AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE TORRE DE MONCORVO ANO LECTIVO 2012/2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE TORRE DE MONCORVO ANO LECTIVO 2012/2013"

Transcrição

1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE TORRE DE MONCORVO ANO LECTIVO 2012/2013 PLANIFICAÇÃO ANUAL/ TRIMESTRAL DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL -6ºANO PRIMEIRO PERÍODO Aulas Previstas: 39 UNIDADE DIDÁCTICA: Começar de Novo Temas/ Conteúdos Conceitos Indicadores de Aprendizagem Estratégias/Experiências de Aprendizagem Recursos Didácticos -Integração dos alunos na turma; -Intuição das principais regras da sala de aula; -Organização do caderno diário com base nas indicações do professor; - Começar de novo - Regras da sala de aula; -Importância da disciplina; -Critérios de -Organização do manual; -Troca de informações sobre o novo ano letivo. - Reconhecer a necessidade da definição e cumprimento de regras para o bom funcionamento das aulas. -Diálogo vertical e horizontal (impressões sobre a escola, normas e regras de convívio e de comportamento ) ; -Orientações sobre a organização do caderno diário; -Referência à avaliação na disciplina -Ficha Biográfica - Questionário de interesses -Manual -Caderno de Actividades - Participação e atitudes (grelha de observação) -Registo do material necessário à disciplina; -Compreensão da forma como vai ser feita a avaliação da disciplina; - na disciplina; -Teste de diagnóstico - Inferir da necessidade de manter o caderno diário organizado e actualizado. -Mobiliza conhecimentos -Preenchimento das fichas biográficas; -Análise de documentação diversificada (pp.6 a 9) no sentido de proceder a um feedback dos conteúdos nucleares do 5º ano de escolaridade. -Ficha de trabalho (avaliação de diagnóstico) Diagnóstico (ficha de trabalho) - dos conhecimentos dos alunos Começar de Novo Aulas previstas: 2 5 Aulas da unidade didática de 5ºano: Da união Ibérica à Restauração, conforme planificação do ano letivo de que se encontra no dossier

2 Tema C Do Portugal do Século XVIII à Consolidação da Sociedade Liberal 1- Tratamento de utilização de fontes. Temas/Conteúdos Conceitos Indicadores de Aprendizagem Estratégias/Experiências de Aprendizagem Recursos Didácticos C1 Império e Monarquia Absoluta no Século XVIII O Império Colonial Português no Século XVIII 6.2 A sociedade portuguesa no tempo de D. João V império; engenho; imposto (quintos) Escravos; bandeirantes; migrações Absolutismo Corte faustosa; arte barroca; talha dourada; cristãos-novos; Inquisição Mobiliza conhecimentos 1. Descreve as alterações verificadas no Império português entre os séculos XVI e XVIII. 2. Explica a importância do açúcar e do ouro brasileiro para a economia portuguesa. 3. Refere o papel dos escravos na exploração económica do Brasil. 4. Indica os motivos que levaram as populações do litoral a partir para o Interior brasileiro. 5. Identifica os poderes do rei absoluto. 6. Descreve as manifestações de luxo e ostentação da Corte de D. João V. 7. Identifica as características da arte barroca.. Descreve a sociedade do século XVIII Comparação de dois mapas (pp ) para destacar as alterações ocorridas no Império Português entre os séculos XVI e XVIII Observação de documentos iconográficos (pp. 18 a 21) sobre os produtos explorados no Brasil Análise de gráficos e de um documento escrito (pp. 19 a 21) para realçar a importância do açúcar e do ouro brasileiro ara a economia portuguesa Exposição aberta, apoiada em documentos iconográficos (pp ), a fim de salientar as condições de transporte e de trabalho dos escravos Interpretação de documentos diversificados (pp ) sobre a ação dos bandeirantes no alargamento do território brasileiro Leitura e interpretação de documentação diversificada (pp ) a fim de caracterizar o poder absoluto Análise de documentos iconográficos (pp. 28 a 30) com o intuito de realçar o luxo e ostentação da Corte de D. João V Exploração da secção Em Foco Espaços, gentes e costumes de Lisboa no século XVIII (pp ) Redação de um texto, a partir dos documentos iconográficos (pp ), sobre as caraterísticas da arte barroca Elaboração de um quadro síntese, com base -Manual escolar - Friso cronológico -Caderno Diário; -Fichas de trabalho -Fichas informativas - Computador de diagnóstico Observação direta: grelha de desempenho das propostas e da participação oral. Registo das respostas às questões da secção Vou Responder (Manual), Atividades de O Meu Atlas e Fichas de Trabalho (Caderno de

3 3- Comunicação em História. A Lisboa Pombalina. maremoto; companhias comercias; manufaturas; reformas 9. Refere as alterações ocorridas em Lisboa após o terramoto de Menciona as reformas introduzidas pelo Marquês de Pombal nos domínios económico, social e ensino. nos documentos iconográficos (pp. 32 a 35) para caracterizar a sociedade do século XVIII Realização do jogo didático Passeios da Nobreza no século XVIII (Caderno Intervalo) 9.1. Análise de documentos diversos (p. 36) relacionados com o terramoto Realização da atividade nº 4 de O Meu Atlas, (Caderno de Atividades) para comparar a cidade de Lisboa antes e depois do terramoto Exploração de um mapa e de um documento iconográfico (p. 38) para salientar as medidas tomadas pelo Marquês de Pombal para desenvolver o comércio e as manufaturas. -Textos de apoio. - Imagens do Manual e outras. Grelha de registo do desempenho das propostas para trabalho de casa. formativa realização da ficha Prova o Que Sabes (pp do Manual) Análise de documentos iconográficos (p. 39) relativo às mudanças introduzidas na sociedade e no ensino. sumativa Ficha de avaliação Dramatização da secção À Conversa Com : Marquês de Pombal, um ministro com mão de ferro (Caderno de 11. Realização das propostas em Friso Cronológico (Caderno de Atividades) Aulas previstas: 13 Fichas de avaliação (revisões, realização de fichas e correção) 4

4 TEMA C: Do Portugal do Século XVIII à Consolidação da Sociedade Liberal 1-Tratamento utilização fontes. de de Temas/Conteúdos Conceitos Aprendizagens relevantes Estratégias/Experiências de Aprendizagem Recursos Didácticos C e o Liberalismo Liberalismo Manual escolar O Triunfo das Novas Ideias Políticas As Invasões Francesas Bloqueio Continental; Invasões francesas 1. Identifica as novas ideias políticas do século XVIII. 2. Explica o Bloqueio Continental e as suas implicações para Portugal. 3. Identifica os principais momentos político -militares ocorridos durante as invasões francesas Leitura e análise de um texto e de um documento iconográfico (pp ) que retratam as novas ideias políticas Observação de um documento iconográfico (p.49) para salientar os ideais da revolução francesa Análise cruzada de um documento escrito e de um mapa (p. 50) para destacar o alcance do Bloqueio Continental Produção de um texto, com base no documento 5 (p. 51), sobre a partida da família real para o Brasil Análise dos documentos diversificados (pp. 51 a 53) elucidativos dos principais momentos político-militares ocorridos durante as invasões francesas Preenchimento de um mapa in Atividade n.º 6 de O Meu Atlas (Caderno de - Friso cronológico -Caderno Diário; Observação direta: grelha de desempenho das propostas e da participação oral. Registo das respostas às questões da secção Vou Responder (Manual), Atividades de O Meu Atlas e Fichas de Trabalho (Caderno de A Revolução Liberal de 1820 Revolução Liberal; Sinédrio; cortes constituintes 4. Explica as mudança socorridas em Portugal, em resultado da Revolução Liberal de Refere os princípios políticos estabelecidos pela Constituição de Exploração da secção Cenas de Outros Tempos: Tempos de Guerra (Caderno de Atividades) a fim de destacar vários episódios militares Elaboração de um guião de visita de estudo, com base, na secção À Descoberta de :Linhas de Torres Vedras (Caderno de 4.1. Exposição aberta, com base num texto e num gráfico (p. 54), acerca dos problemas que afetavam o reino nos inícios do século XIX Interpretação de documentos diversificados (p. 55) que descrevem a revolução de Leitura e análise de excertos da Constituição de 1822 (p. 56) para abordar os princípios políticos estabelecidos com a monarquia constitucional. -Fichas de trabalho -Fichas informativas Computador -Textos de apoio. Grelha de registo do desempenho nas Atividades propostas para trabalho de casa. formativa realização da ficha Prova o Que Sabes (pp do Manual) Ficha de análise da capacidade criativa dos alunos.

