitação em de Negócios - Habilitação em Geral - Habilitação em Hoteleira - Habilitação em Comércio Exterior - Habilitação

Leia mais

PROJETO EU SOU ASSIM MATERNAL II

PROJETO EU SOU ASSIM MATERNAL II PROJETO EU SOU ASSIM MATERNAL II NOME: 1 Os Direitos da Criança 1º Princípio Todas as crianças são credoras destes direitos, sem distinção de raça, cor, sexo, língua, religião, condição social ou nacionalidade,

Leia mais

Carta de Direitos e Deveres do Cliente

Carta de Direitos e Deveres do Cliente Carta de Direitos e Deveres do Cliente CONTROLO DAS REVISÕES DO DOCUMENTO Versão Data Descrição Página(s) Próxima revisão 01 15.12.2009 Elaboração da 1ª versão do documento ----- Dezembro 2011 02 12.04.2010

Leia mais

DISCURSO PARANINFO. Boa noite a todos, gostaria de neste momento cumprimentar: O Magnífico Reitor da UNIUV, Dr. Jairo Vicente Clivatti;

DISCURSO PARANINFO. Boa noite a todos, gostaria de neste momento cumprimentar: O Magnífico Reitor da UNIUV, Dr. Jairo Vicente Clivatti; Prof. Rafael Gregório Jaworski DISCURSO PARANINFO Boa noite a todos, gostaria de neste momento cumprimentar: O Magnífico Reitor da UNIUV, Dr. Jairo Vicente Clivatti; A Profª Nanci Terezinha Benghi, coordenadora

Leia mais

9º Ano E agora? PRINCIPAIS PERCURSOS POSSÍVEIS

9º Ano E agora? PRINCIPAIS PERCURSOS POSSÍVEIS 9º Ano E agora? PRINCIPAIS PERCURSOS POSSÍVEIS 9º Ano E agora? 1 - CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS Vocacionados para o prosseguimento de estudos Duração de 3 anos 10º, 11º e 12ºanos Sujeitos a 4 eames nacionais:

Leia mais

Universidade Federal de Alagoas - UFAL Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD PROCESSO SELETIVO SERIADO UNIFICADO 2011 CONCORRÊNCIA

Universidade Federal de Alagoas - UFAL Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD PROCESSO SELETIVO SERIADO UNIFICADO 2011 CONCORRÊNCIA PROCESSO SELETIVO SERIADO UNIFICADO - ADMINISTRAÇÃO - ARAPIRACA 3 - ADMINISTRAÇÃO DIURNO - MACEIÓ 3 - ADMINISTRAÇÃO NOTURNO - MACEIÓ - ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - ARAPIRACA 3 - AGRONOMIA - ARAPIRACA - AGRONOMIA

Leia mais

Código de Conduta e Ética Empresarial. Grupo Visium Build

Código de Conduta e Ética Empresarial. Grupo Visium Build Código de Conduta e Ética Empresarial Grupo Visium Build 1 Índice 2 Âmbito 3 Missão e Visão 4 Valores 4 Compromisso com as partes interessadas 5 Cumprimento deste Código 9 2 ÂMBITO Este Código de Conduta

Leia mais

Universidade Federal de Alagoas - UFAL Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Processo Seletivo Seriado Unificado UFAL 2009 CONCORRÊNCIA

Universidade Federal de Alagoas - UFAL Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Processo Seletivo Seriado Unificado UFAL 2009 CONCORRÊNCIA Processo Seletivo Seriado Unificado UFAL - ADMINISTRAÇÃO - ARAPIRACA - ADMINISTRAÇÃO DIURNO - MACEIÓ - ADMINISTRAÇÃO NOTURNO - MACEIÓ - AGRONOMIA - ARAPIRACA - AGRONOMIA - MACEIÓ - ARQUITETURA E URBANISMO

Leia mais

Orientação Escolar e Profissional. 9.º Ano e Agora. Serviço de Psicologia e Orientação. Psicóloga Eduarda Seabra

Orientação Escolar e Profissional. 9.º Ano e Agora. Serviço de Psicologia e Orientação. Psicóloga Eduarda Seabra Orientação Escolar e Profissional 9.º Ano e Agora Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Eduarda Seabra Dossier Informação Escolar e Profissional Pág.1 1 Natureza dos Cursos Científico-Humanísticos

