PLANO DE CURSO I EMENTA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE CURSO I EMENTA"

Transcrição

1 Disciplina: Leituras Cartográficas e Interpretações Estatísticas I Carga horária total: 75 H PLANO DE CURSO I EMENTA Definições e esboço histórico da cartografia; Representações da Terra; Coordenadas; Fusos horários; Classificação dos mapas e cartas; Escala; Projeções cartográficas; Leitura e interpretação de mapas; O uso de novas tecnologias na leitura, interpretação e na representação espacial; A documentação cartográfica no ensino e na pesquisa geográfica; Construção e interpretação de tabelas, séries estatísticas, gráficos e diagramas aplicados ao ensino de geografia; Resolução de problemas. OBJETIVOS: II OBJETIVOS GERAIS Possibilitar ao aluno a compreensão dos conteúdos básicos da disciplina com escala, localização e fuso horário, dentro outros, e sua aplicabilidade no que tange a prática de ensino em Geografia. Mediar através de um ambiente virtual de ensino e aprendizagem conteúdos básicos de Cartografia I, tornando a disciplina compreensível. III - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1 - HISTORIA DA CARTOGRAFIA 1.1- Compreender a estreita relação entre o processo histórico da Cartografia e o desenvolvimento da humanidade e das nações Estabelecer os marcos históricos fundamentais para a sistematização dos conhecimentos cartográficos Reconhecer o papel desempenhado pelos primeiros mapeadores no desenho político do mundo atual. 2- A CARTOGRAFIA: BASES CONCEITUAIS Entender uma conceituação atual para a Cartografia Saber reconhecer diferenças entre a Cartografia Sistemática e a Temática Relacionar as instituições responsáveis pela Cartografia Sistemática no Brasil Caracterizar a Cartografia Temática e suas possibilidades de uso na Geografia.

2 3 AS FORMAS DE EXPRESSÃO DA CARTOGRAFIA Entender as diferenças básicas entre os documentos cartográficos mais usuais Caracterizar cada uma das formas de expressão cartográfica Identificar as aplicações práticas das formas de expressão cartográfica. 4 - CARTOGRAFIA APLICADA AO ENSINO DA GEOGRAFIA Avaliar a importância da Cartografia como um recurso didático no ensino da Geografia Demonstrar as formas pelas quais o professor de Geografia pode utilizar a Cartografia no ensino Compreender as etapas do processo de educação cartográfica Entender a necessidade de uso das novas tecnologias voltadas para o ensino de conteúdos cartográficos na Geografia 5- ESCALA Mostrar os principais problemas envolvidos na representação cartográfica Demonstrar os diversos tipos de escala existentes para representação de mapas e cartas, mostrando o significado de cada uma delas Aprender a reduzir as proporções dos elementos representados nos mapas e/ou cartas. 6 FORMA E DIMENSÕES DA TERRA Entender como são definidas a forma e dimensões da Terra, tal como conhecemos hoje Diferenciar a superfície física terrestre do geóide e do elipsóide e discutir o significado dessas superfícies Aprender a evolução dos conceitos geodésicos até chegar à forma do planeta tal como concebido atualmente Compreender as principais características do Sistema Geodésico Brasileiro. 7- ORIENTAÇÃ: RUMO, AZIMUTE, DECLINAÇÃO MAGNÉTICA Compreender como surgiram os instrumentos de orientação e sua evolução até os dias atuais Aprender a explicar a importância da orientação para as atividades práticas do nosso diaa-dia.

3 7.3 - Conhecer as principais formas de orientação e os instrumentos utilizados para esse fim. 8- LOCALIZAÇÃO: COORDENADAS GEOGRÁFICAS Aprender a trabalhar com coordenadas geográficas Conhecer os conceitos de latitude, longitude, paralelos e meridianos Localizar pontos sobre a superfície com base em sistema de coordenadas geográficas Aprender a transformar coordenadas geográficas de graus decimais em graus sexagesimais e vice- versa. 9- LOCALIZAÇÃO: COORDENADAS PLANAS- UTM Aprender a trabalhar com coordenadas planas. 9.2-Aprender a localizar pontos sobre a superfície baseando-se no sistema de coordenadas planas UTM. 10- OS FUSOS HORÁRIOS E SUA IMPORTÂNCIA NO MUNDO ATUAL 10.1 Compreender o movimento de rotação da Terra e a passagem das horas Entender o funcionamento dos fusos horários Identificar os fusos horários brasileiros Explicar o funcionamento do horário de verão 11 - PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Apresentar os conceitos e a classificação dos principais sistemas de projeções cartográficas Demonstrar como transferir pontos de uma superfície esférica para uma superfície plana mantendo relações espaciais entre os elementos geográficos representados Entender quais os problemas que são causados por essa transferência (construção de mapas). 12 A LINGUAGEM CARTOGRÁFICA Identificar os modos de implantação da imagem cartográfica e relacioná-los com a representação de aspectos da natureza e da sociedade Caracterizar as variáveis visuais utilizadas pela Cartografia.

4 Relacionar as cores convencionais e seu emprego na representação dos temas geográficos. 13 OS DADOS ESTATÍSITICOS E A REPRESENTAÇÃO GRÁFICA Classificar os dados estatísticos segundo os critérios apresentados e listar as diferenças entre as principais séries estatísticas Compreender a importância dos gráficos e diagramas no ensino da Geografia e elaborar diferentes gráficos a partir de séries estatísticas Escolher o gráfico mais adequado para representar os dados de uma série A COMUNICAÇÃO E A EXPRESSÃO CARTOGRÁFICA Estabelecer um paralelo entre os mapas e os meios convencionais de comunicação Distinguir as legendas das convenções cartográficas, segundo as suas aplicações Relacionar as cores convencionais utilizadas na representação dos principais assuntos estudados pela Geografia. 15 AS FORMAS DE REPRESENTAÇÃO DO TERRENO Apresentar os conceitos básicos das principais formas de representação do terreno Ler e interpretar plantas topográficas de elementos de representação do relevo Utilizar plantas topográficas para identificar os elementos do terreno, aprender a interpolar curvas de nível e a desenhar um perfil topográfico. IV METODOLOGIA 4.1- Apresentação da proposta pedagógica; 4.2- Leituras e análises dos conteúdos disponibilizados para os alunos; 4.3- Planejamento e produção dos recursos para utilização nas aulas de Geografia; 4.4- Acompanhamento individual do aluno através dos ambientes disponibilizados em EaD; 4.5- Utilização e discussão sobre os recursos produzidos e/ou disponibilizados a prática do ensino de Geografia.

