VI - a unicidade e a simplificação do processo de registro e de legalização de empresários e de pessoas jurídicas;

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VI - a unicidade e a simplificação do processo de registro e de legalização de empresários e de pessoas jurídicas;"

Transcrição

1 LEI Nº 4437, de 20 de julho de INSTITUI A LEI GERAL DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL. DR. EMIDIO DE SOUZA, Prefeito do Município de Osasco, usando das atribuições que lhe são conferidas por lei, FAZ SABER, que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte lei: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Esta Lei regula o tratamento jurídico diferenciado, simplificado e favorecido assegurado ao Microempreendedor Individual, doravante denominado "MEI", em conformidade com o que dispõe a Legislação Federal. Art. 2º O tratamento diferenciado, simplificado, favorecido e de incentivo ao Microempreendedor Individual - MEI, incluirá, entre outras ações dos órgãos e entes da administração municipal: I - os incentivos fiscais; II - o incentivo à formalização de empreendimentos; III - o incentivo à educação empreendedora; IV - o incentivo ao associativismo e às regras de inclusão; V - o incentivo à geração de empregos, trabalho e renda; VI - a unicidade e a simplificação do processo de registro e de legalização de empresários e de pessoas jurídicas; VII - a simplificação, racionalização e uniformização dos requisitos de segurança sanitária, metrologia, controle ambiental e prevenção contra incêndios, para fins de registro, legalização e funcionamento de empresários e pessoas jurídicas, ressalvadas as atividades consideradas de alto risco. CAPITULO II DAS DEFINIÇÕES E CONDIÇÕES PARA ENQUADRAMENTO Art. 3º Para efeito desta Lei, considera-se MEI o empresário individual que reúna as condições estabelecidas pelo Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, bem como as determinadas pelo Comitê Gestor do Simples Nacional. CAPÍTULO III DO REGISTRO E DA LEGALIZAÇÃO DO ALVARÁ Art. 4º Fica instituído o Alvará de Funcionamento Provisório, para os optantes do Microempreendedor Individual - MEI, que permitirá o início de operação do estabelecimento após a solicitação de registro ao órgão responsável da Prefeitura, exceto nos casos em que o risco da atividades seja considerado alto. 1º O MEI assinará declaração de conformidade com as normas sanitárias, ambientais e de segurança para a obtenção de Alvará de Funcionamento Provisório. 2º O Alvará de Funcionamento Provisório será cancelado se após a notificação da fiscalização orientadora não forem cumpridas as exigências e os prazos estabelecidos por esta Lei. 3º Para a concessão do Alvará Definitivo ao Microempreendedor Individual, quando a atividade ou situação, por natureza comportar grau de risco compatível com esse ato, deverão ser observados e

2 conter a expressa autorização, além dos aspectos de natureza fazendária, também os seguintes aspectos: I - sanitários; II - ambiental; III - uso do solo; IV - segurança. Art. 5º Para efeitos desta Lei considera-se como atividade de alto risco aquelas cujas atividades sejam prejudiciais ao sossego público e que tragam riscos ao meio ambiente e que contenham entre outros: I - material inflamável; II - aglomeração de pessoas; III - possam produzir nível sonoro superior ao estabelecido em Lei; IV - material explosivo; V - outras atividades assim definidas em Lei Municipal. Art. 6º O Executivo Municipal poderá celebrar convênios com outras instituições e órgãos para facilitar aos empreendedores a obtenção do número do Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas - CNPJ, e o ato de registro na Junta Comercial. II DA CASA DO EMPREENDEDOR Art. 7º Fica criada a Casa do Empreendedor, com o objetivo de orientar os empreendedores, simplificando os procedimentos de registro de empresas no Município, subordinada à Secretaria de Indústria, Comércio e Abastecimento, com as seguintes atribuições: I - disponibilizar aos interessados as informações necessárias à emissão da inscrição municipal e do alvará de funcionamento, mantendo-as atualizadas nos meios eletrônicos de comunicação oficial; II - orientar a respeito dos procedimentos necessários para a regularização da situação fiscal e tributária dos contribuintes; 1º Caso ocorra o indeferimento da inscrição municipal, será oferecido ao interessado pela Casa do Empreendedor, informações a respeito dos fundamentos que levaram ao referido indeferimento, para as devidas providências e adequação à exigência legal. 2º Para a consecução dos seus objetivos, na implantação da Casa do Empreendedor, a administração municipal, na forma da lei, firmará parceria com outras instituições para oferecer orientação acerca da abertura, do funcionamento e do encerramento de empresas. CAPÍTULO IV DA FISCALIZAÇÃO Art. 8º A fiscalização para o Empreendedor Individual, nos aspectos de posturas, tributários, uso do solo, sanitário, ambiental e de segurança, deverá ter natureza prioritariamente orientadora, quando a atividade ou situação, por sua natureza, comportar grau de risco compatível com esse procedimento. 1º Será observado o critério de dupla visita para lavratura de auto de infração, exceto na ocorrência de reincidência, fraude, resistência ou embaraço à fiscalização. 2º A dupla visita consiste em uma primeira ação, com a finalidade de verificar a regularidade do estabelecimento e seu devido cumprimento das legislações municipais, e em ação posterior de caráter punitivo quando, verificada qualquer irregularidade na primeira visita, não for efetuada a respectiva regularização no prazo determinado ou reincidir no descumprimento das leis.

