4ª LISTA DE EXERCÍCIOS POTENCIAL ELÉTRICO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "4ª LISTA DE EXERCÍCIOS POTENCIAL ELÉTRICO"

Transcrição

1 4ª LISTA DE EXERCÍCIOS POTENCIAL ELÉTRICO 1. As condições típicas relativas a um relâmpago são aproximadamente as seguintes: (a) Diferença de potencial entre os pontos de descarga igual a 10 9 V; (b) Carga total transferida igual a 30 C. Que quantidade de gelo a 0º C seria possível derreter se toda energia liberada pudesse ser usada para esse fim? Resposta: 99 toneladas 2. Um núcleo de ouro contém uma carga positiva igual a de 79 prótons. Uma partícula j (Z=2) é projetada diretamente sobre o núcleo, de um ponto muito afastado deste, com uma energia cinética igual a K. A partícula chega exatamente a tocar a superfície do núcleo (suposto esférico), antes de ser repelida na mesma direção de incidência. (a) Calcule o valor de K, supondo o raio do núcleo igual a m. (b) As partículas j utilizadas nas experiências de Rutherford e seus colaboradores tinha uma energia igual a 5 MeV. Que se pode concluir daí? Resposta: (a) 45 MeV; (b) As partículas α se aproximavam dos núcleos de ouro, sem, contudo, tocá-los 3. (a) Qual a diferença de potencial necessária para acelerar um elétron, de acordo com a Mecânica Newtoniana, até a velocidade da luz? (b) A Mecânica Newtoniana é incorreta para velocidades próximas à da luz, e a expressão relativística para a energia cinética (no lugar de K = ½ mv²) é ( ) 2 1 K = m c v c Calcule, então, a velocidade realmente adquirida pelo elétron ao ser acelerado pela diferença de potencial calculada no item (a). (c) A que fração da velocidade da luz corresponde o resultado do item (b)? Resposta: (a) V = 2, V; (b) v = 2, m/s; (c) v = 0,75 c 4. A densidade de carga de uma superfície plana é σ = 10-7 C/m². Qual é a separação entre duas superfícies eqüipotenciais correspondentes a uma diferença de potencial de 5,0 V? Resposta: 0,89 mm 5. Duas placas condutoras grandes, paralelas entre si, e separadas por uma distância de 10 cm, têm cargas iguais e de sinais opostos nas faces que se confrontam. Um elétron colocado a meia distância entre as duas placas experimenta uma força de 1, N. Qual é a diferença de potencial entre as placas? Resposta: E = V/m; V = 1000 Volts 6. Na experiência da gota de óleo, de Millikan (Fig. 1), mantém-se um campo elétrico de 1, N/C entre as duas placas separadas de 1,50 cm. Calcule a diferença de potencial entre as placas. Resposta: 2900 Volts

2 7. Seja uma carga puntiforme q = 1, C. (a) Qual é o raio da superfície eqüipotencial correspondente a 30 V? (b) Serão igualmente espaçadas (no sentido radial) as superfícies cujos potenciais diferem sucessivamente por uma parcela fixa (por exemplo 1 V)? Resposta: (a) r = 4,5 m; (b) Não, pois o potencial varia com o inverso da distância 8. Seja uma carga puntiforme q = 10-6 C. Considere os pontos diametralmente opostos A e B, distantes de q, respectivamente, 2 e 1 m, como mostra a Fig. 2-a. (a) Qual o valor da diferença de potencial V A V B? (b) Repita o cálculo para os pontos A e B da Fig. 2-b. Resposta: (a) 4500 V; escalar (b) O mesmo que (a), porque o potencial é uma quantidade 9. Localize, na Fig. 3, os pontos (a) onde V = 0 e (b) onde E = 0. Considere apenas os pontos da reta que une as cargas e suponha que d = 1 m. Resposta: (a) x 1 = 25 cm; x 2 = -50 cm; (b) x 3 = 1,40 m 10. Desenhe aproximadamente (a) as linhas de força e (b) as interseções das superfícies eqüipotenciais com o plano da figura, para a situação apresentada no Exercício 9. (Sugestão: Considere, primeiramente, o comportamento do campo nos pontos próximos de cada uma das cargas e nos pontos muito distantes do par de cargas.) 11. Obtenha uma expressão para V A V B na situação descrita pela Fig. 4. Verifique se o seu resultado reduz-se aos valores esperados quando d = 0 e quando q = 0. Resposta: VA VB = 1 2 πε0 a q Q ( a + d) 12. Mostre que V(r), supondo r >> a, para pontos situados no eixo vertical da Fig. 5, vale: V = 1 q 2a q + 4πε 2 0 r r Seria possível prever este resultado antecipadamente? (Sugestão: Este sistema de cargas pode ser considerado como a superposição de uma carga isolada e um dipolo.)

3 13. Uma partícula de massa m, carga q > 0 e energia cinética inicial K é projetada (do infinito ) na direção de um núcleo pesado de carga Q, o qual ocupa uma posição fixa no nosso referencial. (a) Se a pontaria for perfeita, a que distância do centro do núcleo estará a partícula quando atingir instantaneamente o repouso? (b) Com uma pontaria imperfeita, a distância mais próxima do núcleo foi igual ao dobro da atingida no item (a). Determine a velocidade da partícula para essa distância mínima. Resposta: (a) qq / 4πε 0 K; (b) K / m 14. Obtenha uma expressão para o trabalho necessário para juntar as quatro cargas na forma mostrada na Fig. 6. Resposta: -0,21 q²/ε 0 a 15. Qual a energia potencial elétrica do sistema de cargas da Fig. 7? Suponha que q 1 = +1, C, q 2 = -2, C, q 3 = +3, C, q 4 = +2, C e a = 1,0 m. Resposta: -6, J 16. Duas cargas q (= C) estão fixas no espaço e separadas pela distância d (= 2 cm), como está indicado na Fig. 8. (a) Qual é o potencial elétrico no ponto C? (b) Traga uma terceira carga q (= C) muito lentamente do infinito até C. Quanto trabalho terá de efetuar? (c) Qual é a energia potencial U da configuração, quando a terceira carga se encontra no ponto desejado?