5 3- Comunicação em História A Luta entre Liberais e Absolutistas Golpe militar; Vila -Francada, Abrilada; guerra civil 6. Descreve as circunstâncias em que ocorreu a independência do Brasil. 7. Explica os principais acontecimentos político- militares da guerra civil Breve abordagem, com base em documentos diversificados (pp ), sobre as circunstâncias em que ocorreu a Independência do Brasil Análise de documentos iconográficos e de um documento escrito (pp ) sobre a ação dos absolutistas Observação de documentos iconográficos (pp ) para identificar os principais confrontos militares entre os absolutistas e liberais. - Imagens do Manual e outras. sumativa Ficha de 8.1. Realização das propostas no Friso Cronológico (Caderno de 8.2. Exploração da secção Em Foco: Vozes da Liberdade (pp ) Dramatização da Secção À Conversa com D. Pedro IV, O Rei Soldado (Caderno de Atividades Aulas previstas :11 Fichas de avaliação (revisões, realização de fichas e correção) 4

6 SEGUNDO PERÍODO Aulas Previstas: 31 TEMA C: Do Portugal do Século XVIII à Consolidação da Sociedade Liberal 1-Tratamento utilização fontes. de de Temas/Conteúdos Conceitos Indicadores de Aprendizagem Estratégias/Experiências de Aprendizagem Recursos Didácticos C3 Portugal na Segunda Metade do Século XIX Regeneração; Legislação, morgadio; baldio; mecanização; 1. Identifica um novo período histórico no século XIX a Regeneração. 2. Descreve os progressos verificados na agricultura portuguesa Exposição aberta do professor, com base num quadro (p. 73), a fim de salientar a época da Regeneração Observação de um documento iconográfico (p. 75) para destacar os políticos liberais e medidas que contribuíram para o desenvolvimento da agricultura Breve abordagem, apoiada em documentos diversificados (pp ), para identificar os progressos verificados na agricultura portuguesa. -Manual escolar - Friso cronológico Observação direta: grelha de desempenho das propostas e da participação oral A modernização do Reino fábrica; operariado; défice; recenseamento 3. Explica a modernização da indústria portuguesa na segunda metade do século XIX. 4. Menciona as melhorias ocorridas nos transportes e comunicações. 5. Explica o crescimento da população portuguesa na 2.a metade do século XIX Observação de documentação variada (p. 79) para destacar as máquinas introduzidas na indústria em Portugal Análise de um esquema (p. 80) para distinguir a produção artesanal da produção industrial Preenchimento de um mapa para localizar as principais indústrias Observação de documentos diversificados (p. 83) para destacar os progressos nos transportes /vias de comunicação Visionamento de uma animação sobre os transportes e comunicações do século XIX Dramatização da secção À Conversa com: Fontes Pereira de Melo, um dos maiores políticos do seu tempo (Caderno de 4.4 Preenchimento do Friso Cronológico (Caderno de Atividades) 5.1. Observação de mapas e quadros (pp ) para destacar a evolução da população portuguesa. -Caderno Diário; -Fichas de trabalho Registo das respostas às questões da seção Vou Responder (Manual) e das Atividades de O Meu Atlas e das Fichas de Trabalho (Caderno de Grelha de registo do desempenho nas Atividades propostas para trabalho de casa Registo das respostas às questões da secção Vou

7 3- Comunicação em História A vida quotidiana 6. Refere a distribuição da população pelos setores de atividade. 7. Identifica as ideias e medidas postas em prática pelos liberais. 8. Descreve as condições de vida das populações rurais. 9. Identifica os melhoramentos verificados nas cidades do século XIX Preenchimento de mapas sobre a densidade populacional e a emigração na 2.a metade do século XIX (Caderno de 6.1. Análise de um quadro e de documentos iconográficos (p. 88) para evidenciar a distribuição da população pelos setores de atividade Interpretação de documentação diversificada (p.89) com intuito de destacar as mudanças ocorridas na sociedade do século XIX Exposição aberta, apoiada em vários documentos (p.90), para salientar as ideias defendidas pelos liberais Análise de um documento iconográfico (p. 91) para realçar o papel de Passos Manuel na modernização do ensino em Portugal Análise de documentação diversa (pp.92 a 95) para caracterizar o dia-a-dia das populações rurais Elaboração de um quadro síntese sobre a vida quotidiana das populações rurais. -Fichas informativas -Computador -PowerPoint - Imagens do Manual e outras Responder (Manual), e das Atividades de O Meu Atlas e Fichas de Trabalho (Caderno de formativa realização da ficha Prova o Que Sabes (pp do Manual) sumativa Ficha de 10. Descreve a vida quotidiana das Populações 9.1. Elaboração de uma cronologia (p. 97), para identificar os melhoramentos introduzidos nas cidades de Lisboa e Porto Análise de documentação variada (pp. 98 a 101) para distinguir o quotidiano das classes poderosas do das classes populares. 10. Seleção de imagens e redação de legendas sobre aspetos da vida nas cidades. Aulas previstas: 10 Fichas de avaliação (revisões, realização de fichas e correção) 3 aulas

8 Tema D:Portugal no Século XX 1-Tratamento de utilização de fontes. 3- Comunicação em História Temas/Conteúdos Conceitos Indicadores de Aprendizagem Estratégias/Experiências de Aprendizagem Recursos Didáticos D1 A Queda da Monarquia e a 1.a República A Queda da Monarquia A 1ªa República regicídio; ditadura; ultimato; república; analfabetismo; sindicalismo. 1. Refere as razões que levaram à crise da monarquia. 2. Descreve os acontecimentos do dia 5 de outubro de Caracteriza a Constituição de Indica as medidas tomadas pelos governos republicanos para desenvolver o ensino. 5. Identifica as medidas implementadas para melhorar a situação dos trabalhadores. 6. Refere as razões da instabilidade vivida durante a 1ª República Exposição aberta do professor, apoiada em documentação diversa (p. 110), sobre a situação de Portugal nos finais do século XIX Análise de documentos iconográficos (p. 111) no sentido de destacar as ações do Partido Republicano para derrubar a monarquia Análise de documentos iconográficos (p. 112) para evidenciar o movimento revolucionário e a adesão popular Observação de duas imagens (p. 113) sobre os símbolos da República Redação de um texto, com base no esquema (p.113), sobre a organização dos poderes do Estado durante a 1.a República Análise de documentos diversos (pp ) para se evidenciar as medidas implementadas na educação e seus resultados Análise da cronologia (p. 116) para destacar as medidas republicanas para defesa e proteção dos trabalhadores Exposição aberta do professor, apoiada em documentação diversa (p. 117), sobre os objetivos do movimento sindical Dramatização da secção À Conversa com :Afonso Costa, o rosto do regime republicano (Caderno de 5.4. Realização do jogo de pares Rumo ao Triunfo da República (Caderno Intervalo) Análise de documentos diversificados (pp ), para caracterizar a crise política, social e económica da 1.a República Observação de um documento iconográfico (p. 119), para identificar o acontecimento que pôs fim à República Exploração da secção Cenas de Outros Tempos: A 1.a República em caricaturas (Caderno de -Manual escolar - Friso cronológico -Caderno Intervalo -Caderno Diário -Fichas de trabalho -Fichas informativas -PowerPoint -Computador - Imagens do Manual e outras Observação direta: grelha de desempenho nas propostas e da participação oral Registo das respostas às questões da secção Vou Responder (Manual), Atividades de O Meu Atlas e Fichas de Trabalho (Caderno de Grelha de observação direta focada nos itens de pesquisa, organização de dados e tratamento de informação formativa ficha Prova o Que Sabes (pp do Manual). sumativa Ficha de avaliação Aulas Previstas: 6 Fichas de avaliação (revisões, realização de fichas e correção) 2 aulas

