Mestrado em Matemática Financeira

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mestrado em Matemática Financeira"

Transcrição

1 Programação Mestrado em Matemática Financeira Luís Sequeira 26 de Janeiro de 2008 Prog 1

2 Prog 2

3 Prog 3

4 Prog 4

5 Prog 5

6 Desenhar 365 (ou 366) quadrados Prog 5

7 Desenhar 365 (ou 366) quadrados Ter em conta os dias da semana Prog 5

8 Desenhar 365 (ou 366) quadrados Ter em conta os dias da semana Ter em conta os feriados Prog 5

9 Desenhar 365 (ou 366) quadrados Ter em conta os dias da semana Ter em conta os feriados Prog 5

10 Um pacote L A T E X pstricks Prog 6

11 Um pacote L A T E X pstricks Desenhar um quadrado, Prog 6

12 Um pacote L A T E X pstricks Desenhar um quadrado, e. g. \psframe[linecolor=gray](0,0)(1,1) Prog 6

13 Um pacote L A T E X pstricks Desenhar um quadrado, e. g. \psframe[linecolor=gray](0,0)(1,1) Colocar um objecto numa posição determinada, Prog 6

14 Um pacote L A T E X pstricks Desenhar um quadrado, e. g. \psframe[linecolor=gray](0,0)(1,1) Colocar um objecto numa posição determinada, e. g. \rput(10,10){$22$} Prog 6

15 Um pacote L A T E X pstricks Desenhar um quadrado, e. g. \psframe[linecolor=gray](0,0)(1,1) Colocar um objecto numa posição determinada, e. g. \rput(10,10){$22$} Desenhar qualquer coisa, actually :-) Prog 6

16 Um pacote L A T E X pstricks Desenhar um quadrado, e. g. \psframe[linecolor=gray](0,0)(1,1) Colocar um objecto numa posição determinada, e. g. \rput(10,10){$22$} Desenhar qualquer coisa, actually :-) C++ uma linguagem de programação poderosa Prog 6

17 O programa cal.ccp faz os cálculos necessários necessários com datas Prog 7

18 O programa cal.ccp faz os cálculos necessários necessários com datas escreve o código L A T E X Prog 7

19 O programa cal.ccp faz os cálculos necessários necessários com datas escreve o código L A T E X faz chamadas ao sistema (o comandosystem(...)) para correr o L A T E Xe produzir o ficheiro final Prog 7

20 O programa cal.cpp precisa de uma classe matfin::date... Prog 8

Pós-Graduação em Mercados Financeiros 2012/2013. 1º Semestre

Pós-Graduação em Mercados Financeiros 2012/2013. 1º Semestre Pós-Graduação em Mercados Financeiros 2012/2013 1º Semestre Outubro Dia 23 Dia 25 Dr. Luis Máximo dos Santos Novembro Dia 06 Dia 08 Dia 13 Dia 15 Dia 20 Dia 22 Dia 27 Dia 29 Dezembro Dia 04 Dia 06 Dia

Leia mais

ACTOS PROFISSIONAIS GIPE. Gabinete de Inovação Pedagógica

ACTOS PROFISSIONAIS GIPE. Gabinete de Inovação Pedagógica ACTOS PROFISSIONAIS GIPE Gabinete de Inovação Pedagógica Cooptécnica Gustave Eiffel, CRL Venda Nova, Amadora 214 996 440 910 532 379 Março, 2010 GESTÃO E PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS 1 GIPE - Gabinete

Leia mais

Mestrado em Matemática Financeira

Mestrado em Matemática Financeira Programação Mestrado em Matemática Financeira http://moodle.fc.ul.pt Luís Sequeira 03 de Janeiro de 2014 Bom dia! 2 Contactos......................................................... 3 Abstracção!.......................................................

Leia mais

AUTOMAÇÃO E ROBÓTICA 2002/2003

AUTOMAÇÃO E ROBÓTICA 2002/2003 AUTOMAÇÃO E ROBÓTICA 2002/2003 CONTROLO DO ELEVADOR EXISTENTE NO LABORATÓRIO ATRAVÉS DO PROGRAMA BORLAND DELPHI 7 Realizado por: Ana Luísa Martins Carla sofia Flores 1. Objectivo O objectivo deste trabalho

Leia mais

Powerdotices. 20 de Junho de 2006. Explica-me como se eu fosse muito burra 2. Como... 4 Hello, World!... 5 Hello, World! o código...

Powerdotices. 20 de Junho de 2006. Explica-me como se eu fosse muito burra 2. Como... 4 Hello, World!... 5 Hello, World! o código... Powerdotices Margarida Pinto Virgínia Amaral Luís Sequeira 20 de Junho de 2006 Explica-me como se eu fosse muito burra 2 O quê....................................................................... 3 Como.......................................................................

Leia mais

Problemas insolúveis. Um exemplo simples e concreto

Problemas insolúveis. Um exemplo simples e concreto Surge agora uma outra questão. Viemos buscando algoritmos para resolver problemas. No entanto, será que sempre seria possível achar esses algoritmos? Colocando de outra forma: será que, para todo problema,

Leia mais

INSTRUÇÕES. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO VESTIBULAR DE INVERNO 2012 3 a etapa: QUÍMICA, MATEMÁTICA E FÍSICA

INSTRUÇÕES. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO VESTIBULAR DE INVERNO 2012 3 a etapa: QUÍMICA, MATEMÁTICA E FÍSICA 3 a etapa: Química, Matemática e Física Química 16 a 30 Matemática 31 a 45 Física 3 a etapa: QUÍMICA, MATEMÁTICA E FÍSICA 31 23 03 30 15 31 11 22 27 29 06 15 21 31 10 23 05 27 31 06 13 06 21 31 15 03 26

Leia mais

Introdução à Programação 2006/07. Computadores e Programação

Introdução à Programação 2006/07. Computadores e Programação Introdução à Programação 2006/07 Computadores e Programação Objectivos da Aula Noção de computador. Organização Interna de um Computador Noção de Sistema Operativo. Representação digital de informação

Leia mais

PDFCreator 0.93. Guia de Utilização. Luís Franco

PDFCreator 0.93. Guia de Utilização. Luís Franco PDFCreator 0.93 Guia de Utilização Luís Franco Função: Criar ficheiros PDF Grátis: Sim Em português: Sim Obter o Programa 1. Faça o Download do Programa de Instalação a partir de http://sourceforge.net/projects/pdfcreator

Leia mais

Pacotes Ofertados. Pacote Global + A La Carte HD + Adulto Pacote Global + Filmes HD + A La Carte HD + Adulto

Pacotes Ofertados. Pacote Global + A La Carte HD + Adulto Pacote Global + Filmes HD + A La Carte HD + Adulto CIDADE PACOTE + Filmes SD + Filmes SD + Filmes SD + A La Carte HD + Filmes SD + A La Carte HD + Filmes SD + A La Carte HD + Adulto + Adulto Pacote Familia + Filmes SD + A La Carte HD + Adulto + Filmes

Leia mais

Instituto Superior Politécnico Gaya Escola Superior de Ciência e Tecnologia

Instituto Superior Politécnico Gaya Escola Superior de Ciência e Tecnologia Instituto Superior Politécnico Gaya Escola Superior de Ciência e Tecnologia Engenharia Informática Interligação e Gestão de Sistemas Informáticos 2006/2007 Interface WEB para Gestão de Máquinas Virtuais

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR

PLANIFICAÇÃO MODULAR Direção Regional de Educação Centro AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRA ESCOLA SECUNDÁRIA/3º DR.ª M.ª CÂNDIDA ENSINO PROFISSIONAL DE NÍVEL SECUNDÁRIO POR MÓDULOS Curso Profissional em funcionamento no âmbito

Leia mais

Curso:... Prova de Sistemas de Informação para Bibliotecas (21105) Nome:... Nº de Estudante:... B. I. nº... Assinatura do Vigilante:...

Curso:... Prova de Sistemas de Informação para Bibliotecas (21105) Nome:... Nº de Estudante:... B. I. nº... Assinatura do Vigilante:... Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Curso:... Prova de Sistemas de Informação para Bibliotecas (21105) Data: [Modelo] Nome:... Nº de Estudante:... B. I. nº... Assinatura do Vigilante:...

Leia mais

Observações Gerais: 1- Preços por pessoa em Reais, à vista com validade dentro do período especificado acima. 2- Para feriados e eventos especiais,

Observações Gerais: 1- Preços por pessoa em Reais, à vista com validade dentro do período especificado acima. 2- Para feriados e eventos especiais, 3- Não inclui taxas de embarque, de quarto, ambientais, ecológicas e de visitação a museus, igrejas etc 4- Preços exclusivos para mercado nacional, calculados de acordo com os contratos e tarifas atuais,

Leia mais

Programação https://fenix.ist.utl.pt/disciplinas/pro/ deec-prog@disciplinas.ist.utl.pt

Programação https://fenix.ist.utl.pt/disciplinas/pro/ deec-prog@disciplinas.ist.utl.pt Programação https://fenix.ist.utl.pt/disciplinas/pro/ deec-prog@disciplinas.ist.utl.pt Sumário Corpo Docente Página da disciplina Funcionamento Avaliação Suporte informático 01-2 Corpo Docente Aulas teóricas/problemas

Leia mais

HORÁRIO/PLANEJAMENTO EAD - SECRETARIADO TURMAS 21 A 28 - AGOSTO 2 /2015

HORÁRIO/PLANEJAMENTO EAD - SECRETARIADO TURMAS 21 A 28 - AGOSTO 2 /2015 HORÁRIO/PLANEJAMENTO EAD - SECRETARIADO TURMAS 21 A 28 - AGOSTO 2 /2015 01 03 04 05 06 07 08 2 Chamada CONTABILIDADE CONTABILIDADE CONTABILIDADE CONTABILIDADE Dia de entrega E compra de de Estagio 10 11

Leia mais

Engenharia Informática Engenharia Electrotécnica e Computadores Programação Orientada por Objectos Projecto PlayCards

Engenharia Informática Engenharia Electrotécnica e Computadores Programação Orientada por Objectos Projecto PlayCards Engenharia Informática Engenharia Electrotécnica e Computadores Programação Orientada por Objectos Projecto PlayCards Pacote de Jogos de Cartas Ano Lectivo: 2006/2007 1. Introdução O objectivo deste projecto

Leia mais

4. Aplicações de Software

4. Aplicações de Software 1. Introdução 2. Sistemas de Fabrico 3. Actividades na Gestão do Processo Produtivo 4. Aplicações de Software 5. e-manufacturing 6. Conclusões Eduardo Tovar, Novembro 2002 20 Aplicações de Software (1)

Leia mais

4.2.5 Inserções especiais 4.3 Como formatar o texto com estilo 4.3.1 Parágrafos 4.3.2 Caracteres 4.3.3 Molduras de texto 4.3.4 Listas 4.3.

4.2.5 Inserções especiais 4.3 Como formatar o texto com estilo 4.3.1 Parágrafos 4.3.2 Caracteres 4.3.3 Molduras de texto 4.3.4 Listas 4.3. ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 1.1 O que é o OpenOffice.org? 1.2 O que podemos fazer com o OpenOffice.org? 1.3 Alternativas ao OpenOffice.org 2 A INSTALAÇÃO DO OPENOFFICE 2.1 O que precisa de ter 2.2 Onde obter o

Leia mais

OBJECTIVO Quebras de página

OBJECTIVO Quebras de página FICHA 20 OBJECTIVO Quebras de página As quebras de página utilizam-se para começar a escrever na página seguinte antes de chegar ao fim da actual. No final deste exercício o utilizador deverá estar apto

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO E PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO E PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO E PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS PLANO DE ESTUDOS Componentes de Formação Total de Horas (a) (Ciclo de Formação) Componente de Formação Sociocultural Português

Leia mais

Web. Web. Web. Web. Unidade 4. Conceitos básicosb. Publicação. Web: Frontpage Programa de animação gráfica. Programa de edição

Web. Web. Web. Web. Unidade 4. Conceitos básicosb. Publicação. Web: Frontpage Programa de animação gráfica. Programa de edição Criação de páginas p Unidade 4 UNIDADE 4: Criação de Páginas P Conceitos básicosb Técnicas de implantação de páginas p Criação de páginas p Programa de edição : Frontpage Programa de animação gráfica :

Leia mais

LEI Sistemas de Computação 2011/12. Níveis de Abstração. TPC4 e Guião laboratorial. Luís Paulo Santos e Alberto José Proença

LEI Sistemas de Computação 2011/12. Níveis de Abstração. TPC4 e Guião laboratorial. Luís Paulo Santos e Alberto José Proença LEI Sistemas de Computação 2011/12 Níveis de Abstração TPC4 e Guião laboratorial Luís Paulo Santos e Alberto José Proença ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2011 / 2012

PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2011 / 2012 Departamento de Engenharia Electrotécnica PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2011 / 2012 Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e Computadores 1º ano 2º semestre Trabalho nº 0 Instalação dos programas

Leia mais

Instalação e Manutenção de Microcomputadores

Instalação e Manutenção de Microcomputadores Instalação e Manutenção de Microcomputadores Conceitos básicos Técnicas de implantação de páginas na Web Criação de páginas Programa de edição Web: FrontPage Programa de animação gráfica Web: Flash Programa

Leia mais

MÓDULOS A LECCIONAR. 1 Criação de Páginas Web 25/33. 2 Aquisição e Tratamento de Imagem Estática 25/34. 1º Ano. Componente de formação: Sociocultural

MÓDULOS A LECCIONAR. 1 Criação de Páginas Web 25/33. 2 Aquisição e Tratamento de Imagem Estática 25/34. 1º Ano. Componente de formação: Sociocultural E L E N C O M O D U L A R A N U A L 2012-13 CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE ANÁLISE LABORATORIAL 1º Ano CICLO DE FORMAÇÃO 2012/2015 Componente de formação: Sociocultural Disciplina: TIC Nº total de módulos:

Leia mais

Folha de Cálculo (Excel)

Folha de Cálculo (Excel) Tecnologias de Informação e Comunicação Folha de Cálculo (Excel) Professor: Rafael Vieira. 1. Introdução à folha de cálculo o nome folha de cálculo atribuído a este tipo de programas, deve-se, principalmente,

Leia mais

, Todos os programas, Microsoft Office PowerPoint. Através de um atalho que poderá estar no Ambiente de Trabalho

, Todos os programas, Microsoft Office PowerPoint. Através de um atalho que poderá estar no Ambiente de Trabalho SESSÃO DE TRABALHO Objectivos: Cuidados a ter na criação de Apresentações Formatar texto Inserir imagens Inserir sons Aplicar Movimentos: Transição entre diapositivos Animação personalizada Alterar o modelo

Leia mais

Logística e Gestão da Distribuição

Logística e Gestão da Distribuição Logística e Gestão da Distribuição Serviço ao cliente (Porto, 1995) Luís Manuel Borges Gouveia 1 1 Serviço ao cliente reconhecido como um aspecto importante do negócio da empresa dificuldade de definir

Leia mais

NORMA REGULAMENTAR N.º 15/2008-R, de 4 de Dezembro

NORMA REGULAMENTAR N.º 15/2008-R, de 4 de Dezembro Não dispensa a consulta da Norma Regulamentar publicada em Diário da República NORMA REGULAMENTAR N.º 15/2008-R, de 4 de Dezembro PLANOS DE POUPANÇA REFORMA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÃO SOBRE COMISSÕES E RENDIBILIDADE

Leia mais

Criação de Páginas Web - MS Word 2000

Criação de Páginas Web - MS Word 2000 Gestão Comercial e da Produção Informática I 2003/04 Ficha de Trabalho N.º 9 Criação de Páginas Web - MS Word 2000 1. Criação de uma página Web (HTML): Escreva o seu texto e introduza as imagens pretendidas

Leia mais

Módulo 3936 ASP.NET. Financiado pelo FSE

Módulo 3936 ASP.NET. Financiado pelo FSE EISnt Centro de Formação Profissional, Engenharia Informática e Sistemas, Novas Tecnologias, Lda Avª D. João I, nº 380/384 Soutelo 4435-208 Rio Tinto Portal Internet : www.eisnt.com E-Mail : formação@eisnt.com

Leia mais

AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO PYTHON

AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO PYTHON Computadores e Programação Engª Biomédica Departamento de Física Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Ano Lectivo 2003/2004 FICHA 1 AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO PYTHON 1.1. Objectivos

Leia mais

Guia de Estudo Folha de Cálculo Microsoft Excel

Guia de Estudo Folha de Cálculo Microsoft Excel Tecnologias da Informação e Comunicação Guia de Estudo Folha de Cálculo Microsoft Excel Estrutura geral de uma folha de cálculo: colunas, linhas, células, endereços Uma folha de cálculo electrónica ( electronic

Leia mais

Programação Orientada a Objetos e Java - Introdução. Carlos Lopes

Programação Orientada a Objetos e Java - Introdução. Carlos Lopes Programação Orientada a Objetos e Java - Introdução Carlos Lopes POO e Java Objetivo: proporcionar uma visão dos conceitos de POO e do seu uso na estruturação dos programas em Java. Classes e objetos em

Leia mais

Folha Prática 2. Lab. 2

Folha Prática 2. Lab. 2 Programação Folha Prática 2 Lab. 2 Departamento de Informática Universidade da Beira Interior Portugal 2010 Copyright 2010 All rights reserved. 1. Revisão dos conceitos fundamentais da programação de computadores

Leia mais

Ajax não é dependente dos servidores Web, e como tal poderá ser usado com PHP, JSP, ASP e ASP.NET.

Ajax não é dependente dos servidores Web, e como tal poderá ser usado com PHP, JSP, ASP e ASP.NET. 1 2 Ajax não é dependente dos servidores Web, e como tal poderá ser usado com PHP, JSP, ASP e ASP.NET. 3 Por todo o documento subentende-se: todos os seus componentes já anteriormente carregados: imagens,

Leia mais

Arquivo Digital de Trabalhos Práticos de Alunos

Arquivo Digital de Trabalhos Práticos de Alunos Arquivo Digital de Trabalhos Práticos de Alunos Projecto Integrado Engenharia de Linguagens Eduardo Ribeiro Miguel Nunes Objectivos Criação de uma interface Web para incorporação de Objectos Digitais;

Leia mais

EM VIGOR (DOLCE VITA) 341. Comércio. 341025 - Técnico/a de Vendas. Caixeiro / Repositor. 34103. Técnicas de Vendas

EM VIGOR (DOLCE VITA) 341. Comércio. 341025 - Técnico/a de Vendas. Caixeiro / Repositor. 34103. Técnicas de Vendas REFERENCIAL DE FORMAÇÃO EM VIGOR Área de Formação Itinerário de Formação 341. Comércio 34103. Técnicas de Vendas 341025 - Técnico/a de Vendas Código e Designação do Referencial de Formação Nível de Formação:

Leia mais

Unified Modeling Language. Diagramas de Implementação

Unified Modeling Language. Diagramas de Implementação Unified Modeling Language Diagramas de Implementação José Correia, Junho 2006 (http://paginas.ispgaya.pt/~jcorreia/) Diagramas de implementação José Correia UML Diagramas de Implementação 2 Diagramas de

Leia mais

Sequência de Tarefas

Sequência de Tarefas Escola Superior de Educação de Coimbra Sequência de Tarefas Tópico: Organização e tratamento de dados Objectivos: Recolher dados a partir da criatividade e organização mental do aluno; Classificar dados

Leia mais

Instituto de Informática

Instituto de Informática Ministério das Finanças Instituto de Informática Departamento de Sistemas de Informação Envio de Declarações de IRS para: E-Mail, Casa ou Organismo Outubro de 2011 SUMÁRIO 1 OBJECTIVO 3 2 DESTINO DAS DECLARAÇÕES

Leia mais

Guia de Introdução. Procurar Pode procurar uma pasta, subpastas e até outras caixas de correio.

Guia de Introdução. Procurar Pode procurar uma pasta, subpastas e até outras caixas de correio. Guia de Introdução O Microsoft Outlook 2013 tem uma aparência diferente das versões anteriores, pelo que criámos este guia para o orientar na aprendizagem. Torne-o seu Personalize o Outlook. Escolha entre

Leia mais

19-05-2011. Evolução e Estatísticas Website 2010/2011. www.rabacal.net. Introdução:

19-05-2011. Evolução e Estatísticas Website 2010/2011. www.rabacal.net. Introdução: Rabaçal Aldeia Cultural Evolução e Estatísticas Website 2010/2011 www.rabacal.net Introdução: 1 Conteúdos do Website: 2 Conteúdos do Website: 3 Os Diversos Indicadores: 4 Conteúdos do Website: 5 19-05-2011

Leia mais

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23 Realizado por: Fábio Rebeca Nº6 Iuri Santos Nº8 Telmo Santos Nº23 1 Tutorial de instalação e partilha de ficheiros na Caixa Mágica Índice Índice... 1 Introdução... 2 Material que iremos utilizar... 3 Instalação

Leia mais

ZSRest. Manual Configuração. Permissões Empregados. V2011 - Certificado

ZSRest. Manual Configuração. Permissões Empregados. V2011 - Certificado Manual Configuração Permissões Empregados V2011 - Certificado 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Permissões Empregados/Operadores... 3 2 2. Introdução O presente manual foi criado com o objectivo de ajudar

Leia mais

Ficha Prática 1. José Creissac Campos, António Nestor Ribeiro {jose.campos, anr}@di.uminho.pt PPIII (LESI) 2002/03

Ficha Prática 1. José Creissac Campos, António Nestor Ribeiro {jose.campos, anr}@di.uminho.pt PPIII (LESI) 2002/03 Ficha Prática 1 José Creissac Campos, António Nestor Ribeiro {jose.campos, anr}@di.uminho.pt PPIII (LESI) 2002/03 Objectivos 1. Aprender a trabalhar com o interpretador. 2. Fazer interrogações à informação

Leia mais

Manual de Utilizador. Caderno. Recursos da Unidade Curricular. Gabinete de Ensino à Distância do IPP. http://eweb.ipportalegre.pt. ged@ipportalegre.

Manual de Utilizador. Caderno. Recursos da Unidade Curricular. Gabinete de Ensino à Distância do IPP. http://eweb.ipportalegre.pt. ged@ipportalegre. Manual de Utilizador Caderno Recursos da Unidade Curricular Gabinete de Ensino à Distância do IPP http://eweb.ipportalegre.pt ged@ipportalegre.pt Índice RECURSOS... 1 ADICIONAR E CONFIGURAR RECURSOS...

Leia mais

GereComSaber. Desenvolvimento de Sistemas de Software. Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática

GereComSaber. Desenvolvimento de Sistemas de Software. Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática Desenvolvimento de Sistemas de Software Ano Lectivo de 2009/10 GereComSaber Ana Duarte, André Guedes, Eduardo

Leia mais

M323 AUTOMAÇÃO TRABALHO LABORATORIAL Nº 7

M323 AUTOMAÇÃO TRABALHO LABORATORIAL Nº 7 ESCOLA SUPERIOR NÁUTICA INFANTE D. HENRIQUE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MARÍTIMA M323 AUTOMAÇÃO TRABALHO LABORATORIAL Nº 7 INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO DE AUTÓMATOS INDUSTRIAIS Por: Prof. Luis Filipe Baptista

Leia mais

Introdução à Programação B 2007/08

Introdução à Programação B 2007/08 Introdução à Programação B 2007/08 Descrição e objectivos Bibliografia Descrição A disciplina visa introduzir os conceitos fundamentais de programação. Pretende-se o desenvolvimento dos processos mentais

Leia mais

Programa para promover as competências numéricas

Programa para promover as competências numéricas Programa para promover as competências numéricas Luísa Cotrim, Teresa Condeço ACTIVIDADES PARA PROMOVER A LINGUAGEM E O AMBIENTE MATEMÁTICO EM IDADE PRECOCE A experiência do numérico nas actividades quotidianas

Leia mais

CORREIO ELETRÓNICO E-MAIL. Informática para pais correio eletrónico

CORREIO ELETRÓNICO E-MAIL. Informática para pais correio eletrónico CORREIO ELETRÓNICO E-MAIL Informática para pais correio eletrónico O correio eletrónico, ou e-mail (abreviatura de electronic mail ), permite o envio de uma mensagem para uma ou várias pessoas em qualquer

Leia mais

GESTÃO DE INFORMAÇÃO PESSOAL OUTLOOK (1)

GESTÃO DE INFORMAÇÃO PESSOAL OUTLOOK (1) GESTÃO DE INFORMAÇÃO PESSOAL OUTLOOK (1) MICROSOFT OUTLOOK 2003 - OBJECTIVOS OBJECTIVOS: Enumerar as principais funcionalidades do Outlook; Demonstrar a utilização das ferramentas do correio electrónico;

Leia mais

SISTEMA PARA O CONTROLE DO FLUXO DE PROPOSTAS DE CUSTOMIZAÇÃO

SISTEMA PARA O CONTROLE DO FLUXO DE PROPOSTAS DE CUSTOMIZAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMA PARA O CONTROLE DO FLUXO DE PROPOSTAS DE CUSTOMIZAÇÃO Valcir Willi Schmidt Prof. Wilson Pedro Carli, Orientador ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO

Leia mais

Python: Módulos. Claudio Esperança

Python: Módulos. Claudio Esperança Python: Módulos Claudio Esperança Módulos Módulos são programas feitos para serem reaproveitados em outros programas Eles tipicamente contêm funções, variáveis, classes e objetos que provêm alguma funcionalidade

Leia mais

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23 Realizado por: Fábio Rebeca Nº6 Iuri Santos Nº8 Telmo Santos Nº23 1 Tutorial de instalação e partilha de ficheiros no Ubuntu Índice Índice... 1 Introdução... 2 Material que iremos utilizar... 3 Instalação

Leia mais

Estruturas de Repetição Parte II PARA-ATÉ

Estruturas de Repetição Parte II PARA-ATÉ Estruturas de Repetição Parte II PARA-ATÉ Prof. Dr. Edson Pimentel Centro de Matemática, Computação e Cognição Objetivos Aprender a sintaxe da Estrutura de Repetição PARA-ATÉ na linguagem PORTUGOL Aprender

Leia mais

HABILITAÇÃO COMPONENTE TITULAÇÃO

HABILITAÇÃO COMPONENTE TITULAÇÃO Operação de Software Aplicativo Científica Engenharia da Produção Engenharia de Engenharia de Produção Matemática Aplicada às Matemática Aplicada e Científica Matemática com Tecnologia em - Ênfase em Gestão

Leia mais

Bases de Dados. Bibliografia. 1. Parte I Componente Teórica. Pedro Quaresma

Bases de Dados. Bibliografia. 1. Parte I Componente Teórica. Pedro Quaresma Índice Bases de Dados Pedro Quaresma Departamento de Matemática Universidade de Coimbra 2010/2011 1. Parte I Componente Teórica 1.1 Introdução 1.2 Modelo ER 1.3 Modelo Relacional 1.4 SQL 1.5 Integridade

Leia mais

Guião de Introdução ao Eclipse IDE Índice

Guião de Introdução ao Eclipse IDE Índice Índice 1. Introdução... 2 1.1. O que é um ambiente de desenvolvimento (IDE)?... 2 1.2. Visão geral sobre o Eclipse IDE... 2 2. Iniciar o Eclipse... 3 2.1. Instalação... 3 2.2. Utilizar o Eclipse... 3 3.

Leia mais

Descrição de um problema de integração: Sistema de vendas online

Descrição de um problema de integração: Sistema de vendas online Integração Empresarial Descrição de um problema de integração: Sistema de vendas online Luís Costa - 8050120 Abril, 2012 1. Introdução Este documento apresenta detalhadamente o processo de negócio de uma

Leia mais

LEI Sistemas de Computação 2014/15. Níveis de Abstração. TPC4 e Guião laboratorial. Luís Paulo Santos e Alberto José Proença

LEI Sistemas de Computação 2014/15. Níveis de Abstração. TPC4 e Guião laboratorial. Luís Paulo Santos e Alberto José Proença LEI Sistemas de Computação 2014/15 Níveis de Abstração TPC4 e Guião laboratorial Luís Paulo Santos e Alberto José Proença ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Curso de Eng. Informática Linguagens de Programação. C Sharp University Data Processing. (C Sharp Universidade de Processamento de Dados) Docente:

Curso de Eng. Informática Linguagens de Programação. C Sharp University Data Processing. (C Sharp Universidade de Processamento de Dados) Docente: Trabalho elaborado por: Carlos Palma nº5608 Curso de Eng. Informática Linguagens de Programação C Sharp University Data Processing (C Sharp Universidade de Processamento de Dados) Docente: José Jasnau

Leia mais

Aplicações Estatísticas em EXCEL Básico

Aplicações Estatísticas em EXCEL Básico Curso de Extensão Aplicações Estatísticas em EXCEL Básico Objetivos: Este curso deverá possibilitar ao participante: Dominar os recursos básicos da planilha eletrônica (EXCEL). Relembrar conceitos básicos

Leia mais

Conceitos Básicos de C

Conceitos Básicos de C Conceitos Básicos de C Bibliografia Problem Solving & Program design in C, Jeri R. Hanly e Elliot B. Kpffman, 3 a edição Data Structures and Algorithm Analysis in C, Mark Allen Weiss, 2 a edição, Addison-Wesley,

Leia mais

Feature-Driven Development

Feature-Driven Development FDD Feature-Driven Development Descrição dos Processos Requisitos Concepção e Planejamento Mais forma que conteúdo Desenvolver um Modelo Abrangente Construir a Lista de Features Planejar por

Leia mais

COMO ORGANIZAR O MINISTÉRIO DE MISSÕES

COMO ORGANIZAR O MINISTÉRIO DE MISSÕES SEBASTIÃO LÚCIO GUIMARÃES COMO ORGANIZAR O MINISTÉRIO DE MISSÕES EM SUA IGREJA Sumário Introdução 7 1. O que é um Conselho Missionário 9 2. Passos para organizar o Conselho Missionário 11 3. Atribuições

Leia mais

Introdução ao Aplicativo de Programação LEGO MINDSTORMS Education EV3

Introdução ao Aplicativo de Programação LEGO MINDSTORMS Education EV3 Introdução ao Aplicativo de Programação LEGO MINDSTORMS Education EV3 A LEGO Education tem o prazer de trazer até você a edição para tablet do Software LEGO MINDSTORMS Education EV3 - um jeito divertido

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso Engenharia Informática Ano letivo 2012-2013 Unidade Curricular Arquitectura de Computadores ECTS 6 Regime Obrigatório Ano 2º Semestre 2ºsem Horas de trabalho globais Docente (s) Luis Figueiredo Total

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicação Windows Mobile Acessando um WebService

Desenvolvimento de Aplicação Windows Mobile Acessando um WebService Faculdade de Negócios e Administração de Sergipe Disciplina: Integração Web Banco de Dados Professor: Fábio Coriolano Desenvolvimento de Aplicação Windows Mobile Acessando um WebService Professor: Fabio

Leia mais

Programa de Iniciação à Investigação de 1º Ciclo Proposta de Actividade de Iniciação à Investigação Undergraduate Research Opportunities Program Ano Lectivo 2009-2010 Resumo: Nome da Actividade Processamento

Leia mais

Programação. Folha Prática 3. Lab. 3. Departamento de Informática Universidade da Beira Interior Portugal 2015. Copyright 2010 All rights reserved.

Programação. Folha Prática 3. Lab. 3. Departamento de Informática Universidade da Beira Interior Portugal 2015. Copyright 2010 All rights reserved. Programação Folha Prática 3 Lab. 3 Departamento de Informática Universidade da Beira Interior Portugal 2015 Copyright 2010 All rights reserved. LAB. 3 3ª semana EXPRESSÕES E INSTRUÇÕES 1. Revisão de conceitos

Leia mais

Aplicações Estatísticas em EXCEL Avançado

Aplicações Estatísticas em EXCEL Avançado Curso de Extensão Aplicações Estatísticas em EXCEL Avançado Objetivos: Este curso deverá possibilitar ao participante: Aplicar conceitos básicos de estatística descritiva. Aplicar funções da planilha eletrônica

Leia mais

Índice. Excel Básico e Intermédio. Parte 1

Índice. Excel Básico e Intermédio. Parte 1 Índice Parte 1 Excel Básico e Intermédio 1. Conceitos básicos de folhas de cálculo 15 1.1. Esquema geral de um livro 15 1.2. Utilização de uma folha apontadores do rato 16 1.3. Movimentos por teclado 17

Leia mais

Quadros Interactivos CLASUS

Quadros Interactivos CLASUS Quadros Interactivos CLASUS Quadros Interactivos CLASUS Introdução à Utilização dos Quadros Interactivos e Software A-migo Pagina 1 Introdução à Utilização dos Quadros Interactivos e Software A-migo 1.

Leia mais

Conceitos Básicos sobre Programação Prática

Conceitos Básicos sobre Programação Prática Conceitos Básicos sobre Programação Prática Programa de computador conjunto de instruções e informação necessários ao alcance de um objectivo instruções + dados normalmente, guardados em ficheiros (em

Leia mais

A interface do Microsoft Visual Studio 2005

A interface do Microsoft Visual Studio 2005 Tarefa Orientada 1 A interface do Microsoft Visual Studio 2005 Objectivos: Introdução à framework.net Iniciar o Visual Studio 2005. Criar um novo projecto de Windows Forms em Visual Basic Introdução à

Leia mais

PIM. CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Projeto Integrado Multidisciplinar. 4º/3º Períodos 2010/2 UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO

PIM. CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Projeto Integrado Multidisciplinar. 4º/3º Períodos 2010/2 UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas PIM Projeto Integrado Multidisciplinar 4º/3º Períodos 2010/2 PIM - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA Projeto e implementação

Leia mais

Experiência: Ter pelo menos 3 anos de experiência em trabalhos de implementação de projectos sociais.

Experiência: Ter pelo menos 3 anos de experiência em trabalhos de implementação de projectos sociais. ANÚNCIO DE VAGA- Oficial do Projecto Kukumbi Organização de Desenvolvimento Rural, no ambito da imprementacao do seu Plano Estrategico 2010 2014 em parceria com a INTERMON OXFAM, pretende recrutar 1 (UM)

Leia mais

Tecnologias de Informação e Comunicação Página 1 de 5

Tecnologias de Informação e Comunicação Página 1 de 5 1. Descrição da prova A prova irá abranger várias tarefas de utilização do software do Microsoft Office2007 e software gráfico como o Adobe Photoshop CS4 ou Adobe Fireworks CS4. As principais áreas abrangidas

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Criação e eliminação de atalhos Para criar atalhos, escolher um dos seguintes procedimentos: 1. Clicar no ambiente de trabalho com o botão secundário (direito) do

Leia mais

JavaScript. Guia do Programador. Maurício Samy Silva. Novatec

JavaScript. Guia do Programador. Maurício Samy Silva. Novatec JavaScript Guia do Programador Maurício Samy Silva Novatec Copyright Novatec Editora Ltda. 2010. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida a reprodução desta obra,

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Configuração do computador com o sistema operativo de interface gráfico O Windows permite configurar o computador de várias maneiras, quer através do Painel de controlo

Leia mais

Linguagens de Programação 2013/2

Linguagens de Programação 2013/2 Linguagens de Programação 2013/2 Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes.br/ ~ vitorsouza Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade Federal do Espírito Santo

Leia mais

Visual Basic 2010. Formação Profissional DATAS HORÁRIO DURAÇÃO LOCALIZAÇÃO OBJECTIVOS

Visual Basic 2010. Formação Profissional DATAS HORÁRIO DURAÇÃO LOCALIZAÇÃO OBJECTIVOS Visual Basic 2010 DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 DURAÇÃO

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt * O leitor consente, de forma expressa, a incorporação e o tratamento dos seus dados nos ficheiros automatizados da responsabilidade do Centro Atlântico, para os fins comerciais e operativos do mesmo.

Leia mais

O novo Software 9.5 do SMART BOARD TM

O novo Software 9.5 do SMART BOARD TM O software 9.5 do SMART Board é uma ferramenta poderosa, intuitiva e fácil de utilizar, quer em sistemas operativos Windows, quer em MAC. Se já trabalhou com versões anteriores do SMART Board, verá que

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae Informação pessoal Nome completo Morada Avenida D. Luís I, n.º 3F, 2.º frente, Alfragide 2610-055 Amadora Telemóvel 96 538 45 70 E-mail andre.lucas@ist.utl.pt Data de nascimento

Leia mais

Curso: Desenvolvendo Jogos 2d Com C# E Microsoft XNA. Instalar corretamente as ferramentas necessárias para a criação dos jogos

Curso: Desenvolvendo Jogos 2d Com C# E Microsoft XNA. Instalar corretamente as ferramentas necessárias para a criação dos jogos META Curso: Desenvolvendo Jogos 2d Com C# E Microsoft XNA Conteudista: André Luiz Brazil Aula 4: INSTALANDO O VISUAL C# E O XNA GAME STUDIO Instalar corretamente as ferramentas necessárias para a criação

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM CRONOGRAMA AVALIAÇÕES - CURSO DE PEDAGOGIA 2008/1 III Semestre 1ª avaliações 31/03/08 2ª feira 21h Filosofia da Educação III 01/04/08 3ª feira 02/04/08 4ª feira 19h10min Educação e novas tecnologias I

Leia mais

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23 Realizado por: Fábio Rebeca Nº6 Iuri Santos Nº8 Telmo Santos Nº23 1 Tutorial de instalação e partilha de ficheiros no Dropbox Índice Índice... 1 Introdução... 2 Instalação do Dropbox... 3 Partilha de ficheiros...

Leia mais

Resolução de avarias de MPEG

Resolução de avarias de MPEG Resolução de avarias de MPEG Esta secção é para utilizadores de cardiologia que visualizam MPEGs. Consulte os seguintes tópicos para o ajudarem a resolver problemas detectados ao visualizar MPEGs. Componentes

Leia mais

MOODLE: actividade WiKi

MOODLE: actividade WiKi MOODLE: actividade WiKi Documentos de apoio à utilização educativa do Moodle Tipo de actividade (Moodle): WIKI O que é um Wiki? Um Wiki disponibiza documentos em formato html, produzidos colaborativamente

Leia mais

TECNÓLOGO EM SISTEMA DE INFORMAÇÃO

TECNÓLOGO EM SISTEMA DE INFORMAÇÃO TECNÓLOGO EM SISTEMA DE INFORMAÇÃO Semana de 07 e 08 fevereiro Início 7/02 à término04 de Julho 1º CARRARO CARRARO 19:00 ESCOLAR ESCOLAR ESCOLAR INT. B. DADOS INT. B. DADOS 2º CARRARO CARRARO 19:50 INT.

Leia mais

INSTALAÇÃO UBUNTU NUM INSTANTE

INSTALAÇÃO UBUNTU NUM INSTANTE INSTALAÇÃO UBUNTU NUM INSTANTE Este é um manual ilustrado quick and dirty para quem quer instalar o Ubuntu na sua máquina o mais rápido possível, sem se perder com grandes detalhes. O objectivo é providenciar

Leia mais

E x c e l 5 M a c r o s e V B A

E x c e l 5 M a c r o s e V B A E x c e l 5 M a c r o s e V B A Pretende-se contabilizar os custos com pessoal relativos ao trabalho semanal da empresa Parte Pedra, SA. 1. Inicie o Microsoft Excel. 2. Abra o ficheiro de trabalho Excel_5a.xls.

Leia mais