MERCADO DE GRÃOS, FARELOS E ANIMAIS DE REPOSIÇÃO EM MATO GROSSO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MERCADO DE GRÃOS, FARELOS E ANIMAIS DE REPOSIÇÃO EM MATO GROSSO"

Transcrição

1 MERCADO DE GRÃOS, FARELOS E ANIMAIS DE REPOSIÇÃO EM MATO GROSSO Abril/2013 1

2 Custo total do confinamento 0,02 65% é o custo com a aquisição do animal 3,85 9,07 0,96 1. MANEJO SANITÁRIO E REPRODUTIVO 2. ALIMENTAÇÃO 3. OUTROS CUSTOS 4. AQUISIÇÃO DE ANIMAIS Considerando o custo da aquisição do animal; Alimentação foi o maior impactante no custo. 2

3 Pra quem precisa comprar o boi 3

4 Rebanho de bovinos 30,0 29,0 28,0 27,0 26,0 25,0 24,0 23,0 22,0 21,0 20,0 29,2 28,8 28,7 27,3 26,8 26,0 26,2 25,7 25,9 24,7 22,3 nov/02 nov/03 nov/04 nov/05 nov/06 nov/07 nov/08 nov/09 nov/10 nov/11 nov/12 Milhões de cabeças O Rebanho caiu, conforme a previsão do Imea 4

5 jan/04 abr/04 jul/04 out/04 jan/05 abr/05 jul/05 out/05 jan/06 abr/06 jul/06 out/06 jan/07 abr/07 jul/07 out/07 jan/08 abr/08 jul/08 out/08 jan/09 abr/09 jul/09 out/09 jan/10 abr/10 jul/10 out/10 jan/11 abr/11 jul/11 out/11 jan/12 abr/12 jul/12 out/12 Abate de fêmeas X Preço do bezerro desmama Mil cabeças R$/CABEÇA Fonte: Indea; Elaboração: Imea Mas puxado pelo abate de fêmeas, que segue precionado 5

6 Estoque de machos ainda cresce Evolução do estoque com >24 4,80 4,76 4,60 4,40 4,55 4,64 4,47 4,25 4,20 4,00 4,18 4,09 3,80 3, * O estoque de machos segue crescendo, com a onda de produção de 2008 a

7 mai/08 ago/08 nov/08 fev/09 mai/09 ago/09 nov/09 fev/10 mai/10 ago/10 nov/10 fev/11 mai/11 ago/11 nov/11 fev/12 mai/12 ago/12 nov/12 fev/13 Preço do boi magro em Mato Grosso 1.150, , , ,00 950,00 900,00 850,00 800, , , R$/cabeça Por isso os preços seguem relativamente estáveis 7

8 Relação de troca boi gordo X boi magro 1,8 Núemro de bois magros comprados com a venda de um boi gordo 1,7 1,6 1,5 1,4 1,44 1,45 1,3 1,2 Permitindo uma relação de troca dentro do razoável 8

9 Pra quem precisa comprar o boi A redução do rebanho não impactou o estoque de machos prontos para abate; Mais fêmeas no gancho devido a crise nas pastagens e não reversão de ciclo pecuário; Animal está ligeiramente mais caro que no ano passado; Relação de troca está em um nível confortável. 9

10 Pra quem já tem o boi 10

11 Composição do custo ,88% 0,41% 5,0% 2,3% 79,71% 16,0% 46,7% MANEJO SANITÁRIO E REPRODUTIVO ALIMENTAÇÃO OUTROS CUSTOS 30,0% Milho em grão Silagem de milho Caroço de algodão Farelo de Soja Núcleo 11

12 Conjuntura Grãos 12

13 Soja

14 Produção Soja Área recorde: 7,89 milhões de hectares (+11%) Excesso de chuvas Produtividade irregular: 49 sc/ha Menor média em mais de 10 anos Mesmo assim tivemos produção recorde

15 Produção Soja 24,5 22,5 20,5 18,5 17,7 17,4 18,8 20,6 21,4 10% 23,6 16,5 14,5 12,5 Safra 07/08 Safra 08/09 Safra 09/10 Safra 10/11 Safra 11/12 Safra 12/13* Milhões de toneladas A maior safra de soja da história está garantida Fonte:Imea 15

16 Comercialização X Produção soja Safra Mês Comercialização Produção Volume comercializado Por comercializar 10/11 abr/11 80,9% 20,6 16,7 3,9 11/12 abr/12 85,9% 21,3 18,3 3,0 12/13 abr/13 82,6% 23,5 19,4 4,1 Volume disponível para o período é um dos maiores da história; Frete alto para entrega no porto; Milho vem segurando as exportações; 16

17 jan/08 abr/08 jul/08 out/08 jan/09 abr/09 jul/09 out/09 jan/10 abr/10 jul/10 out/10 jan/11 abr/11 jul/11 out/11 jan/12 abr/12 jul/12 out/12 jan/13 abr/13 Preços Soja 80,0 70,0 71,98 60,0 50,0 40,0 30,0 38,39 42,81 20,0 R$/sc Fonte:Imea 17

18 mai/08 ago/08 nov/08 fev/09 mai/09 ago/09 nov/09 fev/10 mai/10 ago/10 nov/10 fev/11 mai/11 ago/11 nov/11 fev/12 mai/12 ago/12 nov/12 fev/13 mai/13 ago/13 Relação de troca Farelo de soja 3,5 3 2,5 2 1,5 1 0,5 0 2,20 (t/cabeça de boi gordo) 2,35 Assim como o boi magro, a troca do farelo está dentro do razoável 18

19 Caroço de Algodão 19

20 Cenário Algodão Queda abrupta da área (42%); Primeira safra mais de 50% menor; Segunda safra praticamente igual; Preços da pluma em recuperação; Aumento da importância do caroço na rentabilidade; 20

