Plano Aula 11 31/10/2011

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Plano Aula 11 31/10/2011"

Transcrição

1 Plano Aula 11 31/10/ Vantagem Competitiva Estratégias Competitivas - Caso Verizon & ATT, Caso Dell e Land s End, Artigo TI e Vantagem Competitiva, Rede Vende Tudo 1

2 Estratégias Competitivas Básicas Para reagir as essas ameaças as empresas podem adotar uma das seguintes estratégias: Estratégia de Liderança em Custos Estratégia de Diferenciação Estratégia de Inovação Estratégia de Crescimento Estratégia de Aliança 2

3 Liderança em Custos Tornar-se um produtor com custos dos produtos e serviços baixos, ou encontrar uma forma de ajudar seus fornecedores e clientes a reduzir seus custos ou, então, a aumentar os custos dos concorrentes. Tecnologia da Informação Utilizar a TI para reduzir substancialmente os custos dos processos empresariais Utilizar a TI para baixar os custos para os clientes e dos fornecedores. Exemplo Wal-Mart (pág. 47) 3

4 Liderança em Custos - Exemplos Wal-Mart Estoque Just-in-time com os principais fornecedores Dell Computer Sistema de pedidos sob medida on-line Sistema de compras e distribuição centralizado utilizado pelas grandes redes de varejo (supermercados, farmácias, vestuário, etc.) 4

5 Liderança em Custos Dell Inc. Internet Servidores da Dell Inc. EAI Fornecedor m Cliente pedidos Fornecedor n Fornecedor 1 Fornecedor 2 Fornecedor 3 Utilizando o EAI (Enterprise Application Integration) tudo se passa como se tivesse uma pessoa acessando as telas das aplicações dos fornecedores e interagindo com elas. 5

6 Caso Verizon ou AT&T Qual a principal estratégia competitiva da AT&T? Qual a principal estratégia competitiva da Verizon? Qual estratégia competitiva entre as duas você escolheria? 6

7 Liderança em Diferenciação Desenvolver maneiras para diferenciar os produtos e serviços de uma empresa dos seus competidores ou reduzir a vantagem que existe entre seus concorrentes e sua empresa. Isso permitirá a uma empresa forcar seus produtos e serviços para lhes dar uma vantagem competitiva em um segmento particular do mercado. 7

8 Liderança em Diferenciação Tecnologia da Informação A tecnologia de informação pode ajudar nessa estratégia desenvolvendo novos atributos da TI para diferenciar produtos e serviços. Exemplos: a) Estabilidade, facilidade de uso e segurança nos portais dos bancos; b) Comodidade e benefícios nas compras via portais de comércio eletrônico; c) Serviço de pesquisa de preços via WEB (Buscapé); d) Vendas de produtos via portal WEB. 8

9 Liderança em Diferenciação - Exemplos Freightways Serviços de rastreamento das encomendas on-line Amazon Sistema de BI propondo produtos em promoção baseados no histórico de compras do cliente. Além disso o sistema de rastreamento da ordem de pedido é bem detalhado Google Com o acréscimo de Maps, YouTube e Gmail Web. Verizon FiOS, Qualidade da Rede e Atendimento aos Clientes Federal Express Rastreamento de pacotes on-line e gerenciamento de vôo 9

10 Cadeia de Valor Verizon 10

11 Liderança em Diferenciação Suponha que você é gestor de TI de uma fábrica de Jeans e Camisas. Que tipo de diferenciação você acha que pode introduzir na venda dos seus produtos? 11

12 Liderança em Diferenciação Land s End Internet EAI Servidor da Land s End Cliente Servidor da Land s End pedidos Molde eletrônico sob medida Fábrica 12

13 13

14 Liderança em Inovação Tecnologia da Informação Criar novos produtos e serviços que incluam componentes da TI (Câmera digital, ipod, GPS, TV LED 3D) Desenvolver novos e exclusivos mercados ou nichos de mercados com o auxílio da TI ((iphone, ipad, Netbook, e-book, TV digital) Realizar mudanças radicais nos processos empresariais com utilização eficaz da TI que reduzam drasticamente os custos, melhorem a qualidade, a eficiência, ou o atendimento ao consumidor, ou reduzam o tempo de lançamento de um produto. Exemplo: indústria de móveis (fabricação), indústria de carros (uso de robôs), educação (uso do Internet), comércio (via internet Submarino) 14

15 Liderança em Inovação - Exemplos Google Mecanismo de pesquisa super otimizado Apple ipod, iphone, ipad, itouch, itunes Groupon Compras coletivas EBAY, Buscapé Amazon e lojas parceiras funcionando no modelo Buscapé 15

16 Promover Crescimento Fazer que a capacidade de produzir produtos ou serviços da empresa cresça significativamente, expandir para o mercado global, diversificar os produtos e serviços, ou integrar produtos e serviços afins. 16

17 Promover Crescimento Tecnologia da Informação Utilizar a TI para gerenciar a expansão regional e global da empresa. Utilizar a TI para diversificar e integrar outros produtos e serviços. Utilizar a TI para facilitar aquisições de empresas e fusões. 17

