COMO VOCÊ VIROU OUTRO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 22 de novembro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMO VOCÊ VIROU OUTRO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 22 de novembro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r"

Transcrição

1 COMO VOCÊ VIROU OUTRO Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 22 de novembro de 2016 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

2 COMO VOCÊ VIROU OUTRO O natural é você viver sendo você. Isso deveria ser sempre. Isso deveria ser regra, não exceção. Mas na prática a teoria é outra, o que é natural não acontece. Na prática você vive sendo outro. Você vive sendo seus pais, seus amigos, seus professores, sua sociedade, o comercial de televisão, o partido politico, a religião, a moda, etc. Esse é o fato. Para nomear esse fato e facilitar o entendimento dele, vou chamá-lo de "outroísmo". Outroismo tem várias facetas, então, dá para definir de várias maneiras. Nesse livro vou definir da seguinte maneira: "Outroísmo é você sendo outro". Entendido isso, a pergunta a ser respondida nesse livro é: O que acontece que impede o natural de acontecer? Ou seja, como você virou outro? A resposta é simples. O que impede o natural de acontecer é o cultural. Ou seja, você virou outro porque foi educado para ser outro. Isso é uma característica da experiência humana. Bicho e planta nasce sabendo viver na própria natureza e vive nela, sem educação. Você nasce ignorante da própria natureza e se não aprende pelo menos a sobreviver, você morre. A experiência humana é COM educação. Vou trocar a palavra "educação" por "aprendizagem". O que é aprender? Aprender é imitar até decorar. Pense em tudo que você aprendeu e perceba como você aprendendo foi você imitando e decorando algum gabarito. Lembra do caderno de caligrafia da escola? O que você fazia no caderno de caligrafia? Você praticava imitar as letras do alfabeto. Educar é propor um gabarito a ser imitado. Aprender é decorar um gabarito. Quando você pensa em educação, você pensa em escola. Você também foi educado a pensar assim. Mas educação é o tempo todo. Na escola você é educado em gabaritos técnicos, como português, matemática, ciências, etc. Educação escolar um tipo específico de educação, mas a partir do momento em que você nasce, você recebe gabaritos sem parar, de todos os seres humanos com quem convive. Quando sua mãe lhe disse, "come de boca fechada", por exemplo, ela estava lhe dando o gabarito dela para você imitar. Aprendizagem é por imitação. Quando você era neném, você ouvia os sons e tentava imitá-los. Você não foi à escola para aprender a falar português, você aprendeu antes de ir a escola. Você aprendeu sozinho. Inclusive gramática. Quando você foi para escola você já usava o sujeito e o verbo corretamente. Você já dizia: "Eu comi tomate". E não dizia: "Tomate comi eu". Como você aprendeu gramática sem ter aula e com poucos anos de vida? Ouvindo o gabarito e imitando até ficar igual o gabarito. Agora a gênese do outroísmo vai ficar evidente e prática. Pergunto: Que gabarito você imitou para ensinar você a ser você? Você imitou todos os gabaritos que lhe deram, menos o seu. Você imitou o gabarito do seu pai, da 02

3 sua mãe, da sua irmã, do seu professor, dos seus colegas, da sua sociedade, da sua igreja, do comercial de margarina, dos filmes no cinema. Assim como você aprendeu português imitando os sons emitidos pelos outros, você aprendeu a viver imitando os comportamentos, os valores, as crenças e os gostos dos outros. O que o outro dizia que era certo e bom, você imitava. O que o outro dizia que era errado, pecado e proibido, você imitava rejeitando. Você se ensinou a ser você imitando o gabarito dos outros. Quando você nasce, você não sabe de nada. Você não tem a menor ideia de que você está em uma brincadeira de autorrealização e que você tem seu próprio gabarito. E pior! Seus educadores também não sabem disso. E eles também foram educados por outros que também não sabiam disso. E assim por diante. O processo de educação vai se repetindo de pai para filho, nunca de filho para pai. Quando você nasceu, não foi você que falou para os seus pais: "Oi! Meu nome é fulano, eu sou seu filho!". O que aconteceu foi o oposto. Você nasceu e seus pais lhe ensinaram que seu nome é Fulano. Ensinaram muitas outras coisas. Seus pais lhe deram gabaritos. Desde então você imita e reproduz esses gabaritos automaticamente para viver, assim como reproduz as letras do caderno de caligrafia para escrever. Por isso que você virou outro. O processo reverso é a falência da sua educação. Me refiro a educação em SER, não em FAZER. Não tem problema você ser educado em português, matemática, biologia, dirigir carro, amarrar o cadarço dos sapatos, etc. Todas essas aprendizagens lhe ajudam a viver bem. O problema são os gabaritos de SER. Cada gabarito que você recebeu do outro é como um programa de computador que diz o que você TEM QUE SER. Se você é homem, por exemplo, provavelmente sua mãe lhe deu um gabarito assim: "homem não chora". Você estava sofrendo e começou a chorar, daí sua mãe lhe disse: "Para de chorar moleque, homem não chora!. Sua mãe nem sabe o que fez, mas nesse momento lhe programou com o gabarito dela. E pior! Muito provavelmente nem dela era, era da mãe dela. E nem da mãe dela era, era da sua bisavô. E nem da sua bisavô era... Mas enfim, sua mãe lhe deu o gabarito de que homem não chora, você introjetou esse gabarito, imitou, imitou, imitou, até virar um piloto automatico. Por isso hoje em dia você quer chorar, precisa chorar, mas o piloto automatico não deixa. Seu piloto automático é sua programação mental subconsciente. Quase tudo que você faz não é bem você que faz, é sua programação mental subconsciente. Programação mental subconsciente serve para que você possa executar comportamentos complexos sem precisar pensar, como falar português, por exemplo. Então, programação mental subconsciente é ótimo! É de grande ajuda para você. O problema é quando sua programação mental subconsciente é programada para funcionar contra seu próprio gabarito. Por exemplo, quando seu gabarito é de aventureiro e você é educado para ser caseiro. 03

