Física. Prof. Edelson Moreira

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Física. Prof. Edelson Moreira"

Transcrição

1 Física Prof. Edelson Moreira

2 FENÔMENOS ONDULATÓRIOS Os fenômenos ondulatórios mais comuns são: REFLEXÃO: ocorre quando uma onda incide sobre um obstáculo e retorna ao meio original de propagação. A onda refletida mantém todas as característi cas da onda incidente. REFRAÇÃO: ocorre quando uma onda passa de um meio para outro, com variação na sua velocidade de propagação. A onda refratada mantém apenas a frequência da onda incidente.

3 DIFRAÇÃO: ocorre quando uma onda consegue contornar um obstáculo (ou uma abertura). POLARIZAÇÃO: ocorre quando uma onda transversal, vibrando em várias direções, passa a fazê-lo em apenas uma. INTERFERÊNCIA: ocorre quando duas ondas se encontram e se superpõem.

4 REFLEXÃO DE UM PULSO (MEIA ONDA) NUMA CORDA Quando um pulso, propagando-se numa corda, atinge sua extremidade, pode retornar para o meio em que estava se propagando. Esse fenômeno é denominado reflexão. Essa reflexao pode ocorrer de duas formas:

5 REFLEXÃO DE ONDAS PLANAS A figura representa a reflexão de ondas retas por um obstáculo plano. Temos: AI = raio de onda incidente i = ângulo de incidência IB = raio de onda refletido r = ângulo de reflexão NI = normal ao ponto de incidência

6 Leis da reflexão 1ª lei: o raio incidente, o raio refletido e a normal são coplanares. 2ª lei: o ângulo de incidência é igual ao ângulo de reflexão. (i = r) Propriedades 1ª propriedade: na reflexão, a frequência, a velocidade e o comprimento de onda não variam. 2ª propriedade: na reflexão, a fase pode variar ou não.

7 A refração ocorre quando um pulso passa de uma corda para outra, associada, desde que esta tenha densidade linear diferente daquela. A refração, nesse caso, é sempre acompanhada de reflexão no ponto de junção das cordas. O pulso que se refrata não sofre inversão de fase, mas o pulso refletido pode ou não haver inversão de fase, dependendo das densidades lineares das duas cordas. Caso a primeira corda tenha menor densidade linear que a segunda, o pulso refletido terá fase invertida, pois o incidente encontrará uma corda mais densa, que se comportará como uma extremidade fixa (figura 1). Se a colocação das cordas for trocada, o pulso refletido não sofrerá inversão de fase, pois o incidente encontrará uma corda menos densa, que se comportará como uma extremidade livre (figura 2). REFRAÇÃO DE UM PULSO NUMA CORDA

8

9 REFRAÇÂO DE ONDAS RETAS Suponha que uma onda reta esteja se propagando no meio 1 e incidindo na superfície S de separação entre os meios 1 e 2. Seja AI o raio incidente da onda que se propaga no meio 1 com velocidade v 1. Incidindo na superfície S ela sofre refração e passa a se propagar no meio 2 com velocidade v 2. Sendo: AI raio. de onda incidente = ângulo de incidência IB = raio de onda refratado = ângulo de refração NI = normal i r

10 Leis da refração 1ª lei: os raios de onda incidente e refratado e a normal são coplanares. 2ª lei: lei de Snell-Descartes: Temos: n 1 e n 2 são os índices de refração absoluta de um meio Aplicando a lei de Snell, temos: Se n 2 > n 1 λ 2 <λ 1 v 2 < v 1 r < i Se n 2 < n 1 λ 2 > λ 1 v 2 > v 1 r > i Propriedades 1ª propriedade: na refração, a frequência e a fase não variam. 2ª propriedade: a velocidade de propagação e o comprimento de onda variam na mesma proporção.

11 PRINCÍPIO DE HUYGENS Seja, por exemplo, um dispositivo abandonando pedras periódicas nas águas tranquilas de um lago. Observe que as sucessivas perturbações causadas pelas pedras vão se deslocando através da água, distanciando-se do ponto de origem das perturbações. Isto acontece porque cada ponto da frente de onda, num determinado instante, cria novas ondas, através da transferência de energia aos pontos vizinhos a ela. Com base nisto, pode-se enunciar o princípio de Huygens, que díz: Cada ponto de uma frente de onda, num determinado instante, é fonte de outras ondas, com as mesmas características da onda inicial.

12 DIFRAÇÃO Se um trem de ondas retilíneas (ou circulares) incidir sobre um obstáculo (ou abertura) que tenha a mesma ordem de grandeza do comprimento de onda (X) da onda incidente, irá ocorrer a difração, ou seja, a onda o (a) contornará o obstáculo, atingindo regiões impossíveis de receber diretamente a onda incidente. As figuras representam, respectivamente, um obstáculo e uma abertura, cujas medidas têm aproximadamente um comprimento de onda. A difração é explicada pelo Príncíp de Huygens.

13 POLARIZAÇÃO Uma onda natural (ou não-polarizada) é aquela que possui várias direções transversais de vibração, em relação à direção da propagação. Polarizar essa onda é fazê-la vibrar em apenas uma direção através de um polarizador. A corda da figura está vibrando transversalmente em vários planos mas, ao atravessar uma abertura conveniente da placa rígida (polarizador), a corda passa a vibrar apenas num plano. A polarização é exclusiva das ondas transversais, não ocorrendo esse fenômeno com as ondas longitudinais.

14 INTERFERÊNCIA OU SUPERPOSIÇÃO DE ONDAS Dois pulsos propagando-se numa mesma corda, em sentidos opostos, encontram-se num determinado instante, produzindo a interferência. Durante o encontro, de acordo com o Princípio da Superposição das Ondas, cada ponto da corda tem uma amplitude resultante igual à soma algébrica das amplitudes dos pulsos componentes. Após o encontro, de acordo com o Princípio da Independência das Ondas, cada pulso continua a se propagar como se nada tivesse ocorrido. Na figura 1, tem-se a superposição de dois pulsos em concordância de fase, ocasionando no instante do encontro uma interferência construtiva; na figura 2, temse a superposição de dois pulsos em oposição de fase, ocorrendo uma interferência destrutiva.

