Apresentação Siglas utilizadas Lista de perguntas Noções gerais Constituição Funcionamento Assembleias de condóminos Administração

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentação Siglas utilizadas Lista de perguntas Noções gerais Constituição Funcionamento Assembleias de condóminos Administração"

Transcrição

1 Índice temático Apresentação 3 Siglas utilizadas 4 Lista de perguntas 5 Noções gerais 13 Constituição 17 Funcionamento 20 Assembleias de condóminos 29 Administração 42 Questões do dia a dia 54 Anexos 77 Anexo 1 Exemplo de Regulamento do Condomínio 79 Anexo 2 Exemplo de Título Constitutivo de propriedade horizontal 93 Anexo 3 Mod. 2 RNPC Pedido de inscrição/identificação de pessoa coletiva 97 Anexo 4 Exemplo de comunicação de condómino ausente 99 Anexo 5 Exemplo de procuração para o exercício de poderes de condómino 100 Anexo 6 Exemplo de convocatória para assembleia de condóminos 101 Anexo 7 Quórum de maiorias 102 Anexo 8 Exemplo de procuração para representação em assembleia de condóminos 103 Anexo 9 Exemplo de ata de reunião de assembleia de condóminos 104 Anexo 10 Exemplo de carta de interpelação 107 Anexo 11 Formulário para pedido de parecer CNPD 108 5

2 Noções gerais 1. O que se entende por prédio constituído sob o regime da propriedade horizontal? 2. O que é uma fração autónoma? 3. O que se entende por condomínio em propriedade horizontal? 4. Quem é o condómino? 5. Que partes do prédio são consideradas comuns? 6. O que é o Regulamento do Condomínio? 7. O que é o Fundo de Reserva Comum? 8. Tornei-me proprietário de uma fração autónoma, o que é que me pertence? Constituição 9. Qual o documento que constitui a propriedade horizontal? 10. É o construtor que deve convocar a primeira assembleia de condóminos? 11. Quais os assuntos que devem ser abordados na primeira assembleia de condóminos? 12. Que assuntos devem ser tratados no Regulamento do Condomínio? 13. Como obter o número de identificação de pessoa coletiva do condomínio? 14. Quando é necessário um administrador provisório? Funcionamento 15. Quais são os direitos dos condóminos? 16. Quem é responsável pela limpeza e conservação das partes comuns do prédio? 17. Onde posso saber qual a permilagem da minha fração autónoma? 18. Qual a influência da permilagem da minha fração autónoma na quota de condomínio? 19. Qual o montante das quotizações afeto ao Fundo de Reserva Comum? 20. Em que circunstâncias é que se podem utilizar as poupanças existentes no Fundo de Reserva Comum? 21. Como reagir perante dívidas dos condóminos? 6

3 22. Posso consultar os livros de atas da assembleia de condóminos? 23. Posso alterar o regulamento do prédio? 24. O condomínio do prédio onde resido não tem um Regulamento do Condomínio. Posso propor ou exigir a elaboração de um? O que devo fazer? 25. Quem é responsável pela elaboração do orçamento anual? 26. Que tipo de contas bancárias devem pertencer ao condomínio? 27. A conta bancária do condomínio do meu prédio está em nome do administrador. É possível alterar? 28. Quais são os seguros de contratação obrigatória? 29. Como se sabe quem é o administrador do condomínio de um prédio? 30. Vou residir para o estrangeiro. Devo fazer alguma comunicação ao condomínio? 31. A Administração do Condomínio está a exigir-me o pagamento de uma quotização extraordinária em virtude da realização de obras no telhado do prédio. Sou obrigado a pagar? 32. Tenho de contribuir para a pintura e reparação das paredes do meu prédio? 33. Vivo no rés do chão do meu prédio. Tenho de contribuir para o pagamento das despesas com os elevadores? 34. Faço a limpeza do patamar da minha fração. Tenho de contribuir para o pagamento dos serviços prestados pela empregada de limpeza? 35. O Regulamento do Condomínio pode proibir a existência de animais domésticos nas frações? 36. Posso confiar os meus poderes de condómino a terceiro? Assembleias de condóminos 37. Quantas reuniões da Assembleia devem ser feitas por ano? 38. Posso convocar uma assembleia de condóminos? 39. Como se convoca uma Assembleia? 40. Não vou poder comparecer na assembleia de condóminos do meu prédio, mas gostava de participar. O que posso fazer? 41. Fui abordado por vários vizinhos para os representar na próxima assembleia de condóminos. Posso aceitar representá-los? 42. Existe uma habitação no meu prédio que pertence a duas pessoas diferentes, que nem sequer a habitam. A quem deve o administrador dirigir a convocatória para uma assembleia de condóminos? 43. Como se contam os votos de cada condómino? 44. Quantos condóminos necessitam de estar presentes na reunião para se dar início à Assembleia? 7

4 Condomínio 45. O que fazer se não estiver reunido o número de condóminos necessário para iniciar a Assembleia? 46. A quem compete a redação das atas das reuniões da Assembleia? 47. O que fazer se algum dos condóminos que participaram na Assembleia se recusar a assinar a ata da reunião? 48. Resido numa habitação arrendada. Tenho o dever de participar nas assembleias de condóminos? 49. A Assembleia deliberou que os condóminos que se encontram desempregados ficam livres do pagamento das quotizações de condomínio. Isto é possível? 50. Os meus vizinhos querem fazer uma remodelação na fachada do prédio, com a qual eu não concordei e votei contra. Tenho de contribuir para essa obra? 51. Pretendo transformar a minha habitação num escritório de contabilidade. Tenho de pedir autorização aos outros proprietários das frações do prédio? 52. Pretendo transformar a minha habitação em alojamento local para turismo. Tenho de pedir autorização aos outros proprietários das frações do prédio? 53. Tenho um vizinho que transformou a sua varanda numa marquise, alterando o aspeto exterior do prédio. Como posso reagir? 54. O meu prédio é antigo e ainda não dispõe de gás natural. O que posso fazer para a sua instalação? 55. Gostava de instalar um aparelho de ar condicionado na minha habitação, mas terei de alterar a parede exterior do prédio. Posso fazê-lo? 56. Posso instalar painéis solares térmicos no telhado do meu prédio? 57. Se os condóminos, em Assembleia, decidirem alterar a fachada do edifício, podem fazê-lo? 58. O que devo fazer para anular uma decisão tomada numa assembleia de condóminos do meu prédio? 59. Em caso de litígio, sou obrigado a recorrer a Tribunal? Administração 60. Que modelos de gestão de condomínio existem? 61. A quem compete a representação do condomínio? 62. Os meus vizinhos pretendem indicar-me como administrador do condomínio, o que tendo em conta os meus problemas de saúde, tornaria o meu dia a dia muito difícil. Tenho de aceitar? 63. É possível atribuir uma remuneração ao administrador do condomínio? 64. Existe alguma tabela de remunerações para a função de administrador do condomínio? 8

