DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL"

Transcrição

1

2 DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL PEÇA PROFISSIONAL Mário emitiu um cheque do Banco Popular, da conta-corrente n.º.-, agência, no valor de R$ 0,00, para pagamento de despesas de prestação de serviço, cujo beneficiário/portador é Auto Peças e Serviços Ltda., localizada, à época, na Rua, n.º, em Natal RN, e, hoje, em local incerto e desconhecido. Ocorre que, ao tempo em que o beneficiário do cheque tentou sacar o valor deste, no dia de agosto de 0, no caixa da agência supramencionada, não havia, na conta-corrente do emitente, provisão de fundos. Dias depois, novamente tentou o beneficiário receber o valor do referido cheque no caixa da agência do emitente e, mais uma vez, não obteve êxito, haja vista que a conta-corrente continuava sem provisão de fundos. Em razão disso, o nome de Mário foi incluído no serviço de proteção ao crédito, em //0, pelo seu banco. No entanto, Mário somente veio a saber da existência desse débito no mês de setembro desse mesmo ano. Ao tomar conhecimento da inclusão de seu nome no rol dos maus pagadores, Mário procurou a empresa beneficiária do título, para, assim, possibilitar o seu pagamento, mas, apesar de várias tentativas empreendidas, não conseguiu localizá-la. Conforme atesta a certidão emitida pela junta comercial de Natal RN, houve alteração na propriedade e o novo dono não foi encontrado no endereço fornecido como sendo a sede da empresa. Mário tem necessidade urgente de retirar o seu nome do referido rol dos maus pagadores, bem como deseja quitar o débito, mas, até a presente data, não lhe foi possível conhecer e tampouco localizar o credor. Diante da situação hipotética apresentada, na qualidade de advogado constituído por Mário, proponha a medida judicial que entender cabível para a proteção dos interesses de seu cliente, abordando todos os aspectos de direito material e processual pertinentes, observando que a petição inicial contenha todos os requisitos legais. UnB / CESPE OAB

3 TEXTO DEFINITIVO PEÇA PROFISSIONAL / 0 UnB / CESPE OAB

4 TEXTO DEFINITIVO PEÇA PROFISSIONAL / UnB / CESPE OAB

5 TEXTO DEFINITIVO PEÇA PROFISSIONAL / UnB / CESPE OAB

6 TEXTO DEFINITIVO PEÇA PROFISSIONAL / 0 0 UnB / CESPE OAB

7 QUESTÃO Carla e Edson, por ocasião da separação judicial, ajustaram entre si doar o apartamento de propriedade do casal, livre de qualquer ônus ou encargo, à menor impúbere Giovana, única filha do casal. A sentença que homologou o acordo e decretou a separação do casal transitou em julgado. No entanto, a doação não foi levada a registro no cartório imobiliário. Diante da situação hipotética acima descrita, responda, fundamentadamente, se os doadores por comum acordo podem revogar a referida doação. TEXTO DEFINITIVO QUESTÃO 0 UnB / CESPE OAB

8 QUESTÃO Joaquim, menor impúbere, representado por sua mãe, Maria dos Anjos Sousa Araújo, ajuizou ação pleiteando a retificação do seu assento de nascimento, para averbar a alteração do nome de sua genitora, qual seja, Maria dos Anjos Sousa, nome que passou a usar depois da separação judicial. Alega que, com a mudança de nome de sua genitora e a ausência de modificação do patronímico desta em sua certidão de nascimento, mãe e filho sofrem diversos constrangimentos quando têm de comprovar a relação de parentesco, expondo, assim, sua intimidade e vida privada, com a apresentação de diversos documentos pessoais que justifiquem a atual dissonância existente no nome da genitora do menor. Redija, fundamentadamente, texto dissertativo a respeito da possibilidade da retificação do registro civil de Joaquim para alteração do sobrenome da mãe em razão da alteração do estado civil desta, que voltou a usar o nome de solteira. TEXTO DEFINITIVO QUESTÃO 0 UnB / CESPE OAB

9 QUESTÃO Manoel firmou um contrato de mútuo com alienação fiduciária, com determinada instituição financeira, para adquirir um veículo automotor que foi dado em garantia do pagamento da dívida. No referido contrato, além da garantia, foi inserida a seguinte cláusula representando um pacto comissório: no caso de inadimplência do devedor, o credor fiduciário poderá retomar o bem e permanecer com ele em seu poder, como forma de satisfação da dívida. Diante da situação acima descrita e a respeito dos contratos de alienação fiduciária em garantia, responda, fundamentadamente, aos seguintes questionamentos. < Como se constitui em mora o devedor fiduciário? < É válida a estipulação de cláusula contratual que autorize o credor fiduciário a ficar com a coisa alienada em garantia, no caso de inadimplemento contratual do devedor? TEXTO DEFINITIVO QUESTÃO 0 UnB / CESPE OAB

10 QUESTÃO Raul e Regina, brasileiros, casados entre si pelo regime da comunhão universal de bens, desde //, ajuizaram ação pleiteando a alteração do referido regime de casamento para o da comunhão parcial de bens. Alegam que pretendem constituir uma sociedade empresária, na qual os dois serão sócios e, sendo vedada aos cônjuges casados sob o regime da comunhão universal de bens a contratação de sociedade, requerem, então, a alteração do antigo regime para o de comunhão parcial de bens. Diante dessa situação, responda, fundamentadamente, aos seguintes questionamentos. < É possível a alteração do regime nos casamentos realizados na vigência do Código Civil revogado? < O motivo alegado pelo casal satisfaz a exigência legal para o deferimento do pedido de alteração? Quais são os requisitos legais para a pretendida alteração? TEXTO DEFINITIVO QUESTÃO 0 UnB / CESPE OAB

