Copa do Mundo 2014: ações da Prefeitura de São Paulo. 12ª Câmara Temática de Transparência Copa 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Copa do Mundo 2014: ações da Prefeitura de São Paulo. 12ª Câmara Temática de Transparência Copa 2014"

Transcrição

1 : ações da Prefeitura de São Paulo 12ª Câmara Temática de Transparência Copa 2014

2 Copa em São Paulo: a gestão municipal SPCOPA: Comitê Integrado de Gestão Governamental Especial para a Copa do Mundo de Futebol de 2014 (decreto /2013) Objetivo central: articular o conjunto da Administração Municipal nas ações voltadas à realização da Copa do Mundo em São Paulo Coordenação: Gabinete da Vice-Prefeita Monitoramento e controle: SPCOPA (assessoria) Composição: SGM; Finanças e Desenvolvimento Econômico; Sempla; Relações Internacionais e Federativas; Secom; Seme; Segurança Urbana; Transportes; Siurb; Cultura; Saúde; Coordenação das Subprefeituras; SMDU; SPTuris

3 Copa em São Paulo: a gestão municipal Comitê de Construção do Estádio da Copa do Mundo de Futebol de 2014 (Lei /2011) Objetivo central: analisar e deliberar acerca dos projetos de construção do estádio, da fiscalização e acompanhamento da obra, bem como a forma e condições de emissão e transferência de titularidade dos CIDs (Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento) Coordenação: Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo Composição: SGM; Sempla; Finanças; SMDU; Negócios Jurídicos

4 Copa em São Paulo: eventos previstos * 64º Congresso da Fifa (Transamerica Expo Center, junho/2014) * Cerimônia de Abertura da Copa (Arena Corinthians, 12/junho/2014) * Fan Fest (festa oficial da Fifa) (Vale do Anhangabaú, junho-julho/2014) * Eventos de exibições públicas (São Paulo, junho-julho/2014) * Campos Oficiais de Treinamento (Arena Palestra Itália, Pacaembu e CT do Audax, junho-julho/2014)

5 Copa em São Paulo: eventos previstos * Seis partidas Arena Corinthians - 12/6 (5ª feira, feriado nacional), às 17h: abertura do Mundial (Seleção Brasileira) - 19/6 (5ª feira, feriado nacional), às 16h: jogo da 1ª fase - 23/6 (2ª feira), às 13h: jogo da 1ª fase - 26/6 (5ª feira), às 17h: jogo da 1ª fase - 1/7 (3ª feira), às 13h: jogo das oitavas - 9/7 (4ª feira, feriado estadual),às 17h: jogo das semifinais

6 Arena Corinthians: vetor de desenvolvimento da Zona Leste Localização: Itaquera (zona leste) Capacidade na Copa: 68 mil pessoas Contrato: privado, entre Corinthians e Odebrecht, por meio da Arena Fundo de Investimento Orçamento: R$ 820 milhões - R$ 420 milhões de incentivos fiscais da Prefeitura de São Paulo (CIDs) - R$ 400 milhões em empréstimo do BNDES Estágio das obras: 84% de avanço físico

7 Complexo Viário de Itaquera: legado para a Zona Leste Obras viárias e adequação do espaço público no entorno do Polo Institucional de Itaquera e da Arena Corinthians Convênio: Governo do Estado e Prefeitura de São Paulo Período: Setembro/2012 a Abril/2014 Estágio atual: 42% das obras executadas (Complexo Viário) Desapropriações: 26 (19 já foram ajuizadas) Remoções: oito (já efetuadas) Observação: estas são as únicas desapropriações e remoções previstas para obras da Copa em São Paulo.

8 Polo Institucional de Itaquera: nova dinâmica para a Zona Leste Objetivo: concentrar empreendimentos em Itaquera, próximo ao Metrô e à CPTM, para desenvolver toda a região da Zona Leste Impactos socioeconômicos: Ampliação da oferta de cultura, educação, lazer e cidadania Estímulo à capacitação profissional Geração de postos de trabalho Melhoria da acessibilidade na região Desenvolvimento da atividade econômica, com foco na tecnologia

9 Polo Institucional de Itaquera: nova dinâmica para a Zona Leste Fórum Judiciário Fatec Etec Senai Sesi Centro Cultural Parque Tecnológico Ampliação do Terminal Urbano Polícia Militar e Bombeiros Obra Social Dom Bosco Parque do Carmo*

10 Copa em São Paulo Histórico da SPCOPA (janeiro-julho) Vistorias nas obras da Copa e apoio às inspeções da Fifa e do governo federal Participação em debates e audiências públicas, em órgãos como a Câmara dos Vereadores e subprefeituras (Itaquera, Penha, Ermelino Matarazzo, etc.) Abertura de diálogo com representações da sociedade civil (Observatório das Metrópoles, Comitê Popular da Copa de São Paulo, Organização Internacional do Trabalho, Fórum dos Direitos Humanos e Fórum dos Ambulantes) Interlocução com órgãos de fiscalização e controle, como a Procuradoria da República no Estado de São Paulo, o Tribunal de Contas do Município e a Defensoria Pública do Estado de São Paulo Criação do Portal de Transparência, em parceria com a Controladoria Geral do Município (para dar publicidade a obras e documentos relativos à participação da Prefeitura na Copa-2014)