4 Algumas tradições chamam a programação mental subconsciente de ego, e dizem que você deve "matar o ego". Isso é uma metáfora e geralmente mal compreendida. Sem uma programação mental subconsciente você não consegue nem mexer os dedos. Você morre. Além disso, não é sua programação mental que programa você, é você que programa sua programação mental. Então, não precisa matar nada. "Matar o ego" significa reeducar o subconsciente fazendo-o funcionar de acordo com seu próprio gabarito. Seu subconsciente é como um computador que lhe possibilita executar tarefas complexas sem precisar pensar, de forma automática. Essa é a função dele. É assim que ele funciona. Mas assim como um comptador, seu subconsciente apenas faz o que foi programado para fazer, sem saber o que está fazendo. Cabe a você, usuário, saber se o automatismo que seu subconsciente está executando é bom ou ruim para você. Se o automatismo que seu subconsciente está executando não está em acordo com seu gabarito, é você, e só você, que deve reprogramá-lo. Para explicações sobre como fazer isso, leia o livro: CONTROL+EU. FIM 04

5 O QUE É 1FICINA? 1ficina é uma prestação de serviço consciencial a disposição do ser humano. A prestação de serviço da 1ficina é diferente, autônoma, inspirada, voluntária, universalista, prática e gratuita. A função da 1ficina é ajudar cada 1 em seu processo de auto-realização. A estratégia que a 1ficina utiliza para isto é o despertar da consciência. A ferramenta que a 1ficina utiliza é a comunicação. A 1ficina é praticante da ciência do óbvio e da autociência. MARCELO FERRARI Sou autor e coordenador da 1ficina. Tenho 45 anos e moro em Uberlândia, MG. Sou curioso, inventivo e teimoso desde que nasci. Não tenho formação acadêmica em filosofia, nem psicologia. Minha escola para entender a experiência humana é minha própria experiência humana. Se você tem internet, estamos a um click de distância. Disponha. DECLARAÇÃO DE UNIVERSALIDADE Eu honro e celebro eu. Eu honro e celebro você. Eu honro e celebro nós. Eu honro e celebro minha diferença. Eu honro e celebro sua diferença. Eu honro e celebro nossa diferença. Eu sou outro você. Você sou outro eu. Nós somos todos e cada um. Toda exclusão e desrespeito que em mim chega de mim não passa. Eu sou por minha unicidade. Eu sou por sua unicidade. Eu sou por nossa unicidade. Que meu viver confirme minhas palavras e assim seja! 05

CONVERSANDO COM A PERFEIÇÃO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

CONVERSANDO COM A PERFEIÇÃO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CONVERSANDO COM A PERFEIÇÃO Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CONVERSANDO COM A PERFEIÇÃO PERFEIÇÃO: Olá! Eu sou a perfeição. Vamos conversar?

Leia mais

INÚTIL PRAZER DE SER VOCÊ. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

INÚTIL PRAZER DE SER VOCÊ. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r INÚTIL PRAZER DE SER VOCÊ Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r INÚTIL PRAZER DE SER VOCÊ Qual é a utilidade que você tem para você? Leia este livro

Leia mais

CADA UM NO SEU GABARITO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 9 de novembro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

CADA UM NO SEU GABARITO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 9 de novembro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CADA UM NO SEU GABARITO Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 9 de novembro de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CADA UM NO SEU GABARITO PARTE 1 Sim, existe destino. Se não existisse destino, não

Leia mais

AMOR FÁCIL, DIFÍCIL E IMPOSSÍVEL. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 27 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m.

AMOR FÁCIL, DIFÍCIL E IMPOSSÍVEL. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 27 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. AMOR FÁCIL, DIFÍCIL E IMPOSSÍVEL Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 27 de julho de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r AMOR FÁCIL, DIFÍCIL E IMPOSSÍVEL Amar pode ser fácil, pode ser difícil, mas

Leia mais

CIÊNCIA DO NADA. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

CIÊNCIA DO NADA. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CIÊNCIA DO NADA Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CIÊNCIA DO NADA Tudo sobre o nada. Boa leitura! 01 CRIADOR DA REALIDADE Você entende e aceita

Leia mais

LIVRE CLICK. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 31 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

LIVRE CLICK. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 31 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r LIVRE CLICK Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 31 de julho de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r LIVRE CLICK Para viver bem é preciso entender a diferença entre liberdade e livre arbítrio, mas

Leia mais

DILEMA DO OBJETIVO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 30 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

DILEMA DO OBJETIVO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 30 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r DILEMA DO OBJETIVO Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 30 de julho de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r DILEMA DO OBJETIVO Desejo é inconsciente. O que você experimenta e chama de desejo não

Leia mais

SUPER HOMEM. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 24 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

SUPER HOMEM. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 24 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r SUPER HOMEM Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 24 de julho de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r SUPER HOMEM Assim como uma criança caminha para se tornar um adulto, você está caminhado para

Leia mais

CASA DA RAZÃO HUMANA. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 24 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

CASA DA RAZÃO HUMANA. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 24 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CASA DA RAZÃO HUMANA Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 24 de julho de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CASA DA RAZÃO HUMANA Na Casa da Razão Humana moram quatro moradores: um bicho, uma criança,

Leia mais

DEMOCRACIA UNIVERSAL. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 30 de outubro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

