1T11 RESULTADOS. Relações com Investidores. Uberlândia MG, Maio de 2011 A Algar Telecom, Empresa integrada de telecomunicações

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1T11 RESULTADOS. Relações com Investidores. Uberlândia MG, Maio de 2011 A Algar Telecom, Empresa integrada de telecomunicações"

Transcrição

1 RESULTADOS 1T11 Uberlândia MG, Maio de 2011 A Algar Telecom, Empresa integrada de telecomunicações Algar Telecom com Comentário um portfólio de completo Desempenho de serviços, Consolidado divulga seus resultados do (1T11). 1º Trimestre As informações de 2011 financeiras e operacionais consolidadas da Companhia, exceto quando indicado de outra forma, foram elaboradas de acordo com os Padrões Internacionais de Demonstrações Financeiras (International Financial Reporting Standards IFRS) e em Reais brasileiros (R$) de acordo com a Lei das Sociedades Anônimas do Brasil. Base de terminais de telefonia fixa cresce 13,7%, alcançando 819 mil; Número de clientes banda larga aumenta 15,3%, totalizando 285 mil; Programa de modernização das redes da empresa avança e Algar Telecom lança banda larga de 1Gb por segundo; Receita líquida consolidada totaliza R$ 395 milhões no 1T11, um crescimento de 10,5% em relação ao 1T10; Receita bruta de voz e dados na área de autorização cresce 33%, somando R$ 85 milhões; Receita bruta de BPO/TI e Consultoria cresce 16,3% e encerra o trimestre em R$ 90 milhões; EBITDA consolidado atinge R$ 96 milhões no 1T11, 5,6% superior à do 1T10; Lucro líquido consolidado soma R$ 25 milhões no 1T11, 5,6% maior ao do 1T10. Relações com Investidores Diretor: Tatiane de Souza Lemes Panato - Analista: Érika Marques Andrade Tel: (34) Website 1 de RI: Endereço: Rua José Alves Garcia, Uberlândia - MG

2 DESEMPENHO OPERACIONAL Telecom: Unidades Geradoras de Receitas (UGR) (mil) T10 Telefonia Fixa Telefonia Celular Banda Larga T11 Provedor de Internet TV por Assinatura A Algar Telecom é composta por 3 segmentos de negócios. Os serviços de telefonia fixa, internet banda larga, comunicação de dados, telefonia celular e TV por assinatura, formam o segmento de negócio denominado TELECOM. O segundo segmento, formado pela Algar Tecnologia, é responsável pelos serviços de BPO/TI E CONSULTORIA e o terceiro NEGÓCIOS COMPLEMENTARES, concentra os serviços de engenharia de redes de telecomunicações e de listas e guias telefônicos. TELECOM Ao final do 1T11 a Algar Telecom apresentava mais de 1,9 milhão de unidades geradoras de receitas (UGR) em seu segmento de TELECOM, as quais estavam distribuídas entre os diferentes serviços. Comentários sobre os desempenhos dos mesmos encontram-se a seguir. Telefonia Fixa Ao final do 1T11, a base de linhas fixas era de 819 mil, 13,7% superior à do 1T10 impulsionada pelo crescimento de terminais nas duas áreas de atuação da Companhia. Na área de concessão, o número de terminais encerrou o trimestre em 642 mil, 6,3% maior do que aquela do 1T10 sustentado pelas ofertas convergentes de telefonia fixa, internet banda larga e TV via satélite. Na área de autorização, este número atingiu 177 mil, 52,0% superior à do 1T10 graças ao crescimento das vendas de soluções de voz para o mercado empresarial. 2

3 Telefonia Celular Na telefonia celular, a base de clientes cresceu 13,9%, encerrando o 1T11 em 590 mil. No segmento pós-pago, o número de clientes passou de 164 mil ao final do 1T10 para 186 mil ao final do 1T11, um crescimento de 13,3%. No segmento pré-pago, o crescimento foi de 14,2%, fazendo com que o número de clientes alcançasse 404 mil no 1T11, ante 354 mil no 1T10. No final do 1T11, a Algar Telecom estava mais uma vez na liderança de dois importantes indicadores: percentual de clientes alocados em planos pós-pagos 32% e o maior ARPU R$ 41,60 dentre as operadoras do País. Banda Larga A base de clientes de banda larga atingiu 285 mil no 1T11, um aumento de 15,3% em relação ao do 1T10 impulsionada pelo crescimento dos acessos banda larga via ADSL. Esse crescimento foi resultado dos pacotes lançados a partir de maio de 2010 com destaque para o CTBC MIX combinando telefonia fixa, ADSL e TV via satélite, oferecendo ao cliente o mix que melhor lhe convém nos quesitos utilização e velocidade desejada. Soma-se a isto, a migração das redes tradicionais da empresa para redes de próxima geração NGN com a disponibilização de maior volume de banda aos clientes. A aceitação do CTBC MIX pelos clientes, em razão da comodidade e benefícios percebidos, fez com que houvesse uma queda na base de banda larga móvel 3G da ordem de 3,5% em relação ao mesmo período de TV por Assinatura No final do 1T11 o serviço de TV via satélite, lançado em maio de 2010, contava com 56 mil clientes. Somados aos 33 mil da operação de TV a cabo, a Algar Telecom encerrou o 1T11 com 89 mil clientes de TV, número 172,7% superior ao do mesmo período de A TV via satélite foi lançada em Maio de 2010 em todos os 87 municípios da área de concessão da Companhia e passou a ser um importante componente das ofertas convergentes. Dados da Autorização A oferta de produtos de dados ao mercado empresarial fora da área original de atuação da Companhia continuou em franca expansão. Posicionada como parceira no negócio do cliente, o foco da Algar Telecom é ofertar produtos que garantam segurança, velocidade e qualidade no tráfego de dados mantendo, sempre, um estreito relacionamento com seus clientes. 3

4 BPO/TI E CONSULTORIA A Algar Tecnologia oferece soluções em tecnologia para processos de negócio por meio de Business Process Outsourcing (BPO), Tecnologia da Informação (TI), e Consultoria. No 1T11, a Empresa apresentou crescimento em todas as linhas de negócios, o que ocorreu tanto no aumento do portfólio de serviços para os atuais clientes quanto na conquista de novos clientes. NEGÓCIOS COMPLEMENTARES O negócio de engenharia de redes de telecom conquistou um novo cliente e realizou novas obras para clientes atuais na região Nordeste do País. O negócio de listas e guias telefônicos, por sua vez, continuou apresentando crescimento em seus serviços tradicionais e trabalhando para o fortalecimento dos meios digitais, uma nova frente de negócio que integra ferramentas on-line e off-line. 4

5 Tabela 1: Dados Operacionais (mil) Dados Operacionais 1T10 1T11 Var. TELEFONIA FIXA Linhas em Serviço ,7% Por Área de Atuação ,7% Autorização ,0% Concessão ,3% Por Perfil de Plano ,7% Pré-pago ,1% Pós-pago ,3% ARPU (com ADSL) - R$ 85,0 76,2-10,3% BANDA LARGA ,3% ADSL ,9% Móvel ,5% TELEFONIA CELULAR Total de Clientes ,9% Pré-pago ,2% Pós-pago ,3% Adições Brutas ,9% Pré-pago ,9% Pós-pago ,3% Adições Líquidas 7 7-0,7% Pré-pago ,8% Pós-pago ,4% Cancelamentos ,6% Pré-pago ,8% Pós-pago ,1% ARPU - R$ 39,8 41,6 4,6% PROVEDOR DE INTERNET ,3% TV POR ASSINATURA ,7% ARPU: Receita Média Mensal por Usuário. 5

