Nota: Não atenderemos servidores pensionistas, designados, contratados e soldados de 2 classe da PMMG.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Nota: Não atenderemos servidores pensionistas, designados, contratados e soldados de 2 classe da PMMG."

Transcrição

1 PUBLICO ALVO Servidores efetivos, aposentados da Polícia Militar de Minas Gerais. ATENÇÂO para os cargos atípicos ao seguimento militar, como professor, assistente administrativo entre outros, se fará necessário verificar no órgão por intermédio da Agência BH, se os mesmos são efetivos ou contratados. Para os casos de analfabetos e deficientes visuais, devemos seguir a regra abaixo: Até R$ 3.500,00 (com assinatura de duas testemunhas) Superior a R$ 3.500,01 (com procuração pública) Nota: Não atenderemos servidores pensionistas, designados, contratados e soldados de 2 classe da PMMG. FOLHA DE PAGAMENTO A folha de pagamento é paga por várias Instituições Financeiras sendo que os servidores recebem até o 5º dia útil de cada mês. CÁLCULO DE MARGEM Margem = (((Somatório de verbas fixas descontos obrigatórios) * 30%) - descontos facultativos)*98%. PORCENTAGEM DA MARGEM A SER UTILIZADA 98%. QUANTIDADE DE EMPRÉSTIMO POR SERVIDOR 5 contratos por matrícula, devendo respeitar a margem de 30%. DECRETO , 25/09/2007 Regulamenta a Lei nº , de / Lei nº , 13/01/2011 / DECRETO DE 22/07/2011 Art. 1º A consignação em folha de pagamento do servidor público ativo, inativo e pensionista da administração direta, autárquica e fundacional do Estado pode ser compulsória ou facultativa. 1º Consignação compulsória é o desconto incidente sobre a remuneração, provento ou pensão, efetuado por força de lei ou decisão judicial, compreendendo: I - contribuição para instituto de previdência de servidor público; II - pensão alimentícia fixada e determinada em juízo; III - imposto sobre a renda e proventos de qualquer natureza; IV - reposição e indenização ao erário; V - cumprimento de decisão judicial; VI - outros descontos instituídos por lei. 2º Consignação facultativa é o desconto incidente sobre a remuneração, provento ou pensão, efetuado com autorização formal do consignado, para custear: I - contribuição a favor de partido político e mensalidade a favor de entidade sindical; II - mensalidade e pecúlio instituídos para participação em entidade representativa de servidores; III - contribuição para capitalização a favor de cooperativa instituída de acordo com a Lei Federal nº 5.764, de 16 de dezembro de 1971; IV - mensalidade de seguro de vida e de acidentes pessoais, individual ou em grupo, instituído em favor do servidor e de seus beneficiários ou pensionista, prestado por sociedade seguradora, ou entidade representativa de servidores, sendo esta a estipulante da apólice do seguro em grupo, ou ainda, quando o estipulante foro órgão de lotação ou exercício do servidor; Pág. 1 de 39

2 V - mensalidade de plano de benefícios instituído em favor do servidor e de seus beneficiários ou pensionistas, prestado por entidade de previdência complementar; VI - mensalidade de plano ou seguro de saúde instituído em favor do servidor e de seus beneficiários ou pensionistas, prestado por instituição mantenedora ou administradora de plano ou seguro de saúde, ou entidade representativa de servidores públicos, sendo esta a contratante do plano ou seguro; VII - amortização de financiamento de empréstimo mercantil; VIII - despesas relativas aos gêneros de alimentação, saúde e segurança, a favor de entidade representativa de servidores públicos e pensionistas; IX - despesas relativas aos gêneros de alimentação, saúde e segurança, a favor de cooperativa de consumo, de entidade sindical e de entidade representativa dos servidores militares; X - despesas relativas à aquisição de fardamento e seus acessórios para os militares da Polícia Militar de Minas Gerais -PMMG e do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais - CBMMG; XI - mensalidade para custeio de ensino superior, técnico e profissionalizante, cursado pelo servidor e seus beneficiários ou pensionista, a favor de entidade representativa de servidores públicos ou diretamente a favor do estabelecimento de ensino, se este pertencer a órgão ou entidade da administração pública estadual; XII - prestação referente a financiamento habitacional e imobiliário. Art. 2º Para efeito do disposto neste Decreto, considera-se consignatário o destinatário dos créditos resultantes das consignações compulsórias e facultativas; consignado, o servidor, o militar e pensionista vinculado ao Poder Executivo. Parágrafo único. A consignação facultativa não se aplica ao servidor e pensionista sujeito à condição de tutelado e curatelado, ao pensionista menor de vinte e um anos e ao pensionista portador de invalidez temporária, exceto se consignação a favor do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais - IPSEMG e do Instituto de Previdência dos Servidores Militares do Estado de Minas Gerais - IPSM. Art. 3º Somente serão admitidos como consignatários para efeito de consignação facultativa: I - o Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais - IPSEMG e o Instituto de Previdência dos Servidores Militares do Estado de Minas Gerais - IPSM; II - instituição constituída sob a forma de cooperativa, de acordo com a Lei Federal nº 5.764, de 1971; III - entidade sindical; IV - partido político; V - entidade de classe, associação ou clube representativo de servidor e pensionista; VI - entidade de previdência pública ou privada registrada na Secretaria de Previdência Complementar do Ministério da Previdência Social; VII - sociedade seguradora, com funcionamento autorizado pela Superintendência de Seguros Privados - SUSEP, do Ministério da Fazenda; VIII - entidade de previdência complementar, observados os critérios estabelecidos na legislação federal, e com funcionamento autorizado pela Superintendência de Seguros Privados - SUSEP,órgão do Ministério da Fazenda, ou pela Secretaria de Previdência Complementar - SPC, órgão do Ministério da Previdência Social,conforme o caso; IX - instituição mantenedora ou administradora de plano ou seguro de saúde; X - instituição bancária ou financeira credenciada pelo Banco Central do Brasil. Art. 4º Somente será permitida a admissão de consignatário a que se refere o inciso V do art. 3º, legalmente constituído como entidade de classe, associação ou clube representativo de servidores públicos, observados os seguintes requisitos: I - que no mínimo, um terço da diretoria e órgãos colegiados sejam compostos por servidores públicos efetivos, ativos ou inativos, do Estado de Minas Gerais; II - que membro da diretoria ou de órgãos colegiados não represente mais de uma entidade de classe, associação ou clube, já credenciado como consignatário; e III - que membros da diretoria ou de órgãos colegiados não sejam parentes em linha reta, em qualquer grau, e em linha colateral, até o 3º grau e afins. Art. 9º A consignação facultativa será descontada em folha de pagamento, mediante autorização prévia e expressa do servidor, do militar do Estado ou pensionista, em favor do consignatário, por meio de formulário próprio e individual, na forma dos Anexos, devendo constar validação dos dados pessoais e funcionais por responsável pela Unidade de Recursos Humanos do órgão de origem ou exercício do servidor e do militar, pela Unidade de Concessão e Pagamento de Benefício ao pensionista, ou com firma reconhecida em serventia notarial. 1º São órgãos competentes para validação de dados pessoais e funcionais: I - na Capital: a) Unidade de Recursos Humanos do órgão da origem ou do exercício, se servidor civil ou militar: b) Setor de Pensões Especiais da SEPLAG, se pensionista pago por esta Secretaria; Pág. 2 de 39

