Sistema de Proporcionamento Proporcionador RCT

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistema de Proporcionamento Proporcionador RCT"

Transcrição

1 Sistema de Proporcionamento Proporcionador RCT DescriÁ o O Proporcionador Modelo RCT È um proporcionador de bronze fundido com conexıes rosqueadas, projetado para injetar concentrado de espuma em uma linha de abastecimento de gua. compatìvel com todos os sistemas de de proteá o contra incíndios com espuma, e proporciona, sem qualquer ajuste manual, todos os tipos de concentrado de espuma em toda a amplitude da faixa de vaz o para o qual foi projetado, independentemente da press o. O proporcionador consiste de trís partes principais: o orifìcio de passagem de gua na entrada do proporcionador, o orifìcio de dosagem de concentrado de espuma na entrada de concentrado de espuma, e o receptor localizado a jusante, na passagem de gua. O princìpio de operaá o È baseado no uso de um proporcionador Venturi modificado, comumente chamado de "controlador de taxa de vaz o". medida que a gua pressurizada passa pela entrada do proporcionador, cria uma rea de press o reduzida entre a passagem de gua e o receptor. Essa reduá o na press o cria um diferencial de press o no eixo da entrada de concentrado de espuma, que faz com que o concentrado de espuma flua pelo orifìcio de dosagem ou proporcionamento (de di metro especìfico, compatìvel com a proporá o de concentrado de espuma necess ria), entrando na rea de reduá o de press o. O concentrado de espuma alcanáa, ent o, o receptor onde È misturado com a gua. medida que a vaz o de gua atravès do proporcionador aumenta, aumenta tambèm o nìvel da reduá o de press o, com correspondente reduá o de press o no eixo do orifìcio de proporcionamento de concentrado de espuma. Essa queda de press o correspondente resulta em uma vaz o de concentrado de espuma proporcional a vaz o de gua que passa pelo proporcionador. Como tanto a gua quanto o concentrado de espuma fluem para a rea de press o reduzida, o proporcionamento adequado È obtido apenas pela manutená o de pressıes idínticas para a gua e para o concentrado de espuma em suas respectivas entradas no proporcionador.

2 National Foam NATIONAL FOAM, INC. 150 GORDON DRIVE R LIONVILLE, PA Entrada de Concentrado de Espuma OrifÌcio de dosagem Entrada de gua 2 MOD. RCT RATIO CONTROLLER LIQUID Descarga de SoluÁ o Receptor rea de Press o Reduzida OrifÌcio de passagem de gua CaracterÌsticas ï Dotado de orifìcio sensor de gua que pode ser utilizado para a detecá o de press o de gua e/ou alimentaá o de gua pressurizada para v lvulas de acionamento hidr ulico ou outros dispositivos de controle de acionamento hidr ulico. ï ConfiguraÁ o que minimiza a perda de carga no proporcionador e permite a reduá o no comprimento necess rio de trecho reto de tubulaá o a jusante do proporcionador. ï DisponÌvel em modelos com injeá o a 1%, 3% ou 6% para necessidades especìficas de proporcionamento de concentrado de espuma, ou em modelo com v lvula de dosagem para proporcionamento vari vel. ï InstalaÁ o em qualquer posiá o, conferindo versatilidade aos projetos. ï Compatibilidade com gua doce ou salgada, bem como com todos os tipos de concentrado de espuma. AplicaÁıes Os proporcionadores s o usualmente utilizados em Sistemas de Proporcionamento com Tanque Diafragma e Sistemas de Proporcionamento com Press o Balanceada In Line, com aplicaá o em hangares, plataformas de carregamento, sistemas de sprinklers, tanques de armazenamento de lìquidos inflam veis e diques de contená o, bem como em aplicaáıes marìtimas tais como sistemas de carga e descarga de navios, docas e plataformas offshore.

3 EspecificaÁıes TÈcnicas O proporcionador (RCT) È do tipo rosqueado e projetado para ser montado em tubulaá o schedule 40 de di metro nominal igual ao do proporcionador. O corpo È em bronze fundido liga , classe #83600 ASTM B-584, com acessûrios em aáo inoxid vel AISI sèrie 300, fabricado para press o de trabalho de 250 psi (17 bar). Apresenta uma configuraá o que minimiza a perda de carga e reduz o comprimento necess rio de trecho reto de tubulaá o a jusante do proporcionador. A unidade È provida de um orifìcio plugado na entrada de gua, de di metro de 1/4" (6,35mm) com rosca fímea NPT. Cada proporcionador dever proporcionar automaticamente ao longo da faixa indicada nas Tabelas de Faixas de Vaz o, sem qualquer ajuste manual. A entrada de concentrado de espuma, NPT fímea, È provida de um orifìcio de dosagem de concentrado de espuma com possibilidade de ajuste no campo, de modo a permitir que o usu rio possa realizar um ajuste fino no proporcionamento para atender s seguintes toler ncias: Taxa Nominal Faixa de Toler ncia 1% 1,0% a 1,3% 3% 3,0% a 3,9% 6% 6,0% a 7,0% Listagens e AprovaÁıes ï Underwriters Laboratories, Inc. (Listagem UL) ï Factory Mutual (FM) Materiais de FabricaÁ o ï Corpo: Bronze fundido liga , classe #83600 ASTM B-584, e aáo inoxid vel AISI sèrie 300. ï Acabamento: Acabamento padr o de fundiá o, sem pintura. Itens Opcionais ï V lvula dosadora para proporcionamento vari vel.