15 Note-se que: a = a 1 + a 2 Onde: a amplitude do pulso resultante. a 1 amplitude do pulso que se propaga para a direita. a 2 amplitude do pulso que se propaga para a esquerda.

16 EXERCÍCIOS. 1º) Duas cordas, de diâmetros diferentes, são unidas pelas extremidades. Uma pessoa faz vibrar a extremidade da corda fina, criando uma onda. Sabendo que, na corda fina, a velocidade de propagação vale 2,0 m/s e o comprimento de onda é 20 cm, e que na corda grossa o com primento de onda é de 10 cm, calcule: a) a frequência de oscilação da corda fina; b) a frequência de oscilação da corda grossa; c) a velocidade de propagação da onda na corda grossa.

17 2º) Um trem de ondas planas percorre uma região de águas profundas e passa para outra, de águas rasas, conforme a figura. Sabendo que a frequência de oscilação das ondas inci dentes vale 5 Hz, calcule: a) a frequência das ondas refratadas; b) a velocidade v 1 de propagação das ondas nas águas profundas; c) a velocidade v 2 de propagação das ondas nas águas rasas; d) a relação entre os senos dos ângulos

18 3º) (UF-CE) Para que ocorra difração, uma onda deve encontrar: a) um obstáculo de dimensões muito menores que seu comprimento de onda. b) uma fenda de dimensões muito maiores que seu comprimento de onda. c) uma fenda de dimensões muito menores que seu comprimento de onda. d) uma fenda ou obstáculo de dimensões da mesma ordem de grandeza do seu comprimento de onda.

19 4º) Um pulso reto, gerado num tanque raso preenchido com água, atinge um obstáculo plano, dotado de uma pequena abertura, colocado perpendicularmente à direção de propagação do pulso. A partir daí, esse pulso: a) se torna circular, com centro na abertura, por causa da refração ocorrida na travessia da abertura. b) se torna circular, com centro na abertura, por causa da interferência ocorrida na travessia da abertura. c) se torna circular, com centro na abertura, por causa da difração ocorrida na travessia da abertura. d) continua reto, mas inclinado em relação ao obstáculo, por causa da refração ocorrida na travessia da abertura. e) continua reto, mas inclinado em relação ao obstáculo, por causa da interferência ocorrida na travessia da abertura.

Física II. Capítulo 04 Ondas. Técnico em Edificações (PROEJA) Prof. Márcio T. de Castro 22/05/2017

Física II. Capítulo 04 Ondas. Técnico em Edificações (PROEJA) Prof. Márcio T. de Castro 22/05/2017 Física II Capítulo 04 Ondas Técnico em Edificações (PROEJA) 22/05/2017 Prof. Márcio T. de Castro Parte I 2 Ondas Ondas: é uma perturbação no espaço, periódica no tempo. 3 Classificação quanto à Natureza

Leia mais

Física Aplicada Aula 02

Física Aplicada Aula 02 Universidade de São Paulo Instituto de Física Física Aplicada Aula 02 http://disciplinas.stoa.usp.br/course/view.php?id=24279 Profa. Márcia de Almeida Rizzutto Edifício Oscar Sala sala 220 rizzutto@if.usp.br

Leia mais

Relação entre comprimento de onda e frequência.

Relação entre comprimento de onda e frequência. Espectro Eletromagnético. Relação entre comprimento de onda e frequência. Relação entre comprimento de onda e frequência. FENÔMENOS ONDULATÓRIOS Reflexão Refração Difração Interferência Batimento Ressonância

Leia mais

CURCEP 2015 ONDULATÓRIA 2

CURCEP 2015 ONDULATÓRIA 2 CURCEP 2015 ONDULATÓRIA 2 FÍSICA B PROF.: BORBA FENÔMENOS ONDULATÓRIOS: Reflexão: Quando uma onda atinge uma superfície de separação de dois meios, e retorna ao meio de origem. Quando a corda tem a extremidade

Leia mais

Apostila 8 Setor B. Aulas 37 e 38. Página 150. G n o m o

Apostila 8 Setor B. Aulas 37 e 38. Página 150. G n o m o Apostila 8 Setor B Aulas 37 e 38 FENÔMENOS Página 150 ONDULATÓRIOS G n o m o Frentes de Onda a) Fonte pontual b) Fonte reta Reflexão 1ª lei: o raio incidente, a reta normal no ponto de incidência e o raio

Leia mais

INTRODUÇÃO À ONDULATÓRIA

INTRODUÇÃO À ONDULATÓRIA INTRODUÇÃO À ONDULATÓRIA Considerações Iniciais Considerações Iniciais: O que é ONDA??? Perturbação produzida: PULSO O PULSO se movimenta a partir da região onde foi gerado: ONDA A onda se movimenta transferindo

Leia mais

Polarização de Ondas

Polarização de Ondas Polarização de Ondas 1. polarização de Ondas. Considere uma onda transversal se propagando numa corda, na qual as direções de oscilação são totalmente aleatórias. Após a passagem da onda pela fenda, a

Leia mais

Fenómenos ondulatórios

Fenómenos ondulatórios Fenómenos ondulatórios Onda É uma perturbação que se propaga em um meio, determinando a transferência de energia, sem transporte de matéria. Em relação à direção de propagação da energia nos meios materiais

Leia mais

ONDULATÓRIA ONDA perturbação que se propaga em um meio transferir energia sem transportar matéria.

ONDULATÓRIA ONDA perturbação que se propaga em um meio transferir energia sem transportar matéria. ONDULATÓRIA Entender o comportamento das ondas é fundamental para entender boa parte da natureza que nos cerca, uma vez que, muito dos fenômenos que nos cercam, tem comportamento ondulatório. Por exemplo:

Leia mais

FUNDAÇÃO ESCOLA TÉCNICA LIBERATO SALZANO VIEIRA DA CUNHA Projeto para Trabalho Trimestral de Física

FUNDAÇÃO ESCOLA TÉCNICA LIBERATO SALZANO VIEIRA DA CUNHA Projeto para Trabalho Trimestral de Física FUNDAÇÃO ESCOLA TÉCNICA LIBERATO SALZANO VIEIRA DA CUNHA Projeto para Trabalho Trimestral de Física Curso: Mecânica Turma: 3111 Data: 29/08/2008 Sala : 275 Aluno:Augusto Haubrich n : 02 Aluno: Daniel Rudolph

Leia mais

ONDAS. Considere duas pessoas segurando as extremidades de uma corda.

