Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal"

Transcrição

1 Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal

2 - Cadastro de Departamentos - Cadastro de COIs - Cadastro de Grupos de Patrimônios - Cadastro de Situação de Patrimônios - Cadastro de Localização de Patrimônios - Cadastro de Produtos - Cadastro de Patrimônios - Lançamento de Entradas - Controladoria Patrimonial - CIAP

3 Cadastro de Departamentos O departamento relacionado ao ativo permanente indicará o departamento que faz uso do mesmo, servindo também para sua localização. Essa informação será utilizada no Cadastro de Localização de Patrimônios, sendo obrigatória sua existência.

4 Cadastro de COIs O COI (Código de Operação Interna) será utilizado somente para entrada da nota fiscal de compra do ativo permanente. Como se sabe, a informação dos dados da nota fiscal de entrada é obrigatória tanto bloco G do EFD ICMS/IPI, para aproveitamento dos créditos de ICMS do ativo permanente, como nos blocos F120 e F130 do EFD Contribuições, para aproveitamento do PIS e COFINS sobre o ativo permanente.

5 Cadastro de Grupos de Patrimônio Os Grupos são utilizados, como o nome já sugere, para agrupar os ativos similares. Além desse agrupamento, permitem também pré-definir as configurações de depreciação/amortização/exaustão. Ao cadastrar um patrimônio, o sistema exigirá que seja relacionado um grupo.

6 Cadastro de Situação de Patrimônios As situações indicam o status do patrimônio, quanto a sua possibilidade de utilização. Sempre que houver entrada de notas que movimentem patrimônio, será solicitada uma situação. As situações são também utilizadas para indicar quais ativos são depreciáveis, na Controladoria Patrimonial.

7 Cadastro de Localização de Patrimônios A localização indica em qual empresa/departamento o ativo se encontra. Essa informação será solicitada sempre que houver movimentação (entrada, saída, transferência) do ativo.

8 Cadastro de Produtos O cadastro de produtos permitirá o lançamento da nota de entrada do ativo imobilizado. É útil também pois ao ser importado no cadastro de patrimônios, preenche algumas informações básicas do mesmo. Os produtos cadastrados como Patrimônio não poderão ser movimentados com COIs normais, mas somente com COIs específicos para movimentação patrimonial.

9 Cadastro de Patrimônios O cadastro do patrimônio é o último pré-requisito para movimentação patrimonial. Nele serão informados dados específicos para cada movimento: Depreciação, CIAP e PIS/COFINS sobre ativo permanente. A observação do cadastro de patrimônio é obrigatória e deve conter a finalidade do bem, pois será exportada para o SPED Fiscal, no registro 0305.

10 Lançamentos de Entrada Após os devidos cadastros, o usuário optará por fazer a aquisição já na nota de entrada, ou então após o lançamento fará a aquisição. A configuração está localizada em Arquivo/Configurações Gerais/Notas de Entrada, flag Efetua aquisição do patrimônio na Nota de Entrada

11 Após o lançamento da nota fiscal, o ativo ficará disponível na Controladoria Patrimonial para os devidos movimentos: - Aquisição - Reavaliação - Transferência - Deterioração - Baixa - Outros

12 CIAP Conceito O CIAP Crédito de ICMS do Ativo Permanente - é um crédito a ser apropriado em decorrência da entrada no estabelecimento, de mercadorias (tributadas) destinadas ao ativo permanente. O contribuinte deverá manter a escrituração do Controle de Crédito do Ativo Permanente, cuja finalidade é determinar o valor da adjudicação mensal do crédito fiscal.

13 CIAP Valor mensal da apropriação Via de regra, o valor do bem é multiplicado pela alíquota de ICMS, sendo o resultado dividido por 48, isto é, o valor total do crédito será parcelado em 4 anos. Veja o exemplo abaixo: Valor Total do Bem R$ ,00 Alíquota de ICMS 12% Valor do Crédito Possível R$ ,00 Quantidade de Parcelas 48x Valor Mensal a Apropriar R$ 337,50

14 CIAP Apropriação Proporcional às Vendas Tributadas Alguns estados, como Paraná, São Paulo, Santa Catarina (entre outros) limitam o crédito mensal à proporção de vendas tributadas, conforme exemplo abaixo: Faturamento Bruto R$ ,77 100% Vendas Tributadas R$ ,18 47,52% Vendas Não Tributadas R$ ,59 52,48% Total Créditos CIAP R$ 337,50 Vendas Tributadas 47,52% Crédito a Apropriar R$ 160,40 Crédito Não recuperável R$ 177,10

15 CIAP Créditos não admitidos O direito a crédito de ICMS sobre ativo permanente não encontra bases para aplicação em empresas enquadradas no Simples Nacional, conforme Art. 23 da LC 123/2006: As microempresas e as empresas de pequeno porte optantes pelo Simples Nacional não farão jus à apropriação nem transferirão créditos relativos a impostos ou contribuições abrangidos pelo Simples Nacional.

16 CIAP! Créditos não admitidos Para efeito de apuração do montante devido do imposto, não é admitido crédito fiscal, relativo à entrada de mercadorias ou utilização de serviços resultantes de operações ou prestações isentas ou não tributadas ou que se refiram a mercadorias ou serviços alheios à atividade do estabelecimento. Exemplo: Veículo para transporte pessoal. Observar sempre a legislação estadual do ICMS.

Parecer Consultoria Tributária

Parecer Consultoria Tributária Questão O cliente, do ramo industrial, sediado no Paraná, adquire um bem para seu imobilizado, cujo NCM está sujeito a substituição tributária (ICMS cobrado antecipadamente por substituição tributária).

