TEXTO ÁUREO "Louvai ao SENHOR, porque ele é bom; porque a sua benignidade é para sempre." (Sl 136.1)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TEXTO ÁUREO "Louvai ao SENHOR, porque ele é bom; porque a sua benignidade é para sempre." (Sl 136.1)"

Transcrição

1 Lição 10, Adorando a DEUS em Meio a Calamidade 4º Trimestre de Título: O DEUS de Toda Provisão - Esperança e Sabedoria Divina para a Igreja em meio às Crises Comentarista: Pr. Elienai Cabral Complementos, ilustrações, questionários e vídeos: Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva NÃO DEIXE DE ASSISTIR AOS VÍDEOS DA LIÇÃO ONDE TEMOS MAPAS, FIGURAS, IMAGENS E EXPLICAÇÕES DETALHADAS DA LIÇÃO AQUI VOCÊ VÊ PONTOS DIFÍCEIS DA LIÇÃO - POLÊMICOS AJUDA: TEXTO ÁUREO "Louvai ao SENHOR, porque ele é bom; porque a sua benignidade é para sempre." (Sl 136.1)

2 VERDADE PRÁTICA A nossa fé em DEUS leva-nos a adorá-lo em meio às crises e dificuldades.

3 LEITURA DIÁRIA Segunda - 2 Cr 20.3 O medo diante da crise Terça - 2 Cr 20.4 Um pedido de socorro em meio à crise Quarta - 2 Cr 20.9 Clamor e angústia em meio à crise Quinta - 2 Cr Mantendo os olhos em DEUS em meio à crise Sexta - 2 Cr O socorro de DEUS em meio à crise Sábado - 2 Cr DEUS se faz presente em meio às crises LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - 2 Crônicas E sucedeu que, depois disso, os filhos de Moabe, e os filhos de Amom, e, com eles, alguns outros dos amonitas vieram à peleja contra Josafá. 2 - Então, vieram alguns que deram aviso a Josafá, dizendo: Vem contra ti uma grande multidão dalém do mar e da Síria; e eis que já estão em Hazazom-Tamar, que é En- Gedi. 3 - Então, Josafá temeu e pôs-se a buscar o SENHOR; e apregoou jejum em todo o Judá. 4 - E Judá se ajuntou, para pedir socorro ao SENHOR; também de todas as cidades de Judá vieram para buscarem o SENHOR. 5 - E pôs-se Josafá em pé na congregação de Judá e de Jerusalém, na Casa do SENHOR, diante do pátio novo. 6 - E disse: Ah! SENHOR, DEUS de nossos pais, porventura, não és tu DEUS nos céus? Pois tu és dominador sobre todos os reinos das gentes, e na tua mão há força e poder, e não há quem te possa resistir. 7 - Porventura, ó DEUS nosso, não lançaste tu fora os moradores desta terra, de diante do teu povo de Israel, e não a deste à semente de Abraão, teu amigo, para sempre? 8 - E habitaram nela e edificaram nela um santuário ao teu nome, dizendo: 9 - Se algum mal nos sobrevier, espada, juízo, peste ou fome, nós nos apresentaremos diante desta casa e diante de ti; pois teu nome está nesta casa; e clamaremos a ti na nossa angústia, e tu nos ouvirás e livrarás Agora, pois, eis que os filhos de Amom e de Moabe e os das montanhas de Seir, pelos quais não permitiste que passasse Israel, quando vinham da terra do Egito, mas deles se desviaram e não o destruíram, 11 - eis que nos dão o pago, vindo para lançar-nos fora da herança que nos fizeste herdar Ah! DEUS nosso, porventura, não os julgarás? Porque em nós não há força perante esta grande multidão que vem contra nós, e não sabemos nós o que faremos; porém os nossos olhos estão postos em ti.

4 OBJETIVO GERAL - Ressalvar que a nossa fé nos faz adorar a DEUS em meio às crises. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Apresentar um panorama do reino do Norte e do Sul; Mostrar quem foi o rei Josafá; Enfatizar a trajetória do rei Josafá e seus inimigos. PONTO CENTRAL - A nossa fé nos faz adorar a DEUS em tempos de crises. Resumo da Lição 10, Adorando a DEUS em Meio a Calamidade I - REINO DO NORTE E DO SUL 1. A divisão do reino de Israel. 2. O Reino do Norte. 3. O Reino do Sul. II - O REI J0SAFÁ 1. Quem era Josafá (1 Rs ). 2. O cuidado de Josafá em instruir o povo (2 Cr ). 3. A instrução e temor. III - JOSAFÁ E SEUS INIMIGOS 1. A perigosa aliança feita com Acabe (2 Cr ). 2. Josafá enfrenta a ameaça dos inimigos (2 Cr ). 3. A ação de Josafá. SÍNTESE DO TÓPICO I - O Reino do Norte e do Sul enfrentaram várias crises espirituais e políticas. O temor a DEUS é o princípio da sabedoria. Um povo que teme a DEUS se tornará próspero. SÍNTESE DO TÓPICO II - Diante da ameaça do inimigo, o rei Josafá buscou ao Senhor com oração e jejum. Alianças feitas sem a orientação e a permissão de DEUS sempre trazem prejuízos. SÍNTESE DO TÓPICO III - Josafá tinha muitos inimigos e teve que enfrentar muitas crises. Mas, todas as vezes que buscou a DEUS, Ele enviou o socorro. Infelizmente, muitos só se lembram de buscar a DEUS quando estão cercados pelas dificuldades. Não deixe para buscar a DEUS somente nos tempos de crise; busque-o sempre. PARA REFLETIR - A respeito de adorando a DEUS em meio a calamidade, responda: O reino do Norte era formado por quantas tribos e qual era a sua capital? O reino do Norte era formado por dez tribos e a capital era Samaria. Quem foi o pai de Josafá? Josafá era filho de Asa. Josafá foi um bom rei? Sim, embora tenha feito aliança com Acabe. Qual foi a atitude de Josafá diante do iminente ataque do inimigo? No momento de aflição e desespero, Josafá invoca o nome do Senhor (2 Cr 20.4). Ele apregoou um jejum e oração. Josafá fez uma aliança errada com qual rei? Com Acabe. CONSULTE - Revista Ensinador Cristão - CPAD, nº 68, p41. SUGESTÃO DE LEITURA - Viva, Ame, Lidere; Heróis da Fé; Do Que Você Tem Medo?

5 COMENTÁRIOS DE DIVERSOS AUTORES E LIVROS COM ALGUMAS MODIFICAÇÕES DO Ev. LUIZ HENRIQUE PONTOS DIFÍCEIS E POLÊMICOS Jo Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em ESPÍRITO e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Adoração envolve sacrifício. JEJUM e ORAÇÃO. Só há manifestação de DEUS onde existe sacrifício. Resumo rápido - Ev. Henrique - COMENTÁRIO/INTRODUÇÃO Estudemos um momento de louvor e adoração em meio a uma calamidade anunciada. Aprendemos aqui que o estudo sistemático da Palavra de DEUS aliado a um Jejum coletivo e oração de concordância coletiva, podem livrar uma nação de suas prováveis calamidades, ou crises. (não é com greves, invasões, violência e ódio, ou política partidária, ou qualquer outro artifício).a vitória veio porque DEUS guerreou sozinho. Não precisou Josafá e nem o povo guerrearem. O que o povo fez foi louvar e adorar a DEUS, só isso. I - REINO DO NORTE E DO SUL 1. A divisão do reino de Israel. O reino de Israel era uno no tempo de Saul, de Davi e de Salomão. As doze tribos tinham um só rei. Com a queda de Salomão na idolatria DEUS prometeu tomar providências quanto ao futuro de Israel. No tempo de Roboão, filho de Salomão, que passou a cobrar mais impostos do que os já altos que seu pai cobrou durante seu reinado, o reino foi dividido em duas partes. Reino do Norte (Israel - 10 Tribos/; Rubem, Simeão, Dã, Naftali, Gade, Aser, Issacar, Zebulom, Manassés e Efraim.) - capital - Samaria e Reino do Sul (Judá - 2 Tribos, Judá e Benjamim) - capital Jerusalém. Roboão era filho de Salomão e Naamá, mulher amonita e reinou sobre o reino do sul. As tribos do Norte de Israel romperam com as tribos do Sul e foram governados por Jeroboão (2 Cr ). 2. O Reino do Norte.

6 O Reino do Norte prevaleceu ainda por mais de 200 anos. Vários reis maus governaram. A bíblia ao se referir a eles diz: "era mau" aos olhos de DEUS. Por viverem em idolatria e não cumprirem as ordens de DEUS de irem adorá-lo em Jerusalém passaram por diversas crises políticas, sociais e religiosas. REIS QUE REINARAM EM ISRAEL- REINO NORTE - ISRAEL 01-Jeroboão I - Reinou 22 anos I Reis Filho de Nebate - I Reis Jeroboão intercede pelo povo ao rei Roboão - I Rs As dez tribos seguem Jeroboão - I Rs Jeroboão fez dois bezerros de ouro, para Israel adorar, colocou um em Dã e outro em Betel - I Reis A idolatria de Jeroboão - I Reis Um profeta prediz contra o altar - I Rs.13 - O profeta Aias prediz a ruína da casa de Jeroboão, I Rs Houve guerra entre Roboão e Jeroboão todos os dias I Reis 15.6 A CONSEQUÊNCIA DOS 2 ALTARES E DOS 2 BEZERROS DE OURO, CONSTRUÍDOS POR JEROBOÃO LEVOU ISRAEL PARA O CATIVEIRO - RESULTADO DA IDOLATRIA 02 - Nadabe - Reinou dois anos - I Reis Filho de Jeroboão I - I Reis 14:20 - Fez o que parecia mal aos olhos do Senhor I Reis Baasa - Reinou 24 anos I Reis Filho de Aías - I Reis E fez o que era mal aos olhos do Senhor - I Reis Jeú profetiza contra Baasa - I Reis Elá - Reinou dois anos I Reis Filho de Baasa I Reis 16: 6 - Zinri mata Ela - Assim destruiu Zinri toda a casa de Baasa, conforme a palavra do Senhor que falara pelo ministério do profeta Jeú, sobre Baasa. E por todos os pecados de Baasa, e os pecados de Ela, seu filho, com que pecaram e com que fizeram pecar a Israel, irritando ao Senhor, DEUS de Israel com as suas vaidades. I Reis Zinri - Reinou apenas 7 dias - I Reis Servo de Elá - I Reis Zinri assassino de Ela - I Reis 16.10Zinri conspirou contra Ela - I Reis Assim destruiu Zinri toda a casa de Baasa, conforme a palavra do Senhor que falara pelo ministério do profeta Jeú, sobre Baasa. E por todos os pecados de Baasa, e os pecados de Ela, seu filho, com que pecaram e com que fizeram pecar a Israel, irritando ao Senhor, DEUS de Israel com as suas vaidades. Zinri refugiou-se na parte interior do palácio, pôs-lhe fogo, e pereceu nas chamas. I Reis Fez mal aos olhos do Senhor, fazendo pecar a Israel- I Reis Onri - Reinou 12 anos - I Reis Pai de Acabe I Reis O povo o fez rei sobre Israel - I Reis Onri comprou de Semer o Monte de Samaria edificou a cidade e a chamou de Samaria - I Reis E fez Onri o que era mal aos olhos do Senhor; e fez pior do que todos quantos foram antes dele - I Reis Tibni - Não diz o tempo - Filho de Ginate - I Reis Acabe - Reinou 22 anos I Reis Filho de Onri - I Reis Fez o que era mal aos olhos do senhor, mais do que todos que foram antes dele - I Reis Casou-se com Jezabel, mulher idólatra, filha de Etbaal, rei dos sidônios, edificou altar ao deus Baal e o serviu. I Reis Você pode ler toda a história do rei Acabe, e de sua mulher Jezabel, como eles foram maus, perversos e idólatras, em: I Reis capítulos 17 ao cap. 21. Cap II Crônicas Acazias - Reinou 2 anos I Reis Filho de Acabe - I Reis II Reis E fez o que era mau aos olhos do SENHOR; porque andou nos caminhos de seu pai, como também nos caminhos de sua mãe, e nos caminhos de Jeroboão, filho de Nebate, que fez pecar a Israel. E serviu a Baal, e se inclinou diante dele, e indignou ao SENHOR, DEUS de Israel, conforme tudo quanto fizera seu pai. I Reis Acazias caiu pelas grades de um quarto alto, buscou socorro em Baal-Zebute, adoeceu e morreu - II Reis Jorão - Reinou 12 anos - II Reis II Reis 1.17 Jorão, Irmão de Acazias e também filho de Acabe - II Reis II Reis II Reis E fez o que era mau aos olhos do senhor; porém não como seu pai, nem como sua mãe; porque tirou a estátua de Baal, que seu pai fizera. Contudo, aderiu aos pecados de