5 V AVALIAÇÃO A avaliação deverá desenvolver-se através das atividades sugeridas nos fascículos disponibilizados nos ambientes, bem como através de avaliações escritas presenciais. VI - REFERÊNCIAS CARVALHO, E. A. de. Os cartogramas temáticos e sua utilização pela Geografia. Cooperativa Cultural UFRN, Coleção de Aula 12. Natal RN, p. CHADULE, G. Initiation aux pratiques statistique em geographie. Paris: Masson, DUARTE, Paulo Araújo. Cartografia Básica. Florianópolis: Ed. da UFSC, Cartografia temática. Florianópolis, Ed. da UFSC, Escala: fundamentos. Florianópolis: Ed. da UFSC,1983..Fundamentos de Cartografia. Florianópolis: Ed. da UFSC, GERARRDE, L. H. Quantificação em Geografia. São Paulo: Difel, IBGE. Noções Básicas de Cartografia. Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Fundação IBGE, JOLY, Fernando. A cartografia. Campina: Papirus, MAGALHÂES, W. G. Noções Básicas de Cartografia. Rio de Janeiro ( RJ):IBGE< 1997, 128 p. MARTINELLI, Marcelo. Curso de Cartografia Temática. São Paulo: Contexto, Mapas de Geografia e Cartografia temática. São Paulo: Contexto, OLIVEIRA, Cêurio de. Curso de cartografia moderna. Rio de janeiro: IBGE, 1988., Dicionário Cartográfico. Rio de Janeiro: IBGE, RAISZ, E. Cartografia Geral. 2ed. Rio de Janeiro: Científica, 1969, 414p. SOUZA, José Gilberto de; KATUTA, Ângela Massumi, Geografia e Conhecimento Cartográfico: a cartografia no movimento de renovação da geografia brasileira e a importância do uso de mapas. São Paulo: Editora da UNESP, TOLEDO, G. L. Estatística Básica. 2.ed. São Paulo: Atlas, 1985.

Cartografia I. BRITALDO SILVEIRA SOARES FILHO Departamento de Cartografia Centro de Sensoriamento Remoto

Cartografia I. BRITALDO SILVEIRA SOARES FILHO  Departamento de Cartografia Centro de Sensoriamento Remoto Cartografia I BRITALDO SILVEIRA SOARES FILHO britaldo@csr.ufmg.br www.csr.ufmg.br Departamento de Cartografia Centro de Sensoriamento Remoto Introdução Histórico da Cartografia definição, história e evolução.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável Cartografia Sistemática e Temática (IAD319) Prof. pablosantos@ufba.br 02 a Aula CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA

Leia mais

MÉTODOS DE REPRESENTAÇÃO DA CARTOGRAFIA TEMÁTICA: REPRESENTAÇÕES QUALITATIVAS MANIFESTAÇÃO LINEAR

MÉTODOS DE REPRESENTAÇÃO DA CARTOGRAFIA TEMÁTICA: REPRESENTAÇÕES QUALITATIVAS MANIFESTAÇÃO LINEAR MÉTODOS DE REPRESENTAÇÃO DA CARTOGRAFIA TEMÁTICA: REPRESENTAÇÕES QUALITATIVAS MANIFESTAÇÃO LINEAR META Demonstrar a localização e a extensão dos fenômenos geográficos que se diferenciam pela sua natureza

Leia mais

CARTOGRAFIA GERAL. Por que o ser humano já na Pré-História construía estas representações?

CARTOGRAFIA GERAL. Por que o ser humano já na Pré-História construía estas representações? LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTICO Professora: Selma Regina Aranha Ribeiro Estagiários: Ricardo Kwiatkowski Silva / Carlos André Batista de Mello CARTOGRAFIA GERAL 1 CARTOGRAFIA: DEFINIÇÕES Por que

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: IV CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DA GEOGRAFIA NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 2. EMENTA Geografia:

Leia mais

Professora: Jordana Costa

Professora: Jordana Costa Professora: Jordana Costa Cartografia Cartografia, segundo a ABNT é definida como: A arte de levantamento, construção e edição de mapas e cartas de qualquer natureza. Função principal: Representar a realidade

Leia mais

CARTOGRAFIA CURSINHO TRIU- MARÇO 2016

CARTOGRAFIA CURSINHO TRIU- MARÇO 2016 CARTOGRAFIA CURSINHO TRIU- MARÇO 2016 NAVEGAR É PRECISO 2500 A.C. uma das primeiras representações de mapa, produzido na região da mesopotâmia. NAVEGAR É PRECISO Mapa do Salmo (1260) e Mappe-Monde (1707),

Leia mais

Colégio de Nossa Senhora de Fátima - Leiria. Geografia 9º ano. Planificação longo prazo. Filipe Miguel Botelho 2012/2013

Colégio de Nossa Senhora de Fátima - Leiria. Geografia 9º ano. Planificação longo prazo. Filipe Miguel Botelho 2012/2013 Colégio de Nossa Senhora de Fátima - Leiria Geografia 9º ano Planificação longo prazo Filipe Miguel Botelho 0/0 TEMA C POPULAÇÃO E POVOAMENTO 6. Áreas de fixação humana Planificação a longo prazo 9º ano