DEMOCRACIA UNIVERSAL. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 30 de outubro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r DEMOCRACIA UNIVERSAL Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 30 de outubro de 2016 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r DEMOCRACIA UNIVERSAL Esse livro é a compilação de uma conversa que aconteceu entre

Leia mais

OBJETIVO DA FELICIDADE. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 13 de novenbro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

OBJETIVO DA FELICIDADE. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 13 de novenbro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r OBJETIVO DA FELICIDADE Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 13 de novenbro de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r OBJETIVO DA FELICIDADE Felicidade não é objetivo, tem objetivo. Qual é o objetivo

Leia mais

GPS DO DESTINO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 15 de novembro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

GPS DO DESTINO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 15 de novembro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r GPS DO DESTINO Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 15 de novembro de 2016 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r GPS DO DESTINO INTRODUÇÃO No livro CADA UM NO SEU GABARITO expliquei que seu destino é ser

Leia mais

EGOGAME. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 24 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

EGOGAME. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 24 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r EGOGAME Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 24 de julho de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r EGOGAME A experiência humana é interativa como um jogo. O problema é que este jogo não vem com manual

Leia mais

CONTROL+EU. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

CONTROL+EU. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CONTROL+EU Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CONTROL+EU Você não sofre porque tem uma programação mental, você sofre porque sua programação

Leia mais

Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r EUSPELHO Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r EUSPELHO Este livro explica como você pode usar sua realidade para obter autoconhecimento. Boa leitura!

Leia mais

CONVERSA PARA BOI ACORDAR. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 12 de novembro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

CONVERSA PARA BOI ACORDAR. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 12 de novembro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CONVERSA PARA BOI ACORDAR Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 12 de novembro de 2016 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CONVERSA PRA BOI ACORDAR POVO: Tá brava comigo, Professora? O que foi que fiz?

Leia mais

OUTROÍSMO OUTROÍSMO Vivendo outra vida Livro da 1ficina Marcelo Ferrari http://www.1ficina.com.br/wp-content/uploads/2016/10/outroismo-1ficina-marcelo-ferrari-1.mp3 01 NOME AOS BOIS A palavra outroísmo

Leia mais

Integração entre Serviços e Benefícios. VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015

Integração entre Serviços e Benefícios. VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015 Integração entre Serviços e Benefícios VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015 A desproteção e a vulnerabilidade são multidimensionais

Leia mais

Começando Você lembra de quando era um bebê? De quando

Começando Você lembra de quando era um bebê? De quando CAPÍTULO UM Começando Você lembra de quando era um bebê? De quando estava aprendendo a caminhar? De quando estava aprendendo a falar? O mundo parecia IMENSO e, às vezes, assustador. Havia muitas coisas

Leia mais

VIOLÊNCIA. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 4 de novenbro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

VIOLÊNCIA. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 4 de novenbro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r VIOLÊNCIA Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 4 de novenbro de 2016 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r VIOLÊNCIA PRIMEIRA PARTE A palavra violência vem do verbo violar. Quando você está executando

Leia mais

DESMATERIALIZANDO A CIÊNCIA. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

DESMATERIALIZANDO A CIÊNCIA. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r DESMATERIALIZANDO A CIÊNCIA Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r DESMATERIALIZANDO A CIÊNCIA Ciência não é materialista, está materialista, devido

Leia mais

coleção Conversas #5 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #5 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. coleção Conversas #5 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo de facilitar diálogos que muitas vezes podem

Leia mais

O Poder da Sua Mente!

O Poder da Sua Mente! O Poder da Sua Mente! Se você acredita que pode, então você pode. Se você acredita que não pode, você está certa. Mary Kay Ash Quem sou eu? Juliana David Yamazaki Diretora Sênior de Vendas Independente

Leia mais

Olhando o Aluno Deficiente na EJA

Olhando o Aluno Deficiente na EJA Olhando o Aluno Deficiente na EJA ConhecendoJoice e Paula Lúcia Maria Santos Tinós ltinos@ffclrp.usp.br Apresentando Joice e Paula Prazer... Eu sou a Joice Eu sou a (...), tenho 18 anos, gosto bastante

Leia mais

7 DICAS PARA CRIAR UM FILHO RESPONSÁVEL

7 DICAS PARA CRIAR UM FILHO RESPONSÁVEL 7 DICAS PARA CRIAR UM FILHO RESPONSÁVEL É preciso ensinar o filho a ter responsabilidade desde cedo: O quarto do seu filho é uma bagunça sem fim? Ele vive perdendo os materiais escolares ou quebrando seus

Leia mais

Do Vácuo ao Encontro

Do Vácuo ao Encontro Do Vácuo ao Encontro INTRODUÇÃO Todos nós homens já passamos por situações constrangedoras de puxar conversa com uma bela mulher e não obtemos nada além de um Belo de um vácuo, eu mesmo já passei por isso.

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Igor Local: Núcleo de Arte Nise da Silveira Data: 05 de dezembro de 2013 Horário: 15:05 Duração da entrevista:

Leia mais

SEMANA DO ESPANHOL DE VERDADE MATERIAL DE APOIO AULA 2

SEMANA DO ESPANHOL DE VERDADE MATERIAL DE APOIO AULA 2 SEMANA DO ESPANHOL DE VERDADE MATERIAL DE APOIO AULA 2 O que você vai encontrar neste material? Hola! Neste material complementar da Aula 2 da Semana do Espanhol de Verdade eu vou te mostrar : Revisão

Leia mais

João Pedro Pinto Moreira 4º Ano EB1 Azenha Nova. A Pequena Diferença

João Pedro Pinto Moreira 4º Ano EB1 Azenha Nova. A Pequena Diferença João Pedro Pinto Moreira 4º Ano EB1 Azenha Nova A Pequena Diferença Era uma vez um menino chamado Afonso que nasceu no primeiro dia do ano de 2000. Era uma criança muito desejada por toda a família, era