11 QUESTÃO Bernardo e Celso celebraram um contrato de promessa de compra e venda de imóvel, com cláusula contratual que previa o perdimento do sinal em caso de arrependimento, relativo a uma casa localizada nesta capital, em //0, no valor total de R$ 0.000,00. Celso pagou R$.000,00 como sinal, ficando o restante a ser pago em //0. Por ocasião do contrato, Celso imitiu-se na posse do imóvel, sendo que a escrituração seria feita após o pagamento da segunda parcela, o que não ocorreu. Diante da situação hipotética acima descrita, responda, fundamentadamente, qual a conseqüência jurídica do inadimplemento contratual do comprador. TEXTO DEFINITIVO QUESTÃO 0 UnB / CESPE OAB

DIREITO TRIBUTÁRIO. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL

DIREITO TRIBUTÁRIO. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL DIREITO TRIBUTÁRIO PEÇA PROFISSIONAL No ano de 2006, Augusto, residente em Porto Alegre RS, firmou com a imobiliária Delta, domiciliada em São Paulo SP, contrato de promessa de compra e venda de imóvel

Leia mais

João, empresário individual e um grande chefe de cozinha, manteve, ao longo de 10

João, empresário individual e um grande chefe de cozinha, manteve, ao longo de 10 DIREITO EMPRESARIAL PEÇA PROFISSIONAL João, empresário individual e um grande chefe de cozinha, manteve, ao longo de 10 anos, um restaurante de comida portuguesa, que contava com clientela fiel e constante.

Leia mais

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3 DIREITO CIVIL PEÇA PROFISSIONAL Ponto 1 João foi casado com Maria por vinte e cinco anos pelo regime da comunhão parcial de bens. Os cônjuges propuseram conjuntamente uma ação de separação consensual,

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional página 1 de 11 PEÇA PROFISSIONAL. Direito Tributário.

DIREITO TRIBUTÁRIO. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional página 1 de 11 PEÇA PROFISSIONAL. Direito Tributário. DIREITO TRIBUTÁRIO PEÇA PROFISSIONAL Juarez aposentou-se no serviço público federal em 15/5/2005. Três anos depois, foi acometido de neoplasia maligna, conforme atestado em laudo pericial, datado de 5/9/2008

Leia mais

Cartório Fácil - Sistema de informação e apoio ao cidadão

Cartório Fácil - Sistema de informação e apoio ao cidadão Página 1 de 5. O Cartório de Registro de Imóveis realiza serviços importantes, que garantem o direito à propriedade das pessoas, bem como outros direitos referentes a imóveis. Somente quem registra uma

Leia mais

Direito Tributário. Direito Tributário

Direito Tributário. Direito Tributário DIREITO TRIBUTÁRIO PEÇA PROFISSIONAL A sociedade empresária Móveis Ltda., com um único estabelecimento comercial na cidade de Belo Horizonte MG, celebrou contrato comercial com sociedade de país estrangeiro,

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA do Cartão de CNPJ Inscrição Estadual ou Municipal IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA Contrato Social e sua última alteração ou Estatuto de Constituição Comprovante de renda

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL

DIREITO EMPRESARIAL. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL DIREITO EMPRESARIAL PEÇA PROFISSIONAL Um representante legal de cooperativa de crédito, com sede e principal estabelecimento localizados no Distrito Federal, voltada precipuamente para a realização de

Leia mais

PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL

PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL *ATENÇÃO: ANTES DE INICIAR A PROVA, VERIFIQUE SE TODOS OS SEUS APARELHOS ELETRÔNICOS FORAM ACONDICIONADOS E LACRADOS DENTRO DA EMBALAGEM PRÓPRIA. CASO A QUALQUER MOMENTO DURANTE A REALIZAÇÃO DO EXAME VOCÊ

Leia mais

DIREITO CIVIL. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL

DIREITO CIVIL. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL DIREITO CIVIL PEÇA PROFISSIONAL Marta, aos seis anos de idade, sofreu sérios danos estéticos ao receber a terceira dose da vacina antirrábica fornecida pelo Estado. Quando Marta estava com treze anos de

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO E www.questoesdeconcursos.com.br DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Antônio, engenheiro civil, trabalhava para a Construtora Alfa Ltda., onde exercia a função de supervisor

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL

DIREITO TRIBUTÁRIO. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL DIREITO TRIBUTÁRIO PEÇA PROFISSIONAL A igreja São Francisco, sediada no município de Natal RN, possui um extenso imóvel, dividido em vários prédios. Um desses prédios é destinado aos cultos e os demais

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO REALIZA IMÓVEIS

DOCUMENTAÇÃO REALIZA IMÓVEIS DOCUMENTAÇÃO REALIZA IMÓVEIS LOCAÇÃO: DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA LOCAÇÃO DE UM IMÓVEL - PESSOA FÍSICA INQUILINO. Cópia dos documentos de Identidade e CPF (Se casado, do marido e esposa). Cópia da Certidão

Leia mais

REFORMA OU CONSTRUÇÃO

REFORMA OU CONSTRUÇÃO Ficha Cadastral Cópia simples do Cartão de CNPJ Inscrição Estadual ou Municipal REFORMA OU CONSTRUÇÃO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA Contrato Social e sua última alteração ou Estatuto

Leia mais

Documentos do vendedor Pessoa Física. Cópia da Carteira de Identidade com o nome correto, conforme comprovante de estado civil atualizado;