5 65. O administrador pode ficar isento do pagamento de quotas, como forma de remuneração? 66. Durante quanto tempo se exercem as funções de administrador? 67. Quem é responsável pela cobrança das quotizações em atraso? 68. Foi-me aplicada pelo administrador uma multa pelo atraso no pagamento da quotização mensal. Pode fazê-lo? 69. O proprietário de uma das frações do prédio faleceu e já existem, entretanto, três quotas em atraso. Como deve o administrador proceder? 70. Um dos condóminos recusou-se a pagar as quotas do condomínio, referindo que se encontrava insolvente. E agora, a quem deve o administrador cobrar as quotas? 71. O condomínio recebeu uma proposta de uma operadora de telecomunicações para instalar uma antena na cobertura do prédio. Quem é que pode decidir sobre esta proposta? 72. O prédio onde habito partilha um saguão (pátio interior) com outro prédio. Quem é responsável pela sua manutenção e conservação? 73. O condomínio não procede à reparação da fechadura da porta de entrada do prédio, apesar das solicitações de alguns condóminos. O que podem estes fazer? 74. O vidro do hall de entrada do prédio encontra-se rachado há alguns meses, sem ter sido substituído. Como devo proceder? 75. Foi decidido em assembleia de condóminos contratar um jardineiro. Que tipo de contrato se deve celebrar? 76. O porteiro do meu prédio raramente se encontra na entrada do prédio. O que se pode fazer? 77. Onde posso obter uma cópia dos documentos relativos ao condomínio? 78. O administrador do meu prédio não apresenta contas há mais de três anos. O que se pode fazer? 79. A correspondência entre condóminos e Administração do condomínio tem de ser efetuada por correio registado? 80. Posso pedir que a correspondência da Administração do condomínio me seja enviada por ? Questões do dia a dia 81. Posso deixar, durante a noite, as bicicletas dos meus filhos no hall de entrada do prédio em que habito? 82. Um dos vizinhos usa as tomadas da garagem comum para limpar semanalmente o carro. Pode fazê-lo? 9

6 Condomínio 83. A minha vizinha colocou vários vasos na escadaria do prédio, dificultando a passagem. Como posso reagir? 84. O meu prédio tem uma sala de convívio. Posso utilizá-la livremente? 85. Posso isolar o meu lugar de garagem? 86. Posso fechar a minha varanda? 87. Adquiri recentemente a fração autónoma contígua à minha. Posso juntá-las? 88. Arrendei uma loja sita no rés do chão de um prédio. Posso afixar publicidade no seu exterior? 89. Estou impedido de utilizar a minha lareira porque a estrutura está danificada na parte do telhado. O que fazer? 90. O meu vizinho tem por hábito estender roupa na parte exterior da varanda. Posso impedi-lo? 91. Fiz uma reparação numa parte comum do prédio. Posso pedir ao condomínio o reembolso do que gastei? 92. O prédio onde habito partilha um saguão (pátio interior) com outro edifício e um morador desse edifício lança lixo para esse espaço. O que posso fazer? 93. Sou arrendatário de uma fração há três meses e fui agora interpelado pelo administrador para efetuar o pagamento das quotas de condomínio que estão em falta. Tenho de pagar? 94. O meu vizinho da frente recebe, com frequência, visitas em casa, durante a noite, que fazem muito barulho. Como posso reagir? 95. O cão do meu vizinho ladra alto durante toda a noite. O que posso fazer? 96. Os cães do meu vizinho circulam livremente e sem vigilância pela entrada do prédio. O que posso fazer? 97. Pretendo substituir o pavimento da minha casa. Até que horas se podem realizar as obras? 98. Os filhos do meu vizinho circulam dentro da garagem comum de moto a alta velocidade. Como posso impedir este comportamento? 99. Apareceu humidade nas paredes e tetos do meu apartamento. A reparação é da minha responsabilidade ou da do condomínio? 100. Como tenho filhos pequenos, coloquei no pátio comum baloiços e escorregas, o que gerou problemas com os meus vizinhos. O que posso fazer? 101. Vivo no último piso do meu prédio numa habitação recuada. Posso construir uma churrasqueira no terraço de cobertura? 102. Há vários anos que sou o único morador que utiliza o jardim que dá acesso à minha fração. O que posso fazer para garantir esta exclusividade? 103. O meu vizinho pintou de cor diferente o portão da sua garagem. Pode fazê-lo? 10

7 104. Tenho um vizinho que utiliza o seu lugar de garagem como arrumos. Como posso impedi-lo? 105. Tenho um familiar com mobilidade reduzida, posso proceder à instalação de uma rampa de acesso ao prédio? 106. Pode-se instalar no hall do prédio equipamento de videovigilância? 107. O meu prédio dispõe de uma sala de convívio e jardim e recebemos uma proposta de uma empresa para a utilizar em festas privadas. Podemos aceitar? 108. Ninguém sabe o paradeiro do administrador de condomínio do meu prédio. O que podemos fazer? 109. Houve uma inundação na garagem comum do prédio. A Administração pode acionar o seguro multirriscos? 110. É necessário fazer obras de impermeabilização da cobertura do prédio, mas o condomínio não dispõe de recursos suficientes. É possível obter um financiamento? 111. A Administração do condomínio recusa-se a dar acesso ao prédio a um operador de telecomunicações que pretende fazer uma pré-instalação de serviços audiovisuais. Pode fazê-lo? 11

A uma plataforma online de gestão de condomínios permite gerir de forma fácil e simples a atividade do seu condomínio.

A uma plataforma online de gestão de condomínios permite gerir de forma fácil e simples a atividade do seu condomínio. PLATAFORMA DE GESTÃO A uma plataforma online de gestão de condomínios permite gerir de forma fácil e simples a atividade do seu condomínio. Principais funcionalidades Possui uma série de funcionalidades

Leia mais

ATA Nº Apresentação de contas do ano 2015;

ATA Nº Apresentação de contas do ano 2015; ATA Nº 13 Ao terceiro dia do mês de Fevereiro do ano de 2016, pelas 20 horas e 15 minutos, reuniram em Assembleia ordinária, os condóminos do prédio em regime de propriedade horizontal sito na Av. Abraão

Leia mais

CONDOMÍNIO EDILÍCIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS FACULDADE DE DIREITO. Rafael Cândido da Silva

CONDOMÍNIO EDILÍCIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS FACULDADE DE DIREITO. Rafael Cândido da Silva CONDOMÍNIO EDILÍCIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS FACULDADE DE DIREITO Rafael Cândido da Silva Legislação Aplicável Lei n. 4.591/64 Código Civil (Lei n. 10.406/2002) Denominações Condomínio de edifícios

Leia mais

CONSIDERAÇÕES SOBRE O MANUAL DO PROPRIETÁRIO

CONSIDERAÇÕES SOBRE O MANUAL DO PROPRIETÁRIO CONSIDERAÇÕES SOBRE O MANUAL DO PROPRIETÁRIO Exigências dos CÓDIGOS CIVIL E CÓDIGO C DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR, no que diz respeito às relações de consumo, dividindo responsabilidades entre construtores

