Tributos aduaneiros. I- Imposto sobre importação de produtos estrangeiros II (art.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tributos aduaneiros. I- Imposto sobre importação de produtos estrangeiros II (art."

Transcrição

1 Tributos aduaneiros Os tributos sobre o comércio exterior têm natureza predominantemente extrafiscal, ou seja, de interferência no domínio econômico, com importante papel no desempenho das exportações, podendo estimulá-las, quando a carga tributária é reduzida, ou inibilas, quando, ao contrário, há um incremento no ônus. O mesmo se diga com as importações, principalmente quando se busca a redução dos preços internos, diminuindo o peso tributário de produtos similares oriundos do exterior, de modo a incrementar a competitividade, ou, ao contrário, onerando a carga para proteger a indústria nacional, em determinados casos. Poderão ser observados a seguir, de forma resumida, os tributos que podem ser instituídos sobre o comércio exterior, conforme previsão da Constituição Federal: 53, I, CF) I- Imposto sobre importação de produtos estrangeiros II (art. Possui função extrafiscal, servindo como importante instrumento de política econômica e por tal motivo, o constituinte o excluiu da obrigação de cumprir o princípio da anterioridade é vedado cobrar tributos no mesmo exercício financeiro em que haja sido publicada a lei que os instituiu ou aumentou (art. 150, II, b, e 1º, CF), e também o da legalidade (no tocante à possibilidade de alteração de alíquotas, dentro dos parâmetros fixados em lei). O Código Tributário Nacional traz normas gerais e o Regulamento Aduaneiro normas específicas a serem observadas quanto ao imposto sobre importações.

2 O II tem como fato gerador a entrada de produtos estrangeiros no território nacional, e como sujeito passivo da obrigação tributária o importador, o destinatário de remessa postal internacional ou ainda o adquirente de mercadoria entrepostada, nos termos do Regulamento Aduaneiro, prevendo a lei também a figura do responsável, como sujeito passivo em determinadas situações. O lançamento do II é feito por homologação, efetuando o sujeito passivo o recolhimento do imposto na data do registro da declaração de importação no Siscomex. Todavia, nada impede que, em condições específicas, seja realizado de ofício. II- Imposto sobre exportação, para o exterior, de produtos nacionais ou nacionalizados IE (art. 153, II, CF) Igualmente possui função extrafiscal, não estando sujeito ao princípio da anterioridade ou da legalidade, tendo suas normas gerais previstas no CTN e específicas no Regulamento Aduaneiro. O fato gerador do IE é a saída do território nacional de produto nacional ou nacionalizado, na data do registro de exportação no Siscomex. O contribuinte é o exportador e o lançamento é efetuado por homologação, já que anteriormente à conferência das informações pela SRF. III- Imposto sobre produtos industrializados IPI (art. 53, IV) Embora de arrecadação representativa para o Estado, o IPI também possui função extrafiscal e não está sujeito aos princípios da anterioridade e da legalidade. Suas normas gerais são encontradas no CTN e as regras específicas na Lei 4.502/64 e no Regulamento do IPI (Decreto 4.544/02).

3 Em face da imunidade prevista na CF, o IPI não incide sobre produtos destinados ao exterior, sendo exigido na importação, para equalização dos custos dos bens importados em relação aos de fabricação nacional. Seu fato gerador é o desembaraço aduaneiro, prevendo o Regulamento do IPI em seu artigo 37 situações em que este não ocorre. O contribuinte será o importador ou quem a lei equiparar a tanto, e o lançamento ocorre por homologação. IV- Imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestação de serviços de transporte interestadual e intermunicipal e de comunicação, ainda que as operações e as prestações se iniciem no exterior ICMS (art. 155, II, CF) A Lei Complementar 87/96 regulamenta o ICMS, prevendo também a regra de imunidade para produtos destinados à exportação. O fato gerador pode ser o desembaraço aduaneiro das mercadorias importadas, o recebimento pelo destinatário de serviço prestado no exterior, ou ainda, a aquisição, em licitação pública, de mercadorias importadas apreendidas ou abandonadas. É contribuinte a pessoa física ou jurídica que exerça os atos acima mencionados, mesmo sem habitualidade ou intuito comercial. Em regra, o lançamento ocorre por homologação. V- Taxas, em razão do exercício do poder de polícia ou pela utilização, efetiva ou potencial, de serviços públicos específicos e divisíveis, prestados ao contribuinte ou postos à sua disposição (art. 145, II, CF)

4 Taxa de utilização do Sistema Integrado de Comércio Exterior: Instituída pela Lei 9.716/98, a taxa para utilização do Siscomex tem como fato gerador, justamente, a utilização do referido sistema, tendo como contribuinte o importador e devendo ser recolhida no momento do registro da declaração de importação. VI- Contribuições sociais do importador de bens ou serviços do exterior, ou de quem a lei a ele equiparar (art. 195, IV, CF), bem como sociais e de intervenção no domínio econômico incidentes sobre a importação de produtos estrangeiros ou serviços (art. 149, 2º II, CF) a) Adicional ao frete para renovação da Marinha Mercante (AFRMM): Contribuição de intervenção no domínio econômico criado pelo Decreto-lei 2.404/87, disciplinada atualmente pela Lei /04, incidente sobre o frete internacional aquaviário de qualquer mercadoria descarregada em porto brasileiro. b) Contribuição para o Programa de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público incidente na Importação de Produtos Estrangeiros ou Serviços - PIS/PASEP-Importação e a Contribuição Social para o Financiamento da Seguridade Social devida pelo Importador de Bens Estrangeiros ou Serviços do Exterior COFINS-Importação: Contribuições sociais previstas pela Emenda Constitucional 42/03, que proporcionam nova fonte de financiamento para a seguridade social. O fato gerador dos referidos tributos constitui na entrada de bens estrangeiros no território nacional ou no pagamento, crédito, entrega, emprego ou remessa de valores a residentes ou domiciliados no exterior como contraprestação por serviço prestado. O lançamento é por homologação e podem ser contribuintes o importador, o contratante, ou ainda, o beneficiário dos serviços.