4 R Proporcionador (tipo Venturi) 9 (229" mm) 2-1/4" (57 mm) 1" FNPT Plaqueta de IdentificaÁ o 3-1/8" (79 mm) FLUXO National Foam 2 MOD. RCT % Entrada de gua 2" MNPT OrifÌcio com Plugue do Sensor de gua 1/4" (6,35mm) rosca fímea NPT Deslocada em 180 o para melhor visualizaá o. 2" MNPT Notas ï Proporcionamento a 1%, 3% ou 6% e tipo de concentrado de espuma a ser especificado pelo usu rio. ï necess rio deixar, a montante e a jusante de cada proporcionador, um trecho de tubulaá o reta e desobstruìda atè uma dist ncia mìnima equivalente a 5 vezes o di metro da tubulaá o. ï Na montagem da tubulaá o, deve-se prever a retirada do proporcionador para manutená o. ï As tubulaáıes de concentrado e soluá o de espuma devem ser adequadamente suportadas de modo que o corpo do proporcionador n o sofra nenhum esforáo mec nico.

5 Faixa de vaz o Proporcionadores com press o balanceada - Dados de perda de carga BAR PSI 2, , ,38 20 PERDA DE CARGA (PSI/BAR) 0, ,62 9 0,55 8 0,48 7 0,41 6 0,35 5 0,28 4 Proporcionador RCT 2" com injeá o a 3% 0,14 2 0,07 1 GPM LPM VAZ O DE SOLU«O (gpm/lpm) - Multiplicar o valor encontrado por Esta tabela È somente para verificaá o dos dados de perda de carga. Para verificar faixa de vaz o, vide tabela especìfica.

6 Press o mìnima de admiss o dos Proporcionadores vs. Vaz o de soluá o PRESS O DE ADMISS O DE GUA (PSI/BAR) BAR PSI 6, ,2 90 5,5 80 4,8 70 4,1 60 3,4 50 2,7 40 2,06 30 RCT 2" PRESS O DE ADMISS O MÕNIMA 1,3 20 GPM LPM VAZ O DE SOLU«O (gpm/lpm) Esta tabela È somente para verificaá o da press o de admiss o. Para verificar faixa de vaz o, vide tabela especìfica.

Tanque de Armazenagem LGE Tipo Diafragma Horizontal UL/FM

Tanque de Armazenagem LGE Tipo Diafragma Horizontal UL/FM Tanque de rmazenagem LGE Tipo Diafragma Horizontal UL/FM DescriÁ o O Sistema de Proporcionamento com Tanque Diafragma È um sistema de proporcionamento com press o balanceada que exige, para seu funcionamento,

Leia mais

Sistema de Grande Vaz o Terminator

Sistema de Grande Vaz o Terminator Sistema de Grande Vaz o Terminator DescriÁ o O Terminator IIô eleva os monitores port teis de alta capacidade a um novo nìvel de desempenho. Esta nova geraá o de monitores apresenta melhorias significativas

Leia mais

MÛdulo Proporcionador Modelo ILBP

MÛdulo Proporcionador Modelo ILBP MÛdulo Proporcionador Modelo ILBP DescriÁ o O mûdulo proporcionador modelo ILBP È utilizado para injetar a dosagem correta de LGE para v rios locais atravès de tanques atmosfèricos. Os mûdulos permitem

Leia mais

Sistema de Proporcionamento Bomba dosadora de LGE Fire Dos

Sistema de Proporcionamento Bomba dosadora de LGE Fire Dos Sistema de Proporcionamento Bomba dosadora de LGE Fire Dos Descrição A bomba dosadora de LGE FIRE DOS é o mais versátil sistema de proporcionamento existente no mercado. Este revolucionário sistema de

Leia mais

Sistema de Proporcionamento Modelo BP

Sistema de Proporcionamento Modelo BP Sistema de Proporcionamento Modelo BP DescriÁ o Os Sistemas de Proporcionamento de Press o Balanceada Modelo BP s o os sistemas mais comuns de proporcionamento de espuma, devido a sua versatilidade e precis

Leia mais

V lvula Dil vio com reduá o de press o e controle remoto hidr ulico

V lvula Dil vio com reduá o de press o e controle remoto hidr ulico V lvula Dil vio com reduá o de press o e controle remoto hidr ulico Modelo 400E-5DC DescriÁ o A v lvula dil vio modelo 400E-5DC È uma v lvula hidr ulica utilizada em sistemas de combate a incíndio de projetores

Leia mais

SPRINKLERS SPRINKLERS RELIABLE. Modelo: F1FR QREC DESCRIÇÃO:

SPRINKLERS SPRINKLERS RELIABLE. Modelo: F1FR QREC DESCRIÇÃO: DESCRIÇÃO: Os Sprinklers Modelo F1FR QREC e os Sprinklers Rebaixados Modelo F1FR QREC da Reliable são sprinklers de resposta rápida que combinam a durabilidade de um sprinkler padrão com a perfil baixo

Leia mais

Canhão Reboque 3000gpm

Canhão Reboque 3000gpm DESCRIÇÃO: CANHÃO MONITOR DE ALTA VAZÃO, equipamento desenvolvido para uso em áreas onde uma grande quantidade de água ou espuma são requeridas. Montado em Trailer Balanceado, de fácil manuseio em áreas

Leia mais

Válvula de Governo e Alarme 2.1/2 e 3

Válvula de Governo e Alarme 2.1/2 e 3 DESCRIÇÃO: A Válvula de Alarme Modelo E atua como um dispositivo de alarme de fluxo de água em sistemas espargidores de tubo úmido. O projeto permite instalação sob condições de fornecimento de pressão

Leia mais

Proporcionador Jet Pump para esguichos Gladiator Æ de Alta Vaz o

Proporcionador Jet Pump para esguichos Gladiator Æ de Alta Vaz o Proporcionador Jet Pump para esguichos Gladiator Æ de Alta Vaz o Proporcionamento Os esguichos GladiatorÆ de alta vaz o s o equipamentos que podem ser utilizados com proporcionamento direto de LGE. No

