ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3"

Transcrição

1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente 8 Demonstração do Fluxo de Caixa 9 Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido DMPL - 01/01/2016 à 31/03/ DMPL - 01/01/2015 à 31/03/ Demonstração do Valor Adicionado 12 DFs Consolidadas Balanço Patrimonial Ativo 13 Balanço Patrimonial Passivo 15 Demonstração do Resultado 17 Demonstração do Resultado Abrangente 19 Demonstração do Fluxo de Caixa 20 Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido DMPL - 01/01/2016 à 31/03/ DMPL - 01/01/2015 à 31/03/ Demonstração do Valor Adicionado 23 Comentário do Desempenho 24 Notas Explicativas 58 Comentário Sobre o Comportamento das Projeções Empresariais 94 Outras Informações que a Companhia Entenda Relevantes 95 Pareceres e Declarações Relatório da Revisão Especial - Sem Ressalva 99

2 Dados da Empresa / Composição do Capital Número de Ações (Unidades) Trimestre Atual 31/03/2016 Do Capital Integralizado Ordinárias Preferenciais 0 Total Em Tesouraria Ordinárias Preferenciais 0 Total PÁGINA: 1 de 99

3 Dados da Empresa / Proventos em Dinheiro Evento Aprovação Provento Início Pagamento Espécie de Ação Classe de Ação Provento por Ação (Reais / Ação) Assembléia Geral Ordinária 11/04/2016 Dividendo 04/05/2016 Ordinária 0,09339 Reunião do Conselho de Administração 14/03/2016 Juros sobre Capital Próprio 05/04/2016 Ordinária 0,02253 PÁGINA: 2 de 99

4 DFs Individuais / Balanço Patrimonial Ativo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta 1 Ativo Total Ativo Circulante Caixa e Equivalentes de Caixa Aplicações Financeiras Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo Aplicações Financeiras Vinculadas a Provisões Técnicas (Garantidoras) Aplicações Financeiras Não Vinculadas (Livres) Aplicações Financeiras Avaliadas ao Custo Amortizado Títulos Mantidos até o Vencimento Contas a Receber Clientes Contraprestações Pecuniárias a Receber (-) Provisão para Perdas sobre Créditos Outros Créditos de Operações com Planos de Assistência à Saúde Trimestre Atual 31/03/2016 Exercício Anterior 31/12/ Outras Contas a Receber Adiantamentos a Fornecedores Adiantamentos a Funcionários Demais Créditos a Receber Tributos a Recuperar Tributos Correntes a Recuperar Créditos Tributários e Previdenciários Despesas Antecipadas Despesas de Comercialização Diferidas Outras Ativo Não Circulante Ativo Realizável a Longo Prazo Tributos Diferidos Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos Outros Ativos Não Circulantes Depósitos Judiciais Outros Créditos a Receber Títulos e Créditos a Receber Investimentos Participações Societárias Participações em Controladas Outras Participações Societárias Imobilizado Imobilizado em Operação Uso Próprio Outras Imobilizações Imobilizado em Andamento Imobilizações em Curso Intangível Intangíveis PÁGINA: 3 de 99

5 DFs Individuais / Balanço Patrimonial Ativo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Ágio na Aquisição de Investimentos Desenvolvimento de Sistemas e Licenças de Uso de Software e Outros Trimestre Atual 31/03/2016 Exercício Anterior 31/12/ PÁGINA: 4 de 99

6 DFs Individuais / Balanço Patrimonial Passivo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Provisão Eventos/Sinistros Ocorridos e não Avisados (PEONA) Provisão de Prêmios/Contraprestações não Ganhos (PPCNG) Trimestre Atual 31/03/2016 Exercício Anterior 31/12/ Passivo Total Passivo Circulante Obrigações Sociais e Trabalhistas Obrigações Sociais Encargos a Recolher Obrigações Trabalhistas Salários, Férias e Honorários Fornecedores Fornecedores Nacionais Comercialização sobre Operações Fornecedores de Bens e Serviços Obrigações Fiscais Obrigações Fiscais Federais Imposto de Renda e Contribuição Social a Pagar Demais Obrigações Fiscais Federais Obrigações Fiscais Municipais Outras Obrigações Outros Dividendos e JCP a Pagar Adiantamentos de Clientes Outras Contas a Pagar Provisões Outras Provisões Provisão de Eventos/Sinistros a Liquidar (PESL) Passivo Não Circulante Outras Obrigações Outros Outras Exigibilidades Honorários a Pagar Tributos Diferidos Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos Provisões Provisões Fiscais Previdenciárias Trabalhistas e Cíveis Patrimônio Líquido Capital Social Realizado Reservas de Capital Ágio na Emissão de Ações Opções Outorgadas Outorga de Opções de Ações Diferidas Capital Adicional Integralizado Reservas de Lucros Reserva Legal PÁGINA: 5 de 99

7 DFs Individuais / Balanço Patrimonial Passivo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 31/03/2016 Exercício Anterior 31/12/ Reserva Estatutária Reserva de Incentivos Fiscais Dividendo Adicional Proposto Ações em Tesouraria Lucros/Prejuízos Acumulados PÁGINA: 6 de 99

8 DFs Individuais / Demonstração do Resultado (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta 3.01 Receita de Venda de Bens e/ou Serviços Contraprestações Líquidas Venda de Bens e Serviços Tributos Diretos de Operações com Planos de Assistência à Saúde 3.02 Custo dos Bens e/ou Serviços Vendidos Eventos Indenizáveis Líquidos Encargos Sociais sobre Serviços Materiais Odontológicos Outorga de Opções de Ações Provisão para Perdas sobre Créditos Participações no Resultado Resultado de Equivalência Patrimonial Resultado Antes do Resultado Financeiro e dos Tributos Resultado Financeiro Receitas Financeiras Receitas Financeiras Reversão dos Juros sobre Capital Próprio Despesas Financeiras Resultado Antes dos Tributos sobre o Lucro Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro Corrente Diferido Resultado Líquido das Operações Continuadas Lucro/Prejuízo do Período Lucro por Ação - (Reais / Ação) Lucro Básico por Ação ON 0, , Lucro Diluído por Ação Demais Custos Operacionais Variação da Provisão de Eventos Ocorridos e não Avisados (PEONA) 3.03 Resultado Bruto Despesas de Comercialização Despesas Gerais e Administrativas Outras Receitas Operacionais Outras receitas operacionais de planos de assistência à saúde Receitas de assistência à saúde não relacionadas com planos de saúde da operadora Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 à 31/03/2016 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 à 31/03/ Despesas/Receitas Operacionais Despesas com Vendas Outras Despesas Operacionais ON 0, ,12762 PÁGINA: 7 de 99

9 DFs Individuais / Demonstração do Resultado Abrangente (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 à 31/03/2016 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 à 31/03/ Lucro Líquido do Período Resultado Abrangente do Período PÁGINA: 8 de 99

10 DFs Individuais / Demonstração do Fluxo de Caixa - Método Indireto (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta 6.01 Caixa Líquido Atividades Operacionais Caixa Gerado nas Operações Lucro (Prejuízo) Líquido do Período Depreciações e Amortizações Variações Monetárias Líquidas Provisões para Contigências (fiscal, previdenciário, trabalhista e cível) Provisão de Eventos/Sinistros a Liquidar (PESL) Tributos e Contribuições a Recolher (Obrigações Fiscais Obrigações Trabalhistas, Fornecedores, Adtos de Clientes e Outras Contas a Pagar (Débitos Diversos) Exigível a Longo Prazo (Não Circulante) Imposto de Renda e Contribuição Social Pagos Obrigações Sociais (Encargos a Recolher) Comercialização Sobre Operações Ativos Mantidos até o Vencimento Caixa Líquido Atividades de Investimento Aquisições de Imobilizado Desenvolvimento de Sistemas e Licenças de Uso de Softwares e Outros Aumento/Adiantamento para Futuro Aumento de Capital em Investida Resultado de Equivalência Patrimonial Provisão para Perdas sobre Créditos Outorga de Opções de Ações Provisão de Eventos Ocorridos e não Avisados (PEONA) Provisão de Prêmios Contraprestações não ganhos (PPCNG) Variações nos Ativos e Passivos Ativos Financeiros ao Valor Justo por Meio do Resultado Contraprestações Pecuniárias a Receber e Outros Créditos de Oper. com Planos de Assistência à Saúde Outras Contas a Receber, Tributos a recuperar e despesas Antecipadas Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 à 31/03/2016 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 à 31/03/ Provisão de Imposto de Renda e Contribuição Social Realizável a Longo Prazo (Não Circulante) Dividendos Recebidos de Controladas Caixa Líquido Atividades de Financiamento Dividendos e Juros sobre o Capital Próprio Pagos Recebimento de outorga de opções de ações Aumento (Redução) de Caixa e Equivalentes Saldo Inicial de Caixa e Equivalentes Saldo Final de Caixa e Equivalentes PÁGINA: 9 de 99

11 DFs Individuais / Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido / DMPL - 01/01/2016 à 31/03/2016 (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Capital Social Integralizado Reservas de Capital, Opções Outorgadas e Ações em Tesouraria Reservas de Lucro Lucros ou Prejuízos Acumulados Outros Resultados Abrangentes Patrimônio Líquido 5.01 Saldos Iniciais Saldos Iniciais Ajustados Transações de Capital com os Sócios Opções Outorgadas Reconhecidas Ações em Tesouraria Vendidas Juros sobre Capital Próprio Resultado Abrangente Total Lucro Líquido do Período Saldos Finais PÁGINA: 10 de 99

