CENTRO ESPÍRITA PERSEVERANÇA APOSTILA - 1º ANO DO PROBEM PROGRAMA BÁSICO DE DESENVOLVIMENTO MEDIÚNICO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CENTRO ESPÍRITA PERSEVERANÇA APOSTILA - 1º ANO DO PROBEM PROGRAMA BÁSICO DE DESENVOLVIMENTO MEDIÚNICO"

Transcrição

1 CENTRO ESPÍRITA PERSEVERANÇA APOSTILA - 1º ANO DO PROBEM PROGRAMA BÁSICO DE DESENVOLVIMENTO MEDIÚNICO OBJETIVO: Promover a consciência no Bem através: Do conhecimento da Doutrina Espírita e do Cristianismo. Da realização do Bem e integração nos movimentos Sociais do Perseverança. Do desenvolvimento de novos valores. DURAÇÃO: 3 anos. Turma 2014: 1º, 2º e 3º ano, sempre aos sabados das 9h às 10h30. Após o Curso haverá Grupo de Treinamento para novos trabalhadores (GTNT) O curso não tem como finalidade o encaminhamento para o trabalho espiritual no Perseverança. Considerações sobre o Curso O PROBEM é um programa que se constitui em atividades simultâneas: 1. Aulas, estudos e reflexões sobre a Doutrina. Conforme o Programa e calendário na sequência. Espera-se do aluno: Assiduidade. É necessária a frequência de 80% às aulas. Pontualidade. Após o início das aulas a presença será com atraso. 2. Tarefas que o aluno é convidado a realizar. Ler e responder os questionários do Livro Nosso Lar e Novo Testamento. Mentalização da manhã. Estou despertando sob a inspiração do meu Cristo Interno ligado ao Cristo de Deus que me conduzirá em triunfo. Oração diária e propostas mensais de oração/reflexão do PROBEM. Semanário uma vez por mês. Quando possível do dia 1 ao 7. O Evangelho no Lar, uma vez por semana. O Evangelho no Lar é oportunidade de iluminação interior e harmonização espiritual em nossa casa. Para o aluno do recomenda-se que o Evangelho no Lar seja realizado com a leitura do Evangelho Segundo o Espiritismo e do Livro dos Espíritos conforme programa anexo. Assistir Palestra uma vez por semana. Se o aluno não conseguir vir duas vezes por semana ao Perseverança é preferível que frequente somente as palestras. 3. Voluntariado, envolvimento e participação em trabalhos sociais ao longo do ano. Todos os alunos são convidados ao voluntariado: Lojão Perseverança. Arrecadação de alimentos em supermercados dos Amigos do Bem. Atividades múltiplas na Central do Bem. Rua Gabriel de Resende, 122.

2 2 Temas de Estudo PROGRAMA 1º ANO Introdução: A Oração, Evangelho no Lar, Semanário e Afirmanário. Assédios Espirituais; Compressão e Descompressão. (Livro Nos Caminhos da Vida, Guiomar Albanese) Evangelho Apresentação do Cristianismo Nascimento de Jesus Lucas 1:5 a 56 e 2: 1 a 20. Sermão da Montanha As Bem Aventuranças Mt 5: 1 a 8. Não matarás Mt 5: 21 a 26 Não adulterarás Mt 5: 27 a 32 Olho por olho Mt 5: 38 a 42 Amai os vossos inimigos Mt 5:43a48 A Oração e o Pai Celestial Mt 6:5 a 18 e Mt 5:48 As Preocupações Mt 6: 19 a 34 Não julgueis - Mt 7: 1 a 5 Pedir, buscar, bater Mt 7: 7 a 12 A Porta estreita Mt 7: 13 e 14 Estudo do Livro: Nosso Lar - André Luiz Curas de Jesus O cego de Jericó Mc 10: 46 a 52 O Filho do Oficial - Jo 4: 46 a 54 A Mulher Hemorroíssa - Mc 5: 25 a 34 O Paralítico de Cafarnaum Mc 2:1a 12 O menino Epilético. Mc 9:14 a 29 Milagres A Pesca Maravilhosa Lu 5: 1 a 11 A Multiplicação de pães Jô 6: 1 a 13 Jesus anda sobre o mar Mt 14:22 a 33 Aulas especiais: Amigos do Bem; Chico Xavier; Dr. Bezerra de Menezes. Bibliografia: Biblia - Novo Testamento Nosso Lar, Andre Luiz O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec CALENDÁRIO 2014 Data Evangelho Livro 08/02 Apresentação do Curso. Oração e Afirmanário 15/02 Efeitos da Oração 22/02 Treinamento para Voluntariado da Arrecadação. Amigos do Bem 01/03 Carnaval Não haverá aula 08/03 Arrecadação 15/03 Apresentação do Semanário 22/03 Evangelho no Lar 29/03 Vivência na oração 05/04 Chico Xavier 150 anos do Evangelho Segundo o Espiritismo 12/04 O Livro Nosso Lar Vida após a morte, cap. 1, 2 e 3 19/04 Páscoa Não haverá aula 26/04 Nascimento de Jesus. Lucas 1:5ª 56 e 2:1 a 20 Tarefa de Maria 03/05 Emenda de feriado Não haverá aula 10/05 Arrecadação 17/05 O Sermão da Montanha. As Bem-aventuranças. Matheus 5: 1 a 8 24/05 Bem-aventuranças. MT 5: 1 a 8 Suicídio Inconsciente Nosso Lar, cap. 4 e 5 31/05 1ª Auto avaliação Toda cura começa por dentro N Lar, cap. 6 07/06 Arrecadação 14/06 Não Matarás. MT 5: 21 a 26 Desejar, saber desejar e merecer NL, cap. 7

3 21/06 Emenda de Feriado Não haverá aula 28/06 Não adulterarás. Mt 5: 27 a 32 Apresentação de Nosso Lar cap 8, 10, 11 e 12 e 44 05/07 Olho por olho. Mt 5: 38 a 42 Alimentação e respiração Nosso Lar, cap. 9 12/07 Amai vossos inimigos. MT 5:43 a 48 No gabinete Nosso Lar, cap 13 e 14 19/07 Oração e o Pai Celestial. Mt 5:48, Mt 6: 5 a 18 Encontro com a mãe Nosso Lar, cap. 15 e 16 26/07 Dr. Bezerra, Perseverança 50 anos. (Apresentação da tarefa de agosto Bezerra) 02/08 As Preocupações. Mt 6: 19 a 34 Amor alimento das almas N Lar, cap. 17 e 18 09/08 Arrecadação 16/08 Não julgueis. Mt 7 1 a 5 Noções de Lar Nosso Lar, cap 19 e 20 23/08 Pedir, Bater e Buscar. Mt 7: 7 a 12 O Bônus Hora Nosso Lar, cap. 21, 22 e 32 30/08 Festa do Perseverança 06/09 2ª Auto avaliação O trabalho enfim Nosso Lar, cap. 25 a 28 13/09 Porta estreita. Mt 7: 13 e 14 Câmaras de Regeneração, Ação e reação- cap. 29 a 31 20/09 As Curas. O Cego de Jericó. Marcos 10:46ª52 Encontro Singular e relacionamento- cap. 33 a 35 27/09 A Mulher Hemorroíssa. Mc 5: 25 a 34 O sonho- Nosso Lar, cap /10 Arrecadação 11/10 O Paralítico de Cafarnaum.Mc 2: 1 a 12 A Ministra e o pensamento Nosso Lar, cap /10 O Filho do Oficial. João 4:46 a 54 Escola contra o medo Nosso Lar, cap. 41 a 43 25/10 O menino epilético. Mc 09:14 a 29 No Campo da música Nosso Lar, cap /11 Os Milagres. A Multiplicação de Pães. Jo 6:1a13 Reencarnação Nosso Lar, cap. 46 a 48 08/11 Arrecadação 15/11 Proclamação da República Não haverá aula 22/11 A Pesca Maravilhosa. Lucas 5: 1 a 11 Reencarnação Nosso Lar, cap. 46 a 48 29/11 Jesus anda sobre o mar. Mt 14: 22 a 33 Regressando a casa/cidadão Nosso Lar, cap. 49 e 50 06/12 Arrecadação 13/12 Encerramento Datas da Arrecadação Arrecadação: 08/03; 10/05; 07/06; 09/08; 04/10; 08/11 e 06/12 Auto Avaliações Visando o acompanhamento do aluno, lhe serão atribuídas notas (de zero a dez) de acordo com as propostas acima apresentadas. A nota é apenas um indicativo, o aproveitamento real é definido espiritualmente pelo crescimento pessoal ao longo dos três anos. A Auto Avaliação deverá ser preenchida pelo aluno e entregue com a Tarefa Proposta nas datas previstas no Calendário: 31/05 e 06/09. 3

4 Orientações Gerais No início do 1º ano o aluno deverá fazer sua Ficha de Inscrição do Probem. (mês de março) Todo aluno deve usar seu crachá de identificação (com foto), a presença será marcada eletronicamente através dele. Ficha Cadastral (verde). Preenchida no segundo semestre do 1º ano, constitui o prontuário do aluno com a foto e as principais informações como; Assiduidade e nota das Auto Avaliações, dos três anos de curso. Os eventuais encaminhamentos para os trabalhos do Perseverança, são efetuados via Administração/Direção do Perseverança, através desta Ficha. Requerimento. É o meio pelo qual o aluno expressa suas solicitações, justificativas de falta e tudo mais que desejar. Solicite com os monitores o respectivo formulário. Alunos Especiais. São aqueles autorizados pela coordenação do PROBEM a frequentar o ano não subsequente ao seu. Essa situação, ocorrida por impedimento por parte do aluno, não o desobriga a cursar o ano do PROBEM que deixou de fazer. GRIM. As crianças deverão ser encaminhadas para o GRIM, em caso de bebês as mães deverão permanecer no salão debaixo. Quadro de Avisos do PROBEM, na entrada do salão debaixo. É a forma de comunicação direta do PROBEM com o aluno. É responsabilidade do aluno verificá-lo semanalmente para inteirar-se de questões importantes do curso. Harmonização do Salão. Ao adentrar o salão não é permitido conversar, o aluno deverá cantar e orar se preparando e entrando no clima espiritual com alegria e amor. Se o aluno desejar participar da Harmonização deverá procurar o responsável por este trabalho. Por respeito e educação solicita-se não conversar durante as aulas, não comer no salão do Perseverança, nem mascar chiclete, beber só água e com muita discrição assim como devemos sempre desligar o celular. Durante as aulas do PROBEM não se anda pelo salão. Papéis, recados ou perguntas deverão ser encaminhados. É nosso dever manter a limpeza do salão, não jogando papéis ou outras coisas no chão. 4