ONDAS. Considere duas pessoas segurando as extremidades de uma corda. 1 ONDAS 1. Conceitos de Ondas Considere duas pessoas segurando as extremidades de uma corda. Se uma delas fizer um movimento vertical brusco, para cima e depois para baixo, causará uma perturbação na corda,

Leia mais

Fenómenos ondulatórios

Fenómenos ondulatórios Fenómenos ondulatórios Relação entre a velocidade de propagação da onda, o comprimento da onda e o período: v. f ou v T Reflexão de ondas Na reflexão de ondas, o ângulo de reflexão r é igual ao ângulo

Leia mais

Aula do cap. 17 Ondas

Aula do cap. 17 Ondas Aula do cap. 17 Ondas O que é uma onda?? Podemos definir onda como uma variação de uma grandeza física que se propaga no espaço. É um distúrbio que se propaga e pode levar sinais ou energia de um lugar

Leia mais

Av. Higienópolis, 769 Sobre Loja Centro Londrina PR. CEP: Fones: / site:

Av. Higienópolis, 769 Sobre Loja Centro Londrina PR. CEP: Fones: / site: ONDULATÓRIA Chamamos de ondulatória a parte da física que é responsável por estudar as características e propriedades em comum dos movimentos das ondas. Podemos classificar como uma onda, qualquer perturbação

Leia mais

Física Módulo 2 Ondas

Física Módulo 2 Ondas Física Módulo 2 Ondas Ondas, o que são? Onda... Onda é uma perturbação que se propaga no espaço ou em qualquer outro meio, como, por exemplo, na água. Uma onda transfere energia de um ponto para outro,

Leia mais

ONDAS ELETROMAGNÉTICAS REFLEXÃO, REFRAÇÃO, DIFRAÇÃO, INTERFERÊNCIA E RESSONÂNCIA

ONDAS ELETROMAGNÉTICAS REFLEXÃO, REFRAÇÃO, DIFRAÇÃO, INTERFERÊNCIA E RESSONÂNCIA ONDAS ELETROMAGNÉTICAS REFLEXÃO, REFRAÇÃO, DIFRAÇÃO, INTERFERÊNCIA E RESSONÂNCIA O conhecimento das propriedades da luz nos permite explicar por que o céu é azul, funcionamento dos olhos, e dispositivos

Leia mais

1. (Ufmg 1997) Duas pessoas esticam um corda, puxando por suas. mesmo formato, mas estمo invertidos como mostra a figura.

1. (Ufmg 1997) Duas pessoas esticam um corda, puxando por suas. mesmo formato, mas estمo invertidos como mostra a figura. 1. (Ufmg 1997) Duas pessoas esticam um corda, puxando por suas extremidades, e cada uma envia um pulso na direçمo da outra. Os pulsos têm o mesmo formato, mas estمo invertidos como mostra a figura. Pode-se

Leia mais

3 - Na figura a seguir, está esquematizado um aparato experimental que é utilizado. 1 - Dois raios de luz, um vermelho (v) e outro

3 - Na figura a seguir, está esquematizado um aparato experimental que é utilizado. 1 - Dois raios de luz, um vermelho (v) e outro 1 - Dois raios de luz, um vermelho (v) e outro azul (a), incidem perpendicularmente em pontos diferentes da face AB de um prisma transparente imerso no ar. No interior do prisma, o ângulo limite de incidência

Leia mais

Diego Ricardo Sabka Classificação das Ondas

Diego Ricardo Sabka Classificação das Ondas Classificação das Ondas Classificação das Ondas Meio de Propagação: - Mecânica; - Eletromagnética; Direção de Oscilação: - Transversal; - Longitudinal; - Mistas; Direção de Propagação: - Unidimensional;

Leia mais

Introdução. Perturbação no primeiro dominó. Perturbação se propaga de um ponto a outro.

Introdução. Perturbação no primeiro dominó. Perturbação se propaga de um ponto a outro. Capitulo 16 Ondas I Introdução Perturbação no primeiro dominó. Perturbação se propaga de um ponto a outro. Ondas ondas é qualquer sinal (perturbação) que se transmite de um ponto a outro de um meio com

Leia mais

Resoluções dos testes propostos

Resoluções dos testes propostos Capítulo 7 Ondas.397 Resposta: a I. Correta. As ondas mecânicas necessitam de um meio material para se propagarem. II. Incorreta. As ondas eletromagnéticas propagam-se no ácuo e em certos meios materiais.

Leia mais

O que são s o ondas sonoras? Ondas? Mecânicas? Longitudinais? O que significa?

O que são s o ondas sonoras? Ondas? Mecânicas? Longitudinais? O que significa? Movimento Ondulatório Fisíca Aplicada a Imaginologia - 115 O que são s o ondas sonoras? São ondas mecânicas, longitudinais que podem se propagar em sólidos, líquidos e gases. Ondas? Mecânicas? Longitudinais?

Leia mais

FÍSICA MÓDULO 17 OSCILAÇÕES E ONDAS. Professor Sérgio Gouveia

FÍSICA MÓDULO 17 OSCILAÇÕES E ONDAS. Professor Sérgio Gouveia FÍSICA Professor Sérgio Gouveia MÓDULO 17 OSCILAÇÕES E ONDAS MOVIMENTO HARMÔNICO SIMPLES (MHS) 1. MHS DEFINIÇÃO É o movimento oscilatório e retilíneo, tal que a aceleração é proporcional e de sentido contrário

Leia mais

Física. Setor A. Índice-controle de Estudo. Prof.: Aula 23 (pág. 78) AD TM TC. Aula 24 (pág. 79) AD TM TC. Aula 25 (pág.