Documentos do vendedor Pessoa Física. Cópia da Carteira de Identidade com o nome correto, conforme comprovante de estado civil atualizado; Documentos do vendedor Pessoa Física Cópia da Carteira de Identidade com o nome correto, conforme comprovante de estado civil atualizado; Nota: caso o proponente for casado(a), enviar também os documentos/certidões

Leia mais

Em uma sociedade limitada constituída em 1998, com contrato arquivado na junta

Em uma sociedade limitada constituída em 1998, com contrato arquivado na junta DIREITO EMPRESARIAL PEÇA PROFISSIONAL Em uma sociedade limitada constituída em 1998, com contrato arquivado na junta comercial, Alfonso, titular de 55% do capital social, durante reunião de sócios sem

Leia mais

CIRCULAR N 12/2009. Rio de Janeiro, 09 de fevereiro de Ref.: Produto BNDES AUTOMÁTICO. Ass.: Programa Especial de Crédito PEC - BNDES

CIRCULAR N 12/2009. Rio de Janeiro, 09 de fevereiro de Ref.: Produto BNDES AUTOMÁTICO. Ass.: Programa Especial de Crédito PEC - BNDES CIRCULAR N 12/2009 Rio de Janeiro, 09 de fevereiro de 2009 Ref.: Produto BNDES AUTOMÁTICO Ass.: Programa Especial de Crédito PEC - BNDES O Superintendente da Área de Operações Indiretas, consoante Resolução

Leia mais

Acordam no Tribunal da Relação do Porto

Acordam no Tribunal da Relação do Porto PN 1092.01 1 ; Ag: TC Santo Tirso; Age 2 : José Julião João, Rua Senhora da Conceição 25/27 Peniche; Aga 3 : Ivone da Conceição Antunes Romão, Rua Senhora da Conceição 25 Peniche. Acordam no Tribunal da

Leia mais

Certificados de Crédito Cooperativo (CCC)

Certificados de Crédito Cooperativo (CCC) Certificados de Crédito Cooperativo (CCC) Conceito: título de crédito nominativo, transferível e de livre negociação, que representa promessa de pagamento em dinheiro e constitui título executivo extrajudicial.

Leia mais

TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS

TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS Tabela elaborada sob responsabilidade da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo ARISP. Em vigor a partir de 7 de janeiro de 2011. Lei 11.331,

Leia mais

BÔNUS CONDOMINIAL ROSSI

BÔNUS CONDOMINIAL ROSSI BÔNUS CONDOMINIAL ROSSI CONDIÇÕES GERAIS DE PARTICIPAÇÃO A. Campanha promocional 5 Anos de Condomínio Grátis ( Campanha ), tal como aqui regulamentada, é válida somente para os empreendimentos participantes

Leia mais

DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL

DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL PEÇA PROFISSIONAL José, com o intuito de comemorar o 5.º aniversário de fundação da Araguaia Fomentos S.A., empresa da qual é diretor-presidente, programou, para

Leia mais

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3 DIREITO TRIBUTÁRIO PEÇA PROFISSIONAL Ponto 1 Sônia, domiciliada em Limeira SP, adquiriu, em meados de 2007, um veículo automotor importado. No início de 2008, foi notificada a efetuar o pagamento do imposto

Leia mais

PREVALÊNCIA DA ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA EM GARANTIA SOBRE O CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR

PREVALÊNCIA DA ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA EM GARANTIA SOBRE O CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR PREVALÊNCIA DA ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA EM GARANTIA SOBRE O CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR Ultimamente tem-se discutido judicialmente, a aplicação do art. 53 do CDC, mesmo que o contrato tenha sido celebrado

Leia mais

PROCEDIMENTOS ESPECIAIS

PROCEDIMENTOS ESPECIAIS PROCEDIMENTOS ESPECIAIS AÇÃO MONITÓRIA DA AÇÃO MONITÓRIA Art. 700. A ação monitória pode ser proposta por aquele que afirmar, com base em prova escrita sem eficácia de título executivo, ter direito de

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3

DIREITO TRIBUTÁRIO. Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3 DIREITO TRIBUTÁRIO PEÇA PROFISSIONAL Ponto 1 A&D Consultoria Ltda. firmou contrato de prestação de serviços de consultoria com o Banco Claro S.A., para desenvolver e propor a implementação de estratégias

Leia mais

Relação de documentos para o consorciado contemplado em consórcio de imóveis (Pessoa Física)

Relação de documentos para o consorciado contemplado em consórcio de imóveis (Pessoa Física) Relação de documentos para o consorciado contemplado em consórcio de imóveis (Pessoa Física) Para dar continuidade ao seu processo de aquisição de imóvel pelo Consórcio Itaú, é importante que você siga

Leia mais

Direito Empresarial. Direito Empresarial

Direito Empresarial. Direito Empresarial DIREITO EMPRESARIAL PEÇA PROFISSIONAL Jorge Luís e Ana Cláudia são casados no regime de comunhão parcial de bens desde 1979. Em 17/8/2005, sem que Ana Cláudia ficasse sabendo ou concordasse, Jorge Luís,

Leia mais

Direito Civil Direito Civil

Direito Civil Direito Civil DIREITO CIVIL PEÇA PROFISSIONAL Ercília, ao parar diante de faixa de pedestre, na cidade de Patos de Minas MG, teve seu veículo abalroado pelo automóvel conduzido por Otávio e, em razão do acidente, teve

Leia mais

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3 DIREITO CIVIL PEÇA PROFISSIONAL Ponto 1 José, servidor público aposentado da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, é casado com Joana, domiciliada em Santo Amaro SP, do lar e sem filhos. José,