5 AFIRMAÇÕES Nós estamos em santuário de bênçãos, sob a luz de um Sol brilhante, ao redor de uma fonte de águas cristalinas, fonte de energia. Nesta hora as Mãos do Criador nos cobrem. Mãos que esculpiram: - Os céus e as estrelas. - As terras e as águas. - O infinito dos mundos. - As maravilhas da natureza. Mãos que: - Sustentam os astros. - Engendram as vidas. - Transformam os átomos. Mãos que nos geraram. Que vivificam nossos espíritos imortais em ascensão para a inapagável Luz. Ouve agora, ó Pai Amado, o nosso filial louvor! - Louvado seja Deus (3 vezes) - Para todo sempre seja louvado por todos nós e por essa Casa. Louvadas sejam todas as entidades que militam nessa Casa. - Louvamos a Dr. Bezerra de Menezes. - Louvamos a Brogotá. - Louvamos a Meimei. - Louvamos a Mãe Joaquina. - Louvamos a Dr. Carlos. - Louvamos a Geraua. O Senhor é justiça, o Senhor é misericórdia. E a misericórdia do Senhor nos torna vencedores. O mal não nos dominará. A sombra não nos enredará, porque o senhor destrói as armas das sombras. Ao senhor quebra a força do mal. Por isso podemos tudo Naquele que nos fortalece. Pela força de Deus em nós, nos libertamos agora: de todo mal, da enfermidade, da angústia, da depressão, da insegurança, do egoísmo, da vaidade, do orgulho, da descrença, do ressentimento. A nossa confiança em Deus é plena porque constante e inquebrantável é o escudo do Senhor que nos liberta e renova para sempre. - Estamos amparados e iluminados pela luz de Deus, a quem temeremos? - O Senhor é a força de nossas vidas, a quem recearemos? O Senhor nos guia através de Sua estrada luminosa e segura. - Nesta estrada não pisarão nossos inimigos. Construamos nesta estrada um futuro promissor, de elevação e crescimento. Neste esforço e propósito alcançaremos: - Prosperidade, saúde, alegria, esperança, energia e profunda paz, pela força de Deus que tudo pode. Assim é. Louvado seja Deus. Pai Nosso e Ave Maria. Legenda: Normal, uma pessoa e em negrito todos juntos. 5

6 ESTUDO DO SEMANÁRIO Grupo de Estudo do Semanário, 1ª edição 16/08/99 - Revisado e ampliado em 1/10/02 Adaptado para o PROBEM 1. Origem do Semanário Como surgiu o Semanário? D. Guiomar: Uma noite, estava eu já deitada, meditando, Dr. Bezerra chegou e me disse: Precisamos de alguma coisa para ajudar as pessoas a se ajudarem. Ele, então, deu-me instruções sobre o que eu deveria fazer. Embora tenha facilidade para escrever, encontrei muita dificuldade para compor tudo direitinho. Tentei redigir o texto, inúmeras vezes e, por mais que me esforçasse, não conseguia. À noite, quando tentava realizar o trabalho, as entidades inferiores apareciam, como monstros, querendo dizer que eu não iria conseguir. Fui informada de que o Semanário teria muita força, por isso a dificuldade enorme que tive ao redigi-lo. As entidades inferiores tentaram impedir que esse valioso recurso espiritual fosse concretizado. Recomendo realizar o Semanário na Salinha da Paz, quando o lar da pessoa estiver muito perturbado, a casa muito conturbada, pois um ambiente assim anula parte dos efeitos benéficos do Semanário. 2. Dados Biográficos: Moisés, Isaías, Davi, Dr. Caros, Meimei e Geraua. Nos três primeiros versículos da Preparação para iniciar a Semana de Oração, Isaías faz alusão aos efeitos de Moisés, quando este liberta o povo israelita da servidão do Egito. 2a- Moisés Significa Salvo da água. Menino divinamente belo, foi poupado do decreto do Faraó que ordenava a destruição de todo recém-nascido menino hebreu. Ocultado pela mãe por três meses: depois foi colocado numa arca de papiro entre os juncos, à beira do Rio Nilo, onde foi encontrado pela filha do Faraó. A irmã do menino disse à princesa: - É Vossa Alteza servida que eu vá buscar alguma mulher dos hebreus, para criar esse menino? Sim. Pela ação prudente de sua mãe e de sua irmã, Moisés pôde ser criado no meio dos seus familiares. Já adulto sua mãe devolveu-o à filha do Faraó, que o adotou por seu filho, e lhe pôs o nome Moisés dizendo: - Porque eu o tirei da água. Chamado Homem do verdadeiro Deus, nasceu em 1593, antes da era cristã (AEC), no Egito. Pais: Anrão e Joquebede. Irmãos: Arão e Miriã. Moisés subiu várias vezes ao Monte Horebe; em duas ocasiões permaneceu ali por 40 dias e 40 noites. Depois da primeira dessas ocasiões, retornou com duas tábuas de pedra inscritas pelo dedo de Deus, contendo os Dez Mandamentos, as leis básicas do Pacto da Lei. Foi o escritor de Pentateuco, os primeiros cinco livros da Bíblia: Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio. Em geral atribui-se a ele a escrita do livro de Jô, também o Salmo 90, e, possivelmente o Salmo 91. No 12º mês do 40º ano (na primavera setentrional de 1473, antes da era cristã), ele anunciou ao povo que, segundo a designação de Jeová, Josué o sucederia como líder. Por fim, depois de recitar um cântico e abençoar o povo, Moisés subiu ao Monte Nebo, segundo a ordem de Jeová, para ver a Terra da Promessa desse ponto elevado do monte, e, então morreu. 6

7 Moisés foi líder da nação de Israel, mediador do Pacto da Lei, profeta, juiz, comandante, historiador e escritor. Para Emmanuel, a figura de Moisés é, de fato, a de um homem extraordinário, revestido dos mais elevados poderes espirituais. A Preparação para iniciar a Semana de Oração consta de oito versículos do Capítulo 51, do Livro de Isaías. 2b. Isaías É considerado, em geral, como o maior dos profetas de Israel. Nascido pelo ano de 760 a.c., de uma família nobre no reino de Judá, foi chamado por Deus, ao ministério profético, que exerceu por cerca de 50 anos (de + ou 740 a 690 anos a.c.). Podemos considerar Isaías como profeta da justiça. Insurge-se ele contra a idolatria e os abusos sociais que se alastravam no seu tempo; ameaça os ricos e poderosos, e eleva a sua voz contra os hipócritas e todos aqueles que levavam vida frívola. Com grande veemência, ele chama o povo ao arrependimento e à fé. Um terrível julgamento divino vai desencadear-se sobre Israel. As nações pagãs executoras desse julgamento, mas também elas, por sua vez, serão castigadas e destruídas. Quanto a Israel, uma pequena parte será salva. Na 2ª parte do livro (Livro da Consolação Capítulos 40-55), Isaías apresenta-se como o Profeta da consolidação e da esperança. Os Salmos 27 e 103 de autoria do Rei Davi. 2c. Davi ( a.c.), salmista, profeta e rei de Israel. Cedo foi assinalado por sua bravura, tendo conquistado grande renome quando, voluntariamente, enfrentou a luta com o gigante Golias a quem matou. Foi um verdadeiro chefe, forte e corajoso, capaz de infundir confiança. Era de temperamento ardente e impetuoso, mas pronto para se arrepender de suas faltas, com verdadeira e profunda humildade. Seus salmos revelam-no um homem de grande alma, coração generoso e mente esclarecida. Davi ungido Rei Por ordem do Senhor, foi depois Samuel em segredo a Belém, onde ungiu rei um jovem pastor, chamado Davi, filho de Isaí ou Jessé, da tribo de Judá. (História Sagrada. Irmãos Maristas). Foi escolhido pelo Senhor para ser o Rei de Israel. Foi servo verdadeiramente apaixonado de seu Deus, de cujo povo foi um grande rei. Foi ungido por Samuel, por ordem do Senhor. Ungido em hebraico Messias, em grego significa Cristo. O item c das Instruções para realizar a Semana de Oração nos ensina a invocar a assistência do Dr. Carlos e de Meimei para obter maior facilidade na assimilação de qualquer estudo, inclusive o estudo deste Semanário. 2d. Dr. Carlos Professor Carlos Gomes de Souza Shalders (Dr. Carlos) nasceu em João Pessoa, Paraíba, no dia 03 de outubro de 1863, e desencarnou em São Paulo, em 09 de dezembro de Engenheiro, educador, matemático, esperantista e espírita; organizador de numerosas instituições científicas, culturais e beneficentes. Exemplo de trabalho, tenacidade e retidão moral. Pelo transcurso do seu centenário, vários jornais do Rio e de São Paulo, dedicaram-lhe amplo noticiário, tendo havido, entretanto, um geral desconhecimento quanto à religião por ele professada, a espírita. Em vista de ter sido o sócio nº 1 da Associação Cristã de Moços e o seu 1º Presidente, um jornal de São Paulo julgou que o Dr. Carlos ainda era protestante. A verdade é que o aniversariante, pelo menos havia três décadas, era espírita convicto, autor de um estudo bíblico à luz do Espiritismo. Ocupou o cargo de Diretor do Departamento de Metapsíquica da Federação Espírita do Estado de São Paulo, e foi o seu vice-presidente. 7