9 TEMA D: Portugal no século XX Temas/Conteúdos Conceitos Indicadores de Aprendizagem Estratégias/Experiências de Aprendizagem Recursos Didáticos 1-Tratamento de utilização de fontes. D2 Estado Novo O golpe militar de 28 de maio de 1926 Salazar e o Estado Novo ditadura militar; Estado Novo; autoritarismo; repressão; censura; PIDE; Oposição; exílio 1. Refere as razões do descontentamento dos militares. 2. Indica as características do Estado Novo. 3. Explica os objetivos da política de construção das obras públicas. 4. Refere as limitações às liberdades dos cidadãos durante o Estado Novo. 5. Descreve a atuação da Oposição face ao Estado Novo Interpretação de documentos (pp ) para explicar o golpe militar de 28 de maio de Exposição aberta do professor, apoiada em documentos iconográficos (p. 129) para identificar as medidas implementadas pelos governos da ditadura militar Análise cruzada de um documento iconográfico e de um documento escrito (p. 130) para destacar o êxito da política de Salazar na pasta das finanças Exploração de um documento escrito e de um esquema (p. 131) acerca da organização dos poderes do Estado segundo a Constituição de Construção de um jornal de parede, com base na documentação (pp ), sobre as obras públicas edificadas por Salazar Realização da Atividade nº 16, de O Meu Atlas (Caderno de 4.1. Análise de uma imagem e de um documento escrito (p. 134) sobre a forma de atuação e objetivos da censura Análise de um documento escrito (p. 135) no sentido de destacar a proibição dos partidos políticos Observação de documentos diversos (pp ), para salientar os métodos de atuação da PIDE e as bases de apoio do regime salazarista Observação de um documento iconográfico (p. 119), para identificar o acontecimento que pôs fim à República Exposição aberta do professor, apoiada em documentos iconográficos (p. 138), para abordar a ação política da Oposição face ao Estado Novo. -Manual escolar - Friso cronológico -Caderno Intervalo -Caderno Diário -Fichas de trabalho -Fichas informativas -PowerPoint -Computador - Imagens do Manual e outras Observação direta: grelha de desempenho nas propostas e da participação oral Registo das respostas às questões da secção Vou Responder (Manual) Atividades de O Meu Atlas e Fichas de Trabalho (Caderno de Grelha de registo do desempenho nas propostas para trabalho de casa. formativa ficha Prova o Que Sabes (pp do Manual) sumativa Ficha de 5.2. Interpretação de uma cronologia (p. 139) sobre as ações violentas da Oposição contra o Estado Novo.

10 Guerra colonial movimentos de libertação; guerra colonial 6. Explica a política colonial de Salazar 5.3. Exploração da secção Em Foco: Marcas da Resistência ao Estado Novo (pp do Manual) Análise de um mapa e de documentos iconográficos (p. 140), para abordar a política de Salazar face às colónias portuguesas Preenchimento de um mapa na Atividade nº17 de O Meu Atlas (Caderno de Grelha de auto e Heteroavaliação 3- Comunicação em História 7. Dramatização da secção À Conversa com : Salazar, 40 anos de poder (Caderno de 8. Realização do jogo didático S de Salazar (Caderno Intervalo). 9. Redação de um texto, com base na secção Cenas de Outros Tempos: Alterações no quotidiano dos portugueses (Caderno de Aulas previstas:8 Fichas de avaliação (revisões, realização de fichas e correção) 2 aula

11 TERCEIRO PERÍODO- AULAS PREVISTAS:27 TEMA D O Século XX (continuação) TEMA E Portugal nos dias de Hoje: Sociedade e Geografia Humana 1-Tratamento utilização fontes. de de Temas/Conteúdos Conceitos Indicadores de Aprendizagem Estratégias/Experiências de Aprendizagem Recursos Didácticos D3 O 25 de Abril e o Regime Democrático Os Últimos anos do Estado Novo e a Revolução do 25 de Abril. A Revolução em Marcha A Independência das Colónia MFA; revolução; democracia nacionalizações; reforma agrária descolonização; MPLA; UNITA; retornados 1. Descreve a governação de Marcello Caetano. 2. Identifica os principais momentos da operação militar ocorrida no dia 25 de Abril de Refere as medidas tomadas pelo MFA para democratizar o país. 4.Explica as razões da instabilidade política vivida após a revolução de abril. 5.Identifica os novos países africanos Exposição aberta do professor, apoiada em documentos iconográficos (p ), para caracterizar a governação de Marcello Caetano Análise de um documento escrito (p. 151), para evidenciar as críticas à governação de Marcello Caetano Exploração cruzada de documentos (p. 152) para evidenciar os principais momentos e figuras da operação militar de 25 de Abril de Visionamento de um vídeo sobre a Revolução de 25 de Abril ( ) Interpretação de um documento escrito (p. 154) para destacar as medidas do Programa do MFA para democratizar o país Exploração da secção Em Foco: Imagens - Símbolos da Revolução de Abril (pp ) do Manual) Dramatização da secção À Conversa com : Gentes do nosso Tempo (Caderno de 3.4. Realização do jogo de pares Festa de Abril nas Ruas (Caderno Intervalo) Breve abordagem apoiada numa cronologia e em documentos iconográficos (p. 155), acerca da instabilidade vivida em Portugal no ano de Preenchimento de um mapa na Atividade nª 19, de O Meu Atlas (Caderno de Atividades) para localizar os novos países africanos Interpretação de dois documentos (p. 157), para destacar as dificuldades vividas pelos retornados. Manual escolar - Friso cronológico -Caderno Intervalo -Caderno Diário -Fichas de trabalho -Fichas informativas -PowerPoint -Computador Observação direta focada na participação oral e na qualidade das intervenções. Correção das respostas às questões da secção Vou Responder, Ficha de Trabalho e Atividades de O Meu Atlas e Fichas de Trabalho (Caderno de Observação direta dos alunos a nível do empenhamento e autonomia na realização das tarefas da aula. Grelha de registo do desempenho na atividade proposta para trabalho de casa. Grelha de

12 3- Comunicação em História Constituição; órgãos de soberania; poder regional; poder local 6.Refere a importância da Constituição de 1976 para a consolidação da Democracia. 7. Distingue os órgãos de poder e respetivas competências Redação de uma notícia sobre os novos países africanos Observação de documentos iconográficos (p. 158) a fim destacar a importância da Constituição de 1976 para a consolidação da Democracia em Portugal Análise de um documento escrito (p. 158) para evidenciar os direitos e liberdades dos cidadãos estabelecidos na Constituição Análise de um esquema (p. 159), para abordar a organização do poder político Redação de um texto, a partir do esquema e de documentos iconográficos (p. 160) sobre os órgãos de soberania e respetivas competências Interpretação de um esquema (p. 160) para salientar a composição e atribuições dos órgãos do poder regional Análise de um esquema (p. 161) para destacar os órgãos do poder local e respetivas atribuições Redação de um resumo a partir da secção Cenas de Outros Tempos: Os anos 60, mudanças no quotidiano dos portugueses (Caderno de - Imagens do Manual e outras observação a nível do saberfazer (capacidade de análise, síntese e expressão oral) e do saber-ser (aplicação e empenhamento). dos textos produzidos pelos alunos. Ficha de análise da Capacidade criativa dos alunos. formativa - realização da ficha Prova o Que Sabes (pp do Manual) sumativa Ficha de avaliação 7.6. Organização de uma visita de estudo à sede do concelho da escola, com base na secção À Descoberta de : Espaços do Poder Local (Caderno de Atividades) Aulas previstas: 9 Fichas de avaliação (revisões, realização de fichas e correção) 3 aulas