Leia mais

DISTRATOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL

DISTRATOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL DISTRATOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL Arthur Rios Júnior Advogado imobiliário e da construção; Sócio da Arthur Rios Advogados Associados; Especialista em Direito Civil e Processual Civil, pela Universidade Cândido

Leia mais

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3 DIREITO DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Ponto 1 João Pedro, antigo sócio da empresa BC Ltda., desligou-se da sociedade no ano de 1998, tendo sido o ato devidamente formalizado perante a Junta Comercial,

Leia mais

SEGUNDA PROVA ESCRITA SENTENÇA CÍVEL

SEGUNDA PROVA ESCRITA SENTENÇA CÍVEL SEGUNDA PROVA ESCRITA SENTENÇA CÍVEL Nesta prova, faça o que se pede, utilizando, caso deseje, os espaços para rascunho indicados no presente caderno. Em seguida, transcreva o texto para o CADERNO DE TEXTO

Leia mais

WINDSOR INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA.

WINDSOR INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. PROMOÇÃO ARMÁRIOS Promoção a ser realizada por WINDSOR INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob nº. 108.303.528/0001-41, com sede na Av. Brigadeiro

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL

DIREITO TRIBUTÁRIO. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL DIREITO TRIBUTÁRIO PEÇA PROFISSIONAL Suponha que a União tenha editado, em 31 de dezembro de 2007, uma lei complementar que novamente instituiu a contribuição provisória sobre movimentação financeira (CPMF)

Leia mais

DIREITO CIVIL. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL

DIREITO CIVIL. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL DIREITO CIVIL PEÇA PROFISSIONAL Vicente propôs, contra Hélder, ação de conhecimento pelo rito ordinário para a cobrança da quantia de R$ 125.000,00. O pedido foi julgado procedente e, após o exaurimento

Leia mais

WINDSOR INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA

WINDSOR INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA PROMOÇÃO ARMÁRIOS Promoção a ser realizada por WINDSOR INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob nº. 08.303.528/0001-41, com sede na Avenida Brigadeiro

Leia mais

DECISÃO do Plenário do CFA na 19ª reunião, realizada em 11/12/2003,

DECISÃO do Plenário do CFA na 19ª reunião, realizada em 11/12/2003, RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA N.º 287, DE 14 DE JANEIRO DE 2004 (Revogada pela Resolução Normativa CFA n.º 339, de 5 de junho de 2007) Dispõe sobre o parcelamento de anuidades e outros débitos de exercícios

Leia mais

Nome da Construtora Nome do Empreendimento

Nome da Construtora Nome do Empreendimento i. Quadro Resumo Instrumento Particular de Promessa de Compra e Venda de Bem Imóvel e Outras Avenças 1. : 2. Imóvel: 3. Nº de vagas 4.1. Promitente Comprador (Adquirente): 4.2. Promitente vendedor (Alienante):

Leia mais

Escrito por Administrator Dom, 15 de Novembro de :29 - Última atualização Qua, 04 de Janeiro de :11

Escrito por Administrator Dom, 15 de Novembro de :29 - Última atualização Qua, 04 de Janeiro de :11 INFORMAÇÕES PARA HABILITAÇÃO DE CASAMENTO DIVORCIADO 1. DOCUMENTOS: 1.1. Certidão de Casamento com averbação de divórcio, original e cópia simples; 1.2. Cópia simples da petição inicial, sentença e certidão

Leia mais

FICHA CADASTRAL. Empreendimento: Box: Imobiliária: Gerente: Corretor: CÓDIGO: FCO 001.05 ELABORAÇÃO: CLARISSE XAVIER APROVAÇÃO: JULIANO MELNICK

FICHA CADASTRAL. Empreendimento: Box: Imobiliária: Gerente: Corretor: CÓDIGO: FCO 001.05 ELABORAÇÃO: CLARISSE XAVIER APROVAÇÃO: JULIANO MELNICK FICHA CADASTRAL Empreendimento: Torre: Imobiliária: Gerente: Corretor: Unidade: Box: PÁGINA: 01 de 06 PROPONENTE - 1º Comprador (Se pessoa jurídica, dados do representante da empresa) Data de Pagamento:

Leia mais

PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA. Denis Domingues Hermida

PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA. Denis Domingues Hermida PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA Denis Domingues Hermida - Locadora Carro Bom Ltda. foi autuada pela Receita Federal por ter deixado de recolher a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (COFINS)

Leia mais

Quebrando a Banca Processo Civil Damião Soares

Quebrando a Banca Processo Civil Damião Soares Quebrando a Banca Processo Civil Damião Soares 2014 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 2014 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Leia mais

TABELA I - ATOS DOS TABELIÃES DE NOTAS

TABELA I - ATOS DOS TABELIÃES DE NOTAS TABELA I - ATOS DOS TABELIÃES DE NOTAS I - ESCRITURAS PÚBLICAS COM VALOR DECLARADO: de 17.595,01 a 35.190,00 R$ 480,68 R$ 7,53 R$ 24,41 R$ 14,65 R$ 24,41 R$ 29,30 R$ 48,83 R$ 2,00 R$631,80 de 234.600,01

Leia mais

Institutos de Direito Aula - Garantias

Institutos de Direito Aula - Garantias Institutos de Direito Aula - Garantias CAMILA VILLARD DURAN CAMILADURAN@USP.BR Garantias! Conceito e classificação! Garantias reais e pessoais 1% Garantias! Conceito! Direitos e obrigações acessórios (em