21 Produção - Algodão com caroço ,6% /08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13* Toneladas Estoques altos, rentabilidade duvidosa e altos custos forçaram a queda 21

22 17-mar-11 7-abr mai mai-11 9-jun set mar abr mai mai jun jul-12 2-ago ago set-12 4-out-12 1-nov nov dez-12 3-jan jan fev-13 7-mar mar abr-13 Preços futuro Caroço de Algodão R$ 600,00 R$ 550,00 R$ 500,00 R$ 450,00 R$ 400,00 R$ 350,00 R$ 300,00 R$ 250,00 R$ 200,00 R$ 150,00 R$ 274,00 74,5% R$ 478,00 R$/tonelada Perspectiva dos preços do caroço seguem elevadas 22

23 Relação de Troca - Caroço de Algodão 7,00 6,50 6,00 5,50 5,00 4,50 4,00 3,50 3,00 2,50 2,00 2,76 Média = 4,52 5,53 Arrobas/tonelada RT 22% maior que a média e sem chance de antecipar bons negócios como em

24 Milho 24

25 Cenário Milho Área recorde: 2,78 milhões de hectares (+11%); Excesso de chuvas; Produtividade crescente: 88 sc/ha; Segunda maior produtividade média da história garantida; Produção em ascendência; Previsão de caos no escoamento; 25

26 Produtividade Milho As chuvas já garantem a segunda maior produtividade da história Fonte:Imea 26

27 Produção Milho 16,5 14,5 15,6-6% 14,6 12,5 10,5 8,5 6,5 7,8 8,5 8,7 7,0 4,5 2,5 Safra 07/08 Safra 08/09 Safra 09/10 Safra 10/11 Safra 11/12 Safra 12/13* Milhões de toneladas Pelo menos a segunda maior produção Fonte:Imea 27

28 Comercialização X Produção milho Safra Mês Comercialização Produção Volume comercializado Por comercializar 10/11 abr/11 38,8% 7,00 2,72 4,28 11/12 abr/12 49,9% 15,60 7,78 7,82 12/13 abr/13 22,3% 14,60* 3,26 11,34 Estoques de milho foram reabastecidos; Armazéns ocupados com a safra de soja; Milho de segunda safra para entrar no mercado. 28

29 Exportação de grãos no limite 29

30 Qtr1 Qtr2 Qtr3 Qtr4 Qtr1 Qtr2 Qtr3 Qtr4 Qtr1 Qtr2 Qtr3 Qtr4 Qtr1 Qtr2 Qtr3 Qtr4 Qtr1 Qtr2 Qtr3 Qtr4 Qtr1 Milhões Exportação de grãos no limite , ,4 2,2 1,5 3,3 1 1, Milho Soja Após a super-safra 11/12 o volume exportado chegou no limitec 30

31 Exportação de grãos no limite Produção recorde de soja será escoada Embarque do milho será empurrado para após agosto Quando a safra americana entra no mercado 31

32 Necessidade de Armazéns

33 Necessidade de Armazéns Situação Atual em Mato Grosso (Milhões de t) Atual 2022 Variação Produção (soja + milho) 36,70 66,09 80% Capacidade necessária 44,10 79,30 80% Capacidade existente 28, Necessidade de construção 15,90 51,09 221% Fonte: Conab/Imea Falta de armazéns deve complicar ainda mais a situação 33

34 Frete deixa claro o caos 34

35 abr jun ag ou de fev abr jun ag ou de fev abr jun ag ou de fev abr jun ag ou de fev abr jun ag ou de fev Frete deixa claro o caos R$ 17,00 R$ 16,00 R$ 15,00 R$ 14,00 R$ 13,00 R$ 12,00 R$ 11,00 R$ 10,00 R$ 9,00 Frete de Sorriso para Santos (saca) R$ 12,79 R$ 16,51 R$ 8,00 Custos com frete mudaram de patamar, com mais de 50% de alta (preço local <) 35

36 02/01/ /01/ /01/ /01/ /01/ /01/ /02/ /02/ /02/ /02/ /03/ /03/ /03/ /03/ /03/ /04/ /04/ /04/ /04/2013 Futuro do milho campinas X MT 35,0 30,0 25,0 20,0 15,0 10,0 5,0-24,7 Campinas Sorriso 10 Quem está perto do milho safra já sente as vantagens, aqui ainda vai melhorar para o confinador 36

37 mai/08 ago/08 nov/08 fev/09 mai/09 ago/09 nov/09 fev/10 mai/10 ago/10 nov/10 fev/11 mai/11 ago/11 nov/11 fev/12 mai/12 ago/12 nov/12 fev/13 mai/13 ago/13 Relação de troca futura - milho 12 Toneladas adiquiridas com a venda de um boi gordo ,2 5,5 8,6 2 0 RT nos patamares de 2010! 37

38 Considerações finais 2013 apresenta-se mais promissor que o ano de 2012; A compra de animais não deve diminuir atratividade, pois a RT está na média; O caroço de algodão irá perder espaço pelo preço alto; O farelo voltará como principal fonte de proteína; A perspectiva de queda dos preços do milho devem impulsionar os confinamentos pela ótica dos custos; Como a entrega do milho aumenta julho, o segundo tombo deve ser ainda mais concentrado (risco de queda dos preços do boi); Safra americana ainda é incerta (neve veio tarde e agora atrasa o plantio); Diminuir o risco de oscilação do preço do boi e do milho é fundamental para garantir a esperada rentabilidade; 38

39 Obrigado! Otávio Lemos de Melo Celidonio Superintendente Imea 39

Perspectivas para o Agribusiness em 2007 e Pecuária de Corte

Perspectivas para o Agribusiness em 2007 e Pecuária de Corte Perspectivas para o Agribusiness em 2007 e 2008 - Pecuária de Corte Fabio Dias, Zootecnista, MSc Diretor Executivo / Assocon 24 de abril de 2007 1 TAXA DE CRESCIMENTO (5 ANOS) Os 50 maiores confinamentos