5 Vale lembrar que, com exceção do ICMS, os demais são da competência da União Federal.

TRIBUTAÇÃO SOBRE O COMÉRCIO EXTERIOR Imposto de Importação Imposto de Exportação. Prof. Marcelo Alvares Vicente

TRIBUTAÇÃO SOBRE O COMÉRCIO EXTERIOR Imposto de Importação Imposto de Exportação. Prof. Marcelo Alvares Vicente TRIBUTAÇÃO SOBRE O COMÉRCIO EXTERIOR Imposto de Importação Imposto de Exportação Prof. Marcelo Alvares Vicente Tributação sobre o Comércio Exterior Necessidade de análise sistemática do Ordenamento jurídico

Leia mais

Guia para Cálculo de Impostos de Importação

Guia para Cálculo de Impostos de Importação Guia para Cálculo de Impostos de Importação Ao importar algo no exterior e solicitar o envio para o Brasil, além do valor do produto e do frete é importante saber todos os encargos que incidem sobre a

Leia mais

AULAS DE 20 e 22/10/15

AULAS DE 20 e 22/10/15 AULAS DE 20 e 22/10/15 8. IMPOSTOS EM ESPÉCIE 8.1. Impostos da União d) Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) Art. 153, da CF; art. 46 e seguintes do TN. - Também utilizado com finalidade extrafiscal.

Leia mais

IMPOSTO SOBRE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS

IMPOSTO SOBRE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS HIPÓTESE DE INCIDÊNCIA Incide sobre produtos industrializados, nacionais ou estrangeiros. Entende-se por industrializado o produto que tenha sido submetido a qualquer operação que lhe modifique a natureza

Leia mais

Aula Demonstrativa. Legislação Aduaneira Professores: Rodrigo Luz e Luiz Missagia

Aula Demonstrativa. Legislação Aduaneira Professores: Rodrigo Luz e Luiz Missagia Aula Demonstrativa Legislação Aduaneira Professores: Rodrigo Luz e Luiz Missagia Aula 00 Aula Demonstrativa Aula Conteúdo Programático Data 00 Demonstrativa 22/07 01 Jurisdição Aduaneira e Controle Aduaneiro

Leia mais

SUMÁRIO Direito Tributário...2 O Direito Tributário e as demais ciências jurídicas...5 O Direito Tributário e os Limites ao Poder de Tributar...

SUMÁRIO Direito Tributário...2 O Direito Tributário e as demais ciências jurídicas...5 O Direito Tributário e os Limites ao Poder de Tributar... SUMÁRIO Direito Tributário...2 Conceito...2 Polos...2 Receitas públicas...2 Natureza...3 Exemplos de receitas derivadas...3 Exemplos de receitas originárias...4 O Direito Tributário e o Direito Público...4

Leia mais

Unidade I Teoria Geral dos Tributos. Capítulo 1 Conceito de Tributo e suas Espécies...3. Capítulo 2 Os Impostos Capítulo 3 As Taxas...

Unidade I Teoria Geral dos Tributos. Capítulo 1 Conceito de Tributo e suas Espécies...3. Capítulo 2 Os Impostos Capítulo 3 As Taxas... S u m á r i o Unidade I Teoria Geral dos Tributos Capítulo 1 Conceito de Tributo e suas Espécies...3 1.1. Conceito de Tributo... 3 1.2. As Espécies Tributárias... 8 Capítulo 2 Os Impostos... 18 2.1. Teoria

Leia mais

23/07/2014. ICMS Noções Básicas. Apresentação: Fábio Martins Lopes Samyr Qbar

23/07/2014. ICMS Noções Básicas. Apresentação: Fábio Martins Lopes Samyr Qbar 23/07/2014 ICMS Noções Básicas Apresentação: Fábio Martins Lopes Samyr Qbar O que é Tributo? - Art. 3º do CTN Toda prestação pecuniária compulsória em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir que não

Leia mais

Direito Tributário Limitações ao Poder de Tributar

Direito Tributário Limitações ao Poder de Tributar Direito Tributário Limitações ao Poder de Tributar Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com Limitações Constitucionais ao Poder de Tributar É vedado à União, Estados, Distrito Federal e Municípios

Leia mais

ANO XXVII ª SEMANA DE JANEIRO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 03/2015

ANO XXVII ª SEMANA DE JANEIRO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 03/2015 IPI ANO XXVII - 2016 3ª SEMANA DE JANEIRO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 03/2015 CÁLCULO DO IPI EM OPERAÇÕES COM BEBIDAS... Pág. 8 ICMS - BA DEFINIÇÃO DE CONTRIBUINTE PARA FINS DE DIFAL EC 87/15... Pág.

Leia mais

Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 16/11/2010.

Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 16/11/2010. OPERAÇÃO BACK TO BACK - Aspectos Contábeis Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 16/11/2010. 1 - INTRODUÇÃO 2 - TRATAMENTO FISCAL 3 - TRATAMENTO CONTÁBIL 1 - INTRODUÇÃO As chamadas operações

Leia mais

CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA MÓDULO 2

CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA MÓDULO 2 CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA MÓDULO 2 Índice 1. Impostos incidentes sobre o valor agregado...3 1.1 Fato gerador... 3 1.2 Contribuintes... 4 1.3 Competência... 4 1.4 Princípios constitucionais... 4 1.5 Base

Leia mais

ICMS NOÇÕES BÁSICAS. Coordenação: Alexandre A. Gomes

ICMS NOÇÕES BÁSICAS. Coordenação: Alexandre A. Gomes ICMS NOÇÕES BÁSICAS Coordenação: Alexandre A. Gomes O que é Tributo? - Art. 3º do CTN Toda prestação pecuniária compulsória em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir que não constitua sanção de ato

Leia mais

Curso de Legislação Aduaneira para ATRFB. Prof. Thális Andrade

Curso de Legislação Aduaneira para ATRFB. Prof. Thális Andrade Curso de Legislação Aduaneira para ATRFB Prof. Thális Andrade -Professor -Importância da matéria de Legislação Aduaneira -Bibliografia básica BRASIL. Ministério da Fazenda. Disponível em: .

