UNIPAR CARBOCLORO ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1T14

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIPAR CARBOCLORO ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1T14"

Transcrição

1 UNIPAR CARBOCLORO ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1T14 São Paulo, 15 de maio de 2014 A UNIPAR CARBOCLORO S.A. (BM&FBOVESPA: UNIP3, UNIP5 e UNIP6), empresa brasileira líder de mercado na Região Sudeste na fabricação de soda, cloro e derivados, com participação na Empresa Tecsis Tecnologia e Sistemas Avançados S.A, anuncia os resultados do 1T14. A Cia ressalta que a comparabilidade dos números do 1T14 com o 1T13 ficou prejudicada em virtude da incorporação da então controlada Carbocloro ter sido realizada em 30 de setembro de PRINCIPAIS DESTAQUES DO TRIMESTRE Contexto Operacional A Unipar auferiu um lucro líquido de R$ 29,7 milhões no 1T14, uma elevação de 72% em relação ao 4T13; A Companhia apresentou um crescimento de 10% nas vendas no 1T14 em relação ao 4T13; O lucro bruto foi de R$ 93,6 milhões no 1T14, 8% acima do registrado no 4T13 de R$ 86,6 milhões, com manutenção da margem bruta em 46%; Aumento da taxa de utilização da capacidade instalada para a produção de soda e cloro para 90% no 1T14 versus 80% no 4T13; O EBITDA da Unipar no 1T14 atingiu R$ 68,8 milhões, uma elevação de 71% em relação ao 4T13. Coligada Tecsis As vendas da Tecsis cresceram 20% no 1T14 em relação ao 4T13 e 125% quando comparado ao mesmo período de 2013; O lucro bruto da Tecsis no 1T14 foi de R$ 86,7 milhões com uma margem bruta de 27%, apresentando uma grande melhora quando comparado aos R$ 39,1 milhões de lucro bruto do 4T13 e de R$ 15,0 milhões no 1T13; O lucro líquido da Tecsis de R$ 2,9 milhões frente a um prejuízo líquido de R$ 39,9 milhões no 4T13 e um prejuízo líquido de R$ 38,3 milhões no 1T13. 1

2 MERCADO DE SODA CÁUSTICA, CLORO E DERIVADOS NO 1T14 Soda Cáustica: No 1T14 o mercado internacional de soda manteve-se estável com oferta e demanda em equilíbrio. No início do ano havia uma expectativa negativa que a entrada de volumes expressivos de plantas novas instaladas nos EUA colocassem pressão de baixa sobre os preços já que a recuperação da economia americana não conseguiria absorver essa quantidade nova. Isso implicaria em aumento de volume de exportação para o Brasil, país que importa regularmente importante quantidade mensal visto que a produção local instalada atualmente não é suficiente para abastecer todo nosso mercado. As exportações a partir dos EUA cresceram, mas não o suficiente para causar impacto significativo no balanço local de oferta e demanda de Soda Cáustica. A demanda de soda local foi abaixo do esperado, particularmente no setor de alumínio, que tem sofrido com crescentes importações de produto acabado além do custo de energia elétrica vis a vis o que ocorre nos EUA. Como tipicamente esses são players globais com plantas em várias partes do mundo, acabam optando em produzir onde o custo de produção for mais atrativo e mais competitivo. Outro importante setor consumidor de soda, que é o de celulose, operou abaixo da expectativa já que este depende fortemente de suas exportações que foram reportadas abaixo do esperado. Cloro e Derivados: No 1T14 o mercado de cloro e derivados, que tem característica regional, sofreu com a forte seca no estado de São Paulo, com consumo abaixo do esperado dos produtos derivados de cloro uma vez que o volume tratado de água, em particular, vem caindo mês a mês. No setor químico, consumidor de cloro e derivados, também foi observado alguma redução de demanda, mas com baixo impacto entre o estimado e o realizado. Empresas ligadas à exportação reportaram que os seus mercados internacionais apresentaram consumo menor que o estimado e, aqueles que têm capacidade instalada em vários países, acabaram por optar por operar as plantas mais competitivas. 2

3 DESEMPENHO Neste cenário desafiador, a Unipar Carbocloro auferiu resultado superior ao observado no trimestre anterior em função do maior volume de vendas com melhor mix de produtos que proporcionam melhores margens, e aumento do nível de utilização da planta, refletindo o melhor desempenho operacional no negócio de soda, cloro e seus derivados. Adicionalmente o 1T14 foi positivamente impactado pelo resultado pontual da venda de um terreno em Mauá (SP) e pela melhora substancial nos resultados da investida Tecsis. RECEITA LÍQUIDA A receita líquida auferida no 1T14 foi de R$ 205,4 milhões. A alta de 10% em relação ao 4T13 é explicada, especialmente, pelo maior volume de vendas. Quando comparada com a receita líquida proforma, não auditada, registrada no 1T13, houve uma redução de 5%, refletindo principalmente o menor volume de vendas totais. A seguir demonstramos o gráfico com a evolução trimestral da receita líquida. Entre 1T12 e o 3T13, os dados são proforma, não auditados, considerando 100% de participação na então controlada Carbocloro, incorporada à Companhia a partir do 4T13. 3

4 MARGEM BRUTA O lucro bruto foi de R$ 93,6 milhões no 1T14, 8% acima do registrado no 4T13 de R$ 86,6 milhões. Esta alta é justificada pelo maior volume de vendas citado anteriormente. Em termos de margem bruta, ambos os períodos apresentaram percentuais semelhantes de 46%. Quando comparada com a margem proforma, não auditada, do 1T13, houve uma elevação de 10% reflexo do mix de produção. Os gráficos a seguir demonstram a evolução trimestral da margem bruta % e o índice de vendas físicas. Entre 1T12 e o 3T13, os dados são proforma, não auditados, considerando 100% de participação na então controlada Carbocloro, incorporada à Companhia a partir do 4T13. Índice de Vendas Totais - Trimestral base 4T 11 = T12 2T12 3T12 4T12 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 4