11 Desafios e oportunidades para a cidade-sede de São Paulo Mobilizar e envolver o conjunto da população Receber com excelência os turistas, a imprensa estrangeira, as autoridades e as delegações Aumentar a visibilidade nacional e internacional Atrair mais investimentos para o desenvolvimento Consolidar-se como referência internacional no turismo de eventos e negócios Criar paradigmas de governança e transparência Potencializar cada legado

12 Comitê Integrado de Gestão Governamental Especial para a Copa do Mundo de Futebol 2014 SPCOPA Telefone: (11) Rua São Bento, º andar

Secretaria. de Futebol de 2014

Secretaria. de Futebol de 2014 Secretaria Especial de Articulação para a Copa do Mundo de Futebol de 2014 SECOPA Assistir direta e indiretamente ao Prefeito na condução aos assuntos referentes a Copa do Mundo; Parcerias com a sociedade

Leia mais

GILMAR TADEU ALVES RIBEIRO. (Secopa São Paulo)

GILMAR TADEU ALVES RIBEIRO. (Secopa São Paulo) GILMAR TADEU ALVES RIBEIRO (Secopa São Paulo) O maior evento mundial Copa do Mundo Fifa Transmissão para todos os países e territórios do mundo, inclusive a Antártida e o Círculo Polar Ártico; Primeiro

Leia mais

Projeto PERNAMBUCO NA COPA 2014

Projeto PERNAMBUCO NA COPA 2014 Projeto PERNAMBUCO NA COPA 2014 4º Fórum de Direito do Turismo 20 de Maio de 2011 ARRANJO INSTITUCIONAL - GOVERNO DE PERNAMBUCO SECOPA-PE Atribuições Planejar, coordenar e gerir as iniciativas dos órgãos

Leia mais

12ª REUNIÃO DA CÂMARA TEMÁTICA DE TRANSPARÊNCIA Ajuda Memória

12ª REUNIÃO DA CÂMARA TEMÁTICA DE TRANSPARÊNCIA Ajuda Memória Evento: 12ª Reunião da Câmara Temática de Transparência Data: 6 e 7 de agosto de 2013 Horário: 06/08/2013 09:00 às 18:00 h 07/08/2013 09:00 às 12:30 h Local: São Paulo-SP Endereços: Sede do Comitê Paulista

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Zona Leste

PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Zona Leste Cenário Atual da Região Projeto de Desenvolvimento Atividades Alvo Lei 14.654/2007 - Benefícios Cenário Atual da Região As mudanças advindas dos processos de modernização da economia: Maior automação industrial

Leia mais

XXI ENCONTRO TÉCNICO AESABESP A IMPORTÂNCIA DA SOCIEDADE ORGANIZADA NA PROMOÇÃO DO SANEAMENTO AMBIENTAL

XXI ENCONTRO TÉCNICO AESABESP A IMPORTÂNCIA DA SOCIEDADE ORGANIZADA NA PROMOÇÃO DO SANEAMENTO AMBIENTAL XXI ENCONTRO TÉCNICO AESABESP A IMPORTÂNCIA DA SOCIEDADE ORGANIZADA NA PROMOÇÃO DO SANEAMENTO AMBIENTAL SOLUÇÕES ENCAMINHADAS Convênio GESP e PMSP e Criação do GT PAULISTA (Grupo Executivo de Secretários

Leia mais

Experiências de Orçamento Participativo (OP) no Brasil: democratização da gestão pública e controle social. Por Ana Claudia Teixeira Instituto Pólis

Experiências de Orçamento Participativo (OP) no Brasil: democratização da gestão pública e controle social. Por Ana Claudia Teixeira Instituto Pólis Experiências de Orçamento Participativo (OP) no Brasil: democratização da gestão pública e controle social Por Ana Claudia Teixeira Instituto Pólis O que é? Um mecanismo (ou processo) pelo qual a população

Leia mais

DECRETO Nº 55.010, DE 9 DE ABRIL DE 2014

DECRETO Nº 55.010, DE 9 DE ABRIL DE 2014 Secretaria de Documentação Equipe de Documentação do Legislativo DECRETO Nº 55.010, DE 9 DE ABRIL DE 2014 Dispõe sobre as Áreas de Restrição Comercial, previstas na Lei Geral da Copa, e as atribuições

Leia mais

Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014. Salvador 04/11/10

Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014. Salvador 04/11/10 Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014 Salvador 04/11/10 É a vez do Brasil! Linha do Tempo Eventos Esportivos Copa das Confederações 2013 Copa do Mundo FIFA 2014 Olimpíadas e Paraolimpíadas

Leia mais

Copa do Mundo no Brasil: oportunidades, desafios e atuação do Governo Federal

Copa do Mundo no Brasil: oportunidades, desafios e atuação do Governo Federal BRA-MEB001-091126-1 Copa do Mundo no Brasil: oportunidades, desafios e atuação do Governo Federal Brasília, 26 novembro de 2009 BRA-MEB001-091126-2 Conteúdo do documento O que é a Copa do Mundo Atuação

Leia mais

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República O que o Brasil já ganhou com a Copa COPA DO MUNDO NO BRASIL um momento histórico e de oportunidades A Copa do Mundo é um momento histórico para o Brasil, que vai sediar, em conjunto com as Olimpíadas em

Leia mais

Copa do Mundo de 2014: Impactos e legado (Região. Prof. Dr. Gerardo Silva, UFABC, 03-12-2012

Copa do Mundo de 2014: Impactos e legado (Região. Prof. Dr. Gerardo Silva, UFABC, 03-12-2012 Copa do Mundo de 2014: Impactos e legado (Região Sudeste) Prof. Dr. Gerardo Silva, UFABC, 03-12-2012 Questões gerais A Copa do Mundo do Futebol já está ai e é muito pouco o que pode ser mudado A questão