12 DFs Individuais / Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido / DMPL - 01/01/2015 à 31/03/2015 (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Capital Social Integralizado Reservas de Capital, Opções Outorgadas e Ações em Tesouraria Reservas de Lucro Lucros ou Prejuízos Acumulados Outros Resultados Abrangentes Patrimônio Líquido 5.01 Saldos Iniciais Saldos Iniciais Ajustados Transações de Capital com os Sócios Opções Outorgadas Reconhecidas Ações em Tesouraria Vendidas Juros sobre Capital Próprio Resultado Abrangente Total Lucro Líquido do Período Saldos Finais PÁGINA: 11 de 99

13 DFs Individuais / Demonstração do Valor Adicionado (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta 7.01 Receitas Vendas de Mercadorias, Produtos e Serviços Outras Receitas Vendas de Bens e Serviços Provisão/Reversão de Créds. Liquidação Duvidosa Insumos Adquiridos de Terceiros Custos Prods., Mercs. e Servs. Vendidos Materiais, Energia, Servs. de Terceiros e Outros Outros Outras Receitas Operacionais Despesas de Comercialização Variação da Provisão de Eventos Ocorridos e não Avisados (PEONA) Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 à 31/03/2016 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 à 31/03/ Despesas Administrativas Valor Adicionado Bruto Retenções Depreciação, Amortização e Exaustão Valor Adicionado Líquido Produzido Vlr Adicionado Recebido em Transferência Resultado de Equivalência Patrimonial Receitas Financeiras Valor Adicionado Total a Distribuir Distribuição do Valor Adicionado Pessoal Remuneração Direta Benefícios F.G.T.S Impostos, Taxas e Contribuições Federais Estaduais Municipais Remuneração de Capitais de Terceiros Aluguéis Outras Despesas Financeiras Remuneração de Capitais Próprios Juros sobre o Capital Próprio Lucros Retidos / Prejuízo do Período Outros Outorga de Opção de Ações PÁGINA: 12 de 99

14 DFs Consolidadas / Balanço Patrimonial Ativo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta 1 Ativo Total Ativo Circulante Caixa e Equivalentes de Caixa Aplicações Financeiras Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo Aplicações Fianceiras Vinculadas as Provisões Técnicas (Garantidoras) Aplicação Financeiras não Vinculadas (Livres) Aplicações Financeiras Avaliadas ao Custo Amortizado Títulos Mantidos até o Vencimento Contas a Receber Clientes Contraprestações Pecuniárias a Receber (-) Provisão para Perdas sobre Créditos Outros Créditos de Operações com Planos de Assistências à Saúde Trimestre Atual 31/03/2016 Exercício Anterior 31/12/ Outras Contas a Receber Adiantamentos a Fornecedores Adiantamentos a Funcionários Demais Créditos a Receber Estoques Tributos a Recuperar Tributos Correntes a Recuperar Créditos Tributários e Previdenciários Despesas Antecipadas Despesas de Comercialização Diferidas Outras Ativo Não Circulante Ativo Realizável a Longo Prazo Tributos Diferidos Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos Outros Ativos Não Circulantes Depósitos Judiciais Outros Créditos a Receber Títulos e Créditos a Receber Investimentos Participações Societárias Outras Participações Societárias Imobilizado Imobilizado em Operação Uso Próprio Outras Imobilizações Imobilizado em Andamento Imobilizações em Curso Intangível Intangíveis PÁGINA: 13 de 99

15 DFs Consolidadas / Balanço Patrimonial Ativo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Ágio na Aquisição de Investimentos Desenvolvimento de Sistemas e Licenças de Uso de Software e Outros Trimestre Atual 31/03/2016 Exercício Anterior 31/12/ PÁGINA: 14 de 99

16 DFs Consolidadas / Balanço Patrimonial Passivo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Outras Provisões Provisão de Eventos/Sinistros a Liquidar (PESL) Provisão Eventos/Sinistros Ocorridos e não Avisados (PEONA) Provisão de Prêmios/Contraprestações não ganhos (PPCNG) Trimestre Atual 31/03/2016 Exercício Anterior 31/12/ Passivo Total Passivo Circulante Obrigações Sociais e Trabalhistas Obrigações Sociais Encargos a Recolher Obrigações Trabalhistas Salários, Férias e Honorários Fornecedores Fornecedores Nacionais Comercialização sobre Operações Fornecedores de Bens e Serviços Obrigações Fiscais Obrigações Fiscais Federais Imposto de Renda e Contribuição Social a Pagar Demais Obrigações Fiscais Federais Obrigações Fiscais Estaduais Obrigações Fiscais Municipais Outras Obrigações Outros Dividendos e JCP a Pagar Adiantamentos de Clientes Outras Contas a Pagar Provisões Passivo Não Circulante Outras Obrigações Outros Outras Exigibilidades Honorários a Pagar Tributos Diferidos Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos Provisões Provisões Fiscais Previdenciárias Trabalhistas e Cíveis Patrimônio Líquido Consolidado Capital Social Realizado Reservas de Capital Ágio na Emissão de Ações Opções Outorgadas Outorga de Opções de Ações Diferidas Capital Adicional Integralizado Reservas de Lucros PÁGINA: 15 de 99

17 DFs Consolidadas / Balanço Patrimonial Passivo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 31/03/2016 Exercício Anterior 31/12/ Reserva Legal Reserva Estatutária Reserva de Incentivos Fiscais Dividendo Adicional Proposto Ações em Tesouraria Lucros/Prejuízos Acumulados Participação dos Acionistas Não Controladores PÁGINA: 16 de 99

18 DFs Consolidadas / Demonstração do Resultado (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta 3.01 Receita de Venda de Bens e/ou Serviços Contraprestações Líquidas Venda de Bens e Serviços Tributos Diretos de Operações com Planos de Assistência à Saúde Imposto sobre Vendas de Bens e Serviços Custo dos Bens e/ou Serviços Vendidos Eventos Indenizáveis Líquidos Encargos Sociais sobre Serviços Materiais Odontológicos Outorga de Opções de Ações Provisão para Perdas sobre Créditos Participações no Resultado Resultado de Equivalência Patrimonial Resultado Antes do Resultado Financeiro e dos Tributos Resultado Financeiro Receitas Financeiras Receitas Financeiras Reversão dos Juros sobre Capital Próprio Despesas Financeiras Resultado Antes dos Tributos sobre o Lucro Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro Corrente Diferido Resultado Líquido das Operações Continuadas Lucro/Prejuízo Consolidado do Período Atribuído a Sócios da Empresa Controladora Atribuído a Sócios Não Controladores Lucro por Ação - (Reais / Ação) Lucro Básico por Ação ON 0, , Lucro Diluído por Ação Demais Custos Operacionais Variação da Provisão de Eventos Ocorridos e não Avisados (PEONA) 3.03 Resultado Bruto Despesas Gerais e Administrativas Outras Receitas Operacionais Outras receitas operacionais de planos de assistência à saúde Receitas de assistência à saúde não relacionadas com planos de saúde da operadora Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 à 31/03/2016 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 à 31/03/ Despesas/Receitas Operacionais Despesas com Vendas Despesas de Comercialização Outras Despesas Operacionais PÁGINA: 17 de 99

19 DFs Consolidadas / Demonstração do Resultado (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 à 31/03/2016 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 à 31/03/ ON 0, ,12762 PÁGINA: 18 de 99

20 DFs Consolidadas / Demonstração do Resultado Abrangente (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 à 31/03/2016 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 à 31/03/ Lucro Líquido Consolidado do Período Resultado Abrangente Consolidado do Período Atribuído a Sócios da Empresa Controladora Atribuído a Sócios Não Controladores PÁGINA: 19 de 99

21 DFs Consolidadas / Demonstração do Fluxo de Caixa - Método Indireto (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta 6.01 Caixa Líquido Atividades Operacionais Caixa Gerado nas Operações Lucro (Prejuizo) Líquido do Período Depreciações e Amortizações Variações Monetárias Líquidas Provisões para Contigências (Fiscal, Previdenciária, Trabalhista e Cível) Resultado de Equivalência Patrimonial Realizável a Longo Prazo (Não Circulante) Provisão de Eventos/Sinistros a Liquidar (PESL) Tributos e Contribuições a Recolher (Obrigações Fiscais) Obrigações Trabalhistas, Fornecedores, Adtos de Clientes e Outras Contas a Pagar (Débitos Diversos) Exigível a Longo Prazo (Não Circulante) Imposto de Renda e Contribuição Social Pagos Obrigações Sociais (Encargos a Recolher) Comercialização Sobre Operações Ativos financeiros mantidos até o vencimento Caixa Líquido Atividades de Investimento Aquisições de Imobilizado Desenvolvimento de Sistemas e Licenças de Uso de Software e Outros Aumento/Adiantamento para Futuro Aumento de Capital em Investida Provisão para Perdas sobre Créditos Outorga de Opções de Ações Provisão de Eventos Ocorridos e não Avisados (PEONA) Provisão de Prêmios/Contraprestações não Ganhos (PPCNG) Variações nos Ativos e Passivos Ativos Financeiros ao Valor Justo por Meio do Resultado Contraprestações Pecuniárias a Receber e Outros Créditos de Oper. com Planos de Assistência à Saúde Outras Contas a Receber, Tributos a Recuperar, Despesas Antecipadas Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 à 31/03/2016 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 à 31/03/ Provisão de Imposto de Renda e Contribuição Social Estoques Caixa Líquido Atividades de Financiamento Dividendos e Juros sobre o Capital Próprio Pagos Recebimento de Outorga de Opções de Ações Aumento (Redução) de Caixa e Equivalentes Saldo Inicial de Caixa e Equivalentes Saldo Final de Caixa e Equivalentes PÁGINA: 20 de 99