Leia mais

MODELO P UL. Válvula de Governo e Alarme. Descrição do Produto. Operação. Especificações

MODELO P UL. Válvula de Governo e Alarme. Descrição do Produto. Operação. Especificações Válvula de Governo e Alarme MODELO P UL Descrição do Produto As válvulas de governo e alarme são dispositivos de retenção instalados entre o sistema de abastecimento e a linha de combate à incêndio. Em

Leia mais

Sistemas de Extinção de Incêndio com Espumas de Alta Expansão

Sistemas de Extinção de Incêndio com Espumas de Alta Expansão Sistemas de Extinção de Incêndio com Espumas de Alta Expansão Sistemas de baixa expansão de espuma são geralmente especificados para a proteção de incêndios bidimensionais em líquidos. Já os Sistemas com

Leia mais

Chemguard - Sistemas de Espuma. Sistemas de espuma de alta expansão DESCRIÇÃO: SC-119 MÉTODO DE OPERAÇÃO

Chemguard - Sistemas de Espuma. Sistemas de espuma de alta expansão DESCRIÇÃO: SC-119 MÉTODO DE OPERAÇÃO Sistemas de espuma de alta expansão DESCRIÇÃO: O Gerador de Espuma de Alta Expansão (Hi-Ex) Chemguard é um componente em um Sistema de Supressão de Incêndios de Espuma de Alta Expansão. Não requer nenhuma

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE DEFESA CIVIL Gerência de Segurança Contra Incêndio e Pânico NORMA TÉCNICA n. 24, de 05/03/07 Sistema de Resfriamento

Leia mais

TIPO MCS. Câmara de Espuma Argus. Descrição do Produto. Normas aplicáveis. Aplicação. Operação

TIPO MCS. Câmara de Espuma Argus. Descrição do Produto. Normas aplicáveis. Aplicação. Operação Câmara de Espuma Argus TIPO MCS Descrição do Produto As Câmaras Modelo MCS foram desenvolvidas para proporcionar correta expansão e aplicação de espuma no interior de tanques de teto fixo de armazenagem

Leia mais

Sistema de Resfriamento para Líquidos e Gases Inflamáveis e Combustíveis

Sistema de Resfriamento para Líquidos e Gases Inflamáveis e Combustíveis SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 24/2004 Sistema de Resfriamento para

Leia mais

O que é espuma de combate a incêndio? Falando de uma maneira simples, a espuma para combate a incêndio é uma massa estável de bolhas pequenas,

O que é espuma de combate a incêndio? Falando de uma maneira simples, a espuma para combate a incêndio é uma massa estável de bolhas pequenas, Soluções de combate ao Fogo em Líquidos Inflamáveis - Sistemas de Proteção Contra Fogo a base de Espuma Departamento Técnico da GIFEL Engenharia de Incêndios Nos idos de 1960, em trabalho conjunto com

Leia mais

CÂMARAS DE ESPUMA CHEMGUARD - SISTEMAS DE ESPUMA DESCRIÇÃO: CARACTERÍSTICAS: INFORMAÇÕES PARA ENCOMENDA

CÂMARAS DE ESPUMA CHEMGUARD - SISTEMAS DE ESPUMA DESCRIÇÃO: CARACTERÍSTICAS: INFORMAÇÕES PARA ENCOMENDA CÂMARAS DE ESPUMA DESCRIÇÃO: A câmara de espuma Chemguard consiste de uma câmara de expansão de espuma e um gerador de espuma integral. A câmara de espuma é instalada sobre um tanque de armazenamento de

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO PAULO CEFET-SP. Instrumentação Industrial - ITI Medição de Pressão. Força por unidade de área F A.

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO PAULO CEFET-SP. Instrumentação Industrial - ITI Medição de Pressão. Força por unidade de área F A. CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO PAULO CEFET-SP Instrumentação Industrial - ITI Medição de Pressão Definição - I Força por unidade de área p = Força (F) grandeza vetorial Área (A) grandeza

Leia mais

Acumuladores hidráulicos

Acumuladores hidráulicos Tipos de acumuladores Compressão isotérmica e adiabática Aplicações de acumuladores no circuito Volume útil Pré-carga em acumuladores Instalação Segurança Manutenção Acumuladores Hidráulicos de sistemas

Leia mais

das válvulas de vazão de líquidos e gases

das válvulas de vazão de líquidos e gases Válvulas de Vazão de Líquidos e Gases Wagner Britto Vaz de Oliveira 00/16144 Pedro Kouri Paim 00/16063 9 de Junho de 2005 1 Introdução No contexto de automação industrial, válvulas de comando são elementos

Leia mais

Vazão ou fluxo: quantidade de fluido (liquido, gás ou vapor) que passa pela secao reta de um duto por unidade de tempo.