Leia mais

TRANSFERÊNCIAS DE BENS IMOBILIZADOS

TRANSFERÊNCIAS DE BENS IMOBILIZADOS TRANSFERÊNCIAS DE BENS IMOBILIZADOS Está disponível no Módulo Patrimônio do SIAGRI Agribusiness a transferência de bens imobilizados. Esta nova funcionalidade realiza a transferência de bens entre as empresas,

Leia mais

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Livros Contábeis e Fiscais Conforme disposto nas Leis 6.404/76 e 11.638/07 e RIR/99, as empresas estão obrigadas a manter escriturados os seguintes livros:

Leia mais

CONTAB. em pauta LIDADE APROPRIAÇÃO DE CRÉDITO NA AQUISIÇÃO DE BENS PARA O ATIVO PERMANENTE

CONTAB. em pauta LIDADE APROPRIAÇÃO DE CRÉDITO NA AQUISIÇÃO DE BENS PARA O ATIVO PERMANENTE CONTAB em pauta LIDADE APROPRIAÇÃO DE CRÉDITO NA AQUISIÇÃO DE BENS PARA O ATIVO PERMANENTE Altevir de Jesus Grein 1 Neste artigo será abordadosobre a utilização do crédito em relação ao CIAP Controle de

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos CIAP Modelo C Apropriação em frações distintas

Parecer Consultoria Tributária Segmentos CIAP Modelo C Apropriação em frações distintas CIAP Modelo C Apropriação em frações distintas 12/05/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1. IN 45/98... 4 3.2. EFD

Leia mais

Sistema Público de. Próximos passos. São Paulo, 15 de julho de 2010.

Sistema Público de. Próximos passos. São Paulo, 15 de julho de 2010. Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) Próximos passos São Paulo, 15 de julho de 2010. NOVOS PROJETOS AGENDA e-ciap (Bloco G do SPED Fiscal) e-lalur e FCONT SPED Fiscal de PIS e Cofins e-fopag

Leia mais

Manual CIAP Controle de Crédito de ICMS do Ativo Permanente.

Manual CIAP Controle de Crédito de ICMS do Ativo Permanente. Manual CIAP Controle de Crédito de. DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autor: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 02 Revisão: Gustavo e Mauro Aprovado em: Março de 2015. Nota de copyright Copyright 2015 Teorema Informática,

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.102a SPED PIS/COFINS

Cordilheira Escrita Fiscal 2.102a SPED PIS/COFINS LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Manual de Ativo Imobilizado

Manual de Ativo Imobilizado Manual de Ativo Imobilizado Este manual foi cuidadosamente elaborado pela ELPIS INFORMÁTICA, com a intenção de garantir ao usuário, todas as orientações necessárias para que possa usufruir ao máximo de

Leia mais

SOFOLHA SOLUÇÕES CORPORATIVAS CONSULTORIA TRIBUTÁRIA. Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido

SOFOLHA SOLUÇÕES CORPORATIVAS CONSULTORIA TRIBUTÁRIA. Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido Legislação Conforme instituído pela Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010, sujeitam à obrigatoriedade de geração de arquivo da Escrituração Fiscal

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE A NOVA FORMA DE CONFIGURAÇÃO TRIBUTAÇÃO DE PIS E COFINS

ORIENTAÇÕES SOBRE A NOVA FORMA DE CONFIGURAÇÃO TRIBUTAÇÃO DE PIS E COFINS ORIENTAÇÕES SOBRE A NOVA FORMA DE CONFIGURAÇÃO TRIBUTAÇÃO DE PIS E COFINS O método de configuração e tributação anterior não atendia as necessidades de grupos empresariais com regimes de apuração distintos,

Leia mais

Título: Como configurar uma empresa de lucro presumido com regime de caixa?

Título: Como configurar uma empresa de lucro presumido com regime de caixa? Título: Como configurar uma empresa de lucro presumido com regime de caixa? 1 PARÂMETROS DA EMPRESA 1.1 Acesse o menu CONTROLE e clique em PARÂMETROS; 1.2 Na guia GERAL, clique em IMPOSTOS; 1.3 - Verifique

Leia mais

Tributação Indireta no contexto do IFRS. Possíveis Impactos no ICMS/ISS

Tributação Indireta no contexto do IFRS. Possíveis Impactos no ICMS/ISS Tributação Indireta no contexto do IFRS Possíveis Impactos no ICMS/ISS Reunião GEDEC 28/10/2015 Escopo da Apresentação Foram analisados os CPCs que possam gerar controvérsias ou possíveis impactos fiscais

Leia mais

Sped Fiscal - Resumo

Sped Fiscal - Resumo Sped Fiscal - Resumo Bloco Descrição 0 Abertura, Identificação e Referências C Documentos Fiscais I Mercadorias (ICMS/IPI) D Documentos Fiscais II Serviços (ICMS) E Apuração do ICMS e do IPI G Controle

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Aquisição de Ativo Imobilizado - Créditos PIS/COFINS Contabilização e Reflexos Blocos F120 e F130 da EFD

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Aquisição de Ativo Imobilizado - Créditos PIS/COFINS Contabilização e Reflexos Blocos F120 e F130 da EFD Aquisição de Ativo Imobilizado - Créditos PIS/COFINS Contabilização e Reflexos Blocos F120 e F130 da EFD Contribuições 27/01/2015 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas

Leia mais

FIATNET - EXPORTAÇÃO SPED PIS/COFINS NOTA TÉCNICA - CONFIGURAÇÕES NECESSÁRIAS

FIATNET - EXPORTAÇÃO SPED PIS/COFINS NOTA TÉCNICA - CONFIGURAÇÕES NECESSÁRIAS FIATNET - EXPORTAÇÃO SPED PIS/COFINS NOTA TÉCNICA - CONFIGURAÇÕES NECESSÁRIAS ATUALIZADA EM: 15/08/2011 ÍNDICE 1. CONFIGURAÇÃO NATUREZAS DE OPERAÇÕES... 1 1.1. Naturezas de Operações (compras)... 3 1.2.