6 Tabela 2: Demonstrações de Resultado Consolidado (em R$ milhões) 1T10 1T11 Var. RECEITA BRUTA 461,3 509,8 10,5% Telecom 370,0 405,5 9,6% BPO/TI e Consultoria 77,5 90,1 16,3% Negócios Complementares 13,8 14,2 2,5% Impostos e Deduções (103,6) (114,5) 10,5% RECEITA LÍQUIDA 357,7 395,3 10,5% CUSTOS E DESPESAS OPERACIONAIS (263,6) (298,4) 13,2% Pessoal (98,6) (125,0) 26,8% Materiais (6,7) (4,8) -28,3% Serviços de Terceiros (59,7) (73,4) 22,9% Interconexão (52,5) (54,7) 4,2% Meios de Conexão - EILD (7,5) (8,6) 15,0% Propaganda e Marketing (7,8) (5,4) -30,6% PCLD (5,1) (5,0) -2,9% Outros (16,3) (17,8) 9,0% Custo das Mercadorias Vendidas (9,4) (3,8) -59,8% OUTRAS RECEITAS (DESPESAS) OPERACIONAIS (2,9) (0,5) -82,0% EBITDA 91,2 96,4 5,6% Margem % 25,5% 24,4% - Depreciações e amortizações (36,1) (35,1) -2,6% Leasing (0,1) (0,2) 66,0% EBIT 55,0 61,1 10,9% Financeiras, líquidas (15,6) (18,6) 19,2% LUCRO ANTES DOS IMPOSTOS 39,4 42,4 7,7% Imposto de renda e contribuição social (15,9) (17,6) 10,8% LUCRO LÍQUIDO 23,5 24,8 5,6% Margem % 6,6% 6,3% - 6

7 RECEITA BRUTA CONSOLIDADA No 1T11 a receita bruta consolidada da Algar Telecom atingiu R$ 509,8 milhões, 10,5% superior à do 1T10. Este crescimento foi impulsionado, principalmente, pelos serviços de voz e dados ao mercado corporativo da área de autorização, pelo negócio de BPO/TI e Consultoria e pelos serviços de TV por assinatura. Distribuição da Receita Bruta Consolidada (em R$ milhões ) 1T10 1T % 14 3% % 90 18% 14 3% % 6 1% 82 18% Voz fixa Voz móvel Banda larga Dados TV por assinatura BPO/TI e Consultoria 18 3% 96 19% 49 11% 66 14% Outros 52 10% 70 14% A seguir estão detalhadas as principais variações e análises por segmento de negócio. As receitas apresentam-se consolidadas e, portanto, já consideram as eliminações de receitas entre os segmentos. 7

8 Tabela 3: Receita Operacional Bruta Consolidada (em R$ milhões) 1T10 1T11 Var. RECEITA BRUTA 461,3 509,8 10,5% TELECOM 370,0 405,5 9,6% Telefonia Fixa 236,2 242,6 2,7% Telefonia Local 83,5 82,7-1,0% Longa Distância 36,4 35,1-3,6% Cartões 22,1 15,7-28,9% Voz Corporativa 7,8 15,8 102,0% Interconexão 14,6 17,8 22,2% Banda Larga 43,2 46,7 8,1% Dados de Concessão 25,3 26,2 3,4% Serviços Adicionais 3,3 2,6-19,9% Telefonia Celular 71,3 75,3 5,5% Serviços 68,3 71,3 4,5% Serviços de Voz 45,2 46,3 2,6% Banda Larga 5,3 5,3-0,8% Interconexão 13,6 14,6 7,5% Serviço Valor Agregado 2,2 3,9 78,8% Outros Serviços 2,0 1,2-40,8% Material de Revenda (aparelhos) 3,1 3,9 28,3% Dados Autorização 56,5 69,8 23,6% TV por Assinatura 6,0 17,9 197,7% BPO/TI e Consultoria 77,5 90,1 16,3% Negócios Complementares 13,8 14,2 2,5% Engenharia de Redes de Telecomunicações 9,6 10,9 13,4% Listas e Guias Telefônicos 4,2 3,3-22,2% Impostos e Deduções (103,6) (114,5) 10,5% RECEITA LÍQUIDA 357,7 395,3 10,5% 8

9 TELEFONIA FIXA No 1T11 a receita bruta consolidada de telefonia fixa foi de R$ 242,6 milhões, 2,7% superior à do 1T10 em razão principalmente de maiores receitas com voz corporativa, banda larga e interconexão, que mais do que compensaram a queda das receitas de cartões, chamadas de longa distância e locais. Telefonia Local No 1T11 a receita bruta de telefonia fixa foi de R$ 242,6 milhões, 2,7% superior à do 1T10 em razão principalmente de maiores receitas com voz corporativa, banda larga e interconexão, que mais do que compensaram a queda das receitas de cartões, chamadas de longa distância e locais. Longa Distância No 1T11, a receita de chamadas de longa distância foi de R$ 35,1 milhões, uma queda de 3,6% em relação ao do 1T10 devido tanto à migração dos serviços de voz fixa para voz móvel quanto do uso de outras tecnologias. Cartões (públicos e pré-pagos) A receita de cartões contabilizou R$ 15,7 milhões no 1T11, uma queda de 28,9% se comparada à do 1T10. A queda desta receita é decorrente de: (i) receita de cartões prépagos menor em 32,7% fruto da estratégia adotada pela Companhia de substituir a oferta de planos pré-pagos por planos alternativos com franquia; e (ii) de receita de cartões públicos menor em 19,2% resultado principalmente do aumento das plantas fixa e móvel. Voz Corporativa A receita de voz corporativa atingiu R$ 15,8 milhões no 1T11, um aumento de 102% se comparada ao do 1T10. Este crescimento foi impulsionado pelos serviços de voz ofertados ao mercado corporativo na área de autorização da Algar Telecom, onde a Empresa oferece uma venda consultiva, entendendo as necessidades dos clientes e criando soluções que contribuam para seus negócios.. 9

10 Remuneração pelo Uso de Rede Interconexão No 1T11 a receita de interconexão totalizou R$ 17,8 milhões, 22,2% maior do que à do 1T10 em razão do aumento de encaminhamento de tráfego oriundo de outras operadoras. Banda Larga No 1T11 a receita de banda larga (ADSL I e II) foram de R$ 46,7 milhões, um aumento de 8,1% em relação ao 1T10 sustentada por um crescimento de 15,3% no número de acessos. A performance da banda larga foi impulsionada tanto pelo CTBC MIX, que oferece diversas combinações de planos de telefonia, banda larga e TV via satélite, quanto pela modernização das redes da empresa, que vem permitindo a disponibilização de maior volume de banda aos clientes, sempre com segurança e qualidade. No 1T11, atendendo a uma tendência mundial, a Algar Telecom ampliou a velocidade máxima de seus produtos de banda larga de 20 Mbps por segundo para 1 Gb por segundo. Dados na Concessão A receita de serviços de dados na área de concessão da Companhia totalizou R$ 26,2 milhões no 1T11, 3,4% maior do que ao 1T10 devido ao aumento de clientes do produto Internet Link conexão exclusiva de alta velocidade para empresas. Serviços Adicionais A receita proveniente de serviços adicionais foi de R$ 2,6 milhões no 1T11, ante R$ 3,3 milhões no 1T10 em razão de menores receitas com aluguel de infraestrutura própria. 10

11 TELEFONIA CELULAR No 1T11 a receita bruta consolidada do negócio telefonia celular totalizou R$ 75,3 milhões, um aumento de 5,5% em relação ao 1T10 em razão, principalmente, do crescimento de receitas de serviços de valor agregado, voz e interconexão. Serviços de Voz A receita de serviços de voz somou R$ 46,3 milhões no 1T11, 2,6% maior do que à do 1T10 em razão, principalmente, de maiores receitas com clientes prépagos estimulados por campanhas que concedem bônus para ligações intra-rede. Banda Larga Móvel (3G) No 1T11 a receita de banda larga móvel atingiu R$ 5,3 milhões, 0,8% menor daquela do 1T10 em razão da queda de 3,5% na base de clientes. Esta queda foi causada pela preferência dos clientes na aquisição da banda larga fixa (ADSL) em razão das vantagens percebidas na relação do mix de ofertas e das velocidades disponíveis. Remuneração pelo Uso de Rede Móvel No 1T11 a receita de remuneração pelo uso de rede totalizou R$ 14,6 milhões, um aumento de 7,5% em relação à do 1T10 em razão do aumento do tráfego entrante, fruto do aumento da base de clientes. 11