Vazão ou fluxo: quantidade de fluido (liquido, gás ou vapor) que passa pela secao reta de um duto por unidade de tempo. Medição de Vazão 1 Introdução Vazão ou fluxo: quantidade de fluido (liquido, gás ou vapor) que passa pela secao reta de um duto por unidade de tempo. Transporte de fluidos: gasodutos e oleodutos. Serviços

Leia mais

Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais IMPLANTAÇÃO DO LABORATÓRIO DE VAZÃO DE GÁS DA FUNDAÇÃO CENTRO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS

Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais IMPLANTAÇÃO DO LABORATÓRIO DE VAZÃO DE GÁS DA FUNDAÇÃO CENTRO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais IMPLANTAÇÃO DO LABORATÓRIO DE VAZÃO DE GÁS DA FUNDAÇÃO CENTRO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS V Seminário de Metrologia Aeroespacial V SEMETRA 21 a 24 de julho de

Leia mais

1933 1935 Duesenberg SJ 1935 DADOS B SICOS Concep o: Gordon Buehring Ano de fabrico: 1935 Lugares: 2 Motor: 8 cilindros em linha Cilindrada: 6.882 cc Pot ncia: 320 CV Cadillac 16-Cylinder 452-C Fleetwood

Leia mais

Transmissor de Pressão Diferencial NP800H

Transmissor de Pressão Diferencial NP800H Transmissor de Pressão Diferencial NP800H MANUAL DE INSTRUÇÕES V2 DESCRIÇÃO O transmissor inteligente NP800H é utilizado na medição e monitoração de pressão diferencial em ambientes agressivos, onde além

Leia mais

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004 VÁLVULAS ÍNDICE Válvulas de agulha Série 2700... 02 Válvulas Manifold Série 2700... 08 Manifold 2 Vias... 10 Manifold 3 Vias... 13 Suporte para Manifold de 3 Vias... 16 Válvulas miniatura Série 1800...

Leia mais

MODELO RD UL/FM. Válvula de Governo e Alarme. Descrição do Produto. Operação

MODELO RD UL/FM. Válvula de Governo e Alarme. Descrição do Produto. Operação Válvula de Governo e Alarme MODELO RD UL/FM Descrição do Produto A válvula de alarme modelo RD possui design simples e funcional com alto padrão de qualidade atestado pelas aprovações UL e FM. Utilizada

Leia mais

PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO

PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO O transmissor inteligente de pressão da série PT105 II é fabricado com uma célula capacitiva de alta confiabilidade e precisão para ser

Leia mais

DE PEÇAS SOLUÇÕES PARA CONDUÇÃO DE FLUIDOS

DE PEÇAS SOLUÇÕES PARA CONDUÇÃO DE FLUIDOS CATÁLOGO DE PEÇAS SOLUÇÕES PARA CONDUÇÃO DE FLUIDOS UNIKAP GRANDES OBRAS TÊM! A Unikap atua especialmente no segmento da construção civil - em instalações e sistemas hidráulicos prediais, residenciais,

Leia mais

Sistemas de carga e descarga de camihões e ferrovias

Sistemas de carga e descarga de camihões e ferrovias Sistemas de carga e descarga de DESCRIÇÃO: O carregamento ou descarregamento de líquidos inflamáveis/ combustíveis em caminhões ou vagões-tanque ferroviários é uma das operações de maior risco a ser empreendida

Leia mais

ESTRELA Não basta ser grande, tem que ser Estrela!

ESTRELA Não basta ser grande, tem que ser Estrela! ESTRELA Não basta ser grande, tem que ser Estrela! ESTRELA A Estrela é uma plantadora pneumática articulada, ágil, de grande porte e com rodado de plantio posicionado entre as linhas. A Estrela trabalha

Leia mais

Sistemas de Medidas e Instrumentação

Sistemas de Medidas e Instrumentação Sistemas de Medidas e Instrumentação Parte 3 Prof.: Márcio Valério de Araújo 1 Medição de Nível Capítulo VII Nível é a altura do conteúdo de um reservatório Através de sua medição é possível: Avaliar o

Leia mais

Modelo F1 LO Modelo F1 LO embutido Sprinklers de resposta padrão

Modelo F1 LO Modelo F1 LO embutido Sprinklers de resposta padrão Modelo F1 LO Modelo F1 LO embutido Sprinklers de resposta padrão Bulletin 117 Rev. X_PT Bulletin 117 Rev. X_PT Sprinkler Modelo F1 LO The Designer Em pé, padrão Pendente, padrão Pendente, cobertura estendida

Leia mais

Proteção para Sprinkler

Proteção para Sprinkler DESCRIÇÃO: Proteção para Sprinkler Modelo D As para Sprinklers da série Modelo D são fornecidas como kits para serem montadas no sprinkler no local de seu funcionamento, antes da sua instalação. O conjunto

Leia mais

Medição de Nível. Profa. Michelle Mendes Santos

Medição de Nível. Profa. Michelle Mendes Santos Medição de Nível Profa. Michelle Mendes Santos Introdução Medir a variável nível em processos industriais é quantificar referenciais por meio da monitoração contínua ou discreta com o objetivo de avaliar

Leia mais

Transmissor de Vazão Mod. RTVG

Transmissor de Vazão Mod. RTVG 1. Introdução O Medidor de vazão tipo turbina é um instrumento de medição de vazão volumétrico. O elemento sensível à vazão é um rotor com um sistema de palhetas fixas, suspenso livremente sobre um eixo

Leia mais

Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo

Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo As válvulas automáticas são utilizadas em processos de automação ou acionamento remoto para controle de fluxo de líquidos e gases, e também nos processos de dosagem

Leia mais

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Substitui a edição 01 do VBI de 05.2012. As alterações estão marcadas com um traço vertical (l) na margem. Nota: Sempre verifique a versão mais atualizada

Leia mais

Apostila de Treinamento: Geradores de Espuma

Apostila de Treinamento: Geradores de Espuma Apostila de Treinamento: Geradores de Espuma Nacional Tecnologia Instrumentos Equipamentos de Dosagem Ltda. EPP Rua José Carlos Geiss, 261 Rec. Camp. Jóia CEP13347-020 Indaiatuba SP Fone: (19) 3935-6107

Leia mais

DOSADORES HIDRÁULICOS MULTI-PROPÓSITOS

DOSADORES HIDRÁULICOS MULTI-PROPÓSITOS DOSADORES HIDRÁULICOS MULTI-PROPÓSITOS Os dosadores de produtos químicos MixRite são acionados unicamente por meio da água, sem outro requerimento adicional de energia. Dosadores Um passo adiante tubos