8 Entusiasmado pesquisador da fenomenologia mediúnica; assistiu a várias sessões de materialização. O Professor Herculado Pires, no Diário de São Paulo, de 06/10/1963, escreveu: Seus 100 anos de vida foram coroados, nas últimas décadas, por uma posição definida e uma constante atividade espírita. Recolhido ao leito em sua casa, em conseqüência de uma queda, perfeitamente lúcido e de saúde satisfatória, assim respondeu ao repórter, que lhe perguntou sobre o segredo de sua longevidade. Nunca fiz extravagâncias. Nunca fumei. Raramente bebi. Mas acho que a razão principal foi minha vida metódica e, sobretudo, religiosa. Observação: D. Guiomar não conheceu, pessoalmente, o Dr. Carlos; só em Espírito. 2e. Meimei Seu nome de batismo foi Irmã Castro.Nasceu a 22 de outubro de 1922, em Mateus Leme (Minas Gerais). Aos 2 anos de idade, sua família transferiu-se para Itaúna (Minas Gerais). Com 5 anos ficou órfã de pai. Meimei foi, desde criança, diferente de todos pela sua beleza física e inteligência invulgar. Era alegre, comunicativa, espirituosa, espontânea. O convívio com ela, em família, foi para todos uma dádiva do Céu. Cursou, com facilidade, o curso primário, matriculando-se, depois, na Escola Normal de Ituana. A moléstia que sempre a perseguia desde pequena nefrite manifestou-se mais uma vez quando cursava, com brilhantismo, o 2º ano Normal. Devido à doença, embora sendo a 1ª aluna da classe, teve que abandonar os estudos. Muito inteligente e ávida de conhecimentos, foi apurando sua cultura através de boa leitura, fonte de burilamento do seu espírito. Onde quer que aparecesse, era alvo de admiração de todos. Irradiava beleza e encantamento, atraindo a atenção de quem a conhecesse. Modesta, não se orgulhava dos dotes que Deus lhe dera. Profundamente caridosa, aproximava-se dos humildes com a esmola que podia oferecer, ou uma palavra de carinho e estimulo. Pura, no seu modo simples de ser e proceder, não era dada a conquistas próprias da sua idade. Transferiu-se para Belo Horizonte, a fim de arranjar colocação. Estava num período bom de saúde. Foi nessa época que conheceu Arnaldo Rocha com quem se casou, aos 22 anos. Ao sair da igreja um mendigo lhe estende a mão. Meimei lhe diz Dinheiro não tenho, deu-lhe o buquê e um beijo na testa, o que ninguém percebeu, apenas o noivo. Dois anos depois adoeceu novamente. Esteve acamada 3 meses com nefrite crônica. Apesar de todos os esforços e desvelos do esposo, cercada de médicos desencarnou no 1º de outubro de 1946, em Belo Horizonte. Logo depois, seu espírito já esclarecido começou a manifestar-se através de mensagens por Chico Xavier. Prossegue nessa linda missão de esclarecimento e consolo, em páginas organizadas em várias obras mediúnicas. Seu nome Meimei, agora tão venerado como um Espírito de Luz, é palavra chinesa, significa amor puro ou meu bem. Arnaldo a chamava de Meimei. Antes de usar um veículo novo, orar 3 dias consecutivos, pedindo a proteção de Geraua. 2f. Geraua. - Quem é Geraua e como ele surgiu na sua vida? D. Guiomar: Íamos todos os meses a uma fazenda, no interior do Estado de São Paulo, próxima à cidade de Apiaí. Levávamos pedaços de mortadela, presunto, queijo, e uma maquininha para fatiar tudo isso. Trabalhávamos bastante, pois fazíamos muitos sanduíches para distribuí-los aos pobres daquela região, que não tinham absolutamente nada. No dia seguinte à nossa chegada, pela manhã bem cedinho, víamos chegar, de bem longe, aquela gente pobre para comer os sanduíches com guaraná. Servíamos apenas essa merenda, pois ficava mais barato. Vinham mulheres com filhos nos braços, pessoas debilitadas, tanta gente que ficávamos o dia inteiro realizando este trabalho. 8

9 Havia um senhor tão magro, só pele e osso, que chegava a comer de 20 a 30 sanduíches. Ninguém acredita! Via-se que ele não tinha nunca o que comer... A estrada que nos levava até a fazenda era muito estreita e perigosa; barranco de um lado, precipício de outro. Difícil transitar por ela! Quando chovia, formavam-se sulcos profundos e o carro não passava. Num dia de muita chuva, parecia praticamente impossível chegar até nosso destino. O jipe dirigido pelo Albanesi atolou: As rodas girando, derrapando... E eu tentando empurrá-lo; meu rosto cheio de barro e por mais que nos esforçássemos o jipe não saía do lugar. E eu clamava: - Ai! Meu Deus! Não vai dar tempo de atender aquela multidão de irmãos carentes de esperam por nós. Eis que, nesse momento, vi um Espírito, vestes brancas, com um turbante na cabeça. Ele me disse: - Eu vou ajudá-la. Cobertura de cabeça, de origem maometana, usada por homens nos países do oriente, consistindo numa faixa de seda, linho, algodão ou outro tecido. Usada por beduínos, árabes do deserto. Ao invés de se colocar na parte traseira do jipe, esse Espírito colocou-se sobre o capô e, maravilha!... o veículo deslizou que foi uma beleza. Esse fato inesquecível há aproximadamente 31 anos. A partir desse momento ele passou a nos acompanhar e a conversar conosco. Nos momentos difíceis sempre nos ajudou. Como ele nos dava proteção nas viagens que fazíamos, decidi que Geraua seria o protetor de nossas viagens e dos nossos carros. 3. Recomendações importantes para a realização do Semanário 1 - Suspender bebidas alcoólicas. 2 - Evitar excessos de alimentação. 3 - Evitar discussões e nervosismos. 4 - Dedicar-se mais à leitura do Evangelho. 5 - Dedicar-se mais à Oração. 4. Objetivo do Semanário Realiza-se o Semanário quando se necessita obter as graças de Deus para resolver um problema, realmente grave, que esteja acima de nossas forças para superá-lo sozinho. O Semanário também é sugerido uma vez por mês aos trabalhadores do Perseverança e aos alunos do PROBEM, para defesa e proteção. 5. Preparação para Iniciar a Semana de Oração 5a. Epígrafe. ENQUANTO O HOMEM FAZ O POSSÍVEL, DEUS IMPROVISA O IMPOSSÍVEL. Meimei Abre o Semanário uma afirmação que já predispõe o solicitante a confiar em Deus. E a confiança diz André Luiz é um refúgio certo para as ocasiões de tormenta. 5b. Texto da Preparação - Significado de alguns termos e expressões segundo o contexto. Braço do Senhor Freqüentemente usado na Bíblia, em sentido figurado, para representar a capacidade de se exercer força ou poder. O Braço de Jeová Deus é imensuravelmente poderoso, governa, salva os aflitos, apóia-os e cuida deles; julga e dispersa seus inimigos. Por meio de Jesus Cristo, revestido de autoridade e poder, atuando qual Juiz e Executor, Jeová manifesta seu poder, representado pelo seu braço. Raabe Um monstro marinho veio a simbolizar o Egito e seu Faraó, que se opusera a Moisés e a Israel. O Salmo 87:4 menciona Raabe, onde apropriadamente se enquadra o Egito, como o primeiro de uma lista dos inimigos de Israel, junto com a Babilônia, Filistia< Tiro e Cus. Dragão Simboliza o Rei da Babilônia. Sião Originalmente, uma fortaleza que passou a ser chamada a cidade de Davi. Depois de capturar o Monte Sião, Davi estabeleceu ali sua residência real. Sião tornou-se um 9