13 TEMA E Portugal nos dias de Hoje: Sociedade e Geografia Humana 1-Tratamento de utilização de fontes. Temas/Conteúdos Conceitos Indicadores de Aprendizagem Estratégias/Experiências de Aprendizagem Recursos Didáticos E Portugal nos Dias de Hoje: Sociedade e Geografia Humana A Evolução da População portuguesa população absoluta; natalidade; mortalidade; emigração; imigração; grupos etários; densidade; populacional 1. Refere a evolução da população portuguesa entre 1900 e Descreve os movimentos migratórios. 3. Explica a distribuição da população portuguesa pelos grupos etários Análise de um quadro (p. 170) sobre a evolução da população portuguesa entre 1900 e Exploração de um esquema (p. 171), para abordar os fatores que interferem na evolução da população Construção de um quadro-síntese, com base na documentação (p. 172) sobre a evolução da natalidade e mortalidade em Portugal Observação de documentação diversificada (p. 173) com o propósito de identificar os países de destino dos emigrantes português Redação de texto-legenda para um gráfico (p. 173) Preenchimento de um mapa na Atividade nº 21 de O Meu Atlas (Caderno de Atividades) para destacar as regiões mais e menos povoadas do país Análise de um mapa (p. 180) para realçar as regiões do país com maior e menor índice de envelhecimento. Manual escolar - Friso cronológico -Caderno Intervalo -Caderno Diário Observação direta: grelha de desempenho nas propostas e da participação oral Registo das respostas às questões da secção Vou Responder (Manual) Atividades de O Meu Atlas e Fichas de Trabalho (Caderno de 3- Comunicação em História Os Lugares Onde Vivemos espaço rural; espaço urbano 4.Descreve o modo de vidas das pessoas que habitam nos meios rurais. 5. Aponta as características do espaço urbano Realização de um debate, apoiado em documentação diversa (pp ), para abordar as razões do envelhecimento da população em Portugal Comparação de dois documentos iconográficos (p. 178) para distinguir o povoamento agrupado do disperso Diálogo com os alunos, com base em documentos iconográficos (p. 179) acerca da melhoria dos equipamentos coletivos nos meios rurais Observação de documentos diversificados (pp ) para caracterizar o espaço urbano Observação de dois documentos iconográficos (p. 181) para destacar os problemas que afetam a população urbana. -Fichas de trabalho -Fichas informativas -PowerPoint -Computador - Imagens do Manual e outras Grelha de registo do desempenho nas propostas para trabalho de casa.

14 1-Tratamento de utilização de fontes. As Atividades Económicas População ativa; População nãoativa; setor primário; setor secundário; 6.Distingue a população ativa da nãoativa. 7. Explica a distribuição da população por setores de atividade. 8. Descreve a situação da agricultura e da pecuária Elaboração de um quadro para comparar o espaço rural/espaço urbano Observação de um documento iconográfico e de um gráfico (p. 182) para distinguir a população ativa da nãoativa Análise de documentos iconográficos (p. 183) para identificar os setores de atividade. Manual escolar - Friso cronológico dos textos produzidos pelos alunos setor terciário 9. Explica a importância da exploração florestal e da pesca Observação de um mapa (p. 184) para destacar as regiões agrícolas e seus principais produtos Interpretação de documentação diversificada (p. 185) para localizar as principais espécies pecuárias e a sua distribuição espacial. -Caderno Intervalo -Caderno Diário 9.1. Construção de um jornal de parede, a partir de documentação variada (p. 186) sobre as principais espécies florestais. indústria transformadora 10. Refere a localização das indústrias transformadoras em Portugal Redação de uma notícia sobre um incêndio florestal na região da escola Análise de um mapa (p. 187), para destacar os portos de pesca e as espécies mais capturadas na ZEE portuguesa. -Fichas de trabalho -Fichas informativas 11. Explica a importância da construção civil e da produção de energia para a economia portuguesa Análise de um mapa e de um gráfico (p. 188) a fim de localizar as principais indústrias e destacar as suas características. -PowerPoint comércio interno; comércio externo 12. Refere a importância do com Exposição, apoiada num quadro (p. 189), para destacar a importância da construção civil na economia portuguesa Observação e análise de documentos diversificados (p. 189) para despoletar o diálogo sobre as principais energias renováveis produzidas em Portugal Comparação de documentos iconográficos (p. 190) para distinguir o comércio tradicional do realizado nas grandes superfícies comerciais. -Computador - Imagens do Manual e outras 13.Explica a importância do turismo para a economia portuguesa. Manual escolar

15 O Mundo mais perto de nós turismo Análise de um mapa (p. 191) para localizar os principais destinos turísticos em Portugal Exposição, apoiada em documentação gráfica (p. 196), para destacar a evolução da entrada de turistas em Portugal e respetivos países de origem. - Friso cronológico formativa realização da ficha Prova o Que Sabes (pp do Manual). 3- Comunicação em História transportes terrestres; transportes marítimos; transportes aéreos telecomunicações ONU União Europeia CPLP 14. Distingue os meios de transporte. 15. Mostra o contributo dos novos meios de telecomunicações para a circulação da informação das relações entre todo o mundo. 16.Identifica as principais organizações internacionais que Portugal integra Exploração de um mapa (p. 193) para referir as áreas protegidas do nosso país Elaboração de um panfleto turístico para divulgar a região da escola Análise de documentos iconográficos (pp ) sobre os diferentes meios de transporte no nosso país Análise de documentação cartográfica (pp ) para salientar os progressos verificados nos transportes Análise de um documento iconográfico (p. 195) para destacar a importância dos novos meios de telecomunicações Dinamização de um debate sobre as vantagens/ desvantagens dos novos meios de telecomunicações Observação de dois documentos (p. 196) para destacar os objetivos da ONU Preenchimento de um mapa na Atividade nº 22 de O Meu Atlas (Caderno de Atividades) a fim de localizar os estados -membros da União Europeia. -Caderno Intervalo -Caderno Diário -Fichas de trabalho -Fichas informativas -Computador - Imagens do Manual e outras sumativa Ficha de Redação de um texto, com base numa figura (p. 197), sobre a CPLP. Aulas previstas: 12 Fichas de avaliação (revisões, realização de fichas e correção) 3 A Professora: Lurdes Martins A Coordenadora: Lucília Seixas

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL - 6º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL º PERÍODO: 13 semanas (+/- 26 tempos)

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL - 6º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL º PERÍODO: 13 semanas (+/- 26 tempos) HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL - 6º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL 2013-2014 1º PERÍODO: 13 semanas (+/- 26 tempos) Diagnóstico e atividades preparatórias (2 tempos) Rever a última matéria de 5ºano 3.3. A vida

Leia mais

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. -Análise de uma planta para se visualizar o crescimento da cidade ao longo dos tempos;

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. -Análise de uma planta para se visualizar o crescimento da cidade ao longo dos tempos; ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ESCOLA BÁSICA DOS 2.º E 3.º CICLOS D. MIGUEL DE ALMEIDA DISCIPLINA: HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL ANO: 5º ANO 2013/2014 METAS DE APRENDIZAGEM: 1.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde. Departamento de Ciências Humanas e Sociais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde. Departamento de Ciências Humanas e Sociais HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Distribuição dos tempos letivos disponíveis para o 6 º ano de escolaridade 1º Período 2º Período 3º Período *Início: 15 setembro 2014 *Fim: 16 dezembro 2014 *Início: 5

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM 2º CICLO Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6.º ANO Documento(s) Orientador(es): Programa de História e Geografia de Portugal

Leia mais

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6.º ANO SEGUNDO CICLO DO ENSINO BÁSICO ANA FILIPA MESQUITA CLÁUDIA VILAS BOAS HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL DOMÍNIO D PORTUGAL DO SÉCULO XVIII AO SÉCULO XIX DOMÍNIO E PORTUGAL DO SÉCULO XX ÍNDICE 1

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ºano. Astrolábio Quadrante Balestilha Fio-de-prumo Carta náutica Arquipélago Rota do Cabo Especiaria

PLANIFICAÇÃO ºano. Astrolábio Quadrante Balestilha Fio-de-prumo Carta náutica Arquipélago Rota do Cabo Especiaria HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL PLANIFICAÇÃO 2011-2012 6ºano Conteúdos Conceitos Estratégias / recursos Avaliação Diagnóstico e actividades preparatórias (2 tempos) TEMA B: DO SÉC. XIII À UNIÃO IBÉRICA

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL ºano. Conteúdos Conceitos Estratégias

PLANIFICAÇÃO ANUAL ºano. Conteúdos Conceitos Estratégias HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL PLANIFICAÇÃO ANUAL 2010-2011 6ºano Conteúdos Conceitos Estratégias Avaliação 1º PERÍODO : 14 semanas menos uma 2ª, uma 3ª e duas 4ª s feiras (37 a 42 tempos) Testes de

Leia mais

PERFIL DE APRENDIZAGENS 5ºANO

PERFIL DE APRENDIZAGENS 5ºANO 5ºANO No final do 5.º ano, o aluno deverá ser capaz de: DISCIPLINA DOMÍNIO DESCRITOR A Península Ibérica: Localização e quadro -Conhecer e utilizar mapas em Geografia e em História -Conhecer a localização

