Diário Oficial Prefeitura Municipal de Canavieiras Índice do diário Responsabilidade Fiscal ba/canavieiras

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Diário Oficial Prefeitura Municipal de Canavieiras Índice do diário Responsabilidade Fiscal ba/canavieiras"

Transcrição

1 Páginas: 24 Índice do diário Responsabilidade Fiscal Relatório Resumido da Execução Orçamentária 1 BIMESTRE Página 1 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

2 Quartafeira Responsabilidade Fiscal Relatório Resumido da Execução Orçamentária 1 BIMESTRE RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA BALANÇO ORÇAMENTÁRIO ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO FEVEREIRO 2016/ BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO RREO ANEXO I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e 1º) R$ 1,00 RECEITAS (a) No Bimestre (b) (b/a) Receitas Realizadas Até o Jan a Fev 2016 (c) (c/a) SALDO A REALIZAR (ac) RECEITAS (EXCETO INTRAORÇAMENTÁRIAS) (I) ,90 7, ,90 7, ,47 RECEITAS CORRENTES ,90 7, ,90 7, ,47 RECEITA TRIBUTARIA ,02 13, ,02 13, ,98 IMPOSTOS ,70 10, ,70 10, ,30 TAXAS ,32 57, ,32 57, ,68 RECEITA PATRIMONIAL ,72 8, ,72 8, ,28 RECEITAS DE VALORES MOBILIARIOS ,72 8, ,72 8, ,28 RECEITAS DE SERVICOS TRANSFERENCIAS CORRENTES ,30 7, ,30 7, ,07 TRANSFERENCIAS INTERGOVERNAMENTAIS ,93 7, ,93 7, ,07 TRANSFERENCIAS DE CONVENIOS OUTRAS RECEITAS CORRENTES ,86 2, ,86 2, ,14 MULTAS E JUROS , , ,72 INDENIZACOES E RESTITUICOES RECEITAS DA DIVIDA ATIVA ,82 176, ,82 176, ,82 RECEITAS DIVERSAS ,76 0, ,76 0, ,24 RECEITAS DE CAPITAL OPERACOES DE CREDITO 0 0 OPERAÇÕES DE CRÉDITO INTERNA 0 0 OPERAÇÕES DE CRÉDITO EXTERNAS 0 0 ALIENACAO DE BENS ALIENACAO DE BENS MOVEIS ALIENACAO DE BENS IMOVEIS TRANSFERENCIAS DE CAPITAL TRANSFERENCIAS DE INSTITUIÇÕES PRIVADAS 0 0 TRANSFERENCIAS DE CONVENIOS OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL OUTRAS RECEITAS DEDUÇÃO DA RECEITA CORRENTE ,63 6, ,63 6, ,37 DEDUÇÃO DA RECEITA CORRENTE ,63 6, ,63 6, ,37 RECEITAS (INTRAORÇAMENTÁRIAS) (II) 0 0 Página 2 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

3 Quartafeira RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA BALANÇO ORÇAMENTÁRIO ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO FEVEREIRO 2016/ BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO RREO ANEXO I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e 1º) R$ 1,00 SUBTOTAL DAS RECEITAS (III) = (I+II) ,90 7, ,90 7, ,47 OPERAÇÕES DE CRÉDITOS REFINANCIAMENTO (IV) 0 0 Operações de Crédito Internas 0 0 Mobiliária 0 0 Contratual 0 0 Operações de Crédito Externas 0 0 Mobiliária 0 0 Contratual 0 0 SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (V) = (III +IV) DÉFICIT (VI) TOTAL (VII)=(V + VI) SALDO DE EXERCÍCIOS ANTERIORES ,90 7, ,90 7, , ,90 7, ,90 7, ,47 DESPESAS (d) CRÉDITOS ADICIONAIS (e) (f=d+e) Despesas Empenhadas No Bimestre Até o Jan a Fev 2016 No Bimestre Despesas Liquidadas Até o Jan a Fev 2016 (g) (g/f) SALDO A LIQUIDAR (fg) DESPESAS (EXCETO INTRAORÇAMENTÁRIAS) (VIII) , , , ,80 3, ,20 DESPESAS CORRENTES , , , ,41 4, ,59 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS , , , ,54 3, ,46 JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA OUTRAS DESPESAS CORRENTES , , , ,87 4, ,13 Transferências a Municípios 0 Demais Despesas Correntes , , , ,87 4, ,13 DESPESAS DE CAPITAL , , , ,39 0, ,61 INVESTIMENTOS INVERSÕES FINANCEIRAS 0 AMORTIZAÇÃO DA DIVIDA , , , ,39 8, ,61 RESERVA DE CONTINGÊNCIA DESPESAS (INTRAORÇAMENTÁRIAS) (IX) 0 Página 3 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

4 Quartafeira RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA BALANÇO ORÇAMENTÁRIO ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO FEVEREIRO 2016/ BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO RREO ANEXO I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e 1º) R$ 1,00 SUBTOTAL DAS DESPESAS (X) = (VIII + IX) , , , ,80 4, ,20 AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDAREFINANCIAMENTO (XI) 0 Amortização da Divida Interna Divida Mobiliária Outras Dividas Amortização da Divida Externa Divida Mobiliária Outras Dividas SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (XII) = (X + XI) , , , ,80 4, ,20 SUPERÁVIT (XIII) ,10 0 TOTAL (XIV)=(XII+XIII) , , , ,80 4, ,20 ANTONIO ALMIR SANTANA MELO Prefeito CARLOS ADRIANO R. DA SILVA Contador CRC/BA 21070/O5 VERA MARIA SARMENTO RODRIGUES Tesoureira Página 4 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

5 Quartafeira RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DAS DESPESAS POR FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO A FEVEREIRO DE 2016/ BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO RREO Anexo II (LRF, Art. 52, Inciso II, alínea "c") R$ 1,00 FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO (a) Despesas Empenhadas No Bimestre No Bimestre Despesas Liquidadas (b) (b/total b) DESPESAS(EXCETO INTRAORÇAMENTÁRIAS) (I) , , , ,80 99,96 50, ,20 LEGISLATIVA AÇÃO LEGISLATIVA ADMINISTRAÇÃO , , , ,67 10,32 3, ,33 ADMINISTRAÇÃO GERAL , , , ,77 9,07 4, ,23 ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA , , , ,90 1,25 1, ,10 ASSISTÊNCIA SOCIAL , , , ,56 0,13 0, ,44 ADMINISTRAÇÃO GERAL , ,92 943,70 943,70 0,04 0, ,30 ASSISTÊNCIA À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE ASSISTÊNCIA COMUNITÁRIA , ,86 0,09 0, ,14 SAÚDE , , , ,98 2,58 0, ,02 ATENÇÃO BÁSICA , , , ,16 1,57 0, ,84 ASSISTÊNCIA HOSPITALAR E AMBULATORIAL , , , ,01 0,97 0, ,99 VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA , ,62 829,81 829,81 0,03 0, ,19 EDUCAÇÃO , , , ,50 57,72 5, ,50 ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO ENSINO FUNDAMENTAL , , , ,09 49,09 4, ,91 EDUCAÇÃO INFANTIL , ,41 8,62 31, ,59 CULTURA , , , ,00 18,69 27, ,00 DIFUSÃO CULTURAL , , , ,00 18,69 27, ,00 URBANISMO , , , ,92 4,59 1, ,08 ADMINISTRAÇÃO GERAL , , , ,92 4,59 3, ,08 INFRAESTRUTURA URBANA HABITAÇÃO HABITAÇÃO URBANA SANEAMENTO SANEAMENTO BÁSICO URBANO GESTÃO AMBIENTAL PRESERVAÇÃO E CONSERVAÇÃO AMBIENTAL AGRICULTURA , , ,03 0, Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) Continua (1/2) (b/a) SALDO (ab) Página 5 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

6 Quartafeira RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DAS DESPESAS POR FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO A FEVEREIRO DE 2016/ BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO RREO Anexo II (LRF, Art. 52, Inciso II, alínea "c") R$ 1,00 FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO (a) Despesas Empenhadas No Bimestre No Bimestre Despesas Liquidadas (b) (b/total b) ADMINISTRAÇÃO GERAL , , ,03 0, TRANSPORTE , , ,23 1, ADMINISTRAÇÃO GERAL , , ,23 1, DESPORTO E LAZER , , TURISMO , , DESPORTO COMUNITÁRIO ENCARGOS ESPECIAIS , , , ,17 5,67 9, ,83 OUTROS ENCARGOS ESPECIAIS , , , ,17 5,67 9, ,83 RESERVA DE CONTIGENCIA RESERVA DE CONTINGÊNCIA DESPESAS ( INTRAORÇAMENTÁRIAS) (II) TOTAL (III) = (I + II) , , , ,80 99,96 3, ,20 FONTE: (b/a) SALDO (ab) ANTONIO ALMIR SANTANA MELO Prefeito CARLOS ADRIANO R. DA SILVA Contador CRC/BA 21070/O5 VERA MARIA SARMENTO RODRIGUES Tesoureira Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) (2/2) Página 6 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

7 Quartafeira RREO Anexo III (LRF, Art 53, inciso I) Especificação 02/2015 RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DEMONSTRATIVO DA RECEITA CORRENTE LÍQUIDA ORÇAMENTO FISCAL DE DA SEGURIDADE SOCIAL FEVEREIRO/2015 A JANEIRO/2016 Evolução da Receita realizada nos últimos 12 messes 03/ / / / / / / / / / /2016 Total (Últimos 12 meses) R$ 1,00 Previsão Atualizada (2016) RECEITAS CORRENTES (I) , , , , , , , , , , , , , Receitas Tributárias , , , , , , , , , , , , , ,53 IPTU 6.490, , , , , , , , , , , , , ,26 ISS , , , , , , , , , , , , , ITBI 6.591, , , , , , , , , , , , , ,02 IRRF Outras Receitas Tributárias , , , , , , , , , , , , , ,25 Receitas de Contribuição Receita Patrimonial 5.246, , , , , , , , , , , , , ,21 Receita Agropecuária Receita Industrial Receita de Serviços Transferências Correntes , , , , , , , , , , , , , ,26 CotaParte FPM , , , , , , , , , , , , , ,95 CotaParte ICMS , , , , , , , , , , , , , ,35 CotaParte IPVA , , , , , , , , , , , , , ,44 CotaParte ITR Transferência da LC 87/1996 Transferência da LC 61/1989 Transferências do FUNDEB , , , , , , , , , , , , , ,24 Outras Transferências Correntes , , , , , , , , , , , , ,77 Outras Receitas Correntes , , , , , , , , , , , , DEDUÇÕES (II) , , , , , , , ,17 Contrib. do Servidor Para o Plano de Previdência Compensação Financ. entre Regimes Previd. Dedução da Receita para Formação do FUNDEB , , , , , , , , , , , , ,68 RECEITA CORRENTE LÍQUIDA III = (III) , , , , , , , , , , , , , ANTONIO ALMIR SANTANA MELO Prefeito CARLOS ADRIANO R. DA SILVA Contador CRC/BA 21070/O5 VERA MARIA SARMENTO RODRIGUES Tesoureira Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) (1/1) Página 7 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