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Espécies Tributárias Impostos dos Estados, Municípios e do Distrito Federal. Prof.ª Luciana Batista

DIREITO TRIBUTÁRIO. Espécies Tributárias Impostos dos Estados, Municípios e do Distrito Federal. Prof.ª Luciana Batista DIREITO TRIBUTÁRIO Espécies Tributárias Impostos dos Estados, Municípios e do Distrito Federal Prof.ª Luciana Batista IMPOSTOS DOS ESTADOS/ DISTRITO FEDERAL (art. 155, CF/88). ITCD : transmissão causa

Leia mais

b) Os CFOPs com substituição tributária são: Compra de mercadoria para uso ou consumo cuja mercadoria está sujeita ao regime de

b) Os CFOPs com substituição tributária são: Compra de mercadoria para uso ou consumo cuja mercadoria está sujeita ao regime de Primeiramente não existe no Regulamento do ICMS do Estado de São Paulo, Decreto 45.490/2000 o conceito de material de uso ou consumo, porém podese entender que tudo que não se utiliza como insumo e também

Leia mais

Sistema Tributário Nacional

Sistema Tributário Nacional Sistema Tributário Nacional Considerações Iniciais Direito Direito e Contabilidade como Ciências Ciência das Normas obrigatórias que disciplinam as relações dos homens em sociedade. É o conjunto das normas

Leia mais

TAXAS Art. 145, II e 2º, CF e arts. 77 a 80, CTN

TAXAS Art. 145, II e 2º, CF e arts. 77 a 80, CTN CONCEITO DE INGRESSO PÚBLICO ORIGINÁRIO PRÓPRIO REPARAÇÕES DE GUERRA DEFINIÇÃO DE TRIBUTOS Art. 3, CTN TRIBUTO É TODA PRESTAÇÃO PECUNIÁRIA PENALIDADES COMPULSÓRIA INGRESSO PÚBLICO DERIVADO EM MOEDA OU

Leia mais

Fatores para o cálculo do preço de exportação

Fatores para o cálculo do preço de exportação Fatores para o cálculo do preço de exportação No cálculo do preço de exportação devem ser levados em conta, entre outros fatores: IPI - IMUNIDADE do Imposto sobre Produtos Industrializados, na saída de

Leia mais

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO Prof. Cássio Marques da Silva 2016 TRIBUTOS Modalidades 1 Anteriormente vimos que... Estado bem-comum recursos financeiros (dinheiro); Dinheiro tributos, empréstimos, repasses, leilões; Tributo 2 tipos:

Leia mais

Dos Créditos a Descontar na Apuração da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins

Dos Créditos a Descontar na Apuração da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins Assunto: Contribuição para PIS/PASEP e COFINS Instrução Normativa SRF nº 594, de 26 de dezembro de 2005 Dispõe sobre a incidência da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins, da Contribuição para o PIS/Pasep-Importação

Leia mais

ASPECTOS JURÍDICOS E TRIBUTÁRIOS NA COMPRA DE ENERGIA NO MERCADO LIVRE. Julho / 2005

ASPECTOS JURÍDICOS E TRIBUTÁRIOS NA COMPRA DE ENERGIA NO MERCADO LIVRE. Julho / 2005 ASPECTOS JURÍDICOS E TRIBUTÁRIOS NA COMPRA DE ENERGIA NO MERCADO LIVRE Julho / 2005 TRIBUTOS QUE PODERÃO INCIDIR SOBRE A ENERGIA ELÉTRICA Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) Imposto

Leia mais

Tribunais Exercícios Direito Tributário Exercício Rafael Saldanha Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Tribunais Exercícios Direito Tributário Exercício Rafael Saldanha Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Tribunais Exercícios Direito Tributário Exercício Rafael Saldanha 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. QUESTÃO 01 Um município brasileiro, desconsiderando as regras

Leia mais

DECRETO Nº , DE 31 DE JULHO DE 2002

DECRETO Nº , DE 31 DE JULHO DE 2002 DECRETO Nº 46.966, DE 31 DE JULHO DE 2002 Introduz alterações no Regulamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestações de Serviços - RICMS e dá outras providências GERALDO ALCKMIN, Governador

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACEMA 2014 FISCAL DE TRIBUTOS PROVA OBJETIVA

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACEMA 2014 FISCAL DE TRIBUTOS PROVA OBJETIVA 1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS De acordo com o Código Tributário do Município de Miracema (lei nº 1.453, de 26 de setembro de 2013), responda às questões de números 1 a 6. 1) É de competência do município

Leia mais

tributarioparaconcursos.wordpress.com

tributarioparaconcursos.wordpress.com PROVA COMENTADA DE DIREITO TRIBUTÁRIO PARA PROCURADOR DO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA APLICADA EM 13/12/2015 PELO CENTRO DE SELEÇÃO DA UFG QUESTÃO 34 Leia o conceito a seguir. É vedado aos Municípios cobrar tributos

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Direito tributário Capítulo 2 Espécies de tributo Capítulo 3 Empréstimos compulsórios e contribuições especiais

Sumário Capítulo 1 Direito tributário Capítulo 2 Espécies de tributo Capítulo 3 Empréstimos compulsórios e contribuições especiais Sumário Capítulo 1 Direito tributário... 1 1.1. Direito... 1 1.2. Direito público e direito privado... 1 1.3. Direito tributário... 2 1.4. Direito tributário e os demais ramos do Direito... 4 1.5. Estado...