3 c) Departamento de Concessão de Benefícios da Diretoria de Previdência do IPSEMG, se pensionista pago pelo Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais; II - nas localidades no interior do Estado: a) Superintendências Regionais de Ensino, para servidor da Secretaria de Estado de Educação; b) Administrações Fazendárias e Delegacias Fiscais, para servidor da Secretaria de Estado de Fazenda; c) Coordenadorias Regionais da SEPLAG, para servidor ativo e inativo de quaisquer órgãos da administração direta, autárquica e fundacional, e pensionista especial pago pela SEPLAG. 2º A validação dos dados dos servidores, dos militares e pensionistas ou o reconhecimento de firma são dispensados quando se tratar de consignação referente à mensalidade em favor de entidade sindical, contribuição para partido político e entidade de classe, associação ou clube representativos dos militares do Estado. 3º A validação dos dados pessoais e funcionais dos servidores, dos militares e pensionistas só poderá ocorrer após o confronto dos dados informados na autorização de desconto com os dados constantes do sistema de gerenciamento de pessoal e processamento da folha de pagamento; havendo divergência de dados fica inviabilizada a consignação do desconto em folha de pagamento. 4º A efetivação de consignação de desconto sem a autorização do servidor, do militar ou pensionista implica em dever de indenização correspondente a dez vezes o valor descontado, sem prejuízo de instauração de processo de descredenciamento previsto nos arts. 5º e 8º. 5º É vedada a estipulação contratual de cláusula que impossibilite, exonere ou atenue as obrigações de indenização, contidas em legislação aplicável à matéria. 6º As autorizações de desconto em folha, na forma dos formulários próprios, anexos deste Decreto serão apresentados à SEPLAG, PMMG, CBMMG e IPSEMG e, após validação, devolvidos ao consignatário, que os manterá sob sua guarda pelo prazo mínimo de cinco anos ou pelo prazo de duração do contrato objeto da consignação e os apresentará sempre que solicitado,responsabilizando-se pelos danos resultantes de seu extravio ou perda. 7º A consignação de financiamento habitacional e imobiliário só será acatada mediante a apresentação da autorização do desconto por meio do formulário próprio com firma reconhecida em serventia notarial e do contrato de financiamento com garantia hipotecária ou fiduciária, devidamente registrado no Cartório de Registro de Imóvel, acompanhado da respectiva certidão de inteiro teor da matrícula do imóvel. 8º Em nenhuma hipótese, poderá ser descontado em folha de pagamento valor diferente do autorizado pelo servidor, pelo militar ou pensionista, ressalvada a redução do valor da parcela e o reparcelamento que não resulte em majoração da dívida já consignada. Art. 10. Para efeito de nova consignação de desconto facultativo deverão ser observados o limite e as margens consignáveis a seguir estabelecidos: 1º A soma das consignações previstas nos incisos I, II, III, IV, V, VI, VII e VIII do 2º do art. 1º não poderá exceder a trinta por cento da remuneração, provento ou pensão mensal fixa do servidor, do militar ou pensionista, deduzidas as vantagens variáveis e eventuais e os descontos obrigatórios, excetuando-se os descontos de faltas, observado o disposto no art º A soma das consignações previstas nos incisos IX, X, XI e XII do 2º do art. 1º mais a soma das consignações facultativas a favor do IPSEMG e IPSM poderão exceder ao percentual estabelecido no 1º, até o limite de sessenta por cento da remuneração, provento ou pensão mensal fixa do servidor, do militar ou pensionista, deduzidas as vantagens variáveis e eventuais e os descontos obrigatórios, excetuando-se os descontos de faltas, observado o disposto no art. 12. Art. 11. Para efeito de desconto de consignação facultativa deverão ser observados o limite e as margens consignáveis a seguir estabelecidos: 1º A soma das consignações previstas nos incisos I, II,III, IV, V, VI, VII e VIII do 2º do art. 1º não poderá exceder a trinta por cento da remuneração, provento ou pensão mensal do servidor, do militar ou pensionista, deduzidas as vantagens variáveis e os descontos obrigatórios, observado o disposto no art º A soma das consignações previstas nos incisos IX, X, XI e XII do 2º do art. 1º mais a soma da consignações facultativas a favor do IPSEMG e IPSM poderão exceder ao percentual estabelecido no 1º, até o limite de sessenta por cento da remuneração, provento ou pensão mensal fixa do servidor, do militar ou pensionista, deduzidas as vantagens variáveis e eventuais e os descontos obrigatórios, observado o disposto no art. 12. Art. 12. A soma mensal de consignações facultativas e compulsórias em folha de pagamento de servidor, de militar ou pensionista não poderá exceder a setenta por cento de remuneração, provento ou pensão. Parágrafo único. O servidor, o militar ou pensionista poderá autorizar desconto a favor de até oito consignatários, observados os limites estabelecidos nos arts. 10 e 11. Art. 13. Não havendo saldo disponível para todos os descontos facultativos autorizados, será observada a seguinte ordem de prioridade: Pág. 3 de 39

4 I - descontos facultativos a favor do IPSEMG e IPSM; II - prestação referente à imóvel residencial, adquirido pelo servidor ou pensionista, financiado segundo as regras do Sistema Financeiro Habitacional e do Sistema Financeiro Imobiliário; e. III - contribuição a favor de partido político, mensalidade a favor de entidade sindical e mensalidade a favor de entidade de classe, associação ou clube representativo dos servidores militares do Estado; IV - Antigüidade da averbação do desconto no sistema de consignações do Estado. Parágrafo único. Na impossibilidade de aplicação dos incisos do caput e em situação de saldo consignável insuficiente para todos os descontos facultativos autorizados pelo servidor, pelo militar ou pensionista, verificarse-á a possibilidade de desconto pelo valor de cada consignação, observada a ordem decrescente de valor. A Lei nº CAPÍTULO V, em seu art. 20 sobre valor mínimo para averbação, a saber: Não será averbada em folha de pagamento consignação facultativa em valor inferior a R$10,00 (dez reais). Parágrafo único. O consignatário somará os valores inferior ao disposto no caput a outras parcelas devidas pelo consignado até completar ou ultrapassar R$10,00 (dez reais), para então processar a averbação da consignação, ficando o consignatário ciente que, sobre o resultado, não poderá incidir multa, mora ou correção monetária. O decreto de 22/07/ Celebrado o contrato da consignação a que se refere o inciso VII do art. 3º, e realizada a averbação no Sistema ConsigWeb-MG, o consignatário obriga-se a liberar o valor contratado, no prazo de até dois dias úteis, crédito este que deverá ser efetuado, obrigatoriamente, em conta bancária de titularidade do consignado. VERBAS FIXAS E VARIÁVEIS VERBAS FIXAS Remuneração Básica Qüinqüênio / ADM Prêmio Produtividade Honorário Concurso DESCONTOS OBRIGATÓRIOS: IPSM Mensalidade Fundo Aposentadoria Imposto de Renda PJA Sal. Mínimo VERBAS FACULTATIVAS: Capemisa pecúlio Capemisa empréstimo Empréstimo IPSM Compra Medicamento Pág. 4 de 39

5 FORMA DE LIBERAÇÃO DE PAGAMENTO PARA O SERVIDOR DOC, TED, Crédito em conta corrente ou Poupança RÉGUA DO CONVÊNIO Operações Normais e Refinanciamento: 30m0-29/m1 vencimento 10/m2. Exemplo: Operações realizadas no período 30/10/2008 á 29/11/2008, terão o primeiro vencimento em 10/01/2009. Operações Compra de Dívida: 30/m0 22m0 vencimento 10/m2. Exemplo: Operações realizadas no período de 30/10/2008 á 22/10/2008, terão o primeiro vencimento em 10/01/2009. Régua Volatil AVERBAÇÃO SERVIDOR Havendo interesse do servidor em contratar empréstimo na Bradesco Financiamentos S/A, este deverá se dirigir até o correspondente local, de posse de dos três últimos contracheques da parte da frente (Aceitaremos contracheque original ou contracheque emitido pelo site do órgão e ou espelho emitido pelo órgão com reconhecimento do mesmo desde que siga o padrão nome, matrícula, cargo, assinatura, identificação do setor do responsável pelo reconhecimento); CORRESPONDENTE O correspondente confere o contracheque e com base no mesmo deverá calcular a margem do servidor e se o mesmo estiver de acordo com a negociação deverá colher a assinatura da Autorização para Desconto em Folha (modelo específico do PMMG) reconhecer firma em cartório da assinatura em duas vias, preencher o contrato (FBMC-700) e a Proposta de subscrição (FBMCPP-001) três vias e colher sua assinatura. O correspondente, com o fluxo acima concluído, deve acessar a NETCERTO para digitar a proposta e enviar a documentação conforme descrito no item REMESSA DA DOCUMENTAÇÃO. MESA DE ENQUADRAMENTO A mesa de enquadramento irá visualizar a proposta cadastrada na NETCERTO, efetuará a simulação de margem conforme procedimento descrito no item SIMULAÇÃO DE MARGEM (ANEXO 1), ela estando disponível e o servidor de acordo com o valor de parcela da proposta, deverá acessar ao site do CONSIG-WEB através do endereço em seguida preencher nos campos específicos, entidade, CPF e Senha. > Pág. 5 de 39

6 Deverá selecionar o campo cancelamento para liberar a margem que foi reservada no campo Empréstimo I ou II conforme o valor da parcela a ser contratada> Preencher os campos específicos Matrícula, CPF, selecione Empréstimo I ou II, código de acesso e clicar em OK. Pág. 6 de 39

