Programação de Cursos. Outubro / 2016

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programação de Cursos. Outubro / 2016"

Transcrição

1 Programação de Cursos Outubro / 2016 Solicitante Plano de Ação Data Início Data Final FABRICAÇÃO E CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS (COMPOTAS, GELEIAS E DOCES PASTOSOS) 18/10/ /10/2016 TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 24/10/ /10/2016 DEFUMADOR DE CARNE (SUÍNO, OVINO, CAPRINO, BOVINO E AVES), TRABALHADORES NA FABRICAÇÃO DE VEGETAIS E CONSERVAS FABRICAÇÃO E CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS (COMPOTAS, GELEIAS E DOCES PASTOSOS) 17/10/ /10/2016 FABRICAÇÃO DE IOGURTE E DOCES DE LEITE FABRICAÇÃO DE IOGURTE E DOCES DE LEITE 18/10/ /10/2016 TRABALHADOR NA FABRICAÇÃO DE POLPAS DE FRUTAS ADESTRADOR DE ANIMAIS (DOMA RACIONAL DE EQUINOS) 17/10/ /10/2016 ADESTRADOR DE ANIMAIS (DOMA RACIONAL DE EQUINOS) 24/10/ /10/2016 SR DE BARRA DO ROCHA OPERAÇÃO DE GPS (BÁSICO) AGROTÓXICO (AUTOPROPELIDO) AGROTÓXICO ( AUTOPROPELIDO) 13/10/ /10/2016 TRATORISTA AGRÍCOLA (ATUALIZAÇÃO) 05/10/ /10/2016 TRATORISTA AGRÍCOLA (ATUALIZAÇÃO) INSEMINADOR DE BOVINOS 17/10/ /10/2016 TRATORISTA AGRÍCOLA (ATUALIZAÇÃO) TRATORISTA AGRÍCOLA (ATUALIZAÇÃO) SR DE BUERAREMA OPERAÇÃO DE GPS (RASTREABILIDADE E MANEJO AGROPECUÁRIO) 25/10/ /10/2016 SR DE BUERAREMA TRABALHADOR NO CULTIVO DA MANDIOCA 18/10/ /10/2016 SR DE CAIRÚ TRABALHADOR NA APICULTURA (BÁSICA) 10/10/ /10/2016 SR DE CAIRÚ TRATORISTA AGRÍCOLA (ATUALIZAÇÃO) 31/10/ /11/2016 SR DE CAIRÚ TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 17/10/ /10/2016 SR DE CAMACAN TRABALHADOR NA CULTURA DE CACAU (PODA) 13/10/ /10/2016

2 SR DE CAMACAN SR DE CAMACAN AGRICULTURA (COMPOSTAGEM ORGÂNICA) 18/10/ /10/2016 SR DE CAMAMÚ OPERADOR DE ROÇADEIRA 20/10/ /10/2016 SR DE CAMAMÚ TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 17/10/ /10/2016 SR DE CAMAMÚ : TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) 18/10/ /10/2016 SR DE CAMAMÚ TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) SR DE CIPÓ SR DE CIPÓ SR DE CIPÓ TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 24/10/ /10/2016 SR DE CIPÓ TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 03/10/ /10/2016 SR DE CIPÓ TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 17/10/ /10/2016 SR DE CIPÓ FABRICAÇÃO E CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS (COMPOTAS, GELEIAS E DOCES PASTOSOS) TRABALHADOR NA FABRICAÇÃO DE FRUTAS CRISTALIZADAS (BANANA) 14/10/ /10/2016 SR DE EUNÁPOLIS ADESTRADOR DE ANIMAIS (DOMA RACIONAL DE EQUINOS) 03/10/ /10/2016 SR DE EUNÁPOLIS TRABALHADOR DA PECUÁRIA - EQUINOS (CASQUEAMENTO E FERRAGEAMENTO) 18/10/ /10/2016 TRABALHADOR NA CULTURA DE CACAU (GRAVIOLA) (BANANA) TRABALHADOR NO CULTIVO DE ESPÉCIES FRUTÍFERAS RASTEIRAS (ABACAXI) (BANANA) 27/10/ /10/2016 TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 03/10/ /10/2016 SR DE GUANAMBI AGENTES E AUXILIARES ADMINISTRATIVOS (PROPRIEDADE EM REGIME DE ECONOMIA FAMILIAR) 20/10/ /10/2016 SR DE GUANAMBI MANEJO DE PASTAGEM SR DE GUANAMB SR DE GUANAMBI TRABALHADOR NA APICULTURA (PRODUÇÃO DE ABELHA RAINHA) TRABALHADOR NA APICULTURA (PRODUÇÃO DE ABELHA RAINHA) 20/10/ /10/2016 SR DE GUARATINGA MANEJO DE PASTAGEM SR DE GUARATINGA TRABALHADOR NA CULTURA DE CACAU SR DE GUARATINGA TRABALHADOR NA CULTURA DE CACAU (ENXERTIA) 06/10/ /10/2016 SR DE GUARATINGA SR DE GUARATINGA

3 SR DE IBICARAÍ AÇÕES EMERGENCIAIS PARA MINIMIZAR OS IMPACTOS DA SECA 17/10/ /10/2016 TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 17/10/ /10/2016 AGRICULTURA (COMPOSTAGEM ORGÂNICA) AGRICULTURA (COMPOSTAGEM ORGÂNICA) 31/10/ /11/2016 SR DE IBIRAPITANGA REGULARIZAÇÃO AMBIENTAL - CEFIR SR DE IPIRÁ TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) 05/10/ /10/2016 SR DE IPIRÁ TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) SR DE IPIRÁ TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) SR DE IRECÊ AGRICULTURA (COMPOSTAGEM ORGÂNICA) SR DE IRECÊ TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 24/10/ /10/2016 SR DE IRECÊ TRABALHADOR DA CAPRINOCULTURA 17/10/ /10/2016 SR DE ITABERABA PRODUÇÃO DE MUDAS E SEMENTES (MUDAS FLORESTAIS) 21/10/ /10/2016 SR DE ITABERABA TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) 25/10/ /10/2016 SR DE ITABERABA TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) 18/10/ /10/2016 SR DE ITABERABA TRABALHADOR NO CULTIVO DE ÁRVORES FRUTÍFERAS SR DE ITAGIBÁ 05/10/ /10/2016 SR DE ITAGIBÁ TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 24/10/ /10/2016 SR DE ITAGIBÁ SR DE ITAJUÍPE TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 03/10/ /10/2016 SR DE ITAMARAJU CRIADOR DE PEIXE 05/10/ /10/2016 SR DE ITAMARAJU SR DE ITAMARAJU SR DE ITAMARAJU ADESTRADOR DE ANIMAIS (DOMA RACIONAL DE EQUINOS) 24/10/ /10/2016 SR DE ITAMARAJU INSEMINADOR DE BOVINOS 17/10/ /10/2016 SR DE ITAPETINGA TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) 18/10/ /10/2016 SR DE ITAPETINGA ADESTRADOR DE ANIMAIS (DOMA RACIONAL DE EQUINOS) 31/10/ /11/2016 SR DE ITAPETINGA TRABALHADOR DA PECUÁRIA (MANEJO DE EQUÍDEOS) SR DE ITAPETINGA SR DE ITAPETINGA OPERAÇÃO DE GPS (RASTREABILIDADE E MANEJO AGROPECUÁRIO) OPERAÇÃO DE GPS (RASTREABILIDADE E MANEJO AGROPECUÁRIO) 27/10/ /10/2016 SR DE ITAPETINGA TRABALHADOR NA OVINOCULTURA SR DE ITORORÓ TRABALHADORES NA PECUÁRIA - BOVINOCULTURA (PRODUÇÃO DE FORRAGEIRAS E FENAÇÃO)