4 Resposta: (a) 2, V; (b) 5,1 J; (c) 6,9 J 17. Dois elétrons estão separados por uma distância de 2 m. Um terceiro elétron é projetado do infinito e atinge o repouso a meia distância entre os outros dois. Qual deve ser sua velocidade inicial? Resposta: 32 m/s 18. Uma partícula de carga (positiva) Q está fixa num ponto P. Uma segunda partícula de massa m e carga (negativa) q move-se a velocidade constante num círculo de raio r 1, centrado em P. Derive uma expressão para o trabalho W que deve ser efetuado por um agente externo sobre a segunda partícula, de modo a aumentar até r 2 o raio do círculo de movimento centrado em P. q Q 1 1 Resposta: W = 8πε0 r1 r2 19. Descubra uma maneira de dispor três cargas puntiformes, separadas por distâncias finitas, de modo que a energia potencial seja igual a zero. 20. O potencial elétrico varia ao longo do eixo dos x, como mostra o gráfico da Fig. 9. Para cada um dos intervalos mostrados (ignorar o efeito relativo aos pontos extremos dos intervalos), determinar a componente x do campo elétrico e representar E x em função de x. Resposta: E Xab = -6 V/m;E Xbc = 0;E Xcde = 3 V/m;E Xef = 15 V/m;E Xfg = 0;E Xgh = -3 V/m 1 4 πε0 potencial num ponto do eixo de um anel carregado de raio a é dado por 21. (a) Mostre, calculando diretamente a partir da equação V = dv = dq r, que o

5 V = 1 q 4πε0 2 2 x + a (b) A partir deste resultado, obtenha a expressão correspondente para E. 1 q x Resposta: (b) E x = 4 πε x + a ( ) Vimos que o potencial num ponto do eixo de um disco carregado é dado por σ 2 2 V = r + a r 2ε0 Mostre, partindo da expressão acima, que o valor de E, nos mesmos pontos, vale E = σ 1 r 2ε0 2 2 r + a Reduz-se esta expressão de E a algum valor esperado quando (a) r >> a e (b) r << a? Resposta: (a) E = 0; (b) E = r/2ε Qual é a densidade de carga σ sobre a superfície de uma esfera condutora de raio 0,15 m, cujo potencial é de 200 V? Resposta: 1, C/m² 24. Se a Terra tivesse uma carga total correspondente à de uma distribuição equivalente a 1 elétron/m² de sua superfície (uma suposição muito artificial), (a) qual seria o potencial da Terra? (b) Qual seria o campo elétrico nos pontos exteriores vizinhos à sua superfície? Resposta: (a) V = -0,12 V; (b) E = 1, N/C, radialmente para dentro 25. Pode-se produzir uma carga de 10-8 C simplesmente por atrito. A que potencial esta carga elevaria uma esfera de 10 cm de raio? Resposta: 900 V 26. Considere uma camada esférica fina, condutora e isolada, que se encontra carregada uniformemente com densidade de carga constante σ (C/m²). Determine o trabalho necessário para deslocar uma pequena carga positiva de prova q 0 (a) da superfície da camada para o seu interior, através de um pequeno orifício; (b) de um ponto na superfície até outro, qualquer que seja a trajetória; (c) de ponto para ponto dentro da camada; (d) de um ponto arbitrário P fora da camada, ao longo de qualquer trajetória, que pode ou não atravessar a camada, até o ponto P de volta; (e) nas condições do problema, importa se a camada é ou não condutora? Respostas: (a) Zero; (b) Zero; (c) Zero; (d) Zero; (e) Não 27. Duas esferas condutoras idênticas, de raio r = 0,15 m encontram-se separadas pela distância a = 10 m. Qual a carga sobre cada esfera, se o potencial de uma delas é de V e o da outra é de 1500 V? Resposta: ± 2, C

6 28. Duas esferas condutoras idênticas, uma de 6 cm de raio e a outra de 12 cm de raio, cada qual com carga de C, estão bem distantes uma da outra. Se as esferas são ligadas por um fio condutor, determinar (a) o sentido do movimento e a intensidade da carga transferida e (b) a carga final sobre cada esfera e o potencial de cada uma delas. 29. Seja R 1 = 1 cm e R 2 = 2 cm na Fig. 10. Antes das esferas serem ligadas pelo fio fino, a menor tinha uma carga de C, enquanto que a maior estava descarregada. Calcule, para cada esfera, (a) a carga, (b) a densidade de carga e (c) o potencial, após a ligação ser estabelecida. Resposta: (a) q 1 = 0, C; q 2 = 1, C (b) σ 1 = 2, C/m²; σ 2 = 2, C/m² (c) V 1 = V 2 = V 30. (a) Uma gota d água esférica tem uma carga de C, e o potencial na sua superfície é de 500 V. Qual é o raio da gota? (b) Se duas gotas iguais a essa, com a mesma carga e o mesmo raio, se juntarem para constituir uma única gota esférica, qual será o valor do potencial na superfície da nova gota assim formada? Resposta: (a) r = 0,54 mm; (b) V = 794 V 31. (a) Qual a quantidade de carga necessária para elevar uma esfera metálica, isolada, de 1 m de raio, ao potencial de 10 6 V? Repita o cálculo para uma esfera de 1 cm de raio. (b) Qual a razão para o uso de uma esfera grande num gerador eletrostático, quando o mesmo potencial pode ser atingido, com menor quantidade de carga, usando-se uma esfera pequena? Resposta: (a) 1, C; 1, C; (b) Devido ao maior campo E na superfície da menor esfera 32. Uma partícula a é acelerada, num gerador eletrostático, pela diferença de potencial de um milhão de Volts. (a) Qual a energia cinética que ela adquire? (b) Que energia cinética teria um próton nas mesmas circunstâncias? (c) Qual das duas partículas atinge a velocidade maior, aceleradas ambas a partir do repouso? 33. A diferença de potencial entre a superfície armazenadora de cargas de um gerador eletrostático, e o local onde elas são depositadas na correia rolante é de V. Se esta transporta cargas a razão de C/s, qual a potência necessária para acionar a correia, considerando-se apenas as forças elétricas? Resposta: R = 9,0 kw

Letras em Negrito representam vetores e as letras i, j, k são vetores unitários.

Letras em Negrito representam vetores e as letras i, j, k são vetores unitários. Lista de exercícios 4 Potencial Elétrico Letras em Negrito representam vetores e as letras i, j, k são vetores unitários. 1. Boa parte do material dos anéis de Saturno está na forma de pequenos grãos de

Leia mais

Primeira Prova 2. semestre de /10/2013 TURMA PROF.

Primeira Prova 2. semestre de /10/2013 TURMA PROF. D Física Teórica II Primeira Prova 2. semestre de 2013 19/10/2013 ALUNO TURMA PROF. ATENÇÃO LEIA ANTES DE FAZER A PROVA 1 Assine todas as folhas das questões antes de começar a prova. 2 - Os professores

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL JOÃO XXIII A Escola que a gente quer é a Escola que a gente faz!