Leia mais

Geografia. Planificação a longo prazo Filipe Miguel Botelho COLÉGIO DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - LEIRIA

Geografia. Planificação a longo prazo Filipe Miguel Botelho COLÉGIO DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - LEIRIA 201-2014 Geografia Planificação a longo prazo Filipe Miguel Botelho COLÉGIO DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - LEIRIA Planificação a longo prazo 7º ano - Geografia 1º Período Tempos 2º Período Tempos º Período

Leia mais

Conceitos Básicos mapa

Conceitos Básicos mapa Cartografia Conceitos Básicos Entende-se por mapa a representação gráfica convencional, geralmente plana e em pequena escala, de áreas relativamente extensas, como acontece nos mapas dos atlas. Para tal,

Leia mais

Avaliação. Diagnóstico. Gerente Apuração de dados. Sistema integrado. Tudo que você precisa está a sua disposição no ambiente virtual.

Avaliação. Diagnóstico. Gerente Apuração de dados. Sistema integrado. Tudo que você precisa está a sua disposição no ambiente virtual. NÍVEL DE ENSINO: Graduação Tecnológica CARGA HORÁRIA: 40h PROFESSOR-AUTOR: Ricardo Saraiva Diniz DE DADOS ANÁLISE E INTERPRETAÇÃO APRESENTAÇÃO Desempenho Olá! Seja muito bem-vindo à disciplina Análise

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE SUBDOMÍNIOS. Geografia 7º ANO ANO LETIVO 2015 / 2016

PLANIFICAÇÃO DE SUBDOMÍNIOS. Geografia 7º ANO ANO LETIVO 2015 / 2016 SUBDOMÍNIO: 1 A geografia e o território PLANIFICAÇÃO DE SUBDOMÍNIOS Geografia 7º ANO ANO LETIVO 2015 / 2016 DOMÍNIO: A TERRA: ESTUDOS E REPRESENTAÇÕES 1. Compreender o objeto e o método da Geografia 1.1.

Leia mais

- Banco de Dados Inglês Técnico 40

- Banco de Dados Inglês Técnico 40 Curso Técnico Subsequente em Meteorologia CÂMPUS FLORIANÓPOLIS MATRIZ CURRICULAR 1 o Semestre Carga horária total: 400h Unidade Curricular C/H Semestral PréRequisito Meteorologia Fundamental 60 Física

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA Disciplina: Geografia Trimestre: 1º PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 1. Mundo contemporâneo: economia e geopolítica: - Processo de desenvolvimento do capitalismo - Geopolítica

Leia mais

Planificação da disciplina de Geografia 9º Ano Ano letivo 2014/2015

Planificação da disciplina de Geografia 9º Ano Ano letivo 2014/2015 Planificação da disciplina de Geografia 9º Ano Ano letivo 2014/2015 Nº de aulas (45 minutos) 1º Período 2º Período 3º Período Total Previstas 41 31 27 99 /Correção 6 6 6 18 Tema 4: As atividades económicas*

Leia mais

Disciplina: Ecossistemas Brasileiros Carga horária total: 90 H

Disciplina: Ecossistemas Brasileiros Carga horária total: 90 H Disciplina: Ecossistemas Brasileiros Carga horária total: 90 H PLANO DE CURSO I EMENTA Introdução a princípios, conceitos e fatores ecológicos; Definição de ecossistemas; Equilíbrio ecológico e sustentabilidade;

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA Nome: Nº 1 a. Série Data: / / Professores: Fabiana, Adriana, Nelson Nota: (valor: 1,0) 1º bimestre A - Introdução Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você

Leia mais

Leonardo Martins 1ª SÉRIE E.M. Geografia. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

Leonardo Martins 1ª SÉRIE E.M. Geografia. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Geografia 3ª Leonardo Martins 1ª SÉRIE E.M. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Capitalismo Neoliberalismo Tecnologias para a produção Produção agrícola Agronegócio H1- Identificar elementos

Leia mais

EDUCAÇÃO VISUAL 3ºCICLO DO ENSINO BÁSICO

EDUCAÇÃO VISUAL 3ºCICLO DO ENSINO BÁSICO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS Os Conteúdos Programáticos estão enunciados segundo o programa em vigor e as Metas Curriculares definidas pelo ministério da Educação e Ciência.* 9.ºANO 1º Período 39/42 aulas previstas

Leia mais

EIXO CAPACIDADES CONTEÚDOS / CONCEITOS CICLO COMPLEMENTAR

EIXO CAPACIDADES CONTEÚDOS / CONCEITOS CICLO COMPLEMENTAR SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃOBÁSICA SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO INFANTIL E FUNDAMENTAL DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL 5 MATRIZ CURRICULAR

Leia mais

DISCIPLINA DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA 5.º Ano

DISCIPLINA DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA 5.º Ano 1. COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS COMPETÊNCIAS GERAIS - Pesquisar, seleccionar e organizar informação para a transformar em conhecimento mobilizável. (C. G. 6) - Usar adequadamente linguagens das diferentes áreas

Leia mais

INTRODUÇÃO À CARTOGRAFIA. Prof. Rogério da Mata

INTRODUÇÃO À CARTOGRAFIA. Prof. Rogério da Mata INTRODUÇÃO À CARTOGRAFIA A importância dos pontos de referência Pontos Cardeais: são pontos principais utilizados como padrão de localização ou pontos de referência. Através deles é possível localizar

Leia mais

NÍVEL DE ENSINO: Graduação CARGA HORÁRIA: 80h PROFESSORA-AUTORA: Marina Valentim APRESENTAÇÃO

NÍVEL DE ENSINO: Graduação CARGA HORÁRIA: 80h PROFESSORA-AUTORA: Marina Valentim APRESENTAÇÃO NÍVEL DE ENSINO: Graduação CARGA HORÁRIA: 80h PROFESSORA-AUTORA: Marina Valentim ONDAS E ÓTICA FÍSICA TERMODINÂMICA, APRESENTAÇÃO A disciplina aborda conteúdos como hidrostática, termodinâmica, ondas e