Física. Setor A. Índice-controle de Estudo. Prof.: Aula 23 (pág. 78) AD TM TC. Aula 24 (pág. 79) AD TM TC. Aula 25 (pág. Física Setor A Prof.: Índice-controle de Estudo Aula 3 (pág. 78) AD M C Aula (pág. 79) AD M C Aula 5 (pág. 79) AD M C Aula 6 (pág. 8) AD M C Aula 7 (pág. 8) AD M C Aula 8 (pág. 83) AD M C Revisanglo Semi

Leia mais

Introdução ao Estudo de Ondas

Introdução ao Estudo de Ondas Introdução ao Estudo de Ondas Prof. Ricardo Movimento Ondulatório Definição de Onda é uma perturbação, abalo ou distúrbio propagado através de um meio gasoso, líquido ou sólido, ou no caso de algumas ondas,

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS - ONDAS

LISTA DE EXERCÍCIOS - ONDAS UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE FÍSICA - DEPARTAMENTO DE FÍSICA GERAL DISCIPLINA: FIS 1 - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL II-E www.fis.ufba.br/~fis1 LISTA DE EXERCÍCIOS - ONDAS 013.1 1. Considere

Leia mais

Física. Refração Luminosa ÓPTICA GEOMÉTRICA. Professor Eurico ( Kiko )

Física. Refração Luminosa ÓPTICA GEOMÉTRICA. Professor Eurico ( Kiko ) Física ÓPTICA GEOMÉTRICA Refração Luminosa Professor Eurico ( Kiko ) Refração da Luz: fenômeno que ocorre quando a luz, propagando-se em um meio, atinge uma superfície de separação e passa a se propagar

Leia mais

Uma onda se caracteriza como sendo qualquer perturbação que se propaga no espaço.

Uma onda se caracteriza como sendo qualquer perturbação que se propaga no espaço. 16 ONDAS 1 16.3 Uma onda se caracteriza como sendo qualquer perturbação que se propaga no espaço. Onda transversal: a deformação é transversal à direção de propagação. Deformação Propagação 2 Onda longitudinal:

Leia mais

Estudo das ondas. Modelo corpuscular de transferência de energia. v 1. v = 0. v 2. Antes do choque. Depois do choque

Estudo das ondas. Modelo corpuscular de transferência de energia. v 1. v = 0. v 2. Antes do choque. Depois do choque Estudo das ondas Estudo das ondas Modelo corpuscular de transferência de energia v = 0 v 1 v v 2 Antes do choque Depois do choque Estudo das ondas Modelo ondulatório A Pulso da onda B Modelo ondulatório

Leia mais

Fundamentos físicos da Sismoestratigrafia

Fundamentos físicos da Sismoestratigrafia Fundamentos físicos da Sismoestratigrafia Ondas em meios sólidos elásticos Uma onda é uma perturbação da matéria que se propaga em uma direção, ou seja, as partículas em um determinado ponto de um meio

Leia mais

Aula 3 Ondas Eletromagnéticas

Aula 3 Ondas Eletromagnéticas Aula 3 Ondas letromagnéticas - Luz visível (nos permitem ver - Infravermelhos (aquecem a Terra - Ondas de radiofrequencia (transmissão de rádio - Microondas (cozinhar -Transporte de momento linear - Polarização

Leia mais

ONDAS ELETROMAGNÉTICAS:3 CAPÍTULO 33 HALLIDAY, RESNICK. 8ª EDIÇÃO. Revisão: Campos se criam mutuamente. Prof. André L. C.

ONDAS ELETROMAGNÉTICAS:3 CAPÍTULO 33 HALLIDAY, RESNICK. 8ª EDIÇÃO. Revisão: Campos se criam mutuamente. Prof. André L. C. ONDAS ELETROMAGNÉTICAS:3 Prof. André L. C. Conceição DAFIS CAPÍTULO 33 HALLIDAY, RESNICK. 8ª EDIÇÃO Ondas eletromagnéticas Revisão: Campos se criam mutuamente Lei de indução de Faraday: Lei de indução

Leia mais

Lista Aula 24. É (são) verdadeira(s): a) todas b) nenhuma c) somente II d) II e III e) somente III

Lista Aula 24. É (são) verdadeira(s): a) todas b) nenhuma c) somente II d) II e III e) somente III 1. (Uece 2015) Dentre as fontes de energia eletromagnéticas mais comumente observadas no dia a dia estão o Sol, os celulares e as antenas de emissoras de rádio e TV. A característica comum a todas essas

Leia mais

Comunicações Ópticas. Profº: Cláudio Henrique Albuquerque Rodrigues, M. Sc.

Comunicações Ópticas. Profº: Cláudio Henrique Albuquerque Rodrigues, M. Sc. Comunicações Ópticas Profº: Cláudio Henrique Albuquerque Rodrigues, M. Sc. Corpos luminosos e Corpos iluminados O Sol, as estrelas, uma lâmpada ou uma vela, acesas, são objetos que emitem luz própria,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Departamento de Física FÍSI CA II BACHARELADO EM QUÍMICA

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Departamento de Física FÍSI CA II BACHARELADO EM QUÍMICA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Departamento de Física USP FÍSI CA II BACHARELADO EM QUÍMICA CUBA DE ONDAS 1.Objetivos Estudar os fenômenos de reflexão,

Leia mais

Lista de exercícios n 2 - Ondas Prof. Marco

Lista de exercícios n 2 - Ondas Prof. Marco o Lista de exercícios n 2 - Ondas Prof. Marco Ondas periódicas 1 Uma onda tem velocidade escalar igual a 240 m/s e seu comprimento de onda é 3,2 m. Quais são: (a) A freqüência; (b) O período da onda? [Resp.

Leia mais

1-A figura 1 a seguir mostra um feixe de luz incidindo sobre uma parede de vidro que separa o ar da água.

