você consegue aumentar a inovação em todo o seu portfólio de produtos?

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "você consegue aumentar a inovação em todo o seu portfólio de produtos?"

Transcrição

1 RESUMO DA SOLUÇÃO: Soluções de Gestão de Projetos e Portfólios para Inovação de Produtos você consegue aumentar a inovação em todo o seu portfólio de produtos? you can

2 As soluções de Gestão de Projetos e Portfólios da CA Technologies dão a você a confiança para escolher as ideias CERTAS e tomar as decisões CERTAS para entregar os produtos e serviços CERTOS no momento CERTO. 2

3 resumo executivo Desafio Promover constantemente a inovação em todo o seu portfólio de produtos é uma tarefa extremamente difícil. Seus clientes esperam produtos imediatos, competitivos e diferenciados, e as partes interessadas esperam rentabilidade. Você precisa capturar ideias exclusivas sobre produtos e melhorias, determinar a combinação certa de produtos, ter a confiança para direcionar os recursos necessários para gerar resultados que atendam às necessidades dos clientes e atingir os seus objetivos financeiros esperados. Isso pode ser difícil se forem adotadas práticas manuais e/ou isoladas de gestão de portfólios de produtos. Oportunidade As soluções de Gestão de Projetos e Portfólios (PPM) da CA Technologies dão aos dirigentes de negócios a confiança necessária para inovar com novos produtos. Essa solução integrada permite que você capture e colabore com seus clientes na próxima grande ideias, determine a combinação certa do portfólio, delimite as necessidades e gerencie os investimentos em todo o ciclo de inovação até a entrega do produto. Ao longo desse ciclo de inovação, os custos são controlados, as programações são gerenciadas e os recursos são racionalizados. Benefícios As soluções de PPM da CA Technologies ajudam as organizações de desenvolvimento de produtos a distribuir produtos lucrativos, diferenciados e inovadores, proporcionando a confiança para escolher as ideias CERTAS e tomar as decisões CERTAS para entregar os produtos e serviços CERTOS no momento CERTO. 3

4 Seção 1: Desafio A necessidade de inovar Embora cortar orçamentos de desenvolvimento e reduzir recursos tenha sustentado as organizações no curto prazo, isso afeta negativamente a inovação. Os dirigentes de negócios devem promover a inovação de produtos para aumentar o crescimento de longo prazo, a rentabilidade e aumentar a fidelidade dos clientes. No entanto, muitos têm dificuldade de conseguir esse objetivo, por diversas razões: Garantir que as ideias dos seus clientes sejam ouvidas Os clientes são seu patrimônio mais valioso. Como você pode ter certeza de que seus clientes não sejam apenas ouvidos, mas também que você possa aproveitar as ideias deles como parte de seu processo de planejamento de portfólio para ajudar a determinar quais produtos ou melhorias devem estar na combinação dos seus portfólios? Os dirigentes de negócios são desafiados a captar ideias de seus clientes. No entanto, se as ideias forem coletadas de formas diferentes, tais como em s, conversas, apresentações de PPT originais ou em um guardanapo, torna-se difícil capturá-las, e elas podem se perder rapidamente, gerando perdas de receitas. Dados imprecisos ou incompletos Nem toda ideia é boa, nem promoverá o crescimento da sua organização. Os dirigentes de negócios devem ter acesso a informações relevantes, oportunas e precisas para tomar e defender suas decisões de investimento no portfólio, cumprir as metas de negócios e alcançar o desempenho financeiro esperado. Vários sistemas de registro Quando o CEO pede as métricas do seu portfólio de produtos, é muito provável que você acabe aproveitando as informações de vários sistemas, vários documentos (apresentações, planilhas, s) e várias partes interessadas. Isso dificulta, se é que não impossibilita, obter uma versão única da verdade. Você precisa de acesso a informações de negócios de qualidade para fazer atualizações nos produtos com confiança e responder com alternativas realistas quando for necessário. As necessidades dos clientes não são bem definidas Alguma vez você foi um dos primeiros a adotar um produto que fracassou? Você não é o único. Ele pode ter sido entregue ao mercado certo, na hora certa, mas se não atender às necessidades do cliente, então era o produto errado. A falta de um entendimento claro das necessidades pode prejudicar a maneira como um cliente vê um produto e uma empresa, além de afetar negativamente o crescimento dos negócios no longo prazo. Pode ser possível reunir as necessidades do cliente enquanto o projeto está sendo definido, mas pode ser difícil priorizar e monitorar essas necessidades assim que você começar a executá-las se estiver acompanhando as necessidades manualmente. Portanto, você deve encontrar uma maneira eficaz de delimitar as necessidades do cliente e definir um roteiro claro de produto para garantir a satisfação do cliente e a adoção pelo mercado. Os recursos estão espalhados por todo o mundo e são mais difíceis de gerenciar Os recursos são, muitas vezes, o seu patrimônio mais caro, e são fundamentais para seu sucesso. Porém, recursos dispersos por todo o mundo, trabalhando em vários idiomas e fusos horários, criam um obstáculo para qualquer organização. Como gerenciar os conjuntos de qualificações e garantir que a pessoa certa esteja trabalhando no produto certo? Como é possível garantir que seus recursos estejam produzindo dentro do orçamento, do cronograma e atendendo a outras necessidades dos clientes? 4

5 Seção 2: Oportunidade A gestão de projetos e portfólios promove inovação As soluções de Gestão de Projetos e Portfólios da CA Technologies são projetadas para ajudar você a gerenciar o seu ciclo de inovação de produtos, desde o planejamento estratégico até a execução. Essa solução Stage-Gate certificada atende às necessidades específicas de cada parte interessada e, além disso, integra as informações em uma solução central para que os executivos sejam capazes de ver todo o seu portfólio de produtos. Figura 1 A CA Technologies permite gerenciar todo o ciclo de inovação. O mecanismo de decisão O componente central desse ciclo de inovação é o "mecanismo de decisão." Ele permite planejar o seu portfólio em todas as fases do seu ciclo de inovação de produtos, ajudando você a: Colaborar com o seu cliente, seus funcionários, parceiros e com as partes interessadas para entender as prioridades Acompanhar a situação e o andamento dos recursos, das necessidades e do orçamento para tomar decisões "go/kill" precisas Racionalizar os investimentos estratégicos em todo o seu portfólio. 5