Leia mais

Ciências Físico-Químicas 7.º Ano Terra em Transformação / Terra no Espaço Carlos Alberto da Silva Ribeiro de Melo

Ciências Físico-Químicas 7.º Ano Terra em Transformação / Terra no Espaço Carlos Alberto da Silva Ribeiro de Melo Ciências Físico-Químicas 7.º Ano Terra em Transformação / Terra no Espaço Carlos Alberto da Silva Ribeiro de Melo QUÍMICA TEMAS OBJECTIVOS DE APRENDIZAGEM SITUAÇÕES E EXPERIÊNCIAS EDUCATIVAS AULAS TERRA

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora, Matosinhos Prova de Equivalência à Frequência do Ensino Básico

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora, Matosinhos Prova de Equivalência à Frequência do Ensino Básico Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora, Matosinhos Prova de Equivalência à Frequência do Ensino Básico INFORMAÇÃO PROVA DE HISTÓRIA 2016 9º ANO DE ESCOLARIDADE (DECRETO-LEI N.º 139 / 2012, DE 5 DE JULHO)

Leia mais

LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTICO. Professora: Selma Regina Aranha Ribeiro

LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTICO. Professora: Selma Regina Aranha Ribeiro LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTICO Professora: Selma Regina Aranha Ribeiro Estagiários: Ricardo Kwiatkowski Silva / Carlos André Batista de Mello ESCALAS - AULA 3 Precisão Gráfica É a menor grandeza

Leia mais

Colégio de Nossa Senhora de Fátima - Leiria. Geografia 8º ano. Planificação a longo prazo. Filipe Miguel Botelho 2012/2013

Colégio de Nossa Senhora de Fátima - Leiria. Geografia 8º ano. Planificação a longo prazo. Filipe Miguel Botelho 2012/2013 Colégio de Nossa Senhora de Fátima - Leiria Geografia 8º ano Planificação a longo prazo Filipe Miguel Botelho 0/03 Planificação a longo prazo 8º ano - Geografia º Período Aulas º Período Aulas 3º Período

Leia mais

1) Em se tratando de questões de natureza cartográfica, assinale o correto.

1) Em se tratando de questões de natureza cartográfica, assinale o correto. 1) Em se tratando de questões de natureza cartográfica, assinale o correto. a) A realização de mapeamentos temáticos muito detalhados requer a utilização de produtos de sensoriamento remoto de alta resolução

Leia mais

FORMULÁRIO PARA CRIAÇÃO DE DISCIPLINAS

FORMULÁRIO PARA CRIAÇÃO DE DISCIPLINAS Ministério da Educação e do Desporto Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação FORMULÁRIO PARA CRIAÇÃO DE DISCIPLINAS 1 2 Curso Geografia Código: 35 3 4 Modalidade(s):Bacharelado/Licenciatura

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA PLANO DE ENSINO Semestre 2015.1 IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DISCIPLINA PRÉ-REQUISITOS EXA 471 Metodologia e didática do ensino --------------------------------------------- de química CURSO DEPARTAMENTO ÁREA

Leia mais

MÉTODOS DE REPRESENTÇÃO DA CARTOGRAFIATEMÁTICA: REPRESENTAÇÕES DINÂMICAS E CARTOGRAFIA DE SÍNTESE

MÉTODOS DE REPRESENTÇÃO DA CARTOGRAFIATEMÁTICA: REPRESENTAÇÕES DINÂMICAS E CARTOGRAFIA DE SÍNTESE Aula MÉTODOS DE REPRESENTÇÃO DA CARTOGRAFIATEMÁTICA: REPRESENTAÇÕES DINÂMICAS E CARTOGRAFIA DE SÍNTESE META Representar os fenômenos quando estes variam no tempo e no espaço e apresentar como se processa

Leia mais

PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS

PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS O QUE SÃO AS PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS? Os sistemas de projeções constituem-se de uma fórmula matemática que transforma as coordenadas geográficas, a partir de uma superfície esférica,

Leia mais

M A P A S G E O G R A F I A. Noções de Cartografia para estudantes do 6º Ano. Prof. José Gusmão Rodrigues

M A P A S G E O G R A F I A. Noções de Cartografia para estudantes do 6º Ano. Prof. José Gusmão Rodrigues M A P A S Noções de Cartografia para estudantes do 6º Ano G E O G R A F I A Prof. José Gusmão Rodrigues Clique com o mouse sobre o título desejado ou vá clicando enter para ver a apresentação completa

Leia mais

Programa de Matemática 1.º ano

Programa de Matemática 1.º ano Programa de Matemática 1.º ano Introdução A Matemática é uma das ciências mais antigas e é igualmente das mais antigas disciplinas escolares, tendo sempre ocupado, ao longo dos tempos, um lugar de relevo

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP CÂMPUS MACAPÁ

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP CÂMPUS MACAPÁ 13 específica, de segunda-feira a sexta-feira e aos sábados, caso seja necessário para complementação do período letivo e/ou carga horária curricular. Cada aula tem durafao de 50min (cinquenta minutos),

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE GEOGRAFIA 7º ANO

PLANIFICAÇÃO DE GEOGRAFIA 7º ANO EBI/ JI FIALHO DE ALMEIDA CUBA PLANIFICAÇÃO DE GEOGRAFIA 7º ANO Ano lectivo 2007/2008 CALENDARIZAÇÃO Períodos Início Final Tempos lectivos previstos 1º 17 de Setembro 14 de Dezembro 62 2º 3 de Janeiro

Leia mais

Informação Prova de equivalência à frequência

Informação Prova de equivalência à frequência Informação Prova de equivalência à frequência 3.º Ciclo do Ensino Básico 1ª e 2ª fases Ano Letivo 2013/2014 Disciplina: História Duração: 90 minutos Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1.INTRODUÇÃO

Leia mais

rofa Lia Pimentel TOPOGRAFIA

rofa Lia Pimentel TOPOGRAFIA rofa Lia Pimentel TOPOGRAFIA TOPOS significa lugar GRAPHEN significa descrição Pode-se dizer que a TOPOGRAFIA é a ciência que trata do estudo da representação detalhada de uma porção da superfície terrestre.