Leia mais

JULHO. 01 Dia Mundial da Arquitetura 21 Dia Internacional da Amizade 24 Dia do Escritor ATIVIDADES

JULHO. 01 Dia Mundial da Arquitetura 21 Dia Internacional da Amizade 24 Dia do Escritor ATIVIDADES JULHO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 01 Dia Mundial da Arquitetura 21 Dia Internacional da Amizade 24 Dia do Escritor 1-31 - Férias Acadêmicas 29 -

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES 1 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL Fisioterapeuta, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, capacitado

Leia mais

INDICADORES DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL

INDICADORES DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL INDICADORES DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL Jacqueline Moreno Theodoro Silva Outubro/2016 Indicadores de Qualidade da Educação Superior Portaria Normativa 40 de 2007 republicada em 2010 Capítulo

Leia mais

ANEXO I. Distribuição por Instituição Estrangeira:

ANEXO I. Distribuição por Instituição Estrangeira: ANEXO I Distribuição por Instituição Estrangeira: País Instituição Cursos Argentina Colômbia Universidad Tres de Febrero Corporación Universitaria Minuto de Dios (UNIMINUTO) Corporación Universitaria Remington

Leia mais

PL 055 POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL. Publicado em: 13/05/2016

PL 055 POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL. Publicado em: 13/05/2016 1. OBJETIVOS Estabelecer os princípios e diretrizes que norteiam as ações de práticas socioambientais da Getnet nos negócios e na relação com todas as partes interessadas, incluindo as diretrizes para

Leia mais

RELATÓRIO DE PARTICIPAÇÃO NA AVALIAÇÃO DOCENTE 1/2016 CURSOS PRESENCIAIS E EAD DE GRADUAÇÃO

RELATÓRIO DE PARTICIPAÇÃO NA AVALIAÇÃO DOCENTE 1/2016 CURSOS PRESENCIAIS E EAD DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE PARTICIPAÇÃO NA AVALIAÇÃO DOCENTE 1/2016 CURSOS PRESENCIAIS E EAD DE GRADUAÇÃO Equipe Técnica: COPLAI Marcia Helena do Nascimento

Leia mais

ensino médio em escolas públicas ensino médio em escolas públicas Administração Noturno

ensino médio em escolas públicas ensino médio em escolas públicas Administração Noturno UNIPAMPA - QUANTIDADE DE CANDIDATOS CURSO/SISTEMA CURSO SISTEMA QTD Administração Diurno 7 Administração Diurno 8 Administração Diurno Sistema Universal 70 Administração Noturno Administração Noturno Sistema

Leia mais

Nossos valores em relação ao Meio Ambiente, Segurança, Saúde e à Qualidade

Nossos valores em relação ao Meio Ambiente, Segurança, Saúde e à Qualidade Nossos valores em relação ao Meio Ambiente, Segurança, Saúde e à Qualidade Índice Nosso objetivo 4 Não poupar esforços 5 Coragem de inovar 6 Atuar com responsabilidade 7 3 Prezado colaborador, Este nosso

Leia mais

Cursos e Vagas N.º 165

Cursos e Vagas N.º 165 1.º semestre CAMPUS PARAÍSO Rua Vergueiro, 1.211 Paraíso Tel: (11) 2166-1000 CAMPUS ALPHAVILLE Av. Yojiro Takaoka, 3.500 Tel.: (11) 4152-8888 CAMPUS ANCHIETA Rua Francisco Bautista, 300 Km 12 da Via Anchieta

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 050/2015. ANEXO 1 - Cargos, Número de Vagas, Cargas Horárias, Salários Mensais, Auxílio Alimentação e Pré-requisitos.

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 050/2015. ANEXO 1 - Cargos, Número de Vagas, Cargas Horárias, Salários Mensais, Auxílio Alimentação e Pré-requisitos. CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 050/2015 ANEXO 1 - s, Número de, Cargas Horárias, Salários Mensais, e Pré-requisitos. A - s de Nível Fundamental Ajudante Geral 2 40h R$ 968,96 R$ 330,00 Ensino fundamental completo.