6 Definir a estratégia e os objetivos Você está procurando definir e alinhar melhor a sua estratégia de inovação? A CA Technologies pode ajudar você a: Garantir que os investimentos estratégicos estejam alinhados com seus objetivos de negócios Estabelecer facilmente critérios de avaliação adequados aos seus negócios Avaliar um conjunto ilimitado de cenários ideais de investimento Capturar e priorizar ideias Você captura ideias, mas tem dificuldade de priorizá-las? CA Technologies ajuda a integrar as ideias dos clientes ao seu processo de planejamento, ajudando você a: Capturar a voz do seu cliente Avaliar rapidamente o impacto de novas ideias Fechar o ciclo de feedback com seus clientes assim que as novas ideias forem implementadas Delimitar as necessidades Você está preocupado com o fracasso de um projeto porque não consegue gerenciar as necessidades? Projetos fracassam ou podem ser contestados por causa de um planejamento inadequado de necessidades. A CA Technologies ajuda você a: Organizar as necessidades por prioridade do cliente Delimitar as necessidades em projetos ágeis e em cascata Colaborar com equipes dispersas e avaliar as mudanças de escopo Executar e entregar Você é capaz de tomar as decisões certas sobre a gestão de pessoas, orçamentos e escopos? Gerenciar todo o seu portfólio de projetos para garantir que eles estejam dentro do prazo, delimitados e dentro do orçamento não é uma tarefa fácil. A CA Technologies ajuda você a: Planejar a capacidade de trabalho Gerenciar as qualificações dos recursos e os custos do projeto Desenvolver utilizando a sua metodologia preferida (ágil ou em cascata) Acessar as informações do projeto nos seus telefones celulares 6

7 Seção 3: Benefícios Confiança para inovar Em um mercado altamente competitivo, você precisa entregar produtos lucrativos e diferenciados ao mercado no momento certo. Para isso, nossas soluções de Gestão de Projetos e Portfólios dão aos dirigentes de negócios a confiança necessária para inovar, ajudando a sua equipe de desenvolvimento de produtos a: Determinar o que você precisa; decidir o que quer. 31% das organizações de alto desempenho afirmam que o crescimento orgânico vem de ideias inovadoras. Gerar valor em menos tempo com cada produto e serviço do seu portfólio. Tempo de colocação de mercado 33% menor, em média, nas organizações com PPM maduro. Dedicar o tempo à inovação, não à integração. Os custos do primeiro ano caem US$ quando uma solução de PPM é selecionada no modelo de Software como Serviço (SaaS). Gerar resultados com base em provas, não em possibilidades clientes de grande porte bem-sucedidos e ativos que usam PPM escolheram a solução líder de mercado da CA Technologies. Seção 4: A vantagem da CA Technologies Ao contrário da concorrência, nossas soluções de Gestão de Projetos e Portfólios permitem que as organizações contem com a CA Technologies porque podemos: Capturar, priorizar e planejar ideias do cliente para ajudar você a tomar as decisões certas sobre investimento em produtos e aumentar o valor do portfólio. Alinhar, de forma clara e contínua, os recursos, as necessidades e os cronogramas com a estratégia durante todo o ciclo de inovação de produtos. Proporcionar autonomia com uma solução única que proporciona a visibilidade para gerar resultados em todo o seu portfólio. Priorizar e gerenciar de maneira clara e rápida os resultados para as organizações de software, utilizando as metodologias ágil e tradicional, ou ambas, com uma única solução. Oferecer soluções e suporte comprovados como líder em PPM, com uma comunidade ativa orientada ao usuário e ofertas de serviços de baixo risco. As soluções de Gestão de Projetos e Portfólios da CA Technologies estão disponíveis sob demanda, eliminando implementações demoradas e facilitando a adoção rápida da solução pelos seus usuários. A CA Technologies criou uma das ofertas mais seguras, estáveis e confiáveis de SaaS do mercado atual, apoiada por vários aplicativos de gestão de TI em nossos data centers espalhados pelo mundo. 7

8 Seção 5: Próximos passos Entregar projetos no prazo e dentro do orçamento é apenas uma parte da fórmula do sucesso. Entre em contato com o seu representante da CA Technologies hoje mesmo para ajudá-lo a: Colaborar com os seus clientes para capturar a próxima grande ideia Obter visibilidade de todo o seu portfólio de produtos para priorizar o trabalho de maneira eficaz Entregar de acordo com as necessidades do cliente, sem perder recursos para fazer a entrega Para saber mais sobre como as soluções de Gestão de Projetos e Portfólios da CA Technologies podem criar a confiança necessária para inovar, visite: ca.com/ppm Copyright 2011 CA. Todos os direitos reservados. Todas as marcas comerciais, nomes de marcas, marcas de serviço e logotipos mencionados aqui pertencem às suas respectivas empresas. Este documento é apenas para fins informativos. A CA não assume responsabilidade pela precisão ou integridade das informações. Na medida permitida pela legislação pertinente, a CA fornece este documento "NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRA", sem garantias de qualquer tipo, inclusive, sem limitação, garantias implícitas de possibilidade de comercialização, adequação a um objetivo específico ou não violação. Em nenhuma circunstância a CA será responsável por quaisquer perdas ou danos, diretos ou indiretos, decorrentes do uso deste documento, incluindo, sem limitações, perda de lucros, interrupção dos negócios, bens intangíveis ou perda de dados, mesmo que a CA tenha sido expressamente informada sobre a possibilidade de tais danos com antecedência. CS0752_0211

DISTRIBUIÇÃO BEM-SUCEDIDA DE SOFTWARE 6 PROBLEMAS COM ACIONISTAS QUE VOCÊ PODE FACILMENTE SUPERAR COM O ATLAS

DISTRIBUIÇÃO BEM-SUCEDIDA DE SOFTWARE 6 PROBLEMAS COM ACIONISTAS QUE VOCÊ PODE FACILMENTE SUPERAR COM O ATLAS DISTRIBUIÇÃO BEM-SUCEDIDA DE SOFTWARE 6 PROBLEMAS COM ACIONISTAS QUE VOCÊ PODE FACILMENTE SUPERAR COM O ATLAS DISTRIBUIÇÃO BEM-SUCEDIDA DE SOFTWARE INTRODUÇÃO: CONDUZIR UMA COLABORAÇÃO EFETIVA ENTRE TODOS