12 Serviços de Valor Agregado A receita de serviços de valor agregado somaram R$ 3,9 milhões no trimestre, ante R$ 2,2 milhões no 1T10 graças ao crescimento de transmissão de dados via tecnologia 3G. Outros Serviços No 1T11 as receitas de outros serviços foram de R$ 1,2 milhão, ante R$ 2,0 milhões no 1T10 em razão de menores receitas com aluguel de infra-estrutura própria. Revenda de Aparelhos A receita com a venda de aparelhos totalizou R$ 3,9 milhões no 1T11, ante R$ 3,1 milhões no 1T10 graças ao aumento da base de clientes. 12

13 TV POR ASSINATURA A receita de TV por assinatura atingiu R$ 17,9 milhões no 1T11, um crescimento de 197,7% em relação à do 1T10 quando somou R$ 6,0 milhões. Este crescimento foi impulsionado pelo serviço de TV via satélite - lançado em maio de 2010, cuja base de clientes atingiu 56 mil em 31 de março de Somados aos 33 mil clientes da operação de TV a cabo, a Empresa encerrou o trimestre com 89 mil clientes de TV, um crescimento de 172,7% em relação ao 1T10. DADOS NA AUTORIZAÇÃO A receita bruta dos serviços de dados na área de autorização atingiu R$ 69,8 milhões no 1T11 ante R$ 56,5 milhões no 1T10, um crescimento de 23,6%. Este crescimento foi sustentado pela oferta de produtos de dados em alta velocidade, por meio de moderna rede IP, ao mercado empresarial da área de autorização. Somadas às receitas de voz corporativa, a Algar Telecom evidenciou um crescimento de 33,1% na referida área, atuando com um diferencial no atendimento e relacionamento com o cliente. BPO/TI e CONSULTORIA No 1T11 a receita bruta do negócio de BPO/TI e Consultoria atingiu R$ 90,1 milhões, um aumento de 16,3% em relação à do 1T10 apoiada nos seguintes aumentos: de 32% de contact center; 29% de TI; e 15% de serviços. A maior receita de contact center é resultado tanto do aumento de escopo e de posições de atendimento para clientes atuais quanto da conquista de novos clientes. 13

14 NEGÓCIOS COMPLEMENTARES A receita bruta gerada pelos negócios complementares da Algar Telecom somou R$ 14,2 milhões no 1T11 ante R$ 13,8 milhões no 1T10, um aumento de 2,5% em razão de receitas do negócio de construção e manutenção de redes de telecom maiores em R$ 1,3 milhão. A receita de listas e guias telefônicos, por sua vez, apresentou queda de 22,2% no comparativo dos trimestres em razão da mudança no período de confecção do guia da cidade de Franca, que passará a ser distribuído no segundo trimestre. RECEITA LÍQUIDA CONSOLIDADA A receita líquida consolidada da Algar Telecom atingiu R$ 395,3 milhões, 10,5% maior do que à do 1T10, quando somou R$ 357,7 milhões. 14

15 Tabela 4: Custos e Despesas Operacionais Consolidados (em R$ milhões) 1T10 1T11 Var. RECEITA LÍQUIDA 357,7 395,3 10,5% CUSTOS DOS SERVIÇOS E MERCADORIAS (211,2) (235,6) 11,6% Serviços (201,8) (231,9) 14,9% Pessoal (63,9) (84,2) 31,8% Materiais (6,2) (4,2) -31,7% Serviços de Terceiros (26,2) (35,3) 34,8% Interconexão (52,5) (54,7) 4,2% Meios de Conexão - EILD (7,5) (8,6) 15,0% Outros (12,7) (14,2) 11,6% Depreciação e Amortização (32,7) (30,4) -7,0% Leasing (0,1) (0,2) - Venda de Mercadorias (9,4) (3,8) -59,8% LUCRO BRUTO 146,6 159,6 8,9% DESPESAS COMERCIAIS (54,6) (55,3) 1,3% Pessoal (20,7) (25,6) 23,8% Materiais (0,4) (0,3) -15,3% Serviços de terceiros (17,8) (16,4) -8,0% Propaganda e Marketing (7,8) (5,4) -30,6% PDD (5,1) (5,0) -2,9% Outros (2,3) (1,9) -17,6% Depreciação e Amortização (0,5) (0,7) 38,2% DESPESAS GERAIS E ADMINISTRATIVAS (34,0) (42,8) 25,8% Pessoal (14,0) (15,1) 8,0% Materiais (0,1) (0,2) 130,0% Serviços de Terceiros (15,7) (21,7) 37,9% Outros (1,3) (1,7) 30,0% Depreciação e Amortização (2,9) (4,1) 39,7% OUTRAS RECEITAS (DESPESAS) OPERACIONAIS (2,9) (0,5) -82,0% EBIT 55,0 61,1 10,9% (R$ milhões) 1T10 3T09 3T10 1T11 Var. CUSTOS E DESPESAS OPERACIONAIS (266,5) (298,9) 12,1% Pessoal (98,6) (125,0) 26,8% Materiais (16,1) (8,6) -46,7% Serviços de Terceiros (59,7) (73,4) 22,9% Interconexão (52,5) (54,7) 4,2% Meios de Conexão - EILD (7,5) (8,6) 15,0% Propaganda e Marketing (7,8) (5,4) 30,6% PDD (5,1) (5,0) 2,9% Outros* (19,2) (18,3) 4,9% * Inclui outras receitas (despesas) operacionais. 15

16 Os custos e despesas operacionais consolidados (excluindo amortização, depreciação e leasing) totalizaram R$ 298,9 milhões no 1T11, um aumento de 12,1% em relação à do 1T10 quando somaram R$ 266,5 milhões. As principais causas das variações são analisadas a seguir. Os custos e despesas com pessoal foram de R$ 125,0 milhões no 1T11, 26,8% maiores daqueles do 1T10. Este aumento foi decorrente principalmente de: (i) custos de pessoal do negócio de BPO/TI e Consultoria maiores em R$ 20,7 milhões, para o atendimento de clientes, os quais foram também impactados pelo acordo coletivo que passou a incidir no início de 2011; (ii) despesas comerciais com pessoal do segmento BPO/TI e Consultoria maiores em R$1,6 milhão em razão do maior número de associados para suportar as novas vendas e do maior gasto com comissões; (iii) despesas comerciais com pessoal do segmento de telecom maiores em R$ 3,6 milhões apoiadas em novas contratações para a expansão dos serviços e no acordo coletivo. Os custos e despesas com materiais foram de R$ 8,6 milhões, ante R$ 16,1 milhões no 1T10. Esta queda, de R$ 7,5 milhões, é explicada, em sua maior parte, pelo fato de ter havido no 1T10 compra de equipamentos com a finalidade de venda pela Synos Technologies (adquirida pela Algar Tecnologia no 1T10) - no valor de R$ 6,1 milhões. Os custos e despesas com serviços de terceiros (excluindo propaganda, marketing e PCLD), contabilizaram R$ 73,4 milhões no 1T11, um crescimento de 22,9% em relação à do 1T10. Este aumento é decorrente sobretudo de: (i) R$ 5,0 milhões a maior de despesas com a programação e manutenção da transmissão da TV via satélite produto lançado em maio de 2010; (ii) despesas adicionais com consultorias estratégicas e a migração do fornecedor dos serviços de back-office do segmento de telecom no valor de R$ 3,2 milhões; e (iii) maiores despesas com mão de obra temporária e manutenção das novas filiais do segmento de BPO/TI e Consultoria, de R$ 2,7 milhões. 16

17 Os custos de interconexão totalizaram R$ 54,7 milhões no 1T11, 4,2% superiores aos do 1T10 em contrapartida ao aumento de receitas com o maior encaminhamento de tráfego oriundo de outras operadoras. Os custos e despesas com EILD, por sua vez, foram de R$ 8,6 milhões no 1T11, um aumento de 15,0% se comparados aqueles do 1T10, quando somaram R$ 7,5 milhões, ocasionado pelo aumento de 36% no número de circuitos contratados de terceiros para a prestação de serviços de voz e dados na área de autorização da Companhia. As despesas com propaganda e marketing contabilizaram R$ 5,4 milhões no 1T11, ante R$ 7,8 milhões no 1T10, uma queda de 30,6% explicada por gastos incorridos em 2010 no processo de renovação da marca da Algar Telecom. As despesas com provisão para créditos de liquidação duvidosa PCLD encerraram o trimestre em R$ 5,0 milhões, estáveis em relação ao 1T10, quando foram de R$ 5,1 milhões. Os outros custos e despesas contabilizaram R$ 18,3 milhões no 1T11, ante R$ 19,2 milhões no 1T10 em razão principalmente de menores despesas com provisões para contingências 17