Leia mais

CONTRATO DE ARRENDAMENTO

CONTRATO DE ARRENDAMENTO CONTRATO DE ARRENDAMENTO Entre os abaixo assinados: PRIMEIRO OUTORGANTE:, nascido aos, casado, titular do Cartão de Cidadão n.º, válido até, com Número de Identificação Fiscal n.º, natural da freguesia

Leia mais

SEGURANÇA. Como se prevenir. Em condomínios verticais e horizontais. Mirian Bazote

SEGURANÇA. Como se prevenir. Em condomínios verticais e horizontais. Mirian Bazote SEGURANÇA Como se prevenir Em condomínios verticais e horizontais Mirian Bazote Como se prevenir Morador Não desça à garagem para verificar supostas batidas. Geralmente tarde da noite, ladrões, depois

Leia mais

Índice. Noções gerais sobre a organização de condóminos 3. Assembleia de condomínios / inquilinos 5. O Administrador 7. Regulamento do Condomínio 9

Índice. Noções gerais sobre a organização de condóminos 3. Assembleia de condomínios / inquilinos 5. O Administrador 7. Regulamento do Condomínio 9 GUIA DE CONDOMÍNIO Índice Noções gerais sobre a organização de condóminos 3 Assembleia de condomínios / inquilinos 5 O Administrador 7 Regulamento do Condomínio 9 2 Noções gerais sobre a organização de

Leia mais

Mais informações e atualizações desta obra em

Mais informações e atualizações desta obra em Título: Normas Regulamentares do Regime da Propriedade Horizontal Autor: Eurico Santos, Advogado Correio eletrónico do Autor: euricosantos@sapo.pt N.º de Páginas: 8 páginas Formato: PDF (Portable Document

Leia mais

A uma plataforma online de gestão de condomínios permite gerir de forma fácil e simples a atividade do seu condomínio.

A uma plataforma online de gestão de condomínios permite gerir de forma fácil e simples a atividade do seu condomínio. PLATAFORMA DE GESTÃO A uma plataforma online de gestão de condomínios permite gerir de forma fácil e simples a atividade do seu condomínio. Principais funcionalidades Possui uma série de funcionalidades

Leia mais

GESTÃO CONDOMINIAL- SERVIÇOS CONDOMINIAIS LTDA. RUA PAULA PREVEDELLO GUSSO, 1225 BOA VISTA - CEP CURITIBA/PR FONE/FAX:

GESTÃO CONDOMINIAL- SERVIÇOS CONDOMINIAIS LTDA. RUA PAULA PREVEDELLO GUSSO, 1225 BOA VISTA - CEP CURITIBA/PR FONE/FAX: GESTÃO CONDOMINIAL- SERVIÇOS CONDOMINIAIS LTDA. RUA PAULA PREVEDELLO GUSSO, 1225 BOA VISTA - CEP 82560-170 - CURITIBA/PR FONE/FAX: (41) 3354-9434 e-mail: angelo@gestaocondominiosadm.com.br CONDOMÍNIO EDIFÍCIO

Leia mais

Novas Moradias V3 com Altos Padrões de Qualidade, a 5 Minutos de Faro e da Ilha de Faro VILLA EM FARO

Novas Moradias V3 com Altos Padrões de Qualidade, a 5 Minutos de Faro e da Ilha de Faro VILLA EM FARO Novas Moradias V3 com Altos Padrões de Qualidade, a 5 Minutos de Faro e da Ilha de Faro VILLA EM FARO ref. S5180 348.000 4 4 126 m2 250 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Detalhes + Faro

Leia mais

REGULAMENTO DO CONDOMÍNIO

REGULAMENTO DO CONDOMÍNIO REGULAMENTO DO CONDOMÍNIO 1º Objecto do Regulamento 1. O presente regulamento é aplicável nas relações entre os condóminos do prédio situado na Quinta dos Telheiros Lote 34, inscrito na Conservatória do

Leia mais

CONDOMÍNIO EDIFÍCIO RESIDENCIAL/COMERCIAL MONET Rua: 2.870, n. 66 Centro Balneário Camboriú/SC

CONDOMÍNIO EDIFÍCIO RESIDENCIAL/COMERCIAL MONET Rua: 2.870, n. 66 Centro Balneário Camboriú/SC CONDOMÍNIO EDIFÍCIO RESIDENCIAL/COMERCIAL MONET Rua: 2.870, n. 66 Centro Balneário Camboriú/SC 88330-358 Balneário Camboriú, 16 de Janeiro de 2015. Com objetivo único de fazer uma amostragem da situação

Leia mais

CONTRATO CESSÃO DE EXPLORAÇÃO

CONTRATO CESSÃO DE EXPLORAÇÃO CONTRATO CESSÃO DE EXPLORAÇÃO Primeiro Outorgante,.. com sede em.., N.º.., xxxx-xxx, com o NIF/NIPC xxx xxx xxx. Segundo Outorgante, JRG - Hotelaria, Lda, contribuinte n.º 506560821, com sede no Edifício

Leia mais

Regimento do Departamento Curricular do 1º Ciclo

Regimento do Departamento Curricular do 1º Ciclo Regimento do Departamento Curricular do 1º Ciclo 2013-2017 O departamento curricular do 1º ciclo, nos termos do Regulamento Interno, aprova o seguinte regimento, definindo as respetivas regras de organização

Leia mais

Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO

Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS 1.1 Projeto Será um edifício residencial contendo subsolo, térreo, mezanino, 13 pavimentos tipo com 04 (quatro) apartamentos

Leia mais

Posição solar Posição solar Posição solar DESCRIÇÃO AMBIENTE ESPECIFICAÇÃO Alvenaria Geral Alvenarias com dimensões conforme projeto Cobertura Lajes de forro Laje impermeabilizada ou telhado

Leia mais

2015/2016. Portefólio

2015/2016. Portefólio 2015/2016 Portefólio http://condosolutions.pt/ geral@condosolutions.pt 231 205 542 914 664 986 0 De JOAQUIM ANTÓNIO SERRANO DOS SANTOS JURISTA PORTEFÓLIO Apresentação... 2 1. Administração ou gestão...