ESCOLA ESTADUAL JOÃO XXIII A Escola que a gente quer é a Escola que a gente faz! ESCOLA ESTADUAL JOÃO XXIII A Escola que a gente quer é a Escola que a gente faz! NATUREZA DA ATIVIDADE: EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO - ELETROSTÁTICA DISCIPLINA: FÍSICA ASSUNTO: CAMPO ELÉTRICO, POTENCIAL ELÉTRICO,

Leia mais

Lista de Exercícios de Potencial Elétrico

Lista de Exercícios de Potencial Elétrico Disciplina: Física 3 Professor: Joniel Alves Lista de Exercícios de Potencial Elétrico 1) Um elétron se move de um ponto i para um ponto f, na direção de um campo elétrico uniforme. Durante este deslocamento

Leia mais

FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 13 ELETROSTÁTICA: CAMPO ELÉTRICO UNIFORME

FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 13 ELETROSTÁTICA: CAMPO ELÉTRICO UNIFORME FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 13 ELETROSTÁTICA: CAMPO ELÉTRICO UNIFORME ++ + ++++++++ + + + + + +++ - - - - - - - - - - - - - - - - - - - + + + + + A F B E - - - - - V A V B d P 2 { 1,0 cm + 10 cm P 1 { 1,0

Leia mais

Letras em Negrito representam vetores e as letras i, j, k são vetores unitários.

Letras em Negrito representam vetores e as letras i, j, k são vetores unitários. Lista de exercício 3 - Fluxo elétrico e Lei de Gauss Letras em Negrito representam vetores e as letras i, j, k são vetores unitários. 1. A superfície quadrada da Figura tem 3,2 mm de lado e está imersa

Leia mais

Prof. Fábio de Oliveira Borges

Prof. Fábio de Oliveira Borges O Potencial Elétrico Prof. Fábio de Oliveira Borges Curso de Física II Instituto de Física, Universidade Federal Fluminense Niterói, Rio de Janeiro, Brasil https://cursos.if.uff.br/!fisica2-0117/doku.php

Leia mais

Energia potencial elétrica

Energia potencial elétrica Energia potencial elétrica Foi descoberto empiricamente que a força elétrica é uma força conservativa, portanto é possível associar a ela uma energia potencial. Quando uma força eletrostática age sobre

Leia mais

Eletricidade e Magnetismo. Fluxo Elétrico Lei De Gauss

Eletricidade e Magnetismo. Fluxo Elétrico Lei De Gauss Eletricidade e Magnetismo Fluxo Elétrico Lei De Gauss 1. A figura seguinte mostra uma seção de uma barra cilíndrica de plástico infinitamente longo, com uma densidade linear de carga positiva uniforme.

Leia mais

LISTA ELETROSTÁTICA. Prof: Werlley toledo

LISTA ELETROSTÁTICA. Prof: Werlley toledo LISTA ELETROSTÁTICA Prof: Werlley toledo 01 - (UEPG PR) Uma pequena esfera com carga q é colocada em uma região do espaço onde há um campo elétrico. Sobre esse evento físico, assinale o que for correto.

Leia mais

Eletrostática. (Ufmg 2005) Em uma aula, o Prof. Antônio apresenta uma montagem com dois anéis dependurados, como representado na figura.

Eletrostática. (Ufmg 2005) Em uma aula, o Prof. Antônio apresenta uma montagem com dois anéis dependurados, como representado na figura. Eletrostática Prof: Diler Lanza TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufmg 2005) Em uma aula, o Prof. Antônio apresenta uma montagem com dois anéis dependurados, como representado na figura. Um dos anéis é de

Leia mais

01- (UPF-RS) Um corpo que tenha sido eletrizado com uma carga de 10μC deverá ter recebido, aproximadamente, em elétrons:

01- (UPF-RS) Um corpo que tenha sido eletrizado com uma carga de 10μC deverá ter recebido, aproximadamente, em elétrons: Arrastão 2 o EM sem resolução 01- (UPF-RS) Um corpo que tenha sido eletrizado com uma carga de 10μC deverá ter recebido, aproximadamente, em elétrons: 02-(UEPG-PR) Considere quatro esferas metálicas idênticas

Leia mais

Trabalho e Potencial Elétrico

Trabalho e Potencial Elétrico Parte I Trabalho e Potencial Elétrico 1 (Ufrj 011) Um íon de massa m e carga elétrica q incide sobre um segundo íon, de mesma massa m e mesma carga q De início, enquanto a separação entre eles é grande

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL SESC CIDADANIA

CENTRO EDUCACIONAL SESC CIDADANIA CENTRO EDUCACIONAL SESC CIDADANIA Professor: Vilson Mendes Lista de exercícios de Física I ENSINO MÉDIO NOTA: Aluno (: Data SÉRIE/TURMA 3ª Lista 2 Campo Elétrico 1. Em certa região existe um vetor campo

Leia mais

CURSO E COLÉGIO OBJETIVO

CURSO E COLÉGIO OBJETIVO 1. (Ufpe 96) Duas cargas elétricas - Q e + q são mantidas nos pontos A e B, que distam 82 cm um do outro (ver figura). Ao se medir o potencial elétrico no ponto C, à direta de B e situado sobre a reta

Leia mais

Terceira Lista - Potencial Elétrico

Terceira Lista - Potencial Elétrico Terceira Lista - Potencial Elétrico FGE211 - Física III Sumário Uma força F é conservativa se a integral de linha da força através de um caminho fechado é nula: F d r = 0 A mudança em energia potencial

Leia mais

Engenharia Ambiental 3ª lista (Campo elétrico e Linhas de Campo elétrico)

Engenharia Ambiental 3ª lista (Campo elétrico e Linhas de Campo elétrico) 1. (G1) Defina Campo e cite 2 exemplos. 2. (G1) Defina "Campo elétrico". 3. (G1) Por que os prótons possuem carga positiva e os elétrons possuem carga negativa? 4. (Udesc 97) Na figura a seguir aparece

Leia mais

LISTA COMPLETA PROVA 01

LISTA COMPLETA PROVA 01 LISTA COMPLETA PROVA 1 CAPÍTULO 3 5E. Duas partículas igualmente carregadas, mantidas a uma distância de 3, x 1 3 m uma da outra, são largadas a partir do repouso. O módulo da aceleração inicial da primeira

Leia mais

Aula 2 Lei de Coulomb

Aula 2 Lei de Coulomb Aula Lei de Coulomb Introdução Vimos na aula anterior que corpos carregados com carga sofrem interação mutua podendo ser atraídos ou repelidos entre si. Nessa aula e na próxima trataremos esses corpos

Leia mais

Lei de Gauss. O produto escalar entre dois vetores a e b, escrito como a. b, é definido como

Lei de Gauss. O produto escalar entre dois vetores a e b, escrito como a. b, é definido como Lei de Gauss REVISÃO DE PRODUTO ESCALAR Antes de iniciarmos o estudo do nosso próximo assunto (lei de Gauss), consideramos importante uma revisão sobre o produto escalar entre dois vetores. O produto escalar

Leia mais

F = 1/4πɛ 0 q 1.q 2 /r 2. F = G m 1.m 2 /r 2 ENERGIA POTENCIAL 04/05/2015. Bacharelado em Engenharia Civil. Física III

F = 1/4πɛ 0 q 1.q 2 /r 2. F = G m 1.m 2 /r 2 ENERGIA POTENCIAL 04/05/2015. Bacharelado em Engenharia Civil. Física III ENERGIA POTENCIAL Bacharelado em Engenharia Civil Física III Prof a.: D rd. Mariana de Faria Gardingo Diniz A energia potencial é a energia que está relacionada a um corpo em função da posição que ele