Leia mais

COMO NÃO SER UM LÍDER DE SUCESSO

COMO NÃO SER UM LÍDER DE SUCESSO COMO NÃO SER UM LÍDER DE SUCESSO Fernando Gasparetto Título Original em Português: Como não ser um líder de Sucesso 2012 de Fernando Gasparetto Todos os direitos desta edição reservados ao autor. É PROIBIDA

Leia mais

Como Aprender Inglês: O Guia Prático

Como Aprender Inglês: O Guia Prático Como Aprender Inglês: O Guia Prático Elaboramos um sistema passo-a-passo para você aprender inglês de maneira mais simples e efetiva! Lucas Campos Introdução Ao Guia...3 Passo 1 As 4 Habilidades...4 Passo

Leia mais

NEWPLAY. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

NEWPLAY. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r NEWPLAY Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r NEWPLAY Este livro é para ajudar você a lidar melhor com seus traumas. Boa leitura! 01 VIVER É TRAUMATIZANTE

Leia mais

Lógica Gramatical. Curso Lógica Gramatical Manual do Aluno. Manual. Do Aluno

Lógica Gramatical. Curso Lógica Gramatical Manual do Aluno. Manual. Do Aluno Lógica Gramatical Curso Lógica Gramatical Manual do Aluno Manual 1 Do Aluno Olá, aluno. Iniciamos aqui o nosso Curso Completo de Português, utilizando a Lógica Gramatical como mecanismo de aprendizado

Leia mais

O SEGREDO ESTÁ AQUI! 4 PASSOS DEFINITIVOS PARA O SUCESSO

O SEGREDO ESTÁ AQUI! 4 PASSOS DEFINITIVOS PARA O SUCESSO http://principiosdesucesso.com O SEGREDO ESTÁ AQUI! 4 PASSOS DEFINITIVOS PARA O SUCESSO Sumário Você sabia que os hábitos que temos são chamados de paradigmas?... 3 Que hábitos são esses?... 5 Aprenda

Leia mais

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde PERGUNTAS METALINGUÍSTICAS Doc.: J. quais são as línguas que você fala " Inf.: eu " (+) inglês né falo

Leia mais

Professora: Deisi Meri Menzen Escola 1º de Maio. Sequencia de Outubro/novembro Identidade. Competências. Objetivos

Professora: Deisi Meri Menzen Escola 1º de Maio. Sequencia de Outubro/novembro Identidade. Competências. Objetivos Professora: Deisi Meri Menzen Escola 1º de Maio Sequencia de Outubro/novembro 2013- Identidade Competências Objetivos Estratégias em Língua Portuguesa (contemplando os 4 eixos: Leitura; Produção de textos;

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Sonia Local: Núcleo de Arte Nise da Silveira Data: 5 de dezembro de 2013 Horário: 15:05 Duração da entrevista:

Leia mais

IRMÃO. meu irmão ficou louco quando eu matei o cachorro. tá aí, eu gostava dele! eu gostava dele. cara muito bom aquele.

IRMÃO. meu irmão ficou louco quando eu matei o cachorro. tá aí, eu gostava dele! eu gostava dele. cara muito bom aquele. O IRMÃO WALDEN CAMILO DE CARVALHO meu irmão ficou louco quando eu matei o cachorro. tá aí, eu gostava dele! eu gostava dele. cara muito bom aquele. o frio está ficando meio bravo. assim é capaz do pessoal

Leia mais

OS QUATRO PILARES DA TECNOLOGIA NA ESCOLA

OS QUATRO PILARES DA TECNOLOGIA NA ESCOLA CAPÍTULO 3 OS QUATRO PILARES DA TECNOLOGIA NA ESCOLA Relatório de Tecnologias no Ensino Fundamental II Fevereiro / 2017 27 OS QUATRO PILARES DA TECNOLOGIA NA ESCOLA Para incluir a tecnologia na escola

Leia mais

Como obter sucesso nas provas

Como obter sucesso nas provas Como obter sucesso nas provas 1 Sumário Como obter sucesso nas provas - Como obter sucesso nas provas...03 2 Como obter sucesso nas provas É muito fácil se eu disser para você que na prova de Escrivão

Leia mais

CRIANÇAS DAS ESTRELAS CHOCA MÃE AO FALAR LÍNGUAS ESTRANHAS: ALGO IMPORTANTE VAI ACONTECER NOS PRÓXIMOS CINCO ANOS NESTE PLANETA

CRIANÇAS DAS ESTRELAS CHOCA MÃE AO FALAR LÍNGUAS ESTRANHAS: ALGO IMPORTANTE VAI ACONTECER NOS PRÓXIMOS CINCO ANOS NESTE PLANETA CRIANÇAS DAS ESTRELAS CHOCA MÃE AO FALAR LÍNGUAS ESTRANHAS: ALGO IMPORTANTE VAI ACONTECER NOS PRÓXIMOS CINCO ANOS NESTE PLANETA Criança de nove anos de idade, do Norte da Europa que fala sobre sua capacidade

Leia mais

Especial Formação. Professor

Especial Formação. Professor Especial Formação Professor Especial Formação de Professor Por Beatriz Tavares de Souza* Como ser amigo Um livro sobre amizade Autor: Molly Wigand Ilustrações: Anne FitzGerald Elaboração do Projeto: Beatriz

Leia mais

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO RELATÓRIO FOTOGRÁFICO PROJETO RAPOSOS SUSTENTÁVEL RAPOSOS MG MAI A JUL 16 Realização: Parceria: Patrocínio: Apropriação Cheguei em casa e dei a receita de sabão para o meu tio. Na mesma hora, ele foi à