Leia mais

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social Maio de 2010 Paulo Moreira da Fonseca Agenda Introdução Arenas Hotéis Mobilidade Urbana Demais Investimentos Agenda Introdução Arenas Hotéis Mobilidade

Leia mais

Programa Copa 2014 na Bahia Planejamento, Realizações e Legados do Mundial na Bahia. SINAENCO 18 de Maio de 2012

Programa Copa 2014 na Bahia Planejamento, Realizações e Legados do Mundial na Bahia. SINAENCO 18 de Maio de 2012 Programa Copa 2014 na Bahia Planejamento, Realizações e Legados do Mundial na Bahia SINAENCO 18 de Maio de 2012 AGENDA 1. Linha do Tempo 2. A Copa em números 3. Programa Copa 2014 na Bahia 4. Plano Diretor

Leia mais

Urban View. Urban Reports. Fielzão e seu impacto na zona Leste

Urban View. Urban Reports. Fielzão e seu impacto na zona Leste Urban View Urban Reports Fielzão e seu impacto na zona Leste Programa Falando em dinheiro, coluna Minha cidade, meu jeito de morar e investir Rádio Estadão ESPN Itaquera acordou com caminhões e tratores

Leia mais

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município Estrutura Administrativa e Principais 01. Câmara Municipal - Lei Orgânica do Município de Teresina, de 05 de abril de 1991. - Votar o Orçamento Anual e o Plano Plurianual, bem como autorizar abertura de

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014 TM GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014 SOLUÇÕES ENCAMINHADAS Constituição do COMITÊ PAULISTA (Grupo Executivo

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: São Paulo. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: São Paulo. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: São Paulo Setembro/2013 São Paulo: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

A COPA DE 2014: IMPACTOS OU LEGADO PARA AS CIDADES-SEDES DO NORDESTE?.

A COPA DE 2014: IMPACTOS OU LEGADO PARA AS CIDADES-SEDES DO NORDESTE?. A COPA DE 2014: IMPACTOS OU LEGADO PARA AS CIDADES-SEDES DO NORDESTE?. AS CIDADES-SEDES DO NORDESTE. Hipótese: Os processos de reestruturação urbana implementados para as cidades sedes da região Nordeste

Leia mais

R$ 1,00 2012 2013 2014 2015 Total. VALORES PREVISTOS POR UNIDADE ORÇAMENTÁRIA R$ 1,00 2012 2013 2014 2015 Total Unidades Orçamentárias

R$ 1,00 2012 2013 2014 2015 Total. VALORES PREVISTOS POR UNIDADE ORÇAMENTÁRIA R$ 1,00 2012 2013 2014 2015 Total Unidades Orçamentárias PPA 212-215 PROGRAMA - 546 - Gestão, Manutenção e Serviços ao Estado Valor Global R$ 1, 2.888.542.769 2.993.951.96 3.133.467.663 3.281.47.521 12.297.369.859 ÓRGAO:1 - Assembleia Legislativa VALORES PREVISTOS

Leia mais

Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal

Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS SUBCHEFIA DE ASSUNTOS FEDERATIVOS Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal Mapa de obras contratadas pela CEF, em andamento com recursos do Governo Federal 5.048

Leia mais

SÃO PAULO. COOPERAÇÃO INTERNACIONAL DESCENTRALIZADA NO BRASIL Boas Práticas de Gestão Internacional dos Governos Subnacionais Brasileiros

SÃO PAULO. COOPERAÇÃO INTERNACIONAL DESCENTRALIZADA NO BRASIL Boas Práticas de Gestão Internacional dos Governos Subnacionais Brasileiros SÃO PAULO COOPERAÇÃO INTERNACIONAL DESCENTRALIZADA NO BRASIL Boas Práticas de Gestão Internacional dos Governos Subnacionais Brasileiros Dezembro/2013 OS DESAFIOS DA NOVA AGENDA MUNDIAL O MUNDO MUDOU O

Leia mais

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014 O que o Brasil já ganhou com a Copa 2 O que o Brasil já ganhou com a Copa Investimentos A Copa do Mundo é um grande investimento para todos brasileiros Os únicos

Leia mais

PROC. Nº 0268/09 PR Nº 001/09 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

PROC. Nº 0268/09 PR Nº 001/09 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS A criação da Comissão Especial de Acompanhamento e Apoio à Copa do Mundo de 2014 em Porto Alegre faz-se necessária, tendo em vista a grande mobilização e investimentos que deverão

Leia mais

Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 - Cidade de Manaus

Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 - Cidade de Manaus Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 - Cidade de Manaus Projeto 1 Estádio PROJETO 1 - ESTÁDIO VIVALDO LIMA (VIVALDÃO) OBJETIVO: Atender os requerimentos estabelecidos pela FIFA (Fédération Internationale

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE COREMAS-PB GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE COREMAS-PB GABINETE DO PREFEITO ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE COREMAS-PB GABINETE DO PREFEITO Lei complementar nº 109/2014 Coremas-PB, 10 de dezembro de 2014. Altera a Lei nº 74/2013, desmembrando a Secretaria de Juventude

Leia mais

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Recife. Dezembro de 2012

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Recife. Dezembro de 2012 CodeP0 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede de Recife Dezembro de 2012 Recife: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s Referência Nov/12, Distribuição dos investimentos por