Leia mais

Direito Empresarial. Aula 20. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Empresarial. Aula 20. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Empresarial Aula 20 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Mauro, pedreiro, domiciliado em Salvador BA, caminhava por uma rua de Recife PE quando

Mauro, pedreiro, domiciliado em Salvador BA, caminhava por uma rua de Recife PE quando DIREITO CIVIL PEÇA PROFISSIONAL Mauro, pedreiro, domiciliado em Salvador BA, caminhava por uma rua de Recife PE quando foi atingido por um aparelho de ar-condicionado manejado, de forma imprudente, por

Leia mais

Marcelo Santos, brasileiro, solteiro, portador da CTPS e do CPF , residente

Marcelo Santos, brasileiro, solteiro, portador da CTPS e do CPF , residente DIREITO DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Marcelo Santos, brasileiro, solteiro, portador da CTPS 2.222 e do CPF 001.001.001-01, residente e domiciliado na rua X, casa 1, cidade Nova, funcionário da empresa

Leia mais

PADOVA INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA

PADOVA INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA PROMOÇÃO ARMÁRIOS Promoção a ser realizada por PADOVA INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob nº. 09.394.502/0001-19, com sede na Av. Brigadeiro Faria

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO AÇÃO DE REPETIÇÃO DE INDÉBITO Prof. Thiago Gomes 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS A ação empregada para o contribuinte recuperar valor já pago indevidamente ou a maior.

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL REFORMA/ CONSTRUÇÃO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA FÍSICA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL REFORMA/ CONSTRUÇÃO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA FÍSICA R.G. e CPF do consorciado e cônjuge Certidão de estado civil Comprovante de residência atualizado Comprovante de renda Ficha Cadastral Declaração Crédito FGTS, preenchida, assinada e reconhecido firma

Leia mais

Indice. Introdução... 1 PARTE I

Indice. Introdução... 1 PARTE I .. Indice Introdução... 1 PARTE I Capítulo I - Incorporação imobiliária - Caracterização geral LI. Incorporação: conceito e definição legal... 9 1.2. Incorporador: caracterização... 14 1.3. A dinâmica

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL. Exame de Ordem 2009.1 Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL

DIREITO EMPRESARIAL. Exame de Ordem 2009.1 Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL DIREITO EMPRESARIAL PEÇA PROFISSIONAL A BW Segurança Ltda. firmou com o Banco Reno S.A. contrato de confissão de dívidas, devidamente assinado por duas testemunhas, obrigando-se a efetuar o pagamento da

Leia mais

PROVA DISCURSIVA II PARTE I

PROVA DISCURSIVA II PARTE I PROVA DISCURSIVA II Nesta prova, faça o que se pede, usando os espaços para rascunho indicados no presente caderno. Em seguida, transcreva os textos para o CADERNO DE TEXTOS DEFINITIVOS DA PROVA DISCURSIVA

Leia mais

DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL

DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL PEÇA PROFISSIONAL Em 05/1/2007, Antônio adquiriu de João o veículo VW Gol, ano/modelo 2006, placa XX 0000, pelo valor de R$ 20.000,00, tendo efetuado o pagamento

Leia mais

Pratica Especial Civil 10 sem

Pratica Especial Civil 10 sem AULA 04 Contestação ESTRUTURA BÁSICA DA CONTESTAÇÃO Competência Partes Hipóteses de cabimento Fundamento legal Fatos Fundamentação jurídica Pedido Provas Valor da causa Juiz da causa (art. 297, CPC). Tratamento:

Leia mais

REQUERIMENTO DE PENSÃO

REQUERIMENTO DE PENSÃO Versão 14 REQUERIMENTO DE PENSÃO SEGURADO (A) Segurado(a): CPF nº: Cargo: Órgão de origem: DATA DO ÓBITO: / / Ativo: ( ) Inativo: ( ) Falecimento motivado por acidente de qualquer natureza ou doença profissional

Leia mais

GABARITO SIMULADO WEB 1

GABARITO SIMULADO WEB 1 GABARITO SIMULADO WEB 1 PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL A. J. Estofador, empresário individual domiciliado na Cidade do Cuiabá, é credor, por uma duplicata de prestação de serviços, devidamente

Leia mais

Agenda. Personagens Essenciais. Conceito. Como deve ser um cheque. Modalidades. Pagamento de cheque. Cheque sem fundos

Agenda. Personagens Essenciais. Conceito. Como deve ser um cheque. Modalidades. Pagamento de cheque. Cheque sem fundos CHEQUES Agenda Personagens Essenciais Conceito Como deve ser um cheque Modalidades Pagamento de cheque Cheque sem fundos Personagens Essenciais SACADOR ou EMITENTE - pessoa que assina o cheque, aquele

Leia mais

PARTE I. Auto Viação Gaivota Ltda., concessionária de transporte urbano do município de Belo

PARTE I. Auto Viação Gaivota Ltda., concessionária de transporte urbano do município de Belo PROVA DISCURSIVA P 3 Nas partes I (peça judicial) e II (questões) desta prova que valem dez pontos cada uma, faça o que se pede, usando as páginas correspondentes do presente caderno para rascunho. Em

Leia mais

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação!