Leia mais

Potencial elétrico e energia potencial elétrica Capítulo

Potencial elétrico e energia potencial elétrica Capítulo Potencial elétrico e energia potencial elétrica Capítulo Potencial elétrico e energia potencial elétrica Potencial elétrico Se uma carga de prova q for colocada em um campo elétrico, ficará sujeita a uma

Leia mais

FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 11 ELETROSTÁTICA: POTENCIAL, TRABALHO E ENERGIA

FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 11 ELETROSTÁTICA: POTENCIAL, TRABALHO E ENERGIA FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 11 ELETROSTÁTICA: POTENCIAL, TRABALHO E ENERGIA + - + + + + + A B + d + q q - - - - - Q q P d 6.V 5.V V -V c 2.d3.d 4.d 5.d 6.d d 4.V 3.V 2.V Q>0-2.V -3.V -4.V Q

Leia mais

Lei de Coulomb. Página 1 de 9

Lei de Coulomb. Página 1 de 9 1. (Unesp 2015) Em um experimento de eletrostática, um estudante dispunha de três esferas metálicas idênticas, A, B e C, eletrizadas, no ar, com cargas elétricas 5Q, 3Q e 2Q, respectivamente. Utilizando

Leia mais

Campo Elétrico. a) Q < 0 e q < 0. b) Q > 0 e q < 0. c) Q < 0 e q neutra. d) Q > 0 e q > 0. e) Q < 0 e q > 0.

Campo Elétrico. a) Q < 0 e q < 0. b) Q > 0 e q < 0. c) Q < 0 e q neutra. d) Q > 0 e q > 0. e) Q < 0 e q > 0. QUESTÃO 1 Uma partícula carregada positivamente é abandonada do ponto A da figura, presa a um fio isolante, em uma região de campo elétrico uniforme, como mostra a figura. Desprezando a ação gravitacional,

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Final. 3ª Etapa 2013

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Final. 3ª Etapa 2013 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 3ª Etapa 2013 Disciplina:Física Ano: 2º Professor (a): Marcos Vinicius Turma: 2º FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Exercícios sobre Força de Coulomb

Exercícios sobre Força de Coulomb Exercícios sobre Força de Coulomb 1-Duas cargas elétricas iguais de 2 10 6 C se repelem no vácuo com uma força de 0,1 N. Sabendo que a constante elétrica do vácuo é de 9 10 9 N m 2 /C 2, qual a distância

Leia mais

LISTA ELETROSTATICA I

LISTA ELETROSTATICA I LISTA ELETROSTATICA I Professor: Werlley Tolêdo 1) ASSINALE A OPÇÃO INCORRETA. a) Materiais que são bons condutores de eletricidade possuem elétrons livres que podem ser transportados com facilidade. b)

Leia mais

Potencial Elétrico. JUSTIFIQUE sua resposta. A) 3 K0qQ B) 3 K0qQ/10 C) 21 K0qQ D) 21 K0qQ/100

Potencial Elétrico. JUSTIFIQUE sua resposta. A) 3 K0qQ B) 3 K0qQ/10 C) 21 K0qQ D) 21 K0qQ/100 QUESTÃO 1 Uma partícula de carga elétrica puntiforme q = 1,0 ηc é abandonada num ponto de um campo elétrico uniforme de intensidade E = 2,0 N/C. Após se movimentar espontaneamente sobre uma linha de força,

Leia mais

Fundamentos de Física Clássica UFCG Prof. Ricardo. Potencial Elétrico. O que é diferença de potencial (ddp)?

Fundamentos de Física Clássica UFCG Prof. Ricardo. Potencial Elétrico. O que é diferença de potencial (ddp)? Potencial Elétrico O que é diferença de potencial (ddp)? A diferença de potencial entre dois pontos e num campo elétrico, seja ele uniforme ou não, é, por definição, o trabalho por unidade de carga (J/C

Leia mais

ELETRIZAÇÃO E FORÇA DE COULOMB

ELETRIZAÇÃO E FORÇA DE COULOMB ELETRIZAÇÃO E FORÇA DE COULOMB 1. (FUVEST 2008) Três esferas metálicas, M 1, M 2 e M 3, de mesmo diâmetro e montadas em suportes isolantes, estão bem afastadas entre si e longe de outros objetos. Inicialmente

Leia mais

Nome do Aluno: Nº Ensino Médio 2º ano.

Nome do Aluno: Nº Ensino Médio 2º ano. Valor do trabalho: 10 pontos NOTA: Nome do Aluno: Nº Ensino Médio 2º ano. Trabalho de recuperação paralela de Física Setor A Prof. Douglas Rizzi Data: / / INSTRUÇÕES GERAIS: Responda os testes com atenção

Leia mais

Prof. Fábio de Oliveira Borges

Prof. Fábio de Oliveira Borges O campo elétrico Prof. Fábio de Oliveira Borges Curso de Física II Instituto de Física, Universidade Federal Fluminense Niterói, Rio de Janeiro, Brasil http://cursos.if.uff.br/fisica2-2015/ Campo elétrico

Leia mais

Prof. Fábio de Oliveira Borges

Prof. Fábio de Oliveira Borges O campo elétrico Prof. Fábio de Oliveira Borges Curso de Física II Instituto de Física, Universidade Federal Fluminense Niterói, Rio de Janeiro, Brasil https://cursos.if.uff.br/!fisica2-0117/doku.php Campo

Leia mais

Eletricidade e Magnetismo. Prof. Eder R. Moraes

Eletricidade e Magnetismo. Prof. Eder R. Moraes Eletricidade e Magnetismo Prof. Eder R. Moraes A Fig. 22-23mostra dois conjuntos de partículas carregadas em forma de quadrado. Os lados dos quadrados, cujo centro é o ponto P, não são paralelos. A distância

Leia mais

Exercícios com Gabarito de Física Superfícies Equipotenciais e Linhas de Força

Exercícios com Gabarito de Física Superfícies Equipotenciais e Linhas de Força Exercícios com Gabarito de Física Superfícies Equipotenciais e Linhas de Força 1) (Faap-1996) A figura mostra, em corte longitudinal, um objeto metálico oco, eletricamente carregado. Em qual das regiões

Leia mais

Força elétrica e Campo Elétrico

Força elétrica e Campo Elétrico Força elétrica e Campo Elétrico 1 Antes de Física III, um pouco de Física I... Massas e Campo Gravitacional 2 Força Gravitacional: Força radial agindo entre duas massas, m 1 e m 2. : vetor unitário (versor)

Leia mais

POTENCIAL ELÉTRICO I) RESUMO DE FÓRMULAS DE POTENCIAL ELÉTRICO O potencial elétrico é função da carga que cria o campo elétrico, e assim como o próprio campo elétrico, ele existe independente da existencia

