COMUNICADO ART 11/358 CONSOLIDADO. Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002. ( ) Conselho Fiscal

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMUNICADO ART 11/358 CONSOLIDADO. Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002. ( ) Conselho Fiscal"

Transcrição

1 COMUNICADO ART CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Art. 11 Instrução CVM nº CEMIG, Luce Empreendimentos e Participações S.A., Light S.A., CNPJ comunica que no período de a , realizou operações com valores mobiliários e derivativos, de acordo com o artigo 11 da Instrução CVM nº , sendo que possui as seguintes posições dos valores mobiliários: Grupo e (X) Conselho de Administração ( ) Conselho Fiscal ( ) Grupo de Controle ( ) Órgãos Técnicos ou Espécie Ações Ordinárias ,00 % 0,00 % Ações Ordinárias ,02% 0,02% Intermediário Operação Dia Preço Ações Ordinárias Banco Pactual Compra , Espécie Ações Ordinárias (*) 0,03% 0,03% (*) - Duas ações estão cedidas aos Conselheiros à Título Fiduciário, mediante assinatura de Ordem de Transferência de Ações (OTA), com a Companhia Energética de Minas Gerais S.A. CEMIG. COMUNICADO ART CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Art. 11 Instrução CVM nº

2 CEMIG, Luce Empreendimentos e Participações S.A., Light S.A., CNPJ comunica que no período de a , não realizou operações com valores mobiliários e derivativos, de acordo com o artigo 11 da Instrução CVM nº , sendo que possui as seguintes posições dos valores mobiliários: Grupo e ( ) Conselho de Administração ( ) Diretoria (X) Grupo de Controle ( ) Órgãos Técnicos ou Espécie Ações Ordinárias ,13% 52,13% Intermediário Operação Dia Preço Espécie Ações Ordinárias ,13% 52,13% COMUNICADO ART CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Art. 11 Instrução CVM nº CEMIG, Luce Empreendimentos e Participações S.A., Light S.A., CNPJ comunica que no

3 período de a , realizou operações com valores mobiliários e derivativos, de acordo com o artigo 11 da Instrução CVM nº , sendo que possui as seguintes posições dos valores mobiliários: Grupo e ( ) Conselho de Administração (X) Diretoria ( ) Grupo de Controle ( ) Órgãos Técnicos ou Espécie Ações Ordinárias ,02% 0,02% Intermediário Operação Dia Preço Ações Ordinárias Banco Pactual Compra , Espécie Ações Ordinárias ,03% 0,03% COMUNICADO ART CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Art. 11 Instrução CVM nº CEMIG, Luce Empreendimentos e Participações S.A., Light S.A., CNPJ comunica que no período de a , não realizou operações com valores mobiliários e derivativos, de acordo com o artigo 11 da Instrução CVM nº , sendo que possui as seguintes posições dos valores mobiliários:

4 Grupo e ( ) Conselho de Administração (X) Conselho Fiscal ( ) Grupo de Controle ( ) Órgãos Técnicos ou Espécie Ações Ordinárias ,00 0,00 OCORRIDA NO MÊS (DIA, QUANTIDADE, PREÇO E VOLUME) Característic as dos Títulos (2) Intermediário Operação Dia Preço Espécie Ações Ordinárias ,00 0,00 COMUNICADO ART CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Art. 11 Instrução CVM nº CEMIG, Luce Empreendimentos e Participações S.A., Light S.A., CNPJ comunica que no período de a , não realizou operações com valores mobiliários e derivativos, de acordo com o artigo 11 da Instrução CVM nº , sendo que não possui valores mobiliários e derivativos, de emissão da companhia, até a presente data. Grupo e ( ) Conselho de Administração ( ) Conselho Fiscal ( ) Grupo de Controle (X) Órgãos Técnicos ou

5 Espécie OCORRIDA NO MÊS (DIA, QUANTIDADE, PREÇO E VOLUME) Característic as dos Títulos (2) Intermediário Operação Dia Preço Espécie

Denominação da Companhia: Via Varejo S.A. (X) Grupo de Controle Grupo e Pessoas ( ) Conselho de Ligadas Administração

Denominação da Companhia: Via Varejo S.A. (X) Grupo de Controle Grupo e Pessoas ( ) Conselho de Ligadas Administração Negociação de Administradores e Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 Em 06/2012 não ocorreram operações com valores mobiliários e derivativos, de acordo com o artigo 11 da Instrução CVM nº 358/2002. (X) Grupo

Leia mais

FORMULÁRIO CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002

FORMULÁRIO CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 FORMULÁRIO CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 Em fevereiro de 2016, ocorreram operações com valores mobiliários e derivativos, de acordo com o artigo 11 da Instrução

Leia mais

FORMULÁRIO CONSOLIDADO TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002

FORMULÁRIO CONSOLIDADO TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 FORMULÁRIO CONSOLIDADO TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. Negociação de Administradores e Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 Em junho de 2003 não ocorreram operações com valores mobiliários e derivativos,

Leia mais

FORMULÁRIO CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002

FORMULÁRIO CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 Negociação de Administradores e Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 Denominação da Companhia: KLABIN S.A (X) Controladores ( ) Diretoria ( ) Conselho Fiscal ( ) Órgãos Técnicos ou Ações Ordinárias Nominativas