22 DFs Consolidadas / Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido / DMPL - 01/01/2016 à 31/03/2016 (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Capital Social Integralizado Reservas de Capital, Opções Outorgadas e Ações em Tesouraria Reservas de Lucro Lucros ou Prejuízos Acumulados Outros Resultados Abrangentes Patrimônio Líquido Participação dos Não Controladores Patrimônio Líquido Consolidado 5.01 Saldos Iniciais Saldos Iniciais Ajustados Transações de Capital com os Sócios Opções Outorgadas Reconhecidas Ações em Tesouraria Vendidas Juros sobre Capital Próprio Outros Resultado Abrangente Total Lucro Líquido do Período Saldos Finais PÁGINA: 21 de 99

23 DFs Consolidadas / Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido / DMPL - 01/01/2015 à 31/03/2015 (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Capital Social Integralizado Reservas de Capital, Opções Outorgadas e Ações em Tesouraria Reservas de Lucro Lucros ou Prejuízos Acumulados Outros Resultados Abrangentes Patrimônio Líquido Participação dos Não Controladores Patrimônio Líquido Consolidado 5.01 Saldos Iniciais Saldos Iniciais Ajustados Transações de Capital com os Sócios Opções Outorgadas Reconhecidas Ações em Tesouraria Vendidas Juros sobre Capital Próprio Outros Resultado Abrangente Total Lucro Líquido do Período Saldos Finais PÁGINA: 22 de 99

24 DFs Consolidadas / Demonstração do Valor Adicionado (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta 7.01 Receitas Vendas de Mercadorias, Produtos e Serviços Outras Receitas Vendas de Bens e Serviços Provisão/Reversão de Créds. Liquidação Duvidosa Insumos Adquiridos de Terceiros Custos Prods., Mercs. e Servs. Vendidos Materiais, Energia, Servs. de Terceiros e Outros Outros Outras Receitas Operacionais Despesas de Comercialização Variação da Provisão de Eventos Ocorridos e não Avisados (PEONA) Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 à 31/03/2016 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 à 31/03/ Despesas Administrativas Valor Adicionado Bruto Retenções Depreciação, Amortização e Exaustão Valor Adicionado Líquido Produzido Vlr Adicionado Recebido em Transferência Resultado de Equivalência Patrimonial Receitas Financeiras Valor Adicionado Total a Distribuir Distribuição do Valor Adicionado Pessoal Remuneração Direta Benefícios F.G.T.S Impostos, Taxas e Contribuições Federais Estaduais Municipais Remuneração de Capitais de Terceiros Aluguéis Outras Despesas Financeiras Remuneração de Capitais Próprios Juros sobre o Capital Próprio Lucros Retidos / Prejuízo do Período Part. Não Controladores nos Lucros Retidos Outros Outorga de Opção de Ações PÁGINA: 23 de 99

25 Comentário do Desempenho Receita operacional líquida (ROL) Resultados 4T12 Desempenho operacional e financeiro Métricas Selecionadas por Segmento Receita operacional líquida (ROL) 1T16 1T15 4T15 Δ% R$mil % ROL R$mil % ROL R$mil % ROL (+) Contraprestações líquidas , ,3 9, ,0 0,0 (+) Receita de vendas de bens e serviços , ,6 16, ,6 0,0 Receita operacional bruta (ROB) , ,9 9, ,7 0,0 (-) Tributos diretos de operações com planos de assistência à saúde , ,4 6, ,9 0,1 (-) Impostos sobre vendas de bens e serviços , ,6 14, ,7 (0,2) Receita operacional líquida (ROL) , ,0 9, ,0 0,0 A receita líquida (ROL) atingiu R$ no 1T16, dos quais R$6.014 mil oriundos da Brasildental, crescimento de 9,1% em relação ao ano anterior. Nos últimos doze meses totalizou R$ Δ% R$ milhões Receita líquida 8,6% ,1% ABR14 ABR15 1T15 1T16 MAR15 MAR16 Variações anuais da Receita, Tíquete Médio e Beneficiários (%) 10,3% 8,5% 9,1% 7,0% 6,5% 7,8% 6,5% 7,8% 5,1% 4,3% 2,0% 2,1% 2,2% 1T15 2T15 3T15 1,5% 4T15 0,8% 1T16 Receita líquida Tíquete Médio Beneficiários PÁGINA: 24 de 99

26 Comentário do Desempenho Evolução da Receita Líquida por Segmento Resultados 4T12 R$ milhões R$ milhões +9% +47% % % % 12% 71% 16% 13% 1T15 1T16 1T15 Corporativo PME Planos Individuais 1T16 Segmentação do crescimento anual da receita consolidada: planos individuais com acelerado incremento R$ milhões T15 2T15 3T15 4T15 1T Planos Individuais PME Corporativo PÁGINA: 25 de 99

27 Comentário do Desempenho Resultados 4T12 Segmentação do tíquete médio, receita e margem de contribuição: maior crescimento, com menor competição TÍQUETE MÉDIO (R$ / membro / mês) ABR15 MAR16 Margem de Contribuição Planos Individuais Corporativo Receita R$926 M (+4% YoY) PME Receita R$185 M (+28% YoY) Receita R$168 M (+17% YoY) 51% 43% 42% ¹ M: milhões Alto Baixo NÚMERO DE COMPETIDORES PÁGINA: 26 de 99

28 Comentário do Desempenho (i) Tíquete Médio Resultados 4T12 Cálculo do Tíquete Médio 1T16 1T15 Δ% 4T15 Δ% Contraprestações líquidas R$ mil (A) , ,7 Número médio de beneficiários (B) , (0,3) Tíquete médio R$/vida/mês (A/B)/nº de meses 17,95 16,66 7,8 17,78 1,0 Tíquete médio trimestral (R$/vida/mês) 11,8% 18,63 17,95 17,78 17,35 16,66 16,63 O tíquete médio no 1T16 foi de R$17,95, 7,8% acima dos R$16,66 no 1T15, refletindo o reajuste de contratos corporativos e a mudança de mix no período. Excluindo-se a carteira Brasildental, e as contraprestações líquidas equivalentes ao reembolso de custo de serviços e de despesas administrativas, o tíquete médio 1T16 teria sido de R$18,63, 11,8% maior que o 1T15. 1T15 2T15 3T15 4T15 1T16 Tiquete médio por segmento (R$/vida/mês) +10,2% 32,55 5,9% 29,53 4,8% 16,98 17,98 16,27 15,53 1T15 1T16 1T15 1T16 1T15 1T16 Corporativo PME Planos Individuais PÁGINA: 27 de 99

29 Comentário do Desempenho (ii) Beneficiários Resultados 4T12 A OdontoPrev atingiu beneficiários no 1T16, com queda de 54 mil vidas no trimestre e 51 mil adições líquidas na comparação anual. Adições líquidas em doze meses Mil vidas T15 2T15 3T15 4T15 1T16 4T Mil Vidas Adições líquidas 1T16 por segmento Corporativo PME Planos Individuais 1T16 PÁGINA: 28 de 99

30 Comentário do Desempenho Resultados 4T12 Mil Vidas Adições líquidas UDM por segmento Corporativo PME Planos Individuais ABR15 MAR16 Evolução da carteira de PME e Planos Individuais Mil vidas T16 PÁGINA: 29 de 99

31 Comentário do Desempenho Receita líquida do segmento corporativo Resultados 4T12 Dados por segmento de negócio A receita líquida da carteira do corporativo apresentou crescimento de 2,0% em comparação ao 1T15, atingindo R$232,8 milhões no 1T16. Nos últimos doze meses, a receita do segmento corporativo alcançou R$925,9 milhões, 4,1% superior ao mesmo período no ano anterior. Corporativo 1T16 1T15 Δ% 4T15 Δ% ABR15-MAR16 ABR14-MAR15 Δ% (+) Contraprestações líquidas (R$ mil) , , ,0 (-) Tributos diretos de operações com planos de assistência à saúde , , ,3 Receita operacional líquida (ROL) , , ,1 Receita Líquida Corporativo R$ milhões ,1% % 224 7% 5% 3% 2% 1T15 2T15 3T15 4T15 Variação anual 1T16 ABR14 MAR15 ABR15 MAR16 PÁGINA: 30 de 99

32 Comentário do Desempenho (i) Tíquete médio do segmento corporativo Resultados 4T12 No 1T16, o tíquete médio do segmento corporativo alcançou R$16,27, um crescimento de 4,8% em relação ao 1T15. Tíquete Médio - Corporativo 1T16 1T15 Δ% 4T15 Δ% (+) Contraprestações líquidas (R$ mil) (A) , (0,6) Número médio de beneficiários (mil) (B) (2,7) (1,4) Tíquete médio R$/vida/mês (A/B) / nº de meses 16,27 15,53 4,8 16,15 0,7 Tíquete médio Corporativo (R$/vida/mês) 16,15 16,27 15,97 15,53 15,32 1T15 2T15 3T15 4T15 1T16 (ii) Beneficiários do segmento corporativo O segmento corporativo apresentou queda de 91 mil vidas no trimestre e de 173 mil vidas nos últimos doze meses, devido aos efeitos do desemprego. A carteira corporativa atingiu mil vidas ao final do 1T16, 77% do total de clientes. PÁGINA: 31 de 99