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Para realizar sua contemplação providenciar a documentação solicitada abaixo e levar até uma loja do Magazine Luiza ou representação autorizada

Leia mais

VANCOUVER INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA

VANCOUVER INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA PROMOÇÃO ARMÁRIOS Promoção a ser realizada por VANCOUVER INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob nº. 08.302.494/0001-70, com sede na Av. Brigadeiro

Leia mais

CHECKLIST DETALHADO PARA PLANO EMPRESÁRIO 1. DOCUMENTOS DISPENSADOS/FLEXIBILIZADOS

CHECKLIST DETALHADO PARA PLANO EMPRESÁRIO 1. DOCUMENTOS DISPENSADOS/FLEXIBILIZADOS 1. DOCUMENTOS DISPENSADOS/FLEXIBILIZADOS - DISPENSA DO ENVIO DAS CÓPIAS DO RG/RNE/CPF DOS FIADORES (PESSOA FÍSICA), INCLUSIVE DOS CÔNJUGES Fica dispensado o envio das cópias desses documentos desde que

Leia mais

DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES (Lei n 8.429/1992, Decreto n 5.483/2005 e Portaria Interministerial MP/CGU n 298/2007)

DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES (Lei n 8.429/1992, Decreto n 5.483/2005 e Portaria Interministerial MP/CGU n 298/2007) DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES (Lei n 8.429/1992, Decreto n 5.483/2005 e Portaria Interministerial MP/CGU n 298/2007) DECLARAÇÃO DE BENS E VALORES ( ) Declaração de Ingresso Preencher os itens 1, 2, 8, 9,

Leia mais

Escrito por Administrator Dom, 15 de Novembro de :28 - Última atualização Qua, 04 de Janeiro de :05

Escrito por Administrator Dom, 15 de Novembro de :28 - Última atualização Qua, 04 de Janeiro de :05 INFORMAÇÕES PARA HABILITAÇÃO DE CASAMENTO SOLTEIRO 1. DOCUMENTOS: 1.1. Certidão de Nascimento, original e cópia simples, essas não poderão conter rasuras nem emendas; 1.2. Cópia simples da identidade e

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional página 1 de 12 PEÇA PROFISSIONAL. UnB/CESPE OAB. Direito do Trabalho

DIREITO DO TRABALHO. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional página 1 de 12 PEÇA PROFISSIONAL. UnB/CESPE OAB. Direito do Trabalho DIREITO DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Lauro, representante legal da empresa Rápido Distribuidora de Alimentos Ltda., procurou auxílio de profissional de advocacia, ao qual relatou ter sido citado para

Leia mais

PODER LEGISLATIVO CÂMARA MUNICIPAL DE NOVA GLÓRIA PRAÇA CÍVICA Nº CENTRO TELEFONE/FAX:

PODER LEGISLATIVO CÂMARA MUNICIPAL DE NOVA GLÓRIA PRAÇA CÍVICA Nº CENTRO TELEFONE/FAX: CONTRATO N 002/2013 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ASSESSORIA CONTÁBIL QUE ENTRE SE CELEBRAM A CÂMARA MUNICIPAL DE NOVA GLÓRIA, ESTADO DE GOIÁS, E O SENHOR VALDECI SILVÉRIO DE SOUZA, CONFORME CLÁUSULA

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO E www.questoesdeconcursos.com.br DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Antenor Silva foi contratado como auxiliar de serviços gerais pela empresa Mar Azul Ltda. Ao se pactuar

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO PROTOCOLO Prof. Pedro Marini Neto / / 2011 FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO Reconhecida pelo Decreto nº 49.845 de 17 de Julho de 1968 - D.O.E 18.06.1968 Rua: Java,425 - Jd. do Mar - São Bernardo

Leia mais

PROVIMENTO Nº CGJ-05/ O DESEMBARGADOR JOÃO PINHEIRO, CORREGEDOR GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições,

PROVIMENTO Nº CGJ-05/ O DESEMBARGADOR JOÃO PINHEIRO, CORREGEDOR GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, PROVIMENTO Nº CGJ-05/ 2007 Autoriza o apontamento dos títulos que indica, no âmbito da Central de Protesto de Títulos e Documentos da capital e dos Tabelionatos de Protesto de Títulos e Documentos de todo

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA COM CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE QUOTAS DE SOCIEDADE POR QUOTAS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA

CONTRATO DE COMPRA E VENDA COM CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE QUOTAS DE SOCIEDADE POR QUOTAS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA 1 CONTRATO DE COMPRA E VENDA COM CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE QUOTAS DE SOCIEDADE POR QUOTAS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA I PARTES: a) Sócia 2, doravante denominada simplesmente PROMITENTE VENDEDOR CEDENTE;

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATORA RECORRENTE RECORRIDO : MINISTRA MARIA ISABEL GALLOTTI : C A M : ANNA EUGÊNIA BORGES CHIARI E OUTRO(S) : M L R M : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS EMENTA HABEAS CORPUS. RECURSO ORDINÁRIO. EXECUÇÃO

Leia mais

INTERVENÇÕES EM PROCESSOS JUDICIAIS E OUTROS PROCEDIMENTOS para efeitos de cumprimento do disposto nos números 1, 2 e 5 do artigo 22º

INTERVENÇÕES EM PROCESSOS JUDICIAIS E OUTROS PROCEDIMENTOS para efeitos de cumprimento do disposto nos números 1, 2 e 5 do artigo 22º INTERVENÇÕES EM PROCESSOS JUDICIAIS E OUTROS PROCEDIMENTOS para efeitos de cumprimento do disposto nos números 1, 2 e 5 do artigo 22º do REGULAMENTO NACIONAL DE ESTÁGIO (Regulamento nº 913 A/2015) A segunda

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA FÍSICA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA FÍSICA IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA FÍSICA R.G. e CPF do consorciado e cônjuge Certidão de estado civil Comprovante de residência atualizado Comprovante de renda Ficha Cadastral Declaração