3 3º Quando na primeira visita forem constatadas quaisquer irregularidades, será lavrada uma Notificação de caráter orientador, para que o responsável possa efetuar a regularização no prazo de 05 (cinco) dias e que cumpra os ditames legais municipais, sem aplicação de penalidade, apenas com aplicação de advertência. 4º Na hipótese do responsável necessitar de mais prazo para efetuar a regularização, fará seu pedido com todas as justificativas pertinentes ao caso e o protocolará na Prefeitura. 5º As regras determinadas neste artigo não se aplicam: I - quando o estabelecimento ou a atividade do Microempreendedor Individual, tiver afirmação, pela autoridade policial ou municipal competente, de prática ou exercício de atividades ilegais, em suas dependências ou fora dele, e terá suas atividades imediatamente suspensas pela Prefeitura do Município de Osasco, sem prejuízo de eventual lacre ou apreensão de produtos e mobiliários, multa e responsabilidade em juízo; II - ao processo administrativo fiscal regulado pelos artigos 39 e 40 da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de º Decorrido o prazo fixado no artigo 8º, 3º, sem a regularização necessária ou havendo a continuidade pela inobservância de quaisquer disposições legais do município de Osasco, devidamente apontados na Notificação, será lavrado auto de multa, nos termos das leis aplicáveis. Art. 9º Nos casos de comprovado desvio de atividade ou do contribuinte ultrapassar os limites de receita definidos pelo Comitê Gestor a fiscalização não seguirá o critério de dupla visita e deverá obedecer aos procedimentos previstos na Legislação Federal sem prejuízo das penalidades cabíveis previstas na legislação municipal. CAPÍTULO V DO REGIME TRIBUTÁRIO Art. 10 Fica instituído o Regime Tributário do Microempreendedor Individual - SIMEI. Art. 11 O Microempreendedor Individual com atividade de prestação de serviços, deve na forma regulamentada pelo Comitê Gestor do Simples Nacional, recolher valor fixo mensal para o ISSQN, quando incidente. Art. 12 As obrigações acessórias previstas na Legislação Tributária Municipal deverão ser seguidas integralmente pelo microempreendedor individual, em especial o Decreto nº , de 26 de março de Art. 13 Na vigência da opção pelo SIMEI não se aplicam ao MEI: I - valores fixos que tenham sido estabelecidos pela Legislação Municipal; II - isenções específicas previstas para as microempresas e empresas de pequeno porte na Legislação Municipal; III - retenções de ISSQN sobre os serviços prestados; IV - atribuições da qualidade de substituto tributário. Art. 14 Nos aspectos tributários o Microempreendedor Individual com atividade de prestação de serviços submete-se a fiscalização do ISSQN, na forma da legislação municipal, inclusive em relação ao total estabelecido para receita anual pelo Comitê Gestor, bem como, a permissão para prática de atividades previstas para o regime, na forma do disposto nos artigos 10 a 12 desta Lei. DOS BENEFÍCIOS FISCAIS Art. 15 Ficam isentos de taxas, emolumentos e demais custos relativos à abertura, à inscrição, ao registro, ao alvará, à licença inicial, ao cadastro e as respectivas renovações do Microempreendedor Individual.

4 CAPÍTULO VI DO AGENTE DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL Art. 16 Caberá ao Poder Executivo do Município de Osasco a designação de quantos servidores e áreas responsáveis em sua estrutura funcional forem necessários para a efetivação dos dispositivos previstos na presente Lei. Parágrafo Único - A função de agente de desenvolvimento regional, caracteriza-se pelo exercício de articulação das ações públicas para a promoção e divulgação do Programa do Microempreendedor Individual, mediante ações locais ou comunitárias, individuais ou coletivas, que busquem cumprimento das disposições e diretrizes contidas nesta Lei, sob supervisão do órgão gestor local responsável pelas políticas de desenvolvimento. CAPÍTULO VII DO ACESSO AOS MERCADOS DAS AQUISIÇÕES PÚBLICAS Art. 17 Para ampliação da participação do Microempreendedor Individual - MEI, nas licitações, a administração pública municipal deverá: I - instituir cadastro próprio, de acesso livre, ou adequar os cadastros existentes, para identificar os Empreendedores Individuais sediados regionalmente, com as respectivas linhas de fornecimento, de modo a possibilitar a notificação das licitações e facilitar a formação de parcerias e subcontratações; II - na definição do objeto da contratação, não deverá utilizar especificações que restrinjam injustificadamente a participação dos Microempreendedores. I DO ESTÍMULO AO MERCADO LOCAL Art. 18 A administração municipal de Osasco incentivará as ações de acesso ao mercado, dos Empreendedores Individuais e apoiará missão técnica para exposição e venda dos produtos em outros municípios. Art. 19 A participação nestas ações de acesso ao mercado,dependerá de prévia autorização a ser expedida pela Administração Municipal, através de processo regular e de acordo com espaços disponibilizados na área destinada para esse fim. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS E TRANSITÓRIAS Art. 20 Fica instituído o Dia Municipal do Empreendedor Individual, que será comemorado neste Município em 05 de outubro de cada ano. Parágrafo Único - Na semana desse dia, sempre preferencialmente nesse dia, será realizada audiência pública na Câmara Municipal, amplamente divulgada, em que serão ouvidas lideranças empresariais e debatidas propostas de fomento aos pequenos negócios e melhorias da legislação específica. Art. 21 A administração pública municipal de Osasco, como forma de estimular a criação de novas micro e pequenas empresas no Município e promover o seu desenvolvimento, incentivará a criação de programas específicos de atração de novas empresas de forma direta ou em parceria com outras entidades públicas ou privadas. Art. 22 Ficarão eximidas de quaisquer penalidades quanto ao período de informalidades as pessoas físicas ou jurídicas que desempenham as atividades econômicas sujeitas a esta Lei, que espontaneamente se utilizarem os benefícios da mesma.

5 Art. 23 O Executivo Municipal regulamentará esta Lei no prazo de 60 (sessenta) dias a contar de sua publicação. Art. 24 Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação. Osasco, 20 de julho de Dr. EMIDIO DE SOUZA PREFEITO

LEI Nº DE 22 DE DEZEMBRO DE A Câmara Municipal de Tiradentes aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte lei: CAPÍTULO I

LEI Nº DE 22 DE DEZEMBRO DE A Câmara Municipal de Tiradentes aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte lei: CAPÍTULO I LEI Nº 2.493 DE 22 DE DEZEMBRO DE 2009. Institui a Lei Municipal relativa ao Empreendedor Individual e dá outras providências A Câmara Municipal de Tiradentes aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono

Leia mais

LEI Nº 3.383/2009. CÁSSIO LUIZ FREITAS MOTA, Prefeito Municipal de Canguçu, Estado do Rio Grande do Sul, no uso de suas atribuições legais;

LEI Nº 3.383/2009. CÁSSIO LUIZ FREITAS MOTA, Prefeito Municipal de Canguçu, Estado do Rio Grande do Sul, no uso de suas atribuições legais; LEI Nº 3.383/2009 INSTITUI A LEI GERAL DA MICROEMPRESA, EMPRESA DE PEQUENO PORTE E MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS CÁSSIO LUIZ FREITAS MOTA, Prefeito Municipal de Canguçu, Estado

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº. 896/2010.