8 Quartafeira RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS PREVIDENCIÁRIAS DO REGIME PRÓPRIO DOS SERVIDORES PÚBLICOS ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO A FEVEREIRO / BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO LRF,Art. 53, Inciso II Anexo IV R$ 1,00 RECEITAS PREVIDENCIÁRIAS No Bimestre RECEITAS REALIZADAS Até o Bim/ 2016 Até o Bim/ 2015 RECEITAS CORRENTES (I) Receitas de Contribuições Pessoal Civil Contribuição do Servidor Ativo Civil Contribuição do Servidor Inativo Civil Contribuição de Pensionista Civil Pessoal Militar Contribuição de Militar Ativo Contribuição de Militar Inativo Contribuição de Pensionista Militar Outras Contribuições Previdênciárias Compensação Previdenciária entre RGPS e RPPS Receita Patrimonial Receitas Imobiliárias Receitas de Valores Mobiliários Outras Receitas Patrimoniais Outras Receitas Correntes RECEITAS DE CAPITAL (II) Alienação de Bens Outras Receitas de Capital REPASSES PREVIDENCIÁRIOS RECEBIDOS PELO RPPS (III) Contribuição Patronal do Exercício Pessoal Civil Contribuição Patronal Ativo Civil Contribuição Patronal Inativo Civil Contribuição Patronal Pensionista Civil Pessoal Militar Contribuição Patronal Ativo Militar Contribuição Patronal Inativo Militar Contribuição Patronal Pensionista Militar Contribuição Patronal de Exercícios Anteriores Pessoal Civil Contribuição do Patronal Ativo Civil Contribuição Patronal Inativo Civil Contribuição Patronal Pensionista Civil Pessoal Militar Contribuição Patronal Ativo Militar Contribuição Patronal Inativo Militar Contribuição Patronal Pensionista Militar REPASSES PREVIDENCIÁRIOS PARA COBERTURA DE DÉFICIT (VI) OUTROS APORTES AO RPPS (V) TOTAL DAS RECEITAS PREVIDENCIÁRIAS (VI)=(I+II+III+IV+V) Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) Continua (1/2) Página 8 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

9 Quartafeira DESPESAS PREVIDENCIÁRIAS No Bimestre DESPESAS LIQUIDADAS Até o Bim/ 2016 Até o Bim/ 2015 ADMINISTRAÇÃO (VII) Despesas Correntes Despesas de Capital PREVIDÊNCIA SOCIAL (VIII) Pessoal Civil Aposentadorias Pensões Outros Benefícios Previdenciários Pessoal Militar Reformas Pensões Outros Benefícios Previdenciários Outras Despesas Previdenciárias Compensação Previd. de Aposentadorias entre o RPPS e o RGPS Compensação Previdenciária de PEnsões entre RPPS e o RGPS RESERVA DO RPPS (IX) TOTAL DAS DESPESAS PREVIDENCIÁRIAS (X)=(VII+VIII+IX) RESULTADO PREVIDENCIÁRIO (XI)=(VIX) SALDO DAS DISPONIBILIDADES FINANCEIRAS E INVESTIMENTOS DO RPPS MÊS ANTERIOR Período de Referência Caixa Bancos conta Movimento Investimentos ANTONIO ALMIR SANTANA MELO Prefeito CARLOS ADRIANO R. DA SILVA Contador CRC/BA 21070/O5 VERA MARIA SARMENTO RODRIGUES Tesoureira Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) (2/2) Página 9 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

10 Quartafeira Relatório Resumido da Execução Orçamentária DEMONSTRATIVO DO RESULTADO NOMINAL Orçamento Fiscal e da Seguridade Social JANEIRO A FEVEREIRO / BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO RREO Anexo V (LRF, art 53, inciso III) R$ 1,00 DÍVIDA FISCAL LÍQUIDA Saldo 31 /Dez/2015 (a) 31/Dez/2015 (b) 29/Fev/2016 (c) DÍVIDA CONSOLIDADA (I) , , ,51 DEDUÇÕES (II) , , ,82 Ativo Disponível , , ,82 Havers Financeiros () Restos a Pagar Processados DÍVIDA CONSOLIDADA LÍQUIDA (III) = (III) , , ,69 RECEITA DE PRIVATIZAÇÕES (IV) PASSIVOS RECONHECIDOS (V) DÍVIDA FISCAL LÍQUIDA (VI) = (III + IV V) , , ,69 RESULTADO NOMINAL No Bimestre (c b) PERÍODO DE REFERÊNCIA (ca) VALOR ( ,46) ( ,46) DISCRIMINAÇÃO DE META FISCAL META DE RESULTADO NOMINAL FIXADA NO ANEXO DE METAS FISCAIS NA LDO P/ O EXERCÍCIO DE REFERÊNCIA VALOR DÍVIDA FISCAL LÍQUIDA PREVIDENCIÁRIA Saldo 31 /Dez/2015 (a) 31/Dez/2015 (b) 29/Fev/2016 (c) DÍVIDA CONSOLIDADA (I) , , ,51 DEDUÇÕES (II) , , ,82 Ativo Disponível , , ,82 Havers Financeiros () Restos a Pagar Processados DÍVIDA CONSOLIDADA LÍQUIDA (III) = (III) , , ,69 RECEITA DE PRIVATIZAÇÕES (IV) PASSIVOS RECONHECIDOS (V) DÍVIDA FISCAL LÍQUIDA PREVIDENCIÁRIA (VI) = (III + IV V) , , ,69 ANTONIO ALMIR SANTANA MELO Prefeito CARLOS ADRIANO R. DA SILVA Contador CRC/BA 21070/O5 VERA MARIA SARMENTO RODRIGUES Tesoureira Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) (1/1) Página 10 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

11 Quartafeira Relatório Resumido da Execução Orçamentária DEMONSTRATIVO DO RESULTADO PRIMÁRIO Orçamento Fiscal e da Seguridade Social JANEIRO A FEVEREIRO / BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO RREO Anexo 6 (LRF, art 53, inciso III) R$ 1,00 RECEITAS PRIMÁRIAS /2016 Receitas Realizadas /2015 RECEITAS PRIMÁRIAS CORRENTES (I) , ,00 Receita Tributária , ,00 IPTU , ,84 ISS , ,86 ITBI , ,63 IRRF , ,74 Outras Receitas Tributárias , ,75 Receitas de Contribuições Receitas Previdenciárias Outras Receitas de Contribuições Receita Patrimonial Líquida Receita Patrimonial , ,65 () Aplicações Financeiras , ,65 Transferências Correntes , ,00 Cota Parte do FPM , ,00 Cota Parte do ICMS , ,00 Cota Parte do IPVA ,38 Convênios Outras Transferências Correntes , ,00 Demais Receitas Correntes , ,08 Dívida Ativa , ,52 Diversas Receitas Correntes , ,00 RECEITAS DE CAPITAL (II) ,00 Operações de Crédito (III) ,00 Amortizações de Empréstimos (IV) Alienação de Ativos (V) Transferências de Capital ,00 Convênios ,00 Outras Transferências de Capital Outras Receitas de Capital RECEITAS PRIMÁRIAS DE CAPITAL (VI)=(IIIIIIVV) ,00 RECEITA PRIMÁRIA TOTAL (VII)=(I+VI) , ,00 DESPESAS PRIMÁRIAS Despesas Empenhadas Até o Bimestre/2016 Até o Bimestre/2015 Despesas Liquidadas Até o Bimestre/2016 Até o Bimestre/2015 DESPESAS CORRENTES (VIII) , , ,00 Pessoal e Encargos Sociais , , ,00 Juros e Encargos da Dívida (IX) Outras Despesas Correntes , , ,00 DESPESAS PRIMÁRIAS CORRENTES , , ,00 (X)=(VIIIIX) DESPESA DE CAPITAL (XI) , , ,00 Investimentos ,00 Inversões Financeiras Concessão de Empréstimos (XII) Aquisição de Títulos de Capital já Integrado (XIII) Demais Inversões Financeiras Amortização da Dívida (XIV) , , ,00 DESPESAS PRIM. DE CAPITAL ,00 (XV)=(XIXIIXIIIXIV) RESERVA DE CONTIGÊNCIA (XVI) RESERVA DE RPPS (XVII) Inscritas em Restos a Pagar Não Processados Até o Bimestre/2016 Até o Bimestre/2015 Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) Continua (1/2) Página 11 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

12 Quartafeira Relatório Resumido da Execução Orçamentária DEMONSTRATIVO DO RESULTADO PRIMÁRIO Orçamento Fiscal e da Seguridade Social JANEIRO A FEVEREIRO / BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO RREO Anexo 6 (LRF, art 53, inciso III) R$ 1,00 DESPESA PRIMÁRIA TOTAL (XVIII)=(X+XV+XVI+XVII) , , ,00 RESULTADO PRIMÁRIO (XIX) = (VIIXVIII) , , , ,00 SALDO DE EXERCÍCIOS ANTERIORES DISCRIMINAÇÃO DE META FISCAL META DE RESULTADO PRIMÁRIO FIXADA NO ANEXO DE METAS FISCAIS NA LDO P/ O EXERCÍCIO DE REFERÊNCIA VALOR ANTONIO ALMIR SANTANA MELO Prefeito CARLOS ADRIANO R. DA SILVA Contador CRC/BA 21070/O5 VERA MARIA SARMENTO RODRIGUES Tesoureira Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) (2/2) Página 12 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

13 Quartafeira RESTOS A PAGAR (EXCETO INTRAORÇAMENT Relatório Resumido da Execução Orçamentária DEMONSTRATIVO DOS RESTOS A PAGAR POR PODER E ÓRGÃO Orçamento Fiscal e da Seguridade Social JANEIRO A FEVEREIRO / BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO / 2016 RREO Anexo VII (LRF,Art. 53, Inciso V) R$ 1,00 RESTOS A PAGAR PROCESSADOS E NÃO PROCESSADOS LIQUIDADOS EM EXERCÍCIOS ANTERIORES RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS LEGISLATIVO PODER / ÓRGÃO Em Exercícios Anteriores Inscritos Em 31 de Dezembro de 2015 Pagos Cancelados Saldo a Em Exercícios Anteriores Inscritos Em 31 de Dezembro de 2015 PODER EXECUTIVO , ,39 ( ,28) 499, , ,36 ( ,33) ( ,95) PODER EXECUTIVO , ,39 ( ,28) 499, , ,36 ( ,33) ( ,95) RESTOS A PAGAR (INTRAORÇAMENTÁRIOS)(I TOTAL (III) = (I+II) , ,78 ( ,56) 998, , ,72 ( ,90) ( ,66) Liquidados Pagos Cancelados Saldo b Saldo Total a b ANTONIO ALMIR SANTANA MELO Prefeito CARLOS ADRIANO R. DA SILVA Contador CRC/BA 21070/O5 VERA MARIA SARMENTO RODRIGUES Tesoureira Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) (1/1) Página 13 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

14 Quartafeira Relatório Resumido da Execução Orçamentária DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO MDE Orçamento Fiscal e da Seguridade Social JANEIRO A FEVEREIRO / BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO RREO Anexo VIII (art. 72) R$ 1,00 RECEITAS DO ENSINO RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS (caput do art. 212 da Constituição) (a) RECEITAS REALIZADAS No Bimestre Até o Bim. (b) (b/a) 1 RECEITAS DE IMPOSTOS , ,72 11, Receita Resultante do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana IPTU , ,81 13, Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana IPTU ( ) , ,79 8, Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do IPTU ( ) , ,28 1, Dívida Ativa do IPTU ( ) , ,74 478, Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e Outros Encargos da Dívida Ativa do IPTU ( ) Deduções da Receita do IPTU ( ) 1.2 Receita Resultante do Imposto sobre Transmissão Inter Vivos ITBI , ,84 45, Imposto sobre Transmissão Inter Vivos ITBI ( ) , ,84 47, Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do ITBI ( ) Dívida Ativa do ITBI ( ) Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e Outros Encargos da Dívida Ativa do ITBI ( ) Deduções da Receita do ITBI ( ) 1.3 Receita Resultante do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza ISS , ,96 8, Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza ISS ( ) , ,96 8, Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do ISS ( ) Dívida Ativa do ISS ( ) Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e Outros Encargos da Dívida Ativa do ISS ( ) Deduções da Receita do ISS ( ) 1.4 Receita Resultante do Imposto de Renda Retido na Fonte IRRF , ,11 0, Imposto de Renda Retido na Fonte IRRF ( ) , ,11 0, Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do IRRF ( ) Dívida Ativa do IRRF ( ) Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e Outros Encargos da Dívida Ativa do IRRF ( ) Deduções da Receita do IRRF ( ) 1.5 Receita Resultante do Imposto Territorial Rural ITR (CF, art. 153, 4º, inciso III) Imposto de Territorial Rural ITR ( ) Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do ITR ( ) Dívida Ativa do ITR ( ) Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e Outros Encargos da Dívida Ativa do ITR ( ) Deduções da Receita do ITR ( ) 2 RECEITAS DE TRANSFERÊNCIAS CONSTITUCIONAIS E LEGAIS , ,22 6, CotaParte FPM ( ) , ,27 7, CotaParte ICMS ( ) , ,02 3, ICMSDesoneração ( ) , ,83 3, CotaParte IPIExportação ( ) , ,48 4, CotaParte ITR ( ) , ,50 1, CotaParte IPVA ( ) , ,12 6, CotaParte IOFOuro ( ) 3 TOTAL DA RECEITA BRUTA DE IMPOSTOS (1 + 2) , ,94 6,96 RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO (a) RECEITAS REALIZADAS No Bimestre Até o Bim. (b) (b/a) 4 RECEITA DA APLICAÇÃO FINANCEIRA DE OUTROS RECURSOS DE IMPOSTOS ( ) 5 RECEITA DE TRANSFERÊNCIAS DO FNDE , , Transferências do SalárioEducação ( ) , ,10 5,6 5.2 Outras Transferências do FNDE ( XX) , ,60 6,3 5.3 Aplicação Financeira dos Recursos do FNDE ( ) 6 RECEITA DE TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS Transferências de Convênios Aplicação Financeira dos Recursos de Convênios 7 RECEITA DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO 8 OUTRAS RECEITAS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) Continua (1/3) Página 14 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