4 SR DE ITORORÓ SR DE ITUBERÁ TRABALHADORES NA PECUÁRIA - BOVINOCULTURA (PRODUÇÃO DE FORRAGEIRAS E FENAÇÃO) SR DE ITUBERÁ CRIADOR DE PEIXE SR DE ITUBERÁ TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 24/10/ /10/2016 SR DE ITUBERÁ TRABALHADOR NA CULTURA DE CACAU (PODA) 18/10/ /10/2016 SR DE JEQUIÉ TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 24/10/ /10/2016 SR DE JEQUIÉ OPERADOR DE MOTOSSERRA SR DE JEQUIÉ OPERADOR DE ROÇADEIRA 20/10/ /10/2016 SR DE JUAZEIRO SR DE JUAZEIRO TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 17/10/ /10/2016 SR DE JUAZEIRO TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 31/10/ /11/2016 AGROTÓXICO (AUTOPROPELIDO) 07/10/ /10/2016 TRATORISTA AGRÍCOLA (APERFEIÇOAMENTO) 05/10/ /10/2016 SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NR 12 05/10/ /10/ /10/ /10/2016 COZINHADOR (COZINHA AGRÍCOLA - BÁSICO) 17/10/ /10/2016 COZINHADOR (COZINHA AGRÍCOLA - BÁSICO) 24/10/ /10/2016 OPERADOR DE MOTOSSERRA 20/10/ /10/2016 TRATORISTA AGRÍCOLA (APERFEIÇOAMENTO) 17/10/ /10/2016 TRATORISTA AGRÍCOLA (APERFEIÇOAMENTO) 17/10/ /10/2016 SR DE MEDEIROS NETO ADESTRADOR DE ANIMAIS (DOMA RACIONAL DE EQUINOS) 17/10/ /10/2016

5 SR DE MEDEIROS NETO TRABALHADOR DA PECUÁRIA - EQUINOS (CASQUEAMENTO E FERRAGEAMENTO) SR DE MEDEIROS NETO INFORMÁTICA BÁSICA 07/10/ /10/2016 SR DE MEDEIROS NETO INFORMÁTICA BÁSICA 13/10/ /10/2016 SR DE MEDEIROS NETO SR DE MEDEIROS NETO PRODUÇÃO DE MUDAS E SEMENTES (MUDAS FLORESTAIS) TRABALHADOR NA PRODUÇÃO DE MUDAS E SEMENTES (MUDAS FRUTÍFERAS) SR DE MIGUEL CALMON TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) SR DE MIGUEL CALMON 18/10/ /10/2016 SR DE MIGUEL CALMON AGRICULTURA (COMPOSTAGEM ORGÂNICA) SR DE MIGUEL CALMON TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) 31/10/ /11/2016 SR DE MIGUEL CALMON 21/10/ /10/2016 SR DE MIGUEL CALMON SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO RURAL - NR 31 SR DE NAZARÉ OPERADOR DE MOTOSSERRA SR DE NAZARÉ OPERADOR DE ROÇADEIRA 07/10/ /10/2016 SR DE NAZARÉ ELETRICISTA RURAL SR DE NAZARÉ ELETRICISTA RURAL SR DE NAZARÉ TRABALHADORES NA AVICULTURA BÁSICA (GALINHA CAIPIRA) 13/10/ /10/2016 SR DE NOVA CANAÃ CRIADOR DE PEIXE SR DE POÇÕES ADESTRADOR DE ANIMAIS (DOMA RACIONAL DE BURROS E MULAS) 05/10/ /10/2016 SR DE POÇÕES TRABALHADOR DA PECUÁRIA (MANEJO DE EQUÍDEOS) SR DE PORTO SEGURO SR DE REMANSO TRABALHADOR NA APICULTURA (BÁSICA) 24/10/ /10/2016 SR DE REMANSO TRABALHADOR NA APICULTURA (BÁSICA) 17/10/ /10/2016 SR DE REMANSO TRABALHADOR NA APICULTURA (BÁSICA) 17/10/ /10/2016 SR DE REMANSO TRABALHADOR NA APICULTURA (BÁSICA) 24/10/ /10/2016 SR DE RUY BARBOSA NOÇÕES DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO NR31 SR DE RUY BARBOSA OPERAÇÃO DE GPS (BÁSICO) SR DE RUY BARBOSA TRABALHADOR NO CULTIVO DA PALMA 18/10/ /10/2016 SR DE SANTA LUZIA TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) 05/10/ /10/2016 SR DE SANTA LUZIA TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) SR DE SANTA LUZIA TRATORISTA AGRÍCOLA (ATUALIZAÇÃO) SR DE SANTA LUZIA TRATORISTA AGRÍCOLA (APERFEIÇOAMENTO) 06/10/ /10/2016 SR DE SANTA LUZIA CRIADOR DE PEIXE SR DE SANTO AMARO TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) SR DE SANTO AMARO TRABALHADOR NO CULTIVO DA MANDIOCA SR DE SANTO AMARO 25/10/ /10/2016

6 SR DE SANTO AMARO SR DE SEABRA SR DE SEABRA TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) SR DE SEABRA SR DE SEABRA TRABALHADOR NA PRODUÇÃO DE MUDAS E SEMENTES (MUDAS FRUTÍFERAS) SR DE SERRINHA TRATORISTA AGRÍCOLA (BÁSICO) 03/10/ /10/2016 SR DE TEIXEIRA DE FREITAS SR DE TEIXEIRA DE FREITAS SR DE TEIXEIRA DE FREITAS 05/10/ /10/2016 SR DE TEIXEIRA DE FREITAS ADESTRADOR DE ANIMAIS (DOMA RACIONAL DE EQUINOS) 17/10/ /10/2016 SR DE UBATÃ 25/10/ /10/2016 SR DE UBATÃ CRIADOR DE PEIXE SR DE URUÇUCA TRABALHADOR NA CULTURA DE CACAU (ENXERTIA) 27/10/ /10/2016 SR DE URUÇUCA OPERADOR DE ROÇADEIRA 20/10/ /10/2016 SR DE URUÇUCA OPERADOR DE MOTOSSERRA SR DE VITÓRIA DA CONQUISTA TRABALHADOR NO CULTIVO DA MANDIOCA 18/10/ /10/2016 SR DE VITÓRIA DA CONQUISTA TRABALHADOR NO CULTIVO DA PALMA SR DE VITÓRIA DA CONQUISTA TRABALHADOR NO CULTIVO DA PALMA 18/10/ /10/2016 SR DE VITÓRIA DA CONQUISTA TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA (ORGÂNICO) 05/10/ /10/2016 SR DE VITÓRIA DA CONQUISTA TRABALHADOR NA FABRICAÇÃO DE FARINHA E BEIJU

Programação de Cursos. Agosto / 2016

Programação de Cursos. Agosto / 2016 Programação de Cursos Agosto / 2016 Solicitante Plano de Ação Data Início Data Final FABRICAÇÃO DE IOGURTE E DOCES DE LEITE FABRICAÇÃO E CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS (COMPOTAS, GELEIAS E DOCES PASTOSOS) TRABALHADORES