Leia mais

Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária RETROSPECTIVA DE 2012 E PERSPECTIVAS PARA 2013

Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária RETROSPECTIVA DE 2012 E PERSPECTIVAS PARA 2013 Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária RETROSPECTIVA DE 2012 E PERSPECTIVAS PARA 2013 dezembro, 2012 Índice 1. Algodão 2. Soja 3. Milho 4. Boi Gordo 5. Valor Bruto da Produção ALGODÃO Mil toneladas

Leia mais

Perspectivas para a bovinocultura de corte frente à crise do setor fi frigorífico

Perspectivas para a bovinocultura de corte frente à crise do setor fi frigorífico Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária IMEA Perspectivas para a bovinocultura de corte frente à crise do setor fi frigorífico Seneri Kernbeis Paludo Seneri Kernbeis Paludo Superintendente Tópicos

Leia mais

CONJUNTURA MENSAL MAIO

CONJUNTURA MENSAL MAIO SOJA - MATO GROSSO CONJUNTURA MENSAL MAIO ANO 1 Nº1 O mercado de soja tem observado movimentação de queda em seus preços, decorrente principalmente das evoluções no lado da oferta, tanto em âmbito nacional

Leia mais

A pecuária no estado de Mato Grosso. Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso Carlos Augusto Zanata (Guto) Analista de pecuária

A pecuária no estado de Mato Grosso. Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso Carlos Augusto Zanata (Guto) Analista de pecuária A pecuária no estado de Mato Grosso Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso Carlos Augusto Zanata (Guto) Analista de pecuária Proposta Mapeamento da produção em Mato Grosso e localização

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO E LOCAÇÃO FRIGORÍFICA EM MATO GROSSO

DISTRIBUIÇÃO E LOCAÇÃO FRIGORÍFICA EM MATO GROSSO DISTRIBUIÇÃO E LOCAÇÃO FRIGORÍFICA EM MATO GROSSO Abril/2012 Índice 1. Situação do Brasil 2. Evolução da distribuição frigorífica em MT 3. Situação atual da distribuição frigorífica em MT 4. Situação regional

Leia mais

Fonte: IMEA

Fonte: IMEA Milhares de toneladas Milho-Análise PREFERÊNCIA SOJA/MILHO: Todo inicio de safra o produtor mato- grossense tem três grandes opções de uso das suas áreas: algodão safra, soja e algodão 2 safra, e o mais

Leia mais

MANUAL PRÁTICO DO MERCADO DA BOVINOCULTURA DE CORTE 07/10/2015

MANUAL PRÁTICO DO MERCADO DA BOVINOCULTURA DE CORTE 07/10/2015 MANUAL PRÁTICO DO MERCADO DA BOVINOCULTURA DE CORTE 07/10/2015 Índice 1 2 3 4 5 6 7 Complexo agroindustrial da carne 1.1 Diagrama da cadeia Bovinocultura de corte 2.1 Sistemas de produção 2.2 Categorias

Leia mais

INSTITUTO MATO-GROSSENSE DE ECONOMIA AGROPECUÁRIA IMEA 05 de maio de º LEVANTAMENTO DAS INTENÇÕES DE CONFINAMENTO EM 2017

INSTITUTO MATO-GROSSENSE DE ECONOMIA AGROPECUÁRIA IMEA 05 de maio de º LEVANTAMENTO DAS INTENÇÕES DE CONFINAMENTO EM 2017 Mil cabeças 668,12 776,05 804,14 850,46 891,43 846,73 903,08 987,87 994,94 INSTITUTO MATO-GROSSENSE DE ECONOMIA AGROPECUÁRIA IMEA 05 de maio de 2017 1º LEVANTAMENTO DAS INTENÇÕES DE CONFINAMENTO EM 2017

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

BOLETIM SEMANAL. Milho - Análise. 25 de fevereiro de 2011 Número: 141. É mesmo

BOLETIM SEMANAL. Milho - Análise. 25 de fevereiro de 2011 Número: 141. É mesmo Milho - Análise É mesmo MILHO COMPROMETIDO EM PLENO PLANTIO: O Imea realizou na semana o primeiro levantamento de comercialização de milho da corrente safra e o volume comprometido alcança 28,8% no mês

Leia mais

REGIÕES DE MAIOR CONCENTRAÇÃO NA PRODUÇÃO DE SOJA NO BRASIL

REGIÕES DE MAIOR CONCENTRAÇÃO NA PRODUÇÃO DE SOJA NO BRASIL RELATÓRIO DA SAFRA DE SOJA E MILHO REGIÕES DE MAIOR CONCENTRAÇÃO NA PRODUÇÃO DE SOJA NO BRASIL Relatório do USDA traz levantamento das regiões de produção de soja no Brasil, com a concentração da produção

Leia mais

1,8 1,6 1,4 1,2 1,0 0,8 0,6 0,4 0,2

1,8 1,6 1,4 1,2 1,0 0,8 0,6 0,4 0,2 CLIMA DE EXPECTATIVA: O aumento da expectativa de produtividade do milho safrinha se deve principalmente às condições climáticas favoráveis ao desenvolvimento da cultura ocorridas até então. Os ganhos

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

CARNE BOVINA JUNHO DE 2017

CARNE BOVINA JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE BOVINA JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Pecuária de Corte

Balanço 2016 Perspectivas Pecuária de Corte Pecuária de Corte 113 114 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 RETOMADA ECONÔMICA DEVE MELHORAR A DEMANDA POR CARNE BOVINA RECUPERAÇÃO DA ECONOMIA COMBINADA COM A PREFERÊNCIA DO CONSUMIDOR

Leia mais

Análise Bovinocultura

Análise Bovinocultura Exp. carne in natur a (toneladas) Análise Bovinocultura BOLETIM SEMANAL 22 de junho de ABATE DE FÊMEAS EM ALTA: Nesta semana o Imea divulgou o relatório sobre o abate de fêmeas em Mato Grosso em, abordando