LEI MUNICIPAL Nº. 896/2010. LEI MUNICIPAL Nº. 896/2010. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE SAGRADA FAMILIA, ESTADO

Leia mais

LEI Nº 2455/ 2011 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

LEI Nº 2455/ 2011 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES - - LEI Nº 2455/ 2011 Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE ITAMARANDIBA - MG, no uso

Leia mais

MUNICÍPIO DE BOM RETIRO DO SUL

MUNICÍPIO DE BOM RETIRO DO SUL LEI Nº. 3.516/2009 Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE BOM RETIRO DO SUL, ESTADO DO

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº. 064/2011, DE 03 DE MAIO DE 2011.

LEI COMPLEMENTAR Nº. 064/2011, DE 03 DE MAIO DE 2011. LEI COMPLEMENTAR Nº. 064/2011, DE 03 DE MAIO DE 2011. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual. CARLOS JANDREY, Prefeito de Ibirubá - RS,

Leia mais

LEI Nº 5.034, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2009

LEI Nº 5.034, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2009 LEI Nº 5.034, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2009 Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE ESTRELA,

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 2.009/09 DE 24 DE NOVEMBRO DE O PREFEITO MUNICIPAL DE BARÃO DE COTEGIPE, Estado do

LEI MUNICIPAL Nº 2.009/09 DE 24 DE NOVEMBRO DE O PREFEITO MUNICIPAL DE BARÃO DE COTEGIPE, Estado do LEI MUNICIPAL Nº 2.009/09 DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Micro empreendedor Individual, e dá outras providências. Rio Grande do Sul,

Leia mais

"INSTITUI A LEI GERAL MUNICIPAL DA MICROEMPRESA, EMPRESA DE PEQUENO PORTE E MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS".

INSTITUI A LEI GERAL MUNICIPAL DA MICROEMPRESA, EMPRESA DE PEQUENO PORTE E MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Lei Ordinária de Porto Belo-SC, nº 1796 de 05/03/2010 LEI Nº 1796/2010 "INSTITUI A LEI GERAL MUNICIPAL DA MICROEMPRESA, EMPRESA DE PEQUENO PORTE E MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS".

Leia mais

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Laje do Muriaé Gabinete do Prefeito Tel. (22) Fax: (22) LEI Nº.

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Laje do Muriaé Gabinete do Prefeito Tel. (22) Fax: (22) LEI Nº. LEI Nº. 614/2010 INSTITUI A LEI MUNICIPAL DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Esta Lei regula o tratamento jurídico diferenciado, simplificado

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI MUNICIPAL Nº 2619, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2010. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Micro empreendedor Individual, e dá Outras Providências. JÂNIO IVAN ANDREATTA,

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI MUNICIPAL N. 1181 DE 25 DE NOVEMBRO DE 2010. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual. PREFEITO MUNICIPAL DE GRAMADO XAVIER, no uso das

Leia mais

O POVO DO MUNICIPIO DE PRUDENTÓPOLIS, ESTADO DO PARANÁ, POR SEUS VEREADORES NA CÂMARA MUNICIPAL, APROVOU E EU PREFEITO SANCIONO A SEGUINTE

O POVO DO MUNICIPIO DE PRUDENTÓPOLIS, ESTADO DO PARANÁ, POR SEUS VEREADORES NA CÂMARA MUNICIPAL, APROVOU E EU PREFEITO SANCIONO A SEGUINTE LEI Nº 1.936 SÚMULA: Institui o tratamento diferenciado e favorecido a ser dispensado às microempresas e as empresas de pequeno porte no âmbito do Município, na conformidade das normas gerais previstas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIQUEZA

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIQUEZA LEI Nº 0547, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2010. Regulamenta o tratamento diferenciado e favorecido às microempresas, às empresas de pequeno porte e aos microempresários individuais de que trata a Lei Complementar

Leia mais

Estado de Santa Catarina

Estado de Santa Catarina LEI COMPLEMENTAR Nº 003/2009 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2009 REGULAMENTA O TRATAMENTO DIFERENCIADO E FAVORECIDO ÀS MICROEMPRESAS, ÀS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE E AOS MICROEMPRESÁRIOS INDIVIDUAIS DE QUE TRATA

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI N.º 1514 DE 17 DE NOVEMBRO DE 2010. INSTITUI A LEI GERAL MUNICIPAL DA MICROEMPRESA, EMPRESA DE PEQUENO PORTE E MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS PEDROLIVIO PORTO PRADO, Prefeito

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE JACINTO MACHADO

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE JACINTO MACHADO LEI Nº 574 DE 28 DE DEZEMBRO DE 2009 REGULAMENTA O TRATAMENTO DIFERENCIADO E FAVORECIDO ÀS MICROEMPRESAS, ÀS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE E AOS MICROEMPRESÁRIOS INDIVIDUAIS DE QUE TRATA A LEI COMPLEMENTAR

Leia mais

LEI N.º 1.460/09, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2009

LEI N.º 1.460/09, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2009 1 LEI N.º 1.460/09, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2009 Institui a Lei Geral do Município de Senador Canedo, visando regulamentar o tratamento jurídico diferenciado, simplificado e favorecido assegurado às Microempresas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO PARDO

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO PARDO = LEI Nº 1.710, DE 04 DE NOVEMBRO DE 2010 = INSTITUI A LEI GERAL MUNICIPAL DA MICROEMPRESA, EMPRESA DE PEQUENO PORTE E MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE SEDE NOVA GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE SEDE NOVA GABINETE DO PREFEITO 1/8 LEI Nº 1.097/2009, DE 04 DE NOVEMBRO DE 2009. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual, e dá outras providências. ILOI ALFONSO WERNER,