Leia mais

CURSO JURÍDICO FMB CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS

CURSO JURÍDICO FMB CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS Sumário DIREITO TRIBUTÁRIO... DIREITO TRIBUTÁRIO PROFS. GUILHERME ADOLFO DOS SANTOS MENDES E DIMAS MONTEIRO DE BARROS MÓDULO I Direito Tributário - Conceito; Tributo -

Leia mais

Imposto de Exportação

Imposto de Exportação P á g i n a 1 CONTEÚDO PARA O EXAME DA OEA AJUDANTE E DESPACHANTES ADUANEIROS Imposto de Exportação Comexleis treinamentos Ass. Com. Exterior Ltda P á g i n a 2 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É vedada a

Leia mais

MBA em Contabilidade Tributária e Fiscal. Impostos sobre Circulação de Mercadorias ICMS. Professor: Alexandre Henrique Salema Ferreira

MBA em Contabilidade Tributária e Fiscal. Impostos sobre Circulação de Mercadorias ICMS. Professor: Alexandre Henrique Salema Ferreira MBA em Contabilidade Tributária e Fiscal Impostos sobre Circulação de Mercadorias ICMS Professor: Alexandre Henrique Salema Ferreira Campina Grande Setembro/2016 SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL Tributos dos

Leia mais

CURSO DE DIREITO TRIBUTÁRIO PARA RFB. Prof. Vilson Cortez - Tudão

CURSO DE DIREITO TRIBUTÁRIO PARA RFB. Prof. Vilson Cortez - Tudão CURSO DE DIREITO TRIBUTÁRIO PARA RFB Prof. Vilson Cortez - Tudão Prof. Vilson Cortez Especialista em Direito Tributário e Legislação Tributária pela Escola Superior da Procuradoria Geral do Estado de São

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO CLAUDIO CARNEIRO. Blog: claudiocarneiroadv.blogspot.com.br. Site: Facebook: CLAUDIO CARNEIRO II

DIREITO TRIBUTÁRIO CLAUDIO CARNEIRO. Blog: claudiocarneiroadv.blogspot.com.br. Site:  Facebook: CLAUDIO CARNEIRO II 2012 DIREITO TRIBUTÁRIO CLAUDIO CARNEIRO Blog: claudiocarneiroadv.blogspot.com.br Site: www.claudiocarneiro.com.br Facebook: CLAUDIO CARNEIRO II IMPOSTOS: FEDERAIS: II, IE, IR, IPI, IOF, ITR, IGF, Extraordinário

Leia mais

Curso de Ciências Contábeis Disciplina: Contabilidade Tributária I 3ª Fase Professora: Lyss Paula de Oliveira

Curso de Ciências Contábeis Disciplina: Contabilidade Tributária I 3ª Fase Professora: Lyss Paula de Oliveira Curso de Ciências Contábeis Disciplina: Contabilidade Tributária I 3ª Fase Professora: Lyss Paula de Oliveira 1 Assinale V para as afirmativas verdadeiras e F para as afirmativa falsa: (F) O ISS é um tributo

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Cálculo do ICMS Órgãos Públicos - SP

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Cálculo do ICMS Órgãos Públicos - SP Cálculo do ICMS Órgãos Públicos - SP 18/06/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares...

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DIREITO DO TRABALHO, TRIBUTÁRIO E EMPRESARIAL PROFESSOR DIEGO ALVES DE OLIVEIRA IFMG CAMPUS OURO PRETO MARÇO DE 2017

INTRODUÇÃO AO DIREITO DO TRABALHO, TRIBUTÁRIO E EMPRESARIAL PROFESSOR DIEGO ALVES DE OLIVEIRA IFMG CAMPUS OURO PRETO MARÇO DE 2017 INTRODUÇÃO AO DIREITO DO TRABALHO, TRIBUTÁRIO E EMPRESARIAL PROFESSOR DIEGO ALVES DE OLIVEIRA IFMG CAMPUS OURO PRETO MARÇO DE 2017 Direito Tributário Conjunto de normas que regulamentam a arrecadação de

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO ÍNDICE

DIREITO TRIBUTÁRIO ÍNDICE DIREITO TRIBUTÁRIO ÍNDICE CAPÍTULO 01... 11 Conceito e Localização do Direito Tributário... 11 Tributo: Conceito, Espécies, Características e Classificações...11 Características...13 Classificações...16

Leia mais

Boletim de Atualização Tributária BOLETIM DE ATUALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA. Código das Melhores Práticas de

Boletim de Atualização Tributária BOLETIM DE ATUALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA. Código das Melhores Práticas de BOLETIM DE ATUALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA Código das Melhores Práticas de N 38 Data 18.11.2016 Período Governança pesquisado: Atos publicados entre 11.11.2016 a 18.11.2016 RECEITA FEDERAL DO BRASIL Data da publicação:

Leia mais

Direito Tributário para o Exame de Ordem

Direito Tributário para o Exame de Ordem Direito Tributário para o Exame de Ordem Introdução, Normas Gerais, Competência Tributária e Imunidade Tributária Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA Competência tributária

Leia mais

CURSO DE DIREITO. Questão 3. Questão 2

CURSO DE DIREITO. Questão 3. Questão 2 CURSO DE DIREITO SÉRIE: PROFESSOR (A): Nayron Toledo PROVA: SALA: NP1 ALUNOS (A): DISCIP.: Tributos em espécie TURNO: MATRÍCULA: DATA: TURMA: NOTA: ANTES DE COMEÇAR A FAZER A PROVA, LEIA OS AVISOS. 1.

Leia mais

Regimes Aduaneiros Especiais - Introdução

Regimes Aduaneiros Especiais - Introdução Regimes Aduaneiros Especiais - Introdução Marcelo Alvares Vicente Advogado, Professor universitário Mestre em Direito Tributário pela PUC/SP Despachante aduaneiro credenciado 8ª RF/RFB 1 Regimes aduaneiros

Leia mais

Pedimos que a matéria em questão seja encaminhada ao setor fiscal da empresa para estudo.