Leia mais

Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Básico 9º Ano de Escolaridade História 2014

Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Básico 9º Ano de Escolaridade História 2014 Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Básico 9º Ano de Escolaridade História 2014 OBJETO DE AVALIAÇÃO O Exame de Equivalência à Frequência de História tem por referência o Programa de História em

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Geografia Série: 6 a - Ensino Fundamental Professora: Cristiane Mattar Geografia Atividades para Estudos Autônomos Data: 25 / 4 / 2016 Aluno(a):

Leia mais

COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIOECONÓMICAS Geografia 8 ano Planificação

COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIOECONÓMICAS Geografia 8 ano Planificação Competências a desenvolver Conteúdos Aulas previstas (continuação da matéria do 7º ano) Distinguir estado do tempo de clima. Definir clima; Identificar os principais elementos de clima. Identificar os

Leia mais

POLLO FERREIRA ALVES SÉRIE: Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: TOTAL DE HORAS/AULA/ANO:

POLLO FERREIRA ALVES SÉRIE: Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: TOTAL DE HORAS/AULA/ANO: P L A N O D E E N S I N O A N O D E 2 0 1 3 ÁREA / DISCIPLINA: Humanas / Geografía Professor(a): MARCO POLLO FERREIRA ALVES SÉRIE: Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: TOTAL DE HORAS/AULA/ANO: 1ª 02 COMPETÊNCIA GERAL:

Leia mais

FUNDAMENTAL. PARTE 1

FUNDAMENTAL. PARTE 1 FUNDAMENTAL PARTE 1 www.ceejamax.com 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO...págs. 03 ESPAÇO GEOGRÁFICO E PAISAGEM... 03 LEITURA DAS PAISAGENS... 04 REPRESENTAÇÕES DO ESPAÇO GEOGRÁFICO... 06 MAPA ANTIGO E MAPA ATUAL...

Leia mais

Cursos Profissionais de Nível Secundário

Cursos Profissionais de Nível Secundário Cursos Profissionais de Nível Secundário Técnico de Apoio à infância e Técnico de Turismo Ano Letivo: 2014/2015 Matemática (100 horas) 10º Ano PLANIFICAÇÃO A LONGO PRAZO A1 Geometria Resolução de problemas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO DADOS DA DISCIPLINA Nome da Disciplina: Psicologia Aplicada à Farmácia Curso: Farmácia Termo: 6º Carga Horária Semanal (h/a): 2 Carga Horária Semestral (h/a): 30 Teórica: 2 Prática: Total:

Leia mais

Ano: 6º Turma: 6.1 e 6.2

Ano: 6º Turma: 6.1 e 6.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: Geografia Professor (a): Fernando Parente Ano: 6º Turma: 6.1 e 6.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: 0262 ETEC ANHANGUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: CONTABILIDADE DE CUSTOS Eixo tecnológico: GESTÃO E NEGOCIOS

Leia mais

CARTOGRAFIA. Ciência e Arte. Constante avanço 4/3/2010 CARTOGRAFIA. Introdução e Sistema de Referência Locacional

CARTOGRAFIA. Ciência e Arte. Constante avanço 4/3/2010 CARTOGRAFIA. Introdução e Sistema de Referência Locacional CARTOGRAFIA CARTOGRAFIA Introdução e Sistema de Referência Locacional Prof. Ms. Mário Ramalho FATEC - JD Conjunto de estudos e operações científicas, artísticas e técnicas, baseado nos resultados de observações

Leia mais

2. Observe atentamente o mapa PLANISFÉRIO FUSOS HORÁRIOS.

2. Observe atentamente o mapa PLANISFÉRIO FUSOS HORÁRIOS. SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR SARGENTO NADER ALVES DOS SANTOS SÉRIE/ANO: 6ª Ano

Leia mais

Os vários tipos de Mapas

Os vários tipos de Mapas MAPAS TEMÁTICOS Os vários tipos de Mapas Os mapas temáticos existem em uma variedade considerável. Cada tipo representa melhor algum tipo de dado. A informação no nível do endereço demanda um tipo de mapa

Leia mais

Nº de aulas de 45 minutos previstas 66. 1º Período. 1- Isometrias Nº de aulas de 45 minutos previstas 18

Nº de aulas de 45 minutos previstas 66. 1º Período. 1- Isometrias Nº de aulas de 45 minutos previstas 18 Escola Secundária de Lousada Planificação anual disciplina de Matemática Ano: 8º Ano lectivo: 01-013 CALENDARIZAÇÃO Nº de aulas de 5 minutos previstas 1 1º Período º Período 3º Período 9 7 DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA LICENCIATURA EM PEDAGOGIA EDC 284 DIDÁTICA DOCENTE: Amaleide Lima DISCENTES: Kleriston Fellipe Pinto da Conceição Marili Ribeiro Brito Rachel Nascimento da Rocha O planejamento

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:Geografia ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 3 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:Geografia ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 3 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 OS LUGARES E SUAS PAISAGENS *Reconhecer semelhanças e diferenças entre as paisagens. *Perceber que as paisagens são constituídas por elementos naturais e culturais. *Compreender que a paisagem

Leia mais

Objetivo geral Identificar as principais características em comum que ligam o Brasil a África do Sul

Objetivo geral Identificar as principais características em comum que ligam o Brasil a África do Sul UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE Data: 01/10/2013 III. Tema: Conhecendo a África do Sul Identificar as principais características em comum que ligam o Brasil a África do Sul Conhecer a cultura

Leia mais

CARTOGRAFIA. (do grego chartis = mapa e graphein = escrita) é a ciência que trata da concepção, produção, difusão, utilização e estudo dos mapas.