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.641.159 - SP (2016/0078462-1) RELATORA RECORRENTE RECORRENTE REPR. POR ADVOGADO : MINISTRA NANCY ANDRIGHI : V K DA S S : F A DA S M : A P DA S : DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO

Leia mais

REGULAMENTO Art. 1º 1º- entende-se como beneficiários descendentes de primeiro grau em linha reta ascendentes de primeiro grau em linha reta 2º-

REGULAMENTO Art. 1º 1º- entende-se como beneficiários descendentes de primeiro grau em linha reta ascendentes de primeiro grau em linha reta 2º- REGULAMENTO Art. 1º - O programa de Assistência Jurídica da Asttter é de utilização exclusiva dos associados titulares e seus beneficiários a quem concederem autorização. 1º- Para fins deste regulamento,

Leia mais

CONCURSO PARA JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROVA DE DIREITO COMERCIAL Examinador: Thales Poupel Catta Preta Leal

CONCURSO PARA JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROVA DE DIREITO COMERCIAL Examinador: Thales Poupel Catta Preta Leal CONCURSO PARA JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO DO ESTADO DE MINAS GERAIS 2007 PROVA DE DIREITO COMERCIAL Examinador: Thales Poupel Catta Preta Leal Questão nº 1 José Leal, brasileiro, casado sob o regime da

Leia mais

PROVIMENTO Nº 12/2015

PROVIMENTO Nº 12/2015 PROVIMENTO Nº 12/2015 Dispõe sobre o protesto de Certidões de Dívidas Judiciais e dá outras providências. A Corregedora-Geral da Justiça, Desembargadora Regina Ferrari, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

PROCESSO Nº AGRAVO DE PETIÇÃO

PROCESSO Nº AGRAVO DE PETIÇÃO PROCESSO Nº 0159700-46.1997.5.15.0043 AGRAVO DE PETIÇÃO AGRAVANTE: AGRAVADOS: ORIGEM: SENTENCIANTE: vdd JOSÉ PESSOA NETO JM TRANSPORTADORA UNIDOS LTDA. TRANSPORTE E COMÉRCIO CINCO IRMÃOS DO ABC LTDA. JOÃO

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA AÇÃO DE ALIMENTOS COM MODELO DE PETIÇÃO INICIAL E A CONSTRUÇÃO DO PARÁGRAFO JURÍDICO

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA AÇÃO DE ALIMENTOS COM MODELO DE PETIÇÃO INICIAL E A CONSTRUÇÃO DO PARÁGRAFO JURÍDICO AÇÃO DE ALIMENTOS COM MODELO DE PETIÇÃO INICIAL E A CONSTRUÇÃO DO PARÁGRAFO JURÍDICO A ação de alimentos é proposta, quando o autor precisa de pensão alimentícia com o objetivo de prover suas necessidades

Leia mais

SEPARAÇÃO E SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL. Aspectos Relevantes

SEPARAÇÃO E SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL. Aspectos Relevantes SEPARAÇÃO E SUCESSÃO NO CASAMENTO E NA UNIÃO ESTÁVEL Aspectos Relevantes 1 2 Introdução O presente trabalho não tem o intuito de exaurir o tema, haja vista sua extensão e as particularidades de cada caso,

Leia mais

Luiz ajuizou, contra a empresa A, ação reclamatória, distribuída à 1.ª Vara do Trabalho de

Luiz ajuizou, contra a empresa A, ação reclamatória, distribuída à 1.ª Vara do Trabalho de DIREITO DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Luiz ajuizou, contra a empresa A, ação reclamatória, distribuída à 1.ª Vara do Trabalho de Formosa GO, pertencente à 18.ª Região. No processo, o reclamante declarou

Leia mais

SENTENÇA. Vistos. Trata-se de pedido de providências formulado pelo Oficial do 17º Registro de Imóveis da Capital, a requerimento de José Garcia.

SENTENÇA. Vistos. Trata-se de pedido de providências formulado pelo Oficial do 17º Registro de Imóveis da Capital, a requerimento de José Garcia. fls. 58 SENTENÇA Processo Digital nº: 1043214-93.2015.8.26.0100 Classe - Assunto Pedido de Providências - Registro de Imóveis Requerente: 17º Oficial de Registro de Imóveis de São Paulo Juíza de Direito:

Leia mais

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Tribunal de Justiça Vigésima Primeira Câmara Cível

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Tribunal de Justiça Vigésima Primeira Câmara Cível Apelação cível nº: 0379418-52.2013.8.19.0001 Apelante: FRANCISCO DE PAULA MUNIZ FREIRE BARBOSA Apelado: RONALDO GANON Relatora: DES. MÁRCIA CUNHA SILVA ARAÚJO DE CARVALHO APELAÇÃO CÍVEL. EMBARGOS Á EXECUÇÃO.

Leia mais

SENADO FEDERAL ROJETO DE LEI DO SENADO Nº 62, DE 2010

SENADO FEDERAL ROJETO DE LEI DO SENADO Nº 62, DE 2010 SENADO FEDERAL ROJETO DE LEI DO SENADO Nº 62, DE 2010 Acrescenta 5º ao art. 110 da Lei nº 6.015, de 31 de dezembro de 1973 (Lei de Registros Públicos), a fim de facilitar a substituição, no registro civil

Leia mais

EXERCÍCIOS TEORIA DA CONTABILIDADE Prof. Valbertone Fonte CFC. RESPONDA AS QUESTÕES ABAIXO: 1 - Podemos considerar como fato permutativo a transação:

EXERCÍCIOS TEORIA DA CONTABILIDADE Prof. Valbertone Fonte CFC. RESPONDA AS QUESTÕES ABAIXO: 1 - Podemos considerar como fato permutativo a transação: RESPONDA AS QUESTÕES ABAIXO: 1 - Podemos considerar como fato permutativo a transação: a) compra de galpão para a fábrica. b) venda de mercadoria a prazo. c) pagamento de salários administrativos. d) pagamento

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO www.questoesdeconcursos.com.br PEÇA PROFISSIONAL O imóvel de Antônio foi ocupado, em 19 de janeiro de 1988, pelo estado X, que o utilizou como espaço para feira de exposição permanente.