Leia mais

Ano Lectivo 2012/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Unidade Didáctica Conteúdos Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2012/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Unidade Didáctica Conteúdos Competências Específicas Avaliação. AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2012/2013 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período Panorâmica geral dos séculos XII e XIII. Observação directa Diálogo

Leia mais

CALENDARIZAÇÃO COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ACTIVIDADES DE APRENDIZAGEM AVALIAÇÃO. Observação e análise de mapas, cronologias, gráficos,

CALENDARIZAÇÃO COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ACTIVIDADES DE APRENDIZAGEM AVALIAÇÃO. Observação e análise de mapas, cronologias, gráficos, HISTÓRIA 3º Ciclo E. B. 9º Ano 2014-2015 Planificação de Unidade TEMA I. A Europa e o Mundo no limiar do século XX SUBTEMA I.1. Hegemonia e declínio da influência europeia CONCEITOS: Imperialismo, Colonialismo,

Leia mais

ANUALIZAÇÃO 2015/2016

ANUALIZAÇÃO 2015/2016 ESCOLA EB 3,3/S DE VILA FLOR HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6º ANO ANUALIZAÇÃO 2015/2016 OBJETIVOS CONTEÚDOS AVALIAÇÃO GESTÃO LETIVA (POR PERÍODO) - Conhecer a sociedade portuguesa no século XVIII -

Leia mais

UNIDADE DIDÁTICA: APRESENTAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS ALUNOS

UNIDADE DIDÁTICA: APRESENTAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS ALUNOS DISCIPLINA: História e Geografia de Portugal 6º Ano Ano letivo: 2016/ 2017 PLANIFICAÇÃO A MÉDIO PRAZO 1.º período (Total: 40 tempos) UNIDADE DIDÁTICA: APRESENTAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS ALUNOS Noção de História

Leia mais

Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas. Grupo de Recrutamento: 400. Planificação Trimestral de História A. 1º Período.

Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas. Grupo de Recrutamento: 400. Planificação Trimestral de História A. 1º Período. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CARVALHOS Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas Grupo de Recrutamento: 400 Coordenadora: Rosa Santos Subcoordenadora: Armando Castro Planificação Trimestral de

Leia mais

METAS CURRICULARES Conteúdos programáticos Estratégias/Atividades Avaliação. Domínio- Do Portugal do século XVIII à consolidação da sociedade liberal

METAS CURRICULARES Conteúdos programáticos Estratégias/Atividades Avaliação. Domínio- Do Portugal do século XVIII à consolidação da sociedade liberal Governo dos Açores Escola Básica e Secundária de Velas PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6º ano º período Competências chave 5 6 Portugal do século XVIII ao século XIX METAS CURRICULARES

Leia mais

Planificação Anual de História Ano letivo de 2012/2013. Unidade Didáctica/Conteúdos Competências/Objectivos a desenvolver Actividades

Planificação Anual de História Ano letivo de 2012/2013. Unidade Didáctica/Conteúdos Competências/Objectivos a desenvolver Actividades Planificação Anual de História Ano letivo de 2012/2013 9º Ano Unidade Didáctica/Conteúdos Competências/Objectivos a desenvolver Actividades A EUROPA E O MUNDO NO LIMIAR DO Capacidade de seleccionar informação

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL GR DISCIPLINA HISTÓRIA 9ºANO 3º período

PLANIFICAÇÃO ANUAL GR DISCIPLINA HISTÓRIA 9ºANO 3º período Total -10 tempos PLANIFICAÇÃO ANUAL GR 400 - DISCIPLINA HISTÓRIA 9ºANO 3º período Tratamento de informação/ utilização de fontes: Formular hipóteses de interpretação dos princípios que nortearam a criação

Leia mais

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços da Região Centro PROJECTO CURRICULAR DE DISCIPLINA ANO LECTIVO 2015/2016 HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA SÉ GUARDA

Leia mais

HISTÓRIA. - Curso Vocacional - 1º ANO -

HISTÓRIA. - Curso Vocacional - 1º ANO - Planificação de História - 1º ano Curso Vocacional 201/2015 p. 1 ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO DE AMORA HISTÓRIA - Curso Vocacional - 1º ANO - PLANIFICAÇÃO A MÉDIO E LONGO PRAZO Ano letivo de 201/2015

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V GRUPO DISCIPLINAR DE HISTÓRIA HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Informação aos Pais / Encarregados de Educação Programação do 5º ano Turma 1 1. Aulas previstas (Tempos letivos) 2. Conteúdos a leccionar

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º ANO História e Geografia de Portugal

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º ANO História e Geografia de Portugal PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º ANO História e Geografia de Portugal Tema 0 - Conhecer o Manual 2012/2013 Aulas previstas-5 1º Período Apresentação Material necessário para o

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A DISCIPLINA: História ANO: 8 TURMAS: A, B e C ANO LECTIVO: 2011/2012 P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A - 1 - TEMA D PORTUGAL NO CONTEXTO EUROPEU DOS SÉCULOS XII A XIV SUBTEMA

Leia mais

2º Ciclo Planificação Curricular Anual Ano letivo:2014/2015

2º Ciclo Planificação Curricular Anual Ano letivo:2014/2015 Domínios/subdomínios Objetivos/Descritores Atividades/conteúdos Portugal do século XVIII ao século XIX Conhecer o império português, o poder absoluto, a sociedade de ordens e a arte no século XVIII Conhecer

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL. Documento(s) Orientador(es): Programa de Geografia A

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL. Documento(s) Orientador(es): Programa de Geografia A AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa de Geografia A ENSINO SECUNDÁRIO GEOGRAFIA 10ºANO TEMAS/DOMÍNIOS CONTEÚDOS OBJETIVOS

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL. Documento(s) Orientador(es): Programa de Geografia A

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL. Documento(s) Orientador(es): Programa de Geografia A AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa de Geografia A ENSINO SECUNDÁRIO GEOGRAFIA 11ºANO TEMAS/DOMÍNIOS CONTEÚDOS OBJETIVOS

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V GRUPO DA ÁREA DISCIPLINAR DE HISTÓRIA História e Geografia de Portugal Informação aos Pais / Encarregados de Educação, turma 3 Programação do 5º ano 1. Aulas previstas (tempos letivos) 5º1 5º2 1º período

Leia mais

Ano Lectivo 2006/2007 3º Ciclo 7º Ano

Ano Lectivo 2006/2007 3º Ciclo 7º Ano AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação DISCIPLINA DE GEOGRAFIA Ano Lectivo 2006/2007 3º Ciclo 7º Ano Unidade Didáctica Conteúdos Competências Específicas Avaliação A TERRA

Leia mais

Departamento de Ciências Sociais e Humanas PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º ano PCA

Departamento de Ciências Sociais e Humanas PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º ano PCA Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Departamento de Ciências Sociais e Humanas PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA

Leia mais

ROTA DE APRENDIZAGEM História e Geografia de Portugal - 6º Ano

ROTA DE APRENDIZAGEM História e Geografia de Portugal - 6º Ano ROTA DE APRENDIZAGEM 2016-17 História e Geografia de Portugal - 6º Ano Domínio D PORTUGAL DO SÉCULO XVII AO SÉCULO XIX Subdomínio 1 O Império Português, poder absoluto, a sociedade e a arte do século XVIII

Leia mais

DOMÍNIO/SUBDOMÍNIO OBJETIVOS GERAIS DESCRITORES DE DESEMPENHO CONTEÚDOS

DOMÍNIO/SUBDOMÍNIO OBJETIVOS GERAIS DESCRITORES DE DESEMPENHO CONTEÚDOS DISCIPLINA: História e Geografia de Portugal ANO DE ESCOLARIDADE: 5º Ano 2016/2017 METAS CURRICULARES PROGRAMA DOMÍNIO/SUBDOMÍNIO OBJETIVOS GERAIS DESCRITORES DE DESEMPENHO CONTEÚDOS Geografia de Portugal

Leia mais

Escola Secundária de Amora. Geografia. Planificação 8º Ano de escolaridade. Ano Letivo 2014/2015

Escola Secundária de Amora. Geografia. Planificação 8º Ano de escolaridade. Ano Letivo 2014/2015 Escola Secundária de Amora Geografia Planificação 8º Ano de escolaridade Ano Letivo 2014/2015 Página 1 de 9 1º Período DOMINIO Meio natural Relevo Dinâmica de uma bacia hidrográfica e do litoral Relevo