Leia mais

Condomínios Horizontais e Loteamentos Fechados: Proposta de Regulamentação

Condomínios Horizontais e Loteamentos Fechados: Proposta de Regulamentação Condomínios Horizontais e Loteamentos Fechados: Proposta de Regulamentação por Victor Carvalho Pinto Conceito Não há uma definição legal do chamado condomínio horizontal. Tal expressão é utilizada, no

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DOS 2º E 3º CICLOS DOS LOUROS ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCAREGADOS DE EDUCAÇÃO

ESCOLA BÁSICA DOS 2º E 3º CICLOS DOS LOUROS ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCAREGADOS DE EDUCAÇÃO CAPITULO I ARTIGO 1.º (Denominação, natureza, sede e âmbito) 1. A Associação adopta a designação de Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos dos Louros. 2. É uma

Leia mais

REGULAMENTO DA ASSEMBLEIA DE REPRESENTANTES

REGULAMENTO DA ASSEMBLEIA DE REPRESENTANTES REGULAMENTO DA ASSEMBLEIA DE REPRESENTANTES REGULAMENTO DA ASSEMBLEIA DE REPRESENTANTES Aprovado na Assembleia de Representantes de 25 de Março de 2000 CAPÍTULO I Natureza e composição Artigo 1.º Natureza

Leia mais

ESTATUTOS DA ACADEMIA DE LETRAS DE TRÁS-OS-MONTES CAPÍTULO I CONSTITUIÇÃO, DURAÇÃO E SEDE

ESTATUTOS DA ACADEMIA DE LETRAS DE TRÁS-OS-MONTES CAPÍTULO I CONSTITUIÇÃO, DURAÇÃO E SEDE ESTATUTOS DA ACADEMIA DE LETRAS DE TRÁS-OS-MONTES CAPÍTULO I CONSTITUIÇÃO, DURAÇÃO E SEDE Artigo 1º Constituição e denominação É constituída uma associação civil sem fins lucrativos denominada Academia

Leia mais

MORADIAS CASCADE CASCADE RESORT

MORADIAS CASCADE CASCADE RESORT MORADIAS CASCADE Como proprietário de uma das exclusivas Villas, oferecemos-lhe adicionalmente um serviço de 5 estrelas no Cascade Resort. Será sempre bem recebido e poderá desfrutar das facilidades do

Leia mais

Cálculo das quotas do seguro coletivo.

Cálculo das quotas do seguro coletivo. Cálculo das quotas do seguro coletivo. Para explicar o cálculo das quotas de seguro a liquidar por frações que participem do seguro coletivo vamos utilizar como exemplo um condomínio com 10 frações, com

Leia mais

b) Escritórios São disponibilizados 7 espaços individuais de 30 m², dotados de energia elétrica e de infraestrutura para comunicações.

b) Escritórios São disponibilizados 7 espaços individuais de 30 m², dotados de energia elétrica e de infraestrutura para comunicações. REGULAMENTO DE ACESSO 1. Condições gerais O presente normativo define as regras de acesso aos espaços físicos e serviços disponibilizados no Núcleo Empresarial de Almada Velha, equipamento municipal cuja

Leia mais

Moderna Moradia V5 com possibilidade de Projeto de Turismo Rural, próximo de Boliqueime VILLA EM BOLIQUEIME

Moderna Moradia V5 com possibilidade de Projeto de Turismo Rural, próximo de Boliqueime VILLA EM BOLIQUEIME Moderna Moradia V5 com possibilidade de Projeto de Turismo Rural, próximo de Boliqueime VILLA EM BOLIQUEIME ref. VM714 650.000 5 5 442 m2 18.350 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Detalhes

Leia mais

CONSTRUINDO SUA CASA EM ALPHAVILLE. AlphaVille Teresina

CONSTRUINDO SUA CASA EM ALPHAVILLE. AlphaVille Teresina CONSTRUINDO SUA CASA EM ALPHAVILLE AlphaVille Teresina Como será a casa? ESTILO ARQUITETÔNICO Como será a casa? Sala de Estar Sala de Jantar Home theater Lareira Lavabo Sala de Almoço / Copa Cozinha Despensa

Leia mais

Piscina m² Tanque m². Área Verde m². Pavimento em Micro-Cubo m². Pavimento em bloco de granito 418.

Piscina m² Tanque m². Área Verde m². Pavimento em Micro-Cubo m². Pavimento em bloco de granito 418. Área do Terreno 5350.00 m² 01 02 03 04 Área de Implantação Habitação 374.36 m² 76.12 m² 25.76 m² Anexo ( apoio a actividades desportivas ) 6.66 m² Total de área de implantação 482.90 m² 02 05 06 Piscina

Leia mais

PROJETO DE REGULAMENTO ESTATUTO DO PROVEDOR DO CIDADÃO

PROJETO DE REGULAMENTO ESTATUTO DO PROVEDOR DO CIDADÃO PROJETO DE REGULAMENTO ESTATUTO DO PROVEDOR DO CIDADÃO Preâmbulo A constituição da figura Provedor do Cidadão inscreve-se numa estratégia autárquica de modernização administrativa. A institucionalização

Leia mais

Regimento Interno como fazer e o que deve conter. Michel Rosenthal Wagner

Regimento Interno como fazer e o que deve conter. Michel Rosenthal Wagner Regimento Interno como fazer e o que deve conter. Michel Rosenthal Wagner CONTEXTO URBANO 1940 2010 População BR 71 mi 190 mi População cidades 26,3 % 81,2% População cidades 18,8 mi 160 mi Maricato Ermínia

Leia mais

Lideres - IBJO 07/09/2014

Lideres - IBJO 07/09/2014 IGREJA BATISTA JARDIM DAS OLIVEIRAS PLANO DE AÇÃO PLANEJAMENTO 2014/2020 Lideres - IBJO 07/09/2014 PLANO DE AÇÃO (PA) Objetivo: Alvará de Funcionamento Definitivo e Aprovação do Projeto Construtivo do

Leia mais

Freguesia de Norte Pequeno

Freguesia de Norte Pequeno Mapa do Orçamento de Receita (Inicial) Ano de 2016 Orçamento de Receita - Previsões Iniciais Data: 29-10-2016 Ano: 2016 (unidade: euros) 01.... 01.02... Código Designação Montante Receitas Correntes Impostos

Leia mais

ITED/ITUR- regime jurídico. Nuno Castro Luís Direção de Fiscalização

ITED/ITUR- regime jurídico. Nuno Castro Luís Direção de Fiscalização ITED/ITUR- regime jurídico Nuno Castro Luís Direção de Fiscalização infraestruturas de telecomunicações em edifícios Infraestruturas de telecomunicações em loteamentos, urbanizações e conjunto de edifícios

Leia mais

FUTEBOL CLUBE DO PORTO Futebol, SAD

FUTEBOL CLUBE DO PORTO Futebol, SAD ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA Aviso Convocatório Nos termos do disposto no artigo 22.º dos Estatutos da Futebol Clube do Porto Futebol, SAD ( Sociedade ) e no artigo 377.º do Código das Sociedades Comerciais,

Leia mais

JORNAL OFICIAL. 2.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 23 de setembro de Série. Número 166

JORNAL OFICIAL. 2.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 23 de setembro de Série. Número 166 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 23 de setembro de 2016 Série 2.º Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO DA ES- COLA DA AJUDA

Leia mais

Celbi ESTATUTOS DO AGRUPAMENTO COMPLEMENTAR DE EMPRESAS - ACE CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo Primeiro (Firma)

Celbi ESTATUTOS DO AGRUPAMENTO COMPLEMENTAR DE EMPRESAS - ACE CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo Primeiro (Firma) Celbi ESTATUTOS DO AGRUPAMENTO COMPLEMENTAR DE EMPRESAS - ACE CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo Primeiro (Firma) O Agrupamento Complementar de Empresas adoptará a denominação AFOCELCA Agrupamento Complementar