Leia mais

Estado de Santa Catarina PREFEITURA MUNICIPAL DE ERVAL VELHO

Estado de Santa Catarina PREFEITURA MUNICIPAL DE ERVAL VELHO Lei Complementar n 024, de 16 de outubro de 2009. Regulamenta o tratamento diferenciado e favorecido às microempresas, às empresas de pequeno porte e aos microempresários individuais de que trata a Lei

Leia mais

LEI Nº 627/2008 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

LEI Nº 627/2008 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI Nº 627/2008 INSTITUI A LEI GERAL MUNICIPAL DA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito Municipal de Vila Pavão, Estado do Espírito Santo, no uso de suas atribuições

Leia mais

INSTITUI A LEI GERAL DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL, DA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

INSTITUI A LEI GERAL DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL, DA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LEI COMPLEMENTAR Nº 46 DE 18 DE JUNHO 2014. INSTITUI A LEI GERAL DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL, DA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. PAULO ROGÉRIO BRUNELI Prefeito do

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jaguaré

Prefeitura Municipal de Jaguaré LEI Nº. 751 DE 29 DE ABRIL DE 2008 Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa e Empresa de Pequeno Porte para atender e dar efetividade a Lei Complementar nº 123/2006 e dá outras providências. O PREFEITO

Leia mais

O Prefeito do Município de Tupãssi, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, D E C R E TA:

O Prefeito do Município de Tupãssi, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, D E C R E TA: DECRETO Nº 059/2011 Cria a Sala do Empreendedor, e dá outras providências. O Prefeito do Município de Tupãssi, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, D E C R E TA: Capítulo I Das disposições

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS LEI Nº 1.881/2009 REGULAMENTA O TRATAMENTO DIFERENCIADO E FAVORECIDO ÀS MICROEMPRESAS, ÀS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE E AOS MICROEMPRESÁRIOS INDIVIDUAIS DE QUE TRATA A LEI COMPLEMENTAR FEDERAL Nº 123, DE

Leia mais

Lei Complementar n 063, de 18 de dezembro de 2009.

Lei Complementar n 063, de 18 de dezembro de 2009. Lei Complementar n 063, de 18 de dezembro de 2009. Regulamenta o tratamento diferenciado e favorecido às microempresas, às empresas de pequeno porte e aos microempresários individuais de que trata a Lei

Leia mais

Prefeitura de Júlio de Castilhos

Prefeitura de Júlio de Castilhos LEI COMPLEMENTAR Nº 32, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual, e dá outras providências. VERA MARIA SCHORNES

Leia mais

LEI Nº 391/2010, DE 13 DE OUTUBRO DE 2010.

LEI Nº 391/2010, DE 13 DE OUTUBRO DE 2010. LEI Nº 391/2010, DE 13 DE OUTUBRO DE 2010. INSTITUI NO ÂMBITO DO MUNICÍPIO DE ITAIÓPOLIS, O REGIME JURÍDICO -TRIBUTÁRIO DIFERENCIADO, FAVORECIDO E SIMPLIFICADO CONCEDIDO ÀS MICROEMPRESAS ME, E ÀS EMPRESAS

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº , DE 02 DE SETEMBRO DE 2010

LEI COMPLEMENTAR Nº , DE 02 DE SETEMBRO DE 2010 LEI COMPLEMENTAR Nº. 2.644, DE 02 DE SETEMBRO DE 2010 Regulamenta, no município de São Gonçalo do Sapucaí, MG, o tratamento diferenciado e favorecido aos microempreendedores individuais, às microempresas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE AFONSO CLÁUDIO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

PREFEITURA MUNICIPAL DE AFONSO CLÁUDIO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Lei nº 1.771/2007 INSTITUI A LEI GERAL MUNICIPAL DA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE, DO MUNICÍPIO DE AFONSO CLÁUDIO/ES, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE AFONSO CLÁUDIO, NO ESTADO

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires LEI Nº 5.620, DE 24 DE DEZEMBRO DE 2014 Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa - ME, Empresa de Pequeno Porte - EPP, Microempreendedor Individual - MEI, e dá outras providências. AIRTON LUIZ ARTUS,

Leia mais

Estado de Santa Catarina GOVERNO MUNICIPAL DE IPUMIRIM

Estado de Santa Catarina GOVERNO MUNICIPAL DE IPUMIRIM LEI COMPLEMENTAR Nº 84, de 20 de Maio de 2010. Dispõe sobre a Lei Geral do Simples Nacional, em conformidade com a Lei Complementar Federal nº 123, de 14 de dezembro de 2006 e alterações; dá outras providências.

Leia mais

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Quatis Gabinete do Prefeito. Decreto nº. 2197/2010

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Quatis Gabinete do Prefeito. Decreto nº. 2197/2010 Decreto nº. 2197/2010 REGULAMENTA AS ATIVIDADES DO MICROEMPREEDEDOR INDIVIDUAL NA CIDADE DE QUATIS. O PREFEITO DE QUATIS, usando das atribuições que lhe confere a Lei Orgânica Municipal; CONSIDERANDO o

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N 059, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2009.

LEI COMPLEMENTAR N 059, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2009. LEI COMPLEMENTAR N 059, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2009. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual, e dá outras providências. PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

ESTADO DO ACRE PODER EXECUTIVO MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA ROSA DO PURUS LEI Nº O08/2011. EM 27 DE OUTUBRO DE 2011.

ESTADO DO ACRE PODER EXECUTIVO MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA ROSA DO PURUS LEI Nº O08/2011. EM 27 DE OUTUBRO DE 2011. LEI Nº O08/2011. EM 27 DE OUTUBRO DE 2011. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE SANTA

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 483, de 29 de junho de 2015.