15 Quartafeira Relatório Resumido da Execução Orçamentária DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO MDE Orçamento Fiscal e da Seguridade Social JANEIRO A FEVEREIRO / BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO RREO Anexo VIII (art. 72) R$ 1,00 9 TOTAL DAS RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO ( ) , ,70 5,82 RECEITAS DO FUNDEB FUNDEB (a) RECEITAS REALIZADAS No Bimestre Até o Bim. (b) (b/a) 10 RECEITAS DESTINADAS AO FUNDEB , ,63 6, CotaParte FPM Destinada ao FUNDEB (20 de 2.1.1)) , ,04 7, CotaParte ICMS Destinada ao FUNDEB (20 de 2.2) , ,19 3, ICMSDesoneração Destinada ao FUNDEB (20 de 2.3) ,56 310,56 3, CotaParte IPIExportação Destinada ao FUNDEB (20 de 2.4) CotaParte ITR ou ITR Arrecadado Destinados ao FUNDEB (20 de (( ) + 2.5))) ,10 229,10 1, CotaParte IPVA Destinada ao FUNDEB (20 de 2.6) , ,74 6,20 11 RECEITAS RECEBIDAS DO FUNDEB , ,89 8, Transferências de Recursos do FUNDEB , ,89 8, Complementação da União ao FUNDEB 11.3 Receita de Aplicação Financeira dos Recursos do FUNDEB 12 RESULTADO LÍQUIDO DAS TRANSFERÊNCIAS DO FUNDEB ( ) , ,26 9,32 DESPESAS DO FUNDEB (c) DESPESAS LIQUIDADAS No Bimestre Até o Bim. (d) (d/c) 13 PAGAMENTO DOS PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO Com Educação Infantil Com Ensino Fundamental 14 OUTRAS DESPESAS Com Educação Infantil Com Ensino Fundamental 15 TOTAL DAS DESPESAS DO FUNDEB ( ) DEDUÇÕES PARA FINS DE LIMITE DO FUNDEB PARA PAGAMENTO DOS PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO 16 RESTOS A PAGAR INSCRITOS NO EXERCÍCIO SEM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA DE RECURSOS DO FUNDEB 17 DESPESAS CUSTEADAS COM O SUPERÁVIT FINANCEIRO, DO EXERCÍCIO ANTERIOR, DO FUNDEB TOTAL DAS DEDUÇÕES CONSIDERADAS PARA FINS DE LIMITE DO FUNDEB ( ) 19 MÍNIMO DE 60 DO FUNDEB NA REMUNERAÇÃO DO MAGISTÉRIO COM EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL ((13 18) / (11) x 100) CONTROLE DA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS NO EXERCÍCIO SUBSEQÜENTE 20 RECURSOS RECEBIDOS DO FUNDEB EM 2015 QUE NÃO FORAM UTILIZADOS 21 DESPESAS CUSTEADAS COM O SALDO DO ITEM 20 ATÉ O 1º TRIMESTRE DE 2016 VALOR VALOR MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO DESPESAS CUSTEADAS COM A RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS E RECURSOS DO FUNDEB RECEITAS COM AÇÕES TÍPICAS DE MDE DESPESAS COM AÇÕES TÍPICAS DE MDE (a) (c) RECEITAS REALIZADAS No Bimestre Até o Bim. (b) (b/a) 22 IMPOSTOS E TRANSFERÊNCIAS DESTINADAS À MDE (25 de 3) , ,23 6,96 DESPESAS LIQUIDADAS No Bimestre Até o Bim. (d) (d/c) 23 EDUCAÇÃO INFANTIL Despesas Custeadas com Recursos do FUNDEB Despesas Custeadas com Outros Recursos de Impostos 24 ENSINO FUNDAMENTAL Despesas Custeadas com Recursos do FUNDEB Despesas Custeadas com Outros Recursos de Impostos 25 ENSINO MÉDIO 26 ENSINO SUPERIOR 27 ENSINO PROFISSIONAL NÃO INTEGRADO AO ENSINO REGULAR 28 OUTRAS , ,50 5,36 29 TOTAL DAS DESPESAS COM AÇÕES TÍPICAS DE MDE ( ) , ,50 5,36 Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) Continua (2/3) Página 15 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

16 Quartafeira Relatório Resumido da Execução Orçamentária DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO MDE Orçamento Fiscal e da Seguridade Social JANEIRO A FEVEREIRO / BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO RREO Anexo VIII (art. 72) R$ 1,00 30 RESULTADO LÍQUIDO DAS TRANSFERÊNCIAS DO FUNDEB = (12) DEDUÇÕES CONSIDERADAS PARA FINS DE LIMITE CONSTITUCIONAL 31 DESPESAS CUSTEADAS COM A COMPLEMENTAÇÃO DO FUNDEB NO EXERCÍCIO 32 RECEITA DE APLICAÇÃO FINANCEIRA DOS RECURSOS DO FUNDEB ATÉ O BIMESTRE = (50 h) 33 DESPESAS CUSTEADAS COM O SUPERÁVIT FINANCEIRO, DO EXERCÍCIO ANTERIOR, DO FUNDEB 34 DESPESAS CUSTEADAS COM O SUPERÁVIT FINANCEIRO, DO EXERCÍCIO ANTERIOR, DE OUTROS RECURSOS DE IMPOSTOS 35 RESTOS A PAGAR INSCRITOS NO EXERCÍCIO SEM DISPONIBILIDADE FIN. DE RECURSOS DE IMPOSTOS VINCULADOS AO ENSINO 36 CANCELAMENTO, NO EXERCÍCIO, DE R.P. INSCRITOS COM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA DE REC. DE IMPOSTOS VINC. AO ENSINO = (46 g) 37 TOTAL DAS DEDUÇÕES CONSIDERADAS PARA FINS DE LIMITE CONSTITUCIONAL ( ) 38 TOTAL DAS DESPESAS PARA FINS DE LIMITE (( ) (37)) 39 MÍNIMO DE 25 DAS RECEITAS RESULTANTES DE IMPOSTOS EM MDE5 ((38) / (3) x 100) VALOR , , ,26 48,59 OUTRAS INFORMAÇÕES PARA CONTROLE OUTRAS DESPESAS CUSTEADAS COM RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO (c) DESPESAS LIQUIDADAS No Bimestre Até o Bim. (d) (d/c) 40 DESPESAS CUSTEADAS COM A APLICAÇÃO FINANCEIRA DE OUTROS RECURSOS DE IMPOSTO 41 DESPESAS CUSTEADAS COM A CONTRIBUIÇÃO SOCIAL DO SALÁRIOEDUCAÇÃO 42 DESPESAS CUSTEADAS COM OPERAÇÕES DE CRÉDITO 43 DESPESAS CUSTEADAS COM OUTRAS RECEITAS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO 44 TOTAL DAS OUTRAS DESPESAS CUSTEADAS COM RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMEN 45 TOTAL GERAL DAS DESPESAS COM MDE ( ) , ,50 5,36 RESTOS A PAGAR INSCRITOS COM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA DE RECURSOS DE IMPOSTOS VINCULADOS AO ENSINO SALDO ATÉ O BIMESTRE CANCELADO EM RESTOS A PAGAR DE DESPESAS COM MDE FLUXO FINANCEIRO DOS RECURSOS VALOR 47 SALDO FINANCEIRO DO FUNDEB EM 31 DE DEZEMBRO DE (+) INGRESSO DE RECURSOS DO FUNDEB ATÉ O BIMESTRE ,89 49 () PAGAMENTOS EFETUADOS ATÉ O BIMESTRE 50 (+) RECEITA DE APLICAÇÃO FINANCEIRA DOS RECURSOS DO FUNDEB ATÉ O BIMESTRE 51 (=) SALDO FINANCEIRO NO EXERCÍCIO ATUAL ,89 ANTONIO ALMIR SANTANA MELO Prefeito CARLOS ADRIANO R. DA SILVA Contador CRC/BA 21070/O5 VERA MARIA SARMENTO RODRIGUES Tesoureira Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) (3/3) Página 16 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

17 Quartafeira Relatório Resumido da Execução Orçamentária DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO E DESPESAS DE CAPITAL Orçamento Fiscal e da Seguridade Social RREO Anexo IX (LRF, art. 53, 1º, inciso I) RECEITAS RECEITAS DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO (I) JANEIRO A FEVEREIRO / BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO (a) Receitas Realizadas Jan a Fev 2016 (b) R$ Milhares SALDO NÃO REALIZADO (c)=(ba) DESPESAS (d) Despesas Executadas até o Bimestre Liquidadas (e) INSCRITAS EM RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS (f) SALDO NÃO EXECUTADO (g)=(d(e+f)) DESPESAS DE CAPITAL () Incentivos Fiscais a Contribuintes () Incentivos Fiscais a Contribuinte por Instituições Financeiras DESPESA DE CAPITAL LIQUIDA (II) RESULTADO PARA APURAÇÃO DA REGRA DE OURO (III) = (I II) ANTONIO ALMIR SANTANA MELO Prefeito CARLOS ADRIANO R. DA SILVA Contador CRC/BA 21070/O5 VERA MARIA SARMENTO RODRIGUES Tesoureira Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) Pag.: 1 de 1 Página 17 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

18 Quartafeira Relatório Resumido da Execução Orçamentária DEMONSTRATIVO DA PROJEÇÃO ATUARIAL DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES Orçamento da Seguridade Social 2016 A 2050 LRF, art. 53, 1º, inciso II Anexo X R$ 1,00 Exercício RECEITAS PREVIDÊNCIÁRIAS (b) DESPESAS PREVIDÊNCIÁRIAS (c) RESULTADO PREVIDÊNCIÁRIO (d)=(a+bc) SALDO FINANCEIRO DO EXERCÍCIO (e)=("e" exerc. Anterior)+(d) 2016 ANTONIO ALMIR SANTANA MELO Prefeito CARLOS ADRIANO R. DA SILVA Contador CRC/BA 21070/O5 VERA MARIA SARMENTO RODRIGUES Tesoureira Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) (1/1) Página 18 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