Leia mais

Município de Chamusca AV I S O

Município de Chamusca AV I S O Município de Chamusca AV I S O Dr. Paulo Jorge Mira Lucas Cegonho Queimado, Presidente da Câmara Municipal de Chamusca. TORNA PÚBLICO que, nos termos e para os efeitos do disposto no art.118. º do Código

Leia mais

CARTA DE DIREITOS DOS CLIENTES

CARTA DE DIREITOS DOS CLIENTES CARTA DE DIREITOS DOS CLIENTES Capítulo 1º Objecto e âmbito A Carta de direitos e deveres dos clientes materializa o compromisso da APPACDM de Soure relativamente aos serviços e programas que envolvem

Leia mais

ASSEMBLEIA NACIONAL REGULAMENTO INTERNO DA MULHERES PARLAMENTARES CABO-VERDIANAS

ASSEMBLEIA NACIONAL REGULAMENTO INTERNO DA MULHERES PARLAMENTARES CABO-VERDIANAS ASSEMBLEIA NACIONAL REGULAMENTO INTERNO DA REDE DE MULHERES PARLAMENTARES CABO-VERDIANAS REGULAMENTO INTERNO DA REDE DE MULHERES PARLAMENTARES CABO-VERDIANAS Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1 (Âmbito)

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA DIRETORIA DO INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA

REGIMENTO INTERNO DA DIRETORIA DO INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA REGIMENTO INTERNO DA DIRETORIA DO INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA SUMÁRIO Capítulo I Objeto do Regimento Interno... 3 Capítulo II Missão da Diretoria... 3 Capítulo III Competência... 3 Capítulo

Leia mais

REGULAMENTO PARA ADJUDICAÇÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DO BAR DA PISCINA DE NOGUEIRA

REGULAMENTO PARA ADJUDICAÇÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DO BAR DA PISCINA DE NOGUEIRA REGULAMENTO PARA ADJUDICAÇÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DO BAR DA PISCINA DE NOGUEIRA Aprovado em Assembleia de Freguesia de 26 de Maio de 2014 Regulamento para Adjudicação do Direito de Exploração do Bar

Leia mais

CONTRATO DE ARRENDAMENTO

CONTRATO DE ARRENDAMENTO CONTRATO DE ARRENDAMENTO Entre os abaixo assinados: PRIMEIRO(S) OUTORGANTE(S) - e marido/mulher casados no regime de, ele natural da freguesia de, concelho de, ela natural da freguesia de concelho de residentes

Leia mais

Freguesia de Aradas. Mapa do Orçamento (Inicial) Ano de 2014

Freguesia de Aradas. Mapa do Orçamento (Inicial) Ano de 2014 Mapa do (Inicial) Ano de 2014 Copyright Globalsoft 1992-2014 Pag.: 1 04 04.01 04.01.23 Correntes Taxas, multas e outras penalidades Taxas Taxas especificas das autarquias locais Canídeos Cemitério TMCA

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA ARRENDAMENTO DE 20 FOGOS DE HABITAÇÃO DESTINADOS A SUBARRENDAMENTO SOCIAL COM OPÇÃO DE COMPRA. C-ARR/1/2016 (Regulamento)

PROCEDIMENTO PARA ARRENDAMENTO DE 20 FOGOS DE HABITAÇÃO DESTINADOS A SUBARRENDAMENTO SOCIAL COM OPÇÃO DE COMPRA. C-ARR/1/2016 (Regulamento) PROCEDIMENTO PARA ARRENDAMENTO DE 20 FOGOS DE HABITAÇÃO DESTINADOS A SUBARRENDAMENTO SOCIAL COM OPÇÃO DE COMPRA. C-ARR/1/2016 (Regulamento) (Anúncio publicado nas edições do dia 13 de novembro de 2016,

Leia mais

REDUÇÃO. Moradia Geminada V4 com Apartamento T2 em Vilamoura MORADIA GEMINADA EM VILAMOURA THE ALGARVE PROPERTY SPECIALISTS

REDUÇÃO. Moradia Geminada V4 com Apartamento T2 em Vilamoura MORADIA GEMINADA EM VILAMOURA THE ALGARVE PROPERTY SPECIALISTS REDUÇÃO Moradia Geminada V4 com Apartamento T2 em Vilamoura MORADIA GEMINADA EM VILAMOURA ref. ST5053 650.000 548.000 5 3 416 m2 401 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Detalhes + Vilamoura

Leia mais

Contrato de Arrendamento Urbano para fins habitacionais com prazo certo (e com fiança opcional)

Contrato de Arrendamento Urbano para fins habitacionais com prazo certo (e com fiança opcional) Contrato de Arrendamento Urbano para fins habitacionais com prazo certo (e com fiança opcional) Entre: I -... (nome completo, estado civil, contribuinte fiscal e morada) na qualidade de senhorio e adiante

Leia mais

EDITAL. Arrendamento de imóveis do Município para fins não habitacionais

EDITAL. Arrendamento de imóveis do Município para fins não habitacionais EDITAL Arrendamento de imóveis do Município para fins não habitacionais Ricardo João Barata Pereira Alves, Eng.º, Presidente da Câmara Municipal de Arganil, torna público que, no uso da competência que

Leia mais

Moradia moderna com 4 quartos +2 num condomínio seguro

Moradia moderna com 4 quartos +2 num condomínio seguro VENDIDO Moradia moderna com 4 quartos +2 num condomínio seguro em Boliqueime MORADIA GEMINADA EM BOLIQUEIME ref. S5154 369.000 6 4 180 m2 393 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Detalhes

Leia mais

Alteração ao Regime Jurídico dos Empreendimentos Turísticos. Decreto-Lei nº 15/2014, de 23 de janeiro

Alteração ao Regime Jurídico dos Empreendimentos Turísticos. Decreto-Lei nº 15/2014, de 23 de janeiro Alteração ao Regime Jurídico dos Empreendimentos Turísticos Decreto-Lei nº 15/2014, de 23 de janeiro OBJETIVOS Eficiência Simplificação Redução de custos de contexto Liberalização de procedimentos Principais

Leia mais

CONCEITO DE CONDOMÍNIO

CONCEITO DE CONDOMÍNIO CONDOMÍNIO CONCEITO DE CONDOMÍNIO Dá-se condomínio quando a mesma coisa pertence a mais de uma pessoa, cabendo a cada uma delas igual direito, idealmente, sobre todo e cada uma de suas partes. Características

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS ANEXOS DOCUMENTAIS

PRESTAÇÃO DE CONTAS ANEXOS DOCUMENTAIS PRESTAÇÃO DE CONTAS ANEXOS DOCUMENTAIS ANEXOS DA EXECUÇÃO ORÇAMENTAL 3 Mapa Controlo Orçamental da Despesa por Classificação Económica 4 Mapa Controlo Orçamental da Despesa por Classificação Orgânica 6