Leia mais

Área Saúde HABILITAÇÃO PROFISSIONAL CIDADE/ESTADO VAGAS Odontologia Rio de Janeiro (RJ) 11 Odontopediatria Brasília (DF) 1 Implantodoontia Brasília

Área Saúde HABILITAÇÃO PROFISSIONAL CIDADE/ESTADO VAGAS Odontologia Rio de Janeiro (RJ) 11 Odontopediatria Brasília (DF) 1 Implantodoontia Brasília Área Saúde Odontologia Rio de Janeiro (RJ) 11 Odontopediatria Brasília (DF) 1 Implantodoontia Brasília (DF) 1 Bucomaxilofacial Brasília (DF) 1 Dentística Salvador (BA) 1 Dentística Santos (SP) 1 Dentística

Leia mais

PORTADOR DE DIPLOMA - 2ª FASE PERÍODO DE INSCRIÇÃO (16/1 a 1º/2/2017)

PORTADOR DE DIPLOMA - 2ª FASE PERÍODO DE INSCRIÇÃO (16/1 a 1º/2/2017) PORTADOR DE DIPLOMA - 2ª FASE PERÍODO DE INSCRIÇÃO (16/1 a 1º/2/2017) Nos termos do Edital nº 90 de 19 de Dezembro de 2016, são disponibilizadas vagas para PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO

Leia mais

ÉTICA UMA QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA

ÉTICA UMA QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA ÉTICA UMA QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA 1 MEMBROS DA COMISSÃO DE ÉTICA: Port. 216-2009-SEFAZ e alterações 1- Selma Pedroso de Barros Presidente 2- Karina T. Velho Membro Executivo 3- Roseli Raquel Ricas Membro

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO SÃO PAULO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM INFORMÁTICA EM SAÚDE - MATUTI CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM INFORMÁTICA EM SAÚDE - MATUTI COTISTA 669 544.93 NÃO COTISTA 732.07 613.26 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA

Leia mais

EDITAL N.º 16/2016 ANEXO I TRILHAS DE APRENDIZAGEM DO PFGC. Competência: Visão Estratégica

EDITAL N.º 16/2016 ANEXO I TRILHAS DE APRENDIZAGEM DO PFGC. Competência: Visão Estratégica 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS JOÃO PESSOA PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE GESTORES

Leia mais

Aula 14 Ética e Deontologia

Aula 14 Ética e Deontologia Portfolio MEEC 1 Aula 14 Ética e Deontologia Objectivos Introdução à Ética e Deontologia dos alunos e profissionais de Engenharia Portfolio MEEC 2 Ètica e Deontologia Ética (ethos do Grego carácter): Conjunto

Leia mais

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET. - Curso de Engenharia Mecânica

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET. - Curso de Engenharia Mecânica Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET - Curso de Engenharia Mecânica Currículo 2013/01 Descrição do Curso: O Curso de graduação em Engenharia

Leia mais

A Ouvidoria na Saúde. Maria Inês Fornazaro Julho / 2013

A Ouvidoria na Saúde. Maria Inês Fornazaro Julho / 2013 A Ouvidoria na Saúde Maria Inês Fornazaro Julho / 2013 Cenário Social Nas últimas décadas a sociedade brasileira passou por inúmeras mudanças que determinaram o redimensionamento de políticas públicas,

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DA ORDEM COLÉGIOS ESPECIALIDADE E ATOS DE ENGENHARIA NÍVEIS DE QUALIFICAÇÃO DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS

ATRIBUIÇÕES DA ORDEM COLÉGIOS ESPECIALIDADE E ATOS DE ENGENHARIA NÍVEIS DE QUALIFICAÇÃO DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS ATRIBUIÇÕES DA ORDEM [ Artigo 2.º Atribuições ] São atribuições da Ordem: a) Conceder o título de engenheiro técnico; b) Regular o acesso e exercício da profissão de engenheiro técnico; c) Criar níveis

Leia mais

O PAPEL DOS CONSELHOS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO NO ÂMBITO DO SNE: DESAFIOS PARA A PRÓXIMA DÉCADA POR: GILVÂNIA NASCIMENTO

O PAPEL DOS CONSELHOS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO NO ÂMBITO DO SNE: DESAFIOS PARA A PRÓXIMA DÉCADA POR: GILVÂNIA NASCIMENTO O PAPEL DOS CONSELHOS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO NO ÂMBITO DO SNE: DESAFIOS PARA A PRÓXIMA DÉCADA POR: GILVÂNIA NASCIMENTO "Que tristes os caminhos se não fora a presença distante das estrelas"? (Mario Quintana)

Leia mais