Leia mais

ZL VÓRTICE A ZONA LESTE DE SÃO PAULO SITUAÇÕES CRÍTICAS

ZL VÓRTICE A ZONA LESTE DE SÃO PAULO SITUAÇÕES CRÍTICAS ZL VÓRTICE A ZONA LESTE DE SÃO PAULO SITUAÇÕES CRÍTICAS ZL Vórtice é um projeto de investigação e práticas urbanas experimentais. Reúne pesquisadores, arquitetos, engenheiros e artistas, junto com as comunidades

Leia mais

DOCUMENTO DE PROVIDÊNCIAS AUDIÊNCIA PÚBLICA: COPA DO MUNDO DE 2014 EM CURITIBA E A UTILIZAÇÃO DO POTENCIAL CONSTRUTIVO

DOCUMENTO DE PROVIDÊNCIAS AUDIÊNCIA PÚBLICA: COPA DO MUNDO DE 2014 EM CURITIBA E A UTILIZAÇÃO DO POTENCIAL CONSTRUTIVO DOCUMENTO DE PROVIDÊNCIAS AUDIÊNCIA PÚBLICA: COPA DO MUNDO DE 2014 EM CURITIBA E A UTILIZAÇÃO DO POTENCIAL CONSTRUTIVO AS ENTIDADES E MOVIMENTOS DA SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA PRESENTES NA AUDIÊNCIA PÚBLICA

Leia mais

3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA

3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA 3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA Legislação: Lei nº 15.506, de 31 de julho de 1991; Decreto nº 15.813, de 24 de abril de 1992; Lei nº 15.738, de

Leia mais

Programa Porto Alegre Copa 2014 Legados para a Cidade

Programa Porto Alegre Copa 2014 Legados para a Cidade Programa Porto Alegre Copa 2014 Legados para a Cidade Visão: Ser considerada a melhor cidade-sede da Copa 2014 quanto a participação popular e promoção de ações de desenvolvimento econômico, social e ambiental,

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO AGENDA ESTRATÉGIA PERSPECTIVAS ECONÔMICAS MATRIZ DE RESPONSABILIDADES PORTO AEROPORTO ARENA MONOTRILHO MATRIZ ENERGÉTICA COMUNICAÇÃO MANAUS CIDADE-SEDE ESTRATÉGIA Concepção Planejamento Manaus x Belém

Leia mais

Síntese do planejamento do Governo Federal para a Copa do Mundo 2014 Brasília, Setembro de 2012

Síntese do planejamento do Governo Federal para a Copa do Mundo 2014 Brasília, Setembro de 2012 Code-P0 Síntese do planejamento do Governo Federal para a Copa do Mundo 2014 Brasília, Setembro de 2012 Code-P1 O Brasil recebe os grandes eventos esportivos em um contexto favorável COPA OLIMPÍADAS Brasil

Leia mais

Síntese do planejamento e os impactos para o país com a Copa do Mundo 2014

Síntese do planejamento e os impactos para o país com a Copa do Mundo 2014 Code-P0 Síntese do planejamento e os impactos para o país com a Copa do Mundo 2014 Encontro Nacional - Abracen Eventos Esportivos e os Impactos para o país São Paulo, 7 de março de 2012 Code-P1 O Brasil

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil Ações do Governo de Minas Gerais 27 de Outubro de 2009 Roteiro Estratégia de Execução Modernização do Mineirão Reforma dos Estádios Alternativos Mobilidade

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA OFICINA DE CAPACITAÇÃO PARA O PLANO DIRETOR: REGIONAL BOQUEIRÃO 18/03/2014 CURITIBA MARÇO/2014 Realizações no dia

Leia mais

Desafios para Melhoria da Mobilidade Urbana

Desafios para Melhoria da Mobilidade Urbana Desafios para Melhoria da Mobilidade Urbana O Desafio da CET 7,2 milhões de veículos registrados 12 milhões de habitantes 7,3 milhões de viagens a pé 156 mil viagens de bicicleta 15 milhões de viagens

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Salvador. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Salvador. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Salvador Setembro/2013 Salvador: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

SECRETARIA NACIONAL DE PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO. Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos no Turismo

SECRETARIA NACIONAL DE PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO. Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos no Turismo SECRETARIA NACIONAL DE PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos no Turismo Desenvolvimento do Turismo Promoção de Investimentos ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

Leia mais

Demonstrativo por Órgão / Programa

Demonstrativo por Órgão / Programa Demonstrativo por Órgão / Orçamento- do Exercício de Novembro de 2013 Órgão: 002 a 999 0 a 9999 Todas as Administrações Página: 1 Órgão: 002 GABINETE DO PREFEITO 0006 JUVENTUDE 97.969,00-97.969,00 0,00

Leia mais

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos.