18 EBITDA O EBITDA do segmento de Telecom atingiu R$ 88,3 milhões no 1T11, 10,8% maior do que à do 1T10. A margem foi de 29,2%, ante 28,9%, um ganho de 0,3 pp. O segmento de BPO/TI e Consultoria apresentou EBITDA de R$ 8,7 milhões no 1T11, ante R$ 10,1 milhões no 1T10, com margens de 9,1% e 12,7% respectivamente. A queda na margem é decorrente da implantação de novos clientes no final de 2010 e início de 2011, trazendo custos iniciais de operações cujas receitas plenas ocorrem em períodos posteriores. O EBITDA dos negócios complementares foi de R$ 0,2 milhão no 1T11, ante R$1,0 milhão no 1T10. A margem EBITDA foi de 0,6% no trimestre, ante 4,6% no mesmo período do ano passado. A queda no EBITDA e na margem são resultado principalmente das menores receitas de listas e guias no trimestre, cujo custo correspondente já foi contabilizado no 1T11. Como resultado, o EBITDA consolidado da Algar Telecom totalizou R$ 96,4 milhões, ante R$ 91,2 milhões no 1T10, um aumento de 5,6%. A margem EBITDA consolidada foi de 24,4% no 1T11 e 25,5% no 1T10. EBITDA e Margem 1T10 1T11 Var. Telecom (1) 79,7 88,3 10,8% Margem 28,9% 29,2% - BPO/TI e Consultoria 10,1 8,7-13,6% Margem 12,7% 9,1% - Negócios Complementares (2) 1,0 0,2-83,6% Margem 4,6% 0,6% - EBITDA CONSOLIDADO 91,2 96,4 5,6% Margem 25,5% 24,4% - (1) Negócios de Telefonia Fixa, Celular, Comunicação Multimídia e TV por Assinatura. (2) Negócios de Engenharia de Redes de Telecom e Listas e Guias Telefônicos. 18

19 DESPESAS FINANCEIRAS LÍQUIDAS No 1T11 as despesas financeiras líquidas totalizaram R$ 18,6 milhões, ante R$ 15,6 milhões no 1T10, um aumento de 19,2%. Este resultado é fruto de um aumento de R$ 4,9 milhões nas despesas financeiras, parcialmente compensada por receitas financeiras maiores em R$ 1,9 milhão. As maiores despesas são decorrentes basicamente do aumento da taxa média do CDI e despesas com IOF de novos contratos financeiros. RESULTADO DO PERÍODO O lucro líquido consolidado foi de R$ 24,8 milhões no 1T11, 5,6% superior à do 1T10. A margem líquida atingiu 6,3%, no 1T11,e 6,6% no mesmo período do ano anterior. INVESTIMENTOS No 1T11 os investimentos somaram R$ 64,7 milhões, ante R$ 29,5 milhões no 1T10. Dentre o destino destes investimentos destacam-se o programa CTBC i.você (22%), os produtos de dados e voz (20%), a TV por assinatura (13%) e o segmento de BPO/TI e Consultoria (6%). Outros 3,3 5% CTBC i-você 14,2 22% Continuidade da operação 15,4 24% Dados/Voz 12,8 20% BPO/TI e Consultoria 4,1 6% Banda larga 6,5 10% TV por assinatura 8,4 13% 19

20 ENDIVIDAMENTO No final de março de 2011, a Algar Telecom apresentava uma dívida bruta consolidada de R$ 663,2 milhões, R$ 4,3 milhões inferior à de dezembro de 2010 em razão das amortizações terem sido maiores que as captações. A dívida líquida era de R$ 506,5 milhões no encerramento do 1T11, ante R$ 471,5 milhões em dezembro de 2010, fruto do maior volume de investimentos realizados. 31/dez/10 31/mar/11 R$ milhões % R$ milhões % Em 1 ano 179,1 26,8% 195,0 29,4% De 1 a 2 anos 129,6 19,4% 138,9 21,0% De 2 a 3 anos 128,0 19,2% 133,6 20,2% De 3 a 4 anos 122,8 18,4% 92,6 14,0% Após 4 anos 107,9 16,2% 103,0 15,5% Total 667,5 100% 663,2 100% Caixa e Equivalentes 190,0 150,6 Créditos com Partes Relacionadas 5,9 6,1 Dívida Líquida 471,5 506,5 INFORMAÇÕES NÃO REVISADAS PELOS AUDITORES INDEPENDENTES O Comentário do Desempenho inclui informações relacionadas a investimentos projetados e realizados, dados operacionais tais como unidades geradoras de receita, linhas em serviço e número de clientes, os quais não fazem parte do escopo de revisão das Informações Trimestrais e conseqüentemente não foram examinadas pela KPMG Auditores Independentes. 20

21 As afirmações contidas neste documento relacionadas a perspectivas sobre os negócios, projeções sobre resultados operacionais e financeiros e aquelas relacionadas a perspectivas de crescimento da Algar Telecom são meramente projeções e, como tais, são baseadas exclusivamente nas expectativas da Companhia e suas controladas sobre o futuro dos negócios. Essas expectativas dependem, substancialmente, de mudanças nas condições de mercado, do desempenho da economia brasileira, do setor e dos mercados internacionais e, portanto, sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Os resultados futuros das operações da Companhia e suas controladas podem divergir das atuais expectativas e o leitor não deve se basear exclusivamente nas posições aqui realizadas. Estas previsões emitem a opinião unicamente na data em que são feitas e a Algar Telecom não se obriga a atualizá-las à luz de novas informações ou de seus desdobramentos futuros. 21

EBITDA da Algar Telecom registra crescimento de 15,8% no 3T12, com margem de 26,1%

EBITDA da Algar Telecom registra crescimento de 15,8% no 3T12, com margem de 26,1% EBITDA da Algar Telecom registra crescimento de 15,8% no 3T12, com margem de 26,1% DESTAQUES DO 3T12 Adição de 316 mil UGRs, totalizando mais de 2,2 milhões de unidades, crescimento de 16,5% em relação

Leia mais

3T11 RESULTADOS. Inovadoras em TI

3T11 RESULTADOS. Inovadoras em TI RESULTADOS 3T11 Uberlândia MG, Novembro de 2011 A Algar Telecom, Companhia completa e integrada de telecomunicações e TI, detentora da marca CTBC, divulga seus resultados do 3º Trimestre de 2011 (3T11).