Leia mais

Análise Bovinocultura

Análise Bovinocultura 9/11 11/11 13/11 15/11 17/11 19/11 21/11 23/11 25/11 27/11 29/11 1/12 3/12 5/12 7/12 9/12 Boi gordo (R$/@) Volume (mil toneladas) Análise Bovinocultura BOLETIM SEMANAL 9 de dezembro de RECEITA HISTÓRICA:

Leia mais

CONJUNTURA QUINZENAL 01 A 15/02/2016

CONJUNTURA QUINZENAL 01 A 15/02/2016 SOJA - MATO GROSSO CONJUNTURA QUINZENAL 01 A 15/02/2016 ANO 2 Nº14 A colheita avança e começa a derrubar os preços da soja em Mato Grosso. De acordo com dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária

Leia mais

Pecuária de Corte: Análise de Mercado

Pecuária de Corte: Análise de Mercado Pecuária de Corte: Análise de Mercado Leila Harfuch Wilson Zambianco 1 de abril de 215 www.agroicone.com.br Sumário Preços da Pecuária Margem bruta da Indústria Abate de Bovinos Produção de Carne Bovina

Leia mais

Agronegócio em Mato Grosso. Agosto, 2012

Agronegócio em Mato Grosso. Agosto, 2012 Agronegócio em Mato Grosso Agosto, 2012 Instituições mantenedoras Mundo Visão Geral (kcal / person / day) (kg / person / year) 1961 1964 1967 1970 1973 1976 1979 1982 1985 1988 1991 1994 1997 2000 2003

Leia mais

BOLETIM SEMANAL. Milho-Análise. 30 de agosto de 2013 Número: 268

BOLETIM SEMANAL. Milho-Análise. 30 de agosto de 2013 Número: 268 Milho-Análise COLHEITA FINALIZA COM FRETE ELEVADO: A colheita do milho 2ª safra em Mato Grosso foi finalizada na última semana de agosto, encerrando com a média de produtividade em 102 sacas por hectare

Leia mais

Análise Bovinocultura

Análise Bovinocultura Análise Bovinocultura BOLETIM SEMANAL 29 de maio de BEZERRO, VACA E O CICLO: A arroba do bezerro está valorizada. Conforme levantamento, o preço da arroba do bezerro de 8 meses está 46,8% acima da arroba

Leia mais

BOLETIM SEMANAL. Milho - Análise. 03 de fevereiro de 2012 Número: 188. É mesmo

BOLETIM SEMANAL. Milho - Análise. 03 de fevereiro de 2012 Número: 188. É mesmo 1000 t Milho - Análise BOLETIM SEMANAL É mesmo QUEDA BENÉFICA: Após uma semana de grandes oscilações da cotação internacional do milho, a cultura conseguiu mais uma semana de aumento substancial e começa

Leia mais

CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2016

CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

É mesmo R$ 24,00 R$ 22,00 R$ 20,00 R$ 18,00 R$ 16,00 R$ 14,00 R$ 12,00. Fonte: Imea. Milhões

É mesmo R$ 24,00 R$ 22,00 R$ 20,00 R$ 18,00 R$ 16,00 R$ 14,00 R$ 12,00. Fonte: Imea. Milhões Toneladas Milhões BOLETIM SEMANAL Milho - Análise É mesmo POTENTE E PRECOCE: A poucas semanas do encerramento da colheita do milho e praticamente com 5% de estoque da safra 2010/11, as movimentações para

Leia mais

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,8 21-Jul-00 Real 0,6493 Sem frete - PIS/COFINS

Leia mais

CONJUNTURA QUINZENAL 16 A 31/03/2016

CONJUNTURA QUINZENAL 16 A 31/03/2016 SOJA - MATO GROSSO CONJUNTURA QUINZENAL 16 A 31/03/2016 ANO 2 Nº17 A colheita praticamente finalizada em Mato Grosso e o recuo do dólar têm contribuído para o movimento de baixa dos preços, mesmo com a

Leia mais

Mamona Período: janeiro de 2015

Mamona Período: janeiro de 2015 Mamona Período: janeiro de 2015 Quadro I: preço pago ao produtor Centro de Produção UF Unidade 12 meses (a) Média de Mercado 1 mês (b) Mês atual (c) Preço mínimo Var % (c/a) Irecê BA 60kg 96,02 79,16 76,18

Leia mais

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Índice 1 - Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso 1.1 Agronegócio Soja 1.2 Agronegócio Milho 1.3 Agronegócio Algodão 1.4 Agronegócio Boi 2 Competitividade 2.1 Logística

Leia mais

PECUÁRIA. Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

PECUÁRIA. Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PECUÁRIA Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DA PECUÁRIA o o Carne bovina O consumo doméstico de carne bovina registrou recuo nos dois últimos anos e ainda

Leia mais

Fonte: Imea 16% 61% 65%

Fonte: Imea 16% 61% 65% Milho - Análise O MELHOR NOVEMBRO: Das 10 últimas safras de milho em Mato Grosso, o mês de novembro de 2012 superou todos os demais novembros, e registrou preço médio de R$ 19,17/saca, valorização de 10%

Leia mais

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA BOVINOCULTURA FEVEREIRO / 2009

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA BOVINOCULTURA FEVEREIRO / 2009 Instituto Mato Grossense de Economia Agrícola RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA BOVINOCULTURA FEVEREIRO / 2009 Presidente: Rui Carlos Ottoni Prado Superintendente: Seneri Kernbeis Paludo Elaboração: Otávio L. M.