Leia mais

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO PROFESSORA Bom dia meninos, estão bons? TODOS Sim. PROFESSORA Então a primeira pergunta que eu vou fazer é se vocês gostam

Leia mais

"PASSO A PASSO DE ESTUDO"

PASSO A PASSO DE ESTUDO 2 Aqui no EPISÓDIO 04 você recebe o PASSO A PASSO para estudar Inglês diariamente e usando tudo o que ensinei durante o AULÃO NACIONAL DE INGLÊS! "PASSO A PASSO DE ESTUDO" Se tudo que eu falei para você

Leia mais

13. Já tiveste de ir a Conselho de Turma por teres tido mau comportamento? Não

13. Já tiveste de ir a Conselho de Turma por teres tido mau comportamento? Não (não preencher) N.º DO QUESTIONÁRIO 1. Escola 5º ano 6º ano Turma 2. N.º do aluno 3. Rapaz Rapariga 4. Ano de nascimento 5. Nasceste em Portugal? Sim Não Em que país nasceste? Vivo em Portugal há anos

Leia mais

Você sabe de quem são as histórias de fada, bruxa e duende? Será que YAHUVAH gosta dessas coisas? Vamos ver?

Você sabe de quem são as histórias de fada, bruxa e duende? Será que YAHUVAH gosta dessas coisas? Vamos ver? Você sabe de quem são as histórias de fada, bruxa e duende? Será que YAHUVAH gosta dessas coisas? Vamos ver? Como foi a aula hoje, filha? Eu gostei muito, mamãe! Hoje nós tivemos aula de boas maneiras!

Leia mais

Por que eu escolhi Madrid?

Por que eu escolhi Madrid? Por que eu escolhi Madrid? Outro dia, recebi um email de um brasileiro que virá fazer um intercâmbio na Espanha e me pedia para comparar Madrid e outra cidade espanhola porque ele estava em dúvida sobre

Leia mais

Fundação Nosso Lar Foz do Iguaçu PR. Roteiro para Entrevista : Seleção.

Fundação Nosso Lar Foz do Iguaçu PR. Roteiro para Entrevista : Seleção. Fundação Nosso Lar Foz do Iguaçu PR Roteiro para Entrevista : Seleção. 1. Nome do entrevistado: 2. Endereço/ Rua: nº 3. Bairro: Telefone: Celular : 4. Cidade: Referência: 5. Data da entrevista: / /. Parte

Leia mais

Já tinha feito um passeio como esse?

Já tinha feito um passeio como esse? 1. Você já tinha feito um passeio como esse que fizemos hoje? sim não Já tinha feito um passeio como esse? 9 23 sim 28% não 72% 2. Complete Gostei Não gostei Não participou Casa das Rosas 31 1 Caminhada

Leia mais

Guarda Compartilhada

Guarda Compartilhada Guarda Compartilhada Apresentação Esta cartilha foi desenvolvida a partir da iniciativa do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos - NUPEMEC, sob a Coordenação do Juiz Paulo César

Leia mais

Caminhando Com as Estrelas

Caminhando Com as Estrelas Caminhando Com as Estrelas Espiritualidade que Liberta Com Alessandra França e Jaqueline Salles Caminhando Com as Estrelas Espiritualidade que Liberta Aula 7 Com Jaqueline Salles Temas: Limpando-se para

Leia mais

CINEMA NA SALA DE AULA

CINEMA NA SALA DE AULA CINEMA NA SALA DE AULA NÃO USE : Vídeo-tapa buraco: colocar vídeo quando há um problema inesperado, como ausência do professor. Usar este expediente eventualmente pode ser útil, mas se for feito com frequência,

Leia mais

Sumário. O método 5 Os resultados 5

Sumário. O método 5 Os resultados 5 Sumário O método 5 Os resultados 5 Lição 1 Novo nascimento 7 Lição 2 Arrependimento do pecado 14 Lição 3 Fé e perdão 20 Lição 4 Obediência 26 Lição 5 A família de Deus 34 Lição 6 Cheios do Espírito Santo

Leia mais

NÃO TEMAS! ESTOU CONTIGO NA TUA FAMÍLIA 2º CICLO

NÃO TEMAS! ESTOU CONTIGO NA TUA FAMÍLIA 2º CICLO 2ª FEIRA 25 DE SETEMBRO Bom dia! Depois de um fim de semana para re carregar energias, espera-nos uma semana em cheio. Nesta semana vamos falar da importância da família e de como a devemos tratar como

Leia mais

Roteiro para análise do filme Escritores da. Liberdade

Roteiro para análise do filme Escritores da. Liberdade Roteiro para análise do filme Escritores da Liberdade É importante reforçar que toda a comunidade escolar é responsável e participante no processo educativo e que a ação dos funcionários na escola é, sobretudo,

Leia mais

O método é simples. 1. Entender o movimento (mentalmente), assimilá-lo. 2. Executar o movimento.