Leia mais

Memorial Descritivo de Construção

Memorial Descritivo de Construção Incorporação, Construção e Acabamento GAFISA S/A Memorial Descritivo de Construção Condomínio Supremo Ipiranga Rua Agostinho Gomes, 2695 Ipiranga - São Paulo - SP A. UNIDADES AUTÔNOMAS Junho, 2009 R00

Leia mais

NÚCLEO ESTADUAL DE REGULAMENTAÇÃO DA ANS Regimento Interno

NÚCLEO ESTADUAL DE REGULAMENTAÇÃO DA ANS Regimento Interno NÚCLEO ESTADUAL DE REGULAMENTAÇÃO DA ANS Regimento Interno 1. DAS ATRIBUIÇÕES 1.1. O Núcleo Estadual de Regulamentação da ANS tem por atribuições: a) padronizar ações, modelos e processos que envolvam

Leia mais

A estrear - Apartamento T4 com Vista para o Mar, Loulé APARTAMENTO EM LOULÉ

A estrear - Apartamento T4 com Vista para o Mar, Loulé APARTAMENTO EM LOULÉ A estrear - Apartamento T4 com Vista para o Mar, Loulé APARTAMENTO EM LOULÉ ref. VM735 260.000 4 4 164 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Loulé Loulé (São Sebastião) Loulé, Faro Algarve

Leia mais

Descrição dos serviços/tarefas. Os serviços serão executados pelo adjudicatário com a seguinte frequência:

Descrição dos serviços/tarefas. Os serviços serão executados pelo adjudicatário com a seguinte frequência: Descrição dos serviços/tarefas Os serviços serão executados pelo adjudicatário com a seguinte frequência: 1. Horário Diariamente a) No edifício sede, sito na Av. Amílcar Cabral Das 17H30 às 20H00 Serviço

Leia mais

PLENÁRIA LESTE 1. Residenciais Milton Santos / Santa Zita

PLENÁRIA LESTE 1. Residenciais Milton Santos / Santa Zita PLENÁRIA LESTE 1 Residenciais Milton Santos / Santa Zita 18 09 2016 DADOS DO PROJETO MINHA CASA MINHA VIDA ENTIDADES TERRENO DE 15.500 m² (adquirido de proprietário privado) BAIRRO CANGAÍBA (ZONA LESTE)

Leia mais

Regras para o uso dos Salões de Festas e Churrasqueira

Regras para o uso dos Salões de Festas e Churrasqueira Regras para o uso dos Salões de Festas e Churrasqueira Senhor(a) condômino(a)/morador(a), solicitamos a leitura deste documento a fim de evitar MULTA. De acordo com a Administração: É proibido o acesso

Leia mais

Memorial Descritivo de Construção

Memorial Descritivo de Construção Incorporação, Construção e Acabamento GAFISA S/A Memorial Descritivo de Construção Condomínio Montblanc Tatuapé Rua Emílio Mallet, 367 Tatuapé - São Paulo - SP A. UNIDADES AUTÔNOMAS Julho, 2008 Final A1.

Leia mais

Lagos. Luxo, para ser construído, T2 e T3 apartamentos com vista para o mar e piscina comum APARTAMENTO EM LAGOS

Lagos. Luxo, para ser construído, T2 e T3 apartamentos com vista para o mar e piscina comum APARTAMENTO EM LAGOS Lagos. Luxo, para ser construído, T2 e T3 apartamentos com vista para o mar e piscina comum APARTAMENTO EM LAGOS ref. S2781 275.000 2 2 114 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Detalhes +

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA 2296 Diário da República, 1.ª série N.º 88 7 de maio de 2015 ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Resolução da Assembleia da República n.º 47/2015 Primeiro orçamento suplementar da Assembleia da República para 2015

Leia mais

Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos

Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos SECÇÃO 4 Apoio à eficiência energética, à gestão inteligente da energia e à utilização das energias renováveis nas infraestruturas públicas da Administração Local Objetivos Específicos: Os apoios têm como

Leia mais

DESPACHO PC 8/ MANDATO 2013/2017 NO VEREADOR VITOR MANUEL INÁCIO COSTA

DESPACHO PC 8/ MANDATO 2013/2017 NO VEREADOR VITOR MANUEL INÁCIO COSTA DESPACHO PC 8/2013 - MANDATO 2013/2017 DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS I - De acordo com o disposto no art.º 36º, n.º 2, da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro, resolvo delegar nos Vereadores adiante indicados

Leia mais

Propriedade Horizontal

Propriedade Horizontal Propriedade Horizontal Secção I - Disposições Gerais Artigo 1414.º - Princípio Geral As fracções de que um edifício se compõe, em condições de constituírem unidades independentes, podem pertencer a proprietários

Leia mais

As reuniões e o secretariado das reuniões

As reuniões e o secretariado das reuniões Escola Secundaria de Paços de Ferreira As reuniões e o secretariado das reuniões Trabalho realizado por: Tânia Leão n.º19 Reuniões As reuniões permitem a um grupo de pessoas com um interesse ou objectivo

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA MUSIKARISMA ASSOCIAÇA O

REGULAMENTO INTERNO DA MUSIKARISMA ASSOCIAÇA O REGULAMENTO INTERNO DA MUSIKARISMA ASSOCIAÇA O O presente regulamento tem como objectivo complementar e regular as situações omissas dos Estatutos. CAPÍTULO I Do regulamento interno ARTIGO 1.º (Vigência)

Leia mais

Apartamentos T3 e Duplex perto da "Rua dos Bares" em Albufeira APARTAMENTO EM ALBUFEIRA

Apartamentos T3 e Duplex perto da Rua dos Bares em Albufeira APARTAMENTO EM ALBUFEIRA Apartamentos T3 e Duplex perto da "Rua dos Bares" em Albufeira APARTAMENTO EM ALBUFEIRA ref. S5089 187.500 3 3 128 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Albufeira Albufeira e Olhos de Água

Leia mais

Elaboração Kathiryn Alves da Cruz. Colaboração Henrique Gurgel de Castro e Silva. Fonte

Elaboração Kathiryn Alves da Cruz. Colaboração Henrique Gurgel de Castro e Silva. Fonte Cartilha do Síndico Cartilha do Síndico Sumário Função do síndico... 05 Função do subsíndico... 12 Eleiçãodo síndico... 13 Divisão das despesas do condomínio... 14 Definição e finalidade da assembleia...

Leia mais

Orientar sobre sua função dentro do condomínio? Conta Comigo!