Leia mais

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO Uberlândia MG, Maio de 2014 A Algar Telecom, Companhia completa e integrada de telecomunicações e TI, divulga seus resultados do 1º Trimestre de 2014 (1T14). As informações

Leia mais

3T16 DESTAQUES DO 3T16. Crescimento de 43% nos acessos de ultra banda larga (acima de 10MB); Evolução de 9% na receita bruta consolidada;

3T16 DESTAQUES DO 3T16. Crescimento de 43% nos acessos de ultra banda larga (acima de 10MB); Evolução de 9% na receita bruta consolidada; DESTAQUES DO 3T16 Crescimento de 43% nos acessos de ultra banda larga (acima de 10MB); Evolução de 9% na receita bruta consolidada; EBITDA do negócio Telecom aumenta 10,5% e margem atinge 36%. Uberlândia

Leia mais

Release de Resultados 1T19

Release de Resultados 1T19 Release de Resultados 1T19 1 +8,5% +20% Número de clientes corporativos cresce 20% 41% Margem EBITDA de Telecom atinge 41% +9% Receita de dados dos clientes B2B cresce 9% Uberlândia MG, Maio de 2019 A

Leia mais

2T17 DESTAQUES DO 2T17. Crescimento de 34,1% nos acessos de ultra banda larga (acima de 10MB);

2T17 DESTAQUES DO 2T17. Crescimento de 34,1% nos acessos de ultra banda larga (acima de 10MB); DESTAQUES DO 2T17 Crescimento de 34,1% nos acessos de ultra banda larga (acima de 10MB); Evolução de 16,8% no EBITDA consolidado, impulsionada pelo EBITDA do negócio Telecom, com margem de 38%; Lucro líquido

Leia mais

1T17 DESTAQUES DO 1T17. Crescimento de 36% nos acessos de ultra banda larga (acima de 10MB); Evolução de 9% na receita bruta consolidada;

1T17 DESTAQUES DO 1T17. Crescimento de 36% nos acessos de ultra banda larga (acima de 10MB); Evolução de 9% na receita bruta consolidada; DESTAQUES DO 1T17 Crescimento de 36% nos acessos de ultra banda larga (acima de 10MB); Evolução de 9% na receita bruta consolidada; EBITDA do negócio Telecom aumenta 9,3%; Conclusão da 6ª emissão pública

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 27 de outubro de 2009.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 27 de outubro de 2009. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 27 de outubro de 2009. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

A receita de uso de rede diminuiu 6,1% em relação ao 3T11 e apenas 0,6% em relação ao 2T12, principalmente em função da redução da VU-M.

A receita de uso de rede diminuiu 6,1% em relação ao 3T11 e apenas 0,6% em relação ao 2T12, principalmente em função da redução da VU-M. RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA Receita Líquida Móvel 5.340,9 5.128,2 4,1 4.923,2 8,5 15.574,6 14.326,7 8,7 Receita de serviço móvel 5.078,2 4.959,7 2,4 4.697,9 8,1 14.962,1 13.535,4 10,5 Franquia e utilização

Leia mais

Receita Líquida Móvel 5.540, ,3 (1,7) 5.128,3 8, , ,0 9,2

Receita Líquida Móvel 5.540, ,3 (1,7) 5.128,3 8, , ,0 9,2 NEGÓCIO MÓVEL RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA Receita Líquida Móvel 5.540,4 5.636,3 (1,7) 5.128,3 8,0 11.176,7 10.234,0 9,2 Receita de serviço móvel 5.219,2 5.270,5 (1,0) 4.959,8 5,2 10.489,7 9.884,2 6,1 Franquia

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 24 de julho de 2009.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 24 de julho de 2009. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 24 de julho de 2009. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

NEGÓCIO MÓVEL RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA

NEGÓCIO MÓVEL RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA NEGÓCIO MÓVEL RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA Receita Líquida Móvel 5.758,7 6.086,3 (5,4) 5.636,3 2,2 Receita de serviço móvel 5.446,1 5.762,7 (5,5) 5.270,5 3,3 Franquia e utilização 2.833,7 2.891,4 (2,0)

Leia mais

Release de Resultados 4T18

Release de Resultados 4T18 Release de Resultados 4T18 1 +8,5% +24% Número de clientes corporativos cresce 24% 39% Margem EBITDA recorrente de Telecom atinge 39% +11% Lucratividade recorrente é de 11% Uberlândia MG, Março de 2019

Leia mais

Release de Resultados 3T18

Release de Resultados 3T18 Release de Resultados 3T18 1 +8,5% +8,5% Receita bruta de Telecom com clientes B2B cresce 8,5%. +7,7% Receita de banda larga fixa, principal oferta do B2C, aumenta 7,7% com planos de alta velocidade. +17,9%

Leia mais

R$ milhões Consolidado Consolidado Combinado 1T12 4T11 % 1T11 % Receita Líquida Móvel 5.105, ,4 (2,9) 4.671,1 9,3

R$ milhões Consolidado Consolidado Combinado 1T12 4T11 % 1T11 % Receita Líquida Móvel 5.105, ,4 (2,9) 4.671,1 9,3 RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA Receita Líquida Móvel 5.105,6 5.260,4 (2,9) 4.671,1 9,3 Receita de serviço móvel 4.924,2 5.097,4 (3,4) 4.367,2 12,8 Franquia e utilização 2.599,8 2.660,5 (2,3) 2.322,6 11,9

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 13 de fevereiro de 2009.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 13 de fevereiro de 2009. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 13 de fevereiro de 2009. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) 1T06 4T06 1T07

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) 1T06 4T06 1T07 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 24 de abril de 2007 Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (NYSE:EMT;BOVESPA:EBTP4, EBTP3) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2009.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2009. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2009. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

Release de Resultados 2T18

Release de Resultados 2T18 Release de Resultados 2T18 +8,8% Receita bruta de Telecom com clientes B2B cresce 8,8%. 43,1% Margem EBITDA Normalizado atinge 43,1% em Telecom e 34,2% no consolidado. +22,5% Lucro líquido consolidado

Leia mais

Relações com Investidores. Áudio Conferência 1T12. Maio 2012

Relações com Investidores. Áudio Conferência 1T12. Maio 2012 Relações com Investidores Áudio Conferência Maio 2012 1T12 Performance EBITDA Pro-forma 1T11 1T12 4T11 1T12 2.012 29,6% 2.012 29,6% 1.985 28,6% 1.838 26,4% EBITDA e Margem EBITDA apresentam crescimento

Leia mais

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom RESULTADOS 1T10 Uberlândia MG, Maio de 2010 A Algar Telecom, Empresa integrada de telecomunicações com um portfólio completo de serviços, divulga seus resultados do 1º Trimestre de 2010 (1T10). As Informações

Leia mais

1. Destaques. Índice:

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 18 de abril de 2008 Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (BOVESPA:EBTP4, EBTP3) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A.

Leia mais

ÁUDIO CONFERÊNCIA2T11

ÁUDIO CONFERÊNCIA2T11 ÁUDIO CONFERÊNCIA2T11 AGOSTO 2011 Ofertas por segmento Desempenho operacional Desempenho financeiro 2 Ofertas por segmento Desempenho operacional Desempenho financeiro 3 Ofertas por Segmento DESTAQUES

Leia mais

Release de Resultados 3T17

Release de Resultados 3T17 Release de Resultados 3T17 +7,0% Crescimento de 7,0% nas receitas de Telecom. +17,5% Evolução de 17,5% no EBITDA do segmento Telecom, com margem de 40% no 3T17 +28,1% Lucro líquido aumenta 28,1% e atinge

Leia mais

Divulgação dos Resultados. 3 Trimestre de 2018

Divulgação dos Resultados. 3 Trimestre de 2018 Divulgação dos Resultados 3 Trimestre de 2018 Agenda Destaques do Trimestre Cenário de Venda de Veículos Novos e Usados Resultados Operacionais Resultados Financeiros Perguntas e Respostas 2 Agenda Destaques

Leia mais

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) % Var Ano

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) % Var Ano Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 01 de fevereiro de 2008 Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (BOVESPA:EBTP4, EBTP3) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

Release de Resultados 4T17

Release de Resultados 4T17 Release de Resultados 4T17 +8,0% Crescimento de 8,0% nas receitas de Telecom. 38,0% EBITDA de Telecom atinge 38,0%. +10,8% Lucro líquido cresce 10,8%. Uberlândia MG, Fevereiro de 2018 A Algar Telecom,

Leia mais

TELE NORDESTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2000

TELE NORDESTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2000 Contatos: Tele Nordeste Celular Participações S.A. Mario Gomes 0xx81.216.2592 Fabíola Almeida 0xx81.216.2594 Octavio Muinz 0xx81.216.2593 TELE NORDESTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS

Leia mais

2º TRIMESTRE E 1º SEMESTRE DE 2014 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS

2º TRIMESTRE E 1º SEMESTRE DE 2014 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS Lucro Líquido atingiu R$ 187 milhões no 2T14, crescimento de 98%1 São Caetano do Sul, SP, Brasil, 22 de julho de 2014. A Via Varejo S.A. [BM&FBOVESPA: VVAR11 e VVAR3] divulga os resultados do 2º trimestre