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Número de parcelas para aproveitamento do crédito do CIAP no RS

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Número de parcelas para aproveitamento do crédito do CIAP no RS CIAP no RS 24/07/2014 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 4 4. Conclusão... 9 5. Informações Complementares...

Leia mais

Manual de Utilização Logicorp Phoenix ERP

Manual de Utilização Logicorp Phoenix ERP Manual de Utilização Logicorp Phoenix ERP Fórmulas Fiscais ML-01 Versão 5_5_1 Departamento: Módulo: Coordenador de Projetos: Data: Número de Controle: Desenvolvido por: ERP Fiscal Rafael Marin 06/05/2013

Leia mais

Página 2 de 5 No caso da ausência de comprovação de que essas bonificações estejam relacionadas com a aquisição das mercadorias, essa operação será ca

Página 2 de 5 No caso da ausência de comprovação de que essas bonificações estejam relacionadas com a aquisição das mercadorias, essa operação será ca Página 1 de 5 Este procedimento foi elaborado com base nas Leis nºs 10.406/2002; 9.249/1995; 10.637/2002; 10.833/2003; 11.941/2009; Lei Complementar nº 123/2006; e Resolução CGSN nº 94/2011 IRPJ/CSL/Cofins/PIS-Pasep/Simples

Leia mais

Importação de NF-e (Entrada)

Importação de NF-e (Entrada) Importação de NF-e (Entrada) Procedimentos para Importar Nota Fiscal de Entrada por XML A importação de notas de entrada pode ser efetuada através do arquivo XML referente a uma nota de saída do fornecedor,

Leia mais

Fiscal Configurar Impostos Fiscais

Fiscal Configurar Impostos Fiscais Fiscal Configurar Impostos Fiscais Objetivo Configurar todos os impostos que refletirão na Nota Fiscal de Saída. Pré- Requisitos As Taxas Tributárias dos Produtos devem ser devidamente cadastradas ( Fiscal

Leia mais

PIS e COFINS. Aspectos conceituais. Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto

PIS e COFINS. Aspectos conceituais. Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto PIS e COFINS Aspectos conceituais Núcleo de Estudos em Controladoria e Contabilidade Tributária Prof. Amaury

Leia mais

Help. [EFD PIS/COFINS Configurando o Integra]

Help. [EFD PIS/COFINS Configurando o Integra] l Help [EFD PIS/COFINS Configurando o Integra] 1 Cadastro de Filiais Inserido nova aba Config. SPED, contendo inúmeras configurações para a EFD PIS/COFINS. Contabilista: Deve ser cadastrado como fornecedor

Leia mais

Considerações na Proposta Técnica

Considerações na Proposta Técnica Considerações na Proposta Técnica CRUZAMENTOS: 1-ECD x DIPJ No módulo de Cruzamento envolvendo arquivos ECD X DIPJ, o sistema IOB Auditor Eletrônico SPED trabalha na composição das fichas da DIPJ extraindo

Leia mais

SPED PIS/Cofins. Escrita Fiscal Tutorial

SPED PIS/Cofins. Escrita Fiscal Tutorial 1 SPED PIS/Cofins Conforme Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010 (D.O.U. 7.7.2010), que institui a Escrituração Fiscal Digital do PIS/Pasep e da Cofins - EFD-PIS/Cofins (Alterada pela

Leia mais

Pacote 3405 Cálculo da Contribuição Previdenciária sobre Receita Bruta

Pacote 3405 Cálculo da Contribuição Previdenciária sobre Receita Bruta Pacote 3405 Cálculo da Contribuição Previdenciária sobre Receita Bruta Estabelecemos abaixo um roteiro para cálculo da Contribuição Previdenciária sobre Receita Bruta, com os passos desde a configuração

Leia mais

SOFOLHA INFORMÁTICA LTDA CONSULTORIA TRIBUTÁRIA. ECF x SOFISCAL x Projeto SPED

SOFOLHA INFORMÁTICA LTDA CONSULTORIA TRIBUTÁRIA. ECF x SOFISCAL x Projeto SPED ECF x SOFISCAL x Projeto SPED Seguindo rigorosamente os principais dispositivos legais que tratam sobre o assunto, a Portaria CAT nº 55, de 14 de julho de 1998, a Portaria CAT nº 32, de 28 de março de

Leia mais

Quem sou? Lucas Nunes

Quem sou? Lucas Nunes Olá! Bem Vindos! Quem sou? Lucas Nunes Supervisor de Suporte PC Sistemas Goiânia/GO Circuito de Capacitação de Clientes Usabilidade Informação Melhores Práticas Conhecimento Relacionamento Atualizações

Leia mais

Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003)

Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003) EVOLUÇÃO Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003) Art. 37 da Constituição Federal... XXII as administrações tributárias da União dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios,... e autuarão de forma

Leia mais

4º O contribuinte deverá considerar, destacadamente, para fim de pagamento:

4º O contribuinte deverá considerar, destacadamente, para fim de pagamento: Das Alíquotas e Base de Cálculo e dos Créditos Art. 18. O valor devido mensalmente pela microempresa e empresa de pequeno porte, optante do Simples Nacional, será determinado mediante aplicação da tabela

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÕES DOS SISTEMAS DIGISAT PARA SPED EFD CONTRIBUIÇÕES

MANUAL DE CONFIGURAÇÕES DOS SISTEMAS DIGISAT PARA SPED EFD CONTRIBUIÇÕES MANUAL DE CONFIGURAÇÕES DOS SISTEMAS DIGISAT PARA SPED EFD CONTRIBUIÇÕES Digisat Tecnologia Ltda Rua Marechal Deodoro, 772 Edifício Mirage 1º Andar Centro Concórdia/SC CEP: 89700-000 Fone/Fax: (49) 3441-1600