7 Jeroboão, filho de Nebate- que fizera pecar a Israel; não se apartou deles - II Reis Pediu ao rei de Judá Josafá para ir com ele à guerra contra os moabitas - II Reis Jeú mata Jorão II Reis Jeú - Reinou 28 anos - II Reis Filho de Josafá - II Rei ungido rei por Eliseu - II Reis 9,1-6 - Jeú extermina a casa do rei Acabe - II Reis Jeú encontra a Jonadabe e mata os servos de Baal - II Reis Jeú não se apartou de seguir os pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que fez pecar a Israel, a saber, dos bezerros de ouro, que estavam em Betel e em Dã. Não teve cuidado de andar com todo o coração na lei do Senhor, DEUS de Israel, nem se apartou dos pecados de Jeroboão que fez pecar a Israel - II Reis Jeoacaz - Reinou 17 anos - II Reis filho de Jeú - II Reis II Reis E fez o que era mal aos olhos do Senhor; porque seguiu os pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que fez pecar a Israel; não se apartou deles. Pelo que a ira do Senhor se acendeu contra Israel, o qual os deu na mão de Hazael, rei da Síria, e na mão de Bem-Hadade, filho de Hazael, todos aqueles dias - II Reis Jeoacaz suplicou diante da face do senhor, e o Senhor o ouviu; pois viu a opressão de Israel, porque os oprimia o rei da Síria - II Reis Jeoás - Reinou 16 anos - II Reis filho de Jeoacaz - II Reis E fez o que era mal aos olhos do Senhor; não se apartou de nenhum dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que fez pecar a Israel, porém andou neles - II Reis Morte de Jeoás - II Reis Jeroboão II - Reinou 41 anos II Reis Filho de Jeoás - II Reis E fez o que era mal aos olhos do Senhor; nunca se apartou de nenhum dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que fez pecar a Israel. II Reis Jeroboão pelejou e reconquistou Damasco e Hamate, pertencentes a Judá - II Reis Zacarias - Reinou 6 meses - II Reis Filho de Jeroboão II - II Reis 14:29 II Reis E fez o que era mal aos olhos do Senhor, como tinham feito seus pais; nunca se apartou dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que fez pecar a Israel - II Reis Salum, filho de Jabes, conspirou contra ele, e o feriu diante do povo, e o matou, e reinou em seu lugar - II Reis Salum - Reinou um mês inteiro - II Reis filho de Jabes - II Reis e 13 - Menaém, filho de Gadi, subiu de Tirza, e veio a Samaria, e feriu a Salum, filho de Jabes, em Samaria, e o matou, e reinou em seu lugar - II Reis Menaém - Reinou 10 anos - II Reis Filho de Gadi - II Reis 15.14,17 - Então, Menaem feriu a Tifsa e todos os que nela havia, como também seus termos desde Tirza, porque não lha tinham aberto; e os feriu, pois, e todas as mulheres grávidas fendeu pelo meio- II Reis E fez o que era mal aos olhos do Senhor; todos os seus dias se não apartou dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que fez pecar a Israel - II Reis Menaém tirou de Israel mil talentos de prata e deu a Pul, rei da Assíria para unir-se ao rei - II Reis Morte de Menaém II Reis Pecaías - Reinou 2 anos - II Reis filho de Menaém - II Reis E fez o que era mal aos olhos do Senhor; nunca se apartou dos pecados de Jeroboão, filho e Nebate, que fez pecar a Israel - II Reis E Peca, filho de Remalias, seu capitão, conspirou contra ele e o feriu em Samaria, no paço da casa do rei, juntamente com Argobe e com Arié; e com ele estavam cinqüenta homens dos filhos dos gileaditas e o matou e reinou em seu lugar - II Reis Peca - Reinou 20 anos - II Reis filho de Remalias - II Reis Isaías 7.1,4 - E fez o que era mal aos olhos do Senhor; nunca se apartou dos pecados de Jeroboão, filho e Nebate, que fez pecar a Israel

8 II Reis Nos dias de Peca, rei de Israel, veio Tiglate-Pileser, rei da Assíria, e tomou a Ijom, e Abel-Bete-Maaca, e a Janoa, e a Quedes, e a Hazor, e a Gileade, e à Galiléia, e à toda a terra de Naftali, e os levou para a Assíria - II Reis E Oséias, filho de Elá, conspirou contra Peca, filho de Remalias, e o feriu,e o matou, e reinou em seu lugar, no vigésimo ano de Jotão, filho de Uzias - II Reis Ora, o mais dos atos de Peca e tudo quanto fez, eis que estão escritos no livro das Crônicas dos Reis de Israel - II Reis Oséias - Reinou 9 anos - II Reis Filho de Elá - II Reis II Reis E fez o que era mal aos olhos do Senhor; contudo, não como os reis de Israel que foram antes dele. II Reis Depois de reinar 9 anos, Assíria levou Israel para o Cativeiro - No ano nono de Oséias, o rei da Assíria tomou a Samaria, e transportou a Israel para a Assíria, e fê-los habitar em Hala e em Habor, junto ao rio Gozã, e nas cidades dos medos. E sucedeu assim por os filhos de Israel pecarem contra o SENHOR, seu DEUS, que os fizera subir da terra do Egito, de debaixo da mão de Faraó, rei do Egito; e temeram a outros deuses - II Reis E rejeitaram os seus estatutos e o concerto que fizera com seus pais, como também os testemunhos com que protestara contra eles; e andaram após a vaidade e ficaram vãos, como também após as nações que estavam em roda deles, das quais o SENHOR lhes tinha dito que não fizessem como elas. 16 E deixaram todos os mandamentos do SENHOR, seu DEUS, e fizeram imagens de fundição, dois bezerros; e fizeram um ídolo do bosque, e se prostraram perante todo o exército do céu, e serviram a Baal. 17 Também fizeram passar pelo fogo a seus filhos e suas filhas, e deram-se a adivinhações, e criam em agouros; e venderam-se para fazer o que era mal aos olhos do SENHOR, para o provocarem à ira.18 Pelo que o SENHOR muito se indignou contra Israel e os tirou de diante da sua face; nada mais ficou, senão a tribo de Judá. 19 Até Judá não guardou os mandamentos do SENHOR, seu DEUS; antes, andaram nos estatutos que Israel fizera. 20 Pelo que o SENHOR rejeitou a toda semente de Israel, e os oprimiu, e os deu nas mãos dos despojadores, até que os tirou de diante da sua presença. 21 Porque, depois que o Senhor rasgou a Israel da casa de Davi, e eles fizeram rei a Jeroboão, filho de Nebate, Jeroboão apartou a Israel de seguir o SENHOR e os fez pecar um grande pecado. 22 Assim, andaram os filhos de Israel em todos os pecados que Jeroboão tinha feito; nunca se apartaram deles. 23 Até que o SENHOR tirou a Israel de diante da sua presença, como falara pelo ministério de todos os seus servos, os profetas; assim, foi Israel transportado da sua terra à Assíria, onde permanece até ao dia de hoje - II Reis A QUEDA DE SAMARIA - REINO NORTE - ISRAEL SE DEU EM 722 a. C. O Reino Norte é derrotado e levado cativo para Assíria, por Salmaneser, rei da Assíria em 722 a.c II Rs II Rs Aproximadamente 208 anos após a divisão do Reino Unido. 136 anos após a queda de Samaria, Reino Norte - Judá, o Reino Sul foi derrotado e levado cativo para Babilônia por Nabucodonosor 586 a.c (aproximadamente 344 anos após a divisão do Reino) Relato em II Rei II Reis II Crônicas De quem e quais os conselhos estamos seguindo? 2 - Estamos tirando as imundícias da Casa do Senhor, ou fingindo que não estamos vendo? 3 - Diante dos ídolos Asera, Baal e tantos outros, como estamos procedendo? Por eles estarem no meio de nossa família, vamos aceitá-lo ou destruí-lo? 4 - Qual a biografia que estamos deixando escrita, referente aos nossos atos, perante DEUS, a Igreja e a família? 5 - Será que estamos sendo fiéis com o ministério que o Senhor JESUS colocou em nossas mãos? 6 - Aqueles talentos preciosos que o Senhor JESUS confiou a nós, o que estamos fazendo? Enterrando-os? Ou multiplicando-os? O rei Salomão, introduziu o culto idólatra em Israel - I Reis Jeroboão induziu Israel a praticar a Idolatria, construindo dois altares, cultuando dois bezerros de ouro, um em Dã e outro em Betel - I Reis Resultado, Israel foi para o cativeiro, e lá permaneceu por 70 anos. O rei Asa aboliu a idolatria, renovou o pacto do Senhor e destruiu o horrível ídolo Asera que sua mãe ou avó adorava - Asera - I Reis O rei Ezequias mandou purificar o templo, estabeleceu o culto de DEUS, celebrou a Páscoa e organizou as turmas dos sacerdotes e levitas. II Reis 18