Leia mais

370 Administração de Empresa Rural - PROGRAMA GERALEITE. 123 Administração de Propriedade em Regime de Economia Familiar

370 Administração de Empresa Rural - PROGRAMA GERALEITE. 123 Administração de Propriedade em Regime de Economia Familiar 1 de 5 121 Administração de Empresa Rural 360 Administração de Empresa Rural - PROGRAMA CAPRICORTE 369 Administração de Empresa Rural - PROGRAMA CABRAUNE 370 Administração de Empresa Rural - PROGRAMA GERALEITE

Leia mais

CURSO MUNICÍPIO PERÍODO

CURSO MUNICÍPIO PERÍODO Trabalhador da Pecuária (bovinos corte) Alenquer 07.11 a 11.11.2016 Trabalhador na Avicultura Básica Aveiro 14.11 a 18.11.2016 Trabalhador na Bovinocultura de corte Aveiro 21.11 a 25.11.2016 Trabalhador

Leia mais

CURSO MUNICÍPIO PERÍODO PRODUÇÃO DE MUDAS (VIVEIRISTAS) ACARÁ a TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA ACARÁ a

CURSO MUNICÍPIO PERÍODO PRODUÇÃO DE MUDAS (VIVEIRISTAS) ACARÁ a TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA ACARÁ a PRODUÇÃO DE MUDAS (VIVEIRISTAS) ACARÁ 03.10 a 07.10.2016 TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA ACARÁ 03.10 a 07.10.2016 TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA ACARÁ 03.10 a 07.10.2016 PRODUÇÃO DE MUDAS (VIVEIRISTAS)

Leia mais

CURSO MUNICÍPIO PERÍODO

CURSO MUNICÍPIO PERÍODO Núcleo: Bragantino Trabalhador na Piscicultura Básica Cachoeira do Piriá 09 à 13/05/2016 Planejamento de cardápios com aproveitamento de alimentos seguros Cachoeira do Piriá 09 à 13/05/2016 Costureira

Leia mais

TRABALHADOR NA OLERICULTUR ABÁSICA ACARÁ a TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA ACARÁ a

TRABALHADOR NA OLERICULTUR ABÁSICA ACARÁ a TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA ACARÁ a PRODUÇÃO DE MUDAS (VIVEIRISTAS) ACARÁ 03.10 a 07.10.2016 PRODUÇÃO DE MUDAS (VIVEIRISTAS) ACARÁ 10.10 a 14.10.2016 PRODUÇÃO DE MUDAS (VIVEIRISTAS) ACARÁ 17.10 a 21.10.2016 PRODUÇÃO DE MUDAS (VIVEIRISTAS)

Leia mais

CURSO MUNICÍPIO PERÍODO PRODUÇÃO DE MUDAS (VIVEIRISTAS) ACARÁ a TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA ACARÁ a

CURSO MUNICÍPIO PERÍODO PRODUÇÃO DE MUDAS (VIVEIRISTAS) ACARÁ a TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA ACARÁ a PRODUÇÃO DE MUDAS (VIVEIRISTAS) ACARÁ 03.10 a 07.10.2016 TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA ACARÁ 03.10 a 07.10.2016 TRABALHADOR NA OLERICULTURA BÁSICA ACARÁ 03.10 a 07.10.2016 Artesanato com Matérias

Leia mais

informe Presidente da FAEB toma posse para mais três anos

informe Presidente da FAEB toma posse para mais três anos É possível ver o esforço empreendido para a realização de parcerias produtivas em benefício de todos www.faeb.org.br www.senarbahia.org.br de A n o SENAR 2009 V III 080200714/2006 - DR/BA CORREIOS informe

Leia mais

CONCORRENCIA CONCILIADOR

CONCORRENCIA CONCILIADOR CONCORRENCIA CONCILIADOR COD FUNçãO COMARCA INSCRITOS VAGAS CONCOR. 501 CONCILIADOR ABARÉ 16 1 16,00/1 502 CONCILIADOR ACAJUTIBA 14 1 14,00/1 503 CONCILIADOR ALAGOINHAS 260 9 28,88/1 504 CONCILIADOR ALCOBAÇA

Leia mais

CONCORRENCIA JUIZ LEIGO

CONCORRENCIA JUIZ LEIGO CONCORRENCIA JUIZ LEIGO COD FUNçãO COMARCA INSCRITOS VAGAS CONCOR. 101 JUÍZ LEIGO ABARÉ 10 1 10,00/1 102 JUÍZ LEIGO ACAJUTIBA 7 1 7,00/1 103 JUÍZ LEIGO ALAGOINHAS 62 3 20,66/1 104 JUÍZ LEIGO ALCOBAÇA 17

Leia mais

Tabela de produtos esquema de rebate 7 (Janeiro 2013) COD PRODUTO CONSIDERAR RELATORIO

Tabela de produtos esquema de rebate 7 (Janeiro 2013) COD PRODUTO CONSIDERAR RELATORIO Tabela de produtos esquema de rebate 7 (Janeiro 2013) COD PRODUTO CONSIDERAR RELATORIO 90001 AVICULTURA INTEGRADA 0.10 1 90002 SUINOCULTURA INTEGRADA 0.10 1 3500 ALHO 0.30 2 11500 CEBOLA 0.30 2 21219 QUEIJOS

Leia mais

INFORME. Leite de cabra é beneficiado em regime de condomínio em Araci. João Martins visita Araci para conhecer projetos. Maio de 2009 Ano VIII Nº40

INFORME. Leite de cabra é beneficiado em regime de condomínio em Araci. João Martins visita Araci para conhecer projetos. Maio de 2009 Ano VIII Nº40 João Martins visita Araci para conhecer projetos www.faeb.org.br www.senar.org.br Impresso Especial 080200714/2006 - dr/ba SENAR Correios INFORME Maio de 2009 Ano VIII Nº40 Leite de cabra é beneficiado

Leia mais

INFORME. Moderpec define plano de ações para 2011 BAHIA. Página 12. Impresso Especial CORREIOS / DR/BA SENAR

INFORME. Moderpec define plano de ações para 2011 BAHIA. Página 12. Impresso Especial CORREIOS / DR/BA SENAR Impresso Especial DEVOLUÇÃO GARANTIDA Página 04 CORREIOS 9912260735/2010 - DR/BA SENAR CORREIOS INFORME Março de A n o 2011 IX N º 58 BAHIA SENAR Bahia inicia mobilização para implantar novo modelo de

Leia mais

Assistência Técnica: A nova força do Senar

Assistência Técnica: A nova força do Senar Out/Nov - 2014 Ano XII Nº 88 Assistência Técnica: A nova força do Senar Em Brasília, representantes do Senar e do Mapa debateram a implementação da Assistência Técnica e Gerencial do Serviço Nacional de

Leia mais

Retificação do subitem 6.2 e dos anexos II e III do Edital Interno e Externo de Extensão nº 008/2013

Retificação do subitem 6.2 e dos anexos II e III do Edital Interno e Externo de Extensão nº 008/2013 Retificação do subitem 6.2 e dos anexos II e III do Edital Interno e Externo de Extensão nº 008/2013 6.2. Os candidatos serão classificados obedecendo à ordem decrescente de pontuação. ANEXO II BAREMA

Leia mais

- PLANEJAMENTO ANUAL DE TRABALHO

- PLANEJAMENTO ANUAL DE TRABALHO Solicitações em ordem de prioridade - PLANEJAMENTO ANUAL DE TRABALHO 2017 Nome do Sindicato: SINDICATO RURAL DE TABAPORÃ Email: sindicatorural@icase.com.br Telefone:66.3557-1087 Endereço: Rua Oscar Kunio