19 Quartafeira RREO Anexo XII (LC 141/2012, art. 35) Relatório Resumido da Execução Orçamentária DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE Orçamento Fiscal e da Seguridade Social JANEIRO A FEVEREIRO / BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO R$ Milhares RECEITAS PARA APURAÇÃO DA APLICAÇÃO EM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE (a) RECEITAS REALIZADAS Até o Semestre (b) (b/a) x 100 RECEITA DE IMPOSTOS LÍQUIDA (I) ,80 12,00 Imposto Predial e Territorial Urbano IPTU ,79 8,80 Imposto Sobre Transmissão de Bens Intervivos ITBI ,84 47,20 Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza ISS ,96 8,70 Imposto de Renda Retido na Fonte IRRF ,11 0,80 Imposto Territorial Rural ITR Multas, Juros de Mora e Outros Encargos dos Impostos ,28 24,50 Dívida Ativa dos Impostos ,82 176,10 Multas, Juros de Mora e Outros Encargos da Dívida Ativa RECEITA DE TRANSFERÊNCIAS CONSTITUCIONAIS E LEGAIS (II) ,22 6,60 CotaParte FPM ,27 7,40 CotaParte ITR ,50 1,90 CotaParte IPVA ,12 6,20 CotaParte ICMS ,02 3,90 CotaParte IPI Exportação ,48 4,90 Compensações Financeiras Provenientes de Impostos e Transferências Constitucionais Desoneração ICMS (LC 87/96) ,83 3,10 Outras TOTAL DAS RECEITAS PARA APURAÇÃO DA APLICAÇÃO EM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE (III) = I + II ,02 7,00 RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DA SAÚDE (c) RECEITAS REALIZADAS Até o Semestre (d) (d/c) * 100 TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS ,96 11,30 Provenientes da União ,96 13,00 Provenientes dos Estados Provenientes de Outros Municípios Outras Receitas do SUS TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS RECEITAS DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO VINCULADAS À SAÚDE OUTRAS RECEITAS PARA FINANCIAMENTO DA SAÚDE TOTAL RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DA SAÚDE ,96 11,20 Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) Pag.: 1 de 3 Página 19 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

20 Quartafeira DESPESAS COM SAÚDE (Por grupo de Natureza da Despesa) (e) DESPESAS EMPENHADAS (f) Despesas Correntes ,15 Pessoal e Encargos Sociais Juros e Encargos da Dívida Outras Despesas Correntes ,15 Despesas de Capital Investimentos Inversões Financeiras Amortização da Dívida TOTAL DAS DESPESAS COM SAÚDE (IV) ,15 DESPESAS COM SAÚDE NÃO COMPUTADAS PARA FINS DE APURAÇÃO DO PERCENTUAL MÍNIMO (f/e) x ,80 79,00 30,30 2,20 2,20 61,40 DESPESAS EMPENHADAS (h) DESPESAS COM INATIVOS E PENSIONISTAS DESPESA COM ASSISTÊNCIA À SAÚDE QUE NÃO ATENDE AO PRINCÍPIO DE ACESSO UNIVERSAL DESPESAS CUSTEADAS COM OUTROS RECURSOS Recursos de Transferência do Sistema Único de Saúde SUS Recursos de Operações de Crédito Outros Recursos OUTRAS AÇÕES E SERVIÇOS NÃO COMPUTADOS RESTOS À PAGAR NÃO PROCESSADOS INSCRITOS INDEVIDAMENTE NO EXERCÍCIO SEM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA (h/ivf) x 100 DESPESAS LIQUIDADAS (g) , , ,98 (g/e) x 100 DESPESAS LIQUIDADAS (i) 0,50 1,90 0,50 (i/ivg) x 100 DESPESAS CUSTEADAS COM DISPONIBILIDADE DE CAIXAVINCULADA AOS RESTOS À PAGAR CANCELADOS DESPESAS CUSTEADAS COM RECURSOS VINCULADOS À PARCELA DO PERCENTUAL MÍNIMO QUE NÃO FOI APLICADA EM AÇÕES E SERVIÇOS DE SAÚDE EM EXERCÍCIOS ANTERIORES TOTAL DAS DESPESAS COM SAÚDE NÃO COMPUTADAS (V) TOTAL DAS DESPESAS COM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE (VI) = (IV) (V) , ,98 10 PERCENTUAL DE APLICAÇÃO EM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE SOBRE A RECEITA DE IMPOSTOS LÍQUIDA E TRANSFERÊNCIAS CONSTITUCIONAIS E LEGAIS (VII) = (VIh / IIIb x 100) LIMITE CONSTITUCIONAL ,50 VALOR REFERENTE À DIFERENÇA ENTRE O VALOR EXECUTADO E O LIMITE MÍNIMO CONSTITUCIONAL ((VII 15) / 100 x IIIb) ,72 Página 20 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

21 Quartafeira CONTROLE DOS RESTOS À PAGAR CANCELADOS OU PRESCRITOS PARA FINS DE APLICAÇÃO DA DISPONIBILIDADE DE CAIXA CONFORME ARTIGO 24, 1º E 2º RESTOS À PAGAR CANCELADOS OU PRESCRITOS Saldo Inicial Despesas custeadas no exercício de referência (j) Saldo Final (não aplicado) TOTAL CONTROLE DO VALOR REFERENTE AO PERCENTUAL MÍNIMO NÃO CUMPRIDO EM EXERCÍCIOS ANTERIORES PARA FINS DE APLICAÇÃO DOS RECURSOS VINCULADOS CONFORME ARTIGOS 25 E 26 LIMITE NÃO CUMPRIDO Saldo Inicial Despesas custeadas no exercício de referência (k) Saldo Final (não aplicado) TOTAL DESPESAS COM SAÚDE (Por grupo de Natureza da Despesa) DESPESAS EMPENHADAS (l) (l / total l) DESPESAS LIQUIDADAS (m) (m / total m) ATENÇÃO BÁSICA ,32 61, ,16 60,90 ASSISTÊNCIA HOSPITALAR E AMBULATORIAL ,21 36, ,01 37,70 VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA ,62 1,40 829,81 1,40 ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO TOTAL , ,98 10 ANTONIO ALMIR SANTANA MELO Prefeito CARLOS ADRIANO R. DA SILVA Contador CRC/BA 21070/O5 VERA MARIA SARMENTO RODRIGUES Tesoureira Página 21 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

22 Quartafeira RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DEMONSTRATIVO SIMPLIFICADO DO RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA ORÇAMENTO FISCAL DE DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO FEVEREIRO 2016/ BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO LRF, Art. 48 Anexo XIV R$ 1,00 BALANÇO ORÇAMENTÁRIO RECEITAS Previsão Inicial da Receita Previsão Atualizada da Receita Receitas Realizadas Déficit Orçamentário Saldo de Exercícios Anteriores BALANÇO ORÇAMENTÁRIO DESPESAS Dotação Inicial Créditos Adicionais Dotação Atualizada Despesas Empenhadas Despesas Liquidadas Superávit Orçamentário Despesas Empenhadas Despesas Liquidadas DESPESAS POR FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO RECEITA CORRENTE LÍQUIDA RCL Receita Corrente Líquida RECEITAS/DESPESAS DOS REGIMES DE PREVIDÊNCIA Regime Geral de Previdência Social Receitas Previdenciárias (I) Despesas Previdenciárias (II) Resultado Previdenciário (III) = (I II) Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Receitas Previdenciárias (IV) Despesas Previdenciárias (V) Resultado Previdenciário (VI) = (IV V) Resultado Nominal Resultado Primário POR PODER E MINISTÉRIO PÚBLICO RESTOS A PAGAR PROCESSADOS Poder Executivo Poder Legislativo Poder Judiciário Ministério Público RESULTADOS NOMINAL E PRIMÁRIO MOVIMENTAÇÃO DOS RESTOS A PAGAR RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS Total Poder Executivo Poder Legislativo Poder Judiciário Ministério Público DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO MDE Mínimo Anual de <18 / 25> das Receitas de Impostos na Manutenção e Desenv Mínimo Anual de 60 das Despesas com MDE no Ensino Fundamental Mínimo Anual de 60 do FUNDEF na Remuneração dos Professores do Ensino Fu RECEITAS DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO E DESPESAS DE CAPITAL Receitas de Operações de Crédito Despesa de Capital Líquida No Bimestre ,90 No Bimestre No Bimestre No Bimestre Meta Fixada no AMF da LDO , , , , ,80 Resultado Apurado até o (a) Bimestre (b) ,45999 Inscrição Cancelamento até o bimestre Valor apurado até o bimestre Mínimo a aplicar no exercício <18 / 25> Valor Apurado , , , , , , ,98 em relação à meta (b/a) 0 0 Pago até o Saldo a pagar bimestre Limites Constitucionais Anuais Aplicado até o bimestre Saldo a Realizar Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) Continua (1/2) Página 22 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

23 Quartafeira RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DEMONSTRATIVO SIMPLIFICADO DO RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA ORÇAMENTO FISCAL DE DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO FEVEREIRO 2016/ BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO LRF, Art. 48 Anexo XIV R$ 1,00 PROJEÇÃO ATUARIAL DOS REGIMES DE PREVIDÊNCIA Exercício 10º Exercício 20º Exercício 35º Exercício Regime Geral de Previdência Social Receitas Previdenciárias (I) Despesas Previdenciárias (II) Resultado Previdenciário (I II) Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Receitas Previdenciárias (IV) Despesas Previdenciárias (V) Resultado Previdenciário (IV V) RECEITA DA ALIENAÇÃO DE ATIVOS E APLICAÇÃO DOS RECURSOS Receita de Capital Resultante da Alienação de Ativos Aplicação dos Recursos da Alienação de Ativos DESPESAS COM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE Despesas Próprias com Ações e Serviços Públicos de Saúde DESPESAS DE CARÁTER CONTINUADO DERIVADAS DE PPP CONTRATADAS Total das Despesas/RCL () Valor Apurado Valor apurado até o bimestre Saldo a Realizar Limites Constitucionais Anuais Mínimo a aplicar no Aplicado até o bimestre exercício VALOR APURADO NO EXERCÍCIO CORRENTE ANTONIO ALMIR SANTANA MELO Prefeito CARLOS ADRIANO R. DA SILVA Contador CRC/BA 21070/O5 VERA MARIA SARMENTO RODRIGUES Tesoureira Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) (2/2) Página 23 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

24 Quartafeira ESPECIFICAÇÃO SALDO TOTAL EM 31 DE DEZEMBRO DO EXERCÍCIO ANTERIOR (a) No Bimestre REGISTROS EFETUADOS EM (exercìcio) (b) TOTAL DE ATIVOS Direitos Futuros Ativos Contabilizados na SPE Contrapartida para Provisões de PPP TOTAL DE PASSIVOS (I) Obrigações não Relacionadas a Serviços Contrapartida para Ativos da SPE Provisões de PPP GARANTIAS DE PPP (II) SALDO LÍQUIDO DE PASSIVOS DE PPP (III) = (I II) PASSIVOS CONTINGENTES Contraprestações Futuras Riscos não Provisionados Outros Passivos Contingentes ATIVOS CONTINGENTES Serviços Futuros Outros Ativos Contingentes SALDO TOTAL (c) = (a+ b) EXERCÍCIO EXERCÍCIO DESPESAS DE PPP CORRENTE <EC +1> <EC +2> <EC +3> <EC +4> <EC +5> <EC +6> <EC +7> <EC +8> <EC +9> ANTERIOR (EC) Do Ente Federado (IV) Das Estatais Nãodependentes TOTAL DAS DESPESAS RECEITA CORRENTE LÍQUIDA (RCL) (V) TOTAL DAS DESPESAS / RCL () (VI) = (IV) / (V) Relatório Resumido da Execução Orçamentária DEMONSTRATIVO DAS PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS Orçamento Fiscal e da Seguridade Social JANEIRO FEVEREIRO 2016/ BIMESTRE JANEIROFEVEREIRO / 2016 RREO Anexo XIII (LRF,Art. 53, Inciso V) R$ 1,00 Sistema Desenvolvido pela ST Consultoria Ltda. (71) (1/1) Página 24 Documento assinado digitalmente conforme MP n /2001 de 24/08/2001, que institui a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira ICP Brasil