Leia mais

gerenciamento de projetos e portfólios para empresas inovadoras

gerenciamento de projetos e portfólios para empresas inovadoras WHITE PAPER Novembro de 2010 gerenciamento de projetos e portfólios para empresas inovadoras acelerando o retorno da inovação James Ramsay Consultor Principal, Governança, EMEA índice Introdução 04 Gerenciando

Leia mais

PRINCÍPIOS DA ENGENHARIA DE SOFTWARE- AULA 06. Prof.: Franklin M. Correia

PRINCÍPIOS DA ENGENHARIA DE SOFTWARE- AULA 06. Prof.: Franklin M. Correia 1 PRINCÍPIOS DA ENGENHARIA DE SOFTWARE- AULA 06 Prof.: Franklin M. Correia NOS CAPÍTULOS ANTERIORES... Atividades de Gerenciamento Planejamento de Projetos Programação de Projeto O QUE TEMOS PARA HOJE!!

Leia mais

Escolhendo um Modelo de Ciclo de Vida

Escolhendo um Modelo de Ciclo de Vida Escolhendo um Modelo de Ciclo de Vida Ciclos de Vida 1 Ciclo de Vida de um Produto Qualquer desenvolvimento de produto inicia com uma idéia e termina com o produto pretendido. O ciclo de vida de um produto

Leia mais

Simulado "1.Introdução"

Simulado 1.Introdução Pá gina 1 de 7 Simulado "1.Introdução" Simulado do PMI por Antônio Augusto 17 de March de 2012 Pá gina 2 de 7 Disciplinas e temas deste simulado 01 - Introdução ao gerenciamento de projetos (3 questões)

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? Houve uma proliferação das ofertas de nuvem pública, e a nuvem privada se popularizou. Agora, a questão é como explorar o potencial

Leia mais

Gerenciamento das Partes Interessadas (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento das Partes Interessadas (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento das Partes Interessadas (PMBoK 5ª ed.) Este é o capítulo 13 do PMBoK e é uma área muito importante para o PMI, pois antes de levar em consideração o cumprimento dos prazos, orçamento e qualidade,

Leia mais

Recomendação de políticas Serviços de nuvem seguros e confiáveis

Recomendação de políticas Serviços de nuvem seguros e confiáveis Recomendação de políticas Serviços de nuvem seguros e confiáveis A oportunidade Na medida em que a computação em nuvem dá origem a novas e poderosas capacidades, ela oferece o potencial de aumentar a produtividade,

Leia mais

3) Qual é o foco da Governança de TI?

3) Qual é o foco da Governança de TI? 1) O que é Governança em TI? Governança de TI é um conjunto de práticas, padrões e relacionamentos estruturados, assumidos por executivos, gestores, técnicos e usuários de TI de uma organização, com a

Leia mais

CA Workload Automation for SAP

CA Workload Automation for SAP CA Workload Automation for SAP 2 A economia dos aplicativos gera novos desafios para a carga de trabalho do SAP Os negócios estão sendo cada vez mais moldados por aquilo que se tornou um mundo com base

Leia mais

Oracle Value Chain Execution Reinventado a Excelência em Logística

Oracle Value Chain Execution Reinventado a Excelência em Logística Oracle Value Chain Execution Reinventado a Excelência em Logística Apresentação do Oracle Value Chain Execution Sua rede de logística está mudando constantemente e está mais complexa do que nunca. A necessidade

Leia mais

Elimine os riscos da migração de redes de data centers

Elimine os riscos da migração de redes de data centers Elimine os riscos da migração de redes de data centers Otimize seu investimento em arquitetura e TI e reduza a complexidade e os riscos Os Cisco Data Center Migration Services ajudam empresas e prestadores

Leia mais

Políticas Organizacionais

Políticas Organizacionais Políticas Organizacionais Versão 1.4 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 11/10/2012 1.0 Revisão das políticas EPG 26/11/2012 1.1 Revisão do Item de customização EPG 24/10/2013 1.2 Revisão

Leia mais

Fórum de Empresas Estatais Federais Plano de Cargos, Salários e Remuneração Capacitação de RH para Inovação

Fórum de Empresas Estatais Federais Plano de Cargos, Salários e Remuneração Capacitação de RH para Inovação Fórum de Empresas Estatais Federais Plano de Cargos, Salários e Remuneração Capacitação de RH para Inovação A prática de remuneração variável e gestão por competências no setor público brasileiro Agenda

Leia mais

Indicadores de Desempenho

Indicadores de Desempenho Indicadores de Desempenho 1 Conceito Características mensuráveis de processos, produtos ou serviços, utilizadas pela organização para acompanhar, avaliar e melhorar o seu desempenho. OS INDICADORES NECESSITAM

Leia mais

OBJETIVOS. Dar a conhecer a estrutura do Modelo de Excelência de Gestão MEG. Refletir sobre o ciclo PDCL. Planejamento. Verificação Aprendizagem

OBJETIVOS. Dar a conhecer a estrutura do Modelo de Excelência de Gestão MEG. Refletir sobre o ciclo PDCL. Planejamento. Verificação Aprendizagem 1 OBJETIVOS Dar a conhecer a estrutura do Modelo de Excelência de Gestão MEG. Refletir sobre o ciclo PDCL Planejamento Execução Verificação Aprendizagem 2 INTRODUÇÃO Na aula passada, conhecemos os 11 Fundamentos

Leia mais

Disciplina: Processos Organizacionais Líder da Disciplina: Rosely Gaeta NOTA DE AULA 05 FERRAMENTAS E MÉTODOS PARA A RACIONALIZAÇÃO DOS PROCESSOS

Disciplina: Processos Organizacionais Líder da Disciplina: Rosely Gaeta NOTA DE AULA 05 FERRAMENTAS E MÉTODOS PARA A RACIONALIZAÇÃO DOS PROCESSOS Disciplina: Processos Organizacionais Líder da Disciplina: Rosely Gaeta NOTA DE AULA 05 FERRAMENTAS E MÉTODOS PARA A RACIONALIZAÇÃO DOS PROCESSOS 4 Técnicas de Apoio à Melhoria de processo: As Sete Ferramentas