5 CAPACIDADE INSTALADA A produção de cloro e soda cáustica no 1T14 utilizou 90% da capacidade instalada, versus 80% no 4T13. Abaixo demonstramos o gráfico com a evolução trimestral da utilização da capacidade instalada. Entre 1T12 e o 3T13, os dados são proforma, não auditados, considerando 100% de participação na então controlada Carbocloro, incorporada à Companhia a partir do 4T13. CPV Custo do Produto Vendido No 1T14 o CPV foi de R$ 111,8 milhões, 11% acima do trimestre anterior, variação explicada principalmente pelo maior volume de vendas. A comparação com o 1T13 não é possível, visto que a Companhia não incorreu em custos com produto vendido, pois à incorporação da Carbocloro ocorreu a partir do 4T13. Despesas com Vendas, Gerais e Administrativas Despesas com Vendas As Despesas com Vendas no 1T14 somaram R$ 21,6 milhões, uma elevação de 4% em relação ao 4T13, reflexo do maior esforço de venda, sendo que o crescimento da despesa foi inferior ao crescimento receita. No 1T13 a Companhia não teve despesas com vendas, pois à incorporação da Carbocloro ocorreu a partir do 4T13. Despesas Gerais e Administrativas As Despesas Gerais e Administrativas totalizaram R$ 24,7 milhões no 1T14, um aumento de 5% quando comparado ao trimestre anterior. Esta variação é justificada principalmente pela reversão pontual das provisões a luz da nova politica de benefícios a funcionários implementada após a incorporação da Carbocloro pela Unipar. 5

6 No 1T13, as despesas gerais e administrativas foram de R$ 6,7 milhões, representando apenas as despesas da Holding, sem o reflexo da incorporação da Carbocloro ocorrida a partir do 4T13 não sendo comparável ao 1T14. EBITDA O EBITDA da Unipar no 1T14 atingiu R$ 68,8 milhões, uma elevação de 71% em relação ao 4T13. Além do maior volume de vendas e melhor utilização da capacidade instalada, o EBITDA do 1T14 foi pontualmente impactado pela venda de terreno localizado em Mauá (SP) em R$ 11,8 milhões e pelos resultados da Investida Tecsis que apresentaram melhora substancial de R$ 11,4 milhões, sendo R$ 1,5 milhões equivalência patrimonial positiva no 1T14 e R$ 9,9 milhões de equivalência negativa no 4T13. No 1T13 o EBITDA foi de R$ 0,5 milhão. O baixo valor do EBITDA foi influenciado pela equivalência patrimonial negativa da coligada Tecsis de R$ 9,7 milhões. A comparação com o 1T14 fica prejudicada devido à incorporação da então Controlada Carbocloro exercer impacto no resultado a partir do 4T13. EBITDA calculado de acordo com a instrução CVM Nº 527/12. Cálculo LAJIDA (EBITDA ) 1T14 (A) 4T13 (B) 1T13 (C) Lucro Líquido 29,7 17,3 0,8 Imposto de Renda/Contribuição Social 10,5 (4,3) (0,8) Resultado Financeiro Líquido 17,4 15,9 (1,4) Depreciação e amortização 11,2 11,4 1,8 Custo 9,1 8,1 - Despesas 2,1 3,3 1,8 EBITDA¹ 68,8 40,3 0,5 ¹ EBITDA calculado de acordo com a instrução CVM Nº 527/12. RESULTADO FINANCEIRO LÍQUIDO O resultado financeiro líquido apresentado no 1T14 foi uma despesa de R$ 17,4 milhões, 9% superior à registrada no trimestre anterior, uma despesa de R$ 16,0 milhões. Essa variação é explicada, principalmente, pelo impacto da variação da taxa de juros CDI no período, visto que cerca de 96% dos empréstimos tomados pela Companhia estão indexados ao CDI. No 4T13 a taxa média do CDI foi 9,40% a.a. vis a vis 10,29% a.a. no 1T14. LUCRO (PREJUÍZO) LÍQUIDO A Unipar registrou um lucro líquido de R$ 29,7 milhões no 1T14, uma elevação de 72% em relação ao 4T13, reflexo do bom desempenho da operação de cloro e soda, da recuperação substancial no resultado da coligada Tecsis, além do resultado de R$ 11, 8 milhões, gerado pela venda do terreno localizado em Mauá. No 1T13 o lucro líquido foi de R$ 0,8 milhão. Na ocasião, por ser apenas uma Holding Company, seu resultado era influenciado pela equivalência patrimonial registrada na Tecsis e Carbocloro, dificultando a comparabilidade dos dados. 6

7 ESTRUTURA DE CAPITAL E LIQUIDEZ Em 31 de março de 2014, a Unipar apresentou uma dívida bruta de R$ 747,3 milhões, 1% superior à registrada em 31 de dezembro de 2013, refletindo o aumento do CDI citado anteriormente. A dívida líquida em 31 de março de 2014 era de R$ 551,3 milhões, 5% menor quando comparada a 31 de dezembro de 2013, em linha com a estratégia de liquidez e higidez financeira, a Companhia têm destinado parte importante de sua geração de caixa para fazer frente ao plano de amortização da dívida. Abaixo, detalhamos o endividamento bruto por indexador. Empréstimo 31 de março de 2014 Financiamentos em moeda nacional Atualizados com base na variação da UR - TJLP (TJLP + 2,00%) Atualizados com base na variação do CDI (106,12% do CDI) Atualizados com base na variação do CDI (CDI+1,99%) Financiamentos em moeda estrangeira Cesta de moedas (Cesta + 2,53% a.a.) Total dos empréstimos e financiamentos Demonstramos no gráfico a seguir a agenda de amortização da dívida da Companhia em 31 de março de Agenda de Amortização (R$ Milhões) 31/03/ ,2 150,0 124,1 106,1 106,1 104, em diante 7

8 DESEMPENHO OPERACIONAL - TECSIS RECEITA LÍQUIDA A receita líquida no 1T14 foi de R$ 324,8 milhões, aumento de 20% em relação ao 4T13 e de 125% quando comparado ao mesmo período de Durante o 1T14, a companhia seguiu a trajetória de melhora apresentada no 2S13, com a receita da empresa refletindo a estabilização da produção após a regularização do fornecimento de matéria prima de um dos seus principais fornecedores, que havia impactado negativamente a companhia no 4T13. MARGEM BRUTA O lucro bruto da Tecsis no 1T14 foi de R$ 86,7 milhões, com uma margem bruta de 27%, apresentando uma grande melhora quando comparado com os R$ 39,1 milhões de lucro bruto do 4T13 e de R$ 15,0 milhões no mesmo período de LUCRO (PREJUÍZO) LÍQUIDO Diante do cenário descrito acima, a Tecsis apresentou um lucro líquido de R$ 2,9 milhões no 1T14 frente a um prejuízo líquido de R$ 39,9 milhões no 4T13. O resultado do 1T14 foi impactado positivamente pela adoção do Hedge Accounting a partir de 01 de janeiro de 2014, que gerou uma receita financeira da ordem de R$ 17,6 milhões no período. No 1T13 foi registrado um prejuízo líquido de R$ 38,3 milhões. 8