Leia mais

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE E DO ANO DE 2007

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE E DO ANO DE 2007 232 220 211 208 213 979 1.037 1.080 1.104 1.204 André Machado Mastrobuono Diretor Presidente, Financeiro e de Relações com Investidores Ricardo Antunes Agostini Diretor Executivo de Finanças Renata Pantoja

Leia mais

Receita Líquida Móvel 5.636, ,6 (3,2) 5.105,7 10,4

Receita Líquida Móvel 5.636, ,6 (3,2) 5.105,7 10,4 NEGÓCIO MÓVEL RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA Receita Líquida Móvel 5.636,3 5.822,6 (3,2) 5.105,7 10,4 Receita de serviço móvel 5.270,5 5.474,3 (3,7) 4.924,4 7,0 Franquia e utilização 2.784,4 2.908,1 (4,3)

Leia mais

ÁUDIO CONFERÊNCIA 4T11

ÁUDIO CONFERÊNCIA 4T11 ÁUDIO CONFERÊNCIA 4T11 MARÇO 2012 Resultado 2011 da Oi S.A. Com a aprovação da reestruturação societária, em 27/02/2012, tanto TNL, quanto Coari e os acionistas de TMAR foram incorporados pela Oi S.A.,

Leia mais

AlgarTelecom. Gente Servindo Gente. Assessoria de Comunicação, Marca e Sustentabilidade maio 2013

AlgarTelecom. Gente Servindo Gente. Assessoria de Comunicação, Marca e Sustentabilidade maio 2013 AlgarTelecom Gente Servindo Gente 2013 Grupo Algar (desde 1929) Negócios Algar Setor TI/Telecom Setor Agro Setor Serviços Turismo Solidez e presença Presença geográfica Destaques 2012 Algar Telecom Algar

Leia mais

Operadora: Indicadores econômico-financeiros

Operadora: Indicadores econômico-financeiros Número 02 São Paulo, 24 de julho de 2013 Operadora: Indicadores econômico-financeiros RESUMO Maior empresa de telecomunicações no segmento de telefonia móvel pré-paga no Brasil, e segundo lugar no mercado

Leia mais

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) 4T04 3T05 4T05

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) 4T04 3T05 4T05 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 09 de fevereiro de 2006. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (NYSE:EMT; BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

(Todos os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas em Legislação Societária Brasileira )

(Todos os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas em Legislação Societária Brasileira ) Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 18 de abril de 2005 Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou a Companhia ou Embratel ) detém 98,8% da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ).

Leia mais

IN 371/2002 Estudo de Viabilidade (Claro Telecom Participações S.A)

IN 371/2002 Estudo de Viabilidade (Claro Telecom Participações S.A) IN 371/2002 Estudo de Viabilidade (Claro Telecom Participações S.A) São Paulo, SP 30 de Setembro de 2014 1 IN CVM 371/2002 CPC 32 Planos de Longo Prazo 2014-2024 Ativos Fiscais Diferidos Realização Ativos

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ ALGAR TELECOM S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ ALGAR TELECOM S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

Relações com Investidores 4T ÁUDIO CONFERÊNCIA. Fevereiro 2013

Relações com Investidores 4T ÁUDIO CONFERÊNCIA. Fevereiro 2013 Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA Fevereiro 2013 4T12 2012 EstratégiA RESIDENCIAL MOBILIDADE PESSOAL EMPRESARIAL CORPORATIVO Convergência de serviços com crescimento de Banda Larga e TV Paga

Leia mais

Press Release. Resultados do 1º Trimestre de 2004

Press Release. Resultados do 1º Trimestre de 2004 Press Release Resultados do 1º Trimestre de 2004 2003 - página 2 de 2 Contatos Paulo Roberto Cruz Cozza Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Joana Dark Fonseca Serafim Relações com Investidores

Leia mais

Divulgação de Resultado 3T17

Divulgação de Resultado 3T17 Divulgação de Resultado 3T17 1 Relações com Investidores Frank Zietolie Diretor Presidente e Comercial Gustavo Dall Onder Diretor Financeiro e de RI Guilherme Possebon de Oliveira Maikon Luis Moro Tel.:

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T19

Divulgação de Resultados 1T19 Divulgação de Resultados Agenda Destaques do Trimestre Cenário de Venda de Veículos Novos e Usados Resultados Operacionais Resultados Financeiros Perguntas e Respostas 2 Agenda Destaques do Trimestre Cenário

Leia mais

Divulgação de Resultado 1T17

Divulgação de Resultado 1T17 Divulgação de Resultado 1T17 1 Bento Gonçalves, RS, 11 de maio de 2017. A Unicasa Indústria de Móveis S.A. (BM&FBOVESPA: UCAS3, Bloomberg: UCAS3:BZ, Reuters: UCAS3.SA), uma das maiores empresas do setor

Leia mais

Resultados 2T07 14 de agosto de 2007

Resultados 2T07 14 de agosto de 2007 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 80% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 31% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 2T07. As demonstrações financeiras da Companhia são elaboradas de

Leia mais

Divulgação de Resultado 2T16

Divulgação de Resultado 2T16 Divulgação de Resultado 2T16 1 Dados de mercado em 11/08/2016 Cotação: R$3,55 Valor de Mercado: R$ 234.606.528,30 Bento Gonçalves, RS, 11 de agosto de 2016. A Unicasa Indústria de Móveis S.A. (BM&FBOVESPA:

Leia mais

3º TRIMESTRE DE 2014 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS

3º TRIMESTRE DE 2014 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS O lucro líquido ajustado atingiu R$ 227 milhões, com margem de 4,3% e crescimento de 24,3% São Caetano do Sul, SP, Brasil, 29 de outubro de 2014. A Via Varejo S.A. [BM&FBOVESPA: VVAR11 e VVAR3] divulga

Leia mais

Resultados 1T12 FLRY3. Maio, 2012

Resultados 1T12 FLRY3. Maio, 2012 Resultados 1T12 FLRY3 Maio, 2012 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas

Leia mais

AGENDA. Destaques do Período Rede de Lojas e Desempenho de Vendas Desempenho Econômico Financeiro

AGENDA. Destaques do Período Rede de Lojas e Desempenho de Vendas Desempenho Econômico Financeiro 1 Aviso Legal Bento Gonçalves (RS), 13 de novembro de 2013. A Unicasa Móveis S.A. (BM&FBOVESPA: UCAS3), uma das maiores companhias do setor de móveis planejados do Brasil, atuando em todos os estados,

Leia mais

Resultados 3T11. Telefônica Brasil S.A. São Paulo, 10 de Novembro de Relações com Investidores Telefónica do Brasil

Resultados 3T11. Telefônica Brasil S.A. São Paulo, 10 de Novembro de Relações com Investidores Telefónica do Brasil Resultados 3T11 Telefônica Brasil S.A. São Paulo, 10 de Novembro de 2011. Disclaimer Para fins de comparabilidade, os números do 3T10, acumulado 2011 e 2010 foram elaborados de forma combinada. Desta forma,

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15

Teleconferência de Resultados 2T15 Teleconferência de Resultados DESTAQUES - RECEITA A Receita Operacional Líquida (ROL) atingiu R$ 821,8 MM no, uma redução de 5% em relação ao e de 1% sobre. Conforme divulgado anteriormente, houve uma

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T15

Teleconferência de Resultados 3T15 Teleconferência de Resultados PRIORIDADES 1 Transformação Operacional 2 Venda de Ativo 3 Reequilíbrio da Estrutura de Capital 4 Turnaround Operacional 5 Crescimento Sustentável 2 RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA

Leia mais

Divulgação de Resultado 1T18

Divulgação de Resultado 1T18 Divulgação de Resultado 1T18 1 Bento Gonçalves, RS, 10 de maio de 2018. A Unicasa Indústria de Móveis S.A. (BM&FBOVESPA: UCAS3, Bloomberg: UCAS3:BZ, Reuters: UCAS3.SA), uma das maiores empresas do setor

Leia mais

EARNINGS RELEASE. 3T12 e 9M12

EARNINGS RELEASE. 3T12 e 9M12 EARNINGS RELEASE 3T12 e 9M12 São Paulo, 01 de abril de 2013 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje

Leia mais

1. MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO

1. MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO SENHORES ACIONISTAS: A Administração da Algar Telecom ( Companhia, Empresa, ou Algar Telecom ) tem a satisfação de submeter à sua apreciação o Relatório da Administração e as Demonstrações Financeiras

Leia mais

Considerações Gerais

Considerações Gerais Considerações Gerais Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira e internacional.