Diário Oficial Prefeitura Municipal de Canavieiras Índice do diário Responsabilidade Fiscal ba/canavieiras

Diário Oficial Prefeitura Municipal de Canavieiras Índice do diário Responsabilidade Fiscal  ba/canavieiras Páginas: 24 Índice do diário Responsabilidade Fiscal Relatório Resumido da Execução Orçamentária 3 BIMESTRE Página 1 Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.2002/2001 de 24/08/2001, que institui

Leia mais

SIOPS - SISTEMA DE INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS PÚBLICOS EM SAÚDE. MUNICÍPIO:Barra de Guabiraba

SIOPS - SISTEMA DE INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS PÚBLICOS EM SAÚDE. MUNICÍPIO:Barra de Guabiraba UF:Pernambuco SIOPS - SISTEMA DE INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS PÚBLICOS EM SAÚDE RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DEMONSTRATIVO DA RECEITA DE IMPOSTOS LÍQUIDA E DAS DESPESAS PRÓPRIAS COM AÇÕES

Leia mais

RREO - ANEXO 12 (LC 141/2012, art. 35) R$ Receitas Realizadas Atualizada Receitas para apuração da aplicação em Ações e Serviços Públicos de Saúde

RREO - ANEXO 12 (LC 141/2012, art. 35) R$ Receitas Realizadas Atualizada Receitas para apuração da aplicação em Ações e Serviços Públicos de Saúde 1º /2014 RECEITA DE IMPOSTOS LÍQUIDA (I) Receitas para apuração da aplicação em Ações e Serviços Públicos de Saúde (a) (b/a) x 100 1.402.614,83 1.402.614,83 174.351,79 12,43 Imposto Predial e Territorial

Leia mais

(EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (I) 19.331.000,00 19.331.000,00 1.019.712,35 5,28 12.775.069,85 66,09 6.555.930,15 RECEITAS CORRENTES

(EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (I) 19.331.000,00 19.331.000,00 1.019.712,35 5,28 12.775.069,85 66,09 6.555.930,15 RECEITAS CORRENTES RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA BALANÇO ORÇAMENTÁRIO ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO A DEZEMBRO 2014/ BIMESTRE NOVEMBRODEZEMBRO RREO ANEXO I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas

Leia mais

Páginas: Atletas canavieirenses participam do. Campeonato Brasileiro de Seleções de Vôlei

Páginas: Atletas canavieirenses participam do. Campeonato Brasileiro de Seleções de Vôlei Páginas: 28 ATLETAS CANAVIEIRENSES PARTICIPAM DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE SELEÇÕES DE VÔLEI Atletas canavieirenses participam do Campeonato Brasileiro de Seleções de Vôlei As atletas canavieirenses Anna

Leia mais

PREFEITURA MUNIC MONTE APRAZÍVEL Praça São João, nº /

PREFEITURA MUNIC MONTE APRAZÍVEL Praça São João, nº / PREFEITURA MUNIC MONTE APRAZÍVEL Balanço Orçamentário LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" - Anexo I Receitas Previsão p/ o Exercício Receitas Realizadas até RECEITAS CORRENTES 36.336,00 31.631,99

Leia mais

REPUBLICADO POR INCORREÇÃO RECEITAS REALIZADAS PREVISÃO. RECEITAS PRIMÁRIAS ATUALIZADA No Bimestre Até o Bimestre / 2014

REPUBLICADO POR INCORREÇÃO RECEITAS REALIZADAS PREVISÃO. RECEITAS PRIMÁRIAS ATUALIZADA No Bimestre Até o Bimestre / 2014 UMUARAMA, QUARTAFEIRA, 22 de JULHO DE 2015 www.ilustrado.com.br C1 Prefeitura Municipal de Alto Paraíso LEI Nº 361/2015 SÚMULA: Autoriza abertura de Crédito Adicional Suplementar por Excesso de Arrecadação,

Leia mais

FUNDADOR: MAURÍCIO LIMA SANTOS ( ) PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DA ESTIVA - CNPJ / PÁGINAS 02 A 23

FUNDADOR: MAURÍCIO LIMA SANTOS ( ) PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DA ESTIVA - CNPJ / PÁGINAS 02 A 23 Tribuna do Sertão FUNDADOR: MAURÍCIO LIMA SANTOS (1943-1998) PUBLICAÇÕES OFICIAIS ANO 5 - EDIÇÃO Nº 095-21 DE MAIO DE 2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DA ESTIVA - CNPJ 13.670.658/0001-52 PÁGINAS 02 A

Leia mais

DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO - MDE

DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO - MDE RECEITA BRUTA DE IMPOSTOS RECEITAS DO ENSINO 1. RECEITA DE IMPOSTOS 439.793.725,00 519.368.647,37 97.300.419,80 449.039.568,59 86,46 1.1- Receita Resultante do ICMS 352.668.725,00 407.786.079,26 80.105.839,11

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL BALANÇO FINANCEIRO - TODOS OS ORÇAMENTOS 1 INGRESSOS DISPÊNDIOS ESPECIFICAÇÃO 2014 ESPECIFICAÇÃO 2014 Receitas Orçamentárias - - Despesas Orçamentárias 7.583.637,48 - Ordinárias - - Ordinárias 2.011.924,00

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JACOBINA RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JACOBINA RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA BALANÇO ORÇAMENTÁRIO ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO ABRIL 2015/ BIMESTRE MARÇOABRIL RREO ANEXO I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e 1º) R$ 1,00 RECEITAS PREVISÃO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA GLORIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA GLORIA Página 1 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 BALANÇO ORÇAMENTÁRIO RREO ANEXO 1 (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas a e b do inciso II e 1º) R$ RECEITAS PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS NO BIMESTRE % ATÉ BIMESTRE

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE OUROLÂNDIA GABINTE DO PREFEITO. Decreto no. 034/2012

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE OUROLÂNDIA GABINTE DO PREFEITO. Decreto no. 034/2012 2 SEGUNDAFEIRA 30 DE JULHO DE 2012 Atos Financeiros ESTADO DA BAHIA GABINTE DO PREFEITO Decreto no. 034/2012 Institui o cronograma de execução das atividades a serem implementadas para o atendimento integral

Leia mais

Terça-feira, 19 de Julho de 2016 Edição N 857 Caderno I

Terça-feira, 19 de Julho de 2016 Edição N 857 Caderno I 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 MUNICÍPIO DE ILHÉUS - BA RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DEMONSTRATIVO DO RESULTADO NOMINAL ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO A JUNHO 2016/BIMESTRE MAIO

Leia mais

SERRA NEGRA Imprensa Oficial da Estância Hidromineral de Serra Negra

SERRA NEGRA Imprensa Oficial da Estância Hidromineral de Serra Negra Imprensa Oficial da Estância Hidromineral de Serra Negra DISTRIBUIÇÃO GRATUITA Sexta-feira, 18 de novembro de 2016 - Ano VIII - n.º 516 Estância Suíça recebe recape asfáltico em 7 ruas Capacitação de Acolhimento

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santana

Prefeitura Municipal de Santana Segunda 30 de janeiro de 2012 Prefeitura Municipal de Santana 6 Bimestre e 3 de 2011 http://www.tribunanet.com.br/?tipo=1&gs=2&cidade=20&anos=&imagefield.x=51&imagefield.y=17 Prefeitura Municipal de Santana

Leia mais

PREF.MUN.DE PALMAS DE MONTE ALTO - PODER EXECUTIVO

PREF.MUN.DE PALMAS DE MONTE ALTO - PODER EXECUTIVO PREFMUNDE PALMAS DE MONTE ALTO - PODER EXECUTIVO DEMONSTRATIVO DA DESPESA COM PESSOAL QUADRIMESTRE SETEMBRO - DEZEMBRO - 2011 RGF ANEXO I (LRF, art 55, inciso I, alínea "a") DESPESAS EXECUTADAS (Últimos

Leia mais

ITIRAPINA PERÍODO: 2º TRIMESTRE EXERCÍCIO: 2013

ITIRAPINA PERÍODO: 2º TRIMESTRE EXERCÍCIO: 2013 RECEITAS E DESPESAS DO ENSINO - PUBLICAÇÃO (ARTIGO 256 DA CONSTITUIÇÃO ESTADUAL) MUNICÍPIO: ITIRAPINA PERÍODO: 2º TRIMESTRE EXERCÍCIO: 2013 RECEITAS ARRECADADAS Acumulado DESPESAS DO ENSINO Aplicação Acumulado

Leia mais

Taxas de Inflação e PIB. Fonte: www3.bcb.gov.br/expectativas/publico/

Taxas de Inflação e PIB. Fonte: www3.bcb.gov.br/expectativas/publico/ PARÂMETROS PARA PROJEÇÕES Preencher com as expectativas de aumentos percentuais das receitas ou despesas DISCRIMINAÇÃO 2014 2015 2016 2017 1. INFLAÇÃO MÉDIA ANUAL (I P C A) 5,61% 5,25% 5,12% 5,07% 2. CRESCIMENTO

Leia mais

RREO - ANEXO X (Lei 9.394/1996, art.72) R$ 1,00 PREVISÃO INICIAL. ATUALIZADA(a)

RREO - ANEXO X (Lei 9.394/1996, art.72) R$ 1,00 PREVISÃO INICIAL. ATUALIZADA(a) Tabela 19B - Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE - MUNICÍPIOS Município de Tabira - Pernambuco RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DEMONSTRATIVO

Leia mais

PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS ATUALIZADA

PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS ATUALIZADA www.ilustrado.com.br UMUARAMA, sextafeira, 18 de MARÇO DE 26 c1 / / 26 25 Ativo Inativo Pensionista Ativo Inativo Pensionista / / / / 26 25 26 25 / / 26 25 Ativo Inativo Pensionista Ativo Inativo Pensionista

Leia mais

Página: 1 de 8 23/01/2015 14:47

Página: 1 de 8 23/01/2015 14:47 Página: 1 de 8 1-RECEITAS DE IMPOSTOS RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS (caput do art. 212 da Constituição) PREVISÃO PREVISÃO 4.563.250,00 4.563.250,00 1.072.219,54 5.951.109,36 130,41 1.1-Receita Resultante

Leia mais

RECEITA TRIBUTÁRIA

RECEITA TRIBUTÁRIA 10000000000 RECEITAS CORRENTES 102.390.600,00 11000000000 RECEITA TRIBUTÁRIA 7.454.000,00 11100000000 IMPOSTOS 6.8 11120000000 IMPOSTOS SOBRE O PATRIMÔNIO E A RENDA 2.280.000,00 11120200000 IMPOSTO SOBRE

Leia mais

DSPESAS EXECUTADAS (Últimos 12 meses) DESPESA COM PESSOAL

DSPESAS EXECUTADAS (Últimos 12 meses) DESPESA COM PESSOAL DEMONSTRATIVO DA DESPESA COM PESSOAL MAIO/2010 A ABRIL/2011 RGF ANEXO I (LRF, art. 55, inciso I, alínea "a") R$ 1,00 DESPESA COM PESSOAL DSPESAS EXECUTADAS (Últimos 12 meses) LIQUIDADAS INSCRITAS EM NÃO

Leia mais

Tabela 10.2 - Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE - MUNICÍPIOS

Tabela 10.2 - Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE - MUNICÍPIOS Imprimir Tabela 10.2 - Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE - MUNICÍPIOS Riacho da Cruz - RN Relatório Resumido da Execução Orçamentária Demonstrativo

Leia mais

Anexo I - Demonstrativo da Despesa com Pessoal

Anexo I - Demonstrativo da Despesa com Pessoal Anexo I - Demonstrativo da Despesa com Pessoal DEMONSTRATIVO DA DESPESA COM PESSOAL SETEMBRO DE 2007 A AGOSTO DE 2008 LRF, art. 55, inciso I, alínea "a" - Anexo I (Portaria STN Nº 632) R$ 1,00 DESPESAS