CARTOGRAFIA. (do grego chartis = mapa e graphein = escrita) é a ciência que trata da concepção, produção, difusão, utilização e estudo dos mapas. CARTOGRAFIA (do grego chartis = mapa e graphein = escrita) é a ciência que trata da concepção, produção, difusão, utilização e estudo dos mapas. ELEMENTOS DE UM MAPA. Escala: é a proporção entre o tamanho

Leia mais

Aulas Previstas 1º período - 2º período 3º período - O (a) professor (a) em /09/2008

Aulas Previstas 1º período - 2º período 3º período - O (a) professor (a) em /09/2008 1 Programa de História e Geografia de Portugal - 5º ANO Tema A A Península Ibérica lugar de passagem e fixação Subtema 1 Ambiente natural e primeiros povos Subtema 2 Os romanos na PI resistência e romanização

Leia mais

SIMULADO DE GEOGRAFIA CURSINHO UECEVEST (ORIENTAÇÃO, FUSOS HORÁRIOS E CARTOGRAFIA) PROFESSOR RAONI VICTOR./DATA: 29/08/15

SIMULADO DE GEOGRAFIA CURSINHO UECEVEST (ORIENTAÇÃO, FUSOS HORÁRIOS E CARTOGRAFIA) PROFESSOR RAONI VICTOR./DATA: 29/08/15 SIMULADO DE GEOGRAFIA CURSINHO UECEVEST (ORIENTAÇÃO, FUSOS HORÁRIOS E CARTOGRAFIA) PROFESSOR RAONI VICTOR./DATA: 29/08/15 1. A distribuição de energia solar, ou insolação, depende dos movimentos de rotação

Leia mais

GEOGRAFIA UNIFAL/MG 2014

GEOGRAFIA UNIFAL/MG 2014 GEOGRAFIA UNIFAL/MG 2014 ETAPAS DO EXAME 19/09 - Divulgação eletrônica da lista de estudantes inscritos e convocados ao Enade 2014 21/10 a 23/11 Período para resposta eletrônica ao Questionário do Estudante

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Didática I Carga Horária Semestral: 40 horas Semestre do Curso: 4º 1 - Ementa (sumário, resumo) A Didática e os fundamentos educacionais

Leia mais

PLANIFICAÇÃO SEMESTRAL

PLANIFICAÇÃO SEMESTRAL Disciplina: Tecnologias de Informação e Comunicação PLANIFICAÇÃO SEMESTRAL 7.º Ano Unidade Temática e Conteúdos Domínios/Subdominios Descritores (objetivos Especificos) Estratégias de Aprendizagem N.º

Leia mais

MATEMÁTICA 5º ANO UNIDADE 1. 1 NÚMEROS, PROBLEMAS E SOLUÇÕES Sistema de numeração Operações com números grandes

MATEMÁTICA 5º ANO UNIDADE 1. 1 NÚMEROS, PROBLEMAS E SOLUÇÕES Sistema de numeração Operações com números grandes MATEMÁTICA 5º ANO UNIDADE 1 CAPÍTULOS 1 NÚMEROS, PROBLEMAS E SOLUÇÕES Sistema de numeração Operações com números grandes 2 IMAGENS E FORMAS Ângulos Ponto, retas e planos Polígono Diferenciar o significado

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE PLANO ANUAL ANO 2016 TURMA: 6º Ano Perío: 1º BIMESTRE PROFESSOR: Sergio Correia de Souza e Alisson Conceição Desenvolver a capacidade leitora atan uma abordagem que contribua para a formação de um aluno

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS ENSINO RECORRENTE DE NÍVEL SECUNDÁRIO POR MÓDULOS CAPITALIZÁVEIS CURSO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS DISCIPLINA : MATEMÁTICA A ANO: 10.º - CONJUNTO DOS MÓDULOS 1-2-3 DURAÇÃO

Leia mais

A REPRESENTAÇÃO DO ESPAÇO. A Geografia Levada a Sério

A REPRESENTAÇÃO DO ESPAÇO.  A Geografia Levada a Sério 1 Mapa É a representação dos elementos de um determinado espaço na superfície plana, tornando-se um importante instrumento de orientação e de localização; O mapa de Ga-Sur é o mapa mais antigo que se tem

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER DOS RECURSOS

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER DOS RECURSOS 12) A cartografia é um conhecimento que vem se desenvolvendo desde a pré-história até os dias de hoje. A leitura e a interpretação de um mapa necessitam do entendimento dos ele-mentos que o compõem. Sobre

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE AMORA ANO LETIVO 2014/15 CURSO VOCACIONAL PLANIFICAÇÃO A MÉDIO PRAZO

ESCOLA SECUNDÁRIA DE AMORA ANO LETIVO 2014/15 CURSO VOCACIONAL PLANIFICAÇÃO A MÉDIO PRAZO ESCOLA SECUNDÁRIA DE AMORA ANO LETIVO 014/15 CURSO VOCACIONAL PLANIFICAÇÃO A MÉDIO PRAZO MÓDULO 1- TERRA: ESTUDOS E REPRESENTAÇÕES Descrição da paisagem Diversidade de representações da superfície terrestre

Leia mais

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: História e Geografia de Portugal. 1. Introdução. 2º Ciclo do Ensino Básico. Ano letivo de 2011/12

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: História e Geografia de Portugal. 1. Introdução. 2º Ciclo do Ensino Básico. Ano letivo de 2011/12 Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: História e Geografia de Portugal 2º Ciclo do Ensino Básico Ano letivo de 2011/12 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da