18 Promover Crescimento Exemplos Wal-Mart Sistema de pedidos de produtos pela rede global via satélite Citicorp Intranet Global, Sistemas de Negócios Globais e compras globais centralizado de TI 18

19 Aliança Estabelecer novas uniões e alianças com clientes, fornecedores, competidores, consultores e outras empresas. Essas associações podem significar fusões, aquisições, criação de empresas virtuais ou outros acordos de marketing, produção ou distribuição entre a empresa e seus parceiros de negócio. 19

20 Aliança Tecnologia da Informação Utilizar a TI para criar parcerias virtuais Desenvolver sistemas de informação de empresas interligadas utilizando a Internet e a extranet para suportar relacionamentos estratégicos com os clientes, fornecedores e empresas terceirizadas. 20

21 Aliança - Exemplos - Wal-Mart /Procter & Glamble Sistema de reposição automática do estoque pelo fornecedor - ATT com contrato de exclusividade na comercialização do iphone - Renault/Nissan Compartilhamento de infraestrutura de fábricas - Sistema de compras centralizado para restaurantes, farmácias, etc. - Sistema de rádio taxi. 21

22 Cadeia de Valor AT&T 22

23 Empresa produção virtual Cisco Systems Pedido Cisco San JoseSS peças Estoque Cisco Produto pedido + fatura (1) Conta eletrônica da Jabil e da Hamilton (2) Jabil St. Petersbur g Monta o produto, testa e envia o produto ao cliente peças peças Estoque Jabil Estoque Hamilton 23

24 Exercícios - Artigo Vantagem Competitiva - Rede de Lojas Vende Tudo 24

25 Aula 11 FIM 25

Objectivos. e explicar de que formas as TI podem ser utilizadas para ganhar vantagens competitivas. tecnologias da informação.

Objectivos. e explicar de que formas as TI podem ser utilizadas para ganhar vantagens competitivas. tecnologias da informação. Capítulo 2 1 Enfrentar a concorrência com tecnologias da informação 2 Objectivos ƒ Identificar estratégias de concorrência básicas e explicar de que formas as TI podem ser utilizadas para ganhar vantagens

Leia mais

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fundamentos da Vantagem Estratégica ou competitiva Os sistemas de informação devem ser vistos como algo mais do que um conjunto de tecnologias que apoiam

Leia mais

O papel dos sistemas de informação no ambiente de negócios contemporâneo

O papel dos sistemas de informação no ambiente de negócios contemporâneo O papel dos sistemas de informação no ambiente de negócios contemporâneo Mestrado em Gestão estratégicas de Organizações Disciplina: Sistemas de Informação e Novas Tecnologias Organizacionais Professor:

Leia mais

Capítulo 1. 2011 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. 1.1 Copyright 2011 Pearson Education, Inc. publishing as Prentice Hall

Capítulo 1. 2011 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. 1.1 Copyright 2011 Pearson Education, Inc. publishing as Prentice Hall Capítulo 1 slide 1 1.1 Copyright 2011 Pearson Education, Inc. publishing as Prentice Hall O novo estádio dos Yankees olha para o futuro Problema: Salários, custos com viagens e ingressos com valores altos,

Leia mais

Conquistando vantagem competitiva com os sistemas de informação

Conquistando vantagem competitiva com os sistemas de informação Conquistando vantagem competitiva com os sistemas de informação slide 1 3.1 Copyright 2011 Pearson Education, Inc. publishing as Prentice Hall Objetivos de estudo Como o modelo das cinco forças competitivas

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Usando o SI como vantagem competitiva Vimos

Leia mais

Plano Aula 10 24/10/2011. - Exercício de Desenvolvimento Pessoal - Vantagem Competitiva Liderança em Custos

Plano Aula 10 24/10/2011. - Exercício de Desenvolvimento Pessoal - Vantagem Competitiva Liderança em Custos Plano Aula 10 24/10/2011 - Exercício de Desenvolvimento Pessoal - Vantagem Competitiva Liderança em Custos 1 Exercício de Desenvolvimento Pessoal O objetivo deste exercício é praticar os conceitos de Controle

Leia mais

Respostas da Lista de Exercícios do Módulo 2: Vantagem Competitiva. Resposta do Exercício 1

Respostas da Lista de Exercícios do Módulo 2: Vantagem Competitiva. Resposta do Exercício 1 Respostas da Lista de Exercícios do Módulo 2: Vantagem Competitiva 1 Resposta do Exercício 1 Uma organização usa algumas ações para fazer frente às forças competitivas existentes no mercado, empregando

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Introdução à Unidade Curricular

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Introdução à Unidade Curricular SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Introdução à Unidade Curricular Material Cedido pelo Prof. Msc. Ângelo Luz Prof. Msc. André Luiz S. de Moraes 2 Materiais Mussum (187.7.106.14 ou 192.168.200.3) Plano de Ensino SISTEMAS

Leia mais

Muitos varejistas têm adotado o uso de marketplaces como canais de venda adicionais às suas lojas virtuais já consolidadas.