Leia mais

CCL. Manual de Instruções. CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva TECNOFLUID

CCL. Manual de Instruções. CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva TECNOFLUID Português CCL CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva Manual de Instruções Leia este manual atentamente antes de iniciar a operação do seu aparelho. Guarde-o para futuras consultas. Anote o modelo e número de série

Leia mais

V lvula Dil vio de aá o prèvia dupla Modelo 400E-7DM

V lvula Dil vio de aá o prèvia dupla Modelo 400E-7DM V lvula Dil vio de aá o prèvia dupla Modelo 400E-7DM DescriÁ o O sistema dil vio de aá o prèvia dupla modelo 400E-7DM foi desenvolvido para abertura a partir de dois sinais distintos de detecá o, mantendo

Leia mais

Série Plástica PAZ. A nova Série Plástica PAZ distingue-se em:

Série Plástica PAZ. A nova Série Plástica PAZ distingue-se em: Série Plástica PAZ De acordo com a filosofia de desenvolvimento dos produtos da Ooval, a série PAZ é produzida com materiais de alta qualidade adequados A nova Série Plástica PAZ distingue-se em: Capacidade

Leia mais

VÁLVULA ESFERA MONOBLOCO LATÃO FORJADO

VÁLVULA ESFERA MONOBLOCO LATÃO FORJADO VÁLVULA MONOBLOCO LATÃO FORJADO A Válvula de Esfera Monobloco GBR, possue corpo e peça única, oferecendo segurança absoluta com vedação estanque. São construídas em latão forjado, conforme DIN 17.660,

Leia mais

Portaria n.º 412, de 24 de outubro de 2011.

Portaria n.º 412, de 24 de outubro de 2011. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 412, de 24 de outubro de 2011. O PRESIDENTE

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA PROTEÇÃO DE SISTEMA AÉREO DE DISTRIBUIÇÃO 2B CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO

DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA PROTEÇÃO DE SISTEMA AÉREO DE DISTRIBUIÇÃO 2B CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO 1 DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA PROTEÇÃO DE SISTEMA AÉREO DE DISTRIBUIÇÃO 2B CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO Durante um curto-circuito, surge uma corrente de elevada intensidade

Leia mais

TESTE DE ESTANQUEIDADE

TESTE DE ESTANQUEIDADE TESTE DE ESTANQUEIDADE Mais do que encontrar vazamentos... por: Mauricio Oliveira Costa Consumidores (e clientes) não querem produtos que vazem. De fato, eles estão cada vez mais, exigindo melhorias no

Leia mais

Equipamento para Ensaio de Redução sob Carga RUL e Colagem Automatizado

Equipamento para Ensaio de Redução sob Carga RUL e Colagem Automatizado Equipamento para Ensaio de Redução sob Carga RUL e Colagem Automatizado O Equipamento para Ensaio de Redução sob Carga RUL e Colagem AN3230 foi desenvolvido para a realização de ensaios de pelotas de minério

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL 1 OBJETIVO: Padronizar os diversos tipos de sistemas de bomba de incêndio das edificações, seus requisitos técnicos, componentes, esquemas elétricos-hidráulicos e memória de cálculo, de acordo com os parâmetros

Leia mais

Painel com disjuntores

Painel com disjuntores Painel com disjuntores AR63 A prova de tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Painel de distribuição, alimentação, proteção, etc. montado em invólucros fabricados em liga de alumínio

Leia mais

Válvulas Agulha para Serviços Gerais

Válvulas Agulha para Serviços Gerais www.swagelok.com Válvulas Agulha para Serviços Gerais Série GU Padrão de fluxo com passagem reta e em ângulo Pressões de trabalho de até 6000 psig (413 bar) Temperaturas de até 232 C, com vedação em PTFE

Leia mais

Termostatos KP. Brochura técnica MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT.

Termostatos KP. Brochura técnica MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT. MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Brochura técnica Termostatos KP Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT. Um termostato KP pode ser conectado diretamente a um

Leia mais

bombas dosadoras a motor Por acionamento hidráulico

bombas dosadoras a motor Por acionamento hidráulico Dosadoras a Motor bombas dosadoras a motor Por acionamento hidráulico Serie 600 Serie 500 Há opção de duplo diafragma cabeçotes duplex e válvulas EZE- Serie 700 CLEAN TM consulte-nos! Detalhamento de sistema

Leia mais

COMPRESSOR MANUAL DO PROPRIETÁRIO DENTAL/MEDICAL OIL-FREE WWW.SCHUSTER.IND.BR PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS

COMPRESSOR MANUAL DO PROPRIETÁRIO DENTAL/MEDICAL OIL-FREE WWW.SCHUSTER.IND.BR PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS COMPRESSOR S45 DENTAL/MEDICAL OIL-FREE MANUAL DO PROPRIETÁRIO COMPRESSOR S45 110V PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS WWW.SCHUSTER.IND.BR 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. INTRODUÇÃO... 3 3. TERMOS DE GARANTIA... 3 4. ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

Hydro - Flow 2200 Medidor Vortex Inserção Fixo

Hydro - Flow 2200 Medidor Vortex Inserção Fixo BR Rev.00 Hydro - Flow 2200 Medidor Vortex Inserção Fixo Descrição O medidor Vortex Hydro flow 2200 é do tipo inserção fixo e é projetado especificamente para aplicações em água. Não possui partes móveis

Leia mais

Sensores e atuadores (continuação)

Sensores e atuadores (continuação) AULA 05: Sensores e atuadores (continuação) OBJETIVO: Apresentar os sensores e atuadores mais utilizados nos projetos de automação.. A pirâmide de automação Nível 5: Gerenciamento corporativo Nível 3:

Leia mais

SPRINKLERS PARA CIMA (UPRIGHT), PARA BAIXO (PENDENT) E LATERAL (SIDEWALL), RESPOSTA PADRÃO MODELO CFS-A (STANDARD), K80 / K115

SPRINKLERS PARA CIMA (UPRIGHT), PARA BAIXO (PENDENT) E LATERAL (SIDEWALL), RESPOSTA PADRÃO MODELO CFS-A (STANDARD), K80 / K115 SPRINKLERS PARA CIMA (UPRIGHT), PARA BAIXO (PENDENT) E LATERAL (SIDEWALL), RESPOSTA PADRÃO MODELO CFS-A (STANDARD), K80 / K115 Os Chuveiros automáticos Sprinklers CFS para cima (Upright), para baixo (Pendent)

Leia mais

Números de identificação de modelo/ sprinkler (SIN)

Números de identificação de modelo/ sprinkler (SIN) Serviços técnicos: Tel: (800) 381-9312 / Fax: (800) 791-5500 Sprinklers montantes, pendentes e pendentes embutidos série TY-L Factor K 5,6 e K 8,0 Resposta normal, cobertura normal Descrição geral Os sprinklers

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA SELEÇÃO E INSTALAÇÃO DE DENSÍMETROS SMAR EM PLANTAS DE BENEFICIAMENTO DE MINÉRIO

RECOMENDAÇÕES PARA SELEÇÃO E INSTALAÇÃO DE DENSÍMETROS SMAR EM PLANTAS DE BENEFICIAMENTO DE MINÉRIO RECOMENDAÇÕES PARA SELEÇÃO E INSTALAÇÃO DE DENSÍMETROS SMAR EM PLANTAS DE BENEFICIAMENTO DE MINÉRIO 1 A SMAR está trabalhando há mais de 8 anos com sistemas de medição de densidade por pressão diferencial

Leia mais

SISTEMA DE INJEÇÃO ANTI-ESPUMANTE CTA 500

SISTEMA DE INJEÇÃO ANTI-ESPUMANTE CTA 500 SISTEMA DE INJEÇÃO ANTI-ESPUMANTE CTA 500 Manual do usuário Série: G Sistema de Injeção Anti-Espumante MAN-DE-CTA 500 Rev.: 2.00_08 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso CTA 500. Para garantir o

Leia mais

Cilindros para Gases Industriais

Cilindros para Gases Industriais Cilindros para Gases Industriais A White Martins possui larga experiência na produção, armazenagem e transporte de gases industriais e está capacitada para produzir cilindros de acordo com as necessidades

Leia mais

Válvulas de controle para a proteção contra incêndio

Válvulas de controle para a proteção contra incêndio Válvulas de controle para a proteção contra incêndio Produtos para a extinção de incêndio Conteúdo Descrição das Válvulas Básicas da Série 300 Descrição das Válvulas Básicas da Série 100 Válvulas automáticas

Leia mais

CAPÍTULO 8 - SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO (MOTORES OTTO) CARBURAÇÃO INJEÇÃO INTRODUÇÃO

CAPÍTULO 8 - SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO (MOTORES OTTO) CARBURAÇÃO INJEÇÃO INTRODUÇÃO CAPÍTULO 8 - SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO (MOTORES OTTO) CARBURAÇÃO INJEÇÃO INTRODUÇÃO Requisitos de mistura. Em geral, a ótima razão ar/combustível com determinada velocidade do motor consiste naquela em que

Leia mais

Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES

Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES Prof. Roberto Leal Sensores Dispositivo capaz de detectar sinais ou de receber estímulos de natureza física (tais como calor, pressão, vibração, velocidade, etc.),

Leia mais

CAPRECY Conheça o equipamento italiano que combina o hidrojato sugador com um sistema de reciclagem contínuo de água.

CAPRECY Conheça o equipamento italiano que combina o hidrojato sugador com um sistema de reciclagem contínuo de água. CAPRECY Conheça o equipamento italiano que combina o hidrojato sugador com um sistema de reciclagem contínuo de água. Com CAPRECY, a economia é tão clara quanto a água. São Paulo 2 A NOVITÀ importa e distribui

Leia mais

Meter run Modelo FLC-MR

Meter run Modelo FLC-MR Medição de vazão Meter run Modelo FLC-MR WIKA folha de dados FL 10.02 Aplicações Geração de energia Produção de óleo e refino Tratamento e distribuição de água Processamento e transmissão de gases Indústria

Leia mais

Série P3000. Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000. Dados técnicos. Recursos

Série P3000. Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000. Dados técnicos. Recursos Série P3000 Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000 Dados técnicos Recursos A pressão varia de Vácuo até 2.000 psi (140 bar) Precisão superior a 0,015 % de leitura. (Opção de precisão aumentada

Leia mais

TESTE 20 TIPO SMK (M16 X

TESTE 20 TIPO SMK (M16 X Índice Testes TESTE 20 TIPO SMK (M6 X 2) Tomador de pressão SMK.......................................................................85-8 Tomadores de pressão SMK JIC e ORFS.............................................................88

Leia mais

Válvulas de Pressão Constante

Válvulas de Pressão Constante Válvulas de Pressão Constante Catálogo 201VPC-1 - Agosto 2009 Válvulas de Expansão de Pressão Constante Séries AS e A7 Características Técnicas Construção Conexão para Soldagem Faixa de Ajuste do Ponto

Leia mais

TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL

TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL A ampla linha de tanques de armazenamento e aquecimento de asfalto da Terex

Leia mais

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004 VÁLVULAS ÍNDICE Válvulas de agulha Série 2700... 02 Válvulas Manifold Série 2700... 08 Manifold 2 Vias... 10 Manifold 3 Vias... 13 Suporte para Manifold de 3 Vias... 16 Válvulas miniatura Série 1800...