9 CONTATOS DE RI UNIPAR CARBOCLORO S.A. São Paulo - Sede Rua Joaquim Floriano, 960, 15º andar São Paulo - SP Tel.: (11) Fax: (11) André Pinheiro Veloso Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Carlos José de Oliveira Gerente de Relações com Investidores e de Tesouraria Equipe de Relações Com Investidores [O restante desta página foi deixado em branco intencionalmente] 9

10 LISTAGEM DE ANEXOS: ANEXO I: Capacidade de produção Soda, Cloro e Derivados ANEXO II: Balanço Patrimonial ANEXO III: Demonstrativo de Resultados ANEXO IV: Demonstração do Fluxo de Caixa [O restante desta página foi deixado em branco intencionalmente] 10

11 ANEXO I Capacidade de produção Soda, Cloro e Derivados. [O restante desta página foi deixado em branco intencionalmente] 11

12 ANEXO II Balanço Patrimonial 12

13 [O restante desta página foi deixado em branco intencionalmente] 13

14 ANEXO III Demonstração do Resultado Demonstração do Resultado (em milhares de Reais) 1T14 4T13 1T13 Receita operacional líquida Custo dos produtos vendidos ( ) ( ) - Lucro bruto Despesas com vendas (21.565) (20.675) - Despesas administrativas (24.639) (23.474) (6.727) Outras receitas (despesas) operacionais, líquidas (3.536) (1.747) Resultado na combinação de negócios em estágios Resultado de equivalência patrimonial (9.948) Lucro antes do resultado financeiro, imposto de renda e contribuição social (1.399) Receitas (Despesas) financeiras líquidas (17.365) (15.848) Lucro antes do impostos de renda e da contribuição social Imposto de renda e contribuição social (10.487) Lucro líquido do exercício [O restante desta página foi deixado em branco intencionalmente] 14

15 ANEXO IV Demonstração do Fluxo de Caixa 15

Earnings Release 3T13

Earnings Release 3T13 UNIPAR CARBOCLORO ANUNCIA OS RESULTADOS DO 3T13 E DOS 9M13 São Paulo, 12 de novembro de 2013 A UNIPAR CARBOCLORO S.A. (BM&FBOVESPA: UNIP3, UNIP5 e UNIP6) divulga hoje os resultados referentes ao terceiro

Leia mais

Resultados 3T16. DESTAQUES de 3T16 e de 9M16. BANCO CUSTODIANTE DAS AÇÕES Banco Itaú Unibanco S.A. Investfone: (11)

Resultados 3T16. DESTAQUES de 3T16 e de 9M16. BANCO CUSTODIANTE DAS AÇÕES Banco Itaú Unibanco S.A. Investfone: (11) DESTAQUES de 3T16 e de 9M16 Receita líquida de R$ 223,5 milhões no 3T16 (6% superior ao 3T15) e de R$ 680,7 milhões no 9M16 (10% superior ao 9M15). Lucro bruto de R$ 97,4 milhões no 3T16 (16% superior

Leia mais

Resultados 1T16. DESTAQUES de 1T16 RELAÇÕES COM INVESTIDORES. André Pinheiro Veloso Diretor Financeiro e de RI. Unipar Carbocloro

Resultados 1T16. DESTAQUES de 1T16 RELAÇÕES COM INVESTIDORES. André Pinheiro Veloso Diretor Financeiro e de RI. Unipar Carbocloro DESTAQUES de 1T16 RELAÇÕES COM INVESTIDORES Unipar Carbocloro Receita líquida de R$ 236,8 milhões no 1T16 (16% superior ao 1T15). Lucro bruto de R$ 101,3 milhões no 1T16 (4% superior ao 1T15). Lucro líquido

Leia mais

Teleconferência. Resultados do 2T de Agosto de 2011

Teleconferência. Resultados do 2T de Agosto de 2011 Teleconferência Resultados do 2T11 1 12 de Agosto de 2011 AVISO LEGAL Esta apresentação poderá conter considerações referentes as perspectivas futuras do negócio, estimativas de resultados operacionais

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 São Paulo, 03 de agosto de 2006. Confab Industrial S.A. (BOVESPA:CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes aos

Leia mais

Resultados 4T15 e 2015

Resultados 4T15 e 2015 DESTAQUES de 4T15 e de 2015 Unipar Carbocloro Receita líquida de R$ 240,4 milhões no 4T15 (14% superior ao 3T15) e de R$ 859,0 milhões em 2015, 11% superior a 2014. Lucro bruto de R$ 101,0 milhões no 4T15

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Terceiro Trimestre de 2008

Confab Anuncia Resultados para o Terceiro Trimestre de 2008 Confab Anuncia Resultados para o Terceiro Trimestre de 2008 São Paulo, 30 de outubro de 2008. Confab Industrial S.A. (BOVESPA: CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes ao

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T14

Teleconferência de Resultados 4T14 Teleconferência de Resultados DESTAQUES A Receita Operacional Líquida (ROL) atingiu R$ 3.452,2 MM em. Forte crescimento das operações Contact Center na América Latina (ex-brasil), que totalizaram uma receita

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T16 e 9M16

Divulgação de Resultados 3T16 e 9M16 Divulgação de Resultados 3T16 e 9M16 Destaques 3T16 Receita líquida - Aluguel de Carros (R$ milhões) Receita líquida - Gestão de Frotas (R$ milhões) 317,1 362,5 154,1 163,5 3T15 3T16 3T15 3T16 Evolução

Leia mais

A Taxa de Ocupação dos veículos no segmento de Aluguel de Carros RAC (excluindo Franquias) foi de 77,4% no 1T14, 6,9p.p. acima da realizada no 1T13.