33 Comentário do Desempenho Receita líquida do segmento PME Resultados 4T12 A receita líquida da carteira PME apresentou crescimento de 16,1% em comparação ao 1T15, atingindo R$44 milhões. Nos últimos doze meses, a receita alcançou R$167,9 milhões, um crescimento de 17,1% em relação ao mesmo período do ano anterior. PME 1T16 1T15 Δ% 4T15 Δ% ABR15-MAR16 ABR14-MAR15 Δ% (+) Contraprestações líquidas (R$ mil) , , ,4 (-) Tributos diretos de operações com planos de assistência à saúde , , ,7 Receita operacional líquida (ROL) , , ,1 Receita Líquida PME R$ milhões +17,1% % 17% 17% 16% 13% 1T15 2T15 3T15 4T15 Variação anual 1T16 ABR14 MAR15 ABR15 MAR16 PÁGINA: 32 de 99

34 Comentário do Desempenho (i) Tíquete médio do segmento PME Resultados 4T12 O tíquete médio de PME no trimestre alcançou R$17,98, um crescimento de 5,9% em relação ao 1T15. Tíquete Médio - PME 1T16 1T15 Δ% 4T15 Δ% (+) Contraprestações líquidas (R$ mil) (A) , ,0 Número médio de beneficiários (mil) (B) , ,8 Tíquete médio R$/vida/mês (A/B) / nº de meses 17,98 16,98 5,9 17,94 0,2 Tíquete médio PME (R$/vida/mês) 17,94 17,98 17,38 17,34 16,98 1T15 2T15 3T15 4T15 1T16 ii) Beneficiários do segmento PME O segmento PME, que vem apresentando crescimento contínuo de beneficiários desde 2011, registrou adição líquida de 6 mil vidas no 1T16, e de 67 mil vidas nos últimos doze meses. Esta carteria conta com o canal bancário como principal fonte de crescimento e maior parte do portfólio, com 84% das vidas. Ao final do trimestre, a carteira PME atingiu 857 mil vidas, ou 13% do total de clientes OdontoPrev, com CAGR de 20% desde PÁGINA: 33 de 99

35 Comentário do Desempenho Mil vidas Crescimento anual da carteira PME Resultados 4T T mil vidas Evolução do mix da carteira PME +8% 83% 17% +9% 83% 857 mil vidas 1% 16% 652 mil vidas 713 mil vidas 1T15 1T16 PME: adições líquidas trimestrais Mil vidas T15 2T15 3T15 4T15 1T16 PÁGINA: 34 de 99

36 Comentário do Desempenho Receita líquida dos planos individuais Resultados 4T12 A receita líquida da carteira de planos individuais apresentou crescimento de 46,8% em comparação ao 1T15, e 5,9% maior em relação ao 4T15, atingindo R$52,8 milhões no 1T16. Nos últimos doze meses, alcançou R$184,8 milhões, um aumento de 28,0% em relação ao mesmo período do ano anterior. Individual 1T16 1T15 Δ% 4T15 Δ% ABR15-MAR16 ABR14-MAR15 Δ% (+) Contraprestações líquidas (R$ mil) , , ,2 (-) Tributos diretos de operações com planos de assistência à saúde , , ,7 Receita operacional líquida (ROL) , , ,0 R$ milhões % -2% Receita Líquida dos Planos Individuais +28,0% % % 24% 185 1T15 2T15 3T15 4T15 Variação anual 1T16 ABR14 MAR15 ABR15 MAR16 (i) Tíquete médio dos planos individuais No 1T16, o tíquete médio dos planos individuais foi de R$32,55, um crescimento de 10,2% em relação ao 1T15, refletindo a mudança de mix no período. Tíquete Médio - Planos Individuais 1T16 1T15 Δ% 4T15 Δ% (+) Contraprestações líquidas (R$ mil) (A) , ,9 Número médio de beneficiários (mil) (B) , ,8 Tíquete médio R$/vida/mês (A/B) / nº de meses 32,55 29,53 10,2 32,83 (0,8) PÁGINA: 35 de 99

37 Comentário do Desempenho Resultados 4T12 Tíquete médio do segmento de planos individuais (R$/vida/mês) 31,65 32,83 32,55 30,27 29,53 1T15 2T15 3T15 4T15 1T16 (ii) Beneficiários do segmento de planos individuais O segmento de planos individuais apresentou crescimento de 31 mil vidas no trimestre, e 157 mil vidas no últimos doze meses, ou 37%, impulsionado pela maior participação relativa dos canais bancários. Os planos individuais totalizaram 586 mil vidas, 9% do total de beneficiários, com CAGR de 20% desde Vale notar, o canal Bradesco cresceu 93% na comparação anual, representando 42% dos beneficiários do segmento. Crescimento anual da carteira de planos individuais Mil vidas T16 PÁGINA: 36 de 99

38 Comentário do Desempenho Evolução do mix da carteira de planos individuais +37% Resultados 4T mil vidas +93% 586 mil vidas 70% 30% 128 mil vidas 42% 247 mil vidas 54% 4% 1T15 1T16 Lojas de Departamento Planos individuais: crescente participação Bradesco Mil vidas % % 30% % 34% 63% 37% 62% 38% 42% 1T15 2T15 3T15 4T15 1T16 Lojas de Departamento PÁGINA: 37 de 99

39 Comentário do Desempenho Planos individuais: adições líquidas trimestrais Resultados 4T12 Mil vidas T15 2T15 3T15 4T15 1T16 PÁGINA: 38 de 99

40 Comentário do Desempenho Brasildental Resultados 4T12 1T16 1T15 Receita operacional líquida¹ (ROL) Custo de serviços¹ (5.277) (10.387) Índice de sinistralidade (%) 53,3 50,3 Despesas comerciais e administrativas (3.198) (9.278) PDD (168) (305) Participações no resultado (67) (226) EBITDA Margem EBITDA 12,0 - Lucro líquido ¹ Gerencial: reclassifica o efeito redutor da corresponsabilidade cedida em contrato entre OdontoPrev e Brasildental. A Brasildental atingiu 327 mil beneficiários, com adição líquida de 4 mil vidas no 1T16. A composição desta carteira é de 91% corporativo, 2% PME e 7% do segmento individual. Evolução da carteira Mil vidas % 300 3% 1% 323 7% 2% 91% 327 7% 2% 91% 100% 95% 96% 1T15 2T15 3T15 4T15 1T16 Corporativo PME Planos Individuais PÁGINA: 39 de 99

41 Comentário do Desempenho Adições líquidas por segmento ABR15-MAR16 Resultados 4T12 Mil vidas Corporativo PME Planos Individuais Total PÁGINA: 40 de 99

42 Comentário do Desempenho Custo de serviços (sinistralidade) Resultados 4T12 Custo de serviços (ex PEONA) e índice de sinistralidade (% ROL) 1T16 1T15 Δ% 4T15 Δ% R$mil % ROL R$mil % ROL ROL R$mil % ROL ROL Custo de serviços (ex PEONA) , ,4 1, ,0 (2,8) Eventos indenizáveis líquidos , ,2 1, ,9 (4,1) Encargos sociais sobre serviços , ,6 0, ,9 (0,2) Materiais odontológicos , ,3 0, ,5 - Outras receitas (despesas) operacionais , ,2 - (971) (0,3) 1,5 Para efeito de comparação e análise, a PEONA (Provisão para Eventos Ocorridos e não Avisados), calculada conforme Nota Técnica Atuarial, foi excluída do Custo de Serviços. No 1T16 houve reversão de PEONA de R$10.929, comparado a reversão de R$6.813 no 1T15. A Companhia discute a incidência de contribuição previdenciária (INSS), à alíquota de 20%, sobre as remunerações pagas aos dentistas individuais credenciados. O reconhecimento da despesa é mantido contabilizado na linha de Encargos sociais sobre serviços. Após liminar obtida em agosto de 2010, não tem havido desembolso de caixa, via depósito judicial. Em 31/03/2016 o saldo líquido das provisões relativas ao INSS totalizava R$221,7 milhões. No 1T16, o custo de serviços representou 45,2% da ROL, 1,8 p.p. acima dos 43,4% registrados no 1T15. Eventos indenizáveis líquidos: 40,8% da ROL no 1T16, versus 39,2% no 1T15. Encargos sociais sobre serviços: 2,7% da ROL no 1T16. Materiais odontológicos: Corresponderam a R$1.515 no 1T16, 0,5% da ROL no trimestre. Outras despesas operacionais: 1,2% da ROL no 1T16 e 1T15. Índice de Sinistralidade trimestral e acumulado em 12 meses (% ROL) 54,6 51,4 47,6 46,0 48,0 47,4 48,1 47,1 48,2 47,7 47,6 50,0 47,5 47,2 49,2 49,0 49,3 48,8 49,4 49,0 47,7 47,6 48,1 48,2 46,4 46,2 46,2 46,4 46,0 48,6 48,0 46,6 46,6 46,1 47,0 45,2 44,0 43,7 43,9 44,1 43,4 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 2T12 3T12 4T12 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 2T14 3T14 4T14 1T15 2T15 3T15 4T15 1T16 Trimestral Acumulado em 12 meses PÁGINA: 41 de 99