Leia mais

Eleições 2008 FORMULÁRIO 10A MAPA GERAL DE APURAÇÃO PRESIDENTE DO CONFEA

Eleições 2008 FORMULÁRIO 10A MAPA GERAL DE APURAÇÃO PRESIDENTE DO CONFEA DESCRIÇÃO DOS ITENS Urna nº 001 Urna nº 002 Urna nº 003 Urna nº 004 Urna nº 005 Sede Sede Sede Sede Sede 1. Total de eleitores votantes 72 72 91 65 54 354 2. Total de cédulas encontradas na urna comum

Leia mais

Quadro resumo do crédito do Pronaf

Quadro resumo do crédito do Pronaf Pronaf custeio Quadro resumo do crédito do Pronaf 2016-2017 Linha Finalidade/empreendimento Condições Encargos (taxa de juros) Para financiamentos destinados ao cultivo de arroz, feijão, mandioca, feijão

Leia mais

Código Disciplina/Pré Requisito Caráter Créditos. VET02233 ECOLOGIA APLICADA À VETERINÁRIA Obrigatória 2 30

Código Disciplina/Pré Requisito Caráter Créditos. VET02233 ECOLOGIA APLICADA À VETERINÁRIA Obrigatória 2 30 Período Letivo: 2016/2 Curso: MEDICINA VETERINÁRIA Habilitação: MEDICINA VETERINÁRIA Currículo: MEDICINA VETERINÁRIA Créditos Obrigatórios: 293 Créditos Eletivos: 0 Créditos Complementares: 6 Total: 299

Leia mais

HISTÓRICO DE ATUAÇÃO E DEMANDAS TECNOLÓGICAS DO SETOR AGROPECUÁRIO DO DF

HISTÓRICO DE ATUAÇÃO E DEMANDAS TECNOLÓGICAS DO SETOR AGROPECUÁRIO DO DF HISTÓRICO DE ATUAÇÃO E DEMANDAS TECNOLÓGICAS DO SETOR AGROPECUÁRIO DO DF Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal SETEMBRO 2016 O QUE É A EMATER-DF? Empresa Pública, criada em

Leia mais

Mais Crédito para a Produção de Alimentos Saudáveis. 30 Bilhões 2017/ Bilhões 2016/ ,9 Bilhões

Mais Crédito para a Produção de Alimentos Saudáveis. 30 Bilhões 2017/ Bilhões 2016/ ,9 Bilhões Mais Crédito para a Produção de Alimentos Saudáveis 30 Bilhões 2017/2018 30 Bilhões 2016/2017 28,9 Bilhões 2015/2016 FACILIDADES DO CRÉDITO RURAL DA CRESOL OS JUROS FORAM MANTIDOS Para diminuir o custo

Leia mais

Concurso Maiores Árvores da Região Sul da Bahia

Concurso Maiores Árvores da Região Sul da Bahia Concurso Maiores Árvores da Região Sul da Bahia Concurso Maiores Árvores da Região Sul da Bahia Em 2013, o Instituto Cabruca lançou o Programa Árvores da Cabruca. Uma das principais ações do programa é

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ZOOTECNIA. PRÉ-REQUISITO e/ou CO-REQUISITO (CR)

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ZOOTECNIA. PRÉ-REQUISITO e/ou CO-REQUISITO (CR) MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ZOOTECNIA Quadro 1- Matriz curricular do curso de zootecnia DISCIPLINA 1º Período Introdução à Zootecnia Nenhum 24 08 32 NC OB Exercício da Profissão de Zootecnista Nenhum

Leia mais

Grade Curricular do Curso Zootecnia A partir de 2008

Grade Curricular do Curso Zootecnia A partir de 2008 Grade Curricular do Curso Zootecnia A partir de 2008 1º PERÍODO Domésticos I Obrigatória 4 60 Biologia Celular Obrigatória 4 60 Informática Básica Obrigatória 2 30 Introdução à Zootecnia Obrigatória 2

Leia mais

Mairi 1ª Centro-Norte Baiano Itaberaba

Mairi 1ª Centro-Norte Baiano Itaberaba SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA REGIÃO CIRCUNSCRIÇÕES 1ª Centro-Norte Baiano Feira de Santana Amélia Rodrigues 1ª Centro-Norte Baiano Feira de Santana Conceição de Feira 1ª Centro-Norte Baiano Feira de Santana Conceição

Leia mais

2.2 - Estrutura detalhada da CNAE 2.0: Códigos e denominações

2.2 - Estrutura detalhada da CNAE 2.0: Códigos e denominações (continua) A AGRICULTURA, PECUÁRIA, PRODUÇÃO FLORESTAL, PESCA E AQÜICULTURA 01 AGRICULTURA, PECUÁRIA E SERVIÇOS RELACIONADOS 01.1 Produção de lavouras temporárias 01.11-3 Cultivo de cereais 0111-3/01 Cultivo

Leia mais

1ª Fase. Disciplina Crédito C.H Pré-requisitos T P L C D TOTAL ª Fase. Disciplina Crédito C.H Pré-requisitos T P L C D

1ª Fase. Disciplina Crédito C.H Pré-requisitos T P L C D TOTAL ª Fase. Disciplina Crédito C.H Pré-requisitos T P L C D Distribuição das disciplinas da matriz curricular do Curso de Agronomia do Campus Universitário de Alta Floresta por fase (semestre) CURSO DE AGRONOMIA 1ª Fase Citologia 3 0 1 0 0 Ecologia Geral 2 0 1

Leia mais

Código da UF (INEP) Região

Código da UF (INEP) Região Região Código da UF (INEP) UF Código do Município (INEP) Município Código da Escola (ID) Nordeste 29 BA 2928703 Santo Antônio de Jesus 29172640 Nordeste 29 BA 2919207 Lauro de Freitas 29178541 Nordeste

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO CENTRAL

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO CENTRAL SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO CENTRAL PRONATEC do SENAR 2013 Bolsa Formação Trabalhador Portfólio de Cursos FIC Brasília, dezembro 2012 1 Açaicultor Ementa: Explora os açaizais em

Leia mais

Conheça o Senar/MS. Negócio Educação, informação e conhecimento em agronegócio.

Conheça o Senar/MS. Negócio Educação, informação e conhecimento em agronegócio. Conheça o Senar/MS Missão Realizar Educação Profissional e Promoção Social das pessoas do meio rural, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e para o desenvolvimento sustentável do País. Visão

Leia mais

BACIA DO JACUÍPE IPIRÁ ALIMENTOS PANIFICAÇÃO BACIA DO JACUÍPE IPIRÁ BELEZA E ESTETICA CABELEIREIRO E MANICURE

BACIA DO JACUÍPE IPIRÁ ALIMENTOS PANIFICAÇÃO BACIA DO JACUÍPE IPIRÁ BELEZA E ESTETICA CABELEIREIRO E MANICURE OBSERVAÇÃO: Em Salvador, são 780 vagas e as inscrições acontecem nas unidades do SineBahia dos SACs de Pernambués (Rua Thomaz Gonzaga nº 219 - Pernambués) e da Liberdade (Shopping Liberdade - Rua Estrada

Leia mais

AÇÕES DO SENAR. Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Rio de Janeiro Planejamento das Ações/Atividades Relação de Ações Ano 2015

AÇÕES DO SENAR. Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Rio de Janeiro Planejamento das Ações/Atividades Relação de Ações Ano 2015 Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Rio de Janeiro Planejamento das Ações/Atividades Relação de Ações Ano 2015 AÇÕES DO SENAR Nº NOME DA AÇÃO TIPO DA CARGA CBO/FO MÓDULO PROGRAMAÇÃO HORÁRIA 01 Administração

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA PRESIDÊNCIA RESOLUÇÃO N, DE DE DE 2017.