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. Q A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. É uma alusão à essência e ao compromisso da Secretaria

Leia mais

TRANSFORMANDO O RIO! ADVANCING ENTREPRENEURSHIP AND INNOVATION 04/11/2013 1/31

TRANSFORMANDO O RIO! ADVANCING ENTREPRENEURSHIP AND INNOVATION 04/11/2013 1/31 TRANSFORMANDO O RIO! ADVANCING ENTREPRENEURSHIP AND INNOVATION 04/11/2013 1/31 QUEM SOMOS Empresa pública, vinculada ao gabinete do Prefeito; Criada em agosto de 2011 para coordenar os projetos da Prefeitura

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC. LOCAL (Município) PROJETOS N o PART RESULTADO/ OBSERVAÇÃO

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC. LOCAL (Município) PROJETOS N o PART RESULTADO/ OBSERVAÇÃO RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC ESTADO: GOIÁS COORDENADOR: HENRIQUE RICARDO BATISTA PERÍODO DO RELATÓRIO: JULHO A SETEMBRO/2013 ATIVIDADE DATA N o DE HORAS LOCAL (Município) PROJETOS N o

Leia mais

OBSERVATÓRIO DAS METRÓPOLES: Núcleo Recife

OBSERVATÓRIO DAS METRÓPOLES: Núcleo Recife OBSERVATÓRIO DAS METRÓPOLES: Núcleo Recife A Copa e a Região Metropolitana do Recife MARIA ÂNGELA SOUZA (Coord. Observatório) ANA RAMALHO (Coord. Pesquisa) GERMANA SANTIAGO MARCELO ALLGAYER. ALINE SOUZA

Leia mais

DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015

DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 Secretaria Geral Parlamentar Secretaria de Documentação Equipe de Documentação do Legislativo DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 Confere nova regulamentação ao Conselho Municipal de Segurança

Leia mais

gestão das Instâncias de Governança nas regiões turísticas prioritárias do país.

gestão das Instâncias de Governança nas regiões turísticas prioritárias do país. OBJETIVO GERAL Estabelecer cooperação técnica para desenvolver e implementar ações que visem a fortalecer o ciclo da gestão das Instâncias de Governança nas regiões turísticas prioritárias do país. IMPORTANTE:

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Belo Horizonte. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Belo Horizonte. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Belo Horizonte Setembro/2013 Belo Horizonte: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO P O R T A R I A N. º 5 0 8 D E 1 5 D E J U L H O D E 2 0 1 1. O Reitor do Instituto Federal do Paraná, no uso da competência que lhe confere o Decreto de 13 de junho de 2011, da Presidência da República,

Leia mais

O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo

O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo Adalberto Santos de Vasconcelos Coordenador-Geral da Área de Infraestrutura e da Região Sudeste Rafael Jardim Assessor do Ministro Valmir Campelo Brasília

Leia mais

Contribuições do GT Capoeira, Profissionalização e Internacionalização

Contribuições do GT Capoeira, Profissionalização e Internacionalização Contribuições do GT Capoeira, Profissionalização e Internacionalização Este documento apresenta os resultados dos debates desenvolvidos pelo Grupo de Trabalho Capoeira, Profissionalização e Internacionalização,

Leia mais

AGENDA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE COPA 2014

AGENDA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE COPA 2014 Code-P0 AGENDA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE COPA 2014 Agenda de Trabalho Junho 2011 Claudio Langone Code-P1 OPORTUNIDADE PARA O BRASIL 2011 - Jogos Militares Mundiais 2012 - RIO + 20 - Cúpula das

Leia mais

Cidade de São Paulo. 3ª CLÍNICA INTEGRADA ENTRE USO DO SOLO E TRANSPORTES Rio, out/2011

Cidade de São Paulo. 3ª CLÍNICA INTEGRADA ENTRE USO DO SOLO E TRANSPORTES Rio, out/2011 Cidade de São Paulo 3ª CLÍNICA INTEGRADA ENTRE USO DO SOLO E TRANSPORTES Rio, out/2011 LOCALIZAÇÃO POPULAÇÃO (Censo 2010) RMSP...19.683.975 habitantes Município de São Paulo...11.253.563 habitantes Estatuto

Leia mais

Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS

Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS PORTO ALEGRE EM AÇÃO É ESPORTE E EDUCAÇÃO O esporte não é educativo a priori, é o educador que precisa fazer dele ao mesmo tempo um objeto e meio

Leia mais

Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte

Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte Atração de Investimentos, Promoção Comercial e Projeção Internacional Eduardo Bernis Secretaria Municipal de Desenvolvimento Belo Horizonte

Leia mais

Porto Alegre. Host City Fifa World Cup 2014

Porto Alegre. Host City Fifa World Cup 2014 Porto Alegre Host City Fifa World Cup 2014 31/05/2009 A FIFA anuncia as 12 cidades-sede 13/01/2010 Formalização do Grupo Executivo da Copa Gecopa; Anúncio do Programa BNDES Pró-Copa Turismo (recursos para

Leia mais

O QUE É MICROCRÉDITO?

O QUE É MICROCRÉDITO? O QUE É MICROCRÉDITO? Empréstimos de pequeno valor, concedido a pessoas de baixa renda ou em ramo de negócio com baixo volume de recurso, que usualmente não tem acesso ao crédito convencional. CRESCER

Leia mais

MUNICÍPIO - UBATUBA PLANO PLURIANUAL 2014-2017 ANEXO I - Planejamento Orçamentário - PPA: Fontes de Financiamento dos Programas Governamentais

MUNICÍPIO - UBATUBA PLANO PLURIANUAL 2014-2017 ANEXO I - Planejamento Orçamentário - PPA: Fontes de Financiamento dos Programas Governamentais MUNICÍPIO - UBATUBA PLANO PLURIANUAL 2014-2017 ANEXO I - Planejamento Orçamentário - PPA: Fontes de Financiamento dos Programas Governamentais Valores em R$ mil % S/ 2014 2015 2016 2017 TOTAL TOTAL DIRETA

Leia mais

Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários

Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários Dezembro/2011 Instrumentos da Política SocioAmbiental Linhas de Instituições Financiamento participantes da pesquisa Participação de

Leia mais

COPA. Morumbi ou Outra Arena? As Marcas de um Novo Estádio na Dinâmica Urbana de São Paulo. José Roberto Bernasconi. Presidente Sinaenco São Paulo