43 Comentário do Desempenho Segmentação do Custo de serviços e Sinistralidade 1T Corporativo PME Resultados Individual 4T12 1T16 1T15 Δ% 1T16 1T15 Δ% 1T16 1T15 Δ% (-) Custo de serviços (R$ mil) (A) , , ,9 Sinistralidade (% ROL) 51,1 48,2 2,9 p.p. 41,4 30,1 11,3 p.p. 22,2 26,7-4,5 p.p. Número médio de beneficiários (B) (2,7) , ,6 Custo de serviços / membro / mês (A/B)/ nº de meses 8,0 7,2 11,3 7,1 4,8 47,1 6,8 7,5 (8,8) No 1T16 a sinistralidade registrou alta de 2,9 p.p. no corporativo e de 11,3 p.p. no PME. No segmento de planos individuais houve queda no custo de serviços por beneficiário por trimestre, com sinistralidade menor em 4,5 p.p.. No 1T16, o custo de serviços/membro/mês registrou alta de 11,3% e 47,1% nos segmentos corporativo e PME. No segmento de planos individuais houve queda no trimestre, com o valor menor em 8,8%. Segmentação da sinistralidade 1T (% ROL) Custo de Serviços / membro / mês 1T (R$) +2,9 p.p. 48,2 51,1 +11,3 p.p. 41,4 30,1 +11,3% 7,2 8,0 +47,1% 7,1 7,5-8,8% 6,8-4,5 p.p. 26,7 22,2 4,8 Corporativo PME Planos Individuais 1T15 1T16 Corporativo PME Planos Individuais 1T15 1T16 Despesas de comercialização (DC) (R$ mil) 1T16 % ROL 1T15 % ROL Δ% ROL 4T15 % ROL (-) Despesas de comercialização , ,3 0, ,6 As despesas de comercialização representaram 9,5% da ROL no 1T16, versus 9,3% no 1T15, em função do mix de vendas no período. Segmentação das Despesas de Comercialização 1T Corporativo PME Individual 1T16 1T15 Δ% 1T16 1T15 Δ% 1T16 1T15 Δ% Despesas de comercialização (3,3) , ,9 Despesas de comercialização % ROL 5,5 5,8-0,3 p.p. 13,8 14,3-0,5 p.p. 23,2 26,4-3,2 p.p. No 1T16, as despesas de comercialização apresentaram queda nos três segmentos, em especial nos segmentos PME e planos individuais, com decréscimo de 0,5 p.p. e 3,2 p.p., respectivamente, devido à participação crescente dos canais bancários. PÁGINA: 42 de 99

44 Comentário do Desempenho Resultados 4T12 Segmentação das despesas de comercialização 1T (% ROL) -3,2 p.p. -0,5 p.p. 26,4 23,2-0,3 p.p. 5,8 5,5 14,3 13,8 Corporativo PME Planos Individuais 1T15 1T16 Despesas administrativas (DA) 1T16 1T15 Δ% 4T15 Δ% R$mil % ROL R$mil % ROL ROL R$mil % ROL ROL Pessoal , ,4 0, ,1 (0,5) Serviços de terceiros , , ,6 - Localização e funcionamento , ,7 0, ,3 (0,2) Taxas e tributos , ,5 0, ,8 0,1 Publicidade e propaganda , , ,5 (0,9) Outras 356 0, ,3 (0,2) (135) - 0,1 DA (base EBITDA ajustado) , ,1 0, ,3 (1,5) Depreciação e amortização , , ,0 (0,5) DA (não base EBITDA ajustado) , , ,0 (0,5) Despesas administrativas (DA) , ,6 0, ,3 (2,0) DA (base EBITDA ajustado) As despesas administrativas (base EBITDA ajustado) foram de R$ no 1T16 (13,8% da ROL) versus R$ no 1T15 (13,1% da ROL). Pessoal: 7,6% da ROL no 1T16, 0,5 p.p. menor em relação a 4T15. Serviços de terceiros: 1,6% da ROL no trimestre. Localização e funcionamento: 3,1% da ROL no 1T16, versus 2,7% da ROL em 1T15. Taxas e tributos: 0,9% da ROL no 1T16, versus 0,5% no 1T15. Publicidade e Propaganda: 0,6% da ROL no 1T16, mesmo patamar de 1T15 e menor 0,9 p.p. comparado a 4T15. Outras: menor em 0,2% da ROL no 1T16. PÁGINA: 43 de 99

45 Comentário do Desempenho Resultados 4T12 15,6% Despesas administrativas (% ROL) Pessoal 7,8% 14,7% 7,9% 13,8% 7,3% 14,2% 7,4% 14,3% 7,7% 13,8% 7,6% Demais 7,7% 6,8% 6,5% 6,8% 6,7% 6,2% Número de funcionários T16 Provisão para perdas sobre créditos A Provisão para perdas sobre créditos foi de R$ (4,1% da ROL), comparada a R$7.895 (2,6% da ROL) no 1T15. A Provisão para perdas sobre créditos é constituída com base no histórico de perdas na Companhia. São provisionados mensalmente sobre cada umas das faixas do contas a receber, vencido e a vencer, o histórico das perdas de cada segmento operacional, conforme CPC 38/IAS 39. Provisão para perdas sobre créditos (PDD) 1T16 1T15 Δ% 4T15 Δ% R$ mil , ,8 % ROL 4,1 2,6 1,5 p.p. 2,9 1,2 p.p. PÁGINA: 44 de 99

46 Comentário do Desempenho EBITDA e EBITDA ajustado Resultados 4T12 O EBITDA ajustado atingiu R$87.756, com margem de 26,6%. Nos últimos doze meses, o valor foi de R$ , com margem de 25,2%. 1T16 1T15 Δ% 4T15 Δ% R$mil % ROL R$mil % ROL ROL R$mil % ROL Lucro líquido , ,4 (1,5) 1, ,3 14,6 (+) Imposto de renda e contribuição social corrente , ,2 1,5 25, ,7 35,9 (+) Imposto de renda e contribuição social diferido (8.671) (2,6) ,7 (3,3) - (7.411) (2,3) 17,0 (-) Receitas financeiras , ,2 0,6 28, ,7 2,5 (+) Despesas financeiras , ,5 0,8 61, ,3 1,0 (+) Outorga de opção de ações , ,4 0,3 89, ,6 27,8 (-) Participação minoritária em controlada (135) (0,0) (58) (0,0) ,0 - (+) Depreciação e amortização , ,5-12, ,0 (44,0) (-) Resultado de equivalência patrimonial (315) (0,1) (1.010) (0,3) 0,2 (68,8) (1.509) (0,5) (79,1) EBITDA , ,0 (3,2) (1,3) ,2 18,8 (+/-) Custo de serviços - provisão de eventos ocorridos e não avisados (PEONA) (10.929) (3,3) (6.813) (2,3) (1,0) 60,4 (6.005) (1,8) 82,0 (+) EBITDA Brasildental Pro forma 298 0,1 (368) (0,1) 0,2-70 0,0 - EBITDA ajustado , ,6 (4,0) (5,1) ,4 14,2 Δ% R$ milhões e % ROL ,5 EBITDA Ajustado +2,7% 327¹ 322¹ 314¹ ,4 26,7¹ 26,2¹ 25,2¹ -5,1% 92¹ 88¹ 24,9 23,8 30,6¹ 26,6¹ ¹ Inclui EBITDA Brasildental Pro Forma ABR14 MAR15 ABR15 MAR16 1T15 1T16 PÁGINA: 45 de 99

47 Comentário do Desempenho Margem EBITDA ajustado trimestral e acumulada em 12 meses (%) Resultados 4T12 31,3 30,6¹ 29,7 28,2 26,1 23,2 26,2 24,4 24,3 26,2 25,5 25,5 24,9 25,0 25,2 22,7 26,1 25,5 24,7 24,6 25,2 24,3 23,8 23,6 24,0 23,5 27,1 26,3 26,4 26,7¹ 26,7¹ 24,9 24,1 27,2¹ 23,8¹ 23,4¹ 26,6¹ 26,4¹ 26,2¹ 25,2¹ 21,2 19,5 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 2T12 3T12 4T12 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 2T14 3T14 4T14 1T15 2T15 3T15 4T15 1T16 ¹ Inclui EBITDA Brasildental Pro Forma Trimestral Acumulada em 12 meses Resultado financeiro 1T16 1T15 4T15 Δ% R$mil % ROL R$mil % ROL R$mil % ROL Resultado financeiro líquido , ,7 (1,3) ,5 (+) Receitas financeiras , ,2 28, ,7 (-) Despesas financeiras , ,5 61, ,3 (-) Tarifas bancárias 791 0, ,1 75, ,2 (-) Atualização monetária das provisões para contingências judiciais , ,4 57, ,9 (-) Outras despesas financeiras , ,1 O resultado financeiro líquido foi de R$5.050 (1,5% da ROL) no 1T16. As aplicações financeiras da OdontoPrev são compostas de cotas de fundo de investimento exclusivo e certificados de depósito bancário de instituições de primeira linha, em sua maioria, com liquidez imediata. PÁGINA: 46 de 99

48 Comentário do Desempenho R$ milhões Caixa líquido Resultados 4T T16 Imposto de renda e contribuição social 1T16 1T15 4T15 Δ% R$mil % ROL R$mil % ROL R$mil % ROL IRPJ e CSLL , ,9 (9,1) ,4 (-) Imposto de renda e contribuição social corrente , ,2 25, ,7 (-) Imposto de renda e contribuição social diferido (8.671) (2,6) ,7 - (7.411) (2,3) Alíquotas efetivas (R$ mil) 1T16 1T15 4T15 Resultado antes dos impostos e das participações (-) Participações no resultado (=) Base de cálculo IRPJ / CSLL Despesa contabilizada (-) Imposto de renda e contribuição social corrente (-) Imposto de renda e contribuição social diferido (8.671) (7.411) Total da despesa contabilizada Parcelas a amortizar a partir de Março de 2016 Período Valor do ágio (R$ mil) 2T T T Total do ágio a amortizar Alíquota efetiva corrente 39,1% 30,5% 35,1% A alíquota efetiva corrente apurada no resultado do 1T16 foi de 39,1%, devido, principalmente, ao fim do benefício do ágio (incorporação Bradesco Dental em julho de 2010). PÁGINA: 47 de 99