Muitos varejistas têm adotado o uso de marketplaces como canais de venda adicionais às suas lojas virtuais já consolidadas. Os marketplaces são um modelo de e-commerce em que empresas comercializam seus produtos através de um site com grande fluxo de visitas e uma marca conhecida. Muitos varejistas têm adotado o uso de marketplaces

Leia mais

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual.

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. Somos uma empresa especializada em soluções voltadas ao segmento digital como: criação,

Leia mais

Objectivos de aprendizagem

Objectivos de aprendizagem Capítulo 6 1 Telecomunicações e redes 2 Objectivos de aprendizagem ƒ Identificar as principais tendências e os grandes desenvolvimentos nas empresas, nas tecnologias e nas aplicações de negócio, das telecomunicações

Leia mais

SUPORTE DA TI A MELHORIA DO DESEMPENHO ORGANIZACIONAL

SUPORTE DA TI A MELHORIA DO DESEMPENHO ORGANIZACIONAL SUPORTE DA TI A MELHORIA DO DESEMPENHO ORGANIZACIONAL Referência Tecnologia da Informação para Gestão : Transformando os negócios na Economia Digital. Bookman, sexta edição, 2010. 2 FAZENDO NEGÓCIOS NA

Leia mais

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Esta seção apresenta alguns dos problemas da gestão da cadeia de suprimentos discutidos em mais detalhes nos próximos capítulos. Estes problemas

Leia mais

O seu negócio, ao alcance da sua mão! Elaborado por TT Marketing

O seu negócio, ao alcance da sua mão! Elaborado por TT Marketing O seu negócio, ao alcance da sua mão! Um site que oferece espaço para outras empresas anunciarem seus produtos e serviços em todo território nacional, este é o Meu Guia.com. Nosso objetivo é estar sempre

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1.1 2003 by Prentice Hall Sistemas de Informação José Celso Freire Junior Engenheiro Eletricista (UFRJ) Mestre em Sistemas Digitais (USP) Doutor em Engenharia de Software (Universit(

Leia mais

Sistemas de Produtividade

Sistemas de Produtividade Sistemas de Produtividade Os Sistemas de Produtividade que apresentaremos em seguida são soluções completas e podem funcionar interligadas ou não no. Elas recebem dados dos aplicativos de produtividade,

Leia mais

Apresentação de Negócio Versão 1.1

Apresentação de Negócio Versão 1.1 Apresentação de Negócio Versão 1.1 Empresa Quem somos A SMART foi fundada por uma equipe inovadora, dinâmica e experiente de profissionais dedicados a transformar vidas no mundo inteiro. Ao oferecer produtos

Leia mais

Comércio Eletrônico. Comércio Eletrônico. Grau de digitalização. Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização:

Comércio Eletrônico. Comércio Eletrônico. Grau de digitalização. Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização: Comércio Eletrônico FTS Faculdade Taboão da Serra Curso de Administração de Sistemas de Informações Disciplina: Comércio Eletrônico Comércio Eletrônico Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização:

Leia mais

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES 1. Conectando a Empresa à Rede As empresas estão se tornando empresas conectadas em redes. A Internet e as redes de tipo Internet dentro da empresa (intranets), entre uma

Leia mais

TEORIA GERAL DE SISTEMAS

TEORIA GERAL DE SISTEMAS TEORIA GERAL DE SISTEMAS Questão 1 A figura ao lado apresenta uma proposta de classificação de sistemas de informação, organizada tanto no que se refere ao nível hierárquico, no qual atuam os sistemas

Leia mais

Sociedade e Tecnologia

Sociedade e Tecnologia Unidade de Aprendizagem 15 Empresas em Rede Ao final desta aula você será capaz de inovações influenciam na competitividade das organizações, assim como compreender o papel da Inteligência Competitiva

Leia mais

Fontoura SOLUÇÕES CONSULTORIA E CAPACITAÇÃO CATÁLOGO DE

Fontoura SOLUÇÕES CONSULTORIA E CAPACITAÇÃO CATÁLOGO DE 96 CONSULTORIA E CAPACITAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fontoura e d u c a t i o n Empresa de Consultoria e Auditoria em TIC e implantação das melhores práticas em Governança, Risco e Compliance. Avaliação

Leia mais

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo Objetivos do Capítulo Identificar as diversas estratégias competitivas básicas e explicar como elas podem utilizar a tecnologia da informação para fazer frente às forças competitivas que as empresas enfrentam.

Leia mais

White Label : Vencendo os Desafios do Mercado de Serviços em Nuvem.