Leia mais

Tabela 10.2 - Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE - MUNICÍPIOS

Tabela 10.2 - Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE - MUNICÍPIOS Imprimir Tabela 10.2 - Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE - MUNICÍPIOS Ruy Barbosa - RN Relatório Resumido da Execução Orçamentária Demonstrativo das

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO CEARÁ

CAPACITAÇÃO EM CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO CEARÁ Pacote I Área Nº Disciplinas Horas / Aula 03 Procedimentos Contábeis Orçamentários I PCO I Procedimentos Contábeis Orçamentários II PCO II 05 Procedimentos Contábeis Patrimoniais I PCP I Fundamentos 06

Leia mais

Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu

Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu LEI N o 3.941, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2011. Estima a receita e fixa a despesa do Município de Foz do Iguaçu, Estado do Paraná, para o exercício financeiro de 2012. A Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, Estado

Leia mais

Prefeitura Municipal de Guarapuava Exercicio de 2016 - Anexo 2, da Lei 4.320/64 Unidade Gestora: CONSOLIDADO Natureza Codigo Especificacao

Prefeitura Municipal de Guarapuava Exercicio de 2016 - Anexo 2, da Lei 4.320/64 Unidade Gestora: CONSOLIDADO Natureza Codigo Especificacao 1.0.0.0.00.00.00.00 RECEITAS CORRENTES 327.198.765,92 1.1.0.0.00.00.00.00 RECEITA TRIBUTARIA 54.932.798,74 1.1.1.0.00.00.00.00 IMPOSTOS 46.219.482,29 1.1.1.2.00.00.00.00 IMPOSTOS SOBRE O PATRIMONIO E A

Leia mais

Ano 6. Nº 300. Itapevi, 26 de Setembro de 2014

Ano 6. Nº 300. Itapevi, 26 de Setembro de 2014 Ano 6. Nº 300. Itapevi, 26 de Setembro de 2014 Secretaria de Comunicação Social www.itapevi.sp.gov.br ETEC abre inscrições para cursos técnicos no CEMEB Tarsila do Amaral Serão disponibilizadas 80 vagas

Leia mais

RREO - ANEXO VIII (Lei 9.394/1996, Art.72) R$ 1,00 RECEITAS DO ENSINO RECEITAS REALIZADAS

RREO - ANEXO VIII (Lei 9.394/1996, Art.72) R$ 1,00 RECEITAS DO ENSINO RECEITAS REALIZADAS Governo Municipal de Pacajá DEMONSTR. DAS RECEITAS E DESPESAS Pag.: 0001 RREO - ANEXO VIII (Lei 9.394/1996, Art.72) R$ 1,00 RECEITAS DO ENSINO RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS INICIAL ATUALIZADA NO BIMESTRE

Leia mais

RREO - ANEXO VIII (Lei 9.394/1996, Art.72) R$ 1,00 RECEITAS DO ENSINO RECEITAS REALIZADAS

RREO - ANEXO VIII (Lei 9.394/1996, Art.72) R$ 1,00 RECEITAS DO ENSINO RECEITAS REALIZADAS Governo Municipal de Lagoa de Dentro DEMONSTR. DAS RECEITAS E DESPESAS Pag.: 0001 RREO - ANEXO VIII (Lei 9.394/1996, Art.72) R$ 1,00 RECEITAS DO ENSINO RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS INICIAL ATUALIZADA

Leia mais

7.7 - Demonstrações contábeis exigidas pela Lei 4.320/64 e notas explicativas

7.7 - Demonstrações contábeis exigidas pela Lei 4.320/64 e notas explicativas 7.7 - Demonstrações contábeis exigidas pela Lei 4.320/64 e notas explicativas MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL TITULO BALANÇO FINANCEIRO - TODOS OS ORÇAMENTOS SUBTITULO 70013 - TRIBUNAL

Leia mais

Diário Oficial. Índice do diário Outros. Prefeitura Municipal de Ribeira do Amparo. Outros - BALANÇO ANUAL Páginas:

Diário Oficial. Índice do diário Outros. Prefeitura Municipal de Ribeira do Amparo. Outros - BALANÇO ANUAL Páginas: Páginas: 48 Índice do diário Outros Outros - BALANÇO ANUAL 2015 Página 1 Outros Outros BALANÇO ANUAL 2015 - BA (Poder Executivo) DCA-Anexo I-AB Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo Padrao Balanço Patrimonial

Leia mais

MUNICIPIO DE JUINA RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL

MUNICIPIO DE JUINA RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL DEMONSTRATIVO DA DISPONIBILIDADE DE CAIXA JANEIRO A ABRIL DE 2015 LRF, art. 55, Inciso III, alínea "a" - Anexo V R$ 1,00 ATIVO VALOR PASSIVO VALOR DISPONIBILIDADE FINANCEIRA

Leia mais

DSPESAS EXECUTADAS (Últimos 12 meses) DESPESA COM PESSOAL

DSPESAS EXECUTADAS (Últimos 12 meses) DESPESA COM PESSOAL DEMONSTRATIVO DA DESPESA COM PESSOAL MAIO/2011 A ABRIL/2012 RGF ANEXO I (LRF, art. 55, inciso I, alínea "a") R$ 1,00 DESPESA COM PESSOAL DSPESAS EXECUTADAS (Últimos 12 meses) LIQUIDADAS INSCRITAS EM NÃO

Leia mais

VINCULAÇÃO RECEITA PLANO DE CONTAS CODIGO RECEITA PLANO DE CONTAS %

VINCULAÇÃO RECEITA PLANO DE CONTAS CODIGO RECEITA PLANO DE CONTAS % VINCULAÇÃO RECEITA PLANO DE CONTAS CODIGO RECEITA PLANO DE CONTAS % 1.1.1.2.02.00.00 Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana 4.1.1.1.2.02.00.01 - IPTU - PROPRIO 60 4.1.1.1.2.02.00.02 -

Leia mais

BASE DE CÁLCULO E APLICAÇÃO MÍNIMA PELOS ENTES FEDERADOS EM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE

BASE DE CÁLCULO E APLICAÇÃO MÍNIMA PELOS ENTES FEDERADOS EM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE PELOS ENTES FEDERADOS EM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE A Constituição Federal de 1988 determina em seu art. 198 que: 1º. O sistema único de saúde será financiado, nos termos do art. 195, com recursos

Leia mais

EDITAL DE PUBLICAÇÃO

EDITAL DE PUBLICAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE ACARAÚ EDITAL DE PUBLICAÇÃO O prefeito Municipal de Acaraú, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica Municipal, e de conformidade com a determinação contida

Leia mais

Metodologia de Elaboração dos Demonstrativos do Relatório Resumido da Execução Orçamentária RREO

Metodologia de Elaboração dos Demonstrativos do Relatório Resumido da Execução Orçamentária RREO Metodologia de Elaboração dos Demonstrativos do Relatório Resumido da Execução Orçamentária RREO 6º Bimestre/2008 Centro Administrativo do Governo Rodovia SC 401 - km. 5, nº 4600 Saco Grande II - Florianópolis

Leia mais

ANEXO 2 da Lei nº 4.320, de 17 de março de 1964 Exercício de 2015 DEMONSTRAÇÃO DA RECEITA POR CATEGORIA ECONÔMICA

ANEXO 2 da Lei nº 4.320, de 17 de março de 1964 Exercício de 2015 DEMONSTRAÇÃO DA RECEITA POR CATEGORIA ECONÔMICA 100000000000 RECEITAS CORRENTES 14.567.731,50 110000000000 RECEITA TRIBUTARIA 267.991,50 111000000000 IMPOSTOS 111200000000 IMPOSTOS SOBRE O PATRIMONIO E A RENDA 111202000000 IPTU - DO EXERCICIO 111202010000

Leia mais

Estado de Alagoas FUNPREV - Fundo de Previdência Social do Município de Mar Vermelho Balancete Financeiro Exercício : 01/2016

Estado de Alagoas FUNPREV - Fundo de Previdência Social do Município de Mar Vermelho Balancete Financeiro Exercício : 01/2016 Pág. 1 Balancete Financeiro R E C E I T A D E S P E S A Conta Descrição Valor Conta Descrição Valor R E C E I T A S O R Ç A M E N T Á R I A S 97.490,76 D E S P E S A S O R Ç A M E N T Á R I A S 27.765,63

Leia mais

Relatório de Gestão Fiscal do Poder Executivo

Relatório de Gestão Fiscal do Poder Executivo 2012 Relatório de Gestão Fiscal do Poder Executivo 1º Material divulgado em atendimento às disposições de que trata a Portaria nº 407 da Secretaria do Tesouro Nacional, de 20 de junho de 2011 e o estabelecido

Leia mais

Guararema recebe telefonia móvel e Internet 3G

Guararema recebe telefonia móvel e Internet 3G Jornal da Prefeitura de Nova Venécia, 30 de setembro de 2013 Guararema recebe telefonia móvel e Internet 3G Na última segunda-feira, dia 23, aconteceu a solenidade, realizada pelo Governo do Estado, de

Leia mais

Variações Patrimoniais Quantitativas

Variações Patrimoniais Quantitativas : 2015 Quantitativas VARIAÇÃO PATRIMONIAL AUMENTATIVA 254.357.617,98 IMPOSTOS, TAXAS E CONTRIBUIÇÕES DE MELHORIA 7.926.292,10 IMPOSTOS 7.769.372,44 IMPOSTOS SOBRE PATRIMÔNIO E A RENDA 3.809.542,30 IMPOSTOS

Leia mais

LC 101/2000 Lei de Responsabilidade Fiscal. Aspectos Operacionais. Edson Ronaldo Nascimento Analista de Finanças

LC 101/2000 Lei de Responsabilidade Fiscal. Aspectos Operacionais. Edson Ronaldo Nascimento Analista de Finanças LC 101/2000 Lei de Responsabilidade Fiscal Aspectos Operacionais Edson Ronaldo Nascimento Analista de Finanças Edsonn@fazenda.gov.br Aspectos Operacionais da LC 101 1. Introdução Após a fase de entendimentos

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO CÂMARA MUNICIPAL DE BARRA DO PIRAÍ Gabinete do Presidente

ESTADO DO RIO DE JANEIRO CÂMARA MUNICIPAL DE BARRA DO PIRAÍ Gabinete do Presidente LEI MUNICIPAL Nº 2511 DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. ESTIMA A RECEITA E FIXA A DESPESA ORÇAMENTÁRIA DO MUNICÍPIO DE BARRA DO PIRAÍ PARA O EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2015. A Câmara Municipal de Barra do Piraí

Leia mais

RECEITAS. DESPESAS COM SAÚDE (Por Grupo de Natureza da Despesa)

RECEITAS. DESPESAS COM SAÚDE (Por Grupo de Natureza da Despesa) RECEITAS RECEITA DE IMPOSTOS LÍQUIDA E TRANSFERÊNCIAS CONSTITUCIONAIS E LEGAIS (I) Impostos Multas, Juros de Mora e Dívida Ativa dos Impostos Receitas de Transferências Constitucionais e Legais (-)Transferências

Leia mais

Despesas com Saúde e Educação. de Contabilidade

Despesas com Saúde e Educação. de Contabilidade Despesas com Saúde e Educação Secretaria do Tesouro Nacional Conselho Federal de Contabilidade 2012 Programa do Módulo 8 Despesas com Educação e Saúde CH: 04 h Conteúdo: Manutenção e Desenvolvimento do

Leia mais

Segunda-feira, 13 de Abril de 2015 Edição N 385

Segunda-feira, 13 de Abril de 2015 Edição N 385 CONSÓRCIO JACUÍPE CNPJ: 16.749.050/0001-06 Rua Manoel Gonçalves, 45, Centro 44.610-000 Pintadas Bahia cdsjacuipe@yahoo.com.br AVISO DE LICITAÇÃO CONSÓRCIO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO TERRITÓRIO BACIA

Leia mais

OTÁVIO LADEIRA DE MEDEIROS ANEXOS

OTÁVIO LADEIRA DE MEDEIROS ANEXOS 30 ISSN 677-7042 Nº PROCESSO NOME CPF 0 7 7. 7 2 0 0 8 / 2 0 6 - FERNANDA RODRIGUES RIQUELME 00.45.790-5 Art. 2º. Este Ato entrará em vigor na data de sua publicação no Diário Oficial da União. FÁBIO LEMES

Leia mais

RELATÓRIO QUADRIMESTRAL

RELATÓRIO QUADRIMESTRAL Coordenação-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação - CCONF Gerência de Normas e Procedimentos de Gestão Fiscal - GENOP RELATÓRIO QUADRIMESTRAL RELATÓRIO QUADRIMESTRAL Proposta de orientação

Leia mais

Área Técnica: Equipe responsável pelo SIOPS Área de Economia da Saúde e Desenvolvimento Secretaria Executiva Ministério da Saúde.