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA PRESIDÊNCIA RESOLUÇÃO N, DE DE DE 2017. RESOLUÇÃO N, DE DE DE 2017. Desativa Comarcas e Varas de Entrância Inicial, observando o disposto na Resolução nº 184/2013, do CNJ. O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, em Sessão Plenária realizada

Leia mais

CALENDÁRIO DE EXPOSIÇÕES AGROPECUÁRIAS

CALENDÁRIO DE EXPOSIÇÕES AGROPECUÁRIAS CALENDÁRIO DE EXPOSIÇÕES AGROPECUÁRIAS 2016 Governador do Estado da Bahia RUI COSTA Vice-Governador do Estado da Bahia JOÃO LEÃO Secretário da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura VITOR

Leia mais

Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba CODEVASF. Investindo no Brasil: Vales do São Francisco e Parnaíba

Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba CODEVASF. Investindo no Brasil: Vales do São Francisco e Parnaíba Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba CODEVASF Investindo no Brasil: Vales do São Francisco e Parnaíba O que é Codevasf? Criada em 1974, a Codevasf é uma empresa pública responsável

Leia mais

RELAÇÃO DE RÁDIOS POR REGIÃO ECONÔMICA

RELAÇÃO DE RÁDIOS POR REGIÃO ECONÔMICA RELAÇÃO DE RÁDIOS POR REGIÃO ECONÔMICA REGIÃO ECONÔMICA CIDADE EMISSORA POSIÇÃO / PROGRAMA REPRESENTANTE VALOR - 60" Baixo Médio São Francisco JUAZEIRO TRANSAMÉRICA FM Indeterminado Sistema Cruzeiro R$

Leia mais

Manual de Orientações para a

Manual de Orientações para a Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Administração Regional de Minas Gerais SENAR AR/MG Manual de Orientações para a Formação Profissional Rural e para a Promoção Social SENAR MINAS Belo Horizonte 2016

Leia mais

Pré-requisito Coreq Disciplina 01 - - CCA024 - BIOLOGIA GERAL - Ativa desde: 01/01/2006. Natureza - Obrigatoria Prática 34 Teórica 34

Pré-requisito Coreq Disciplina 01 - - CCA024 - BIOLOGIA GERAL - Ativa desde: 01/01/2006. Natureza - Obrigatoria Prática 34 Teórica 34 1 de 9 Colegiado: Nível:Graduação Início: 19941 Título: Concluinte: Mínimo: 01 - - CCA024 - BIOLOGIA GERAL - Ativa desde: CCA029 - ZOOLOGIA GERAL - Ativa desde: CCA283 - METODOLOGIA DA PESQUISA - Ativa

Leia mais

Introdução. Neste livro o tema abordado será a economia de Mato Grosso do Sul, o qual, com dedicação dos autores, será explicado.

Introdução. Neste livro o tema abordado será a economia de Mato Grosso do Sul, o qual, com dedicação dos autores, será explicado. Economia- MS Introdução Neste livro o tema abordado será a economia de Mato Grosso do Sul, o qual, com dedicação dos autores, será explicado. Sumário Introdução...01 Quais são as elas?...03 Quais são elas?

Leia mais

PRONATEC do SENAR 2014

PRONATEC do SENAR 2014 PRONATEC do SENAR 2014 Bolsa Formação Trabalhador Portfólio de Cursos FIC - 3ª edição - SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO CENTRAL Brasília, outubro 2013 1. Açaicultor (160 horas) Ementa:

Leia mais

RUI MANGIERI A AGROPECUÁRIA NO MUNDO

RUI MANGIERI A AGROPECUÁRIA NO MUNDO RUI MANGIERI A AGROPECUÁRIA NO MUNDO A agropecuária na América Anglo- Saxônica I- Os norte-americanos são os principais representantes da agropecuária comercial no mundo,com cultivos e criações intensamente

Leia mais

CAMPEONATO INTERMUNICIPAL DE FUTEBOL AMADOR EDIÇÃO

CAMPEONATO INTERMUNICIPAL DE FUTEBOL AMADOR EDIÇÃO CAMPEONATO INTERMUNICIPAL DE FUTEBOL EDIÇÃO 2016 JOGO: 34 GR: 01 REMANSO x MUNDO NOVO DATA: 28/08/16 HORA: 15:00 COMPETIÇÃO: CAMPEONATO INTERMUNICIPAL DE FUTEBOL 2016 CIDADE: REMANSO ESTÁDIO: MUNICIPAL

Leia mais

AGRONOMIA. COORDENADOR Carlos Alberto de Oliveira

AGRONOMIA. COORDENADOR Carlos Alberto de Oliveira AGRONOMIA COORDENADOR Carlos Alberto de Oliveira calberto@ufv.br 42 Currículos dos Cursos UFV Engenheiro Agrônomo ATUAÇÃO Compete ao Engenheiro Agrônomo desempenhar as atividades profissionais previstas

Leia mais

NÚMEROS DA PECUÁRIA PARANAENSE Ano 2017

NÚMEROS DA PECUÁRIA PARANAENSE Ano 2017 GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA E DO ABASTECIMENTO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA RURAL Elaboração: SEAB/DERAL/DCA/PECUÁRIA Data: 04/01/2017 NÚMEROS DA PECUÁRIA PARANAENSE Ano

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA CAMPUS: São Mateus CURSO: Agronomia DEPARTAMENTO RESPONSÁVEL: Ciências Agrárias e Biológicas-DCAB PROFESSOR RESPONSÁVEL: Thasia Martins Macedo CÓDIGO DISCIPLINA OU ESTÁGIO PERIODIZAÇÃO

Leia mais

Tabela de formulários, taxas, croquis e análises para registro de rótulo/produto de origem animal IS 003/06

Tabela de formulários, taxas, croquis e análises para registro de rótulo/produto de origem animal IS 003/06 Iogurte Iogurte Natural Iogurte com Polpa de Iogurte com Pedaços de Iogurte com Suco de Iogurte com Polpa e Suco de Iogurte... Iogurte Natural Parcialmente Iogurte com Polpa de Parcialmente Iogurte com

Leia mais

Como acessar. Crédito Rural. Banco do Brasil. seu

Como acessar. Crédito Rural. Banco do Brasil. seu Como acessar seu Crédito Rural no Banco do Brasil Produtor Familiar Documentos necessários Produtor Familiar Documentação necessária: - Documento de Identidade e CPF; - DAP Declaração de Aptidão ao Pronaf;

Leia mais

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À POBREZA - SEDES SUPERINTENDÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - SAS

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À POBREZA - SEDES SUPERINTENDÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - SAS SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À POBREZA - SEDES SUPERINTENDÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - SAS G O E O R S MUNICÍPIOS R D T T P SERVIÇO DE ATENDIMENTO ESPECIALIZADO A FAMÍLIAS E INDIVÍDUO

Leia mais

1º Período 2017/1. Horários Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado 8:00 8:50 Topografia Aplicada - T Danilo. Clarisse. Clarisse. Química P.