White Label : Vencendo os Desafios do Mercado de Serviços em Nuvem. White Label : Vencendo os Desafios do Mercado de Serviços em Nuvem. 2013 foi um excelente ano para o mercado brasileiro de serviços em nuvem para PMEs, gerando R$4B em receitas. 02 R$2.2B Gerados em 2012

Leia mais

Alan Rocha - Consultor de Negócios Mar.2014

Alan Rocha - Consultor de Negócios Mar.2014 Alan Rocha - Consultor de Negócios Mar.2014 Conteúdo Webinar Mar/2014 Sobre a Tray Mercado Livre O que é o Mercado Livre Principais sites de Varejo Porque Vender no Mercado Livre? Potencialize suas vendas

Leia mais

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Rafael D. Ribeiro, M.Sc,PMP. rafaeldiasribeiro@gmail.com http://www.rafaeldiasribeiro.com.br @ribeirord Pesquisa e Propagação do conhecimento: Através da Web, é possível

Leia mais

Este é um projeto comercial criado pela empresa FelipeZCelulares.com.br

Este é um projeto comercial criado pela empresa FelipeZCelulares.com.br Este é um projeto comercial criado pela empresa FelipeZCelulares.com.br As informações aqui disponíveis são apenas um breve resumo. Caso tenha qualquer dúvida ou necessite de maiores informações, entre

Leia mais

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce;

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce; Objetivos Administração Profª Natacha Pouget Módulo: Gestão de Inovação e Ativos Intangíveis Tema da Aula: E-Business e Tecnologia da Informação I Entender as definições de e-business e e- commerce; Conhecer

Leia mais

Gestão do conhecimento

Gestão do conhecimento 1 Gestão do conhecimento Inteligência empresarial Aproveitar o saber-fazer organizacional Apoio ao desempenho Interacção com as bases de dados operacionais Construção de redes periciais Criação, partilha

Leia mais

A empresa digital: comércio e negócios eletrônicos

A empresa digital: comércio e negócios eletrônicos Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 06 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

INICIANDO UMA OPERAÇÃO DE E-COMMERCE PROFISSIONAL COM MAGENTO

INICIANDO UMA OPERAÇÃO DE E-COMMERCE PROFISSIONAL COM MAGENTO INICIANDO UMA OPERAÇÃO DE E-COMMERCE PROFISSIONAL COM MAGENTO MARCELO LAGROTTA SANCHES Administrador especializado em marketing; 20 anos de experiência como Executivo de Marketing; Professor do Centro

Leia mais

Traçando Cenários: Microambiente e Macroambiente. Prof. Marcopolo Marinho

Traçando Cenários: Microambiente e Macroambiente. Prof. Marcopolo Marinho Traçando Cenários: Microambiente e Macroambiente. Prof. Marcopolo Marinho A ORGANIZAÇÃO DA ESTRUTURA ESTRATÉGICA MISSÃO Impacto: 1. Organizacional 2. Ação de Mudança Nenhum Positivo Negativo OBJETIVOS

Leia mais

Introdução. 1. O que é e-commerce?

Introdução. 1. O que é e-commerce? Introdução As vendas na internet crescem a cada dia mais no Brasil e no mundo, isto é fato. Entretanto, dominar esta ferramenta ainda pode ser um mistério tanto para micro quanto para pequenos e médios

Leia mais

Comércio Eletrônico e-commerce Aula 5. Prof. Msc. Ubirajara Junior biraifba@gmail.com

Comércio Eletrônico e-commerce Aula 5. Prof. Msc. Ubirajara Junior biraifba@gmail.com Comércio Eletrônico e-commerce Aula 5 Prof. Msc. Ubirajara Junior biraifba@gmail.com Introdução Mudança no ambiente empresarial; Ligação com o desenvolvimento de tecnologia da informação. Características

Leia mais

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce).

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). A natureza global da tecnologia, a oportunidade de atingir

Leia mais

Evolução da Disciplina. Logística Empresarial. Aula 1. O Papel dos Sistemas Logísticos. Contextualização. O Mundo Atual

Evolução da Disciplina. Logística Empresarial. Aula 1. O Papel dos Sistemas Logísticos. Contextualização. O Mundo Atual Logística Empresarial Evolução da Disciplina Aula 1 Aula 1 O papel da Logística empresarial Aula 2 A flexibilidade e a Resposta Rápida (RR) Operadores logísticos: conceitos e funções Aula 3 Prof. Me. John

Leia mais

Plano de Parcerias BuenitStore

Plano de Parcerias BuenitStore Plano de Parcerias Agências, Desenvolvedores e Designers 18.03.2015 v.2 Objetivo Apresentar ao mercado de criação digital a nossa proposta de parceria e colaboração técnica para criação de projetos de

Leia mais

MASSACHUSETTS INSTITUTE OF TECHNOLOGY SLOAN SCHOOL OF MANAGEMENT. Fatores Tecnológicos, Estratégicos e Organizacionais

MASSACHUSETTS INSTITUTE OF TECHNOLOGY SLOAN SCHOOL OF MANAGEMENT. Fatores Tecnológicos, Estratégicos e Organizacionais MASSACHUSETTS INSTITUTE OF TECHNOLOGY SLOAN SCHOOL OF MANAGEMENT 15.565 Integração de Sistemas de Informação: Fatores Tecnológicos, Estratégicos e Organizacionais 15.578 Sistemas de Informação Global:

Leia mais

Sobre as Franquias Honing Brasil A Honing Brasil é a marca de roupa masculina inspirada no Hóquei no Gelo canadense. A paixão dos canadenses por este esporte e a garra de seus praticantes inspiram a Honing,