Área Técnica: Equipe responsável pelo SIOPS Área de Economia da Saúde e Desenvolvimento Secretaria Executiva Ministério da Saúde. Assunto: Composição dos indicadores municipais calculados automaticamente pelo SIOPS após a declaração de dados contábeis, pelos municípios, a partir do SIOPS 2007 semestral. Área Técnica: Equipe responsável

Leia mais

RECEITAS DO ENSINO PREVISÃO INICIAL

RECEITAS DO ENSINO PREVISÃO INICIAL RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS (caput do art. 212 da Constituição) RECEITAS DO ENSINO 1 - RECEITA DE IMPOSTOS 666.027,96 666.027,96 543.552,01 81,61 1.1- Receitas Resultante Imposto s/ Propriedade Predial

Leia mais

Diário Oficial. Prefeitura Municipal de Ichú Ba. Ano VI - Edição Ordinária n º. 480 26 de março de 2015- Pg1/23 PREFEITURA MUNICIPAL ICHU - BAHIA

Diário Oficial. Prefeitura Municipal de Ichú Ba. Ano VI - Edição Ordinária n º. 480 26 de março de 2015- Pg1/23 PREFEITURA MUNICIPAL ICHU - BAHIA Diário Oficial Prefeitura Municipal de Ichú Ba Ano VI - Edição Ordinária n º. 480 26 de março de 2015- Pg1/23 GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 021/2015 DE 26 DE MARÇO DE 2015. Reajusta os vencimentos dos cargos

Leia mais

Sumário. LRF_Book.indb 15 19/03/ :29:01

Sumário. LRF_Book.indb 15 19/03/ :29:01 Sumário Capítulo 1 Disposições Gerais... 1 1.1. Introdução... 1 1.2. Objetivo da obra... 6 1.3. Apresentando a LRF... 6 1.4. Origem da LRF... 7 1.5. Previsão constitucional para implementação da LRF...

Leia mais

1.800.000,00 5.000.000,00 1.132.197,84 3.368.703,65 67,37

1.800.000,00 5.000.000,00 1.132.197,84 3.368.703,65 67,37 MUNICÍPIO DE COLOMBO RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO - MDE ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL 4º BIMESTRE/2011

Leia mais

Sistema de Informações para Auditoria e Prestação de Contas. Manual Técnico. Volume III. Recurso Vinculado

Sistema de Informações para Auditoria e Prestação de Contas. Manual Técnico. Volume III. Recurso Vinculado Sistema de Informações para Auditoria e Prestação de Contas Manual Técnico Volume III Recurso Vinculado Aplicável aos Órgãos, Entidades e Consórcios Públicos municipais regidos pela Lei Federal nº 4.320/64

Leia mais

Siglas deste documento:

Siglas deste documento: O Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias (CAUC) possui 13 itens a serem observados para a efetivação de uma transferência voluntária. Veja adiante a legislação relativa a cada

Leia mais

B A L A N C O G E R A L A N E X O XII

B A L A N C O G E R A L A N E X O XII A N E X O XII PREFEITURA MUNICIPAL DE SALITRE ANEXO 12, da Lei No. 4.320/64 BALANCO ORCAMENTARIO R E C E I T A PREVISTA ARRECADADA DIFERENCA RECEITAS CORRENTES RECEITA TRIBUTARIA 481.500,00 1.009.157,86-527.657,86

Leia mais

Documento gerado em 28/01/ :30:53 Página 1 de 5

Documento gerado em 28/01/ :30:53 Página 1 de 5 RGF-Anexo 01 Tabela 1.0 - Demonstrativo da Despesa com Pessoal Padrao Despesa Executada com Pessoal Despesa com Pessoal Despesas Executadas - Últimos 12 Meses DESPESAS LIQUIDADAS (a) DESPESAS INSCRITAS

Leia mais

Prefeitura Municipal de Iaçu-BA

Prefeitura Municipal de Iaçu-BA ANO. 2015 Prefeitura Municipal de IaçuBA DO MUNICÍPIO DE IAÇU BAHIA ANO.V EDIÇÃO Nº 00450 A Prefeitura Municipal de Iaçu, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. 1 Este documento

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE URBANO SANTOS BALANCO ORCAMENTARIO CNPJ: 05.505.839/0001-03 AV MANOEL INACIO S/N

PREFEITURA MUNICIPAL DE URBANO SANTOS BALANCO ORCAMENTARIO CNPJ: 05.505.839/0001-03 AV MANOEL INACIO S/N BALANCO ORCAMENTARIO PERIODO DE: Janeiro a Dezembro Exercicio de: 2013 Pagina: 01 *===========================================================================================================================*

Leia mais

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. SIOPE Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. SIOPE Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação O que é o É um sistema de acesso público via internet, operacionalizado pelo Fundo Nacional de

Leia mais

Resultado Primário e Resultado Nominal. de Contabilidade

Resultado Primário e Resultado Nominal. de Contabilidade Resultado Primário e Resultado Nominal Secretaria do Tesouro Nacional Conselho Federal de Contabilidade 2012 Ementa Programa do Módulo 4 - RREO Resultado Primário e Nominal CH: 04 h Conteúdo: 1. Necessidades

Leia mais

RGF - ANEXO I (LRF, art. 55, inciso I, alínea "a") R$ 1,00 DESPESAS EXECUTADAS (Últimos 12 Meses) DESPESA COM PESSOAL

RGF - ANEXO I (LRF, art. 55, inciso I, alínea a) R$ 1,00 DESPESAS EXECUTADAS (Últimos 12 Meses) DESPESA COM PESSOAL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ACRE DEMONSTRATIVO DA DESPESA COM PESSOAL JANEIRO/2007 a DEZEMBRO/2007 RGF - ANEXO I (LRF, art. 55, inciso I, alínea "a") R$ 1,00 DESPESAS EXECUTADAS (Últimos

Leia mais

Diário Oficial dos Municípios do Sudoeste do Paraná - DIOEMS Quinta-Feira, 16 de Julho de 2015

Diário Oficial dos Municípios do Sudoeste do Paraná - DIOEMS Quinta-Feira, 16 de Julho de 2015 Quinta-Feira, 16 de Julho de 2015 Instituído pela Resolução 001 de 04 de Outubro de 2011 Página 1 / 126 Ano III Edição Nº 0895 SUMÁRIO O Prefeito Municipal de Ampere, Estado do Paraná, com base na Lei

Leia mais

B A L A N C O G E R A L A N E X O XII

B A L A N C O G E R A L A N E X O XII A N E X O XII PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARIPE ANEXO 12, da Lei No. 4.320/64 BALANCO ORCAMENTARIO R E C E I T A PREVISTA ARRECADADA DIFERENCA RECEITAS CORRENTES RECEITA TRIBUTARIA 955.000,00 1.700.473,10-745.473,10

Leia mais

Faço saber que a CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM estatui e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber que a CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM estatui e eu sanciono a seguinte Lei: Estima a Receita e fixa a Despesa do Município de Belém, para o exercício de 2016. O PREFEITO MUNICIPAL DE BELÉM, Faço saber que a CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM estatui e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º

Leia mais

SEMINÁRIO MACRORREGIONAL SOBRE O CONTROLE SOCIAL REGIÃO METROPOLITANA. 31 de outubro de 2013 Auditório da Fetag Porto Alegre - RS

SEMINÁRIO MACRORREGIONAL SOBRE O CONTROLE SOCIAL REGIÃO METROPOLITANA. 31 de outubro de 2013 Auditório da Fetag Porto Alegre - RS SEMINÁRIO MACRORREGIONAL SOBRE O CONTROLE SOCIAL REGIÃO METROPOLITANA 31 de outubro de 2013 Auditório da Fetag Porto Alegre - RS LEI COMPLEMENTAR N 141/2012 E O PROCESSO DE FINANCIAMENTO DO SUS Sistema

Leia mais

Poder Executivo. Manaus, quarta-feira, 30 de maio de 2012. Ano XIII, Edição 2939 - R$ 1,00

Poder Executivo. Manaus, quarta-feira, 30 de maio de 2012. Ano XIII, Edição 2939 - R$ 1,00 Manaus, quarta-feira, 30 de maio de 2012. Ano XIII, Edição 2939 - R$ 1,00 Poder Executivo DECRETO Nº 1.647, DE 30 DE MAIO DE 2012 MODIFICA o item 42 do Anexo Único do Decreto nº 0593, de 12 de julho de

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 30 de Abril de 2016 Folha: 1 Prefeitura Municipal Demonstracao. Unidade Gestora: CONSÓRCIO - CISGA

Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 30 de Abril de 2016 Folha: 1 Prefeitura Municipal Demonstracao. Unidade Gestora: CONSÓRCIO - CISGA Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 30 de Abril de 2016 Folha: 1 1.0.0.0.0.00.00.00.00.00 ATIVO 994.183,15 D 181.380,01 162.761,34 1.012.801,82 D 1.1.0.0.0.00.00.00.00.00 ATIVO CIRCULANTE

Leia mais

CREDITOS ORCAMENTARIOS E SUPLEMENTARES 4.845.988,82 4.823.625,64 22.363,18 CREDITOS ESPECIAIS 0,00 0,00 0,00

CREDITOS ORCAMENTARIOS E SUPLEMENTARES 4.845.988,82 4.823.625,64 22.363,18 CREDITOS ESPECIAIS 0,00 0,00 0,00 A N E X O XII CAMARA MUNICIPAL DE EUSEBIO ANEXO 12, da Lei No. 4.320/64 BALANCO ORCAMENTARIO R E C E I T A PREVISTA ARRECADADA DIFERENCA RECEITAS CORRENTES S O M A 0,00 0,00 0,00 D E F I C I T 4.845.988,82

Leia mais

Prefeitura Da Cidade do Rio de Janeiro Controladoria Geral do Município Subcontroladoria de Integração de Controles Contadoria Geral

Prefeitura Da Cidade do Rio de Janeiro Controladoria Geral do Município Subcontroladoria de Integração de Controles Contadoria Geral 1 RELATÓRIO DE DESEMPENHO DA PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO FRENTE À LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL NO EXERCÍCIO DE 2012 Este relatório tem por objetivo abordar, de forma resumida, alguns aspectos

Leia mais

A Tabela Interna ESPECIFICAÇÃO_RECEITA foi ajustada em decorrência das alterações no Elenco de Contas, conforme abaixo descrita:

A Tabela Interna ESPECIFICAÇÃO_RECEITA foi ajustada em decorrência das alterações no Elenco de Contas, conforme abaixo descrita: Senhores gestores: A Tabela Interna ESPECIFICAÇÃO_RECEITA foi ajustada em decorrência das alterações no Elenco de Contas, conforme abaixo descrita: ESPRC_CODIGO ESPRC_DESCRICAO 1.0.0.0.00.00.00 RECEITAS

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA LOA

AUDIÊNCIA PÚBLICA LOA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E REGULAÇÃO URBANA SEPLAN AUDIÊNCIA PÚBLICA LOA - 2016 Fioravante Batista Ballin Prefeito Municipal Suimar João Bressan Secretário de Planejamento e Regulação Urbana