Leia mais

Versão Referenciais de FORMAÇÃO. Orientação. Grau

Versão Referenciais de FORMAÇÃO. Orientação. Grau Versão 1.00 Referenciais de FORMAÇÃO Orientação Grau I Versão 1.00 FORMAÇÃO Referenciais de Orientação Grau I Edição: Conteúdos: Data: Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P. Federação Portuguesa

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.588, DE 04 DE SETEMBRO DE 2007

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.588, DE 04 DE SETEMBRO DE 2007 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.588, DE 04 DE SETEMBRO DE 2007 Homologa o Parecer nº 034/07-CEG, que aprova o Projeto Político

Leia mais

FORMA DA TERRA E SISTEMAS DE REFERÊNCIA

FORMA DA TERRA E SISTEMAS DE REFERÊNCIA FORMA DA TERRA E SISTEMAS DE REFERÊNCIA Prof. Luciene Delazari Grupo de Pesquisa em Cartografia e SIG da UFPR SIG aplicado ao Meio Ambiente 2011 Por que é preciso ter conhecimento a respeito de cartografia

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Sistemas de Informações Gerenciais Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Sistemas de Informações Gerenciais Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados para o todo

Leia mais

Limites Cálculo diferencial Cálculo integral Aplicações

Limites Cálculo diferencial Cálculo integral Aplicações PLANO DE ENSINO Disciplina Cálculo Diferencial e Integral Código Docente Daniela Macêdo Damaceno Pinheiro Semestre 2015.1 Carga horária 80h Limites Cálculo diferencial Cálculo integral Aplicações 1 EMENTA

Leia mais

Representações da superfície terrestre

Representações da superfície terrestre Representações da superfície terrestre Representações da superfície terrestre Formas de representação Formas de representação Mapas mentais Representações da imagem mental que cada um adquire de uma determinada

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA História e Geografia de Portugal

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA História e Geografia de Portugal Direção de Serviços da Região Norte AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AMARES ANO LETIVO 2015 / 2016 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA História e Geografia de Portugal Prova (05) 2016 2º Ciclo do Ensino

Leia mais

Matemática 3º Ciclo. Planificação Anual 7.º ano. N.º de aulas. Objectivos 1.º PERÍODO. Ano Lectivo 2009/2010. Apresentação 1. Teste Diagnóstico 2

Matemática 3º Ciclo. Planificação Anual 7.º ano. N.º de aulas. Objectivos 1.º PERÍODO. Ano Lectivo 2009/2010. Apresentação 1. Teste Diagnóstico 2 i Temas Sub-temas Objectivos 1.º PERÍODO Apresentação 1 Teste Diagnóstico 2 Múltiplos e divisores. Critérios de divisibilidade. Obter números, a partir de outros, por composição e decomposição; Números

Leia mais

Utilizar a metodologia específica da História, nomeadamente: Interpretar documentos de índole diversa (textos, imagens, gráficos, mapas e diagramas);

Utilizar a metodologia específica da História, nomeadamente: Interpretar documentos de índole diversa (textos, imagens, gráficos, mapas e diagramas); INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA HISTÓRIA Fevereiro de 2016 Prova 19 2016 -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

Competência Objeto de aprendizagem Habilidade 3ª Geografia 3ª Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade 1.- Geografia: C 1: Categorias da Geografia Compreender a Geografia como ciência do espaço geográfico, reconhecendo-se, de forma crítica,

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL. Documento(s) Orientador(es): Programa

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL. Documento(s) Orientador(es): Programa AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa 1º CICLO MATEMÁTICA 2º ANO TEMAS/DOMÍNIOS CONTEÚDOS OBJETIVOS TEMPO AVALIAÇÃO

Leia mais

Métodos de Estudo & Investigação Científica. Elaborando um projeto de pesquisa

Métodos de Estudo & Investigação Científica. Elaborando um projeto de pesquisa Elaborando um projeto de pesquisa A pesquisa é a realização concreta de uma investigação planeada, desenvolvido e redigida de acordo com as normas das metodologias consagradas pela ciência; Requerida quando

Leia mais

Agrupamento de Escolas Luís António Verney. Escola EB 2,3 Luís António Verney. Ano lectivo de 2012/13

Agrupamento de Escolas Luís António Verney. Escola EB 2,3 Luís António Verney. Ano lectivo de 2012/13 Tema B- Terra em Transformação Nº aulas prevista s Materiais Constituição do mundo material Substâncias e misturas de substâncias Relacionar aspectos do quotidiano com a Química. Reconhecer que é enorme

Leia mais

P L A N O D E E N S I N O A N O D E ÁREA:Ciências da Natureza - DISCIPLINA: Física ANO: Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: TOTAL DE HORAS/AULA/ANO:

P L A N O D E E N S I N O A N O D E ÁREA:Ciências da Natureza - DISCIPLINA: Física ANO: Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: TOTAL DE HORAS/AULA/ANO: P L A N O D E E N S I N O A N O D E 2 0 1 3 ÁREA:Ciências da Natureza - DISCIPLINA: Física ANO: Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: TOTAL DE HORAS/AULA/ANO: 1º 2 80 Competências a serem desenvolvidas: - Reconhecer

Leia mais

M A T E M Á T I C A Desenho Curricular por Área

M A T E M Á T I C A Desenho Curricular por Área M A T E M Á T I C A Desenho Curricular por Área Módulo 1 Conteúdo... Habilidades e Competências... 10 unidades... Matemáticas Módulo 2 Conteúdo... Habilidades e Competências... 10 unidades... Módulo 3

Leia mais

3ª Eduardo e Ana. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

3ª Eduardo e Ana. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Matemática 3ª Eduardo e Ana 8 Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Competência 3 Foco: Espaço e Forma Utilizar o conhecimento geométrico para realizar a leitura e a representação da realidade

Leia mais

Aula 2 Sistemas de Coordenadas & Projeções Cartográficas. Flávia F. Feitosa

Aula 2 Sistemas de Coordenadas & Projeções Cartográficas. Flávia F. Feitosa Aula 2 Sistemas de Coordenadas & Projeções Cartográficas Flávia F. Feitosa Disciplina PGT 035 Geoprocessamento Aplicado ao Planejamento e Gestão do Território Junho de 2015 Dados Espaciais são Especiais!