Orientar sobre sua função dentro do condomínio? Conta Comigo! Orientar sobre sua função dentro do condomínio? Conta Comigo! Hierarquia em Condomínios Síndico Subsíndico Conselho Consultivo Conselho Fiscal Atribuições Básicas: Subsíndico, Conselho Consultivo e Fiscal

Leia mais

Associação de Ciclismo da Beira Interior REGULAMENTO ELEITORAL

Associação de Ciclismo da Beira Interior REGULAMENTO ELEITORAL Associação de Ciclismo da Beira Interior REGULAMENTO ELEITORAL Artigo 1.º Capacidade Eleitoral 1. São elegíveis para os órgãos sociais da ACBI apenas pessoas individuais. 2. São eleitores, todos os associados

Leia mais

TERMOS USADOS NOS PROJETOS DE ARQUITETURA Alinhamento: É a linha legal, traçada pelas autoridades municipais, que serve de limite entre o lote, ou

TERMOS USADOS NOS PROJETOS DE ARQUITETURA Alinhamento: É a linha legal, traçada pelas autoridades municipais, que serve de limite entre o lote, ou TERMOS USADOS NOS PROJETOS DE ARQUITETURA Alinhamento: É a linha legal, traçada pelas autoridades municipais, que serve de limite entre o lote, ou gleba, e o logradouro público. Alvará: Documento que licencia

Leia mais

Moradias Aljubarrota. Rua de Aljubarrota c/ Rua de Corte Real

Moradias Aljubarrota. Rua de Aljubarrota c/ Rua de Corte Real Moradias Aljubarrota Rua de Aljubarrota c/ Rua de Corte Real Índice 1 Localização 3 2 Imagens Tridimensionais 5 3 Quadro de áreas/preços 7 4 Plantas 11 5 Mapa de Acabamentos 14 6 Contactos 16 Moradias

Leia mais

PASSO A PASSO CONSULTA DA POSIÇÃO ATUAL PERANTE A SEGURANÇA SOCIAL. Passo a Passo instalar o SKYPE ÍNDICE. Manual de

PASSO A PASSO CONSULTA DA POSIÇÃO ATUAL PERANTE A SEGURANÇA SOCIAL. Passo a Passo instalar o SKYPE ÍNDICE. Manual de Manual de PASSO A PASSO CONSULTA DA POSIÇÃO ATUAL PERANTE A SEGURANÇA SOCIAL ÍNDICE Capítulo 1... Erro! Marca Título... Erro! Marcado Capítulo 2... Erro! Marca Título... Erro! Marcado Capítulo 3... Erro!

Leia mais

Conselho das Comunidades Portuguesas

Conselho das Comunidades Portuguesas Regulamento Interno do Conselho Regional das Comunidades Portuguesas na América do Norte Aprovado nos termos do número 3 do artigo 39.º-A e do número 1 do artigo 39.º-C da Lei n.º 66- A/2007, de 11 de

Leia mais

DESCRIÇÕES PRELIMINARES. O prédio em construção, denominado Edifício Montnimes, tem 13 pavimentos, sendo 01 subsolo, 01 pilotis e 11 pavimentos tipo.

DESCRIÇÕES PRELIMINARES. O prédio em construção, denominado Edifício Montnimes, tem 13 pavimentos, sendo 01 subsolo, 01 pilotis e 11 pavimentos tipo. DESCRIÇÕES PRELIMINARES O prédio em construção, denominado Edifício Montnimes, tem 13 pavimentos, sendo 01 subsolo, 01 pilotis e 11 pavimentos tipo. Subsolo - Será composto de depósito, subestação, gerador,

Leia mais

Fluxos de Caixa SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR ,12 RECEITAS ORÇAMENTAIS ,52 DESPESAS ORÇAMENTAIS ,29. Receitas Correntes

Fluxos de Caixa SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR ,12 RECEITAS ORÇAMENTAIS ,52 DESPESAS ORÇAMENTAIS ,29. Receitas Correntes SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR 34.139,12 Execução Orçamental 32.254,99 Operações de tesouraria 1.884,13 Pág.: 1 RECEITAS ORÇAMENTAIS 426.983,52 DESPESAS ORÇAMENTAIS 400.243,29 04 Taxas, multas e outras penalidades

Leia mais

Olho Vivo - Associação para a Defesa do Património, Ambiente e Direitos Humanos

Olho Vivo - Associação para a Defesa do Património, Ambiente e Direitos Humanos Olho Vivo - Associação para a Defesa do Património, Ambiente e Direitos Humanos Estatutos Capítulo I (Princípios Gerais) Art.º1 (Denominação, Natureza e Duração) É constituída por tempo indeterminado,

Leia mais

A estrear Moradias Geminadas T3, com Piscina Comum e Vista para o Campo, Boliqueime MORADIA GEMINADA EM BOLIQUEIME

A estrear Moradias Geminadas T3, com Piscina Comum e Vista para o Campo, Boliqueime MORADIA GEMINADA EM BOLIQUEIME A estrear Moradias Geminadas T3, com Piscina Comum e Vista para o Campo, Boliqueime MORADIA GEMINADA EM BOLIQUEIME ref. VM737 320.000 3 3 162 m2 66 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Boliqueime

Leia mais

7 - Efetuei o pagamento de uma parcela em duplicidade. Como devo proceder?

7 - Efetuei o pagamento de uma parcela em duplicidade. Como devo proceder? 1 - Quero quitar o contrato, como faço para saber o saldo devedor? Para saber o saldo devedor do contrato de financiamento, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Regiões Metropolitanas:

Leia mais

DELIBERAÇÃO CRF-RJ nº706 / 2010

DELIBERAÇÃO CRF-RJ nº706 / 2010 DELIBERAÇÃO CRF-RJ nº706 / 2010 Aprova o Regulamento das Câmaras Técnicas do CRF-RJ e dá outras providências. O ESTADO DO RIO DE JANEIRO / CRF-RJ, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS. Cláusula Primeira. (Objeto do contrato)

CADERNO DE ENCARGOS. Cláusula Primeira. (Objeto do contrato) - 1/6 CADERNO DE ENCARGOS Cláusula Primeira (Objeto do contrato) O objeto do contrato consiste na cedência do direito à exploração de uma loja correspondente à fração A do prédio urbano inscrito na matriz

Leia mais

Endereço: Rua Euclides de Andrade, 29. Área do Terreno: 1.696,40. Número de torres: Número de pavimentos: Unidades por andar: Total de unidades:

Endereço: Rua Euclides de Andrade, 29. Área do Terreno: 1.696,40. Número de torres: Número de pavimentos: Unidades por andar: Total de unidades: Endereço: Rua Euclides de Andrade, 29 Área do Terreno: 1.696,40 Número de torres: Número de pavimentos: 1 torre 3º pavimento garden + 16 pavimentos tipo + 20º pavimento 3º pavimento 4 UH /pavimento Unidades

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 59, DE 2015 (Do Senador Valdir Raupp)

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 59, DE 2015 (Do Senador Valdir Raupp) PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 59, DE 2015 (Do Senador Valdir Raupp) Altera a Lei nº 4.591, de 16 de dezembro de 1964, que dispõe sobre o condomínio em edificações e as incorporações imobiliárias, a Lei nº

Leia mais

Localização. Produto

Localização. Produto Localização Produto Por que acreditamos no Gafisa Like Tijuca? Sucesso do MOOD Lapa; Região Carente de Grandes Lançamentos (4 anos); Cenário Econômico É a hora da recuperação; Mapeamento Tijuca Um dos