9 Os relâmpagos continuam a riscar os céus, o som do trovão ainda estamos ouvindo, a buzina tem sido tocada, é a Palavra de DEUS sendo pregada, e o nosso altar, está fumegando? Assim foi no Monte Sinai, quando DEUS com o seu dedo, escreveu os 10 mandamentos, houve relâmpago, trovão e o Monte fumegava - Êxodo Deut Irmão amados, lembremos do silêncio de JESUS na cruz, só se ouviu o rasgar do véu a natureza gritou; a terra tremeu, fenderam-se as pedras, os sepulcros foram abertos, houve trevas sobre a terra; Mt Mc NEUZA MARIA QUEIRÓZ BALDINI 3. O Reino do Sul. 19 reis descendentes do rei Davi governaram ai por mais de 380 anos. Judá também enfrentou muitas crises e teve que lutar com os mesmos inimigos do Reino do Norte. Ambos os reinos sofreram crises ameaçadoras e graves. O Reino Dividido - Após a morte de Salomão 930 a.c REINO SUL - JUDÁ E BENJAMIM 01 - Roboão - Reinou 17 anos - I Reis Filho de Salomão - I Reis Roboão causa separação entre as 12 tribos - I Reis II Crônicas A impiedade de Roboão - I Reis DEUS proíbe fazer guerra contra as dez tribos - II Crônicas DEUS castiga Roboão por causa da idolatria - II Crônicas Morte de Roboão - I Reis II Crônicas Abias - Reinou 3 anos - II Crônicas I Reis filho de Roboão - I Reis II Crônicas Abias imita a impiedade de Roboão seu pai - I Reis Abias reina e peleja contra Jeroboão - II Crônicas Morte de Abias - II Crônicas I Reis Andou em todos os pecado que seu pai tinha cometido antes dele; e seu coração não foi perfeito para com DEUS,como o coração de Davi seu pai - I Reis Asa - Reinou 41 anos - I Reis II Crônicas filho de Abias - I Reis 15.8-II - Crônicas Asa reina e vence a Zerá, o etíope - II Crônicas Asa é bom rei sobre Israel - I Reis Asa e o rei da Síria pelejam contra Baasa - II Crônicas Destruiu o ídolo Asera que Maaca, sua mãe ou avó adorava I Reis Asa abole a idolatria e renova o pacto do Senhor - II Crônicas Fez o que era reto aos olhos do Senhor, como Davi seu pai - I Reis Asa adoeceu e não buscou a DEUS na sua enfermidade II Crônicas Morte de Asa - II Crônicas I Reis Geração do rei Asa - Abraão, Isaque, Jacó, Judá - Perez - Esrom - Arão (não é o irmão de Moisés) Aminadabe, Naasom,Salmom, Boaz, Obede, Jessé, Davi, Salomão, Roboão, Abias, e Asa - a 17ª geração depois de Abrão. É preciso destruir o ídolo Asera 04 - Josafá - Reinou 25 anos - I Rs II Cr filho de Asa - II Cr II Cr I Rs I Rs Acabe, rei de Israel, faz aliança com o rei Josafá - I Reis II Crônicas Josafá e o seu cuidado em instruir o povo - II Crônicas A guerra contra Ramote-Gileade e morte de Acabe - II Cr O profeta Jeú repreende a Josafá - II Crônicas DEUS concede a Josafá vitória sobre os seus inimigos II Crônicas E andou em todos os caminhos de Asa, seu pai, não se desviou deles, fazendo o que era reto aos olhos do Senhor - I Reis II Crônicas O reinado de Josafá e a sua morte - I Reis II Crônicas Jeorão ou Jorão - Reinou 8 anos - II Crônicas 21.5,20 - II Reis filho de Josafá II Reis II Crônicas 21.1 Em I Reis lê-se Jorão - O reinado de Jeorão - II Reis Impiedade de Jeorão - II Crônicas O Senhor o feriu com uma enfermidade incurável. Morreu sem deixar de si saudades - II Crônicas Morte de Jeorão II Reis Jeorão foi mal. Matou todos os seus irmãos a espada,

10 como também alguns dos príncipes de Israel II Crônicas Ele também fez altos nos montes de Judá, e fez com que se corrompessem os moradores de Jerusalém, e até a Judá impeliu a issoii Crônicas E andou nos caminhos dos reis de Israel, como fazia a casa de Acabe; porque tinha a filha de Acabe por mulher e fazia o que era mau aos olhos do Senhor. II Crônicas Acazias - Reinou um ano - II Reis II Crônicas Filho de Jeorão - II Crônicas II Reis Acazias rei de Judá - II Reis E os moradores de Jerusalém fizeram rei a Acazias, seu filho mais moço, em seu lugar, (de Jeorão), porque a tropa que viera com os arábios ao arraial tinha matado a todos os mais velhos; e assim reinou Acazias, filho mais novo de Jeorão rei de Judá. Também andou nos caminhos da casa de Acabe, porque sua mãe era sua conselheira, para proceder impiamente. E fez o que era mal aos olhos do Senhor, como a casa de Acabe, porque eles eram seus conselheiros depois da morte de seu pai (Jeorão) para sua perdição- II Crônicas 22.1,3-4 - O Reinado de Acazias - II Reis Acazias reina e é morto por Jeú - II Cr II Reis Atália - Reinou 6 anos - II Reis II Crônicas Mãe do rei Acazias - II Reis II Crônicas A rainha Atalia manda matar a família real - II Crônicas Morte de Atalia - II Reis II Crônicas II Crônicas Foi uma rainha má e vingativa - Destruiu toda a descendência real - II Reis Após a morte de Atália, o povo da terra entrou na casa de Baal, e a derribaram, como também os seus altares e as suas imagens totalmente quebraram, e a Matã, sacerdote de Baal mataram perante os altares; então o sacerdote pôs oficiais sobre a Casa do senhor. II Crônicas Atalia foi uma mulher idólatra - Porque, sendo Atalia ímpia, seus filhos arruinaram a Casa de DEUS e até todas as coisas sagradas da Casa do Senhor empregaram em baalins (plural de Baal) - II Crônicas Joás - Reinou 40 anos II Crônicas II Reis Filho de Acazias - II Reis II Reis 13.1 II Crônicas Joás começou a reinar com sete anos - II Crônicas II Reis Joás escapou de ser morto por Atália, porque Jeoseba, filha do rei Jeorão o escondeu - II Reis II Crônicas Joás manda reparar o templo - II Reis II Crônicas II Crônicas juízo de DEUS sobre Joás - II Crônicas E fez Joás o que era reto aos olhos do Senhor, todos os dias do sacerdote Joiada - II crônicas A idolatria de Joás - Porém, depois da morte de Joiada, vieram os príncipes de Judá e prostraram-se perante o rei; e o rei os ouviu. E deixaram a Casa do SENHOR, DEUS de seus pais, e serviram às imagens do bosque e aos ídolos; então, veio grande ira sobre Judá e Jerusalém por causa desta sua culpa. Porém enviou profetas entre eles, para os fazer tornar ao SENHOR, os quais protestaram contra eles; mas eles não deram ouvidos. E o ESPÍRITO de DEUS revestiu a Zacarias, filho do sacerdote Joiada, o qual se pôs em pé acima do povo e lhes disse: Assim diz DEUS: Por que transgredis os mandamentos do SENHOR? Portanto, não prosperareis; porque deixastes o SENHOR, também ele vos deixará. E eles conspiraram contra ele e o apedrejaram com pedras, por mandado do rei, no pátio da Casa do SENHOR. Assim, o rei Joás não se lembrou da beneficência que Joiada, pai de Zacarias, lhe fizera; porém matou-lhe o filho, o qual, morrendo, disse: O SENHOR o verá e o requererá. II Crônicas O juízo de DEUS sobre Joás - II Crônicas Amazias - Reinou 29 anos - II Reis II Crônicas Filho de Joás - II Reis II Reis 14.1 II Crônicas E fez o que era reto aos olhos do Senhor, porém não com coração inteiro. Sucedeu, pois que, sendo-lhe o reino já confirmado, matou a seus servos que feriram o rei seu pai - II Crônicas Amazias mata os matadores de seu pai - II Reis Amazias vence os edomitas - II Crônicas DEUS castiga Amazias por causa da idolatria - II Crônicas Morte de Amazias - II Crônicas Morte de Amazias - II Reis Uzia ou Azarias - Reinou 52 anos - II Reis Em II Crônicas 26.3, diz que ele reinou 55 anos - Filho de Amazias - II Reis II Reis II Crônicas É chamado de Azarias - II Reis Uzias o mesmo Azarias- Confira pelo nome da mãe, é a mesma pessoa, portanto é o mesmo rei - II Crônicas Era Uzias da idade de dezesseis anos quando começou a reinar e cinqüenta e cinco anos reinou em Jerusalém; e era o nome de sua mãe Jecolias, de Jerusalém - II Reis No ano vinte e sete de Jeroboão, rei de Israel, começou a reinar Azarias, filho de Amazias, rei de Judá. Tinha dezesseis anos quando começou a reinar e cinqüenta e dois anos reinou em Jerusalém; e era o nome de sua mãe Jecolias, de Jerusalém. Uzias ou Azarias reina e prospera - II Crônicas Azarias ou Uzias-

11 fez o que era reto aos olhos do Senhor, conforme tudo o que fizera Amazias seu pai, porém morreu leproso - Uzias é atacado de lepra - II Crônicas II Reis E fez o que era reto aos olhos do Senhor, conforme tudo que fizera Amazias seu pai. Porque deu-se a buscar a DEUS nos dias de Zacarias, sábio nas visões de DEUS; e, nos dias em que buscou o Senhor, DEUS o fez prosperar. II Crônias Uzias morreu leproso, porque exaltou-se o seu coração, até se corromper. Entrou no templo para queimar incenso no altar do incenso. Isto não era para ele fazer, e sim os sacerdotes. II Crônicas Jotão - Reinou 16 anos - II Reis II Crônicas 27.1,8 - filho de Uzias - II Crônicas II Reis I Reis Jotão reina bem e vence os amonitas - II Crônicas E fez o que era reto aos olhos do Senhor, fez conforme tudo quanto fizera Uzias, seu pai. II Reis Assim se fortificou Jotão, porque dirigiu os seus caminhos na presença do Senhor, seu DEUS - II Crônicas Morte de Jotão II Crônicas II Reis Acaz - Reinou 16 anos - II Reis II Crônicas Filho de Jotão - II Reis II Crônicas Tinha Acaz vinte anos de idade quando começou a reinar, e reinou dezesseis anos em Jerusalém, e não fez o que era reto aos olhos do SENHOR, seu DEUS, como Davi, seu pai. 3 Porque andou no caminho dos reis de Israel e até a seu filho fez passar pelo fogo, segundo as abominações dos gentios, que o SENHOR lançara fora de diante dos filhos de Israel. 4 Também sacrificou e queimou incenso nos altos e nos outeiros, como também debaixo de todo arvoredo II Reis Acaz submeteu-se ao domínio do rei da Assíria, dizendo: Eu sou teu servo, tomou o ouro e a prata na Casa do senhor e mandou de presente ao rei da Assíria. II Reis Acaz copiou o altar de Damasco e mandou o modelo para o sacerdote Urias fazer, tirou o altar de cobre que estava perante o Senhor - II Reis Acaz é ímpio, e os siros afligem-no - II Crônicas Acaz busca o socorro dos reis da Assíria e não o acha - II Crônicas E ajuntou Acaz os utensílios da Casa de DEUS, e os fez em pedaços, e fechou as portas da Casa do SENHOR, e fez para si altares em todos os cantos de Jerusalém. II Crônicas II Reis morte de Acaz - Morte de Acaz- II Reis II Crônicas Ezequias - Reinou 29 anos- II Crônicas Filho de Acaz - II Crônicas II Reis E fez o que era reto aos olhos do Senhor, conforme tudo quanto fizera Davi, seu pai II Crônicas Ezequias estabelece o culto do Senhor - II Reis No reinado de Ezequias, o rei da Assíria invade Judá II Reis Ezequias ora na Casa do Senhor - II Reis Ezequias manda purificar o templo II Crônicas Os levitas purificam o Templo - II Crônicas Ezequias manda purificar o templo,fala aos levitas: Santificai-vos agora, santificai a Casa do Senhor e tirai do santuário a imundícia - II Crônicas II Crônicas Ezequias restabelece o culto de DEUS II Crônicas II Reis Ezequias convida o povo a vir a Jerusalém para celebrar a páscoa - II Crônicas Ezequias ora na Casa do Senhor - II Reis O profeta Isaías conforta o rei Ezequias - II Reis DEUS fere os assírios e livra Judá - II Reis Ezequias adoece II Reis Isaías O orgulho de Ezequias - Isaías A embaixada do rei de babilônia II Reis Ezequias regula as turmas dos sacerdotes e levitas - II Crônicas Senaqueribe invade Judá, e DEUS destrói o seu exército - II Crônicas Doença e morte de Ezequias - II Crônicas Morte de Ezequias - II Reis Manassés - Reinou 55 anos - II Crônicas II Reis Filho de Ezequias II Crônicas II Reis A impiedade de Manasses e as ameaças de DEUS - II Reis Morte de Manasses - II Reis A idolatria de Manasses - II Crônicas O cativeiro de Manasses, sua oração e morte - II Crônicas Amom - Reinou 2 anos - II Crônicas 33:21- II Reis Filho de Manassés - II Reis II Crônicas Este não é o Amom descendente dos moabitas - Amom é um mau rei, e os seus servos o matam - II Reis O reinado de Amom e a sua impiedade - II Crônicas E fez o que era mal aos olhos do Senhor, como havia feito Manasses, seu pai, porque Amom sacrificou a todas as imagens de escultura que Manasses, seu pai, tinha feito e as serviu. Mas não se humilhou perante o Senhor, como Manasses, seu pai, se humilhara; antes, multiplicou Amom os seus delitos. II Crônicas