Pedimos que a matéria em questão seja encaminhada ao setor fiscal da empresa para estudo. ABC D EF CCB C B Prezados Clientes! Devido aos constantes questionamentos sobre o assunto referente a Nota Fiscal Complementar de Importação, retransmitimos em anexo a solução de consulta tributária publicada

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos ICMS ST para transportadoras de produtos da Petrobrás

Orientações Consultoria de Segmentos ICMS ST para transportadoras de produtos da Petrobrás 10/02/2014 Orientações Consultoria Tributária de Segmentos Título do documento Sumário 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 3.1 Decreto Nº 20.686, De 28

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br PIS e COFINS nas operações de importação ou industrialização de medicamentos ou cosméticos - Lei n. 10.147/2000 Fabiana Lopes Pinto Com a edição da Lei n. 10.147, de 21 de dezembro

Leia mais

QUESTÕES ENADE - DIREITO TRIBUTÁRIO

QUESTÕES ENADE - DIREITO TRIBUTÁRIO QUESTÕES ENADE - DIREITO TRIBUTÁRIO QUESTÕES ENADE 2011 1 - Os elementos que o Estado deve ter em mente ao determinar o valor da taxa a ser cobrada do contribuinte (...) devem resultar da intensidade e

Leia mais

Pergunte à CPA. Regras da aplicação das ST dos Novos Protocolos entre São Paulo e Rio de Janeiro a partir de

Pergunte à CPA. Regras da aplicação das ST dos Novos Protocolos entre São Paulo e Rio de Janeiro a partir de 27/11/2014 Pergunte à CPA Regras da aplicação das ST dos Novos Protocolos entre São Paulo e Rio de Janeiro a partir de 27.11.2014 Apresentação: Helen Mattenhauer Convênio e Protocolos CONVÊNIO: Constitui

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Professor Victor Alves Aula dia 14/03/2017

DIREITO TRIBUTÁRIO. Professor Victor Alves Aula dia 14/03/2017 DIREITO TRIBUTÁRIO Professor Victor Alves Aula dia 14/03/2017 Conceito de Tributo: Art. 3º do CTN - Tributo é toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir, que não

Leia mais

Como a Constituição trata tal imposto:

Como a Constituição trata tal imposto: Como a Constituição trata tal imposto: Art. 155. Compete aos Estados e ao Distrito Federal instituir impostos sobre: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 3, de 1993) (...) II - operações relativas

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial 1

Planejamento Tributário Empresarial 1 Planejamento Tributário Empresarial 1 Imposto de Renda e proventos de qualquer natureza Do Lucro Arbitrado Pessoa Jurídica Tributada com base no lucro arbitrado Na ocorrência de qualquer das hipóteses

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA IMPORTAÇÃO

PROCEDIMENTOS PARA IMPORTAÇÃO PROCEDIMENTOS PARA IMPORTAÇÃO INTRODUÇÃO GERAL A UFOP como instituição de pesquisa, está isenta pela Lei 8.010/90 do pagamento dos impostos na importação de bens destinados exclusivamente à pesquisa científica

Leia mais

CFOP - Códigos fiscais de operações e prestações

CFOP - Códigos fiscais de operações e prestações CFOP - Códigos fiscais de operações e prestações A presente relação de códigos fiscais é baseada no Convênio SINIEF s/nº, de 15.12.1970, com suas respectivas alterações. A relação encontra-se devidamente

Leia mais

PIS-IMPORTAÇÃO E COFINS-IMPORTAÇÃO (LEI Nº /04)

PIS-IMPORTAÇÃO E COFINS-IMPORTAÇÃO (LEI Nº /04) PIS-IMPORTAÇÃO E COFINS-IMPORTAÇÃO (LEI Nº 10.865/04) Vimos por meio do presente resumo destacar nosso entendimento sobre a sistemática de incidência do PIS e da COFINS nas operações de importação, bem

Leia mais

O aperfeiçoamento do regime RECOF amplia oportunidades dos benefícios para todos os segmentos da indústria

O aperfeiçoamento do regime RECOF amplia oportunidades dos benefícios para todos os segmentos da indústria RECOF e RECOF-SPED Saiba como a sua empresa pode potencializar o uso do regime, tendo uma ampla visão de governança, garantindo compliance e aumentando a competitividade, tanto no que tange aos aspectos

Leia mais

SUMÁRIO. Sumário. Considerações preliminares Parte 1 IMPOSTOS MUNICIPAIS

SUMÁRIO. Sumário. Considerações preliminares Parte 1 IMPOSTOS MUNICIPAIS SUMÁRIO Sumário Considerações preliminares... 19 Parte 1 IMPOSTOS MUNICIPAIS Capítulo 1 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE PREDIAL E TERRITORIAL URBANA (IPTU)... 23 1. Panorama geral da regra matriz de incidência

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos DIFAL Aquisição de bens por Contribuintes do Estado da Bahia

Orientações Consultoria de Segmentos DIFAL Aquisição de bens por Contribuintes do Estado da Bahia DIFAL Aquisição de bens por Contribuintes do Estado da Bahia 20/03/2017 Sumário 1 Questão... 3 2 Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 2.1 Lei 7.014/1996... 3 2.2 Consulta Informal a Colaborador da SEFAZ-BA...