LEI COMPLEMENTAR Nº 483, de 29 de junho de 2015. LEI COMPLEMENTAR Nº 483, de 29 de junho de 2015. Fls. 01/15 Institui tratamento diferenciado destinado ao Microempreendedor Individual (MEI), à Microempresa (ME), Empresas de Pequeno Porte (EPP) no âmbito

Leia mais

LEI MUNICIPAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

LEI MUNICIPAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI MUNICIPAL N 2.869/2009 DE 19 DE AGOSTO DE 2009. INSTITUI A LEI GERAL MUNICIPAL DA MICROEMPRESA, EMPRESA DE PEQUENO PORTE E MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito do Município

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI Nº. 1460 de 03 de junho de 2011 Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Micro empreendedor Individual, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE CAPÃO DO

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE ARMAÇÃO DE BÚZIOS, no uso de suas atribuições legais, que lhe confere a legislação em vigor, CAPITULO I

O PREFEITO MUNICIPAL DE ARMAÇÃO DE BÚZIOS, no uso de suas atribuições legais, que lhe confere a legislação em vigor, CAPITULO I PREFEITURA MUNICIPAL DE ARMAÇÃO DOS BÚZIOS ESTADO DO RIO DE JANEIRO GABINETE DO PREFEITO DECRETO N 142 DE 2 DE DEZEMBRO DE 2009 Regulamenta o disposto na "LEI GERAL DA MICRO EMPRESA, no âmbito do Município

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1106/09, de 29 de dezembro de 2009.

LEI MUNICIPAL Nº 1106/09, de 29 de dezembro de 2009. LEI MUNICIPAL Nº 1106/09, de 29 de dezembro de 2009. Altera a Lei Complementar nº 001/06 de 13 de fevereiro de 2006, Código Tributário Municipal de Camocim e determina outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

PODER EXECUTIVO LEI Nº. 011/2014 DE 03 DE NOVEMBRO DE 2014

PODER EXECUTIVO LEI Nº. 011/2014 DE 03 DE NOVEMBRO DE 2014 ANO. 2014 DO MUNICÍPIO DE IAÇU - BAHIA 1 A Prefeitura Municipal de Iaçu, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. LEI Nº. 011/2014 Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Estado do Rio Grande do Sul Secretaria Municipal de Gestão e Governo. Prezado Senhor,

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Estado do Rio Grande do Sul Secretaria Municipal de Gestão e Governo. Prezado Senhor, MENSAGEM Nº 088/2015 REGIME DE URGÊNCIA ESPECIAL Prezado Senhor, Pelo presente, encaminha-se Projeto de Lei que Institui o Alvará de Localização e Funcionamento Provisório para atividades de baixa complexidade,

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE CIANORTE, ESTADO DO PARANÁ, aprovou e eu, PREFEITO MUNICIPAL, sanciono a seguinte, LEI:

A CÂMARA MUNICIPAL DE CIANORTE, ESTADO DO PARANÁ, aprovou e eu, PREFEITO MUNICIPAL, sanciono a seguinte, LEI: 1/11 LEI Nº 4090/2013 INSTITUI O TRATAMENTO DIFERENCIADO E FAVORECIDO ÀS MICROEMPRESAS, ÀS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE E AO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL NO ÂMBITO DO MUNICÍPIO, NA CONFORMIDADE DAS NORMAS

Leia mais

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE SAQUAREMA, Estado do Rio de Janeiro. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE SAQUAREMA, Estado do Rio de Janeiro. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1.027 DE 16 DE NOVEMBRO DE 2009. Regulamenta tratamento diferenciado e favorecido às microempresas e empresas de pequeno porte de que trata a Lei Complementar Federal nº. 123/2006, e dá outras providências.

Leia mais

Decreto nº 2.821/14 de 1º de dezembro de Regulamenta Nota Fiscal Eletrônica de Serviços

Decreto nº 2.821/14 de 1º de dezembro de Regulamenta Nota Fiscal Eletrônica de Serviços itaporanga.sp.gov.br http://www.itaporanga.sp.gov.br/novoportal/decretos/1800-decreto-nº-2-821-14-de-1º-de-dezembro-de-2014-regulamenta-nota-fiscaleletrônica-de-serviços.html Decreto nº 2.821/14 de 1º

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA GRANDE

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA GRANDE LEI N.º 614/2010 Regulamenta no Município de Lagoa Grande o tratamento diferenciado e favorecido às microempresas e empresas de pequeno porte de que trata a Lei Complementar Federal nº. 123, de 14 de dezembro

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA PAULISTA ESTADO DE SÃO PAULO

PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA PAULISTA ESTADO DE SÃO PAULO Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para microempresas, empresas de pequeno porte e microempreendedores individuais de que trata a Lei Complementar Federal nº 123, de 14 de

Leia mais

CAPÍTULO I DO ALVARÁ

CAPÍTULO I DO ALVARÁ LEI COMPLEMENTAR Nº 191, de 09 de dezembro de 2008. "ESTABELECE NORMAS PARA EXPEDIÇÃO DO ALVARÁ DE LICENÇA PARA LOCALIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO NO MUNICÍPIO E ALTERA DISPOSITIVOS DA LEI COMPLEMENTAR N 110/2003."

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LOURENÇO DO SUL. LEI Nº 3.097, de 17 de agosto de CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LOURENÇO DO SUL. LEI Nº 3.097, de 17 de agosto de CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI Nº 3.097, de 17 de agosto de 2009. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Pequenos Empresários, e dá outras providências. CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art.

Leia mais

Lei n.º 1.598, de 23 de dezembro de 2010.