Leia mais

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso ÍNDICE 1 Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso 1.1 Agronegócio Soja 1.2 Agronegócio Milho 1.3 Agronegócio Algodão 1.4 Agronegócio Boi 2 Competitividade 2.1 Logística

Leia mais

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso ÍNDICE 1 Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso 1.1 Agronegócio Soja 1.2 Agronegócio Milho 1.3 Agronegócio Algodão 1.4 Agronegócio Boi 2 Competitividade 2.1 Logística

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL DA SOJA DE MATO GROSSO

RELATÓRIO MENSAL DA SOJA DE MATO GROSSO Fevereiro de 2009 Número: 06 RELATÓRIO MENSAL DA SOJA DE MATO GROSSO Índice Mato Grosso Quadro de Produção.....1 Evolução de Plantio...2 Preço: Soja Disponível...3 Preço: Fertilizantes.. 4 Preço: Químicos...5

Leia mais

É mesmo 22,58. dez/10. abr/11. jun/11. fev/11. Fonte: Secex

É mesmo 22,58. dez/10. abr/11. jun/11. fev/11. Fonte: Secex ago/08 out/08 dez/08 fev/09 abr/09 jun/09 ago/09 out/09 dez/09 fev/10 abr/10 jun/10 ago/10 out/10 dez/10 fev/11 abr/11 jun/11 Milho - Análise BOLETIM SEMANAL É mesmo SEMENTE SALGADA: O preço da semente

Leia mais

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso ÍNDICE 1 Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso 1.1 Agronegócio Soja 1.2 Agronegócio Milho 1.3 Agronegócio Algodão 1.4 Agronegócio Boi 2 Competitividade 2.1 Logística

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: MAIO/2016 CEPEA - PECUÁRIA I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Diferenciais de Preços Boi Gordo (SP) 2. Diferenciais de

Leia mais

Fechamento dos Mercados Segunda-feira 07/11/16 granoeste.com.br (45) Atual Ant. Dif.

Fechamento dos Mercados Segunda-feira 07/11/16 granoeste.com.br (45) Atual Ant. Dif. COMPLEXO SOJA CBOT - Soja (U$/Bushel = 27,216) Máx Min NOV 989,25 981,50 7,75 992,00 981,75 JAN 998,50 990,75 7,75 1.001,75 990,00 MAR 1005,50 997,25 8,25 1.007,75 996,25 MAI 1012,25 1004,00 8,25 1.014,25

Leia mais

AGRICULTURA. Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

AGRICULTURA. Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AGRICULTURA Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DA AGRICULTURA o o Algodão Embora não tenha alcançado recorde, as 3 últimas safras globais seguiram em recuperação

Leia mais

Análise Bovinocultura

Análise Bovinocultura Análise Bovinocultura BOLETIM SEMANAL 03 de setembro de "ASCENDÊNCIA MATERNA": Não é novidade para ninguém que este ano está sendo marcado pela recuperação dos preços no mercado da bovinocultura de corte.

Leia mais

BOLETIM SEMANAL. Milho - Análise

BOLETIM SEMANAL. Milho - Análise Milho - Análise BOLETIM SEMANAL É mesmo COMERCIALIZAÇÃO AUMENTADA: Como se não bastasse a grande comercialização de quase metade do estimado a produzir, logo no mês de setembro de 2011, algo que nunca

Leia mais

BOLETIM SEMANAL. Milho - Análise. 17 de agosto de 2012 Número: 216

BOLETIM SEMANAL. Milho - Análise. 17 de agosto de 2012 Número: 216 Milho - Análise PESO DA TECNOLOGIA: O valor dos insumos no mês de julho para o plantio do milho 2ª safra 2012/13 tomou rumo contrário ao esperado e reduziu. Adquirindo os insumos para o plantio de milho

Leia mais

Variação Mensal e Acumulada. COE (1) COT (2) Boi Gordo Ponderações

Variação Mensal e Acumulada. COE (1) COT (2) Boi Gordo Ponderações Média Ponderada para GO, MT, MS, PA, RO, RS, MG, PR, TO e SP Ponderação COT Variação acumulada maio/12 jan/12 - mai/12 maio/12 Bezerro e outros animais de reprodução 31,34% -3,56% -3,15% Suplementação

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Pecuária de Leite

Balanço 2016 Perspectivas Pecuária de Leite Pecuária de Leite 121 122 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 TENDÊNCIA MUNDIAL É DE QUEDA NA PRODUÇÃO, MAS BRASIL PODE SER EXCEÇÃO NESTE CENÁRIO A baixa demanda de importantes países importadores

Leia mais

CONJUNTURA QUINZENAL 16 A 30/11/2015

CONJUNTURA QUINZENAL 16 A 30/11/2015 SOJA - MATO GROSSO CONJUNTURA QUINZENAL 16 A 30/11/2015 ANO 1 Nº9 O ritmo intenso de plantio da soja em Mato Grosso ao longo de todo o mês de novembro contribuiu para que a marca de 95,6% fosse atingida

Leia mais

CONJUNTURA DO MERCADO DE MANDIOCA E DERIVADOS NO BRASIL

CONJUNTURA DO MERCADO DE MANDIOCA E DERIVADOS NO BRASIL CONJUNTURA DO MERCADO DE MANDIOCA E DERIVADOS NO BRASIL 1 SEMESTRE/2011 Fábio Isaías Felipe Pesquisador do Cepea/ESALQ/USP E-mail: fifelipe@esalq.usp.br Fone: 55 19 3429-8847 Fax: 55 19 3429-8829 http://www.cepea.esalq.usp.br

Leia mais

R$ 18,11 R$ 17,

R$ 18,11 R$ 17, Jan/10 Fev/10 Mar/10 Abr/10 Mai/10 Jun/10 Jul/10 Ago/10 Set/10 Jan/11 Fev/11 Mar/11 Abr/11 Mai/11 Jun/11 Jul/11 Ago/11 Set/11 BOLETIM SEMANAL É mesmo MOMENTO ZEN: A ausência de negócios em Mato Grosso,

Leia mais

Análise Bovinocultura

Análise Bovinocultura Análise Bovinocultura BOLETIM SEMANAL 14 de agosto de CONFINAMENTO E O SPREAD SP X MT: O diferencial de base de preços (chamado de spread), entre a arroba do boi em São Paulo e Mato Grosso nunca foi constante.