1º Período 2017/1. Horários Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado 8:00 8:50 Topografia Aplicada - T Danilo. Clarisse. Clarisse. Química P. 1º Período 2017/1 Horários Segunda erça Quarta Quinta Sexta Sábado 8:00 8:50 opografia Aplicada - Intro. Zootecnia 8:50 9:40 opografia Aplicada - Intro. Zootecnia 9:50 10:40 opografia Aplicada - P Intro.

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO ALIMENTÍCIA

EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO ALIMENTÍCIA EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO ALIMENTÍCIA Qualificação Profissional, inclusive formação inicial e continuada de trabalhadores Qualificação Profissional Cursos voltados às pessoas que buscam desenvolver competências

Leia mais

AGENDA CURSOS MÊS JUNHO 2012

AGENDA CURSOS MÊS JUNHO 2012 AGENDA CURSOS MÊS JUNHO 2012 CASTRO Cestaria e Trançados - artesanato em palha de milho - boneco (as) Castro Socavão 27/06/2012 28/06/2012 Eletricista - básico em eletricista - CTP Castro CTP - Centro

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Empreendedores Familiares Rurais

Balanço 2016 Perspectivas Empreendedores Familiares Rurais Empreendedores Familiares Rurais 159 160 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 NOVAS CONDIÇÕES PARA O CRÉDITO PODEM AMPLIAR A PRODUÇÃO DOS EMPREEN- DEDORES FAMILIARES RURAIS Mudanças nos limites

Leia mais

Currículo do Curso de Agronomia

Currículo do Curso de Agronomia Currículo do Curso de Agronomia Engenheiro Agrônomo ATUAÇÃO Compete ao Engenheiro Agrônomo desempenhar as atividades profissionais previstas na Resolução nº 218, de 29.6.73, do CONFEA, e atuar nos seguintes

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO CRÉDITO RURAL EM MINAS GERAIS

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO CRÉDITO RURAL EM MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO CRÉDITO RURAL EM MINAS GERAIS Maio/2014 EVOLUÇÃO DO CRÉDITO RURAL DISPONIBILIZADO - BRASIL (R$ BILHÕES)

Leia mais

Produção Animal. Prof. Eduardo Brum Schwengber

Produção Animal. Prof. Eduardo Brum Schwengber Produção Animal Prof. Eduardo Brum Schwengber I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio Carga Horária Teórica: 60 II EMENTA Noções básicas sobre produção de bovinos de corte.

Leia mais

Pré-requisito Coreq Disciplina CCA029 - ZOOLOGIA GERAL - Ativa desde: 01/01/2006. Natureza - Obrigatoria Prática 34 Teórica 34

Pré-requisito Coreq Disciplina CCA029 - ZOOLOGIA GERAL - Ativa desde: 01/01/2006. Natureza - Obrigatoria Prática 34 Teórica 34 1 de 8 Colegiado: Nível:Graduação Início: 20051 Título: 01 - - CCA029 - ZOOLOGIA GERAL - Ativa desde: 01/01/2006 CCA198 - INTRODUCAO A - Ativa desde: 08/08/2007 CCA275 - BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR -

Leia mais

RELATÓRIO DOS GRUPOS PRODUTIVOS POR CIDADE

RELATÓRIO DOS GRUPOS PRODUTIVOS POR CIDADE RELATÓRIO DOS GRUPOS PRODUTIVOS POR CIDADE Município: Bananeiras Associação: Associação dos Piscicultores de Bananeiras, Associação dos Trabalhadores Rurais da Lagoa do Matias e Projeto São José, Associação

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA VETERINÁRIA

CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA VETERINÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA DISCIPLINAS MINISTRADAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA VETERINÁRIA Nutrição Animal Carga Horária: 90 h Créditos: 02.04.00

Leia mais

LISTA DE PROPOSTAS SELECIONADAS PARA A GRADE 2015 DO PROGRAMA DE RÁDIO PROSA RURAL

LISTA DE PROPOSTAS SELECIONADAS PARA A GRADE 2015 DO PROGRAMA DE RÁDIO PROSA RURAL ANEXO 2 LISTA DE PROPOSTAS SELECIONADAS PARA A GRADE 2015 DO PROGRAMA DE RÁDIO PROSA RURAL Região Norte Mês Semana Título principal FEV. 1ª Como lidar com a resistência de bovinos e ovinos aos antiparasitários

Leia mais

INFORME. A seca na Bahia O CONTRASTE DE UMA MESMA REALIDADE

INFORME. A seca na Bahia O CONTRASTE DE UMA MESMA REALIDADE Impresso Especial DEVOLUÇÃO GARANTIDA CORREIOS INFORME Maio de 2012 An o X N º 6 8 9912260735/2010 - DR/BA SENAR CORREIOS SINDICATO DOS PRODUTORES RURAIS BAHIA A seca na Bahia O CONTRASTE DE UMA MESMA

Leia mais

CETAM - Centro de Treinamento de Montenegro

CETAM - Centro de Treinamento de Montenegro CETAM - Centro de Treinamento de Montenegro O Centro de Treinamento de Montenegro - CETAM está localizado no bairro Zootecnia em Montenegro. Em atividade desde 1998, encontra-se instalado em uma área de

Leia mais

CETAM - Centro de Treinamento de Montenegro

CETAM - Centro de Treinamento de Montenegro CETAM - Centro de Treinamento de Montenegro O Centro de Treinamento de Montenegro - CETAM está localizado no bairro Zootecnia em Montenegro. Em atividade desde 1998, encontra-se instalado em uma área de

Leia mais

EMENTÁRIO. Ementa: Limites. Continuidades de Função. Derivadas. Aplicação de derivadas.

EMENTÁRIO. Ementa: Limites. Continuidades de Função. Derivadas. Aplicação de derivadas. EMENTÁRIO 1º SEMESTRE CALCULO I Limites. Continuidades de Função. Derivadas. Aplicação de derivadas. AGROINFORMÁTICA Conceitos básicos da informação. Organização de máquinas, Sistemas operacionais, Ambiente

Leia mais

Prof. Clésio Farrapo

Prof. Clésio Farrapo Prof. Clésio Farrapo Podemos dividir a área agrícola em dois tipos de Iavoura: cultura permanente e cultura temporária. No primeiro caso, as culturas Ievam mais de um ano para produzir; podem ser retiradas

Leia mais

Ementário do Curso Técnico em AGROPECUÁRIA Campus Nilo Peçanha - Pinheiral

Ementário do Curso Técnico em AGROPECUÁRIA Campus Nilo Peçanha - Pinheiral Ementário do Curso Técnico em AGROPECUÁRIA Campus Nilo Peçanha - Pinheiral Disciplina: Agroindústria EMENTA: Introdução à Agroindústria; Importância das boas práticas de fabricação- BPF s. Valor nutricional

Leia mais

INFORME. Programa Útero é Vida em mais quatro municípios. Impresso Especial CORREIOS

INFORME. Programa Útero é Vida em mais quatro municípios. Impresso Especial   CORREIOS Programa Útero é Vida em mais quatro municípios Impresso Especial www.faeb.org.br www.senarbahia.org.br DEVOLUÇÃO GARANTIDA CORREIOS 9912260735/2010 - DR/BA SENAR CORREIOS INFORME Setembro A n o 2010 IX