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL- 6º ANO ANO LETIVO DE

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL- 6º ANO ANO LETIVO DE Calendário Escolar 2015-2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL- 6º ANO ANO LETIVO DE 2016-2017 1º período: 15 de setembro a 16 de dezembro 2º período: 3 de janeiro a 4 de abril interrupção

Leia mais

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ESCOLA BÁSICA DOS 2.º E 3.º CICLOS D. MIGUEL DE ALMEIDA DISCIPLINA: HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL ANO: 5º ANO 2013/2014 METAS DE APRENDIZAGEM: A

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA Escola Básica Integrada c/ Jardim de Infância Fialho de Almeida, Cuba Ano Lectivo 2007/2008

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA Escola Básica Integrada c/ Jardim de Infância Fialho de Almeida, Cuba Ano Lectivo 2007/2008 Planificação Anual da Área Curricular de História e Geografia de Portugal 5º Ano 1. Mobilizar saberes culturais, científicos e tecnológicos para compreender a realidade e para abordar situações e problemas

Leia mais

PANIFICAÇÃO HISTÓRIA 8ºANO. Metas/descritores de desempenho

PANIFICAÇÃO HISTÓRIA 8ºANO. Metas/descritores de desempenho PANIFICAÇÃO HISTÓRIA 8ºANO Domínio/subdomínio EXPANSÃO E MUDANÇA NOS SÉC.XV E XVI -RUMOS DA EXPANSÃO QUATROCENTISTA Condições da prioridade portuguesa Interesses dos s sociais Descobrimentos e conquistas

Leia mais

Disciplina: Geografia Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de:

Disciplina: Geografia Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de: O meio natural A Terra: estudos e representações CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO Disciplina: Geografia Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de: Ensino Básico Ano letivo: 2016/2017

Leia mais

Aulas Previstas 1º período - 2º período 3º período - O (a) professor (a) em /09/2008

Aulas Previstas 1º período - 2º período 3º período - O (a) professor (a) em /09/2008 1 Programa de História e Geografia de Portugal - 5º ANO Tema A A Península Ibérica lugar de passagem e fixação Subtema 1 Ambiente natural e primeiros povos Subtema 2 Os romanos na PI resistência e romanização

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS ATIVIDADES AVALIAÇÃO

PLANIFICAÇÃO ANUAL COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS ATIVIDADES AVALIAÇÃO PLANIFICAÇÃO ANUAL COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS ATIVIDADES AVALIAÇÃO. Reconhecer e identificar elementos espáciotemporais que se referem a acontecimentos, factos, marcas da história pessoal e familiar, da história

Leia mais

A avaliação visa certificar as diversas aprendizagens e competências adquiridas pelo aluno, no final de cada ciclo ( ).

A avaliação visa certificar as diversas aprendizagens e competências adquiridas pelo aluno, no final de cada ciclo ( ). Externato da Luz Ano Lectivo 2009 / 2010 Critérios de Avaliação Departamento de Ciências Humanas e Sociais Agrupamento História (3º Ciclo) Professor: Pedro Machado A avaliação é um elemento integrante

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Perfil de aprendizagem de História 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Das sociedades recolectoras às primeiras civilizações Das sociedades recolectoras às primeiras sociedades produtoras 1. Conhecer o processo

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA Escola Básica Integrada c/ Jardim de Infância Fialho de Almeida, Cuba Ano Lectivo 2007/2008

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA Escola Básica Integrada c/ Jardim de Infância Fialho de Almeida, Cuba Ano Lectivo 2007/2008 9. Cooperar com outros em tarefas e projectos comuns. O Império Colonial português no Séc. XVIII: - Recursos naturais e actividades económicas; - Movimentos da população, tráfico de escravos; - A sociedade

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE GEOGRAFIA - 8.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE GEOGRAFIA - 8.º ANO DE GEOGRAFIA - 8.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO Dentro do domínio da evolução da população mundial, o aluno deve conhecer e compreender diferentes indicadores demográficos e a evolução demográfica

Leia mais

Agrupamento de Escolas Dr. Vieira de Carvalho. INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL MARÇO de 2014

Agrupamento de Escolas Dr. Vieira de Carvalho. INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL MARÇO de 2014 Agrupamento de Escolas Dr. Vieira de Carvalho INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL MARÇO de 2014 Prova 05 2014 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O DISCIPLINA: Geografia ANO: 9ºano TURMAS: A, B e C ANO LECTIVO: 20/202 P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O UNIDADE DIDÁTICA 5: Contrastes de desenvolvimento (º Período) AULAS PREVISTAS: 6 * 90

Leia mais

PLANIFICAÇÃO /2017

PLANIFICAÇÃO /2017 PLANIFICAÇÃO - 2016/2017 ENSINO BÁSICO - PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE GEOGRAFIA 7º ANO DE ESCOLARIDADE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS A Terra: Estudos e Representações A Geografia e o território - O objeto e

Leia mais

8.º Ano Expansão e mudança nos séculos XV e XVI O expansionismo europeu Renascimento, Reforma e Contrarreforma

8.º Ano Expansão e mudança nos séculos XV e XVI O expansionismo europeu Renascimento, Reforma e Contrarreforma Escola Secundária Dr. José Afonso Informação-Prova de Equivalência à Frequência História Prova 19 2016 3.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência

Leia mais

TEMA F1: O ANTIGO REGIME EUROPEU REGRA E EXCEÇÃO

TEMA F1: O ANTIGO REGIME EUROPEU REGRA E EXCEÇÃO História 8º ano Guião de Trabalho de Grupo 2º Período Nome: Data: / / TEMA F1: O ANTIGO REGIME EUROPEU REGRA E EXCEÇÃO GRUPO 1 O Antigo Regime Consulta as páginas 80-85; 94-97 do teu manual 1. Conhecer

Leia mais

Ano Lectivo 2015 / ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2015 / ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais Competências Específicas Avaliação. ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2015 / 2016 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período DOMÌNIO / TEMA D O contexto europeu dos séculos XII a XIV (recuperação

Leia mais

Disciplina: História Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de:

Disciplina: História Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de: A herança do Mediterrâneo Antigo Das sociedades recoletoras às primeiras civilizações CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO Disciplina: Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de: Ensino Básico

Leia mais

Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas. Grupo de Recrutamento: 400. Planificação Trimestral de História A. 2º Período.

Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas. Grupo de Recrutamento: 400. Planificação Trimestral de História A. 2º Período. Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas Grupo de Recrutamento: 400 Coordenadora: Rosa Santos Subcoordenador: Armando Castro Planificação Trimestral de História A 2º Período 11º Ano Professor:

Leia mais

PERFIL DE APRENDIZAGENS 7 ºANO

PERFIL DE APRENDIZAGENS 7 ºANO 7 ºANO No final do 7º ano, o aluno deverá ser capaz de: DISCIPLINA DOMÍNIO DESCRITOR Das Sociedades Recoletoras às Primeiras Civilizações A Herança do Mediterrâneo Antigo 1. Conhecer o processo de hominização;

Leia mais

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL ANO LETIVO 2011/2012 5º ANO Nº DE AULAS PREVISTAS 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL ANO LETIVO 2011/2012 5º ANO Nº DE AULAS PREVISTAS 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL ANO LETIVO 2011/2012 5º ANO Nº DE AULAS PREVISTAS 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO 37 34 27 ESCOLA BÁSICA DOS 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO H. G. P. 5º ANO - PROPOSTA

Leia mais

Planificação da disciplina de Geografia 9º Ano Ano letivo 2014/2015

Planificação da disciplina de Geografia 9º Ano Ano letivo 2014/2015 Planificação da disciplina de Geografia 9º Ano Ano letivo 2014/2015 Nº de aulas (45 minutos) 1º Período 2º Período 3º Período Total Previstas 41 31 27 99 /Correção 6 6 6 18 Tema 4: As atividades económicas*

Leia mais

10º Ano Módulos 1, 2 e 3 Total de horas: 81 ou seja, 54 aulas de 90 minutos MÓDULOS/ CONTEÚDOS