7 > Confirmar o cancelamento da margem presa> > Em seguida deverá acessar inclusão/alteração > Pág. 7 de 39

8 Preencher os campos específicos Matrícula, CPF e selecione Empréstimo I ou Empréstimo II, o que estiver disponível. Pág. 8 de 39

9 Acrescentar o valor total financiado, valor e número de parcelas e clicar em gravar. A mesa visualizará a tela de confirmação de reserva de margem. Pág. 9 de 39

10 Relação de documentos a serem anexados à proposta: Autorização para Desconto em folha (modelo especifico do PMMG) assinada pelo servidor reconhecido firma ou reconhecimento pelo órgão desde que siga o padrão nome, matrícula e cargo de identificação e assinatura do responsável pelo setor de reconhecimento em duas vias; Cópia de um dos três últimos contracheques da parte da frente (Aceitaremos contracheque original ou contracheque emitido pelo site do órgão e ou espelho emitido pelo órgão com reconhecimento do mesmo desde que siga o padrão nome, matrícula, cargo, assinatura, identificação do setor do responsável pelo reconhecimento); Para os casos de margem negativa e a BP não tenha como consultar a margem no site, deverá acatar margem informada pelos Correspondentes através do CAP que é fornecida pelo próprio Órgão, legível e completo. Para os casos de margem positivo e que o BP não tenha como consultar devemos acatar a margem fornecida de outros bancos, contudo para as propostas que forem analisadas no dia posterior ao seu cadastro, ela será pendenciada pela mesa de enquadramento que solicitará ao correspondente o envio da consulta da margem atualizada. AVERBAÇÃO RENEGOCIAÇÃO NOTA: No período de processamento da folha (conforme cronograma) não será realizada análise de refinanciamento. SERVIDOR O servidor deverá se dirigir ao correspondente autorizado do Banco Bradesco Financiamentos, levando dos três últimos contracheques da parte da frente (Aceitaremos contracheque original ou contracheque emitido pelo site do órgão e ou espelho emitido pelo órgão com reconhecimento do mesmo desde que siga o padrão nome, matrícula, cargo, assinatura, identificação do setor do responsável pelo reconhecimento); CORRESPONDENTE O correspondente confere o contracheque, consulta o saldo devedor do servidor na netcerto e com base nos mesmos deverá calcular a margem do servidor e se o mesmo estiver de acordo com a renegociação deverá colher a assinatura da Autorização para Desconto em Folha (modelo específico do PMMG) reconhecer firma em cartório a assinatura em duas vias, preencher o contrato (FBMC-700) e a Proposta de subscrição (FBMCPP- 001) três vias e colher sua assinatura. O correspondente, com o fluxo acima concluído, deve acessar a NETCERTO para digitar a proposta e enviar a documentação conforme descrito no item REMESSA DA DOCUMENTAÇÃO. MESA DE ENQUADRAMENTO Nota: Antes de efetuar o procedimento abaixo, verificar através da simulação de margem (ANEXO 1) se a margem do servidor não está negativada. Na hipótese da parcela ser a maior que a refinanciada, averbar a diferença vezes 100 dividido por 98 no campo empréstimo I ou II (o campo que estiver disponível), não esquecendo de efetuar a cancelamento da simulação juntamente com a já existente para efetuar a renegociação; A mesa de enquadramento irá visualizar a proposta cadastrada na NETCERTO, e deverá alterar a averbação no site do CONSIG-WEB através do endereço e preencher os campos específicos, entidade, CPF e Senha. > Pág. 10 de 39

11 Deverá selecionar o campo cancelamento > Pág. 11 de 39

12 Preencher os campos específicos Matrícula, CPF, selecionar Empréstimo I ou II de acordo com a reserva efetuada da margem disponível para conferência e cancelar, em seguida deverá cancelar a averbação que se encontra em andamento (o contrato a ser renegociado) e averbar no lugar um novo contrato. > Confirmar o cancelamento da margem presa > Pág. 12 de 39

13 > Em seguida deverá acessar inclusão/alteração > Preencher os campos específicos Matrícula, CPF e selecione Empréstimo I ou Empréstimo II, o que estiver disponível. Pág. 13 de 39

14 Acrescentar o valor total do refinanciamento, valor e numero de parcelas e clicar em gravar. A mesa visualizará a tela de confirmação de reserva de margem. Pág. 14 de 39

15 Relação de documentos a serem anexados à proposta: Autorização para Desconto em folha (modelo especifico do PMMG) assinada pelo servidor reconhecido firma ou reconhecimento pelo órgão desde que siga o padrão nome, matrícula e cargo de identificação e assinatura do responsável pelo setor de reconhecimento em duas vias; Cópia de um dos três últimos contracheques da parte da frente (Aceitaremos contracheque original ou contracheque emitido pelo site do órgão e ou espelho emitido pelo órgão com reconhecimento do mesmo desde que siga o padrão nome, matrícula, cargo, assinatura, identificação do setor do responsável pelo reconhecimento); Para os casos de margem negativa e a BP não tenha como consultar a margem no site, deverá acatar margem informada pelos Correspondentes através do CAP que é fornecida pelo próprio Órgão, legível e completo. Para os casos de margem positivo e que o BP não tenha como consultar devemos acatar a margem fornecida de outros bancos, contudo para as propostas que forem analisadas no dia posterior ao seu cadastro, ela será pendenciada pela mesa de enquadramento que solicitará ao correspondente o envio da consulta da margem atualizada. AVERBAÇÃO NA COMPRA DE DÍVIDA SERVIDOR O servidor deverá ir até o banco onde ele possui empréstimo para solicitar seu saldo devedor. De posse deste (s) saldo (s), o mesmo deverá se dirigir ao correspondente do Banco Bradesco Financiamentos munido do último contracheque da parte da frente (Aceitaremos contracheque original ou contracheque emitido pelo site do órgão e ou espelho emitido pelo órgão com reconhecimento do mesmo desde que siga o padrão nome, matrícula, cargo, assinatura, identificação do setor do responsável pelo reconhecimento); CORRESPONDENTE O correspondente confere o contracheque e o saldo devedor do outro banco, com base nos mesmos deverá efetuar o cálculo da margem e preencher os formulários, Autorização para Desconto em Folha (modelo Pág. 15 de 39

16 específico do PMMG) com reconhecimento de firma em duas vias, proposta de subscrição (FBMCPP-001) em três vias e o contrato (FBMC-700) em três vias assinado pelo servidor; Em seguida deverá acessar a para digitar a proposta. E enviar as documentações conforme descrito no item REMESSA DE DOCUMENTOS. Nota: O correspondente será responsável por informar ao Banco Bradesco Financiamentos, da liberação da margem feita pelo Banco comprado, e somente depois de confirmada a nova reserva será liberado o saldo remanescente. MESA DE ENQUADRAMENTO A Mesa de Enquadramento será responsável por analisar a proposta, e checar a autenticidade de suas informações de acordo com critérios internos, bem como, na hipótese da nova parcela ser maior que a comprada, averbar a diferença vezes 100 dividido por 98 no ato de sua aprovação. Nota: O servidor deverá ter no mínimo R$ 10,00 de margem disponível para a compra ser realizada > Em seguida deverá acessar inclusão/alteração > Preencher os campos específicos Matrícula, CPF e selecione Empréstimo I ou Empréstimo II, o que estiver disponível. Pág. 16 de 39

17 Acrescentar o valor da diferença / no mínimo R$ 10,00 (Caso não tenha um valor maior disponível) número de parcelas e clicar em gravar. Pág. 17 de 39

18 A mesa visualizará a tela de confirmação de reserva de margem > Relação de documentos a serem anexados à proposta: Autorização para Desconto em folha (modelo especifico do PMMG) assinada pelo servidor reconhecido firma ou reconhecimento pelo órgão desde que siga o padrão nome, matrícula e cargo de identificação e assinatura do responsável pelo setor de reconhecimento em duas vias; Cópia de um dos três últimos contracheques da parte da frente (Aceitaremos contracheque original ou contracheque emitido pelo site do órgão e ou espelho emitido pelo órgão com reconhecimento do mesmo desde que siga o padrão nome, matrícula, cargo, assinatura, identificação do setor do responsável pelo reconhecimento); Nos casos de compra de dívida de outros bancos, anexar o último contracheque impreterivelmente; Cópia do CFF, RG e CNH e comprovante de endereço; Saldo devedor de o banco á ser comprado; Para os casos de margem negativa e a BP não tenha como consultar a margem no site, deverá acatar margem informada pelos Correspondentes através do CAP que é fornecida pelo próprio Órgão, legível e completo. Para os casos de margem positivo e que o BP não tenha como consultar devemos acatar a margem fornecida de outros bancos, contudo para as propostas que forem analisadas no dia posterior ao seu cadastro, ela será pendenciada pela mesa de enquadramento que solicitará ao correspondente o envio da consulta da margem atualizada. CONCILIAÇÃO E COBRANÇA A área de conciliação e cobrança será responsável por analisar a proposta e o comprovante de quitação do banco comprado, em seguida deverá acessar o site do órgão para averbar a proposta, Pág. 18 de 39