Leia mais

02/02/2017. Prof. Marcos Lima

02/02/2017. Prof. Marcos Lima Prof. Marcos Lima Contador, graduado pela Universidade Estadual do Ceará - UECE Especialista em Auditoria (UNIFOR) Consultor Tributário e Contábil Independente Diretor Executivo da Fortes Educação Professor

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital de PIS/Pasep e Cofins. Sistema Público de Escrituração Digital

Escrituração Fiscal Digital de PIS/Pasep e Cofins. Sistema Público de Escrituração Digital Escrituração Fiscal Digital de PIS/Pasep e Cofins Sistema Público de Escrituração Digital ARRECADAÇÃO FEDERAL 2008 Imposto de Renda Pessoa Jurídica (SPED - ECD): 72 Bilhões PJ Não Financeiras 12 Bilhões

Leia mais

Como configurar PIS e COFINS para cálculo de bebidas frias conforme art. 30, Decreto ?

Como configurar PIS e COFINS para cálculo de bebidas frias conforme art. 30, Decreto ? Como configurar PIS e COFINS para cálculo de bebidas frias conforme art. 30, Decreto 8.442-2015? Através desta solução, será possível configurar o cadastro de produtos para calcular os impostos PIS e COFINS,

Leia mais

Título: Como gerar crédito presumido de PIS e COFINS para empresas sujeitas ao regime cumulativo conforme art. 31, Lei nº /2015?

Título: Como gerar crédito presumido de PIS e COFINS para empresas sujeitas ao regime cumulativo conforme art. 31, Lei nº /2015? Título: Como gerar crédito presumido de PIS e COFINS para empresas sujeitas ao regime cumulativo conforme art. 31, Lei nº 13.097/2015? 1 PARÂMETROS DA EMPRESA 1.1 Acesse o menu CONTROLE e clique em PARÂMETROS;

Leia mais

CIAP. CONTROLE DO CRÉDITO DE ICMS DO ATIVO PERMANENTE LOGIX 10.02/11 Versão 1.2

CIAP. CONTROLE DO CRÉDITO DE ICMS DO ATIVO PERMANENTE LOGIX 10.02/11 Versão 1.2 CIAP CONTROLE DO CRÉDITO DE ICMS DO ATIVO PERMANENTE LOGIX 10.02/11 Versão 1.2 ÍNDICE 1. INSTALAÇÃO DO CIAP... 4 1.1 Inclusão no Menu... 4 1.2 Relação dos programas do módulo... 5 1.3 Migrar registros

Leia mais

Informativo Extra Bloco G Março/2010

Informativo Extra Bloco G Março/2010 Bloco G Março/2010 2 1. PRÉ-REQUISITOS DO PW.SATI... 3 2. PRÉ-REQUISITOS DO PW.SATI-SPED... 3 2.1 ATUALIZAÇÃO PARA A VERSÃO 1.0.2 DO PW.SATI-SPED... 3 2.2 ATUALIZAÇÃO DOS AGRUPAMENTOS GRP_SATI_BLOCO_G

Leia mais

NOVA CONFIGURAÇÃO TRIBUTAÇÃO DE PIS E COFINS

NOVA CONFIGURAÇÃO TRIBUTAÇÃO DE PIS E COFINS NOVA CONFIGURAÇÃO TRIBUTAÇÃO DE PIS E COFINS O método de configuração e tributação anterior não atendia as necessidades de grupos empresariais com regimes de apuração distintos, dentro do mesmo banco de

Leia mais

Índice. Menu Movimentos Lançamentos Fiscais (Comércio e Indústria) Iob.com.br folhamatic.com.br

Índice. Menu Movimentos Lançamentos Fiscais (Comércio e Indústria) Iob.com.br folhamatic.com.br Índice Central Folhamatic...06 Menu Arquivos...07 Cadastro de Empresas... 07 Aba Básico... 07 Aba E-Fiscal... 08 Cadastros... 11 Filas... 11 Clientes e Fornecedores... 12 Sócios... 13 Serviços... 14 Código

Leia mais

SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil

SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil Bloco 0 Abertura do arquivo Operações de serviços Bloco A Operações de CTRC e outros serviços com ICMS Apuração dos valores dos impostos Fechamento do arquivo

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Simples Nacional e a transferência de créditos de PIS/COFINS Paulo Nadir Rosa de Moura* A Constituição Federal (CF) de 1988, no artigo 146, inciso III, alínea "d", dispõe que lei

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

Declaração do Simples Nacional relativa à Substituição Tributária e ao Diferencial de Alíquota STDA

Declaração do Simples Nacional relativa à Substituição Tributária e ao Diferencial de Alíquota STDA Declaração do Simples Nacional relativa à Substituição Tributária e ao Diferencial de Alíquota STDA O que é A STDA é uma Declaração das operações interestaduais realizadas por contribuintes paulistas do

Leia mais

Analista Fiscal ICMS, IPI, ISS, PIS e Cofins

Analista Fiscal ICMS, IPI, ISS, PIS e Cofins CURSO Analista Fiscal ICMS, IPI, ISS, PIS e Cofins (O único curso da região ministrado por especialistas em cada área abordada) Orientadores Andréa Giungi Contadora; consultora da CPA; MBA em Controladoria

Leia mais

2º Encontro de Usuários PW.SATI. Rio de Janeiro

2º Encontro de Usuários PW.SATI. Rio de Janeiro 2º Encontro de Usuários PW.SATI março de 10 Rio de Janeiro SPED Fiscal Bloco G VIGÊNCIA: Julho/2010 - ENTREGA: Agosto/2010 PREMISSAS: ERP SAP: Informações adicionais de Ativo (ZLFR062) Já disponível Plano

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O MODULO FISCAL

MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O MODULO FISCAL MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O MODULO FISCAL VITÓRIA 2016 SUMÁRIO CADASTROS GERAIS... 3 Cadastro de Empresas... 3 Cadastro de Autônomos e Sócios... 6 Cadastro de Participantes... 7 Cadastro de Itens (Produtos)...