Leia mais

Filtros Industriais. Para utilização em vapor, líquidos e gases

Filtros Industriais. Para utilização em vapor, líquidos e gases Filtros Industriais Para utilização em vapor, líquidos e gases Filtros Y Spirax Sarco Há mais de 60 anos, a Spirax Sarco vem fornecendo tecnologia em filtragem para qualificação de fluidos e proteção de

Leia mais

FIPAI Fundação para o Incremento da Pesquisa e do Aperfeiçoamento Industrial Tomada de Preço nº. 003/2013 Processo Finep nº 01.09.0563.

FIPAI Fundação para o Incremento da Pesquisa e do Aperfeiçoamento Industrial Tomada de Preço nº. 003/2013 Processo Finep nº 01.09.0563. ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS LOTE 01 Especificar Sistema de Geração de Ar Comprimido, incluindo compressor, secador por adsorção e filtros coalescentes Diagrama Pneumático. Confirmar detalhes com equipe

Leia mais

Módulos de Pressão Fluke da Série 750P

Módulos de Pressão Fluke da Série 750P Módulos de Pressão Fluke da Série 750P Dados técnicos Medição de pressão de precisão para calibradores das séries 75X e 720 Os módulos de pressão da série 750P são os módulos ideais que possibilitam a

Leia mais

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário:

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário: (11) Número de Publicação: PT 105304 (51) Classificação Internacional: F24D 17/00 (2006) (12) FASCÍCULO DE PATENTE DE INVENÇÃO (22) Data de pedido: 2010.09.23 (30) Prioridade(s): (43) Data de publicação

Leia mais

Sprinklers, Válvulas e Acessórios

Sprinklers, Válvulas e Acessórios A Argus é uma empresa brasileira, especializada em segurança e proteção contra incêndio, com sede em Vinhedo/SP. Embora nova, a Argus é uma empresa com muita experiência. Seus sócios em conjunto somam

Leia mais

V Á L V U L A S SÉRIE 1800

V Á L V U L A S SÉRIE 1800 V Á L V U L A S SÉRIE 1800 As válvulas de agulha miniatura da Série 1800 foram desenvolvidas para regulagem e bloqueio de fluidos para os mais diversos tipos de aplicação em laboratórios,amostragem de

Leia mais

Manual de Operação e Instalação

Manual de Operação e Instalação Manual de Operação e Instalação VTG Medidor de Vazão Tipo Turbina para gases Cod: 073AA-021-122M Rev. D Março / 2009 S/A. Rua João Serrano, 250 Bairro do Limão São Paulo SP CEP 02551-060 Fone: (11) 3488-8999

Leia mais

Válvulas reguladoras de pressão auto-operadas

Válvulas reguladoras de pressão auto-operadas Válvulas reguladoras de pressão autooperadas SR DIN PN 6 ANSI 300 DN 5 a 00 mm /2" a 4" SR 5R, R, 5E, E Aplicação As válvulas autooperadas reguladoras e redutoras de pressão SR 5R e SR R servem para controlar

Leia mais

Fundamentos de Automação. Atuadores e Elementos Finais de Controle

Fundamentos de Automação. Atuadores e Elementos Finais de Controle Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação Atuadores

Leia mais

MEDIDOR DE VAZÃO TIPO THERMAL

MEDIDOR DE VAZÃO TIPO THERMAL Características Mede vazão de gás em SCFM, Nm³/h, Kg/h, outros. Mede temperatura de processo do gás. Sinal de Saída: 2 x 4-20mA: para vazão e temperatura; Pulsos para totalização de vazão. RS232 para conexão

Leia mais

32º SEMINÁRIO ABES EXPERIÊNCIAS NA UTILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA O SANEAMENTO. Porto Alegre - RS

32º SEMINÁRIO ABES EXPERIÊNCIAS NA UTILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA O SANEAMENTO. Porto Alegre - RS 32º SEMINÁRIO EXPERIÊNCIAS NA UTILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA O SANEAMENTO ABES Porto Alegre - RS PROMINAS BRASIL EQUIPAMENTOS LTDA. Fundação : 1953 - Localização : São Carlos - SP Área Total : 57.000

Leia mais

40.69-PORB V33, K8.0 PRODUTOS DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS SPRINKLERS AUTOMÁTICOS

40.69-PORB V33, K8.0 PRODUTOS DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS SPRINKLERS AUTOMÁTICOS PARA MAIS DETALHES, CONSULTE A PUBLICAÇÃO VICTAULIC 10.01 O Sprinkler do tipo embutido, pendente, via-seca, Série V33 com tampa de proteção roscada e ajuste de ½" utiliza componentes internos de aço inox.

Leia mais

3. Programa Experimental

3. Programa Experimental 3. Programa Experimental 3.1. Considerações Iniciais Este estudo experimental foi desenvolvido no laboratório de estruturas e materiais (LEM) da PUC- Rio e teve o propósito de estudar o comportamento de

Leia mais

AMBIENTAL MS PROJETOS EQUIPAMENTOS E SISTEMAS

AMBIENTAL MS PROJETOS EQUIPAMENTOS E SISTEMAS AMBIENTAL MS PROJETOS EQUIPAMENTOS E SISTEMAS MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO SISTEMA DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA PLUVIAL MS TAC 4000 REV.02 2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE TRATAMENTO PARA REUSO....