Leia mais

É mesmo R$ 21,00 R$ 20,90 R$ 20,80 R$ 20,70 R$ 20,60 R$ 20,50 R$ 20,40 R$ 20,30 R$ 20,20 R$ 20,10

É mesmo R$ 21,00 R$ 20,90 R$ 20,80 R$ 20,70 R$ 20,60 R$ 20,50 R$ 20,40 R$ 20,30 R$ 20,20 R$ 20,10 Milhões de toneladas Milho - Análise BOLETIM SEMANAL É mesmo COLHENDO E COMPARANDO: O start na colheita ocorreu na semana passada, mas, sem muito alvoroço, pois os produtores estavam apenas calibrando

Leia mais

Soja Análise da Conjuntura Agropecuária MUNDO SAFRA 2014/15

Soja Análise da Conjuntura Agropecuária MUNDO SAFRA 2014/15 Soja Análise da Conjuntura Agropecuária Novembro de 2014 MUNDO SAFRA 2014/15 Devido ao aumento das cotações nas últimas safras, principalmente na comparação com o milho, o cultivo da soja vem aumentando

Leia mais

PECUÁRIA. Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

PECUÁRIA. Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PECUÁRIA Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DA PECUÁRIA o o Carne bovina O consumo doméstico de carne bovina registrou recuo nos dois últimos anos e continuou

Leia mais

A crise da pecuária de corte é para sempre?

A crise da pecuária de corte é para sempre? A crise da pecuária de corte é para sempre? Fabio Dias / Assocon Fabiano Tito Rosa / Scot Consultoria José Carlos / MB Agro Consultoria agosto / 2006 Apoio : 1 Será que a crise é para sempre? Nosso problema

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T16

Teleconferência de Resultados 3T16 Teleconferência de Resultados 3T16 1 2 Destaques Receita Líquida de R$95,0 milhões no 9M16. Lucro Líquido de R$27,8 milhões no 9M16. EBITDA Ajustado de R$17,2 milhões no 9M16. Obtenção de licenças para

Leia mais

Análise Bovinocultura

Análise Bovinocultura Análise Bovinocultura RECORDE À VISTA: A atualização mensal dos abates de bovinos no Estado de Mato Grosso, com os dados do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), trouxe

Leia mais

Análise Bovinocultura

Análise Bovinocultura Análise Bovinocultura BOLETIM SEMANAL 04 de dezembro de PRA QUEM O CONSUMIDOR PAGA? Como na maioria das cadeias, os elos buscam individualmente obter o lucro, mas a postura e estratégia de cada um podem

Leia mais

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016 Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado do Paraná Safra 2016/2017 Mar/16 0,6048 0,6048 0,6048 66,04 73,77 Abr 0,6232 0,6232 0,5927 64,72 72,29 Mai 0,5585 0,5878 0,5868

Leia mais

É mesmo R$ 17,00 R$ 16,50 R$ 15,50 R$ 15,00 R$ 14,50 R$ 14,00

É mesmo R$ 17,00 R$ 16,50 R$ 15,50 R$ 15,00 R$ 14,50 R$ 14,00 Milhões de toneladas BOLETIM SEMANAL Milho - Análise É mesmo A PACIÊNCIA PODE SER UMA VIRTUDE: Os números do último levantamento de comprometimento do milho matogrossense, realizado pelo Imea, apresentaram

Leia mais

AGRICULTURA. Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

AGRICULTURA. Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AGRICULTURA Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DA AGRICULTURA o o Algodão Embora não tenha alcançado recorde, as 3 últimas safras globais seguiram em recuperação

Leia mais

GDOC INTERESSADO CPF/CNPJ PLACA

GDOC INTERESSADO CPF/CNPJ PLACA Fatores válidos para recolhimento em 01/02/2017 JANEIRO 3,4634 3,3316 3,1086 2,9486 2,7852 2,6042 2,3996 2,2471 2,0710 1,9331 1,8123 1,6867 FEVEREIRO 3,4534 3,3078 3,0941 2,9384 2,7727 2,5859 2,3888 2,2349

Leia mais

BOLETIM SEMANAL. Milho - Análise. 27 de abril de 2012 Número: 200

BOLETIM SEMANAL. Milho - Análise. 27 de abril de 2012 Número: 200 Milhões t Milho - Análise GRANDE OFERTA: Os preços do milho continuam em queda constante, desde quando os principais países produtores do mundo (exceto Argentina) anunciaram aumentar a produção e, em contrapartida,

Leia mais

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Glauco Carvalho - Economista/Pesquisador Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de Leite

Leia mais

DESAFIOS DO PRODUTOR:

DESAFIOS DO PRODUTOR: Milho-Análise DESAFIOS DO PRODUTOR: Durante o período de plantio, colheita e comercialização de uma cultura, a tarefa de garantir boa produção e bom preço são de grande relevância para o produtor. Sendo

Leia mais

Análise Bovinocultura

Análise Bovinocultura Análise Bovinocultura BOLETIM SEMANAL SOBROU CONTÊINER EM : O ano comercial terminou e o saldo das exportações não foi positivo para o Estado de Mato Grosso. Não só exportamos menos como perdemos uma posição

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T18

Teleconferência de Resultados 1T18 Teleconferência de Resultados 1T18 1 2 Destaques R$ 98,9 milhões Receita Líquida R$ 20,1 milhões Lucro Líquido R$ 33,7 milhões Ebitda Ajustado Distribuição de R$ 12,9 milhões em dividendos ou R$ 0,24 por