49 Comentário do Desempenho Lucro líquido Resultados 4T12 O lucro líquido atingiu R$ no 1T16, 1,4% superior ao 1T15. Nos últimos doze meses, o lucro foi de R$ , com ROE de 33%. Lucro Líquido R$ milhões % 18% % % % +8,7% % % 68 +1,4% ROE ABR14 MAR15 ABR15 MAR16 1T15 1T16 PÁGINA: 48 de 99

50 Comentário do Desempenho Resultados 4T12 Fluxo de caixa (em R$ mil) 1T16 1T15 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS Lucro líquido do período Ajustes para reconciliar o lucro líquido ao caixa gerado pelas atividades operacionais: Redução (aumento) nos ativos operacionais (126) Aumento (redução) nos passivos operacionais (24.918) (25.730) CAIXA GERADO (APLICADO) PELAS ATIVIDADES OPERACIONAIS FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS Aquisição de imobilizado (1.897) (2.156) Desenvolvimento de sistemas e licença de uso de software (2.362) (1.310) Adiantamento para futuro aumento de capital investida (1.125) (1.548) CAIXA GERADO (APLICADO) EM ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS (5.384) (5.014) FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS Dividendos pagos (245) (245) Juros sobre Capital próprio pagos (10.696) (7.793) Recebimento outorga de opção de ações CAIXA GERADO (APLICADO) EM ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS (10.640) (7.133) AUMENTO (REDUÇÃO) EM CAIXA, EQUIVALENTES DE CAIXA E APLICAÇÕES FINANCEIRAS CAIXA, EQUIVALENTES DE CAIXA E APLICAÇÕES FINANCEIRAS Saldo inicial Saldo final AUMENTO (REDUÇÃO) EM CAIXA, EQUIVALENTES DE CAIXA E APLICAÇÕES FINANCEIRAS R$ milhões Caixa gerado pelas atividades operacionais ABR15 MAR16 1T15 1T16 PÁGINA: 49 de 99

51 Comentário do Desempenho R$ milhões 27,4% da Receita Fluxo de caixa 1T16 Resultados 4T12 +90,2-1,1-4,3-11,0 +0,3 408,5 334,4 Caixa líquido DEZ = Caixa líquido Geração de caixa Aquisições Capex Remuneração Plano aos acionistas de opções¹ MAR16² Desde o IPO em 2006, a OdontoPrev apresentou geração de caixa de R$1.690 milhões, tendo distribuído R$1.529 milhões aos acionistas, terminando março de 2016 com caixa líquido de R$409 milhões, sem endividamento. Fluxo de caixa desde IPO de 2006 R$ milhões 22,8% da Receita +329, ,4-15,0 Recompra de ações -120,4-81,2-362,5 Restituições de Capital ,2 Dividendos e JCP 204,7 IPO Caixa líquido DEZ06 Geração de caixa ,7-85, = Aquisições Capex Remuneração aos acionistas Plano de opções³ 408,5 Caixa líquido MAR16² ¹ Recebimento de outorga de opções de ação. ² Inclui caixa vinculado à ANS de R$77,1 milhões e INSS de dentistas individuais credenciados de R$221,7 milhões. ³ Programa de recompra, visando o exercício de opções. PÁGINA: 50 de 99

52 Comentário do Desempenho Resultados Investimentos 4T12 O Desenvolvimento de sistemas e Equipamentos de computação representam os maiores itens de investimento. (em R$ mil) 1T16 1T15 Desenvolvimento de sistemas, aquisição e licença de uso de software Equipamentos de computação Equipamentos odontológicos, móveis e utensílios Benfeitorias em instalações Veículos - 97 Outros 96 - Total dos investimentos (CAPEX) EBITDA Ajustado e CAPEX R$ milhões 327¹ ¹ 92¹ 88¹ 7,0 10,6 10,9 18,5 13,9 14,8 3,4 4, ABR15 MAR16 1T15 1T16 ¹ Inclui EBITDA Brasildental Pro Forma EBITDA ajustado CAPEX PÁGINA: 51 de 99

53 Comentário do Desempenho Resultados 4T12 Demonstração do valor adicionado (DVA) (em R$mil) 1T16 1T15 Receitas Insumos adquiridos de terceiros ( ) ( ) (=) VALOR ADICIONADO BRUTO Retenções (1.752) (1.563) (=) VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA COMPANHIA Valor adicionado recebido em transferência (=) VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO ( ) 100% ( ) 100% Pessoal (25.652) 15,2% (23.265) 14,5% Impostos, taxas e contribuições (62.096) 36,8% (60.756) 38,0% Remuneração de capitais de terceiros (9.773) 5,8% (6.913) 4,3% Remuneração de capitais próprios (68.907) 40,8% (67.875) 42,4% Outorga de opção de ações (2.403) 1,4% (1.270) 0,8% Plano de opção de compra de ações Desde a criação do Plano em 2007, foram feitas dez outorgas, representando 3,7% do capital social da OdontoPrev. Data Opções exercidas Quantidade de opções existente em 31/03/2016* Cotação nominal da outorga (R$/ação) % IGP-M desde outorga Cotação outorga corrigida Dividendos JCP Restituições de capital 03/08/ ,74 79,53% 6,71 0,41 0,18 0,85 5,27 28/02/ ,70 67,70% 4,53 0,42 0,14 0,85 3,12 25/03/ ,47 54,67% 2,27 0,66 0,24 0,85 0,52 11/08/ ,31 47,26% 6,35 1,47 0,46-4,41 20/09/ ,96 35,48% 9,42 1,30 0,31-7,82 20/09/ ,22 25,36% 10,30 1,05 0,24-9,02 20/08/ ,44 21,88% 9,07 0,77 0,19-8,11 25/02/ ,30 17,00% 8,54 0,70 0,16-7,68 Valor da outorga atualizado 26/05/ ,79 ** ** ** ** ** 10,79 19/11/ ,81 ** ** ** ** ** 9,81 Total * Após desdobramento de ações em 01/07/2010 e 02/04/2012. ** Novo plano de opções aprovado em Assembleia de maio/ de março de 2016 (R$/ação) Agenda com o mercado PÁGINA: 52 de 99

54 Comentário do Desempenho Resultados 4T12 Remuneração aos acionistas Dividendos (DIV), juros sobre capital próprio (JCP), restituição de capital (RC) e recompra de ações (REC) - R$ mil Competência Pagamento Aprovação Posição acionária Tipo Valor R$ Total anual /04/2006 DIV Lucro do exercício: R$ /06/ /05/ DIV /10/ /10/ DIV Competência 2006 Total pago em 2006: R$ /05/ /04/ /04/2007 DIV Lucro do exercício: R$ /09/ /08/ /08/2007 JCP /09/ /08/ /08/2007 DIV Competência 2007 Total pago em 2007: R$ /01/ /12/ /12/2007 JCP Lucro do exercício: R$ /09/ /08/ /08/2008 JCP /12/ /11/ /11/2008 JCP REC Total pago em 2008: Competência /01/ /12/ /12/2008 JCP R$ /05/ /04/ /04/2009 DIV Lucro do exercício: R$ /09/ /08/ /08/2009 JCP REC Total pago em 2009: Competência 2009¹ /02/ /12/ /12/2009 DIV R$ /04/ /12/ /03/2010 RC Lucro do exercício: R$ /06/ /05/ /05/2010 RC /12/ /11/ /11/2010 DIV /12/ /11/ /11/2010 JCP Competência 2010 Total pago em 2010: R$ /05/ /04/ /04/2011 DIV Lucro do exercício: R$ /09/ /08/ /08/2011 DIV /09/ /08/ /08/2011 JCP Total pago em 2011: Competência 2011² /01/ /12/ /12/2011 JCP R$ /04/ /04/ /04/2012 DIV Lucro do exercício: R$ /05/ /04/ /04/2012 JCP /05/ /04/ /04/2012 DIV /08/ /07/ /07/2012 JCP /08/ /07/ /07/2012 DIV /11/ /10/ /10/2012 JCP /11/ /10/ /10/2012 DIV Competência Total pago em 2012: R$ /05/ /04/ /04/2013 DIV Lucro do exercício: R$ /04/ /03/ /03/2013 JCP /06/ /04/ /04/2013 DIV /07/ /06/ /06/2013 JCP /09/ /07/ /07/2013 DIV /11/ /10/ /10/2013 JCP /12/ /10/ /10/2013 DIV Competência Total pago em 2013: R$ /01/ /12/ /12/2013 JCP Lucro do exercício: R$ /04/ /03/ /03/2014 JCP /06/ /04/ /04/2014 DIV /06/ /04/ /04/2014 DIV /07/ /06/ /06/2014 JCP Competência /09/ /07/ /07/2014 DIV R$ /10/ /09/ /09/2014 JCP /12/ /10/ /10/2014 DIV Total pago em 2014: /01/ /12/ /12/2014 JCP Lucro do exercício: R$ /04/ /03/ /03/2015 JCP /05/ /04/ /04/2015 DIV /06/ /04/ /04/2015 DIV /07/ /06/ /06/2015 JCP Competência /09/ /07/ /07/2015 DIV R$ /10/ /09/ /09/2015 JCP /12/ /10/ /10/2015 DIV Lucro do exercício: R$ Total pago em 2015: /01/ /12/ /12/2015 JCP /04/ /03/ /03/2016 JCP Total pago em 2016: /05/ /04/ /04/2016 DIV /06/ /04/ /04/2016 DIV Total a ser pago em 2016: Total ¹ R$ dividendos pagos com reserva estatutária ² R$ dividendos pagos com reserva estatutária 3 R$ dividendos pagos com reserva estatutária 4 R$ dividendos pagos com reserva estatutária 5 R$ dividendos pagos com reserva estatutária 6 R$ dividendos pagos com reserva estatutária PÁGINA: 53 de 99