12 16 - Josias - Reinou 31 anos II Reis II Crônicas Começou a reinar com 8 anos de idade II Crônicas II Reis Filho de Amom - II Reis II Crônicas Josias repara o templo - II Reis Josias repara o templo, Hilquias acha o livro da Lei - II Crônicas Hulda, a profetisa prediz a ruína de Jerusalém - II Crônicas Josias convoca o povo à Casa do Senhor - II Crônicas Josias ajunta todo o povo e renova o pacto do Senhor - II Reis O altar de Betel é profanado e derribado - II Reis Josias abole a idolatria - II Crônicas A celebração da Páscoa - II Reis II Crônicas Josias provoca o rei do Egito e é morto - II Crônicas Morte de Josias - II Reis Joacaz - Reinou 3 meses em Jerusalém - Reis II Crônicas Filho de Jozias - II Reis II Crônicas E fez o que era mal aos olhos do Senhor, conforme tudo o que fizeram seus pais - II Reis Porém Faraó-Neco o mandou prender em Ribla, em terra de Hamate, para que não reinasse em Jerusalém; e à terra impôs a pena de cem talentos de prata e um talento de ouro - II Reis Também Faraó-Neco estabeleceu rei a Eliaquim, filho de Josias, em lugar de Josias, seu pai, e lhe mudou o nome em Jeoaquim; Porém a Joacaz tomou consigo, e veio ao Egito e morreu ali - II Reis Joacaz é levado cativo para o Egito - II Crônicas Jeoaquim - Reinou 11 anos - II Crônicas II Reis Filho de Josias - II Reis Irmão de Joacaz II Crônicas Seu 1º nome foi Eliaquim - II Reis II Crônicas E fez o que era mal aos olhos do Senhor,conforme tudo quanto fizeram seus pais - II Reis Nabucodonosor o amarrou em cadeias e o levou cativo para Babilônia, também alguns utensílios da casa do Senhor, levou Nabucodonosor. II Crônicas II Reis Final do reinado de Jeoaquim - II Crônicas Morte de Jeoaquim - II Reis Joaquim - Reinou 3 meses - II Reis II Crônicas Filho de Jeoaquim - II Reis II Crônicas 36.8Durante o reinado de Joaquim, o rei de Babilônia o levou cativo, transportou os utensílios da Casa do Senhor, os príncipes e os homens valorosos, e todos os carpinteiros e ferreiros;ninguém ficou, senão o povo pobre da terra. - Ler II Reis E, no decurso de um ano, o rei Nabucodonosor mandou que o levassem à Babilônia, como também os mais preciosos utensílios da Casa do Senhor, e pôs a Zedequias, seu irmão, rei sobre Judá e Jerusalém II Crônicas E o rei de Babilônia estabeleceu rei, em lugar de Joaquim, ao tio deste, Matanias, e lhe mudou o nome para Zedequias - II Reis Zedequias - Reinou 11 anos em Jerusalém - II Reis II Crônicas Último rei de Judá - Seu 1º nome foi Matanias - Último rei de Judá - O rei de Babilônia mudou o seu nome para Zedequias - era tio de Joaquim II Reis E fez o que era mau aos olhos do Senhor, seu DEUS; nem se humilhou perante o profeta Jeremias, que falava da parte do Senhor - II Crônicas Zedequias reina e é levado, com o seu povo,cativo para babilônia - II Reis II Crônicas No 9º ano do reinado de Zedequias, Nabucodonosor rei de Babilônia, veio contra Jerusalém, e a cidade foi sitiada, arrombada, e Zedequias foi levado cativo para Babilônia. Seus filhos foram degolados, os olhos de Zedequias vazados, e ele foi atado com duas cadeias de bronze. Leia tudo isto e mais, em - II Reis 25 - II Crônicas QUEDA DE JERUSALÉM - ( ) Deuteronômio Porque o SENHOR, teu DEUS, é um fogo que consome, um DEUS zeloso. Israel e Judá tiveram muitas oportunidades para se consertarem, mas permaneceram na desobediência. Assim, o Reino Norte - Israel, foi levado cativo para Assíria por Salmaneser, rei da Assíria em 722 a.c. Judá, o Reino Sul, levado para o cativeiro em Babilônia, pelo rei Nabucodonosor em 587 a.c - permanecendo lá 70 anos, conforme profetizou o profeta Jeremias Jeremias 25,12 - Acontecerá, porém, que, quando se cumprirem os setenta anos, visitarei o rei da Babilônia, e esta nação, diz o SENHOR, castigando a sua iniqüidade, e a da terra dos caldeus; farei deles um deserto perpétuo. Jeremias Porque assim diz o SENHOR: Certamente que, passados setenta anos na Babilônia, vos visitarei e cumprirei sobre vós a minha boa palavra, tornando-vos a trazer a este lugar.

13 Daniel no ano primeiro do seu reinado, eu, Daniel, entendi pelos livros que o número de anos, de que falou o SENHOR ao profeta Jeremias, em que haviam de acabar as assolações de Jerusalém, era de setenta anos. Isto é o resultado da desobediência. CATIVEIRO DEUS usou o profeta Ezequiel, para falar ao vale de ossos secos, que Ele DEUS, ia restaurar Israel e Judá e unir novamente, após o cativeiro Ezequiel, capítulo Tu lhes dirás: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Eis que eu tomarei a vara de José, que esteve na mão de Efraim, e as das tribos de Israel, suas companheiras, e as ajuntarei à vara de Judá, e farei delas uma só vara, e elas se farão uma só na minha mão. 20 E os pedaços de madeira sobre que houveres escrito estarão na tua mão, perante os olhos deles. 21 Dize-lhes, pois: Assim diz o Senhor JEOVÁ: Eis que eu tomarei os filhos de Israel de entre as nações para onde eles foram, e os congregarei de todas as partes, e os levarei à sua terra. 22 E deles farei uma nação na terra, nos montes de Israel, e um rei será rei de todos eles; e nunca mais serão duas nações; nunca mais para o futuro se dividirão em dois reinos. 23 E nunca mais se contaminarão com os seus ídolos, nem com as suas abominações, nem com as suas prevaricações; e os livrarei de todos os lugares de sua residência em que pecaram e os purificarei; assim, eles serão o meu povo, e eu serei o seu DEUS QUEDA DE JERUSALÉM - (Julho ) - NEUZA MARIA QUEIRÓZ BALDINI II - O REI JOSAFÁ 1. Quem era Josafá (1 Rs ). Quarto rei de Judá. Aos 35 anos de idade assumiu a co-regência do reino com seu pai por três anos, o rei Asa que estava doente dos pés e dessa doença morreu (1 Rs ). Josafá imitou seu pai na espiritualidade e também na falha no fim de seu reinado. Teve um reinado próspero. DEUS foi com ele, pois "andou nos primeiros caminhos de Davi, seu pai" (2 Cr 17.3). No início de seu reinado Josafá derrubou os altares aos deuses que existiam nos montes. no final de seu reinado o povo tinha voltado aos ídolos devido ao rei Josafá ter se aliado com Acabe e sua família, agora com seu filho. 2. O cuidado de Josafá em instruir o povo (2 Cr ). Uma das coisas mais importantes que o rei Josafá fez foi ordenar aos levitas e sacerdotes que fossem às cidades de Judá e ensinassem o "livro da Lei do Senhor". O povo que estava para ser destruído por causa de sua ignorância bíblica, agora estava sendo instruído. Cada palavra lida trazia a vontade de DEUS ao povo e eles viam que não estavam vivendo de maneira que agradava a DEUS. Houve uma busca por santidade e adoração a DEUS. 3. A instrução e temor. Veja que príncipes e levitas e sacerdotes ensinavam a Palavra de DEUS. Isso trouxe temor de DEUS ao povo e trouxe ao povo a maneira correta de orar ao Senhor, usando sua Palavra. (2 Cr 17.10). III - JOSAFÁ E SEUS INIMIGOS 1. A perigosa aliança feita com Acabe (2 Cr ). Depois de se tornar rico e próspero Josafá abandonou a adoração a DEUS. Já pensava que por sua própria sabedoria e capacidade tinha se tornado tão importante. Sem consultar a DEUS fez aliança com idólatras de Israel (a parte norte). Fez aliança com Acabe no casamento de seus filho com a filha de Acabe, também numa guerra (na qual Acabe morreu),e também num acordo comercial na construção de navios. O profeta Jeú repreende-o a mando de DEUS que se aborrecera com sua aliança com Acabe (2 Cr 19.2). Não se faz alianças sem a orientação e a permissão de DEUS. O jugo desigual é pecado e sempre trás prejuízos em todos os sentidos. 2. Josafá enfrenta a ameaça dos inimigos (2 Cr ). Os inimigos que se juntaram para destruir Josafá e todo o Judá foram os amonitas, os edomitas e os moabitas que vinham cruzando o mar em direção a En-Gedi. Esses exércitos eram muito grandes e fortes possuindo muitos soldados, cavalos e armas. Josafá, surpreendentemente, temeu os seus inimigos, talvez devido ao fato de já ter sido repreendido por DEUS e saber que não estava numa situação espiritual muito boa. Apesar de possuir um grande exército e muito bem armado, seu medo o levou a buscar a DEUS com oração e jejum.