Leia mais

4.6. ATENDIMENTO ÀS METAS DO PLANO/PROGRAMA/PROJETO

4.6. ATENDIMENTO ÀS METAS DO PLANO/PROGRAMA/PROJETO 4.6. ATENDIMENTO ÀS METAS DO PLANO/PROGRAMA/PROJETO A planilha de atendimento às metas do projeto é apresentada na sequência. Metas Proporcionar os elementos necessários para que seja definido o processo

Leia mais

Colégio Marymount vivencia tranquilidade e confiabilidade com Arcserve Backup

Colégio Marymount vivencia tranquilidade e confiabilidade com Arcserve Backup Colégio Marymount vivencia tranquilidade e confiabilidade com Arcserve Backup Empresa: Colégio Marymount de Medellín PERFIL DO CLIENTE Setor: Educação Empregados: 180 funcionários EMPRESA DESAFIO SOLUÇÃO

Leia mais

GOVERNANÇA E GERENCIAMENTO DO PORTFÓLIO DE PROJETOS. CARLOS MAGNO DA SILVA XAVIER (Doutor, PMP)

GOVERNANÇA E GERENCIAMENTO DO PORTFÓLIO DE PROJETOS. CARLOS MAGNO DA SILVA XAVIER (Doutor, PMP) GOVERNANÇA E GERENCIAMENTO DO PORTFÓLIO DE PROJETOS CARLOS MAGNO DA SILVA XAVIER (Doutor, PMP) O Papel dos Projetos nas Empresas PENSAMENTO ESTRATÉGICO ESTRATÉGIAS IDENTIFICAÇÃO DE PROJETOS PROJETOS DEFININDO

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (OFICINA 08)

SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (OFICINA 08) SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (OFICINA 08) Oficina 07 Política de Meio Ambiente, Segurança e Saúde no Trabalho Objetivos, Metas e Programas 4.2 Política de SSTMA A Alta Administração

Leia mais

1ª Jornada Internacional da Gestão Pública. O caso MDIC. BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013

1ª Jornada Internacional da Gestão Pública. O caso MDIC. BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013 1ª Jornada Internacional da Gestão Pública O caso MDIC BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013 ANTECEDENTES INÍCIO DE 2011 Contexto de mudança de Governo; Necessidade de diagnóstico organizacional; Alinhamento

Leia mais

Copyright 2016 EMC Corporation. Todos os direitos reservados. EMC - Estritamente confidencial Não distribuir APRESENTAÇÃO DA VISÃO GERAL DO BPP 2016

Copyright 2016 EMC Corporation. Todos os direitos reservados. EMC - Estritamente confidencial Não distribuir APRESENTAÇÃO DA VISÃO GERAL DO BPP 2016 Copyright 2016 EMC Corporation. Todos os direitos reservados. EMC - Estritamente confidencial Não distribuir APRESENTAÇÃO DA VISÃO GERAL DO BPP 2016 A MUDANÇA ESTÁ ACELERANDO EMC BUSINESS PARTNER PROGRAM

Leia mais

Business Case (Caso de Negócio)

Business Case (Caso de Negócio) Terceiro Módulo: Parte 5 Business Case (Caso de Negócio) AN V 3.0 [54] Rildo F Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.br www.etecnologia.com.br http://etecnologia.ning.com 1 Business Case: Duas

Leia mais

Organização da Disciplina. Auditoria em Recursos Humanos. Aula 1. Contextualização

Organização da Disciplina. Auditoria em Recursos Humanos. Aula 1. Contextualização Auditoria em Recursos Humanos Aula 1 Prof. Me. Elizabeth Franco Organização da Disciplina Aula 01 A administração de recursos humanos área em desenvolvimento Aula 02 A origem e a evolução da auditoria

Leia mais

Plataforma da Informação. Fundamentos da Excelência

Plataforma da Informação. Fundamentos da Excelência Plataforma da Informação Fundamentos da Excelência Modelo de Excelência em Gestão Fundamentos da Excelência O Modelo de Excelência em Gestão estimula e apoia as organizações no desenvolvimento e na evolução

Leia mais

introdução ao marketing - gestão do design

introdução ao marketing - gestão do design introdução ao marketing - gestão do design Universidade Presbiteriana Mackenzie curso desenho industrial 3 pp e pv profa. dra. teresa riccetti Fevereiro 2009 A gestão de design, o management design, é

Leia mais

Recomendação de políticas Alfabetização digital

Recomendação de políticas Alfabetização digital Recomendação de políticas A oportunidade O conhecimento de informática e a alfabetização, a familiaridade com software de produtividade, a fluência no uso de uma ampla gama de dispositivos digitais, estas

Leia mais

Promover a competitividade e o desenvolvimento dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia nacional

Promover a competitividade e o desenvolvimento dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia nacional Excelência na Gestão Desafio dos Pequenos Negócios INSTITUCIONAL SEBRAE MISSÃO Promover a competitividade e o desenvolvimento dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia

Leia mais

Pesquisa de clima organizacional

Pesquisa de clima organizacional : Número de participantes: Nononononono Ltda 30.720 20-02-2005 15:02:33 geral da empresa: 3,83 3,99 3,79 3,99 4,05 3,90 3,83 3,79 3,89 Legenda (1) - Muito fraco ou discordo plenamente (2) - Fraco ou discordo

Leia mais

Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO

Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO INTELIGÊNCIA DE NEGÓCIOS DO LABORATÓRIO AS DECISÕES SOBRE O LABORATÓRIO COMEÇAM COM A INTELIGÊNCIA

Leia mais

Ementário EMBA em Gestão de Projetos

Ementário EMBA em Gestão de Projetos Ementário EMBA em Gestão de Projetos Grade curricular Disciplina MATEMÁTICA FINANCEIRA - N FUNDAMENTOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E GERENCIAMENTO DE ESCOPO - N GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS GESTÃO

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Resolução 3.988/2011. Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Resolução 3.988/2011. Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital Sumário RELATÓRIO DE ACESSO PÚBLICO ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL... 3 1. INTRODUÇÃO... 3