10 monte especialmente santo para Jeová, quando Davi mandou transferir para lá a Arca Sagrada. Em alusão ao governo de Davi, em Sião, como ungido de Deus, há as palavras de Jeová: Eu é que empossei o meu Rei em Sião, meu santo monte. (Salmo 2:6). Mais tarde, o nome Sião passou a abranger a área do templo do monte Moriá (para onde a Arca foi levada durante o reinado de Salomão), e o termo, na realidade, aplicava-se a toda a cidade de Jerusalém. Visto que a Arca estava associada à presença de Jeová, e por Sião ser símbolo de realidade celestiais, era chamado de lugar de morada de Deus, e o lugar de onde viriam ajuda, bênçãos e salvação. 6. Invocação Inicial Invocamos: Deus, Jesus e os Espíritos Protetores (trocar os nomes dos protetores, conforme o caso) Rogamos: a presença dos Espíritos invocados para orarem conosco para levarem a Deus: nosso agradecimento, nosso louvor e nossa súplica. 7. Salmos O Saltério é o livro de oração dos antigos Judeus. Também para os cristãos, ele se tornou o livro de enlevos espirituais, depois de tê-lo sido para o próprio Jesus Cristo. A palavra salmo (psalmus) é a tradução do termo hebraico que quer dizer louvores. Esta palavra exprime apenas um aspecto dos Salmos; neles se encontram, ainda, lamentações, cânticos de penitência e de reconhecimento, poemas didáticos e súplicas ardentes. Nos Salmos encontramos maravilhosos formulários de oração, que nos ensinam como devemos nos dirigir a Deus. Os Salmos são mais do que apenas bela poesia. Retratam a vida como ela realmente é: as alegrias, as tristezas, os temores e os desapontamentos. Em todos eles há evidência da relação íntima dos salmistas com Deus. E as atividades e as qualidades de Deus são postas em nítido foco, motivando expressões de louvor e de agradecimento. São poemas sagrados, compostos por vários autores inspirados; o autor mais conhecido é o Rei Davi, daí ser comum falar-se em Saltério Davídico para indicar toda a coleção de Salmos. O Salmista é o poeta do Eterno 7a. Salmo 91 -Significado de alguns termos e expressões, segundo o contexto Fortaleza É a virtude sobrenatural moral que fortifica a alma na consecução de um bem mora, difícil de obter, consiste em não se deixar abater por revezes e infortúnios, segurança, energia, Constância. Laços do Passarinheiro Jeová mostra estar com seus servos fiéis; a alma deles é como o pássaro que escapou da armadilha dos enlaçadores. Broquel Proteção, defesa, amparo. Áspide Nome antigo de uma serpente venenosa do Egito, presumivelmente usada por Cleópatra para suicidar-se. 7b. Estudo do Salmo 91 Com exceção do versículo 8 Somente com os nossos olhos contemplaremos e veremos a recompensa dos ímpios, todos os demais versículos desse Salmo falam da Proteção Divina para aqueles que buscam refúgio no Pai Celestial. É reconfortante saber que não estaremos sós, nos momentos difíceis e dolorosos com os quais nos defrontamos nesta existência. Deus, se invocado com fé e humildade, atenderá a nossa súplica, aliviando o nosso sofrimento, ou nos fortalecendo para suportá-lo, com bom ânimo e resignação. Quanto ao versículo 8 Somente com os nossos olhos contemplaremos e veremos a recompensa dos ímpios, convém ler, com atenção, o item Justiça das Aflições, Capítulo V Bem-aventurados os aflitos, n O Evangelho Segundo o Espiritismo. Os nossos olhos dão-nos uma visão limitada sobre as aparentes anomalias da vida. Desde que se admite a existência de Deus, não podemos concebê-lo sem Suas perfeições infinitas. Ele, sendo 10

11 justo e bom, não pode recompensar os ímpios. As vicissitudes da vida têm uma causa, e como Deus é justo, essa causa deve ser justa. A justiça divina é infalível! 7c. Salmo 27. Significado de alguns termos e expressões, segundo o contexto Anelo desejo intenso Inquirimos perguntamos Recôndito profundeza, íntimo, âmago Tabernáculo Tenda portátil que foi o santuário do Deus dos hebreus, durante a peregrinação deles pelo deserto. Símbolo da convivência ou encontro entre Deus e o homem. A parte do templo de Jerusalém onde ficava a Arca da Aliança. Tabernáculo do Senhor lugar onde repousava a Arca da Aliança quando os israelitas residiam no deserto. Tabernáculo Eterno O Céu. Tabernáculo Virgem o ventre em que Jesus Cristo foi gerado. Os que nos espreitam nossos adversários. 7d. Estudo do Salmo 27 Quando realmente acreditamos que o Senhor é a nossa luz, a nossa salvação e a força da nossa vida, a nossa confiança em Sua proteção se fortalece. Já não tememos a influência de espíritos encarnados e desencarnados que, frequentemente, tentam investir contra nós. Essa proteção divina, entretanto, exige de nós ago mais que a fé, ago mais que a confiança no Senhor. Desejamos ardentemente a presença de Deus, mas para que sejamos dignos de recebê-lo, é necessário estudar as nossas próprias imperfeições, e trabalhar, sem cessar, para eliminá-las. Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para dominar suas más inclinações. O Senhor mostrou-nos o caminho da nossa redenção, ao enviar-nos Jesus, modelo absoluto de todas as virtudes. E a Doutrina Espírita vem em nosso auxilio, esclarecendo e complementando os ensinamentos do Mestre. Jesus, modelo a ser seguido! Doutrina Espírita, divina expressão do Consolador Prometido, programa de esclarecimento, redenção e renovação, a ser estudado e incorporado ao nosso fazer diário. Jesus e a Doutrina Espírita construíram a vereda, nem sempre plana, para a nossa elevação espiritual. Façamos a nossa parte; só assim, podemos confiar e esperar pelo Senhor. 7e. Salmo 103. Significado de alguns termos e expressões. Iniquidades Perversidades, maldades Águia Suas asas são o símbolo da Divina Providência. Era crença que a águia rejuvenescia ao mudar as penas. Longânimo Complacente, indulgente, benigno, generoso. Temer ao Senhor: é compreendê-lo, senti-lo através de Suas Leis; é sentir o poder, a justiça, a bondade e a misericórdia do Pai; é fazer jus à proteção que o Seu amor nos doa; é fazer jus a vinda de Jesus à Terra; é reconhecer que Ele providencia os Seus Emissários para nos atenderem em todas as nossas necessidades. Atender não quer dizer resolver. Atender é mostrar o caminho na hora certa. Atender é dizer: Você está sofrendo, meu filho, mas Eu estou aqui. Então temer a Deus é confiar em Deus, na Sua bondade; é esperar que essa bondade se manifesta; se não hoje, amanhã, mas se manifestará sempre em nossa vida. (D. Guiomar) De eternidade à eternidade desde a eternidade até a eternidade. A misericórdia do Senhor é eterna. 11

12 Concerto acordo, aliança. Beneplácito Consentimento, licença, aprovação. 7f. Estudo do Salmo 103 Bendize, ó nossa alma ao Senhor Com este ato de louvor, o salmista começa e termina este cântico. Sim, cantaremos ao Senhor, enquanto vivermos; cantaremos louvores a Deus durante toda nossa vida. Porque Deus, que é soberanamente justo e bom, perdoa nossas iniqüidades, sara nossas enfermidades, redime nossa vida da perdição, não nos repreenderá para sempre, nem conservará Sua ira contra nós. O Senhor conhece a fragilidade do ser humano, cuja natureza é, ainda, imperfeita e, portanto, sujeita a erro. Mas o salmista lembra ao suplicante que a vida é breve. Não devemos, pois, reconhecer, apenas, que a misericórdia e a justiça de Deus são eternas. Aproveitamos, sem demora, a preciosa oportunidade que o momento presente nos oferece para nos libertarmos das nossas imperfeições. Joanna de Angelis afirma que Somente quem soube aplicar o patrimônio do tempo com eficiência, bem morre, libertando-se e sendo ditoso. Só, assim, seremos dignos de receber as graças de Deus, agora, e sempre. 8. A Unidade de Sentido entre a Preparação e os três Salmos Invocamos o Poder de Deus para vir em nosso auxilio, pois enquanto o homem faz o possível, Deus improvisa o impossível. Nessa certeza, refugiamo-nos em Deus, pois a Sua Proteção não nos faltará. Ele é o nosso refugio, a nossa fortaleza, e estará conosco em todos os momentos angustiosos pelos quais tenhamos que passar. E, nesses momentos, clamamos, confiantes, pela Sua presença, pois Ele é a nossa luz, a nossa salvação e a força da nossa vida. E Deus se fará presente em nossas vidas, pois soberanamente bom e justo nos perdoará e responderá às nossas súplicas, segundo o nosso merecimento e às nossas reais necessidades. Confiemos, pois, no Senhor e cantemos louvores ao Seu nome porque a Sua benignidade e a Sua justiça durarão para sempre. O Deus de Jesus, o Pai das misericórdias, é o mais carinhoso que a mais carinhosa das mães. Não faz distinção de pessoas. Para todos faz nascer o sol e envia a chuva benfazeja. Abençoa os seres humanos como filhos amados: grandes e pequenos, sábios e simples, justos e pecadores... (Ephrain F.Alves) 9. Observação Importante Temos por hábito fazer um Semanário tão-somente para agradecer a obtenção das graças divinas, que nos levaram a resolver o problema que tanto nos afligia? Deveremos, sim, realizar um Semanário de agradecimento e renovar nosso propósito de melhoria intima, para que sejamos dignos de obter outras graças, quando realmente necessárias. A gratidão por nosso Criador é a prece mais legitima que se Lhe pode fazer. Areolino Gurjão 12

13 Oração. Coletânea de definições e afirmações A oração é divina voz do espírito no grande silêncio. (Emmanuel) A oração é acima de tudo, sentimento. É vibração, energia, poder. A oração é prodigioso banho de forças, tal a vigorosa corrente mental que atrai. (André Luiz) A oração é o meio imediato de nossa comunhão com o Pai Celestial. (Meimei) A oração, qual uma onda eletromagnética, percorre espaços e encontra a Deus a fonte de todos os recursos. Assim como os medicamentos curam o corpo e lhe dão energia, a oração é vitamina da alma. (Bezerra) Toda minha vida foi uma prece, feita no altar da renovadora virtude. (Confúcio: a.c. Iluminado mestre espiritual chinês, no momento de seu desencarne) A oração é o banho de purificação para o espírito humano. Não sou homem de letras ou cientista, mas pretendo, humildemente, ser homem de oração. Foi a oração que salvou a minha vida. (Mahatma Gandhi) A prece é sempre veículo de intercâmbio com Deus. A prece é a luminosa linguagem da alma com a qual falamos ao Pai Celestial. (Victor Hugo) A oração é uma força tão real como a gravidade terrestre. (Dr. Aléxis Carrel Prêmio Nobel de Medicina) A oração verdadeira é modelo de vida, como a vida mantida em pureza é, literalmente, um modelo de oração. (Carlos Bernardo Loureiro) A prece do coração é tudo, a dos lábios nada vale. Allan Kardec Tu quando orares, entra no teu quarto, e, fechada a porta, ora ao teu Pai em segredo; e teu Pai que vê num lugar oculto, recompensar-te-á. E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles; porque Deus, o vosso pai, sabe o que tendes necessidade, antes que lho peçais. Jesus (Mateus 6: 6-8) Tudo quanto pedirdes, com fé, em vossas orações, recebereis. Jesus (Mateus 21:22) ALLAN KARDEC Qual o caráter da prece? A prece é um ato de adoração. Orar a Deus é pensar Nele; é aproximar-se Dele; é por-se em comunicação com Ele. A três coisas podemos propor-nos por meio da prece: LOUVAR PEDIR AGRADECER (Pergunta 656, O Livro dos Espíritos) 13