Leia mais

Nome Qualificação Nacionalidade CPF/Passaporte

Nome Qualificação Nacionalidade CPF/Passaporte Titularidade de es Mobiliários de Administrador e Pessoas Ligadas Os Administradores e Pessoas Ligadas, abaixo relacionados, não efetuaram nos últimos 31 dias (maio de 2015) negociação com valores mobiliários

Leia mais

FORMULÁRIO CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 e 12e 12 Instrução CVM nº 358/2002

FORMULÁRIO CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 e 12e 12 Instrução CVM nº 358/2002 Negociação de Administradores e Art. 11 e 12e 12 Instrução CVM nº (X) Conselho de Órgãos Negociação de Administradores e Art. 11 e 12 Instrução CVM nº (X) Conselho de Órgãos Negociação de Administradores

Leia mais

Instrução CVM 358 FORMULÁRIO INDIVIDUAL. Negociação da Companhia, Controladas e Coligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002

Instrução CVM 358 FORMULÁRIO INDIVIDUAL. Negociação da Companhia, Controladas e Coligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 (X) não foram realizadas operações com valores mobiliários e derivativos, de acordo com o artigo 11 da Instrução Nome: Estácio Participações S.A. CNPJ/MF: 148.080.298-04 Qualificação: Companhia Ação Ordinária

Leia mais

Denominação da Companhia: Companhia Brasileira de Distribuição Grupo Pão de Açúcar. Intermediário Operação Dia Quantidade Preço (em R$)

Denominação da Companhia: Companhia Brasileira de Distribuição Grupo Pão de Açúcar. Intermediário Operação Dia Quantidade Preço (em R$) Negciaçã de Administradres e Art. 11 Instruçã CVM nº 358/2002 Em 06/2012 crreram smente as seguintes perações cm valres mbiliáris e derivativs, de acrd cm artig 11 da Instruçã CVM nº 358/2002. ( ) Cnselh

Leia mais

FORMULÁRIO CONSOLIDADO. Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002

FORMULÁRIO CONSOLIDADO. Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 FORMULÁRIO CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 Em [08/2011] ocorreram somente as seguintes operações com valores mobiliários e derivativos, de acordo com o artigo

Leia mais

CONSTRUTORA ATERPA M. MARTINS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures

CONSTRUTORA ATERPA M. MARTINS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures CONSTRUTORA ATERPA M. MARTINS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Construtora Aterpa M. Martins S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

IOCHPE-MAXION S.A. CNPJ/MF / NIRE Companhia Aberta

IOCHPE-MAXION S.A. CNPJ/MF / NIRE Companhia Aberta IOCHPE-MAXION S.A. CNPJ/MF 61.156.113/0001-75 NIRE 35.300.014.022 Companhia Aberta ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 12 SETEMBRO DE 2016 1. Data, Hora e Local: Ao 12 dias do mês

Leia mais

A ORGANIZAÇÃO DA AGO. PABLO RENTERIA Diretor da CVM. Fevereiro/2016

A ORGANIZAÇÃO DA AGO. PABLO RENTERIA Diretor da CVM. Fevereiro/2016 A ORGANIZAÇÃO DA AGO PABLO RENTERIA Diretor da CVM Fevereiro/2016 Ressalto que as opiniões que expressarei aqui hoje refletem exclusivamente a minha visão e não necessariamente a da CVM como instituição

Leia mais

Comissão de Valores Mobiliários

Comissão de Valores Mobiliários Comissão de Valores Mobiliários A informação nas Companhias Abertas Sigilo e Divulgação Maio/2015 Ressalto que as opiniões que expressarei aqui hoje refletem exclusivamente a minha visão e não necessariamente

Leia mais

COMUNICADO ART 11/358 CONSOLIDADO. Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002

COMUNICADO ART 11/358 CONSOLIDADO. Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 Negociação de Administradores e Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 No período de 31/07/2009 a 31/08/2009, não ocorreram operações com valores mobiliários e derivativos, de acordo com o Artigo 11 da Instrução

Leia mais

POL-006 Política de Investimentos Pessoais

POL-006 Política de Investimentos Pessoais POL-006 Política de Investimentos Pessoais POL-006 Política de Investimentos Pessoais (versão 01/2016) Sumário 1. Objetivo... 1 2. Âmbito de Aplicação... 1 3. Considerações Gerais... 1 4. Vínculos... 1

Leia mais

Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários

Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários (Revisão: Junho 2016) Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Grupo Stratus:... 3 1.2. Atividades do Grupo Stratus:... 3 1.3. A Política:... 3 1.4. Conhecimento

Leia mais

1 - Práticas de Governança Corporativa Diferenciadas Nível 1

1 - Práticas de Governança Corporativa Diferenciadas Nível 1 1 - Práticas de Governança Corporativa Diferenciadas Nível 1 Em atendimento ao Regulamento de Práticas de Governança Corporativa Diferenciadas Nível 1, demonstramos, a seguir, a posição acionária dos detentores

Leia mais

ENEVA S/A / OUTRAS INFORMAÇÕES QUE A COMPANHIA ENTENDA RELEVANTES

ENEVA S/A / OUTRAS INFORMAÇÕES QUE A COMPANHIA ENTENDA RELEVANTES Conforme disposto no Estatuto Social da Companhia, ela própria, seus acionistas e administradores obrigam-se a resolver por meio de arbitragem toda e qualquer disputa ou controvérsia que possa surgir entre

Leia mais

Assembleia Geral Extraordinária. Seiva S.A. Florestas e Indústrias

Assembleia Geral Extraordinária. Seiva S.A. Florestas e Indústrias Assembleia Geral Extraordinária Seiva S.A. Florestas e Indústrias ÍNDICE Proposta da Administração 2 Informações sobre a operação a ser realizada com Parte Relacionada (Art. 8º - Instrução CVM nº 481)