Lei n.º 1.598, de 23 de dezembro de 2010. Lei n.º 1.598, de 23 de dezembro de 2010. Institui a Lei da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Empreendedor Individual, e dá outras providências. Sérgio Silveira da Costa, Prefeito Municipal em Exercício

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988 Art. 179. A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios dispensarão às microempresas e às empresas de pequeno porte, assim definidas em

Leia mais

Lei Complementar Nº 609 DE 9 DE DEZEMBRO DE 2011

Lei Complementar Nº 609 DE 9 DE DEZEMBRO DE 2011 Lei Complementar Nº 609 DE 9 DE DEZEMBRO DE 2011 " Institui a Lei Geral Municipal do Microempreendedor Individual, da Microempresa e Empresa de Pequeno Porte (EPP) da Estância Balneária de Praia Grande

Leia mais

LEI Nº DE 18 DE JANEIRO DE 2012

LEI Nº DE 18 DE JANEIRO DE 2012 LEI Nº 12.592 DE 18 DE JANEIRO DE 2012 Dispõe sobre o exercício das atividades profissionais de Cabeleireiro, Barbeiro, Esteticista, Manicure, Pedicure, Depilador e Maquiador. LEI Nº 13.352 DE 27 DE OUTUBRO

Leia mais

Decreto Nº DE 05/10/2015

Decreto Nº DE 05/10/2015 Decreto Nº 16212 DE 05/10/2015 Publicado no DOE em 5 out 2015 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas, empresas de pequeno porte e microempreendedores individuais

Leia mais

DECRETO Nº 3.615, DE 16 DE OUTUBRO DE 2013

DECRETO Nº 3.615, DE 16 DE OUTUBRO DE 2013 DECRETO Nº 3.615, DE 16 DE OUTUBRO DE 2013 Institui a nota fiscal de serviços eletrônica, o sistema eletrônico de escrituração fiscal, e dá outras providências. O SENHOR PREFEITO MUNICIPAL DA ESTÂNCIA

Leia mais

Uma Praia de Amigos Capital do Mel

Uma Praia de Amigos Capital do Mel PROJETO DE LEI Nº 051 DE 19 DE JUNHO DE 2009. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, da Empresa de Pequeno Porte e do Microempreendedor Individual, e dá outras providências. CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES

Leia mais

DECRETO Nº..., DE... DE...DE 20XX. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE..., no uso das suas atribuições legais, DECRETA : CAPÍTULO I

DECRETO Nº..., DE... DE...DE 20XX. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE..., no uso das suas atribuições legais, DECRETA : CAPÍTULO I DECRETO Nº..., DE... DE...DE 20XX. Regulamenta o Alvará de Funcionamento Provisório, institui a Consulta Prévia, cria a Comissão Permanente de Acompanhamento da Central de Laudos e Alvarás, na forma do

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE VALE DO SOL,

O PREFEITO MUNICIPAL DE VALE DO SOL, Lei Complementar n.º 37/2016 De 27 de junho de 2016. Institui a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) e a Declaração Eletrônica de Serviços das Instituições Financeiras (DES-IF), nos termos que especifica.

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N. 110

LEI COMPLEMENTAR N. 110 LEI COMPLEMENTAR N. 110 LEI COMPLEMENTAR N. 110 1 Regulamenta, no município de Poços de Caldas, o tratamento diferenciado e favorecido aos microempreendedores individuais, às microempresas e empresas de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SELVIRIA ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL

PREFEITURA MUNICIPAL DE SELVIRIA ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL LEI Nº 955 de 03 de Julho 2015 Regulamenta as realizações de feiras itinerantes e temporárias de vendas de produtos e mercadorias a varejo e atacado, no Município de Selvíria - MS. O Excelentíssimo Senhor

Leia mais

MUNICÍPIO DE PRESIDENTE BERNARDES CEP: ESTADO DE MINAS GERAIS CNPJ: /

MUNICÍPIO DE PRESIDENTE BERNARDES CEP: ESTADO DE MINAS GERAIS CNPJ: / LEI Nº. 676/2009 Regulamenta no Município de Presidente Bernardes o tratamento diferenciado e favorecido às microempresas e empresas de pequeno porte de que trata a Lei Complementar Federal nº. 123, de

Leia mais

Os Municípios e o Microempreendedor Individual (MEI) ações e procedimentos

Os Municípios e o Microempreendedor Individual (MEI) ações e procedimentos Maio / 2011 Finanças Os Municípios e o Microempreendedor Individual (MEI) ações e procedimentos 1 Conheça melhor o que é o microempreendedor individual Kenia Ribeiro Microempreendedor individual (MEI)

Leia mais

LEI W. 502/2009. CAPÍTULO I DISPOSiÇÕES PRELIMINARES

LEI W. 502/2009. CAPÍTULO I DISPOSiÇÕES PRELIMINARES :r ( ADM - 2009/2012 LEI W. 502/2009 Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Micro empreendedor Individual, e dá outras providências. o PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO FRANCISCO

Leia mais

DECRETO Nº 3.699, De 09 de Novembro de 2016

DECRETO Nº 3.699, De 09 de Novembro de 2016 DECRETO Nº 3.699, De 09 de Novembro de 2016 REGULAMENTA A LEI Nº 3.870/2014 E INSTITUI A NOTA FISCAL AVULSA DE SERVIÇOS, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. CONSIDERANDO a instituição da Nota Fiscal de Serviço Eletrônica

Leia mais

PIMENTA RUN () PIME.NTA BUENO. Lei Dec o N 1.670/201

PIMENTA RUN () PIME.NTA BUENO. Lei Dec o N 1.670/201 PIMENTA RUN () PIME.NTA BUENO Lei Dec o N 1.670/201 PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PIMENTA BUENO WWW.pimenta bueno.ro.g ov. br e-mail: pgm@pimentabueno.ro.gov.br Av. Castelo Branco, n. 1046 Pimenta Bueno/RO

Leia mais

SERGIO RIBEIRO SILVA, Prefeito do Município de Carapicuíba, Estado de São Paulo, usando de suas atribuições legais, D E C R E T A:

SERGIO RIBEIRO SILVA, Prefeito do Município de Carapicuíba, Estado de São Paulo, usando de suas atribuições legais, D E C R E T A: DECRETO Nº 4.015, DE 19 DE OUTUBRO DE 2.010. Institui a Nota Fiscal Eletrônica de Serviço NFS-e, e dá outras providências SERGIO RIBEIRO SILVA, Prefeito do Município de Carapicuíba, Estado de São Paulo,

Leia mais

Seguem, para conhecimento, as informações pertinentes à Lei nº 6.426/2013, publicada em 08/04/2013, no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro.