Leia mais

TABELA CRT E CSOSN - SIMPLES NACIONAL

TABELA CRT E CSOSN - SIMPLES NACIONAL TABELA CRT E CSOSN - SIMPLES NACIONAL Código CRT Código de regime tributário Comentários 1 SIMPLES NACIONAL quando for optante pelo Simples Nacional. 2 3 Código SIMPLES NACIONAL - EXCESSO DE SUBLIMITE

Leia mais

Tipo de Movimento de Entrada e Saída

Tipo de Movimento de Entrada e Saída Tipo de Movimento de Entrada Procedimentos de Configuração, para Parametrizar o SISGEM com os Tipos de Movimentações. Copyright 2010 flexlife todos diretos reservados www. flexlife.com.br Versão 1.1-19/08/15

Leia mais

AC FISCAL IMPORTAÇÃO ARQUIVO SPED ICMS/IPI

AC FISCAL IMPORTAÇÃO ARQUIVO SPED ICMS/IPI AC FISCAL IMPORTAÇÃO ARQUIVO SPED ICMS/IPI Esse manual tem por objetivo mostrar o que deve estar cadastrado no AC Fiscal para que a importação do arquivo do SPED ICMS seja processada de forma correta.

Leia mais

: 21/08/14 Data da revisão : 21/12/15. Banco(s) de Dados

: 21/08/14 Data da revisão : 21/12/15. Banco(s) de Dados Geração do Bloco K do SPED Fiscal (Legislação 01) Produto : Logix Gestão Fiscal 10.02\11.0 Chamado : PCREQ-4105 Data da criação : 21/08/14 Data da revisão : 21/12/15 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados

Leia mais

Título: MG - Como configurar o sistema para gerar o imposto 8 DIFALI por produto?

Título: MG - Como configurar o sistema para gerar o imposto 8 DIFALI por produto? Título: MG - Como configurar o sistema para gerar o imposto 8 DIFALI por produto? 1 PARÂMETROS EMPRESA 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 Clique no botão [Nova Vigência]; 1.3 Na guia

Leia mais

Título: Como considerar descontos obtidos como receita financeira para cálculo do PIS e COFINS?

Título: Como considerar descontos obtidos como receita financeira para cálculo do PIS e COFINS? Título: Como considerar descontos obtidos como receita financeira para cálculo do PIS e COFINS? 1- PARÂMETROS 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 Na guia GERAL, opção IMPOSTOS, verifique

Leia mais

Título: Como apropriar o ICMS do crédito imobilizado realizando a integração contábil entre curto e longo prazo Até o término do exercício seguinte?

Título: Como apropriar o ICMS do crédito imobilizado realizando a integração contábil entre curto e longo prazo Até o término do exercício seguinte? Título: Como apropriar o ICMS do crédito imobilizado realizando a integração contábil entre curto e longo prazo Até o término do exercício seguinte? Através desta opção, você poderá realizar os lançamentos

Leia mais

Informativo Extra Bloco G. Janeiro/ 2011

Informativo Extra Bloco G. Janeiro/ 2011 Bloco G Janeiro/ 2011 2 1. PRÉ-REQUISITOS DO PW.SATI... 3 2. PRÉ-REQUISITOS DO PW.SPED... 3 2.1 ATUALIZAÇÃO PARA A VERSÃO 1.0.3 DO PW.SPED... 3 2.2 ATUALIZAÇÃO TELA FICHA DE COMPENSAÇÃO... 3 2.3 ATUALIZAÇÃO

Leia mais

Código de Situação Tributária

Código de Situação Tributária Código de Situação O código da situação tributária será composto de três dígitos, onde o 1 dígito indicará a origem da mercadoria, com base na Tabela A e os dois últimos dígitos a tributação pelo ICMS,

Leia mais

SISTEMA PUBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL - SPED

SISTEMA PUBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL - SPED SISTEMA PUBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL - SPED OUT/2010 REGIME NÃO-CUMULATIVO REGIME CUMULATIVO TRIBUTAÇÃO MONOFÁSICA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA VENDAS COM SUSPENSÃO VENDAS A ALÍQUOTA ZERO VENDAS COM ISENÇÃO

Leia mais

Geração Arquivo Sped Fiscal

Geração Arquivo Sped Fiscal Luciane D. Velasques 09/11/2016 1/17 Geração Arquivo Sped Fiscal Sumário 1. Introdução:... 2 2. Importação das notas para os Livros Fiscais:... 2 3. Apuração do ICMS... 4 4. Geração do Arquivo Sped...

Leia mais

Título: Como configurar o sistema para utilizar o crédito de PIS e COFINS após o término do prazo decadencial?

Título: Como configurar o sistema para utilizar o crédito de PIS e COFINS após o término do prazo decadencial? Título: Como configurar o sistema para utilizar o crédito de PIS e COFINS após o término do prazo decadencial? 1 PARÂMETROS; 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 Na guia GERAL, clique

Leia mais

Título: PR - Como configurar o sistema para Estornar o crédito de ICMS conforme Art. 71 RICMS Produtos Cesta Básica?