10º Ano Módulos 1, 2 e 3 Total de horas: 81 ou seja, 54 aulas de 90 minutos MÓDULOS/ CONTEÚDOS 10º Ano Módulos 1, 2 e 3 Total de horas: 81 ou seja, 54 aulas de 90 minutos MÓDULOS/ CONTEÚDOS Módulo 1 O Quadro natural de O Relevo COMPETÊNCIAS A - Compreender as grandes características do relevo de

Leia mais

Ano Lectivo 2016/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais / Metas Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2016/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais / Metas Competências Específicas Avaliação. ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2016/2017 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais / Metas Competências Específicas

Leia mais

4.1 Planificação a médio prazo. 1. A população da Europa nos séculos XVII e XVIII: crises e crescimento. 32 aulas

4.1 Planificação a médio prazo. 1. A população da Europa nos séculos XVII e XVIII: crises e crescimento. 32 aulas 4.1 Planificação a médio prazo 32 aulas Conteúdos programáticos Segundo o Programa Oficial (março de 2001) 1. A população da Europa nos séculos XVII e XVIII: crises e crescimento 1.1. Economia e população

Leia mais

TEMA G2: A Revolução Liberal Portuguesa - antecedentes

TEMA G2: A Revolução Liberal Portuguesa - antecedentes História 8º ano Guião de Trabalho de Grupo 3º Período Nome: Data: / / TEMA G2: A Revolução Liberal Portuguesa - antecedentes GRUPO 1 Consulta as páginas 156 à pág. 165 do teu manual Objetivo: 1. Conhecer

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS - HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6º ANO

PLANO DE ESTUDOS - HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6º ANO PLANO DE ESTUDOS - HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6º ANO O aluno, no final do 6º ano, deve ser capaz de: Conhecer e compreender as características do império português dos séculos XVII e XVIII Conhecer

Leia mais

DISCIPLINA DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA 5.º Ano

DISCIPLINA DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA 5.º Ano 1. COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS COMPETÊNCIAS GERAIS - Pesquisar, seleccionar e organizar informação para a transformar em conhecimento mobilizável. (C. G. 6) - Usar adequadamente linguagens das diferentes áreas

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA História e Geografia de Portugal

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA História e Geografia de Portugal Direção de Serviços da Região Norte AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AMARES ANO LETIVO 2015 / 2016 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA História e Geografia de Portugal Prova (05) 2016 2º Ciclo do Ensino

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL 2º CICLO HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5.º ANO Documento(s) Orientador(es): Programa de História e Geografia de Portugal

Leia mais

Informação - de Exame de Equivalência à Frequência de História e Geografia de Portugal

Informação - de Exame de Equivalência à Frequência de História e Geografia de Portugal Informação - de Exame de Equivalência à Frequência de História e Geografia de Portugal 2.º Ciclo do Ensino Básico 2015 Prova 05 5 Páginas 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as caraterísticas

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRA Escola Sec/3 Dr.ª Maria Cândida Mira Ano Letivo 03/4 PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA º Ano A professora: Ana Paula Ferreira TEMAS DE HISTÓRIA A - º C N.º Total de aulas previstas

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2011 / 2012

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2011 / 2012 PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2011 / 2012 CURSO/CICLO DE FORMAÇÃO DISCIPLINA: Docente Técnico de Turismo Ambiental e Rural/2011-2014 Área de Integração Pedro Bandeira Simões N.º TOTAL DE MÓDULOS DE 1º/2º/3º

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PADRE BARTOLOMEU DE GUSMÃO ESCOLA JOSEFA DE ÓBIDOS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PADRE BARTOLOMEU DE GUSMÃO ESCOLA JOSEFA DE ÓBIDOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PADRE BARTOLOMEU DE GUSMÃO ESCOLA JOSEFA DE ÓBIDOS ANO LETIVO 2015/2016 INFORMAÇÃO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO DISCILINA DE HISTÓRIA 1. OBJETO

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITAS ESCOLA BÁSICA 2/3 MARTIM DE FREITAS Ano letivo 2016/2017

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITAS ESCOLA BÁSICA 2/3 MARTIM DE FREITAS Ano letivo 2016/2017 ESCOLA BÁSICA / MARTIM DE FREITAS Ano letivo 06/0 º Ano de Escolaridade I Período (6 aulas) (6 aulas) I ( aulas) DOMÍNIO: A TERRA, ESTUDOS E REPRESENTAÇÕES Unidade A Geografia e o Território -O objeto

Leia mais

TESTE DE AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL

TESTE DE AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Agrupamento de Escolas de Arraiolos Escola EB 2,3/S Cunha Rivara de Arraiolos Ano Lectivo 2009/2010 HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6º Ano Teste de Avaliação nº 5 TESTE DE AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA

Leia mais

Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas. Grupo de Recrutamento: 400. Planificação Trimestral de História A. 3º Período.

Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas. Grupo de Recrutamento: 400. Planificação Trimestral de História A. 3º Período. Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas Grupo de Recrutamento: 400 Coordenadora: Rosa Santos Subcoordenador: Armando Castro Planificação Trimestral de História A 3º Período 11º Ano Professor:

Leia mais

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO ( Aprovados em Conselho Pedagógico de 15 outubro de 2013 ) No caso específico da disciplina de História e Geografia de Portugal, do 6ºano de escolaridade, a avaliação

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE GEOGRAFIA 10º. ANO LECIONAÇÃO DOS

PLANIFICAÇÃO DE GEOGRAFIA 10º. ANO LECIONAÇÃO DOS Direção Regional de Educação do Centro Agrupamento de Escolas Figueira Mar Código 161366 Contribuinte nº 600 074 978 Escola Secundária Dr. Bernardino Machado PLANIFICAÇÃO DE GEOGRAFIA 10º. ANO 2012 2013

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. História e Geografia de Portugal Junho de º Ano, de Escolaridade - 2.º Ciclo do Ensino Básico

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. História e Geografia de Portugal Junho de º Ano, de Escolaridade - 2.º Ciclo do Ensino Básico INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA História e Geografia de Portugal Junho de 2014 Prova (05) 2014 6.º Ano, de Escolaridade - 2.º Ciclo do Ensino Básico Objeto de avaliação A prova tem por referência

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 COLÔNIA PLANO DE CURSO VIVER NO BRASIL *Identificar os agentes de ocupação das bandeiras *Conhecer e valorizar a história da capoeira *Analisar a exploração da Mata Atlântica *Compreender a administração

Leia mais

Geografia 9º ano. Planificação longo prazo 2013/2014. Filipe Miguel Botelho COLÉGIO DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - LEIRIA

Geografia 9º ano. Planificação longo prazo 2013/2014. Filipe Miguel Botelho COLÉGIO DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - LEIRIA 0/0 Geografia 9º ano Planificação longo prazo Filipe Miguel Botelho COLÉGIO DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - LEIRIA TEMA C POPULAÇÃO E POVOAMENTO. As migrações Planificação a longo prazo 9º ano - Geografia

Leia mais

GRUPO DISCIPLINAR DE HISTÓRIA - Ano Letivo 2016/ º ciclo do Ensino Básico

GRUPO DISCIPLINAR DE HISTÓRIA - Ano Letivo 2016/ º ciclo do Ensino Básico DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS GRUPO DISCIPLINAR DE HISTÓRIA - Ano Letivo 2016/2017 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 1. A avaliação é contínua e sistemática.

Leia mais

Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga. INFORMAÇÃO- Prova de Equivalência à Frequência Disciplina: História e geografia de Portugal 2016

Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga. INFORMAÇÃO- Prova de Equivalência à Frequência Disciplina: História e geografia de Portugal 2016 Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga INFORMAÇÃO- Prova de Equivalência à Frequência Disciplina: História e geografia de Portugal 2016 Prova 13 2º Ciclo/ 6º Ano de escolaridade Decreto-Lei

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa da Disciplina e Projeto Educativo 3º CICLO HISTÓRIA 9º ANO TEMAS/DOMÍNIOS CONTEÚDOS

Leia mais

EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ANO LETIVO 2011/2012 MATRIZ DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL

EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ANO LETIVO 2011/2012 MATRIZ DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL MATRIZ DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 1. Introdução Os exames de equivalência à frequência incidem sobre a aprendizagem definida para o final do 2.º ciclos do ensino básico, de acordo

Leia mais

1-Crescimento e desenvolvimento.