Leia mais

CARTA DE MISSÃO. Ministério da Saúde. Serviço/Organismo: Administração Regional de Saúde do Norte. Cargo: Vice-presidente do Conselho Diretivo

CARTA DE MISSÃO. Ministério da Saúde. Serviço/Organismo: Administração Regional de Saúde do Norte. Cargo: Vice-presidente do Conselho Diretivo CARTA DE MISSÃO Ministério da Saúde Serviço/Organismo: Administração Regional de Saúde do Norte Cargo: Vice-presidente do Conselho Diretivo Período da Comissão de Serviço: 2016-2020 1. Missão do Organismo

Leia mais

As visões de Negócio. Analista de Negócio 3.0. Segundo Módulo: Parte 2

As visões de Negócio. Analista de Negócio 3.0. Segundo Módulo: Parte 2 Segundo Módulo: Parte 2 As visões de Negócio 1 Quais são visões de Negócio? Para conhecer o negócio o Analista de precisa ter: - Visão da Estratégia - Visão de Processos (Operação) - Visão de Valor da

Leia mais

Prêmio Nacional de Inovação. Caderno de Avaliação. Categoria. Inovação MPE. Projeto: Inovação no Modelo de Negócio

Prêmio Nacional de Inovação. Caderno de Avaliação. Categoria. Inovação MPE. Projeto: Inovação no Modelo de Negócio Prêmio Nacional de Inovação 2013 Caderno de Avaliação Categoria Inovação MPE Projeto: Inovação no Modelo de Negócio Propósito: Esta dimensão avalia o direcionamento e a orientação da proposta de valor

Leia mais

PMO VALUE RING. Americo Pinto. Diretor de Pesquisa PMO TOOLS Technologies

PMO VALUE RING. Americo Pinto. Diretor de Pesquisa PMO TOOLS Technologies PMO VALUE RING Americo Pinto Diretor de Pesquisa PMO TOOLS Technologies O QUE É O PMO VALUE RING? O PMO VALUE RING é uma metodologia para criar ou reestruturar PMOs. Ela foi criada em conjunto com profissionais

Leia mais

Processos de Gerenciamento de Projetos. Parte 02. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301. Docente: Petrônio Noronha de Souza

Processos de Gerenciamento de Projetos. Parte 02. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301. Docente: Petrônio Noronha de Souza Processos de Gerenciamento de Projetos Parte 02 CSE-301 / 2009 / Parte 02 Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301 Docente: Petrônio Noronha de Souza Curso: Engenharia e Tecnologia Espaciais Concentração:

Leia mais

Tipos de Indicadores. Conceito. O que medir... 25/08/2016

Tipos de Indicadores. Conceito. O que medir... 25/08/2016 Tipos de Indicadores 1 Conceito Características mensuráveis de processos, produtos ou serviços, utilizadas pela organização para acompanhar, avaliar e melhorar o seu desempenho ; OS INDICADORES NECESSITAM

Leia mais

Soluções para Estruturação de Plano de Cargos

Soluções para Estruturação de Plano de Cargos Towers Watson Soluções para Estruturação de Plano de Cargos Global Grading System (GGS) e Mapas de Carreira A abordagem para estruturação de plano de cargos da Towers Watson ajuda as organizações a gerenciar

Leia mais

Soluções para a Educação Básica

Soluções para a Educação Básica Soluções para a Educação Básica Jornadas de aprendizagem personalizadas Acreditamos que o progresso está nas mãos das pessoas. Oferecemos as ferramentas para que uma nova geração de talentos possa aproveitar

Leia mais

Sem fronteiras para o conhecimento. MS Project para Gerenciamento de Projetos

Sem fronteiras para o conhecimento. MS Project para Gerenciamento de Projetos 1 Sem fronteiras para o conhecimento MS Project para Gerenciamento de Projetos 2 MS Project para Gerenciamento de Projetos Em projetos, planejamento e gerenciamento são as palavras chaves para o sucesso.

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL - PRSA

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL - PRSA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL - PRSA A presente política foi elaborada pela PLANNER e é documento complementar ao procedimento interno, sendo proibida sua reprodução total ou parcial, de

Leia mais

Planejamento Estratégico Aula 1

Planejamento Estratégico Aula 1 ORGANIZAÇÃO Estratégico Aula 1 Prof. Dr. James Luiz Venturi Administração UNIFEBE 2008/II MODERNA TEORIA DAS ORGANIZAÇÕES Organização éum Sistema Aberto ORGANIZAÇÃO MEIO AMBIENTE 2 ORGANIZAÇÃO Conceito

Leia mais

Liderança e Gestão em ambientes de incerteza

Liderança e Gestão em ambientes de incerteza Liderança e Gestão em ambientes de incerteza As pessoas não gostam de sair da sua zona de conforto e por isso elas resistem e impedem que as mudanças aconteçam. As novas perspectivas para o mercado e para

Leia mais

GLOSSÁRIO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

GLOSSÁRIO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO GLOSSÁRIO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO AÇÕES ESTRATÉGICAS Ações que objetivam, basicamente, o aproveitamento das oportunidades, e potencialidades, bem como a minimização do impacto das ameaças e fragilidades.

Leia mais

TS04. Teste de Software PLANOS DE TESTE. COTI Informática Escola de Nerds

TS04. Teste de Software PLANOS DE TESTE. COTI Informática Escola de Nerds TS04 Teste de Software PLANOS DE TESTE COTI Informática Escola de Nerds 1. PLANOS DE TESTE. Tipos de Testes de Software Teste Funcional Uma especificação funcional é uma descrição do comportamento esperado

Leia mais

QUALIDADE DE SOFTWARE

QUALIDADE DE SOFTWARE QUALIDADE DE SOFTWARE SSC-546 Avaliação de Sistemas Computacionais Profa. Rosana Braga (material profas Rosely Sanches e Ellen F. Barbosa) Agenda Visão Geral de Qualidade Qualidade Aplicada ao Software

Leia mais

Crescer. INVESTRAN Transforme dados em inteligência com as soluções de Private Equity da SunGard

Crescer. INVESTRAN Transforme dados em inteligência com as soluções de Private Equity da SunGard Crescer. INVESTRAN Transforme dados em inteligência com as soluções de Private Equity da SunGard 02 Transforme dados em inteligência com as soluções de Private Equity da SunGard Transforme dados em inteligência