14 Sua oração é um modelo de Louvor e Adoração, sempre usando a própria Palavra de DEUS para se dirigir a Ele. 3. A ação de Josafá. Não havia muito tempo para agir. Os inimigos estavam a porta. Nesta hora de aflição e desespero, Josafá invocou o nome do Senhor, e apregoou um jejum (2 Cr 20.3). Estas duas armas de vitória,oração e jejum, aliadas à Palavra de DEUS nos conduzem ao triunfo diante do inimigo e seus ataques. Note que o rei (representante máximo da nação) e o povo estavam unidos e concordemente em Jejum e Oração, buscando ao SENHOR, se humilhando diante DELE. Agora, tanto Josafá quanto o povo depositaram sua inteira confiança e fé em DEUS para poder livrá-los de seus inimigos. A resposta de DEUS veio através do profeta Jaaziel, descendente de Asafe, que disse ao rei e ao povo que eles não precisariam lutar nem temer, pois Ele mesmo sairia e pelejaria em favor deles (2 Cr 20.17). O rei e o povo tiveram fé e adoraram e louvaram ao Senhor mesmo antes de acontecer seu livramento (2 Cr 20.18,19). Foi na hora do louvor e da adoração que os exércitos inimigos se aproximaram de Jerusalém e ouviram o som dos louvores e ai então eles caíram em emboscadas e se destruíram uns aos outros, sem que ninguém do povo precisasse fazer qualquer coisa. Os exércitos inimigos foram desbaratados porque DEUS os confundiu (2 Cr 20.24). Aprendemos que o inimigo não pode resistir ao povo de DEUS quando há estudo da Palavra de DEUS, oração, jejum e verdadeira adoração. CONCLUSÃO Aprendemos com Josafá e o povo de Judá que precisamos ter fé em DEUS tanto na bonança quanto na hora das calamidades ou crises. A solução é o Estudo da Palavra de DEUS, a Oração, O Jejum, tudo unido à nossa fé em DEUS e seu poder. SUBSÍDIOS ADORAÇÃO (Charles F. Pfeiffer, Howard F. Vos, John Rea - Dicionário Bíblico Wycliffe) O propósito da adoração é estabelecer ou dar expressão a um relacionamento entre a criatura e a divindade. A adoração é praticada prestando-se reverência e homenagem religiosa a DEUS (ou a um deus) em pensamento, sentimento ou ato, com ou sem a ajuda de símbolos e ritos. Veja Religião. A adoração pura expressa a veneração sem fazer alguma petição, e pressupõe a auto-renúncia e a entrega sacrificial a DEUS. Estritamente falando, a adoração é a ocupação da alma com o próprio DEUS, e não inclui a oração por necessidades e ação de graças pelas bênçãos. A adoração é representada na Bíblia principalmente por duas palavras: no AT a palavra heb. shaha (mais de 100 vezes) significando "curvar-se diante", "prostrar-se", (Gn 22.5; 42.6; 48.12; Êx 24.1; Jz 7.15; 1 Sm 25.41; Jó 1.20; SI 22.27; 86.9 etc), e no NT a palavra gr. proskyneo (59 vezes), significando "prostrar-se", "prestar homenagem a alguém" (Mt 2.2,8,11; 4.9; Mc 5.6; 15.19; Lc 4.,.8: Jo etc). Essas duas palavras são constantemente traduzidas pela palavra "adoração", denotando o valor daquele que recebe a honra ou devoção especial. Ambos os termos "adoração" e "digno" podem ser vistos juntos na grande descrição dos 24 anciãos prostrando-se diante daquele que se assenta no trono (Ap ; cf ). Veja Prostrar-se; Joelho; Beijo. Além das duas palavras principais há um extenso vocabulário tanto no heb. como no gr. definindo ainda mais a atividade de adoração. As palavras comumente usadas são o heb. 'abad, significando "trabalhar", "servir", "adorar" (2 Rs ) com a sua contraparte gr. latreuo, significando "prestar serviço religioso ou honra a DEUS" (At 24.14; Fp 3.3). Uma palavra heb. e aram. sagad, significando "prostrar-se em adoração", é encontrada em Isaías 44.15,17,19; 46.6; Daniel 2.46 e frequentemente no capítulo seguinte. Temer ao Senhor é um sinónimo próximo, à medida que se aprende a comparar Deute-ronômio 6.13 com a citação deste versículo pelo Senhor JESUS em Mateus Aqui o temor tem um sentido de admiração e reverência (cf. SI 5.7). Veja Temor. Outras palavras gregas de grande

15 importância são sebomai e os seus diversos cognatos, significando "ficar admirado", "reverenciar", e threskeia,significando "religião", "adoração cerimonial" (Cl 2.18; At 26.5; Tg 1.26ss.). A Adoração no AT A adoração no AT pode ser dividida em dois períodos principais, o patriarcal e o teocrá-tico. Antes das instituições mosaicas, há poucas indicações de adoração formal e pública entre os patriarcas. Os tempos dos patriarcas revelam, antes, os atos individuais, pessoais e ocasionais de adoração que caracterizariam um povo seminômade vivendo longe da sociedade organizada (por exemplo, Abraão no Moriá, Génesis ; Jacó em Betei, Génesis ). Génesis, porém, retrata os primórdios da religião ritualista na instituição de sacrifícios e na construção de altares (Gn 4.3,4,26; ). Durante o período teocrático, o conceito corporativo e ritualista da adoração tornou-se proeminente. Um sistema de adoração altamente organizado e muito completo foi revelado por DEUS a Moisés no Sinai, o qual incluía: 1. Tipos especiais de ofertas e sacrifícios para toda a nação: (a) diário (Nm ); (ò) todos os sábados (Nm 28.9,10; Lv 24.8); (c) na lua nova (Nm ); (d) a Páscoa ou a Festa dos Pães Asmos (Nm ; Êx 12.1ss.); (e) Festa das Primícias e Pentecostes - Festa das Semanas (Lv ; Nm ); (/) Festa das Trombetas (Lv ; Nm ; cf. Is 18.3; 27.12,13; Jl ); (g) Dia da Expiação (Lv ; Nm ); (h) Festa dos Tabernáculos, quando, no décimo quinto dia do sétimo mês, logo após a colheita, enquanto o povo habitava em tendas feitas de galhos de árvores em memória de sua libertação do Egito, os sacerdotes ofereciam sete dias de sacrifícios especiais (Lv ; Nm 29.13ss.). Veja Festividades; Sacrifícios. 2. Sacrifícios específicos a serem oferecidos por um indivíduo por si mesmo e sua família, como o manjar da Páscoa e a Páscoa em si (Ex 12; cf. Lv 23.5); uma oferta queimada de um macho do rebanho sem mancha, por si mesmo e sua família (Lv l.lss.) com o qual ele se identificava e sobre o qual tanto os seus pecados como os dos seus familiares eram simbolicamente depositados, ao colocar a sua mão sobre a cabeça da oferta quando ela era morta; uma oferta de manjares como uma oferta de louvor apontando para a perfeição de DEUS e de CRISTO (Lv 2); uma oferta pacífica apontando para CRISTO como a nossa paz (Lv 3). Havia ofertas apropriadas para o caso dos pecados praticados por ignorância (Lv 4 5) e pelas transgressões (Lv 6.1-7). 3. Sacrifícios especiais pelos próprios sacerdotes na consagração de Arão e seus filhos (Lv 8.2,14,15); na unção de um sacerdote (Ex 29.15ss.; Lv ); quando um sacerdote havia pecado (Lv 4.3ss.); na purificação das mulheres (Lv 12.6,8); para a purificação de leprosos (Lv 14.19); para remover a impureza cerimonial (Lv 15.15,30); na conclusão ou na quebra do voto de um nazireu (Nm ). Veja Sacrifícios. Houve, sem dúvida, muita confusão durante o período dos juízes, e a dispersão das tribos por toda a terra, posteriormente, perturbou o quadro religioso. O conceito corporativo de adoração, apesar de tudo, estava destinado a aumentar. Santuários foram estabelecidos e buscados pelo povo ano após ano; Dã, Gilgal, Siquém, Silo e Berseba, para citar os mais importantes. Tendências sincretistas em religião constantemente corrompiam a adoração nesses lugares, inspirando práticas pagãs na religião de Israel. Por causa da corrupção constante e crescente, a religião de Israel estava em uma situação difícil quando Saul e a monarquia chegaram. Na verdade, o reinado de Davi poderia ser visto como uma época de reavivamento religioso que culminou com a edificação do Templo sob a autoridade de Salomão. Sem dúvida alguma a própria experiência de adoração de Davi em particular, e a sua comunhão com o Senhor em meio às circunstâncias mais atribuladas, lhe trouxeram o desejo de levar outros a louvar e adorar a DEUS (SI ; 122.1; 2 Sm ; 1 Cr ). O efeito do Templo na adoração de Israel é desequilibrado por qualquer outro fator. Gradualmente, todos os outros lugares de adoração foram eliminados, e o Templo em Jerusalém permaneceu como o único lugar para sacrifício, a base da adoração. Além de todas as ofertas e sacrifícios especificados por DEUS na lei mosaica, desenvol-veu-se um sistema de adoração pública com algumas características: (1) Atos sacrificiais especiais para ocasiões extraordinárias, como a consagração do Tabernáculo (Nm 7) ou do Templo de Salomão (2 Cr 7.5ss.). (2) Atos cerimoniais específicos nos quais o povo expressava uma reverência incomum, como quando o sumo sacerdote oferecia incenso no lugar santo, quando Salomão abençoava o povo (1 Rs 8.14), e quando os sacerdotes tocaram as trombetas de prata (2 Cr 7.6). (3) Ministrações de louvor no Templo quando cânticos vocais e instrumentos musicais de todo tipo eram empregados (2 Cr 5.13). Moisés compôs um cântico de livramento depois que DEUS conduziu o povo a pés enxutos pelo meio do mar Vermelho, e Miriã, sua irmã, e as mulheres o acompanharam com tamboris (Ex 15.1,20). Depois da arca do Senhor ter sido recuperada dos filisteus, Davi designou um coral de levitas para ministrar diante dela (1 Cr 16.4), e também formou uma orquestra (1 Cr 16.6,42,43; cf. 2 Sm 6.5). O último Salmo recomenda que instrumentos musicais de todos os tipos sejam usados para louvar ao Senhor

Todavia nos teus dias não o farei, por amor de Davi, teu pai; da mão de teu filho o rasgarei;

Todavia nos teus dias não o farei, por amor de Davi, teu pai; da mão de teu filho o rasgarei; Assim disse o SENHOR a Salomão: Pois que houve isto em ti, que não guardaste a minha aliança e os meus estatutos que te mandei, certamente rasgarei de ti este reino, e o darei a teu servo. Todavia nos

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL. Alfabeto Bíblico

REGULAMENTO OFICIAL. Alfabeto Bíblico REGULAMENTO OFICIAL Alfabeto Bíblico Tem como objetivo levar o competidor a encontrar na Bíblia versículos que comecem com cada letra do alfabeto da língua portuguesa e contenham em seu texto, uma palavra-chave,

Leia mais

ANTES DA DIVISÃO, O REINO ERA UNIDO

ANTES DA DIVISÃO, O REINO ERA UNIDO 1 SEMINÁRIO TEOLÓGICO ESCOLA DE PASTORES Curso de Imersão Bíblica Disciplina: Panorama do Antigo Testamento Professor: Alexsander de Carvalho A HISTÓRIA DOS 40 REIS QUE REINARAM EM ISRAEL E JUDÁ O REINO

Leia mais

SERMÃO O QUE FAZER QUANDO NÃO SABEMOS O QUE FAZER? TEXTO: 2 Crônicas 20:1-12

SERMÃO O QUE FAZER QUANDO NÃO SABEMOS O QUE FAZER? TEXTO: 2 Crônicas 20:1-12 SERMÃO O QUE FAZER QUANDO NÃO SABEMOS O QUE FAZER? TEXTO: 2 Crônicas 20:1-12 Depois disto, os filhos de Moabe e os filhos de Amom, com alguns dos meunitas, vieram à peleja contra Josafá. 2 Então, vieram

Leia mais

Introdução e visão geral da História de Israel. Jörg Garbers Ms. de Teologia

Introdução e visão geral da História de Israel. Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução e visão geral da História de Israel Jörg Garbers Ms. de Teologia Textos Data 1Rs 12 2Rs 17 2Cr 10 depois Cr não se preocupa mais com Israel ~ 931 a.c. As narrativas bíblicas situam aqui o cisma

Leia mais

O BEZERRO DE OURO Lição 40

O BEZERRO DE OURO Lição 40 O BEZERRO DE OURO Lição 40 1 1. Objetivos: Ensinar que os israelitas pecaram quando desobedeceram aos mandamentos de Deus e adoraram o bezerro de ouro. Ajudar o aluno a ter um desejo para adorar somente

Leia mais

1ª Leitura - Ml 3,1-4

1ª Leitura - Ml 3,1-4 1ª Leitura - Ml 3,1-4 O Senhor a quem buscais, virá ao seu Templo. Leitura da Profecia de Malaquias 3,1-4 Assim diz o Senhor: 1Eis que envio meu anjo, e ele há de preparar o caminho para mim; logo chegará

Leia mais

- O grande livramento dado a Judá naquela oportunidade mostra que as adversidades não podem ter o condão de nos fazer deixar de adorar ao Senhor.