Título: PR - Como configurar o sistema para Estornar o crédito de ICMS conforme Art. 71 RICMS Produtos Cesta Básica? Título: PR - Como configurar o sistema para Estornar o crédito de ICMS conforme Art. 71 RICMS Produtos Cesta Básica? Esta configuração é exclusiva para empresas situadas no estado do Paraná, que realizam

Leia mais

b) Os CFOPs com substituição tributária são: Compra de mercadoria para uso ou consumo cuja mercadoria está sujeita ao regime de

b) Os CFOPs com substituição tributária são: Compra de mercadoria para uso ou consumo cuja mercadoria está sujeita ao regime de Primeiramente não existe no Regulamento do ICMS do Estado de São Paulo, Decreto 45.490/2000 o conceito de material de uso ou consumo, porém podese entender que tudo que não se utiliza como insumo e também

Leia mais

1 PARÂMETROS DA EMPRESA

1 PARÂMETROS DA EMPRESA Título: Como excluir da receita bruta e da base de cálculo dos impostos, os valores repassados pelas agências de propaganda e empresas de rádio, televisão e outros? 1 PARÂMETROS DA EMPRESA 1.1 Acesse o

Leia mais

ICMS FRONTEIRA ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO ASPECTOS FISCAIS INSTRUTOR: MARCELO REOLON

ICMS FRONTEIRA ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO ASPECTOS FISCAIS INSTRUTOR: MARCELO REOLON ICMS FRONTEIRA ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO ASPECTOS FISCAIS INSTRUTOR: MARCELO REOLON CONCEITOS ANTECIPAÇÃO E DIFERENCIAL DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS: Art. 4 - Nas operações com mercadorias ou bens considera-se

Leia mais

Manual sobre a elaboração dos registros 1200 e 1210 do Sped Fiscal dentro do MakroContábil

Manual sobre a elaboração dos registros 1200 e 1210 do Sped Fiscal dentro do MakroContábil Manual sobre a elaboração dos registros 1200 e 1210 do Sped Fiscal dentro do MakroContábil 1 Introdução A resolução nº 4.757/2015 trouxe a obrigatoriedade de apresentação dos registros 1200 e 1210 para

Leia mais

Neste bip. Novas Configurações de Plano de Saúde. Você Sabia? Edição 49 Setembro de 2014

Neste bip. Novas Configurações de Plano de Saúde. Você Sabia? Edição 49 Setembro de 2014 Neste bip Novas configurações de plano de saúde... 1 Alterações no Rumo para o CAGED... 2 Cuidado ao instalar o programa DAPI... 2 Data de entrada ao importar notas do site... 3 Importação de extrato bancário...

Leia mais

> Decreto nº /08/08 ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA PORTARIA SEF Nº 256/04

> Decreto nº /08/08 ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA PORTARIA SEF Nº 256/04 > Decreto nº 1.607-15/08/08 ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA PORTARIA SEF Nº 256/04 Consolida: Portaria SEF nº 049/05 Portaria SEF nº 126/05 Portaria SEF nº 167/05 Portaria SEF

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos Detalhamento de Receitas Recebidas no Registro F500 do SPED Contribuições 21/07/14

Orientações Consultoria de Segmentos Detalhamento de Receitas Recebidas no Registro F500 do SPED Contribuições 21/07/14 21/07/14 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 2.1. Perguntas RFB... 3 2.2. Artigo Portal Tributário... 4 3. Análise da Consultoria... 4 3.1. Manual SPED...

Leia mais

Título: Como realizar o cálculo de PIS e COFINS de bebidas frias para mais de um código de recolhimento, conforme art. 30, Decreto 8.442/2015?

Título: Como realizar o cálculo de PIS e COFINS de bebidas frias para mais de um código de recolhimento, conforme art. 30, Decreto 8.442/2015? Título: Como realizar o cálculo de PIS e COFINS de bebidas frias para mais de um código de recolhimento, conforme art. 30, Decreto 8.442/2015? 1.1 Acesse o menu CONTROLE e clique em PARÂMETROS; 1.2 Na

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos ICMS/MT Mudanças no prenchimento da EFD ICMS/IPI em decorrências de alterações introduzidas na Portaria 7/2017

Orientações Consultoria de Segmentos ICMS/MT Mudanças no prenchimento da EFD ICMS/IPI em decorrências de alterações introduzidas na Portaria 7/2017 ICMS/MT Mudanças no prenchimento da EFD ICMS/IPI em decorrências de alterações introduzidas na Portaria 7/2017 26/05/2017 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS

MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS SUMÁRIO Introdução... 1 Sobre o Suporte Técnico... 1 EFD Contribuições Financeiras e Assemelhadas...2 Contrib Retida Fonte F600... 2 Receitas

Leia mais

Título: Como considerar os juros, multas e outras como receita financeira para o cálculo dos impostos PIS e COFINS?

Título: Como considerar os juros, multas e outras como receita financeira para o cálculo dos impostos PIS e COFINS? Título: Como considerar os juros, multas e outras como receita financeira para o cálculo dos impostos PIS e COFINS? 1 PARÂMETROS EMPRESA 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 Clique no

Leia mais

Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado de São Paulo.

Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado de São Paulo. Título: SP - Como realizar o cálculo do ICMS sobre estoque de mercadorias incluídas ou excluídas da Substituição Tributária conforme comunicado CAT - 26/2015? Esta solução é exclusiva para empresas situadas

Leia mais

RJ - Como realizar o estorno proporcional de crédito referente as saídas isentas ou não tributadas, conforme Art. 37, I, Livro I do RICMS?

RJ - Como realizar o estorno proporcional de crédito referente as saídas isentas ou não tributadas, conforme Art. 37, I, Livro I do RICMS? RJ - Como realizar o estorno proporcional de crédito referente as saídas isentas ou não tributadas, conforme Art. 37, I, Livro I do RICMS? Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado do Rio

Leia mais

Título: Como realizar o cálculo do ICMS Diferencial de Alíquota, nas Saídas para Fora do estado a não contribuinte para empresas do Simples Nacional?