Leia mais

Exercícios sobre Competindo com a Tecnologia da Informação

Exercícios sobre Competindo com a Tecnologia da Informação Exercícios sobre Competindo com a Tecnologia da Informação Exercício 1: Leia o texto abaixo e identifique o seguinte: 2 frases com ações estratégicas (dê o nome de cada ação) 2 frases com características

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof. Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof. Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof. Odilon Zappe Jr Vantagens e Desvantagens do Comércio Eletrônico Vantagens Aumento do número de contatos da empresa com fornecedores e com outras empresas do mesmo ramo, e

Leia mais

PROCESSAMENTO DE DADOS 15/08

PROCESSAMENTO DE DADOS 15/08 PROCESSAMENTO DE DADOS 15/08 Coletar Informática Armazenar Disseminar Dados DADOS Elementos conhecidos de um problema INFORMAÇÃO Um conjunto estruturado de dados transmitindo conhecimento. Novas Tecnologias

Leia mais

Tecnologia da Informação UNIDADE 3

Tecnologia da Informação UNIDADE 3 Tecnologia da Informação UNIDADE 3 *Definição * A segurança da informação está relacionada com proteção de um conjunto de dados, no sentido de preservar o valor que possuem para a organização. *Definição

Leia mais

Associação Brasileira de Automação GS1 Brasil

Associação Brasileira de Automação GS1 Brasil Associação Brasileira de Automação GS1 Brasil Estudo o uso do código de barras no Brasil 30 de junho de 2015 Consumidor e o Código de Barras 2 Consumidor e o Código de Barras - Perfil 45% - HOMENS 55%

Leia mais

Tecnologia da Informação UNIDADE 3:Estrutura organizacional de TI

Tecnologia da Informação UNIDADE 3:Estrutura organizacional de TI Tecnologia da Informação UNIDADE 3:Estrutura organizacional de TI * A segurança da informação está relacionada com proteção de um conjunto de dados, no sentido de preservar o valor que possuem para a organização.

Leia mais

BRAININ MARKETING DIGITAL DE RESULTADO

BRAININ MARKETING DIGITAL DE RESULTADO BRAININ IN MARKETING DIGITAL DE RESULTADO 75% OFF Sua empresa está em crise? Nossos clientes não estão. AUMENTE SUAS VENDAS COM MARKETING DE RESULTADOS. + + = Consultoria Web Marketing Digital SGW Flex

Leia mais

Comparativo entre os meios de comunicação para atingir 50 milhões de usuários

Comparativo entre os meios de comunicação para atingir 50 milhões de usuários Comparativo entre os meios de comunicação para atingir 50 milhões de usuários Fonte: TAKAHASHI, 2000; VEJA ONLINE, 2006 Definições de comércio eletrônico/e-business E - BUSINESS, acrônimo do termo em

Leia mais

Solução Completa Para Seu E-commerce

Solução Completa Para Seu E-commerce Solução Completa Para Seu E-commerce Comerci/FALOMI apresenta ao mercado sua solução Full Commerce, atendendo toda a cadeia de serviços em projetos de e-commerce, colocando-se como referência na região

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

e-business (Negócio Eletrônico): Conceitos e Estratégia

e-business (Negócio Eletrônico): Conceitos e Estratégia e-business (Negócio Eletrônico): Conceitos e Estratégia DAS5316 Integração de Sistemas Corporativos DAS Departamento de Automação e Sistemas UFSC Universidade Federal de Santa Catarina SUMÁRIO Conceitos

Leia mais

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET. Disciplina: NEGÓCIOS NA INTERNET

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET. Disciplina: NEGÓCIOS NA INTERNET TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET Disciplina: NEGÓCIOS NA INTERNET Inovação em Modelo de Negócio Fonte: (OSTERWALDER, 2011) Modelo de negócios Descreve a lógica de criação, entrega e captura de valor

Leia mais

EXPLORE SEUS POTENCIAIS. Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros da FG Wilson.

EXPLORE SEUS POTENCIAIS. Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros da FG Wilson. Expanda seu portfólio de produtos e aumente o seu negócio com a marca líder GLOBAL na indústria. EXPLORE SEUS NEGÓCIOS POTENCIAIS Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros

Leia mais

Como Localizar Uma Pessoa Da Sua Família Em Qualquer Lugar do Mundo. Por Mcgill Dias

Como Localizar Uma Pessoa Da Sua Família Em Qualquer Lugar do Mundo. Por Mcgill Dias Como Localizar Uma Pessoa Da Sua Família Em Qualquer Lugar do Mundo Por Mcgill Dias Entendendo como tudo isso funciona No momento em que vivemos, a informação é o diferencial para termos uma vida mais

Leia mais

E-Business. Parte 2. Prof. Marcílio Oliveira marcilio.oliveira@gmail.com

E-Business. Parte 2. Prof. Marcílio Oliveira marcilio.oliveira@gmail.com Parte 2 Prof. Marcílio Oliveira marcilio.oliveira@gmail.com As dimensões do E-Commerce (Comércio Eletrônico). SCM - Supply Chain Management (Gerenciamento de Cadeia de Fornecimento) ERP - Enterprise Resourse