- O grande livramento dado a Judá naquela oportunidade mostra que as adversidades não podem ter o condão de nos fazer deixar de adorar ao Senhor. INTRODUÇÃO - Na sequência do estudo de exemplos bíblicos de provisão divina, estudaremos hoje o episódio do livramento de Judá do ataque dos moabitas e amonitas no reinado de Josafá. - O grande livramento

Leia mais

LIÇÃO 10 ADORANDO A DEUS EM MEIO A CALAMIDADE

LIÇÃO 10 ADORANDO A DEUS EM MEIO A CALAMIDADE PORTAL ESCOLA DOMINICAL ADULTOS O DEUS DE TODA PROVISÃO Esperança e sabedoria divina para a Igreja em meio às crises COMENTARISTA: ELIENAI CABRAL COMENTÁRIO: PR. JOSAPHAT BATISTA SOARES Igreja Evangélica

Leia mais

ESCATOLOGIA. Estudo das Coisas dos Últimos Tempos. Prof. Davi Albuquerque

ESCATOLOGIA. Estudo das Coisas dos Últimos Tempos. Prof. Davi Albuquerque ESCATOLOGIA Estudo das Coisas dos Últimos Tempos Prof. Davi Albuquerque O Cordeiro pega o livro Apocalipse 5.6-10 Apocalipse 5.6-8 6 Então, vi, no meio do trono e dos quatro seres viventes e entre os anciãos,

Leia mais

LEVÍTICO INTRODUÇÃO DIVISÃO FATOS IMPORTANTES

LEVÍTICO INTRODUÇÃO DIVISÃO FATOS IMPORTANTES LEVÍTICO INTRODUÇÃO DIVISÃO FATOS IMPORTANTES LEVÍTICO Levítico ( a respeito dos levitas ): Para quem foi escrito este livro? Para os israelitas. Por quem foi escrito (autor)? Moisés. Em qual momento histórico?

Leia mais

Livros Proféticos. Literatura com objetivos específicos

Livros Proféticos. Literatura com objetivos específicos Livros Proféticos Literatura com objetivos específicos Ênfase exortativa Conselhos e admoestações em épocas de crise nacional Advertência contra o perigo Apontam para o futuro Falam de julgamento Tempos

Leia mais

7 MERGULHOS. 7 mergulhos. Michel Silveira

7 MERGULHOS. 7 mergulhos. Michel Silveira 7 mergulhos. Michel Silveira 2014 1 2 Dedico a Você: 3 4 Sumário: Primeiro mergulho: pg. 17 Segundo mergulho: pg. 23 Terceiro mergulho: pg. 29 Quarto mergulho: pg. 35 Quinto mergulho: pg. 41 Sexto mergulho:

Leia mais

A Bíblia Inteira num Ano

A Bíblia Inteira num Ano A Bíblia Inteira num Ano Lição 4 O Livro de Levítico Onde há espaços para preencher, por favor escreva a Escritura mencionada nas suas próprias palavras. 1. O Livro Este livro foi nomeado para os Levitas

Leia mais

a reforma JOSIAS LIÇÃO IV TRIMESTRE 2015 Preparado por: Pr. Wellington Almeida

a reforma JOSIAS LIÇÃO IV TRIMESTRE 2015 Preparado por: Pr. Wellington Almeida a reforma de JOSIAS 0 IV TRIMESTRE 2015 Preparado por: Pr. Wellington Almeida A REFORMA DE JOSIAS INTRODUÇÃO Assim, grande parte da Bíblia constitui a história de Deus advertindo Seu povo a não fazer escolhas

Leia mais

REIS BONS E REIS MAUS

REIS BONS E REIS MAUS Bíblia para crianças apresenta REIS BONS E REIS MAUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT. Jörg Garbers Ms. de Teologia

Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT. Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT Jörg Garbers Ms. de Teologia A monarquia Jörg Garbers Ms. de Teologia Textos 1Rs 12 2Cr 10 Data ~ 931 a.c. Acontecimentos históricos Surgimento

Leia mais

Apostila 05 - O Reino Dividido

Apostila 05 - O Reino Dividido Queda do Reino de Salomão Apostila 05 - O Reino Dividido O capítulo final do reinado de Salomão é trágico (1 Rs 11). O rei de Isael que chegou ao ápice do sucesso nos campos da sabedoria, da riqueza, da

Leia mais

Escolha o assunto e os limites do estudo

Escolha o assunto e os limites do estudo Método Tópico Escolha o assunto e os limites do estudo Tema: unção (unção, ungir, ungido) descobrir o significado da unção no AT e NT. Quem era ungido por Deus (ou Jesus ou o Espírito Santo)? O que é a

Leia mais

Reino do Sul Reino do Norte

Reino do Sul Reino do Norte Jeorão filho de Josafá reinou em seu lugar por 8 anos Matou todos seus irmãos A profecia de Elias Teve uma doença incurável E andou no caminho dos reis de Israel, como fazia a casa de Acabe; porque tinha

Leia mais

Livros dos Reis LIVROS DOS REIS. Escola Bíblica IBCU AULA 7. Guilherme Araujo Wood

Livros dos Reis LIVROS DOS REIS. Escola Bíblica IBCU AULA 7. Guilherme Araujo Wood LIVROS DOS REIS Escola Bíblica IBCU AULA 7 Linha do Tempo Israel (reino do norte) Ahijah Jeroboam I Baasha Elisha Omri Ahab Joram Elijah 931 911 870 841 Jehu Rehoboam Asa Jehoshaphat Joram Shemaiah Hanani

Leia mais

OS PROFETAS MENORES RESUMO

OS PROFETAS MENORES RESUMO OS PROFETAS MENORES RESUMO Os doze livros que compõem os Profetas Menores variam em data entre os séculos VIII e V a.c LIÇÃO 2, OSÉIAS A FIDELIDADE NO RELACIONAMENTO COM DEUS O ESBOÇO DO LIVRO DE OSEIAS

Leia mais

HISTÓRICA POLÍTICA DOS HEBREUS 3 FASES PATRIARCAS, JUÍZES E REIS

HISTÓRICA POLÍTICA DOS HEBREUS 3 FASES PATRIARCAS, JUÍZES E REIS 2A aula 05 Os Hebreus HISTÓRICA POLÍTICA DOS HEBREUS 3 FASES PATRIARCAS, JUÍZES E REIS Os hebreus eram pastores nômades da Mesopotâmia. No séc. XIX a. C., guiados por Abraão, deslocaram-se para a Palestina,

Leia mais

PÁSCOA 2014 CELEBRAI!

PÁSCOA 2014 CELEBRAI! PÁSCOA 2014 CELEBRAI! E o rei deu ordem a todo o povo dizendo: Celebrai a páscoa ao Senhor vosso Deus, como está escrito no livro da aliança. 2 Reis 23:21 Como foi a Celebração da Páscoa de Josias? 1.

Leia mais

Lição 04 Tal Pai, Tal Filho : Nem Sempre Texto Básico: Isaías 7.1-9;

Lição 04 Tal Pai, Tal Filho : Nem Sempre Texto Básico: Isaías 7.1-9; Lição 04 Tal Pai, Tal Filho : Nem Sempre Texto Básico: Isaías 7.1-9; 17-25. Após a divisão do reino em dois outros (1Rs 12.16-24), há o registro na história do povo de Deus tanto no Norte (Israel) quanto

Leia mais

A aflição no Egito. A servidão O preparo de Moisés As pragas O endurecimento de Faraó

A aflição no Egito. A servidão O preparo de Moisés As pragas O endurecimento de Faraó A aflição no Egito A servidão O preparo de Moisés As pragas O endurecimento de Faraó A Instituição da Páscoa A partida apressada do Egito A travessia do Mar Vermelho O Cântico de Moisés e a Celebração

Leia mais

Matéria. Proibido a reprodução parcial ou total desta apostila. Dez/15

Matéria. Proibido a reprodução parcial ou total desta apostila. Dez/15 Matéria Proibido a reprodução parcial ou total desta apostila sem a autorização do IFC-SEDE MUNDIAL Dez/15 1 PANORAMA BÍBLICO A. A Bíblia é o livro sagrado 1. Isaías. 45.5-6. 2. Isaías 45.18-22. B. O Deus

Leia mais

A FESTA DAS TROMBETAS A FESTA DA RESSUREIÇÃO

A FESTA DAS TROMBETAS A FESTA DA RESSUREIÇÃO A FESTA DAS TROMBETAS A FESTA DA RESSUREIÇÃO 1 Tessalonicenses 4:16,17 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão

Leia mais

FEVEREIRO. 2 de Fevereiro APRESENTAÇÃO DO SENHOR. Festa

FEVEREIRO. 2 de Fevereiro APRESENTAÇÃO DO SENHOR. Festa FEVEREIRO 2 de Fevereiro APRESENTAÇÃO DO SENHOR Festa Quando esta festa não ocorre ao domingo, escolhe-se apenas uma das seguintes leituras antes do Evangelho. LEITURA I Mal 3, 1-4 «Entrará no seu templo

Leia mais

O REINO DO MESSIAS POIS TEU O REINO, O PODER E A GLÓRIA PARA SEMPRE, AMEM! FESTA DOS TABERNÁCULOS SUKKOT

O REINO DO MESSIAS POIS TEU O REINO, O PODER E A GLÓRIA PARA SEMPRE, AMEM! FESTA DOS TABERNÁCULOS SUKKOT O REINO DO MESSIAS POIS TEU O REINO, O PODER E A GLÓRIA PARA SEMPRE, AMEM! FESTA DOS TABERNÁCULOS SUKKOT - 2015 O ISRAEL DE DEUS Efésios 2: 16-22 - Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas

Leia mais

Lição n.º 6 - A UNIDADE DA BÍBLIA

Lição n.º 6 - A UNIDADE DA BÍBLIA Lição n.º 6 - A UNIDADE DA BÍBLIA Lição n.º 6 (Início) Objeto de estudo: Reconhecer o fato de que a unidade da Bíblia é uma das provas de sua autenticidade! 1 Versículo-chave: Cl 1.26-27 O ministério que

Leia mais

A FESTA DO PENTECOSTES (Quinquagésimo)

A FESTA DO PENTECOSTES (Quinquagésimo) A FESTA DO PENTECOSTES (Quinquagésimo) SHAVUOT (SEMANAS) V.Quinta - 23 Maio 10 Pentecostes significa quinquagésimo Este dia é determinado contando sete semanas e mais um dia após o primeiro Sábado semanal

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI Bíblia para crianças apresenta O SÁBIO REI SALOMÃO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

Fala da história relacionada com as circunstâncias e marcada pelas experiências com Deus

Fala da história relacionada com as circunstâncias e marcada pelas experiências com Deus De Josué a Ester Fala da história relacionada com as circunstâncias e marcada pelas experiências com Deus Para o Hebreus, a vida não tinha explicação fora da vida de Deus Acreditavam que Deus estava pessoalmente

Leia mais

Livros Históricos. Recapitulação

Livros Históricos. Recapitulação Livros Históricos Recapitulação Em nosso Cânon, os livros históricos são doze: Josué, Juízes, Rute, 1 e 2 Samuel, 1 e 2 Reis, 1 e 2 Crônicas, Esdras, Neemias e Ester. Autoria: São anônimos Compiladores:

Leia mais

VENCENDO A DEPRESSÃO III EZEQUIEL 37: 11-14

VENCENDO A DEPRESSÃO III EZEQUIEL 37: 11-14 VENCENDO A DEPRESSÃO III EZEQUIEL 37: 11-14 Ezequiel 37:11-14 Então me disse: Filho do homem, estes ossos são toda a casa de Israel. Eis que dizem: Os nossos ossos se secaram, e pereceu a nossa esperança;

Leia mais

Texto bíblico "Este é aquele Moisés que disse aos israelitas: Deus lhes levantará dentre seus irmãos um profeta como eu. Ele estava na congregação, no

Texto bíblico Este é aquele Moisés que disse aos israelitas: Deus lhes levantará dentre seus irmãos um profeta como eu. Ele estava na congregação, no Texto bíblico Então o sumo sacerdote perguntou a Estêvão: "São verdadeiras estas acusações? "Este é o mesmo Moisés que tinham rejeitado com estas palavras: Quem o nomeou líder e juiz? Ele foi enviado pelo

Leia mais

Neemias: mente e coração sob o governo do Espírito

Neemias: mente e coração sob o governo do Espírito Um servo para transformar a história Neemias 1 e 2 Neemias: mente e coração sob o governo do Espírito 1. Capaz de chorar. 1: 1-4 2. Crer em orar. 1: 5-11 3. Sensível ao pecado. 1: 6-7 4. Crer na misericórdia.