Título: Como realizar o cálculo do ICMS Diferencial de Alíquota, nas Saídas para Fora do estado a não contribuinte para empresas do Simples Nacional? Título: Como realizar o cálculo do ICMS Diferencial de Alíquota, nas Saídas para Fora do estado a não contribuinte para empresas do Simples Nacional? 1 PARÂMETROS; 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique em

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Registro de Inventário

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Registro de Inventário 28/01/2014 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas Pelo Cliente... 3 3. Análise da Legislação... 4 4. Conclusão... 8 5. Informações Complementares... 8 6. Referências...

Leia mais

Como importar o valor da folha e do imposto INSS/CPP dos últimos 12 meses para o cálculo do Simples Nacional?

Como importar o valor da folha e do imposto INSS/CPP dos últimos 12 meses para o cálculo do Simples Nacional? Como importar o valor da folha e do imposto INSS/CPP dos últimos 12 meses para o cálculo do Simples Nacional? Através desta solução, será demonstrado quais lançamentos realizar para que sejam importados

Leia mais

FORTES FISCAL INVENTÁRIO

FORTES FISCAL INVENTÁRIO FORTES FISCAL INVENTÁRIO Esse manual tem por objetivo demonstrar as formas de inclusão do inventário no Fortes Fiscal, bem como a geração do mesmo no arquivo SPED Fiscal. Atualmente existem existem três

Leia mais

Título: SC - Como realizar a configuração de crédito presumido de leite in natura An2, Art.15, X?

Título: SC - Como realizar a configuração de crédito presumido de leite in natura An2, Art.15, X? Título: SC - Como realizar a configuração de crédito presumido de leite in natura An2, Art.15, X? 1 PARÂMETROS EMPRESA 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 Clique no botão [Nova Vigência];

Leia mais

Procedimento. Levantamento de Estoque e recolhimento do imposto. Contribuintes sujeitos ao Regime Periódico de Apuração - RPA

Procedimento. Levantamento de Estoque e recolhimento do imposto. Contribuintes sujeitos ao Regime Periódico de Apuração - RPA Procedimento Levantamento de Estoque e recolhimento do imposto Contribuintes sujeitos ao Regime Periódico de Apuração - RPA O contribuinte substituído, sujeito ao Regime Periódico de Apuração - RPA que,

Leia mais

Como antecipar riscos através do cruzamentos de arquivos digitais?

Como antecipar riscos através do cruzamentos de arquivos digitais? Como antecipar riscos através do cruzamentos de arquivos digitais? Contexto Tributário Brasileiro A evolução da administração pública em gerir tributos UNIVERSO EMPRESARIAL* + de 4 MI Formais + de 2 MI

Leia mais

NOVA CONFIGURAÇÃO DE TRIBUTAÇÃO DO IPI

NOVA CONFIGURAÇÃO DE TRIBUTAÇÃO DO IPI NOVA CONFIGURAÇÃO DE TRIBUTAÇÃO DO IPI Com o crescimento do uso do Siagri Agribusiness em empresas contribuintes do IPI e também devido aos tratamentos exigidos pelo EFD Fiscal (SPED Fiscal), tornou-se

Leia mais

GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES ICMS Santa Catarina Não foi publicada nenhuma alteração até o fechamento dessa edição do Guia.

GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES ICMS Santa Catarina Não foi publicada nenhuma alteração até o fechamento dessa edição do Guia. GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES 19.10.2015 1. ICMS Santa Catarina Não foi publicada nenhuma alteração até o fechamento dessa edição do Guia. 2. Legislação Federal SOLUÇÃO DE CONSULTA DISIT/SRRF07 Nº 7045, DE

Leia mais

CHEQUE MORADIA FEV

CHEQUE MORADIA FEV CHEQUE MORADIA FEV - 2016 CHEQUE MORADIA É o instrumento de operacionalização do Programa CHEQUE MORADIA (Nossa Casa), que permite o aproveitamento do crédito outorgado do ICMS ao fornecedor de mercadoria

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Calculo de ICMS ST Optante pelo Simples Nacional

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Calculo de ICMS ST Optante pelo Simples Nacional Calculo de 07/11/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. Resolução CGSN nº51 de 22/12/2008... 3 3.2. Lei complementar

Leia mais

Procedimentos de Escrituração dos Estoques e Principais Alterações na Substituição Tributária

Procedimentos de Escrituração dos Estoques e Principais Alterações na Substituição Tributária Procedimentos de Escrituração dos Estoques e Principais Alterações na Substituição Tributária Breve Histórico das alterações Lei Complementar 147 de 2014 O primeiro fator a impulsionar as alterações na

Leia mais

Simples Nacional 1 Hugo Medeiros de Goes

Simples Nacional 1 Hugo Medeiros de Goes Hugo Medeiros de Goes SIMPLES NACIONAL (2ª parte) De acordo com a Lei Complementar nº 123, de 14/12/2006 (arts. 12 e 88), em 1º de julho de 2007, entra em vigor o Regime Especial Unificado de Arrecadação

Leia mais

Grupo IOB Folhamatic EBS > Sage Escrita Fiscal 4

Grupo IOB Folhamatic EBS > Sage Escrita Fiscal 4 Cadastro de Sócios... 77 Digitações de Sócios... 78 Digitações de Empresas... 79 Dados dos Impostos... 80 Impressão de Guias de Recolhimento... 81 ICMS- GARE... 81 ICMS - ST... 82 DARF... 83 DARF em Quotas...