A Taxa de Ocupação dos veículos no segmento de Aluguel de Carros RAC (excluindo Franquias) foi de 77,4% no 1T14, 6,9p.p. acima da realizada no 1T13. São Paulo, 02 de Maio de 2014 - A Unidas S.A. ( Companhia ou Unidas ) anuncia os seus resultados do primeiro trimestre de 2014 (). As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto

Leia mais

1T16 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números Copobras. Resultados. Grupo Copobras

1T16 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números Copobras. Resultados. Grupo Copobras Grupo Copobras São Ludgero, 26 de abril de 2016 O Grupo Copobras, apresenta seus resultados não auditados do primeiro trimestre de 2016. O Grupo Copobras compreende as empresas abaixo: - Copobras S/A Indústria

Leia mais

Brasil Pharma. Conferência de Resultados 2T16 11 de Agosto de 2016

Brasil Pharma. Conferência de Resultados 2T16 11 de Agosto de 2016 Brasil Pharma Conferência de Resultados 2T16 11 de Agosto de 2016 2 Destaques 2T16 Destaques: Margem Bruta Margem bruta de 30,0%, com crescimento de 1,6 p.p. em relação ao 1T16 e 2,4 p.p. em relação ao

Leia mais

Souza Barros Fique por dentro. Apresentação dos Resultados 1T13 Nutriplant. Ricardo Pansa Presidente e DRI. Maio de 2013

Souza Barros Fique por dentro. Apresentação dos Resultados 1T13 Nutriplant. Ricardo Pansa Presidente e DRI. Maio de 2013 Souza Barros Fique por dentro Apresentação dos Resultados 1T13 Nutriplant Ricardo Pansa Presidente e DRI Maio de 2013 Nutriplant: opção de investimento em insumos diferenciados para o agronegócio brasileiro.

Leia mais

2T14 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras. Grupo Copobras

2T14 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras. Grupo Copobras Destaques Grupo Copobras Grupo Copobras São Ludgero, 23 de julho de 2014 O Grupo Copobras, apresenta seus resultados não auditados do segundo trimestre de 2014. O Grupo Copobras compreende as empresas

Leia mais

EcoRodovias Concessões anuncia resultado do 1T16: Lucro líquido atinge R$ 122,1 milhões, crescimento de 38,0%

EcoRodovias Concessões anuncia resultado do 1T16: Lucro líquido atinge R$ 122,1 milhões, crescimento de 38,0% EcoRodovias Concessões anuncia resultado do 1T16: Lucro líquido atinge R$ 122,1 milhões, crescimento de 38,0% São Bernardo do Campo, 12 de maio de 2016 EcoRodovias Concessões e Serviços S.A. anuncia seus

Leia mais

Comentário do Desempenho

Comentário do Desempenho Gerdau S.A. Comentário do Desempenho Controladora 1T16 Desempenho no 1º trimestre Controladora A Gerdau S.A. é uma sociedade anônima de capital aberto, com sede no Rio de Janeiro, capital. A Companhia

Leia mais

1T15 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras

1T15 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras Grupo Copobras São Ludgero, 17 de abril de 2015 O Grupo Copobras, apresenta seus resultados não auditados do primeiro trimestre de 2015. O Grupo Copobras compreende as empresas abaixo: - Copobras S/A Indústria

Leia mais

4T08 / 2008 RESULTADOS 3T11

4T08 / 2008 RESULTADOS 3T11 RESULTADOS 4T08 / 2008 3T11 Novembro de 2011 1 Principais Indicadores 3T11 Receita operacional líquida consolidada de R$ 827,0 milhões, um aumento de 35,3% em relação ao terceiro trimestre de 2010 EBITDA(*)

Leia mais

2T15 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números Copobras. Resultados. Grupo Copobras

2T15 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números Copobras. Resultados. Grupo Copobras Grupo Copobras São Ludgero, 15 de julho de 2015 O Grupo Copobras, apresenta seus resultados não auditados do segundo trimestre de 2015. O Grupo Copobras compreende as empresas abaixo: - Copobras S/A Indústria

Leia mais

Informações Consolidadas

Informações Consolidadas METALÚRGICA GERDAU S.A. e empresas controladas Desempenho da Gerdau no 2 o trimestre As Demonstrações Financeiras Consolidadas da Metalúrgica Gerdau S.A. são apresentadas em conformidade com as normas

Leia mais

CAMBUCI S.A. Resultado do 1º trimestre de Destaques Financeiros 1T Comentários da Administração

CAMBUCI S.A. Resultado do 1º trimestre de Destaques Financeiros 1T Comentários da Administração Resultado do 1º trimestre de 2016 São Paulo, 22 de junho de 2016 A CAMBUCI (BM&FBOVESPA: CAMB4), divulga o resultado acumulado em 1º trimestre de 2016. A s informações são apresentadas de forma consolidada

Leia mais

Informações Consolidadas

Informações Consolidadas METALÚRGICA GERDAU S.A. e empresas controladas Desempenho no 1 o trimestre As Demonstrações Financeiras Consolidadas da Metalúrgica Gerdau S.A. são apresentadas em conformidade com as normas internacionais

Leia mais

Resultados 4T de Março de 2011

Resultados 4T de Março de 2011 Resultados 4T10 22 de Marçode 2011 1 AGENDA DESTAQUES Providência USA RESULTADOS PERSPECTIVAS 2 DESTAQUES Conclusão do projeto da primeira planta da Companhia nos Estados Unidos, com uma linha de produção

Leia mais

DESTAQUES. Após tornar-se efetiva a operação, a EDF Internacional remanescerá com 10% das ações da Companhia.

DESTAQUES. Após tornar-se efetiva a operação, a EDF Internacional remanescerá com 10% das ações da Companhia. Rio de Janeiro, Brasil, 25 de Julho de 2006 - A LIGHT S.A. ( LIGT3 ), controladora das empresas do GRUPO LIGHT, anuncia seu resultado relativo ao 1 Semestre de 2006. A cotação do dólar em 30/06/2006 era

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1T16. Viver Anuncia os Resultados do Primeiro Trimestre de Destaques

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1T16. Viver Anuncia os Resultados do Primeiro Trimestre de Destaques DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1T16 Teleconferência de Resultados Segunda-feira, 16 de maio de 2016 Português - com tradução simultânea para o inglês 10h00 (horário de Brasília) 09h00 (horário de Nova York)

Leia mais

4T14 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras

4T14 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras Grupo Copobras São Ludgero, 16 de janeiro de 2015 O Grupo Copobras, apresenta seus resultados não auditados do quarto trimestre de 2014. O Grupo Copobras compreende as empresas abaixo: - Copobras S/A Indústria

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T15

Teleconferência de Resultados 4T15 Teleconferência de Resultados 4T15 Relações com Investidores São Paulo, 19 de Fevereiro de 2016 Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não

Leia mais

PRINCIPAIS DESTAQUES

PRINCIPAIS DESTAQUES RESULTADOS DO 1T16 Divulgação Imediata A MRS atinge marcas históricas no 1T16, com recordes de transporte tanto no Heavy Haul (minério de ferro, carvão e coque) quanto na Carga Geral (demais produtos transportados).