19 >deverá selecionar no menu principal a opção consulta servidor> >verificado que a mesa enquadramento averbou a diferença (margem disponível), a área de conciliação deverá cancelar essa averbação> NOTA: Caso o servidor esteja com a margem negativa, confirmado através do documento CAP, o correspondente deverá efetuar o seguinte cálculo: Somam-se as parcelas compradas de outros bancos, subtrai à margem negativa X 98%, o resultado será o valor da parcela a ser digitada. Pág. 19 de 39

20 >selecionar o campo cancelamento para liberar a margem que foi confirmada no campo Empréstimo I ou II > Pág. 20 de 39

21 Preencher os campos específicos Matrícula, CPF, selecione Empréstimo I ou II, código de acesso e clicar em OK. > Confirmar o cancelamento da margem presa > Pág. 21 de 39

22 > Em seguida deverá acessar inclusão/alteração > Preencher os campos específicos Matrícula, CPF e selecione Empréstimo I ou Empréstimo II caso o mesmo já possua outra contrato. Pág. 22 de 39

23 Acrescentar o valor total financiado, valor e número de parcelas e clicar em gravar. A área de conciliação e cobrança visualizará a tela de confirmação de averbação e deverá copiar e colar na netcerto. Pág. 23 de 39

24 COMPRA DE DÍVIDA Após ser feita a averbação a área de compra de dívida visualizará na netcerto a proposta com status averbado, deverá verificar o comprovante de quitação anexo, estando em conformidade será efetivada a Liberação do Saldo Remanescente. Relação de documentos a serem anexados à proposta: Cópia da averbação realizada pelo site do órgão; Comprovante de quitação do banco comprado; LIMITES DOS CRÉDITOS Observar os limites de idade máxima permitida pelo banco, conforme informativos da NETCERTO. Para encontrar as informações siga o caminho a seguir: Correspondente > Informações > Comunicado. ARQUIVO DE ENVIO / RETORNO Nota: O arquivo de retorno poderá se extraído no site, a partir da data a ser informada pelo cronograma mensal do órgão, deverão ser executados os procedimentos abaixo: As ADF S (Autorização de desconto em folha) serão entregues no órgão nas datas determinadas conforme cronograma mensal disponibilizado pela PMMG no site em Opções Gerais Cronograma. Características do arquivo retorno: Data: Poderá ser extraído do site a partir da data conforme cronograma mensal disponibilizado pela PMMG no site; Formato: TXT; Tipo: Desmembrado, contendo a informação de todos os contratos descontados no mês; acessar ao site do CONSIG-WEB através do endereço em seguida preencher nos campos específicos, entidade, CPF e Senha. > Pág. 24 de 39

25 > Em seguida deverá acessar movimentação mensal > arquivo resultado > > em seguida preencher com o mês e o ano do arquivo desejado > ARQUIVO RESULTADO Pág. 25 de 39

26 > aguardar o sistema gerar o arquivo > > em seguida selecionar o arquivo desejado descontos efetuados global (corresponde ao arquivo de retorno) / descontos não efetuados global (corresponde ao arquivo de crítica) > > Após clicar em download, clique em salvar e selecione o diretório em que deseja salvá-lo > Pág. 26 de 39

27 Após extrair o arquivo, basta configurá-lo para proceder com a baixa das parcelas. CALENDÁRIO / TABELA DE REFERÊNCIAS As operações captadas entre 30/M0 e 29/M1 terão vencimento da primeira parcela no dia 10/M3. INFORMAÇÕES IMPORTANTES Será necessário verificar no contra cheque o campo cargo para identificar o cargo do servidor. Atentarse para os cargos atípicos ao seguimento militar, como professor, assistente administrativo entre outros, neste caso se fará necessário verificar junto ao órgão por intermédio da Agência BH se os mesmos são efetivos ou contratados; 02 vias da ADF assinadas (modelo anexo a este roteiro), com reconhecimento de firma e SEM RASURAS; A BRADESCO PROMOTORA fará a liberação dos recursos do servidor mediante DOCUMENTOS ANEXADOS Á PROPOSTA, entretanto, é exclusivamente de responsabilidade da Promotora, o envio dos documentos físicos originais à filial BMC/BH, aos cuidados do Setor de Convênios, obedecendo ao limite da data de fechamento determinada no Cronograma do órgão e aos comunicados emitidos pela Bradesco Financiamentos; A promotora de posse do DAE referente a divida de IPSM medicamento que será lançada no contracheque do servidor poderá efetuar a compra da dívida. NO PERÍODO DE PROCESSAMENTO DA FOLHA (CONFORME CRONOGRAMA DO SITE DO ÓRGÃO) NÃO SERÁ REALIZADA ANÁLISE DE REFINANCIAMENTO; Somente será permitido REFINANCIAMENTO e COMPRA DE DIVIDA para os servidores que possuírem somente um contrato com o Banco Bradesco Financiamentos; Deverão ser rigorosamente seguidas às datas e ações determinadas pelo cronograma mensal disponibilizado pela PMMG no site em Opções Gerais Cronograma. Para contrato novo e refinanciamento será obrigatório um dos três últimos contracheques e o último contracheque para compra de dívida e o penúltimo caso a mesa julgue necessário. Nota: Aceitaremos contracheque original ou contracheque emitido pelo site do órgão e ou espelho emitido pelo Pág. 27 de 39

A folha de pagamento é paga pelo BANCO DO BRASIL S.A sendo que os servidores recebem até o 5º dia útil de cada mês.

A folha de pagamento é paga pelo BANCO DO BRASIL S.A sendo que os servidores recebem até o 5º dia útil de cada mês. PUBLICO ALVO Servidores efetivos do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais. ATENÇÂO para os cargos atípicos ao seguimento militar, como professor, assistente administrativo entre outros, se fará necessário

Leia mais

Servidores pensionistas do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais - IPSEMG

Servidores pensionistas do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais - IPSEMG PUBLICO ALVO Servidores pensionistas do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais - IPSEMG Para os casos de analfabetos e deficientes visuais, devemos seguir a regra abaixo: Até

Leia mais

Efetivos ativos 3400 Aposentados e Pensionistas 600 Pensionistas Estatutários 200

Efetivos ativos 3400 Aposentados e Pensionistas 600 Pensionistas Estatutários 200 PUBLICO ALVO Efetivos ativos, aposentados e pensionistas, identificados através do site. Nº DE FUNCIONARIOS Efetivos ativos 3400 Aposentados e Pensionistas 600 Pensionistas Estatutários 200 FOLHA DE PAGAMENTO

Leia mais

EXÉRCITO ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS

EXÉRCITO ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS PUBLICO ALVO Servidores militares ativos, inativos e pensionistas que recebam pelo Exército. Obs: Estamos efetuando empréstimos para os servidores Analfabetos, seguindo o critério abaixo: O servidor analfabeto

Leia mais

SENADO FEDERAL - DF ROTEIRO OPERACIONAL

SENADO FEDERAL - DF ROTEIRO OPERACIONAL PUBLICO ALVO Servidores ativos, inativos e pensionistas do Senado, SEEP (gráfica do Senado) e Prodasen. CÁLCULO DE MARGEM Margem = Assumir o site PORCENTAGEM DA MARGEM A SER UTILIZADA 100% da margem. QUANTIDADE

Leia mais

A folha de pagamento é paga pelo BANCO DO BRASIL S.A sendo que os servidores recebem até o 5º dia útil de cada mês.