14 Três sugestões de Oração Diária Colocando-se em condição de ligação com a Força de Deus Respiração e mentalização. Pense no seu corpo todo com os olhos fechados, solte, relaxe! Inspire profundamente, bem devagar, sem prender o ar, comece a soltá-lo lentamente. Faça essa respiração três vezes. E, a cada vez que inspirar visualize um ar prateado ou branco penetrando pelas narinas e limpando todo seu sangue. Ao expirar, imagine que todos os miasmas negativos e as toxinas do seu organismo estão sendo eliminados. Pense que você está relaxado, em paz, saudável! Visualize uma grande luz branca desce do alto sobre sua cabeça, flui em seu cérebro, desce lentamente por toda a coluna vertebral, ramifica-se para seus braços e mãos, pernas e pés. Você agora está totalmente coberto de luz e seu corpo e sua alma são a própria luz. Sinta paz! Inicie agora suas orações com Afirmações positivas... Louvado seja Deus nosso Pai Celestial! Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo! Louvada seja Maria nossa Mãe Santíssima e suas Legionárias! Louvado Dr. Bezerra de Menezes! Louvados sejam todos os Benfeitores do Perseverança! Eu... Agora agradeço e rogo... Encerrar com Pai Nosso e Ave Maria. Mentalização da manhã Estou despertando sob a inspiração do meu Cristo Interno ligado ao Cristo de Deus que me conduzirá em triunfo Não é obrigatório, mas o aluno poderá acrescentar algo mais, de acordo com sua vontade ou necessidade, exemplo: "em triunfo em toda adversidade, em triunfo sobre a angústia, a depressão, a ansiedade, os problemas com o chefe, com o serviço, em triunfo, terei um dia de alegria, realização, saúde"... Imagine a figura iluminada de Jesus, brilhando em seu ser. Visualize das mãos de Jesus raios prateados, azulados e dourados, trazendo a você equilíbrio, saúde e paz. Sinta o amor que flui do olhar de Jesus, preenchendo sua vida com alegria, entusiasmo e coragem. Ore o Pai Nosso e a Ave Maria. Preparação para a oração 1- Encontre um lugar e uma posição confortável, volte sua atenção para o interior: Faça a respiração completa por 2 ou 3 vezes. Sua atenção deve permanecer focalizada na respiração até que tenha terminado de exalar, e, então você deve ficar sem respirar durante alguns segundos antes de inspirar novamente. A questão é deixar sua mente se mover com a respiração até que ela se torne leve e suave dentro peito. Permaneça algum tempo concentrado somente em sua respiração, mantendo a mente vazia. Concentrado somente no ar que entre e sai, nos movimentos que seu corpo faz com a inspiração e a expiração. 2- Nesse segundo estágio, imagine que você está respirando através do coração (ou do centro do seu peito, se você ainda não é capaz de sentir seu coração diretamente). Enquanto continua respirando lenta e profundamente (mas sem esforço), visualize e realmente sinta - cada inspiração e cada expiração passando por essa parte-chave de seu corpo. Imagine que cada tomada de oxigênio nutre seu corpo e cada expiração o livra dos resíduos de que ele não mais precisa. Imagine o movimento lento e dócil da inspiração e da expiração, que banham o corpo com esse ar purificador e calmante. Seu corpo, seu coração usufrui da dádiva da atenção e da pausa que está recebendo de você, pense nele com carinho, gratidão. 3- O terceiro estágio consiste em tomar consciência da sensação de calor e expansão que está se desenvolvendo em seu peito. Uma maneira de sentir isso é se apegar a um sentimento de reconhecimento e gratidão e deixá-lo encher o peito. O coração é particularmente sensível à gratidão, a quaisquer sentimentos de amor, quer seja por alguém, algo, ou mesmo pela idéia de Deus benevolente e Pai. Nessa condição favorável, serena, de harmonia, inicie seu momento de oração pessoal. 14

15 PROBEM 1º ano 1º Tarefa Maio Entregar dia 31/05/2014 Nome: RG: Oração no Mês de Maio - LOUVOR A MÃE SANTÍSSIMA Todas as manhãs: Salmo 1 1- Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. 2- Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. 3- Será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria e cujas folhas não caem. Tudo o que fizer prosperará. 4- Os ímpios não são assim, mas são como moinho que o vento espalha. 5- Pelo que os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos. 6- Pois o Senhor conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios perecerá. Realize uma oração à Mãe Santíssima por você e sua família e termine com Ave Maria. Ao final do dia: Salmo Aquele que habita no esconderijo do altíssimo, à sombra do Todo Poderoso descansará. 2- Diremos do Senhor: Ele é o nosso refúgio e nossa fortaleza, o meu Deus em quem confiamos. 3- Porque Ele nos livra do laço do passarinheiro e da peste perniciosa. 4- Ele nos cobre com as suas penas, e debaixo das suas asas encontramos refúgio; a sua verdade é escudo e broquel. 5- Não temeremos os terrores da noite, nem a seta que voe de dia. 6- Nem peste que ande na escuridão, nem mortandade que assole ao meio dia. 7- Mil poderão cair ao nosso lado e dez mil a nossa direita; mas nós não seremos atingidos. 8- Somente com os nossos olhos contemplaremos e veremos a recompensa dos ímpios. 9- Porquanto fizemos do Senhor o nosso refúgio e do Altíssimo nossa habitação. 10- Nenhum mal nos sucederá, nem praga alguma chegará ao nosso lar. 11- Porque aos seus anjos dará ordens a nosso respeito, para nos guardarem em todos os nossos caminhos. 12- Eles nos sustentarão em suas mãos, para que não tropecemos em alguma pedra. 13- Pisaremos o leão e a áspide; calcaremos aos pés o filho do leão e a serpente. 14- Pois que tanto nos amou, Ele nos livrará, por-nos-á num alto retiro, porque conhecemos o Seu nome. 15- Quando nós o invocarmos, Ele nos responderá; estará conosco na angústia, livrar-nos-á e nos honrará. 16- Com longura de dias fartar-nos-á e nos mostrará a sua salvação. Nesse mês de maio assistir as palestras todas às semanas, se preparando para o trabalho da imantação das velas, cura e libertação. Nessa época do ano, mês de maio, Mãe Santíssima e suas legionárias se aproximam mais de toda a humanidade e da casa Perseverança, ouvindo todas as preces e trazendo suas bênçãos de paz, esperança e amor para todos os corações. Datas em que assistiu à palestra Maio Assinale os dias em que você realizou a oração. De 1 a 7 realizar também o Semanário 15

16 Questionário do livro. Nosso Lar, André Luiz. 1- Quando e por que André Luiz recebeu ajuda e saiu do Umbral? (Cap. 2) 2- Qual o efeito em A. Luiz que a oração do crepúsculo operou? (Cap. 3) 3- Por que A. Luiz foi considerado um suicida inconsciente? (Cap. 5) Questionário do Evangelho. Novo Testamento. 1. Qual o significado de Jesus, Governador do Orbe Terrestre, ter nascido em uma estrebaria? 2. Comente: Bem aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus? 3. Como podem ser bem aventurados os aflitos, e como serão consolados? Registro de Ações Voluntárias. Março, Abril e Maio. Dia/mês Horas de atividade Qual Ação Voluntária Assinatura do Coordenador do Trabalho 1ª AUTO-AVALIAÇÃO DO PROBEM - 1º ANO/2014 Participação Pessoal SIM NÃO 1 Fez a mentalização da manhã? 2 Realizou a oração diária proposta? 3 Fez o semanário? 4 Realizou semanalmente o Evangelho no Lar? Dia: 5 Assistiu a Palestra uma vez por semana? Dia: 6 Respondeu o questionário do mês? 7 Participou de alguma Ação Voluntária? Assiduidade sem atraso (não precisa preencher) % Apresente suas críticas e ou sugestões. Critério de Nota Pontos Nota Itens 1 a 7 1 mais que 90% de presença 3 de 70% a 89% de presença 2 de 50% a 69% de presença 1 menos que 50% de presença 0 Nota do aluno 16

17 PROBEM 1º ano 2º Tarefa Agosto Entregar dia 06/09/2014 Nome: RG: REFLEXÃO MÊS DE AGOSTO DR. BEZERRA DE MENEZES Filhos queridos. A bondade infinita do senhor nos permitirá também estar presente e receber os pedidos em nosso santuário. A luz de seu amor será refletida em cada canto em todo aquele espaço, como se fosse um diamante lapidado sob a irradiação da luz do Sol. Em seu interior haverá Entidades de diversas hierarquias e correntes, que renovarão constantemente a energia daquele local. O Santuário da Terra estará intimamente conectado ao Santuário Espiritual e uma cascata de luzes brilhantes cairá ininterruptamente, espargindo em todas as direções o amor e o poder de Deus. A presença naquele Santuário de Luz representará para tantos, libertação e cura, alívio e esperança, força e equilíbrio. Todos os pedidos encaminhados a nós receberão a resposta de nosso amor, confirmando a assertiva de Jesus: Batei e abrir-se-vos-á, buscai e achareis, pedi e dar-se-vos-á. Filhos amados do meu coração. Jesus aguarda de nós vivermos como Ele nos ensinou. A sua máxima Amar a Deus sob todas as coisas e ao próximo como a si mesmo pode ser cultivada diariamente por gestos de gentileza, de carinho, por sorrisos e pequenos gestos de atenção. Ninguém desenvolve o amor Divino se não der os primeiros passos em direção a ele. Ide, meus filhos, a nossa Festa Perseverança, oferecendo o vosso coração de amor, como se pudesse entregá-lo a Jesus. E eu, como vosso pai que sou, continuarei vos oferecendo o meu, com muito amor. Muita Paz Bezerra (21/08/2011) Visualize mentalmente o santuário de Dr Bezerra, respire profundamente, ouça o burburinho da cachoeira e faça as Afirmações: Louvado seja Deus nosso Pai Celestial! Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo! Louvada seja Maria Mãe Santíssima! Louvado seja Dr. Bezerra de Menezes! Eu... Agora agradeço e rogo... Encerrar com Pai Nosso e Ave Maria. Agosto Assinale os dias em que você realizou a oração. De 1 a 7 realizar também o Semanário Questionário do livro. Nosso Lar, André Luiz. 01- Quais são os seis ministérios de Nosso Lar? (cap. 8) 02- Qual a finalidade do Umbral? (cap. 12) 17