Leia mais

ANEXO II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO ANEXO 9-1-II DA INSTRUÇÃO CVM Nº. 481/ (R$) ,29

ANEXO II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO ANEXO 9-1-II DA INSTRUÇÃO CVM Nº. 481/ (R$) ,29 ANEXO II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO ANEXO 9-1-II DA INSTRUÇÃO CVM Nº. 481/2009 1. Informar o lucro líquido do exercício. (R$) 864.940.364,29 2. Informar o montante global e o valor por ação dos dividendos,

Leia mais

SMILES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF nº / NIRE

SMILES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF nº / NIRE SMILES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF nº 15.912.764/0001-20 NIRE 35.300.439.490 COMUNICAÇÃO SOBRE TRANSAÇÃO ENTRE PARTES RELACIONADAS OCORRIDA EM 26 DE FEVEREIRO DE 2016 ANEXO 30-XXXIII da Instrução CVM

Leia mais

COMUNICADO AOS CLIENTES Nº. 12/16 TRIBUTÁRIO Instrução Normativa nº /16 Mudanças na inscrição no CNPJ Beneficiários Finais

COMUNICADO AOS CLIENTES Nº. 12/16 TRIBUTÁRIO Instrução Normativa nº /16 Mudanças na inscrição no CNPJ Beneficiários Finais COMUNICADO AOS CLIENTES Nº. 12/16 TRIBUTÁRIO 10.5.2016 Instrução Normativa nº. 1.634/16 Mudanças na inscrição no CNPJ Beneficiários Finais Foi publicada no Diário Oficial da União a Instrução Normativa

Leia mais

BHG S.A. BRAZIL HOSPITALITY GROUP CNPJ nº 08.723.106/0001-25

BHG S.A. BRAZIL HOSPITALITY GROUP CNPJ nº 08.723.106/0001-25 BHG S.A. BRAZIL HOSPITALITY GROUP CNPJ nº 08.723.106/0001-25 FORMULÁRIO CONSOLIDADO Nos termos do Artigo 11 da Instrução CVM nº 358/2002, entre 01.01.2012 e 31.01.2012 não foram realizadas operações com

Leia mais

ENEVA S/A /

ENEVA S/A / Conforme disposto no Estatuto Social da Companhia, ela própria, seus acionistas e administradores obrigam-se a resolver por meio de arbitragem toda e qualquer disputa ou controvérsia que possa surgir entre

Leia mais

CETIP S.A. BALCÃO ORGANIZADO DE ATIVOS E DERIVATIVOS CNPJ nº / NIRE

CETIP S.A. BALCÃO ORGANIZADO DE ATIVOS E DERIVATIVOS CNPJ nº / NIRE Ata da Reunião Extraordinária do Conselho de Administração nº 09/A/2011, de 10 de agosto de 2011, nº 1 CETIP S.A. BALCÃO ORGANIZADO DE ATIVOS E DERIVATIVOS CNPJ nº 09.358.105/0001-91 NIRE 33.300.285.601

Leia mais

COMUNICADO ART 11/358 CONSOLIDADO. Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002

COMUNICADO ART 11/358 CONSOLIDADO. Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 No período 30/06/2011 a 31/07/2011, ocorreram operações com valores mobiliários e derivativos, de acordo com o Artigo 11 da Instrução CVM nº 358/2002. ( ) Conselho de Administração ( ) Diretoria ( ) Conselho

Leia mais

UNIDAS S.A. Companhia Aberta CNPJ n / NIRE n Rua Cincinato Braga nº 388, Bela Vista CEP São Paulo - SP

UNIDAS S.A. Companhia Aberta CNPJ n / NIRE n Rua Cincinato Braga nº 388, Bela Vista CEP São Paulo - SP UNIDAS S.A. Companhia Aberta CNPJ n. 04.437.534/0001-30 NIRE n 35.300.186.281 Rua Cincinato Braga nº 388, Bela Vista CEP 01333-010 - São Paulo - SP COMUNICADO AO MERCADO ALIENAÇÃO / AQUISIÇÃO DE PARTICIPAÇÃO

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA LINX S.A. I. PROPÓSITO

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA LINX S.A. I. PROPÓSITO POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA LINX S.A. I. PROPÓSITO Esta Política de Negociação de Valores Mobiliários de Emissão da LINX S.A. ( Companhia ), nos termos da Instrução CVM

Leia mais

ÉVORA SA CNPJ nº / NIRE Capital Aberto. Ata de Reunião do Conselho de Administração

ÉVORA SA CNPJ nº / NIRE Capital Aberto. Ata de Reunião do Conselho de Administração ÉVORA SA CNPJ nº 91.820.068/0001-72 NIRE 43.300.028.593 Capital Aberto Ata de Reunião do Conselho de Administração Data, hora e local: aos 3 dias do mês de fevereiro do ano de 2016, às 17:00 horas, na

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ Harpia Ômega Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ Harpia Ômega Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

INBRANDS S.A. CNPJ/MF Nº / NIRE Ata de Assembleia Geral de Debenturistas realizada em 27 de julho de 2012