Leia mais

IF Eletricidade e Magnetismo I

IF Eletricidade e Magnetismo I I 43070 Eletricidade e Magnetismo I Carga elétrica A matéria comum, que estamos acostumados a tratar, é formada por partículas. Átomos, moléculas e estruturas mais sofisticadas são conglomerados estados

Leia mais

P R O V A DE FÍSICA II

P R O V A DE FÍSICA II 6 P R O V A DE FÍSICA II QUESTÃO 16 Um aquecedor de imersão (ebulidor) tem uma potência de 000W. Esse ebulidor é mergulhado em um recipiente que contém 1 litro de água a 0ºC. Supondo-se que 70% da potência

Leia mais

DISCIPLINA: Física II - PDF PROFESSOR(A): Eduardo R Emmerick Curso: E.M. TURMA: 2101 / 2102 DATA:

DISCIPLINA: Física II - PDF PROFESSOR(A): Eduardo R Emmerick Curso: E.M. TURMA: 2101 / 2102 DATA: Lista de exercícios 1º Bimestre DISCIPLINA: Física II - PDF PROFESSOR(A): Eduardo R Emmerick Curso: E.M. TURMA: 2101 / 2102 DATA: NOME: Nº.: 01) (UFF) Três esferas condutoras idênticas I, II e II têm,

Leia mais

Campo Elétrico [N/C] Campo produzido por uma carga pontual

Campo Elétrico [N/C] Campo produzido por uma carga pontual Campo Elétrico Ao tentar explicar, ou entender, a interação elétrica entre duas cargas elétricas, que se manifesta através da força elétrica de atração ou repulsão, foi criado o conceito de campo elétrico,

Leia mais

Lista de Eletrostática - Ufpel Ufrgs Ufrs Ufsm

Lista de Eletrostática - Ufpel Ufrgs Ufrs Ufsm Lista de Eletrostática - Ufpel Ufrgs Ufrs Ufsm 1. (Ufrs 1997) Uma partícula, com carga elétrica q, encontra-se a uma distância d de outra partícula, com carga -3q. Chamando de F1 o módulo da força elétrica

Leia mais

FORÇA ELÉTRICA. 1)Entre duas partículas eletrizadas, no vácuo, e a distância d, a força de interação eletrostática tem intensidade F.

FORÇA ELÉTRICA. 1)Entre duas partículas eletrizadas, no vácuo, e a distância d, a força de interação eletrostática tem intensidade F. FORÇA ELÉTRICA 1)Entre duas partículas eletrizadas, no vácuo, e a distância d, a força de interação eletrostática tem intensidade F. Se dobrarmos as cargas das duas partículas e aumentarmos a separação

Leia mais

Aula 3 Campo Elétrico

Aula 3 Campo Elétrico Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências Exatas Departamento de Física Física III Prof. Dr. Ricardo Luiz Viana Referências bibliográficas: H. 4-, 4-, 4-8 S. -6, -8, 4-7 T. 18-4, 18-5 Aula Campo

Leia mais

Lista de Exercícios 3 Corrente elétrica e campo magnético

Lista de Exercícios 3 Corrente elétrica e campo magnético Lista de Exercícios 3 Corrente elétrica e campo magnético Exercícios Sugeridos (16/04/2007) A numeração corresponde ao Livros Textos A e B. A22.5 Um próton desloca-se com velocidade v = (2i 4j + k) m/s

Leia mais

Forças de ação à distância têm atreladas a si um campo, que pode ser interpretado como uma região na qual essa força atua.

Forças de ação à distância têm atreladas a si um campo, que pode ser interpretado como uma região na qual essa força atua. Forças de ação à distância têm atreladas a si um campo, que pode ser interpretado como uma região na qual essa força atua. Por exemplo, a força gravitacional está relacionada a um campo gravitacional,

Leia mais

CAMPO ELETRICO UNIFORME LISTA 1

CAMPO ELETRICO UNIFORME LISTA 1 1. (Fuvest 2015) Em uma aula de laboratório de Física, para estudar propriedades de cargas elétricas, foi realizado um experimento em que pequenas esferas eletrizadas são injetadas na parte superior de

Leia mais

1º ano FÍSICA Prof. Cícero 2º Bimestre

1º ano FÍSICA Prof. Cícero 2º Bimestre 1º ano FÍSICA Prof. Cícero º Bimestre 1. (Ufjf-pism 3 017) Duas cargas elétricas, q1 1μC e q 4 μc, estão no vácuo, fixas nos pontos 1 e, e separadas por uma distância d 60 cm, como mostra a figura abaixo.

Leia mais

Campo Elétrico Uniforme

Campo Elétrico Uniforme Campo Elétrico Uniforme 1. (Upf 2012) Uma pequena esfera de 1,6 g de massa é eletrizada retirando-se um número n de elétrons. Dessa forma, quando a esfera é colocada em um campo elétrico uniforme de 9

Leia mais

( ) Trabalho e Potencial Elétrico ( ) 1,6x10 1,6x10. = 1,0x10 ev. Gabarito Parte I: 4πε. 4 q. 3 m v. Página ,5 0,45 0,9

( ) Trabalho e Potencial Elétrico ( ) 1,6x10 1,6x10. = 1,0x10 ev. Gabarito Parte I: 4πε. 4 q. 3 m v.  Página ,5 0,45 0,9 Trabalho e Potencial Elétrico Gabarito Parte I: a) Como os dois íons formam um sistema mecanicamente isolado (livres de ação de forças externas), ocorre conservação da quantidade de movimento do sistema

Leia mais

REVISÃO ELETROSTÁTICA PROFESSOR: CESAR STAUDINGER

REVISÃO ELETROSTÁTICA PROFESSOR: CESAR STAUDINGER PROFESSOR: CESAR STAUDINGER 01. (UFPE-1998) Duas esferas condutoras A e B possuem a mesma carga Q. Uma terceira esfera, C, inicialmente descarregada e idêntica às esferas A e B, é colocada em contato com

Leia mais

(a) 0, N. (b) 1, N. (c) 1, N. (d) 2, N. (e) 4, N.

(a) 0, N. (b) 1, N. (c) 1, N. (d) 2, N. (e) 4, N. ONGEP PRÉ-VESTIBULAR POPULAR FÍSICA EXTENSIVO 2005 Prof o Walescko ELETROSTÁTICA - Lista 2 01) Considerando-se a distribuição de cargas da figura a seguir e admitindo-se que as cargas Q sejam idênticas,

Leia mais

Considerando que o fio e a polia são ideais, qual o coeficiente de atrito cinético entre o bloco B e o plano?