COPA. Morumbi ou Outra Arena? As Marcas de um Novo Estádio na Dinâmica Urbana de São Paulo. José Roberto Bernasconi. Presidente Sinaenco São Paulo COPA Morumbi ou Outra Arena? As Marcas de um Novo Estádio na Dinâmica Urbana de São Paulo José Roberto Bernasconi Presidente Sinaenco São Paulo SP/Agosto/ 2010 1 1 Um histórico Os dois principais estádios

Leia mais

1001 - GOVERNADORIA MUNICIPAL - ADMINISTRAÇÃO DIRETA

1001 - GOVERNADORIA MUNICIPAL - ADMINISTRAÇÃO DIRETA 1001 - GOVERNADORIA MUNICIPAL - ADMINISTRAÇÃO DIRETA Legislação: Lei nº 15.738, de 29 de dezembro de 1992; Decreto nº 16.149, de 06 de janeiro de 1993; Lei nº 15.820, de 24 de novembro de 1993; Lei nº

Leia mais

Gestão Participativa em BH. Belo Horizonte, 01 de dezembro 2010

Gestão Participativa em BH. Belo Horizonte, 01 de dezembro 2010 Gestão Participativa em BH Belo Horizonte, 01 de dezembro 2010 1 Gestão Participativa em BH Belo Horizonte tem um longo histórico de gestão democrático-popular; Existe forte determinação política para:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRA DE FREITAS ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRA DE FREITAS ESTADO DA BAHIA _ LEI Nº 429/07 Cria a Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Teixeira de Freitas, Estado da Bahia. Faço saber que a Câmara Municipal

Leia mais

Luiz Carlos T. de Carvalho Assessor Chefe de Comércio e Investimentos Subsecretaria de Relações Internacionais Secretaria de Estado da Casa Civil

Luiz Carlos T. de Carvalho Assessor Chefe de Comércio e Investimentos Subsecretaria de Relações Internacionais Secretaria de Estado da Casa Civil Luiz Carlos T. de Carvalho Assessor Chefe de Comércio e Investimentos Subsecretaria de Relações Internacionais Secretaria de Estado da Casa Civil Governo do Estado do Rio de Janeiro A SUBSECRETARIA DE

Leia mais

Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Arena da Amazônia

Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Arena da Amazônia Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 Arena da Amazônia Janeiro de 2010 Arena da Amazônia 2 O Governo do Estado do Amazonas construirá uma ARENA multiuso denominada ARENA DA AMAZÔNIA que comportará jogos regionais

Leia mais

Caio Luiz de Carvalho Presidente

Caio Luiz de Carvalho Presidente Caio Luiz de Carvalho Presidente Os desafios do Brasil Deixar de ser espectador e se tornar ator do processo. Todos os brasileiros. Profissionais ou espectadores, envolvidos diretamente ou não. Muitas

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014

INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014 INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014 Por Milton Karam 06.outubro.2010 COPA FIFA 2014 CRONOLOGIA 2003 03 de junho - a Confederação Sul-Americana de Futebol CONMEBOL anuncia Argentina, Brasil e Colômbia 2006

Leia mais

A Copa do Brasil. Secretaria de Políticas para as Mulheres. Governo Federal

A Copa do Brasil. Secretaria de Políticas para as Mulheres. Governo Federal A Copa do Brasil Secretaria de Políticas para as Mulheres Governo Federal Apresentação A Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR) publicou em seu sítio eletrônico,

Leia mais

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS PEQUENOS negócios no BRASIL 99% 70% 40% 25% 1% do total de empresas brasileiras da criação de empregos formais da massa salarial do PIB das exportações

Leia mais

DANIEL COELHO PROGRAMA DE GOVERNO JULHO DE 2012

DANIEL COELHO PROGRAMA DE GOVERNO JULHO DE 2012 DANIEL COELHO PROGRAMA DE GOVERNO JULHO DE 2012 QUEREMOS MAIS PARA O RECIFE DANIEL COELHO Ambientalista e Deputado Estadual 2 vezes Vereador do Recife Bacharel em Administração pela UPE Mestrado em Negócios

Leia mais

PARQUE TECNOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO

PARQUE TECNOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO PARQUE TECNOLÓGICO DE RIBEIRÃO PRETO SUMÁRIO EXECUTIVO O Parque Tecnológico de Ribeirão Preto é um empreendimento imobiliário e tecnológico com características especificamente projetadas, incluindo serviços

Leia mais

Copa do Mundo 2014: Oportunidades para o Brasil e para a iniciativa privada

Copa do Mundo 2014: Oportunidades para o Brasil e para a iniciativa privada BRA-MEB001-100209-0 Copa do Mundo 2014: Oportunidades para o Brasil e para a iniciativa privada São Paulo, 9 de março de 2010 0 BRA-MEB001-100209-1 O que o Brasil quer com uma Copa do Mundo FIFA Mobilizar

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO IDENTIFICAÇÃO DA FISCALIZAÇÃO DO ÓRGÃO / ENTIDADE FISCALIZADA. Município/UF: Recife/PE

1. APRESENTAÇÃO IDENTIFICAÇÃO DA FISCALIZAÇÃO DO ÓRGÃO / ENTIDADE FISCALIZADA. Município/UF: Recife/PE 1. APRESENTAÇÃO IDENTIFICAÇÃO Município/UF: Recife/PE DA FISCALIZAÇÃO Objeto da fiscalização: Arena Multiuso da Copa 2014 Tipo de obra: Estádio de Futebol Período abrangido pela fiscalização: junho/2011