Leia mais

Conference Call de Resultado 1T17

Conference Call de Resultado 1T17 Conference Call de Resultado 1T17 Agenda Destaques do 1T17 Projetos em Andamento Resultados Expectativas e Guidance para 2017 Destaques do 1T17 As Vendas Totais atingiram R$ 2,9 bilhões no 1T17, crescimento

Leia mais

A GRU Airport anuncia EBITDA ajustado de R$ 218,2 milhões com margem de 55,3% no 2T16.

A GRU Airport anuncia EBITDA ajustado de R$ 218,2 milhões com margem de 55,3% no 2T16. A GRU Airport anuncia EBITDA ajustado de R$ 218,2 milhões com margem de 55,3% no 2T16. São Paulo, 10 de agosto de 2016 As informações trimestrais (2TR) e as demonstrações financeiras padronizadas (DFP)

Leia mais

Teleconferência de Resultados Desempenho do 1T17. MAHLE Metal Leve S.A. 12 de maio de h00 (horário de Brasília) 1 MAHLE

Teleconferência de Resultados Desempenho do 1T17. MAHLE Metal Leve S.A. 12 de maio de h00 (horário de Brasília) 1 MAHLE Teleconferência de Resultados Desempenho do 1T17 MAHLE Metal Leve S.A. 12 de maio de 2017 14h00 (horário de Brasília) 1 Destaques 1T17 As vendas ao Mercado Interno Equipamento Original (EO Interno) cresceram

Leia mais

2T17. Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17. carros

2T17. Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17. carros 2T17 Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17 carros Divulgação de Resultados 2T17 e 1S17 Frota em 30/06/2017: 151.750 carros Destaques Operacionais Diárias - Aluguel de Carros (mil) Destaques Financeiros Receita

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o primeiro semestre de 2004

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o primeiro semestre de 2004 Resultado Consolidado para o primeiro semestre de 2004 Publicação, 26 de julho de 2004 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Charles E. Allen TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A., SP, Brasil.

Leia mais

Conference Call de Resultado OPÇÕES 1T16

Conference Call de Resultado OPÇÕES 1T16 Conference Call de Resultado OPÇÕES 1T16 Agenda Destaques do 1T16 Inaugurações e Eventos Relevantes Projetos em Andamento Resultados Destaques do 1T16 (1/2) EBITDA atingiu R$ 129 milhões no 1T16, crescimento

Leia mais

TELEFONICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o primeiro trimestre de 2004

TELEFONICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o primeiro trimestre de 2004 TELEFONICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o primeiro trimestre de 2004 Publicação, 07 de maio de 2004 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Charles E. Allen TELEFONICA DATA

Leia mais

Análise das Demonstrações Contábeis Aplicações Práticas

Análise das Demonstrações Contábeis Aplicações Práticas Introdução O capítulo desenvolverá aplicações práticas do processo de análise econômico-financeira com base nas demonstrações de uma empresa de eletroeletrônicos Todos os valores dos demonstrativos estão

Leia mais

1. ANÁLISE DE DESEMPENHO OPERACIONAL DA AUTOBAN. Janeiro a Março/2013

1. ANÁLISE DE DESEMPENHO OPERACIONAL DA AUTOBAN. Janeiro a Março/2013 1. ANÁLISE DE DESEMPENHO OPERACIONAL DA AUTOBAN Janeiro a Março/2013 As informações financeiras e operacionais abaixo são apresentadas de acordo com a Legislação Societária e as comparações são referentes

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa (Nota 6) 25.888 67.330 Fornecedores 4.797 8.340 Aplicações financeiras 3.341

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE. Análise de Resultados. CPFL Energia (Controladora)

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE. Análise de Resultados. CPFL Energia (Controladora) COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE Análise de Resultados CPFL Energia (Controladora) Neste trimestre, o Lucro Líquido foi de R$ 229.334, sendo 20,3% (R$ 58.596) inferior ao mesmo trimestre

Leia mais

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE DEZEMBRO DE 2004

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE DEZEMBRO DE 2004 BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE DEZEMBRO DE 2004 I. A EMPRESA O BNDES foi criado em 20 de junho de 1952, pela Lei n.º 1.628, como Autarquia

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T16

Teleconferência de Resultados 2T16 Teleconferência de Resultados 2T16 Relações com Investidores São Paulo, 5 de Agosto de 2016 RESSALVA SOBRE DECLARAÇÕES FUTURAS Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são

Leia mais

Desempenho no 3º trimestre de 2016 Controladora

Desempenho no 3º trimestre de 2016 Controladora Desempenho no 3º trimestre Controladora A Metalúrgica Gerdau S.A. é uma empresa holding que controla direta ou indiretamente todas as empresas Gerdau no Brasil e no exterior. É uma sociedade anônima de

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T de novembro de 2016

Divulgação de Resultados 3T de novembro de 2016 Divulgação de Resultados 04 de novembro de 2016 Aviso Importante Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 1T16

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 1T16 1) VISÃO GERAL DA COMPANHIA A Iochpe-Maxion é uma companhia global, líder mundial na produção de rodas automotivas, um dos principais produtores de componentes estruturais automotivos nas Américas e também

Leia mais

Receita operacional líquida* da Companhia no 2T14 atinge R$138,7 milhões, alta de 17,3% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Receita operacional líquida* da Companhia no 2T14 atinge R$138,7 milhões, alta de 17,3% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Aegea Saneamento e Participações S.A. Companhia Aberta CNPJ nº 08.827.501/0001-58 NIRE: 35.300.435.613 Código CVM 2339-6 Receita operacional líquida* da Companhia no 2T14 atinge R$138,7 milhões, alta de

Leia mais

25 de abril de 2016 LOJAS RENNER S.A. (BM&FBOVESPA: LREN3), maior varejista de moda no Brasil, anuncia seus resultados do primeiro trimestre (1T16).

25 de abril de 2016 LOJAS RENNER S.A. (BM&FBOVESPA: LREN3), maior varejista de moda no Brasil, anuncia seus resultados do primeiro trimestre (1T16). 25 de abril de 2016 LOJAS RENNER S.A. (BM&FBOVESPA: LREN3), maior varejista de moda no Brasil, anuncia seus resultados do primeiro trimestre (1T16). COMENTÁRIOS DA ADMINISTRAÇÃO Informações Consolidadas

Leia mais

Autometal registra um lucro líquido de R$156,2 milhões, aumento de 45,5% em relação aos 9M10. Margem líquida cresceu 3,9p.p nos 9M11 para 13,0%.