Leia mais

Enterprise Risk Management (ERM) Gestão de Riscos Corporativos Pesquisa sobre o estágio atual em empresas brasileiras

Enterprise Risk Management (ERM) Gestão de Riscos Corporativos Pesquisa sobre o estágio atual em empresas brasileiras KPMG Risk & Compliance Enterprise Risk Management (ERM) Gestão de Riscos Corporativos Pesquisa sobre o estágio atual em empresas brasileiras Conteúdo 1. Contexto geral 6. Estrutura e funcionamento do Conselho

Leia mais

INOVAÇÃO COMPETITIVIDADE SUSTENTÁVEL EMPREENDEDORISMO DE SUCESSO

INOVAÇÃO COMPETITIVIDADE SUSTENTÁVEL EMPREENDEDORISMO DE SUCESSO EMPREENDER PARA TRANSFORMAR INOVAR PARA COMPETIR Apresentação Nome: JOSÉ CARLOS CAVALCANTE Formação: Administrador de Empresas e Contador Pós-Graduação: Administração Financeira e Controladoria Cursos

Leia mais

Conjunto de elementos interdependentes, ou um todo organizado, ou partes que interagem, formando um todo unitário e complexo

Conjunto de elementos interdependentes, ou um todo organizado, ou partes que interagem, formando um todo unitário e complexo Sistemas de Informações Gerenciais A Empresa e os Sistemas de Informação Conceito de Sistemas Conjunto de elementos interdependentes, ou um todo organizado, ou partes que interagem, formando um todo unitário

Leia mais

Questionário de Pesquisa. Prezado Participante,

Questionário de Pesquisa. Prezado Participante, Questionário de Pesquisa Prezado Participante, Meu nome é Renata Moreira, sou aluna de doutorado do Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco e consultora da SWQuality. Gostaria da sua

Leia mais

Nove áreas temáticas do programa

Nove áreas temáticas do programa Nove áreas temáticas do programa Com base no Plano de Ação FLEGT da União Europeia, a gerência do programa estabeleceu nove áreas temáticas apoiadas pelo programa. Sob cada tema, há uma lista indicativa

Leia mais

GUIA. Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria

GUIA. Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria GUIA Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria INTRODUÇÃO A área de tecnologia das organizações vem tendo um aumento de visibilidade significativa nos últimos anos. A TI tem

Leia mais

Universidade Veiga de Almeida. Estratégia Empresarial. Análise SWOT

Universidade Veiga de Almeida. Estratégia Empresarial. Análise SWOT Universidade Veiga de Almeida Estratégia Empresarial Análise SWOT Antonio Damique Teixeira Matr 021273014 1.0 - Análise SWOT Por que usamos a análise SWOT, nas organizações e empresas. Porque a análise

Leia mais

Sistemas de Informação e Decisão. Douglas Farias Cordeiro

Sistemas de Informação e Decisão. Douglas Farias Cordeiro Sistemas de Informação e Decisão Douglas Farias Cordeiro Decisão Tomamos decisões a todo momento! O que é uma decisão? Uma decisão consiste na escolha de um modo de agir, entre diversas alternativas possíveis,

Leia mais

7 CONGRESSO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA. Eduarda La Rocque O Papel do Conselho na Gestão de Riscos

7 CONGRESSO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA. Eduarda La Rocque O Papel do Conselho na Gestão de Riscos 7 CONGRESSO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA Eduarda La Rocque O Papel do Conselho na Gestão de Riscos 1 Introdução Sub-Comitê de Gestão de Riscos (nov 2004) Motivação: O fortalecimento do Conselho

Leia mais

CRIATIVIDADE Relatório de Consultoria

CRIATIVIDADE Relatório de Consultoria ELBI ELÉTRICA LTDA Betim/MG Proposta_ELBI-Betim-7_2015_((Criatividade))_rev.B Este relatório contem um resumo das atividades desenvolvidas na ELBI Betim/MG desde o início das atividades de consultoria

Leia mais

TESTES DE SOFTWARE Unidade 1 Importância do Teste de Software. Luiz Leão

TESTES DE SOFTWARE Unidade 1 Importância do Teste de Software. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Conteúdo Programático 1.1 - O teste nas fases de vida e de desenvolvimento de um software. 1.2 - O teste na engenharia de sistemas e na engenharia de

Leia mais

Código de Conduta e Ética Empresarial. Grupo Visium Build

Código de Conduta e Ética Empresarial. Grupo Visium Build Código de Conduta e Ética Empresarial Grupo Visium Build 1 Índice 2 Âmbito 3 Missão e Visão 4 Valores 4 Compromisso com as partes interessadas 5 Cumprimento deste Código 9 2 ÂMBITO Este Código de Conduta

Leia mais

BIG DATA Business Analytics Alexandre Massei

BIG DATA Business Analytics Alexandre Massei Filme BIG DATA Business Analytics Alexandre Massei almassei@gmail.com » A quantidade de informação gerada hoje pelos sistemas de informação dobra a cada 14 meses!» 90% dos dados no mundo hoje foram criados

Leia mais

Gestão de Processos. Tópico 4. Ferramentas de Qualidade: PDCA

Gestão de Processos. Tópico 4. Ferramentas de Qualidade: PDCA Gestão de Processos Tópico 4 Ferramentas de Qualidade: PDCA Sumário 1. O que é o Ciclo PDCA... 3 2. Importância do Ciclo PDCA... 3 3. Etapas do Ciclo PDCA... 3 3.1 Planejar (PLAN)... 3 3.1.1 Qual é o problema/processo

Leia mais

Armazenagem Responsável Sistema de Gestão Outubro 2016 rev. 00

Armazenagem Responsável Sistema de Gestão Outubro 2016 rev. 00 Armazenagem Responsável Sistema de Gestão Outubro 2016 rev. 00 Brasil: uma vocação natural para a indústria química País rico em petróleo, gás, biodiversidade, minerais e terras raras Objetivo Desenvolver

Leia mais

Folheto Benefícios da jornada rumo à nuvem

Folheto Benefícios da jornada rumo à nuvem Folheto Benefícios da jornada rumo à nuvem Workshop HPE Transform to Cloud Folheto Página 2 Experimente a jornada de transformação da nuvem rumo ao fornecimento híbrido... rapidamente. A computação em

Leia mais

Normas ISO:

Normas ISO: Universidade Católica de Pelotas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina de Qualidade de Software Normas ISO: 12207 15504 Prof. Luthiano Venecian 1 ISO 12207 Conceito Processos Fundamentais

Leia mais

O site da minha empresa precisa ser atualizado?