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 514, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº 514, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014 RESOLUÇÃO Nº 514, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014 Dispõe sobre a Política Nacional de Trânsito, seus fins e aplicação, e dá outras providências. O CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO CONTRAN, usando da competência

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE TURISMO E ESPORTES

SECRETARIA DE ESTADO DE TURISMO E ESPORTES SECRETARIA DE ESTADO DE TURISMO E ESPORTES Secretário: Tiago Lacerda Secretário-adjunto: Rogério Romero Sub-secretária de Turismo: Silvana Nascimento Subsecretário de Esportes: Adenilson de Souza Coordenador

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

ConstruBusiness - Rumo a 2022

ConstruBusiness - Rumo a 2022 ConstruBusiness - Rumo a 2022 EXPRESS ANO 1/12 Nº44 DEZ/12 CONSTRUBUSINESS 2012 10º CONGRESSO BRASILEIRO DA CONSTRUÇÃO Em sua 10ª edição, o Construbusiness elaborou o programa Compete Brasil, com soluções

Leia mais

BRASIL 2015: O VERDADEIRO RESULTADO DA COPA

BRASIL 2015: O VERDADEIRO RESULTADO DA COPA BRASIL 2015: O VERDADEIRO RESULTADO DA COPA Brasil, 2007 PIB R$ 1,8 trilhão Alfabetização 88,6% Expec. de Vida 71,7 anos PIB per capita US$ 8.402 Fonte: ONU e IBGE Brasil, 2015 PIB R$ 2,1 trilhões Alfabetização

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR TERMO DE COOPERAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE SALVADOR E O CONSELHO FEDERAL DE RELAÇÕES PÚBLICAS E DELEGACIA REGIONAL, COM O FITO DE CONVERGIR ESFORÇOS PARA IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES INTEGRADAS

Leia mais

Audiência Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) Senado Federal

Audiência Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) Senado Federal Audiência Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) Senado Federal Brasília 22 de março o de 2009 Inovação Chave para a competitividade das empresas e o desenvolvimento do país Determinante para o aumento

Leia mais

Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia A Santa Maria que Queremos

Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia A Santa Maria que Queremos Disseminar a cultura empreendedora e inovadora em Santa Maria Ações de disseminação da Cultura Empreendedora Ações de trabalho conjunto entre Universidades e Comunidade Divulgação do trabalho pelo CEI

Leia mais

São Paulo de Braços Abertos para Copa de 2014

São Paulo de Braços Abertos para Copa de 2014 São Paulo de Braços Abertos para Copa de 2014 Promoção Turística - Comitê executivo - Proposta inicial - Estrutura Turística Fecomércio 01/10/2009 Infraestrutura Comunicação Dados Comitê Integração GT

Leia mais

EDUARDO TADEU SAGGIORATO Gerente de Negócios e Operações NADSON XAVIER SOARES Gerente do Setor Público 21.02.2013

EDUARDO TADEU SAGGIORATO Gerente de Negócios e Operações NADSON XAVIER SOARES Gerente do Setor Público 21.02.2013 EDUARDO TADEU SAGGIORATO Gerente de Negócios e Operações NADSON XAVIER SOARES Gerente do Setor Público 21.02.2013 QUEM SOMOS Legal Instituição Financeira do Estado de São Paulo, vinculada a Secretaria

Leia mais

Câmara Temática de Qualificação, Voluntariado e Protocolo

Câmara Temática de Qualificação, Voluntariado e Protocolo Câmara Temática de Qualificação, Voluntariado e Protocolo Ser considerada a melhor cidade-sede da Copa 2014 quanto a participação popular e promoção de ações de desenvolvimento econômico, social e ambiental,

Leia mais

Plano Diretor de Turismo

Plano Diretor de Turismo Plano Diretor de Turismo Secretaria Especial de Turismo / Riotur Aspásia Camargo Presidente da Comissão Especial do Plano Diretor Antonio Pedro Figueira de Mello Secretário Especial de Turismo Presidente

Leia mais

SERRA DO AMOLAR. A vida que bate no lado esquerdo do Pantanal

SERRA DO AMOLAR. A vida que bate no lado esquerdo do Pantanal SERRA DO AMOLAR A vida que bate no lado esquerdo do Pantanal 2015 O CAMINHO DAS ÁGUAS Quando adentram a planície, as águas diminuem de velocidade por conta da baixa declividade e dão origem a grandes

Leia mais

Seminário Nacional Os Impactos dos Megaeventos nas Metrópoles Brasileiras. A Copa do Mundo e as Olimpíadas na Cidade do Rio de Janeiro

Seminário Nacional Os Impactos dos Megaeventos nas Metrópoles Brasileiras. A Copa do Mundo e as Olimpíadas na Cidade do Rio de Janeiro Seminário Nacional Os Impactos dos Megaeventos nas Metrópoles Brasileiras A Copa do Mundo e as Olimpíadas na Cidade do Rio de Janeiro Para além de um evento esportivo, os megaeventos Copa do Mundo e Olimpíadas

Leia mais

A REGIÃO METROPOLITA NA NA REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE CURITIBA

A REGIÃO METROPOLITA NA NA REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE CURITIBA A REGIÃO METROPOLITA NA NA REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE CURITIBA SITUAÇÃO ATUAL INTEGRAÇÃO METROPOLITANA NA LEI ORGÂNICA DE CURITIBA TÍTULO IV - DA ORDEM ECONÔMICA E SOCIAL CAPÍTULO I - DA ORDEM ECONÔMICA