O método é simples. 1. Entender o movimento (mentalmente), assimilá-lo. 2. Executar o movimento. O método é simples Tocar bateria é coordenar os movimentos dos braços e pernas, só isso. Não é preciso ler partituras Não é preciso saber as notas musicais Não é preciso ter o dom para a música Aprender

Leia mais

Iracema ia fazer aniversário. Não

Iracema ia fazer aniversário. Não Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães Iracema ia fazer aniversário. Não sabia muito bem se ela podia convidar a turma do Hospital por motivos fáceis de explicar,

Leia mais

Conhece a Ana. // Perfil

Conhece a Ana. // Perfil Conhece a Ana // Perfil Nome: Ana Rodrigues Idade: 21 anos Nacionalidade: Portuguesa Cidade: Caxarias/Ourém Escola: Escola Superior de Saúde (ESSLei) Curso: Licenciatura em Dietética País Escolhido: Lituânia

Leia mais

VANDERLEY DA CRUZ OLIVEIRA A VERDADEIRA HISTÓRIA DE PETER WENDELL DOOLEY & ALLINE CRIVELAND SHERTMAN

VANDERLEY DA CRUZ OLIVEIRA A VERDADEIRA HISTÓRIA DE PETER WENDELL DOOLEY & ALLINE CRIVELAND SHERTMAN VANDERLEY DA CRUZ OLIVEIRA A VERDADEIRA HISTÓRIA DE PETER WENDELL DOOLEY & ALLINE CRIVELAND SHERTMAN 1 2 3 Ano da publicação 2014 ARTE DA CAPA ELAINE AULISIO RANGEL Texto VANDERLEY DA CRUZ OLIVEIRA Cita

Leia mais

Meu Nome é David Rocha Amante da Colorimetria capilar estou aqui para entregar o meu conhecimento que adquiri em anos de Profissão.

Meu Nome é David Rocha Amante da Colorimetria capilar estou aqui para entregar o meu conhecimento que adquiri em anos de Profissão. Introdução Meu Nome é David Rocha Amante da Colorimetria capilar estou aqui para entregar o meu conhecimento que adquiri em anos de Profissão. Nesse Livro Digital vamos falar da Estrela de Oswald e resolver

Leia mais

Compreender estruturas lógicas é, antes de tudo, compreender o que são proposições.

Compreender estruturas lógicas é, antes de tudo, compreender o que são proposições. Caros alunos, Antes de darmos início a nossa aula demonstrativa, vamos às apresentações pessoais e profissionais: meu nome é Letícia Protta, sou agente administrativo do Ministério do Trabalho e Emprego,

Leia mais

Meditação Sala Azul. SEMANA 35 Heróis da Bíblia: Daniel Parte 1 Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI)

Meditação Sala Azul. SEMANA 35 Heróis da Bíblia: Daniel Parte 1 Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI) Meditação Sala Azul Nome: Idade: Professor: Contato do Professor: SEMANA 35 Heróis da Bíblia: Daniel Parte 1 Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI) Versículo

Leia mais

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO SANTA RITA MA AGO A OUT 16

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO SANTA RITA MA AGO A OUT 16 RELATÓRIO FOTOGRÁFICO SANTA RITA MA AGO A OUT 16 Coordenação: Parceria: Apropriação Participar do projeto durante a minha gestação foi importante, porque tomei outro rumo na minha vida. Participei de atividades

Leia mais

Eu, Pedro Henrique A. nasci em 20 de outubro de 2004 na maternidade de Itapetininga, tenho 10 anos e gosto de viajar, ir à escola, participar dos

Eu, Pedro Henrique A. nasci em 20 de outubro de 2004 na maternidade de Itapetininga, tenho 10 anos e gosto de viajar, ir à escola, participar dos Turma 2015 Eu, Pedro Henrique A. nasci em 20 de outubro de 2004 na maternidade de Itapetininga, tenho 10 anos e gosto de viajar, ir à escola, participar dos campeonatos municipais e brincar com meus

Leia mais

Escola: AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS

Escola: AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS e Comunicação Formação Pessoal e Social Escola: AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS Nome: Idade: 4 anos Sala: Educação pré-escolar Ano letivo / 1º período Assiduidade Presenças: Faltas: Sabe o seu nome e idade.

Leia mais

Minha esposa recebeu este texto por e encaminhou para mim.

Minha esposa recebeu este texto por  e encaminhou para mim. Obrigado mãe! Muito obrigado por seus ensinamentos. Provérbios 22.6 e 29.15 Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis, 11/10/2009 Minha esposa recebeu este texto por e-mail e encaminhou para mim. Gostei

Leia mais

TEAM COACHING ONLINE Sessão

TEAM COACHING ONLINE Sessão TEAM COACHING ONLINE Sessão 09 romuloferreiracoach@gmail.com 83 986147620 Compartilhar os ganhos Agenda Programada CAT As Armas da Persuasão Intocáveis Atv,Rit,Val,V0,Pro Pasta de Apresentação Formulário

Leia mais

Trabalho 3: Visionamento de uma sessão no Webinars

Trabalho 3: Visionamento de uma sessão no Webinars Departamento de Matemática Mestrado em Ensino de Matemática no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário Trabalho 3: Visionamento de uma sessão no Webinars Meios Computacionais no Ensino Professor:

Leia mais

VOCÊ ESTÁ REALMENTE EVOLUINDO NO INGLÊS PARA NEGÓCIOS?

VOCÊ ESTÁ REALMENTE EVOLUINDO NO INGLÊS PARA NEGÓCIOS? VOCÊ ESTÁ REALMENTE EVOLUINDO NO INGLÊS PARA NEGÓCIOS? Você sente que está patinando em seu conhecimento de inglês? Essa sensação é bastante comum. Na verdade, no começo do curso sentimos que estamos tendo

Leia mais

TEOREMA DE PITÁGORAS AULA ESCRITA

TEOREMA DE PITÁGORAS AULA ESCRITA TEOREMA DE PITÁGORAS AULA ESCRITA 1. Introdução O Teorema de Pitágoras é uma ferramenta importante na matemática. Ele permite calcular a medida de alguma coisa que não conseguimos com o uso de trenas ou