A folha de pagamento é paga pelo BANCO DO BRASIL S.A sendo que os servidores recebem até o 5º dia útil de cada mês. PUBLICO ALVO Servidores efetivos, aposentados, pensionistas Vitalícios (mulheres viúvas - órgão/instituição 1941), Função Publica, desde que o contra cheque seja da SEPLAG (Secretaria de Planejamento e

Leia mais

SERVIDOR CORRESPONDENTE

SERVIDOR CORRESPONDENTE CONVÊNIO EMDEC CNPJ: 44.602.720/0001-00 UF: SP. PÚBLICO ALVO Efetivos/Concursados, Ativos, Inativos e Pensionistas. CÁLCULO DE MARGEM Margem = Assumir a informação do site. PERCENTUAL DE MARGEM 100% QUANTIDADE

Leia mais

CNPJ: 46.634.507/0001-06 UF: SP. SERVIDOR CORRESPONDENTE

CNPJ: 46.634.507/0001-06 UF: SP. SERVIDOR CORRESPONDENTE CONVÊNIO PREFEITURA MUNICIPAL DE SALTO CNPJ: 46.634.507/0001-06 UF: SP. PÚBLICO ALVO CLT Cargo Efetivo Ativo e CLT Cargo Efetivo Comissionado - Ativo. Observação: Para os casos de (CLT Cargo Efetivo Comissionado

Leia mais

EXÉRCITO ROTEIRO OPERACIONAL

EXÉRCITO ROTEIRO OPERACIONAL PUBLICO ALVO Servidores militares ativos, inativos e pensionistas que recebam pelo Exército. Para os pensionistas, se atentar a regra abaixo; Mulheres sempre seguindo o limite e idade pré-estabelecido.

Leia mais

PREFEITURA DE ITAPETININGA/SP ROTEIRO OPERACIONAL

PREFEITURA DE ITAPETININGA/SP ROTEIRO OPERACIONAL PÚBLICO ALVO Servidores estatutários - Identificados pela verba de cod. 01 - salário base; Celetistas concursados - Identificados através do edital de convocação. Observar a data de admissão no campo data

Leia mais

GOVERNO DA PARAIBA - PB ROTEIRO OPERACIONAL

GOVERNO DA PARAIBA - PB ROTEIRO OPERACIONAL PUBLICO ALVO Servidores Efetivos, Celetistas, PBPREV (inativo, reformado e sem vinculo) e Pensionistas que recebam pelo GOV-PB. Celetistas concursados, admitidos antes de 1983. Para os casos de analfabetos

Leia mais

PREFEITURA DE ALEXÂNIA ADITIMAIS ROTEIRO OPERACIONAL

PREFEITURA DE ALEXÂNIA ADITIMAIS ROTEIRO OPERACIONAL PÚBLICO ALVO Servidores estatutários; Podemos identificar o público alvo através do contracheque campo vínculo. Nº DE FUNCIONÁRIOS Total de funcionários 1022 Estatutários 773 Comissionados 92 Temporários

Leia mais

Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos - SIAPE ROTEIRO OPERACIONAL

Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos - SIAPE ROTEIRO OPERACIONAL PÚBLICO ALVO Servidores Ativos, Aposentados e Pensionistas. CÁLCULO DE MARGEM Acessar o site (www.intergrall.com.br). PORCENTUAL DA MARGEM A UTILIZADA 100% da margem. QUANTIDADE DE EMPRÉSTIMO POR SERVIDOR

Leia mais

GOVERNO DO PARANÁ ROTEIRO OPERACIONAL

GOVERNO DO PARANÁ ROTEIRO OPERACIONAL PUBLICO ALVO Servidores ativos, aposentados e pensionistas acima de 26 anos, que recebem pelo Governo do Estado do Paraná. CÁLCULO DE MARGEM Margem = (((Vencimento Fixo Descontos compulsórios) * 40%) -

Leia mais

RO Roteiro Operacional Corpo de Bombeiros MG

RO Roteiro Operacional Corpo de Bombeiros MG Corpo de Bombeiros Militar - MG RO.04.03 Versão: 14 RO Roteiro Operacional Corpo de Bombeiros MG Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Vers I - CONDIÇÕES GERAIS 1. PÚBLICO A SER ATENDIDO E

Leia mais

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de São Paulo - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de São Paulo - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Pref. São Paulo - SP RO.05.29 Versão: 31 Uso Externo RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de São Paulo - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS 1.1.

Leia mais

Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos - SIAPE ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS

Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos - SIAPE ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS PÚBLICO ALVO Servidores Ativos, Aposentados e Pensionistas. CÁLCULO DE MARGEM Utilizar a margem disponível no site ou contracheque. PORCENTUAL DA MARGEM A UTILIZADA Deixar R$ 1,00 (um real) de margem de

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS PUBLICO ALVO Aposentados e pensionistas que recebam pelo INSS. Empréstimos consignados para idosos aposentados, pensionistas, analfabetos ou semi-analfabetos, moradores das cidades mencionadas abaixo,

Leia mais

Obs1: Atenderemos militares ENGAJADOS com no mínimo 01 (um) ano de exercício.

Obs1: Atenderemos militares ENGAJADOS com no mínimo 01 (um) ano de exercício. PUBLICO ALVO Militares ativos, inativos e pensionistas que recebam pela Aeronáutica. Para os pensionistas, vamos atender apenas homens ex-combatentes. Obs: Podemos ter analfabetos para servidores inativos

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO OPERACIONAL

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO OPERACIONAL PUBLICO ALVO Aposentados e pensionistas que recebam pelo INSS. Empréstimos consignados para idosos aposentados, pensionistas, analfabetos ou semi-analfabetos, moradores das cidades mencionadas abaixo,

Leia mais

www.grupoequatorial.com.br

www.grupoequatorial.com.br Versão: 1 Data de Vigência: 10.10.2013 Página 1 de 6 1. Objetivo Este documento contém todas as informações necessárias para a concessão de empréstimos aos Servidores Públicos Estaduais do Governo de Minas

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS MA

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS MA E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE portabilidadeconsignado@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM margemconsignado@bancodaycoval.com.br

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO OPERACIONAL

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO OPERACIONAL PUBLICO ALVO Aposentados e pensionistas que recebam pelo INSS. Para os casos de analfabetos e deficientes visuais, é necessário de duas testemunhas, conforme regras abaixo: Uma das testemunhas tem que

Leia mais

www.grupoequatorial.com.br

www.grupoequatorial.com.br Versão: 10 Data de Vigência: 30.01.2015 Página 1 de 5 1. Objetivo Este documento contém todas as informações necessárias para a concessão de empréstimos aos Servidores Públicos Estaduais do Governo do

Leia mais

Roteiro Operacional - Banco

Roteiro Operacional - Banco Regime de Contratação (Vínculo) Categoria (Situação) Efetivo 1. PÚBLICO ALVO Todas as Secretarias Condição Estatutário Aposentado Pensionista Todas as Secretarias Todas as Secretarias Público que não atenderemos

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL BANCO DAYCOVAL SIAPE - CONSIST

ROTEIRO OPERACIONAL BANCO DAYCOVAL SIAPE - CONSIST ROTEIRO OPERACIONAL BANCO DAYCOVAL SIAPE - CONSIST Seguem abaixo as regras que deverão ser seguidas a partir do início das atividades do Correspondente Bancário Daycoval. Este documento é parte integrante

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS PUBLICO ALVO Aposentados e pensionistas que recebam pelo INSS. CÁLCULO DE MARGEM PORCENTAGEM DA MARGEM A SER UTILIZADA Operações novas: 99% da margem. Pág. 1 de 11 Refinanciamento: 95% da margem. QUANTIDADE

Leia mais

3LEI Nº 438 DE 09 DE SETEMBRO DE 2014

3LEI Nº 438 DE 09 DE SETEMBRO DE 2014 3LEI Nº 438 DE 09 DE SETEMBRO DE 2014 Dispõe sobre a consignação em folha de pagamento de agente político e servidor da administração municipal do executivo e do legislativo e dá outras providências. O

Leia mais

Atenderemos servidores ATIVOS, INATIVOS, MAGISTRADOS e PENSIONISTAS que são pagos pelo próprio TRT-RS.

Atenderemos servidores ATIVOS, INATIVOS, MAGISTRADOS e PENSIONISTAS que são pagos pelo próprio TRT-RS. BANCO CRUZEIRO DO SUL S/A CPP CRÉDITO PESSOAL PARCELADO ESTABELECIMENTO DOS CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONVÊNIO COM O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO-RS LOJA 1360 PÚBLICO ALVO Atenderemos servidores

Leia mais

Obs1: Atenderemos militares ENGAJADOS com no mínimo 01 (um) ano de exercício.