O site da minha empresa precisa ser atualizado? O site da minha empresa precisa ser atualizado? Já sabemos a alguns anos que a presença digital é realidade e que vem crescendo cada vez mais. Neste cenário estar bem posicionado na web é obrigação das

Leia mais

MBA em Gerenciamento de Projetos. Teoria Geral do Planejamento. Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula

MBA em Gerenciamento de Projetos. Teoria Geral do Planejamento. Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula MBA em Gerenciamento de Projetos Teoria Geral do Planejamento Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula SOBRAL - CE 2014 O que é Planejamento É um processo contínuo e dinâmico que consiste em um

Leia mais

Utilizando a mobilidade para promover a produtividade e fornecer uma experiência de gerenciamento de serviços de TI superior

Utilizando a mobilidade para promover a produtividade e fornecer uma experiência de gerenciamento de serviços de TI superior Utilizando a mobilidade para promover a produtividade e fornecer uma experiência de gerenciamento de serviços de superior Tendências emergentes criam novas expectativas de negócios e do consumidor Não

Leia mais

Ferramentas de Marketing

Ferramentas de Marketing Pesquisa de Mercado, Treinamento de Vendas, Consultoria em Marketing SMGShare Marketing Group Ferramentas de Marketing O SMG presta consultoria para a adoção de Ferramentas de Marketing, auxiliando na

Leia mais

O que é planejamento estratégico?

O que é planejamento estratégico? O que é planejamento estratégico? Um dos fatores de sucesso das empresas é possuir um bom planejamento. Mas o que é planejamento? Nós planejamos diariamente, planejamos nossas atividades, nossas finanças,

Leia mais

TEMA ESTRATÉGICO: GESTÃO UNIVERSITÁRIA TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

TEMA ESTRATÉGICO: GESTÃO UNIVERSITÁRIA TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TEMA ESTRATÉGICO: GESTÃO UNIVERSITÁRIA TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Objetivo 1: Aprimorar a adoção de soluções de TI nas atividades de ensino, pesquisa, extensão e gestão, auxiliando na consecução

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são palestras

Leia mais

Núcleo de Apoio ao Planejamento e Gestão da Inovação. Junho de 2006

Núcleo de Apoio ao Planejamento e Gestão da Inovação. Junho de 2006 Núcleo de Apoio ao Planejamento e Gestão da Inovação Junho de 2006 NUGIN: Núcleo de Gestão da Inovação Missão Promover a geração de ambientes inovadores, fomentando e apoiando as empresas na gestão da

Leia mais

VIX LOGÍSTICA S/A COMITÊ DE GOVERNANÇA CORPORATIVA E GESTÃO DE PESSOAS

VIX LOGÍSTICA S/A COMITÊ DE GOVERNANÇA CORPORATIVA E GESTÃO DE PESSOAS VIX LOGÍSTICA S/A COMITÊ DE GOVERNANÇA CORPORATIVA E GESTÃO DE PESSOAS 1. Objetivo O Comitê de Governança Corporativa e Gestão de Pessoas é um órgão acessório ao Conselho de Administração (CAD) da VIX

Leia mais

Unidade: Planejamento de Marketing. Unidade I:

Unidade: Planejamento de Marketing. Unidade I: Unidade: Planejamento de Marketing Unidade I: 0 Unidade: Planejamento de Marketing Planejar é definir procedimentos de atuação com o objetivo de atingir determinada situação. No caso de um planejamento

Leia mais

Ferramenta SG IDI para o STV

Ferramenta SG IDI para o STV para o STV 31 de maio de 2012 Assunção Mesquita amesquita@citeve.pt para o STV SG IDI o que são? Sua importância no STV Estrutura da ferramenta SG IDI o que são? para o STV Estruturas empresariais alinhadas

Leia mais

Atividade: Plano de Inicialização de Negócios

Atividade: Plano de Inicialização de Negócios Atividade: Plano de Inicialização de Negócios Etapa 1 Criação e Configuração Criação do Projeto Crie um novo projeto chamado Inicialização de Negócios. Configuração do Projeto Clique na guia Projeto >

Leia mais

Conceito: estratégia de produção. Gestão da Produção Aula 3. Conceito: estratégia de produção. Conceito: estratégia de produção 03/04/2014

Conceito: estratégia de produção. Gestão da Produção Aula 3. Conceito: estratégia de produção. Conceito: estratégia de produção 03/04/2014 Gestão da Produção Aula 3 Estratégia de Produção: Origens e Novas Orientações Uma estratégia de produção é formada a partir de um conjunto de metas, políticas e restrições auto impostas, que descrevem

Leia mais

Governança aplicada à Gestão de Pessoas

Governança aplicada à Gestão de Pessoas Governança de pessoal: aperfeiçoando o desempenho da administração pública Governança aplicada à Gestão de Pessoas Ministro substituto Marcos Bemquerer Brasília DF, 15 de maio de 2013 TCU Diálogo Público

Leia mais

Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Cronograma das Aulas. Hoje você está na aula Semana

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO CONSULTOR NACIONAL OPAS/OMS

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO CONSULTOR NACIONAL OPAS/OMS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO CONSULTOR NACIONAL OPAS/OMS 1. Objetivo geral: Assessorar tecnicamente a gestão e a implementação das atividades relacionadas com as iniciativas governamentais para

Leia mais

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos ISO 9001:2008 GESTÃO DE QUALIDADE O que é ISO? ISO = palavra grega que significa Igualdade O Comitê - ISO A Organização Internacional de Normalização (ISO) tem sede em Genebra na Suíça, com o propósito

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CST EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Missão A missão do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da Universidade Estácio de Sá consiste em formar profissionais

Leia mais

Elementos Fundamentais para a Melhoria da Qualidade de Software nas Organizações de TI