Leia mais

BOLETIM SEMANAL. Milho-Análise. 20 de dezembro de 2012 Número: 234

BOLETIM SEMANAL. Milho-Análise. 20 de dezembro de 2012 Número: 234 Milho-Análise RETROSPECTIVA 2012: O ano de 2012 foi dourado para o milho 2ª safra. Em Mato Grosso quem arriscou plantar não se arrependeu. O clima nunca foi tão bom para a cultura no Estado, cujas disponibilidade

Leia mais

Perspectivas para as Safras 14/15 e 15/16

Perspectivas para as Safras 14/15 e 15/16 BrasilAgro Day 2014 Perspectivas para as Safras 14/15 e 15/16 18 de Dezembro de 2014 Soja Soja/EUA Oferta e Demanda (milhões de toneladas) 107,7 80,7 91,5 90,7 84,3 82,8 91,4 Est. Finais 48,1 50,7 48,4

Leia mais

Processo /Produtor. RC % Ganho de Peso. Recria Terminação Abate/Carcaças

Processo /Produtor. RC % Ganho de Peso. Recria Terminação Abate/Carcaças JBS JBS 2011 2010 2008 Processo /Produtor Ganho de Peso Peso@ RC % Recria Terminação Abate/Carcaças Processo / Indústria ME Abate e Desossa Embalagem / Distribuiçao MI Riscos Setor Sanidade - Saúde animal

Leia mais

Mamona Período: março de 2014

Mamona Período: março de 2014 Mamona Período: março de 2014 Quadro I: preço pago ao produtor Centro de Produção UF Unidade 12 meses (a) Média de Mercado 1 mês (b) Mês atual (c) Preço mínimo Var % (c/a) Irecê BA 60kg 128,18 130,38 126,73

Leia mais

BOLETIM SEMANAL. Milho - Análise

BOLETIM SEMANAL. Milho - Análise 3-jan-12 4-jan-12 5-jan-12 6-jan-12 7-jan-12 8-jan-12 9-jan-12 10-jan-12 11-jan-12 12-jan-12 13-jan-12 14-jan-12 15-jan-12 16-jan-12 17-jan-12 18-jan-12 19-jan-12 É mesmo CADÊ A SEMENTE?: O principal insumo

Leia mais

14,25 14,00 13,75 13,50 13,25 13,00 12,75 12, fev

14,25 14,00 13,75 13,50 13,25 13,00 12,75 12, fev 25-fev 27-fev 1-mar 3-mar 5-mar 7-mar 9-mar 11-mar 13-mar 15-mar 17-mar 19-mar 21-mar 23-mar 25-mar Soja - Análise BOLETIM SEMANAL NO COMPASSO DA COMERCIALIZAÇÃO: Mato Grosso comercializou até o dia 24

Leia mais

O Boletim de Bovinocultura de Corte é uma publicação semanal do IMEA - Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária.

O Boletim de Bovinocultura de Corte é uma publicação semanal do IMEA - Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária. Análise Bovinocultura BOLETIM SEMANAL 23 de julho de DE MAIO A MAIO: Há duas semanas o Indea divulgou os dados referentes à vacinação do mês de maio, na qual são vacinados apenas animais de 0 a 24 meses.

Leia mais

Fechamento dos Mercados Quinta-feira 13/10/16 granoeste.com.br (45) Atual Ant. Dif.

Fechamento dos Mercados Quinta-feira 13/10/16 granoeste.com.br (45) Atual Ant. Dif. COMPLEXO SOJA CBOT - Soja (U$/Bushel = 27,216) Máx Min NOV 956,25 945,50 10,75 959,50 937,25 JAN 964,75 953,50 11,25 967,50 945,25 MAR 971,00 960,25 10,75 974,00 952,00 MAI 978,00 967,25 10,75 980,50 959,75

Leia mais

14,75 14,50 14,25 14,00 13,75 13,50 13,25 13,00 12, fev

14,75 14,50 14,25 14,00 13,75 13,50 13,25 13,00 12, fev 11-fev 13-fev 15-fev 17-fev 19-fev 21-fev 23-fev 25-fev 27-fev 1-mar 3-mar 5-mar 7-mar 9-mar 11-mar Soja - Análise BOLETIM SEMANAL METADE DA ÁREA AINDA ESTA PARA SER COLHIDA: Em 10 de março Mato Grosso

Leia mais

17 de abril de 2015/ nº 278

17 de abril de 2015/ nº 278 Volume exportado (mil t) 17 de abril de 2015/ nº 278 Produção cara: Produzir algodão em Mato Grosso nunca foi tão caro. De acordo com o último relatório de custo de produção para a safra 2015/16, um hectare

Leia mais

Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Eficiência e Gestão

Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Eficiência e Gestão Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Eficiência e Gestão Módulo I PRODUÇÃO DE BOVINOS EM PASTAGENS NO BRASIL Prof. Dr. Gelci Carlos Lupatini Zootecnia UNESP/Dracena

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mês de referência: NOVEMBRO/2011 CEPEA - SOJA I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Diferenciais de preços 2. Estimativa do valor das alternativas de

Leia mais

24 de julho de 2015/ nº 363

24 de julho de 2015/ nº 363 R$/cab 24 de julho de 2015/ nº 363 Relação estreita: Mato Grosso passa pela menor relação de troca entre o boi gordo e o bezerro de ano dos últimos sete anos. Este cenário vem se consolidando desde o ano

Leia mais

Análise Bovinocultura

Análise Bovinocultura jan/09 mar/09 mai/09 jul/09 set/09 nov/09 jan/10 mar/10 mai/10 jul/10 set/10 nov/10 jan/11 mar/11 mai/11 jul/11 Análise Bovinocultura BOLETIM SEMANAL 11 de novembro de FATURAMENTO COM OS EMBARQUES: Enquanto

Leia mais

Análise Bovinocultura

Análise Bovinocultura abr-13 mai-13 jun-13 jul-13 ago-13 set-13 out-13 nov-13 dez-13 jan-14 fev-14 mar-14 abr-14 PRECIPITAÇÃO (mm) ESCALA (DIAS) abr-13 mai-13 jun-13 jul-13 ago-13 set-13 out-13 nov-13 dez-13 jan-14 fev-14 mar-14