INBRANDS S.A. CNPJ/MF Nº / NIRE Ata de Assembleia Geral de Debenturistas realizada em 27 de julho de 2012 INBRANDS S.A. CNPJ/MF Nº 09.054.385/0001-44 NIRE 35.300.362.870 Ata de Assembleia Geral de Debenturistas realizada em 27 de julho de 2012 Data, Hora e Local: Realizada em 27 de julho de 2012, às 9h00 horas,

Leia mais

MMX MINERAÇÃO E METÁLICOS S.A. CNPJ/MF n / NIRE Companhia Aberta

MMX MINERAÇÃO E METÁLICOS S.A. CNPJ/MF n / NIRE Companhia Aberta MMX MINERAÇÃO E METÁLICOS S.A. CNPJ/MF n 02.762.115/0001-49 NIRE 3.33.002.6111-7 Companhia Aberta ANEXO 14 DA INSTRUÇÃO CVM 481/2009 AUMENTO DE CAPITAL Em conformidade com o artigo 14 da Instrução CVM

Leia mais

MINASMÁQUINAS S/A (AGE convocada para 03/09/2012)

MINASMÁQUINAS S/A (AGE convocada para 03/09/2012) MINASMÁQUINAS S/A CNPJ/MF: 17.161.241/0001-15 NIRE: 31300041727 Companhia Aberta Código CVM: 8818 MINASMÁQUINAS S/A (AGE convocada para 03/09/2012) Eleição de 01 (um) membro para compor o Conselho de Administração,

Leia mais

FORMULÁRIO CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas - Art. 11 - Instrução CVM nº 358/2002

FORMULÁRIO CONSOLIDADO Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas - Art. 11 - Instrução CVM nº 358/2002 Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 ( X ) não foram realizadas operações com valores mobiliários e derivativos, de acordo com o artigo 11 da Instrução CVM

Leia mais

BB SEGURIDADE PARTICIPAÇÕES S.A. (subsidiária integral do Banco do Brasil S.A.)

BB SEGURIDADE PARTICIPAÇÕES S.A. (subsidiária integral do Banco do Brasil S.A.) BB SEGURIDADE PARTICIPAÇÕES S.A. (subsidiária integral do Banco do Brasil S.A.) ATA DAS ASSEMBLEIAS GERAIS EXTRAORDINÁRIA E ORDINÁRIA REALIZADA EM 22 DE FEVEREIRO DE 2013 I. DATA, HORA E LOCAL: Em 22 de

Leia mais

Fato Relevante. Por meio do referido Termo de Compromisso, as Partes concordaram em:

Fato Relevante. Por meio do referido Termo de Compromisso, as Partes concordaram em: Fato Relevante A Transmissora Aliança de Energia Elétrica S.A. ( Companhia, Taesa ) vem, com base no 4 do art. 157 da Lei n 6.404/76 e na Instrução CVM n 358/02, comunicar aos seus acionistas, ao mercado

Leia mais

À CVM Comissão de Valores Mobiliários Superintendência de Acompanhamento de Investidores Institucionais

À CVM Comissão de Valores Mobiliários Superintendência de Acompanhamento de Investidores Institucionais São Paulo, 26 de março de 2012 À CVM Comissão de Valores Mobiliários Superintendência de Acompanhamento de Investidores Institucionais Ref.: Informe Trimestral do Fundo de Investimento do Fundo de Garantia

Leia mais

INSTRUÇÃO CVM Nº 547, DE 5 DE FEVEREIRO DE 2014

INSTRUÇÃO CVM Nº 547, DE 5 DE FEVEREIRO DE 2014 Altera dispositivos da Instrução CVM nº 358, de 3 de janeiro de 2002, e da Instrução CVM nº 480, de 7 de dezembro de 2009. O PRESIDENTE DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS - CVM torna público que o Colegiado,

Leia mais

COMUNICADO ART 11/358 CONSOLIDADO

COMUNICADO ART 11/358 CONSOLIDADO No período de 30/09/2008 a 31/10/2008, não ocorreram operações com valores mobiliários e ( ) Conselho de Administração ( ) Diretoria ( ) Conselho Fiscal (X ) CONTROLADORES ( ) Órgãos Técnicos ou Ações

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE. 4ª Emissão Pública de Debêntures

COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE. 4ª Emissão Pública de Debêntures COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Companhia Energética de Pernambuco - CELPE 4ª Emissão Pública de Debêntures

Leia mais

COMUNICADO AO MERCADO

COMUNICADO AO MERCADO COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO - SABESP COMPANHIA ABERTA CNPJ 43.776.517/0001-80 NIRE 35300016831 COMUNICADO AO MERCADO Esclarecimentos sobre o Ofício nº 235/2016- CVM/SEP/GEA-2

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE AÇÕES COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO COMGÁS

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE AÇÕES COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO COMGÁS POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE AÇÕES DA COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO COMGÁS ÍNDICE I - Definições Aplicáveis... 3 II - Propósito e Abrangência... 4 III - Princípios... 5 IV - Objetivo... 5 V - Adesão... 6

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA UNIDAS S.A. CAPÍTULO I OBJETO CAPÍTULO II DEFINIÇÕES

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA UNIDAS S.A. CAPÍTULO I OBJETO CAPÍTULO II DEFINIÇÕES POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA UNIDAS S.A. CAPÍTULO I OBJETO Cláusula 1.1 Objeto. Esta Política de Negociação de Valores Mobiliários de Emissão da UNIDAS S.A. ( Companhia )