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) Disciplina: DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Prof. Afonso Celso M. Madeira 8º semestre

COMÉRCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) Disciplina: DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Prof. Afonso Celso M. Madeira 8º semestre COMÉRCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) Disciplina: DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Prof. Afonso Celso M. Madeira 8º semestre E-COMMERCE x E-BUSINESS E-COMMERCE processos pelos quais consumidores, fornecedores e

Leia mais

A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação. O que significa para a TI e a linha de negócios (LOB)

A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação. O que significa para a TI e a linha de negócios (LOB) A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação Maio de 2014 O novo comprador de tecnologia e a mentalidade de aquisição Existe hoje um novo comprador de tecnologia da informação Esse comprador

Leia mais

Varejo virtual ERA DIGITAL. por Tânia M. Vidigal Limeira FGV-EAESP

Varejo virtual ERA DIGITAL. por Tânia M. Vidigal Limeira FGV-EAESP ERA DIGITAL Varejo virtual Ovolume de operações registrado recentemente no âmbito do comércio eletrônico atesta que a Internet ainda não chegou às suas últimas fronteiras. Vencidas as barreiras tecnológicas

Leia mais

MARKETING NA INTERNET

MARKETING NA INTERNET MARKETING NA INTERNET HUGO HOCH CONSULTOR DE MARKETING ER. BAURU SEBRAE-SP hugoh@sebraesp.com.br Marketing na Internet O que é? o Marketing na Internet, também referido como: i-marketing, web marketing,

Leia mais

Guia de Vendas Online para Iniciantes

Guia de Vendas Online para Iniciantes Guia de Vendas Online para Iniciantes ebook SUMÁRIO Introdução: Dúvidas comuns para quem deseja começar a vender pela internet... 2 Capítulo 1: O é e-commerce?... 3 Capítulo 3: Como funcionam os principais

Leia mais

WWW.MEUOCULOSDEMADEIRA.COM.BR

WWW.MEUOCULOSDEMADEIRA.COM.BR SIGNATURE STORE WWW.MEUOCULOSDEMADEIRA.COM.BR Sucesso é quando criamos algo de que podemos ter orgulho. Richard Branson - Fundador do grupo Virgin 2 A História da MOM Há muitos anos venho trabalhando com

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Alunos: Erik de Oliveira Douglas Ferreira, Raphael Beghelli, João Victor Alves. Professor : Diogo Ananias

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Alunos: Erik de Oliveira Douglas Ferreira, Raphael Beghelli, João Victor Alves. Professor : Diogo Ananias Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Alunos: Erik de Oliveira Douglas Ferreira, Raphael Beghelli, João Victor Alves. Professor : Diogo Ananias CONSULTORIA COMÉRCIO ELETRÔNICO CONSULTORIA PARA IMPLANTAÇÃO

Leia mais

Ganhe Dinheiro na Internet

Ganhe Dinheiro na Internet Prof. Dr. José Dornelas www.planodenegocios.com.br Bem-vindoà versão de demonstração do curso! Vocêpoderá conferir alguns vídeos do curso antes de efetuar sua compra Prof. Dr. José Dornelas www.planodenegocios.com.br

Leia mais

Proposta Loja Virtual. Schmitt Tricot

Proposta Loja Virtual. Schmitt Tricot Proposta Loja Virtual Schmitt Tricot Apresentação: Atualmente atuo no mercado de sites e lojas virtuais desde 2010, desenvolvendo novas ideias, trabalhando com agilidade, para sempre atender a todas as

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA CRM. Prof. Wilson Míccoli, MsC

IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA CRM. Prof. Wilson Míccoli, MsC IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA CRM 1 Fase 1: Contextualização Fase 2: Revisão do Plano Estratégico da Organização Fase 3: Revisão do Portfólio de Produtos Fase 4: Definição da Visão e dos Objetivos do CRM Fase

Leia mais

DIFERENCIAIS SERVIÇOS. 1. Desenvolvimento De Sites Personalizados

DIFERENCIAIS SERVIÇOS. 1. Desenvolvimento De Sites Personalizados DIFERENCIAIS Acredito que o desenvolvimento de soluções para Internet não é um trabalho qualquer, deve-se ter certa experiência e conhecimento na área para projetar sistemas que diferenciem você de seu

Leia mais

Capítulo 5 Sistemas de Informação para Vantagem Estratégica

Capítulo 5 Sistemas de Informação para Vantagem Estratégica Capítulo 5 Sistemas de Informação para Vantagem Estratégica SEÇÃO I: Fundamentos da Vantagem Estratégica Os sistemas de informação devem ser vistos como algo mais do que um conjunto de tecnologias que

Leia mais

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer ESTRATÉGIA DIGITAL Prof. Luli Radfahrer - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Plano de Negócios. Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves

Plano de Negócios. Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves Plano de Negócios Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves 1 Instituto de Informática Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Caixa Postal 15.064 91.501-970

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE IV: Fundamentos da Inteligência de Negócios: Gestão da Informação e de Banco de Dados Um banco de dados é um conjunto de arquivos relacionados

Leia mais

TOTVS Vitrine Série 1 + Shopping Megafashion. Sua loja virtual totalmente integrada com a loja física

TOTVS Vitrine Série 1 + Shopping Megafashion. Sua loja virtual totalmente integrada com a loja física TOTVS Vitrine Série 1 + Shopping Megafashion Sua loja virtual totalmente integrada com a loja física Conteúdo! O mercado da moda! Vantagens da solução TOTVS + Megafashion! Layout da loja! Valores! Degustação!

Leia mais

PRODUTEC INTEGRAÇÃO INTELIGENTE

PRODUTEC INTEGRAÇÃO INTELIGENTE PRODUTEC INTEGRAÇÃO INTELIGENTE Com duas décadas e meia no mercado, a garantia de excelência e segurança são marcas registradas dos produtos e serviços Produtec. Direcionados à gestão empresarial, as soluções

Leia mais

Sistemas web e comércio eletrônico. Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico

Sistemas web e comércio eletrônico. Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico Sistemas web e comércio eletrônico Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico Tópicos abordados Arquitetura do e-commerce Aspectos importantes do e-commerce Modelos de negócios Identificação do modelo

Leia mais

Respostas da Lista de Exercícios do Módulo 1: Fundamentos dos SI. Resposta do Exercício 1

Respostas da Lista de Exercícios do Módulo 1: Fundamentos dos SI. Resposta do Exercício 1 Respostas da Lista de Exercícios do Módulo 1: Fundamentos dos SI Resposta do Exercício 1 Fundação Getúlio Vargas Leia o texto e responda o seguinte: a) identifique os recursos de: Hardware: microcomputadores,

Leia mais

INFINITY SEU FUTURO NÃO TEM LIMITES!

INFINITY SEU FUTURO NÃO TEM LIMITES! INFINITY SEU FUTURO NÃO TEM LIMITES! IMPORTANTE A INFINITY NÃO GARANTE LUCROS AOS SEUS DISTRIBUIDORES. O sistema de remuneração adotado pela empresa beneficia de acordo com a produção individual e da sua

Leia mais

Fundamentos de Sistemas de Informação Sistemas de Informação

Fundamentos de Sistemas de Informação Sistemas de Informação Objetivo da Aula Tecnologia e as Organizações, importância dos sistemas de informação e níveis de atuação dos sistemas de informação Organizações & Tecnologia TECNOLOGIA A razão e a capacidade do homem

Leia mais

A ARS SYSTEMS é uma empresa que tem como foco principal de atuação o fornecimento de serviços e soluções de TI.

A ARS SYSTEMS é uma empresa que tem como foco principal de atuação o fornecimento de serviços e soluções de TI. A empresa A ARS SYSTEMS é uma empresa que tem como foco principal de atuação o fornecimento de serviços e soluções de TI. A ARS SYSTEMS constrói sua história por meio de uma visão abrangente de TI, preza

Leia mais

SOLUÇÕES DE SOFTWARE

SOLUÇÕES DE SOFTWARE SOLUÇÕES DE SOFTWARE Millennium Basic O Millennium Basic é a solução de baixo custo para atender as pequenas empresas do segmento de vestuário, acessórios, calçados e presentes. Com o melhor custo total

Leia mais

Capítulo 1. Os sistemas de informação empresariais na sua carreira. 1.1 Copyright 2011 Pearson Education, Inc. publishing as Prentice Hall

Capítulo 1. Os sistemas de informação empresariais na sua carreira. 1.1 Copyright 2011 Pearson Education, Inc. publishing as Prentice Hall Capítulo 1 Os sistemas de informação empresariais na sua carreira slide 1 1.1 Copyright 2011 Pearson Education, Inc. publishing as Prentice Hall Objetivos de estudo Como os sistemas de informação estão

Leia mais

acesse: vouclicar.com

acesse: vouclicar.com Transforme como sua empresa faz negócios, com o Office 365. Vouclicar.com A TI chegou para as pequenas e médias empresas A tecnologia é hoje o diferencial competitivo que torna a gestão mais eficiente,

Leia mais

E R P. Enterprise Resource Planning. Sistema Integrado de Gestão

E R P. Enterprise Resource Planning. Sistema Integrado de Gestão E R P Enterprise Resource Planning Sistema Integrado de Gestão US$ MILHÕES O MERCADO BRASILEIRO 840 670 520 390 290 85 130 200 1995-2002 Fonte: IDC P O R Q U E E R P? Porque a única coisa constante é a

Leia mais

Gestão Estratégica de Compras para um Mercado em crescimento

Gestão Estratégica de Compras para um Mercado em crescimento Gestão Estratégica de Compras para um Mercado em crescimento Dra. Renata C. Nieto RecNieto Serviços Administrativos e Treinamento Ltda. (FAAP/FIA/ Faculdades Oswaldo Cruz) O varejo está passando por uma

Leia mais

7 Ações para afastar a crise Utilizando o marketing para melhorar suas vendas.

7 Ações para afastar a crise Utilizando o marketing para melhorar suas vendas. Criamos uma pequena lista de ações ligados ao marketing na internet que nem chega a ser um diferencial. Será o mínimo para que você com seu negócio consiga se manter no mercado e continuar a gerar lucros.