Leia mais

CARNE BOVINA Período: JULHO/2011

CARNE BOVINA Período: JULHO/2011 CARNE BOVINA Período: JULHO/2011 MERCADO INTERNO BOVINO Quadro I - PREÇOS PAGOS AOS PRODUTORES - R$/unidade PERÍODOS ANTERIORES PRAÇA UF UNID 12 MESES 6 MESES 1 MÊS Barretos SP @ 81,55 104,88 100,70 97,27

Leia mais

Análise Bovinocultura

Análise Bovinocultura Análise Bovinocultura BOLETIM SEMANAL 10 de junho de PICO DE SAFRA: As temperaturas caíram nesta semana em grande parte do país, prejudicando a qualidade das pastagens, e, apesar de esse aperto do clima

Leia mais

Análise Bovinocultura

Análise Bovinocultura 04-nov-13 11-nov-13 18-nov-13 25-nov-13 02-dez-13 09-dez-13 16-dez-13 06-jan-14 13-jan-14 20-jan-14 27-jan-14 03-fev-14 10-fev-14 17-fev-14 24-fev-14 jan-13 fev-13 mar-13 abr-13 mai-13 jun-13 jul-13 ago-13

Leia mais

Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro

Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Kennya Beatriz Siqueira - Pesquisadora Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de

Leia mais

24 de outubro de 2014/ nº 326

24 de outubro de 2014/ nº 326 set/13 out/13 nov/13 dez/13 jan/14 fev/14 mar/14 abr/14 mai/14 jun/14 jul/14 ago/14 set/14 Mil cabeças Mil toneladas 24 de outubro de 2014/ nº 326 Quebra de recordes: Esta semana foi marcada pelo maior

Leia mais

17 de julho de 2015/ nº 362

17 de julho de 2015/ nº 362 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 Peso médio por animal (arrobas) 17 de julho de 2015/ nº 362 Unidades paradas: Durante o primeiro semestre de 2015, ocorreu o fechamento de sete unidades

Leia mais

Agronegócio em Mato Grosso. Abril 2013

Agronegócio em Mato Grosso. Abril 2013 Agronegócio em Mato Grosso Abril 2013 Brasil Visão Geral Brasil - Visão Geral Area 8,5 milhões km 2 (5º maior) População (2011) 195 milhões (6 º maior) PIB (2011) US$ 2,47 Trilhões (6 ª maior) Produção

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO. PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Abril/2017

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO. PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Abril/2017 SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Abril/2017 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. População Rural 05. Habitantes no Campo

Leia mais

(41) (41) Engenheiro-agrônomo e analista de mercado da AgRural Commodities Agrícolas

(41) (41) Engenheiro-agrônomo e analista de mercado da AgRural Commodities Agrícolas OS MERCADOS DE SOJA e MILHO EM 13/14 FERNANDO MURARO JR. Engenheiro-agrônomo e analista de mercado da AgRural Commodities Agrícolas SINDIADUBOS Curitiba (PR), 31/out/13 www.agrural.com.br fmuraro@agrural.com.br

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO. PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Março/2016

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO. PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Março/2016 SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Março/2016 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. População Rural 05. Habitantes no Campo

Leia mais

R$ 24,20 R$ 22,20 R$ 21,

R$ 24,20 R$ 22,20 R$ 21, Milho - Análise CHEGANDO AO FIM: Com 80,1% da área de milho 2ª safra colhida torna-se mais evidente que a safra 11/12 será a maior da história, elevando o Brasil como salvador do mercado internacional,

Leia mais

Esalq a vista 150,67-0,02 150,69

Esalq a vista 150,67-0,02 150,69 COTAÇÕES AGRÍCOLAS SEMANAL SEMANA: 43 sexta-feira, 21 de outubro de 216 BOI (contrato 33@) - Em R$/@ Esalq a vista 15,67 -,2 15,69 out/16 15,81 -,76 15,7 151, 263 9.546 151,57-25,8 nov/16 152,2 -,58 151,7

Leia mais

17,00 17,00 17,20 17,80 3,5 3,0 2,5 2,0 1,5 1,0 0,5

17,00 17,00 17,20 17,80 3,5 3,0 2,5 2,0 1,5 1,0 0,5 Milhões de Toneladas Milho-Análise DE OLHO NOS ESTADOS UNIDOS: Na primeira semana de outubro, os principais contratos futuros do milho sofreram queda na Bolsa de Chicago. O contrato para dezembro/13 apresentou

Leia mais

19 de junho de 2015/ nº 358

19 de junho de 2015/ nº 358 Percentual de abate(%) 19 de junho de 2015/ nº 358 Sinal de alerta: A terceira semana de junho de 2015 foi caracterizada pela maior queda de preço na arroba do boi gordo em 2015, 0,75% de desvalorização,

Leia mais

Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro

Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Kennya Beatriz Siqueira - Pesquisadora Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T16

Teleconferência de Resultados 2T16 Teleconferência de Resultados 2T16 1 2 Destaques Receita Líquida de R$100,0 milhões no 6M16. Lucro Líquido de R$45,8 milhões no 6M16. EBITDA Ajustado de R$18,3 milhões no 6M16. Fornecimento de 1,0 milhão

Leia mais

Informe UBABEF. Grãos. ANO 1 / NÚMERO 3 11 de NOVEMBRO de 2013

Informe UBABEF. Grãos. ANO 1 / NÚMERO 3 11 de NOVEMBRO de 2013 Informe UBABEF Grãos ANO 1 / NÚMERO 3 11 de NOVEMBRO de 2013 Mil toneladas Exportação Brasileira de Milho Milho: Exportações Mensais (1.000 toneladas) 2012 72.980 2013** 81.007 Exportações Mil ton 4.500

Leia mais