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS E NEGOCIAÇÃO COM VALORES MOBILIÁRIOS SUMÁRIO

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS E NEGOCIAÇÃO COM VALORES MOBILIÁRIOS SUMÁRIO POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS E NEGOCIAÇÃO COM VALORES MOBILIÁRIOS SUMÁRIO I - Objetivo... 2 II - Aplicação... 2 III - Regras de Conduta... 3 IV - Disposições Gerais... 6 ANEXO A - Declaração Anual

Leia mais

DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO. - Exercício Srs. Acionistas,

DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO. - Exercício Srs. Acionistas, DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO - Exercício 2012 Srs. Acionistas, Consoante as disposições da Lei 6.404, de 15.12.1976, e o Estatuto do Banco, apresento à deliberação desta Assembleia a destinação do Lucro

Leia mais

AES TIETÊ ENERGIA S.A. 4ª Emissão de Debêntures. 1ª, 2ª e 3ª Séries. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

AES TIETÊ ENERGIA S.A. 4ª Emissão de Debêntures. 1ª, 2ª e 3ª Séries. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 AES TIETÊ ENERGIA S.A. 4ª Emissão de Debêntures 1ª, 2ª e 3ª Séries Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE

Leia mais

Formulário Cadastral COSAN LOGISTICA S.A. Versão : 2. Dados gerais 1. Endereço 2. Valores mobiliários 3. Auditor 4. Escriturador de ações 5

Formulário Cadastral COSAN LOGISTICA S.A. Versão : 2. Dados gerais 1. Endereço 2. Valores mobiliários 3. Auditor 4. Escriturador de ações 5 Índice Dados Cadastrais Dados gerais 1 Endereço 2 Valores mobiliários 3 Auditor 4 Escriturador de ações 5 DRI ou pessoa equiparada 6 Departamento de acionistas 7 1. Dados gerais Nome empresarial Data de

Leia mais

CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. 3ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014

CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. 3ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. 3ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2015. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

ANÚNCIO DE ENCERRAMENTO DA 2ª EMISSÃO DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES DA

ANÚNCIO DE ENCERRAMENTO DA 2ª EMISSÃO DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES DA ANÚNCIO DE ENCERRAMENTO DA 2ª EMISSÃO DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES DA TRIÂNGULO DO SOL AUTO-ESTRADAS S.A. Companhia Aberta CVM nº 2306-0 CNPJ nº 02.509.186/0001-34 NIRE 35.300.155.203

Leia mais

TPI TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015

TPI TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 TPI TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

MAESTRO LOCADORA DE VEÍCULOS S.A. NIRE CNPJ/MF nº / POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS

MAESTRO LOCADORA DE VEÍCULOS S.A. NIRE CNPJ/MF nº / POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS MAESTRO LOCADORA DE VEÍCULOS S.A. NIRE 35.300.414.284 CNPJ/MF nº 08.795.211/0001-70 POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS I. DEFINIÇÕES E ADESÃO 1.1. As definições utilizadas nesta Política de

Leia mais

RUMO LOGÍSTICA OPERADORA MULTIMODAL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF nº / NIRE AVISO AOS ACIONISTAS

RUMO LOGÍSTICA OPERADORA MULTIMODAL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF nº / NIRE AVISO AOS ACIONISTAS RUMO LOGÍSTICA OPERADORA MULTIMODAL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF nº 71.550.388/0001-42 NIRE 35.300.170.865 AVISO AOS ACIONISTAS Nos termos da Instrução da Comissão de Valores Mobiliários

Leia mais

OAS S.A. - em Recuperação Judicial (nova denominação da OAS Engenharia e Participações S.A.) 3ª Emissão Pública de Debêntures

OAS S.A. - em Recuperação Judicial (nova denominação da OAS Engenharia e Participações S.A.) 3ª Emissão Pública de Debêntures OAS S.A. - em Recuperação Judicial (nova denominação da OAS Engenharia e Participações S.A.) 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 OAS S.A. em Recuperação

Leia mais

São Paulo, 12 de dezembro de 2012.

São Paulo, 12 de dezembro de 2012. São Paulo, 12 de dezembro de 2012. Ref.: Ratificação da aprovação da anuência do Fundo de Investimento Imobiliário FII Ancar IC em relação à doação de área do empreendimento CenterVale Shopping para Prefeitura

Leia mais

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas)

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas) 1. Contexto operacional O CLUBE DE INVESTIMENTO INVEST TRADE ( Clube ) constituído por número limitado de cotistas que tem por objetivo a aplicação de recursos financeiros próprios para a constituição,

Leia mais

2. APRESENTAÇÃO E ELABORAÇÃO DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS Apresentação das informações contábeis intermediárias individuais

2. APRESENTAÇÃO E ELABORAÇÃO DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS Apresentação das informações contábeis intermediárias individuais TEREOS INTERNACIONAL S.A. NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS INTERMEDIÁRIAS INDIVIDUAIS PARA O PERIODO DE NOVE MESES FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 (Valores expressos em milhões de reais

Leia mais

POLÍTICA DE TRANSAÇÕES COM PARTES RELACIONADAS BB SEGURIDADE PARTICIPAÇÕES S.A.