Leia mais

Líquido Gerador de Espuma

Líquido Gerador de Espuma A Argus é uma empresa brasileira, especializada em segurança e proteção contra incêndio, com sede em Vinhedo/SP. Embora nova, a Argus é uma empresa com muita experiência. Seus sócios em conjunto somam

Leia mais

InTrac 787 Manual de Instruções

InTrac 787 Manual de Instruções 1 Manual de Instruções 2 Índice: 1. Introdução... 5 2. Observações importantes... 6 2.1 Verificando a entrega... 6 2.2 Instruções operacionais... 6 2.3 Uso normal... 7 2.4 Instruções de segurança... 7

Leia mais

PROJETO DE LEI. Reajusta os valores da Taxa de Serviços Metrológicos, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

PROJETO DE LEI. Reajusta os valores da Taxa de Serviços Metrológicos, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: PROJETO DE LEI Reajusta os valores da Taxa de Serviços Metrológicos, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1 o A Taxa de Serviços Metrológicos, instituída pelo art. 11 da Lei n o

Leia mais

Válvulas atuadas de controle e on/off KLINGER. Connect With Quality. Richard Klinger Ind. e Com. Ltda

Válvulas atuadas de controle e on/off KLINGER. Connect With Quality. Richard Klinger Ind. e Com. Ltda Connect With Quality Válvulas atuadas de controle e on/off KLINGER Richard Klinger Ind. e Com. Ltda Av. Duque de Caxias, 2001 Jardim Sta. Lúcia CEP 13223-025 Várzea Paulista São Paulo Fone: (11) 4596.9514

Leia mais

ANEXO II TABELA DE TAXAS DE SERVIÇOS METROLÓGICOS. Seção 1. Verificação inicial e verificação subsequente

ANEXO II TABELA DE TAXAS DE SERVIÇOS METROLÓGICOS. Seção 1. Verificação inicial e verificação subsequente ANEXO II TABELA DE TAXAS DE SERVIÇOS METROLÓGICOS Seção 1 Verificação inicial e verificação subsequente Valor R$ da classe de exatidão M3 (peso comercial) 1 até 50 g 1,70 1,70 2 de 100 g até 1 kg 3,90

Leia mais

A retificadora centerless inteligente. Simplifique com Smart 10

A retificadora centerless inteligente. Simplifique com Smart 10 A retificadora centerless inteligente. Simplifique com Smart 10 A retificadora centerless inteligente. Simplifique. Com projeto inovador, a retificadora centerless Smart 10 da BONELI é insuperável em performance.

Leia mais

Continuação aula 3 - unidades do Sistema de Esgotamento Sanitário

Continuação aula 3 - unidades do Sistema de Esgotamento Sanitário Continuação aula 3 - unidades do Sistema de Esgotamento Sanitário e) Órgãos acessórios: Dispositivos fixos e não mecanizados destinados a facilitar a inspeção e limpeza dos coletores, construídos em pontos

Leia mais

Aluminium body gear pumps and motors Bombas e motores de engrenagens com corpo de alumínio

Aluminium body gear pumps and motors Bombas e motores de engrenagens com corpo de alumínio A Casappa oferece o que há de melhor aos seus clientes graças à habilidade e à perícia de seus colaboradores, investimento em pesquisa e novas tecnologias, cooperação com as principais universidades e

Leia mais

Instruções de instalação, operação, cuidados e manutenção

Instruções de instalação, operação, cuidados e manutenção Bulletin 59_PT Válvula de dilúvio Modelo DDX de (50 mm), / (65 mm), 3 (80 mm), 76 mm, 4 (00 mm), 6 (50 mm), 65 mm e 8 (00 mm) Bulletin 59_PT Instruções de instalação, operação, cuidados e manutenção Linha

Leia mais

Processos em Engenharia: Modelagem Matemática de Sistemas Fluídicos

Processos em Engenharia: Modelagem Matemática de Sistemas Fluídicos Processos em Engenharia: Modelagem Matemática de Sistemas Fluídicos Prof. Daniel Coutinho coutinho@das.ufsc.br Departamento de Automação e Sistemas DAS Universidade Federal de Santa Catarina UFSC DAS 5101

Leia mais

SITRANS LVL200H.ME****A****

SITRANS LVL200H.ME****A**** Vibrating Switches SITRANS LVL200H.ME****A**** NCC 14.03368 X Ex d IIC T6 Ga/Gb, Gb Instruções de segurança 0044 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 4 4 Condições de utilização... 4

Leia mais

Tubo de vazão do medidor de vazão eletromagnético sanitário Rosemount 8721

Tubo de vazão do medidor de vazão eletromagnético sanitário Rosemount 8721 Rosemount 8721 Tubo de vazão do medidor de vazão eletromagnético sanitário Rosemount 8721 O TUBO DE VAZÃO SANITÁRIO 8721: É projetado para aplicações alimentícias, de bebidas e farmacêuticas Possui corpo

Leia mais

SENSORES INDUSTRIAIS

SENSORES INDUSTRIAIS SENSORES INDUSTRIAIS Sensores: são dispositivos que transformam grandezas físicas em um sinal Sensores Analógicos e Digitais Caracterís:cas Alcance Precisão Resolução Sensibilidade Tempo de Resposta Não

Leia mais

14 - Controle de nível de fluido (água)

14 - Controle de nível de fluido (água) 14 - Controle de nível de fluido (água) Objetivo; - Analisar o funcionamento de um sensor de nível de fluídos (água). Material utilizado; - Conjunto didático de sensores (Bit9); - Kit didático de controle

Leia mais

Posicionador digital PD

Posicionador digital PD Posicionador digital PD PFLEX - Protocolo Hart Descrição O posicionador PD - PFLEX, através da comunicação digital, utiliza o protocolo HART e recebe um sinal de entrada e controla a pressão de alimentação

Leia mais