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÕES DOS SISTEMAS DIGISAT PARA EFD CONTRIBUIÇÕES PIS/COFINS

MANUAL DE CONFIGURAÇÕES DOS SISTEMAS DIGISAT PARA EFD CONTRIBUIÇÕES PIS/COFINS MANUAL DE CONFIGURAÇÕES DOS SISTEMAS DIGISAT PARA EFD CONTRIBUIÇÕES PIS/COFINS Digisat Tecnologia Ltda Rua Marechal Deodoro, 772 Edifício Mirage. 1º Andar Centro Concórdia/SC CEP: 89700-000 Fone/Fax: (49)

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS. Florianópolis/SC, novembro de 2011

Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS. Florianópolis/SC, novembro de 2011 Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS Florianópolis/SC, novembro de 2011 CONFIGURAÇÕES DA ESCRITURAÇÃO DIGITAL: SPED NF-e [2008] SPED Contábil [2008] SPED Fiscal (ICMS) [2009] SPED Fiscal (FCONT)

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos EFD-Contribuições Regs M400 E M600 Valor da receita bruta

Orientações Consultoria de Segmentos EFD-Contribuições Regs M400 E M600 Valor da receita bruta EFD-Contribuições Regs M400 E M600 Valor da receita bruta 02/08/2016 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4. Conclusão...

Leia mais

Seminário Fiesp 13/10/2010. As Novas Regras para Apropriação e Transferência do Crédito Acumulado do Imposto

Seminário Fiesp 13/10/2010. As Novas Regras para Apropriação e Transferência do Crédito Acumulado do Imposto Seminário Fiesp 13/10/2010 As Novas Regras para Apropriação e Transferência do Crédito Acumulado do Imposto Álvaro Gonzales/Alessandra Takiuchi Supervisão de Fiscalização do Crédito Acumulado Hipóteses

Leia mais

Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS. Slide 2. Slide 3 DADOS DISPONÍVEIS AO FISCO

Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS. Slide 2. Slide 3 DADOS DISPONÍVEIS AO FISCO Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS Nilson José Goedert Contador 2016 Slide 2 Obrigações Federais para Pessoas Jurídicas em Geral: 1. SPED Sistema Público de Escrituração

Leia mais

PW.SATI-SPED Fiscal Bloco G. Fevereiro 2010

PW.SATI-SPED Fiscal Bloco G. Fevereiro 2010 PW.SATI-SPED Fiscal Bloco G Fevereiro 2010 SPED Fiscal Bloco G VIGÊNCIA: Julho/2010 - ENTREGA: Agosto/2010 PREMISSAS ERP SAP: > Informações adicionais de Ativo (ZLFR062) Já disponível > Plano de Contas

Leia mais

Título: RS - Como realizar a configuração de crédito presumido de fabricantes de calçados ou de artefatos de couro conforme Livro I, art. 32, CXXX?

Título: RS - Como realizar a configuração de crédito presumido de fabricantes de calçados ou de artefatos de couro conforme Livro I, art. 32, CXXX? Título: RS - Como realizar a configuração de crédito presumido de fabricantes de calçados ou de artefatos de couro conforme Livro I, art. 32, CXXX? 1 PARÂMETROS EMPRESA 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique

Leia mais

Como Cadastrar Sys Fundo de Combate à Pobreza? FN13

Como Cadastrar Sys Fundo de Combate à Pobreza? FN13 Como Cadastrar Sys Fundo de Combate à Pobreza? FN13 Sistema: Futura NFE Caminho: Cadastro>Fiscal>Fundo de Combate a Pobreza Referência: FN13 Versão: 2017.01.16 Como funciona: A tela de Sys Fundo de Combate

Leia mais

Pesquisa CIAP 2010: como o mercado está se preparando para atender às novas exigências do SPED Fiscal

Pesquisa CIAP 2010: como o mercado está se preparando para atender às novas exigências do SPED Fiscal Pesquisa CIAP 2010: como o mercado está se preparando para atender às novas exigências do SPED Fiscal Índice 1. Introdução 1.1. Sobre o CIAP 2. Objetivo da pesquisa 3. Metodologia 4. Público-alvo 4.1.

Leia mais

Título: Como realizar a configuração da integração contábil de uma empresa com Atividade Imobiliária Custo Incorrido?

Título: Como realizar a configuração da integração contábil de uma empresa com Atividade Imobiliária Custo Incorrido? Título: Como realizar a configuração da integração contábil de uma empresa com Atividade Imobiliária Custo Incorrido? Os dados a seguir foram elaborados para demonstrar uma rotina de lançamentos contábeis,

Leia mais

Manual de Usuário. Módulo Estoque

Manual de Usuário. Módulo Estoque Manual de Usuário Módulo Estoque MÓDULO DE ESTOQUE OU CONTROLE DE MATERIAIS. A base do controle de estoque são os itens (peças e acessórios, lubrificantes, combustíveis, etc) que devidamente codificados

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.017 NOVID AD ES E MELHORIAS E109A9 Jéssica Pinheiro 01/04/2016 2/11 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.017 1. Parâmetro para controle do saldo na geração de pedido de compra de venda

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Como informar o IPI no SPED Fiscal nas entradas sem direito ao crédito.

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Como informar o IPI no SPED Fiscal nas entradas sem direito ao crédito. Como. 11/04/2014 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas Pelo Cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares... 5 6.

Leia mais

MANUAL DE INTEGRAÇÃO CONTABIL

MANUAL DE INTEGRAÇÃO CONTABIL MANUAL DE INTEGRAÇÃO G5 X CONTABIL INTEGRAÇÃO DO G5 PHOENIX PARA O CONTÁBIL PHOENIX Essa funcionalidade integra as informações digitadas no G5 Phoenix para o Contábil Phoenix, fornecendo ao usuário um

Leia mais