Leia mais

Jimboê. Geografia. Avaliação. Projeto. 4 o ano. 2 o bimestre

Jimboê. Geografia. Avaliação. Projeto. 4 o ano. 2 o bimestre Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao segundo bimestre escolar ou à Unidade 2 do Livro do Aluno. Projeto Jimboê Geografia 4 o ano Avaliação 2 o bimestre 1 Avaliação Geografia NOME: ESCOLA:

Leia mais

CURRÍCULOS E PRÉ-REQUISITOS. Currículo: BACHARELADO ZOOTECNIA Código Disciplina Optativa C.H. Total Nº Créditos

CURRÍCULOS E PRÉ-REQUISITOS. Currículo: BACHARELADO ZOOTECNIA Código Disciplina Optativa C.H. Total Nº Créditos 1º PERÍODO 1511 ANATOMIA ANIMAL Não 80 4 52 BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR Não 80 4 50 CIÊNCIAS DO AMBIENTE E ECOLOGIA Não 80 4 55 INFORMÁTICA BÁSICA Não 40 2 1509 INTRODUÇÃO A ZOOTECNIA E DEONTOLOGIA Não

Leia mais

PECUÁRIA BIOLÓGICA. (Reg. 2082/91, modificado)

PECUÁRIA BIOLÓGICA. (Reg. 2082/91, modificado) PECUÁRIA BIOLÓGICA (Reg. 2082/91, modificado) SATIVA Controlo e Certificação de Produtos Av. Visconde de Valmor, 11, 3º. 1000-289 Lisboa sativa@sativa.pt www.sativa.pt Introdução consumidores - preocupações

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Matriz Curricular do Curso de Agronomia

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Matriz Curricular do Curso de Agronomia Matriz Curricular do Curso de Agronomia Total 240 120 360 24 2º Período Letivo: Componentes curriculares 1º Período Letivo: Componentes curriculares Prérequisito AGR 100 Biologia Celular Inexistente AGR

Leia mais

Serviços Técnicos e Gestão Ambiental no Agronegócio Diretoria de Agronegócios

Serviços Técnicos e Gestão Ambiental no Agronegócio Diretoria de Agronegócios 47º Café com Sustentabilidade - Febraban Pecuária Sustentável: Agentes financeiros como indutores de boas práticas Modelos de financiamento e investimento: incentivos à adoção de boas práticas socioambientais

Leia mais

Administração Regional ANEXO VI DESCRIÇÃO RESUMIDA DOS CURSOS

Administração Regional ANEXO VI DESCRIÇÃO RESUMIDA DOS CURSOS ANEXO VI DESCRIÇÃO RESUMIDA DOS CURSOS FPR - FORMAÇÃO PROFISSIONAL RURAL Cursos CH Descrição FRUTICULTURA BÁSICA BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS NA FRUTICULTURA PODA E ENXERTIA DO CAJUEIRO

Leia mais

AGROECOLOGIA TECNÓLOGO Oferta por meio do SiSU 2º semestre

AGROECOLOGIA TECNÓLOGO Oferta por meio do SiSU 2º semestre AGROECOLOGIA TECNÓLOGO Oferta por meio do SiSU 2º semestre DESCRIÇÃO DO CURSO: O Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia forma profissionais para desenvolver, de modo pleno e inovador, as atividades

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO CRÉDITO RURAL EM MINAS GERAIS

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO CRÉDITO RURAL EM MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO CRÉDITO RURAL EM DEZEMBRO/2013 EVOLUÇÃO DO CRÉDITO RURAL DISPONIBILIZADO - BRASIL (R$ BILHÕES) 157* 32,6

Leia mais

Diretoria de Agronegócios. BB e o Agronegócio

Diretoria de Agronegócios. BB e o Agronegócio Diretoria de Agronegócios BB e o Agronegócio Importância do Agronegócio no Brasil + 35% nas exportações do país 197,9 40,9% 41,1% 37,4% 55,1 58,2 60,4 20,6 23,8 24,8 41,9% 73,1 30,6 160,6 40,4% 137,5 118,3

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ZOOTECNIA

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ZOOTECNIA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ZOOTECNIA Câmpus: São Luís de Montes Belos Curso: Zootecnia Modalidade: Bacharelado Integralização: Mínimo: 10 semestres e Máximo: 15 semestres Carga Horária

Leia mais

CAPÍTULO I. Parágrafo 1º - A adesão ao presente regulamento se efetivará automaticamente através da inscrição da Liga no Campeonato.

CAPÍTULO I. Parágrafo 1º - A adesão ao presente regulamento se efetivará automaticamente através da inscrição da Liga no Campeonato. 1/44 2/44 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O CAMPEONATO INTERMUNICIPAL DE FUTEBOL AMADOR EDIÇÃO 2016, será promovido e organizado pela Federação Bahiana de Futebol (FBF), na conformidade do

Leia mais

BARRETOS. Comércio 1 Operador de caixa C.L.T. Barretos Ensino Médio 6

BARRETOS. Comércio 1 Operador de caixa C.L.T. Barretos Ensino Médio 6 Setor da Economia Qtde Vagas Ocupação Regime de Contratação Local de Trabalho 1 Manicure C.L.T. 1 Cabeleireiro C.L.T. Industriais de Utilidade Pública 1 Mecânico de manutenção de motores diesel (exceto

Leia mais

PROGRAMA DE INCENTIVO À PRODUÇÃO LEITEIRA Nova Candelária/RS

PROGRAMA DE INCENTIVO À PRODUÇÃO LEITEIRA Nova Candelária/RS MUNICÍPIO DE NOVA CANDELÁRIA - RS PROGRAMA DE INCENTIVO À PRODUÇÃO LEITEIRA Nova /RS Prefeito Municipal: Carlos Alberto Dick Secretário da Agricultura: Jorge Luis Steiger Responsáveis Técnicos: Engº Agrº

Leia mais

QUINTO PERÍODO DE ENGENHARIA AGRONÔMICA HORÁRIO Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira 1 8:00-8:55

QUINTO PERÍODO DE ENGENHARIA AGRONÔMICA HORÁRIO Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira 1 8:00-8:55 QUINTO PERÍODO DE ENGENHARIA AGRONÔMICA 1 8:00-8:55 2 8:55-9:50 3 10:00-10:55 Melhoramento Vegetal Fitopatologia Geral Fitopatologia Geral Entomologia Geral Turma E Laboratório de Microscopia Zootecnia

Leia mais

PROFESSOR ÁREA(S) TITULAÇÃO CONTATO Nutrição e Bioclimatologia Animal

PROFESSOR ÁREA(S) TITULAÇÃO CONTATO Nutrição e Bioclimatologia Animal PROFESSOR ÁREA(S) TITULAÇÃO CONTATO Nutrição e Bioclimatologia Adriano Geraldo Alcilene de Abreu Pereira Avicultura Citologia, Bioquímica e Doutorado em Zootecnia. Zootecnia,Licenciatura em Biologia,Mestre

Leia mais

*Consulte informações no site. LINHA DE FINANCIAMENTO PARA O VALE DO RIBEIRA. TAXA DE JURO ZERO* E LONGO PRAZO PARA APOIAR O DESENVOLVIMENTO DO VALE.