Leia mais

SOMOS Educação DR 2T17

SOMOS Educação DR 2T17 SOMOS Educação DR 2T17 São Paulo, 14 de agosto de 2017 A SOMOS Educação S.A. (BM&FBOVESPA: SEDU3) divulga seus resultados do 2º trimestre de 2017 ( 2T17 ) e do primeiro semestre de 2017 ( 1S17 ). Os comentários

Leia mais

1º TRIMESTRE DE 2014 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS

1º TRIMESTRE DE 2014 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1 Lucro Líquido atingiu R$ 179 milhões no 1T14, crescimento de 57% em relação ao 1T13 São Caetano do Sul, SP, Brasil, 28 de abril de 2014. A Via Varejo S.A. [BM&FBOVESPA: VVAR11 e VVAR3] divulga os resultados

Leia mais

ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A.

ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A. MD&A - ANÁLISE DOS RESULTADOS CONSOLIDADOS Primeiro Trimestre 2012 (1) Informações financeiras selecionadas: (R$ milhões) 1º Tri 12 1º Tri 11 4º Tri 11 Variação 1T12 X 1T11 Variação 1T12 X 4T11 Receita

Leia mais

SOMOS Educação DR 3T17

SOMOS Educação DR 3T17 SOMOS Educação DR 3T17 São Paulo, 10 de novembro de 2017 A SOMOS Educação S.A. (BM&FBOVESPA: SEDU3) divulga seus resultados do 3º trimestre de 2017 ( 3T17 ) e dos nove meses de 2017 ( 9M17 ). Os comentários

Leia mais

A Receita Líquida Consolidada apresentou um aumento de 22,6% no 1T18, atingindo R$453,1 MM.

A Receita Líquida Consolidada apresentou um aumento de 22,6% no 1T18, atingindo R$453,1 MM. DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS 1T18 Receita Líquida Consolidada no 1T18 cresce 22,6% em comparação com o 1T17, chegando a R$453,1 MM. No mesmo período, o EBITDA cresce 38,7% atingindo R$134,7 MM

Leia mais

Energisa Nova Friburgo - Distribuidora de Energia S/A Resultados do 1º trimestre de 2016

Energisa Nova Friburgo - Distribuidora de Energia S/A Resultados do 1º trimestre de 2016 Resultados do 1º trimestre de 2016 Nova Friburgo, 13 de maio de 2016 A Administração da ( Energisa Nova Friburgo ou Companhia ) apresenta os resultados do primeiro trimestre (1T16). As informações financeiras

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ALGAR TELECOM S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ALGAR TELECOM S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Embratel Participações Divulgação de Resultado Resultado do Terceiro Trimestre de

Embratel Participações Divulgação de Resultado Resultado do Terceiro Trimestre de Embratel Participações Divulgação de Resultado Resultado do Terceiro Trimestre de 2004 1 Rio de Janeiro, Brasil 18 de outubro de 2004 Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou a Empresa ou

Leia mais

Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 3T12

Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 3T12 Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 3T12 1 Nota Importante As declarações a respeito de perspectivas futuras sobre os negócios e projeções de resultados operacionais e financeiros da

Leia mais

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2001

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2001 TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. João Cox VP de Finanças e Diretor de Relações com Investidores Jcox@telepart.com.br 0XX61-429-5600 Leonardo Dias Gerente de Relações com Investidores Ldias@telepart.com.br

Leia mais

RESULTADOS 3T17 NOVEMBRO/2017

RESULTADOS 3T17 NOVEMBRO/2017 RESULTADOS NOVEMBRO/2017 Positivo Tecnologia registra lucro líquido de R$ 4,6 milhões no Avanço de 43,9% no volume de vendas de computadores no Brasil Superando a forte recuperação da demanda no mercado,

Leia mais

Comentário de Desempenho 1T17

Comentário de Desempenho 1T17 Comentário de Desempenho 1T17 Fortaleza, Ceará, 12 de maio de 2017. Empreendimentos Pague Menos S.A. ( Companhia ou Pague Menos ), única rede do varejo farmacêutico brasileiro presente em todos os estados

Leia mais

1. Destaques financeiros

1. Destaques financeiros 1. Destaques financeiros Reconciliação do EBITDA Ajustado (Medições não contábeis) * O EBIT Ajustado corresponde ao lucro antes: (i) das outras receitas/despesas operacionais, líquidas; (ii) do resultado

Leia mais

1 Perfil do negócio e destaques econômico-financeiros

1 Perfil do negócio e destaques econômico-financeiros Energisa Nova Friburgo Resultados do 1º trimestre de 2014 Nova Friburgo, 15 de maio de 2014 A Administração da Energisa Nova Friburgo Distribuidora de Energia S/A ( Companhia ) apresenta os resultados

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T13

Apresentação de Resultados 1T13 Apresentação de Resultados 1T13 16 de Maio de 2013 Teleconferência Português Data: 16/05/13 10:00 Brasília (09:00 NY) Tel: (11) 2188-0155 Password: Qualicorp Webcast: www.qualicorp.com.br/ri Inglês Data:

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T12 15 de maio de 2012

Teleconferência de Resultados 1T12 15 de maio de 2012 Teleconferência de Resultados 15 de maio de 2012 Destaques e Expectativas para os Próximos Trimestres Indicadores Financeiros Indicadores Operacionais 2 Destaques do Iniciativas e Conquistas Crescimento

Leia mais

Release de Resultados 1T18

Release de Resultados 1T18 Release de Resultados 1T18 +8,2% Receita bruta de Telecom com clientes B2B cresce 8,2%. 39,1% Margem EBITDA atinge 39,1% em Telecom e 29,8% no consolidado. +68,5% Lucro líquido consolidado cresce 68,5%.

Leia mais

3T14 Apresentação de Resultados

3T14 Apresentação de Resultados 3T14 Apresentação de Resultados 21 de Outubro de 2014 Aviso Importante Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar

Leia mais

Divulgação de Resultado 3T16

Divulgação de Resultado 3T16 Divulgação de Resultado 3T16 1 Dados de mercado em 08/11/2016 Cotação: R$2,53 Valor de Mercado: R$ 167.198.455,38 Bento Gonçalves, RS, 08 de novembro de 2016. A Unicasa Indústria de Móveis S.A. (BM&FBOVESPA:

Leia mais

Comentário de Desempenho 3T16

Comentário de Desempenho 3T16 Comentário de Desempenho 3T16 f Fortaleza, Ceará, 9 de novembro de 2016. Empreendimentos Pague Menos S.A. ( Companhia ou Pague Menos ), única rede do varejo farmacêutico brasileiro presente em todos os

Leia mais

Resultados 2T17. Rio de Janeiro 10 de agosto de 2017

Resultados 2T17. Rio de Janeiro 10 de agosto de 2017 Resultados 2T17 Rio de Janeiro 10 de agosto de 2017 Aviso Legal As demonstrações financeiras individuais e consolidadas foram elaboradas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, as quais

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T de Julho de 2017

Teleconferência de Resultados 2T de Julho de 2017 Teleconferência de Resultados 2T17 25 de Julho de 2017 Agenda Destaques do Trimestre Cenário Setorial Resultados Operacionais Resultados Financeiros Perguntas e Respostas 2 Agenda Destaques do Trimestre

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T14

Teleconferência de Resultados 4T14 Teleconferência de Resultados DESTAQUES A Receita Operacional Líquida (ROL) atingiu R$ 3.452,2 MM em. Forte crescimento das operações Contact Center na América Latina (ex-brasil), que totalizaram uma receita

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T12 13 de novembro de 2012

Teleconferência de Resultados 3T12 13 de novembro de 2012 Teleconferência de Resultados 13 de novembro de 2012 Destaques Indicadores Financeiros Indicadores Operacionais Expectativas para o 4T12 e para 2013 2 Destaques do Iniciativas e Conquistas Crescimento