1-A figura 1 a seguir mostra um feixe de luz incidindo sobre uma parede de vidro que separa o ar da água. REFRAÇÃO- LEI DE SNELL DESCARTES -A figura a seguir mostra um feixe de luz incidindo sobre uma parede de vidro que separa o ar da água. Os índices de refração são,00 para o ar,,50 para vidro e,33 para

Leia mais

Raios de luz: se propagam apenas em uma. direção e em um sentido

Raios de luz: se propagam apenas em uma. direção e em um sentido A luz é uma onda eletromagnética, cujo comprimento de onda se inclui num determinado intervalo dentro do qual o olho humano é a ela perceptível. O seu estudo é a base da óptica. Raios de luz: se propagam

Leia mais

Ondulatória Parte 1. Física_9 EF. Profa. Kelly Pascoalino

Ondulatória Parte 1. Física_9 EF. Profa. Kelly Pascoalino Ondulatória Parte 1 Física_9 EF Profa. Kelly Pascoalino Nesta aula: Introdução; Ondas mecânicas; Ondas sonoras. INTRODUÇÃO Ondas de vários tipos estão presentes em nossas vidas. Lidamos com os mais diversos

Leia mais

Ondulatória Parte 1. Física_9 EF. Profa. Kelly Pascoalino

Ondulatória Parte 1. Física_9 EF. Profa. Kelly Pascoalino Ondulatória Parte 1 Física_9 EF Profa. Kelly Pascoalino Nesta aula: Introdução; Ondas mecânicas; Ondas sonoras. INTRODUÇÃO Ondas de vários tipos estão presentes em nossas vidas. Lidamos com os mais diversos

Leia mais

b) a luz proveniente dos objetos dentro da vitrine está polarizada e a luz refletida pelo vidro não está polarizada.

b) a luz proveniente dos objetos dentro da vitrine está polarizada e a luz refletida pelo vidro não está polarizada. 1 - (UFRN-RN) As fotografias 1 e 2, mostradas a seguir, foram tiradas da mesma cena. A fotografia 1 permite ver, além dos objetos dentro da vitrine, outros objetos que estão fora dela (como, por exemplo,

Leia mais

Propriedades das ondas Prof. Theo Z. Pavan

Propriedades das ondas Prof. Theo Z. Pavan Propriedades das ondas Prof. Theo Z. Pavan Física Acústica Resumo Movimento Harmônico Simples (MHS) A solução mais geral é x = A cos(wt + f) onde A = amplitude w = frequência angular f = fase Movimento

Leia mais

Física B Extensivo V. 6

Física B Extensivo V. 6 xtensivo V. 6 Resolva.0) C Aula.0) A v. f 3. 0 8.,5. 0 5.0) C 8 3. 0 5,. 0 5. 0 7 m 0, m Aula.0) B v.. f 340. (0,68. 0 3 ) 34. 0 68. 0 0,5 m onto nodal interferência destrutiva I 4.. x 900 56 4.( 34, ).x

Leia mais

Lista de Recuperação 3º Bimestre

Lista de Recuperação 3º Bimestre Lista de Recuperação 3º Bimestre Professor: Clinton Série: 2º ano DATA: 02 / 10 / 2017 Caderno de questõe 3 ( segundo ano ) 01. No vácuo, todas as ondas eletromagnéticas possuem: a) mesma frequência. b)

Leia mais

Física: Ondulatória e Acústica Questões de treinamento para a banca Cesgranrio elaborada pelo prof. Alex Regis

Física: Ondulatória e Acústica Questões de treinamento para a banca Cesgranrio elaborada pelo prof. Alex Regis Física: Ondulatória e Acústica Questões de treinamento para a banca Cesgranrio elaborada pelo prof. Alex Regis Questão 01 Na propagação de uma onda há, necessariamente, transporte de: a) massa e energia.

Leia mais

Lista Extra Refração de Ondas Prof. Caio

Lista Extra Refração de Ondas Prof. Caio 1. (Ufrgs 2013) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do texto abaixo, na ordem em que aparecem. A radiação luminosa emitida por uma lâmpada a vapor de lítio atravessa um bloco de

Leia mais

ONDULATÓRIA. Neste capítulo vamos definir e classificar as ondas quanto à sua natureza e estudar alguns fenômenos ondulatórios.

ONDULATÓRIA. Neste capítulo vamos definir e classificar as ondas quanto à sua natureza e estudar alguns fenômenos ondulatórios. AULA 19 ONDULATÓRIA 1- INTRODUÇÃO Neste capítulo vamos definir e classificar as ondas quanto à sua natureza e estudar alguns fenômenos ondulatórios. 2- DEFINIÇÃO Onda é qualquer perturbação que se propaga

Leia mais

TEXTO INTRODUTÓRIO. Luz e Ondas Eletromagnéticas ONDAS: Licenciatura em Ciências USP/ Univesp. Luiz Nunes de Oliveira Daniela Jacobovitz

TEXTO INTRODUTÓRIO. Luz e Ondas Eletromagnéticas ONDAS: Licenciatura em Ciências USP/ Univesp. Luiz Nunes de Oliveira Daniela Jacobovitz 1 ONDAS: CONCEITOS BÁSICOS Luiz Nunes de Oliveira Daniela Jacobovitz TEXTO INTRODUTÓRIO Licenciatura em Ciências USP/ Univesp Licenciatura em Ciências USP/Univesp Módulo 1 2 Para compreender a natureza

Leia mais

FÍSICA MÓDULO 13. Conceitos e Princípios Fundamentais da Óptica Geométrica. Professor Sérgio Gouveia

FÍSICA MÓDULO 13. Conceitos e Princípios Fundamentais da Óptica Geométrica. Professor Sérgio Gouveia FÍSICA Professor Sérgio Gouveia MÓDULO 13 Conceitos e Princípios Fundamentais da Óptica Geométrica 1. ÓPTICA GEOMÉTRICA A óptica geométrica estuda a luz quanto à sua propagação, sem se preocupar com a

Leia mais

8.2. Na extremidade de uma corda suficientemente longa é imposta uma perturbação com frequência f = 5 Hz que provoca uma onda de amplitude

8.2. Na extremidade de uma corda suficientemente longa é imposta uma perturbação com frequência f = 5 Hz que provoca uma onda de amplitude Constantes Velocidade do som no ar: v som = 344 m /s Velocidade da luz no vácuo c = 3 10 8 m/s 8.1. Considere uma corda de comprimento L e densidade linear µ = m/l, onde m é a massa da corda. Partindo

Leia mais

Katsushika Hokusai ( ) A natureza ondulatória da luz

Katsushika Hokusai ( ) A natureza ondulatória da luz Katsushika Hokusai (1760-1849) A natureza ondulatória da luz O QUE É UMA ONDA Propagação de uma perturbação, sem transporte de matéria Na foto: a pequena bolinha presa à mola, oscila apenas verticalmente,

Leia mais

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELETRÔNICA. FÍSICA IV Óptica e Física Moderna. Prof. Dr. Cesar Vanderlei Deimling