Considerando que o fio e a polia são ideais, qual o coeficiente de atrito cinético entre o bloco B e o plano? 2ª Série do Ensino Médio 01. No sistema a seguir, A e B têm massa m = 10 kg e a = 45 0. A aceleração da gravidade é de 10 m/s 2 e o peso da corda, o atrito no eixo da roldana e a massa da roldana são desprezíveis:

Leia mais

2. Duas partículas eletricamente carregadas com cargas Q 1 = +8, C e Q 2 = -5,0.10 -

2. Duas partículas eletricamente carregadas com cargas Q 1 = +8, C e Q 2 = -5,0.10 - EXERCÍCIOS DE REVISÃO PARA PROVA EAD 1. Duas cargas iguais de 54.10-8 C, se repelem no vácuo e estão separadas por uma distância de 30cm. Sabendo-se que a constante elétrica do vácuo é 9.10 9 Nm 2 /C 2,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ UNIFAP PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO - PROGRAD DEPARTAMENTO DE CIENCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS-DCET CURSO DE FÍSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ UNIFAP PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO - PROGRAD DEPARTAMENTO DE CIENCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS-DCET CURSO DE FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ UNIFAP PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO - PROGRAD DEPARTAMENTO DE CIENCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS-DCET CURSO DE FÍSICA Disciplina: Física Básica III Prof. Dr. Robert R.

Leia mais

Capítulo 21: Cargas Elétricas

Capítulo 21: Cargas Elétricas 1 Carga Elétrica Capítulo 21: Cargas Elétricas Carga Elétrica: propriedade intrínseca das partículas fundamentais que compõem a matéria. As cargas elétricas podem ser positivas ou negativas. Corpos que

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web 1. (Pucrj 013) Duas cargas pontuais q1 = 3,0μC e q = 6,0μC são colocadas a uma distância de 1,0 m entre si. Calcule a distância, em metros, entre a carga q 1 e a posição, situada entre as cargas, onde

Leia mais

1 f =10 15.) q 1. σ 1. q i. ρ = q 1. 4πa 3 = 4πr 3 q i = q 1 ( r a )3 V 1 = V 2. 4πr 2 E = q 1. q = 1 3, q 2. q = 2 3 E = = q 1/4πR 2

1 f =10 15.) q 1. σ 1. q i. ρ = q 1. 4πa 3 = 4πr 3 q i = q 1 ( r a )3 V 1 = V 2. 4πr 2 E = q 1. q = 1 3, q 2. q = 2 3 E = = q 1/4πR 2 1 possui uma carga uniforme q 1 =+5, 00 fc e a casca Instituto de Física - UFF Física Geral e Experimental I/XVIII Prof. Hisataki Shigueoka http://profs.if.uff.br/ hisa possui uma carga q = q 1. Determine

Leia mais

d) calcule o potencial elétrico em qualquer ponto da superfície e do interior da esfera.

d) calcule o potencial elétrico em qualquer ponto da superfície e do interior da esfera. Na solução da prova, use quando necessário: 8 Velocidade da luz no vácuo c = 3, 1 m/s 7 Permeabilidade magnética do vácuo µ =4π 1 T m / A 9 2 2 Constante eletrostática no vácuo K=9 1 N m / C Questão 1

Leia mais

CAMPO ELÉTRICO I) RESUMO DO ESTUDO DE CAMPO ELÉTRICO Cargas elétricas em repouso criam nas suas proximidades campos eletrostáticos. Cada carga cria em particular um campo elétrico em determinado ponto.

Leia mais

Em um mau condutor, como vidro ou borracha, cada elétron está preso a um particular átomo. Num condutor metálico, de forma diferente, um ou mais

Em um mau condutor, como vidro ou borracha, cada elétron está preso a um particular átomo. Num condutor metálico, de forma diferente, um ou mais Capítulo 6 Condutores 6.1 Breve Introdução Em um mau condutor, como vidro ou borracha, cada elétron está preso a um particular átomo. Num condutor metálico, de forma diferente, um ou mais elétrons por

Leia mais

Eletrostática. Antonio Carlos Siqueira de Lima. Universidade Federal do Rio de Janeiro Escola Politécnica Departamento de Engenharia Elétrica

Eletrostática. Antonio Carlos Siqueira de Lima. Universidade Federal do Rio de Janeiro Escola Politécnica Departamento de Engenharia Elétrica Eletrostática Antonio Carlos Siqueira de Lima Universidade Federal do Rio de Janeiro Escola Politécnica Departamento de Engenharia Elétrica Agosto 2008 1 Campo Elétrico Campo Elétrico Devido a Distribuições

Leia mais

CURSO E COLÉGIO OBJETIVO TREINO PARA O SIMULADO DE FÍSICA F.3 PROF. Peixinho 3 o Ano E.M. 2 o Bimestre-2010

CURSO E COLÉGIO OBJETIVO TREINO PARA O SIMULADO DE FÍSICA F.3 PROF. Peixinho 3 o Ano E.M. 2 o Bimestre-2010 1. (Cesgranrio 90) Uma pequena esfera de isopor, aluminizada, suspensa por um fio "nylon", é atraída por um pente plástico negativamente carregado. Pode-se afirmar que a carga elétrica da esfera é: a)

Leia mais

PUC-RIO CB-CTC. Não é permitido destacar folhas da prova

PUC-RIO CB-CTC. Não é permitido destacar folhas da prova PUC-RIO CB-CTC FIS5 P DE ELETROMAGNETISMO 8.4. segunda-feira Nome : Assinatura: Matrícula: Turma: NÃO SERÃO ACEITAS RESPOSTAS SEM JUSTIFICATIVAS E CÁLCULOS EXPLÍCITOS. Não é permitido destacar folhas da

Leia mais

E03 - CAMPO ELÉTRICO E MAPEAMENTO DE EQUIPOTENCIAIS. Figura 1: Materiais necessários para a realização desta experiência.

E03 - CAMPO ELÉTRICO E MAPEAMENTO DE EQUIPOTENCIAIS. Figura 1: Materiais necessários para a realização desta experiência. E03 - CAMPO ELÉTRICO E MAPEAMENTO DE EQUIPOTENCIAIS 1- OBJETIVOS Traçar as equipotenciais de um campo elétrico, em uma cuba eletrolítica. Determinar o campo elétrico, em módulo, direção e sentido, devido

Leia mais

Primeira Lista - lei de Coulomb

Primeira Lista - lei de Coulomb Primeira Lista - lei de Coulomb FGE211 - Física III 1 Sumário A força elétrica que uma carga q 1 exerce sobre uma carga q 2 é dada pela lei de Coulomb: onde q 1 q 2 F 12 = k e r 2 ˆr = 1 q 1 q 2 4πɛ 0

Leia mais

PROCESSO SELETIVO TURMA DE 2016 FASE 1 PROVA DE FÍSICA E SEU ENSINO

PROCESSO SELETIVO TURMA DE 2016 FASE 1 PROVA DE FÍSICA E SEU ENSINO PROCESSO SELETIVO TURMA DE 2016 FASE 1 PROVA DE FÍSICA E SEU ENSINO Caro professor, cara professora, esta prova tem 2 partes; a primeira parte é objetiva, constituída por 14 questões de múltipla escolha,