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Redução do montante do impostos recolhido nas operações de importação - PE

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Redução do montante do impostos recolhido nas operações de importação - PE Redução do montante do impostos recolhido nas operações de importação - PE 24/06/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4

Leia mais

O que é isso? Emenda Constitucional nº 87/2015; Convênio ICMS 93/2015; NF-e Nota Técnica 2015/003; Ajuste SINIEF 5/2015; Lei 15.863/2015 SEFAZ/CE Decreto??? Alíquotas do ICMS = 7%, 12%, 4%; Alíquota

Leia mais

Exercícios: Princípios e Imunidades Coordenação do material: Emersom Fernandes TV EXAME DE ORDEM

Exercícios: Princípios e Imunidades Coordenação do material: Emersom Fernandes TV EXAME DE ORDEM Exercícios: Princípios e Imunidades Coordenação do material: Emersom Fernandes TV EXAME DE ORDEM 1-Lei catarinense, publicada em 01.12.2008, alterou, de 3% para 4%, a alíquota do IPVA relativo à propriedade

Leia mais

SUMÁRIO. Apresentação, xiii

SUMÁRIO. Apresentação, xiii SUMÁRIO Apresentação, xiii 1 A Contabilidade e a Gestão Tributária, 1 1.1 Introdução, 1 1.2 Os objetivos da atividade de gestão tributária, 1 1.3 Características profissionais exigidas para o cargo de

Leia mais

PEC 491/2010. Medicamentos de uso humano e seus Insumos. Audiência Pública Câmara dos Deputados. (Imunidade Constitucional) Brasília-DF, 11/06/2014

PEC 491/2010. Medicamentos de uso humano e seus Insumos. Audiência Pública Câmara dos Deputados. (Imunidade Constitucional) Brasília-DF, 11/06/2014 PEC 491/2010 (Deputado Luiz Carlos Hauly) Medicamentos de uso humano e seus Insumos (Imunidade Constitucional) Audiência Pública Câmara dos Deputados Brasília-DF, 11/06/2014 1 Considerações Iniciais Tributação

Leia mais

Apresentação da Disciplina

Apresentação da Disciplina DIREITO TRIBUTÁRIO III: APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA, SISTEMAS DE AVALIAÇÃO, INSTRUÇÕES CORRELATAS E NOÇÕES GERAIS DE IMPOSTOS Prof. Thiago Gomes Apresentação da Disciplina 1. IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA

Leia mais

RECEITA FEDERAL SUMÁRIO. Língua Portuguesa. Compreensão Textual Ortografia Semântica... 9/34. Morfologia Sintaxe...

RECEITA FEDERAL SUMÁRIO. Língua Portuguesa. Compreensão Textual Ortografia Semântica... 9/34. Morfologia Sintaxe... Língua Portuguesa Compreensão Textual... 3 Ortografia... 21 Semântica... 9/34 Morfologia... 35 Sintaxe... 63 Pontuação... 99 Espanhol Interpretação de Textos... 3 Inglês Interpretação de Textos... 3 Raciocínio

Leia mais

Palavras-Chave: 1. Fato Gerador. 2.Alíquota. 3.Base de cálculo. 4.Contribuinte. 5.Lançamento

Palavras-Chave: 1. Fato Gerador. 2.Alíquota. 3.Base de cálculo. 4.Contribuinte. 5.Lançamento Januário Rodrigues Borges Junior Pós-graduando em Direito e Processo Tributário pela PUC-GO juniorborgess@hotmail.com Orientadora Esp. Mercia Mendonça Lisita RESUMO O presente artigo trata dos tributos

Leia mais

Sumário CAPÍTULO 3 EMPRÉSTIMOS COMPULSÓRIOS E CONTRIBUIÇÕES ESPECIAIS

Sumário CAPÍTULO 3 EMPRÉSTIMOS COMPULSÓRIOS E CONTRIBUIÇÕES ESPECIAIS Sumário CAPÍTULO 1 DIREITO TRIBUTÁRIO 1. Direito 2. Direito público e direito privado 3. Direito tributário 4. Direito tributário e os demais ramos do Direito 5. Estado 6. Receitas do Estado 7. Definição

Leia mais

Anexos 4. 0 Substituição Tributária Anexos Substituição Tributária das Operações com Lâmpadas Elétricas

Anexos 4. 0 Substituição Tributária Anexos Substituição Tributária das Operações com Lâmpadas Elétricas Anexos 4. 0 Substituição Tributária Anexos 4. 13 Substituição Tributária das Operações com Lâmpadas Elétricas Protocolo ICMS 17/1985 Alterações: Protocolo 09/1986, 10/87, 51/91, 08/98, 26/01, 37/01, 42/08,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA Consolidado, alterado pelo Decreto: 18829, de 05.05.14 DOE nº 2450, de 05.05.14 GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA DECRETO N. 18426, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2013. PUBLICADO NO DOE Nº 2358, DE 10.12.13 Institui

Leia mais

CARTILHA NACIONAL SIMPLES. Entenda o resumo da tributação da sua Micro ou Pequena Empresa.

CARTILHA NACIONAL SIMPLES. Entenda o resumo da tributação da sua Micro ou Pequena Empresa. CARTILHA NACIONAL SIMPLES Entenda o resumo da tributação da sua Micro ou Pequena Empresa. O que é Simples Nacional? Como enquadro minha empresa no Nacional Simples? O Simples Nacional é um regime tributário

Leia mais

Introdução ao direito tributário

Introdução ao direito tributário Capítulo 1 - Introdução ao direito tributário 1.1. Considerações iniciais 17 1.2. Conceito de tributo 19 1.3. Tipos de tributo.. 20 1.3.1. Imposto.... 20 1.3.2. Taxas..25 1.3.2.1. Diferenças entre taxa

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO ANALISTA TRIBUTÁRIO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL ATFRB

CONTROLE DE CONTEÚDO ANALISTA TRIBUTÁRIO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL ATFRB CONTROLE DE CONTEÚDO ANALISTA TRIBUTÁRIO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL ATFRB 1 Compreensão Textual. LÍNGUA PORTUGUESA 2 Ortografia. 3 Semântica. 4 Morfologia. 5 Sintaxe. 6 Pontuação. 1 Interpretação de

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA No- 582, DE 20 DE SETEMBRO DE 2012

MEDIDA PROVISÓRIA No- 582, DE 20 DE SETEMBRO DE 2012 MEDIDA PROVISÓRIA No- 582, DE 20 DE SETEMBRO DE 2012 Altera a Lei nº 12.546, de 14 de dezembro de 2011, quanto à contribuição previdenciária de empresas dos setores industriais e de serviços; permite depreciação

Leia mais

Em consonância com o art. 5 e 217 do CTN, e 145, 148 e 149 da CF, são espécies do gênero tributo:

Em consonância com o art. 5 e 217 do CTN, e 145, 148 e 149 da CF, são espécies do gênero tributo: Espécies tributárias Em consonância com o art. 5 e 217 do CTN, e 145, 148 e 149 da CF, são espécies do gênero tributo: os impostos; as taxas; as contribuições de melhoria; os empréstimos compulsórios;

Leia mais

15/8/2012. Imposto sobre a Importação II. Fato gerador: CF, Art. 153. Compete à União instituir impostos sobre: I importação de produtos estrangeiros;

15/8/2012. Imposto sobre a Importação II. Fato gerador: CF, Art. 153. Compete à União instituir impostos sobre: I importação de produtos estrangeiros; Impostos Federais (CF, art. 153) Imposto sobre Importação (II); Imposto sobre a Exportação (IE); Imposto sobre a renda e proventos de qualquer natureza (IR); Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI);

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 10.336, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2001. Institui Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico incidente sobre a importação e

Leia mais

Marcelo Viana Salomão Mestre e doutorando PUC/SP

Marcelo Viana Salomão Mestre e doutorando PUC/SP Guerra Fiscal 2.0 O Protocolo Confaz 21/2011 e as operações interestaduais pela internet para consumidor final Marcelo Viana Salomão Mestre e doutorando PUC/SP CONVÊNIOS CTN - Art. 199. A Fazenda Pública

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 5

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 5 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 5 CAPÍTULO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 19 1. Breves considerações sobre o direito financeiro... 19 2. Direito tributário. Noção conceptual... 22 2.1. Autonomia do Direito Tributário...

Leia mais

Formação Analista em Comércio Exterior

Formação Analista em Comércio Exterior Formação Analista em Comércio Exterior Objetivo: Habilitar os participantes para exercer a profissão de Analista em Comércio Exterior e trabalhar com a análise das operações, planejamento, coordenação

Leia mais

21/03/2017 LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA ESTADUAL

21/03/2017 LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA ESTADUAL LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA ESTADUAL Profs.: AndréFantoni e Eduardo da Rocha "Imagine uma nova história para sua vida e acredite nela" professorfantoni@yahoo.com.br 1 LEGISLAÇÃO APLICÁVEL: Constituição Federal/88

Leia mais

CÓPIA. Coordenação-Geral de Tributação. Relatório PA BELEM SRRF02

CÓPIA. Coordenação-Geral de Tributação. Relatório PA BELEM SRRF02 Fl. 20 Fls. 2 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 225 - Data 29 de outubro de 2015 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE A RENDA RETIDO NA FONTE - IRRF REMESSA DESTINADA

Leia mais

Fundamentos do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços ICMS. Luiz Campos

Fundamentos do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços ICMS. Luiz Campos Fundamentos do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços ICMS Luiz Campos 1 Tabela TIPI A Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados TIPI atribui uma alíquota

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Nota Fiscal Complementar de Importação

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Nota Fiscal Complementar de Importação Nota Fiscal Complementar de Importação 16/10/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4. Conclusão... 6 5. Informações Complementares...

Leia mais

PROCEDIMENTO CRÉDITOS A RECEBER DE TRIBUTOS A RECUPERAR OU COMPENSAR RESPONSABILIDADE Coordenação-Geral de Contabilidade e Custos da União.

PROCEDIMENTO CRÉDITOS A RECEBER DE TRIBUTOS A RECUPERAR OU COMPENSAR RESPONSABILIDADE Coordenação-Geral de Contabilidade e Custos da União. PROCEDIMENTO CRÉDITOS A RECEBER DE TRIBUTOS A RECUPERAR OU COMPENSAR 1 REFERÊNCIAS 1.1 - RESPONSABILIDADE Coordenação-Geral de Contabilidade e Custos da União. 1.2 - COMPETÊNCIA - Portaria/STN N. 833,

Leia mais

Tributação nas Principais Operações Fiscais

Tributação nas Principais Operações Fiscais Tributação nas Principais Operações Fiscais (Regiões Sul e Sudeste) Adriana Manni Peres Advogada especialista em tributos indiretos. Pós-graduada em Direito Tributário pela Pontifícia Universidade Católica

Leia mais

IMPOSTOS FEDERAIS: II, IE E IPI

IMPOSTOS FEDERAIS: II, IE E IPI IMPOSTOS FEDERAIS: II, IE E IPI CAIO AUGUSTO TAKANO MESTRANDO EM DIREITO ECONÔMICO, FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO USP ESPECIALISTA EM DIREITO TRIBUTÁRIO IBET PROFESSOR-ASSISTENTE DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DO

Leia mais

Direito Tributário Impostos Federais

Direito Tributário Impostos Federais Direito Tributário Impostos Federais Professora Lílian Souza Advogada e Consultora Especialista em Direito Tributário Impostos Federais Art. 153, e 154, CF; II, IE, IR, IPI, IOF, ITR, IGF impostos ordinários;

Leia mais

CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES...19 CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...21 CAPÍTULO 3 PRINCÍPIOS DO DIREITO TRIBUTÁRIO...

CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES...19 CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...21 CAPÍTULO 3 PRINCÍPIOS DO DIREITO TRIBUTÁRIO... SUMÁRIO PARTE 1 TEORIA DIREITO MATERIAL CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES...19 CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...21 2.1 Repartição das receitas tributárias... 23 2.2 Exercício da competência tributária...