Obs1: Atenderemos militares ENGAJADOS com no mínimo 01 (um) ano de exercício. PUBLICO ALVO Servidores militares ativos, inativos e pensionistas que recebam pela Aeronáutica. Obs: Podemos ter analfabetos para servidores inativos e pensionistas. Obs1: Atenderemos militares ENGAJADOS

Leia mais

RO Roteiro Operacional SIAPE Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional SIAPE Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Servidor Civil Federal - SIAPE RO.01.01 Versão: 45 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional SIAPE Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS 1.1. AUTORIZADOS

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO EXECUTIVO FEDERAL SIAPE

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO EXECUTIVO FEDERAL SIAPE 1. OPERACIONALIZAÇÃO DAS CONTRATAÇÕES E SUPORTE Filial BV Financeira Matriz São Paulo - Fone: (11) 3252-7050. 2. PÚBLICO ALVO CONFORME LEGISLAÇÃO Servidores Ativos/Inativos; Aposentados; Cedidos; Pensionistas

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO AUTARQUIA HOSPITALAR MUNICIPAL SP

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO AUTARQUIA HOSPITALAR MUNICIPAL SP E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE portabilidadeconsignado@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM margemconsignado@bancodaycoval.com.br

Leia mais

MARINHA DO BRASIL ROTEIRO OPERACIONAL

MARINHA DO BRASIL ROTEIRO OPERACIONAL PUBLICO ALVO Militares ativos, inativos e pensionistas. Para os pensionistas, se atentar a regra abaixo; Mulheres sempre seguindo o limite e idade pré-estabelecido. Homens apenas para Ex-combatente. CÁLCULO

Leia mais

RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados MARINHA DO BRASIL RO. 03.03 Versão: 38 Exclusivo para Uso Interno RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS Categorias

Leia mais

RO Roteiro Operacional. Servidor Civil Federal SIAPE

RO Roteiro Operacional. Servidor Civil Federal SIAPE RO Roteiro Operacional Servidor Civil Federal - SIAPE RO.02.01 Versão: 29 Exclusivo para Uso Interno Servidor Civil Federal SIAPE Área responsável: Gerência Produtos Consignados I - CONDIÇÕES GERAIS 1.

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO SIAPE MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO SIAPE MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM siape@bancodaycoval.com.br Versão: 05/15 MESA DE

Leia mais

Roteiro Operacional do Crédito Consignado Exército do Brasil

Roteiro Operacional do Crédito Consignado Exército do Brasil 1. DEFINIÇÃO DO PRODUTO Operação de Crédito Consignado em Folha de Pagamento para os Militares do Exército (ativos e pensionistas), abrangendo o Comando do Exército do, mediante convênio com o Banco Industrial.

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS Março/2008 Sumário Sistema Automatizado de Consignação...3 PRconsig...3 Orientações

Leia mais

RO Roteiro Operacional. Comando do Exército Brasileiro

RO Roteiro Operacional. Comando do Exército Brasileiro RO Roteiro Operacional EXÉRCITO [RO. 03.02] Versão: 45 Exclusivo para Uso Interno Comando do Exército Brasileiro Área responsável: Gerência de Produtos Consignados I - CONDIÇÕES GERAIS 1. PÚBLICO A SER

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA - BA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA - BA Áreas Envolvidas: Área Responsável Negócio Gerência Geral Comercial Ricardo Silva Roteiro Operacional Promotora Gerência Regional Comercial Ricardo Silva Versão: 01/13 Gerência Comercial Comercial Itana

Leia mais

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Fortaleza CE Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Fortaleza CE Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Prefeitura de Fortaleza CE RO. 05.060 Versão: 1 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Fortaleza CE Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO - SP

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO - SP Áreas Envolvidas: Área Responsável Negócio Gerência Geral Comercial Ricardo Silva Roteiro Operacional Promotora Gerência Regional Comercial Leandro Moraes Versão: 01/13 Gerência Comercial Comercial Leandro

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS PUBLICO ALVO Aposentados e pensionistas INSS com empréstimo em outra instituição bancária. CÁLCULO DE MARGEM (PARCELA MÁXIMA A SER UTILIZADA NA NOVA OPERAÇÃO) PORCENTAGEM DA MARGEM A SER UTILIZADA Utilização

Leia mais

Regras de Negócios SIAPE

Regras de Negócios SIAPE Regras de Negócios Versão 08082011 POLÍTICA DE CRÉDITO RECURSOS PRÓPRIOS 1. Públicos alvo Servidores ativos, inativos, aposentados e pensionistas vitalícios vinculados ao Sistema Integrado de Administração

Leia mais

RO Roteiro Operacional. Prefeitura de Campinas - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional. Prefeitura de Campinas - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados RO Roteiro Operacional Pref. Campinas - SP RO.05.145 Versão: 01 Excluso para Uso Interno Prefeitura de Campinas - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS

Leia mais

RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Governo de Minas Gerais MG Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Governo de Minas Gerais MG Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Gov. Minas Gerais - MG ROC.04.01 Versão: 07 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Governo de Minas Gerais MG Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

Leia mais

Capítulo I Disposições Preliminares

Capítulo I Disposições Preliminares DECRETO Nº 45.336, DE 25 DE MARÇO DE 2010 Regulamenta a Lei nº 15.025, de 19 de janeiro de 2004, que dispõe sobre consignação em folha de pagamento do servidor público ativo, inativo e pensionista do Estado,

Leia mais

3. Digitar Matrícula, CPF e Caracteres Solicitados: 1. PÚBLICO ALVO

3. Digitar Matrícula, CPF e Caracteres Solicitados: 1. PÚBLICO ALVO Instituto de Previdência dos Servidores Militares - IPSM - MG ROC.04.03 Versão: 06 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Inst. de Prev. dos Servidores Militares

Leia mais

IPREM Instituto de Previdência Municipal de São Paulo

IPREM Instituto de Previdência Municipal de São Paulo ROTEIRO OPERACIONAL CDC SERVIDOR PÚBLICO IPREM Instituto de Previdência Municipal de São Paulo Entidades: 225 - Servidor 241 - Pensionista Publicação: 01.07.2015 Próxima atualização: 01.07.2016 Classificação

Leia mais

Governo do Estado de São Paulo SEFAZ e Autarquias

Governo do Estado de São Paulo SEFAZ e Autarquias ROTEIRO OPERACIONAL CDC SERVIDOR PÚBLICO Governo do Estado de São Paulo SEFAZ e Autarquias Entidades: 4193 POLICIA MILITAR Publicação: 01.07.2015 4194 SP PREV Próxima atualização: 01.07.2016 4195 - SEFAZ

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO COMANDO DA AERONÁUTICA

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO COMANDO DA AERONÁUTICA E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE portabilidadeconsignado@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM margemconsignado@bancodaycoval.com.br

Leia mais

Roteiro Operacional (Parceiros) CARTÃO CONSIGNADO INTERMEDIUM Governo do Estado de Minas Gerais e Autarquias

Roteiro Operacional (Parceiros) CARTÃO CONSIGNADO INTERMEDIUM Governo do Estado de Minas Gerais e Autarquias Características Básicas do Produto Público Alvo: Servidores e Pensionistas do Governo do Estado de Minas Gerais e autarquias: SEPLAG, PMMG, IPSM, IPSEMG, Bombeiros e Defensoria Pública. Situação Funcional:

Leia mais

Regras de Negócio EXÉRCITO. Versão: 01 10 2012. *Últimas atualizações destacadas em vermelho

Regras de Negócio EXÉRCITO. Versão: 01 10 2012. *Últimas atualizações destacadas em vermelho Regras de Negócio Versão: 01 10 2012 *Últimas atualizações destacadas em vermelho POLÍTICA DE CRÉDITO RECURSOS PRÓPRIOS 1. Públicos alvo Servidores militares ativos, inativos e pensionistas. 2. Limites

Leia mais

Roteiro Operacional (Parceiros) CPA TJMG. Características do Produto

Roteiro Operacional (Parceiros) CPA TJMG. Características do Produto Roteiro Operacional (Parceiros) CPA TJMG Características do Produto Público Alvo: Servidores efetivos; Magistrados; Pensionistas ou outros beneficiários do TJMG. Taxa (*): Definida pela Diretoria. Tc:

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO COMANDO DA AERONÁUTICA

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO COMANDO DA AERONÁUTICA 1. OPERACIONALIZAÇÃO DAS CONTRATAÇÕES E SUPORTE Filial BV Financeira Matriz São Paulo - Fone: (11) 3252-7020 2. PÚBLICO ALVO CONFORME LEGISLAÇÃO Militares efetivos admitidos há no mínimo 06 meses, Aposentados