Leia mais

FÍSICA (ELETROMAGNETISMO) CORRENTE ELÉTRICA E RESISTÊNCIA

FÍSICA (ELETROMAGNETISMO) CORRENTE ELÉTRICA E RESISTÊNCIA FÍSICA (ELETROMAGNETISMO) CORRENTE ELÉTRICA E RESISTÊNCIA FÍSICA (Eletromagnetismo) Nos capítulos anteriores estudamos as propriedades de cargas em repouso, assunto da eletrostática. A partir deste capítulo

Leia mais

7. Potencial eletrostático

7. Potencial eletrostático 7. Potencial eletrostático Em 1989 Wolfgang Paul recebeu o prémio Nobel da física pela sua invenção da armadilha de iões que permite isolar um ião. Com essa invenção tornou-se possível estudar um átomo

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física - RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 o TRI 3 o ano

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física - RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 o TRI 3 o ano Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física - RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 o TRI 3 o ano 01 - (UFPE) Duas esferas metálicas

Leia mais

TRABALHO DA FORÇA ELÉTRICA E ENERGIA POTENCIAL

TRABALHO DA FORÇA ELÉTRICA E ENERGIA POTENCIAL TRLHO D FORÇ ELÉTRIC E ENERGI POTENCIL 1. (OF 006) Um corpo esférico, condutor, oco, de espessura irrelevante e com carga total nula tem um raio R = 50,0 cm e envolve um corpo esférico, a ele concêntrico,

Leia mais

FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 32 MAGNETISMO: FORÇA MAGNÉTICA REVISÃO

FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 32 MAGNETISMO: FORÇA MAGNÉTICA REVISÃO FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 32 MAGNETISMO: FORÇA MAGNÉTICA REVISÃO Fixação - 1) Em cada caso mostrado abaixo, determine a força magnética (direção e sentido) que atua na carga elétrica q, lançada com velocidade

Leia mais

TRABALHO E POTENCIAL ELÉTRICO

TRABALHO E POTENCIAL ELÉTRICO TRABALHO E POTENCIAL ELÉTRICO 1. (Ufsm 2014) A tecnologia dos aparelhos eletroeletrônicos está baseada nos fenômenos de interação das partículas carregadas com campos elétricos e magnéticos. A figura representa

Leia mais

Campo Elétrico. Campo elétrico de uma carga puntiforme: O campo elétrico em cargas com dimensões desprezíveis em relação à distância.

Campo Elétrico. Campo elétrico de uma carga puntiforme: O campo elétrico em cargas com dimensões desprezíveis em relação à distância. Campo Elétrico Campo elétrico: O campo elétrico desempenha o papel de transmissor de interações entre cargas elétrica, ou seja, é o campo estabelecido em todos os pontos do espaço sob a influência de uma

Leia mais

Exercícios de Eletrização

Exercícios de Eletrização Exercícios de Eletrização 1-Um corpo inicialmente neutro recebe 10 milhões de elétrons. Este corpo adquire uma carga de: (e = 1,6. 10 19 C). a) 1,6. 10 12 C b) 1,6. 10 12 C c) 16. 10 10 C d) 16. 10 7 C

Leia mais

Lei de Coulomb. Interação entre Duas Cargas Elétricas Puntiformes

Lei de Coulomb. Interação entre Duas Cargas Elétricas Puntiformes Lei de Coulomb Interação entre Duas Cargas Elétricas Puntiformes A intensidade F da força de interação eletrostática entre duas cargas elétricas puntiformes q 1 e q 2, é diretamente proporcional ao produto

Leia mais

Aula-2 O campo elétrico

Aula-2 O campo elétrico Aula- O campo elétrico Curso de Física Geral III - F-38 1º semestre, 14 F38 1S14 1 O Campo Elétrico Pelo princípio da superposição, vimos que a força que um conjunto de cargas puntiformes q 1, q,..., q

Leia mais

ELETROSTÁTICA. 20 C) toca a esfera B (Q B. 2 C); após alguns instantes, afasta-se e toca na esfera C (Q C. 6 C), retornando à posição inicial.

ELETROSTÁTICA. 20 C) toca a esfera B (Q B. 2 C); após alguns instantes, afasta-se e toca na esfera C (Q C. 6 C), retornando à posição inicial. EETROSTÁTIC 01 Dizer que a carga elétrica é quantizada significa que ela: a) só pode ser positiva b) não pode ser criada nem destruída c) pode ser isolada em qualquer quantidade d) só pode existir como

Leia mais

FÍSICA II. 02. Uma das extremidades de um fio de comprimento 3,0 m é presa a um diapasão elétrico; a outra passa por

FÍSICA II. 02. Uma das extremidades de um fio de comprimento 3,0 m é presa a um diapasão elétrico; a outra passa por FÍSICA II Esta prova tem por finalidade verificar seus conhecimentos das leis que regem a natureza. Interprete as questões do modo mais simples e usual. Não considere complicações adicionais por fatores

Leia mais

CAMPO ELÉTRICO UNIFORME 2 LISTA

CAMPO ELÉTRICO UNIFORME 2 LISTA 1. (Fatec 2008) Um elétron é colocado em repouso entre duas placas paralelas carregadas com cargas iguais e de sinais contrários. Considerando desprezível o peso do elétron, pode-se afirmar que este: a)

Leia mais

2 Campos Elétricos. 2-2 Campos elétricos. Me. Leandro B. Holanda,

2 Campos Elétricos. 2-2 Campos elétricos. Me. Leandro B. Holanda, 2 Campos Elétricos No capítulo anterior vimos como determinar a força elétrica exercida sobre uma partícula 1 de carga +q 1 quando a partícula é colocada nas proximidades de uma partícula 2 de carga +q

Leia mais

1 a Questão: (2,0 pontos)

1 a Questão: (2,0 pontos) a Questão: (, pontos) Um bloco de massa m, kg repousa sobre um plano inclinado de um ângulo θ 37 o em relação à horizontal. O bloco é subitamente impulsionado, paralelamente ao plano, por uma marretada,

Leia mais

Aprimorando os Conhecimentos de Eletricidade Lista 3 Campo Elétrico Linhas de Força Campo Elétrico de uma Esfera Condutora

Aprimorando os Conhecimentos de Eletricidade Lista 3 Campo Elétrico Linhas de Força Campo Elétrico de uma Esfera Condutora Aprimorando os Conhecimentos de letricidade Lista 3 Campo létrico Linhas de Força Campo létrico de uma sfera Condutora 1. (UFRS-004) Duas cargas elétricas, A e B, sendo A de C e B de 4C, encontram-se em

Leia mais

Halliday & Resnick Fundamentos de Física

Halliday & Resnick Fundamentos de Física Halliday & Resnick Fundamentos de Física Eletromagnetismo Volume 3 www.grupogen.com.br http://gen-io.grupogen.com.br O GEN Grupo Editorial Nacional reúne as editoras Guanabara Koogan, Santos, Roca, AC

Leia mais

Física III Escola Politécnica GABARITO DA P1 12 de abril de 2012

Física III Escola Politécnica GABARITO DA P1 12 de abril de 2012 Física III - 4320301 Escola Politécnica - 2012 GABARITO DA P1 12 de abril de 2012 Questão 1 Uma distribuição de cargas com densidade linear constante λ > 0 está localizada ao longo do eio no intervalo

Leia mais

PROCESSOS DE ELETRIZAÇÃO

PROCESSOS DE ELETRIZAÇÃO PROCESSOS DE ELETRIZAÇÃO 1. Uma partícula está eletrizada positivamente com uma carga elétrica de 8,0x10-15 C. Como o módulo da carga do elétron é 1,6 x 10-19 C, essa partícula: a) ganhou 5,0 x 10 4 elétrons.