Leia mais

24. Principais relações estabelecidas pelas preposições (Aula 2: Preposição) VALOR DAS VÁRIAS RELAÇÕES ESTABELECIDAS PELAS PREPOSIÇÕES A 1.CAUSA OU MOTIVO: acordar aos gritos das crianças 2.CONFORMIDADE:

Leia mais

A MATEMÁTICA NA HUMANIDADE INTRODUÇÃO

A MATEMÁTICA NA HUMANIDADE INTRODUÇÃO A MATEMÁTICA NA HUMANIDADE Guilherme Zanette (G CLCA - UENP/CJ) Hugo Luiz Santos Oliveira (G CLCA - UENP/CJ) Penha Lucilda de Souza Silvestre (Orientadora CLCA - UENP/CJ) INTRODUÇÃO Neste presente artigo,

Leia mais

A EXPECTATIVA DOS PAIS

A EXPECTATIVA DOS PAIS 3 MÓDULO A EXPECTATIVA DOS PAIS RELEMBRANDO... Nossa criação diz muito sobre nós. É dali que surgiram as nossas primeiras crenças. Ali que aprendemos o significado das coisas, o que é permitido e o que

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEUSP

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEUSP FACULDADE DE EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEUSP Disciplina: Metodologia do Ensino de Português: A Alfabetização Professor: Nilce da Silva Aluno: Nathália Reis Ramos Número USP: 5120500 Plano de

Leia mais

Reference to English Interconnections Lesson Changes at School p. 14 Social Studies Standard(s): Standard 1, Objective 1

Reference to English Interconnections Lesson Changes at School p. 14 Social Studies Standard(s): Standard 1, Objective 1 1ª Série Lição: As mudanças na escola - Igual e diferente Reference to English Interconnections Lesson Changes at School p. 14 Social Studies Standard(s): Standard 1, Objective 1 Objetivo(s) do Conteúdo

Leia mais

O QUE A GENTE QUER MURAL P(R)O(F)ÉTICO. Estudantes do 3º EJA MÉDIO

O QUE A GENTE QUER MURAL P(R)O(F)ÉTICO. Estudantes do 3º EJA MÉDIO O QUE A GENTE QUER MURAL P(R)O(F)ÉTICO Estudantes do 3º EJA MÉDIO 2 3 APRESENTAÇÃO Os poemas que se seguem foram escritos pelos estudantes do 3º EJA A do Ensino Médio da Escola Estadual Dionysio Costa

Leia mais

Aprender linguagem > 18 meses a 3 anos > 3. GRAMÁTICA. Dizer os verbos. Usando verbos

Aprender linguagem > 18 meses a 3 anos > 3. GRAMÁTICA. Dizer os verbos. Usando verbos Aprender linguagem > 18 meses a 3 anos > 3. GRAMÁTICA Dizer os verbos. Usando verbos 1 Aprender linguagem > 18 meses a 3 anos > 3. GRAMÁTICA > 3.1. Usando verbos Se as crianças nos escutam dizer muitos

Leia mais

E-book Porque muitas pessoas querem estudar música mas não conseguem Por Leandro Latú Music2You Aulas de Música em Domicílio

E-book Porque muitas pessoas querem estudar música mas não conseguem Por Leandro Latú Music2You Aulas de Música em Domicílio E-book Porque muitas pessoas querem estudar música mas não conseguem Por Leandro Latú Music2You Aulas de Música em Domicílio Sobre a Música A Música está presente em nosso dia-a-dia, ninguém vive sem música

Leia mais

Rua Pirapetinga, 567 - Serra - 30220-150 Belo Horizonte - MG -Tel. (31) 3282-2366 www.universoproducao.com.br conheca todos os amigos do pipoca! A Universo Produção realiza há mais de 15 anos uma série

Leia mais

APRENDIZAGEM CONHECENDO SEU PROCESSO PARA COMPREENDER O SEU DESENVOLVIMENTO

APRENDIZAGEM CONHECENDO SEU PROCESSO PARA COMPREENDER O SEU DESENVOLVIMENTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS MESTRADO ACADEMICO EM EDUCACAO E CIENCIAS NA AMAZONIA APRENDIZAGEM CONHECENDO SEU PROCESSO PARA COMPREENDER O SEU DESENVOLVIMENTO MESTRANDA LIDIANE MEDEIROS APRENDIZAGEM

Leia mais

COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo

COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo Preencha este horário segundo a distribuição de tempo que você tem a intenção de fazer: Pinte de vermelho o tempo ocupado em aulas; Pinte

Leia mais

EU, POESIA (Eric Fanuel) Nascia eu, pequenino Em meados dos anos setenta Filho de dona de casa Daquelas que sempre inventa

EU, POESIA (Eric Fanuel) Nascia eu, pequenino Em meados dos anos setenta Filho de dona de casa Daquelas que sempre inventa EU, POESIA (Eric Fanuel) Nascia eu, pequenino Em meados dos anos setenta Filho de dona de casa Daquelas que sempre inventa Um meio dos filhos alegrar Comia apenas farinha E ainda dizia gostar O almoço,

Leia mais

COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA

COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA Trechos selecionados do livro Estratégias poderosas para fazê-la voltar para você. www.salveseucasamento.com.br Mark Love E-book gratuito Esse e-book gratuito é composto de

Leia mais

LELO AMARELO BELO. (Filosofia para crianças) ROSÂNGELA TRAJANO. Volume III 05 anos de idade

LELO AMARELO BELO. (Filosofia para crianças) ROSÂNGELA TRAJANO. Volume III 05 anos de idade LELO AMARELO BELO (Filosofia para crianças) Volume III 05 anos de idade ROSÂNGELA TRAJANO LELO AMARELO BELO Rosângela Trajano LELO AMARELO BELO VOLUME III (05 ANOS) DE IDADE 1ª EDIÇÃO LUCGRAF NATAL 2012