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELETRÔNICA. FÍSICA IV Óptica e Física Moderna. Prof. Dr. Cesar Vanderlei Deimling GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELETRÔNICA FÍSICA IV Óptica e Física Moderna Prof. Dr. Cesar Vanderlei Deimling O plano de ensino Bibliografia: Geração de ondas eletromagnéticas Propriedades das ondas eletromagnéticas

Leia mais

Roteiro 22 Reflexão e Refração de uma onda bidimensional num meio líquido

Roteiro 22 Reflexão e Refração de uma onda bidimensional num meio líquido Roteiro 22 Reflexão e Refração de uma onda bidimensional num meio líquido INTRODUÇÃO As ondas podem sofrer o efeito de diversos fenômenos, dentre eles estão a reflexão e a refração. Quando uma onda que

Leia mais

Prof. Dr. Lucas Barboza Sarno da Silva

Prof. Dr. Lucas Barboza Sarno da Silva Prof. Dr. Lucas Barboza Sarno da Silva A luz uma onda eletromagnética Equações de Maxwell S S C C q E. ds 0 B. ds 0 db E. dr dt B. dr i 0 0 0 de dt Velocidade da luz: 1 8 c 310 m / s 0 0 03/09/2015 Prof.

Leia mais

Prof. Dr. Lucas Barboza Sarno da Silva

Prof. Dr. Lucas Barboza Sarno da Silva Prof. Dr. Lucas Barboza Sarno da Silva Superposição de ondas harmônicas Um importante aspecto do comportamento das ondas é o efeito combinado de duas ou mais ondas que se propagam num mesmo meio. Princípio

Leia mais

Física. Física Moderna

Física. Física Moderna Física Física Moderna 1. Introdução O curso de física IV visa introduzir aos alunos os conceitos de física moderna através de uma visão conceitual dos fenômenos e uma abordagem simplificada das demonstrações.

Leia mais

a)a amplitude em centímetros. b)o período. c)o comprimento de onda em centímetros.

a)a amplitude em centímetros. b)o período. c)o comprimento de onda em centímetros. UNIPAC TO EXERCÍCIO AVALIATIVO EM SALA 4 PERÍODO ONDAS - Prof: Arnon Rihs VALOR 5 PONTOS NOME: NOME: NOME: NOME: A formosura da alma campeia e denuncia-se na inteligência, na honestidade, no recto procedimento,

Leia mais

QiD 6 1ª SÉRIE PARTE 3 FÍSICA

QiD 6 1ª SÉRIE PARTE 3 FÍSICA PARA A VALIDADE DO QiD, AS RESPOSTAS DEVEM SER APRESENTADAS EM FOLHA PRÓPRIA, FORNECIDA PELO COLÉGIO, COM DESENVOLVIMENTO E SEMPRE A TINTA. TODAS AS QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA DEVEM SER JUSTIFICADAS.

Leia mais

Transmissão de informação sob a forma de ondas

Transmissão de informação sob a forma de ondas Transmissão de informação sob a forma de ondas Adaptado da Escola Virtual (Porto Editora) 1 2 1 3 ONDAS: fenómenos de reflexão, absorção e refração Quando uma onda incide numa superfície de separação entre

Leia mais

CUBA DE ONDAS. Fonte de alimentação com duas saídas (lâmpada e vibrador) e protegidas com fusível e relé.

CUBA DE ONDAS. Fonte de alimentação com duas saídas (lâmpada e vibrador) e protegidas com fusível e relé. CUBA DE ONDAS Composição do conjunto experimental Fonte de alimentação com duas saídas (lâmpada e vibrador) e protegidas com fusível e relé. Chave liga desliga e indicador de ligada com led verde, alimentação

Leia mais

Física 3. Cap 21 Superposição

Física 3. Cap 21 Superposição Física 3 Cap 21 Superposição Interferência entre ondas Duas ou mais ondas se combinam formando uma única onda resultante cujo deslocamento é dado pelo princípio da superposição: Dres = D1 + D2 + = Σi Di

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais Graduação em Engenharia da Computação Prática 08 - Refração da Luz Alunos: Egmon Pereira; Igor Otoni Ripardo de Assis; Leandro de Oliveira Pinto;

Leia mais

ONDAS. Ondas Longitudinais: Ondas Transversais: Ondas Eletromagnéticas: Ondas Mecânicas:

ONDAS. Ondas Longitudinais: Ondas Transversais: Ondas Eletromagnéticas: Ondas Mecânicas: ONDAS Uma onda é uma perturbação oscilante de alguma grandeza física no espaço e periódica no tempo. Fisicamente, uma onda é um pulso energético que se propaga através do espaço ou através de um meio (líquido,

Leia mais

Comportamento da Onda Sonora:

Comportamento da Onda Sonora: Universidade de São Paulo Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Tecnologia da Arquitetura AUT 0278 - Desempenho Acústico, Arquitetura e Urbanismo Comportamento Sonoro Ranny L. X. N. Michalski

Leia mais

1) O deslocamento de uma onda progressiva em uma corda esticada é (em unidades do SI)

1) O deslocamento de uma onda progressiva em uma corda esticada é (em unidades do SI) 1) O deslocamento de uma onda progressiva em uma corda esticada é (em unidades do SI) a) Quais são a velocidade e a direção de deslocamento da onda? b) Qual é o deslocamento vertical da corda em t=0, x=0,100

Leia mais

Unidade XI: Ondulatória e Movimento Harmônico Simples 93 Unidade XI: Ondulatória e Movimento Harmônico Simples (MHS)

Unidade XI: Ondulatória e Movimento Harmônico Simples 93 Unidade XI: Ondulatória e Movimento Harmônico Simples (MHS) www.medeirosjf.net Unidade XI: Ondulatória e Movimento Harmônico Simples 93 Unidade XI: Ondulatória e Movimento Harmônico Simples (MHS) 11.1 - Movimento Harmônico Simples (MHS): Todo movimento harmônico

Leia mais

Ondas. Jaime Villate, FEUP, Outubro de 2005

Ondas. Jaime Villate, FEUP, Outubro de 2005 Ondas Jaime Villate, FEUP, Outubro de 2005 1 Descrição matemática das ondas Uma onda é uma perturbação que se propaga num meio. Por eemplo, uma onda que se propaga numa corda ou o som que se propaga no

Leia mais

Exercício 1. Exercício 2.