Leia mais

Informática Básica. Coordenação do Curso: Equipe de Formação: Andreia Prado Diva Mendonça Garcia Waléria Batista da Silva Vaz Mendes

Informática Básica. Coordenação do Curso: Equipe de Formação: Andreia Prado Diva Mendonça Garcia Waléria Batista da Silva Vaz Mendes GUIA DA DISCIPLINA Informática Básica Coordenação do Curso: Andreia Prado Diva Mendonça Garcia Waléria Batista da Silva Vaz Mendes Equipe de Formação: Fernanda Quaresma da Silva Hailton David Lemos Maurílio

Leia mais

SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS

SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS OLIVIA EVANGELISTA BENEVIDES THIANE ARAUJO COSTA TRABALHANDO A MATEMÁTICA DE FORMA DIFERENCIADA A

Leia mais

Ensinar e aprender História na sala de aula

Ensinar e aprender História na sala de aula Ensinar e aprender História na sala de aula Séries iniciais do Ensino Fundamental Ensino de História nas séries iniciais do Ensino Fundamental Por que estudar História? Quais ideias os educandos possuem

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS CAJAZEIRAS COORDENAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS CAJAZEIRAS COORDENAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS CAJAZEIRAS COORDENAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA MATEMÁTICA III Nome: MATEMÁTICA IIII Curso: TÉCNICO EM

Leia mais

Projeções Cartográficas

Projeções Cartográficas CARTOGRAFIA Projeções Cartográficas Uma projeção cartográfica nada mais é do que o resultado de um conjunto de operações que permite representar no plano, por meio de paralelos e meridianos, os fenômenos

Leia mais

MATEMÁTICA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER

MATEMÁTICA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER CONTEÚDOS MATEMÁTICA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER UNIDADE 1 1. Sistema de numeração decimal - Unidade; - Dezena; - Centena; - Unidade de milhar; - Dezena de milhar; - Centena de milhar; - Milhões.

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio. Habilitação Profissional: Técnico em Informática para Internet Integrado ao Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio. Habilitação Profissional: Técnico em Informática para Internet Integrado ao Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Ciências da Natureza Componente Curricular: Química Série: 1º Eixo Tecnológico:

Leia mais

10º Ano Módulos 1, 2 e 3 Total de horas: 81 ou seja, 54 aulas de 90 minutos MÓDULOS/ CONTEÚDOS

10º Ano Módulos 1, 2 e 3 Total de horas: 81 ou seja, 54 aulas de 90 minutos MÓDULOS/ CONTEÚDOS 10º Ano Módulos 1, 2 e 3 Total de horas: 81 ou seja, 54 aulas de 90 minutos MÓDULOS/ CONTEÚDOS Módulo 1 O Quadro natural de O Relevo COMPETÊNCIAS A - Compreender as grandes características do relevo de

Leia mais

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André Objetivos Gerais: Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André # Promover as competências necessárias para as práticas de leitura e escrita autônomas

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014

Plano de Trabalho Docente 2014 Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Médio ETEC Professora Nair Luccas Ribeiro Código: 156 Município: Teodoro Sampaio Área de conhecimento: Ciências Humanas Componente Curricular: Geografia Série: 2ª

Leia mais

CENTRO PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA DA ZONA LESTE PROJETO DE PESQUISA: ESTATÍSTICA NA PRÁTICA

CENTRO PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA DA ZONA LESTE PROJETO DE PESQUISA: ESTATÍSTICA NA PRÁTICA CENTRO PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA DA ZONA LESTE PROJETO DE PESQUISA: ESTATÍSTICA NA PRÁTICA Orientadora: Profª. Drª. Rosângela M. C. Bonici Disciplina: Estatística Aplicada SÃO PAULO PROJETO DE

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA: Geografia ÁREA DE ENSINO: FUNDAMENTAL I SÉRIE\ ANO: 4º ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA: Geografia ÁREA DE ENSINO: FUNDAMENTAL I SÉRIE\ ANO: 4º ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 - O PLANETA TERRA * Explorar o conhecimento sobre a Terra. *Conhecer a estrutura do planeta Terra e suas características. *Compreender que o planeta Terra é formado por oceanos e continentes.

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: Carga Horária Semestral: 80 h Semestre do Curso: 8º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: Carga Horária Semestral: 80 h Semestre do Curso: 8º PLANO DE ENSINO Curso: PEDAGOGIA PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Disciplina: Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS Carga Horária Semestral: 80 h Semestre do Curso: 8º 1 - Ementa (sumário, resumo) Reflexão acerca

Leia mais

Métodos e Técnicas do Trabalho Científico e da Pesquisa

Métodos e Técnicas do Trabalho Científico e da Pesquisa 2014. 1 Métodos e Técnicas do Trabalho Científico e da Pesquisa FACULDADE POLIS DAS ARTES Professor: Tiago Silva de Oliveira E-mail: psicotigl@yahoo.com.br Noturno/2014.1 Carga Horária 80h 1 Dia da Semana

Leia mais

Escola Adventista Thiago White

Escola Adventista Thiago White Roteiro de Matemática 6º ano A e B - 1º Bimestre Data Início / / Data Término / / Nota: Tema: Números Primos, MMC e MDC Conceituar um número primo e verificar se um número dado é ou não primo. Obter o

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:Ciências ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:Ciências ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 O PLANETA TERRA *Conhecer os aspectos da estrutura e composição do Planeta e localização do Sistema Solar *Perceber que o Planeta Terra vive em constante mudança. *Conhecendo aspectos, estrutura

Leia mais