Autometal registra um lucro líquido de R$156,2 milhões, aumento de 45,5% em relação aos 9M10. Margem líquida cresceu 3,9p.p nos 9M11 para 13,0%. Autometal registra um lucro líquido de R$156,2 milhões, aumento de 45,5% em relação aos 9M10. Margem líquida cresceu 3,9p.p nos 9M11 para 13,0%. São Paulo, 27 de outubro de 2011 A Autometal S.A. [Bovespa:

Leia mais

1T16 DESTAQUES DO 1T16:

1T16 DESTAQUES DO 1T16: Multiner Resultados do 1 Trimestre de 2016 Rio de Janeiro, 19 de maio de 2016 Multiner S.A. Multiner ou Companhia anuncia os resultados referentes ao primeiro trimestre de 2016 ( 1T16 ). As informações

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO CONTEXTO OPERACIONAL

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO CONTEXTO OPERACIONAL RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO CONTEXTO OPERACIONAL O cenário do mercado brasileiro de brinquedos não teve grandes alterações em relação ao ocorrido em 2010. A Associação dos Fabricantes de Brinquedos ABRINQ,

Leia mais

1T09. Receita Operacional Líquida atinge R$25,9 milhões no 1T09 e cresce 25,9% em relação ao 4T08 DESTAQUES DO PERÍODO

1T09. Receita Operacional Líquida atinge R$25,9 milhões no 1T09 e cresce 25,9% em relação ao 4T08 DESTAQUES DO PERÍODO São Bernardo do Campo, 30 de abril de 2009 A Fibam Cia Industrial (Bovespa: FBMC3;FBMC4), empresa líder na produção de fixadores especiais, anuncia os seus resultados financeiros relativos ao 1º trimestre

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 3T16

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 3T16 1) VISÃO GERAL DA COMPANHIA A Iochpe- é uma companhia global, líder mundial na produção de rodas automotivas, um dos principais produtores de componentes estruturais automotivos nas Américas e também líder

Leia mais

Destaques jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez. Estrutura Societária Simplificada. Otimização da Estrutura de Capital

Destaques jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez. Estrutura Societária Simplificada. Otimização da Estrutura de Capital Resultados 2013 Aviso Legal As demonstrações financeiras individuais e consolidadas foram elaboradas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, as quais abrangem a legislação societária, os

Leia mais

Vendas Recrusul de Implementos Rodoviários (em unidades) 2T08 2T09 2T10 2T11

Vendas Recrusul de Implementos Rodoviários (em unidades) 2T08 2T09 2T10 2T11 Comercializamos 51 unidades de implementos rodoviários no 2T11 Vendas Recrusul de Implementos Rodoviários (em unidades) 108 45 38 51 Durante o 2T11 nosso desempenho comercial foi fortemente afetado pelas

Leia mais

PRINCIPAIS INDICADORES CONSOLIDADOS. DESTAQUES Financeiro. Operacional. Estratégico

PRINCIPAIS INDICADORES CONSOLIDADOS. DESTAQUES Financeiro. Operacional. Estratégico São Paulo, 15 de agosto de 2016 - A SOMOS Educação S.A. (BM&FBOVESPA: SEDU3) divulga seus resultados do 2º trimestre de 2016 (2T16) e do primeiro semestre de 2016 (1S16). Os comentários aqui incluídos

Leia mais

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2001

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2001 TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. João Cox VP de Finanças e Diretor de Relações com Investidores Jcox@telepart.com.br 0XX61-429-5600 Leonardo Dias Gerente de Relações com Investidores Ldias@telepart.com.br

Leia mais

PRESS RELEASE 3º Trimestre de 2011

PRESS RELEASE 3º Trimestre de 2011 PRESS RELEASE 3º Trimestre de 2011 BOMBRIL DIVULGA RESULTADO DO TERCEIRO TRIMESTE DE 2011 A Bombril S/A (Bovespa: BOBR4), com 63 anos de atividade, atuando no segmento de indústria de higiene e limpeza,

Leia mais

Destaques 1S15 e Eventos Subsequentes

Destaques 1S15 e Eventos Subsequentes Resultados 2T15 Aviso Legal As demonstrações financeiras individuais e consolidadas foram elaboradas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, as quais abrangem a legislação societária, os

Leia mais

BRProperties. Apresentação de Resultados 2T10

BRProperties. Apresentação de Resultados 2T10 Apresentação de Resultados 12 de agosto de 2010 Destaques A receita bruta do cresceu 39% em relação ao 2T09 Destaques Financeiros Apresentamos um EBITDA ajustado para despesas de bônus e plano de opções

Leia mais

SOMOS Educação ER 1T17

SOMOS Educação ER 1T17 SOMOS Educação ER 1T17 1 São Paulo, 15 de maio de 2017 A SOMOS Educação S.A. (BM&FBOVESPA: SEDU3) divulga seus resultados do 1º trimestre de 2017 ( 1T17 ). Os comentários aqui incluídos referem-se aos

Leia mais

TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA OS RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999.

TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA OS RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999. Contatos: Walmir Urbano Kesseli Joana Dark Fonseca Serafim Telefone: (041)305-5447 Fax: (041)305-3074 E-mail: joana.serafim@telecelularsul.com.br Homepage: www.telecelularsul.com.br TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES

Leia mais

AGENDA. Destaques do Período Rede de Lojas e Desempenho de Vendas Desempenho Econômico Financeiro

AGENDA. Destaques do Período Rede de Lojas e Desempenho de Vendas Desempenho Econômico Financeiro 1 Aviso Legal Bento Gonçalves (RS), 26 de março de 2014. A Unicasa Móveis S.A. (BM&FBOVESPA: UCAS3), uma das maiores companhias do setor de móveis planejados do Brasil, atuando em todos os estados, com

Leia mais

Comercializamos 55 unidades de implementos rodoviários no 1T11 Vendas Recrusul de Implementos Rodoviários (em unidades) 1T08 1T09 1T10 1T11

Comercializamos 55 unidades de implementos rodoviários no 1T11 Vendas Recrusul de Implementos Rodoviários (em unidades) 1T08 1T09 1T10 1T11 Comercializamos 55 unidades de implementos rodoviários no 1T11 Vendas Recrusul de Implementos Rodoviários (em unidades) 116 33 40 55 Nosso desempenho comercial no 1T11 foi aquém do esperado. O faturamento

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

2T05 DESEMPENHO DA MRS LOGÍSTICA HYPERLINK 2 TRIMESTRE DE 2005

2T05 DESEMPENHO DA MRS LOGÍSTICA HYPERLINK 2 TRIMESTRE DE 2005 DESEMPENHO DA MRS LOGÍSTICA HYPERLINK 2 TRIMESTRE DE 2005 2T05 MRS BATE NOVOS RECORDES: 9,35 MILHÕES DE TONELADAS EM MAIO E ATINGE LUCRO LÍQUIDO DE MAIS DE R$199 MILHÕES NO 1 SEMESTRE A MRS Logística S.A.