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATEUS LEME

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATEUS LEME Página 00001 Lei nº 2.420, de 01 de Dezembro de 2008 Estima a receita e fixa a despesa do Município de Mateus Leme, MG, para o exercício financeiro de 2009. O povo do Município de Mateus Leme, por seus

Leia mais

Página 1 de 2 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 RECEITAS DEMONSTRATIVO SIMPLIFICADO DO BALANÇO ORÇAMENTÁRIO No Até o Previsão Inicial da Receita 12.754.142,30 12.754.142,30 Previsão Atualizada da Receita 12.754.142,30

Leia mais

RELAÇÃO DOS PONTOS DE CONTROLE COM AS TABELAS DE BD

RELAÇÃO DOS PONTOS DE CONTROLE COM AS TABELAS DE BD RELAÇÃO DOS PONTOS DE CONTROLE COM AS TABELAS DE BD Ponto de Controle Dados necessários Tabela Lógica de negócio 01. Remessa de Informações ao TC (RGF e RREO) 02. Publicação - Relatório Resumido de Execução

Leia mais

RECEITAS ORCAMENTARIAS PREVISAO INCIAL PREVISAO ATUALIZADA RECEITAS REALIZADAS SALDO (a) (b) c=(b-a)

RECEITAS ORCAMENTARIAS PREVISAO INCIAL PREVISAO ATUALIZADA RECEITAS REALIZADAS SALDO (a) (b) c=(b-a) GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ BALANÇO ORÇAMENTÁRIO Exercício 2015 RECEITAS ORCAMENTARIAS PREVISAO INCIAL PREVISAO ATUALIZADA RECEITAS REALIZADAS SALDO (a) (b) c=(b-a) RECEITAS CORRENTES 458.960,46 458.960,46

Leia mais

DIREITO FINANCEIRO ORÇAMENTO PÚBLICO (continuação)

DIREITO FINANCEIRO ORÇAMENTO PÚBLICO (continuação) DIREITO FINANCEIRO ORÇAMENTO PÚBLICO (continuação) III. VEDAÇÕES ORÇAMENTÁRIAS A vedação, tratada pelo art. 167, da CF, é dividida em 2 tópicos: a) Execução Orçamentária (limitações a serem aplicadas no

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº. 284/2008 Nova Iguaçu de Goiás-GO,

LEI MUNICIPAL Nº. 284/2008 Nova Iguaçu de Goiás-GO, LEI MUNICIPAL Nº. 284/2008 Nova Iguaçu de Goiás-GO, 09.12.2008 Estima a Receita e fixa a Despesa do município de NOVA IGUAÇU DE GOIÁS, para o exercício Financeiro de 2009 e dá outras providências. A CÂMARA

Leia mais

SERRA NEGRA Imprensa Oficial da Estância Hidromineral de Serra Negra

SERRA NEGRA Imprensa Oficial da Estância Hidromineral de Serra Negra Imprensa Oficial da Estância Hidromineral de Serra Negra DISTRIBUIÇÃO GRATUITA Sextafeira, 28 de novembro de 2014 Ano VIII n.º 413 Campanha de vacinação contra raiva em cães e gatos acontece neste sábado

Leia mais

4.1.1.1.2.04.31.02.0000 Irrf Sobre Rendimentos Do Trabalho - Ativos/Inativos Do Poder Legislat 100,00 - - 100,00

4.1.1.1.2.04.31.02.0000 Irrf Sobre Rendimentos Do Trabalho - Ativos/Inativos Do Poder Legislat 100,00 - - 100,00 Página 1 de 9 4.0.0.0.0.00.00.00.0000 Receita 11.768.270,00 888.526,99 888.526,99 10.879.743,01 4.1.0.0.0.00.00.00.0000 Receitas Correntes 11.683.270,00 885.956,27 885.956,27 10.797.313,73 4.1.1.0.0.00.00.00.0000

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA XAVANTINA RELAÇÃO PARA CONFERÊNCIA DA RECEITA Exercício de 2017

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA XAVANTINA RELAÇÃO PARA CONFERÊNCIA DA RECEITA Exercício de 2017 1.1.1.2.02.01.00.00 IMP PREDIAL E TERRIT URBANO IPTU 0,00 N 1.1.1.2.02.03.00.00 IMP PREDIAL E TERRIT URBANO - IPTU 944.370,00 S N 1.1.1.2.04.31.00.00 IRRF SOBRE TRABALHO 996.835,00 S N 1.1.1.2.08.01.00.00

Leia mais

ELETROBRÁS TERMONUCLEAR S.A. ELETRONUCLEAR CNPJ: / DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31/09/2005

ELETROBRÁS TERMONUCLEAR S.A. ELETRONUCLEAR CNPJ: / DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31/09/2005 ELETROBRÁS TERMONUCLEAR S.A. CNPJ: 42.540.2 11/000 1-6 7 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31/09/2005 BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE SETEMBRO A T I V O 2005 2004 CIRCULANTE Numerário disponível 805 12.378 Aplicações

Leia mais

Prefeitura Municipal de Assis Fevereiro de 2014 - Anexo 2, da Lei 4.320/64 Unidade Gestora: PMA - FDO.ILUM.- EDUC. - FUNDEF - A.

Prefeitura Municipal de Assis Fevereiro de 2014 - Anexo 2, da Lei 4.320/64 Unidade Gestora: PMA - FDO.ILUM.- EDUC. - FUNDEF - A. 1000.00.00.00.00 Receitas Correntes 16.651.676,17 1100.00.00.00.00 Receita Tributaria 2.616.972,78 1110.00.00.00.00 Impostos 2.487.479,95 1112.00.00.00.00 Impostos sobre o Patrimonio e a Renda 1.297.863,85

Leia mais

As mensagens de erro são representadas por um código seguido da descrição do erro encontrado. Abaixo segue a estrutura do código de erro:

As mensagens de erro são representadas por um código seguido da descrição do erro encontrado. Abaixo segue a estrutura do código de erro: Anexo I - Regras de Validação - RREO O presente anexo possui o objetivo de apresentar a estrutura das mensagens de erros emitidas quando o sistema encontra alguma inconsistência na validação das fórmulas

Leia mais

Codigo Descricao Mes Mes

Codigo Descricao Mes Mes 1.0.0.0.00.00.00.00 RECEITAS CORRENTES 1.556.469,56 10.722.822,93 1.1.0.0.00.00.00.00 RECEITA TRIBUTARIA 162.283,78 917.831,99 1.1.1.0.00.00.00.00 IMPOSTOS 147.116,39 824.761,31 1.1.1.2.00.00.00.00 IMPOSTOS

Leia mais

Aprova a Classificação das Fontes de Recursos para o Estado de Santa Catarina.

Aprova a Classificação das Fontes de Recursos para o Estado de Santa Catarina. DECRETO N o 2.879, de 30 de dezembro de 2004 Aprova a Classificação das Fontes de Recursos para o Estado de Santa Catarina. O GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA, no uso da atribuição que lhe confere

Leia mais

RGF - ANEXO VI (LRF, art. 55, inciso III, alínea "b") R$ 1,00 RESTOS A PAGAR INSCRITOS

RGF - ANEXO VI (LRF, art. 55, inciso III, alínea b) R$ 1,00 RESTOS A PAGAR INSCRITOS DEMONSTRATIVO DOS RESTOS A PAGAR JANEIRO A DEZEMBRO DE 2008 RGF - ANEXO VI (LRF, art. 55, inciso III, alínea "b") R$ 1,00 RESTOS A PAGAR INSCRITOS EMPENHOS Liquidados e Não Pagos Empenhados e Não Liquidados

Leia mais

DATA 29/05/2014 Pagina 2 2.1.3.1.1.00.00.00 FORNECEDORES E CONTAS A PAGAR NACIONAIS A CURTO PR S C 0,00 582,25 3.432,21 2.849,96 C 2.1.3.1.1.01.00.00

DATA 29/05/2014 Pagina 2 2.1.3.1.1.00.00.00 FORNECEDORES E CONTAS A PAGAR NACIONAIS A CURTO PR S C 0,00 582,25 3.432,21 2.849,96 C 2.1.3.1.1.01.00.00 DATA 29/05/2014 Pagina 1 1.0.0.0.0.00.00.00 ATIVO S D 26.200,85 197.350,24 153.749,66 69.801,43 D 1.1.0.0.0.00.00.00 ATIVO CIRCULANTE S D 15.643,04 197.350,24 153.614,51 59.378,77 D 1.1.1.0.0.00.00.00

Leia mais

O R Ç A M E N T O - 2013. Anexo 02 - Demonstração da Receita Segundo a Categoria Econômica CONSOLIDADO. Página 1 de 11

O R Ç A M E N T O - 2013. Anexo 02 - Demonstração da Receita Segundo a Categoria Econômica CONSOLIDADO. Página 1 de 11 Anexo 02 Demonstração da Receita Segundo a Categoria Econômica Página 1 de 11 O R Ç A M E N T O 2013 1.0.0.0.00.00.00.0000 Receitas Correntes 11.683.270,00 1.1.0.0.00.00.00.0000 Receita Tributaria 532.220,00

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL SAO JOAO BATISTA

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL SAO JOAO BATISTA 1.0.0.0.00.00.00.00.00 RECEITAS CORRENTES 4.398.144,52 38.156.721,06 1.1.0.0.00.00.00.00.00 RECEITA TRIBUTARIA 472.510,08 4.672.304,77 1.1.1.0.00.00.00.00.00 IMPOSTOS 389.923,77 3.666.297,26 1.1.1.2.00.00.00.00.00

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL SAO JOAO BATISTA

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL SAO JOAO BATISTA 1.0.0.0.00.00.00.00.00 RECEITAS CORRENTES 4.294.696,07 33.758.576,54 1.1.0.0.00.00.00.00.00 RECEITA TRIBUTARIA 508.971,73 4.199.794,69 1.1.1.0.00.00.00.00.00 IMPOSTOS 416.800,15 3.276.373,49 1.1.1.2.00.00.00.00.00

Leia mais

DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO - MDE ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL RECEITAS DO ENSINO

DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO - MDE ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL RECEITAS DO ENSINO RECEITAS DO ENSINO RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS (caput do art. 212 da Constituição) INICIAL (a) No Bimestre 1. RECEITA DE IMPOSTOS 750.299.71 750.299.71 125.810.827,93 125.810.827,93 16,77 1.1- Receita

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL SAO JOAO BATISTA

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL SAO JOAO BATISTA 1.0.0.0.00.00.00.00.00 RECEITAS CORRENTES 5.476.960,20 29.462.070,79 1.1.0.0.00.00.00.00.00 RECEITA TRIBUTARIA 431.920,78 3.690.587,09 1.1.1.0.00.00.00.00.00 IMPOSTOS 348.558,93 2.859.347,39 1.1.1.2.00.00.00.00.00

Leia mais

Diário Oficial ÓRGÃO OFICIAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA FRIBURGO

Diário Oficial ÓRGÃO OFICIAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA FRIBURGO Diário Oficial R$ 0,50 ÓRGÃO OFICIAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA FRIBURGO PUBLICAÇÃO DA SUBSECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL ANO IV - EDIÇÃO N. 116-2 de abril de 2014 www.pmnf.rj.gov.br Saúde Bucal

Leia mais

Titulos Saldo --- Movimento Completo --- Saldo Anterior Debitos Creditos Atual

Titulos Saldo --- Movimento Completo --- Saldo Anterior Debitos Creditos Atual Estado do Parana Plano de Contas 01 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2015 Folha: 1 1.0.0.0.0.00.00.00.00.00.00.00 ATIVO 94.844,52 D 2.450.807,74 2.378.775,15 166.877,11 D 1.1.0.0.0.00.00.00.00.00.00.00 ATIVO

Leia mais