1-Crescimento e desenvolvimento. ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO DE MANUEL DA FONSECA Curso : Científico -Humanístico de Ciências Socioeconómicas Matriz Economia c 12º ano CONTEÚDOS OBJECTIVOS / COMPETÊNCIAS TEMPO PREVISTO (TEMPOS 45 M)

Leia mais

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: História e Geografia de Portugal. 1. Introdução. 2º Ciclo do Ensino Básico. Ano letivo de 2011/12

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: História e Geografia de Portugal. 1. Introdução. 2º Ciclo do Ensino Básico. Ano letivo de 2011/12 Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: História e Geografia de Portugal 2º Ciclo do Ensino Básico Ano letivo de 2011/12 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da

Leia mais

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO ( Aprovados em Conselho Pedagógico de 21 de Outubro de 2014 )

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO ( Aprovados em Conselho Pedagógico de 21 de Outubro de 2014 ) CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO ( Aprovados em Conselho Pedagógico de 21 de Outubro de 2014 ) No caso específico da disciplina de HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL, DO 5ºano de escolaridade, a avaliação

Leia mais

Escola Básica 2,3 com Ensino Secundário de Alvide

Escola Básica 2,3 com Ensino Secundário de Alvide Informação-Exame de equivalência à frequência de História e Geografia de Portugal Prova 05 2013 2.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1. Objeto de avaliação A prova tem por

Leia mais

TESTE DE AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL

TESTE DE AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Agrupamento de Escolas de Arraiolos Escola EB 2,3/S Cunha Rivara de Arraiolos Ano Lectivo 2009/2010 HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6º Ano Teste de Avaliação nº 5 TESTE DE AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA

Leia mais

Planificação Geografia 8º ano Ano Letivo 2012 / 2013

Planificação Geografia 8º ano Ano Letivo 2012 / 2013 Planificação Geografia 8º ano Ano Letivo 0 / 0 III Unida: População e Povoamento Conteúdos Conceitos Estruturantes Competências Essenciais Estratégias Recursos /Materiais Avaliação Períod o Blocos A População

Leia mais

Utilizar a metodologia específica da História, nomeadamente: Interpretar documentos de índole diversa (textos, imagens, gráficos, mapas e diagramas);

Utilizar a metodologia específica da História, nomeadamente: Interpretar documentos de índole diversa (textos, imagens, gráficos, mapas e diagramas); INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA HISTÓRIA Fevereiro de 2016 Prova 19 2016 -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro)

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro) Planejamento das Aulas de História 2016 7º ano (Prof. Leandro) Fevereiro Aula Programada (As Monarquias Absolutistas) Páginas Tarefa 1 A Formação do Estado Moderno 10 e 11 Mapa Mental 3 Teorias em defesa

Leia mais

Geografia 8º ano. Planificação a longo prazo 2013/2014. Filipe Miguel Botelho TOSHIBA

Geografia 8º ano. Planificação a longo prazo 2013/2014. Filipe Miguel Botelho TOSHIBA 0/04 Geografia 8º ano Planificação a longo prazo Filipe Miguel Botelho TOSHIBA Planificação a longo prazo 8º ano - Geografia º Período Aulas º Período Aulas º Período Aulas TEMA B MEIO NATURAL Tema C População

Leia mais

Com base no livro adotado para 2011-2012, Novo HGP-6º ano da editora Texto

Com base no livro adotado para 2011-2012, Novo HGP-6º ano da editora Texto HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL PLANIFICAÇÃO 2012-2013 6º ANO Diagnóstico e actividades preparatórias Conteúdos Conceitos Estratégias / recursos Avaliação 3.2. O Império português no séc. XVI:. Os arquipélagos

Leia mais

EXTERNATO DA LUZ ANO LECTIVO DE 2009 / 2010 Disciplina de História e Geografia de Portugal 6º Ano de Escolaridade

EXTERNATO DA LUZ ANO LECTIVO DE 2009 / 2010 Disciplina de História e Geografia de Portugal 6º Ano de Escolaridade SUBTEMA 1: IMPÉRIO E MONARQUIA ABSOLUTA NO SÉCULO XVIII Caracterização de conjunto do Império Português no século XVIII: sociedade, exploração económica e tráfico de escravos 1. Identifica os territórios

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa da Disciplina e Metas de Aprendizagem 3º CICLO HISTÓRIA 9º ANO DE ESCOLARIDADE

Leia mais

Exposição do professor; Diálogo orientado professor/aluno e aluno/aluno; Recolha e tratamento da informação;

Exposição do professor; Diálogo orientado professor/aluno e aluno/aluno; Recolha e tratamento da informação; ENSINO SECUNDÁRIO PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE ECONOMIA C 12º ANO DE ESCOLARIDADE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS METAS/OBJETIVOS OPERACIONALIZAÇÃO (DESCRITORES) ATIVIDADES E ESTRATÉGIAS MATERIAIS CURRICULARES

Leia mais

Distinguir estado de tempo e clima. Descrever estados de tempo

Distinguir estado de tempo e clima. Descrever estados de tempo ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO LECTIVO: 2011/2012 DISCIPLINA: Geografia ANO: 8º Aulas previstas 1º Período: 30 (45 ) 2º Período: 32 (45 ) 3º Período: 20 (45 ) UNIDADE

Leia mais

Aula 08 Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real.

Aula 08 Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real. Aula 08 Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real. O que foram os movimentos de pré-independência? Séculos XVIII e XIX grandes mudanças afetaram o Brasil... MUNDO... Hegemonia das ideias

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programada disciplina e Metas de aprendizagem 3º CICLO HISTÓRIA 8º ANO TEMAS/DOMÍNIOS CONTEÚDOS

Leia mais

CP/ECEME/2007 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

CP/ECEME/2007 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) CP/ECEME/07 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar os fatos históricos, ocorridos durante as crises política, econômica e militar portuguesa/européia

Leia mais

Planificação Anual ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS CURSO PROFISIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO DE EQUIPAMENTOS INFORMÁTICOS

Planificação Anual ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS CURSO PROFISIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO DE EQUIPAMENTOS INFORMÁTICOS Planificação Anual CURSO PROFISIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO DE EQUIPAMENTOS INFORMÁTICOS DISCIPLINA: (12.ºano) DOCENTE: Cláudia Lobato ANO LECTIVO: 2010/2011 1 Planificação Anual Temas, Unidades Temáticas,

Leia mais

Evolução da população mundial

Evolução da população mundial DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS DOCENTE: LUÍS TIMÓTEO ANO LETIVO 2016 / 2017 ÁREA CURRICULAR: GEOGRAFIA 8º ANO/ 3 º CICLO PERFIL DE APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS DOMÍNIOS E SUBDOMÍNI OS POPULAÇÃ

Leia mais

PERFIL DE APRENDIZAGENS 7ºANO

PERFIL DE APRENDIZAGENS 7ºANO 7ºANO No final do 7º ano, o aluno deverá ser capaz de: Compreender o objeto e o método da Geografia. Conhecer diferentes formas de representação da superfície terrestre. Compreender diferentes tipos de

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR SOLANO ABREU ABRANTES. PERÍODO LECTIVO 1. Tratamento de informação / Utilização de Fontes. AULAS PREVISTAS

ESCOLA SECUNDÁRIA DR SOLANO ABREU ABRANTES. PERÍODO LECTIVO 1. Tratamento de informação / Utilização de Fontes. AULAS PREVISTAS ESCOLA SECUNDÁRIA DR SOLANO ABREU ABRANTES 3º CICLO DISCIPLINA HISTÓRIA TURMAS A/B/C ANO: 7º ANO 2010/2011 COMPETÊNCIAS 1. Tratamento de informação / Utilização de Fontes. A. Das Sociedades Recolectoras

Leia mais

7ºANO ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/2

7ºANO ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/2 7ºANO ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/2 1º A Terra: Estudos e Representações Descrição da paisagem Exprimir-se de forma correcta utilizando o vocabulário geográfico Observar paisagens, para identificar os principais

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE GEOGRAFIA

PLANIFICAÇÃO DE GEOGRAFIA Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, Idanha-a-Nova PLANIFICAÇÃO DE GEOGRAFIA ENSINO BÁSICO 8º ANO 2016/2017 IDANHA-A-NOVA Setembro de 2016 Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, Idanha-a-Nova

Leia mais