POLÍTICA DE TRANSAÇÕES COM PARTES RELACIONADAS BB SEGURIDADE PARTICIPAÇÕES S.A. POLÍTICA DE TRANSAÇÕES COM PARTES RELACIONADAS BB SEGURIDADE PARTICIPAÇÕES S.A. 23.1.2015 1. OBJETIVO 1.1 A presente Política de Transações com Partes Relacionadas da BB Seguridade Participações S.A. (

Leia mais

Política de Partes Relacionadas

Política de Partes Relacionadas Política de Partes Relacionadas SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 A QUEM SE APLICA... 3 3 DEFINIÇÃO DE TRANSAÇÕES COM PARTES RELACIONADAS... 3 4 DEFINIÇÃO DE PARTES RELACIONADAS... 4 5 DEFINIÇÃO DE SITUAÇÕES

Leia mais

PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS

PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS 2ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2003 PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS 2ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente

Leia mais

ISEC SECURITIZADORA S.A. 2ª. SÉRIE da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013

ISEC SECURITIZADORA S.A. 2ª. SÉRIE da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 ISEC SECURITIZADORA S.A. 2ª. SÉRIE da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores

Leia mais

ALLPARK EMPREENDIMENTOS, PARTICIPAÇÕES E SERVIÇOS S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2010.

ALLPARK EMPREENDIMENTOS, PARTICIPAÇÕES E SERVIÇOS S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2010. ALLPARK EMPREENDIMENTOS, PARTICIPAÇÕES E SERVIÇOS S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2010. Rio de janeiro, 29 de Abril, 2011. Prezados Senhores Debenturistas,

Leia mais

CIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA BAHIA - COELBA 6ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013

CIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA BAHIA - COELBA 6ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 CIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA BAHIA - COELBA 6ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores Debenturistas,

Leia mais

RENOVA ENERGIA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF / NIRE AVISO AOS ACIONISTAS

RENOVA ENERGIA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF / NIRE AVISO AOS ACIONISTAS RENOVA ENERGIA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF 08.534.605/0001-74 NIRE 35.300.358.295 AVISO AOS ACIONISTAS RENOVA ENERGIA S.A. ( Companhia ) em cumprimento ao disposto na Instrução CVM nº 358/02, comunica

Leia mais

ALLPARK EMPREENDIMENTOS, PARTICIPAÇÕES E SERVIÇOS S.A. 6ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015

ALLPARK EMPREENDIMENTOS, PARTICIPAÇÕES E SERVIÇOS S.A. 6ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 ALLPARK EMPREENDIMENTOS, PARTICIPAÇÕES E SERVIÇOS S.A. 6ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas,

Leia mais

Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista - CTEEP. Laudo de Avaliação das Ações da CTEEP TRPL4 e TRPL3

Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista - CTEEP. Laudo de Avaliação das Ações da CTEEP TRPL4 e TRPL3 Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista - CTEEP Laudo de Avaliação das Ações da CTEEP TRPL4 e TRPL3 Índice 1. Apresentação...3 2. Objetivo do Laudo...3 3. Metodologia...3 4. Premissas...4

Leia mais

PARTE GERAL CONTRATO DE SOCIEDADE

PARTE GERAL CONTRATO DE SOCIEDADE PARTE GERAL CONTRATO DE SOCIEDADE 1 CONTRATO DE SOCIEDADE 1 Elementos contratuais 2 Sociedades simples e empresárias 3 Sociedades não personificadas 4 Sociedade em comum 4.1 Patrimônio social e responsabilidade

Leia mais

ORDEM DO DIA: Eleição de membro efetivo do Conselho de Administração, por indicação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

ORDEM DO DIA: Eleição de membro efetivo do Conselho de Administração, por indicação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO AGE Em, 06 de agosto de 2015. ORDEM DO DIA: Eleição de membro efetivo do Conselho de Administração, por indicação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. - INFORMAÇÕES

Leia mais

INFORME TRIMESTRAL Capitânia Securities II FII

INFORME TRIMESTRAL Capitânia Securities II FII INFORME TRIMESTRAL Capitânia Securities II FII Nome do Fundo: Capitânia Securities II FII Público Alvo (Investidores em geral, Investidor Qualificado ou Profissional): Qualificado e Profissional CNPJ do

Leia mais

Mercado de Capitais. Mercado financeiro. Professor: Msc. Roberto César

Mercado de Capitais. Mercado financeiro. Professor: Msc. Roberto César Mercado de Capitais Mercado financeiro Professor: Msc. Roberto César Tipos de Mercado Comissão de Valores Mobiliários, 2013, p.15 Mercado de Crédito É o segmento do mercado financeiro onde as instituições

Leia mais

Assembleia Geral Extraordinária da Transmissora Aliança de Energia Elétrica convocada para o dia. 21 de novembro de Proposta da Administração

Assembleia Geral Extraordinária da Transmissora Aliança de Energia Elétrica convocada para o dia. 21 de novembro de Proposta da Administração Assembleia Geral Extraordinária da Transmissora Aliança de Energia Elétrica convocada para o dia Proposta da Administração (i) Eleição de um membro titular e dois membros suplentes para o Conselho de Administração

Leia mais

AREZZO INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. (Companhia Aberta) CNPJ/MF nº / NIRE AVISO AOS ACIONISTAS

AREZZO INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. (Companhia Aberta) CNPJ/MF nº / NIRE AVISO AOS ACIONISTAS AREZZO INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. (Companhia Aberta) CNPJ/MF nº 16.590.234/0001-76 NIRE 31.300.025.91-8 AVISO AOS ACIONISTAS AREZZO INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. ( Companhia ), COMUNICA aos seus acionistas

Leia mais

)2508/È5,2&2162/,'$'2

)2508/È5,2&2162/,'$'2 Não foram realizadas operações com valores mobiliários e derivativos, de acordo com o artigo 11 da instrução CVM nº 358/22, sendo que possuo as seguintes posições dos valores mobiliários e derivativos.

Leia mais

INSTRUÇÃO CVM Nº 548, DE 6 DE MAIO DE 2014

INSTRUÇÃO CVM Nº 548, DE 6 DE MAIO DE 2014 Altera, acrescenta e revoga dispositivos da Instrução CVM nº 400, de 29 de dezembro de 2003. O PRESIDENTE DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS - CVM torna público que o Colegiado, em reunião realizada em

Leia mais

POLÍTICAS DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS POR ADMINISTRADORES, EMPREGADOS E COLABORADORES

POLÍTICAS DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS POR ADMINISTRADORES, EMPREGADOS E COLABORADORES POLÍTICAS DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS POR ADMINISTRADORES, EMPREGADOS E COLABORADORES Última atualização: 20/06/2016 A reprodução e a distribuição deste Manual fora do MODAL sem a devida autorização

Leia mais

Energisa S.A. Titularidade de Valores Mobiliários de Administrador e Pessoas Ligadas Instrução CVM 358/2002 Formulário Consolidado

Energisa S.A. Titularidade de Valores Mobiliários de Administrador e Pessoas Ligadas Instrução CVM 358/2002 Formulário Consolidado Titularidade de es Mobiliários de Administrador e Pessoas Dos Administradores e Pessoas, abaixo relacionados, um efetuou, nos últimos 30 dias (junho de 2009), negociação com valores mobiliários de emissão

Leia mais

POLÍTICA PARA TRANSAÇÕES COM PARTES RELACIONADAS E DEMAIS SITUAÇÕES ENVOLVENDO CONFLITO DE INTERESSES

POLÍTICA PARA TRANSAÇÕES COM PARTES RELACIONADAS E DEMAIS SITUAÇÕES ENVOLVENDO CONFLITO DE INTERESSES POLÍTICA PARA TRANSAÇÕES COM PARTES RELACIONADAS E DEMAIS SITUAÇÕES ENVOLVENDO CONFLITO DE INTERESSES Cielo S.A. 1. Objetivo: 1.1. A presente Política de Transações com Partes Relacionadas e Demais Situações

Leia mais

PERDIGÃO S.A. Companhia Aberta de capital autorizado CNPJ n / Av. Escola Politécnica, n.º 760 São Paulo SP FATO RELEVANTE

PERDIGÃO S.A. Companhia Aberta de capital autorizado CNPJ n / Av. Escola Politécnica, n.º 760 São Paulo SP FATO RELEVANTE PERDIGÃO S.A. Companhia Aberta de capital autorizado CNPJ n 01.838.723/0001-27 Av. Escola Politécnica, n.º 760 São Paulo SP FATO RELEVANTE A administração da PERDIGÃO S.A. ( PERDIGÃO Bovespa: PRGA3; NYSE:

Leia mais

Santo André > Av. Industrial, Bairro Jardim (11) Santos > Av. Conselheiro Nébias, 159 (13)

Santo André > Av. Industrial, Bairro Jardim (11) Santos > Av. Conselheiro Nébias, 159 (13) DIREITO E MERCADO FINANCEIRO: OPERAÇÕES BANCÁRIAS E MERCADO DE CAPITAIS OBJETIVOS: O curso busca fornecer embasamento ao profissional jurídico que pretenda atuar na área do Mercado Financeiro (operações

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL EXERCÍCIO CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. - CEMIG GT 1ª Emissão de Debêntures Simples

RELATÓRIO ANUAL EXERCÍCIO CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. - CEMIG GT 1ª Emissão de Debêntures Simples RELATÓRIO ANUAL EXERCÍCIO 2011 CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. - CEMIG GT 1ª Emissão de Debêntures Simples ÍNDICE CARACTERIZAÇÃO DA EMISSORA...3 CARACTERÍSTICAS DAS DEBÊNTURES...3 DESTINAÇÃO DE RECURSOS...6

Leia mais

MENDES JUNIOR ENGENHARIA S/A 8ª Emissão de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

MENDES JUNIOR ENGENHARIA S/A 8ª Emissão de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 MENDES JUNIOR ENGENHARIA S/A 8ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE MENDES JUNIOR

Leia mais

COMUNICADO ART 11/358 CONSOLIDADO. Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002

COMUNICADO ART 11/358 CONSOLIDADO. Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas Art. 11 Instrução CVM nº 358/2002 No período de 01/09/2015 a 30/09/2015, ocorreram operações com valores mobiliários e derivativos, de acordo com o Artigo 11 da Instrução CVM nº ( ) Conselho de Administração ( ) Diretoria ( ) Conselho

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ Harpia Ômega Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ Harpia Ômega Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Fluxo de Caixa 5 Demonstração das Mutações

Leia mais

INBRANDS S.A. CNPJ/MF Nº / NIRE

INBRANDS S.A. CNPJ/MF Nº / NIRE INBRANDS S.A. CNPJ/MF Nº 09.054.385/0001-44 NIRE 35.300.362.870 Ata de Assembleia Geral de Debenturistas Realizada em 26 de junho de 2012 às 9:00 horas Data, Hora e Local: Realizada em 26 de junho de 2012,

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ BPMB I Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ BPMB I Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

PDG REALTY S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES CNPJ nº / NIRE FATO RELEVANTE

PDG REALTY S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES CNPJ nº / NIRE FATO RELEVANTE PDG REALTY S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES CNPJ nº 02.950.811/0001-89 NIRE 35.3.0015895.4 FATO RELEVANTE A PDG Realty S.A. Empreendimentos e Participações, companhia de capital aberto cujas ações

Leia mais

Consulta Pública de Lâmina de Fundo

Consulta Pública de Lâmina de Fundo Consulta Pública de Lâmina de Fundo Atenção: Estas informações tem por base os documentos enviados à CVM pelas Instituições Administradoras dos Fundos de Investimento e são de exclusiva responsabilidade

Leia mais

Formulário Cadastral CIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE Versão : 3. Dados gerais 1. Endereço 2. Valores mobiliários 3.

Formulário Cadastral CIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE Versão : 3. Dados gerais 1. Endereço 2. Valores mobiliários 3. Índice Dados Cadastrais Dados gerais 1 Endereço 2 Valores mobiliários 3 Auditor 4 Escriturador de ações 5 DRI ou pessoa equiparada 6 Departamento de acionistas 7 1. Dados gerais Nome empresarial Data de

Leia mais

Telemar Norte Leste S.A.

Telemar Norte Leste S.A. Telemar Norte Leste S.A. Laudo de relação entre o preço da ação ordinária da Brasil Telecom Participações S.A. (BRTP3), acordado no Contrato de Compra e Venda do controle acionário indireto pela Telemar

Leia mais

DOM BOSCO PIRACICABA ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

DOM BOSCO PIRACICABA ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS DOM BOSCO PIRACICABA ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS José Antonio de Souza Analista de Mercado de Capitais Gerência de Acompanhamento de Mercado-2 (GMA-2) Superintendência de

Leia mais

BK BRASIL OPERAÇÃO E ASSESSORIA A RESTAURANTES S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015

BK BRASIL OPERAÇÃO E ASSESSORIA A RESTAURANTES S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 BK BRASIL OPERAÇÃO E ASSESSORIA A RESTAURANTES S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas,

Leia mais

ODONTOPREV S.A. Senhores Acionistas,

ODONTOPREV S.A. Senhores Acionistas, ODONTOPREV S.A. Proposta de Destinação do Lucro Líquido do Exercício - Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária a ser realizada em 25/03/2010 (art. 9º da Instrução CVM 481/2009) Senhores Acionistas,

Leia mais

DECLARAÇÃO CAUC Anexo 1 QUANTO À DÍVIDA CONSOLIDADA E MOBILIÁRA

DECLARAÇÃO CAUC Anexo 1 QUANTO À DÍVIDA CONSOLIDADA E MOBILIÁRA DECLARAÇÃO CAUC Anexo 1 QUANTO À DÍVIDA CONSOLIDADA E MOBILIÁRA O Município de (Nome do Município), CNPJ nº. 00.000.000/0000-00, representado nesta declaração por (Nome do Representante), CPF nº. 000.000.000-

Leia mais

c. Principais indicadores de desempenho que são levados em consideração na determinação de cada elemento da remuneração

c. Principais indicadores de desempenho que são levados em consideração na determinação de cada elemento da remuneração ITEM 13 - REMUNERAÇÃO DOS ADMINISTRADORES 13.1. Descrição da política ou prática de remuneração do conselho de administração, da diretoria estatutária e não estatutária, do conselho fiscal, dos comitês

Leia mais

BR MALLS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ nº / Companhia Aberta

BR MALLS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ nº / Companhia Aberta BR MALLS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ nº 06.977.745/0001-91 Companhia Aberta ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO, REALIZADA EM 27 DE FEVEREIRO DE 2008. 1. Data, Hora e Local: No dia 27 de fevereiro

Leia mais

O ÍNDICE I) CARACTERÍSTICAS GERAIS

O ÍNDICE I) CARACTERÍSTICAS GERAIS O ÍNDICE I) CARACTERÍSTICAS GERAIS O índice BM&FBovespa Small Cap, registrado sob o código ISIN BRSMLLINDM18, é um índice de mercado que mede o retorno de um investimento em uma carteira teórica composta

Leia mais

MAUÁ CAPITAL INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIAS ( POLÍTICA DE VOTO )

MAUÁ CAPITAL INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIAS ( POLÍTICA DE VOTO ) MAUÁ CAPITAL INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIAS ( POLÍTICA DE VOTO ) MAIO 2016 OBJETO O presente documento tem por objetivo estabelecer os princípios,

Leia mais

FORMULÁRIO CADASTRAL

FORMULÁRIO CADASTRAL FORMULÁRIO CADASTRAL Tereos Internacional S.A. Companhia de Capital Autorizado CNPJ/MF 11.566.501/0001-56 Avenida Brigadeiro Faria Lima, 201, 11 andar CEP 05426-100, Cidade de São Paulo, Estado de São

Leia mais

4 NORMAS DE AUDITORIA

4 NORMAS DE AUDITORIA 4.10 Quadro de normas de contabilidade/auditoria/perícia e profissional A relação abaixo foi extraída do livro eletrônico publicado pelo CFC cujo título é: Princípios Fundamentais e Normas Brasileiras

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA S.A. FÁBRICA DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS VIGOR PELA VIGOR ALIMENTOS S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA S.A. FÁBRICA DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS VIGOR PELA VIGOR ALIMENTOS S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA S.A. FÁBRICA DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS VIGOR PELA VIGOR ALIMENTOS S.A. Pelo presente instrumento particular, os administradores das partes abaixo qualificadas:

Leia mais