Seguem, para conhecimento, as informações pertinentes à Lei nº 6.426/2013, publicada em 08/04/2013, no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro. Of. Circ. Nº 120/13 Rio de Janeiro, 15 de abril de 2013 Referência: Lei nº 6.426 de 05 de abril de 2013. Senhor Presidente, Seguem, para conhecimento, as informações pertinentes à Lei nº 6.426/2013, publicada

Leia mais

PREFEITURA DO ALEGRETE-RS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE GOVERNO SEÇÃO DE LEGISLAÇÃO DECRETO Nº. 251, DE 26 DE MAIO DE 2014.

PREFEITURA DO ALEGRETE-RS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE GOVERNO SEÇÃO DE LEGISLAÇÃO DECRETO Nº. 251, DE 26 DE MAIO DE 2014. DECRETO Nº. 251, DE 26 DE MAIO DE 2014. Dá nova regulamentação ao gerenciamento eletrônico do ISSQN - Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza, a Escrituração Econômico-Fiscal e a emissão de Documento

Leia mais

ESTADO BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE POJUCA

ESTADO BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE POJUCA LEI Nº 005, DE 23 DE MAIO DE 2011. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte e do Microempreendedor Individual e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DO MUNICÍPIO

Leia mais

LEI Nº DE 20 DE DEZEMBRO DE Autor: Prefeitura Municipal de Miracatu

LEI Nº DE 20 DE DEZEMBRO DE Autor: Prefeitura Municipal de Miracatu LEI Nº 1.715 DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013. Autor: Prefeitura Municipal de Miracatu INSTITUI NO MUNICÍPIO DE MIRACATU O TRATAMENTO DIFERENCIADO E FAVORECIDO À MICROEMPRESA, À EMPRESA DE PEQUENO PORTE E AO

Leia mais

C.N.P.J/M.F /

C.N.P.J/M.F / LEI MUNICIPAL N.º 837/2013, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

Prefeitura Municipal de Mirante publica:

Prefeitura Municipal de Mirante publica: Prefeitura Municipal de Mirante 1 Sexta-feira Ano V Nº 381 Prefeitura Municipal de Mirante publica: Lei nº204/10 de 04 de Novembro de 2010 - Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa e da Empresa

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZÍLIA CEP ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZÍLIA CEP ESTADO DE MINAS GERAIS LEI Nº 1.946, de 22 de dezembro de 2009. Regulamenta no Município de Cruzília-MG o tratamento diferenciado e favorecido às microempresas e empresas de pequeno porte de que trata a Lei Complementar Federal

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE SERRA DO RAMALHO, Estado da Bahia, faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

O PREFEITO MUNICIPAL DE SERRA DO RAMALHO, Estado da Bahia, faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº. 293, DE 20 DE AGOSTO DE 2010. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte e do Microempreendedor Individual e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE SERRA

Leia mais

LEI Nº. 1.361/2010 14 de abril de 2010. Autoria: Poder Executivo Municipal

LEI Nº. 1.361/2010 14 de abril de 2010. Autoria: Poder Executivo Municipal LEI Nº. 1.361/2010 14 de abril de 2010. Autoria: Poder Executivo Municipal ALTERA DISPOSITIVOS NA LEI Nº.1.303, DE 08 DE JULHO DE 2009, QUE REGULAMENTA NO MUNICIPIO DE CAMPO NOVO DO PARECIS O TRATAMENTO

Leia mais

INFORMATIVO JURÍDICO 26 / 2017 NOVA LEI FEDERAL /2017 QUE ALTERA NORMAS SOBRE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO E A DESASTRES EM ESTABELECIMENTOS

INFORMATIVO JURÍDICO 26 / 2017 NOVA LEI FEDERAL /2017 QUE ALTERA NORMAS SOBRE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO E A DESASTRES EM ESTABELECIMENTOS 026inf17 vamc INFORMATIVO JURÍDICO 26 / 2017 NOVA LEI FEDERAL 13.425/2017 QUE ALTERA NORMAS SOBRE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO E A DESASTRES EM ESTABELECIMENTOS Dia 31/03/2017 foi publicada Lei Federal

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VALÉRIO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VALÉRIO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO LEI N.º 418 DISPÕE SOBRE A INSTITUIÇÃO DE LEI GERAL MUNICIPAL DA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE, DANDO EFETIVIDADE AO QUE ESTABELECE A LEI COMPLEMENTAR FEDERAL Nº. 123/06, e dá outras providências.

Leia mais

Gabinete do Prefeito LEI Nº. 465, DE 17 DE SETEMBRO DE

Gabinete do Prefeito LEI Nº. 465, DE 17 DE SETEMBRO DE LEI Nº. 465, DE 17 DE SETEMBRO DE 2.010. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte e do Microempreendedor Individual no Município de Sobradinho/BA, e dá outras providências.

Leia mais

LEI Nº 06/2011. Este documento foi assinado digitalmente por AC SERASA SRF ICP-BRASIL.

LEI Nº 06/2011. Este documento foi assinado digitalmente por AC SERASA SRF ICP-BRASIL. LEI Nº 06/2011 Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte e do Microempreendedor Individual, e dá outras providências. A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CAMPO FORMOSO, ESTADO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Itagibá publica:

Prefeitura Municipal de Itagibá publica: Prefeitura Municipal de Itagibá 1 Sexta-feira Ano VII Nº 915 Prefeitura Municipal de Itagibá publica: Lei Nº. 671, de - Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte e do

Leia mais

FAZENDA E TRIBUTO LEI MUNICIPAL Nº 1957/ de novembro de 2015

FAZENDA E TRIBUTO LEI MUNICIPAL Nº 1957/ de novembro de 2015 LEI MUNICIPAL Nº 1957/2.015. 16 de novembro de 2015 INSTITUI A LEI MUNICIPAL DO MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL MEI E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LORIVAL RIBEIRO DE AMORIM, Prefeito do Município de Ariquemes,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA OLINDA DO MARANHÃO C.N.P.J.: / Rua do Sesp, s/nº - Centro, CEP NOVA OLINDA DO MARANHÃO- MA

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA OLINDA DO MARANHÃO C.N.P.J.: / Rua do Sesp, s/nº - Centro, CEP NOVA OLINDA DO MARANHÃO- MA PROJETO DE LEI N.º /2013 DE DE DE 2013. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor do Município de Nova Olinda do Maranhão-MA, e dá outras providências.