Exercício 1. Exercício 2. Exercício 1. A equação de uma onda transversal se propagando ao longo de uma corda muito longa é, onde e estão expressos em centímetros e em segundos. Determine (a) a amplitude, (b) o comprimento de onda,

Leia mais

Na crista da onda Velocity of propagation Velocidade de propagação 6.4 The motion of water elements on the surface of deep water in Em nenhum destes processos há transporte de matéria... mas há transporte

Leia mais

Definição de Onda. Propriedade fundamental das ondas

Definição de Onda. Propriedade fundamental das ondas Apostila 7 Setor B Aulas 33 a 35 Página 147 Ondulatória Definição de Onda Onda é qualquer perturbação que se propaga através de um meio. Propriedade fundamental das ondas Uma onda transmite energia, sem

Leia mais

Equipe de Física FÍSICA ONDAS

Equipe de Física FÍSICA ONDAS Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 14R Ensino Médio Equipe de Física Data: Classificação das ondas FÍSICA ONDAS Uma onda é um movimento causado por uma perturbação, e esta se propaga através de um meio.

Leia mais

INTERFERÊNCIA E DIFRAÇÃO DA LUZ

INTERFERÊNCIA E DIFRAÇÃO DA LUZ INTERFERÊNCIA E DIFRAÇÃO DA LUZ INTRODUÇÃO A luz é uma onda eletromagnética; portanto é constituída por campos elétrico e magnético que oscilam, periodicamente, no tempo e no espaço, perpendiculares entre

Leia mais

PROFESSORA: Bárbara. c) a difração. d) o arco-íris.

PROFESSORA: Bárbara. c) a difração. d) o arco-íris. NOME: TURMA: 1T2 Nº PROFESSORA: Bárbara AVALIAÇÃO DE: Física NOTA do Trabalho 1. (FUVEST) Suponha que exista um outro universo no qual há um planeta parecido com o nosso, com a diferença de que a luz visível

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web 1. (Ulbra 016) Um objeto está à frente de um espelho e tem sua imagem aumentada em quatro vezes e projetada em uma tela que está a,4 m do objeto, na sua horizontal. Que tipo de espelho foi utilizado e

Leia mais

Ondas Estacionárias em uma Corda

Ondas Estacionárias em uma Corda Ondas Estacionárias em uma Corda INTRODUÇÃO Ondas estacionárias em uma corda finita Em uma corda uniforme de densidade linear de massa, submetida a uma tensão T, a velocidade de propagação v de um pulso

Leia mais

Ensino Médio - Unidade São Judas Tadeu Professor (a): Leandro Aluno (a): Série: 2ª Data: / / LISTA DE FÍSICA II

Ensino Médio - Unidade São Judas Tadeu Professor (a): Leandro Aluno (a): Série: 2ª Data: / / LISTA DE FÍSICA II Ensino Médio - Unidade São Judas Tadeu Professor (a): Leandro Aluno (a): Série: 2ª Data: / / 2016. LISTA DE FÍSICA II Orientações: - A lista deverá ser respondida na própria folha impressa ou em folha

Leia mais

Lista Fenômenos-Ondulatória-Prof. Flávio

Lista Fenômenos-Ondulatória-Prof. Flávio 1. (Ita 2001) Um diapasão de frequência 400Hz é afastado de um observador, em direção a uma parede plana, com velocidade de 1,7m/s. São denominadas: f1, a frequência aparente das ondas não-refletidas,

Leia mais

Prof. Oscar 2º. Semestre de 2013

Prof. Oscar 2º. Semestre de 2013 Cap. 16 Ondas I Prof. Oscar º. Semestre de 013 16.1 Introdução Ondas são perturbações que se propagam transportando energia. Desta forma, uma música, a imagem numa tela de tv, a comunicações utilizando

Leia mais

Fenômenos Ondulatórios e Acústica

Fenômenos Ondulatórios e Acústica Fenômenos Ondulatórios e Acústica Ondas Sonoras Som é uma forma de energia que se propaga através de um meio em forma de onda mecânica longitudinal. I. O som não se propaga no vácuo. II. As ondas sonoras

Leia mais

Exercícios Refração -1.

Exercícios Refração -1. Exercícios Refração -1. 1. Um raio luminoso vindo do vidro vai em direção ao ar sabendo que o ângulo de incidência é de 60º é correto afirmar: Dados: (índice de refração do vidro, n=2) (índice de refração

Leia mais

Propagação Radioelétrica 2017/II Profa. Cristina

Propagação Radioelétrica 2017/II Profa. Cristina Propagação Radioelétrica 2017/II Profa. Cristina Módulo II Fenômenos de Propagação Efeitos da Refração na Propagação Fenômenos de Propagação Quando uma onda se propaga e encontra certo meio, como um obstáculo

Leia mais

Recuperação Final Física 2ª série do EM

Recuperação Final Física 2ª série do EM COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II SEÇÃO TÉCNICA DE ENSINO Recuperação Final Física 2ª série do EM Aluno: Série: 2ª série Turma: Data: 13 de dezembro de 2017 1. Esta prova é um documento oficial do CMDPII. LEIA

Leia mais

COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO Professoras: Rosimeire Borges 2ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA DE FÍSICA

COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO Professoras: Rosimeire Borges 2ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA DE FÍSICA COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO - 2013 Professoras: Rosimeire Borges 2ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA DE FÍSICA ROTEIRO DE ESTUDO - QUESTÕES Estudante: Turma: Data: / / Conteúdos: - CAPÍTULO

Leia mais

ONDA. É o movimento de uma perturbação que se propaga através através de um meio.