Leia mais

QUER UMA FRANQUIA? Abrir sua própria empresa de Suporte Técnico em TI. Alta lucratividade e grande demanda no Brasil! www.helpdigitalti.com.

QUER UMA FRANQUIA? Abrir sua própria empresa de Suporte Técnico em TI. Alta lucratividade e grande demanda no Brasil! www.helpdigitalti.com. QUER UMA FRANQUIA? Abrir sua própria empresa de Suporte Técnico em TI Alta lucratividade e grande demanda no Brasil! www.helpdigitalti.com.br PUBLICIDADE REGIONAL CAMPANHAS NACIONAIS APOIO COMERCIAL HOT

Leia mais

TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO

TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES): EBERSON EVANDRO DA SILVA GUNDIN, PAULO

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

Muito ALÉM de uma simples LOJA VIRTUAL. Vanessa Kupczik

Muito ALÉM de uma simples LOJA VIRTUAL. Vanessa Kupczik Muito ALÉM de uma simples LOJA VIRTUAL. Vanessa Kupczik Mestre em Design (UFPR). MBA e pós-graduação em Marketing (UFPR). Pós-graduada em Web Design (PUCPR). Graduação em Desenho Industrial (UFPR). Técnico

Leia mais

Sistemas de Informação Aula 2

Sistemas de Informação Aula 2 Sistemas de Informação Aula 2 Prof. M.Sc. Diego Fernandes Emiliano Silva diego.femiliano@gmail.com Leitura p/ aula 3 Sugestão: Para preparação anterior ler capítulo 3 do Laudon e Laudon Posterior a aula,

Leia mais

Sistemas de e-business. Objetivos do Capítulo

Sistemas de e-business. Objetivos do Capítulo Objetivos do Capítulo Identificar cada um dos sistemas de e-business interfuncionais abaixo e dar exemplos de como eles podem fornecer significativo valor para uma empresa, seus clientes e parceiros de

Leia mais

INFINITY SEU FUTURO NÃO TEM LIMITES!

INFINITY SEU FUTURO NÃO TEM LIMITES! INFINITY SEU FUTURO NÃO TEM LIMITES! IMPORTANTE A INFINITY NÃO GARANTE LUCROS AOS SEUS DISTRIBUIDORES. O sistema de remuneração adotado pela empresa beneficia de acordo com a produção individual e da sua

Leia mais

O que é a BuenitStore

O que é a BuenitStore O que é a A é a plataforma desenvolvida pela Buenit para projetos de comércio eletrônico, baseada no modelo SaaS, onde é possível criar lojas virtuais de forma rápida, prática e funcional, com foco total

Leia mais

Anderson L. S. Moreira

Anderson L. S. Moreira Tecnologia da Informação Aula 12 Estudo de Caso E-business Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@ifpe.edu.br Instituto Federal de Pernambuco Recife PE Esta apresentação está sob licença Creative Commons

Leia mais

Anderson L. S. Moreira

Anderson L. S. Moreira Tecnologia da Informação Aula 9 Telecomunicações e Rede Interconectando a Empresa Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@ifpe.edu.br Instituto Federal de Pernambuco Recife PE Esta apresentação está sob

Leia mais

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza edwin@engenharia-puro.com.br www.engenharia-puro.com.br/edwin Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos ... lembrando Uma cadeia de suprimentos consiste em todas

Leia mais

PARA QUE SERVE O CRM?

PARA QUE SERVE O CRM? Neste mês, nós aqui da Wiki fomos convidados para dar uma entrevista para uma publicação de grande referência no setor de varejo, então resolvemos transcrever parte da entrevista e apresentar as 09 coisas

Leia mais

LSoft SGC Gestão Empresarial

LSoft SGC Gestão Empresarial LSoft SGC Gestão Empresarial O LSoft SGC é um sistema de gestão dinâmico, eficiente e flexível idealizado para atender diversos segmentos de indústrias, comércios e serviços. O objetivo principal é tornar

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI Elaborado e adaptado por: Prof.Mestra Rosimeire Ayres Sistemas Colaborativos Empresariais (ECS) Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar

Leia mais

PRODUTEC INTEGRAÇÃO INTELIGENTE

PRODUTEC INTEGRAÇÃO INTELIGENTE PRODUTEC INTEGRAÇÃO INTELIGENTE Com duas décadas e meia no mercado, a garantia de excelência e segurança são marcas registradas dos produtos e serviços Produtec. Direcionados à gestão empresarial, as soluções

Leia mais

A EVOLUÇÃO DO MARKETING:

A EVOLUÇÃO DO MARKETING: A EVOLUÇÃO DO MARKETING: ( 4 Gerações ): Primeira Geração - Ajudar a Vender - antes da II Guerra até o início dos anos 60 Segunda Geração - Ajudar a fazer o melhor para os consumidores - início dos anos

Leia mais