Leia mais

LEI Nº 749, DE 10 DE MAIO DE 2013.

LEI Nº 749, DE 10 DE MAIO DE 2013. REPUBLICADA PARA CORRIGIR ERRO MATERIAL LEI Nº 749, DE 10 DE MAIO DE 2013. INSTITUI A LEI GERAL MUNICIPAL DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE E DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRA DO POMBAL GABINETE DO PREFEITO CNPJ /

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRA DO POMBAL GABINETE DO PREFEITO CNPJ / LEI Nº 554 DE 13 DE DEZEMBRO DE 2010 Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte e do Microempreendedor Individual e dá outras providências. PREFEITO MUNICIPAL, no uso

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULO AFONSO ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULO AFONSO ESTADO DA BAHIA Lei n o. 1154 de 22 de maio 2009. Concede Anistia, Remissão e Redução nos pagamentos de Débitos Fiscais nos prazos e condições que menciona. O PREFEITO MUNICIPAL DE PAULO AFONSO aprovou e ou sanciono a

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SETE LAGOAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SETE LAGOAS PREFEITURA MUNICIPAL DE SETE LAGOAS LEI Nº 7.951 DE 15 DE OUTUBRO DE 2010. INSTITUI NO MUNICÍPIO DE SETE LAGOAS O TRATAMENTO DIFERENCIADO E FAVORECIDO ÀS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DE QUE

Leia mais

Prefeitura Municipal de Água Fria

Prefeitura Municipal de Água Fria quinta-feira, 16 de julho de 2015 Ano V - Edição nº 00330 Caderno 1 Diário Oficial do Município 003 Decreto DECRETO Nº 0076/2015, DE 15 DE JULHO DE 2015. DISPÕE SOBRE A INSTITUIÇÃO DA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE UNIÃO DE MINAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE UNIÃO DE MINAS ~ t' I UN 1,'"0 D.~ :-'IIN,,"S,\Inl. :l11ll!t/20i:l LEI COMPLEMENTAR N 060, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2011 Regulamenta no âmbito municipal o tratamento diferenciado e favorecido às microempresas e empresas

Leia mais

LEI Nº DE 17 DE MAIO DE 2010.

LEI Nº DE 17 DE MAIO DE 2010. 1 LEI Nº 2.258 DE 17 DE MAIO DE 2010. Regulamenta no Município de Sapucaia o tratamento diferenciado e favorecido às microempresas e empresas de pequeno porte de que trata a Lei Complementar Federal nº.

Leia mais

DECRETO Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015.

DECRETO Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015. DECRETO Nº 19.269, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015. Estabelece o Calendário Fiscal de Arrecadação dos Tributos Municipais, o valor da Unidade Financeira Municipal (UFM) e os preços do metro quadrado de terrenos

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES L E I N 2.169, de 18 agosto de 2010 EMENTA:Institui no âmbito da Administração Pública Municipal, o REGULAMENTO MUNICIPAL DA MICROEMPRESA, EMPRESA DE PEQUENO PORTE E DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL, nos

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 95, DE 06 DE OUTUBRO DE 2010.

LEI MUNICIPAL Nº 95, DE 06 DE OUTUBRO DE 2010. LEI MUNICIPAL Nº 95, DE 06 DE OUTUBRO DE 2010. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte e do Microempreendedor Individual e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

PEC 87/2015 e Convênio 93/2015 Novas regras de ICMS

PEC 87/2015 e Convênio 93/2015 Novas regras de ICMS Ref.: nº 02/2016 PEC nº 87/2015 A Emenda Constitucional nº 87/2015, alterou o Art. 155 da Constituição Federal, determinando novas regras para a divisão do ICMS em operações interestaduais, com o objetivo

Leia mais

Prefeitura Municipal de Campo Florido Estado de Minas Gerais CNPJ /

Prefeitura Municipal de Campo Florido Estado de Minas Gerais CNPJ / LEI COMPLEMENTAR Nº 1182 DE 22 DE AGOSTO DE 2.011 INSTITUI O ESTATUTO DA MICRO, DA PEQUENA EMPRESA E DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL-MEI. O Povo do Município de Campo Florido,, por seus representantes

Leia mais

PORTARIA Nº 12-R, DE 10 DE JUNHO DE Dispõe sobre as atividades dos Auditores Fiscais da Receita Estadual.

PORTARIA Nº 12-R, DE 10 DE JUNHO DE Dispõe sobre as atividades dos Auditores Fiscais da Receita Estadual. PORTARIA Nº 12-R, DE 10 DE JUNHO DE 2009 Dispõe sobre as atividades dos Auditores Fiscais da Receita Estadual. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 98, II, da

Leia mais

LEI Nº , DE 10 DE ABRIL DE AUTORIA: EXECUTIVO MUNICIPAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

LEI Nº , DE 10 DE ABRIL DE AUTORIA: EXECUTIVO MUNICIPAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI Nº. 1.925, DE 10 DE ABRIL DE 2014. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual, e dá outras providências. AUTORIA: EXECUTIVO MUNICIPAL PAULO

Leia mais

DECRETO N.º DE 11 DE MAIO DE 2010.

DECRETO N.º DE 11 DE MAIO DE 2010. DECRETO N.º 32.250 DE 11 DE MAIO DE 2010. Dispõe sobre a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica- NFS-e - NOTA CARIOCA - e dá outras providências. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N.º 162/2014.

LEI COMPLEMENTAR N.º 162/2014. LEI COMPLEMENTAR N.º 162/2014. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual de Guarujá, e dá outras providências. MARIA ANTONIET A DE BRITO, Prefeita

Leia mais

Praça João Nery de Santana, 197 Centro Oliveira dos Brejinhos Bahia

Praça João Nery de Santana, 197 Centro Oliveira dos Brejinhos Bahia LEI Nº 004 DE 08 de Abril de 2013. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte e do Microempreendedor Individual e dá outras providências. O Prefeito MUNICIPAL DE OLIVEIRA

Leia mais