ONDA. É o movimento de uma perturbação que se propaga através através de um meio. ONDA É o movimento de uma perturbação que se propaga através através de um meio. Considere uma pessoa realizando um movimento vertical brusco na extremidade de uma corda, produzindo uma perturbação que

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Fenômenos Ondulatórios

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Fenômenos Ondulatórios Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Fenômenos Ondulatórios 1. (Enem 2010) As ondas eletromagnéticas, como a luz visível e as ondas de

Leia mais

20/01/2014 ONDAS 1. INTRODUÇÃO

20/01/2014 ONDAS 1. INTRODUÇÃO ONDAS 1. INTRODUÇÃO Quando uma pessoa liga um aparelho de rádio ou de televisão, imediatamente recebe a mensagem emitida pela estação de rádio ou TV (música, voz do locutor, imagens). Esses aparelhos foram

Leia mais

As principais formas de oscilação são: Massa - mola Pêndulo Ondas em uma superfície.

As principais formas de oscilação são: Massa - mola Pêndulo Ondas em uma superfície. Tudo ao nosso redor oscila!!! As principais formas de oscilação são: Ondas Massa - mola Pêndulo Ondas em uma superfície. O que é um pêndulo? Um corpo suspenso por um fio, afastado da posição de equilíbrio

Leia mais

Ondas. Denomina-se onda o movimento causado por uma perturbação que se propaga através de um meio.

Ondas. Denomina-se onda o movimento causado por uma perturbação que se propaga através de um meio. Ondas Ondas Denomina-se onda o movimento causado por uma perturbação que se propaga através de um meio. Uma onda transmite energia sem o transporte de matéria. Classificação Quanto à natureza Ondas mecânicas:

Leia mais

ACÚSTICA. Professor Paulo Christakis, M.Sc. 05/09/2016 1

ACÚSTICA. Professor Paulo Christakis, M.Sc. 05/09/2016 1 ACÚSTICA 05/09/2016 1 O QUE É ACÚSTICA? Acústica é o ramo da Física que estuda a propagação das ondas sonoras. O som é originado a partir da vibração da matéria em camadas de compressão e rarefação, sendo

Leia mais

Aula 19: Interferência de Ondas, Reflexão e Modos Normais de Vibração. Prof a Nair Stem Instituto de Física da USP

Aula 19: Interferência de Ondas, Reflexão e Modos Normais de Vibração. Prof a Nair Stem Instituto de Física da USP Aula 19: Interferência de Ondas, Reflexão e Modos Normais de Vibração Prof a Nair Stem Instituto de Física da USP Interferência de Ondas - Mesmo Sentido Considere a superposição de duas ondas progressivas

Leia mais

1. (Fuvest 2012) A figura abaixo representa imagens instantâneas de duas cordas flexíveis idênticas, C

1. (Fuvest 2012) A figura abaixo representa imagens instantâneas de duas cordas flexíveis idênticas, C 1. (Fuvest 2012) A figura abaixo representa imagens instantâneas de duas cordas flexíveis idênticas, C 1 e C 2, tracionadas por forças diferentes, nas quais se propagam ondas. Durante uma aula, estudantes

Leia mais

Professor: Gabriel Alves

Professor: Gabriel Alves Professor: Gabriel Alves Questão 01 - (FAMERP SP) Um forno de micro-ondas funciona fazendo com que as moléculas de água presentes nos alimentos vibrem, gerando calor. O processo baseia-se nos fenômenos

Leia mais

TC 4 Revisão UECE 1 a. fase Física Prof. João Paulo

TC 4 Revisão UECE 1 a. fase Física Prof. João Paulo . (Uepg 0) Pêndulo simples é um sistema físico constituído por uma partícula material, presa na extremidade de um fio ideal capaz de se mover, sem atrito, em torno de um eixo que passa pela outra extremidade.

Leia mais

do Semi-Árido - UFERSA

do Semi-Árido - UFERSA Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA Ondas Subênia Karine de Medeiros Mossoró, Outubro de 2009 Ondas Uma ondas é qualquer sinal (perturbação) que se transmite de um ponto a outro de um meio

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS UNICAMP INSTITUTO DE FISICA GLEB WATAGHIN IFGW. INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO F 809 Professor José Joaquim Lunazzi

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS UNICAMP INSTITUTO DE FISICA GLEB WATAGHIN IFGW. INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO F 809 Professor José Joaquim Lunazzi UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS UNICAMP INSTITUTO DE FISICA GLEB WATAGHIN IFGW INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO F 809 Professor José Joaquim Lunazzi CUBA DE ONDAS RELATÓRIO FINAL Marcos Paulo Maziero de

Leia mais

Ótica Espelho plano CARACTERÍSTICAS DA IMAGEM -VIRTUAL - DIREITA - DIMENSÕES DA IMAGEM = OBJETO - REVERSA (DIREITO/ESQUERDO) Espelhos esféricos Quando a superfície reflectora for a interna, o espelho

Leia mais

COLÉGIO SHALOM. Trabalho de recuperação Ensino Médio 2º Ano Profº: Wesley da Silva Mota Física

COLÉGIO SHALOM. Trabalho de recuperação Ensino Médio 2º Ano Profº: Wesley da Silva Mota Física COLÉGIO SHALOM Trabalho de recuperação Ensino Médio 2º Ano Profº: Wesley da Silva Mota Física Entrega na data da prova Aluno (a) :. No. 01-(Ufrrj-RJ) A figura a seguir mostra um atleta de ginástica olímpica

Leia mais

Refração da Luz Lei de Snell

Refração da Luz Lei de Snell Refração da Luz Lei de Snell 1. (Fuvest 016) Uma moeda está no centro do fundo de uma caixa d água cilíndrica de 0,87 m = m de altura e base circular com 1,0 m de diâmetro, totalmente preenchida com água,

Leia mais

Apostila 2. Capítulo 9. Refração. Página 321. Gnomo

Apostila 2. Capítulo 9. Refração. Página 321. Gnomo Apostila 2 Capítulo 9 Página 321 Refração Refração Refração da luz é a passagem da luz de um meio para outro, acompanhada de variação em sua velocidade de propagação. O que caracteriza a refração é a variação

Leia mais

Dependência. Disciplina Física 2ª série. Cronograma Armando Horta Dumont

Dependência. Disciplina Física 2ª série. Cronograma Armando Horta Dumont Dependência Disciplina Física 2ª série Cronograma 2016 1ª Avaliação 1 Óptica 1.1 Conceitos Fundamentais. 1.2 Reflexão da Luz. 2ª Avaliação 1 Óptica 1.3 Espelhos esféricos. 1.4 Refração da Luz. 3ª Avaliação

Leia mais