Leia mais

Destaques do 1º trimestre de 2016

Destaques do 1º trimestre de 2016 Destaques do 1º trimestre Principais Destaques O EBITDA e margem EBITDA consolidada no 1T16 apresentaram aumento em relação ao 4T15, apesar do cenário do mercado de aço no mundo. Fluxo de caixa livre positivo

Leia mais

EXERCICIOS SOBRE DFC. As demonstrações contábeis da Empresa Cosmos, sociedade anônima de capital aberto, em X2, eram os seguintes:

EXERCICIOS SOBRE DFC. As demonstrações contábeis da Empresa Cosmos, sociedade anônima de capital aberto, em X2, eram os seguintes: EXERCICIOS SOBRE DFC As demonstrações contábeis da Empresa Cosmos, sociedade anônima de capital aberto, em 31.12.X2, eram os seguintes: ATIVO X1 X2 PASSIVO X1 X2 Disponível 3.000 1.500 Fornecedores 54.000

Leia mais

IRANI apresenta EBITDA ajustado de R$ 41,7 milhões no 3T14. Var. 3T14/2T14. Var. 3T14/3T13

IRANI apresenta EBITDA ajustado de R$ 41,7 milhões no 3T14. Var. 3T14/2T14. Var. 3T14/3T13 COMENTÁRIO DO DESEMPENHO DA COMPANHIA NO 3 TRIMESTRE DE 2014 As informações a seguir estão apresentadas de forma consolidada. Os valores estão apresentados de acordo com as normas expedidas pela CVM Comissão

Leia mais

São Paulo, 13 de março de PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO. Prezados Senhores,

São Paulo, 13 de março de PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO. Prezados Senhores, São Paulo, 13 de março de 2015. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO Prezados Senhores, A Administração da UNIPAR CARBOCLORO S.A. ( UNIPAR ou Companhia ) submete à apreciação de seus acionistas sua proposta sobre

Leia mais

Destaques do 2º trimestre de 2016

Destaques do 2º trimestre de 2016 Destaques do 2º trimestre Principais Destaques Melhora do EBITDA e da margem EBITDA no 2T16 em relação ao 1T16, em todas as operações de negócio. Fluxo de caixa livre positivo de R$ 807 milhões no 2T16:

Leia mais

Informações Trimestrais 31/03/2016. Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: /

Informações Trimestrais 31/03/2016. Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: / Informações Trimestrais 31/03/2016 Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: 16.670.085/0001 55 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo

Leia mais

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) 4T04 3T05 4T05

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) 4T04 3T05 4T05 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 09 de fevereiro de 2006. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (NYSE:EMT; BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EMBRAER S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EMBRAER S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Aegea Saneamento e Participações S.A. Companhia Aberta CNPJ nº / NIRE: Código CVM

Aegea Saneamento e Participações S.A. Companhia Aberta CNPJ nº / NIRE: Código CVM Aegea Saneamento e Participações S.A. Companhia Aberta CNPJ nº 08.827.501/0001-58 NIRE: 35.300.435.613 Código CVM 2339-6 Receita líquida* da Aegea atinge no 4T15 R$231,6 milhões, alta de 39,7% em comparação

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2015

Teleconferência de Resultados 2015 Teleconferência de Resultados 2015 André B. Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Harley Lorentz Scardoelli Vice-Presidente Executivo de Finanças (CFO) Laminador de chapas grossas entrará em operação

Leia mais

ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A.

ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A. MD&A - ANÁLISE DOS RESULTADOS CONSOLIDADOS Primeiro Trimestre 2012 (1) Informações financeiras selecionadas: (R$ milhões) 1º Tri 12 1º Tri 11 4º Tri 11 Variação 1T12 X 1T11 Variação 1T12 X 4T11 Receita

Leia mais

Divulgação de Resultados 4T16 e 2016

Divulgação de Resultados 4T16 e 2016 Divulgação de Resultados 4T16 e 2016 Destaques 4T16 e 2016 Diárias - Aluguel de Carros (mil) Receita líquida (R$ milhões) 5.266 4.846 4.242 4.308 3.812 3.780 3.871 4.111 2015 2016 2015 2016 2015 2016 2015

Leia mais

CAMBUCI S.A. Resultado do 1º trimestre de 2014

CAMBUCI S.A. Resultado do 1º trimestre de 2014 Resultado do 1º trimestre de 2014 São Paulo, 09 de Maio de 2014 A CAMBUCI (BM&FBOVESPA: CAMB4), divulga o resultado acumulado do 1º trimestre de 2014. As informações são apresentadas de forma consolidada

Leia mais

Ecovias dos Imigrantes anuncia resultados do 1T16 Lucro líquido cresceu 16,9% no 1T16

Ecovias dos Imigrantes anuncia resultados do 1T16 Lucro líquido cresceu 16,9% no 1T16 Ecovias dos Imigrantes anuncia resultados do 1T16 Lucro líquido cresceu 16,9% no 1T16 São Bernardo do Campo, 12 de maio de 2016 A Concessionária Ecovias dos Imigrantes S.A. anuncia seus resultados referentes

Leia mais

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE E DO ANO DE 2007

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE E DO ANO DE 2007 232 220 211 208 213 979 1.037 1.080 1.104 1.204 André Machado Mastrobuono Diretor Presidente, Financeiro e de Relações com Investidores Ricardo Antunes Agostini Diretor Executivo de Finanças Renata Pantoja

Leia mais

ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE As informações a seguir estão apresentadas de forma consolidada. Os valores estão apresentados de acordo com as normas expedidas pela CVM Comissão de

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T17. Viver Anuncia os Resultados do Segundo Trimestre do Ano de Destaques

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T17. Viver Anuncia os Resultados do Segundo Trimestre do Ano de Destaques DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T17 Teleconferência de Resultados Segunda-feira, 14 de agosto de 2017 Português - com tradução simultânea para o inglês 10h00 (horário de Brasília) 09h00 (horário de Nova York)

Leia mais

Associação entre DURATEX e SATIPEL cria a maior fabricante de painéis de madeira do hemisfério sul e uma das maiores do mundo.