Leia mais

PAGAMENTO: MESMO DIA (D+0) APÓS ESSE HORÁRIO O PAGAMENTO SERA REALIZADO NO PROXIMO DIA UTIL (D+1) REFINANCIAMENTO PRAZO LIMITE PARA DIGITAÇÃO: 14:30

PAGAMENTO: MESMO DIA (D+0) APÓS ESSE HORÁRIO O PAGAMENTO SERA REALIZADO NO PROXIMO DIA UTIL (D+1) REFINANCIAMENTO PRAZO LIMITE PARA DIGITAÇÃO: 14:30 Áreas Envolvidas: Área Responsável Negócio Gerência Geral Comercial Ricardo Silva Roteiro Operacional Promotora Gerência Regional Comercial Leandro Moraes Versão: 01/13 Gerência Comercial Comercial Walter

Leia mais

1. PÚBLICO ALVO. Servidores admitidos pela lei 500/74; Servidores Admitidos regime CLT; Servidores que pertencem a UNESP;

1. PÚBLICO ALVO. Servidores admitidos pela lei 500/74; Servidores Admitidos regime CLT; Servidores que pertencem a UNESP; 1. PÚBLICO ALVO Categoria SEFAZ e Autarquias Condição Servidores públicos civis ativos, inativos e pensionistas da administração direta e autárquica. Polícia Militar Servidores públicos militares ativos.

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS PUBLICO ALVO Aposentados e pensionistas que recebam pelo INSS. Para os casos de analfabetos e deficientes visuais, é necessário de duas testemunhas, conforme regras abaixo: Uma das testemunhas tem que

Leia mais

Consignação Manual do Correspondente Consignação

Consignação Manual do Correspondente Consignação Manual do Correspondente Consignação Banestes S.A. - Banco do Estado do Espírito Santo GCONS - Gerência de Consignação SUMÁRIO 1. Conceito...3 2. Apresentação...3 3. Informações Gerais...3 3.1. Condições

Leia mais

Portabilidade de Crédito Conceitos Gerais e Processos Guia Rápido Correspondentes

Portabilidade de Crédito Conceitos Gerais e Processos Guia Rápido Correspondentes Diretoria de Cartões e Consignado Superintendência Executiva de Crédito Consignado Conceitos Gerais e Processos Guia Rápido Correspondentes São Paulo, Maio de 2014. Índice 1. Glossário 2. Definições 3.

Leia mais

COMPRA DE DÍVIDA INSS

COMPRA DE DÍVIDA INSS COMPRA DE DÍVIDA INSS PÚBLICO: Aposentados e Pensionistas do INSS que tenham contrato de Crédito Consignado vigente em outras instituições que não Itaú Unibanco CANAL: Unibanco - Consigweb / Agencia.com

Leia mais

Roteiro Operacional Última atualização 06/02/2015

Roteiro Operacional Última atualização 06/02/2015 Roteiro Operacional Última atualização 06/02/2015 1. Público alvo 1.1 Atendidos - Aposentados e pensionistas do INSS -Códigos Benefícios- 1.2 Não atendidos -Códigos Benefícios- RESUMO DE CÓDIGOS NÃO CONSIGNÁVEIS

Leia mais

LIMITES OPERACIONAIS EMPRÉSTIMO CONSIGNADO

LIMITES OPERACIONAIS EMPRÉSTIMO CONSIGNADO LIMITES OPERACIONAIS EMPRÉSTIMO CONSIGNADO Consideração Iniciais :O presente Manual estabelece os limites a serem observados em todas as operações de empréstimo consignado realizadas pelo Banco BMG S.A.

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE CARTÃO CONSIGNADO cartaoliberacao@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C SUPORTE PROMOTORA suportepromotora@bancodaycoval.com.br

Leia mais

Roteiro Operacional de Refinanciamento de Empréstimo Consignado - INSS

Roteiro Operacional de Refinanciamento de Empréstimo Consignado - INSS 1. OBJETIVO Refinanciamento de dívida de Empréstimos vinculados a Consignação em Folha de Pagamento dos aposentados e pensionistas do INSS, contraídas com o Banco Industrial. 2. REGRAS OPERACIONAIS O Banco

Leia mais

REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA.

REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA. REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA. Índice Capítulo I Da Carteira de Empréstimo Simples... 3 Capítulo II Dos Recursos

Leia mais

DECRETO Nº 3130, DE 22 DE JULHO DE 2011.

DECRETO Nº 3130, DE 22 DE JULHO DE 2011. DECRETO Nº 3130, DE 22 DE JULHO DE 2011. Regulamenta o art. 54 da Lei Complementar nº 392, de 17/12/2008, Dispõe sobre o Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Uberaba e dá outras providências.

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PE

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PE E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE CARTÃO CONSIGNADO cartaoliberacao@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C SUPORTE PROMOTORA suportepromotora@bancodaycoval.com.br

Leia mais

Servidor Federal Civil - SIAPE Entidade: 164 Publicação: 08.06.2015 Produto:

Servidor Federal Civil - SIAPE Entidade: 164 Publicação: 08.06.2015 Produto: ROTEIRO OPERACIONAL Servidor Federal Civil - SIAPE Entidade: 164 Publicação: 08.06.2015 Produto: Empréstimo Consignado Próxima atualização: 07.06.2016 Classificação da Informação: 1. Orientação legal Lei

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO EXECUTIVO FEDERAL SIAPE

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO EXECUTIVO FEDERAL SIAPE OPERACIONALIZAÇÃO DAS CONTRATAÇÕES E SUPORTE Filial BV Financeira Matriz São Paulo - Fone: (11) 3268-3100. PÚBLICO ALVO CONFORME LEGISLAÇÃO Servidores Ativos/Inativos; Aposentados; Cedidos; Pensionistas

Leia mais

Manual Portabilidade 1

Manual Portabilidade 1 Manual Portabilidade 1 Sumário CARACTERÍSTICAS... 3 PREMISSAS... 3 FLUXO... 3 PORTABILIDADE INSS... 4 CADASTRO DE INTENÇÃO DE PORTABILIDADE... 4 Passo 1 Dados de Validação... 4 Código de Segurança CAPTCHA...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS GABINETE DO PREFEITO PUBLICADO EM PLACAR Em 16_/_04_/_07 MARIA NEIDE FREIRE DA SILVA PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS DECRETO Nº 52, DE 16 DE ABRIL DE 2007. Regulamenta o art. 39 da Lei Complementar nº 008, de 16 de novembro

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO SP

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO SP E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE portabilidadeconsignado@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM margemconsignado@bancodaycoval.com.br

Leia mais

Roteiro Operacional INSTITUTO NACIONAL DE SEGURANÇA SOCIAL

Roteiro Operacional INSTITUTO NACIONAL DE SEGURANÇA SOCIAL Roteiro Operacional INSTITUTO NACIONAL DE SEGURANÇA SOCIAL CONCEITO E CARACTERISTICAS Liberação de empréstimo para fins de crédito pessoal, destinado a aposentados e pensionistas do INSS, com pagamento

Leia mais

Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos - SIAPE ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS

Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos - SIAPE ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS COMPRA DE DIVIDA Premissas: COMPRA DE DÍVIDA - A modalidade Compra de Dívida será efetuada apenas pelos funcionários com senha desbloqueada; - Parcela limitada ao valor da parcela comprada; - Compra de

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RJ RESUMO DAS INFORMAÇÕES

ROTEIRO OPERACIONAL CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RJ RESUMO DAS INFORMAÇÕES Áreas Envolvidas: Área Responsável Negócio Gerência Geral Comercial Fábio Yamaguro Roteiro Operacional Promotora Gerência Regional Comercial Fábio Yamaguro Versão: 01/13 Gerência Comercial Comercial Sério

Leia mais

PORTARIA / IPG N.º 010/2011

PORTARIA / IPG N.º 010/2011 PORTARIA / IPG N.º 010/2011 DISPÕE SOBRE O PROCESSAMENTO DE CONSIGNAÇÕES EM FOLHA DE PAGAMENTO NO ÂMBITO DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE GUARAPARI / ES IPG E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

Roteiro Operacional Última atualização 06/02/2015

Roteiro Operacional Última atualização 06/02/2015 Roteiro Operacional Última atualização 06/02/2015 1. Público alvo 1.1 Atendidos - Aposentados e pensionistas do INSS -Códigos Benefícios- 1.2 Não atendidos -Códigos Benefícios- RESUMO DE CÓDIGOS NÃO CONSIGNÁVEIS