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quinta-feira da 5ª Semana da Páscoa Ó Deus, vossa

Leia mais

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 1. Antes de entregar a lei, Deus já havia feito uma aliança com o povo. Em Êxodo 19.1-4, Deus lembra o povo do seu pacto, confirmado demonstrado em um fato. Qual é o

Leia mais

SER UM SACRIFÍCIO VIVO. Textos-Base:

SER UM SACRIFÍCIO VIVO. Textos-Base: Textos-Base: Gênesis 13:1-18 1 Subiu, pois, Abrão do Egito para o lado do sul, ele e sua mulher, e tudo o que tinha, e com ele Ló. 2 E era Abrão muito rico em gado, em prata e em ouro. 3 E fez as suas

Leia mais

O QUE ACONTECERIA SE TIRÁSSEMOS O TEMPLO DA NOSSA IGREJA? Igreja Menonita na Etiópia

O QUE ACONTECERIA SE TIRÁSSEMOS O TEMPLO DA NOSSA IGREJA? Igreja Menonita na Etiópia O QUE ACONTECERIA SE TIRÁSSEMOS O TEMPLO DA NOSSA IGREJA? Igreja Menonita na Etiópia A IGREJA ALÉM DO TEMPLO João 2:13-22 Quando já estava chegando a Páscoa judaica, Jesus subiu a Jerusalém. No pátio do

Leia mais

Assunção da Virgem Maria

Assunção da Virgem Maria Assunção da Virgem Maria Exultemos de alegria no Senhor, ao celebrar este dia de festa em honra da Virgem Maria. Na sua Assunção alegram-se os Anjos e cantam louvores ao Filho de Deus. Perdoa-nos, Senhor.

Leia mais

Fatos: Acontecimentos: - A criação - O dilúvio - Formação do povo de Deus - Vida no deserto - Conquista da terra prometida - As dominações

Fatos: Acontecimentos: - A criação - O dilúvio - Formação do povo de Deus - Vida no deserto - Conquista da terra prometida - As dominações O Antigo Testamento é uma coleção de 39 livros onde encontramos a história de Israel, o povo que Deus escolheu para com ele fazer uma aliança. Portanto, o Antigo Testamento é a história de um povo: mostra

Leia mais

DEUS É NOSSA FORÇA: SERMÃO

DEUS É NOSSA FORÇA: SERMÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CONTINUADA - DEDUC RECONHECIMENTO MEC DOC. 356 DE 31/01/2006 PUBLICADO EM 01/02/2006 NO DESPACHO 196/2006 SESU DEUS É NOSSA FORÇA: SERMÃO Cachoeira 2006 DEUS É NOSSA FORÇA: SERMÃO

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta ISAÍAS VÊ O FUTURO

Bíblia para crianças. apresenta ISAÍAS VÊ O FUTURO Bíblia para crianças apresenta ISAÍAS VÊ O FUTURO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Jonathan Hay Adaptado por: Mary-Anne S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido por: Bible for Children www.m1914.org

Leia mais

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP 1 e 2 Samuel! DATA: Indefinida Abrangência: Do nascimento de Samuel ao fim do reinado de Davi (1.100 A.C. a

Leia mais

CHAVE Nº 3: ORAÇÃO AFLITA Tiago 5: "Elias era um homem com uma natureza como a nossa, e ele orou com fervor para que não chovesse, e por três

CHAVE Nº 3: ORAÇÃO AFLITA Tiago 5: Elias era um homem com uma natureza como a nossa, e ele orou com fervor para que não chovesse, e por três CHAVE Nº 3: ORAÇÃO AFLITA Tiago 5: 17-18 - "Elias era um homem com uma natureza como a nossa, e ele orou com fervor para que não chovesse, e por três anos e seis meses não choveu sobre a terra. Em seguida,

Leia mais

HISTÓRIA GERAL AULA 3

HISTÓRIA GERAL AULA 3 HISTÓRIA GERAL AULA 3 Nesta aula... Hebreus; Fenícios; Persas. Os Hebreus Povo de origem semita; Considerados antepassados dos judeus; Principais informações encontradas no Antigo Testamento; Fundadores

Leia mais

Os Livros dos Reis relatam acontecimentos da Monarquia iniciada por Saul e Davi e seus descendentes. Os dois reinaram entre o ano 972 a.c. à 561 a.c.

Os Livros dos Reis relatam acontecimentos da Monarquia iniciada por Saul e Davi e seus descendentes. Os dois reinaram entre o ano 972 a.c. à 561 a.c. Os Livros dos Reis relatam acontecimentos da Monarquia iniciada por Saul e Davi e seus descendentes. Os dois reinaram entre o ano 972 a.c. à 561 a.c. Depois de Davi, veio Salomão. O Reino de Davi e Salomão

Leia mais

Reforma Protestante

Reforma Protestante Reforma Protestante Penitências são atos como: jejuns, vigílias, peregrinações que os fiéis ou a Igreja oferecem à Deus ao Pai Criador, como provas de que estão arrependidos dos seus pecados; praticados

Leia mais

O TABERNÁCULO Lição 41

O TABERNÁCULO Lição 41 O TABERNÁCULO Lição 41 1 1. Objetivos: Ensinar que Deus deu aos israelitas instruções especificas para construiu o Tabernáculo em que eles iam prestar cultos. Ensinar que Deus nos dá instruções específicas

Leia mais

O livro continua a avaliação do sentido e da função da autoridade.

O livro continua a avaliação do sentido e da função da autoridade. O 2º Livro de Samuel continua a narração do primeiro. O núcleo do livro é a figura de DAVI, cuja história começa no 1º livro de Samuel capítulo 16. O livro traz também as lutas dos pretendentes para suceder

Leia mais

OS LIVROS HISTÓRICOS 1 e 2 REIS

OS LIVROS HISTÓRICOS 1 e 2 REIS Lição 8 OS LIVROS HISTÓRICOS 1 e 2 REIS Introdução Como os dois livros de Samuel, 1 e 2 Reis eram originalmente um só na Bíblia Hebraica. O título original era Melechim, Reis, extraído da primeira palavra

Leia mais

Sinais de adoração para uma Nova Aliança Hebreus 9:1-10

Sinais de adoração para uma Nova Aliança Hebreus 9:1-10 Sinais de adoração para uma Nova Aliança Hebreus 9:1-10 O Tabernáculo Santo dos Santos Mesa dos pães da presença O Candelabro Arca da Aliança Lugar Santo Mesa dos pães Mesa do incenso O véu O Santo dos

Leia mais

OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO

OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 CRISTOLOGIA OS TRÊS OFÍCIOS

Leia mais

Rompendo com a Mediocridade. 2 Reis 13: 14-19

Rompendo com a Mediocridade. 2 Reis 13: 14-19 Rompendo com a Mediocridade 2 Reis 13: 14-19 Pr. Luiz Carlos Muniz 16/02/2014 2 Reis 13:14-19 E Eliseu estava doente da enfermidade de que morreu, e Jeoás, rei de Israel, desceu a ele, e chorou sobre o

Leia mais

A profecia das 70 SEMANAS DE DANIEL

A profecia das 70 SEMANAS DE DANIEL A profecia das 70 SEMANAS DE DANIEL AS SETENTA SEMANAS DE DANIEL Profetizadas há 2600 anos (v. 1) Daniel sabia que o fim do cativeiro estava próximo (v.2 cf. Jr 25.11, 12; 29.10) Daniel entenderia que

Leia mais

UM LEMBRETE AMIGÁVEL DA AJUDA DIVINA. Salmo 121

UM LEMBRETE AMIGÁVEL DA AJUDA DIVINA. Salmo 121 UM LEMBRETE AMIGÁVEL DA AJUDA DIVINA Salmo 121 CÂNTICOS DE DEGRAUS. SALMOS 120 A 134 Os Levitas deveriam se posicionar nos 15 degraus que dão acesso ao patio do Templo e cantar esses 15 Salmos. Esses Salmos

Leia mais

Judaísmo A mais antiga religião monoteísta. Ana Paula N. Guimarães

Judaísmo A mais antiga religião monoteísta. Ana Paula N. Guimarães Judaísmo A mais antiga religião monoteísta Ana Paula N. Guimarães O que é o judaísmo? A mais antiga religião das três principais e maiores religiões monoteístas Judaísmo Cristianismo (maior em quantidade

Leia mais

guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. Romanos 8.14

guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. Romanos 8.14 Devocional Diário 4 a 8 anos SAIBA ESCOLHER O SEU MODELO 21/02/2016 03/04/2016 LIÇÃO BÍBLICA DESSA SEMANA: Êxodo 33.7-11 - Deuteronômio 31.1-8; 34.1-12 - Josué 1 A BÍBLIA DIZ: Porque todos os que são guiados

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM SEGUNDA-FEIRA DA 34 SEMANA DO TEMPO COMUM 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

O chamado de Abraão e a experiência de Sara com Deus. Anésio Rodrigues

O chamado de Abraão e a experiência de Sara com Deus. Anésio Rodrigues O chamado de Abraão e a experiência de Sara com Deus Anésio Rodrigues Povo meu, escuta a minha instrução, presta atenção no que eu vou dizer. Vou falar em comparações, vou expor enigmas do passado. Salmos

Leia mais

Temas Anteriores, Mais Atrativos?

Temas Anteriores, Mais Atrativos? Temas Anteriores, Mais Atrativos? Temas Anteriores, Mais Atrativos? Práticas que estimulam áreas do cérebro vinculadas à sensação de bem estar e criatividade. Temas Anteriores, Mais Atrativos? Gera desconforto

Leia mais

DEUTERONÔMIO Devarim = םירבד

DEUTERONÔMIO Devarim = םירבד DEUTERONÔMIO דברים = Devarim Autor e Data Autor Deuteronômio identifica o conteúdo do livro com Moisés: Estas são as palavras que Moisés falou a todo o Israel (1.1). Moisés escreveu esta Lei, e a deu aos

Leia mais

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7 Panorama do Antigo Testamento Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7 RECAPITULAÇÃO - AT RECAPITULAÇÃO - AT RECAPITULAÇÃO - AT CRONOLOGIA DO AT CRONOLOGIA DO AT 1. Da criação a Abraão (criação 2000

Leia mais

- Nos três primeiros dias, Deus foi preparando., para, nos três dias seguintes enchê-los com vida.