Leia mais

Adquira Múltiplos Benefícios com a Amagai Imóveis. Manual do Locatário

Adquira Múltiplos Benefícios com a Amagai Imóveis. Manual do Locatário Adquira Múltiplos Benefícios com a Amagai Imóveis Manual do Locatário Atualização - Agosto 2014 Deveres do Locatário Pagar o aluguel no prazo determinado. Comunicar à Imobiliária o aparecimento de quaisquer

Leia mais

ANEXO B PEÇAS DESENHADAS DO PROJECTO DA HABITAÇÃO UNIFAMILIAR APRESENTADO NO CAPÍTULO 6 1

ANEXO B PEÇAS DESENHADAS DO PROJECTO DA HABITAÇÃO UNIFAMILIAR APRESENTADO NO CAPÍTULO 6 1 ANEXO B PEÇAS DESENHADAS DO PROJECTO DA HABITAÇÃO UNIFAMILIAR APRESENTADO NO CAPÍTULO 6 1 1 As peças desenhadas que se apresentam em todo o anexo não estão à escala. 207 208 ANEXO B.1 PEÇAS DESENHADAS

Leia mais

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO MÊS: AGOSTO / 2013

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO MÊS: AGOSTO / 2013 RELATÓRIO FOTOGRÁFICO MÊS: AGOSTO / 2013 OBRA: RESERVA DA LAGOA Informações da Obra: Att. Aos clientes do Reserva da Lagoa A Iguatemi Construções Ltda. tem a satisfação em informar aos nossos clientes

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Código Saldo da gerência anterior Débitos Parcial Importâncias Total De Dotações orçamentais do Programa 001 -Medida 001 -Fonte Financiamento 311 do Programa 001 -Medida 001 -Fonte Financiamento 311 do

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL. Artigo 1.º. Objeto

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL. Artigo 1.º. Objeto AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL Artigo 1.º Objeto O presente regulamento define o processo eleitoral dos membros do Conselho Geral referido nos artigos

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Código Saldo da gerência anterior Débitos Parcial Importâncias Total De Dotações orçamentais do Programa 001 -Medida 001 -Fonte Financiamento 510 do Programa 001 -Medida 001 -Fonte Financiamento 510 do

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA PARA AS INSTALAÇÕES DA DGSS PARTE I CÁUSULAS JURÍDICAS

CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA PARA AS INSTALAÇÕES DA DGSS PARTE I CÁUSULAS JURÍDICAS CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA PARA AS INSTALAÇÕES DA DGSS Referência: Manutenção das instalações - DGSS/2014 PARTE I CÁUSULAS JURÍDICAS Cláusula 1ª Objeto

Leia mais

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DA GUARDA

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DA GUARDA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DA GUARDA Ponto 2.2 Análise, discussão e votação do Plano e Orçamento para o ano de 2016 - Artigo 9º, nº1, alínea a) da Lei nº 75/2013 Guarda, dezembro 2015 Orçamento Inicial da

Leia mais

Da Atividade da Associação. Dos Sócios

Da Atividade da Associação. Dos Sócios REGULAMENTO GERAL INTERNO Associação Trilhos da Boa Viagem (ATBV) Artigo 1º Da Atividade da Associação Objetivos e Atividades 1 A ATBV é uma associação de carácter desportivo, recreativo, cultural e educativo,

Leia mais

1.Normas do Condomínio... pg.02 Principais Normas. 2.Taxa Condominial... pg.03. 3.Cobrança Inadimplentes... pg.04

1.Normas do Condomínio... pg.02 Principais Normas. 2.Taxa Condominial... pg.03. 3.Cobrança Inadimplentes... pg.04 INDICE 1.Normas do Condomínio... pg.02 Principais Normas 2.Taxa Condominial... pg.03 3.Cobrança Inadimplentes... pg.04 4.Adesivos e Plaquetas de Identificação... pg.04 5. Horário para Reforma... pg.04

Leia mais

CIDADE ALTA 1 PERFIL DOS EMPREENDIMENTOS. Tabela 1 Tipo de empreendimento

CIDADE ALTA 1 PERFIL DOS EMPREENDIMENTOS. Tabela 1 Tipo de empreendimento 1 PERFIL DOS EMPREENDIMENTOS Tabela 1 Tipo de empreendimento Forma de Funcionamento Número de negócios Percentual (%) Associação ou Sindicato 31 3,33 Cooperativa 5 0,54 Empresa Individual (Antiga Firma

Leia mais

No Jardim Icaraí, o 2 e 3 quartos com estilo e sofisticação.

No Jardim Icaraí, o 2 e 3 quartos com estilo e sofisticação. No Jardim Icaraí, o 2 e 3 quartos com estilo e sofisticação. Localização Rua Domingues de Sá Fachada Mais conforto dentro e fora do seu apartamento. Área total do terreno : 1.016,38 m² Total de 75 apartamentos

Leia mais

DOCUMENTOS PREVISIONAIS

DOCUMENTOS PREVISIONAIS Grandes Opções do Plano e Orçamento para o ano económico de 2016 UNIÃOdeFREGUESIAS REAL, DUME E SEMELHE DOCUMENTOS PREVISIONAIS 2016 APROVADO JUNTA DE FREGUESIA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DATA: DATA: APROVAÇÕES:

Leia mais

REDUÇÃO. Apartamento T3 ultra moderno em Santa Luzia, com piscinas interior e exterior APARTAMENTO EM SANTA LUZIA THE ALGARVE PROPERTY SPECIALISTS

REDUÇÃO. Apartamento T3 ultra moderno em Santa Luzia, com piscinas interior e exterior APARTAMENTO EM SANTA LUZIA THE ALGARVE PROPERTY SPECIALISTS REDUÇÃO Apartamento T3 ultra moderno em Santa Luzia, com piscinas interior e exterior APARTAMENTO EM SANTA LUZIA ref. S3020 275.000 260.000 3 2 140 m2 170 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA. Aviso Convocatório

ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA. Aviso Convocatório ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA Aviso Convocatório Nos termos do disposto no artigo 22.º dos Estatutos da Futebol Clube do Porto Futebol, SAD ( Sociedade ) e no artigo 377.º do Código das Sociedades Comerciais,

Leia mais

REGULAMENTO DAS RESIDÊNCIAS DE DOCENTES, FUNCIONÁRIOS E ESTUDANTES DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO

REGULAMENTO DAS RESIDÊNCIAS DE DOCENTES, FUNCIONÁRIOS E ESTUDANTES DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO REGULAMENTO DAS RESIDÊNCIAS DE DOCENTES, FUNCIONÁRIOS E ESTUDANTES DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO I OBJECTIVOS Art.º 1.º - As residências destinam-se a proporcionar alojamento a docentes, funcionários,

Leia mais

BANCO BPI, S.A. ASSEMBLEIA GERAL DE ACCIONISTAS CONVOCATÓRIA

BANCO BPI, S.A. ASSEMBLEIA GERAL DE ACCIONISTAS CONVOCATÓRIA BANCO BPI, S.A. Sociedade Aberta Sede: Rua Tenente Valadim, n.º 284, Porto Capital Social: 990 000 000 Matriculada na Conservatória do Registo Comercial do Porto sob o número único de matrícula e pessoa

Leia mais