Leia mais

Teleconferência de Resultados de Março de 2018

Teleconferência de Resultados de Março de 2018 Teleconferência de Resultados 2017 27 de Março de 2018 Agenda Fusão Locamerica-Unidas Destaques do Trimestre Cenário Setorial Resultados Operacionais Resultados Financeiros Perguntas e Respostas 2 Agenda

Leia mais

AGENDA. Destaques. Resultado Operacional 2T10. Perspectivas

AGENDA. Destaques. Resultado Operacional 2T10. Perspectivas Teleconferência de Resultados 2T10 30 de julho de 2010 DISCLAIMER Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e

Leia mais

CSU CSU A P R E S E N T A Ç Ã O I N S T I T U C I O N A L D I V U L G A Ç Ã O D E R E S U L T A D O S 1 TR

CSU CSU A P R E S E N T A Ç Ã O I N S T I T U C I O N A L D I V U L G A Ç Ã O D E R E S U L T A D O S 1 TR CSU A P R E S E N TA Ç Ã O I N S T I T U C I O N A L D I V U L G A Ç Ã O D E R E S U L T A D O S R e s u l t a d o s F i n a n c e i r o s 1 T 1 7 1 T 1 8 D E S T A Q U E S D O P E R Í O D O FINANCEIRO:

Leia mais

Resultados. Telefônica Brasil S.A

Resultados. Telefônica Brasil S.A Resultados 4T11 e 2011 16.02.2012 Disclaimer Para fins de comparabilidade, os números do 4T10, acumulado 2011 e 2010 foram elaborados de forma combinada. Desta forma, as variações trimestrais e anuais

Leia mais

TIM Participações S.A. Resultados do 3T de Novembro de 2006

TIM Participações S.A. Resultados do 3T de Novembro de 2006 TIM Participações S.A. Resultados do 06 de Novembro de 2006 1 1 Destaques Desempenho do Mercado Estratégia Comercial Desempenho Financeiro 2 2 Destaques Forte crescimento e melhoria da qualidade da base

Leia mais

Energisa Borborema - Distribuidora de Energia S/A Resultados do 1º trimestre de 2016

Energisa Borborema - Distribuidora de Energia S/A Resultados do 1º trimestre de 2016 Resultados do 1º trimestre de 2016 Cataguases, 13 de maio de 2016 A Administração da ( Energisa Borborema ou Companhia ) apresenta os resultados do primeiro trimestre (1T16). As informações financeiras

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T16 e 9M16

Divulgação de Resultados 3T16 e 9M16 Divulgação de Resultados 3T16 e 9M16 Destaques 3T16 Receita líquida - Aluguel de Carros (R$ milhões) Receita líquida - Gestão de Frotas (R$ milhões) 317,1 362,5 154,1 163,5 3T15 3T16 3T15 3T16 Evolução

Leia mais

AGENDA. Destaques do Período Rede de Lojas e Desempenho de Vendas Desempenho Econômico Financeiro

AGENDA. Destaques do Período Rede de Lojas e Desempenho de Vendas Desempenho Econômico Financeiro 1 Aviso Legal Bento Gonçalves (RS), 26 de março de 2014. A Unicasa Móveis S.A. (BM&FBOVESPA: UCAS3), uma das maiores companhias do setor de móveis planejados do Brasil, atuando em todos os estados, com

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T18

Teleconferência de Resultados 1T18 Teleconferência de Resultados 1T18 Agenda Fusão Locamerica-Unidas Destaques do Trimestre Cenário Setorial Resultados Operacionais Resultados Financeiros Perguntas e Respostas 2 Agenda Fusão Locamerica-Unidas

Leia mais

1º Trimestre 2012 DIVULGAÇÃO DE RESULTADO

1º Trimestre 2012 DIVULGAÇÃO DE RESULTADO São Caetano do Sul, SP, Brasil, 7 de maio 2012. A Via Varejo S.A. [BM&FBOVESPA: VVAR3] divulga os resultados do 1º trimestre de 2012 (1T12). As informações operacionais e financeiras da Companhia apresentadas

Leia mais

EcoRodovias Concessões anuncia resultado do 1T16: Lucro líquido atinge R$ 122,1 milhões, crescimento de 38,0%

EcoRodovias Concessões anuncia resultado do 1T16: Lucro líquido atinge R$ 122,1 milhões, crescimento de 38,0% EcoRodovias Concessões anuncia resultado do 1T16: Lucro líquido atinge R$ 122,1 milhões, crescimento de 38,0% São Bernardo do Campo, 12 de maio de 2016 EcoRodovias Concessões e Serviços S.A. anuncia seus

Leia mais

Divulgação de Resultado 1T14

Divulgação de Resultado 1T14 Divulgação de Resultado 1T14 1 Aviso Legal As afirmações contidas neste documento relacionadas a perspectivas sobre os negócios, projeções sobre resultados operacionais e financeiros e aquelas relacionadas

Leia mais

ÁUDIO CONFERÊNCIA3T11

ÁUDIO CONFERÊNCIA3T11 ÁUDIO CONFERÊNCIA3T11 OUTUBRO 2011 Ofertas por segmento Desempenho operacional Desempenho financeiro 2 Ofertas por segmento Desempenho operacional Desempenho financeiro 3 Ofertas por Segmento DESTAQUES

Leia mais

Resultados Financeiros e Operacionais. 1º Trimestre de 2003

Resultados Financeiros e Operacionais. 1º Trimestre de 2003 Resultados Financeiros e Operacionais 1º Trimestre de 2003 Abril - 2003 Agenda Tendências Desafios Consórcio Brasil Celular Programa de Relacionamento Resultados Financeiros e Operacionais Amazônia Celular

Leia mais

Teleconferência de Resultados

Teleconferência de Resultados Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 1 Nota Importante As declarações a respeito de perspectivas futuras sobre os negócios e projeções de resultados operacionais e financeiros da Companhia

Leia mais

2T17. Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17. carros

2T17. Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17. carros 2T17 Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17 carros Divulgação de Resultados 2T17 e 1S17 Frota em 30/06/2017: 151.750 carros Destaques Operacionais Diárias - Aluguel de Carros (mil) Destaques Financeiros Receita

Leia mais

Divulgação de Resultado 4T15

Divulgação de Resultado 4T15 Divulgação de Resultado 4T15 1 Dados de mercado em 17/03/2016 Cotação: R$2,12 Valor de Mercado: R$140.103.091,68 T e l e c o n f e r ê n c i a 4T15 Teleconferência em português: 18 de março de 2016 Sexta-feira,

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T18 BK Brasil 09 de agosto de 2018

Apresentação de Resultados 2T18 BK Brasil 09 de agosto de 2018 Apresentação de Resultados 2T18 BK Brasil 09 de agosto de 2018 1 Aviso legal Esta apresentação contém informações gerais sobre os negócios e as estratégias do BK Brasil Operações e Assessoria a Restaurantes

Leia mais

Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 4T11 e 2011

Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 4T11 e 2011 Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 4T11 e 2011 1 Nota Importante As declarações a respeito de perspectivas futuras sobre os negócios e projeções de resultados operacionais e financeiros

Leia mais

Destaques Financeiros do 1T19 (R$ mil)

Destaques Financeiros do 1T19 (R$ mil) Resultado do 1º Trimestre de 2019 Destaques do 1T19 R$ 29,6 milhões Receita Líquida +4,5%* R$ 23,7 milhões Receita de ITO +11,3%* *% de crescimento comparado com o mesmo período de 2018(1T18) Rio de Janeiro,

Leia mais

Resume-se a seguir o desempenho econômico-financeiro da Companhia no primeiro semestre: Descrição 6M14 6M13 Variação %

Resume-se a seguir o desempenho econômico-financeiro da Companhia no primeiro semestre: Descrição 6M14 6M13 Variação % Energisa Nova Friburgo Resultados do 1º semestre de 2014 Nova Friburgo, 14 de agosto de 2014 A Administração da Energisa Nova Friburgo Distribuidora de Energia S/A ( Companhia ) apresenta os resultados

Leia mais