Leia mais

SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº , DE 7 DE NOVEMBRO DE 2016

SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº , DE 7 DE NOVEMBRO DE 2016 SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 10.092, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2016 ASSUNTO:Obrigações Acessórias EMENTA:SISCOSERV. SERVIÇO DE TRANSPORTE INTERNACIONAL DE CARGA. INFORMAÇÕES. RESPONSABILIDADE. O agente de carga, domiciliado

Leia mais

CF/88 e Comércio Exterior. Prof. Thális Andrade

CF/88 e Comércio Exterior. Prof. Thális Andrade CF/88 e Comércio Exterior Prof. Thális Andrade Histórico da atividade aduaneira Aduana = do Árabe Ad-Diwãn, que quer dizer alfândega. 1530 Não havia tributos aduaneiros (só mercadorias portuguesas poderiam

Leia mais

Substituicao Tributaria

Substituicao Tributaria Substituicao Tributaria Apontamentos Juridicos e Administrativos Por Monique de Souza Pereira Email: m.pereira@diasdossantos.com.br Aspectos Juridicos Relevantes Nao-cumulatividade do ICMS Emenda Constitucional

Leia mais

2º Na hipótese do inciso I do parágrafo 1º, a substituição tributária caberá ao estabelecimento da empresa industrial ou ao contribuinte substituto

2º Na hipótese do inciso I do parágrafo 1º, a substituição tributária caberá ao estabelecimento da empresa industrial ou ao contribuinte substituto Anexos 4. 0 Substituição Tributária Anexos 4. 12 Substituição Tributária das Operações com Lâmina de Barbear, Aparelho de Barbear Descartável, Isqueiro. Protocolo ICMS 16/1985 Alterações: Protocolo 09/1986,10/87,50/91,07/98,14/00,

Leia mais

PIS/PASEP/COFINS TRIBUTOS FEDERAIS ANO XXI ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 39/2010

PIS/PASEP/COFINS TRIBUTOS FEDERAIS ANO XXI ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 39/2010 ANO XXI - 2010-4ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 39/2010 PIS/PASEP/COFINS PRODUTOS AGROPECUÁRIOS - SUSPENSÃO DA EXIGIBILIDADE E CRÉDITO PRESUMIDO DA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP E DA

Leia mais

Um despachante aduaneiro é o profissional especializado no desembaraço de mercadorias que transitam por alfândegas (aduana)

Um despachante aduaneiro é o profissional especializado no desembaraço de mercadorias que transitam por alfândegas (aduana) DESPACHO ADUANEIRO Um despachante aduaneiro é o profissional especializado no desembaraço de mercadorias que transitam por alfândegas (aduana) Um despachante oficial em Portugal é um representante por

Leia mais

ANO XXVII ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 37/2016

ANO XXVII ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 37/2016 ANO XXVII - 2016 2ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 37/2016 TRIBUTOS FEDERAIS BASE DE CÁLCULO DO PIS/COFINS NÃO CUMULATIVO... Pág. 241 ICMS - RS ICMS NA IMPORTAÇÃO E NA ARREMATAÇÃO DE MERCADORIA

Leia mais

Legislação Aduaneira, Comércio Internacional e Direito Previdenciário

Legislação Aduaneira, Comércio Internacional e Direito Previdenciário Semana de Análise Avançada das Matérias da RFB Legislação Aduaneira, Comércio Internacional e Direito Previdenciário Vinícius Oliveira, Bruno Fernandes e Rubens Maurício Legislação Aduaneira Receita Federal

Leia mais

PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS

PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS Conjunto de normas que norteiam o ordenamento jurídico tributário não ultrapassar o limite do razoável, tendo em vista que a tributação implica na restrição ao direito

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N O, DE 2016

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N O, DE 2016 PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N O, DE 2016 (Do Sr. EDUARDO CURY) Institui o Programa de Incentivo à Regularização Fiscal do Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas

Leia mais

A INCIDÊNCIA DE ICMS SOBRE BENS IMPORTADOS POR PESSOA FÍSICA

A INCIDÊNCIA DE ICMS SOBRE BENS IMPORTADOS POR PESSOA FÍSICA A INCIDÊNCIA DE ICMS SOBRE BENS IMPORTADOS POR PESSOA FÍSICA Artigo publicado no Jusnavigandi: HABLE, José. ICMS sobre bens importados por pessoa física. Revista Jus Navigandi, Teresina, ano 21, n. 4744,

Leia mais

25/05/2016. ICMS Noções Básicas. Apresentação: José A. Fogaça Neto

25/05/2016. ICMS Noções Básicas. Apresentação: José A. Fogaça Neto 25/05/2016 ICMS Noções Básicas Apresentação: José A. Fogaça Neto O que é Tributo? - Art. 3º do CTN Toda prestação pecuniária / compulsória / em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir / que não constitua

Leia mais

Crédito e lançamento tributário

Crédito e lançamento tributário Crédito e lançamento tributário Levar o entendimento ao aluno sobre o que é, como se processa o crédito e as formas do lançamento do crédito tributário. Vamos lá, pessoal, na aula passada vimos a integração

Leia mais

TRIBUTOS EM ESPÉCIE. Tributos estaduais: ICMS, IPVA, ITCMD

TRIBUTOS EM ESPÉCIE. Tributos estaduais: ICMS, IPVA, ITCMD TRIBUTOS EM ESPÉCIE Tributos estaduais: ICMS, IPVA, ITCMD 1 ICMS (155, II, CF + LC 87/96) Nomen juris: Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços. É tributo indireto, pois o ônus financeiro do

Leia mais

Fiscal Legislação Aduaneira Tributação no Comércio Exterior Fábio lobo Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Fiscal Legislação Aduaneira Tributação no Comércio Exterior Fábio lobo Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Fiscal Legislação Aduaneira Tributação no Comércio Exterior Fábio lobo 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Aula 3 Prof. Fábio Lobo Aula 3 3. Tributos Incidentes

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL COORDENAÇÃO-GERAL DO SISTEMA DE ARRECADAÇÃO E COBRANÇA

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL COORDENAÇÃO-GERAL DO SISTEMA DE ARRECADAÇÃO E COBRANÇA MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL COORDENAÇÃO-GERAL DO SISTEMA DE ARRECADAÇÃO E COBRANÇA ATO DECLARATÓRIO Nº 45, de 28 de setembro de 1999. O COORDENADOR-GERAL DO SISTEMA DE ARRECADAÇÃO

Leia mais