18 03- Amor o alimento das almas. Como aprimorar esse sentimento divino dentro do seu lar? (cap. 17 e 18) Questionário do Evangelho. Novo Testamento. 01- Qual o significado de oferecer a outra face? 02- Como recomendou Jesus fazer as nossas orações? 03- Qual o significado que Jesus dava a: Pai dos Céus; Pai Celeste; Pai Nosso; Pai Perfeito? Registro de Ações Voluntárias. Junho, Julho e Agosto. Dia/mês Horas de atividade Qual Ação Voluntária Assinatura do Coordenador do Trabalho 2ª AUTO-AVALIAÇÃO DO PROBEM - 1º ANO/2014 Participação Pessoal SIM NÃO 1 Fez a mentalização da manhã? 2 Realizou a oração diária proposta? 3 Fez o semanário? 4 Realizou semanalmente o Evangelho no Lar? Dia: 5 Assistiu a Palestra uma vez por semana? Dia: 6 Respondeu o questionário do mês? 7 Participou de alguma Ação Voluntária? Assiduidade sem atraso (não precisa preencher) % Critério de Nota Pontos Nota Itens 1 a 7 1 mais que 90% de presença 3 de 70% a 89% de presença 2 de 50% a 69% de presença 1 menos que 50% de presença 0 Nota do aluno Apresente suas críticas e ou sugestões. 18

Lição 01 O propósito eterno de Deus

Lição 01 O propósito eterno de Deus Lição 01 O propósito eterno de Deus LEITURA BÍBLICA Romanos 8:28,29 Gênesis 1:27,28 Efésios 1:4,5 e 11 VERDADE CENTRAL Deus tem um propósito original e eterno para minha vida! OBJETIVO DA LIÇÃO Que eu

Leia mais

Lembrança da Primeira Comunhão

Lembrança da Primeira Comunhão Lembrança da Primeira Comunhão Jesus, dai-nos sempre deste pão Meu nome:... Catequista:... Recebi a Primeira Comunhão em:... de... de... Local:... Pelas mãos do padre... 1 Lembrança da Primeira Comunhão

Leia mais

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus OBJETIVOS 1) Analisar em que se resume a autoridade do Cristo. 2) Esclarecer como o Espiritismo explica essa autoridade. IDEIAS PRINCIPAIS 1) Sob a autoridade moral do Cristo, somos guiados na busca pela

Leia mais

SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS

SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS Bíblia para crianças apresenta SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Lyn Doerksen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

Porque Deus mandou construir o tabernáculo?

Porque Deus mandou construir o tabernáculo? Aula 39 Área da Adoração Êxodo 19:5~6 Qual o significado de: vós me sereis reino sacerdotal? Significa que toda a nação, não parte, me sereis reino sacerdotal, povo santo, nação santa. Israel era uma nação

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

Vinho Novo Viver de Verdade

Vinho Novo Viver de Verdade Vinho Novo Viver de Verdade 1 - FILHOS DE DEUS - BR-LR5-11-00023 LUIZ CARLOS CARDOSO QUERO SUBIR AO MONTE DO SENHOR QUERO PERMANECER NO SANTO LUGAR QUERO LEVAR A ARCA DA ADORAÇÃO QUERO HABITAR NA CASA

Leia mais

1ª Leitura - Ex 17,3-7

1ª Leitura - Ex 17,3-7 1ª Leitura - Ex 17,3-7 Dá-nos água para beber! Leitura do Livro do Êxodo 17,3-7 Naqueles dias: 3 O povo, sedento de água, murmurava contra Moisés e dizia: 'Por que nos fizeste sair do Egito? Foi para nos

Leia mais

O NASCIMENTO DE JESUS

O NASCIMENTO DE JESUS Bíblia para crianças apresenta O NASCIMENTO DE JESUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:M. Maillot Adaptado por: E. Frischbutter; Sarah S. O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da

Leia mais

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL.

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. Como sabemos o crescimento espiritual não acontece automaticamente, depende das escolhas certas e na cooperação com Deus no desenvolvimento

Leia mais

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz?

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? A Unidade de Deus Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? Vejamos a seguir alguns tópicos: Jesus Cristo é o Único Deus Pai Filho Espírito Santo ILUSTRAÇÃO Pai, Filho e Espírito

Leia mais

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13 A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO Romanos 15:13 - Ora o Deus de esperança vos encha de toda a alegria e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo. Só Deus pode nos dar uma

Leia mais

A primeira razão pela qual Jesus chamou os discípulos foi para que estivessem consigo para que tivesses comunhão com Ele.

A primeira razão pela qual Jesus chamou os discípulos foi para que estivessem consigo para que tivesses comunhão com Ele. 1 Marcos 3:13 «E (Jesus) subiu ao Monte e chamou para si os que ele quis; e vieram a ele. E nomeou doze para que estivessem com ele e os mandasse a pregar, e para que tivessem o poder de curar as enfermidades

Leia mais

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO Quinta-feira depois da Santíssima Trindade ou no Domingo seguinte SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO Solenidade LEITURA I Ex 24, 3-8 «Este é o sangue da aliança que Deus firmou convosco» Leitura do Livro

Leia mais

LIBERTANDO OS CATIVOS

LIBERTANDO OS CATIVOS LIBERTANDO OS CATIVOS Lucas 14 : 1 24 Parábola sobre uma grande ceia Jesus veio convidar àqueles que têm fome e sede para se ajuntarem a Ele. O Senhor não obriga que as pessoas O sirvam, mas os convida

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

Centro Espírita Perseverança

Centro Espírita Perseverança Centro Espírita Perseverança PROBEM PROGRAMA BÁSICO DE DESENVOLVIMENTO MEDIÚNICO 1 NTRO ESPÍRITA PERSEVERANÇA APOSTILA DO PROBEM 2 PROBEM PROGRAMA BÁSICO DE DESENVOLVIMENTO MEDIÚNICO OBJETIVO: Promover

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37

MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37 MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37 1 1. Objetivos: Ensinar que quando Moisés aproximou-se de Deus, os israelitas estavam com medo. Ensinar que hoje em dia, por causa de Jesus, podemos nos sentir perto de Deus

Leia mais

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org Evangelhos 1. Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus (Mt 5, 1-12a) ao ver a multidão, Jesus subiu ao monte e sentou-se. Rodearam-n O os discípulos e Ele começou a ensiná-los, dizendo:

Leia mais

ECBR PROFESSORA PRISCILA BARROS

ECBR PROFESSORA PRISCILA BARROS CANTATA DE NATAL 2015 ECBR PROFESSORA PRISCILA BARROS 1. O PRIMEIRO NATAL AH UM ANJO PROCLAMOU O PRIMEIRO NATAL A UNS POBRES PASTORES DA VILA EM BELÉM LÁ NOS CAMPOS A GUARDAR OS REBANHOS DO MAL NUMA NOITE

Leia mais

Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras)

Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras) Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras) Mostre o "Homem em Pecado" separado de Deus Esta luz (aponte para o lado direito) representa

Leia mais

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves CAMINHOS Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves Posso pensar nos meus planos Pros dias e anos que, enfim, Tenho que, neste mundo, Minha vida envolver Mas plenas paz não posso alcançar.

Leia mais

O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO

O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO Vós ouviste o que vos disse: Vou e retorno a vós. Se me amásseis, ficaríeis alegres por eu ir para o Pai, porque o Pai é maior do que eu. João

Leia mais

Acostumando-se com os Milagres

Acostumando-se com os Milagres Acostumando-se com os Milagres Ap. Ozenir Correia 1. VOCÊ NÃO PERCEBE O TAMANHO DO MILAGRE. Enxame de moscas Naquele dia, separarei a terra de Gósen, em que habita o meu povo, para que nela não haja enxames

Leia mais

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS 18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e

Leia mais

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!... SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...) A cada manhã 71 (A cada manhã as misericórdias se renovam...)