Associação entre DURATEX e SATIPEL cria a maior fabricante de painéis de madeira do hemisfério sul e uma das maiores do mundo. RESULTADOS 2T09 Destaques Destaques Associação entre DURATEX e SATIPEL cria a maior fabricante de painéis de madeira do hemisfério sul e uma das maiores do mundo. Nova Fábrica de MDP em Taquari (RS) Iniciada

Leia mais

Prezado Acionista, Receita Operacional Bruta. Despesas Operacionais. Ebitda

Prezado Acionista, Receita Operacional Bruta. Despesas Operacionais. Ebitda Prezado Acionista, A Companhia obteve expansão de margens graças a um maior controle de custos e despesas. Receita Operacional Bruta A receita bruta consolidada da Companhia no terceiro trimestre de 2016

Leia mais

Mensagem da Administração. Prezados Acionistas,

Mensagem da Administração. Prezados Acionistas, Mensagem da Administração Prezados Acionistas, Apresentamos as demonstrações financeiras da Companhia relativas ao exercício encerrado em 31 de dezembro de 2013. Antes de tecer comentários específicos

Leia mais

APIMEC COPASA Divulgação 1T08

APIMEC COPASA Divulgação 1T08 APIMEC COPASA 2008 Highlights 1T08 A Receita Líquida no 1T08 foi de R$ 467 milhões um crescimento de 8,4% em relação ao 1T07. O EBITDA no trimestre atingiu R$ 191 milhões ante R$ 174 milhões no 1T07. Reajuste

Leia mais

Ecovias dos Imigrantes anuncia resultados do 1T14 com: Receita Líquida cresce 22,7%

Ecovias dos Imigrantes anuncia resultados do 1T14 com: Receita Líquida cresce 22,7% Ecovias dos Imigrantes anuncia resultados do 1T14 com: Receita Líquida cresce 22,7% São Bernardo do Campo, 06 de maio de 2013 A Concessionária Ecovias dos Imigrantes S.A. anuncia seus resultados referentes

Leia mais

A Vigor Alimentos S.A. divulga os resultados do 3T13

A Vigor Alimentos S.A. divulga os resultados do 3T13 A Vigor Alimentos S.A. divulga os resultados do 3T13 São Paulo, 12 de novembro de 2013 - A Vigor Alimentos S.A. (BM&FBovespa: VIGR3) anuncia hoje os resultados do terceiro trimestre de 2013 (3T13). As

Leia mais

Pomi Frutas divulga resultados do 1T17

Pomi Frutas divulga resultados do 1T17 Pomi Frutas divulga resultados do 1T17 Fraiburgo, 12 de maio de 2017 A Pomi Frutas S.A.(BM&FBovespa: FRTA3) Pomi Frutas ou Companhia, pioneira na produção e comercialização de maçãs in-natura e processadas

Leia mais

Divulgação de Resultado 1T15

Divulgação de Resultado 1T15 Divulgação de Resultado 1T15 1 Dados de mercado em 07/05/2015 Cotação: R$2,35 Valor de Mercado: R$155.302.955,40 T e l e c o n f e r ê n c i a 1T15 Teleconferência em português 08 de maio de 2015 Sexta-feira,

Leia mais

Perfil Energia gerada

Perfil Energia gerada 1. Perfil A AES Tietê, uma das geradoras do grupo AES Brasil, é uma Companhia de capital aberto com ações listadas na BM&FBovespa e está autorizada a operar como concessionária de uso do bem público, na

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA EDP BANDEIRANTE NO PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2011(*)

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA EDP BANDEIRANTE NO PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2011(*) COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA EDP BANDEIRANTE NO PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2011(*) (*) São Paulo, 27 de Outubro de 2011 - A EDP Bandeirante apresenta hoje seus resultados financeiros do terceiro trimestre

Leia mais

Receita Operacional Bruta

Receita Operacional Bruta Prezado Acionista, O foco no crescimento orgânico continua, assim como no fortalecimento de todas as linhas de negócios em que atuamos, na melhora de nossa qualidade de atendimento, no reforço de nosso

Leia mais

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO DA COMPANHIA NO 1 TRIMESTRE DE 2016

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO DA COMPANHIA NO 1 TRIMESTRE DE 2016 COMENTÁRIO DO DESEMPENHO DA COMPANHIA NO 1 TRIMESTRE DE 2016 As informações a seguir estão apresentadas de forma consolidada. Os valores estão apresentados de acordo com as normas expedidas pela CVM Comissão

Leia mais

Energia faturada por classe de consumidores (em GWh)

Energia faturada por classe de consumidores (em GWh) 1 Perfil A AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia S.A. ( Companhia ) é uma companhia de capital aberto, de direito privado, autorizada a operar como concessionária do Serviço Público de Distribuição de

Leia mais

Resultados 4T16 9 de Março de 2017

Resultados 4T16 9 de Março de 2017 Resultados 4T16 9 de Março de 2017 Disclaimer As informações financeiras consolidadas da T4F Entretenimento S/A aqui apresentadas estão de acordo com os critérios do padrão contábil internacional - IFRS,

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A.

Localiza Rent a Car S.A. Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T15 e 1S15 R$ milhões 24 de julho de 2015 Divisão de Aluguel de Carros Receita líquida (R$ milhões) 802,2 980,7 1.093,7 1.163,5 1.284,4 628,1 606,4 316,7 296,4 2010

Leia mais

2T15. Comentários de Desempenho. DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS 2T15 e 1S15

2T15. Comentários de Desempenho. DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS 2T15 e 1S15 São Paulo, 03 de Agosto de 2015 - A Unidas S.A. ( Companhia ou Unidas ) anuncia os seus resultados do segundo trimestre de 2015 (2T15) e do primeiro semestre de 2015 (1S15). As informações financeiras

Leia mais

Divulgação de Resultados 1S14 e 2T14

Divulgação de Resultados 1S14 e 2T14 R$ milhões R$ milhões Divulgação de Resultados 1S14 e 2T14 As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto quando indicado o contrário e, a partir de 2011, têm como base os números

Leia mais

DESEMPENHO DAS. Fundação Nacional da Qualidade / MEG Base de balanços de 12/2000 a 12/2011. Novembro / 2012

DESEMPENHO DAS. Fundação Nacional da Qualidade / MEG Base de balanços de 12/2000 a 12/2011. Novembro / 2012 DESEMPENHO DAS EMPRESAS AFILIADAS Fundação Nacional da Qualidade / MEG Base de balanços de 12/2000 a 12/2011 Novembro / 2012 Objetivo O estudo foi elaborado a partir dos demonstrativos financeiros de uma

Leia mais