Leia mais

Anexo 2.2- Entrevista G1.2

Anexo 2.2- Entrevista G1.2 Entrevistado: E1.2 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência 53 anos Masculino Cabo-Verde 40 anos em Portugal: Escolaridade: 4ª classe Imigrações prévias : -- Língua materna: Outras línguas: Agregado

Leia mais

TEMA TRANSVERSAL: ÉTICA

TEMA TRANSVERSAL: ÉTICA TEMA TRANSVERSAL: ÉTICA LEITURA PARA O ALUNO O QUE É ÉTICA O dicionário nos traz o significado de ética como estudo dos juízos de apreciação referentes à conduta humana, do ponto de vista do bem e do mal

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE ESTUDOS 2016

PROGRAMAÇÃO DE ESTUDOS 2016 PROGRAMAÇÃO DE ESTUDOS 2016 2ª etapa: 16/05 a 31/08 2º Ano A/B Ensino Fundamental Educadoras: Flávia/Márcia 1 LÍNGUA PORTUGUESA PROPOSTA DE TRABALHO NOÇÕES /CONCEITOS HABILIDADES Leitura e interpretação

Leia mais

OBJETIVO: Que a criança compreenda que recebeu de Jesus autoridade para vencer.

OBJETIVO: Que a criança compreenda que recebeu de Jesus autoridade para vencer. OBJETIVO: Que a criança compreenda que recebeu de Jesus autoridade para vencer. USE A CRIATIVIDADE E PINTE BEM BONITO O NOME A QUAL PERTENCE TODO O PODER. VERSÍCULO PARA MEMORIZAR: É me dado todo o poder

Leia mais

Resolvi estudar arte porque é mais facinho

Resolvi estudar arte porque é mais facinho Resolvi estudar arte porque é mais facinho Por Rubens Cavalcanti da Silva Da série Agar-agar Agar-agar - Gravuragelatina - 2015 obra do autor A arte, que é a matéria mais fácil, meu filho foi mal Eu trabalhava

Leia mais

SITUAÇÃO DE DIFICULDADE EM MATEMÁTICA: ESTUDO DE CASO NA EDUCAÇÃO BÁSICA

SITUAÇÃO DE DIFICULDADE EM MATEMÁTICA: ESTUDO DE CASO NA EDUCAÇÃO BÁSICA SITUAÇÃO DE DIFICULDADE EM MATEMÁTICA: ESTUDO DE CASO NA EDUCAÇÃO BÁSICA Bianca Silveira silveirabianca41@gmail.com Christian Dias Azambuja christian.dias.92@gmail.com Lidiane Garcia Pereira lidianegarciapereira@gmail.com

Leia mais

6. Lembre-se de um dia que você foi muito feliz e desenhe seu auto retrato de acordo com aquele momento.

6. Lembre-se de um dia que você foi muito feliz e desenhe seu auto retrato de acordo com aquele momento. Projeto Colcha de retalho.. A colcha de retalhos (Conceil Correa da Silva, Nye Ribeiro Silva) que retrata a história da avó que costura uma colcha através de pedaços diferentes de tecido. Com este gesto

Leia mais

Aplicação de jogos nas empresas.

Aplicação de jogos nas empresas. Aplicação de jogos nas empresas. Explicações gerais e suas etapas, exemplos voltados a empresa. MATHEUS C. N. SOARES MARCELO N. SOARES Sumário Título. Introdução. Estruturação/Criação. Exemplos e explicações(1

Leia mais

Eu vou pegar a minha Bíblia! Marquinhos estava em casa com o papai. Os dois conversaram sobre um assunto muito importante. Vamos ver qual foi?

Eu vou pegar a minha Bíblia! Marquinhos estava em casa com o papai. Os dois conversaram sobre um assunto muito importante. Vamos ver qual foi? Marquinhos estava em casa com o papai. Os dois conversaram sobre um assunto muito importante. Vamos ver qual foi? Filho! Bom dia!! Vamos começar o dia muito bem? Bom dia, papai!! Vamos!! Olha! Depois de

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ENSINO DA HISTÓRIA E DA GEOGRAFIA. A Geografia Levada a Sério

INTRODUÇÃO AO ENSINO DA HISTÓRIA E DA GEOGRAFIA.  A Geografia Levada a Sério INTRODUÇÃO AO ENSINO DA HISTÓRIA E DA GEOGRAFIA 1 Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou sua construção. Paulo Freire 2 O Último Pau de arara

Leia mais

SOE - Serviço de Orientação Educacional

SOE - Serviço de Orientação Educacional SOE - Serviço de Orientação Educacional Projeto Aprendendo a Ser para Aprender a Conviver Tema: Amizade e Conflito 3º AT Marise Miranda Gomes - Orientadora Educacional - Psicopedagoga Clínica e Institucional

Leia mais

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR 20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR Resultados Processo de aprendizagem SENTIDOS Gosto de informações que eu posso verificar. Não há nada melhor para mim do que aprender junto com a prática.

Leia mais

coleção Conversas #21 - ABRIL e t m o se? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #21 - ABRIL e t m o se? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. Sou bem que ele mais v coleção Conversas #21 - ABRIL 2015 - m o c está l e g i o h a que e l apenas por in e t. er e s se? Será Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

Leia mais

Alfabetizar e letrar ENTREVISTA

Alfabetizar e letrar ENTREVISTA Alfabetizar e letrar ENTREVISTA Entrevistada: Maria Jovelina dos Santos É professora de Português da rede estadual de ensino em São Paulo, com 30 anos de experiência no magistério. Formada em Letras Português/Inglês

Leia mais