55 Comentário do Desempenho Resultados Agenda com o mercado 4T12 Remuneração aos acionistas Mercado de Capitais O retorno de ODPV3, incluindo dividendos e JCP, tem superado o IBX. 600 Retorno total aos acionistas OdontoPrev desde IPO x IBX +526% IBX +52% 0 ODPV3: IBX: ,1% +30,8% -46,0% +182,6% +80,4% +8,0% +25,4% -5,2% +4,5% +0,1% +6,9% +47,8% -41,8% +72,8% +2,6% -11,4% +11,5% -3,1% -2,8% -12,4% ,8% +13,9% Fonte: BM&FBovespa; atualizado em No 1T16, o retorno total ao acionista OdontoPrev foi de 21%, versus variação de 14% do IBX. 30 Retorno total aos acionistas OdontoPrev 1T % IBX +14% Janeiro Fevereiro Março Fonte: BM&FBovespa; atualizado em PÁGINA: 54 de 99

56 Comentário do Desempenho Resultados 4T12 A liquidez das ações foi crescente no 1T16, atingindo a média de R$20 milhões por pregão, nos 30 dias encerrados em 31 de março. Liquidez das ações OdontoPrev Atualizado em 31/3/ dias 90 dias 60 dias 30 dias Negociação diária (R$ milhões) Número de negócios por dia A OdontoPrev tem obtido participação crescente em todas as carteiras teóricas das quais participa: Peso de ODPV3 em carteiras Índice 2ª Prévia Quadrimestre MAI - AGO 2016 Quadrimestre JAN - ABR 2016 Quadrimestre SET - DEZ 2015 ICON 1,510% 1,265% 1,148% IVBX 0,889% 0,821% 0,281% IGNM 0,723% 0,631% 0,610% IGC 0,506% 0,453% 0,433% ITAG 0,442% 0,401% 0,390% IGCT 0,413% 0,377% 0,357% SMLL - 3,169% 2,881% MLCX 0,364% - - IBrX-100 0,338% 0,310% 0,288% IBRA 0,331% 0,304% 0,281% PÁGINA: 55 de 99

57 Comentário do Desempenho Resultados 4T12 Estrutura acionária globalizada: investidores em 34 países Custo de aquisição R$9,09 Administradores 1,51% Tesouraria 0,58% Outros 5,6% 8,1% 7,1% 4,8% 3,8% 2,4% 9,7 1,9% 50,01% Free Float 47,90% 14,5% 1,8% 1,7% 35,5% 1,1% 1,1% Capital total ações ordinárias 48% Free float ações ordinárias 0,9% Evolução do número de acionistas Investidores institucionais e pessoas físicas MAR15 JUN15 SET15 DEZ15 MAR16 PÁGINA: 56 de 99

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AES TIETE ENERGIA S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AES TIETE ENERGIA S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil) CNPJ 47.902.648/0001-17 CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos 46 Fornecedores 41.785 Aplicações Financeiras 5.541 Provisão

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ CIA DE PARTICIPAÇÕES ALIANÇA DA BAHIA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ CIA DE PARTICIPAÇÕES ALIANÇA DA BAHIA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ GUARARAPES CONFECÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ GUARARAPES CONFECÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

https://www.rad.cvm.gov.br/enet/frmprotocolo.aspx?codigoinstituicao=1&numero...

https://www.rad.cvm.gov.br/enet/frmprotocolo.aspx?codigoinstituicao=1&numero... ENET Protocolo Página 1 de 1 https://www.rad.cvm.gov.br/enet/frmprotocolo.aspx?codigoinstituicao=1&numero... 15/08/2011 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ VULCABRAS AZALEIA S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ VULCABRAS AZALEIA S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

Gas Brasiliano Distribuidora S.A.

Gas Brasiliano Distribuidora S.A. Balanço patrimonial em 31 de março (não auditado) Ativo 2016 2015 Passivo e patrimônio líquido 2016 2015 Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 78.050 132.536 Fornecedores 23.096 19.064 Contas

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ INDÚSTRIAS ROMI S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ INDÚSTRIAS ROMI S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ DURATEX S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ DURATEX S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ UNICASA INDUSTRIA DE MOVEIS S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ UNICASA INDUSTRIA DE MOVEIS S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Nivelamento de Conceitos Contábeis

Nivelamento de Conceitos Contábeis Nivelamento de Conceitos Contábeis Demonstrações Contábeis Balanço Patrimonial - BP Demonstração de Resultado do Exercício - DRE Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Substituiu a Demonstração das Origens

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ROSSI RESIDENCIAL SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ROSSI RESIDENCIAL SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ SUL AMERICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ SUL AMERICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ MARISA LOJAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ MARISA LOJAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ OI S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2. Balanço Patrimonial Passivo 4

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ OI S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2. Balanço Patrimonial Passivo 4 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ PORTO SEGURO SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ PORTO SEGURO SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ MARISA LOJAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ MARISA LOJAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ENERGISA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ENERGISA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ JBS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2. Balanço Patrimonial Passivo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ JBS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2. Balanço Patrimonial Passivo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

R$ ,2% R$ ,6% R$68.772

R$ ,2% R$ ,6% R$68.772 Relatório de Resultados Receita Líquida cresce 9,1%, com aceleração do PME em 16,1% e de Planos Individuais em 46,8% São Paulo, 27 de Abril de 2016. A OdontoPrev (BM&FBOVESPA: ODPV3; Bloomberg: ODPV3 BZ

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ETERNIT SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ETERNIT SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ HYPERMARCAS S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ HYPERMARCAS S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente 8 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ Inbrands S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ Inbrands S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ TELEFONICA BRASIL S.A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ TELEFONICA BRASIL S.A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ROSSI RESIDENCIAL SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ROSSI RESIDENCIAL SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CCR S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CCR S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL - ANEXO 14

BALANÇO PATRIMONIAL - ANEXO 14 ATIVO Exercício Atual PASSIVO Exercício Atual ATIVO CIRCULANTE 652.201,35 PASSIVO CIRCULANTE 236.288,68 Caixa e Equivalentes de Caixa 652.201,35 Obrigações Trabalhistas, Previdenciárias e Assistenciais

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ INDÚSTRIAS ROMI S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ INDÚSTRIAS ROMI S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - INDÚSTRIAS ROMI S.A. Versão : 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ WLM INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ WLM INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Escrituração contábil

Sumário Capítulo 1 Escrituração contábil Sumário Capítulo 1 Escrituração contábil 01 1.1 Conceito 01 1.2 Métodos de escrituração 01 1.2.1 Método das partidas dobradas 02 1.2.1.1 Funcionamento das contas nas partidas dobradas 04 1.3 Normas legais

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis 1º Trimestre 2016 DFS/DEGC/DIRE/DIAN ABRIL/2016 RELATÓRIO DE INFORMAÇÕES GERENCIAS DATAPREV COMPARATIVO 1T2015 X 1T2016 Responsáveis pela elaboração da apresentação: Jorge Sebastião

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 ATIVO CIRCULANTE

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 ATIVO CIRCULANTE BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 A T I V O 31.12.2009 31.12.2008 ATIVO CIRCULANTE 77.677 45.278 DISPONIBILIDADES 46 45 APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ 1.641 314 APLICAÇÕES EM

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO CNPJ / BALANÇO PATRIMONIAL - EM R$. 1,00

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO CNPJ / BALANÇO PATRIMONIAL - EM R$. 1,00 COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO CNPJ. 13.018.171/000190 BALANÇO PATRIMONIAL EM R$. 1,00 A T I V O 31.12.2007 31.12.2006 ATIVO CIRCULANTE 138.417.550 134.143.301 Caixa e Bancos 1.286.238 3.838.555

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ Harpia Ômega Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ Harpia Ômega Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ Inbrands S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ Inbrands S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2014 - Inbrands S.A. Versão : 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração

Leia mais

Informações Contábeis Trimestrais. Magnesita Refratários S.A.

Informações Contábeis Trimestrais. Magnesita Refratários S.A. Informações Contábeis Trimestrais Magnesita Refratários S.A. 30 de setembro de 2016 com Relatório dos Auditores Independentes Índice Magnesita Refratários S.A. Relatório sobre a revisão de informações

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

ENCERRAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 17/01/2013 LUCIANO PERRONE

ENCERRAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 17/01/2013 LUCIANO PERRONE ENCERRAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 17/01/2013 LUCIANO PERRONE Introdução Enquadramento conforme as Novas Normas Contábeis IFRS. SOCIEDADES ANÔNIMAS DE CAPITAL ABERTO SOCIEDADES DE GRANDE PORTE

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ LINX S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ LINX S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

PERMANENTE

PERMANENTE BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2009 E 2008 A T I V O 30.06.2009 30.06.2008 ATIVO CIRCULANTE 62.969 46.291 DISPONIBILIDADES 46 47 APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ 13.419 593 APLICAÇÕES EM

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ SUZANO HOLDING S.A. (EX-NEMOFEFFER S.A.) Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ SUZANO HOLDING S.A. (EX-NEMOFEFFER S.A.) Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BRASIL PHARMA S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BRASIL PHARMA S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

8.000 ATIVO CIRCULANTE

8.000 ATIVO CIRCULANTE BALANÇO PATRIMONIAL DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO Ativo X0 X1 Receita de Vendas 8.000 ATIVO CIRCULANTE 500 2.150 (-) CPV -5.000 Caixa 100 1.000 Lucro Bruto 3.000 Bancos 200 100 (-) Despesas financeiras -1.500