Elementos Fundamentais para a Melhoria da Qualidade de Software nas Organizações de TI Elementos Fundamentais para a Melhoria da Qualidade de Software nas Organizações de TI Ana Cervigni Guerra Eduardo Paulo de Souza Projeto Reconhecido na Categoria Serviços Tecnológicos Brasília, 31 de

Leia mais

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS SSD

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS SSD COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS SSD DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS APRENDIZ SABER Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando assistência

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO POR COMPETÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO POR COMPETÊNCIAS Atualizado em 22/10/2015 GESTÃO POR COMPETÊNCIAS As competências não são estáticas, tendo em vista a necessidade de adquirir agregar novas competências individuais

Leia mais

1 Introdução. 1.1 Definição do Problema

1 Introdução. 1.1 Definição do Problema 1 Introdução 1.1 Definição do Problema Há pouco mais de 20 anos a Motorola apresentou para o mundo o primeiro telefone móvel comercial. Apelidado de tijolo, o DynaTAC 8000x pesava um pouco menos de 1 kilo,

Leia mais

mercado de cartões de crédito, envolvendo um histórico desde o surgimento do produto, os agentes envolvidos e a forma de operação do produto, a

mercado de cartões de crédito, envolvendo um histórico desde o surgimento do produto, os agentes envolvidos e a forma de operação do produto, a 16 1 Introdução Este trabalho visa apresentar o serviço oferecido pelas administradoras de cartões de crédito relacionado ao produto; propor um produto cartão de crédito calcado na definição, classificação

Leia mais

Padrões de Qualidade de Software

Padrões de Qualidade de Software Engenharia de Software I 2015.2 Padrões de Qualidade de Software Engenharia de Software Aula 4 Ricardo Argenton Ramos Agenda da Aula Introdução (Qualidade de Software) Padrões de Qualidade de Software

Leia mais

Marcelo Henrique dos Santos

Marcelo Henrique dos Santos Marcelo Henrique dos Santos Mestrado em Educação (em andamento) MBA em Marketing e Vendas (em andamento) Especialista em games Bacharel em Sistema de Informação Email: marcelosantos@outlook.com TECNOLOGIA

Leia mais

Transformação da força de trabalho

Transformação da força de trabalho Transformação da força de trabalho Transformação da força de trabalho Sara Barbosa Cloud Specialist sara.barbosa@softwareone.com @sarabarbosa Transformação da força de trabalho Enterprise Social Mobilidade

Leia mais

Prioridades da Agenda de Marco Institucional da MEI

Prioridades da Agenda de Marco Institucional da MEI 2ª REUNIÃO DO COMITÊ DE LÍDERES DA MEI DE 2016 Prioridades da Agenda de Marco Institucional da MEI Gilberto Peralta GE 13 de maio de 2016 MARCO INSTITUCIONAL Emenda Constitucional nº 85 Inserção da inovação

Leia mais

Introdução a Sistemas de Informação

Introdução a Sistemas de Informação Introdução a Sistemas de Informação Orivaldo Santana Jr A partir de slides elaborados por Ivan G. Costa Filho, Fernando Fonseca & Ana Carolina Salgado Graduação 1 Introdução Sistema de Informação (SI)

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO PEIXE PILOTO PARA CLUBES DE INVESTIMENTOS 2009-2011. Vitória, 26 de agosto de 2009.

POLÍTICA DE INVESTIMENTO PEIXE PILOTO PARA CLUBES DE INVESTIMENTOS 2009-2011. Vitória, 26 de agosto de 2009. POLÍTICA DE INVESTIMENTO PEIXE PILOTO PARA CLUBES DE INVESTIMENTOS 2009-2011 Vitória, 26 de agosto de 2009. ÍNDICE 1. OBJETIVO.... 3 2. ORIENTAÇÃO DA GESTÃO DOS INVESTIMENTOS E PRÁTICAS DE GOVERNANÇA....

Leia mais

Uma abordagem de gerência de configuração em ambiente de TI com as melhores práticas em I.T.I.L

Uma abordagem de gerência de configuração em ambiente de TI com as melhores práticas em I.T.I.L Uma abordagem de gerência de configuração em ambiente de TI com as melhores práticas em I.T.I.L MARCELO CLÁUDIO DANTAS SALLES RIBEIRO JUNIOR MARIA DE JESUS RODRIGUES DA SILVA OBJETIVO Avaliar processos

Leia mais

CONTROLADORIA AULA 7: MODELO E PROCESSO DE GESTÃO

CONTROLADORIA AULA 7: MODELO E PROCESSO DE GESTÃO 1 CONTROLADORIA AULA 7: MODELO E PROCESSO DE GESTÃO Aspecto Geral da Empresa: Missão/Visão e Valores Modelo de Gestão Processo de Gestão Processo de Tomada de Decisão 2 Aspecto Geral da Empresa: Missão,

Leia mais

GRC e Continuidade de Negócios. Claudio Basso

GRC e Continuidade de Negócios. Claudio Basso GRC e Continuidade de Negócios Claudio Basso claudio.basso@sionpc.com.br Governança um atributo de administração dos negócios que procura criar um nível adequado de transparência através da definição clara

Leia mais

Copyright 2012 Innoscience. Artigo publicado no Blog de Inovação 3M, em 18 de junho de 2012

Copyright 2012 Innoscience. Artigo publicado no Blog de Inovação 3M, em 18 de junho de 2012 Artigo Os primeiros 90 dias do CEO Inovador Parte II Por Maximiliano Carlomagno 1 Copyright 2012 Innoscience Artigo publicado no Blog de Inovação 3M, em 18 de junho de 2012 2 Os Primeiros 90 dias do CEO

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DA BIBLIOTECA PROFESSOR ALYSSON DAROWISH. Diana Palhano Ludmila Ventilari

CERTIFICAÇÃO DA BIBLIOTECA PROFESSOR ALYSSON DAROWISH. Diana Palhano Ludmila Ventilari CERTIFICAÇÃO DA BIBLIOTECA PROFESSOR ALYSSON DAROWISH MITRAUD Diana Palhano Ludmila Ventilari O que é Qualidade? Conceito de gestão: Conforme Deming: é a satisfação do cliente e melhoria contínua O que

Leia mais