Leia mais

FÍSICA II. (Dados sen 30 o = 0,5 e g = 10 m/s 2 )

FÍSICA II. (Dados sen 30 o = 0,5 e g = 10 m/s 2 ) FÍSCA Esta prova tem por finalidade verificar seus conhecimentos das leis que regem a natureza. nterprete as questões do modo mais simples e usual. Não considere complicações adicionais por fatores não

Leia mais

0 0 A carga elétrica que passa nesse condutor nos 4 primeiros segundos vale 3

0 0 A carga elétrica que passa nesse condutor nos 4 primeiros segundos vale 3 0 0 A carga elétrica que passa nesse condutor nos 4 primeiros segundos vale 3 1 1 Sendo a carga elementar e = 1,6.10-19 C, a quantidade de elétrons que passa condutor nos 10 s vale 3,75.10 17. 2 2 A corrente

Leia mais

QUESTÃO 16 QUESTÃO 17 PROVA DE FÍSICA II

QUESTÃO 16 QUESTÃO 17 PROVA DE FÍSICA II 7 PROVA DE FÍSICA II QUESTÃO 16 Uma barra homogênea de massa 4,0 kg e comprimento 1,0 m está apoiada em suas extremidades sobre dois suportes A e B conforme desenho abaixo. Coloca-se a seguir, apoiada

Leia mais

- Carga elétrica - Força elétrica -Campo elétrico - Potencial elétrico - Corrente elétrica - Campo magnético -Força magnetica

- Carga elétrica - Força elétrica -Campo elétrico - Potencial elétrico - Corrente elétrica - Campo magnético -Força magnetica GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: Jonas Tavares DISCIPLINA: Física SÉRIE: 3º ALUNO(a): Trabalho Recuperação 1º semestre No Anhanguera você é + Enem RELAÇÃO DE CONTEÚDOS PARA RECUPERAÇÃO - Carga elétrica - Força

Leia mais

Atividade de revisão do 1º semestre de 2009 e autoavaliação de recuperação

Atividade de revisão do 1º semestre de 2009 e autoavaliação de recuperação Física Atividade 3 os anos Glorinha ago/09 Nome: Nº: Turma: Atividade de revisão do 1º semestre de 2009 e autoavaliação de recuperação Essa atividade tem o objetivo de revisar alguns conceitos estudados

Leia mais

1º SIMULADO DISCURSIVO IME FÍSICA

1º SIMULADO DISCURSIVO IME FÍSICA FÍSICA Questão 1 Considere o veículo de massa M percorrendo uma curva inclinada, de ângulo, com raio R constante, a uma velocidade V. Supondo que o coeficiente de atrito dos pneus com o solo seja, calcule

Leia mais

Exercício 3) A formação de cargas elétrica em objetos quotidianos é mais comum em dias secos ou úmidos? Justifique a sua resposta.

Exercício 3) A formação de cargas elétrica em objetos quotidianos é mais comum em dias secos ou úmidos? Justifique a sua resposta. Exercícios Parte teórica Exercício 1) Uma esfera carregada, chamada A, com uma carga 1q, toca sequencialmente em outras 4 esferas (B, C, D e E) carregadas conforme a figura abaixo. Qual será a carga final

Leia mais

3ª série LISTA: Ensino Médio. Aluno(a): Professor(a): Jean Jaspion DIA: MÊS: 02 POTENCIAL ELÉTRICO. Segmento temático: Turma: A ( ) / B ( )

3ª série LISTA: Ensino Médio. Aluno(a): Professor(a): Jean Jaspion DIA: MÊS: 02 POTENCIAL ELÉTRICO. Segmento temático: Turma: A ( ) / B ( ) LISTA: 03 3ª série Ensino Médio Professor(a): Jean Jaspion Turma: A ( ) / B ( ) Aluno(a): Segmento temático: QUESTÃO 01 (FAMERP SP/2015) A figura mostra esquematicamente um tubo de raios catódicos, no

Leia mais

1 - Na eletrosfera de um átomo de magnésio temos 12 elétrons. Qual a carga elétrica de sua eletrosfera?

1 - Na eletrosfera de um átomo de magnésio temos 12 elétrons. Qual a carga elétrica de sua eletrosfera? 1 - Na eletrosfera de um átomo de magnésio temos 12 elétrons. Qual a carga elétrica de sua eletrosfera? 2 - Na eletrosfera de um átomo de carbono temos 6 elétrons. Qual a carga elétrica de sua eletrosfera?

Leia mais

Questão 37. Questão 39. Questão 38. alternativa C. alternativa A

Questão 37. Questão 39. Questão 38. alternativa C. alternativa A Questão 37 Segundo a lei da gravitação de Newton, o módulo F da força gravitacional exercida por uma partícula de massa m 1 sobre outra de massa m,àdistânciad da primeira, é dada por F = G mm 1, d onde

Leia mais

pudesse ser usada para esse fim? O calor de fusão do gelo é 3, J/kg.

pudesse ser usada para esse fim? O calor de fusão do gelo é 3, J/kg. 1 2 a Lista de Exercícios Potencial Elétrico - Capacitores e Dielétricos - Corrente elétrica e Resistência - Força eletromotriz e circuitos de corrente contínua 1. Em um relâmpago típico, a diferença de

Leia mais

Princípios de Eletricidade Magnetismo

Princípios de Eletricidade Magnetismo Princípios de Eletricidade Magnetismo Corrente Elétrica e Circuitos de Corrente Contínua Professor: Cristiano Faria Corrente e Movimento de Cargas Elétricas Embora uma corrente seja um movimento de partícula

Leia mais

PROVA DE FÍSICA II. Dado: calor latente de fusão da água = 3,5 x 10 5 J/kg. A) 100 B) 180 D) Zero C) 240 E) 210

PROVA DE FÍSICA II. Dado: calor latente de fusão da água = 3,5 x 10 5 J/kg. A) 100 B) 180 D) Zero C) 240 E) 210 PROVA DE FÍSCA Esta prova tem por finalidade verificar seus conhecimentos das leis que regem a natureza. nterprete as questões do modo mais simples e usual. Não considere complicações adicionais como fatores

Leia mais