Leia mais

BNDES e a Copa 2014. Rodolfo Torres. Novembro de 2011. Área de Infraestrutura Social

BNDES e a Copa 2014. Rodolfo Torres. Novembro de 2011. Área de Infraestrutura Social BNDES e a Copa 2014 Novembro de 2011 Rodolfo Torres Área de Infraestrutura Social Agenda Introdução: Eventos Esportivos no Brasil Participação do BNDES Agenda Introdução: Eventos Esportivos no Brasil Participação

Leia mais

ANEXO I ESTRUTURA ORGANIZACIONAL. 043265 R/IRio Instituto Rio 2016. 034183 Presidente DAS10.A. 043263 R/IRio/ARI Assessoria de Relações Institucionais

ANEXO I ESTRUTURA ORGANIZACIONAL. 043265 R/IRio Instituto Rio 2016. 034183 Presidente DAS10.A. 043263 R/IRio/ARI Assessoria de Relações Institucionais ANEXO I ESTRUTURA ORGANIZACIONAL 043265 R/IRio Instituto Rio 2016 034183 Presidente DAS10.A 043263 R/IRio/ARI Assessoria de Relações Institucionais 034179 Assessor Chefe DAS08 034177 Assessor III DAS07

Leia mais

1. Objetivo 2. Histórico 3. Justificativas 4. Descrição 5. Características 6. Espaço Comunitário 7. Benefícios

1. Objetivo 2. Histórico 3. Justificativas 4. Descrição 5. Características 6. Espaço Comunitário 7. Benefícios 1 1. Objetivo 2. Histórico 3. Justificativas 4. Descrição 5. Características 6. Espaço Comunitário 7. Benefícios 2 Objetivo Apoio do Governo do Estado/Municipal/Federal Petrobras - FERJ para captar patrocínio

Leia mais

As redes de proteção escolar em prol da EE Pres. Salvador Allende Grossens. DER Leste 3

As redes de proteção escolar em prol da EE Pres. Salvador Allende Grossens. DER Leste 3 As redes de proteção escolar em prol da EE Pres. Salvador Allende Grossens DER Leste 3 Gestão Regional do SPEC : Maria Helena T. Faustino Dirigente Regional Alice Venchiarutti Supervisora Álex Roberto

Leia mais

RELATÓRIO DO ENCONTRO DE PESQUISADORES ENVOLVIDOS COM INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO NA UFPEL

RELATÓRIO DO ENCONTRO DE PESQUISADORES ENVOLVIDOS COM INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO NA UFPEL RELATÓRIO DO ENCONTRO DE PESQUISADORES ENVOLVIDOS COM INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO NA UFPEL No dia 06 de fevereiro de 0, às h, reuniram-se, no Auditório do Prédio B da Epidemiologia, alguns pesquisadores

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS Mensagem nº 3, de 2013. Canoas, 25 de janeiro de 2013. A Sua Excelência o Senhor Vereador Juares Carlos Hoy Presidente da Câmara Municipal de Canoas Canoas RS Senhor Presidente, Na forma da legislação

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE URUSSANGA - PREFEITURA

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE URUSSANGA - PREFEITURA Página: 1 02 GABINETE DO PREFEITO 02.01 GABINETE DO PREFEITO 235.500,00 13.904,00 47.188,90 188.311,10 13.904,00 47.188,90 0,00 235.500,00 13.904,00 47.188,90 188.311,10 13.904,00 47.188,90 0,00 0201.04

Leia mais

ESPORTE. Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

ESPORTE. Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP ESPORTE O partido Solidariedade está atento à necessidade do esporte na vida da população. Entendemos que ele é uma importante ferramenta para retirar crianças das ruas e assim, reduzir a violência e o

Leia mais

Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria

Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria Santa Maria, 15 de Outubro de 2012 Pauta: 1) Contexto da Economia Criativa no Brasil de acordo com o Plano da Secretaria da Economia Criativa

Leia mais

Copa do Mundo FIFA 2014 Vistos

Copa do Mundo FIFA 2014 Vistos Copa do Mundo FIFA 2014 Vistos Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos Divisão de Imigração A Lei 12.663 (Lei Geral da Copa), de 05/06/2012,

Leia mais

CRIANDO OPORTUNIDADES 04 de Setembro de 2013. MINUTA GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS DECRETO Nº DE DE 2013 Sumula: Institui o Fórum Permanente de Desenvolvimento. O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, em observância

Leia mais

A ESTRELA QUE QUEREMOS. Planejamento Estratégico de Estrela

A ESTRELA QUE QUEREMOS. Planejamento Estratégico de Estrela Planejamento Estratégico de Estrela 2015 2035 O planejamento não é uma tentativa de predizer o que vai acontecer. O planejamento é um instrumento para raciocinar agora, sobre que trabalhos e ações serão

Leia mais

OBSERVATÓRIO DOS CONSÓRCIOS PÚBLICOS E DO FEDERALISMO MARÇO DE 2015

OBSERVATÓRIO DOS CONSÓRCIOS PÚBLICOS E DO FEDERALISMO MARÇO DE 2015 OBSERVATÓRIO DOS CONSÓRCIOS PÚBLICOS E DO FEDERALISMO MARÇO DE 2015 Histórico Emenda Constitucional 19/98 Artigo 241 da Constituição A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios disciplinarão

Leia mais