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

O PLANO CONTRA LÁZARO

O PLANO CONTRA LÁZARO João 12 Nesta Lição Estudará... Jesus em Betânia O Plano Contra Lázaro Jesus Entra em Jerusalém Alguns Gregos Vão Ver Jesus Anuncia a Sua Morte Os Judeus Não Crêem As Palavras de Jesus Como Juiz JESUS

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI Bíblia para crianças apresenta O SÁBIO REI SALOMÃO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

A Bíblia afirma que Jesus é Deus

A Bíblia afirma que Jesus é Deus A Bíblia afirma que Jesus é Deus Há pessoas (inclusive grupos religiosos) que entendem que Jesus foi apenas um grande homem, um mestre maravilhoso e um grande profeta. Mas a Bíblia nos ensina que Jesus

Leia mais

Vou Louvar Álbum TEMPO DE DEUS DE Luiz Carlos Cardoso

Vou Louvar Álbum TEMPO DE DEUS DE Luiz Carlos Cardoso Vou Louvar DE Luiz Carlos Cardoso EM LUTAS OU PROVAS, TRIBULAÇÕES EU SEMPRE ORO E LOUVO AO SENHOR AO LADO DE JESUS CERTA É A VITÓRIA ELE É O LIBERTADOR NÃO TEMEREI MAL ALGUM NO MEIO DO LOUVOR ESTÁ O SENHOR

Leia mais

LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS

LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS 1 LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS Lc 19 1 Jesus entrou em Jericó e estava atravessando a cidade. 2 Morava ali um homem rico, chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

Naquela ocasião Jesus disse: "Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos

Naquela ocasião Jesus disse: Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos As coisas encobertas pertencem ao Senhor, ao nosso Deus, mas as reveladas pertencem a nós e aos nossos filhos para sempre, para que sigamos todas as palavras desta lei. Deuteronômio 29.29 Naquela ocasião

Leia mais

EVANGELIZAÇÃO É AMOR E LUZ É JESUS NO CORAÇÃO

EVANGELIZAÇÃO É AMOR E LUZ É JESUS NO CORAÇÃO EVANGELIZAÇÃO É AMOR E LUZ É JESUS NO CORAÇÃO Lenildo Solano EVANGELIZAÇÃO EM MÚSICA - Sequência Musical: 01- Aula de Evangelização 02- Deus 03- Jesus 04- Anjos da Guarda 05- Oração 06- Espiritismo 07-

Leia mais

Lição 9 Completar com Alegria

Lição 9 Completar com Alegria Lição 9 Completar com Alegria A igreja estava cheia. Era a época da colheita. Todos tinham trazido algo das suas hortas, para repartir com os outros. Havia muita alegria enquanto as pessoas cantavam louvores

Leia mais

UM LÍDER DO TEMPLO VISITA JESUS

UM LÍDER DO TEMPLO VISITA JESUS Bíblia para crianças apresenta UM LÍDER DO TEMPLO VISITA JESUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Byron Unger; Lazarus Adaptado por: M. Maillot; Sarah S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido

Leia mais

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDO 1 NOVA VIDA O presente curso ajudará você a descobrir fatos da Palavra de Deus, fatos os quais você precisa para viver a vida em toda a sua plenitude. Por este estudo

Leia mais

Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015

Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015 Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015 Durante os meus estudos, fiquei me perguntando, o que trazer de muito especial para compartilhar com os irmãos,

Leia mais

O seu conceito das religiões é como o seguinte quadro?

O seu conceito das religiões é como o seguinte quadro? ...as religiões? Sim, eu creio que sim, pois não importa a qual religião pertença. O importante é apoiar a que tem e saber levá-la. Todas conduzem a Deus. Eu tenho minha religião e você tem a sua, e assim

Leia mais

Esperança em um mundo mal Obadias 1-21. Propósito: Confiar em Cristo independente do mundo em que vivemos.

Esperança em um mundo mal Obadias 1-21. Propósito: Confiar em Cristo independente do mundo em que vivemos. Esperança em um mundo mal Obadias 1-21 Propósito: Confiar em Cristo independente do mundo em que vivemos. Introdução Obadias É o livro mais curto do Antigo Testamento. Quase nada se sabe sobre o autor.

Leia mais

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA At 9.31 A igreja, na verdade, tinha paz por toda Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se

Leia mais

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23.

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23. Tema: DEUS CUIDA DE MIM. Texto: Salmos 23:1-6 Introdução: Eu estava pesando, Deus um salmo tão poderoso até quem não está nem ai prá Deus conhece uns dos versículos, mas poderosos da bíblia e o Salmo 23,

Leia mais

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015]

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] 1 Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] Página 9 Na ilustração, Jesus está sob a árvore. Página 10 Rezar/orar. Página 11 Amizade, humildade, fé, solidariedade,

Leia mais

DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ

DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ EBD DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ OLÁ!!! Sou seu Professor e amigo Você está começando,hoje, uma ETAPA muito importante para o seu CRESCIMENTO ESPIRITUAL e para sua

Leia mais

6ª Aula A Vontade de Deus

6ª Aula A Vontade de Deus 6ª Aula A Vontade de Deus Objetivo do curso: Ajudar cada cristão a orar mais! Ajudar cada cristão a entender que a oração é o meio pelo qual Deus é CONVIDADO a fazer parte de nossas vidas (não há outra

Leia mais

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1 Bíblia Sagrada Novo Testamento Primeira Epístola de São João virtualbooks.com.br 1 Capítulo 1 1 O que era desde o princípio, o que temos ouvido, o que temos visto com os nossos olhos, o que temos contemplado

Leia mais

Músicos, Ministros de Cura e Libertação

Músicos, Ministros de Cura e Libertação Músicos, Ministros de Cura e Libertação João Paulo Rodrigues Ferreira Introdução Caros irmãos e irmãs; escrevo para vocês não somente para passar instruções, mas também partilhar um pouco da minha experiência

Leia mais

Português. Sagrada Família de Jesus, Maria e José B. Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14)

Português. Sagrada Família de Jesus, Maria e José B. Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14) Português Sagrada Família de Jesus, Maria e José B Deus apareceu na terra e começou a viver no meio de nós. (cf. Bar 3,38) Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14) Deus quis honrar os pais nos filhos

Leia mais

GANHADO O MUNDO SEM PERDER A FAMILIA

GANHADO O MUNDO SEM PERDER A FAMILIA TEXTO: 1 SAMUEL CAPITULO 3 HOJE NÃO É SOBRE SAMUEL QUE VAMOS CONHECER, SABEMOS QUE SAMUEL foi o último dos juízes e o primeiro dos profetas. Ele foi comissionado para ungir asaul, o primeiro rei, e a David,

Leia mais

Oração. u m a c o n v e r s a d a a l m a

Oração. u m a c o n v e r s a d a a l m a Oração u m a c o n v e r s a d a a l m a 11 12 O Evangelho relata que por diversas vezes, quando ninguém mais estava precisando de alguma ajuda ou conselho, Jesus se ausentava para ficar sozinho. Natural

Leia mais

Grandes coisas fez o Senhor!

Grandes coisas fez o Senhor! Grandes coisas fez o Senhor! Sl 126:3 "Grandes coisas fez o Senhor por nós, e, por isso, estamos alegres." Este Salmo é um cântico cheio de alegria que se refere ao retorno do povo judeu do cativeiro babilônico,

Leia mais

O PRÍNCIPE TORNA-SE UM PASTOR

O PRÍNCIPE TORNA-SE UM PASTOR Bíblia para crianças apresenta O PRÍNCIPE TORNA-SE UM PASTOR Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:M. Maillot; Lazarus Adaptado por: E. Frischbutter; Sarah S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido

Leia mais

Santos Anjos, intercedam por nós e ajudai-nos a acolher em nosso coração a vontade de Deus.

Santos Anjos, intercedam por nós e ajudai-nos a acolher em nosso coração a vontade de Deus. Novena - final 4º DIA Com os anjos do Senhor Oração de fé contando com os Anjos do Senhor: Pai Bom e misericordioso, Vós que em muitas ocasiões vos valeis dos Santos Anjos para dar-nos a conhecer vossa

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo VI Aprendendo com Fatos

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo VI Aprendendo com Fatos FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo VI Aprendendo com Fatos Extraordinários Objetivos Explicar o fenômeno de transfiguração,

Leia mais

O texto nomeia os 11, mais algumas mulheres, das quais só menciona Maria, com os irmãos de Jesus. Aqui aparece um fato curioso e edificante.

O texto nomeia os 11, mais algumas mulheres, das quais só menciona Maria, com os irmãos de Jesus. Aqui aparece um fato curioso e edificante. Aula 25 Creio na Igreja Católica.1 Frei Hipólito Martendal, OFM. 1. Leitura de At 2, 1-15. Ler e explicar... Dia de Pentecostes (=Quinquagésima) é o 50º dia depois da Páscoa. Os judeus celebravam a Aliança

Leia mais

O líder influenciador

O líder influenciador A lei da influência O líder influenciador "Inflenciar é exercer ação psicológica, domínio ou ascendências sobre alguém ou alguma coisa, tem como resultado transformações físicas ou intelectuais". Liderança

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Reuniões Mediúnicas. Palestrante: Carlos Feitosa. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Reuniões Mediúnicas. Palestrante: Carlos Feitosa. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Reuniões Mediúnicas Palestrante: Carlos Feitosa Rio de Janeiro 04/10/2002 Organizadores da Palestra: Moderador: "_Alves_"

Leia mais

LIVRO DE CIFRAS Página 1 colodedeus.com.br

LIVRO DE CIFRAS Página 1 colodedeus.com.br LIVRO DE CIFRAS Página 1 Página 2 Página 3 ACENDE A CHAMA AUTOR: HUGO SANTOS Intro: A F#m D A F#m D A F#m D Quero Te ver, acende a Chama em mim Bm F#m A Vem com Teu Fogo, vem queimar meu coração Bm F#m

Leia mais

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal Personal Commitment Guide Guia de Compromisso Pessoal Nome da Igreja ou Evento Nome do Conselheiro Telefone 1. Salvação >Você já atingiu um estágio na vida em que você tem a certeza da vida eterna e que

Leia mais

EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3. Evangelho de João Cap. 3. 1 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus.

EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3. Evangelho de João Cap. 3. 1 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus. EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3 LEMBRETE IMPORTANTE: As palavras da bíblia, são somente as frases em preto Alguns comentários explicativos são colocados entre os versículos, em vermelho. Mas é apenas com o intuito

Leia mais

Recomendação Inicial

Recomendação Inicial Recomendação Inicial Este estudo tem a ver com a primeira família da Terra, e que lições nós podemos tirar disto. Todos nós temos uma relação familiar, e todos pertencemos a uma família. E isto é o ponto

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

Lucas 9.51-50. Aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém.