- Nos três primeiros dias, Deus foi preparando., para, nos três dias seguintes enchê-los com vida. Gênesis 2:1 a 25 * Como Deus criou o homem? - Nos três primeiros dias, Deus foi preparando o ambiente terreno habitat, para, nos três dias seguintes enchê-los com vida. - Em toda a obra criadora, a Bíblia

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI Bíblia para crianças apresenta O SÁBIO REI SALOMÃO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

O CHAMADO PROFÉTICO DE JEREMIAS LIÇÃO IV TRIMESTRE Preparado por: Pr. Wellington Almeida

O CHAMADO PROFÉTICO DE JEREMIAS LIÇÃO IV TRIMESTRE Preparado por: Pr. Wellington Almeida O CHAMADO PROFÉTICO DE JEREMIAS 0 IV TRIMESTRE 205 Preparado por: Pr. Wellington Almeida O CHAMADO PROFÉTICO DE JEREMIAS Autor do livro: Jeremias Natural de Anatote Filho de Hilquias, o sacerdote Contemporâneos:

Leia mais

A História do Povo Judeu O Povo Escolhido de Deus

A História do Povo Judeu O Povo Escolhido de Deus A História do Povo Judeu O Povo Escolhido de Deus A história do povo Judeu começou com Abraão 2000 a.c., Abraão teve dois filhos, Ismael gerado com a escrava egípcia Agar, e o filho da promessa ISAAC,

Leia mais

Sexto Domingo do Tempo Comum Ano B 15 de fevereiro de 2015

Sexto Domingo do Tempo Comum Ano B 15 de fevereiro de 2015 Sexto Domingo do Tempo Comum Ano B 15 de fevereiro de 2015 Caríssimos Irmãos e Irmãs: A Lei Mosaica e os contemporâneos de Jesus consideravam a lepra qualquer tipo de mancha na pele como consequência do

Leia mais

NO ANTIGO TESTAMENTO:

NO ANTIGO TESTAMENTO: NO ANTIGO TESTAMENTO: 1.Livro das Guerras de Javé: Por isso se diz no Livro das Guerras de Javé: Assim como fez no Mar Vermelho, assim fará nas torrentes do Arnon. Os rochedos das torrentes se inclinaram,

Leia mais

A Vida do Rei Josias

A Vida do Rei Josias A Vida do Rei Josias 2 Reis 22:1-2 Josias tinha oito anos de idade quando se tornou rei de Judá. Ele governou trinta e um anos em Jerusalém. A mãe dele se chamava Jedida e era filha de Adaías, da cidade

Leia mais

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS INTRODUÇÃO Culto é um serviço Espiritual oferecido a Deus. Expressão mais profunda do nossos sentimentos de adoração

Leia mais

ADVENTISTAS E SUAS IDOLATRIAS

ADVENTISTAS E SUAS IDOLATRIAS 1 ADVENTISTAS E SUAS IDOLATRIAS ADVENTISTAS E SUAS IDOLATRIAS Á TEMPO EU ESTAVA ESPERANDO ESTE MATERIAL AGORA RECEBI DE NOSSO IRMÃO Shiderley Inácio da Silva ESTA MATERIA SOBRE OS A IDOLATRIA ADVENTISTA

Leia mais

As visões dos profetas não se constituem em manifestações físicas de Deus, mas aparições espirituais em sonhos ou estado de êxtase.

As visões dos profetas não se constituem em manifestações físicas de Deus, mas aparições espirituais em sonhos ou estado de êxtase. vivendopelapalavra.com Por: Helio Clemente Conforme a Escritura, Deus é espírito puro, imaterial e invisível, é simples e não se constitui de partes. Está escrito que homem algum viu a Deus; está escrito

Leia mais

domingo, 26 de dezembro de 2010 A n é s i o R o d r i g u e s

domingo, 26 de dezembro de 2010 A n é s i o R o d r i g u e s A n é s i o R o d r i g u e s O Reino de Deus Mateus 3:1,2 Naqueles dias surgiu João Batista, pregando no deserto da Judéia. Ele dizia: Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo. Mateus 4:17 Daí

Leia mais

7ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE

7ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE Sermão 7 1 7ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE F. O JEJUM (Mateus 6:16-18) 1. Jejuar = abster-se de comida e bebida. 2. A frequência do jejum pelos judeus: a. Sob a lei mosaica se exigia o jejum UMA VEZ por ano

Leia mais

De um modo geral as pessoas têm medo do futuro revelado no Apocalipse.

De um modo geral as pessoas têm medo do futuro revelado no Apocalipse. INTRODUÇÃO De um modo geral as pessoas têm medo do futuro revelado no Apocalipse. O período da Grande Tribulação parece sombrio, mas qual deve ser nosso olhar para esse período. O propósito deste livro

Leia mais

SEMINARIO DE LOUVOR E ADORAÇÃO. TEMA: Efésio 5:19 (Falando entre vos com salmos, entoando e louvando de coração, ao senhor, comhinos e cânticos

SEMINARIO DE LOUVOR E ADORAÇÃO. TEMA: Efésio 5:19 (Falando entre vos com salmos, entoando e louvando de coração, ao senhor, comhinos e cânticos LOUVOR & ADORAÇÃO SEMINARIO DE LOUVOR E ADORAÇÃO. TEMA: Efésio 5:19 (Falando entre vos com salmos, entoando e louvando de coração, ao senhor, comhinos e cânticos espirituais.) O ALTAR: A forma mais simples

Leia mais

LIÇÃO 01 BUSCAR UNICAMENTE A DEUS O fim da dinastia de Saul

LIÇÃO 01 BUSCAR UNICAMENTE A DEUS O fim da dinastia de Saul LIÇÃO 01 BUSCAR UNICAMENTE A DEUS O fim da dinastia de Saul 1. Quais semelhanças espirituais há entre Judá, no 5º e 4º séculos a.c. e a igreja de hoje? 2. O que cada geração deve fazer, de acordo com 1

Leia mais

OS LIVROS PROFÉTICOS JOEL, OBADIAS E MIQUÉIAS

OS LIVROS PROFÉTICOS JOEL, OBADIAS E MIQUÉIAS Lição 17 OS LIVROS PROFÉTICOS JOEL, OBADIAS E MIQUÉIAS Introdução Joel, Obadias e Miquéias, foram entre os profetas menores, assim como Oséias, Amós e Jonas, aqueles que exerceram os seus ministérios antes

Leia mais

O PODER DA ORAÇÃO INTERCESSÓRIA. Texto Bíblico: Ezequiel.22,30.

O PODER DA ORAÇÃO INTERCESSÓRIA. Texto Bíblico: Ezequiel.22,30. O PODER DA ORAÇÃO INTERCESSÓRIA. Texto Bíblico: Ezequiel.22,30. Introdução: Antes de começar a ministrar gostaria de registrar um fato interessante: Os discípulos não pediram a Jesus que os ensinassem

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM SÁBADO, DIA 25 DE JUNHO 1) Oração Cheguem à vossa presença,

Leia mais

Igreja de Deus Unida,

Igreja de Deus Unida, Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional Guias de Estudo Bìblico Para a Juventude Volume 1 Lição 7 O Espírito Santo Deus, nosso Criador, compreende que todos nós enfrentamos circunstâncias que

Leia mais

a) Malas - Minha tia que aperta as minhas bochechas e bagunça o meu cabelo. b) Hipocrisia - Ver pessoas que não gostamos e fingir que realmente

a) Malas - Minha tia que aperta as minhas bochechas e bagunça o meu cabelo. b) Hipocrisia - Ver pessoas que não gostamos e fingir que realmente a) Malas - Minha tia que aperta as minhas bochechas e bagunça o meu cabelo. b) Hipocrisia - Ver pessoas que não gostamos e fingir que realmente gostamos. c) Decepção Amigo secreto, receber presentes inúteis,

Leia mais

Meditação Sala Azul. SEMANA 35 Heróis da Bíblia: Daniel Parte 1 Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI)

Meditação Sala Azul. SEMANA 35 Heróis da Bíblia: Daniel Parte 1 Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI) Meditação Sala Azul Nome: Idade: Professor: Contato do Professor: SEMANA 35 Heróis da Bíblia: Daniel Parte 1 Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI) Versículo

Leia mais

O que deve representar para nós evangélicos o Ano Novo. Êxodo e Pr. Fernando Fernandes. PIB em Penápolis, 02/01/2011

O que deve representar para nós evangélicos o Ano Novo. Êxodo e Pr. Fernando Fernandes. PIB em Penápolis, 02/01/2011 O que deve representar para nós evangélicos o Ano Novo Êxodo 12.1-2 e 23.15 Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis, 02/01/2011 Deus ordena que o seu povo reinicie a contagem dos anos a partir da saída

Leia mais

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 Rebelião Redenção e Predo por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 Vitória no deserto 6 LIÇÃO Predo por: Pr. Wellington Almeida O Conflito continua esboço LIÇÃO - I TRI 2016 6 INTRODUÇÃO DOM O EMANUEL SEG

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. - A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério

Leia mais

Lição 17. E Falou o SENHOR a Moisés, dizendo, Aos quinze dias deste mês sétimo será a festa dos tabernáculos ao SENHOR por sete dias

Lição 17. E Falou o SENHOR a Moisés, dizendo, Aos quinze dias deste mês sétimo será a festa dos tabernáculos ao SENHOR por sete dias Os Mistérios de Deus Estudo Bíblico Lição 17 E Falou o SENHOR a Moisés, dizendo, Aos quinze dias deste mês sétimo será a festa dos tabernáculos ao SENHOR por sete dias Levíticos 23:33-34 Esta publicação

Leia mais

Elishá: um navi poderoso

Elishá: um navi poderoso Elishá: um navi poderoso TEXTOS-BASE 2Mel 2; 4; 5; 6 Talmid(á).................................. O sucessor de Eliyahu Quando Eliyahu estava terminando o seu trabalho como navi de Elohim, o Senhor mandou

Leia mais

TABERNÁCULOS 2013 VENHA O TEU REINO!

TABERNÁCULOS 2013 VENHA O TEU REINO! TABERNÁCULOS 2013 VENHA O TEU REINO! Venha Teu reino e faça- se a tua vontade aqui na terra como no céu. Mateus 6: 10 Tabernáculos 2013 O leão, o bezerro, o homem é a águia Apocalipse 4:5-9 E do trono

Leia mais

FUJA DO PECADO! Diego Fernandes

FUJA DO PECADO! Diego Fernandes FUJA DO PECADO! Diego Fernandes 1 Tessalonicenses 5:22 Afastem-se de toda forma de mal. Genesis 4:7 Se você fizer o bem, não será aceito? Mas se não o fizer, saiba que o pecado o ameaça à porta; ele deseja

Leia mais

No velho testamento as realizações de Deus e do Espírito são usadas frequentemente de forma intercambiável.

No velho testamento as realizações de Deus e do Espírito são usadas frequentemente de forma intercambiável. A divindade do Espírito Santo vivendopelapalavra.com Por: Helio Clemente O Espírito Santo é representado na Escritura como possuindo a autoridade e os atributos divinos, os Pais da Igreja nunca apresentaram

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

PANORAMA GERAL DA BÍBLIA

PANORAMA GERAL DA BÍBLIA PANORAMA GERAL DA BÍBLIA ETERNIDADE FINAL DO NT CRIAÇÃO GÊNESIS 1-2 REDENÇÃO GÊNESIS 3 ATÉ APOCALIPSE 22 VT = O SALVADOR VIRÁ NT = O SALVADOR JÁ VEIO E VOLTARÁ DEUS REVELOU SEU PLANO E SUA VERDADE AO LONGO

Leia mais

ASSEMBLÉIA DE DEUS MADUREIRA

ASSEMBLÉIA DE DEUS MADUREIRA ASSEMBLÉIA DE DEUS MADUREIRA GEOGRAFIA Aula 3 Terras Bíblicas Sul da Europa Oriente Médio Ásia Menor Norte da África Impor tantancientlands Terras Bíblicas Importantes Terras da Antigüidade Roma Macedônia

Leia mais

LIÇÃO IV TRIMESTRE 2015 ATOS SIMBÓLICOS. Preparado por: Pr. Wellington Almeida

LIÇÃO IV TRIMESTRE 2015 ATOS SIMBÓLICOS. Preparado por: Pr. Wellington Almeida ATOS SIMBÓLICOS 0 IV TRIMESTRE 2015 Preparado por: Pr. Wellington Almeida MAIS TRISTEZAS PARA O PROFETA INTRODUÇÃO Todo estudante da Bíblia sabe que ela está cheia de símbolos, isto é, coisas que representam

Leia mais