*Consulte informações no site. LINHA DE FINANCIAMENTO PARA O VALE DO RIBEIRA. TAXA DE JURO ZERO* E LONGO PRAZO PARA APOIAR O DESENVOLVIMENTO DO VALE. LINHA DE FINANCIAMENTO PARA O VALE DO RIBEIRA. TAXA DE JURO ZERO* E LONGO PRAZO PARA APOIAR O DESENVOLVIMENTO DO VALE. OBJETIVO Promover o desenvolvimento econômico dos municípios situados na região do

Leia mais

Camarões de Água Doce; Cultivo de Como Montar uma Pequena Fábrica de Frutas Desidratadas Campus Experimental de Itapeva

Camarões de Água Doce; Cultivo de Como Montar uma Pequena Fábrica de Frutas Desidratadas Campus Experimental de Itapeva Título (DVD) Nº Min A A Cultura do Girassol (Recomendações Técnicas) 135 18 A evolução da vida os invertebrados 064 13 A Floresta Amazônica 191 50 Abacaxi; Irrigação na Cultura do 086 24 Abacaxizeiro;

Leia mais

Geléia de Cupuaçu. Joana Maria Leite de Souza Fabiana Silva Reis Felícia Maria Nogueira Leite Dorila Silva de Oliveira Mota Gonzaga

Geléia de Cupuaçu. Joana Maria Leite de Souza Fabiana Silva Reis Felícia Maria Nogueira Leite Dorila Silva de Oliveira Mota Gonzaga Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Acre Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Geléia de Cupuaçu Joana Maria Leite de Souza Fabiana Silva Reis Felícia Maria Nogueira Leite

Leia mais

CRIAÇÃO DE GALINHA CAIPIRA INTEGRADA ÀS POLÍTICAS PÚBLICAS - Brasil Sem Miséria (BSM) e Programa de Aquisição de Alimento (PAA): A EXPERIÊNCIA DE UMA

CRIAÇÃO DE GALINHA CAIPIRA INTEGRADA ÀS POLÍTICAS PÚBLICAS - Brasil Sem Miséria (BSM) e Programa de Aquisição de Alimento (PAA): A EXPERIÊNCIA DE UMA CRIAÇÃO DE GALINHA CAIPIRA INTEGRADA ÀS POLÍTICAS PÚBLICAS - Brasil Sem Miséria (BSM) e Programa de Aquisição de Alimento (PAA): A EXPERIÊNCIA DE UMA FAMÍLIA SERRATALHADENSE. Serra Talhada, 2014 CRIAÇÃO

Leia mais

Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC

Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC EDITAL nº 003, de 25 de março de 2014 As Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central FACIPLAC, faz saber a todos

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015.

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015. RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 10.031, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015. Institui Taxa de Defesa e Inspeção Animal e Vegetal (TDIAV), decorrentes da atuação do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Estado

Leia mais

CAMPEONATO INTERMUNICIPAL DE FUTEBOL AMADOR EDIÇÃO 2015 RESUMO ESTATÍSTICO ÁRBITRO CENTRAL / 3ª RODADA

CAMPEONATO INTERMUNICIPAL DE FUTEBOL AMADOR EDIÇÃO 2015 RESUMO ESTATÍSTICO ÁRBITRO CENTRAL / 3ª RODADA ÁRBITRO CENTRAL / 3ª RODADA 01 Afonso Mendes dos Santos Ipiaú 02 02 Antônio Lacerda de Jesus Coarací 02 03 Antônio Marcelino Belmonte Vieira Ilhéus 02 04 Antônio Ramon Miranda Carneiro Conceição do Coité

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - Campus Zona Leste

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - Campus Zona Leste INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - Campus Zona Leste CICLO DE FUNDAMENTAÇÃO 1º. Semestre Semestre 442 h/ semanal 26 h EIXO TEMÁTICO Eixo DISCIPLINAS disciplinas Tipo INTRODUÇÃO A ATIVIDADE

Leia mais

CONHEÇA OS CURSOS OFERECIDOS:

CONHEÇA OS CURSOS OFERECIDOS: CONHEÇA OS CURSOS OFERECIDOS: Agricultura Habilita estudantes a observar, organizar e planejar a forma de manejo do solo, bem como traçar medidas de otimização da produção agrícola. Assim, o profissional

Leia mais

QUADRO GERAL DE HORÁRIOS ZOOTECNIA PRIMEIRO PERÍODO

QUADRO GERAL DE HORÁRIOS ZOOTECNIA PRIMEIRO PERÍODO PRIMEIRO PERÍODO Cálculo 1 C (64 h) A 14:00-15:39 16:00-17:39 EVZ/DPA/SL. 1 Desenho técnico (48h) Exercício da Profissão de Zootecnia (16h) A 10:00-12:30 EA B 8:00-10:30 EA A 14:00-15:39 EVZ/CENTRO AULAS/SL.

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO DE AGRONOMIA

CURRÍCULO DO CURSO DE AGRONOMIA 48 CURSO DE AGRONOMIA COORDENADOR DO CURSO DE AGRONOMIA Valterley Soares Rocha vsrocha@ufv.br Catálogo de Graduação 2002 49 ATUAÇÃO Compete ao Engenheiro-Agrônomo desempenhar as atividades profissionais

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : LICENCIATURA EM CIÊNCIAS AGRÍCOLAS

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : LICENCIATURA EM CIÊNCIAS AGRÍCOLAS Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 19/06/2012-17:19:38 Curso : LICENCIATURA

Leia mais

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados EMPREGO FORMAL RA Central 2 o trimestre de 2014 Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), os empregos formais celetistas no Estado de São

Leia mais

AGRICULTURA. Manutenção e desenvolvimento das atividades da Secretaria da Agricultura

AGRICULTURA. Manutenção e desenvolvimento das atividades da Secretaria da Agricultura LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS - ANEXO III - METAS E PRIORIDADES OBJETIVO ESTRATÉGICO : desenvolver a produção agrícola. PROGRAMA: 009 - GESTÃO PÚBLICA DA SECRETARIA MUNICIPAL DA AGRICULTURA JUSTIFICATIVA:

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL OFERTA INICIAL S

SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL OFERTA INICIAL S T.I. Território DIREC Município Unidade Escolar Eixo Tecnológico Cursos 2 VELHO CHICO 22 Ibotirama 3 CHAPADA DIAMANTINA 27 Seabra SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL OFERTA INICIAL 2013.2S Velho

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA BAHIA

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA BAHIA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA BAHIA Relação de Cartórios Eleitorais do Estado da Bahia ZONA 1 SALVADOR 900, SALVADOR -BA 71 33737251 zona001@tre-ba.gov.br 2 SALVADOR 900, SALVADOR -BA 71 33737232 zona002@tre-ba.gov.br

Leia mais

Seminário Estratégias para uma Gestão Municipal de Convi

Seminário Estratégias para uma Gestão Municipal de Convi Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Centro de Pesquisa Agropecuária do Trópico Semi-Árido Seminário Estratégias para uma Gestão Municipal de Convi A P R O D U Ç Ã O A N I M A L Gherman

Leia mais

P L O Í L TI T CA C S A S DA D A SE S D E R D A R F A F PA P R A A R A A

P L O Í L TI T CA C S A S DA D A SE S D E R D A R F A F PA P R A A R A A POLÍTICAS DA SEDRAF PARA A POLÍTICAS DA SEDRAF PARA A AGRICULTURA FAMILIAR Implantada conforme o Art. 5º da Lei Complementar nº 413, de 20 de dezembro de 2010. MISSÃO: Gerir as Políticas de Desenvolvimento

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR /1º semestre. 1º período Carga horária Teórica Prática Total

ESTRUTURA CURRICULAR /1º semestre. 1º período Carga horária Teórica Prática Total MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA ESTRUTURA CURRICULAR - 2002/1º semestre 1º período MAT019

Leia mais