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED EMPRÉSTIMO PESSOAL COM GARANTIA DE CHEQUE I - Site Portocred

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED EMPRÉSTIMO PESSOAL COM GARANTIA DE CHEQUE I - Site Portocred I - Site Portocred Para acessar o site Portocred, devemos entrar no link: extranet.portocred.com.br/cp e após clicar na opção Crédito Pessoal Perto Check. *Lançar o usuário e a senha que serão informadas

Leia mais

RO Roteiro Operacional Servidor Civil Federal SIAPE

RO Roteiro Operacional Servidor Civil Federal SIAPE Servidor Civil Federal - SIAPE RO.02.01 Versão: 39 RO Roteiro Operacional Servidor Civil Federal SIAPE Área responsável: Gerência Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS 1.1. Categorias de

Leia mais

(Publicado no Minas Gerais de 12Fev2011)

(Publicado no Minas Gerais de 12Fev2011) DECRETO 45.548, DE 11FEV2011 Regulamenta a Lei nº 19.490, de 13 de janeiro de 2011, que dispõe sobre consignação em folha de pagamento do servidor público ativo, inativo e pensionista do Estado, no âmbito

Leia mais

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO UO DOS FUNCIONARIOS DO SISTEMA FIERGS- CRESUL Travessa Francisco de Leonardo Truda, 40 sala 143 14 andar Porto Alegre-RS CEP 90010-050 Fone (0**51) 3224-3280 Fax:

Leia mais

PORTARIA PREVI-RIO Nº 904 DE 6 DE DEZEMBRO DE 2012

PORTARIA PREVI-RIO Nº 904 DE 6 DE DEZEMBRO DE 2012 PORTARIA PREVI-RIO Nº 904 DE 6 DE DEZEMBRO DE 2012 Regulamenta a renovação da matrícula de Auxílio Educação destinado ao custeio de cursos de inglês pelo PREVI-RIO. O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA

Leia mais

Regras de Negócio INSS

Regras de Negócio INSS Regras de Negócio INSS Versão: 01082011 POLÍTICA DE CRÉDITO BRADESCO PROMOTORA 1. Público Alvo Aposentados e pensionistas que recebam pelo INSS. 2. Limites Limite de Limite de idade empréstimo 21 a 60

Leia mais

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES - CV

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES - CV SUMÁRIO 1. DEFINIÇÕES... 2 2. FINALIDADE... 3 3. DESTINATÁRIOS... 3 4. DOCUMENTAÇÃO... 4 5. VALOR MÁXIMO... 4 6. PRAZOS... 4 7. ENCARGOS E ATUALIZAÇÃO MONETÁRIA... 5 8. GARANTIAS... 5 9. CONDIÇÕES GERAIS...

Leia mais

Regras de Negócio AERONÁUTICA

Regras de Negócio AERONÁUTICA Regras de Negócio Versão: 08082011 POLÍTICA DE CRÉDITO BRADESCO PROMOTORA 1. Públicos alvo Servidores militares ativos, inativos e pensionistas. 2. Limites Limite de idade De 21 a 69 anos 11 meses 29 dias

Leia mais

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA. Regulamento de Empréstimos Plano CV- 03

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA. Regulamento de Empréstimos Plano CV- 03 1/6 TÍTULO: CLASSIFICAÇÃO: REFERENCIAL NORMATIVO: ASSUNTO: GESTOR: ELABORADOR: APROVAÇÃO: Documento Executivo Resolução CMN nº 3456/2007 PO-GEREL-002_Solicitação de Empréstimo Estabelece as regras para

Leia mais

PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE REGULAMENTO

PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE REGULAMENTO PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE 1. DAS INFORMAÇÕES GERAIS REGULAMENTO 1.1 - O presente regulamento objetiva a concessão de Crédito Educativo para estudantes devidamente Matriculados nos cursos

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - RN

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - RN Áreas Envolvidas: Área Responsável Negócio Gerência Geral Comercial Ricardo Silva Roteiro Operacional Promotora Gerência Regional Comercial Auridete Cruz Versão: 01/14 Gerência Comercial Comercial Gézia

Leia mais

Cartão Consignado. Aposentados e Pensionistas do INSS

Cartão Consignado. Aposentados e Pensionistas do INSS Cartão Consignado Aposentados e Pensionistas do INSS Cartão Consignado INSS Regras Vigentes INSS Regras Vigentes Cartão exclusivo para compras (o saque é proibido). Temos que aguardar a manifestação do

Leia mais

ACESSAR: www.bmgconsig.com.br. Digite seu Usuário e Senha Digite os algarismos Clique em OK

ACESSAR: www.bmgconsig.com.br. Digite seu Usuário e Senha Digite os algarismos Clique em OK ROTEIRO OPERACIONAL ACESSAR: www.bmgconsig.com.br Digite seu Usuário e Senha Digite os algarismos Clique em OK ACESSO A DIGITAÇAO Clique em Proposta no Menu Selecione Nova IDENTIFICAR A OPERAÇÃO Entidade:

Leia mais

DOE - Seção I - quarta-feira, 18 de junho de 2014 páginas 10 e 11.

DOE - Seção I - quarta-feira, 18 de junho de 2014 páginas 10 e 11. DOE - Seção I - quarta-feira, 18 de junho de 2014 páginas 10 e 11. COORDENAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Portaria CAF-G - 26, de 13-6-2014 O Coordenador da Administração Financeira, considerando o disposto

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Caxias do Sul DECRETO Nº 15.051, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2010.

Estado do Rio Grande do Sul Município de Caxias do Sul DECRETO Nº 15.051, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2010. DECRETO Nº 15.051, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2010. Estabelece normas e procedimentos referentes às consignações em folha de pagamento dos servidores e empregados públicos e dos aposentados da Administração

Leia mais

Manual BPNET. Portabilidade

Manual BPNET. Portabilidade 2014 Manual BPNET Portabilidade 1 Sumário CARACTERÍSTICAS... 3 PREMISSAS... 3 FLUXO... 3 PORTABILIDADE INSS... 4 CADASTRO DE INTENÇÃO DE PORTABILIDADE... 4 Passo 1 Dados de Validação... 4 Código de Segurança

Leia mais

SUMÁRIO 1. INFORMAÇÕES IMPORTANTES... 2

SUMÁRIO 1. INFORMAÇÕES IMPORTANTES... 2 SUMÁRIO 1. INFORMAÇÕES IMPORTANTES... 2 1.1. Conceitos... 2 1.2. Como funciona... 2 1.3. Convênios disponíveis para Portabilidade... 2 1.4. Documentação Para Liberação da Proposta... 2 2. PROCEDIMENTOS

Leia mais

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE EMPRÉSTIMO PESSOAL PERMANENTE PLANO DE BENEFÍCIOS 03

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE EMPRÉSTIMO PESSOAL PERMANENTE PLANO DE BENEFÍCIOS 03 1/6 TÍTULO: CLASSIFICAÇÃO: REFERENCIAL NORMATIVO: ASSUNTO: GESTOR: ELABORADOR: APROVAÇÃO: Regulamento do Programa de Empréstimo Pessoal Permanente Documento Executivo Resolução CMN nº 3456/2007 PO-GEREL-002_Solicitação

Leia mais

Regulamento da Carteira de Empréstimo - Antecipação do Abono Anual

Regulamento da Carteira de Empréstimo - Antecipação do Abono Anual Regulamento da Carteira de Empréstimo - Antecipação do Abono Anual Art. 1º - O presente Regulamento tem por finalidade disciplinar o funcionamento da Carteira de Empréstimo - Antecipação do Abono Anual,

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED I - Site Portocred Para acessar o site Portocred, devemos entrar no link: extranet.portocred.com.br/cp e após clicar na opção Credito Pessoal Perto Check. *Lançar o usuário e a senha que serão informadas

Leia mais

AVISO DE SINISTRO MORTE NATURAL - CÔNJUGE INCLUSÃO FACULTATIVA

AVISO DE SINISTRO MORTE NATURAL - CÔNJUGE INCLUSÃO FACULTATIVA AVISO DE SINISTRO MORTE NATURAL - CÔNJUGE INCLUSÃO FACULTATIVA A liquidação do sinistro começa com o AVISO DO SINISTRO à Seguradora. No caso de Evento(s) que possa(m) acarretar responsabilidade à Sociedade

Leia mais