Lucas 9.51-50. Aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém. Lucas 9.51-50 51 Aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém. 52 E enviou mensageiros à sua frente. Indo estes, entraram num povoado samaritano

Leia mais

Vigília Jubilar. Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10.

Vigília Jubilar. Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10. Vigília Jubilar Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10. Material: Uma Bíblia Vela da missão Velas para todas as pessoas ou pedir que cada pessoa

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados...

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... Apostila de Fundamentos Arrependimento Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... (Atos 3:19) A r r e p e n d i m e n t o P á g i n a 2 Arrependimento É muito importante

Leia mais

JESUS, MOISÉS E ELIAS Lição 30. 1. Objetivos: Mostrar que Jesus está sobre todas as pessoas porque é o filho de Deus..

JESUS, MOISÉS E ELIAS Lição 30. 1. Objetivos: Mostrar que Jesus está sobre todas as pessoas porque é o filho de Deus.. JESUS, MOISÉS E ELIAS Lição 30 1 1. Objetivos: Mostrar que Jesus está sobre todas as pessoas porque é o filho de Deus.. 2. Lição Bíblica: Mateus 17.1-13; Marcos 2.1-13; Lucas 9.28-36 (Leitura bíblica para

Leia mais

Orações. Primeira Parte

Orações. Primeira Parte EDITORA AVE-MARIA Primeira Parte Orações Não vos inquieteis com nada! Em todas as circunstâncias apresentai a Deus as vossas preocupações, mediante a oração, as súplicas e a ação de graças. (Filipenses

Leia mais

Roteiro 3 João Batista, o precursor

Roteiro 3 João Batista, o precursor FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro 1 Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 3 João Batista, o precursor Objetivo Identificar a missão de João

Leia mais

Tesouro em vaso de barro. Quando o natural é visitado pelo sobrenatural

Tesouro em vaso de barro. Quando o natural é visitado pelo sobrenatural Tesouro em vaso de barro Quando o natural é visitado pelo sobrenatural O paradoxo humano Dignidade x Depravação Virtude x pecado Beleza x feiura Consagração Enchendo o vaso com o tesouro - parte 1 Jz.

Leia mais

1ª Leitura - Gn 1,20-2,4a

1ª Leitura - Gn 1,20-2,4a 1ª Leitura - Gn 1,20-2,4a Façamos o homem à nossa imagem e segundo a nossa semelhança. Leitura do Livro do Gênesis 1,20-2,4a 20Deus disse: 'Fervilhem as águas de seres animados de vida e voem pássaros

Leia mais

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 07 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 07 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 07 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) II CICLO B IDADES: 09/10 1. TEMA: Pai Nosso - A Oração Dominical. PLANO DE AULA 2. OBJETIVO:

Leia mais

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós.

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós. Lausperene Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos

Leia mais

Cântico: Dá-nos um coração

Cântico: Dá-nos um coração Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos que vivem

Leia mais

pensamentos para o seu dia a dia

pensamentos para o seu dia a dia pensamentos para o seu dia a dia Israel Belo de Azevedo 1Vida e espiritualidade 1 Adrenalina no tédio O interesse por filmes sobre o fim do mundo pode ser uma forma de dar conteúdo ao tédio. Se a vida

Leia mais

O QUE E A IGREJA ESQUECEU

O QUE E A IGREJA ESQUECEU 51. Aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém. 52. E enviou mensageiros à sua frente. Indo estes, entraram num povoado samaritano para lhe

Leia mais

DAVI, O REI (PARTE 1)

DAVI, O REI (PARTE 1) Bíblia para crianças apresenta DAVI, O REI (PARTE 1) Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

A BÍBLIA. Bíblia: do grego Biblion = Livro, Livro por excelência

A BÍBLIA. Bíblia: do grego Biblion = Livro, Livro por excelência Conhecendo a Bíblia A BÍBLIA Bíblia: do grego Biblion = Livro, Livro por excelência Divisão em capítulos: Stephen Langton, em 1227 e Cardeal Hugo de Sancto Caro, por volta de 1260. Divisão por versículos:

Leia mais

"Ajuntai tesouros no céu" - 5

Ajuntai tesouros no céu - 5 "Ajuntai tesouros no céu" - 5 Mt 6:19-21 Temos procurado entender melhor através das escrituras, o que Jesus desejou ensinar aos seus discípulos nesta sequência de palavras, e pra isso, estudamos algumas

Leia mais

JOÁS, O MENINO REI Lição 65. 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo.

JOÁS, O MENINO REI Lição 65. 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo. JOÁS, O MENINO REI Lição 65 1 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo. 2. Lição Bíblica: 2 Reis 11; 2 Crônicas 24.1-24 (Base bíblica para a história

Leia mais

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus 1ª Carta de João A Palavra da Vida 1 1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e o que as nossas mãos apalparam da Palavra da Vida 2 vida esta que

Leia mais

Perdão Marca de Maturidade

Perdão Marca de Maturidade Perdão Marca de Maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO Mateus 18.15-22 15 - Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão; 16 - Mas, se não te ouvir,

Leia mais

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER INTRODUÇÃO: Qualquer que seja meu objetivo, ler é a atividade básica do aprendizado. Alguém já disse: Quem sabe ler, pode aprender qualquer coisa. Se quisermos estudar a Bíblia,

Leia mais

FILOSOFIA DE VIDA Atos 13.36

FILOSOFIA DE VIDA Atos 13.36 FILOSOFIA DE VIDA Atos 13.36 Tendo, pois, Davi servido ao propósito de Deus em sua geração, adormeceu, foi sepultado com os seus antepassados e seu corpo se decompôs. Não são todos que têm o privilégio

Leia mais

Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO.

Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO. Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO. TEXTO: 1 Entrando em Jericó, atravessava Jesus a cidade. 2 Eis que um homem, chamado Zaqueu, maioral dos publicanos e rico, 3 procurava ver

Leia mais

Demonstração de Maturidade

Demonstração de Maturidade Demonstração de Maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO 2 Reis 4.12-17 12 - Então disse ao seu servo Geazi: Chama esta sunamita. E chamando-a ele, ela se pôs diante dele. 13 - Porque ele tinha falado a Geazi:

Leia mais

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 3 MILAGRES DE JESUS

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 3 MILAGRES DE JESUS ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 3 MILAGRES DE JESUS JESUS ACALMA AS TEMPESTADES MATEUS 8:23-27; 14:22-33; MARCOS 4:35-41 OS MILAGRES: R E L E M B R A N D O - São ricos em significados (nos acorda dos milagres

Leia mais

Obs.: José recebeu em sonho a visita de um anjo que lhe disse que seu filho deveria se chamar Jesus.

Obs.: José recebeu em sonho a visita de um anjo que lhe disse que seu filho deveria se chamar Jesus. Anexo 2 Primeiro momento: contar a vida de Jesus até os 12 anos de idade. Utilizamos os tópicos abaixo. As palavras em negrito, perguntamos se eles sabiam o que significava. Tópicos: 1 - Maria e José moravam

Leia mais

Sagrado Coração de Jesus

Sagrado Coração de Jesus Trezena em honra ao Sagrado Coração de Jesus Com reflexões sobre suas doze promessas a Santa Margarida Maria de Alacoque EDITORA AVE-MARIA Introdução Antes de o prezado leitor iniciar esta Trezena em honra

Leia mais

A Bíblia realmente afirma que Jesus

A Bíblia realmente afirma que Jesus 1 de 7 29/06/2015 11:32 esbocandoideias.com A Bíblia realmente afirma que Jesus Cristo é Deus? Presbítero André Sanchez Postado por em: #VocêPergunta Muitas pessoas se confundem a respeito de quem é Jesus

Leia mais

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros.

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. A Torá é o texto mais importante para o Judaísmo. Nele se encontram os Mandamentos, dados diretamente

Leia mais

HUMILDADE- A VERDADEIRA GRANDEZA

HUMILDADE- A VERDADEIRA GRANDEZA HUMILDADE- A VERDADEIRA GRANDEZA Ministério de Mulheres Aulas: 1 - Abertura - Tudo começa na Mente 2- Considerações gerais sobre a humildade 3- Manifestações Orgulho 4- Orgulho - personagens bíblicos 5-

Leia mais

O ARCO-ÍRIS. Usado em tantas fotos, admirado quando aparece no céu, usado em algumas simbologias... e muitas vezes desconhecido sua origem.

O ARCO-ÍRIS. Usado em tantas fotos, admirado quando aparece no céu, usado em algumas simbologias... e muitas vezes desconhecido sua origem. Origem do Arco-Íris O ARCO-ÍRIS Usado em tantas fotos, admirado quando aparece no céu, usado em algumas simbologias... e muitas vezes desconhecido sua origem. Quando eu era criança, e via um arco-íris,

Leia mais

HINOS DE DESPACHO. www.hinarios.org 01 O DAIME É O DAIME. O Daime é o Daime Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana

HINOS DE DESPACHO. www.hinarios.org 01 O DAIME É O DAIME. O Daime é o Daime Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana HINOS DE DESPACHO Tema 2012: Flora Brasileira Estrela D Alva www.hinarios.org 1 2 01 O DAIME É O DAIME O é o Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana O é o O professor dos professores

Leia mais

"Ajuntai tesouros no céu" - 2

Ajuntai tesouros no céu - 2 "Ajuntai tesouros no céu" - 2 Jesus nos ensinou a "alinharmos" os nossos valores aos valores de seu Reino, comparando em sua mensagem aquilo que é terreno e passageiro com aquilo que é espiritual e eterno.

Leia mais

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 INTRODUÇÃO O Evangelho de João registra 7 afirmações notáveis de Jesus Cristo. Todas começam com Eu sou. Jesus disse: Eu sou o pão vivo

Leia mais