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO PEÇA PROFISSIONAL José, cidadão estrangeiro, que residira durante trinta anos no Brasil e passara os últimos trinta anos de sua vida no exterior, sem visitar o Brasil, decidiu retornar

Leia mais

Produto: Super Casa - Parcelas Atualizáveis Super Casa - Parcelas Fixas SuperOffice Carta de Crédito Comprador Principal Dados pessoais Nome Completo

Produto: Super Casa - Parcelas Atualizáveis Super Casa - Parcelas Fixas SuperOffice Carta de Crédito Comprador Principal Dados pessoais Nome Completo Proposta para Aquisição de Imóvel através de Financiamento Imobiliário Identificação da Operação Cód. Agência Nome do Agência Gerente Produto: Super Casa - Parcelas Atualizáveis Super Casa - Parcelas Fixas

Leia mais

Princípio da Concentração na Lei /2015

Princípio da Concentração na Lei /2015 Princípio da Concentração na Lei 13.097/2015 1. A Lei 13.097/2015: Origem e objetivos. - Medida Provisória 656/2014. - Exposição de Motivos: O Projeto de Medida Provisória visa também adotar o princípio

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0001290-15.2010.8.19.0028 APELANTE: AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. APELADOS: R.S.R. DE MACAÉ EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES IMOBILIÁRIAS

Leia mais

Sicredi Cheque Especial. Periodicidade de pagamento. Juros mensalmente e principal a qualquer momento ou no vencimento do limite.

Sicredi Cheque Especial. Periodicidade de pagamento. Juros mensalmente e principal a qualquer momento ou no vencimento do limite. Sicredi Cheque Especial Definição Limite de crédito Forma de Limite de crédito disponibilizado em conta corrente para utilização imediata pelo associado, quando e como desejar. do tomador e respectivo

Leia mais

MARTA SUPLICY, Prefeita do Município de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei,

MARTA SUPLICY, Prefeita do Município de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei, DECRETO No. 41.724, 26 DE FEVEREIRO DE 2002 Ano 47 - Número 37 - São Paulo, quarta-feira, 27 de fevereiro de 2002 Diário Oficial do Município de São Paulo Regulamenta a Lei no. 13.283, de 9 de janeiro

Leia mais

FORMULÁRIO DE INCLUSÃO UNIMED

FORMULÁRIO DE INCLUSÃO UNIMED Curitiba FORMULÁRIO DE INCLUSÃO UNIMED Para solicitar a inclusão no plano UNIMED CURITIBA* preencha e imprima o Formulário para inclusão e a Autorização de débito automático e envie, juntamente com a cópia

Leia mais

Morte Pessoa Jurídica

Morte Pessoa Jurídica Pessoa Jurídica Dica: este é um PDF navegável. SEMPRE QUE ESTE ÍCONE APARECER, PASSE O MOUSE POR CIMA PARA VISUALIZAR ONDE CONSEGUIR O DOCUMENTO SOLICITADO. QUANDO O ÍCONE FICAR VERMELHO, CLIQUE PARA ACESSAR

Leia mais

FAURGS TJ - RS Edital 001/2015 CECPODNR PROVIMENTO E REMOÇÃO Pág. 1

FAURGS TJ - RS Edital 001/2015 CECPODNR PROVIMENTO E REMOÇÃO Pág. 1 Pág. 1 FAURGS TJ - RS Edital 001/2015 CECPODNR Pág. 2 Instrução: Responda às questões no CADERNO DE RESPOSTAS, atendo-se ao solicitado. 01. Conceitue a conversão do negócio jurídico e explique os seus

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA... VARA CÍVEL DO FORO...

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA... VARA CÍVEL DO FORO... EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA... VARA CÍVEL DO FORO...... (nome completo),... (nacionalidade),... (estado civil),... (profissão), portador da cédula de identidade RG nº..., inscrito no

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE QUITANDINHA

CÂMARA MUNICIPAL DE QUITANDINHA Prestação de Serviços de Publicação, do Processo de Dispensa de Licitação 002/2015. I DAS PARTES: A) CÂMARA MUNICIPAL DE QUITANDINHA, pessoa jurídica de direito público interno, inscrita no CNPJ/MF sob

Leia mais

Sumário. Lei do Inquilinato Anotada

Sumário. Lei do Inquilinato Anotada Sumário I II Lei do Inquilinato Anotada Questões Teóricas e Práticas do Direito Locatício 1 Quais são os princípios fundamentais do direito contratual que também se aplicam ao contrato de locação? 2 Resumidamente,

Leia mais

LEI N.º 1.921/2015 DATA: 29/09/2015

LEI N.º 1.921/2015 DATA: 29/09/2015 Publicado em 01/10/2015 Edição 2239 Pág. 6A Jornal Correio do Povo. LEI N.º 1.921/2015 DATA: 29/09/2015 SÚMULA: Autoriza o Município a não ajuizar ações ou execuções fiscais de débitos de pequeno valor;

Leia mais