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ MARCOPOLO SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ MARCOPOLO SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Disciplina: Noções de Contabilidade para Administradores (EAC0111) Turmas: 01 e 02 Tema 4: Balanço Patrimonial Prof.: Márcio Luiz Borinelli

Disciplina: Noções de Contabilidade para Administradores (EAC0111) Turmas: 01 e 02 Tema 4: Balanço Patrimonial Prof.: Márcio Luiz Borinelli USP/FEA/EAC Curso de Graduação em Administração Disciplina: Noções de Contabilidade para Administradores (EAC0111) Turmas: 01 e 02 Tema 4: Balanço Patrimonial Prof.: Márcio Luiz Borinelli 1 DEMONSTRAÇÕES

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ KLABIN S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ KLABIN S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Prof. Flávio Smania Ferreira 5 termo ADMINISTRAÇÃO GERAL e-mail: flavioferreira@live.estacio.br blog: http://flaviosferreira.wordpress.com Demonstrações Contábeis: Representa

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ NEOENERGIA S.A Versão : 2. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ NEOENERGIA S.A Versão : 2. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Diário Oficial. Índice do diário Outros. Prefeitura Municipal de Ribeira do Amparo. Outros - BALANÇO ANUAL Páginas:

Diário Oficial. Índice do diário Outros. Prefeitura Municipal de Ribeira do Amparo. Outros - BALANÇO ANUAL Páginas: Páginas: 48 Índice do diário Outros Outros - BALANÇO ANUAL 2015 Página 1 Outros Outros BALANÇO ANUAL 2015 - BA (Poder Executivo) DCA-Anexo I-AB Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo Padrao Balanço Patrimonial

Leia mais

ELETROBRÁS TERMONUCLEAR S.A. ELETRONUCLEAR CNPJ: / DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31/09/2005

ELETROBRÁS TERMONUCLEAR S.A. ELETRONUCLEAR CNPJ: / DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31/09/2005 ELETROBRÁS TERMONUCLEAR S.A. CNPJ: 42.540.2 11/000 1-6 7 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31/09/2005 BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE SETEMBRO A T I V O 2005 2004 CIRCULANTE Numerário disponível 805 12.378 Aplicações

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ RANDON S.A. IMPLEMENTOS E PARTICIPAÇÕES Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ RANDON S.A. IMPLEMENTOS E PARTICIPAÇÕES Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFC DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA

DFC DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA DFC DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA Base Legal CPC 03 e Seção 07 da NBC TG 1.000 O presente auto estudo embasará os conceitos e procedimentos técnicos contemplados no CPC 03 (IFRS Integral) e na Seção 07

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS (DOAR)

DEMONSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS (DOAR) 1 de 8 31/01/2015 14:50 DEMONSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS (DOAR) Até 31.12.2007, a Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos (DOAR) era obrigatória para as companhias abertas e

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CCR S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CCR S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração

Leia mais

Modelo de Plano de Contas Detalhado

Modelo de Plano de Contas Detalhado Modelo de Plano de Contas Detalhado Código da Conta Descrição da Conta 1. A T I V O 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.1.01 DISPONÍVEL 1.1.01.01 Caixa 1.1.01.02 Bancos c/ Movimento 1.1 01.03 Aplicações Financeiras

Leia mais

31/03/ /12/ /03/ /12/2015 Caixa e Bancos Aplicações financeiras

31/03/ /12/ /03/ /12/2015 Caixa e Bancos Aplicações financeiras NOTAS EXPLICATIVAS DAS INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS - ITR (Em milhares de Reais, exceto quando indicado de outra forma) 1 - CONTEXTO OPERACIONAL Bicicletas Monark S.A. ( Companhia ) tem por objetivo a industrialização

Leia mais

Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. Balanço Patrimonial Consolidado em 31 de dezembro de 2014 Em milhares de reais

Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. Balanço Patrimonial Consolidado em 31 de dezembro de 2014 Em milhares de reais Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. Balanço Patrimonial Consolidado em 31 de dezembro de 2014 Em milhares de reais Ativo Passivo e Patrimônio Líquido Circulante R$ Circulante R$ Caixa e equivalentes

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ WLM INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. Versão : 3. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ WLM INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. Versão : 3. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 São Paulo, 03 de agosto de 2006. Confab Industrial S.A. (BOVESPA:CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes aos

Leia mais

Informações trimestrais em 30 de junho de 2014

Informações trimestrais em 30 de junho de 2014 Companhia de Locação das Américas Informações trimestrais em KPDS 93641 Conteúdo Comentário de desempenho do trimestre 3 Relatório sobre a revisão de informações trimestrais - ITR 5 Formulário de informações

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ USINAS SIDERURGICAS DE MINAS GERAIS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ USINAS SIDERURGICAS DE MINAS GERAIS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ VIA VAREJO S/A Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ VIA VAREJO S/A Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas de Resultado).

É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas de Resultado). Olá, meus amigos! Tudo bem? É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas de Resultado). O plano foi elaborado pelo nosso

Leia mais

É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas Patrimoniais).

É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas Patrimoniais). Olá, meus amigos! Tudo bem? É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas Patrimoniais). O plano foi elaborado pelo nosso

Leia mais

Divulgação de Resultados. Alteração no Agrupamento de Custos e Despesas e Revisão da Forma e Conteúdo do Demonstrativo de Fluxo de Caixa

Divulgação de Resultados. Alteração no Agrupamento de Custos e Despesas e Revisão da Forma e Conteúdo do Demonstrativo de Fluxo de Caixa Divulgação de Resultados Alteração no Agrupamento de Custos e Despesas e Revisão da Forma e Conteúdo do Demonstrativo de Fluxo de Caixa Objetivos e documentos impactados Objetivo: Agrupamento de Custos

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ DIRECIONAL ENGENHARIA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ DIRECIONAL ENGENHARIA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ MARFRIG GLOBAL FOODS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ MARFRIG GLOBAL FOODS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CIELO S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CIELO S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ CPFL ENERGIA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ CPFL ENERGIA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ BRF SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ BRF SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

2º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS

2º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS fg 2º TRIMESTRE DE 2016 Retomada do crescimento de vendas totais e mesmas lojas, aliada a ganho consistente de market share no mercado total a. A receita líquida totalizou R$4,3 bilhões no 2T16, com retomada

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ RUMO LOGÍSTICA OPERADORA MULTIMODAL S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ RUMO LOGÍSTICA OPERADORA MULTIMODAL S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ MINUPAR PARTICIPACOES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ MINUPAR PARTICIPACOES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ AMERICAN BANKNOTE S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ AMERICAN BANKNOTE S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Fluxo de Caixa

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ CIA BRASILIANA DE ENERGIA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ CIA BRASILIANA DE ENERGIA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ SARAIVA SA LIVREIROS EDITORES Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ SARAIVA SA LIVREIROS EDITORES Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CCR S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CCR S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ BRASIL BROKERS PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ BRASIL BROKERS PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Tribunais - Exercícios AFO e Direito Financeiro Exercício - Contabilidade Alexandre Américo

Tribunais - Exercícios AFO e Direito Financeiro Exercício - Contabilidade Alexandre Américo Tribunais - Exercícios AFO e Direito Financeiro Exercício - Contabilidade Alexandre Américo 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. MÓDULO DE QUESTÕES DE CONTABILIDADE

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ Ambev S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ Ambev S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Contabilidade Introdutória

Contabilidade Introdutória Contabilidade Introdutória Profa. Mara Jane Contrera Malacrida 1 Ö : Parte residual do patrimônio Riqueza líquida da empresa PL = Ativo Passivo Evidencia os recursos dos proprietários aplicados no empreendimento

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ALGAR TELECOM S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ALGAR TELECOM S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração

Leia mais

Nivelamento de Conceitos Contábeis

Nivelamento de Conceitos Contábeis Nivelamento de Conceitos Contábeis Demonstrações Contábeis Balanço Patrimonial - BP Demonstração de Resultado do Exercício - DRE Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Substituiu a Demonstração das Origens

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ MAGAZINE LUIZA S.A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ MAGAZINE LUIZA S.A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ AÇÚCAR GUARANI S/A / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ AÇÚCAR GUARANI S/A / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/12/28 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EDP ENERGIAS DO BRASIL S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EDP ENERGIAS DO BRASIL S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ TRACTEBEL ENERGIA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ TRACTEBEL ENERGIA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL. Saldos em 31/12/2013

BALANÇO PATRIMONIAL. Saldos em 31/12/2013 PARTIDO: BALANÇO PATRIMONIAL ORGÃO DO PARTIDO UF EXERCÍCIO CÓDIGO CONTA Saldos em 31/12/2014 Saldos em 31/12/2013 CÓDIGO 1.1. ATIVO CIRCULANTE 2.1. PASSIVO CIRCULANTE 1.1.1. ATIVO CIRCULANTE - FUNDO PARTIDÁRIO

Leia mais

MENDES JUNIOR ENGENHARIA S/A 8ª Emissão de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

MENDES JUNIOR ENGENHARIA S/A 8ª Emissão de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 MENDES JUNIOR ENGENHARIA S/A 8ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE MENDES JUNIOR

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ RAIA DROGASIL SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ RAIA DROGASIL SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ PDG REALTY SA EMPREENDIMENTOS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ PDG REALTY SA EMPREENDIMENTOS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ CENTRAIS ELÉTRICAS DE SANTA CATARINA SA / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ CENTRAIS ELÉTRICAS DE SANTA CATARINA SA / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF DFP - DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS PADRONIZADAS EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Data-Base - 31/12/28 Legislação Societária O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2016 - IDEIASNET SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2016 - IDEIASNET SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais