Os corredores são amplos e medem em sua totalidade m², possuem bebedouros com água filtrada e gelada.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Os corredores são amplos e medem em sua totalidade m², possuem bebedouros com água filtrada e gelada."

Transcrição

1 A Sociedade Educacional do Centro Oeste SOECO mantenedora da Faculdade de Chapadão do Sul FACHASUL segue o planejamento de construção e ampliação das instalações físicas necessárias para o oferecimento de cursos de nível superior dentro dos padrões exigidos pelo Ministério da Educação, bem como a aquisição de equipamentos que contribuam para o bom rendimento acadêmico e funcional da Instituição. A estrutura física da FACHASUL teve um acentuado aumento nos últimos anos, tornando-a suficiente e adequada para o funcionamento de toda a sua demanda. Dos 3.155,81 m² de área construída, 2.142,45 m² abrigam as 21 salas de aulas, tesouraria, diretoria, laboratório de informática e secretaria, 82 m² para sala dos professores e coordenação, 96,03 m² para casa dos professores, 400,33 m² como corredor de circulação, 375,00 m² de biblioteca e auditório e 60 m² para cantina e instalações da Empresa Junior. As 21 salas de aula são todas construídas dentro de padrões modernos e encontram-se em perfeitas condições para abrigar os alunos de todos os cursos oferecidos, principalmente focando a questão que suas cadeiras são todas almofadadas. No aspecto físico para abrigar a parte administrativa, a IES, conta com sala para professores dotadas de acomodações suficientes para abrigarem os docentes e de todos os materiais e equipamentos utilizados e necessários ao trabalho pedagógico. No inicio do ano de 2010, houve uma reestruturação do espaço físico da coordenação de cursos, com a ampliação dos gabinetes para as coordenações e secretaria de coordenação, contendo equipamentos necessários para a realização de seus trabalhos e atendimento a discentes e docentes. Ainda neste ano o bloco II foi concluído. Em relação à área comunitária, ou de livre circulação, possui uma área de livre circulação, do tipo pátio interno, sendo distribuído entre este pátio, com acomodações próprias (bancos), a cantina, a Empresa Júnior FACHASUL, o Centro Acadêmico e a biblioteca. Os corredores são amplos e medem em sua totalidade m², possuem bebedouros com água filtrada e gelada. A Faculdade conta com uma cantina com espaço físico de 120 m². A mesma dispõe de mesas, cadeiras e um aparelho de televisão à disposição dos discentes. Laboratório de Informática O laboratório de informática passou por uma completa reformulação no ano de 2009, com a aquisição de 23 computadores novos e modernos para uso dos alunos em elaboração de

2 trabalhos e pesquisas. O laboratório ganhou climatização para proporcionar maior conforto aos usuários. O funcionamento do laboratório de informática é de segunda a sexta-feira, no período das 13h00min às 22h30min e aos sábados das 13h00min às 17h00min. O laboratório está interligado em uma rede de intranet, o que viabiliza o acesso dos acadêmicos ao servidor de arquivos. No ano de 2012 a FACHASUL substituiu o servidor antigo por uma máquina moderna e de alto potencial de desempenho, sendo uma das melhores do mercado, da marca DELL. Não é necessário o agendamento de horário para utilização do laboratório para os alunos da instituição. Salas de aulas As 21 salas de aulas da FACHASUL foram construídas dentro de padrões modernos, sendo que, destas, 17 possuem capacidade para suportar 50 acadêmicos e 04 salas com capacidade para 100 acadêmicos. As salas de aulas atendem as necessidades discentes, em espaço físico e equipamentos. As salas são bem arejadas com grandes janelas, ventiladores de teto e algumas possuem cortinas e condicionadores de ar. A acústica das salas é excelente, com uma boa audição externa, e quando necessário, o docente pode recorrer a mecanismos auxiliares como microfone e caixa de som, por exemplo. O quadro de giz toma uma parte da extensão de uma parede. Cumpre mencionar que em todas as salas de aulas as carteiras são estofadas, bem como, há carteiras para aluno não destro. No início do ano de 2014 a FACHASUL investiu alto na aquisição de 08 projetores de multimídia da marca DELL. Com isso, todas as salas de aulas receberam data show fixo, o que de fato otimizou o trabalho dos docentes. O planejamento da IES é que até dezembro/15 todas as salas sejam equipadas com cortinas e condicionadores de ar.

3 Instalações para Docentes A FACHASUL conta com uma sala para professores, a qual mede 82 m², dotada de acomodações suficientes para abrigar o corpo docente e todos os materiais e equipamentos utilizados e necessários ao trabalho pedagógico. A sala dos professores dispõe de mesa de reunião, mesas individuais, bancada com computadores e acesso a internet com e sem fio, sofá confortável, armário individual, ar condicionado, bebedouro, máquina reprográfica, banheiros masculino e feminino. A sala de professores é utilizada pelo corpo docente nos intervalos das aulas, assim como para reuniões. Para atender os professores não residentes em Chapadão do Sul ou professores visitantes, a instituição conta com uma casa estruturada, medindo 96 m², a qual conta com três apartamentos suíte (com banheiro particular); sala com sofá e aparelho televisor; cozinha com fogão, armário, geladeira, freezer, microondas, bebedouro e mesa; uma varanda para descanso com churrasqueira; garagem, além de contar com internet para comodidade dos professores. Instalações Coordenação de Curso O Coordenador do curso possui gabinete exclusivo, com ar condicionado, computador com internet, impressora jato de tinta, telefone com ramal próprio, mesas, cadeira ergonômica, arquivos, estantes e quadros para avisos e horários. Auditório O auditório da FACHASUL mede 225 m² e tem capacidade para 250 pessoas. Possui 250 cadeiras, computador com internet, sistema de som, vídeo e data show. No auditório da FACHASUL são realizadas palestras, apresentações de seminários, atividades curriculares obrigatórias e não obrigatórias. O espaço conta com três condicionadores de ar e cortinas, o que de fato proporciona conforte na realização das atividades. Rede de Comunicação

4 A FACHASUL disponibiliza a todos os funcionários que possuem computadores em seus departamentos acesso a Internet. Os acadêmicos e os docentes possuem acesso a conteúdos relacionados às necessidades acadêmicas, através de internet sem fio (Wireless) e intranet. Os usuários têm acesso às informações do acervo, através dos terminais na própria Biblioteca e acesso remoto, via Internet, na homepage da FACHASUL (). Todos os serviços da Biblioteca estão informatizados, empréstimo, reserva, catalogação através do sistema de gerenciamento PHL via Web. Administração DIRETORIA EXECUTIVA: instalada com equipamentos adequados e informatizados para recepção e reuniões com a comunidade em geral. A sala da diretoria executiva mede 32m². DIRETORIA PEDAGÓGICA: possui instalações necessárias para atendimento aos alunos e professores. A sala da diretoria pedagógica mede 24m². SECRETARIA ACADÊMICA: possui equipamentos e espaço suficiente para o atendimento ao público em geral, com 40 m². SECRETARIA GERAL: equipada para dar suporte a secretaria acadêmica e direção, medindo 23 m². SECRETARIA DA COORDENAÇÃO DE CURSOS: equipada com equipamentos informatizados oferece auxilio aos coordenadores e professores. A sala da secretaria da coordenação mede 9m². TESOURARIA: possui equipamentos e espaço adequado para o atendimento de alunos, comunidade em geral, prestadores de serviços e fornecedores. O espaço da tesouraria é de 28 m². A infraestrutura administrativa da FACHASUL está amplamente adequada para receber portadores de necessidades especiais, bem como as demais áreas de acesso. Empresa Junior A Empresa Junior da FACHASUL possui sala própria, com espaço físico de 16 m², utilizado para a realização de reuniões de sua Diretoria e Conselho Administrativo. A sala possui um

5 computador com acesso a internet, armário, mesas e cadeiras. Centro Acadêmico A sala do Centro Acadêmico mede aproximadamente 30 m² e é utilizada para a realização de reuniões e entretenimento dos discentes. A sala possui um computador com acesso a internet, armário, dois sofás, mesas e cadeiras. CAEPE O Centro de Apoio Educacional e Psicopedagógico ao Estudante CAEPE conta com uma psicóloga para atender os acadêmicos da IES. A sala mede 16 m² e possui: condicionador de ar, armário, mesa, cadeiras e internet.

INFRAESTRUTURA PARA ATENDER OS CURSOS

INFRAESTRUTURA PARA ATENDER OS CURSOS INFRAESTRUTURA PARA ATENDER OS CURSOS CENTRO DE PROCESSAMENTO DE DADOS CPD No térreo do prédio principal funciona o setor de Processamento de dados, local onde está localizado o servidor na sala com 17,20

Leia mais

ANEXO I - DESCRIÇÃO DE ACOMODAÇÃO DOS SERVIDORES A- CONSULTORIA JURÍDICA DA UNIÃO/MS

ANEXO I - DESCRIÇÃO DE ACOMODAÇÃO DOS SERVIDORES A- CONSULTORIA JURÍDICA DA UNIÃO/MS ANEXO I - DESCRIÇÃO DE ACOMODAÇÃO DOS SERVIDORES A- CONSULTORIA JURÍDICA DA UNIÃO/MS Área estimada de 174,00m², compreendendo os ambientes a seguir: 1. GABINETE DO COORDENADOR: 01 Gabinete com 15m², destinado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO CURSO DE RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO CURSO DE RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO CURSO DE RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS Os recursos humanos que atuarão no Curso de Licenciatura

Leia mais

Salas de Apoio Didático do Hospital Universitário de Santa Maria

Salas de Apoio Didático do Hospital Universitário de Santa Maria Salas de Apoio Didático do Hospital Universitário de Santa Maria Descrição da estrutura física do HUSM utilizada para apoio ao ensino (salas de aula com sua capacidade e equipamentos disponíveis) ANDAR

Leia mais

Condições gerais da Biblioteca de Dianópolis

Condições gerais da Biblioteca de Dianópolis CÂMPUS DIANÓPOLIS UNITINS SUDESTE A avaliação interna da Unitins destacou como principais problemas identificados pelos discentes, docentes e técnicos administrativos, nas instalações físicas da universidade:

Leia mais

Câmara Municipal de Sengés

Câmara Municipal de Sengés 1.2.3.1.1.01.01.01.00.00.00.00 - APARELHOS DE MEDIÇÃO E ORIENTAÇÃO 498 - CRONOMETRO REGRESSIVO 1.2.3.1.1.01.02.00.00.00.00.00 - APARELHOS E EQUIPAMENTOS DE COMUNICAÇÃO 430 - APARELHO DE FAX 462 - ROTEADOR

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ARCHIMEDES THEODORO PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS RECURSOS DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ARCHIMEDES THEODORO PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS RECURSOS DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ARCHIMEDES THEODORO PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS RECURSOS DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO 2016 1.INTRODUÇÃO A Fundação Educacional de Além Paraíba FEAP,

Leia mais

DESCRIÇÃO DO ESPAÇO FÍSICO

DESCRIÇÃO DO ESPAÇO FÍSICO DESCRIÇÃO DO ESPAÇO FÍSICO N o DEPENDÊNCIAS METRAGEM (m 2 ) 01 Secretária 16,41 m 2 02 Diretoria Geral 7,77 m² 03 Sala dos es 54,74 m 2 EQUIPAMENTOS E MOBILIÁRIOS 03 Gabinetes com teclado, mouse 03 Estabilizador

Leia mais

INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Espaço de trabalho para coordenação do curso e serviços acadêmicos A sala da Coordenação dos Cursos Superiores

Leia mais

EIXO 1 PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Dimensão 8: Planejamento e Avaliação Institucional* Título da Ação (o que?

EIXO 1 PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Dimensão 8: Planejamento e Avaliação Institucional* Título da Ação (o que? ANEXO 2 PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO CCSH Questão Geral 1.1 Como você percebe a utilização dos resultados da autoavaliação como subsídio à revisão, proposição e implementação das ações

Leia mais

Página 1 EMEF OTTO EWALD JUNIOR. Diretor: Claudio Luiz Fernandes Barboza. .: Fundação: 04/09/1970

Página 1 EMEF OTTO EWALD JUNIOR. Diretor: Claudio Luiz Fernandes Barboza.  .: Fundação: 04/09/1970 EMEF OTTO EWALD JUNIOR Diretor: Claudio Luiz Fernandes Barboza E-mail.: emefoej@correio1.vitoria.es.gov.br Fundação: 04/09/1970 Criação: Decreto nº 4.922 Endereço: Rua Daniel Abreu Machado, 546 Bairro:

Leia mais

NOVA SEDE DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DE MINAS GERAIS

NOVA SEDE DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DE MINAS GERAIS NOVA SEDE DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DE MINAS GERAIS Programa de Necessidades / Dimensionamento (VERSÃO PRELIMINAR) ÁREAS DO CONSELHO REGIONAL Código Espaços Pessoal Características Relacionamento

Leia mais

Página 1 EMEF ARTHUR DA COSTA E SILVA. Diretora: Marlinda Haddad Rabello. .: Fundação: 04/09/1970

Página 1 EMEF ARTHUR DA COSTA E SILVA. Diretora: Marlinda Haddad Rabello.  .: Fundação: 04/09/1970 EMEF ARTHUR DA COSTA E SILVA Diretora: Marlinda Haddad Rabello E-mail.: emefacs@vitoria.es.gov.br Fundação: 04/09/1970 Criação: Lei nº 4.922 Endereço: Rua Presidente Rodrigues Alves, 255 Bairro: República

Leia mais

ANEXO I-A. Planilha de Discriminação e Pré-dimensionamento dos Ambientes

ANEXO I-A. Planilha de Discriminação e Pré-dimensionamento dos Ambientes ANEXO I-A Planilha de Discriminação e Pré-dimensionamento dos Ambientes Nº de Andar Salas / ambientes pessoas Mobiliários e equipamentos por ambientes Área (m²) (fixas) Procurador Chefe 117,00 Gabinete

Leia mais

ROTEIRO DE VISITA INSTITUCIONAL CENTRO DE REFERÊNCIA DE ATENDIMENTO À MULHER EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA. Equipe que realizou a visita:

ROTEIRO DE VISITA INSTITUCIONAL CENTRO DE REFERÊNCIA DE ATENDIMENTO À MULHER EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA. Equipe que realizou a visita: ROTEIRO DE VISITA INSTITUCIONAL CENTRO DE REFERÊNCIA DE ATENDIMENTO À MULHER EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA Equipe que realizou a visita: Dia e horário da visita: Promotora de Justiça que acompanhou a visita:

Leia mais

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2009.1 CORPO DOCENTE 2009.1 Auto-avaliação docente - 2009.1 Pontualidade no início e término das aulas 14,29% 28,57% Compatibilidade

Leia mais

Parágrafo único - As atividades desenvolvidas no Laboratório de Investigação

Parágrafo único - As atividades desenvolvidas no Laboratório de Investigação REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE INVESTIGAÇÃO DOS DESVIOS DA APRENDIZAGEM (LIDA) CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADE Art. 1º - O Laboratório de Investigação dos Desvios da Aprendizagem (LIDA), da Faculdade

Leia mais

Caracterização da escola

Caracterização da escola Caracterização da escola Bolsistas responsáveis: Isabel e Magno 1. INFORMAÇÕES GERAIS 1.1. Nome da escola: Escola Estadual Professora Ana Júlia de Carvalho Mousinho 1.2. Localização: Rua Estrela do leste,

Leia mais

1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º grupo º grupo º grupo º grupo º grupo 75 1.

1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º grupo º grupo º grupo º grupo º grupo 75 1. 1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º grupo 20 1.1 2º grupo 72 1.2 3º grupo 75 1.3 4º grupo 100 1.4 5º grupo 75 1.5 6º grupo 85 1.6 Dos alunos matriculados, quantos estão no Tempo Integral

Leia mais

PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS

PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS 1. INTRODUÇÃO A Faculdade Fleming dispõe atualmente de infraestrutura de Tecnologia da Informação com rede de computadores que interliga em torno de 300

Leia mais

RELATÓRIO. Raimundo Gadelha Fontes Filho (Assessor de Suporte e Informática) Josinécia de Cássia Oliveira (Assessoria Web designer)

RELATÓRIO. Raimundo Gadelha Fontes Filho (Assessor de Suporte e Informática) Josinécia de Cássia Oliveira (Assessoria Web designer) RELATÓRIO Relatório das atividades do 1º trimestre/2016 do Setor de Suporte e Informática/UFPB. EQUIPE: Raimundo Gadelha Fontes Filho (Assessor de Suporte e Informática) Josinécia de Cássia Oliveira (Assessoria

Leia mais

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IZABELA HENDRIX RELATÓRIO AVALIAÇÃO DO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA PERÍODO 2015 TABELA 1 Adesão de docentes e discentes na avaliação 2015

Leia mais

3.2. Bibliotecas. Biblioteca Professor Antônio Rodolpho Assenço, campus Asa Sul: Os espaços estão distribuídos da seguinte forma:

3.2. Bibliotecas. Biblioteca Professor Antônio Rodolpho Assenço, campus Asa Sul: Os espaços estão distribuídos da seguinte forma: 1 3.2. Bibliotecas Contam as Faculdades UPIS com a Biblioteca Professor Antônio Rodolpho Assenço e a Biblioteca do Campus II, que atuam como centros dinâmicos de informação, atendendo o corpo docente e

Leia mais

PROCESSO Nº 31/2013 PARECER CEE/PE Nº 49/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 13/05/2013 I - RELATÓRIO:

PROCESSO Nº 31/2013 PARECER CEE/PE Nº 49/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 13/05/2013 I - RELATÓRIO: INTERESSADA: AUTARQUIA EDUCACIONAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO AEVSF /FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS E SOCIAIS DE PETROLINA FACAPE ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO DO CURSO SUPERIOR TECNOLÓGICO EM SISTEMAS

Leia mais

FBN/SEBP-MT - CADASTRO DE BIBLIOTECA DE PUBLICAS

FBN/SEBP-MT - CADASTRO DE BIBLIOTECA DE PUBLICAS FBN/SEBP-MT - CADASTRO DE BIBLIOTECA DE PUBLICAS DADOS GERAIS Pessoa Jurídica Pessoa Física Inscrição Estadual Nome da Biblioteca: Nome Fantasia Natureza Jurídica Telefone Geral E-mail Geral Site Logim

Leia mais

II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação

II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação 25 de maio de 2016 EIXO 1: PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Dimensão 8: Planejamento e avaliação Fragilidades Melhorar as reuniões da CPA e reestruturar

Leia mais

DEPARTAMENTO DE DESIGN / CECA

DEPARTAMENTO DE DESIGN / CECA DEPARTAMENTO DE DESIGN / CECA Laboratório de Desenho / Multimeios Código MEC (INEP/Censo): 206 e 54 Localização: Sala 662 Capacidade Máxima de Alunos: 30 Área Física (M²): 58 01 DVD/vídeo 30 Mesas de desenho

Leia mais

PROGRAMA DE NECESSIDADES

PROGRAMA DE NECESSIDADES Área Total - Presidência Espera / Secretaria Sala da presidência Acesso ao setor 1 posto de trabalho; estar Presidência para 6 O ambiente de 1 mesa de trabalho, 1 reuniões deverá ser mesa de reunião para

Leia mais

DESCRIÇÃO DA BIBLIOTECA

DESCRIÇÃO DA BIBLIOTECA DESCRIÇÃO DA BIBLIOTECA Informatização A Biblioteca ESPM SP utiliza o sistema de gerenciamento da informação Pergamum que facilita a descrição, o armazenamento e a recuperação da informação. As expressões

Leia mais

INFRAESTRUTURA DO CURSO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA

INFRAESTRUTURA DO CURSO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA UNESC - UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNACET UNIDADE ACADÊMICA DE CIÊNCIAS, ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS CURSO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA INFRAESTRUTURA DO CURSO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA Coordenação

Leia mais

AÇÃO SOCIAL ESCOLAR Os Serviços de Acção Social da Universidade do Minho (SASUM) são uma unidade cuja missão é proporcionar aos estudantes as melhores condições de frequência do ensino superior, e condições

Leia mais

E I X O S

E I X O S 0011 0010 1010 1101 0001 0100 1011 5 E I X O S 10 dimensões 5 eixos 8- Planejamento e Avaliação. 1- Missão e Plano de Desenvolvimento Institucional. 0011 3- Responsabilidade 0010 1010 1101 Social 0001

Leia mais

Bens Móveis. PATRIMÔNIO - SEDE DESCRIÇÃO DO PATRIMÔNIO QUANTIDADE Nº do PATRIMÔNIO armário grande 2 portas. Patrimônio 2016

Bens Móveis. PATRIMÔNIO - SEDE DESCRIÇÃO DO PATRIMÔNIO QUANTIDADE Nº do PATRIMÔNIO armário grande 2 portas. Patrimônio 2016 Bens Móveis PATRIMÔNIO - SEDE DESCRIÇÃO DO PATRIMÔNIO QUANTIDADE Nº do PATRIMÔNIO 0008 armário grande portas Patrimônio 06 000750 0006 000506 000507 000509 0006 0000 0000 0000 00004 00005 00006 00007 00008

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA FATIMA

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA FATIMA PREFEITURA Orgão PREFEITURA 0 ESTANTE EM AÇO 09/03/2009 SECRETARIA DE SECRETARIA MUNICIPAL Normal Conservado 290,00 1 ARMARIO ACO 2 PORTAS 02/01/2013 SECRETARIA DE SECRETARIA DE Normal Irrecuperável 1,00

Leia mais

Mínimo de 5 dia(s) Mínimo de. 10 dia(s) Mínimo de. 7 dia(s) Mínimo de. 7 dia(s) Mínimo de. 5 dia(s) Mínimo de. 7 dia(s) Mínimo de. 5 dia(s) Mínimo de

Mínimo de 5 dia(s) Mínimo de. 10 dia(s) Mínimo de. 7 dia(s) Mínimo de. 7 dia(s) Mínimo de. 5 dia(s) Mínimo de. 7 dia(s) Mínimo de. 5 dia(s) Mínimo de Residencial Ana Paula 1 dormitório(s) sendo: Quarto; Cozinha; (Antes) 01/11/2016 17/12/2016 US$ 40,00 NATAL - REVEILLON 18/12/2016 03/01/2017 US$ 120,00 Janeiro 03/01/2017 31/01/2017 US$ 110,00 Fevereiro

Leia mais

Unidade III Shopping

Unidade III Shopping Recepção Unidade III: Recepção Loja 01 Espaço 8 Por turno x Total 22,25 m² A recepção da unidade III, Shopping, conta com três guichês para atendimento ao público em geral. Unidade III: Mezanino Sala do

Leia mais

DESCRIÇÃO DA BIBLIOTECA ESPM-Sul

DESCRIÇÃO DA BIBLIOTECA ESPM-Sul 1 INFORMATIZAÇÃO DESCRIÇÃO DA BIBLIOTECA ESPM-Sul A Biblioteca ESPM-Sul utiliza o sistema de gerenciamento da informação Pergamum o qual facilita a descrição, o armazenamento e a recuperação da informação.

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE INTERVENÇÕES PARA PROMOÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE IDENTIFICAÇÃO

QUESTIONÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE INTERVENÇÕES PARA PROMOÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE IDENTIFICAÇÃO QUESTIONÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE INTERVENÇÕES PARA PROMOÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE - ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO RECADOS AO PESQUISADOR Caro colega: 1. Este instrumento será preenchido por

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - PRPDI Orientação Geral O Plano de Desenvolvimento Institucional -PDI, elaborado para um período de 5

Leia mais

Página 1 EMEF PROF. EUNICE PEREIRA SILVEIRA. Diretora: Sônia Maria Machado Fraga. .: Fundação: 24/02/2010

Página 1 EMEF PROF. EUNICE PEREIRA SILVEIRA. Diretora: Sônia Maria Machado Fraga.  .: Fundação: 24/02/2010 EMEF PROF. EUNICE PEREIRA SILVEIRA Diretora: Sônia Maria Machado Fraga E-mail.: emefgm@correio1.vitoria.es.gov.br Fundação: 24/02/2010 Criação: Lei nº 7.883 Endereço: Av Cel José Martins de Figueiredo,

Leia mais

Tem e funciona adequadamente

Tem e funciona adequadamente Bem-vindo, jonasdterrayes@gmail.com / IFF SAIR Avaliações Resultados Resultados egressos Resultados Resultados Coleta Foco Avaliador Dimensão Rede Instituição Curso 2013/2 Polo Estudante Infraestrutura

Leia mais

Instalações Elétricas Prediais. 9/23/2010 UTFPR Campus Curitiba DAELT Instalações Prediais 1

Instalações Elétricas Prediais. 9/23/2010 UTFPR Campus Curitiba DAELT Instalações Prediais 1 Instalações Elétricas Prediais 9/23/2010 UTFPR Campus Curitiba DAELT Instalações Prediais 1 Nesta seção os seguintes assuntos serão abordados: Cargas de iluminação Cargas de tomadas -TUG s Cargas de tomadas

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS MEMORIAL DESCRITIVO

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS MEMORIAL DESCRITIVO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS MEMORIAL DESCRITIVO CONSTRUÇÃO DO PRÉDIO ADMINSTRATIVO, PRÉDIO DE SOCIABILIDADE, PRÉDIO DE LABORATÓRIOS E SALAS DE AULA E PRÉDIO DA PORTARIA DO CAMPUS

Leia mais

FACULDADE DE INHUMAS REGULAMENTO DA OUVIDORIA DA FACULDADE DE INHUMAS CAPÍTULO I DA OUVIDORIA

FACULDADE DE INHUMAS REGULAMENTO DA OUVIDORIA DA FACULDADE DE INHUMAS CAPÍTULO I DA OUVIDORIA REGULAMENTO DA OUVIDORIA DA FACULDADE DE INHUMAS CAPÍTULO I DA OUVIDORIA A ouvidoria é um serviço especial de comunicação interna e externa com identificação ou anonimamente, que tem o fim de ouvir e receber

Leia mais

Avaliação das condições de ensino - UFPE

Avaliação das condições de ensino - UFPE Avaliação das condições de ensino - UFPE Editar este formulário Prezado(a) professor(a), Considerando o ensino como uma das dimensões da docência na universidade (Ensino, pesquisa, extensão, gestão), este

Leia mais

Cadernos de Avaliação Institucional

Cadernos de Avaliação Institucional CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE GRADUAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE AVALIAÇÃO - CPA Cadernos de Avaliação Institucional Engenharia de Minas Araxá Resultado da Avaliação

Leia mais

BIBLIOTECA. METRAGEM MÍNIMA (m2)

BIBLIOTECA. METRAGEM MÍNIMA (m2) BIBLIOTECA Administração Balcão de atendimento Balcão de referência Mesa de trabalho para 6 servidores, sendo recomendado 5 a 6m 2 /2 pessoas, com espaço para armários comuns e armários-arquivo para documentos

Leia mais

TUTORIAL. Apresentação Geral da Biblioteca

TUTORIAL. Apresentação Geral da Biblioteca TUTORIAL Apresentação Geral da Biblioteca Divisão de Documentação/2010 A Biblioteca é um espaço e um serviço que pertence a toda a comunidade académica: Alunos Docentes Funcionários Equipa de técnicos

Leia mais

Regulamento OUVIDORIA

Regulamento OUVIDORIA Regulamento OUVIDORIA CAPÍTULO I DA OUVIDORIA Art. 1º - A Ouvidoria da Faculdade Paulo Picanço é um elo entre a comunidade acadêmica ou externa e as instâncias administrativas da IES, visando agilizar

Leia mais

ANEXO II: TABELAS DE FREQUÊNCIA - DADOS DO QUESTIONÁRIO ELECTRÓNICO

ANEXO II: TABELAS DE FREQUÊNCIA - DADOS DO QUESTIONÁRIO ELECTRÓNICO ANEXO II: TABELAS DE FREQUÊNCIA - DADOS DO QUESTIONÁRIO ELECTRÓNICO 1. Género Valid masculino 45 43,3 43,3 43,3 feminino 59 56,7 56,7 100,0 100,0 Idade Valid

Leia mais

3. Formação Acadêmica. 4. Quais motivos levaram você a escolher as Faculdades INTA como local de trabalho? Mestrado (em andamento): 40 %

3. Formação Acadêmica. 4. Quais motivos levaram você a escolher as Faculdades INTA como local de trabalho? Mestrado (em andamento): 40 % 3. Formação Acadêmica Doutorado (Concluído): 40 % Mestrado (em andamento): 40 % Doutorado (em andamento): 0 % Mestrado (Concluído): 20 % 4. Quais motivos levaram você a escolher as Faculdades INTA como

Leia mais

REGULAMENTO DA OUVIDORIA

REGULAMENTO DA OUVIDORIA REGULAMENTO DA OUVIDORIA CAPÍTULO I DA OUVIDORIA Art. 1º A Ouvidoria da Faculdade CNEC Farroupilha constitui-se em um canal de comunicação para receber as reclamações/sugestões, dúvidas, denúncias, ou

Leia mais

AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2011

AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2011 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2011 NATAL/RN MARÇO/2012

Leia mais

MINUTA REGULAMENTO- DIRETRIZES OPERACIONAIS PARA INCLUSÃO DE CARGA HORÁRIA SEMIPRESENCIAL EM CURSOS PRESENCIAIS DO IFG

MINUTA REGULAMENTO- DIRETRIZES OPERACIONAIS PARA INCLUSÃO DE CARGA HORÁRIA SEMIPRESENCIAL EM CURSOS PRESENCIAIS DO IFG MINUTA REGULAMENTO- DIRETRIZES OPERACIONAIS PARA INCLUSÃO DE CARGA HORÁRIA SEMIPRESENCIAL EM CURSOS PRESENCIAIS DO IFG CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

REGULAMENTO LABORATÓRIO DE AVALIAÇÃO NUTRICIONAL FACULDADES ESEFAP

REGULAMENTO LABORATÓRIO DE AVALIAÇÃO NUTRICIONAL FACULDADES ESEFAP REGULAMENTO LABORATÓRIO DE AVALIAÇÃO NUTRICIONAL FACULDADES ESEFAP Tupã, SP 2016 REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE AVALIAÇÃO NUTRICIONAL Define as normas internas de utilização do Laboratório de Avaliação

Leia mais

ANEXO I AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 64/2003 TERMOS DE REFERÊNCIA

ANEXO I AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 64/2003 TERMOS DE REFERÊNCIA ANEXO I AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 64/2003 TERMOS DE REFERÊNCIA 1. OBJETO 1.1 Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de planejamento, organização e execução das reuniões internacionais,

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2016 APROVADO EM REUNIÃO 01/2016 CONCAMP

PLANO DE AÇÃO 2016 APROVADO EM REUNIÃO 01/2016 CONCAMP PLANO DE AÇÃO 2016 APROVADO EM REUNIÃO 01/2016 CONCAMP Ação Valor Tipo orçamentário agenciamento de viagens e compra de passagens aéreas para serviços administrativos Contratação e manutenção dos serviços

Leia mais

Funcionários Terceirizados

Funcionários Terceirizados 1. Faixa etária de pessoas atendidas: Todas as idades 2. Bairros Atendidos TODOS 3. Existem critérios para que o espaço seja usado: Sim 3.1 No caso de sim, quais esses critérios: PRÁTICA ESPORTIVA 4. São

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica - SETEC Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação Superior

Leia mais

A- INSTITUIÇÃO DE ENSINO

A- INSTITUIÇÃO DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR COORDENAÇÃO DAS COMISSÕES DE ESPECIALISTAS DE ENSINO COMISSÃO DE ESPECIALISTAS DE ENSINO DE FISIOTERAPIA FORMULÁRIO DE AVALIAÇÃO PARA FINS DE AUTORIZAÇÃO

Leia mais

Dados Gerais do Projeto

Dados Gerais do Projeto Dados Gerais do Projeto 1. Identificação do Projeto Título do Projeto: EDSL Espaço de Desenvolvimento de Software Livre Coordenador: Prof. Cássio D. B. Pinheiro Abrangência: Ensino, Pesquisa e Extensão

Leia mais

POLÍTICA DE SEGREGAÇÃO DAS ATIVIDADES

POLÍTICA DE SEGREGAÇÃO DAS ATIVIDADES POLÍTICA DE SEGREGAÇÃO DAS ATIVIDADES FICHA TÉCNICA: Título: Área responsável: Descrição documento: Aplicação: Tipo: Criado por: do Política de Segregação de Atividades. Jurídico e Compliance (Legal and

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO DEMANDAS POR CENTRO PARA ORÇAMENTO 2014

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO DEMANDAS POR CENTRO PARA ORÇAMENTO 2014 UNVERSDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-RETORA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO DEMANDAS POR CENTRO PARA ORÇAMENTO 2014 OBRAS CCBS Construção de uma mini-central de aulas (20 salas) Reforma e adequação de laboratórios

Leia mais

EMEF CASTELO BRANCO DATA DA VISITA: DATA DA VISITA: 27/ 04 /2014

EMEF CASTELO BRANCO DATA DA VISITA: DATA DA VISITA: 27/ 04 /2014 DATA DA VISITA: DATA DA VISITA: 27/ 4 /214 Diretora: Geiza Soares Ribas E-mail.: emefcb@vitoria.es.gov.br Endereço: Rua Jurema Barroso, 13 Bairro: Ilha do Principe Tel: (27) 3223-72 EMEF CASTELO BRANCO

Leia mais

PROCESSO N 811/15 PROTOCOLO Nº PARECER CEE/CEMEP Nº 473/15 APROVADO EM 16/09/15

PROCESSO N 811/15 PROTOCOLO Nº PARECER CEE/CEMEP Nº 473/15 APROVADO EM 16/09/15 PROTOCOLO Nº 13.405.242-2 PARECER CEE/CEMEP Nº 473/15 APROVADO EM 16/09/15 CÂMARA DO ENSINO MÉDIO E DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CETEP MUNICÍPIO:

Leia mais

1. Quantidade de vagas disponíveis para atendimento Existe lista de espera Não. 2.1 No caso de sim, existe prazo para inserção dos idosos

1. Quantidade de vagas disponíveis para atendimento Existe lista de espera Não. 2.1 No caso de sim, existe prazo para inserção dos idosos Data da Visita: Data da Visita: CENTRO DE CONVIVÊNCIA PARA A TERCEIRA IDADE Coordenador(a): Barbara Barros Bastos E-mail: centrodeconvivenciajc@hotmail.com Endereço: Rua Doutor João Batista Miranda Amaral,

Leia mais

Metas / 2016 PESQUISA. Criados mais quatro projetos de pesquisa em desenvolvimento

Metas / 2016 PESQUISA. Criados mais quatro projetos de pesquisa em desenvolvimento PESQUISA Foram desenvolvidos 5 projetos de pesquisa; 1. Família e seus reflexos jurídicos na sociedade contemporânea; 2. Educação a distância: reflexões sobre o processo de ensinoaprendizagem; 3. Formação

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES EXECUTADAS PELA CPA- Ano: 2011

RELATÓRIO DE ATIVIDADES EXECUTADAS PELA CPA- Ano: 2011 COMISSÃO PROPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE ATIVIDADES EXECUTADAS PELA CPA- Ano: 2011 São Luis- MA 2011 1 RELATÓRIO DE ATIVIDADES EXECUTADAS PELA CPA - 2011 Programa de sensibilização de discente, coordenadores

Leia mais

INFRAESTRUTURA 1. ESPAÇO FÍSICO 1.1. Gabinetes de Trabalho para Professores Tempo Integral - TI

INFRAESTRUTURA 1. ESPAÇO FÍSICO 1.1. Gabinetes de Trabalho para Professores Tempo Integral - TI INFRAESTRUTURA 1. ESPAÇO FÍSICO Atualmente a FIBRA encontra-se em novas instalações contando com 33 salas de aula climatizadas, com instalações de equipamentos de multimídia, auditório climatizado com

Leia mais

CADASTRO DE BENS PATRIMONIAL

CADASTRO DE BENS PATRIMONIAL CADASTRO DE BENS PATRIMONIAL DATA DA COLETA 02/10/2013. FUNDO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ORD DESCRIMINAÇÃO DO BEM PLAQUETA Nº 1 ARMARIO GRANDE DE AÇO.0494 2 ARMARIO GRANDE DE AÇO.0495 3 AR CONDICIONADO CONSUL.0496

Leia mais

Resolução n 225, de 21 de junho R E S O L V E: Art. 1º - Alterar a redação do parágrafo 2º artigo 12 do Regimento Geral da Universidade:

Resolução n 225, de 21 de junho R E S O L V E: Art. 1º - Alterar a redação do parágrafo 2º artigo 12 do Regimento Geral da Universidade: Resolução n 225, de 21 de junho 2016. Aprova emendas ao Regimento Geral da Universidade, cria setores e dá outras providências. O Conselho Universitário CONSUNI, da Universidade do Planalto Catarinense

Leia mais

UNIVERSIDADE WUTIVI UniTiva

UNIVERSIDADE WUTIVI UniTiva UNIVERSIDADE WUTIVI UniTiva A NOSSA ESCOLA AO SERVIÇO DO POVO Av. da Namaacha, n 188 - Belo Horizonte - Boane, Tel: +258 21 777 160, Fax: +258 21 777 161, Cell: +258 82 696 2245 / +258 84 255 7356 www.wutivi.ac.mz

Leia mais

Programa Nacional de Reestruturação e Aparelhagem da Rede Escolar Pública de Educação Infantil;

Programa Nacional de Reestruturação e Aparelhagem da Rede Escolar Pública de Educação Infantil; Programa Nacional de Reestruturação e Aparelhagem da Rede Escolar Pública de Educação Infantil; Faz parte das ações do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) do Ministério da Educação. Promover ações

Leia mais

Atividades executadas durante o mês de Janeiro:

Atividades executadas durante o mês de Janeiro: INSTITUTO NOROESTE DE BIRIGUI RELATÓRIO PEDAGÓGICO REFERENTE AO MÊS DE JANEIRO DE 2016 Atividades executadas durante o mês de Janeiro: EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I Atendimento a pais (novas

Leia mais

SECRETARIA DE FINANÇAS DO MUNICÍPIO SISTEMA DE GESTÃO PATRIMONIAL Relatório de Inventário - Analítico

SECRETARIA DE FINANÇAS DO MUNICÍPIO SISTEMA DE GESTÃO PATRIMONIAL Relatório de Inventário - Analítico SECRETARIA DE FINANÇAS DO MUNICÍPIO SISTEMA DE GESTÃO PATRIMONIAL Relatório de Inventário - Analítico DATA: 31/03/2016 BENS CONTABILIZADOS UNIDADE ADMINISTRATIVA PATRIMÔNIO DESCRIÇÃO 6386 - ASSESSORIA

Leia mais

O QUE É O ENADE? Profa. Me. Karen Fernanda Bortoloti

O QUE É O ENADE? Profa. Me. Karen Fernanda Bortoloti O QUE É O ENADE? Profa. Me. Karen Fernanda Bortoloti 1 http://www.bahianoticias.com.br O QUE É O ENADE? 2 ENADE Exame Nacional de Desempenho de Estudantes. Integra o Sinaes - Sistema Nacional de Avaliação

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO DE NEGÓCIOS- IBGEN BIBLIOTECA REGULAMENTO TÍTULO I DA NATUREZA, OBJETIVO E SERVIÇOS

INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO DE NEGÓCIOS- IBGEN BIBLIOTECA REGULAMENTO TÍTULO I DA NATUREZA, OBJETIVO E SERVIÇOS REGULAMENTO TÍTULO I DA NATUREZA, OBJETIVO E SERVIÇOS Art. 1 Este Regulamento pretende fixar normas e procedimentos pertencentes à Biblioteca da Faculdade IBGEN Instituto Brasileiro de Gestão de Negócios.

Leia mais

Gestão e Manutenção de Equipamentos

Gestão e Manutenção de Equipamentos Guia da Reforma Administrativa de Lisboa Gestão e Manutenção de Equipamentos O que são Equipamentos Municipais? São estruturas públicas geridas pela Autarquia. As necessidades da população e a concretização

Leia mais

OIRegulamento para Reserva de Salas

OIRegulamento para Reserva de Salas OIRegulamento para Reserva de Salas 1. Informações Gerais 1.1. O uso da infra estrutura das salas tem por objetivo atender prioritariamente as atividades de ensino, seguidas da pesquisa, extensão e administrativas

Leia mais

FACULDADE SOGIPA DE EDUCAÇÃO FÍSICA

FACULDADE SOGIPA DE EDUCAÇÃO FÍSICA REGULAMENTO DA OUVIDORIA DA FACULDADE SOGIPA DE EDUCAÇÃO FÍSICA CAPÍTULO I DA OUVIDORIA Art. 1º - A Ouvidoria da FACULDADE SOGIPA DE EDUCAÇÃO FÍSICA- é um canal de diálogo com a comunidade acadêmica ou

Leia mais

Geografia Avaliação de Cursos Novos Critérios da Área de Geografia

Geografia Avaliação de Cursos Novos Critérios da Área de Geografia Critérios de Implantação e Acadêmico. Geografia Avaliação de Cursos Novos Critérios da Área de Geografia Critérios gerais mínimos exigidos para a recomendação de cursos novos 1. Cursos de Atendimento simultâneo

Leia mais

Página 1 EMEF CECILIANO ABEL DE ALMEIDA. Diretor: Anderson Gonçalves da Silva. .:

Página 1 EMEF CECILIANO ABEL DE ALMEIDA. Diretor: Anderson Gonçalves da Silva.  .: EMEF CECILIANO ABEL DE ALMEIDA Diretor: Anderson Gonçalves da Silva E-mail.: emefcaa@correio1.vitoria.es.gov.br Endereço: Rua Dr Arlindo Sodré, s/n Bairro: Itararé CEP.: 29047-500 Telefone: (27) 3325-4655

Leia mais

REGULAMENTO PARA FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA IR. IRACEMA FARINA

REGULAMENTO PARA FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA IR. IRACEMA FARINA REGULAMENTO PARA FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA IR. IRACEMA FARINA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - A Biblioteca Ir. Iracema Farina atende alunos, professores, coordenadores, diretores acadêmicos,

Leia mais

Art. 2º - Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário. CUMPRA-SE. Cuiabá, 11 de agosto de 2004.

Art. 2º - Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário. CUMPRA-SE. Cuiabá, 11 de agosto de 2004. RESOLUÇÃO N. 265/2004-CEE/MT. Fixa roteiro a ser observado na verificação in loco com vistas ao credenciamento, recredenciamento de instituições de Ensino Superior, à autorização e ao reconhecimento de

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO NORTE SIGEPRO - SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO E GERENCIAMENTO DA PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO NORTE SIGEPRO - SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO E GERENCIAMENTO DA PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA. UA: SEÇÃO DE CONSERVAÇÃO PREDIAL Hora: 13:41:51 Página: 1 02.122.0570.20GP.0024 - JULGAMENTO DE CAUSAS E GESTÃO ADMINISTRATIVA NA JUSTIÇA ELEITORAL - NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE CONSTRUÇÃO DO EDIFÍCIO-SEDE

Leia mais

MANUAL INTERNO DA BIBLIOTECA

MANUAL INTERNO DA BIBLIOTECA MANUAL INTERNO DA BIBLIOTECA CARACTERÍSTICA E ACESSO As Bibliotecas da Universidade Braz Cubas são destinadas ao Corpo Docente, Discente e aos funcionários administrativos. As Bibliotecas utilizam o sistema

Leia mais

DIVISÃO DE ORÇAMENTO E FINANÇAS ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PDDE

DIVISÃO DE ORÇAMENTO E FINANÇAS ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PDDE DIVISÃO DE ORÇAMENTO E FINANÇAS ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PDDE 1) OBJETIVO DO PROGRAMA: O programa tem por objetivo prover diretamente a escola com recursos financeiros de forma suplementar, visando

Leia mais

PROCESSO 12097/09 - EDITAL Nº 079/2010-DMP PREGÃO PRESENCIAL

PROCESSO 12097/09 - EDITAL Nº 079/2010-DMP PREGÃO PRESENCIAL PROCESSO 12097/09 - EDITAL Nº 079/2010-DMP PREGÃO PRESENCIAL ITEM QTDE UN Especificação Vlr Unitário da Diária Empresa Vencedora 01 25 UN Locação de auditório com capacidade mínima para 1.200 R$ 5.900,00

Leia mais

Art. 1º Aprovar, em extrato, o Instrumento de Avaliação para Reconhecimento de Cursos Superiores de Tecnologia, anexo a esta Portaria.

Art. 1º Aprovar, em extrato, o Instrumento de Avaliação para Reconhecimento de Cursos Superiores de Tecnologia, anexo a esta Portaria. SIC 01/09 Belo Horizonte, 06 de janeiro de 2009. RECONHECIMENTO. CURSOS DE TECNOLOGIA, BACHARE- LADO E LICENCIATURA, E DIREITO. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PORTARIAS Nºs 1, 2 E 3, PUBLICADAS DIA 06/01/09

Leia mais

REVISÃO DO PERFIL DOS PROGRAMAS - atribuição de nota. (Efetuada na reunião de coordenadores na UFSC/Florianópolis nos dias: 06 e 07 março de 2003)

REVISÃO DO PERFIL DOS PROGRAMAS - atribuição de nota. (Efetuada na reunião de coordenadores na UFSC/Florianópolis nos dias: 06 e 07 março de 2003) REVISÃO DO PERFIL DOS PROGRAMAS - atribuição de nota (Efetuada na reunião de coordenadores na UFSC/Florianópolis nos dias: 06 e 07 março de 2003) A seguir estão definidos os critérios para avaliação e

Leia mais

IV Encontro Pedagógico do IFAM 2016 DIRETORIA DE ENSINO MÉDIO E TÉCNICO SISTÊMICA DET/PROEN

IV Encontro Pedagógico do IFAM 2016 DIRETORIA DE ENSINO MÉDIO E TÉCNICO SISTÊMICA DET/PROEN DIRETORIA DE ENSINO MÉDIO E TÉCNICO SISTÊMICA DET/PROEN AVALIAÇÃO DOS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO DO IFAM Lei Nª 11.872/2008 Art. 7ª - Objetivos dos Institutos Federais: I - ministrar educação profissional

Leia mais

SINAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR

SINAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR SINAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR Elza Cristina Giostri elza@sociesc.org.br PROGRAMA Apresentação Diagnóstico de conhecimento e necessidades Conceito Geral Elaboração do relatório

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS. Florianópolis, 03 de outubro de 2008

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS. Florianópolis, 03 de outubro de 2008 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS Florianópolis, 03 de outubro de 2008 Memo. 220/CFH/08 Da: Diretora em Exercício do Centro de Filosofia

Leia mais

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA E TECNOLÓGICA As salas de aula da FACULDADE BARRETOS estão aparelhadas para turmas de até 60 (sessenta) alunos, oferecendo todas as condições necessárias para possibilitar o melhor

Leia mais

NORMAS DE UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE AUTOMAÇÃO E MODELAGEM DE SISTEMAS /01

NORMAS DE UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE AUTOMAÇÃO E MODELAGEM DE SISTEMAS /01 NORMAS DE UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE AUTOMAÇÃO E MODELAGEM DE SISTEMAS 2016.1/01 QUANTO A MISSÃO DO LADAMS Art.01º A missão do LADAMS é oferecer aos alunos infraestrutura de suporte à execução

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DE MANUTENÇÃO NO PERÍODO DE RECESSO 27/06/2016 A 08/07/2016

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DE MANUTENÇÃO NO PERÍODO DE RECESSO 27/06/2016 A 08/07/2016 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DE MANUTENÇÃO NO PERÍODO DE RECESSO 27/06/2016 A 08/07/2016 DATA SERVIÇO LOCAL 27/06 Readequação da entrada de pessoas Biblioteca (MM) 27/06 Mudança de layout de instalação elétrica

Leia mais

Avaliação Institucional Docentes

Avaliação Institucional Docentes Avaliação Institucional Docentes A avaliação é um processo fundamental para a qualidade do trabalho desenvolvido nas Instituições de Ensino Superior. Nesse sentido, a Comissão Própria de Avaliação (CPA)

Leia mais

Página 1 MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - CHÁCARA PARAÍSO. Administrador : Ivan Aguiar Lopes.

Página 1 MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - CHÁCARA PARAÍSO. Administrador : Ivan Aguiar Lopes. MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - CHÁCARA PARAÍSO Administrador : Ivan Aguiar Lopes E-mail: ivaneafcol@hotmail.com Telefone: (27) 3315-2754 Endereço: Rua Chapot Presvot, Barro Vermelho

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 05/12/2008 (*) Portaria/MEC nº 1.476, publicada no Diário Oficial da União de 05/12/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

REGULAMENTO CENTRO DE EVENTOS FIERGS ALIMENTAÇÃO

REGULAMENTO CENTRO DE EVENTOS FIERGS ALIMENTAÇÃO O Centro de Eventos FIERGS oferece serviços de alimentação por intermédio de empresas credenciadas que possuem cozinhas próprias para a produção de alimentos e estabelecimentos para atendimento ao cliente.

Leia mais